Page 1

Publicidade Publicidade

UM JORNAL COMPLETO pág. 02 pág. 06 pág. 08 pág. 10 pág. 12 pág. 14 pág. 16 pág. 18 pág. 25 pág. 26 pág. 29 pág. 31 pág. 32

Nova Agência em Viseu

DIRECTORA

Emília Amaral

> PRAÇA PÚBLICA > ABERTURA > À CONVERSA > VISEU > REGIÃO > NEGÓCIOS > DESPORTO > CULTURAS > EM FOCO > TV > SAÚDE > EMPREGO > CLASSIFICADOS

Semanário 30 de Abril de 2009 Quinta-feira Ano 8 N.º 372

0,75 Euro (IVA 5% incluído)

SEMANÁRIO DA

REGIÃO DE VISEU

Câmara de Viseu prepara a cidade para deficientes ∑ Plano inédito prevê criação de três jardins sensoriais para invisuais.

| página 6

Nuno Ferreira

|Telefone:232437461·Fax:232431225·BairroS.JoãodaCarreira,RuaDonaMariaGracindaTorresVasconcelos,Lt10,r/c.3500-187Viseu·redaccao@jornaldocentro.pt·www.jornaldocentro.pt|

Benção dá início à Semana Académica Cortejo levou às ruas da cidade perto de 10 mil estudantes e 36 carros alegóricos página 25

Castro Daire Prémio de Mérito para bombeiros que resgataram dois seguranças

Mercado 2 de Maio Fernando Ruas anuncia mais uma requalificação da praça

Culturas “Projecto Escolas” volta a chamar professores e alunos ao Teatro Viriato

Eleições autárquicas PS apresenta candidatos às 24 câmaras do distrito este domingo

página 12

Suplemento Motores e Especial Infantil Malta RO 11 AL DO CENT EL NO JORN AUTOMÓV

ES EM NOVIDAD MAIO E JUNHO

Abril 2009 • Nº 11

Audi A5 Cabrio BMW Z4 (nova geração) Cadillac CTS Wagon FORD Focus RS o) (desportiv HONDA Diesel Accord (180 cv) Lexus IS-C (cabrio) Mazda MX-5 (restyling) -Benz Mercedes E (coupé) Classe CLK (nova geração)

Peugeot (cabrio) 308 cc 3008 (SUV) Renault Break Mégane Scenic Grand Toyota Cruiser Urban ) (crossover

Onde devo ir?

Mãe

À noite olho o céu estrelado, fico feliz e encantado, de dia, olho para ti, e fico corado. És a minha vida, dás-me amor e ternura, sempre serás querida, o nosso amor não tem cura. Vou de viagem, para ir ter contigo, se precisares de ajuda, conta sempre comigo. Academia de Estudos

Volvo XC60 2WD) rbutus do Demo (versão é o nome de um sempervirens. parque botânico que podes visiA fotografia en tar em Vila Nova que publicamos de Paiva. Volkswag com esta Todas as palavras GTI é de) um grupo Golfsugestão e algumas imagens desportiva de alunos da são poucas para Academia (versão de Estudos de descrever aquele Viseu, que nas lugar ferias da onde a natureza Páscoa resolveu se encontra no fazer uma visiseu esta- ta ao do mais perfeito, Arbutus do Demo. mas podemos dizer-te Aproveita que o parque a sugestão eofaz reúne mais de a proposta na um milhar tua com de espécies botânicas, escola ou láo em dispostas por facasa. Podes visitar em colaboraçã ria BIPE mílias. Ali observam-se espécies de 2008 únicas de sua e consultado naplantas, desdetembro as pequepodes brinde estudos nas briófitas até car eque se baseia podes fazer um dos teus instituto e.com) às gigantescas Sequoia pic-nic domínio automóvel, maiores das taxas (www.bip no de sempre. Clubes em 2009. menmilhões a introdução experiênciaatravés dos seus e de simultanea CO2, longa ente automóvel Em Portugal, de marketing de baseadas no sector m designadams e missões à escala internaDescobre de matrículas e nas emissões ambientais vendas do segmencomo percentage Automóvei cona é es, forneas políticas ser que efectua com prazo, Gostavas te na cilindrada do vendidos repórter! , a curto de conhecer ver as suas vêm dinamizar dos construtor emismelhor mais pequenos, do prospecção e agentes poluentes deverá um local a pedido ou pelo da tua terratos pouco e uma fraca de acentuarão correio automóvel automóvel novos estabi- to de veículos com o teu ou entrevistar alguém a cional de equipamen donome sensibilida de veículos O sector O estudo e o número de o cresci- sumo mais reduzido de veículos que seja especial cedores telefone. Nós faremos foi desenvolvi anuais contornos no nosso país. para ti? Escreve Esta crescente Esta é vendas s, técnicas comércio automóvel. 2010, refreando adquire tudo para concretizares para malta@jornaldocentr r Cetelem de CO2. o das 2009 e desde 2007. económica Julho e Seau- são e ecológica a diminuiçã Observado esse sonho. o.pt, lizar em regista análises com entre ambiental de pelo estudo que se fortemen- partir mento revelada realizadas relevantes veículos de r Ce telem.deverá mais do número de 160 mg), e previsões, uma conclusão (mais de não vendas para 3,1 do Observado de CO2 ão, porém, na esem 2004 tomóvel te emissoresde unidades profunda Esta estabilizaç inicia4,6 milhões uma mudança efeito, as disfarçar vendas. Com no âmbito das de países trutura principais tivas dos

Publicidade

Vendas

gal s em Portu los novo de veícu

última

DO SEMANÁRIO EMANÁRIO JORNALL DO CENTRO , EDIÇÃO O 372 DE 30 DE ABRIL RIL DE 2009 E NÃO ÃO PODE SER VENDIDO SEPARADAMENTE ADAMENTE.

rreno -o-Te Todo e ntura “Ave ” ução cond encontra80 mil resultados pelo Google, Mais de de segundo e todo o teraventura dos em décimas que o se pesquisabem o interesse quando usareno demonstram TT faz despontar. novas ou fenómeno de viaturas s auto, proe Desde vendapor preparadore hotelaria , passeios, das, passando de actinúmero mervas e competição um sem livres, há em torno de uma nos tempos lmente que giram vidades exponencia cresceu se cado que distante anos. últimos passado não muitouma viatura “jipe” a Se num andar a imagem capaz de associava ou transporte, era inde trabalho onde um automóvel conceito hoje é um função por caminhos em se aventurar, s capaz de abrangente, muito construtore muito mais os principais dotando-as que e inde viaturas, da aposta neste tipo motores potentes fizerem s. atraentes, e confortávei Utility de linhas espaçosos SUV (Sport teriores mais, para conceito O recente contribuir, ainda veio de Vehicles) deste um mercado. praticantes de a expansão os amantes e vertente sua na da Há depois rreno, seja já ao nível Todo-O-Te e diversão, ou necessentem puro lazer . É sabido que no seu veíalterações competição efectuar a uma utilizasidade de adaptá-lo performance forma a a culo, de te. Mas aumentar esteticamen cusção específica, podem a diferença ou marcar ou exigências, que entram as que são gostos, euros. É aqui auto. Convertar muitos preparadores , alterar, e os reformular e mooficinas mudar, ser caro exiter, adaptar, que “pode ou das é um processo o dos gostoseste tipo de procura preroso, dependend de quem José Lopes, exgências ” considera com larga de preparação em Viseu e deste tipo auto parador na preparação periência Peres Gil viaturas.

página 18

da integrante é parte Abril de 2009, Não de 30 de Este suplemento nº 372, Jornal do Centro. edição separadamente. do semanário vendido pode ser

ESTE SUPLEMENTO UPLEMENTO É PARTE INTEGRANTE

RES

MOTO

O MERCADO

A

ilizar vai estab

em 2010

de Viseu

“Poderemos ter um 1º de Maio muito diferente em Mangualde” Nuno Ferreira

Ana Filipa Rodrigues

NESTA EDIÇÃO

página 10

Jorge Abreu, coordenador da Comissão de Trabalhadores da Peugeot-Citroën de Mangualde | páginas 8 e 9


Jornal do Centro

2

30 | Abril | 2009

praçapública palavras

deles

r

O senhor [Correia de Campos] tem o GPS viradinho para Lisboa e agora parece que também para Bruxelas”

r O nosso

prémio é o sorriso das pessoas, o obrigado que nos dão. Este [Prémio Bombeiro de Mérito] é o reconhecimento pelo nosso trabalho”

r

Nestes últimos quatro anos passei a ser regionalista e passei a não gostar das maiorias absolutas, provocam-me uma azia...”

Márcio Ferreira Fernando Ruas Presidente da Câmara Municipal de Viseu (Assembleia Municipal de Viseu, 27 de Abril)

Registos

Um dos quatro bombeiros de castro Daire , a quem foi atribuido o Prémio Bombeiro de Mérito da Liga de Bombeiros Portugueses (Diário As Beiras, 28 de Abril)

Couto dos Santos Ex-ministro da Educação do Governo de Cavaco Silva, (Forum “Portugal de Verdade” do PSD, em Viseu Rádio Noar, 24 de Abril)

r

O Miguel Ginestal veio mais vezes [às reuniões da Câmara de Viseu] que o próprio presidente, que faltou [...] muito mais vezes que o Miguel Ginestal”

José Junqueiro

Presidente da Federação Distrital de Viseu do PS (Cerimónia de apresentação da candidatura de Miguel Ginestal à Câmara de Viseu pelo PS (26 de Abril)

Opinião

A primeira Semana Académica do Ensino Superior de Viseu Fernando José Ribas de Sousa Juiz de Direito – Jubilado

Nas nossas deambulações pela cidade de Viseu, tal como farão os Senhores presidente e vereadores da edilidade, deparamos com situações que nos comovem pela insensibilidade que manifestam. Vejamos o aspecto que apresenta a igreja anexa ao Internato de Santa Terezinha, na Rua Serpa Pinto. Em primeiro lugar, a sua já muito longa degradação exterior, facilmente reparável com uma simples pintura e arranjo das janelas. O que pensarão os alunos e professores da Escola Superior de Educação e os visitantes que por ali passarem? Em segundo lugar o gravame que representou a inconcebível autorização de construção anexa à dita igreja de um acrescento de uma casa ali edificada, fora do alinhamento desta. Porque é que o acrescento não respeitou o alinhamento da casa, deixando a igreja desafogada? O que vemos raia o incrédulo. Também a capela do palacete sito na Rua dos Andrades, propriedade da Câmara Municipal, fronteira à Rua da Paz, se encontra a necessitar de atenção. O parapeito da janela, que encima a porta, está deteriorado, permitindo a infiltração da água das chuvas, que danificará o interior. Consta-nos que a dita capela ainda não está completamente restaurada. Se estiver (ou quando estiver), deveria ser aberta ao público a certas horas do dia, com um guarda, para visita dos viseenses e dos turistas. Nas trazeiras do mesmo Palacete, funciona o Conservatório Dr. Azeredo Perdigão, com entrada pela Rua dos Olivais. Para sua merecida e necessária visibilidade, urge colocar placas indicativas em ambos os lados dos dois extremos da mesma Rua dos Olivais, isto é, duas na Rua Formosa e outras duas na Rua Alexandre Lobo.

A cidade de Viseu assiste esta semana à sua 25ª Semana Académica. Celebração importante para a academia e para a cidade. Hoje, junta mais de uma dezena de milhar de estudantes, as suas famílias e, naturalmente também, os cidadãos de Viseu e da Região. Tudo teve o seu início no distante ano de 1988. Entre 12 e 20 de Maio desse ano, as 4 instituições de ensino superior existentes à data, na cidade de Viseu, Universidade Católica, Faculdade de Arquitectura, Escola Superior de Educação e Escola Superior de Tecnologia, organizaram em conjunto a 1ª Semana Académica de Viseu. Já lá vão 21 anos. Diz-se que esta é a 25ª Semana Académica porque se lhes juntaram os anos em que a Universidade Católica – Centro Regional das Beiras, comemorava em Viseu a sua semana académica. O que se compreende, porque a Católica era a instituição que há mais anos existia em Viseu e também porque era a que tinha mais alunos. Com o aparecimento da ESEV, da Arquitectura e do embrião da Tecnologia, o panorama do ensino superior em Viseu estava, na segunda metade da década de 80, muito diferente. Era tempo de dar as mãos. O primeiro passo é sempre o mais difícil de dar. Coube à Associação de Estudantes da Escola Superior de Educação de Viseu, a que presidi entre 86 e 88, desafiar as outras escolas a juntarem-se, para organizar em conjunto a Semana Académica de Viseu. O entendimento foi fácil e rapidamente se constituiu uma Comissão Coordenadora da Semana Académica, composta por represen-

Arcas da memória

Alberto Correia Antropólogo

tantes de todas as instituições de ensino superior, entre outros, eu próprio e o Alcídio Faustino pela ESEV, a Paula Teles, o Jorge Edgar Brites, o Agostinho Nunes e o Luís Caetano pela UCP, o Hugo Lopes, e a Helena Vanzeller pela Faculdade de Arquitectura. As reuniões decorreram alternadamente em todas as instituições. Lembro-me das reuniões vivas que fizemos na ala da Igreja da Misericórdia, onde funcionava a Faculdade de Arquitectura. O cartaz foi feito pela Arquitectura: tinha como fundo o perfil da cidade de Viseu e a nossa Sé Catedral e, como símbolo, a intersecção de 4 círculos que, unidos, se fundiam num trevo de quatro folhas, sinal de união dos estudantes por uma causa comum: a valorização da cidade de Viseu. Lembro-me bem do programa ambicioso e do receio com os custos que lhe estavam associados. As empresas e as principais instituições públicas da cidade e da região souberam responder ao desafio. Não esqueço, em especial, o apoio do Governador Civil de Viseu e também Presidente do IPV, Dr. João Pedro Antas de Barros, do Presidente da Câmara, Eng. Engrácia Carrilho, mas também do Ministro da tutela, Dr. Couto dos Santos. O programa era um mix de iniciativas conjuntas, da responsabilidade de cada uma das Instituições. A ESEV, por exemplo, na comemoração do seu dia, entregou os prémios de um concurso literário de poesia e prosa. Concorreram dezenas de jovens entre os 12 e os 30 anos. Para a história ficam os vencedores: Na modalidade de poesia venceu Maria de Fátima Melo Seixas e em pro-

sa, Martin Lourenço Gouveia e Sousa. Lembro-me ainda de algumas peripécias, como aquela do livro oficial que teve que ser retirado de circulação, na véspera da realização da Semana Académica de 88, porque omitia, por erro de impressão, algumas das entidades e patrocinadores envolvidos. Lembro-me também da euforia do Cortejo Académico (vieram pipos de vinho do Dão das Adegas de Nelas e Mangualde), da Serenata na Sé (a ESEV estreou aí um traje académico), ou do Baile de Gala, que decorreu no antigo Pavilhão A da Feira de São Mateus, abrilhantado pela Orquestra do Brilho e da Glória e cuja convidada de honra, é sempre bom lembrá-lo, foi a nossa conterrânea Paula Barros, à data Presidente da Associação Académica de Coimbra. São breves notas duma história que está ainda por escrever sobre a academia da nossa cidade. Há 21 anos, estes jovens acreditaram que era possível dar as mãos, para em conjunto, e pela primeira vez, festejarem o ensino superior de Viseu. O tempo viria a dar-lhes razão. Miguel Ginestal

A cozinha. Mais que um tempo de mulher

Tem, talvez, um milhão de anos a invenção do fogo, das primícias da lareira, do convívio entre irmãos e do serão. Demora lá, nesse longínquo tempo, o alicerce da cozinha antiga do lavrador da Beira, espaço de uma riquíssima vivência antropológica que este nosso tempo já alterou. Antes era assim:

Era ali, na cozinha, que o lume ardia todo o santo dia. Era ali, à volta da fogueira, que girava, diligente, uma mulher. Era ali que o pão se partia em pequeninos, sobre a mesa, dia a dia. Era ali, frente ao lume vivo da lareira, que acontecia a festa de Natal.

Era ali que um homem recebia quem, por bem, batesse à porta. Era ali que as contas se faziam sobre a vida, ao fim do dia. Era ali que alguém leria a carta que viesse da França ou do Brasil. Era ali que um mendigo iria pedir pão.

Era ali que os filhos se ensinavam a rezar. Era ali que acontecia o tempo do serão para fiar. Era ali que se contavam as histórias de pasmar. Era ali que o gato adormecia. Era ali que um grilo ficava, noite fora, no inverno, a cantar.


OPINIÃO | PRAÇA PÚBLICA 3

Jornal do Centro 30 | Abril | 2009

Foto da semana

Joaquim Alexandre Rodrigues

O Cortejo da Semana Académica de Viseu teve a particularidade de ser mais temático, graças à criatividade dos estudantes de alguns cursos. Isso permitiu que o público se envolvesse mais com a festa da academia.

Importa-se de responder?

O que acha das obras de requalificação do Rossio de Viseu? Não estou muito a par do que está a ser feito, mas acho que pode ser uma melhoria para a cidade.

Numa altura de crise é indecente gastar-se dinheiro com novos candeeiros. Acho que se podia canalizar os dinheiros para outros sectores. Mas claro que concordo com a colocação de linhas-guias. Isso acho muito bem, porque melhora a vida dos invisuais.

José Luís

Liliana Aparício

Aposentado da Função Pública

Ajudante de Cozinha

Não sei exactamente em que pé estão as obras, mas se é para o bem de todos acho bem. Somos uma sociedade com diferentes tipos de pessoas e acho que temos de apostar em todas, quer em pessoas sem deficiências quer em pessoas portadoras de deficiência.

Enquanto cidadã, acho que todas as obras são de grande interesse para a cidade. A qualquer altura também nós podemos precisar das linhas de orientação. O que está a ser requalificado permite dar um bem estar a todos os viseenses. Não sei se os novos candeeiros seriam mesmo necessários, mas acho que se adequam ao resto da requalificação pois dão um ar mais moderno. Patrícia Rodrigues

Jorge Pereira

Engenheira Civil

Estudante de Marketing

F editorial

Reconhecer o erro

É verdade que há uns que erram mais que outros, mas reconhecer que todos erramos, nem que seja uma vez, é da vida, sejamos nós médicos, arquitectos com nome na praça, políticos, professores catedráticos, trolhas ou empregados de limpeza. Em Viseu, desde 1998 que o arquitecto Siza Vieira se tem enganado no projecto de requalificação pensado para o Mercado 2 de Maio, onde noutros tempos fun-

cionou a praça da cidade. Pois nunca as obras ali realizadas funcionaram para o que quer que seja e, mais uma vez, a autarquia vem assumir que o espaço precisa de nova requalificação. Com tudo isto já lá vão dez anos e dinheiro gasto, como está à vista de todos. Agora que está finalmente assumido o erro e que o arquitecto Siza Vieira vai voltar a pensar o Mercado 2 de Maio, é bom que reflicta e idealize a partir de um con-

junto de pormenores que são assinalados não só por individualidades especialistas na matéria, mas pelos viseenses em geral. É de louvar o princípio da rentabilização do complexo, inclusive fazendo dele útil para a cidade, mas é também importante que se tenha em cima da mesa a base de que são os viseenses, sobretudo quem ainda gosta de andar a pé no centro da cidade, os grandes frequentadores daquela complexo.


Jornal do Centro

4 PRAÇA PÚBLICA | OPINIÃO

Redacção (redaccao@jornaldocentro.pt) Ana Filipa Rodrigues, C.P. n.º 8673 ana.rodrigues@jornaldocentro.pt

Gil Peres, C.P. n.º 7571 gil.peres@jornaldocentro.pt

Sara Pereira (estagiária)

Departamento Gráfico Marcos Rebelo marcos.rebelo@jornaldocentro.pt

pág. 02 pág. 06 pág. 08 pág. 10 pág. 13 pág. 14 pág. 17 pág. 20 pág. 24 pág. 26 pág. 27 pág. 30 pág. 31

DIRECTORA

Emília Amaral

> PRAÇA PÚBLICA > ABERTURA > VISEU > REGIÃO > NEGÓCIOS > DESPORTO > CULTURAS > TV > SAÚDE > EMPREGO > CLASSIFICADOS > IMOBILIÁRIO > NECROLOGIA

Semanário 02 de Maio de 2008 Sexta-feira Ano 7 N.º 320

0,75 Euro (IVA 5% incluído)

SEMANÁRIO DA

REGIÃO DE VISEU

|232437461Telefone · 232431225Fax · BairroS.JoãodaCarreira,RuaDonaMariaGracinda TorresVasconcelos,Lt10,r/c.3500-187Viseu · redaccao@jornaldocentro.pt · www.jornaldocentro.pt|

Há um ano, o Governo Civil de Viseu arrancou com uma Escola Móvel de Trânsito destinada a circular pelas escolas do distrito de Viseu. Um ano depois, a estrutura cumpriu o objectivo. Até ao final de Março realizaram-se 18 acções em várias escolas e associações de 12 concelhos, que englobaram 7.880 crianças. As acções abrangeram os concelhos de Viseu, Vouzela, Santa Comba Dão, Tondela, Aguiar da Beira (distrito da Guarda), Carregal do Sal, Mangualde, Penalva do Castelo, Resende, Cinfães, Armamar e Vila Nova de Paiva.

O projecto da Escola Móvel de Trânsito visa sensibilizar a população escolar e a comunidade, no sentido de combater a sinistralidade, diminuindo o número de acidentes nas estradas da região. “Desta escola podemos chegar a outras escolas, a outros alunos e através deles, à família, combatendo a sinistralidade”, reforçou no ano passado o Governador Civil, Acácio Pinto. A escola circula pelas escolas, mediante uma requisição feita ao Governo Civil e conta com a colaboração da PSP e da GNR em cada acção.

Viseu é o concelho do distrito com mais casos de hipertensão ∑ Sub-Região de Saúde reconhece que os utentes ainda não levam a doença a sério

| pág. 6 e 7

XIV Semana Académica ∑ Bispo da diocese abençoa pastas de 800 alunos ∑ Cortejo Académico leva milhares de pessoas às ruas ∑ Quim Barreiros junta cinco mil pessoas no Multiusos

| pág. 18

Nesta edição Suplemento Saúde

E

SAÚD MENTO

SUPLE

2008

• AVC: Porque

ocorre e como

prevenir

ao já aderiram • 200 mil utentes Portuguesas Cartão Farmácias • Obesos em

Portugal

sem acompanhamento profissional

Nuno Ferreira

emilia.amaral@jornaldocentro.pt

há um ano

UM JORNAL COMPLETO

O JORNAL DO CENTRO informa que em virtude da existência de um pré-aviso de greve nos Correios, esta edição poderá chegar a casa dos leitores com atraso, facto a que somos totalmente alheios.

da edição nº é parte integrante Jornal Este suplemento de 2008, do semanário Maio separadamente. 320, de 02 de pode ser vendido do Centro. Não

Cultura Cine Clube promove ciclo de cinema para assinalar Maio de 68 página 17

Desporto Viseu Futsal é a primeira equipa do distrito a chegar à II Divisão Nacional

Viseu PSP diz que continua a haver pais que não cumprem as regras do cinto e da “cadeirinha”

página 16

página 8

Solidariedade Cáritas recupera casas degradadas com donativos de empresas página 8

EN 231/1 em Silgueiros Morador de Pindelo queixa-se com “piscina” à porta de casa quando chove página 9

Publicidade

JORNAL DO CENTRO

Emília Amaral C.P. n.º 3955

Greve nos CTT pode atrasar recepção deste jornal

Oito mil crianças na Escola Móvel de Trânsito

SOJORMEDIA

Directora

30 | Abril | 2009

Projecto Gráfico defrank - Comunicação Editorial defrank@netcabo.pt

A Primorosa das Beiras

Opinião

Departamento Comercial comercial@jornaldocentro.pt

Catarina Fonte (Directora) catarina.fonte@jornaldocentro.pt,

Ana Paula Duarte ana.duarte@jornaldocentro.pt

Serviços Administrativos Sabina Figueiredo sabina.figueiredo@jornaldocentro.pt

Propriedade O Centro–Produção e Edição de Conteúdos, Lda. Contribuinte Nº 505 994 666 Capital Social 114.500 Euros Detentores de mais de 10% do Capital: Sojormedia SGPS, SA Gerência: Francisco Santos Depósito Legal Nº 44 731 - 91 Título registado no ICS sob o nº 100 512

Sede e Redacção Bairro de S. João da Carreira Rua Dona Maria Gracinda Torres Vasconcelos, Lote 10 r/c 3500-187 Viseu e-mail: redaccao@jornaldocentro.pt Telefone 232 437 461 Fax 232 431 225

E-mail redaccao@jornaldocentro.pt

Internet www.jornaldocentro.pt Os artigos de opinião publicados no Jornal do Centro são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. • O Jornal reserva-se o direito de seleccionar e, eventualmente, reduzir os textos enviados para a secção “Cartas ao Director”.

Impressão Impréjornal, S.A. Rua Rodrigues Faria 103, 1300-501 Lisboa

Distribuição Vasp

Semanário Sai às sextas-feiras Membro de:

Associação i ã Portuguesa P t para o Controlo de Tiragem

Associação Portuguesa de Imprensa

União Portuguesa da Imprensa Regional

Tiragem deste número 4.000 exemplares Mês de Março: 20.000 exemplares (média 4.000 exemplares)

“O futuro ainda não é agora” O futuro começa agora, ou melhor, começou oficialmente no passado domingo. Eu estive Fernando Figueiredo lá! (até parece que nem tenho nada para fazer, pensa o leitor, é bem verdade, lá isso parece, mas enfim… mea culpa…) O “futuro”, esse, não me parece nada auspicioso, bem pelo contrário, pareceme pobre em ideias e em projectos. Mas o que lhe falta em ideias cresce-lhe em retórica floreada (com certeza é da Primavera, mas seja como for não se desculpa). Já percebeu do que o que falo, é isso mesmo, falo da candidatura de Miguel Ginestal à CMV. Foi no passado domingo, como disse, que Miguel Ginestal se lançou, oficialmente, na corrida para a Câmara Municipal de Viseu (fiquei também a saber, lá no ExpoCenter, que levará consigo Correia de Campos como porta-estandarte à Assembleia Municipal). O seu lema de campanha é “o Futuro é agora” e começa tristemente, ou melhor começou, agarrado a um passado que, se lhe interessa a ele, não interessa, de certeza absoluta, a nós viseenses (José Junqueiro e Correia de Campos). Fiquei a saber pelos discursos de apresentação do candidato (Dr. Alexandre Ribeiro, Dra. Conceição Matos, Dr. José Junqueiro, Ministro Vieira da Silva) que estamos perante alguém excepcional, em que a “seriedade, a honestidade, trabalho [e] um bom íntimo” são os grandes predicados do homem e do político Miguel Ginestal. Qualidades que nada têm a ver com a “prepotência, o autoritarismo grosseiro e barato”, nem se compadecem com o “exercício do poder em democracia, com o au-

toritarismo autista de quem pensa que tudo sabe e tudo pode” (não sei a quem se estava a referir, indirectamente, a Dra. Conceição! Seria ao Dr. Ruas, ou ao Engenheiro Sócrates?). Como não privo, nem nunca trabalhei, com o candidato, fico feliz por lhe ver reconhecidas, pelos seus, estas e mais qualidades. Também fico satisfeito, embora ensimesmado, por saber pelas palavras do Ministro Vieira da Silva (também secretário nacional para a organização do PS) que o fabuloso currículo político e partidário do Miguel, “um dos melhores quadros da sua geração”, se deve ao seu valor e não “por que alguém lho ofereceu de graça” (estranho este à parte do ministro! eu não acredito que haja seja quem for, dentro dos partidos, que chegue onde chega, senão por mérito e trabalho!) Estou quase a acabar esta crónica (tenho no máximo 3150 caracteres) e o leitor estranha e com razão (!) por ainda não ter falado do programa e das ideias do Miguel para Viseu. Sabe? É que ideias, ideias, houve poucas (já panegíricos muitos!) e as que ouvi não passaram de generalidades que se resumem a muito pouco: ““nova liderança que mobilize os cidadãos” e acabe com a gestão do PSD”. Fico agora expectante e ansioso pelas apresentações públicas das candidaturas e dos projectos do CDS e do BE. Dois partidos antípodas, é certo, mas nos quais me resta depositar a minha (pouca) fé num verdadeiro e mobilizador projecto de CIDADE. É que com este PS não vamos lá! p.s. é possível que esta crónica sublinhe o tolo preconceito de que sou uma espécie de franco-atirador. E que culpa tenho eu disso? O futuro desmentirá essa ideia. Acontece que esse futuro, com muita pena minha, “ainda não é agora”.

Autarca de Vouzela sem cartão Na semana anterior, o PS de S. Pedro do Sul apresentou publicamente José Carlos Almeida, exJosé Junqueiro Vice-Presidente Coordenador do Grupo da sub-Região Parlamentar do PS de Saúde de josejunqueiro@ps.parlamento.pt Viseu, como candidato à Câmara Municipal. Estive presente e assinalei, como me competia, a importância das eleições autárquicas, a necessidade de uma mudança em S. Pedro do Sul e agradeci a disponibilidade do candidato para enfrentar os desafios que se colocam ao concelho. Mas fiz mais. Dei boa nota da sua experiência e responsabilidade nas decisões que no distrito marcaram uma mudança na organização da saúde. Durante o seu mandato foram implementadas as políticas do Governo, nomeadamente a criação das Unidades de Saúde Familiar, as Unidades de Cuidados Continuados, a localização de equipas INEM, a reorganização das urgências com a substituição de alguns SAP por Serviços de Urgência Básica (SUB) com médicos e enfermeiros em serviço permanente de 24h. Uma Equipa Técnica Nacional discutiu e decidiu a localização desses SUB em vários pontos do distrito e também em S. Pedro do Sul. Decidiu, igualmente, que deveriam ficar em Moimenta da Beira, em Cinfães, em Lamego e em Tondela. E tudo aconteceu, como referi, durante o mandato de José Carlos Almeida com grandes incómodos pessoais, porque foi sempre interlocutor daqueles que julgavam que outros critérios, que não os técnicos, se podiam sobrepor ao interesse público para privi-

legiar ambições político-partidárias e eleitorais. Foi o que aconteceu com o Presidente da Câmara de Vouzela. Entretanto, em Vouzela, foi criada pelo Governo, em parceria com a Santa Casa da Misericórdia, uma Unidade de Cuidados Continuados, foi localizada uma equipa do INEM e foi decidido que o centro nevrálgico do novo ACES (Agrupamento de Centros de Saúde) que envolve Lafões ficaria, como ficou, neste concelho. Em Vouzela ficou, portanto, um Novo Serviço, a Coordenação de Saúde dos concelhos de Oliveira de Frades, S. Pedro do Sul, Castro Daire, Vila Nova de Paiva, Sátão e Aguiar da Beira; enfim ficou sediada a responsabilidade pelos cuidados de saúde de dezenas, muitas dezenas de milhar de pessoas. O Presidente da Câmara de Vouzela em nada contribuiu para este progresso, Apenas o desdenha por ter ficado de fora, qual raposa que não consegue alcançar as uvas! Só alcançou o endividamento recorde da Câmara, como é público, como testemunham várias instituições oficiais. Um triste recordista! A inveja e o desnorte não lhe conseguiram refrear a tentação de se imiscuir na vida interna do PS, na vida de outro concelho, e de tentar pedir a cabeça – tal como no salazarismo – de um cidadão opositor tentando, pela calúnia, imputar-lhe partidarismo onde só houve serviço público definido por uma Comissão Técnica Nacional. E tudo para esconder uma única coisa: incompetência! Talvez agora se compreenda por que Manuela Ferreira Leite veio a Viseu e a S. Pedro do Sul e não passou cartão ao autarca de Vouzela!


OPINIÃO | PRAÇA PÚBLICA 5

Jornal do Centro 30 | Abril | 2009

números

estrelas

36

Na terça-feira, dia 28, a cidade de Viseu foi “invadida” por 36 carros académicos que, juntamente com perto de dez mil alunos, desfilaram no tradicional cortejo da semana dos estudantes do ensino superior.

Fernando Albuquerque, Carlos Almeida, Bruno Esteves, Márcio Ferreira Bombeiros voluntários de Castro Daire

Adolfo Caria Presidente Associação Desportiva de Sátão

A coragem de enfrentarem a pé a neve intensa e o nevoeiro para resgatar dois seguranças de um parque eólico da Serra de Montemuro, valeu-lhes o Prémio Bombeiros de Mérito 2009, da Liga de Bombeiros Portugueses, que vão receber dia 31 de Maio. Uma outra distinção vai para o facto de aproveitarem o momento para valorizarem publicamente o papel dos bombeiros voluntários do país.

Real Tunel Académico Tuna Universitária de Viseu

Fica ligado ao sucesso e ao descalabro da Desportiva de Sátão. Se a subida à II Divisão ficou para a história do clube, em dois anos o clube desceu do Céu ao Inferno, regressando aos escalões distritais. Se é verdade que foi quem “aguentou” o barco nas horas dificeis, deixou o clube chegar a este ponto onde o futuro é uma grande incógnita.

O Real Tunel Académico- Tuna Universitária de Viseu venceu o festival de tunas universitárias FESTUNAG 09 desta vez realizado na cidade de Águeda. Uma vitória pelo seu desempenho como melhor instrumental, melhor solista, melhor tuna e tuna mais tuna, ao lado de grandes tunas académicas do país. É também com estas conquistas que Viseu sai vencedora.

Opinião

Um Novo Movimento/Partido de Esquerda em Portugal, faz ou não sentido?

Alexandre Azevedo Pinto Economista alexazevedopintosapo.pt

O monopólio dos partidos “tradicionais” está esgotado, Manuel Alegre já o disse e repetiu por diversas vezes”.

Esta dúvida tem atravessado uma parte do debate político, sobretudo entre muitos daqueles que têm acompanhado Manuel Alegre, desde a sua candidatura nas Eleições Presidenciais, uma larga maioria de cidadãos, sem filiação partidária, mas também um número significativo de socialistas. Muitos deles integram o MIC (Movimento de Intervenção Cidadania), a Corrente de Opinião Socialista e participaram activamente no Fórum das Esquerdas no Teatro Trindade e na Aula Magna em Lisboa. Sabemos hoje que a crise económica e social é muito profunda. Os números são conhecidos e mostram um quadro muito difícil para os próximos anos. Também sabemos que somos dos cidadãos mais pobres da Europa e os mais desiguais a distribuir a riqueza que criamos. Já ninguém o ignora. Todos o sentimos de forma mais ou menos intensa. É preciso agir. Os tempos mais próximos vão exigir de todos nós grandes decisões políticas. Contudo, o actual status-quo político tem um enorme problema: já não é, e tenderá ainda mais, a não ser um quadro representativo das preferências políticas da maioria dos portugueses. Esta avaliação pode ser feita da interpretação das enormes taxas de abstenção em eleições e das sondagens e inquéritos de opinião que nos últimos anos têm sido realizados. Todos eles apontam um sentido muito marcado: o afastamento gradual e contínuo que os cidadãos têm manifestado em relação à política e aos políticos. Este tem sido muito grande e tenderá a aumentar ainda mais nos próximos actos eleitorais. Estamos a falar de uma crise de legiti-

mação da própria democracia representativa. Este problema é ainda maior em Portugal, porque a nossa jovem Democracia, não se esgotando nas eleições e na representatividade dos eleitos, acaba por não desenvolver outras formas mais exigentes de aprofundamento democrático, aquilo que poderíamos designar de uma forma mais “avançada” de Democracia: a Democracia Participativa. Acontece que a “designada” sociedade civil é muitíssimo frágil e ainda mais frágil se tornará, num quadro como aquele a que estamos a assistir, de enorme crise económica, social e política. O monopólio dos partidos “tradicionais” está esgotado, Manuel Alegre já o disse e repetiu por diversas vezes. Só os partidos, parecem não ter, ainda, noção disso. Embora eles sejam parte do problema, podem e devem ser uma parte da solução. Uma parte, não a solução. Para isso terão que se abrir e regenerar, coisa difícil de acontecer, se a tal não forem “obrigados”. Entendemos que neste quadro sociológico existe uma oportunidade única para a afirmação de um Novo Sujeito Político na esquerda portuguesa. O Movimento Social despoletado em torno da figura de Manuel Alegre tem condições únicas para Refundar a Esquerda e, mais do que isso, para revitalizar a própria democracia portuguesa, obrigando a uma reconfiguração do quadro político em Portugal, refém e exausto do rotativismo ao centro. Na actual conjuntura só Manuel Alegre o pode fazer e ele sabe disso. Avançando ou não deverá ser ele a mostrar uma solução, dentro do MIC, para a mudança exigida pela sociedade portuguesa.

Clareza no Pensamento (http://clarezanopensamento.blogspot.com)

Poupe no irs com as despesas de educação! As despesas de educação, que pesam bastante no orçamento familiar, podem ser usadas para pagar menos IRS ou para aumentar o seu reembolso, devendo, para isso, serem sempre com provadas por facturas ou recibos. O que são consideradas despesas de educação? São aceites os encargos com inscrições, propinas e mensalidades em creches, lactários, jardins-de-infância ou estabelecimentos equiparados e escolas do ensino básico, secundário ou superior (incluindo mestrados e doutoramentos), públicas ou privadas, desde que integradas no Sistema Nacional de Educação; livros escolares e material essencial para a actividade escolar (cadernos, canetas, lápis, etc.); despesas com explicações para qualquer grau de ensino (recibo do explicador); despesas com computadores, enciclopédias, diciopédias e instrumentos musicais, quando usados na actividade escolar ou em estabelecimentos reconhecidos pelo Ministério da Educação (quando utilizados fora da actividade escolar, não são aceites). Não serão aceites as despesas com amas, excepto se legalizadas e passarem recibo verde; despesas com estágios e participação em congressos; as despesas de educação até ao montante do reembolso efectuado no ano em causa no âmbito de um Plano Poupança-Educação. E a s ac t iv id ade s ex t r a curriculares? Os encargos com actividades como a música, teatro, línguas, informática, só serão

aceites se as entidades que as ensinem estiverem integradas ou forem reconhecidos como tendo fins semelhantes aos das escolas do Sistema Nacional de Educação (para saber se faz parte do Sistema Nacional, consulte http://roteiro.min-edu.pt). E quem estuda fora da sua área de residência? O alojamento, deslocações e alimentação de estudantes deslocados serão considerados despesas de educação desde que devidamente comprovadas e documentadas (por exemplo, em instalação da faculdade ou residencial para estudantes). São também aceites, os encargos com o arrendamento de um quarto ou apartamento e a alimentação em restaurantes, se forem realizados na área onde se encontra a estudar e esta não for a da sua residência normal; as despesas de deslocação da residência habitual para o local onde se encontra a estudar (bilhetes de autocarro, comboio). Contudo, as despesas com combustível efectuadas em carro próprio nas deslocações para o local de estudos não são aceites. No caso de pais divorciados… Quem obteve a tutela do estudante é que poderá deduzir despesas com educação, devendo os documentos estarem emitidos em seu nome ou do estudante. Quando a tutela é conjunta, terão de ser os pais a definir a qual dos dois agregados o estudante pertencerá para efeitos de IRS. Fernando Amaro famaro@estv.ipv.pt


Jornal do Centro

6

30 | Abril | 2009

abertura

texto e fotos∑ Ana Filipa Rodrigues

Autarquia de Viseu elimina barreiras arquitectónicas Plano ∑ Autarquia pretende criar jardins-sensoriais e um polidesportivo adaptado a pessoas portadoras de deficiências

As recentes obras de regeneração urbana do Rossio e da Avenida 25 de Abril, em Viseu, já deram muito que falar. Cortes de circulação do trânsito, inconvenientes para os peões, transtorno para os comerciantes, motivaram a fúria dos munícipes. Motivos válidos para se comentar as obras. Contudo, poucos são os viseenses que têm a real noção da transformação que está a acontecer em Viseu. Muitos se questionam sobre a sua utilidade. Para além de obras de “embelezamento”, o município está a colocar em prática um plano de “esbatimento de barreiras arquitectónico” que irá melhorar a qualidade de vida das pessoas portadoras de deficiência. Um plano que surge em parceria com o trabalho desenvolvido pelo Provedor do Cidadão com Deficiência do municí-

pio. “No âmbito da criação do Provedor do Cidadão com Deficiência, o executivo teve formação, assim como os técnicos, ao nível da elaboração de projectos novos, de reabilitação, de eliminação de barreiras”, explica o vice-presidente da autarquia, Américo Nunes, sublinhando que o executivo reuniu com diversas entidades entre elas a ACAPO antes de avançar para as obras. Na prática, a regeneração urbana que está a ser levada a cabo prevê a construção de linhas-guias, para orientação dos invisuais em espaços públicos, criação de percurso alternativos para pessoas com mobilidade reduzida, instalação de elevadores e plataformas, nos edifícios públicos, introdução de contadores regressivos nos sistemas semafóricos e aplicação de piso pitonado junto às passadeiras. O

objectivo é criar “um município cada vez mais para todos”. O Rossio é já um pequeno exemplo de regeneração urbana “inclusiva”. Os invisuais ou amblíopes já têm ao dispor linhas-guias que permitem percorrer toda a praça em percursos livres. “Partimos do princípio, se não tivermos qualquer deficiência, que isto não faz a diferença, mas é extremamente difícil para um invisual ou amblíope movimentar-se por entre o mobiliário urbano”, refere Américo Nunes. As passadeiras no Rossio e na Avenida 25 de Abril foram também reforçadas com piso pitonado, também destinado a informar os invisuais da existência de uma travessia para peões. Américo Nunes admite que é “difícil” avançar com este tipo de regeneração urbana, e alterar gran-

de parte do planeamento da cidade, mas salienta que “não é impossível”. “Já o estamos a fazer na zona antiga da cidade. Mesmo antes de haver legislação específica começamos a fazer o acerto dos passeios. Colocamos corrimões onde não é possível criar rampas. Se já conseguimos isto, penso que conseguimos expandir o plano ao resto da cidade.”, defende. O funicular não fica de fora deste projecto de integração. “Na plataforma superior do Funicular, junto ao Adro da Sé encontrase um circuito dedicado a pessoas com dificuldades motoras A infra-estrutura incorpora ainda dois WC “completamente adaptados” a pessoas portadoras de deficiências. O vice-presidente da Câmara nega que se tratem de obras eleitoralistas, mas sim de um plano pensado em conjunto com diver-

sas entidades e que conta com a comparticipação de fundos europeus. “Tratase do mérito do município. Concorreram mais de 20 câmaras e só quatro foram contempladas [com financiamento para regeneração urbana]”, refere. No total, o Plano de Regeneração Urbana vai custar cerca de 10 milhões de euros, dos quais 70 por cento serão comparticipados. Américo Nunes prevê que todo o plano esteja cumprindo dentro de dois anos. Novas Infra-estruturas. A acção da autarquia não pretende ficar apenas pelo centro da cidade. Segundo o vice-presidente, a autarquia pretende também inovar na integração. Para isso, vai criar jardins-sensoriais. “Este projecto permite aos invisuais ter um contacto directo com as espécies colocadas nos jardins. Serão criados per-

cursos em que os invisuais podem tocar nas flores que se farão acompanhar de uma placa em Braille com toda a informação sobre a espécie”, explica. O primeiro jardim-sensorial irá arrancar no Jardim de Santo António, mas a Câmara prevê a criação de outros no Parque Aquilino Ribeiro e na Quinta da Cruz. Também na área desportiva o concelho vai sofrer alterações. O presidente da câmara, Fernando Ruas, anunciou na passada segunda-feira, que será construído um pavilhão para desporto adaptado. O projecto será edificado em terrenos junto às Piscinas Municipais. Fernando Ruas acredita que o novo complexo desportivo será uma mais valia não só para Viseu como para outros concelhos vizinhos onde residem vários atletas para-olímpicos.

“Uma cidade inclusiva é algo que nunca está concluído” “Uma cidade inclusiva é algo que nunca está concluído. É algo que está sempre a necessitar que sejam feitas coisas”. Foi assim que o deputado do PSD na Assembleia Municipal, Esteves

Correia, se manifestou sobre as obras do município. Invisual, Esteves Correia tem a certeza que as linhas-guias colocadas no Rossio vão aumentar a autonomia dos deficientes visuais. “Aque-

le Rossio que eu conhecia, quando circulava com toda a facilidade, modificou-se a partir do momento em que foram reforçados os dois lagos com jactos de água. O barulho é tão grande que eu

já me perdi três ou quatro vezes”, exemplificou. O deputado defendeu que é urgente intervir na Central de Camionagem, um pouco à semelhança do que foi feito em Lisboa no metro.

Uma sugestão que a autarquia já abraçou. De acordo com Fernando Ruas, o espaço vai ser intervencionado, mesmo antes da prevista reestruturação. Abrir novos sanitários pú-

blicos adaptados para pessoas deficientes, criar linhas guias no acesso à Biblioteca Municipal e na Rua Formosa foram outras das sugestões lançadas pelo deputado.


7

Jornal do Centro 30 | Abril | 2009

conselho de governadores texto ∑ António Figueiredo / Emilia Amaral

Emília Amaral

João Pedro Antas de Barros João Inês Vaz

1

Como devemos olhar para o 25 de Abril? Otelo deve ser promovido? O autarca de Santa Comba tem razão?

2

Quais são as expectativas para as eleições europeias de 7 Junho? O PS vai sair penalizado?

∑ Hoje, ao olhar para trás, não faço a mínima ideia do que seriamos como país se, de alguma forma, pudéssemos ainda estar no 24 de Abril. Seguramente estariamos numa posição muito difícil. Em alguns aspectos, ainda estamos com uma certa sonolência relativamente aquilo que vai acontecendo de melhor por esse mundo fora. É preciso mais, e mais rapidamente. ∑ Eu sei que vou desagradar a muita gente, mas acho que o Otelo [Saraiva de Carvalho] é um homem do 25 de Abril e deve ser promovido. ∑ Eu não conheço pessoalmente o senhor presidente da Câmara [de Santa Comba Dão], mas não faria isso hoje [Dia 25 de Abril]. ∑ O poder desgasta. Eu senti esse desgaste. É natural que haja algum desgaste, até porque, quer no Partido Socialista, que no PSD, continuam a cometer o mesmo erro de serem as mesmas pessoas que estão na política e o povo português apercebe-se que são sempre os mesmos cavaleiros andantes que aparecem a esgrimir argumentos, muitas vezes, perfeitamente ultrapassados. Neste desgaste, estou convencido que pode haver alguma dose de possibilidade do PS poder ser penalizado. Há uma falta de cultura generalizada, dizem coisas que não devem dizer, prometem coisas que não podem cumprir e, por conseguinte, há um desgaste. PS e PSD são os dois partidos que estão ex-aequo em relação ao desgaste. ∑ Estou convencido que o próprio actual presidente da Câmara, dr. Ruas, acusa algum desgaste, mas fez um trabalho muito positivo. A oposição, seria bom que tivesse um rosto novo. ∑ Inicialmente não sentia nenhuma simpatia por Obama, mas à medida que o fui ouvindo, fui interiorizando que era o melhor presidente para o mundo. Primeiro, porque tinha uma visão aberta ao que acontecia no mundo, depois um conhecimento profundo das situações e comecei a pensar se não era bom que aparecesse um presidente que não estivesse amarrado a compromissos e pudesse fazer pontes. Fazer pontes com Hugo Chávez é preciso engolir muito sapo vivo, quando se tem no horizonte interesses mundiais. Foi extraordinário para o mundo. Espero que nos dê a todos a possibilidade de alcançarmos uma melhoria económica e de paz, porque tudo o que está a acontecer exige muito bom senso.

3

Nas eleições autárquicas, a falta de mudança na Câmara de Viseu é preocupante?

4

Que análise fazem ao trabalho do novo presidente dos EUA, Barack Obama?

1

∑ Partilho totalmente da visão que o dr. João Pedro nos dá, talvez com uma pequena diferença, é que eu na altura estava no meu terceiro ano da faculdade em Coimbra e vivi o 25 de Abril como um dia de libertação. Acho que o 25 de Abril falhou exactamente no acesso à cultura e considero o processo cultural como um processo total em que entra a própria educação. ∑ Se é uma promoção militar e a lei permite que seja promovido, porque é que se há-de evitar? O Otelo Saraiva de Carvalho, com todas as asneiras que fez, deve ser promovido. ∑ Se fosse presidente de câmara [de Santa Comba Dão] não faria essa provocação [de inaugurar o largo requalificado com o nome de Salazar].

2

∑ Surpreende-me que, ao fim de quatro anos de tanta polémica que este Governo do Partido Socialista tem levantado, de coisas boas e de coisas más, que continue na sondagem a ter a percentagem de intenções de voto que tem. O que mais me aflige nas eleições europeias é a alienação que as pessoas têm em relação a uma votação destas. Espero que as pessoas vão votar. Sou um militante do Partido Socialista e gostava que o PS vencesse as eleições, mas quem as vencer que vença com mérito de uma grande percentagem. Os portugueses que não se esqueçam, quem se alheia da política, a seguir não pode criticar.

3

∑ O que faz falta na política local é uma visão ampla. Quer no PSD, quer no PS, temos os mesmos rostos há 20 anos. É necessário haver pessoas novas para que as políticas também sejam novas.

4

∑ Qualquer pessoa que viesse depois do anterior presidente seria um bom presidente, mas Obama surpreendeu o mundo com a sua preparação para o cargo, a que me parece um aspecto principal. Tem uma visão extraordinária do futuro e do mundo. Estou convencido que, daqui a três anos, o problema de Cuba estará resolvido. Depois, a capacidade que teve em escolher as pessoas que o rodeiam, nomeadamente a senhora com um “S” muito grande, Hillary Clinton que é a pessoa ideal para o mundo que temos hoje. Obama não é um teórico, é o homem ideal para o momento de crise que vivemos.


8 entrevista ∑ António Figueiredo Edição ∑ Emília Amaral fotografia ∑ Nuno Ferreira

Jornal do Centro 30 | Abril | 2009

à conversa

trabalhadores de Mangualde está abandonado por si só”

“Nós consideramos [o lay-off] uma machadada quase final”

A Jorge Abreu Tem 33 anos, é natural de Santar, concelho de Nelas e é de Santar que se desloca, diariamente, há 13 anos para trabalhar na Peugeot Citröen de Mangualde, onde exerce a profissão de pintor de automóveis. Foi eleito em Fevereiro coordenador da nova Comissão de Trabalhadores da Peugeot-Citroen de Mangualde. Uma eleição que decorreu num período conturbado da maior empregadora do distrito de Viseu, a laborar há 46 anos n0 concelho, onde já foram mandados embora cerca de 600 trabalhadores. Três meses depois, acompanhado por uma equipa de sete pessoas, admite que mudou o estado de espírito dos colaboradores da empresa, acusados durante anos de serem pouco unidos e hoje reconhece maior “união” depois do seu apelo para se “pensar no colectivo”. Foi talvez a primeira conquista, mas teme pelo futuro da Citroën. Não poupa administração, deputados e governo e só vê uma saída para a recuperação da empresa: “Entendemos que o governo devia olhar para esta empresa como uma situação extrema”. Aceitou conversar com a Rádio Noar e com o Jornal do Centro em vésperas do 1º de Maio, admitindo que as comemorações do Dia do Trabalhador serão, este ano, muito diferentes.

r Este conjunto de

O que é que um representante dos trabalhadores da Peugeot Citroën diz a centenas de operários num primeiro de Maio como este?

Aquilo que temos que deixar aos trabalhadores é palavras como resistência, confiança, mas dizer-lhes para pensarem naquilo que são, que serão e que eram os seus objectivos enquanto trabalhadores e aquilo que deve ser o respeito pela sua posição enquanto operários desta empresa, que durante anos cumprem na íntegra a sua função. A ideia que fica dos colaboradores da Citroën é que não eram muito unidos. Isso está a mudar?

Está a mudar. O reflexo disso foi o grande momento que tivemos no sábado (18 de Abril) num plenário, no Auditório da Câmara Municipal de Mangualde, em que houve uma grande afluência, onde se percebeu que de facto há problemas muito complicados no seio de muitas famílias. Estamos a falar de quê?

Estamos a falar de muitos problemas sociais que, num futuro próximo, caso a insistência da empresa em avançar para o sistema de lay-off tão penalizador, venha a ser concretizado. Irá aumentar o problema em grande escala e criar situações mui-

to complicadas em famílias que ali trabalham. Qual foi o objectivo do último plenário?

O plenário serviu para analisarmos a situação da empresa e para analisarmos e projectarmos as pretensões dos trabalhadores no imediato sobre a questão desta medida tão gravosa como o lay-off e outras questões. Foi o culminar do que temos vindo a pedir para que exista mais união entre os trabalhadores. Daí o nosso apelo de que é necessário pensar no colectivo. Senti bastante apoio e incentivo para, em conjunto com outros colegas que durante algum tempo foram trabalhando à margem desta situação, avançarmos com uma candidatura [para eleger a Comissão de Trabalhadores]. Depois de tantas previsões de que pudessem surgir diversas listas, diversas pessoas com ideias e que gostaríamos que tivessem assumido naquele momento uma candidatura, porque foram pessoas que tiveram responsabilidades em algumas matérias e não se comportaram como fiéis representantes dos trabalhadores. Responderam por eles e não transmitiam o que eles entendiam. Usaram os trabalhadores para defender os interesses individuais?

Eram comentários que facilmente se ouviam na empresa. Nós sentimos que os trabalhadores queriam uma comissão que estivesse ali única e exclusivamente para os representar.

receberem uma notícia má na hora pelas pessoas que estão a abordá-lo do que depois saberem que essa situação foi escondida. Queremos falar verdade aos trabalhadores.

Hoje a comissão é respeitada dentro da empresa?

O lay-off é o pior momento destes últimos tempos?

Os sinais que vêm são positivos.

É mais um momento mau, muito mau. Nós consideramos uma machadada quase final porque afecta em grande escala a sustentabilidade do trabalhador e da sua família e é grave, quando existiam outras possibilidades de se controlar o problema.

A administração da Citroën de Mangualde respeita a Comissão de Trabalhadores?

Eu penso que sim. Até ao momento, temos mantido uma relação cordial na base do respeito, de ouvir as nossas posições. Temos, em muitas situações, pontos divergentes e defendem algumas questões que não serão muito positivas para a empresa, mas existe respeito e isso é importante. Como é o ambiente dentro da Citroën?

Em tenho 13 anos de empresa e nunca senti um ambiente tão pesado, de tanta preocupação como o que se vive no momento. O nosso trabalho e o nosso empenhamento têm sido exclusivamente de esclarecer as pessoas, porque não havendo conhecimento das coisas pode proporcionar-se um ambiente muito mais negativo. Deve-se falar verdade, é muito melhor

Como por exemplo?

O plano de apoio ao sector automóvel. Não vos passava pela cabeça que a empresa iria começar a não renovar contratos?

Qualquer trabalhador que vê a abertura dos telejornais com aquele notícia [em Dezembro] e onde vê o director geral da empresa Peugeot Citroën fica ansioso mas, ao mesmo tempo, sente-se numa situação um pouco mais confortável, sentindo que havia um projecto para segurar algum tipo de situação. A empresa ainda tem possibilidade de vir a aderir ao plano de apoio ao


9

Jornal do Centro 30 | Abril | 2009

r Os trabalhadores estão fartos de levar

porrada e não podemos permitir que se continue a assistir a estas injustiças” sector?

Aquilo que o Ministério [do Trabalho] nos transmite e o que a empresa transmite, há algum tipo de divergência. Inicialmente o que nos era transmitido pela administração era que estavam disponíveis para avançar para um plano, mas que o ministério rejeitou. Aquilo que foi dito pelo senhor ministro do Trabalho foi que a Citroën nunca tinha apresentado nenhuma candidatura, daí termos solicitado o agendamento de uma reunião ao senhor ministro e à empresa, para perceber quem tinha razão. E?

Foi-nos transmitido pelo Ministério do Trabalho que a empresa não efectuou nenhuma candidatura e usaram o termo que não podem obrigar a empresa a candidatar-se a este plano. A empresa enveredou por outro caminho que, na nossa opinião, é prejudicial única a exclusivamente para os trabalhadores, que resolve a questão da empresa e que a segurança social nem sequer vai ser envolvida porque os dias de paragens estipulados levam a que não haja essa necessidade (lay-off). O que respondeu a empresa?

Confirmou que nunca avançou com uma candidatura porque a empresa não garantia os requisitos e nós deduzimos que fosse a situação de ter avançado para uma redução do quadro de pessoal.

“Somos mais uns a ir apelar ao Ministério” O apoio das entidades fez-se sentir?

Sentimos que não houve apoio, solidariedade e reconhecimento a estes trabalhadores. Ainda este fimde-semana me cruzei com um trabalhador que saiu há algum tempo e ele disse-me: “ando aqui perdido, sou um profissional [porque é especializado] mas não tenho emprego, continuo a ser um refém destas políticas”. Como foram recebidos no Ministério do Trabalho?

Fomos muito bem recebidos, mas sentimos que somos mais uns a ir apelar ao ministério. A garantia que chega através dos deputados e dos autarcas, de que a empresa não vai fechar, chega para a Comissão de Trabalhadores?

Não. A expectativa que sentimos também é essa, é confortável ouvirmos, mas temos um presente muito

O lay-off é uma medida que devia ser usada em situação extremas e hoje em dia é usado de forma banal. O trabalhador só tem a garantia de dois terços do salário e, segundo a garantia de parar em Maio cinco dias, quem paga é o trabalhador. Um trabalhador com 600 euros de salário, nos cinco dias que não esta a trabalhar é-lhe descontado cerca de 140 euros. No final do mês a renovação é de 460 euros que depois irá efectuar descontos sobre este valor. Estes 460 euros estão acima do salário mínimo, logo vai ser ele a assumir esta responsabilidade, o Estado só intervinha se o trabalhador ficasse abaixo dos dois terços do salário mínimo obrigatório. O trabalhador, se parar cinco dias por mês, durante estes seis meses, que tenha uma redução salarial de 200 euros, vai ter 1200 euros de penalização. Publicidade

negro e é neste problema [lay-off] que está para ser implementado, que necessitamos da intervenção das

pessoas [deputados] que, sendo eleitas pelo distrito, têm responsabilidades acrescidas.

“O Governo devia olhar para a Citroën como uma situação extrema” O Governo devia ser chamado a intervir?

O vosso parecer negativo ao lay-off assenta em quê?

Semanalmente, “À Conversa” resulta de um trabalho conjunto do Jornal do Centro e da Rádio Noar. Esta conversa pode ser ouvida na Rádio Noar, esta sexta-feira, às 11hoo e às 19h00, e domingo, às 11h00. A entrevista na íntegra em www.jornaldocentro.pt

Estamos a falar de uma situação social, de um problema muito grave que se pode estar a criar, daí não baixarmos os braços. Temos mantido relações com alguns presidentes de câmara. O senhor presidente da câmara de Mangualde e a senhor presidente da Câmara de Nelas têm mostrado uma grande preocupação, nas fazemos um apelo a outros autarcas e a pessoas que têm responsabilidade de intervenção, para ajudarem a encontrar uma forma de evitar situações muito graves. Qual é a vossa proposta para a saída?

Entendemos que a haver alguma penalização terá que ser para quem infringiu e quem infringiu não foram os trabalhadores, foi esta e outras empresas que utilizam o lay-off depois de despedirem centenas de trabalhadores. A nossa insistência é para que haja abertura e adaptação da própria legis-

lação no sentido de apoiar situações, de apoiar a garantia salarial e do apoio às famílias. Este conjunto de trabalhadores de Mangualde está abandonado por si só, pela empresa, pelo Estado, pelas entidades responsáveis no âmbito social e nós não vamos calar a nossa voz. Existe um clima social muito complicado e os trabalhadores estão fartos de pagar a factura e sinto que vai levar a que sejam tomadas algumas posições necessárias. O vosso parecer não é vinculativo e o lay-off tudo indica que vai ser implementado. O que se segue?

Consideramos que é uma afronta ao conjunto de trabalhadores. Existe um parecer que deve ser respeitado e devem ser encontradas formas de contornar o problema. Todas as formas de luta estão em cima da mesa, poderemos ter um 1º de Maio muito diferente em Mangualde, mas os trabalhadores estão

fartos de levar porrada e não podemos permitir que se continue a assistir a estas injustiças. Os trabalhadores sentemse quase reféns deste baixo salário oferecido nesta empresa. Acredita numa medida de excepção?

Entendemos que o Governo devia olhar para esta empresa como uma situação extrema. Deveria ser ajustada esta ou aquela medida às necessidades desta ou adquela empresa. As questões generalistas vão sempre beneficiar alguns e prejudicar outras, se calhar, com mais necessidades. A empresa necessita de outro meio de apoio. O Governo deve olhar para esta situação em conjunto com a administração da empresa. A nós, cumpre-nos alertar para quem tem responsabilidades, daí o nosso apelo para que seja encontrada uma forma de colocar estes trabalhadores, por exemplo, numa situação de formação que seria positivo para todas as partes.


Jornal do Centro

10

D

viseu

30 | Abril | 2009

Festival de Teatro Jovem O Festival de Teatro Jovem, organizado pela Câmara Municipal de Viseu, começa dia 1 e termina no dia 31 de Maio. O evento integra o Programa Cultural Viseu Naturalmente e pretende dar a conhecer o trabalho desenvolvido pelos grupos de teatro jovem do concelho.

PRAÇA 2 DE MAIO VAI SER REQUALIFICADA

A Assembleia Municipal (AM) aprovou uma moção “contra o eventual encerramento da 2.ª repartição de Finanças” de Viseu. A proposta foi aprovada por unanimidade, com alguns protestos dos deputados da bancada socialista que se manifestaram contra algumas expressões do documento. A moção foi apresentada pela deputada do Bloco do Esquerda, Graça Pinto, que afirmou na sessão estar “preocupada com a deslocalização de serviços públicos de á rea s f u lcra i s como o cent ro h i stór ico”. “Essa deslocalização agrava o processo de desertificação das zonas históricas e a agonia do pequeno comércio”, alertou a deputada do BE, reforçando que “o encerramento irá prejudicar não só os munícipes como também os utentes”. No concelho, 16 das 34 freguesias são servidas pelo Serviço de Finanças 2. Os munícipes lesados já manifestaram o seu desagrado através de um baixo-assinado, que já conta com mais de 1500 assinaturas. O presidente da freguesia de Vila Chã, uma das localidades afectadas com o possível encerramento, afirmou na AM, que “as populações estão preocupadas”. “Repudiamos

totalmente esta proposta de encerramento. Achamos que as populações serão afectadas. Aqui não se está a jogar no simplex mas sim no complex”, disse José Ernesto. Da bancada do CDSPP, o deputado Mendes Silva manifestou-se a favor da moção, mas ressalvou que o encerramento poderia ser “uma boa medida se fosse o resultado de um processo legislativo de simplificação do sistema fiscal”, o que para os deputados do CDS-PP “não é o caso”. A bancada o PS concordou com os argumentos apresentados pelos dois deputados, mas esbarrou numa questão semântica. “O PS está contra a hipótese de encerramento. Mas não pode votar contra algo que não existe. O que há é uma proposta de encerramento e não uma decisão”, referiu Alberto Ascensão. A moção, que inicialmente propunha que a AM manifestasse “oposição ao encerramento” passou a propor a manifestação contra “um eventual encerramento” da 2.º repartição de Finanças de Viseu. O documento acabou por ser aprovado por unanimidade e vai ser entregue ao Governo Civil, à Direcção-Geral de Finanças e à Autarquia. AFR

Nuno Ferreira

Assembleia aprova moção contra fecho das Finanças 2

A Candidato do PS à Câmara de Viseu anunciuou os grandes temas da campanha

Miguel Ginestal dá prioridade à educação Candidatura ∑ Oficializada na presença de Vieira da Silva Miguel Ginestal, novamente candidato à Câmara Municipal de Viseu pelo Partido Socialista, chegou atrasado à cerimónia de apresentação oficial da sua candidatura, mas encontrou o salão Expocenter composto. A família ocupou a maioria das cadeiras da primeira fila. Ao seu lado também Vieira da Silva, secretário nacional para a organização do PS , José Junqueiro, presidende da Federação do PS, Correia de Campos, ex-ministro da Saúde, Acácio Pinto, governador civil, Alexandre Ribeiro, presidente da Comissão de Honra da candidatura e os autarcas

socialistas. Sob o slogan “O Futuro é Agora”, o candidato de 43 anos, vereador e deputado parlamentar considerou que Viseu é “um concelho a duas velocidades, expresso por um investimento municipal centrado sobre a cidade preterindo as aldeias”, “sem coesão social, sem coesão territorial, modelado por um PDM (Plano Director Municipal) omisso, facilitador da expansão urbana que esvaziou o centro histórico e proíbe a construção nas aldeias”. Miguel Ginestal, prometeu dar prioridade à educação com “escolas [na cidade] a tempo in-

teiro” e criticou “as obras eleitoralistas” em curso na cidade, orçadas em nove milhões de euros, “com gastos sumptuários e sem respeito pela segurança e protecção dos viseenses”. Na sua opinião, o que vai estar em causa nas próximas autárquicas é “o confronto entre duas gerações de políticos”: uns “impositivos, autoritários, que apenas sabem concretizar políticas numa lógica do posso, quero e mando”, outros “que gostam de governar de forma participada, com propostas mobilizadoras para a mudança”. Emília Amaral emilia.amaral@jornaldocentro.pt

Número de mortes mantém-se apesar da dimunição de acidentes Os valores de sinistralidade diminuíram, no distrito de Viseu, durante o primeiro semestre de 2009, à excepção do número de mortos, que se manteve igual ao ano anterior. De acordo com os dados do Governo Civil, cinco vítimas mortais, 23 feridos graves e 350 feridos ligeiros são

os números que marcam este primeiro trimestre. O excesso de velocidade continua a ser a principal causa provável identificada nos acidentes de trânsito, sendo a menos assinalada a condução sobre o efeito do álcool. Os mais jovens, com idades compreendida entre os 25 e os 34 anos, foram

os que provocam um maior número de acidentes rodoviários. Nos primeiros três meses do ano ocorreram 42 atropelamentos, 10 dos quais em passadeiras. As áreas urbanas, onde se verifica uma maior afluência de trânsito e de população, são onde ocorrem mais atropelamen-

tos. O Governador Civil, Acácio Pinto, acredita que esta diminuição se deve, essencialmente, “ao melhoramento das condições dos veículos, das vias de comunicação, à maior responsabilidade dos condutores e à sensibilização” que vai sendo feita com a aju-

da de várias entidades. Os Escuteiros de Santa Comba Dão, foram um dos organismos que se uniu ao Governo Civil do Distrito de Viseu para apoiar na sensibilização dos peregrinos que se dirigem para Fátima, e que em algumas situações não cumprem as regras de segurança necessárias. SP

A Praça 2 de Maio, em Viseu, vai voltar a sofrer obras de requalificação, depois de o espaço ter sofrido uma intervenção de fundo entre 1998 e 2001. De acordo com o presidente da Câmara de Viseu, Fernando Ruas, o arquitecto responsável pelo projecto, Siza Vieira, já aceitou as propostas de alteração da autarquia. “O senhor arquitecto já nos fez uma proposta que modifica em muito, para melhorar o espaço”, afirmou Fernando Ruas na reunião da Assembleia Municipal. O autarca defende que o novo projeco pode constituir uma alternativa para a deslocalização da Loja do Cidadão para o centro da cidade. “Temos uma proposta que foi trabalhada na câmara e que não vai muito além do que o sr. arquitecto propôs e que pode ser uma excelente alternativa até para um serviço como a Loja do Cidadão. Esse serviço prevê uma determinada área e é essa área que temos de lá colocar”, referiu. Fernando Ruas deixou claro na AM que mesmo que a autarquia “não tivesse um serviço para lá [Praça 2 de Maio] colocar” as obras terão de ser feitas pois “beneficiam em muito o espaço”. “Mesmo que não tivessemos um serviço, iríamos fazer essas alterações pois achamos que podemos arranjar pequenos serviços para ocupar as novas instalações que serão criadas”, salientou. O equipamento de lazer vai ainda sofrer alterações ao nível da pavimentação. “Aquele piso não é o melhor e a quadricula das Magnólias também não. Além disso, há Magnólias a mais. O sr. Siza Vieira achou que a avenida principal pode ser alterada, tirando-lhe algumas magnólias e substituindo-lhe o piso”. Também o pórtico e os muros de vedação so espaço serão alterados. AFR


Jornal do Centro 30 | Abril | 2009

PUBLICIDADE 11


Jornal do Centro

12

30 | Abril | 2009

D Caminhada por Montemuro

região

A Associação para a Defesa do Vale do Bestança organiza, dia 2 de Maio, a “Caminhada na planura do Montemuro: Da Gralheira a Vale de Papas”.

7

SÁTÃO JÁ PODE CRIAR GABINETES DE INSERÇÃO PROFISSIONAL

DETIDOS DOIS JOVENS EM VISEU Dois homens foram detidos pela PSP de Viseu por conduçãod e veículo automóvel com uma taxa de alccolémia de 1,49 e 1,95 gramas por litro de álcool no sangue. De acordo com a PSP, suspeito de 29 anos transitava em sentido poribido pondo em risco terceiros, circulava sem seguro e sem inspecção do veículo. O indivíduo de 24 anos não estava habilitado para a condução de veículos automóveis. Os detidos foram notificados para comparecer em tribunal.

APANHADO TRAFICANTE EM VISEU APSP de Viseu deteve um homem de 29 anos com nove doses de heroína. o indivíduo estava referenciado pela polícia como um dos traficantes de drogas duras que operava em Viseu. O individuo estava a ser vigiado pela polícia. A detenção representa um avanço no combate ao tráfico e consumo de estupefacientes nesta zona da cidade. De acordo com a PSP, o detido já cumpriu pena de prisão. Há cerca de oito anos, foi detido e Publicidade

condenado por fazer parte de um grupo que utilizava as prostitutas para atrairem clientes aos apartamentos onde depois eram espancados e roubados.

Nuno Ferreira

dias TÉCNICO INVADE A Os quatro soldados da paz conseguiram retirar da neve dois seguranças

VELÓRIO EM S. PEDRO DO SUL

Uma família de São Pedro do Sul apresentou queixa contra um técnico do Instituto de Medicina Legal, por este alegadamente ter invadido um velório para efectuar perícias médicas. De acordo com a família, terá acontecido quando se preparavam para efectuar o velório de Arménio Teixeira, que morreu após ter caído numa lagoa em São Pedro do Sul. Durante a cerimónia, o técnico terá entrado em casa da família, e obrigado as pessoas presentes a sair. O técnico tirou fotografias ao corpo e com uma seringa retirou líquidos do corpo. O técnico visado encontra-se suspenso de funções. O director da delegação do Centro do Instituto de Medicina Legal, Francisco Corte-Real, considera muito graves as acusações e já ordenou a instauração de um processo de inquérito para apurar a verdade.

Castro Daire tem bombeiros de mérito Reconhecimento ∑ Liga atribui prémio do ano por resgate em Montemuro Fernando Albuquerque, 32 anos, Bruno Esteves 22 anos, Carlos Almeida, 33 anos e Márcio Ferreira, 24 anos, vestidos com equipamento de protecção individual de combate a incêndios urbanos, decidiram enfrentar apeados a neve intensa e o nevoeiro serrado para resgatar dois seguranças de um parque eólico da Serra de Montemuro, em Novembro do ano passado. Tratou-se de um acto de coragem reconhecido pela Liga de Bombeiros Portuguesas (LBP) ao atribuir o Prémio Bombeiro de Mérito a estes quatro bombeiros da Corporação de Castro

Daire. Em 29 de Novembro de 2008, dia em que a região foi atingida por uma tempestade de neve, os problemas foram-se multiplicando com centenas de viaturas bloqueadas na A24 e pessoas retidas por todo o lado. Ta l c o m o c o n t a o com a nd a nte d a corporação, Paulo Matos, a corporação recebeu informação de que estariam dois seguranças retidos “em pleno coração da serra”. Nesse dia e no dia seguinte, tentou fazer-se o resgate dos dois homens, inclusive através do helicóptero de Santa Comba Dão que não teve visibilida-

de para levantar, da moto de neve de Seia que não conseguiu sair do Sabugueiro e do limpa neves da Estradas de Portugal, mas todas as operações ocorreram sem sucesso. A partir desse momento, os quatro bombeiros, não vendo outra alternativa, disponibilizaramse para fazer o resgate de forma apeada. “Apesar do desgaste físico, resultante da longa caminhada e da exposição prolongada ao frio, os quatro bombeiros resgataram com êxito os dois seguranças do parque eólico”, adianta a LBP em comunicado. O prémio vai ser entregue a 31 de Maio.

A candidatura da autarquia de Sátão para a criação de Gabinetes de Inserção Profissional foi contemplada. De entre 904 candidaturas apresentadas, para região centro foram apenas aprovadas 59 unidades. O objectivo estratégico deste eixo passa por estabelecer uma comunicação estreita com as empresas locais e incluir as suas necessidades de formação na agenda local, qualificar e certificar as competências socio-educativas da população. O novo gabinete irá integrar os jovens na vida activa, apoiandoos na definição do percurso formativo dos jovens, irá apoiar a rea lização de estágios e cursos de formação profissional e recolha e divulgação de ofertas de emprego. Este novo serviço vai funcionar nas instalações da antiga Escola Primária de Sátão.

MOVIMENTO CÍVICO DE MANGUALDE REÚNE-SE EM COLÓQUIO O Movimento Cívico “Filhos da Terra”, constiuído por indivíduos nascidos e crescidos em Mangualde, organiza o segundo colóquio sobre “Contributos para o diálogo”. O evento realizase dia 9, pelas 14h30, na Biblioteca Municipal de Mangualde.


PUBLICIDADE 13

Jornal do Centro 30 | Abril | 2009

Mais uma conquista para Viseu. Nova Agência Banco BIC.

Portugal

Angola

Portugal e Angola estão cada vez mais perto. Com a abertura de uma Agência em Viseu, o Banco BIC rearma o seu papel de plataforma de apoio às exportações de bens e serviços entre os dois países, agora junto dos Visienses. Somos especialistas no apoio à exportação e aos investimentos nacionais em Angola e um parceiro privilegiado dos angolanos na gestão do seu património nanceiro em Portugal e na Europa. Para celebrar esta ocasião, o Banco BIC patrocina a realização de um seminário intitulado ‘Relações Económicas Portugal/Angola – Contributo do Banco BIC Português’. Banco BIC Português, SA - Portugal - Viseu Av. António José de Almeida, 14, 3510-042 Viseu - Portugal Tel: [+351] 232 457 040 - Fax: [+351] 232 457 049

Banco BIC, SA - Angola Rua Major Kanhangulo, 212 r/c, Luanda - Angola Tel: [+244] 222 371 227 - Fax: [+244] 222 395 099

www.bancobic.pt

www.bancobic.ao


Jornal do Centro

14

30 | Abril | 2009

D Liberty Seguros chega a Santa Comba

negócios

A seguradora Liberty seguros abriu um novo espaço em Santa Comba Dão. Com esta política, a empresa assegura a sua aposta na descentralização, com um vasto leque de espaços a funcionar de Norte a Sul do país.

AIRV PREPARA MISSÃO EMPRESARIAL A ANGOLA A Associação Empresarial da Região de Viseu (AIRV) está a preparar uma Missão Empresarial a Angola (Luanda, Benguela/Lobito), para o período de 27 Setembro a 4 de Outubro. A missão, segundo a AIRV, visa “preparar, apoiar e acompanhar um conjunto de empresas no trabalho preparatório, tendo como objectivo o aumento das suas exportações ou investimento naquele mercado africano”. O projecto, conta com o apoio logístico da delegação da AICEP em Luanda e de entidades institucionais angolanas.

EXPOTEC MARCADA PARA JUNHO QUER ESTIMULAR A CURIOSIDADE CIENTÍFICA A edição deste ano da Expotec, feira das tecnologias e inovação de Viseu, vai decorrer de 3 a 7 de Junho, no pavilhão Multiusos. O certame, organizado pela Associação Empresarial da Região de Viseu (AIRV), pela Escola Superior de Tecnologia e pela Expovis assume-se como uma montra da investigação e do desenvolvimento tecnológico que são realizados na Região. A adianta que o objectivo é “ procurar estimular a curiosidade científica dos jovens”. Publicidade

FORDOC

Estratégias com sentido “Não há nada na nossa inteligência que não tenha passado pelos sentidos”. ARISTÓTELES

A Marques Mendes confirmou contratos celebrados com quatro freguesias

Nutroton constrói central de Biomassa em Viseu Previsões ∑ A empresa prevê que em 2012 já esteja a produzir energia A Nutroton, empresa sedeada no Caramulo, liderada por Marques Mendes, vai construir uma central de biomassa em Viseu. A adjudicação já foi formalizada junto do Governo, prevendo-se que a obra avance no final deste ano. O projecto de 15 milhões de euros, prevê a produção de electricidade através de resíduos florestais, a partir de 2012.

O novo empreendimento, a ser construído na Freguesia de S. João de Lourosa, prossegue agora a concretização dos passos necessário para o avanço da estrutura. Marques Mendes anunciou que a Nutroton já celebrou contratos com quatro freguesias de Viseu (Bodiosa, Rio de Loba, Torredeita e Vila Chã de Sá) com vista ao fornecimento de biomassa e que está

disponível para fechar acordos com out ra s autarquias. O presidente da Câm a ra de Viseu , Fernando Ruas, destacou as vantagens da unidade, nomeadamente a criação de postos de trabalho, a produção de energia através de uma fonte renovável e o facto de ajudar a prevenir os fogos florestais, através da limpeza das matas.

Hoje em dia, começa a ser notório que as pessoas passam menos tempo a ver televisão, a ler revistas e a ouvir rádio. Apesar das organizações começarem a estar conscientes desta realidade, talvez por receio de arriscar, continuam a definir as suas estratégias de comunicação através de métodos tradicionais, que “apenas” estimulam a visão e a audição. Fará isto algum sentido?! Algumas das grandes marcas já chegaram à conclusão que aumentar a comunicação, num mundo já saturado de informação, não as levará a lado algum. É preciso que as marcas comecem a ter uma nova visão na sua forma de comunicar. Assim, a mensagem deverá ser baseada numa verdadeira experiência sensorial capaz de estimular os outros três sentidos, normalmente, negligenciados: paladar, olfacto e tacto. Chegou o momento das marcas deixarem a comunicação bidimensional e estabelecerem estratégias mais completas que procurem, através de uma conjugação perfeita dos cinco sentidos, ir de encontro ao factor emocional do consumidor. Como todos sabemos, até agora, a visão foi o sentido mais explorado pelo marketing. Claro que cores chamativas, belas montras, modelos perfeitas, o brilho da carroçaria de um novo carro… ainda vendem!... Mas Martin Lindstrom, na sua obra Brand Sense, apresenta um teste muito simples que comprova bem as armadilhas da visão. Tingiu-se uma bebida com sabor a limão com diferentes graus de intensidade. Depois, solicitou-se a uma centena de pessoas que indicassem qual delas era a mais doce depois de uma prova de sabor. A maioria fez a escolha errada, já que considerava que, quanto maior fosse a intensidade da cor, mais

Cristela Bairrada Associação Nacional de Jovens Formadores e Docentes

doce era a bebida. Na verdade, o que acontecia era precisamente o contrário. Outra das velhas preocupações do marketing passa pela criação de uma identidade auditiva. Já alguma vez pensou quantas marcas são capazes de ser reconhecidas apenas pela música?! Na verdade, o som pode ser identificativo de uma marca e as empresas devem preocupar-se em transmiti-lo no site, no sistema de espera telefónica, nos eventos da marca, etc., pois só assim a retenção auditiva se intensifica. Quantas vezes optou por beber a bica num café só pelo bombom ou pela bolacha de oferta? Oferecer doces, chocolates ou outro tipo de iguarias pode ajudar no momento da conquista. Outro dos sentidos a ser estimulado, talvez porque a percepção dos cheiros sempre desempenhou um papel fundamental, é o olfacto. O marketing aromático já nos provou que as acções que estimulam este sentido têm resultados. Talvez agora perceba a importância do cheiro de um carro novo, do aroma a pipocas nas salas de cinema, do cheiro do pão quente nos hipermercados… A definição de uma correcta estratégia olfactiva, dita, muitas vezes, o sucesso ou não das vendas. Quanto ao tacto, de olhos vendados, quantos produtos seria capaz de identificar?! As garrafas de Cocacola e da Absolut vodka?!?... Uma embalagem do perfume Chanel nº 5?! Um chocolate da Toblerone?! Estudos científicos comprovam que a fidelização aumenta cerca de 30por cento, quando mais do que um sentido é envolvido na comunicação, e atinge os 70 por cento, quando três são integrados na comunicação das marcas. Talvez com estes resultados faça sentido pensar nisto, não?!


Jornal do Centro 30 | Abril | 2009

PUBLICIDADE 15


Jornal do Centro

16

30 | Abril | 2009

D Taça Nacional de Juvenis em Futsal

desporto

Amanhã, sexta-feira, a formação da Casas do Benfica de Viseu defronta a Académica de Coimbra, em jogo a contar para a primeira jornada da Taça Nacional de Juvenis em Futsal. O jogo vai ser no pavilhão do INATEL pelas 16h00.

FULL CONTACT DE VISEU EM PROVA NA SUÉCIA

Gil Peres

A Federação Portuguesa de Full Contact, com sede em Viseu, vai estar representada na cidade sueca de Umea no próximo sábado, no dia 2 de Maio, na Gala Internacional “Battle of Botnia”. O atleta Português que irá representar a FPFC é Bruno Silva que irá defrontar o sueco Tor Troeng num combate previsto para três assaltos de cinco minutos. Bruno está na Suécia acompanhado pelo viseense Mestre Fernando Loio. Esta será a sexta participação da FPFC na Suécia, país bastante forte nos estilos de Ultimate Full Contact (Vale Tudo, Free Fight, Shooto, MMA, Pancrase, Mix Fight, NHB), onde tem participado em grandes eventos, como o EVT European Vale Tudo e o K-1 Escandinávia, desta vez terá um atleta a competir na estreia de um novo evento o “Battle of Botnia” que promete ser mais um grande evento na Escandinávia. Está já agendada outra participação na Suécia, com dois atletas, no final do mês de Maio.

A Costa continua a ser uma aposta de Luís Almeida no meio campo academista

Jornada de “empatas” deixa tudo na mesma Académico∑ 1 - 1 com o Tocha Cinfães∑ 2 - 2 com o Fiães Tondela∑ 0 - 0 com o Anadia Sátão∑ Desce III DIVISÃO NACIONAL - SÉRIE C Classificação Classificação

2 2 0 0 1 1

Fiães Anadia Tocha

4 4 4 4 4 4

2 2 2 1 0 1

1 1 2 0 1 1 1 2 1 3 2 1

8-5 29 5-1 29 5-6 29 8-10 27 3-7 27 3-3 26

4 4 4 4

1 2 1 3 1 0 2 0 2 0 1 3

Manutenção 5-4 24 5-0 23 6-7 23 1-6 13

GOLOS

Cinfães Tondela Ac. Viseu

(Manutenção)

F. Algodres Águeda

3 0 4 1

Sátão Milheiroense

1.Tondela 2.Anadia 3.Ac. Viseu 4.Cinfães 5.Fiães 5ª jornada - (03/05/09) Fiães Tondela 6.Tocha Anadia Ac. Viseu Tocha Cinfães 7.Milheiroense 8.F. Algodres Sátão Águeda 9.Águeda Milheiroense F. Algodres 10.Sátão

Goalball

Última jornada do campoeonato nacional é em Viseu A Delegação de Viseu da ACAPO, Associação de Cegos e Amblíopes de Portugal, em conjunto com o FC Ranhados vai organizar, nos próximos dias 2 e 3 de Maio, sábado e domingo, a ultima jornada do Campeonato Nacional de Goalball.

A competição será na tarde sábado e na manhã de domingo, tendo por palco o Pavilhão da Via Sacra. Em prova vão estar seis equipas: Académico Futebol Clube (Porto), ACAPO (Lisboa), Beirões (Fundão), Caldelas (Braga), Ranhados (Viseu)

e Grupo Desportivo de Alcoitão (Cascais). Trata-se da derradeira jornada do 15º Campeonato Nacional e antecede o Eropeu da modalidade que este ano se vai disputar em Albufeira, no Algarve, entre 24 e 27 de Maio. GP

PONTOS

4ª jornada (Subida)

EMPATES

Gil Peres

Z

DERROTAS

líderes, o Tondela joga em Fiães, equipa que dominou a primeira fase, enquanto o Cinfães de desloca à Tocha, formação que é sempre muito complicada de bater no seu reduto. Quanto à fase de manutenção, a Desportiva de Sátão está virtualmente despromovida aos distritais. Perdeu em Fornos de Algodres e enterrou as últimas esperanças. Que já eram escassas.

JOGOS

e Tondela, com o Anadia, desperdiçaram mesmo uma oportunidade soberana de se destacarem na classificação, numa altura em que se vai jogar a última jornada da primeira volta. As diferenças pontuais continuam mínimas pelo que tudo continua em aberto, mas a próxima ronda trás dificiculdades para as três equipas de Viseu. Qual delas terá a tarefa mais complicada. Se o Académico joga em Anadia, em encontro de

VITÓRIAS

Oportunidade perdida, para as três equipas de Viseu que lutam pela subida à II Divisão Nacional. Todas a jogar em casa, e nenhuma capaz de vencer o respectivo adversário. Resultado de uma jornada onde só houve empates, tudo na mesma ao nível da classificação geral. Só as contas no final o dirão mas, desperdiçar pontos em casa, nesta fase da prova, não é positivo. Académico de Viseu, ao empatar com o Tocha,

A A formação do Futebol Clube de Ranhados

SPORTING VENCEU VISEU FUTSAL A terceira edição da “Taça Lanxeirão” foi ganha pelo Sporting Clube de Portugal. Em jogo disputado no Pavilhão do Inatel em Viseu, e com mais de um milhar de espectadores nas bancadas, a formação leonina, que milita na I Divisão Nacional de Futsal, venceu o Viseu Futsal 2001 por 4 a 1. O Viseu Futsal, actual sétimo classificado da II Divisão Nacional, Série A, começou da melhor maneira a partida com Romário a inaugurar o marcador, à passagem do minuto 11. No entanto, o Sporting deu a volta ao marcador antes do intervalo, com golos de Deo e Zézito. Na segunda parte os sportiniguistas fixaram o 4-1 final com golos apontados por Alex e Deo.


FUTEBOL | DESPORTO 17

Jornal do Centro 30 | Abril | 2009

II Divisão Nacional - Série C

Nelas diz adeus enquanto o Penalva ainda sonha

A Nelas perdeu em Oliveira do Bairro e “selou” a descida Divisão de Honra

Z

GOLOS

PONTOS

EMPATES

DERROTAS

JOGOS

III DIVISÃO NACIONAL - SÉRIE C faltam, chegará às quatro vitórias, o que fará com que 8ª jornada (Subida) termine com um coeficien- Pampilhosa 0 2 Fátima Operário 3 0 Tourizense te positivo. Monsanto 0 1 União Serra Pela conjugação de resul(Manutenção) tados nas outras séries, em Eléctrico 1 0 Praiense que nem todos poderão ga- Oliv. Bairro 1 0 Nelas nhar os jogos que faltam, o Folgou: Penalva Castelo Penalva ficará com fortes possibilidades de ter um coe- Classificação ficiente superior aos seus adversários. É nesta matemática, e neste jogo de probabilidades que a formação 1.Fátima 8 6 2 0 19-8 41 penalvense tem que encon- 2.União Serra 8 3 2 3 7-7 31 3.Tourizense 8 3 2 3 10-10 29 trar motivação para ainda 4.Pampilhosa 8 2 4 2 10-12 29 lutar pela permanência. 5.Monsanto 8 2 1 5 9-15 22 Já sem qualquer hipótese, 6.Operário 8 2 1 5 12-15 22 e virtualmente despromoManutenção vido à III Divisão Nacional, 7.Eléctrico 7 3 3 1 4-2 23 está o Sport Lisboa e Nelas. 8.Oliv. Bairro 6 2 2 2 4-4 23 9.Praiense 6 3 2 1 6-3 16 A derrota em Oliveira do 10.Penalva 6 2 1 3 5-4 15 Bairro apenas confirmou o 11.Nelas 7 0 4 3 3-8 9 que já se esperava. 9ª jornada (03/05/09) Permanentes mudanças Monsanto no plantel e equipa técnica, Fátima Tourizense Pampilhosa direcção demissionária, sa- Operário União Serra lários em atraso, contas peOliv. Bairro nhoradas, de tudo aconte- Praiense Nelas Penalva C. ceu ao clube este ano. GP Folga: Eléctrico VITÓRIAS

A duas jornadas do final do Campeonato Nacional de Futebol da II Divisão, em Penalva do Castelo ainda se acredita na manutenção. Apesar de ter folgado nesta ronda, a formação de Carlos Agostinho beneficiou da derrota do Praiense, em Ponte de Sôr, para ficar apenas a depender de si própria para chegar ao terceiro lugar do grupo. Nesta altura, e com dois jogos por disputar, o Penalva, caso vença em Nelas, deixa tudo por decidir para a última jornada, quando receber os açorianos no seu reduto. No final, será o coeficiente de cada equipa, entre vitórias, empates e derrotas nos jogos disputados, que funcionará como critério de desempate, e não o número de pontos. Ora, nesta altura, o Penalva tem duas vitórias, um empate, e três derrotas. Se vencer os dois jogos que

Taça Sócios de Mérito

Rui Manuel deixa o Oliveira de “Lei do mais forte” imperou Frades no final da época nos quartos-de-final Técnico e direcção já chegaram a acordo para que a saída se concretize no final da temporada, com Rui Manuel “disponível para aceitar outros projectos e outros convites”, como adiantou ao Jornal do Centro. Depois de ter chegado a meio da época passada, e evitado a descida de diPublicidade

visão, Rui Manuel levou o Oliveira de Frades, esta temporada, aos primeiros lugares da Divisão de Honra, que chegou a liderar. “Saio satisfeito com o trabalho que fiz”, adianta Rui Manuel, considerando ainda que “estava na altura de procurar outros desafios e o clube outro treinador”. GP

A Rui Manuel

Uma ronda sem grandes supresas com os mais fortes a conseguirem, com maior ou menor dificuldade, o apuramento para as meias-finais da Taça Sócios de Mérito da Associação de Futebol de Viseu. Numa das partidas mais aguardadas dos quartos-definal, em Vildemoinhos, o Mangualde bateu o Lusita-

no por 3 a 2. A única equipa da I Divisão ainda em prova, fez tremer o líder da Divisão de Honra. Lusitano que confirmou ser um forte candidato à subida à Divisão de Honra na próxima época, até porque está a disputar, com o Alvite, a subida de divisão, tendo ganho (2-0) o jogo da primeira-mão.

Apurados também Moimenta da Beira e Oliveira de Frades, duas das formações mais fortes da Divisão de Honra e ainda o Campia. GP TAÇA SÓCIOS DE MÉRITO Quartos-de-Final M. Beira Paivense Lusitano Ol. Frades

3 2 2 2

1 3 3 1

Parada Campia Mangualde Molelos


18

D “Jerusalém” no ACERT

culturas agenda cultural fnac

EM CONCERTO MILLION DOLLAR LIPS “LUST” ∑ Sexta, dia 1, às 17h30 Lust é o nome do 1º disco dos portugueses Million Dollar Lips. Produzido por Marc Requille (Evil Superstars, Vive la Fête), Lust é composto por 11 temas onde o electro pop se funde com sonoridades dark e rasgos da mais fina luxúria.

EM CONCERTO CHAPA “OUTRO DIA” ∑ Domingo, dia 3, às 17h30 Os Chapa, banda brasileira são oriundos do Rio Grande do Sul, onde cresceram a aprender a tocar juntos. Em 1993, começaram a dar os primeiros passos tocando covers. “Outro Dia”, contém 11 temas originais com uma sonoridade pop/rock. OFICINA DE MÚSICA FÓRUM MIÚDOS POR GIRA SOL AZUL ∑ Domingo, dia 3, às 11h30 Tendo como base um repertório de Lengalengas Tradicionais, esta oficina pretende utilizar, combinar e manipular sons, elementos musicais e outros recursos para fazer música. M CONCERTO ESTADO SÓNICO “OUVIR O SILÊNCIO” ∑ Domingo, dia 9, às 21h30 “Ouvir o Silêncio” é o novo Ep dos Estado Sónico, colectivo oriundo da Marinha Grande, que regressa ao activo após uma longa hibernação de sete anos.

livros

“ELEMENTOS” ∑ Trata-se de uma obra poética com duas capas e dois autores, Nuno Monteiro e Dina Cruz. Com poemas de memórias sobre sentidos, Nuno Monteiro descreve-se a si próprio como sujeito de lugar algum. Já Dina Cruz demonstra o apelo da terra que a absorve e faz permanecer em Vila Real. O livro será apresentado dia 10, pelas 16h00, na FNAC do Palácio do Gelo.

expos

Destaque

Estreia ∑ “Mitodópulos” sobe ao palco no dia 1 de Maio Sobrevivência, identidade, passado e futuro são os conceitos chave de “Mitodópolus”. Um mundo onde os seres humanos são obrigados a aguardar uma decisão sobre o seu destino, um mundo onde habita uma única língua e códigos irreconhecíveis. “ M ito dóp olu s ” e s treia no palco do Teatro Viriato no dia 1 de Maio. A peça, que questiona a sobrevivência humana, num cr uza mento entre o fantástico e a era mitológica das primeiras civilizações, resulta do Projecto Escolas do Teatro Viriato, originalmente concebida por Paulo Ribeiro na década de 90 e recuperado em 2008 pelo Teatro Viriato. O principal objectivo é envolver a comunidade escolar num projecto artístico. Em 2008, participaram cerca de 40 alunos e quatro intérpretes profissionais.

Sessões diárias às11h10 (6ª e Dom.), 13h05, 15h30, 17h45, 20h00 Monsters Vs Aliens (dob)

Sessões diárias às 22h00, 00h25 Autocarro 174

Sessões diárias às 11h00 (6ª e Dom), 14h10, 16h35, 19h00, 21h30, 23h55 X-Men Origens: Wolverine Sessões diárias às 13h35,

A Peça fala de identidade, passado, futuro e sobrevivência A edição deste a no conta com a direcção artística de Jorge Fraga. Em palco, 13 alunos das três escolas secundá rias da cidade de Viseu cruzam-se com quatro intérpretes profissionais, Peter Michael Dietz e os actores Nuno Bento, Rodrigo Santos e Vera Pa z . A edição deste ano contou com a receptividade de todas as escolas, que apresentaram uma lista de nove

inscrições. No final, ficaram apenas 13 jovens, que elaboraram 27 possíveis guiões. No final, em vez de selecionarem um, escolheram ideias, f izeram experiências com cenas, excertos, ambientes e personagens. “Mitodópulos” estará em cena até dia 5 de Maio. Ana Filipa Rodrigues ana.rodrigues@jornaldocentro.pt

colíadas da Mealhada. Do distrito de Viseu vai ainda estar presente a Escola Secundária de Carregal do Sal, na eliminatória de 8 de Maio. Este ano, a 20ª edição do “Escolíadas”, tem a con-

curso 20 estabelecimentos de ensino dos distritos de Aveiro, Viseu e Coimbra, num total de 2000 concorrentes (alunos e professores) que participam em provas de teatro, dança, música, pintura e claques.

16h10, 18h45 Marley & Eu

16h55, 19h20, 21h45, 00h15 Salazar

Interessado

Sessões diárias às 13h15, 15h55, 18h35, 21h15, 00h05 Sinais do Futuro

Palácio do Gelo Lusomundo Sessões diárias às 21h00, 23h20 Louca Por Compras

Sessões diárias às 22h20, 00h35 Os Estranhos Sessões diárias às 14h30,

∑ Museu Grão Vasco Até dia 3 de Maio Exposição “Factory by Agenzia di Arte”

∑ Seminário Maior da Fé Até dia 6 de Junho Exposição “São Paulo, as formas de Fé”

Mortágua no “Escolíadas 2009” A Escola Secundária Dr. João Lopes de Morais, de Mortágua, participa esta quinta-feira, na segunda sessão eliminatória do concurso “Escolíadas 2009” da Associação Recreativa e Cultural Es-

VISEU ∑ Obviamente Bar Até dia 30 de Abril Exposição “Procura-se o Anúncio”, da autoria de Francelina Balteiro

∑ Teatro Viriato Até dia 16 de Julho Exposição “Memórias” da autoria de José Alfredo

Concurso

roteiro cinemas Forum Viseu Lusomundo Sessões diárias às 15h00, 17h50 CHE – O Argentino

30 | Abril | 2009

A ACERT vai acolher no dia 9 de Maio a peça “Jerusalém”, uma adaptação de um dos romances mais célebres de Gonçalo M. Tavares.. O evento tem início marcado para as 21h45 e vai ser interpretado pela companhia “Teatro O Bando”.

“Projecto Escolas” de volta ao Teatro Viriato EXPOSIÇÃO NUMA JANELA DO EDIFÍCIO PRESTES MAIA 911 ∑ 07.05 - 08.07.2009 “numa janela do edifício prestes maia 911” é uma série de retratos dos moradores daquele gigantesco prédio de são paulo, captados à medida que iam aparecendo em cada uma das 364 janelas. o que este trabalho tem de muito especial é que os moradores fazem parte do mstc (movimento sem teto do centro) e são a cara das 468 famílias que ocuparam durante vários anos um dos edifícios mais emblemáticos da arquitectura moderna da américa latina

Jornal do Centro

Sessões diárias às 11h20 (6ª e Dom.), 15h00, 18h00 Ele Não Está Assim Tão

Sessões diárias às 11h10 (6ª e Dom.), 14h00, 16h30, 19h00, 21h30, 00h00 Velozes e Furiosos Sessões diárias às 11h30 (6ª e Dom.), 13h40, 15h55, 18h30 Monstros Vs Aliens Sessões diárias às 20h45,

∑ Foyer da Aula Magna do IPV Até dia 16 de Maio Exposição de Pintura da autoria de Miguel Rendeiro TONDELA ∑ Galeria Novo Ciclo Acert Até dia 21 de Maio Exposição “Alma Química del Amanecer”, da autoria de Darío Basso VILA NOVA DE PAIVA ∑ Auditório Municipal Até dia 30 de Abril Exposição “Outros Olhares”, do Museu Zoológico de Coimbra

∑ Auditório Municipal Até dia 30 de Abril Exposição “Revolução em Marcha”, do Centro de Documentação 25 de Abril RESENDE ∑ Museu Municipal de Resende Até dia 24 de Maio Exposição “Marcos da Demarcação” SÁTÃO ∑ Biblioteca Municipal Até dia 30 de Junho Exposição “Pintura e Bordados”, da autoria de Isabel Oliveira

23h35 Dupla Sedução Sessões diárias às 14h15, 16h50, 19h25, 22h00, 00h35 The International – A Organização Sessões diárias às 21h15, 23h50 100 Volta


Este suplemento é parte integrante da edição nº 372, de 30 de Abril de 2009, do semanário Jornal do Centro. Não pode ser vendido separadamente.

O MERCADO AUTOMÓVEL NO JORNAL DO CENTRO 11

MOTORES NOVIDADES EM MAIO E JUNHO

Todo-o-Terreno “Aventura e condução”

Audi A5 Cabrio BMW Z4 (nova geração) Cadillac CTS Wagon

Mais de 80 mil resultados encontrados em décimas de segundo pelo Google, quando se pesquisa aventura e todo o terreno demonstram bem o interesse que o fenómeno TT faz despontar. Desde venda de viaturas novas ou usadas, passando por preparadores auto, provas e competição, passeios, hotelaria e tempos livres, há um sem número de actividades que giram em torno de uma mercado que cresceu exponencialmente nos últimos anos. Se num passado não muito distante se associava a imagem “jipe” a uma viatura de trabalho ou transporte, capaz de andar por caminhos onde um automóvel era incapaz de se aventurar, hoje é um conceito muito mais abrangente, muito em função da aposta que os principais construtores fizerem neste tipo de viaturas, dotando-as de linhas atraentes, motores potentes e interiores espaçosos e confortáveis. O recente conceito SUV (Sport Utility Vehicles) veio contribuir, ainda mais, para a expansão deste um mercado. Há depois os amantes e praticantes de Todo-O-Terreno, seja na sua vertente de puro lazer e diversão, ou já ao nível da competição. É sabido que sentem necessidade de efectuar alterações no seu veículo, de forma a adaptá-lo a uma utilização específica, aumentar a performance ou marcar a diferença esteticamente. Mas são gostos, ou exigências, que podem custar muitos euros. É aqui que entram as oficinas e os preparadores auto. Converter, adaptar, mudar, reformular, alterar, é um processo que “pode ser caro e moroso, dependendo dos gostos ou das exigências de quem procura este tipo de preparação” considera José Lopes, preparador auto em Viseu e com larga experiência na preparação deste tipo de viaturas. Gil Peres

FORD Focus RS (desportivo) HONDA Accord Diesel (180 cv) Lexus IS-C (cabrio) Mazda MX-5 (restyling) Mercedes-Benz Classe E (coupé) CLK (nova geração) Peugeot 308 cc (cabrio) 3008 (SUV) Renault Mégane Break Grand Scenic Toyota Urban Cruiser (crossover) Volvo XC60 (versão 2WD) Volkswagen Golf GTI (versão desportiva)

Vendas de veículos novos em Portugal vai estabilizar em 2010 O sector automóvel deverá ver as suas vendas anuais de veículos novos estabilizar em 2009 e 2010, refreando o crescimento que se regista desde 2007. Esta é uma conclusão revelada pelo estudo automóvel do Observador Ce telem. Esta estabilização, porém, não deverá disfarçar uma mudança profunda na estrutura de vendas. Com efeito, as iniciativas dos principais países no âmbito das

políticas ambientais no sector automóvel vêm dinamizar as vendas do segmento de veículos mais pequenos, com consumo mais reduzido e uma fraca emissão de CO2. Esta crescente sensibilidade ambiental e ecológica adquire contornos mais relevantes com a diminuição das vendas do número de veículos fortemente emissores de CO2 (mais de 160 mg), de 4,6 milhões de unidades em 2004 para 3,1

milhões em 2009. Em Portugal, a introdução das taxas de matrículas baseadas simultaneamente na cilindrada e nas emissões de CO2, acentuarão, a curto prazo, a percentagem de veículos pouco poluentes vendidos no nosso país. O estudo automóvel do Observador Cetelem foi desenvolvido a partir de análises económicas, técnicas e previsões, realizadas entre Julho e Se-

tembro de 2008 em colaboração com o instituto de estudos e consultadoria BIPE (www.bipe.com) que se baseia na sua longa experiência no domínio automóvel, designadamente através dos seus Clubes Automóveis e missões de marketing e de prospecção que efectua à escala internacional a pedido dos construtores, fornecedores de equipamentos e agentes do comércio automóvel.


II

suplemento MOTORES

30 | Abril | 2009

TEST DRIVE

Seat ganha aposta no Exeo hamam-lhe o A4 da Seat mas esse é o melhor elogio que podem fazer ao novo Exeo. De facto, aproveitando a plataforma do modelo da germânica Audi, a Seat desenvolveu uma berlina elegante, dinâmica, de alta qualidade e com uma tecnologia excepcional, que reflecte os valores da personalidade Seat: design, desportiva e com vitalidade. É o primeiro verdadeiro segmento D da Seat e, a verdade, é que é uma aposta ganha. A versão que tivemos a oportunidade de testar, com um motor diesel 2.0 capaz de debitar 143 cv, deixounos muito positivamente impressionados. O Exeo é o primeiro Seat a receber a tecnologia common rail nos seus propulsores que são disponibilizados nas versões a gasolina 1.6 com 102 cv ou no potente 2.0 TFSI com 200 cv. No diesel o Exeo propõe três motores turbodiesel: 2.0 TDi com

C

120, 143 e 170 cv. A qualidade dos materiais e dos acabamentos colocam este Exeo num patamar superior nos modelos Seat. O painel de bordo é completo e bem desenhado e os bancos confortáveis e com bom apoio lateral. Aqui o Exeo mostrou-se à altura das suas ambições e responsabilidades. Mas é quando se mete o Exeo à estrada que o prazer aumenta. O motor mostrou uma excelente capacidade de aceleração, impulsionado por um binário que lhe dá “muita força”, mesmo em regimes mais baixos. Também a caixa de seis velocidades se mostrou precisa e muito bem escalonada, enquanto a direcção Servotronic, com assistência variável em função da velocidade, permite manter com facilidade e elegância o Exeo na trajectória desejada. No preço, o Exeo é ainda mais aliciante, e vale todos os euros que custa, e que são uns milhares a menos que o seu “irmão” da Audi.

Mercedes Classe E

Um Coupé com muita Classe Mercedes Benz já apresentou o novíssimo Classe E Coupé. Imagem de marca do construtor alemão, o carro possui muito luxo e sofisticação mas um de seus pontos fortes é a aerodinâmica. Na prática, a baixa resistência aerodinâmica ajuda o carro a andar mais rápido com menos consumo de combustível e menos emissões de poluentes. Outro destaque do Classe E Coupé é a ausência da coluna central, conseguindo uma maior amplitude no interior, sobretudo quando os vidros laterais estão completamente baixos. O novo Classe E Coupé vem com vários equipamentos e sistemas disponíveis na versão sedã. Mais uma vez a Mercedes prima pela capacidade de inovar e dotou o Coupé com um sistema capaz de detectar a sonolência, a que chamou de “Attention Assist”, e que permi-

A

te ajudar o condutor a manterse atento à estrada. Apesar de ter o nome e manter a classe e o estilo do novo Classe E, e oferecer todo o conforto da versão Limousine, como em qualquer Coupé que se preze, é um carro com muito de desportivo. Um carro com este design e nível de conforto, requer um propulsor capaz de proporcionar sensações de condução. A Mercedes não poupou na capacidade das motorizações com que equipou o modelo. Para este Classe E Coupé, a Mercedes disponibiliza, cinco motores, sendo três a gasolina e dois a diesel. As versões equipadas como motores movidos a gasolina são a E250 CGi - equipada com motor de 204 cv, a E350 CGI de 292 cv e E500 com 388 cv. As versões equipadas com motores à diesel são a E250 CDI, que entrega 204 cv de potência e a E350 CDI, com 231 cv.


III

30 | Abril | 2009

suplemento MOTORES

Renault

Grand Scénic está a chegar presentado no último Salão de Genebra, o novo Grand Scénic, que chega ao mercado dois meses antes da variante curta (Scénic), estará disponível apenas na versão de sete lugares, uma motorização a gasolina e três blocos diesel. Como entrada de gama, a Renault vai propor, logo

A

desde o lançamento, o novo motor 1.4 TCe a gasolina com 130 cavalos. A oferta diesel ficará entregue a três motores diferentes: 1.5 dCi de 110 cavalos, 1.9 dCi de 130 cavalos e o 2.0 dCi de 150 cavalos, que chega ao mercado mais tarde, associado exclusivamente a uma caixa automática de seis velocidades.

Quanto a preços, o Grand Scénic será proposto a partir dos 26.200 euros na versão 1.4 TCe a gasolina. A versão de acesso ao 1.5 dCi de 110 cavalos estará disponível por 30.800 euros, enquanto o 1.9 dCi terá um preço de entrada de 35.100 euros. Disponível mais tarde, o 2.0 dCi tem um preço indicativo de 42 mil euros.

Honda Civic

Elegance 5 portas com 100 cv Honda fez um restyling ao Civic e dotou-o de um modelo cinco portas onde a principal novidade está ao nível do motor. O construto nipónico optou por dotar o modelo de um novo motor 1.4 i-VTEC capaz de debitar 100 Cv de potência às 6000 rpm, e também com um melhor binário, em vez dos 83cv às 5700 rpm do modelo anterior. Além de bem mais potente, e capaz de proporcionar verdadeiras sensações de condução, é também mais

A

ecológico, reduzindo o nível de emissões de CO2 para 135g/km (em vez de 139g/ km. Esteticamente, a grelha é diferente, com entalhes de ambos os lados do emblema ‘H’, que acentua a linha clara e contínua que atravessa a dianteira do Civic. Os plásticos exteriores possuem uma nova textura que, combinada com os novos grupos ópticos traseiros, conferem um maior sentido de qualidade ao elegante hatchback. No interior, o Civic tem agora novos frisos metali-

zados mais escuros e um acabamento mate aplicado na zona envolvente ao painel de instrumentos. Os bancos também receberam novas linhas, com diferentes tecidos que alteram mais profundamente o ambiente do habitáculo mantendo a característica de bancos mágicos. Estas versões possuem também, de origem, sensores traseiros de estacionamento, juntamente com um mostrador gráfico incluído no ecrã multi informações, no centro do conta-rotações.

Citroen C3 Picasso Pequeno monovolume

novo monovolume compacto da Citroën chegou ao mercado nacional no passado fim-desemana. A Auto Sertório, concessionário Citroen em Viseu, esteve de portas abertas para mostrar o novo C3 Picasso. Para dar continuidade ao sucesso alcançado no segmento dos monovolumes,

O

que se tem revelado um filão para a marca francesa, a Citroën decidiu alargar a sua oferta através da introdução deste original e jovial modelo. O carro oferece uma imagem jovem e irreverente, e sobretudo algumas soluções engenhosas e funcionais, onde se destaca a maximização do portabagagens: 500 litros. Num mercado tão singu-

lar e exigente como o dos pequenos monovolumes, a Citroën faz questão de demostrar que é perfeitamente possível conciliar aspectos tão antagónicos como linhas curvas e rectas, volume e fluidez. Mas talvez a maior dualidade seja sentida nas dimensões. Apesar de pequeno por fora, o C3 Picasso é “enorme” por dentro.

* PVP da versão 1.4 Elegance. PVP não inclui pintura metalizada, despesas de logística e preparação. Inclui incentivo fiscal para veículos em fim de vida com 15 anos ou mais. Consumo combinado de combustível (L/100 km): de 5,3 a 6,7; emissões de CO2 (g/km): de 135 a 155. Concurso autorizado pelo Governo Civil de Lisboa com o nº 53/2009.

Publicidade

NOVO HONDA CIVIC 1.4 ELEGANCE TODO EQUIPADO

100 CAVALOS À SOLTA. MAIS RAÇA PELO PREÇO DA VERSÃO BASE. Por €18.650*

Poupe até €3.500 na compra do novo Honda Civic 1.4 com 100 cv. Poupe combustível com o consumo combinado de 5,9 L/100 km. Mas não se poupe à emoção de conduzir um automóvel com raça de vencedor.

POWER EQUIPMENT

Motos

Produtos de Força

Socarvil • Viseu

Marine

Automóveis

• Tel.: 232 460 114

Email: socarvil@socarvil.pt


IV

suplemento MOTORES

30 | Abril | 2009

Mazda 3

Fiat Bravo

Novidade de Primavera

Multijet 2.0 com 165 cv Fiat prepara-se para reforçar a gama Bravo com uma nova, e muito esperada, motorização diesel Multijet de 2 litros com 165 cavalos. Vai ser o propulsor mais potente do Bravo. É a mesma motorização já estreada no novo Lancia

A

novo Mazda 3 estreou-se no Salão Automóvel de Los Angeles, no passado dia 19 de Novembro. A Califórnia assistiu à primeira apresentação da versão de 4 portas deste compacto desportivo. Só em Dezembro é que a versão de 5 portas teve a sua apresentação mundial, no Salão Automóvel de Bolonha, Itália. A Portugal chega agora na Primavera. O modelo mais vendi-

O

do da Mazda foi completamente redesenhado. O novo aspecto apresenta-se arrojado e muito desportivo e agressivo. A marca japonesa promete «uma condução desportiva e um estilo dinâmico a que se juntam uma elevada protecção ambiental e desempenho de segurança». São estas as premissas para a nova geração do 3. No interior, o condutor sente-se totalmente protegido num cockpit que transpira dinamismo e que

Delta, e que conta com tecnologia common-rail e filtro de partículas, estando associada a uma caixa manual de seis velocidades. Apenas disponível na versão Sport, o equipamento de série irá incluir jantes de liga leve de 18 polegadas, pinças de tra-

vão pintadas a vermelho, spoiler traseiro e um interior desportivo com a utilização de materiais em alumínio e revestimentos em pele. A apresentação oficial do Bravo 2.0 está reservada para o Salão de Paris, entrando logo de seguida no «circuito» comercial.

oferece um impressionante conjunto de tecnologias à distância de um simples click. O Mazda3 está disponível em dois modelos distintos: o CS de 4 portas (tres volumes) e o HB de 5 portas (dois volumes). Além disso, existe também o Mazda3 MPS. Entre as motorizações que oferece, destaca-se a nova geração de motores MZR-CD 2.2-litros turbo diesel, que passou também a equipar a versão Mazda 6.

Ford

Renault

Fiesta tem versão Van

Novo fôlego na geração Clio

Salão de Paris vai mostrar o novo Fiesta Van, a versão para o transporte de cargas leves do conhecido modelo da Ford. O Fiesta Van diferenciase da versão convencional pela ausência dos vidros traseiros, substituídos por uma chapa de aço. A segunda fileira de bancos foi excluída, abrindo espaço para a acomodação de carga. Segundo o fabricante, o

O

Fiesta Van é destinado a proprietários de pequeno comércio. Capaz de acomodar cargas de até 1.000 litros de volume, o carro chega com motores gasolina e diesel, cujas potencias variam entre 60 cv e 90 cv. A lista de opcionais inclui ar-condicionado, rádio com MP3, jantes especiais, faróis de nevoeiro e vidros elétricos. Apresentado no Salão Internacional Automóvel

de Hanover de 2008, o redesenhado Ford Fiesta Van, tem uma condução tão emocionante quanto o seu look. Com a sofisticação e versatilidade exacta para causar uma excelente impressão aonde quer que o seu negócio o leve, o Fiesta Van é suficientemente pequeno para enfrentar as movimentadas ruas citadinas, e tem ao mesmo tempo o poder de devorar o asfalto em estrada aberta.

Novo Renault Clio abre o mais recente capítulo da saga Clio, iniciada em 1990. Um modelo que tem sido um sucesso de vendas ao longo da sua existência. Polivalente e homogéneo, o Novo Renault Clio dispõe de todas as reconhecidas qualidade do Clio III, que lhe valeram o prémio de “Carro do Ano 2006”: habitabilidade, se-

O

gurança, conforto e comportamento de referência, sem esquecer a rigorosa qualidade de construção que o torna num dos automóveis mais fiáveis do seu segmento. A nova berlina compacta da Renault distingue-se pelo design renovado que aproveita alguns traços da dianteira do novo Renault Mégane, Haverá ainda uma nova versão GT, com um visual

desportivo e um comportamento dentro da filosofia “fun to drive”. O novo sistema Carminat TomTom, primeiro sistema de navegação GPS integrado e acessível vem também de origem no novo Clio oferecendo um ecrã de grandes dimensões, a cores, como uma orientação fiável e completa que inclui informação de trânsito, limites de velocidade e alertas dos radares.


19

Jornal do Centro

D Concerto em Lamego

30 | Abril | 2009

No dia 2 de Maio, o “Kompassduo” vai actuar no Teatro Ribeiro Conceição pelas 21h30. O grupo é composto por dois músicos profissionais que interpretam com o piano e o saxofone, músicas de compositores nacionais e estrangeiros.

Variedades

Fernando Direito expõe a sua obra em Lamego

O Museu Diocesano de Lamego acolhe, no próximo sábado, dia 2 de Maio, a exposição de pintura intitulada “ F r a g m e nto s ”, d a autoria de Fernando Direito, e o vitral “Via Sacra” realizado pelos alunos do 9º ano do Colégio de Lamego. Fer n a ndo Di reito é membro da Associação de Antigos Alunos do Seminário de Lamego e na sua obra, em que abundam os tons ocres, roxos e violetas, vai reunir várias pinturas das séries “Iconografias” e “Empório do Meio”. “Via Sacra. Vitral” é composto por um conjunto de 15 vitrais criados ao longo do a no, na disciplina de Área do Projecto, pelos alunos do 9º ano do Colégio de Lamego. Esta criação serve também para prestar homenagem ao Colégio que, este ano, comemora 150 anos.

D Feira do Livro em Vouzela

Do dia 10 a 17 de Maio, Vouzela vai receber a VII Feira do Livro. Vão estar presentes 13 editoras, na Alameda D. Duarte de Almeida, e os descontos vão rondar os 15 por cento.

Até hoje, dia 30, o Palácio do Gelo apresenta uma exposição sobre a obra e a vida de José Afonso, uma das personalidades da cultura portuguesa que melhor soube interpretar o espírito de Abril.

A IMPRENSA EM VIZEU U

Destaque

“Festival EntreSerras” dá a conhecer património e gentes serranas 1.º Edição ∑ Evento pretende dar a conhecer tradições e património O Parque de Campismo Retiro da Fraguinha, em São Pedro do Sul, recebe a partir de hoje, dia 30 de Abril a primeira edição do “Festival EntreSerras”. O evento é organizado pela empresa Pés Na Terra e Ideias Sustentáveis, em parceria com a Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino (AEPGA). De acordo com a organização, trata-se de um microfestival “participativo a ritmo lento” através do qual se segue o “transpirar de uma serra com dezenas de milhões de anos” e se aprende as rotas dos agricultores e o seu engenho de sobrevivência nos montes. Com a ajuda das populações das aldeias de Candal e Cabreiros, a organização preparou um programa com “laborató-

D Exposição

A Amassar a broa é uma das actividades dos festivais rios de natureza” onde se contam “histórias espantosas” bem como a “fazer brinquedos para os mais novos e outras artes já esquecidas”. O festival tem início hoje, pelas 21h30 com uma oficina de processamento de plantas para tisanas e uma “Mala de Histórias”. Na sexta-feira, dia 1 de Maio, os participantes são convidados a descobrir a diversidade de seres que habitam junto dos rios e turfeiras da Serra da Arada, assim como a fabri-

car carros de rolamentos, arcos e fisgas, brinquedos de lata. Durante a tarde, do dia 1, será proporcionado aos participantes um passeio de burro entre a Fraguinha e a aldeia de Candal. Aprender a rezar ladaínhas, a processar o mel, a produzir broa e a ordenhar as vacas são algumas das actividades que até domingo, dia 3, são levadas a cabo no “Festival EntreSerras”. Ana Filipa Rodrigues ana.rodrigues@jornaldocentro.pt

A Folha e a Agricultura I Uma questão nacional! Damos hoje início à publicação de oito artigos que o primeiro jornal diocesano de Viseu, A Folha (1901-1911), dedicou à Agricultura. A apresentação deste tema nas páginas d’ A Folha explica-se por duas razões. Primeira, porque o jornal inseria-se, geograficamente, numa região agrícola, como eram as Beiras. Segunda, porque, como elemento difusor das ideias do Partido Nacionalista (PN), a sua menção era obrigatória. Por outro lado, 26 editoriais sobre essas questões parecem-nos relevantes para merecem um relativo tratamento, uma vez que esses assuntos agrícolas fizeram parte do plano estratégico do jornal. À imagem do seu jornal mestre, A Palavra que, de certa forma, se assumia como a voz do próprio Partido Nacionalis-

Paulo Bruno Alves paulobruno@iol.pt

ta (e também por isso representava para os outros jornais nacionalistas, um exemplo a seguir) a posição d’ A Folha relativamente à Agricultura era (re)conhecida. A ‘questão rural’ era benéfica para o Nacionalismo Católico: muitos dos grandes proprietários rurais eram assumidamente nacionalistas. Como membro do PN, assumia-a na sua bandeira e devota-lhe uma grande importância, ao mesmo tempo que, através dela, também se ia demarcando, pela atitude e pela posição política, tão diferente do sistema político do Rotativismo que, frequentemente, ia castigando. Assim, dois troncos brotavam da velha árvore (agricultura): as famosas ‘questão vinícola’ e a ‘questão rural’. No próximo artigo vamos analisar esta última, a ‘questão rural’.

Imprensa

Marktest e a MeioRegional lançam Bareme Imprensa Regional A Marktest e a MeioRegional preparam-se para lançar, em Maio a edição de 2009 do Bareme-Imprensa Regional. “Esta parceria, além de garantir a continuidade do estudo, permitiu alargar o número de títulos disponíveis para análise, garantem as empresas

em comunicado. Para o efeito, “foi realizada uma sobre-amostragem nos distritos com uma oferta alargada de publicações, o que vai possibilitar o planeamento dos investimentos publicitários em mais de 70 jornais regionais do continente”.

O projecto foi delineado em conjunto pelas duas empresas, cabendo à Marktest a concepção técnica e a recolha e tratamento do estudo e à MeioRegional a sua viabilização económica e comercial. A informação de audiências dos títulos regio-

nais será disponibilizada no software de planeamento publicitário utilizado pelo mercado, Pla nview/ Ma rksel, a par dos títulos nacionais. Desta forma, a Marktest e a MeioRegional apresentam ao mercado uma fonte de informação fundamental para a

optimização e gestão do investimento publicitário realizado no meio imprensa, em que o distrito é a unidade regional mínima para análise. Os resultados estarão disponíveis no site da MeioRegional (www. meioregional.pt).

roteiro bares&discotecas Viseu Bar da Academia Música ambiente Bar Puro Espaço tranquilo para uma boa conversa entre amigos. Jazz clássico e contemporâneo. Marzovelos - Viseu Eça de Queirós Bar Música ambiente, promoções, festas, petiscos.

Factor C Bar dançante, aberto das 23h00 às 04h00. Música Pop-Rock e música alternativa na noite de Viseu Hangar, Club Quartas, Noites Académicas. Sextas, Ladies Night. Vésperas de feriado, Glamour Maionese Música ambiente Fast-food - Snooker

NB Club Discoteca

Reitoria

Aberto 3ªs, 5ªs, 6ªs e Sába-

Café-bar, música ambien-

dos das 21h00 às 06h00

te, jogos. 2ª a 6ª das 12h00

Obviamente Bar

às 03h00 e Sábados e

Sexta, 1 de Maio,

Domingos das 20h00 às

Emissao:23, By: NominalVox

03h00

Palha D’aço

Ritual Celta Bar

Aberto todos os dias até às

Música ambiente

04h00.

• Variedade de Cervejas

Winebar Música ambiente, aberto até às 02h00, ecrã gigante e jogos. Francesinhas e outros pratos. Largo da Prebenda, Junto à antiga GNR - Viseu 19x Bar esplanada, música ambiente. Aberto 6ªs e Sábados e vésp. de feriado. 21h00 às 04h00.

Para aderir ligue para o Jornal do Centro: 232 437 461


Jornal do Centro

20

viseu antigo OPINIÃO

D. Beatriz Pinheiro de Lemos (I) Começo agora a evocar a vida de uma distinta Senhora viseense, infelizmente quási desconhecida, e que através das conversas que meu falecido Pai tinha habitualmente à hora do jantar, me foi possível começar a conhecer, tanto mais que tinha sido sua professora de francês e foi militante das hostes liberais de Viseu, a que toda a nossa família também tinha aderido devotadamente. Nos relatos dos saraus artísticos realizados no “Teatro Viriato”, cujas receitas contribuíram em grande parte para ocorrer às despesas originadas pela construção do monumento ao Bispo D. António Alves Martins – tema que ocupou o último pacote dos artigos inseridos neste semanário, já afloraram com toda a nitidez as excelsas virtudes de esta nossa conterrânea. Mais direi que esta evocação foi muito complicada, dado que o trabalho de pesquisa foi extremamente difícil (embora gratificante), em virtude das muitas e diversas fontes de informação a que tive necessidade de recorrer. Humberto Liz

Dª. Beatriz da Conceição Pais Pinheiro (de Lemos) por casamento com outra figura de destaque no mundo das letras, do ensino e da política – o dr. António

Carlos Cardoso de Lemos -, mais conhecida apenas por Beatriz Pinheiro, nasceu em Viseu, na Rua Senhora da Piedade, no dia vinte e nove de Outubro de 1871, pela uma hora da manhã. Filha de Joaquim Antonio Pinheiro, natural da cidade de Elvas, e de Antonia da Conceição Pais, natural da freguesia de Silgueiros, neta paterna de Manoel Pinheiro e de Getrudes Rósa, e materna de Antonio Pais de Figueiredo e de Esperança Maria da Conceição. Foram padrinhos Antonio Ribeiro Guimarens, solteiro, e Esperança da Conceição Pais de Figueiredo, casada, sua tia materna. O pai de D. Beatriz Pinheiro, era referenciado como o general Almeida Pinheiro, comandante do Distrito Militar de Viseu, segundo as notícias publicadas nos jornais locais, e especialmente no “Commércio de Vizeu” nº 2062, de 26 de Abril de 1906. O assento de batismo, efectuado na Sé Catedral de Viseu, pelo pároco José de Abreu Castelo Branco, tem o número 166 (freguesia de Ocidental) e a data de nove de Novembro de mil oitocentos e setenta e um. Deixou dois filhos: Rui Pinheiro de Lemos e Maria Helena Pinheiro de Lemos. Muito doente do coração, faleceu em Lisboa, aonde

passou a residir, no dia 14 de Outubro de 1922, relativamente nova (51 anos incompletos). Dramaticamente neste mesmo ano faleceu sua Mãe, meses antes (25 de Janeiro), tendo sido nessa altura que veio pela última vez a Viseu, na companhia de sua irmã Elvira Pinheiro. O habitual anúncio do seu falecimento foi publicado no número 20.384, de 15 de Outubro de 1922 do jornal “Diário de Noticias”, em que se noticia que o seu corpo seria inumado para o cemitério do Alto de S. João. O jornal “O Século” número 14.611, do mesmo dia, publicou com destaque a notícia: BEATRIZ PINHEIRO DE LEMOS É também hoje que se realisa o funeral da Srª. D. Beatriz Pinheiro de Lemos, poetisa e escritora, que com o seu marido, o poeta e hoje distinto professor do Liceu de Passos Manuel, sr. dr. Carlos de Lemos redigiu varias revistas literárias em Vizeu. Autora de interessantes composições, há muito que a sua musa emudecera e o seu nome não aparecia nos meios literarios, onde era justamente apreciado. A seu marido, o poeta sr. Carlos de Lemos, os nossos pezames. O feretro sae, ás 15 horas, da rua do Barão, 17-3º esquerdo.”

“O Campeão” nº22, 01/07/1900

Publicidade

30 | Abril | 2009

A D. Beatriz Pinheiro “Brilhantíssima escritora (…) sem dúvida a mais intelectual do nosso país” In “A Beira” nº 56, de 01/06/1907


ESTE SUPLEMENTO UPLEMENTO É PARTE INTEGRANTE DO SEMANÁRIO EMANÁRIO

JORNALL DO CENTRO, EDIÇÃO O 372 DE 30 DE ABRIL RIL DE 2009 E NÃO ÃO PODE SER VENDIDO SEPARADAMENTE ADAMENTE.

Abril 2009 • Nº 11

Mãe À noite olho o céu estrelado, fico feliz e encantado, de dia, olho para ti, e fico corado. És a minha vida, dás-me amor e ternura, sempre serás querida, o nosso amor não tem cura. Vou de viagem, para ir ter contigo, se precisares de ajuda, conta sempre comigo. Academia de Estudos de Viseu

Onde devo ir?

A

rbutus do Demo é o nome de um parque botânico que podes visitar em Vila Nova de Paiva. Todas as palavras e algumas imagens são poucas para descrever aquele lugar onde a natureza se encontra no seu estado mais perfeito, mas podemos dizer-te que o parque reúne mais de um milhar de espécies botânicas, dispostas por famílias. Ali observam-se desde as pequenas briófitas até às gigantescas Sequoia

sempervirens. A fotografia que publicamos com esta sugestão é de um grupo de alunos da Academia de Estudos de Viseu, que nas ferias da Páscoa resolveu fazer uma visita ao Arbutus do Demo. Aproveita a sugestão e faz a proposta na tua escola ou lá em casa. Podes visitar espécies únicas de plantas, podes brincar e podes fazer um dos teus maiores pic-nic de sempre.

Descobre como é ser repórter! Gostavas de conhecer melhor um local da tua terra ou entrevistar alguém que seja especial para ti? Escreve para malta@jornaldocentro.pt, ou pelo correio com o teu nome e o número de telefone. Nós faremos tudo para concretizares esse sonho.


22

Diversos Assembleia reúne jovens em conversa animada

S

abes o que é a participação cívica? E como os jovens podem participar na sociedade? Talvez tenhas ainda algumas dúvidas. Para eliminar essas interrogações, a Assembleia Municipal de Viseu organizou pelo quarto ano consecutivo uma sessão dedicada aos jovens, na qual eles debateram o tema “Ser criança e exercer a cidadania”. No evento participaram 80 alunos dos diversos agrupamentos escolares do concelho de Viseu. Os alunos tiveram a oportunidade debater e apresentar as

suas experiências que tiveram nas visitas efectuadas a várias instituições da cidade de Viseu. A sessão contou também com a participação do vice-presidente da Câmara, Américo Nunes, e do director do Teatro Viriato, Paulo Ribeiro.

Descobre as cinco diferenças

Março 2009

Histórias do Dia do Livro Infantil

O

Dia Internacional do Livro Infantil comemora-se a 2 de Outubro, desde 1967, em memória do nascimento de Hans Christian Andersen, o famoso escritor e poeta dinamarquês de histórias infantis e que tu bem conheces: “O Patinho Feio”, “O Soldadinho de Chumbo”, “A Pequena Sereia”, “A Princesa e a Ervilha”, entre outras. Em Viseu, praticamente todas as câmaras municipais comemoram e efeméride com diversas iniciativas de leitura. Em Sátão, durante toda a manhã, as crianças divertiram-se, aprenderam e deliciaram-se

com o conto “Não faças isso Rita Salpico”. Em Viseu, várias escolas levaram os pais à sala de aula para em conjunto lerem contos e poemas. Em Lamego houve até a projecção de filmes e uma mostra de livros infantis… Se não comemoraste este dia, fá-lo no próximo ano e aproveita para ler um livro novo.

Passatempos Une os pontos seguindo a numeração. Boa sorte.

Original

Nicolau, 6 anos - Viseu


23

Serviços

Novembro 2008

Um novo espaço feito a pensar em ti e nos teus pais

J

unto à Mata Nacional do Fontelo, numa zona marcada pelo contacto com a natureza podes encontrar a PinhôBrinca. Este é um espaço para ti. Aqui é possível descobrires um conjunto de novas actividades longe do barulho característico do centro da cidade. Gostas de dançar? E de utilizar o computador? Na PinhôBrinca, ao mesmo tempo que te divertes no meio da fantasia, é possível também aprenderes Inglês, Música, Informática, Dança e Robótica Educacional. E diz aos teus pais que também há yoga para eles e, claro, para ti. E sabias que eles te podem ir visitar sempre que quiserem? Como nos disse Tânia Oliveira, directora técnica, “as

pessoas sentiam falta de um serviço deste género”. Durante a semana a PinhôBrinca abre às 07h00 e só encerra às 24h00. Aos fins-de-semana e feriados o horário de fecho é prolongado até às 02h00. Os teus pais já não precisam de se preocupar. Quando quiserem ir ao teatro, ao cinema, ou quando pretenderem sair à noite com os amigos, já têm um espaço onde te deixar ficar. E podes frequentá-la em qualquer dia do ano, porque a PinhôBrinca está aberta todos os dias do ano, sem qualquer interrupção. Se tens irmãos mais novos diz aos teus papás que este espaço também tem Berçário, Creche e Jardim de Infância. E quando chegar o teu aniversário, não te esque-

ças que podes reunir todos os teus amiguinhos e trazê-los até aqui para festejar esse dia tão importante. A PinhôBrinca é uma instituição que procura educar to-das crian-ças num m ambiente familiar e estimulannte para noovas aprenendizagens. Tânia Oliveiveira não quer uer que este espaço “seja seja mais um no meio de tantos outro, mas sim, ser a referência”.

Publicidade

  

APINHÔBRINCAfoiestruturadade raizparaagradaraosmais pequenos,oferecendoespaços diversificados,ondereinaacor, magiaefantasia!

         

Serviçosdiversificados: x x x x x x x x x x x

ServiçodeBabysitting; RobóticaEducacional; Inglês; Música; Informática; Dança; Yogaparacriançasepapás; AcompanhamentoPsicopedagógico; Actividadesdepsicomotricidade; Serviçoderefeições“Prêtàporter”; OrganizaçãodeFestasdeAniversário edeoutroseventos.

Funcionadurantetodooano:07h00às24h00(semana);07h00às02h00(finsdesemanaeferiados)

QuintadoPinhô,Lote A,Gumirães– 3500207VISEU. Tlf.:232483669.Tlm.:968181617. www.pinhobrinca.net


24 Novembro 2008

Conselhos

nseca nja da Fo Ana Gra édiiatra, m ed p to on Od nças a de cria st ti en d ca

A melhor prenda que podias dar à tua Mãe era deixar de chuchar no dedo ou na chupeta

O

hábito de chuchar (a sucção) na chupeta ou no dedo depois dos 3 anos é considerado muito prejudicial e afecta muito o modo como os dentes encaixam, sendo muitas vezes o responsável pela manutenção dos espaços entre os dentes da frente superiores e a outras situações que explico adiante. Para o recém-nascido, o chuchar (a sucção) garante a sua sobrevivência e promove o desenvolvimento do sistema mastigatório. Mas a necessidade de sucção cessa a partir dos 8 meses de vida, fase Publicidade

em que devem ser incorporados os primeiros movimentos mastigatórios. Nesta fase, teoricamente, não há mais necessidade de chupeta ou de biberão. Entretanto, a chupeta é eleita para uso indiscriminado por imposição cultural e parece fazer parte do enxoval do bébé. O hábito de chuchar provoca nuns meninos situações mais graves do que noutros, porque a gravidade da situação depende de factores como a frequência, duração e intensidade do hábito. Sabe-se que o tempo requerido de pressão da chupeta contra os dentes, para desenvolver o mau

encaixe dos dentes, deve ser de, pelo menos 4 a 6 horas por dia. Além disso, se deixares o hábito antes dos 4 - 5 anos, os efeitos negativos provocados pelo chuchar da chupeta poderão desaparecer. Por isso deves ir ao teu odontopediatra (médico dentista de crianças) ou ortodontista para que ele avalie a tua situação. Se continuares a chuchar na chupeta ou no dedo, o teu mau encaixe dos dentes vai ficar para sempre e terás de usar aparelho para não ficares com boquinha de peixe para sempre! Pois é! Porque os teus dentes da frente superiores vão ficar

fig. 1 separados e projectados para fora, os de baixo vão ficar para dentro e na frente, os teus dentes de cima não vão tocar nos dentes de baixo e o teu céu da boca vai ficar muito profundo (fig. 1). Podes ainda ter outros problemas como os dentes detrás e de cima ficarem por dentro dos inferiores, não conseguires fechar os lábios e pronunciares incorrectamente as palavras (vais falar “asssim”).

Por isso já sabes, se ainda chuchas na chupeta ou no dedo diz à tua Mãe que a partir de hoje vais deixar de fazêlo como prenda do Dia da Mãe. Conta-lhe já! Ela vai ficar muito contente!


25

Jornal do Centro 30 | Abril | 2009

em foco

D DJ na Semana Académica

A Semana Académica de Viseu termina amanhã, dia 1 de Maio, com uma Academy House Party. O evento, que começa a partir da meia noite, conta com a participação de DJ Xaninho, Tó Ricciardi e DJ Vive.

fotografia ∑ Nuno Ferreira

XXV SEMANA ACADÉMICA

Numa festa como esta, que assinala o ano académico para os alunos do ensino superior, é onde melhor se aplica o ditado popular “uma imagem vale mais que mil palavras”. A semana, em Viseu, ficou marcada por um conjunto de acontecimentos desde o Adro da Sé ao pavilhão Multiusos que valeram a pena ser registados em fotografia. A Semana Académica de Viseu teve início no domingo à tarde, com a tradicional cerimónia da bênção das pastas, presidida pelo Bispo da Diocese, D. Ilídio Leandro. O segundo grande dia da semana registou-se na terça-feira, dia 28 com o cortejo académico que saiu às ruas, este ano, composto por 36 carros alegóricos acompanhados por cerca de 10 mil estudantes dos cursos das várias escolas de ensino superior existentes em Viseu. Mais ou menos originais, mais ou menos criativos, mais ou menos elaborados, também no cortejo o computador Magalhães ganhou no número de presenças, com caricaturas dos futuros professores e dos alunos de comunicação. A Festa académica prossegue esta quinta-feira, dia 30, com um encontro de tunas, às 21h00, no Rossio, seguindo-se os concertos com os Vanguarda e Da Weasel, no Multiusos. O evento termina dia 1 de Maio com mais alguns concertos agendados.


CONFISSÕES

26

vida & tv

Jornal do Centro 30 | Abril | 2009

“Os pais estão a pensar nos 25 mil euros, e vão para as revistas falar nos problemas familiares, em vez de estarem preocupados com os filhos”. Luís Jardim produtor musical, sobre o concurso “Uma Canção Para Ti” da TVI, in revista “TV Guia”

horóscopo carneiro 21/3 a 20/4

O magnetismo vai ser a pedra de toque durante a semana, mas não ponha de lado alguma prudência na sua vida sentimental, pois pode estar latente uma crise. Semana marcada por grande variedade de actividades pessoais, o que levará a algum esforço.

Disposição para avaliar pontos de vista opostos, balança 24/9 a 23/10 possibilitando a solução de discórdias. Vontade

Se não pode ter o ideal fique-se pelo que é prático. Esta semana deixe fluir os seus impulsos românticos, sem contudo deixar de os controlar. Tente trabalhar na maior harmonia possível. Tome nota de tudo o que lhe competir pois corre o risco de se vir a esquecer.

escorpião 24/10 a 22/11

gémeos 22/5 a 21/6

Viva o momento presente com calma e serenidade pois não deve desperdiçar energias que lhe farão falta no plano profissional. Evite desenvolver sentimentos de culpa ou remorsos. Semana de grande importância e muita criatividade na vida profissional.

sagitário 23/11 a 20/12

Momento propício à análise de assuntos sentimentais já que a paixão deve ser controlada pela razão. Romance secreto será revelado. Impulsos românticos. Não leve a mal críticas amigáveis. Evite ser desorganizado no trabalho e registe bem os movimentos.

caranguejo 22/6 a 22/7

Possibilidade de união para ambos os elementos do signo, mesmo que este seja fruto de uma decisão brutal. Seja determinado e positivo. Melhoria financeira. Possibilidade de aumentar a clientela. Momento favorável a escrever ou fazer conferências.

capricórnio 21/12 a 20/1

Semana em que poderá fantasiar em demasiado as emoções. Grandes alegrias estão à sua espera se superar sentimentos negativos passados. Bom momento para sair com amigos e com eles trocar ideias. Novas possibilidades podem ser esperadas.

Amor realizado no decurso de uma viagem ou com estrangeiro. Cautela neste campo onde terá tendência a ser super possessivo. Controle a sua sensibilidade para evitar brigas. A sua filosofia pessoal conquistará popularidade. Não pretenda metas elevadas.

aquário 21/1 a 19/2

Feliz disposição de espírito. Movimento ascendente na vida sentimental. Provável encontro de um antigo amor. Tenha na maior conta a colaboração dos que o rodeiam, ainda que possam surgir desacordos. Não arraste as questões do foro judicial.

peixes 20/2 a 20/3

touro 21/4 a 21/5

leão 23/7 a 23/8

virgem 24/8 a 23/9

firme nos assuntos do coração. Privilegie metas moderadas já que a conjuntura prevê fracassos. Concentre energias e controle a agressividade com os outros.

palavras cruzadas Marcos Cruz - Rede Expresso

Caso de amor perturbado por frieza que pode levar à ruptura. Deve ser perseverante e não impulsivo. Combata a discórdia com fé e convicção. Momento propício à análise de assuntos sentimentais já que a paixão deve ser controlada pela razão.

Possibilidade de litígios que poderão levar a uma inversão de sentimentos. Tentações de vingança poderão influir nas afeições. Para alguns, início de amor incomum. Apesar de se encontrar num bom momento, não use métodos originais nos negócios. Boa sorte no amor, embora se sinta um tanto céptico. Analise os factos e sentir-se-á mais seguro. Risco de dizer algo que venha a ser mal entendido, quando expressar opiniões diferentes. As pessoas do seu meio facilitarão muito a sua vida financeira.

sudoku

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

7

4

8

7

7

4

1

9

8

7

9

9

6 6

3

HORIZONTAIS: 1 - Andam no espaço. 2 - De onde se aprecia uma vista panorâmica. 3 - Já foi agência noticiosa. Pó muito usado nos bebés. 4 - Tem signos. O que o generoso gosta de fazer. 5 - Há uma à Alegria. Protagonizado por Sylvester Stallone. 6 - Sinfonia cantada. Passa para o exterior. Polícia nazi. 7 - Melancolia habitual. 8 - Costumar à moda antiga. Departamento francês. Tosquia-se. 9 - No meio de duas. Abstém-se de prazeres sensuais. 10 - O quente sobe. Despojos de guerra. 11 - Usar o raciocínio. Tem uma pinta. VERTICAIS: 1 - Mulheres guerreiras. No meio de mapa. 2 - Reunião de eclesiásticos. Saco para líquidos. 3 - Símbolo de Neptuno. 4 - Sofre metamorfoses. Dividas por ruas. 5 - Detestar. Unidade de sensibilidade. 6 - O Górdio foi cortado por Alexandre Magno. Tecido transparente. É Cavaco Silva. 7 - Realiza-se por meios mecânicos. 8 - Larva que se cria nas feridas dos animais. Efectua-se todos os dois anos. 9 - Coberta para abrigar do sol. Fecha as asas para descer mais depressa. 10 - Fica perto. O canguru dá-os. 11 - Podem ser frios mesmo no pino do calor. Antecede datas em certos documentos oficiais.

4

2

5

Sexta-feira, dia 1

Lusomundo

euro

milhões

4 | 14 | 21 | 24 | 41 | 5 | 8

1

2

3

4

7

6

2

9

1 5 7

3 4

bola 1. Porto - Setúbal 2. Sporting - E. Amadora 3. Belenenses - Nacional 4. Naval - Rio Ave 5. Sp. Covilhã - Estoril 6. Aves - U. Leiria 7. Boavista - Santa Clara 8. Vizela - Gil Vicente 9. Olhanense - Freamunde 10. Valência - Barcelona 11. Sevilha - Real Madrid 12. West Ham - Chelsea 13. Nápoles - Inter

1 1 2 2 1 2 1 X 1 X 2 2 1

8 4

loto1 toto

9

7

6 7

2

Só há uma regra: completar a grelha, de modo a que cada linha, cada coluna e cada bloco de 3x3 incluam os números de 1 a 9, sem repetições!

17:30 A História do Dr. Wassell 22:00 Johnny English 23:30 Kull o Conquistador

Toda a Verdade Sobre a Comida Rebentos do Reino Animal Primos O Regresso das Pragas Louis Theroux Atrás das Grades

16:00 17:00 18:00 22:00 23:00

Jardim Zoológico para Bebés Afrik-Arte Viagens de Descoberta Em Safari com os Pinguins Jardim Zoológico para Bebés

Domingo, dia 3 15:00 16:00 17:00 20:00 22:00 23:00

Sexto Sentido do Reino Animal Tupperware, o Império do Plástico Nas Mãos da Cirurgia Paixão pelos Cães Deveríamos Deixar de Voar? Tupperware, o Império do Plástico Sport TV1 - Transmissões Directas

Quinta-Feira, Dia 30 17:30 Futebol - UEFA (Dinamo Kiev X S. Donetsk) 00:30 Basquetebol - NBA (NBA - Playoffs)

Sexta-Feira, Dia 1 18:00 Informação - Fórum Sport TV 00:30 Basquetebol - NBA (NBA - Playoffs) 20:30 Futebol - Liga Sagres (Rio Ave X Sp. Braga)

Sábado, Dia 2 12:40 Futebol (Middlesbrough X Manchester United) 15:00 Futebol - Premier League (Chelsea X Fulham) 18:40 Futebol - Liga Sagres (Académica X Sporting)

Domingo, Dia 3 11:10 13:30 18:00 20:10

Futebol - Liga Vitalis (Ud Leiria X Olhanense) Futebol - Premier League (Liverpool X Newcastle) Futebol - Liga Sagres (V. Guimarães X Naval) Futebol - Liga Sagres (Marítimo X Fc Porto)

Segunda-Feira, Dia 4 18:00 Informação - Fórum Sport TV 19:40 Futebol - Liga Sagres (Trofense X Belenenses) 00:30 Basquetebol - NBA (NBA - Playoffs)

Terça-Feira, Dia 5 19:40 Futebol - UEFA Champions League (Arsenal X Manchester Utd - 2ª Mão Meia-Final) 00:30 Basquetebol - NBA (NBA - Playoffs)

Quarta-Feira, Dia 6 18:00 Informação - Fórum Sport TV 19:40 Futebol - UEFA Champions League (Chelsea X Barcelona - 2ª Mão Meia-Final) 00:30 Basquetebol - NBA (NBA - Playoffs)

Quinta-Feira, Dia 7

8

1

Domingo, dia 3

Sábado, dia 2

5

3

17:45 Conspiração Suíça 21:30 O Fugitivo 23:40 Contacto

16:00 18:00 21:00 22:00 23:00

toto

4 .381.118

9

Sábado, dia 2

Odisseia

joker

4

17:30 Devagar, Não Corra 21:30 As Flores de Harrison 23:40 O Último Samurai

Sexta-feira, dia 1

9

8

7

8

Concurso nº 17/2009

14 | 15 | 23 | 33 | 41 | 43 | 7

9

2

5

6

5

5

5

cabo

Super 14. Benfica - Marítimo M : M

6 6

sorte

17:30 Futebol - UEFA (S. Donetsk X Dinamo Kiev) 00:30 Basquetebol - NBA (NBA - Playoffs) Sport TV2 - Transmissões Directas

Quinta-Feira, Dia 30 12:00 Tenis - ATP World Tour 1000 (Torneio De Roma)

Sexta-Feira, Dia 1 12:00 Tenis - ATP World Tour 1000 (Torneio De Roma) 19:30 Tenis - ATP World Tour 1000 (Torneio De Roma)

Sábado, Dia 2 12:30 15:00 17:00 19:30

Tenis - ATP World Tour 1000 (Torneio De Roma) Futebol - Premier League (Portsmouth X Arsenal) Futebol - Liga Italiana (Bologna X Reggina) Futebol - Liga Italiana (Inter Milão X Lazio)

Domingo, Dia 3

loto2 toto

02 | 4 | 13 | 19 | 22| 41 | 9 Estes resultados não dispensam a consulta da lista oficial do Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

10:00 11:10 13:00 14:00

Motociclismo - Camp. Do Mundo (Espanha - 125 Cc) Motociclismo - Camp. Do Mundo (Espanha - 250 Cc) Motociclismo - Camp. Mundo (Espanha - Corrida) Futebol - Liga Italiana (Juventus X Lecce)

Segunda-Feira, Dia 4 20:00 Futebol - Premier League (Aston Villa X Hull City) Sport TV3 - Transmissões Directas

Sexta-Feira, Dia 1 12:10 Motoc. - Camp. Do Mundo (Japão 125cc - Treinos)

Sábado, Dia 2 08:00 Motoc. - Camp. Do Mundo (Japão 125cc - Treinos) 12:00 Motoc. - Camp. Do Mundo (Japão 125cc - Qualif.) 16:30 Automobilismo - Camp. Fia GT (Silverstone - Qualif.) 00:30 Automobilismo - Náscar (Crown Royal)

Domingo, Dia 3 14:00 Automobilismo - A1 Grand Prix (Inglaterra)

VERTICAIS: 1 - amazonas; ap. 2 - sínodo; odre. 3 - tridente. 4 - rã; arrues. 5 - odiar; asa. 6 - nó; cassa; PR. 7 - automático. 8 - ura; bienal. 9 - toldo; sia. 10 - cá; saltos. 11 - suores; aos. HORIZONTAIS: 1 - astronautas. 2 - miradouro. 3 - ANI; talco. 4 - zodíaco; dar. 5 - ode; Rambo. 6 - nona; sai; SS. 7 - tristeza. 8 - soer; Ain; lã. 9 - ua; casto. 10 - ar; espólios. 11 - pensar; ás. Soluções


Jornal do Centro

27

30 | Abril | 2009

“Termino o espectáculo por volta da uma hora, mas só me deito perto das três. Ficamos todos na conversa, a acalmar da adrenalina”.

“As coisas têm de ter tempo para fidelizar os espectadores. Se uma estação não souber esperar, estamos mal. O que fazemos apenas é fazer divertir e divertirmo-nos”.

Rita Pereira

Manuel Luís Goucha

actriz, sobre o espectáculo “Os Produtores”, in revista “TV Guia”

Sexta

Febre da Dança Domingo, 21h30.

Neste novo programa os participantes são jovens entre os 10 e os 16 anos que apresentam coreografias originais seleccionadas pela sua qualidade e criatividade. As equipas têm um número variável de elementos - entre os dois e os dez -, e interpretam estilos tão diversos como hip hop, dança jazz, sapateado, break dance, dança moderna, sevilhanas, flamenco, danças de salão e ballet. Em cada programa apresentam-se quatro novas coreografias, que serão analisadas com atenção pelos Doutores da Dança, três jovens profissionais com provas dadas: o bailarino clássico Telmo Moreira, a professora de danças de salão Rita Vieira e o hip hopper Vasco Alves.

06:30 Bom Dia Portugal Com Língua Gestual 10:00 Praça Da Alegria 13:00 Jornal Da Tarde Inclui: O Tempo 14:15 Chamas Da Vida 15:00 Sangue Do Meu Sangue Epºs. (27) E (28) 16:15 Vozes Que Abril Abriu 19:05 O Preço Certo 20:00 Telejornal Inclui: O Tempo 21:00 Antes Pelo Contrário 21:15 Pai À Força 22:00 Duelo Final 23:00 As Ilhas Desconhecidas 00:15 Chicago (Filme) 02:15 Prova De Amor Epºs. (144) E (145) 04:00 Televendas

Sexta

Frida

Sábado, 22h40. Da sua relação complexa e duradoura com o seu mentor e marido, Diego Rivera, passando pelo seu controverso e ilícito caso com Leon Trotsky a seus provocantes envolvimentos românticos com outras mulheres, Frida Kahlo levou uma vida intensa e sem limites como uma revolucionária política, artística e sexual. O filme retrata a história da vida que Frida Kahlo (Salma Hayek) compartilhou abertamente e sem medos com Diego Rivera (Alfred Molina), quando o controverso casal revolucionou o mundo artístico.

07:20 Zig Zag 15:30 AB Ciência 16:00 National Geographic (R/) A Morte Do Homem De Gelo 17:00 Zig Zag Miffy - Colours, Numbers And Shapes / Os Peludos / Emília A Contadora De Histórias / No País Dos Ozie Boo! / Bruno E Bill / Telmo & Tula / Marta Fala / Rubi Assombrosa 18:30 A Fé Dos Homens 19:00 Desporto 2 Hóquei Em Patins: “Final Eight” Liga Europeia - 2009 Porto/Bassano 20:45 Todos Contra O Chris 21:15 Grandes Livros 22:00 Jornal 2 Inclui: Cartaz 2 22:30 Irmãos E Irmãs 23:30 Diga Lá Excelência 00:15 Bastidores () 00:30 Noites Da 2 Voluntário 01:00 Palcos David Ferreira “ This Can´T Be Love” Diana Krall “Quiet Nights” Madeleine Peyroux 03:15 Euronews

Sexta

Atreve-te a Cantar Domingo, 21h45.

Neste domingo Bárbara Guimarães apresenta o programa especialmente dedicado ao Dia da Mãe.

06:45 SIC Kids 09:30 Tween Box 12:00 Guiness, O Mundo Dos Recordes 13:00 Primeiro Jornal 14:15 Cinema: Filme A Definir 16:15 Cinema: Filme A Definir 18:15 Cinema: Filme A Definir 20:00 Jornal Da Noite 21:30 Tá A Gravar 23:00 Caminho Das Índias 23:45 Podia Acabar O Mundo 00:45 Mentes Criminosas 01:45 CSI Nova Iorque 02:30 Quando O Telefone Toca 04:30 A Vedeta 06:00 Etnias

Sexta

Campeões e Detectives Sábado, 10h30.

Nesta colecção o JP (João Paulo Moreira) e os amigos decidem formar o seu próprio clube, o Megamax Futebol Clube, contra tudo e contra todos, em especial contra a BOLA-F. A misteriosa organização BOLA-F deixa o JP fora de si. As suas iniciais querem dizer “Brigada Operacional de Luta Anti-Futebol”. Um dos maiores desejos do JP é descobrir quem se esconde por detrás desse nome e desmascarar o ou os responsáveis...

07:00 Diário Da Manhã 10:15 Você Na TV! 13:00 Jornal Da Uma 14:00 A Designar - Filme 16:00 A Designar - Filme 18:15 Morangos Com Açúcar 19:15 Morangos Com Açúcar 20:00 Jornal Nacional 21:15 Euromilhões 22:00 Flor Do Mar 22:45 Feitiço De Amor 23:45 Olhos Nos Olhos 00:30 A Designar - Filme 02:30 Sempre A Somar 04:30 Unidade Especial 05:30 Televendas

apresentador, sobre a audiência do seu programa “Você na TV” da TVI, in revista “TV Guia”

Sábado

Domingo

Segunda-Feira

Terça-Feira

06:30 Brinca Comigo Os Peludos / Alex No Pomar Mágico / No País Dos Ozie Boo! / Harry E O Balde De Dinossauros / Onda E Concha / Mãe Mirabelle / Little People / O Mundo De Todd / O Gato Frankenstein / Bob, O Construtor / O Super Apresentador 08:00 Bom Dia Portugal Fim-De-Semana 11:00 Portugal Sem Fronteiras 13:00 Jornal Da Tarde / O Tempo 14:15 Top + 15:45 Smallville Epºs. (5) E (6) 17:15 Por Causa De Winn-Dixie (Filme) 19:00 Vila Faia 20:00 Telejornal Inclui: O Tempo 20:45 A Voz Do Cidadão 21:00 Futebol: Liga Sagres Nacional Vs Benfica 23:00 Nascer Para Morrer (Filme) 01:00 Futebol: Liga Sagres (Resumos) Resumo Do Jogo Académica Sporting 01:30 Perto De Casa Epºs. (5) E (6) 03:00 Máscaras De Cera (Filme) 04:45 Televendas

06:30 Brinca Comigo 08:00 Bom Dia Portugal Fim-De-Semana 10:00 Eucaristia Dominical 11:00 Mudar De Vida (Estreia) 11:30 T2 Para 3 “Remodelado” Epºs. (10) E (11) 12:30 Contra Informação 13:00 Jornal Da Tarde Inclui: O Tempo 14:15 Só Visto! 15:15 Terminator: As Crónicas De Sarah Connor Epºs. (11) E (12) 16:45 Um Homem De Sonho (Filme) 18:45 Vila Faia 20:00 Telejornal Inclui: O Tempo 21:00 As Escolhas De Marcelo Rebelo De Sousa 21:30 Febre Da Dança (Estreia) 22:30 Os Contemporâneos (Estreia) 23:15 Domingo Desportivo Inclui: Futebol: Liga Sagres (Resumos) Resumo Do Jogo Marítimo Vs Porto 01:15 Domingo Sangrento (Filme) 03:15 Televendas 06:05 Nós

06:30 Bom Dia Portugal Com Língua Gestual 10:00 Praça Da Alegria 13:00 Jornal Da Tarde Inclui: O Tempo 14:15 Chamas Da Vida 15:00 Sangue Do Meu Sangue 16:10 Portugal No Coração 18:00 Portugal Em Directo 19:05 O Preço Certo 20:00 Telejornal Inclui: O Tempo 21:00 Notas Soltas 21:15 Cuidado Com A Língua! V Série 21:35 Duelo Final 22:30 Prós E Contras 01:00 Paramédicos 01:50 Prova De Amor Epºs. (146) E (147) 03:30 Televendas 06:05 Nós

06:30 Bom Dia Portugal Com Língua Gestual 10:00 Praça Da Alegria 13:00 Jornal Da Tarde Inclui: O Tempo 14:15 Chamas Da Vida 15:00 Sangue Do Meu Sangue 16:13 Portugal No Coração 18:05 O Preço Certo 19:00 Telejornal 1.ª Edição 19:45 Futebol: Liga Dos Campeões Arsenal Vs Manchester United Jogo Da 2.ª Mão Das Meias Finais 21:30 Telejornal 2.ª Edição Inclui: O Tempo 22:00 Duelo Final 23:00 Futebol: Liga Dos Campeões (Resumos) 23:45 Liga Dos Últimos 00:45 Perdidos Epºs. (4) E (5) 02:15 Prova De Amor Epºs. (148) E (149) 03:45 Televendas 06:05 Nós

Sábado

Domingo

Segunda-Feira

Terça-Feira

07:00 Euronews 08:00 África 7 Dias 08:30 Notícias De Portugal 09:00 Universidade Aberta 10:00 Zig Zag Mil Gigas Princesas Do Mar Pet Alien, Amigos Do Outro Mundo O Futuro É Fantástico Os Cinco Em Acção Ideias Falsas O Pato Mortífero 12:30 Quico - O Pequeno Herói (Filme) 14:00 Parlamento 15:00 Desporto 2 19:00 Bairro Alto (R/) 19:45 A Turma 20:15 A Turma 20:45 Cenas Da Vida Real: A Catedral 21:45 A Hora Da Sorte 22:00 Jornal 2 Inclui: Cartaz 2 22:40 Frida (Filme) 00:30 Klimt (Filme) 02:30 Desporto 2 06:15 Euronews

07:00 07:30 08:00 09:00 09:30 10:00 11:00 11:30 12:00 12:30 13:00

07:20 14:00 15:30 16:30

07:20 Zig Zag 14:00 Sociedade Civil 15:30 National Geographic (R/) Odisseia Tribal: Zo-É, Nómadas Da Amazónia 16:30 Ténis: 20.º Estoril Open 18:30 A Fé Dos Homens 19:00 Programa A Designar 19:50 Zig Zag Ilha Das Cores Mãe Mirabelle Vamos Dormir (Os Patinhos) 20:45 Todos Contra O Chris 21:15 National Geographic A Extinção Dos Mamutes 22:00 Jornal 2 Inclui: Cartaz 2 22:40 Anatomia De Grey 23:30 Bairro Alto 00:30 Noites Da 2 Voluntário 01:00 Universidades 3810 UA - Universidade De Aveiro 01:30 Câmara Clara (R/) 02:40 Euronews 05:00 Sociedade Civil (R/)

14:00 14:45 15:00 19:00 19:30 20:00 21:00 22:00 22:30 23:50 00:50 01:50 05:30

Euronews Áfric@Global Músicas De África CamiNhos 70x7 Nós Da Terra Ao Mar Consigo Vida Por Vida Olhar O Mundo Toulouse Lautrec - A História Completa (2ª Parte) National Geographic Alexandre Magno: O Homem E A Lenda A Voz Do Cidadão Desporto 2 Arte & Emoção A Alma E A Gente Programa A Designar Falamos De António Campos Jornal 2 - Inclui: Cartaz 2 Câmara Clara Britcom Gavin And Stacey Na Tua Ausência (Último) Onda-Curta El Doctor / A Imprudência / Chang Juan Desporto 2 (R/) Euronews

18:30 19:00 19:45

20:45 21:15

21:45 22:00 22:40 00:30 01:00 01:30 02:15 03:00 05:00

Zig Zag Sociedade Civil Grandes Livros (R/) Ténis: 20.º Estoril Open A Fé Dos Homens EuRodeputados Zig Zag Ilha Das Cores Gowap Vamos Dormir (Os Patinhos) Todos Contra O Chris National Geographic Odisseia Tribal: Zo-É, Nómadas Da Amazónia A Hora Da Sorte Jornal 2 Inclui: Cartaz 2 Serviço De Urgência Epºs. (5) E (6) Noites Da 2 Voluntário Universidades Caleidoscópio - Universidade Lusófona Diga Lá Excelência (R/) Eurodeputados (R/) Euronews Sociedade Civil (R/)

Sábado

Domingo

Segunda-Feira

Terça-Feira

06:45 08:30 10:00 10:30

06:45 08:45 10:15 10:45 12:00 13:00

06:00 09:00 10:00 13:00

06:00 09:00 10:00 13:00

12:00 13:00 14:00 14:45 16:30 18:15 20:00 21:30 23:00 00:00 00:45 02:30

SIC Kids Disney Kids Star Wars - Clone Wars Programa Da Lucy Especial Dia Da Mãe Nosso Mundo Primeiro Jornal Episódio Especial Cinema: Filme A Definir Cinema: Filme A Definir Cinema: Filme A Definir Jornal Da Noite Perdidos E Achados Tá A Gravar Guiness, O Mundo Dos Recordes Toma Lá, Dá Cá Cinema: Filme A Definir Quando O Telefone Toca

14:00 14:45 16:30 18:15 20:00 21:00 21:45 23:15 01:30 02:30

SIC Kids Disney Kids Power Rangers Tween Box BBC Vida Selvagem Primeiro Jornal Fama Show Super Cinema Disney: Filme A Definir Cinema: Filme A Definir Cinema: Filme A Definir Jornal Da Noite Grande Reportagem Atreve-te A Cantar Especial Dia Da Mãe Cinema: Filme A Definir CSI Nova Iorque Quando O Telefone Toca

14:15 15:30 17:15 18:00 19:00 20:00 21:00 21:30 22:15 23:00 00:00 00:45 01:45 02:30 04:30

SIC Notícias Ligou, Ganhou Fátima Primeiro Jornal O Cravo E A Rosa Contacto Rebelde Way Três Irmãs Nós Por Cá Jornal Da Noite Mário Crespo Entrevista Os Malucos Do Riso Não Há Crise Caminho Das Índias Podia Acabar O Mundo Mentes Criminosas CSI Nova Iorque Quando O Telefone Toca Ciranda De Pedra

14:15 15:30 17:15 18:00 19:00 20:00 21:30 22:15 23:00 00:00 00:45 01:45 02:30 04:30

SIC Notícias Ligou, Ganhou Fátima Primeiro Jornal O Cravo E A Rosa Contacto Rebelde Way Três Irmãs Nós Por Cá Jornal Da Noite Primeiro Plano Os Malucos Do Riso Não Há Crise Caminho Das Índias Podia Acabar O Mundo Mentes Criminosas CSI Nova Iorque Quando O Telefone Toca A Vedeta

Sábado

Domingo

Segunda-Feira

Terça-Feira

07:00 Animações: New Woody / Curious George / Winx / Iron Kid / Spectacular Spiderman 09:30 Smackdown Wrestling 10:30 Campeões E Detectives 11:30 Deluxe 12:15 Antevisão 13:00 Jornal Da Uma 14:00 A Designar - Filme 16:00 A Designar - Filme 18:00 A Designar - Filme 20:00 Jornal Nacional 21:30 Flor Do Mar 22:30 Feitiço De Amor 23:30 Olhos Nos Olhos 00:15 A Designar - Filme 02:30 Sempre A Somar 04:00 O Escritório 04:30 Unidade Especial 05:30 Televendas

07:00 Animações: New Woody / Curious George / Winx / Iron Kid / Spectacular Spiderman 09:30 O Bando Dos 4 10:30 Hannah Montana 11:30 Missa Tortosendo, Covilhã 12:30 Oitavo Dia 13:00 Jornal Da Uma 14:00 A Designar - Filme 16:00 A Designar - Filme 18:00 A Designar - Filme 20:00 Jornal Nacional 21:00 Equador 22:00 Uma Canção Para Ti 01:00 Sempre A Somar 02:15 A Designar - Filme 04:00 Unidade Especial 05:00 Televendas 06:30 Todos Iguais

07:00 Diário Da Manhã 10:15 Você Na TV! 13:00 Jornal Da Uma 14:00 As Tardes Da Júlia 17:00 Quem Quer Ganha 18:15 Morangos Com Açúcar 19:15 Morangos Com Açúcar 20:00 Jornal Nacional 21:30 Flor do Mar 22:30 Feitiço De Amor 23:30 Olhos Nos Olhos 00:15 Dr. House 01:30 Os Irmãos Donnelly 02:30 Sempre A Somar 04:30 Unidade Especial 05:30 Televendas

07:00 Diário Da Manhã 10:15 Você Na TV! 13:00 Jornal Da Uma 14:00 As Tardes Da Júlia 17:00 Quem Quer Ganha 18:15 Morangos Com Açúcar 19:15 Morangos Com Açúcar 20:00 Jornal Nacional 21:30 Flor do Mar 22:30 Feitiço De Amor 23:30 Olhos Nos Olhos 00:15 Balística - Filme 02:30 Sempre A Somar 04:30 Unidade Especial 05:30 Televendas

Quarta-Feira 06:30 Bom Dia Portugal Com Língua Gestual 10:00 Praça Da Alegria 13:00 Jornal Da Tarde Inclui: O Tempo 14:15 Chamas Da Vida 15:00 Sangue Do Meu Sangue 16:00 Portugal No Coração 18:00 Portugal Em Directo 19:05 O Preço Certo 20:00 Telejornal Inclui: O Tempo 21:00 Em Reportagem 21:30 A Guerra 22:45 Duelo Final 23:45 Futebol: Liga Dos Campeões (Resumos) 00:30 Filme A Designar 02:30 Prova De Amor Epºs. (150) E (151) 04:00 Televendas 06:05 Nós

Quarta-Feira 07:20 Zig Zag 14:00 Sociedade Civil 15:30 National Geographic (R/) A Extinção Dos Mamutes 16:30 Ténis: 20.º Estoril Open 18:30 A Fé Dos Homens 19:00 Biosfera 19:50 Zig Zag Ilha Das Cores Leonardo Vamos Dormir (Os Patinhos) 20:45 Todos Contra O Chris 21:05 National Geographic Histórias De Bebés 22:00 Jornal 2 Inclui: Cartaz 2 22:30 24 23:30 Clube De Jornalistas 00:30 Noites Da 2 Voluntário 01:00 Universidades Esec-Tv 01:30 Biosfera (R/) 02:15 Bastidores (R/) 03:15 Euronews 05:00 Sociedade Civil (R/)

Quarta-Feira 06:00 09:00 10:00 13:00 14:15 15:30 17:15 18:00 19:00 20:00 21:30 22:15 23:00 00:00 00:45 01:45 02:30 04:30

SIC Notícias Ligou, Ganhou Fátima Primeiro Jornal O Cravo E A Rosa Contacto Rebelde Way Três Irmãs Nós Por Cá Jornal Da Noite Reportagem Especial Os Malucos Do Riso Não Há Crise Caminho Das Índias Podia Acabar O Mundo Mentes Criminosas CSI Nova Iorque Quando O Telefone Toca A Vedeta

Quarta-Feira 07:00 Diário Da Manhã 10:15 Você Na TV! 13:00 Jornal Da Uma 14:00 As Tardes Da Júlia 17:00 Quem Quer Ganha 18:15 Morangos Com Açúcar 19:15 Morangos Com Açúcar 20:00 Jornal Nacional 21:30 Flor do Mar 22:30 Feitiço De Amor 23:30 Olhos Nos Olhos 00:15 Azul Escuro - Filme 02:30 Sempre A Somar 04:30 Unidade Especial 05:30 Televendas

Quinta 06:30 Bom Dia Portugal Com Língua Gestual 10:00 Praça Da Alegria 13:00 Jornal Da Tarde Inclui: O Tempo 14:15 Chamas Da Vida 15:00 Sangue Do Meu Sangue 16:00 Portugal No Coração 18:05 O Preço Certo 19:00 Telejornal 1.ª Edição 19:45 Futebol: Taça UEFA Hamburg Vs Weder Bremen Jogo Da 2.ª Mão Das Meias Finais 21:30 Telejornal 2.ª Edição Inclui: O Tempo 22:00 Duelo Final 23:00 Corredor Do Poder 00:00 Quarto Crescente 01:00 Futebol: Taça UEFA (Resumos) 01:30 The Nine Epºs. (12) E (13) (Último) 03:00 Prova De Amor Epºs. (152) E (153) 04:45 Televendas 06:05 Nós

Quinta 07:20 Zig Zag 14:00 Sociedade Civil 15:30 National Geographic (R/) Histórias De Bebés 16:30 Ténis: 20.º Estoril Open 18:30 A Fé Dos Homens 19:00 Iniciativa 19:45 Zig Zag Ilha Das Cores Henrique, O Terrível Vamos Dormir (Os Patinhos) 20:45 Todos Contra O Chris 21:15 National Geographic Elefante : Regresso À Selva 22:00 Jornal 2 Inclui: Cartaz 2 22:40 Fringe 23:30 Documentário A Designar 00:30 Noites Da 2 Voluntário (Último) 01:00 Universidades E:2 - Escola Superior De Comunicação Social 01:30 Iniciativa (R/) 02:15 Euronews 05:00 Sociedade Civil (R/)

Quinta 06:00 09:00 10:00 13:00 14:15 15:30 17:15 18:00 19:00 20:00 21:15 21:30 22:00 23:00 00:00 00:45 01:45 02:30 04:30

SIC Notícias Ligou, Ganhou Fátima Primeiro Jornal O Cravo E A Rosa Contacto Rebelde Way Três Irmãs Nós Por Cá Jornal Da Noite Aqui E Agora Os Malucos Do Riso Não Há Crise Caminho Das Índias Podia Acabar O Mundo Mentes Criminosas Cartaz Cultural Quando O Telefone Toca A Vedeta

Quinta 07:00 Diário Da Manhã 10:15 Você Na TV! 13:00 Jornal Da Uma 14:00 As Tardes Da Júlia 17:00 Quem Quer Ganha 18:15 Morangos Com Açúcar 19:15 Morangos Com Açúcar 20:00 Jornal Nacional 21:30 Flor do Mar 22:30 Feitiço De Amor 23:30 Olhos Nos Olhos 00:15 Sexo, Dinheiro E... Poder 01:30 O Escritório 02:00 Cartaz Das Artes 02:30 Sempre A Somar 04:30 Unidade Especial 05:30 Televendas


28

guia de restaurantes Mais em www.jornaldocentro.pt

Jornal do Centro 30 | Abril | 2009 A página semanal “Guia de Restaurantes” é uma montra útil da variedade dos restaurantes da região, convidando os leitores a descobrirem sabores e iguarias em ambientes variados. Para a inclusão de novos restaurantes neste guia, pode contactar através do número de telefone 232 437 461.

TONDELA

VISEU

RESTAURANTE BAR O PASSADIÇO

RESTAURANTE O MARTELO Especialidades Cabrito na Grelha, Bacalhau, Bife e Costeleta de Vitela. Folga Não tem. Morada Rua da Liberdade, nº 35, Falorca, 3500-534 Silgueiros. Telefone 232 958 884. Observações Vinhos Curral da Burra.

Especialidades Cozinha Tradicional e Regional Portuguesa. Folga Domingo depois do almoço e Segunda-feira. Morada Largo Dr. Cândido de Figueiredo, nº 1, Lobão da Beira, 3460-201 Tondela. Telefone 232 823 089. Fax 232 823 090 Observações Noite de Fados todas as primeiras Sextas de cada mês.

RESTAURANTE BEIRÃO Especialidades Bife à Padeiro, Posta de Vitela à Beirão, Bacalhau à Casa, Bacalhau à Beirão, Açorda de Marisco. Folga Segundafeira (excepto Verão). Preço médio refeição 12,50 euros. Morada Alto do Caçador, EN 16, 3500 Viseu. Telefone 232 478 481 Observações Aberto desde 1970.

RESTAURANTE S. BARNABÉ Especialidades Cozinha Tradicional Portuguesa, Chanfanas, Arroz de Polvo c/ Gambas, Comida Italiana. Folga Não tem. Morada Rua do Bombeiros Voluntários, nº 80, 3460-572 Tondela. Telefone 969 723 146. Observações Comida para fora.

RESTAURANTE TIA IVA

RESTAURANTE PONTO DE ENCONTRO

Especialidades Bacalhau à Tia Iva, Bacalhau à Dom Afonso, Polvo à Lagareiro, Picanha. Folga Domingo. Preço médio refeição 13 euros. Morada Rua Silva Gaio, nº 16, 3500-203 Viseu Telefone 232 428 761. Observações Refeições económicas ao almoço (2ª a 6ª feira) – 6 euros.

Especialidades Grelhada Mista do Oceanos, Grelhada à Ponto de Encontro, Bacalhau c/ Natas, Bife à Ponto de Encontro. Folga Sábado. Morada Avenida do Salgueiral, nº 3, Fojo, Molelos, 3460211 Tondela. Telefone 232 812 867. Observações Casamentos, Baptizados e outros eventos; Refeições económicas (Almoço – 2ª a 6ª feira) – 5 e 6 euros

RESTAURANTE O PERDIGUEIRO Especialidades Peixes Grelhados e ao Sal, Filetes de Polvo c/ Migas, Cabrito Assado à Padeiro. Folga Sábado. Morada Quinta do Galo, Lote B R/C Direito, 3500 Viseu. Telefone 232 461 805.Observações Aceita Multibanco.

RESTAURANTE SANTA MARIA Especialidades Cozido à Portuguesa, Picanha, Borrego Estufado, Bacalhau Santa Maria. Folga Quarta-Feira. Preço médio por refeição Desde 6,50 euros. Morada Avenida da Igreja, nº 989, Canas de Santa Maria, 3460-012 Tondela. Telefone 232 842 135. Observações Refeições económicas c/ tudo incluído – 6,50 euros; Refeições p/ fora – 5,50 euros.

RESTAURANTE PICANHA REAL Especialidades Rodízio de Picanha. Folga Domingo. Morada Bairro S. João da Carreira, Lote 1 R/C, Travassós de Cima, 3500-187 Viseu Telefone 232 186 386/7 - 917 038 215. Observações Refeições económicas ao almoço (2ª a 6ª feira).

RESTAURANTE O VISO Especialidades Cozinha Caseira, Peixes Frescos, Grelhados no Carvão. Folga Sábado. Morada Alto do Viso, Lote 1 R/C Posterior, 3500-004 Viseu. Telefone 232 424 687. Observações Aceitamse reservas para grupos.

RESTAURANTE MILHO REI Especialidades Cabrito Grelhado, Naco da Casa, Mimos à Milho Rei, Arroz de Polvo,Filetes de Polvo com migas e arroz de tomate. Folga Domingo ao jantar e segunda-feira todo o dia. Morada Quinta das Lameiras,EstradadaRamalhosa,Gumirães - 3500-022 Viseu Telefone 232 448 487 – 926 711 211. Observações Sala com lareira. Jantares de grupo e especialidade snack-bar francesinha.

RESTAURANTE MAJOAL Especialidades Arroz de Pato, Bacalhau c/ Natas, Grelhados, Frango de Churrasco. Folga Segunda-feira. Morada Avenida Capitão Silva Pereira, 3500-208 Viseu. Telefone: 232 431 891 - 964 043 709.

RESTAURANTE O PINHEIRÃO Especialidades Rodízio à Brasileira, Carnes e Peixes Grelhados. Folga Terça-feira. Preço médio refeição 15 euros. Morada Rua Derribanças, nº 2, Vila Chã de Sá, 3510-928 Viseu. Telefone 232 183 870 – 919 403 304. Observações Executam-se serviços de Casamentos, Baptizados, Grupos.

CORTIÇO Especialidades Bacalhau Podre, Polvo Frito Tenrinho como Manteiga, Arroz de Carqueja, Cabrito Assado à Pastor, Rojões c/ Morcela como fazem nas Aldeias, Feijocas à maneira da criada do Sr. Abade. Folga Não tem. Preço médio por refeição 15 euros. Morada Rua Augusto Hilário, nº 45, 3500-089 Viseu. Telefone 232 423 853 – 919 883 877. Observações Aceitam-se reservas; Take-way.

RESTAURANTE O CAMBALRO Especialidades Camarão, Francesinhas, Feijoada de Marisco. Folga Não tem. Morada Estrada da Ramalhosa, nº 14, Rio de Loba, 3500-825 Viseu. Telefone 232 448 173. Observações Prato do dia - 5 euros.

RESTAURANTE O LARGO DA PREBENDA Especialidades Pratos Tradicionais. Folga Segunda-feira. Morada Largo da Prebenda, 37/45, 3500-172 Viseu. Telefone 232 435 366 - 964 233 844. Observações Aos domingos pratos tradicionais (Bacalhau Podre, Cabritinho Assado no Forno, etc...).

DELJONATA RESTAURANTE Especialidades Terra Mar, Sinfonia Quente ou Fria, Mariscos, Sapateira, Lagosta, Grelhados, Combinado do Mar. Folga Terça-feira. Morada Edifício D. João I, Lote 364 R/C, Loja 7, Letra E, 3510-076 Viseu Telefone 232 411 500. Observações Comida para fora.

PIZZERIA VENEZA Especialidades Pizzas, Lasanha, Hambúrgueres, Francesinhas, Esparguete à Bolonhesa, Carnes e Peixes variados. Folga Não tem. Morada EN 2, nº 205, Abraveses, 3510-197 Viseu. Telefone 232 459 943 – 938 741 189. Observações Comida para fora, Fácil estacionamento.

TORRE DI PIZZA Especialidades Pizzas, Massas, Carnes. Folga Segunda-feira. Morada Avenida Cidade de Aveiro, Lote 16, 3510720 Viseu. Telefone 232 429 181 – 965 446 688. Observações Menu económico ao almoço – 4,90 euros.

RESTAURANTE CLUBE CAÇADORES Especialidades Polvo à Lagareiro, Bacalhau à Lagareiro, Cabrito Churrasco, Javali na Brasa c/ Arroz de Feijão, Arroz de Perdiz c/ Míscaros, Tarte de Perdiz, Bifes de Veado na Brasa. Folga Quarta-feira. Preço médio por refeição 15 euros. Morada Muna, Lordosa, 3515-775 Viseu. Telefone 232 450 401. Observações Reservas para grupos e outros eventos.

SOLAR DO VERDE GAIO Especialidades Rodízio à Brasileira, Mariscos, Peixe Fresco. Folga Terça-feira. Morada Mundão, 3500-564 Viseu. www. solardoverdegaio.pt Telefone 232 440 145 Fax 232 451 402. E-mail geral@solardoverdegaio.pt Observações Salão de Dança – Clube do Solar – Sextas, Sábados até às 03.00 horas. Aceita Multibanco.

RESTAURANTE QUINTA DE CATAVEJO Especialidades Feijoada à Trasmontana (terça-feira), Mão de Vaca à Casa (quarta-feira). Folga Domingo. Morada Quinta do Catavejo, Lote 1 R/C, Mundão, 3505-572 Viseu. Telefone 917 640 194. Observações Refeições económicas ao almoço (2ª feira a Sábado) – 5 euros. Aceitam-se reservas para eventos (Casamentos, Baptizados...).

RESTAURANTE SANTA LUZIA Especialidades Filetes Polvo c/ Migas, Filetes de Espada com Arroz de Espigos, Cabrito à Padeiro, Arroz de Galo de Cabidela, Perdiz c/ Castanhas. Folga Segundafeira. Morada EN 2, Campo, 3510-515 Viseu. Telefone 232 459 325. Observações Quinzena da Lampreia e do Sável, de 17 de Fevereiro a 5 de Março. “Abertos há mais de 30 Anos”.

O SOEIRINHO Especialidades Bacalhau c/ Marisco, Picanha c/ Alecrim, Lulas à Baiana, Enguias, Cozido à Portuguesa. Folga Sábado. Preço médio refeição 10 euros. Morada Estrada Principal de Vilela, Lote 3, S. João de Lourosa. Telefone 232 429 054. Observações Sábados reservados a grupos pré-marcados. www.osoeirinho.com

RESTAURANTE A BUDÊGA Especialidades Picanha à Posta, Cabrito na Brasa, Polvo à Lagareiro. Acompanhamentos: Batata na Brasa, Arroz de Feijão, Batata a Murro. Folga Domingo. Preço médio por refeição 12,50 euros. Morada Rua Direita, nº 3, Santiago, 3500-057 Viseu. Telefone 232 449 600. Observações Vinhos da Região e outros; Aberto até às 02.00 horas.

PIAZZA DI ROMA Especialidades Cozinha Italiana (Pizzas, Massas, Carnes e Vinhos). Folga Domingo e segunda-feira ao almoço. Morada Rua da Prebenda, nº 37, 3500-173 Viseu Telefone 232 488 005. Observações Menu económico ao almoço.

COMPANHIA DA CERVEJA Especialidades Bifes c/ Molhos Variados, Francesinhas, Saladas Variadas, Petiscos. Folga Terça-feira. Preço médio refeição 8,50 euros. Morada Quinta da Ramalhosa, Rio de Loba (Junto à SubEstação Eléctrica do Viso Norte), 3505570 Viseu Telefone 232 184 637 - 962 723 772. Observações Cervejaria c/ amplo espaço (120 lugares), fácil estacionamento, acesso gratuito à internet.

RESTAURANTE D. INÊS Especialidades Pratos económicos de Carne e Peixe. Folga Domingo. Preço médio refeição 5 euros. Morada Rua Serpa Pinto, nº 54, 3500 Viseu Telefone 232 428 837 – 232 184 900.

QUINTA DO GALO CERVEJARIAS

QUINTA DA MAGARENHA

Especialidades Grelhados de Peixe e Carne. Folga Domingo. Morada Quinta do Galo, Lt3 | Bairro Stª Eugénia, Lt21, Viseu. Telefone 232 461 790 Observações Aberto até às 2h00.

Especialidades Lombinho Pescada c/ Molho de Marisco, Cabrito à Padeiro, Nacos no Churrasco. Folga Domingo ao jantar e Segunda-feira. Preço médio por refeição 15 euros. Morada Nó 20 A25, Fragosela, 3505-577 Viseu. Telefone 232 479 106 – 232 471 109. Fax 232 479 422. Observações Parque; Serviço de Casamentos.

TELHEIRO DO MILÉNIO QUINTA FONTINHA DA PEDRA Especialidades Grelhados c/ Churrasqueira na Sala, (Ao Domingo) Cabrito e Aba Assada em Forno de Lenha. Folga Sábados (excepto para casamentos, baptizados e outros eventos) e Domingos à noite. Morada Rua Principal, nº 49, Moure de Madalena, 3515-016 Viseu. Telefone 232 452 955 – 965 148 341.

A PÚCARA – RESTAURANTE Especialidades Lombinhos de Tamboril c/ Presunto, Bacalhau Gratinado c/ queijo na Púcara, Lombinhos de Porco Preto c/ Cogumelos Silvestres. Folga Domingo ao jantar e Segunda-feira. Preço médio por refeição 15 euros. Morada Quinta do Catavejo, Lote 44, Mundão, 3505-582 Viseu. Telefone 232 429 174. Observações Ementas executiva ao almoço p/ 12,50€ / pessoa. Ementas especiais p/ grupos.

O CANTINHO DO TITO Especialidades Cozinha Tradicional, Petiscos. Folga Domingo. Morada Rua Mário Pais da Costa, nº 10, Lote 10 R/C Dto., Abraveses, 3515-174 Viseu. Telefone 232 187 231 – 962 850 771.

RESTAURANTE O CAMPONÊS Especialidades Nacos de Vitela Grelhados c/ Arroz de Feijão, Vitela à Manhouce (Domingos e Feriados), Filetes de Polvo c/ Migas, Cabrito Grelhado c/ Arroz de Miúdos, Arroz de Vinha d´Alhos. Folga Quarta-feira. Preço médio por refeição 12 euros. Morada Praça da República, nº 15 (junto à Praça de Táxis), 3660 S. Pedro do Sul. Telefone 232 711 106 – 964 135 709.

RODÍZIO REAL Especialidades Rodízio à Brasileira. Folga Não tem. Preço médio por refeição 19 euros. Morada Repeses, 3500693 Viseu. Telefone 232 422 232. Observações Casamentos, Baptizados, Banquetes; Restaurante Certificado.

RESTAURANTE A COCHEIRA Especialidades Bacalhau Roto, Medalões c/ Arroz de Carqueija. Folga Domingo à noite. Morada Rua do Gonçalinho, 84, 3500-001 Viseu. Telefone 232 437 571. Observações Refeições económicas ao almoço durante a semana.

Especialidades Restaurantes Marisqueiras. Folga Não tem. Morada Cabanões; Rua da Paz, nº 1, 3500 Viseu; Santiago. Telefone 232 460 712 – 232 468 448 – 967 223 234. Observações Casamentos, baptizados, convívios, grupos.

Especialidades Rodízio à Brasileira, Espetada de Picanha, Polvo à Lagareiro, Bacalhau à Lagareiro. Folga QuartaFeira. Preço médio por refeição 15 euros. Morada Estrada Nacional 16, Recta de Pascoal, 3515-828 Viseu. Telefone 232 459 511 – 969 651 322. Observações Salão para banquetes; Almoço comercial (2ª a sábado) – 7,50 euros.

GREENS RESTAURANTE Especialidades Toda a variedade de prato. Folga Não tem. Preço médio refeição Desde 2,50 euros. Morada Fórum Viseu, 3500 Viseu. Observações www.greensrestaurante.com

MAIONESE Especialidades Hamburguers, Saladas, Francesinhas, Tostas, Sandes Variadas. Folga Não tem. Preço médio refeição 4,50 euros. Morada Rua de Santo António, 59-B, 3500-693 Viseu (Junto à Estrada Nacional 2). Telefone 232 185 959.

RESTAURANTE ROSSIO PARQUE Especialidades Medalhão de Vitela p/ duas pessoas 800g Pura Alcatra, Bacalhau à Casa, Massa c/ Bacalhau c/ Ovos Escalfados, Corvina Grelhada; Acompanhamentos: Migas, Feijão Verde, Batata a Murro. Folga Sábado à Noite e Domingo. Morada Rua Soar de Cima, nº 55 (Junto ao Jardim das Mães – Rossio), 3500-211 Viseu. Telefone 232 422 085. Observações Refeições económicas (2ª a 6ª feira) – sopa, bebida, prato e sobremesa ou café – 6 euros.

SÃO PEDRO DO SUL

Especialidades Grelhados, Francesinhas, Bacalhau à Ibérico, Grelhada Mista, Vários Petiscos. Folga Não tem. Morada Quinta de Dentro, Lote 79, R/C Dto., 3505-496 Rio de Loba, Viseu. Telefone 232 449 743 – 919 908 984. Observações Refeições económicas; Comida para fora.

RESTAURANTE SOLAR DE PASCOAL

Especialidades Francesinhas, Bifes, Pitas, Petiscos. Folga Não tem. Preço médio refeição 5,00 euros. Morada Rua Eça de Queirós, 10 Lt 12 - Viseu (Junto à Loja do Cidadão). Telefone 232 185 851. Observações Take-away.

Especialidades Cozinha Regional. Folga Não tem. Preço médio por refeição 15 euros. Morada Estrada Nacional 2, 1189, Adiça, 3460-321 Tondela. Telefone 232 816 537. Observações Refeições económicas (2ª a 6ª feira); Refeições para fora.

RESTAURANTE IBÉRICO

RESTAURANTE BELOS COMERES (ROYAL)

EÇA DE QUEIRÓS

RESTAURANTE PRATO D´OURO

RESTAURANTE PORTAS DO SOL Especialidades Arroz de Pato com Pinhões, Catalana de Peixe e Carne, Carnes de Porco Preto, Carnes Grelhadas com Migas. Folga Domingo à noite e Segunda-feira. Morada Urbanização Vilabeira - Repeses - Viseu. Telefone 232 431 792. Observações Refeições para grupos com marcação prévia.

MANGUALDE

RESTAURANTE MODERNO Especialidades Cabrito Assado à Serrana, Rojões à Mangualde. Folga Sábado e Domingo à noite. Preço médio refeição 15 euros. Morada Largo Dr. Couto, nº 85, 3530 Mangualde. Telefone 232 622 941 – 963 460 290. Observações Mais de uma dúzia de Quintas na Região onde se podem fazer festas.

OS GALITOS Especialidades Bacalhau à Galitos, Feijoada de Marisco, Picanha à Brasileira, Arroz de Tamboril c/ Gambas. Folga Não tem. Morada Rua 25 de Abril, nº 91 (Junto às Escolas Primárias), 3530-140 Mangualde. Telefone 232 612 950. Observações Serviços de Casamentos, Baptizados, Aniversários, Grupos.

FORNO DA MIMI

PENALVA DO CASTELO

Especialidades Assados em Forno de Lenha, Grelhados e Recheados (Cabrito, Leitão, Bacalhau). Folga Não tem. Preço médio por refeição 14 euros. Morada Estrada Nacional 2, Vermum Campo, 3510-512 Viseu. Telefone 232 452 555. Observações Casamentos, Baptizados, Banquetes; Restaurante Certificado.

Especialidades Feijão de Espeto, Cabidela de Galinha, Arroz de Míscaros, Costelas em Vinha de Alhos. Folga Não tem. Preço médio por refeição 10 euros. Morada Sangemil, Penalva do Castelo. Observações Sopa da Pedra ao fim-de-semana.

O TELHEIRO

RESTAURANTE QUINTA DO MARQUÊS Especialidades Bacalhau c/ Natas, Rojões à Beirão, Vitela à Lafões, Tiramisú. Folga Domingo (Dezembro a Junho). Preço médio por refeição 10 euros. Morada Galerias Quinta do Marquês, 2º Piso, Fracção Z (junto ao Pav. Desportivo Municipal e Piscinas), 3660 S. Pedro do Sul. Telefone 232 723 815. Observações Refeições económicas (2ª a 6ª feira).

RESTAURANTE ADEGA DO TI JOAQUIM Especialidades Arroz de Marisco à Ti Joaquim (2P. 35 euros), Vitela Assada à Moda Manhouce (15 euros), Bacalhau Recheado à Moda da Adega (12,50 euros), Cabrito Assado na Fornalha à Lafões (17,50 euros). Folga Terça-feira. Morada Rua Central, Termas, Várzea, 3660-692 S. Pedro do Sul. Telefone 232 711 250.

SANTA COMBA DÃO RESTAURANTE TÍPICO O PEDRO

Especialidades Mariscos, Grelhados e Pratos Regionais. Paelha, Camarão À Pedro, Arroz de Marisco, Bacalhau Zé Pipo, Carne Porco Alentejana, Naco, Cabrito, Cabidela de Galo. Folga Não tem. Morada Rua Principal, nº 11 A, 3440-465 São João de Areias. Telefone 232 891 577 – 964 262 750. Observações Casamentos, Baptizados, Grupos; Espaço Verde.

OLIVEIRA DE FRADES OS LAFONENSES – CHURRASQUEIRA

Especialidades Vitela à Lafões, Bacalhau à Lagareiro, Bacalhau à Casa, Bife de Vaca à Casa. Folga Sábado (excepto Verão). Preço médio por refeição 10 euros. Morada Rua D. Maria II, nº 2, 3680-132 Oliveira de Frades. Telefone 232 762 259 – 965 118 803. Observações Leitão por encomenda.

NELAS

RESTAURANTE QUINTA DO CASTELO Especialidades Bacalhau c/ Broa, Bacalhau à Lagareiro, Cabrito à Padeiro, Entrecosto Vinha de Alhos c/ Arroz de Feijão. Folga Sábado (excepto p/ grupos c/ reserva prévia). Preço médio refeição 15 euros. Morada Quinta do Castelo, Zona Industrial de Nelas, 3520095 Nelas. Telefone 232 944 642 – 963 055 906. Observações Prova de Vinhos “Quinta do Castelo”.


Jornal do Centro 30 | Abril | 2009

D Programas escolares

saúde

O Ministério da Saúde pretende incluir no programa obrigatório do Ensino Secundário formação teórica e prática sobre suportes básicos de vida e sobre os desfibrilhadores automáticos.

Pensionistas com rendimentos baixos têm direito a genéricos gratuitos Medida ∑ Governo quer apoiar em termos sociais e incentivar o consumo de genéricos Os medicamentos genéricos para pensionistas que recebem menos que o salário mínimo nacional vão passar a ser gratuitos. A medida, anunciada pelo Governo, vai beneficiar um milhão de pensionista, os que normalmente apresentam vinheta verde nas suas receitas, isto é os de menores rendimentos. De acordo com o secretário de estado adjunto, Francisco Ramos, a medida pretende apoiar em termos sociais os que mais precisam e ao mesmo

tempo incentivar o consumo de medicamentos genéricos. O impacto financeiro da medida será de 35 a 40 milhões de euros, tendo em conta os gastos actuais. O secretário de estado adjunto admite que possa haver um custo superior porque o Governo espera que haja transferência do consumo de medicamentos de marca para genéricos. A medida foi

anunciada pelo primeiroministro, José Sócrates, no dia 24. O governante afirmou aos jornalistas que com esta medida nenhum idoso terá de fazer a escolha entre comprar um medicamento ou dispender dinheiro noutro tipo de despesa. Já em Março, o Governo tinha aprovado no Conselho de Ministros, uma proposta que prev i a dupl i-

ca r a bonif icação na comparticipação dos genéricos para pensionistas com parcos rendimentos. Passou de 15 por cento para 30 por cento. Agora a medida comparticipa na totalidade os medicamentos genéricos. O secretário de estado entende que esta medida constitui um poderoso incentivo para que sejam prescritos e consumidos mais medicamentos genéricos.

Vírus do Papíloma Humano responsável por cinco por cento dos cancros O vírus do Papiloma Humano (HPV) é responsável por cinco por cento dos cancros e por 10 por cento de todos os cancros na mulher. Os dados revelados pela coordenadora da unidade de papilomavírus do Instituo Nacional de Saúde, Ângela Pista, revelam que o HPV está presente em 90 por cento dos casos de cancro do colo do útero. Hoje são conhecidos mais de 180 genotipos de HPV dos quais cerca de 45 são os responsáveis por infecções na região anogenital. Segundo Ângela Pista o HPV de alto risco é a causa necessária mas não necessária para o desenvolvimento do cancro do colo do útero. Cerca de quarenta por cento das jovens têm infecções por

HPV depois de terem iniciado a vida sexual. A investigadora defendeu, durante no Simpósio “SPPV 2009 - O Vírus HPV, as Vacinas e o Cancro”, que decorreu em Lisboa, que é de extrema importância a metodologia utilizada para a detecção da infecção por HPV., uma vez que o cancro do colo do útero pode ser altamente mortal se for diagnosticado numa fase invasiva. Para além do exame citológico (papanicolau), as mulheres podem efectuar o teste para detectar o vírus e para verificar se a estirpe é de baixo ou alto risco. Ângela Pista alerta para o facto da citologia apresentar uma sensibilidade baixa para a detecção de lesões pré-malignas. A mesm a opi n i ão é

29

A Vacina contra o vírus já integra o Plano de Vacinação partilhada por Clara Bicho da Sociedade Portuguesa de Papiloma Vírus (SPPV),que defende que a citologia é um teste de rastreio e não de diagnóstico e como tal devia estar associada ao teste do HPV. Em Portugal, todos os anos, surgem cerca de 950 casos de cancro do colo do útero. O HPV transmite-se por via sexual. Mas há factores que contribuem para

que o cancro do colo do útero surja mais cedo. Se uma mulher tiver o HPV e for fumadora, o cancro aparece 10 anos mais cedo. O cancro do colo do útero é, depois do cancro da mama, a segunda causa de morte por cancro mais comum entre mulheres jovens (15-44 anos) na Europa, onde morrem por dia 40 mulheres com a doença.

Gripe Suína lança pânico no mundo “Uma urgência em termos de saúde pública e uma preocupação internacional” foi assim que a Organização Mundial de Saúde se referiu ao aparecimento de um vírus da gripe suína transmissível de ser humano para ser humano. O surto do novo vírus do tipo A (H1N1) surgiu no México, país onde já faleceram 150 pessoas. O país está praticamente paralisado , tendo os serviços religiosos, os encontros desportivos esessões de cinema sido cancelados. Pouco se sabe sobre o novo virús, que tem material genético de vírus que infectam aves, porcos e humanos. Os especialistas têm no entanto uma certeza, este novo vírus tem potencial para se tornar uma pandemia. Para além do México, há casos confirmados de infecções nos Estados Unidos da América também os Estados Unidos da América estão a ser gravemente atingidos. O surto espalhou-se também ao Reino Unido, Espanha, Nova Zelândia, Austrália, Correia do Norte. A OMS já elevou o o nível de alerta mundial de 3 para 4, admitindo a aplicação de medidas de prevenção e combate mais radicais. E dado o aumento de casos nos EUA, o nível pode ser ainda elevado a cinco. A OMS admite que é impossível

evitar que o vírus alastre e que o mais importante é cuidar das pessoas infectadas. Até ao dia do fecho do Jornal do Centro, não tinham sido detectados casos de pessoas infectadas em Portugal, contudo a Direcção-Geral de Saúde (DGS) recomendou que todos os casos de gripe suspeitos sejam confirmados em laboratório. Num comunicado divulgado pela internet, a DGS afirma que “a definição de caso suspeito para fins de notificação imediata assenta, nesta fase, em critérios clínicos e edpidemiológicos, designadamente de infecção respiratória de início agudo, com febre alta, em doente com contexto epidemiológico proveniente de zona afectada nos últimos 10 dias ou contacto próximo com pessoa doente com quadro gripal proveniente de zona afectada. O governo português desaconselhou as deslocações à cidade do México. A nova estirpe da gripe pode ser tratada com antivirais produzidos recentemente. A OMS diz ter um stock de cinco milhões de tratamentos disponíveis de um deles, o Tamiflu. Os especialistas defendem que em caso de pandemia é necessário uma vacina. Os portugueses que se vacinaram contra a gripe estão parcialmente protegidos contra o vírus H1N1.


Jornal do Centro

30 SAÚDE

30 | Abril | 2009

FARMÁCIAS

Veja todas as farmácias de serviço do distrito de Viseu em www.jornaldocentro.pt FRANCISCO CORTEZ VAZ MÉDICO ESPECIALISTA GINECOLOGIA-OBSTETRÍCIA MESTRADO EM PATOLOGIA MAMÁRIA (Faculdade de Medicina da Universidade de Barcelona)

Rua António Alves Martins, 40-4ºE Tel/Fax: 232 441 127 3500-078 - Viseu

Dia 1/ Maio – 6ª Feira Canas de Senhorim Farmácia Pelourinho 232 671 210; Carregal do Sal Farmácia Moderna 232 968 101; Castro Daire Farmácia da Misericórdia 232 382 235; Lamego Farmácia Senhora dos Remédios 254 612 968; Mangualde Farmácia Albuquerque 232 611 952; Moimenta da Beira Farmácia Ferreira 254 584 143; Mortágua Farmácia Gonçalves 231 922 223; Nelas Farmácia A. Pais 231 944 214; Oliveira de Frades Farmácia Oliveirense 231 761 128; Penalva do Castelo Farmácia Silveira 232 641 362; Resende Farmácia da Avenida 254 877 253; Santa Comba Dão Farmácia Vasco da Gama 232 890 402; São Pedro do Sul Farmácia Dias 232 711 213; Sátão Farmácia Carvalho 232 985 295; Tondela Farmácia Molelos 232 813 957; Viseu Farmácia da Misericórdia 232 430 310, Av. 10 de Junho, 1 Dia 2/Maio – Sábado Canas de Senhorim Farmácia Monteiro 232 671 220; Carregal do Sal Farmácia Moderna 232 968 101; Castro Daire Farmácia da Misericórdia 232 382 235; Lamego Farmácia Parente 254 612 764; Mangualde Farmácia Albuquerque 232 611 952; Moimenta da Beira Farmácia Ferreira 254 584 143; Mortágua Farmácia Gonçalves 231 922 223; Nelas Farmácia Faure 231 944 241; Oliveira de Frades Farmácia Oliveirense 231 761 128; Penalva do Castelo Farmácia Silveira 232 641 362; Resende Farmácia da Avenida 254 877 253; Santa Comba Dão Farmácia Vasco da Gama 232 890 402; São Pedro do Sul Farmácia Dias 232 711 213; Sátão Farmácia Andrade 232 982 028; Tondela Farmácia Molelos 232 813 957; Viseu Farmácia Viso 232 471 678, Viso Sul Dia 3/Maio – Domingo Canas de Senhorim Farmácia Monteiro 232 671 220; Carregal do Sal Farmácia Moderna 232 968 101; Castro Daire Farmácia da Misericórdia 232 382 235; Lamego Farmácia Cardoso 254 646 261; Mangualde Farmácia Albuquerque 232 611 952; Moimenta da Beira Farmácia Ferreira 254 584 143; Mortágua Farmácia Gonçalves 231 922 223; Nelas Farmácia Faure 231 944 241; Oliveira de Frades Farmácia Oliveirense 231 761 128; Penalva do Castelo Farmácia Silveira 232 641 362; Resende Farmácia da Avenida 254 877 253; Santa Comba Dão Farmácia Vasco da Gama 232 890 402; São Pedro do Sul Farmácia Dias 232 711 213; Sátão Farmácia Andrade 232 982 028; Tondela Farmácia Molelos 232 813 957; Viseu Farmácia Nery 232 459 822, Abraveses Dia 4/Maio – 2ª Feira Canas de Senhorim Farmácia Monteiro 232 671 220; Carregal do Sal Farmácia Rodrigues 232 968 203; Castro Daire Farmácia Moderna 232 382 112; Lamego Farmácia Avenida 254 609 030; Mangualde Farmácia Feliz 232 622 238; Moimenta da Beira Farmácia Moderna 254 582 154; Mortágua Farmácia Abreu 231 922 185; Nelas Farmácia Faure 231 944 241; Oliveira de Frades Farmácia Pessoa 231 781 118; Penalva do Castelo Farmácia Claro 232 641 251; Resende Farmácia Lemos de Freitas 254 870 150; Santa Comba Dão Farmácia Monteiro 232 891 238; São Pedro do Sul Farmácia da Misericórdia Santo António 232 611 952; Sátão Farmácia Andrade 232 982 028; Tondela Farmácia Matos 232 822 227; Viseu Farmácia Portugal 232 423 317, Av. Alberto Sampaio, 76 Dia 5/Maio – 3ª Feira Canas de Senhorim Farmácia Monteiro 232 671 220; Carregal do Sal Farmácia Rodrigues 232 968 203; Castro Daire Farmácia Moderna 232 382 112; Lamego Farmácia Santos Monteiro 254 609 900; Mangualde Farmácia Feliz 232 622 238; Moimenta da Beira Farmácia Moderna 254 582 154; Mortágua Farmácia Abreu 231 922 185; Nelas Farmácia Faure 231 944 241; Oliveira de Frades Farmácia Pessoa 231 781 118; Penalva do Castelo Farmácia Claro 232 641 251; Resende Farmácia Lemos de Freitas 254 870 150; Santa Comba Dão Farmácia Monteiro 232 891 238; São Pedro do Sul Farmácia da Misericórdia Santo António 232 611 952; Sátão Farmácia Andrade 232 982 028; Tondela Farmácia Matos 232 822 227; Viseu Farmácia Gastromil 232 426 666, Rua do Comércio, 10 Dia 6/Maio – 4ª Feira Canas de Senhorim Farmácia Monteiro 232 671 220; Carregal do Sal Farmácia Rodrigues 232 968 203; Castro Daire Farmácia Moderna 232 382 112; Lamego Farmácia Senhora dos Remédios 254 612 968; Mangualde Farmácia Feliz 232 622 238; Moimenta da Beira Farmácia Moderna 254 582 154; Mortágua Farmácia Abreu 231 922 185; Nelas Farmácia Faure 231 944 241; Oliveira de Frades Farmácia Pessoa 231 781 118; Penalva do Castelo Farmácia Claro 232 641 251; Resende Farmácia Lemos de Freitas 254 870 150; Santa Comba Dão Farmácia Monteiro 232 891 238; São Pedro do Sul Farmácia da Misericórdia Santo António 232 611 952; Sátão Farmácia Andrade 232 982 028; Tondela Farmácia Matos 232 822 227; Viseu Farmácia Pinto de Campos 232 437 225, Largo Pintor Gata, 2 Dia 7/Maio – 5ª Feira Canas de Senhorim Farmácia Monteiro 232 671 220; Carregal do Sal Farmácia Rodrigues 232 968 203; Castro Daire Farmácia Moderna 232 382 112; Lamego Farmácia Cardoso 254 646 261; Mangualde Farmácia Feliz 232 622 238; Moimenta da Beira Farmácia Moderna 254 582 154; Mortágua Farmácia Abreu 231 922 185; Nelas Farmácia Faure 231 944 241; Oliveira de Frades Farmácia Pessoa 231 781 118; Penalva do Castelo Farmácia Claro 232 641 251; Resende Farmácia Lemos de Freitas 254 870 150; Santa Comba Dão Farmácia Monteiro 232 891 238; São Pedro do Sul Farmácia da Misericórdia Santo António 232 611 952; Sátão Farmácia Andrade 232 982 028; Tondela Farmácia Matos 232 822 227; Viseu Farmácia Ferrão e Castro 232 461 433, Vilela – São João de Lourosa


31

Jornal do Centro 30 | Abril | 2009

emprego & formação Semana Rural na Escola Superior Agrária de Viseu A Escola Superior Agrária de Viseu (ESAV) organiza, de 18 a 22 de Maio, a “Semana Rural da ESAV”. O evento “será o aglomerar” de diversas actividades, entre elas colóquios sobre “qualidade Alimentar”, “Novas Tecnolog i a s Apl icadas à Zootecnia”, “Nutrição em Animais de Companhia”, “Viticul-

tura e Enologia” e sobre “Investimento e Valorização do Sector Florestal”. Durante o evento também será levado a cabo o II Festival D’Arte Voz”, um concurso de Tunas e a VIII Monumental Garraiada Agrária”.A Semana Rural terá também uma “Noite de Fados e Degustação de Vinhos e Sabores do Dão”.

Curso de Iniciação à Criminologia A empresa Formação Elevus de Viseu vai ministrar o Curso de Iniciação à Criminologia. A acção de formação pretende apresentar as noções relativas à evoluç ão dos conceito s teóricos da criminologia e a sua inf luência nas práticas que os profissionais da área utilizam. Os formandos terão

ainda a oportunidade de adquirir con hecimentos que lhe permitam compreender a relação entre o crime, o deliquente e a vítima. O curso prevê também as metodologias de reinserção social. A acção de formação tem a duração de sete horas e decorre no dia 30 de Junho, no edifício da Elevus Viseu.

Precisa-se cozinheiro de 1ª para Restaurante no Palácio do Gelo em Viseu. T. 961 207 889

EMPREGO OFERTA Procuro Consultoras de Estética T. 963 702 816 Procuram-se consultores comerciais. Oferecemos comissões e prémios p/ objectivos. T. 938 798 043 Part-time/Full-time. Transforme os seus tempos livres num negócio de sucesso. Marque entrevista T. 961 050 604 / 916 437 393 Precisa-se Auxiliar de Geriatria cm.apoiofamilia@gmail.com T. 933 110 425 Aulas de Italiano com professora nativa. Língua, cultura, conversação. Email: cinquenomi@yahoo.it T. 910 827 005 Precisa-se pessoa para funções administrativas em part-time. Centro da cidade. T. 922 173 000 Precisa-se canalizador para aquecimento central / Orçamentista. Urgente. T. 918 793 593 / 232 954 911 Procuram-se pessoas dinâmicas para gerir negócio na área das telecomunicações. T. 937160866

Guitarrista e vocalista masculino precisa-se para banda (música de baile) Viseu. T. 966 438 445 Procuro pessoa c/ prática em aplicação de Unhas de Gel. T. 964 233 787 Relações públicas (promoção e vendas) com carta de condução, precisa-se para empresa de espectáculos. T. 966 438 445 Precisa-se de Professor de Inglês, no âmbito do programa de Enriquecimento Curricular, no concelho de S. Pedro do Sul. T. 232 723 003 Precisa-se de pessoas para limpezas. T. 232 468 357 / 968 623 862 Precisa-se Professor de Matemática – Explicações. T. 965 136 935

Projectos Criação do Próprio Emprego do IEFP T. 919 350 133 Procuro pessoas p/ venda de cosméticos p/ catálogo. T. 966 230 254

Preciso de comerciais dinâmicos. Mude a sua vida. T. 938 996 534

Procuram-se comissionistas para telecomunicações. T. 969 056 337 Precisa-se ajudante de cozinha e empregada de mesas p/ restaurante, junto ao pavilhão Multiusos, Viseu. T. 914 621 320

de senhora doente, ou para limpezas.

EMPREGO PROCURA

T. 936 388 122

Licenciada em Educação Social, procura emprego na sua área. T. 934 388 310

Senhora c/ carta de condução e referências, ½ idade, procura trabalho de manhã, interior casas ou outro. T. 232 188 179

Part-time para casa particular, cuidar de crianças, ajudante de cozinha em regime diurno, lavandaria/passar a ferro. T. 963 861 485 Tomo conta de crianças e idosos ao domicílio, tenho formação profissional na área. T. 962412767 Procuro trabalho Administrativo (contabilidade, serviço de bancos, cobranças, etc…). T. 914 569 620 Procuro trabalho como motorista nacional ou internacional. T. 919 648 979

Procuro trabalho na área administrativa (Parttime ou Full-time). T. 966 756 847 Jovem licen. em C. Social procura trabalho nas áreas de Rádio; Publicidade; Marketing; Relações Públicas; Informática e Área Comercial. T. 961 136 971 Procuro trabalho p/ secretariado e recepção / área comercial (lojas). T. 966 852 198 Ofereço-me para fazer limpezas, cuidar de crianças,

Precisa-se cozinheiro(a) c/ experiência p/ restaurante típico. T. 232 414 024 / 913 824 656

Precisa-se manobrador para tamrock e pedreiro com experiência em pedreiras. Zona de Penalva do Castelo. T. 919 519 553

Precisa-se

Precisa-se funcionária(o) p/ loja no centro da cidade. Entrada imediata. T. 937 711 999

Procuro trabalho como empregada interna p/ tratar

Professores para dar explicações T. 966 088 494 Procuro esteticista profissional – Viseu. T. 232 416 301

Jovem de 29 anos procura trabalho como doméstica ou ajudante de cozinha, na zona de Viseu, T. 967 269 099

passar a ferro. Zona de Marzovelos. T. 912 040 905 Procuro trabalho como motorista / distribuidor

Procuro trabalho como motorista de pesados, nacional e internacional. T. 962 643 868 Oferece-se senhora para fazer limpeza a particulares. T. 967 896 592

de Quinta a Domingo. Carta C+E. Furgão próprio T. 966 163 163 Técnica de Cardiopneumologia procura emprego. E-mail: poliveira. cpl@gmail.com

Professora dá explicações do 1º ao 9º ano. T. 963 355 362

T. 968 802 649 Cabeleireira desempregada oferece-se para:

Procura um rendimento extra? Rentabilize os tempos livres em um negócio de sucesso. T. 914 160 114

Faço limpezas, região de Viseu, brasileira c/ referências (2ª a sábado – Manhãs). T. 232 108 031

Cabeleireiros, serviço ao domicílio e deslocação a lar de idosos. T. 936 931 516

VISEU Empresa Multinacional na área do Marketing e Publicidade com 22 escritórios em Portugal e mais de 20 anos de actividade.

ADMITE M/F Para preenchimento de 10 vagas no Departamento Comercial.

Cozinheiro(a) (c/ urgência)

Pretendemos: Entre os 18 e os 45 anos; Boa apresentação; Espírito de equipa; Gosto e apetência por comunicação; Motivação, dinamismo e ambição; Responsabilidade e capacidade de liderança.

Oferecemos: Entrada imediata; Excelente ambiente de trabalho; Oportunidade de carreira; Vencimento compatível com o trabalho; Bonificações por empenhamento; Evolução na carreira.

Trabalhamos para formar futuros empresários.

Contacto - 961 957 944

Marque entrevista para: 232110289 Ou CV: visisucesso@sapo.pt


Jornal do Centro

32

30 | Abril | 2009

imobiliário Moradia isolada junto ao Sátão T. 938 445 815

IMOBILIÁRIO V ENDE- SE T3 + 2 centro Viseu. Aceita parte pagamento, viatura ou autocaravana. T. 912 219 647 T3 remodelado, c/ aq. central e AC. Entre 3 superf. comerciais e a 7 min. do centro Net Wirless, no condomínio. 110.000 € T. 918 639 302 2 Lotes juntos para construção. Preço acessível. T. 962 645 933 Moradia de luxo, Repeses, com possibilidade de permuta por apartamento. T. 962 645 933 Terreno para construção, Póvoa de Sobrinhos com 3.400 m2. T. 962 645 933 Moradia Banda T4, Coz. mobilada equipada, Escritório mobilado, Lav. c/ máq., Garagem p/ 2 carros, Aquec. Central, Churrasqueira. T. 968 046 925 Moradia T5, arquitectura moderna, excelente localização, áreas verdes. T. 918 739 748 Lote industrial e armazéns, área 25 mil m2. Acessos TIR IC12 e A25. T. 918 739 748 T3 c/ lareira, aquecimento central, garagem fechada p/ 2 carros, no centro da cidade, Aveiro. Preço negociável. T.: 967 043 240 Junto ao rio Paiva com Bengalow em madeira do Brasil tipo T1 equipado e uma cave preparada para T0 c/ dois furos artesinos e bomba-electricidademurada com muros em pedra e rede. Folgosa Castro Daire T. 917 518 984 T2 Centro Viseu. Bom estado – 69.000€. T. 968 381 978 Moradia Pascoal nova c/ 300m2, aquec. e aspiração central, roupeiros, varandas, logradouro. 190.000,00€ T. 967 914 455 T3 Urb. Vilabeira, próximo Politécnico – Repeses, 5º andar, c/ pintura interior nova, área bruta 210 m2, garagem fechada p/ 2 carros e arrumos c/ janela. Trata o próprio. T. 917 515 180 Moradia isolada próxima do Palácio do Gelo - Viseu (Nova) T. 938 445 815

Casa antiga, totalmente remodelada, c/ aq. central, a 10 minutos de Viseu. T. 965 563 130 Moradia T5, arquitectura minimalista, áreas verdes, Nelas. O próprio. T. 918 739 748 T1 centro da cidade – Viseu. T. 965 319 494 Terreno, zona de Mundão, 16.000 m2 construtivos. T. 962 645 933 T1 novo, Gala – Figueira da Foz. Preço acessível. Perto da praia. T. 962 645 933

Terreno p/ construção c/ 6.000 m2. Podem 2.700 m2 de construção ser em moradias ou prédios de 3 pisos (Coimbra). T. 917 460 551 Casa para reconstrução no centro histórico – Viseu. T. 916 195 468 Lote industrial e armazéns c/ área de 25.000 m2. Acessos TIR (IC12/ A25). T. 918 739 748 T1 Centro Cidade como novo c/75m2, ar condicionado, roupeiro, varandas, garagem fechada.97.500,00€ T. 917 921 823

Moradia em tosco. Zona de Cavernães – Viseu. Bom preço. T. 962 645 933

T2 Qtª. Galo c/90m2 área, 2 frentes, marquise, sótão, varandas, arrumos, 2 garagens fechadas.85.000,00€ T. 969 090 018

Terreno c/ 6.000 m2 p/ construção de moradias ou prédios até 3 pisos. Área de construção 2.700 m2 - Coimbra. T. 917 460 551

T2 Centro Cidade c/100m2, ar condicionado, cozinha equipada, terraço, garagem fechada.137.500,00€ T. 917 921 823

Moradia T5, arquitectura minimalista, excelente localização, áreas verdes. O próprio... T. 918 739 748 T2 Duplex c/ aquecimento central. Quinta de Dentro, Rio de Loba – 117.500€. T. 232 187 105 / 916 220 977 Terreno em Repeses com projecto aprovado para geminada. T. 962 645 933 Lote insdustrial e armazéns c/ área de 25.000 m2, acessos TIR. IC12/A25 - Z.I. Nelas. Particular. T. 918 739 748 Moradia próximo de Viseu c/ possibilidade de permuta p/ apartamento. T. 964 344 612 Moradia isolada c/ jardim, jacuzzi, AC, aq. Central. Junto ao Sátão – 150.000€. T. 964 178 362 Casa, centro de Nelas. T. 969 527 373 Casa Antiga p/ restaurar c/ 40.000 m2 de terreno. Junto à barragem da Aguieira. T. 917 460 551 Terreno p/ construção, c/ grande área e poços.A 15 minutos de Viseu. Bom preço. T. 917 251 378 Terreno em Viseu para construção. Óptimo local. T. 962 645 933

T3 a 2 min. Cidade c/100m2 área, pré – inst. aquec., cozinha mob. e equipada, sótão, varandas.81.500,00€ T. 969 09 0018 T3 Abraveses c/125m2 área, lareira, roupeiros, cozinha mob. e equipada, despensa, varanda.85.000,00€ T. 917 921 823 T3 Rio de Loba c/100m2 área, aquec. central, roupeiro, sótão, varandas, garagem fechada. 87.000,00€ T. 969 090 018 T3 Stº. Estêvão c/130m2 área, lareira, roupeiros, despensa, sótão, varandas, arrumos, garagem. 85.000,00€ T. 917 921 823 T3 Ranhados c/125m2 área, 2 hall’s, roupeiro, cozinha e equipada, sótão, varandas, arrumos. 95.000,00€ T. 969 090 018 T3 Jtº. Cidade como novo c/114m2, lareira, lavandaria, sótão, varandas, garagem fechada. 95.000,00€ T. 917 921 823 T3 Jugueiros como novo c/130m2 área, aquec. central, lareira, roupeiros, lavandaria, garagem fechada. T. 969 090 018 T3 Jtº. Cidade c/150m2, aquec. central, lareira c/recup., cozinha mob. e equipada, garagem fechada. T. 917 921 823

Moradia S. Salvador nova c/315m2, aquec. central, lareira, roupeiros, varandas, churrasqueira.195.000,00€ T. 917 921 823 Moradia a 2min. Cidade c/408m2, aquec. central, cozinha mob. e equipada, churrasqueira.177.500,00€ T. 969 090 018 Moradia Abraveses c/360m2, aquec. central, cozinha mob. e equipada, sótão, logradouro.155.000,00€ T. 917 921 823 Moradia Rio de Loba c/160m2, hall, varandas, garagem fechada, 2.600m2 área descoberta. 120.000,00€ T. 969 090 018 Moradia Campo c/370m2, aquec. central, lareira, roupeiros, lavandaria, terraço, churrasqueira.175.000,00€ T. 917 921 823 Moradia Jtº. Cidade c/240m2 área, 2 lareiras, despensa, sótão, varandas, arrumos, logradouro.185.000,00€ T. 969 090 018

T2 mobilado c/ lugar de garagem – Viseu. T. 239 098 146 T2 c/ lugar de garagem - Viso. T. 919 537 477 T2 + 1 c/ lugar de garagem – Viso Norte. T. 917 460 551 T2 c/ lugar de garagem em Rio de Loba – Viseu. T. 917 460 551 Gabinete p/ esteticista. T. 232 416 301 Armazéns industriais c/ área de 200 a 2.500 m2. Acessos TIR. T. 914 212 770 T2 Centro Cidade c/100m2 área, cozinha mob. e equipada, despensa, óptima localização. 275,00€ T. 969 090 018 T2 Viso mobilado c/95m2, lareira, roupeiros, cozinha mob. e equipada, garagem fechada. 350,00€ T. 917921823 T2 Centro Cidade mobilado c/95m2 área, hall, roupeiros, cozinha mob. e equipada, marquise.325,00€ T. 969 09 0018 T2 Centro Cidade c/100m2 área, hall, 2 frentes, cozinha mob. e equipada, marquise. 350,00€ T. 917921823

T2 Stº. Estêvão remodelado c/95m2 área, hall, varanda, arrumos, garagem fechada. 325,00€ T. 969 090 018

T3 Jtº. Cidade c/ 120m2 área, hall, roupeiros, despensa, marquise, sótão, varandas, garagem. 300,00€ T. 917 921 823

T2 Centro Cidade mobilado c/100m2, roupeiro, kichnette mob. e equipada, varandas, arrumos.375,00€ T. 917 921 823

T3 Rio de Loba c/95m2 área, hall, lareira, cozinha mob. e equipada, terraço, varandas.260,00€ T. 969 090 018

IMOBILIÁRIO TRESPASSA-SE Trespassa-se loja de modelismo, com recheio. Bem localizada. T. 968 086 598

T2 Jtº. Cidade c/110m2 área, lareira, cozinha mob. e equipada, lavandaria, varandas, garagem. 375,00€ T. 917 921 823

T3+1 Centro Cidade c/104m2 área, lareira, roupeiros, lavandaria, marquise, óptimo estado. 380,00€ T. 969 090 018

T2 Centro Cidade c/85m2 área, hall, roupeiros, cozinha mob. e equipada, varandas. 350,00€ T. 969 090 018

Andar Moradia 2 min. Cidade c/165m2, lareira, varandas, garagem fechada, boa exposição solar.350,00€ T. 969 090 018

T3 Centro Cidade c/100m2 área, roupeiros, kichnette mob. e equipada, lavandaria, bom estado.300,00€ T. 917 921 823

Loja Cavernães c/160m2, pé direito c/4mts, escritório, 2 wc’s serviço, saída de fumos, montras. 800,00€ T. 917 921 823

T3 Travassós c/130m2 área, lareira, hall, despensa, varandas, arrumos, garagem fechada. 350,00€ T. 969 090 018

Loja Abraveses c/100m2, pé direito c/3 mts, wc serviço, saída de fumos, viabilidade p/ vários ramos.450,00€ T. 969 090 018

Creche e ATL – Viseu. T. 914 574 690

T3 Rio de Loba c/ 90m2 área, 2 frentes, lareira, hall, varanda, óptima exposição solar. 250,00€ T. 917 921 823

Loja Centro Cidade c/120m2 área, pé direito c/3,20mts, wc serviço, várias montras. 750,00€ T. 917 921 823

Restaurante / Café todo equipado de novo. Pronto a abrir. No centro de Carregal do Sal. T. 964 262 750

Gabinete de Estética Centro de Viseu T. 968 036 895 Loja design gráfico e impressões digitais em Viseu, com funcionamento á mais de 5 anos. T. 962 323 433 Restaurante c/ 300m2 todo equipado e espaço verde com jardim para casamentos. Santa Comba Dão. 5min. do IP3 T. 964 262 750 Clínica Dentária no centro de Viseu. T. 939 447 327

Café / Restaurante em Viseu. Totalmente equipado. T. 966 230 254

IMOBILIÁRIO A R R E N DA- S E T1 na Gala, Figueira da Foz. Perto da Praia. T. 962 645 933 Armazém em Abraveses c/ 120 m2. 350,00€. T.962 995 636 Quartos ao lado do Hospital de Viseu. T. 960 050 949 T3 Stº Estêvão. 325€. T.960 050 949 T2 mobilado, junto à escola sec. Alves Martins T. 918 443 707 Consultório dentário completamente equipado. T. 966 070 287 232 422 424 T3 mobilado completo, 350€, T. 968 093 742 Bonita moradia na praia da Foz do Arelho – a cinco minutos a pé do mar. Tem 2 andares e cave (2 quartos e uma suite) com boa cozinha, sala, garagem, totalmente apetrechada para férias ou para viver em permanência. T. 919 378 633 - Álvaro Cardoso

Tribunal Judicial de Viseu 1º Juízo Cível Avenida da Europa - 3514-506 Viseu Telef: 232 427 000 Fax: 232 427 090 Mail: viseu.tc@tribunais.org.pt ANÚNCIO 2.ª Publicação Processo: 696/09.8TBVIS

Liquidação Herança Vaga em Benefício Estado

N/Referência: 4318773 Data: 15-04-2009

Requerente: Magistrado Ministério Público de Viseu Requerido: Merciana Lourenço São citados os herdeiros ou sucessores incertos de Marciana Lourenço, viúva, com última residência no Lar Viscondessa de S. Caetano, Travessa da Via Sacra, 3500-218 Viseu, para no prazo de 30 dias findos os 30 dias dos éditos, contados da data da segunda e última publicação do anúncio virem aos presentes autos, requerer a sua habilitação como sucessores do falecido, sob pena de não aparecendo ninguém a habilitar-se, a herança ser declarada vaga para o Estado, tudo como melhor consta do duplicado da petição inicial que se encontra nesta Secretaria, à disposição do citando. O Juiz de Direito, Dr(a). Maria da Purificação Carvalho O Oficial de Justiça, António José

(Jornal do Centro - N.º 372 de 30.04.2009)


CLASSIFICADOS 33

Jornal do Centro 30 | Abril | 2009

advogados VISEU ANTÓNIO PEREIRA DO AIDO Rua Formosa, nº 7 – 1º, 3500-135 Viseu T. 232 432 588 Fax 232 432 560 CARLA DE ALBUQUERQUE MENDES Rua da Vitória, nº 7 – 1º, 3500-222 Viseu T. 232 458 029 Fax 232 458 029 Telm. 966 860 580 MARIA DE FÁTIMA ALMEIDA Rua Miguel Bombarda, nº 37 – 1º Esq. Sala G, 3510-089 Viseu T. 232 425 142 Fax 232 425 648 CATARINA DE AZEVEDO Largo General Humberto Delgado, nº 1 – 3º Dto. Sala D, 3500-139 Viseu T. 232 435 465 Fax 232 435 465 Telm. 917 914 134 E-mail: catarina-azevedo-5275c@ adv.oa.pt

CARLA MARIA BERNARDES Rua Conselheiro Afonso de Melo, nº 39 – 2º Dto., 3510-024 Viseu T. 232 431 005 JOÃO PAULO SOUSA Lg. General Humberto Delgado, 14 – 2º, 3500-139 Viseu T. 232 422 666 JOÃO MARTINS Rua D. António Alves Martins, nº 40 – 1º A, 3500-078 Viseu T. 232 432 497 Fax 232 432 498 ANA PAULA MADEIRA Rua D. Francisco Alexandre Lobo, 59 – 1º DF, 3500-071 Viseu T. 232 426 664 Fax 232 426 664 Telm. 965 054 566 E-mail: anapaula.madeira@sapo.pt MANUEL PACHECO Rua Alves Martins, nº 10 – 1º, 3500078 Viseu T. 232 426 917

PAULO DE ALMEIDA LOPES Travessa da Balsa, nº 21 3510-051 Viseu T. 232 432 209 Fax 232 432 208 E-mail: palopes-4765c@adv.oa.pt

FILIPE FIGUEIREDO Rua Conselheiro Afonso de Melo, nº 31 – 5º, sala 502, 3510-024 Viseu T. 232 441 235 Telm. 964 868 473 E-mail filipe.figueiredo-5153c@adv. oa.pt

ANTÓNIO M. MENDES Rua Chão de Mestre, nº 48, 1º Dto., 3500-113 Viseu T. 232 100 626 E-mail: antonio.m.mendes-3715c@ adv.oa.pt

FABS – SOCIEDADE DE ADVOGADOS – RENATO FERNANDES, JOÃO LUÍS ANTUNES, PAULO BENFEITO Av. Infante D. Henrique, nº 18 – 2º, 3510-070 Viseu T. 232 424 100 Fax 232 423 495 E-mail: fabs.advogados@netvisao.pt

ARNALDO FIGUEIREDO E FIRMINO MENESES FERNANDES Av. Alberto Sampaio, nº 135 – 1º, 3510-031 Viseu T. 232 431 522 Fax 232 431 522 E-mail: a-figueiredo@iol.pt e firminof@iol.pt MARQUES GARCIA Av. Dr. António José de Almeida, nº 218 – C.C.S. Mateus, 4º, sala 15, 3514-504 Viseu T. 232 426 830 Fax 232 426 830 E-mail: marques.garcia-3403c@advogados.oa.pt

automóveis Peugeot 106 1.5d, 1997, comercial – 1.900€. T. 960 045 604

Opel Corsa 1500, gasóleo, isuzu, 5 lugares, 1992. Em bom estado. T. 962 361 184

Polo G40 preto 143000km, GPL, supensão+volante sport, JLL14. Bom estado, 2250€, T. 962 615 858

Vendo Opel Corsa A 1.5 Diesel Comercial. Em muito bom estado. T. 966 544 800

Opel Vivaro 1.9 100 CV, 2002, 69.000 Kms com A.C. T. 964034940

Opel Corsa 1.3 CDI Comercial. Óptimo estado - Janeiro/2005 T. 937 322 520

Renault Clio 1.5 DCI 3P.5Lugares,2001,com livro revisões e bom preço T. 967 266 608

Volkswagen Golf, 1.9, 40.000 Kms, a gasóleo, de um particular, em excelente estado. T. 964 344 612

Ford Mondeo, 2.0, TDCi, 115cv, 2002, c/ livro de revisões T. 917 610 594

Renault Megane Break 12-05. AC, FC, VE, BA, FN, excelente estado T. 965 837 928

Nissan Almera 1.5 Sport 3P Ar Cond., bom estado geral 6500€ T. 917 610 594

Fiat Palio 1.7 TD, 190.000 km, ano 2000. T. 969 654 598

Renault Clio 1.2, 1999. Apenas 56.000Km, 5 portas - 3.750 € T. 963 435 401

Citroen Saxo 1.5d, 2000, 2 lug, novo modelo. 2.500€ - Viseu. T. 969 007 499

Alfa Romeo 145, 1.4 TS 16v junior, AC /103cv, 3.900€ T. 968 125 245

Nissan Patrol 2.8 Turbo – 5.500€. T. 960 045 604

Viaturas Clássicas,vários T. 917 610 594

AUTOMÓVEIS V ENDE- SE

diversos

Tratam-se Pensões Nacionais e Estrangeiras. T. 965 525 207

VÁRIOS Criação e Alojamento de Sites. Coloque a sua empresa na internet ao melhor preço. T. 962 649 437 Explicações. Estudo Acompanhado. Viseu (C.C. 2000, Lj. 60). Nelas (Ed. Titanic) T. 962 820 381

Cavalheiro. Casa própria, pretende senhora dos 48 anos aos 60 anos para compromisso sério. Tlm.: 912 069 683 / 966 793 261 Terapias corporais, relaxamento, hatha-yoga e outros recursos antistress (massagem), hidroginástica, yogiatsu, yogilates, etc.Atende-se também ao domicílio T. 969 734 494 Serviço de Enfermagem ao Domicílio. Enfermeira Carmen Lúcia Monteiro T. 934 720 782

Para a inclusão do seu nome na secção “Advogados”, deve contactar através dos números 232 437 461 ou 962 108 777.

Renault Mégane 1.5 dci 3p 105 cv, 18.950€, 41.000 Km, 2006-08, Preto, Ar condicionado, ABS, JLL, Sensor de chuva e Luz T. 918 717 919 Toyota Hiace 2.5 D 9 Lugares,Ano 2000,em bom estado geral, T. 917 610 594 Mazda 2 1.3 Gasolina, 10.250€, 24.000 KM, 2007-02, Cinza, Ar condicionado, JLL T. 918 717 919

JOÃO NETO SANTOS Rua Formosa, nº 20 – 2º, 3500-134 Viseu T. 232 426 753 CONCEIÇÃO NEVES E MICAELA FERREIRA – ADVOGADAS Av. Dr. António José de Almeida, 264 – Forum Viseu [NOVAS INSTALAÇÕES], 3510-043 Viseu T. 232 421 225 Fax 232 426 454 ELISABETE MENDONÇA Rua Nunes de carvalho, nº 39 – 1º, sala 3, 3500-163 Viseu T. 232 471 284 Fax 232 471 284 E-mail elisabetemendonca-5907c@ adv.oa.pt

Mazda 3 1.4 Gasolina, 13.250€, 26.000 KM, 2006-03, cinza, Ar condicionado automático, ABS, Rádio de CDS. JLL T. 918 717 919 Alfa Romeo 147 1.9Mjet 140cv, 105000Km, 2003, 5P, estado novo T. 962615858 BMW 320 D,Nacional,1999,em excelente estado geral e bom preço T. 967 266 608 Mazda 3 HB MZ-CD 1.6 110cv Exclusive, 17.950 €, 29.000 Km, 2007-04, Cinza Rato, Ar condicionado Automático, JLL, ABS, Faróis nevoeiro T. 918 717 919 Mini, cinzento, 2004, 1400 D, 100 Cv, AC, Jante 17, Bom Preço T. 917 349 903

Mitsubushi Carisma 1.9TD,5P,excelente estado, c/livro de revisões,8950€ T.967 266 608

Renault Mégane break 1.5 dci Dyn 80cv, 18.750€, 68.000 Km, 2006-01, Cinza Rato, Ar condicionado, JLL, ABS, Sensor de chuva Chuva e Luz T. 918 717 919

Quer controlar o seu peso melhorando o seu aspecto e o seu bem-estar? Marque a sua avaliação. T. 916 437 393

Mini-escavadoras e Plataformas elevatórias www.visogrua.com T. 917 212 358

Procuramos Lideres. Projecto poupança telecomunicações. T. 938 996 534

Vendo mobiliário e equipamentos de escritórios (em estado novo). Contactar H.F. T. 962 629 219

Tratamento Coluna Vertebral Massagem. T. 966 789 368 Explicações de Português - Básico / Secundário T. 918 846 034 Projecto inovador, rendimento máximo. T. 919 176 261

Tratamento natural má circulação, circulação dificiente T. 962 600 648 Recolha gratuíta (ao Domicílio) de electrodomésticos metálicos. Todo o tipo de sucata. Abate de automóveis. T. 966 544 800

BRUNO DE SOUSA Esc. 1 - Rua D. António Alves Martins Nº 40 2ºE 3500-078 VISEU T. 232 104 513 | Fax 232 441 333 Esc. 2 - Edifício Guilherme Pereira Roldão, Rua Vieira de Leiria Nº14 2430-300 Marinha Grande T. 244 110 323 | Fax 244 697 164 Tlm. 917 714 886 Áreas preferenciais: Crime | Fiscal | Empresas

MANGUALDE JOSÉ MIGUEL MARQUES Rua 1º de Maio, nº 12 – 1º Dto., 3530-139 Mangualde T. 232 611 251 Fax 232 105 107 Telm. 966 762 816 E-mail: jmiguelmarques-4881c@adv. oa.pt JOSÉ ALMEIDA GONÇALVES Rua Dr. Sebastião Alcântara, nº 7 – 1º B/2, 3530-206 Mangualde T. 232 613 415 Fax 232 613 415 Telm. 938 512 418 E-mail: jose.almeida.goncalves14291l@adv.oa.pt

Seat Ibiza 1.0 5P,Ano 2000,c/ Dir.Assistida,bom estado,4250€ T. 917 610 594 Renault Clio 1.5 DCI Comercial,2001,Bom preço,TEL T. 917 610 594 Opel Corsa 1.2 Sportive,2000,C/ extras,poucos Kms,4250€ T. 967 266 608 Opel Corsa 1.3 CDTI 5P, Ar Cond,12/2005, 55000KMS,excelente T. 917 610 594 Rover 414, 1500 cc, fins 96, bom estado, particular, vermelho metalizado, a/c, j.e., tecto abrir, alarme, fechos eléctricos. T. 933 697 870

Herbalife! Fitness, Nutrição Desportiva, Controle o seu peso – www.nutriloja.com/xl T. 962 954 221 Projectos de Arquitectura e Engenharia, Direcções de Obra, preços competitivos. T. 967 118 875 Procuro rapariga ou senhora para compartilhar casa comigo na zona de Viseu, ofereço quarto e muito boas condições de que falarei pessoalmente. Pode ser estudante, trabalhadora ou estar desempregada – luarpaulino@gmail.com

NELAS JOSÉ BORGES DA SILVA, ISABEL CRISTINA GONÇALVES E ELIANA LOPES Rua da Botica, nº 1, 1º Esq., 3520-041 Nelas T. 232 949 994 Fax 232 944 456 E-mail: j.Borges.silva@mail.telepac.pt JOSÉ BORGES DA SILVA, ISABEL CRISTINA GONÇALVES E ELIANA LOPES Rua da Botica, nº 1, 1º Esq., 3520-041 Nelas T. 232 949 994 Fax 232 944 456 E-mail: j.Borges.silva@mail.telepac.pt

LAMEGO

ÂNGELO MENDES MOURA Av. Visconde Guedes Teixeira, 29 – 1º, 5100-073 Lamego T. 254 612 402 FERNANDO AMARAL Rua dos Bancos, 5100-115 Lamego T. 254 612 274/ 254 600 223 Fax 254 600 229

MOTOS V ENDE- SE Yamaha TZR 125, 1995. Urgente. T. 968 553 269 KTM 520 SX, 2003 + Kit super motar. Urgente. T. 968 553 269 Yamaha Dragstar 650, c/ 3200 Km, Oferta 2 Capacetes Piaggio e Casaco Bering! Preço: 6.500,00€ T. 965 822 960

Consulta MEDA, terapia Quântica para Stress, ansiedade, medo, e outros sintomas de doença. Terapias biofísicas.Faça a marcação de um check-up gratuito! T. 963 163 472 Descubra as propriedades dos produtos de Cosmética Com essência de Rosa vindos do sul de França. blog:amfmbeaute.blogspot.com

Sr. Viúvo pretende conhecer senhora para relacionamento sério. Contacto: 969 655 969


34 PUBLICIDADE

Jornal do Centro 30 | Abril | 2009


Jornal do Centro 30 | Abril | 2009

necrologia Sebastião Benedito dos Santos, 90 anos. Natural e residente em S. Cosmado. O funeral realizou-se no dia 27 de Abril, pelas 17.00 horas, para o cemitério local. Agência Funerária Igreja Armamar Tel. 254 855 231

Isalina da Conceição Monteiro da Rocha, 84 anos, solteira. Natural de Currelos e residente em Carregal do Sal. O funeral realizou-se no dia 28 de Abril, pelas 17.30 horas, para o cemitério de S. João de Areias. Luís da Costa Cordeiro, 85 anos, viúvo. Natural e residente em Parada, Carregal do Sal. O funeral realizou-se no dia 28 de Abril, pelas 19.00 horas, para o cemitério de Parada. Agência Funerária São Brás Carregal do Sal Tel. 232 671 415

Casimiro Rodrigues, 85 anos, casado. Natural e residente em Peixeminho, Gozende, Castro Daire. O funeral realizou-se no dia 25 de Abril, pelas 16.00 horas, para o cemitério de Gozende. Agência Funerária Amadeu Andrade & Filhos, Lda. Castro Daire Tel. 232 382 238

Manuel Ferrão dos Santos, 81 anos, solteiro. Natural e residente em Cubos, Mangualde. O funeral realizou-se no dia 22 de Abril, pelas 17.30 horas, para o cemitério de Mangualde.

D Morreu Sílvio Eurico Santos Guedes

35

Sílvio Eurico Santos Guedes, com 76 anos, natural do Porto, e residente em Viseu há mais de 30 anos, faleceu no passado dia 23 de Abril, vítima de doença prolongada. Empresário reformado, foi fundador da empresa Guedes e Guedes e há vários anos que era dirigente do Lusitano Futebol Clube, de Vildemoinhos, onde, na última década, era presidente daquela popular colectividade.

no dia 28 de Abril, pelas 17.00 horas, para o cemitério de S. Vicente de Lafões. Agência Funerária Figueiredo & Filhos, Lda Oliveira de Frades Tel. 232 761 252

Arménio Dias Teixeira, 58 anos, casado. Natural de Serrazes e residente em Santa Cruz da Trapa. O funeral realizou-se no dia 21 de Abril, pelas 17.30 horas, para o cemitério de Santa Cruz da Trapa. Virgínia Marques Fernandes, 93 anos, viúva. Natural de Queirã, Vouzela e residente no Lar da Misericórdia, S. Pedro do Sul. O funeral realizou-se no dia 23 de Abril, pelas 17.30 horas, para o cemitério de Figueiredo das Donas. Agência Funerária Loureiro de Lafões, Lda S. Pedro do Sul Tel. 232 711 927

Maria Elvira Nunes Teixeira, 39 anos, solteira. Natural de Tarouca e residente em Lisboa. O funeral realizou-se no dia 24 de Abril, pelas 18.00 horas, para o cemitério de Esporões. Ana da Silva, 89 anos, viúva. Natural de Lazarim e residente em Esporões. O funeral realizou-se no dia 24 de Abril, pelas 18.00 horas, para o cemitério de Esporões. Maria Vitorina do Carmo, 97 anos, viúva. Natural e residente em Tarouca. O funeral realizou-se no dia 28 de Abril, pelas 18.00 horas, para o cemitério de Esporões.

Fernando Pinto, 81 anos, viúvo. Natural de S. João de Lourosa e residente em Coimbrões. O funeral realizou-se no dia 23 de Abril para o cemitério de S. João de Lourosa. Lourenço Pereira de Almeida, 90 anos, viúvo. Natural de Vila Chã de Sá e residente em Viseu. O funeral realizou-se no dia 23 de Abril, pelas 18.00 horas, para o cemitério de Vila Chã de Sá. Agência Funerária D. Duarte Viseu Tel. 232 421 952

Maria de Jesus, 90 anos, viúva. Natural de S. Pedro de France e residente em Cavernães. O funeral realizou-se no dia 20 de Abril, pelas 9.30 horas, para o cemitério de S. Pedro de France. Gracinda da Luz, 75 anos, viúva. Natural de S. Cipriano e residente em Marzovelos. O funeral realizou-se no dia 20 de Abril, pelas 18.00 horas, para o cemitério de Fail. Maria Helena Cardoso, 52 anos, solteira. Natural de Baião e residente em Vila Chã de Sá. O funeral realizou-se no dia 23 de Abril, pelas 18.30 horas, para o cemitério de Vila Chã de Sá. Sílvio Eurico Santos Guedes, 76 anos, casado. Natural do Porto e residente em Marzovelos. O funeral realizou-se no dia 24 de Abril, pelas 16.00 horas, para o cemitério de Viseu.

Agência Funerária Maria O. Borges Duarte Tarouca Tel. 254 679 721

João de Almeida Querido, 84 anos, casado. Natural e residente em Fail. O funeral realizou-se no dia 26 de Abril, pelas 18.00 horas, para o cemitério local.

Francisco Pereira, 93 anos, viúvo. Natural e residente em Parada de Gonta. O funeral realizou-se no dia 26 de Abril, pelas 17.30 horas, para o cemitério local.

Conceição Silva do Amaral, 85 anos, solteira. Natural de Povolide e residente em Nesperido. O funeral realizou-se no dia 28 de Abril, pelas 18.00 horas, para o cemitério de Povolide.

Agência Funerária Nisa, Lda. Nelas Tel. 232 949 009

Maria Odete da Conceição Figueiredo Amaral, 55 anos, casada. Natural de Silgueiros e residente em Loureiro de Baixo, Silgueiros. O funeral realizou-se no dia 29 de Abril, pelas 17.00 horas, para o cemitério de Silgueiros.

Elvira da Conceição, 81 anos, viúva. Natural de Santarém e residente em Viseu. O funeral realizou-se no dia 29 de Abril, pelas 16.00 horas, para o cemitério novo de Viseu.

Otília Augusta da Rocha, 89 anos, viúva. Natural e residente em S. Vicente de Lafões, Oliveira de Frades. O funeral realizou-se

Agência Funerária Balula, Lda. Viseu Tel. 232 437 268

Agência Funerária Decorativa Viseense, Lda. Viseu Tel. 232 423 131

Agência Funerária Ferraz & Alfredo Mangualde Tel. 232 613 652

Otilde da Conceição da Silva, 74 anos, viúva. Natural e residente em Aguieira. O funeral realizou-se no dia 25 de Abril, pelas 9.00 horas, para o cemitério local.


tempo: pouco nublado

JORNAL DO CENTRO 30 | ABRIL | 2009

Hoje, dia 30 de Abril, chuva fraca. Temperatura máxima de 14ºC e mínima de 7ºC. Amanhã, dia 1 de Maio, sol. Temperatura máxima de 17ºC e mínima de 7ºC. Sábado, dia 2 de Maio, sol. Temperatura máxima de 19ºC e mínima de 8ºC. Domingo, dia 3 de Maio, parcialmente nublado. Temperatura máxima de 20ºC e mínima de 11ºC.

Impresso em papel que incorpora 30 por cento de fibra reciclada, com tinta ecológica de base vegetal

agenda

Quinta, 30 Lamego

∑ O maior certame de arte equestre da região, a Feira de Santa Cruz tem início às 21h00 no Teatro Ribeiro da Conceição. Até domingo, proporciona diversas iniciativas em vários locais da cidade.

Viseu ∑ Entrega dos prémios Caixa Geral de Depósitos, às 10h00, nos Serviços Centrais do Instituto Politécnico de Viseu.

Domingo, 3 Tondela ∑ A 11ª edição dos Jogos Desportivos do concelho de Tondela iniciam-se com uma cerimónia, no Pavilhão Desportivo do Campo de Besteiros, às 17h00.

Vouzela ∑ Primeiro Passeio TT, organizado pelo Federação de Bombeiros do Distrito de Viseu, às 8h00.

Mangualde ∑ Seminário sobre “Liberdade de Imprensa”, organizado pela autarquia, com o director da Associação Portuguesa de Imprensa, Henrique Pires Teixeira, às 14h00, no Auditório Municipal.

Olho de Gato

Candidatos do PS conhecidos este domingo Autárquicas∑ Augusto Santos Silva participa na convenção de Viseu A seis meses das eleições autárquicas, o Partido Socialista em Viseu tem fechada a lista de candidatos às 24 câmaras do distrito. Os cabeça de lista, todos homens, vão ser apresentados este domingo, dia 3 de Maio numa convenção autárquica, marcada para as 14h30, no Hotel Montebelo, onde estará o dirigente nacional e ministro dos Assuntos Parlamentares, Augusto Santos Silva. Embora não sendo conhecido oficialmente, o Jornal do Centro (JC) apurou que, nos 24 concelhos confirma-se a grande maioria dos nomes avançados na edição do JC de 13 de Março. Publicidade

24 homens ∑ Armamar Américo Moreira ∑ Carregal do Sal Rogério Abrantes ∑ Castro Daire Fernando Carneiro ∑ Cinfães Pereira Pinto ∑ Lamego Agostinho Ribeiro ∑ Mangualde João Azevedo ∑ Moimenta da Beira José Eduardo ∑ Mortágua Afonso Abrantes ∑ Nelas Adelino Amaral ∑ Oliveira de Frades Porfírio Carvalho ∑ Penalva do Castelo Francisco Carvalho ∑ Penedono

Pedro Baldeia ∑ Resende António Borges ∑ Santa Comba Dão Leonel Gouveia ∑ S. João da Pesqueira João Oliveira ∑ S. Pedro do Sul José Carlos Almeida ∑ Sátão Nuno Bártolo ∑ Sernancelhe Carlos Lacerda ∑ Tabuaço João Ribeiro ∑ Tarouca Mário Ferreira ∑ Tondela Carlos Viegas ∑ Vila Nova de Paiva José Morgado ∑ Viseu Miguel Ginestal ∑ Vouzela Viriato Garcez

Joaquim Alexandre Rodrigues joaquim.alexandre.rodrigues@netvisao.pt

Autárquicas 2009 (I) Correia de Campos vai ser, de novo, o candidato do PS à presidência da Assembleia Municipal de Viseu (AMV). Esta recandidatura ainda vai passar por escrutínio na comissão política concelhia, onde deverá ser aprovada sem sobressaltos. E sc rev i aqu i em 6 de Janeiro de 2006: “A candidatura do ministro Correia de Campos à Assembleia Municipal de Viseu foi um erro. O PS local perdeu autonomia estratégica e tem que defender o governo, quer este se porte bem ou se porte mal com Viseu. O PSD ficou com a sua tarefa facilitada. O Dr. Ruas só precisa de sublinhar as clivagens, reais ou imaginárias, entre Lisboa e Viseu.” No essencial, esta minha previsão conf irmou-se: o PS-Viseu na AMV ficou remetido a uma posição defensiva, deixando que os problemas nacionais fossem usados pelo PSD como biombo dos problemas locais. Contudo, o PSD não Publicidade

Venha ter connosco, baixamos-lhe as suas prestações mensais até 60% juntando todos os seus créditos num só

A Sua Rede de Confiança Apoio Jurídico Direito Executivo (Crédito Mal Parado)

Consultoria Financeira

Direito Comercial

Soluções de financiamento

Constituição De Empresas

Soluções de crédito para empresas e particulares

Quarta, 6 Viseu ∑ Colóquio “Informação Regional - Jornalismo Online”, às 10h00, na Aula Magna do Instituto Politécnico de Viseu.

aproveitou tanto como lhe era possível a oportunidade de ouro que lhe foi oferecida numa ba ndeja . A inda por cima aconteceu o “corram-nos à pedrada!” de Fernando Ruas, em plena sessão da assembleia municipal, que o fragilizou muito. Depois deste episódio das pedradas, Fernando Ruas afonizou. A sua voz deixou de ter o mesmo impacto nacional que tinha. A c a nd id at u r a em 2009 de Correia de Campos à AMV tem um enquadramento político diferente de a de há quatro anos. Há quatro anos Correia de Campos era ministro. Agora, felizmente, já não é. Apesar de, muitas vezes, o pensamento e a acção política de Correia de Campos ultrapassarem a direita pela direita, o seu conservadorismo não vai conseguir tirar votos ao PSD e ao CDS. Mas deve ser respeitado o direito de Miguel Ginestal escolher quem quiser para seu compa n heiro de candidatura.

Crédito automóvel Credito habitação Crédito consolidado

Contabilidade e Gestão Planeamento e Preparação de Impostos

Produtos estruturados de aforro e poupança Leasing

IRS A PARTICULARES Candidaturas ao QREN, IEFP “Centro de emprego”

Tel: 232083884 Fax: 232085132 Tlm: 918060901 Correio electrónico: hiperfinance@gmail.com

Rua Comandante António Góis Guerreio Lote 185, Loja 2, Marzovelos 3510-223 Viseu

Jornal do Centro Ed372  

Semanário Regional de Viseu

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you