Page 1

Publicidade

UM JORNAL COMPLETO

Publicidade

pág. 02 pág. 06 pág. 08 pág. 10 pág. 12 pág. 14 pág. 16 pág. 20 pág. 26 pág. 28 pág. 30 pág. 32 pág. 33

DIRECTORA

Emília Amaral

> PRAÇA PÚBLICA > ABERTURA > À CONVERSA > VISEU > REGIÃO > NEGÓCIOS > DESPORTO > CULTURAS > RESTAURANTES > TV > SAÚDE > EMPREGO > CLASSIFICADOS

Semanário 11 de Dezembro de 2009 Sexta-feira Ano 8 N.º 404

0,75 Euro (IVA 5% incluído)

SEMANÁRIO DA

REGIÃO DE VISEU

|Telefone:232437461·Fax:232431225·BairroS.JoãodaCarreira,RuaDonaMariaGracindaTorresVasconcelos,Lt10,r/c.3500-187Viseu·redaccao@jornaldocentro.pt·www.jornaldocentro.pt|

À conversa

Utentes fogem à vacina da Gripe A

“Espero continuar a poder dar aos meus conterrâneos a alegria de verem um viseense nas corridas”

Das 3000 doses disponíveis para Viseu apenas 900 foram administradas

João o Pais, P i piloto il | páginas á i 8e9

| página á i 31

As alternativas em Viseu fora dos Centros Comerciais ∑ Nesta edição o Jornal do Centro dá a conhecer sítios alternativos para ir às compras neste Natal. ∑ Associações comerciais e autarquias desdobram-se em iniciativas para levar consumidores ao mercado tradicional, mas os resultados são piores que em anos anteriores.

Suplemen Suplemento nto Infantil MALTA

| páginas 6 e 7

Fim-de-semana David Fonseca vai à FNAC apresentar o novo CD

Publicidade

página 20

Resende Reabertura das Caldas de Arêgos cria 46 novos postos de trabalho página 13

Viseu Alunas da Escola Superior de Educação criam loja social página 10

Oferta de bilhetes Óbidos Vila Natal O Jornal do Centro oferece bilhetes aos primeiros leitores que se apresentarem nas nossas instalações com a edição desta semana. Cada leitor pode, no máximo, levantar 4 bilhetes, mediante apresentação de 4 jornais.

ESTE SUPLEMENTO LEMENTO É PARTE INTEGRANTE NTEGRANTE DO SEMANÁRIO ANÁRIO

JORNAL DO O CENTRO, EDIÇÃO 404 DE 11 DE DEZEMBRO EMBRO DE 2009 E NÃO PODE SER VENDIDO ENDIDO SEPARADAMENTE AMENTE E.

Já escreveste a tua carta? Não percas mais tempo, recorta esta carta, pega numa caneta e escreve nela o que mais gostavas que o Pai Natal te trouxesse este ano. Depois é só metê-la no marco de correio e esperar que chegue o grande dia.

» A opinião dos especialistas | pág. 2

» Notícias

| pág. 3

» Passatempos

| pág.3

» Sugestões de leitura | pág.3 » Perguntas frequentes... Publicidade

| pág.4

Dezembro 2009 • Nº

16


2

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

praçapública palavras

deles

rVejo [em Passos Coelho] um aguçado sentido de Estado que alguns tentam retirar”

rA Lei da Paridade significa para Portugal um avanço de 70 anos”

Fernando Ruas Presidenteda Câmara Municipal de Viseu (Declarações que reforçam o apoio à candidatura de Pedro Passos Coelho à liderança do PSD, 9 de Dezembro)

Elza Pais Secretária de Estado da Igualdade (Rádio Noar, 9 de Dezembro)

r“Vamos criar nas câmaras municipais dois mil estágios para jovens licenciados”

rUma coisa é certa, a gripe A mata, a vacina não. Faço um apelo à população de Viseu, [...] que aceitem o convite para serem vacinadas” José Carlos Almeida

José Sócrates

Coordenador do Agrupamento de Centros de Saúde Dão Lafões I (Rádio Noar, 7 de Dezembro)

Primeiro ministro (Congresso da Associação Nacional de Municípios Portugueses em Viseu, 5 de Dezembro)

Cartas Blogosfera

A Juventude e a mudança In Illo tempore (naquele tempo ou antigamente) quando uma senhora entrava algures, logo havia um cavalheiro que se levantava para ceder o assento à dama. Hoje – em muitos casos – esse bom costume desapareceu. Será falta de educação? Ou – como também já ouvi, numa anedota – o que falta não é a educação, o que falta é lugares vagos… Não sou apologista da cortesia subserviente e louvaminhas do passado, mas reconheço que a gentileza de quem pode para quem precisa, não é o que era. Por quê? Não sei. No entanto, penso que é tudo uma questão de sensibilidade e de valores morais que privilegiam aqueles que carecem de mais solidariedade e apoio nas suas naturais carências humanas. Pois é! Todavia nem tudo vai mal. Ainda há muito boa gente que (e falo do alto da cátedra da minha deficiência) se mostra aberta a atitudes de cavalheirismo, na ajuda ao próximo necessitado. E, congratulemo-nos, não são só os mais velhos, vê-se, também, as novas gerações a fazê-lo. Graças a Deus que a nossa juventude – a bem formada – assim procede, porque o futuro do mundo está nessas novas pessoas capazes de mudar políticas, conceitos e formas de Ser e Estar. Estarei errado? A Esperança – em mim – nunca morre.

O Vasófias

Concretize-se Na semana passada li um artigo no vosso jornal com o título “Em Portugal Derrapam Sempre os mesmos” que achei alguma piada. Na verdade não se reflecte muito sobre quem são os culpados de tantas derrapagens e depois eles acabam por se manter neste ou naquele pódio sem que ninguém tenha a coragem de dizer basta. Apesar da graça do artigo acho que faltou ao autor concretizar mais sobre quem rapa e derrapa porque se escreve o que escreve há-de conhecer casos concretos. É o mal do nosso país, todos falam, todos pedem cautelas mas ninguém se chega à frente. João Silva Viseu

Fernando José Ribas de Sousa Juiz de Direito – Jubilado

http://atentoviseu.blogspot.com/

Boa sorte rouxinol! Dia 13 de Dezembro no Teatro Municipal de Portimão para a grande final do 9º Concurso de Fado Amador da cidade, concorre uma lindíssima e promissora voz de Viseu, a jovem Mara Pedro. (Com vídeo) http://gamvis.blogspot.com

José Calema

Registos

É assim que se apelida o Rio Pavia, por encher mal cai uma “juvita” mais forte e logo vasa, quando esta deixa de cair! No entanto as entidades que cuidam dos esgotos, aproveitam logo a enchente e abrem as comportas e o aspecto do rio fica como se vê! Com esgoto ou sem esgoto tirei estas duas fotos, uma na Azenha e outra na represa da estação Ambiental, só para verem, os meus leitores emigrantes, pena não ter som, porque seria bonito de se ouvir o cachoar da água!

O Muro de Berlim – III Cumprindo os postulados do Acordo de Postdam, a União Soviética, no território sob sua administração, imediatamente terminou com os restos do fascismo e iniciou a reforma agrária. Na outra parte, no entanto, ou seja, nas zonas de ocupação norte-americana, francesa e inglesa, a situação era completamente diferente. Os mesmos nazis que haviam fugido, ante o avanço das tropas soviéticas, para o território alemão das outras três potências, continuaram nos postos – chave da administração, da justiça, etc. Não houve desnazificação nas outras três zonas, até atingir, finalmente, o estágio da “guerra fria” em todo o mundo, após o célebre

discurso de Churchil em Fulton. Em 7 de Setembro de 1949, os aliados ocidentais criaram a República Federal Alemã, no território das zonas então ocupadas pela França, Inglaterra e Estados Unidos. Face a esta decisão unilateral, que rompia o acordo de Postdam, a União Soviética retirouse da zona que então ocupava, entregando a sua administração aos próprios alemães. Em 7 de Outubro de 1949, os partidos políticos então existentes (em número de 5) proclamaram em Berlim a República Democrática Alemã. Com isto, cessavam, automaticamente as funções da administração Aliada sobre a antiga Alemanha e, portanto, sua permanência em Berlim. Assim não o entenderam, no entanto, as tro-

pas ocidentais aquarteladas em seus respectivos sectores, e a cidade ficou dividida em duas partes: uma sob o governo da RDA e a outra sob a ocupação militar das três potências ocidentais. É óbvio concluir-se que, desde 1949, juridicamente, Berlim pertencia à República Democrática Alemã, como Bonn pertencia à Alemanha Ocidental. Na constituição da RDA, Berlim constava como sua capital. A RDA e a República Federal Alemã passaram a ser dois estados diferentes, com regime social diferente, com moeda diferente, com hinos diferentes, com bandeira diferente. A capital dum Estado é Berlim. A do outro Estado é Bonn. (continua)


OPINIÃO | PRAÇA PÚBLICA 3

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

Foto da semana

Nuno Ferreira

Terminado o XVIII Congresso da Associação Nacional de Municípios Portugueses, Fernando Ruas, lamentou a falta de repostas às exigências do poder local pelo primeiro-ministro, José Sócrates, dizendo: “naturalmente estava a espera de respostas efectivas”. Mas o abraço no final pode representar diálogo e abertura entre o poder local e o poder central. Resta esperar para confirmar.

Importa-se de responder?

Costuma fazer compras no comércio tradicional? Costumo fazer poucas compras no centro histórico, principalmente por falta de tempo. Quando saio da empresa já estão todas as lojas do centro da cidade fechadas. Não tem horário compatível com a maioria das pessoas. Por isso opto por fazer compras pela internet.

Costumo, compro onde acho que os preços são mais convidativos.

Fernando Ruas

Catarina Sobral

Presidente da Câmara Municipal de Viseu

Responsável pelo Banco Alimentar Contra A fome

Costumo fazer frequentemente compras no comércio tradicional. Digamos que tem um atendimento mais caloroso, mais próximo. É preferível trocar um preço mais elevado por um atendimento mais personalizado.

João Cotta Presidente da AIRV

Dois mundos comerciais F editorial

Emília Amaral emilia.amaral@jornaldocentro.pt

Apesar das dramáticas notícias que nos indicam um país a caminho da bancarrota, apesar de uma Assembleia da República transformada numa desilusão para os cidadãos que elegeram aqueles homens e aquelas mulheres e tudo se resume a insultos e ao frenesim de deputados na luta por “derrubar” o Governo minoritário, apesar da depressão constante em que vivem os portugueses com cada vez menos dinheiro, ainda serve de motivação encontrarmos uma cidade como Viseu num fim-de-semana quase prolongado com filas de carros a perder de vista em direcção às grandes superfícies comerciais para as compras de Natal, fazendo ignorar por completo a crise que vivemos, Mas voltamos ao mesmo clima sombrio,

quando nos dirigimos ao centro da cidade e encontramos dezenas de estabelecimentos comerciais onde o vazio das chamadas lojas de comércio tradicional fazem esquecer que é Natal. Mais! O presidente da Associação Comercial do Distrito de Viseu, Gualter Mirandez, em declarações ao Jornal do Centro diz ter a “sensação que os problemas aumentaram e se estávamos à espera da retoma, nada disso surgiu”. Longe vão os tempos do chamado Dezembro “mês do armazém” em que os comerciantes tinham ali o negócio do ano. Já as lojas dos centros comerciais, admitem um Dezembro “às mil maravilhas” apesar das pequenas quebras. O que haverá então a fazer para não deixar morrer os centros das cidades? É ver-

dade que as autarquias lançam um conjunto de acções interessantes, é verdade que as associações comerciais preparam programas de animação com um certo encanto. Mas, ao que parece, não chega. A consciência cívica é para muitos especialistas a única tábua de salvação deste comércio de rua que está a morrer e onde em tempos se faziam as compras de Natal. O frio, a chuva, a falta de estacionamento, os horários, fruto de novos tempos e outros hábitos ajudam, mas porque é que o fenómeno não se repete em Madrid ou em Bruxelas onde o frio aperta ainda mais? Cidades como Viseu e outras não merecem uma zona histórica sem comércio. O tempo corre e já é pouco.


4 PRAÇA PÚBLICA | OPINIÃO

emilia.amaral@jornaldocentro.pt

Redacção (redaccao@jornaldocentro.pt) Ana Filipa Rodrigues, C.P. n.º 8673 ana.rodrigues@jornaldocentro.pt

Gil Peres, C.P. n.º 7571 gil.peres@jornaldocentro.pt

Tiago Pereira (estagiário)

Departamento Comercial comercial@jornaldocentro.pt

Directora: Catarina Fonte catarina.fonte@jornaldocentro.pt

Ana Paula Duarte ana.duarte@jornaldocentro.pt

Departamento Gráfico Marcos Rebelo marcos.rebelo@jornaldocentro.pt

Projecto Gráfico

Publicidade

PREÇOS

FIM DE ANO consulte em www.aki.pt

ver pág. 20 Publicidade

há um ano

UM JORNAL COMPLETO

Bricolage . Decoração . Jardim

Há um ano o Jornal do Centro noticiava a situação crítica da fábrica PSA Citroën Peugeot de Mangualde que era fortemente atingida pela crise do sector automóvel. A empresa suspendia, em Dezembro, a produção no âmbito da bolsa de horas e anunciava o despedimento de 400 trabalhadores. Passado um ano, e depois de um processo de lay-off que se arrastou desde Maio até Novembro, o governo aprovou em conselho de minis-

AKI Viseu Avenida da Bélgica, E.N. 2,km 170-550 S. José I 3510-159 Viseu (junto ao Continente) T 232 427 300 I Fax 232 427 306 I e-mail 523.akipor@aki.pt

pág. 02 pág. 06 pág. 08 pág. 10 pág. 12 pág. 14 pág. 16 pág. 19 pág. 24 pág. 28 pág. 33 pág. 35 pág. 36

DIRECTORA

Emília Amaral

> PRAÇA PÚBLICA > ABERTURA > À CONVERSA > VISEU > REGIÃO > NATAL 2008 > NEGÓCIOS > DESPORTO > CULTURAS > TV > SAÚDE > EMPREGO > CLASSIFICADOS

Semanário 12 de Dezembro de 2008 Sexta-feira Ano 7 N.º 352

0,75 Euro (IVA 5% incluído)

SEMANÁRIO DA

REGIÃO DE VISEU

|232437461Telefone · 232431225Fax · BairroS.JoãodaCarreira,RuaDonaMariaGracinda TorresVasconcelos,Lt10,r/c.3500-187Viseu u · rredaccao@jornaldocentro.pt redaccao@jornaldocent ed ed dac acc ac ca ao o@ @jorn jorrn jo n naldocentro o · www.jornaldocentro.pt|

tros o investimento de 21 milhões de euros. Investimento esse que foi publicado em Diário da República, no Suspensa a produção na maior dia 3 de Dzembro, pelo ministro da empregadora do distrito de Viseu Economia, Vieira da Silva. A quantia ∑ disponibilizada pelo Governo servirá para modernizar a unidade fabril e viabilizar a produção de um novo modelo de veículos automóveis. “Eu sou favorável ao máximo de coligações A empresa suspendeu o lay-off no possível com o CDS-PP” final de Novembro e retomou a normal produção, estando já a prepararse para a produção do novo modelo. Segurança Presidente da Câmara de Viseu queixa-se da falta de polícias a pé nas ruas da cidade

página 10

42 milhões de euros Novo hospital de Lamego pronto em finais de 2010

página 33

Abertura Bancos locais de voluntariado estão a crescer no distrito

páginas 6 e 7

Trabalhadores da Peugeot-Citroën preocupados com o que possa acontecer depois de Janeiro | página 12

Nuno Ferreira

Emília Amaral C.P. n.º 3955

Citroën recupera da crise e volta ao normal funcionamento

| páginas 8 e 9

Presidente da distrital de Viseu do PSD, José Cesário, à conversa nesta edição

Um Natal de d Boas Notícias Mantendo a responsabilidade social no centro da sua actuação, çã ã o Jornal do Centro volta à rua, dia 19 de vo o Dezembro, com a campanha de solidariedade “Um Natal de Boas Notícias”. Nesse dia, o valor angariado com a venda do jornal será entregue à Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo (APPDA) de Viseu. Esta campanha tem por objectivo apoiar instituições de solidariedade social da região onde o título actua, através da venda da edição de Natal. Tal como no ano passado, várias figuras de relevo da vida política, autárquica, económica, social e cultural estarão envolvidas na campanha, assumindo a pele de ardinas solidários. A campanha volta a ser apadrinhada pelo presidente da Câmara de Viseu, Fernando Ruas.

Publicidade

Directora

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

defrank - Comunicação Editorial defrank@netcabo.pt

Serviços Administrativos Sabina Figueiredo

Opinião

sabina.figueiredo@jornaldocentro.pt

Impressão Impréjornal, S.A. Rua Rodrigues Faria 103, 1300-501 Lisboa

Hopenhagen

Distribuição Vasp

Tiragem média 4.000 exemplares por edição

Sede e Redacção Bairro de S. João da Carreira Rua Dona Maria Gracinda Torres Vasconcelos, Lote 10 r/c 3500-187 Viseu Telefone 232 437 461 Fax 232 431 225

E-mail redaccao@jornaldocentro.pt

Internet www.jornaldocentro.pt

Propriedade O Centro–Produção e Edição de Conteúdos, Lda. Contribuinte Nº 505 994 666 Capital Social 114.500 Euros Detentores de mais de 10 por cento do Capital: Sojormedia SGPS, SA Depósito Legal Nº 44 731 - 91 Título registado no ICS sob o nº 100 512

Gerência Francisco Rebelo dos Santos, Ângela Gil e Pedro Costa

Departamento Financeiro Ângela Gil (Direcção), Catarina Branquinho, Celeste Pereira, Gabriela Alves, João Machado Patrícia Santos info@lenacomunicacao.pt

Departamento de Marketing Patrícia Duarte (Direcção), Susana Santos (Coordenação), Catarina Fonseca e Catarina Silva marketing@lenacomunicacao.pt

Departamento de Recursos Humanos Nuno Silva (Direcção) e Sónia Vieira drh@lenacomunicacao.pt

Departamento de Sistemas de Informação Tiago Fidalgo (Direcção) e Hugo Monteiro dsi@lenacomunicacao.pt

Unidade de Projectos Lúcia Silva (Direcção) e Joana Baptista (Coordenação) projectos@lenacomunicacao.pt

Os artigos de opinião publicados no Jornal do Centro são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. • O Jornal reserva-se o direito de seleccionar e, eventualmente, reduzir os textos enviados para a secção “Cartas ao Director”.

Semanário Sai às sextas-feiras Membro de: Associação Portuguesa para o Controlo de Tiragem

Associação Portuguesa de Imprensa União Portuguesa da Imprensa Regional

Confesso que sempre imaginei que, para salvar o Planeta, não seria necessária uma conferência: a realidade dos factos seria suficiente. O problema, para além da economia, é muito da verdade dos factos: o lobby e a estratégia de comunicação de quem com verdades, umas mais inconvenientes que outras, vai transformando o que deveHélder Amaral ria ser uma questão de evidência cientifiDeputado CDS-PP ca numa discussão, entre a desresponsabilização e a tentativa de esconder a realidade. Copenhaga, que nestes dias, será o centro do mundo, passará inevitavelmente para a discussão de especialistas e dos interesses industriais sempre contraditórios de países ou blocos económicos. Neste aspecto, o Armagedão está a uma distância Não ajutempo considerável: ele pode acontecer da que a (é disso prova o degelo polar), e pode ser evitado. Parabéns à ONU. Veremos como Cimeira seja ensom- tudo acaba. Algumas certezas podemos ter: a situabrada por ção não é tão grave como alguns “interessuspeitas ses” querem fazer crer, mas não ajuda que de que os a Cimeira seja ensombrada por suspeitas sempre cre- de que os sempre credíveis investigadores díveis inves- Britânicos tenham suprimido dados sobre as alterações climáticas. Um terramotigadores to que atingiu a “verdade inconveniente” Britânicos daquele que correu mundo (diga-se que pelo menos para ele foi bem conveniente): tenham Al Gore, ex vice-presidente dos EUA, País suprimido dados sobre que nunca assinou o Protocolo de Quioto (na prática a teoria é outra…), está a ser as alteraconfrontado por alguns membros da Acações climádemia de Hollywood, que pedem que lhe seja retirado o Óscar ganho em 2007, com ticas” base na “falsidade” dos dados que apresentou no documentário. Veremos. Certo é que nada será como antes: os dados científicos parecem confirmar que algo está a mudar. Apesar de cada vez que acontece uma catástrofe ela ter referência maior no passado, ou seja, a história lembra registos de um furacão maior, um nevão maior, até em períodos de industrialização insignificante. A novidade é a frequência com que grandes catástrofes nos visitam. Outra certeza que sempre existiu, e que nenhuma Cimeira consegue resolver, é que

as consequências das alterações climatéricas não são iguais para todos, ou seja, uma cheia na Dinamarca pode ser mais uma, maior ou menor que a anterior, mas a mesma cheia num País da América do Sul, na Índia ou no Bangladesh é uma catástrofe. Quer isto dizer que a certeza dos efeitos das alterações climatéricas é diferente para ricos ou pobres. Outro dado que nos deve deixar em alerta é que se, por um lado, os 15 mil participantes de 192 países na maior conferência de sempre procuram substituir Quioto, que expira em 2012, pretendendo convencer todos, principalmente os principais Países emissores de GEE (gases com efeito de estufa) - China (6,72 mil milhões de toneladas) e EUA (5,90 mil milhões) - a reduzirem as emissões, por outro lado alguns desses países criaram em Quioto um mercado de dimensão relevante de emissões de CO2, onde quem não emite não deixa de emitir ao vender a sua parte de emissões!, para que outros possam poluir. Confesso que não percebo. Até lá convém manter a calma e esperar que Copenhaga seja um passo em frente. Não pode ainda ser negligenciado que as alterações climáticas dependem muito mais de cada um de nós do que se julga: por ex., durante um dia podemos dar um contributo decisivo à causa, na forma como viajamos, como nos aquecemos ou arrefecemos. Portugal pode, neste aspecto, ter uma palavra decisiva. Portugal não tem hidrocarbonetos (petróleo, carvão e gás natural), emissores de gases nocivos, mas sobra-lhe um enorme potencial energético no Sol, vento, recursos hídricos, biomassa, geotermia e nas ondas. Portugal é dos países da Europa com maior taxa de insolação, e com grande potencial cinético das ondas. Tem a maior competitividade destas formas de energia, desde que mais baratas para o consumidor final. É com base nestes aspectos - económicos, ambientais e de segurança - que a política energética mais prudente consolida o presente e não hipoteca o futuro. E isso passa por uma aposta decisiva de todos nestes recursos endógenos.


OPINIÃO | PRAÇA PÚBLICA 5

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

números

900

O Agrupamento de Centros de Saúde Dão Lafões I vacinou 900 utentes com a vacina da gripe A. Um número que ficam aquém do esperado, uma vez que se previa vacinar 3000 utentes desde o arranque da campanha de vacinação.

estrelas

António Borges Presidente da Câmara Municipal de Resende

O Balneário das Termas de Caldas de Aregos, em Resende, passou a estar aberto durante todo o ano. Em meio ano, a autarquia conseguiu reabrir o equipamento, com novas valências e alargar o seu funcionamento ao ano inteiro, dando ainda contrapartidas aos idosos. O investimento levou à criação de 46 novos postos de trabalho.

Conversas da treta e algumas notas soltas: CXLIV

Novo contrato entre o Estado e a PSA/Peugeot-Citroën A PSA/Peugeot/Citroën apresentou um projecto de modernização da sua unidade fabril, localizada em Mangualde, para a produção de um novo modelo de veículos automóveis. O investimento em causa excede os 21 milhões de euros. PreAntónio Vilarigues vê – se que alcance, no ano de anm_vilarigues@hotmail.com 2016, um valor de vendas de cerca de 2162,4 milhões de euros e um valor acrescentado de cerca de 155,9 milhões de euros, montantes acumulados desde o início do investimento. Visa-se assegurar a manutenção quer dos 750 postos de trabalho da emContinua presa, quer da actividade dos também fornecedores e das pequenas por esclare- empresas que lhe estão associadas cer o “misO contrato foi oficialmentério” sobre te autorizado pelo ministro da os Seguros Economia, Vieira da Silva, e rede Vida, ou cebeu luz verde do Conselho de Ministros. de CompleÉ uma boa notícia para o conmento de celho de Mangualde e para toda Reforma” a região. Mas impõem-se algumas notas de reflexão. Desde logo constata-se que, mais uma vez, o governo PS é um «mãos largas» para uns (os mesmos de sempre) e um «forreta» para outros (micro, pequenos e médios industriais e comerciantes). Com efeito o grupo PSA Peugeot/Citroën anunciou que está em negociações com a Mitsubishi para «ampliar suas relações, podendo chegar a uma parceria estratégica». Segundo analistas, os franceses podem comprar de 30% a 50% de participação na fabricante japonesa. Ao longo dos anos o Centro de Produção de Mangualde da PSA/Peugeot-Citroën recebeu largos milhões de euros da União Europeia para se moder-

nizar, dar formação aos trabalhadores e garantir a laboração. O governo português, para além de benefícios fiscais em sede de IRC, desembolsou em 2007 8,6 milhões de euros para criar mais 80 postos de trabalho acima dos 1.226 que tinha e manter a laboração até 2013. Este acordo não foi cumprido, mas o destino do dinheiro continua por esclarecer. O que está esclarecido, e bem esclarecido, é que, a pretexto da crise do capitalismo, a administração tem procurado chantagear os trabalhadores. O objectivo é criar uma situação onde se trabalhe cada vez mais, ganhando cada vez menos. Assim, assistimos sucessivamente à implementação do banco de horas (duma forma ilegal, meses antes da entrada em vigor do novo Código do Trabalho). À perda efectiva de massa salarial. Às rescisões de contrato (desde o início de 2009 a empresa rescindiu contratos com mais de 500 trabalhadores). Ao lay-off. Mas os valores das indemnizações, dos prémios e das mordomias de alguns permaneceram obscenamente elevados. Continua também por esclarecer o “mistério” sobre os Seguros de Vida, ou de Complemento de Reforma, feitos na seguradora AXXA. Durante anos a fio foram para aí canalizados prémios e outras remunerações devidos aos trabalhadores, que a empresa apresentou como «custos de exercício» para não pagar impostos. Mas dos quais ainda nenhum trabalhador foi beneficiário. A ver vamos como o governo vai defender os interesses do Estado.

José Carlos Almeida Director do Agrupamento dos Centros de Saúde Dão Lafões I

Manuel Lameira Presidente da Junta de Freguesia de Santa Maria

Nos centro de saúde de Viseu do Agrupamento Dão Lafões I, muitos utentes de risco não procuram a vacina da Gripe A. Não havendo culpados, porque a opção é sempre dos utentes, a campanha podia ter sido mais eficáz.

O autarca soube valorizar e dar crédito aos estágios que a junta está a receber através do Instituto Politécnico de Viseu. Para já tem na sua freguesia a primeira loja social, que permite ajudar as famílias carenciadas, mas outros projectos sociais podem vir a ser desenvolvidos em prol da população.

Opinião

Quinze dias positivos para o distrito de Viseu

José Junqueiro Secretário de Estado da Administração Local

Vale a pena assinalar estes factos, porque se sobrepõem a um “barulho de fundo deprimente” a que alguns já nos habituaram”

Esta última quinzena tem sido muito positiva para o distrito de Viseu. O Primeiro Ministro José Sócrates esteve por duas vezes em Oliveira de Frades. As energias renováveis foram o motivo mais próximo. Na Martifer, quis sinalizar o investimento desenvolvido nesta área, o sucesso já alcançado, e deixar este exemplo como paradigma daquilo que os empresários portugueses e o Governo estão a fazer com sucesso internacionalmente reconhecido. Em Ribeiradio, José Sócrates fez o lançamento da primeira pedra da barragem há muito ambicionada, prometida por muitos, mas decidida e concretizada pelo seu Governo. Uma nova oportunidade para a região, para as populações e mais um investimento estratégico para o nosso desenvolvimento. Na PSA Citroen em Mangualde a empresa assinou com o Governo um compromisso de 21 milhões de euros que não só permite consolidar os postos de trabalho como viabiliza a vinda de um novo modelo que garante uma laboração estabilizada. Por outro lado, os deputados do PSD, tal como os do PS já haviam feito, reuniram no Ministério das Obras Públicas e foi bom perceber que os resultados lhes causaram boa impressão e confiança. Isto significa que os diferentes corredores, ferroviário e rodoviários, estão em bom ritmo e que, portanto, o tempo é de trabalho e de obra concreta. Que o digam os habitantes de Tondela e Carregal do Sal que têm já aberta ao trânsito a nova estrada que liga aqueles dois concelhos e que representa para as respectivas economias mais um contributo, ambicionada há décadas, prometido por muitos, mas, mais uma vez, feito por um Governo do PS. Por último, a Associação Nacional de Municípios Portugueses realizou na nossa cidade o seu XVIII Congresso trazendo a Viseu e aos concelhos vizinhos cerca de 1000 autarcas que na sua reunião magna elegeram a nova direcção e assinalaram as suas ambições e os seus projectos. A Ministra da Saúde, também ela autarca, abriu os trabalhos e o Primeiro Ministro fez o encerramento assinalando os seis eixos de actuação que norteiam o programa do Governo. Vale a pena assinalar estes factos, porque se sobrepõem a um “barulho de fundo deprimente” a que alguns já nos habituaram e que mais não é do que o “espelho” daquilo que sabem fazer melhor, ou seja: ausentarem-se das soluções e constituírem-se com parte do problema. Ficam, portanto, quinze dias positivos para o distrito de Viseu


6

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

abertura

textos ∑ Emília Amaral fotografias ∑ Nuno Ferreira

Mercados de Natal

Comércio de Ruas ∑ Câmaras e associações comerciais inovam para atrair pessoas aos centros das cidades mas a crise mantém-se “A sensação é de que os problemas aumentaram e se estávamos à espera da retoma, do aumento da consciência cívica dos compradores, nada disso surgiu”, desabafa o presidente da Associação Comercial do Distrito de Viseu (ACDV), Gualter Mirandez ao ver passar mais um ano e continuar a assistir ao esvaziamento do comercio tradicional nas principais ruas do centro da cidade de Viseu. Chegados ao chamado “mês de armazém” – uma velha expressão do pequeno comerciante para transmitir o aumento significativo de vendas na época de Natal – os comerciantes

lamentam que “praticamente não se nota que é Natal”. “Irão vender mais alguma coisa, mas não vai ser um grande mês”, acrescenta Gualter Mirandês em jeito de porta voz dos comerciantes, que esta semana reuniram em assembleiageral e “levaram o tema à conversa”. Nas ruas de Viseu, os consumidores justificam a preferência dos centros comerciais com a centralidade dos vários produtos, os preços “mais convidativos”, a disponibilidade de estacionamento e o próprio ambiente “mais quente e mais acolhedor”. Mas Gualter Mirandez diz que

tem que haver regras para “tal rebaldaria” porque para os lojistas de rua é “impossível” fazerem mais: “Um pequeno comerciante, se marcar o seu produto com 30/40 por cento de desconto já está a perder dinheiro. Isto leva à descapitalização total das pequenas empresas”. O dirigente só questiona não encontrar “nada disto” no resto da Europa “onde as zonas históricas estão dinamizadas”.

Iniciativas. Para contrariar esta tendência do esvaziamento dos centros das cidades e tentar atrair pessoas em tempo de Natal, tanto a Associação Comercial

Tenho muitas dificuldades em encontrar lojas abertas no centro da cidade depois de sair do meu trabalho ao final do dia ”.

Aqui dentro (centros comerciais) não apanhamos chuva ou frio, temos estacionamento quase sempre garantido. É uma mais valia”.

Alice Miranda

Pedro Rodrigues

como as autarquias estão a levar a cabo um conjunto de iniciativas variadas. Em Viseu, está a promover a acção “Magia de Natal no Comércio Tradicional”. No passado fim-de-semana fez chegar o Pai Natal de charrette e promoveu um espectáculo itinerante. Para os próximos dois fins-desemana antes do Natal estão programas um conjunto de iniciativas (ver caixa em baixo). Já a autarquia, está a repetir a terceira Edição da iniciativa Casinhas de Natal, no âmbito do programa Viseu A Minha Terra Natal. Nas vinte casinhas de madeira as pessoas poderão adquirir diversos produtos

e iguarias regionais. Num gesto mais inédito a ACDV resolveu inovar este ano e promover a “Montra de Sonho”. Trinta comerciantes aderentes ofereceram produtos das suas lojas para criar uma montra numa das lojas vazias do centro histórico. Nessas lojas aderentes serão oferecidos vales aos clientes para se habilitarem a ganhar os produtos da montra no final. “É um incentivo. Não sei se resulta”, sublinha Gualter Mirandez. Em Santa Comba Dão, a Câmara Municipal, a junta de freguesia e o Núcleo de Fundadores da Associação Empresarial promo-

vem a partir de amanhã, dia 12 e até 4 de Janeiro a quarta edição do concurso “Montras de Natal”. O objectivo é, “embelezar” as montras para tornar mais atractivo o comércio tradicional admite a organização. Na mesma linha outras autarquias do distrito de Viseu avançaram com iniciativas idênticas. A autarquia de Mangualde adianta-se com várias iniciativas “inéditas”, entre elas a Feira de Natal, a “Fonte dos Desejos” e inúmeras acções que se diferenciam por envolver as instituições do concelho, fazendo com que saiam para a rua nesta Natal.

Iniciativas de rua

Não investem em novas colecções. Nos centros comerciais isso não acontece, encontramos as novidades e produtos modernos” Maria Pereira

Coros de Natal e Gaita de Foles

Viseu: Rua Formosa e Rua Direita, dia 12 de Dezembro. Para este dia está marcado um espectáculo itinerante de Gaita de Foles “SomdeBordão”.

Chegada do Pai Natal

Mangualde: Espectáculo de

chegada do Pai Natal, dia 17, às 15h00, na Rua Azurara da Beira, Largo do Rossio e Largo Dr. Couto. O programa de animação prolongase até 20 de Janeiro.


COMPRAS DE NATAL | ABERTURA 7

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

Sítios alternativos para as compras de Natal

Publicidade

Casa da Boneca Praça Dom Duarte A “Casa da Boneca” é uma das lojas mais antigas de Viseu e uma das mais emblemáticas. Criada para servir os sonhos das crianças com brinquedos, bonecos e jogos, a “Casa da Boneca” tem já uma história de cerca de 50 anos. Sendo uma das primeiras lojas de brinquedos da cidade, desde o início conseguiu cativar multidões. Várias pessoas lembram-se das enormes filas que se formavam quando chegava a época de Natal. Um cenário que se alterou por completo. O proprietário, João Nascimento, prepara-se para trespassar o negócio e está a vender o stock que ainda resta na loja. Para os amantes de antiguidades, para os nostálgicos, para os coleccionadores de pequenos tesouros, para os que simplesmente procuram um brinquedo alternativos aos iguais bonecos vendidos nas grandes superfícies, a “Casa da Boneca” é uma boa alternativa. De certeza, que vai encontrar “pequenas grandes” raridades. Os proprietários continuam a abrir a loja de segunda a sexta-feira das 14h00 às 16h00.

Loja Empório Rua Silva Gaio Tem pouco mais de um ano, mas já conseguiu marcar presença na cidade. A loja Empório, situada na Rua Silva Gaio, é uma mistura entre antiquário e alfarrabista. Tem antiguidades para todos os gostos e para todas as idades. Se pensa que as antiguidades são apenas coisas de museus ou para colecção esqueça essa ideia. Por sete euros e meio (recomendam os proprietários da loja, Rui Macário e Liliana Castilho) pode comprar um Alfinete “camafeu branco” da Fábrica Osul e usá-lo no dia-adia. “É uma boa escolha de Natal para um público feminino, pela sua estética e História mas sobretudo pela possibilidade de ser usado, ainda Hoje – na linha do “vintage” que tão actual é”, referem os proprietários. Mas, se procura as ditas peças de colecção, os proprietários aconselham a primeira edição de “Quando os lobos uivam” (Lisboa 1958) de Aquilino Ribeiro. O que interessa é ser original.

“Rústica” Rua do Comércio Quem passa pela montra da loja “Rústica” encanta-se pela traça original e muito anos 20 que ainda apresenta. O espaço foi sapataria nos anos 20, mercearia e cooperativa nas décadas seguintes. Com balcões antigos, vitrais nas paredes da montra, a loja é uma das atracções de muitos turistas que visitam o centro histórico. “A loja é muito fotografada e há pessoas que entram só para visitar a loja”, refere a proprietária, Maria do Rosário. A loja “Rústica” dedica-se à decoração de interiores, decoração de eventos e de igrejas. Na montra as cores e as formas delicadas e atractivas das peças que Maria do Rosário comercializa combinam na perfeição com as linhas vintage da loja. Porque não optar por um serviço de chá que combine com a personalidade da pessoa a presentear? Maria do Rosário acredita que a decoração tem de ser trabalhada em função de cada pessoa.

Museu Grão Vasco Adro da Sé Se a sua preferência recair sobre a literatura, não se esqueça que o Museu Grão Vasco pode ser uma boa opção. É verdade, possui uma livraria recheada de livros técnicos. Além disso, organiza até ao final do ano uma feira do livro de arte, onde, sugere o director do Museu, António Filipe Pimentel, se encontra uma excelente secção infanto-juvenil.

Publicidade

Publicidade


8 Entrevista ∑ António Figueiredo Edição ∑ Emília Amaral Fotografia ∑ Nuno Ferreira

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

à conversa

“Quero poder continuar a ser o João Pais a quem dão a oportunidade de pilotar” João Pais de 25 anos, natural de Viseu, piloto de Todo-o-Terreno saltou para a ribalta informativa ao tornar-se o melhor português na prova 24 horas TT (Todo-o-Terreno) – Fronteira. Na conhecida vila alentejana conquistou o terceiro lugar na classificação geral e, também nessa prova, sagrou-se Campeão Nacional no Desafio Elf/Mazda. Aos quatro anos acompanhava o pai nos quatro dias do Rally de Portugal. Hoje reconhece que é ele o grande responsável pelo sucesso, e justifica em tom sorridente que o levava aos karts e o pôs a conduzir com oito anos, no Autódromo do Estoril.

Quando terminou a prova disse que ainda não estava em si. Quando tempo demorou para avaliar a vitória conseguida?

Só quando olho para o papel é que acredito, porque ainda hoje estou um bocado a digerir toda esta vitória que tem sido muito agradável, as pessoas em Viseu têm sido fantásticas. Vou na rua, abordam-me e dão-me os parabéns. Quando acabei a prova só pensa-

va: a dificuldade toda que foi, durante este ano, numa altura de crise, os esforços que fizemos para estar ali, os patrocinadores de um lado e do outro a tentarem ajudar para que este projecto nunca parasse e sempre a acreditarem. E, de repente, chegamos ao final, atingimos um objectivo que no início do ano nunca pensámos, em que além de sermos terceiros na geral, somos melhor português, no

agrupamento T 1, primeiro carro a diesel e segundo na classificação do memorial José Megre. São vários títulos numa mesma prova.

O meu pai dizia: “em 24 horas trazemos tantos canecos para casa” e a verdade foi essa. O que é uma prova como as 24 Horas TT de Fronteira?

É uma prova que necessi-

ta de uma preparação física e psicológica muito boa. Faz por isso?

Faço ginásio regularmente, embora não goste muito de correr sem sair do mesmo sítio e de estar trancado em salas (risos). Mas quando queremos levar as coisas a sério, temos que saber tratar do nosso corpo, assim como a alimentação… tudo é importante nas corridas.


JOÃO PAIS | À CONVERSA 9

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

Semanalmente,“ÀConversa”resultadeumtrabalhoconjuntodoJornaldo Centro e da Rádio Noar. Esta conversa pode ser ouvida na íntegra na Rádio Noar, esta sexta-feira, às 11hoo e às 19h00, e domingo, às 11h00 e ainda em www.jornaldocentro.pt

Quem está fora da corrida pensa que estar sentado ao volante não exige grande esforço.

É o contrário. Numa corrida como eu fiz – o Transibérico – que são quatro dias onde fazemos 2500 quilómetros, quantas passagens de caixa é que faço? Portanto, quantas vezes é que a minha perna esquerda trabalha na embraiagem, quantas vezes trabalha no travão, quantas vezes é que o meu pé direito trabalha no acelerador e no travão? A minha mão direita quantas vezes vai à manete? Depois, utilizamos um sistema para protecção da cervical, que vai por cima dos cintos e quase nos imobiliza a cabeça. Temos que suportar o peso do capacete no pescoço, mais os cintos, as pancadas dos buracos… de tudo. Ou estamos fisicamente bem preparados ou não se aguenta.

Como faz para se preparar psicologicamente?

A corrida é sempre em Dezembro ou Novembro. São oito da noite e dá-nos a sensação de nos encostarmos e dizer: “já é meianoite”, mas olha-se para o relógio e são seis da tarde. Para aguentar as primeiras horas que são sempre as mais emocionantes, é importante conseguirmos manter-nos calmos, essencialmente não mostrar que não estamos calmos. A prova, como o nome indica, é o carro a andar 24 horas?

Temos turnos que não podem exceder três horas, cada piloto só pode fazer 12 horas no máximo e todos os pilotos têm que fazer

uma volta completa no mínimo (15 quilómetros). Fazemos normalmente turnos que duram duas horas e 45 minutos.

dor foi comigo correr porque aceitou vir comigo e o que sabe fazer muito bem é conduzir.

Quantas pessoas mais se envolvem na equipa numa prova destas?

Qual foi o segredo da gestão da corrida?

Quatro pilotos e mais 20 pessoas por fora, contando com os mecânicos, apoio logístico, cozinheiros. A prova obriga a uma alimentação especial?

É preciso ter muito cuidado com o que se come (durante a prova) senão há más disposições e é perigoso. O que come durante a prova?

Tudo à base de massas, arroz, um bocadinho de carne grelhada e muitos líquidos. Os jornalistas mostraram muita admiração por na sua

equipa haver participantes a correr pela primeira vez. Esse também foi um segredo?

Além de ser um segredo, nunca pensámos chegar à última prova do campeonato e poder lutar pelo título, felizmente os nossos mecânicos fizeram um trabalho de evolução da carrinha excepcional. Escolhi o meu pai (António Pais) porque quis dar-lhe a oportunidade de um dia vir a correr. Escolhi o Francisco Cabral que é a pessoa que me tem acompanhado ao longo da minha carreira. Foi um dos meus navegadores que me ensinou muito do que é estar nas corridas, tem muitos títulos nacionais, este ano voltou a ser campeão nacional de ralis. O João Rato, outro meu navega-

Foi feito por um profissional brilhante que temos em Viseu, chamado Paulo Torres, um grande co-piloto que sabe muito da táctica da corrida. Fez uma gestão de equipa perfeita. O troféu Elf/Mazda onde se sagrou campeão foi outro desafio?

Desafio é mesmo a palavra correcta, porque em ano de crise lançar um troféu, é fantástico. Jorge Natário, da Mazda Motores de Portugal é um guerreiro. Consegue arranjar um patrocínio para um projecto, consegue arranjar pilotos para virem para o mercado, faz todo um trabalho de marketing impressio-

nante. Depois, chegamos a Fronteira e temos sete carros a correr, quando andamos hoje em campeonatos com corridas 16 inscritos, onde já houve 80. As organizações das provas devem ter isso em conta e dar condições para que este troféu continue, ou seja, criar condições para que os pilotos se possam inscrever a baixo custo. É uma aposta e, ao baixarem os preços, faz com que tenham mais inscritos. Como é que Viseu consegue ter um piloto dedicado ao desporto automóvel a tempo inteiro?

Com a ajuda de várias empresas, de vários amigos, com muita dificuldade e com muita dedicação

quer dos patrocinadores, quer dos pilotos, quer dos co-pilotos e com uma esquipa de mecânicos fantástica.

ram a surgir alguns contactos. Vamos ver. Vamo-nos manter na expectativa e, no momento certo, anunciaremos o que vamos fazer em 2010.

Quem são esses mecânicos excepcionais?

A continuidade no troféu Elf/ Mazda está assegurada?

São de Mafra. O chefe é o Helder Santos. Foi uma aposta que fiz neles, certa da minha parte. São pessoas muito experientes que trabalham com um profissionalismo e uma dedicação incrível. E são meus amigos antes de serem mecânicos. No dia em que as pessoas virem as coisas só como um negócio e não andarem lá porque gostam, dificilmente vão conseguir triunfar.

Não está assegurada mas muito bem encaminha e gostava de permanecer no desafio Mazda porque é um desafio muito bem organizado. Para o ano vai ser melhor, vai-se tornar mais competitivo e isso faz com que se torne mais interessante para nós pilotos, dá-nos mais visibilidade e dá mais visibilidade à marca.

A assistência é tão boa que durante as provas pouca necessidade teve de receber assistência.

Continuar com os pés bem assentes na terra e poder continuar a ser o João Pais a quem dão a oportunidade de pilotar.

Exactamente. Foram sete carrinhas à chegada,

as mesmas que estavam na partida. Todas terminaram e isso é uma prova de fiabilidade impressionante. Como é que um piloto do interior consegue os apoios?

No meu caso, recorri aos amigos que tinham empresas. Uma vez ajudava um, outra vez ajudava outro. Como é que se angaria um patrocínio forte? Não sei, nunca o tive, espero ter essa oportunidade, para que possa dar um salto na minha carreira e possa mostrar um bocado mais do meu potencial. A vitória em Fronteira está a abrir portas?

Começaram a abrir-se algumas portas, começa-

Qual é o sonho de João Pais piloto?

Porque diz que a sua carreira começou como uma brincadeira?

Começou com uma brincadeira do meu pai que, tinha eu oito anos, estávamos de visita ao Autódromo do Estoril e decidiu ensinarme a conduzir o carro dele - que já era um jipe curiosamente – e eu quase não chegava ao pés ao pedais e para embraiar tinha que me pôr de pé. Portanto, comecei a conduzir um carro sozinho, aos oito anos, no Autódromo do Estoril. Depois começou a levar-me aos Karts, eu tinha jeito, e fui andando. Vai continuar no todo-oterreno ou pensa avançar para outra categoria?

Sempre ambicionei mui-

to mais ser piloto de Todoo-Terreno do que de ralis, mas se surgir a hipótese de ralis ou de velocidade, não estão fora do baralho. Penso que conseguia adaptar a minha condução a vários estilos. Voltar às pistas não iria ser uma surpresa. Se quero continuar no Todo-o-Terreno ou se gostava que a minha carreira se limitasse ao todo-o-terreno? Sim. Gostava de um dia fazer parte de uma equipa oficial e fazer um Argentina-Chile. Neste momento não me sinto capacitado para isso, mas se calhar daqui a dois anos gostaria de ter essa oportunidade. Já tem planos para a próxima prova?

O campeonato acabou, vai regressar em 2010. Ainda nem sabemos ao certo o nosso projecto para 2010, portanto, não podemos fazer projectos para a próxima corrida.

Correr vai de certeza?

Espero continuar a poder dar aos meus conterrâneos a alegria de verem um viseense nas corridas, não sei se a ganhar, mas pelo menos nas corridas. Antes de Fronteira queixavase do seu trabalho não estar a ser reconhecido.

Quando estamos a um ponto de ser campeões, começamos a olhar à nossa volta e não há patrocínios, ficamos tristes com nós próprios, com o momento actual em que a sociedade vive, ficamos revoltados, mas felizmente os amigos não deixaram que isso acontecesse, acreditaram em mim até ao fim.


10

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

viseu Primeira loja social surge em Viseu Nuno Ferreira

Projecto ∑ Alunos apoiam população carenciada

A 747 congressistas marcaram presença no congresso de Viseu

Fernando Ruas reeleito em casa Fernando Ruas foi reeleito, no sábado, dia 5 presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), com 94% de votos a favor. O presidente da Câmara de Viseu encabeçava a única lista apresentada aos 747 congressistas. O congresso da ANMP que decorreu no Multiusos de Viseu na sexta-feira e sábado passados, reuniu autarcas de todo o país, a

maioria ligados ao PSD, partido que detém a maior percentagem de câmaras municipais no país. No discurso de encerramento do congresso, o presidente da ANMP reclamou o aumento do investimento público de proximidade, através da criação de um fundo de 770 milhões de euros, que gostaria de ver subscrito pelo primeiro-ministro, José Sócrates. Já o che-

fe do Governo, que marcou presença em Viseu, no sábado,anunciou um programa conjunto com as câmaras municipais que prevê a criação de dois mil estágios para jovens licenciados sem emprego. Fernando Ruas pediu ao Governo que avance com “investimento público” capaz de “fomentar desenvolvimento, de criar emprego, de dinamizar a economia”.

Ajudar as pessoas mais carênciadas é o objectivo da primeira loja social de Viseu. Sediada na freguesia de Santa Maria, o projecto surgiu através de um grupo de alunos do curso de Educação Social da Escola Superior de Educação de Viseu, no ano lectivo de 2008/2009. “O trabalho no ano passado foi muito bom. Decimos continuar”, refere o presidente da freguesia, Manuel Lameiras. “O objectivo é colmatar as carências da população que são muitas”, explica Neuza Pimenta, uma das jovens responsáveis pelo projecto. Desde que iniciaram o projecto, os estagiários têm-se apercebido de uma realidade social complicada, que foi em muito agravada pela crise económica. “Em três semanas quase que ficámos sem roupa

em stock, tal era a procura”, explica a jovem. O calçado é o segundo bem mais procurado. A loja social concede apoio também com bens essencais para a casa, materiais escolares para os mais jovens e brinquedos para as crianças. Os responsáveis pelo projecto têm procurado donativos junto de hipermercados e do comércio tradicional. Apesar de algumas repostas positivas, o grupo quer ampliar a recolha de produtos. “O objectivo é divulgar ao máximo a loja social e por isso andámos a espalhar folhetos pela cidade, para alertar as pessoas para a nossa existência”. O grupo, que também se encontra a caracterizar a população da freguesia, já identificou problemas graves numa população que é

maioritariamente idosa e em que grande parte dos cidadãos mora sozinha no centro histórico. “Todos os dias há pessoas a dirigirem-se à loja e a pedir apoio”, garante. Neuza Pimenta garante que a vontade do grupo é ambiciosa e que o projecto tem de ter mais duração do que um simples estágio. “Outras cidades já têm há vários anos as lojas sociais. Viseu não tinha e isto é um serviço público essencial. A nossa ambição é deixar um projecto sólido”, assume a aluna, garantido que há voluntários para assumir as tarefas do projecto. A existência de um gabinete de apoio social, também desenvolvido pelos alunos, tem permitido encaminhar os casos mais difíceis. Ana Filipa Rodrigues Ana.rodrigues@jornaldocentro.pt

Publicidade

O governador civil de Viseu, Miguel Ginestal anunciou esta semana a equipa que vai integrar o seu gabinete de apoio pessoa. Sem grandes mudanças, Miguel Ginestal mantém Mónica Costa como chefe de gabinete, que substituiu Alcídio Faustino aquando da subida a governador para ocupar o Publicidade

lugar deixado vago por Acácio Pinto. Na estrutura continua ainda Leonel Gouveia como seu adjunto. A equipa f ica completa com o secretário Marco Rodrigues. Um jovem que ficou conhecido como o operacional da campanha de Miguel Ginestal na corrida à Câmara Municipal de Viseu. EA

Nuno Ferreira

Miguel Ginestal mantém equipa no gabinete de apoio

A Miguel Ginestal


12

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

região NOVA REDE DE DRENAGEM EM MORTÁGUA

CÂMARA DE MANGUALDE DEBATE DIREITOS HUMANOS

Sinal vermelho para as pontes do IP3 CDS-PP∑ Deputado Hélder Amaral que explicações do presidente da EP no Parlamento

A Câmara de Mortágua aprovou o projecto de execução da rede de drenagem de águas residuais domésticas das povoações do Galhardo (Freguesia de Cercosa) e de Vale de Borregão (Freguesia da Marmeleira). O investimento superior a 250 mil euros prevê a desactivação da actual ETAR de Cercosa, e a construção de um emissário que irá conduzir os afluentes provenientes dos aglomerados de Cercosa e Galhardo para a ETAR da Marmeleira.

A Estradas de Portugal (EP) revelou que há problemas “graves” em várias pontes do IP3, na zona da Barragem da Aguieira. Uma inspecção detectou problemas em 170 pontes e viadutos em todo o país. A empresa, que gere as estruturas, diz que a situação está controlada mas o coro de protestos fez-se sentir ao longo da semana. O presidente da Câmara de Santa Comba Dão, João L ou renço adiantou que só no seu concelho há três traves-

sias sobre o IP3 a necessitarem de intervenção, designada mente nas pontes sobre o rio Dão, sobre o rio Mondego e a ponte entre Santa Comba Dão e Mortágua. “Foram inspeccionadas e todas têm deficiências graves, mas entretanto não se fez nada”, lamentou o autarca em declarações à comunicação social. O presidente da Câmara de Mortágua, o s o c i a l i st a A fon s o Abrantes, adiantou estar cansado de falar no assunto, afirmando serem mais do que conhe-

A Câmara Municipal de Manguade promove um seminário sobre direitos humanos. O evento decorrer dia 14, pelas 14h00, no Auditório da Biblioteca Municipal.

NOVO PÓLO PEDAGÓGICO EM CARVALHAIS

cidos os problemas nas pontes. O CDS-PP pela voz do deputado de Viseu, Hélder Amaral pediu a presença urgente no Parlamento do presidente da Estradas de Portugal, face à notícia “grave e preocupante”. “Como é que é pos-

sível não haver verbas para resolver os 20 casos mais urgentes?”, questionou, o deputado, lembrando, que não existe alternativa ao IP3, uma via de “tráfego intenso” que liga os Distritos de Viseu e Coimbra. Emília Amaral/Com Rádio Noar

Acaba de ser lançado o concurso para construção do Pólo Pedagógico de Carvalhais, em S. Pedro do Sul, um investimento 800 mil euros e um prazo de execução de 300 dias. O novo edifício será composto por quatro salas para os alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico, duas salas para o Pré-escolar, uma sala de actividades para a componente de apoio à família, biblioteca, refeitório e sala de professores.

Publicidade

A ADD – Associação de Desenvolvimento do Dão, de forma a efecvar os objecvos que se propôs angir com a ELD – Estratégia Local de Desenvolvimento, no seu território de actuação, que se constui pelos concelhos de: Aguiar da Beira, Mangualde, Nelas, Penalva do Castelo e Sátão, dispõe de um importante instrumento de desenvolvimento local, o Sub-Programa 3 do PRODER – Abordagem LEADER. Este instrumento nanceiro desna-se a todos os promotores que queiram actuar dentro do território da ADD e que se enquadrem nas Medidas e Acções que se apresentam de seguida. MEDIDA 3.1 - DIVERSIFICAÇÃO DA ECONOMIA E CRIAÇÃO DE EMPREGO ACÇÃO3.1.1 - Diversicação de Acvidades na Exploração Agrícola Objecvos: Esmular o desenvolvimento de acvidades não agrícolas nas explorações agrícolas criando novas fontes de rendimento e de emprego. Beneciários: Titulares de uma ex-

ploração agrícola ou membros do seu agregado familiar; GAL ou EG. Invesmentos Elegíveis: Agro-turismo e Parques de campismo e caravanismo; - Serviços de recreação e lazer; Produção de bens resultantes de acvidades de transformação; - Pontos de venda directa de bens produzidos na exploração; - Outras acvidades e serviços a terceiros desde que não elegíveis noutras acções do PRODER. ACÇÃO 3.1.2 – Criação e Desenvolvimento de Microempresas Objecvos: Incenvar a criação e desenvolvimento de microempresas nas zonas rurais tendo em vista a densicação do tecido económico e a criação de emprego. Beneciários: Microempresas; GAL ou EG. Invesmentos Elegíveis: Invesmentos decorrentes da criação ou desenvolvimento de microempresas. ACÇÃO3.1.3— Desenvolvimento de Acvidades Turíscas e de Lazer Objecvos: Desenvolvimento do turismo e de outras acvidades de lazer.

Beneciários: Pessoa Singular ou Colecva de Direito Privado; GAL ou EG. Invesmentos Elegíveis: - Turismo Habitação; TER, parques de campismo e caravanismo; - animação turísca. MEDIDA 3.2 - MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA ACÇÃO 3.2.1. - Conservação e Valorização do Património Rural Objecvos: Valorizar o património rural na ópca do interesse colecvo, enquanto factor de idendade e de atracvidade do território. Beneciários: Pessoas singulares ou colecvas de direito privado; Autarquias locais; GAL ou as EG. Invesmentos Elegíveis: - Preservação do património rural construído; - Refuncionalização de edicios de traça tradicional; - Preservação e recuperação de prácas e tradições culturais. ACÇÃO 3.2.2. - Serviços Básicos Para a População Rural Objecvos: Aumentar a acessibilidade a serviços básicos. Beneciários: Parcerias entre enda-

des públicas e privadas; IPSS; ONG. Invesmentos Elegíveis: - Creches; - Lar de Idosos, Serviço apoio domiciliário, outros serviços. Informações transversais à Medida 3.1 e 3.2: • Forma e Valor das Ajudas: Serão indicados no Aviso de Concurso para a Medida (a ser publicado no site da ADD no próximo período de concurso). • A informação presente não dispensa a leitura da legislação em vigor. O próximo Concurso LEADER prevê-se que decorra no primeiro semestre de 2010. Os potenciais promotores poderão entrar em contacto com a ETL – Equipa Técnica Local para terem um aconselhamento personalizado, nos seguintes contactos: Tel. 232642632, Fax 232642669; mail: add@mail.telepac. pt; ou na sede, na Rua D. Manuel I, Lote 2 Cave, em Penalva do Castelo. Visite o site da ADD em: www.add.pt.


REGIÃO 13

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

Bilhete Postal

Bilhete Postal

Acácio Pinto

João Carlos Figueiredo

Deputado do PS

Deputado do PSD

2000 Estágios para jovens nas Câmaras

Vale tudo!

Na sessão de encerramento do 18º Congresso da ANMP, em Viseu, o primeiro-ministro, José Sócrates, anunciou que o Governo irá desenvolver um programa para a criação de 2000 estágios nas câmaras municipais para jovens. Esta medida vai desde já começar a ser trabalhada em articulação com as autarquias locais, tendo pelo lado do Governo como um dos interlocutores o secretário de Estado da Administração Local, o viseense José Junqueiro. Esta é mais uma boa medida para o emprego na sequência de uma outra já assumida de criação de 5000 estágios, igualmente para jovens licenciados, na Administração Pública. São estas as respostas que o país precisa e não as coligações irresponsáveis que o PSD tem vindo a protagonizar na Assembleia da República. PS: Quero saudar a realização do 18º Congresso da ANMP em Viseu, bem como os órgãos eleitos, a começar pelo Presidente do Conselho Directivo, Fernando Ruas.

Quem esperava que a ida do ministro das Obras Públicas à respectiva Comissão Parlamentar serviria para explicar os motivos (preocupantes) dos sucessivos chumbos do Tribunal de Contas às subconcessões rodoviárias em regime de parceria público-privada levadas a cabo pela empresa Estradas de Portugal, enganou-se. Quando se esperava que fossem apresentados argumentos sólidos, fomos brindados com uma aula de economia. Para o ministro o que vale são a qualidade dos projectos das novas rodovias e a importância dos postos de trabalho que as mesmas estão a criar. Mas alguém contesta estes argumentos?! Não. Nem o Tribunal de Contas. O que está em causa são as ilegalidades apontadas, a ausência de avaliação de qual a solução mais adequada nas diferentes construções e os encargos brutais para o futuro. Sobre isso não disse nada! Pois. Já percebemos que, nesta forma de governação, vale tudo!

7 dias

A Infra-estrutura foi recuperada e vai ter novos serviços

Termas de Aregos abertas durante todo o ano Infra-estrutura ∑ Emprega 46 funcionários O Balneário das Termas de Caldas de Aregos, em Resende, passou a estar aberto durante todo o ano. Meio ano depois de ter sido adquirido pela autarquia de Resende, a infraestrutura aparece renovada e com novos serviços. “Há meio ano as termas estavam fechadas. Passado meio ano aumentámos os serviços e beneficiámos o balneário”, salienta o autarca de Resende, António Borges. A autarquia investiu cerca de 400 mil euros

INCÊNDIO Tondela.Uma mulher f icou desa lojada em consequência de um incêndio. O fogo deflagrou de madrugada em sua casa, em Couço. As chamas destruiram quatro compartimentos da habitação.

ASSALTO V iseu. O Cent ro de Saúde número 3 de Jug uei ros foi a ssa ltado por desconhecidas na quinta-feira, dia 3. Os a ssa lta ntes a r romba-

para criar novos vestiários, uma nova piscina termal, um ginásio. O objectivo, segundo António Borges, é disponibilizar mais serviços ligados ao bem estar, à reabilitação e ao rendimento atlético. O balneário foi adquirido pela autarquia em Abril à Companhia das Águas de Caldas de Aregos e foi transformada em Empresa Municipal. A infra-estrutura emprega 46 funcionários, o que é, segundo António Borges, um importante contributo

na recente prioridade definida pelo município na criação de mais emprego. “A aquisição das termas responde à principal prioridade do actual mandato autárquico como é a questão da empregabilidade em Resende”. O balneário passa a chamar-se Balneário D. Mafalda, em homenagem à rainha que fundou ali a primeira gafaria no século XII ao reconhecer as propriedades mineromedicinais das nascentes de água sulfurosas captadas a 62 graus.

ram uma porta lateral para entrar no edifício, remexeram vários compartimentos e furtaram uma quantia não revelada pelas autoridades. O assalto causou alguns con st ra ng i mentos ao funcionamento do centro, du ra nte a ma n hã d o d i a s e g u i nte u m a vez que parte da unidade esteve interdita aos utentes para a PSP recolher vestígios.

blicana está a investigar u m a legado cr i me de burla que terá ocorrido em Penalva do Castelo. Uma idosa de 77 anos, residente naquele concelho, terá sido enganada por uma mulher que a levou a assinar documentos que lhe permitiram levantar mais de 26 mil euros. A septua g n á r i a v ive sozi n h a e, de acordo com a família, sofre problemas mentais. A alegada burlona ter-se-á feito passar por filha da vítima e apresentava-lhe diversos papéis para ela assinar. Os levantamentos

BURLA Penalva do Castelo. A Guarda Nacional Repu-

De Dezembro a Fevereiro de 2010, todos os naturais e residentes em Resende com mais de 65 anos terão acesso gratuito aos tratamentos com duração de uma semana. António Borges acredita que há “um conjunto de investimentos públicos e privados que terão de acontecer no concelho e particularmente em Caldas de Aregos”. Ana Filipa Rodrigues/ Rádio Noar

foram feitos no concelho de Sátão desde Março. Segundo a família da vítima, a idosa ainda não se apercebeu que perdeu todas as poupanças. O caso só foi descoberto depois de uma familiar da septuagnária ter sido alertado para o facto de a idosa ter ido levantar muito dinheiro.

RIXA V iseu. A Pol íci a de Segurança Pública de Viseu está a investigar uma mulher por suspeita de ter esfaqueado um

arrumador de carros no pa rque de estacion amento da Avenida Capitão Silva Pereira, em Viseu. A alegada agressora teve uma discussão acesa com a vítima e terá pedido uma navalha ao homem que a acompanhava e golpeou o arrumador de carros na face, junto ao maxilar. O incidente ocorreu no domingo passado. A vítima teve de ser assistida no Hospital de Viseu. A mulher colocou-se em fuga.. A alegada agressora está referenciada pelas autoridades, por crimes do mesmo género.


14

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

negócios Cerâmica da Gândara em lay-off Mortágua ∑ A unidade, criada no concelho em 1957 tem 15 dos 40 trabalhadores em casa A Cerâmica Va le da Gândara, em Mortágua encontra-se com a produção suspensa desde 15 de Outubro. Nessa data teve início o processo lay-off que atinge 15 dos 40 trabalhadores. A situação deverá prolongarse até 31 de Janeiro. O sócio da empresa, Manuel Tedim Maia, em declarações ao Jornal de Notícias confirmou o recurso e justificou a decisão como a “forma mais sensata” de fazer face a uma conjuntura desfavorável sem afectar muito os trabalhadores, que Publicidade

têm estado ocupados em acções de formação”. A Cerâmica da Gândara existe desde 1957, sendo apontada como um exemplo industrial do concelho de Mortágua. Em 1994 tornou-se a única empresa nacional desenhada de raíz para produzir “tijolo face à vista” e de “paver” cerâmica, a par de outros produtos. Em 2007 a empresa foi integrada no grupo espanhol de Toledo “La Paloma”. De acordo com os números da empresa, a unidade tem uma facturação

A A fábrica distingue-se pela produção de “tijolo face à vista” anual média de 3,5 milhões de euros e produz 150 toneladas diárias de “tijolo face à vista”. O facto de 90 por cen-

to da sua produção ter como destino o mercado nacional terá sido uma das causas da desaceleração da empresa.

CASA AROUQUESA PREMIADO NO CONCURSO DE CARTAS DE VINHOS

O restaurante Casa Arouquesa de Viseu arrecadou dois prémios no Concurso Nacional de Cartas de Vinhos. A iniciativa visa escolher os restaurantes portugueses que disponibilizam a melhor carta de vinhos aos seus clientes. O Casa Arouquesa ganhou o terceiro prémio na categoria de Melhor Carta de Vinhos Regional. Na categoria Melhor Carta Vinho a Copo obteve uma menção honrosa. A primeira categoria, pretende distinguir um restaurante especializado em cozinha regional que tenha uma carta de referência no que se refere aos vinhos da região. Já na Melhor Carta de vinho a copo, a categoria distingue o restaurante com melhor e diversificada oferta de vinho a copo constante na sua carta de vinhos.

Clareza no Pensamento (http://clarezanopensamento.blogspot.com)

Cara e coroa da economia da Região de Viseu

Alfredo Simões Docente na Escola Superior de Tecnologia de Viseu asimoes@estv.ipv.pt

Foram publicados recentemente pelo INE o Anuário Estatístico da Região Centro (AERC) e o Estudo sobre o Poder de Compra Concelhio (EPCC). Um caso e outro permitem-nos conhecer melhor a nossa Região no confronto com as demais. Qual é a posição relativa da NUT III Dão-Lafões no contexto nacional? A Região de Dão-Lafões é um território de cerca de 3,5 mil Km2 onde residem, cerca de 291 milhares de pessoas. A riqueza produzida em 2007 foi aproximadamente de 2,7 mil milhões de euros (Valor Acrescentado Bruto a preços de 2000). Comparando com o conjunto do país, trata-se de uma região pequena que representa cerca de 3,8 por cento do território nacional e 2,7 por cento da população. Porém, a economia parece torná-la mais pequena já que apenas representa 1,9 por cento da riqueza criada em Portugal. A este desempenho global da economia está associado um valor da produtividade (VAB/Emprego) que é apenas de 61,3 por cento da média nacional quando, em 2000, esse valor já se cifrava em 71,1 por cento depois de ganhos praticamente constantes ao longo da década de 90. Refira-se que nem todos os sectores têm igual comportamento: pela negativa destaca-se o sector primário ou o comércio e construção e pela positiva destaca-se a indústria transformadora, embora com grande heterogeneidade no seu seio. Sectores mais sofisticados, aqueles que fazem apelo a maior conhecimento e criatividade e que estão na base do crescimento económico das regiões e dos países mais desenvolvidos, têm um peso pouco significativo na economia da Região. Com efeito, a proporção do VAB das empresas em sectores de alta e média-

alta tecnologia, na Região, é de 10 por cento, ligeiramente inferior à média do país, mas muito abaixo dos 20,5 por cento do Baixo-Vouga. Por outro lado, a proporção de pessoal ao serviço em actividades de tecnologias de informação e de comunicação é de 0,5 por cento que compara com 2,1 % no país. Este desempenho do lado da produção influencia, naturalmente, o que se passa do lado do consumo. De acordo com o EPCC, em Dão-Lafões cada residente tem um poder de compra de cerca de 71 por cento da média nacional, sendo clara a grande disparidade existente entre os concelhos com maior e menor poder de compra, Viseu com quase 92 por cento e Penalva do Castelo ou Vila Nova de Paiva que não atingem metade do poder de compra médio de um português. No contexto do Pais, Viseu é o 59º município quando, em 2000, idêntico estudo do INE o colocava em 36º lugar. Se esta é a “cara” da região, também é certo que o reverso nos mostra a existência de grandes empresas e grupos económicos, com dimensão nacional, e que operam no mercado global; mostra-nos muitas PME que são excelentes no contexto nacional; mostra-nos empresas que são líderes e inovadoras no contexto dos respectivos sectores. Pode pensar-se que tudo isto que acontece na economia da região, o melhor e o pior, é apenas fruto das acções individuais dos agentes económicos; pode acrescentar-se os efeitos, positivos ou negativos, das políticas públicas centrais; todas estas intervenções desempenham o seu papel, um papel insubstituível, mas não eliminam a necessidade de a própria região olhar para o que se está a passar e procurar intervir, de forma coordenada.


16

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

desporto DIVISÃO DE HONRA

Visto e Falado

SAMPEDRENSE ASSUME LIDERANÇA

Vítor Santos vtr1967@gmail.com

Jornada cheia de incidências na Divisão de Honra, com um novo líder e mais um candidato a assumir-se na luta pelos primeiros lugares. Na frente da classificação, isolado, está agora o Sampedrense. Venceu em Molelos, e beneficiou da derrota do Oliveira de Frades em Sátão. Desportiva que com o triunfo frente à equipa de João Bento entra também na corrida ao topo da classificação. Quem se atrasou foi o Lusitano, embora a derrota em Santa Comba Dão possa ser considerado um resultado normal. Foi frente a outro dos candidatos à subida. Já o Mortágua interrompeu a recuperação, com uma derrota em Campia.

Sport Lisboa e Nelas Futebol

Terminou sem golos o jogo grande da 10ª jornada da série Centro da II Divisão Nacional. Em Tondela, jogavam segundo e primeiro classificado. Um jogo frente ao Tourizense aguardado com muita expectati-

va, até porque, em caso de triunfo, os tondelenses assumiam a liderança. Acabou por ser um jogo marcado pelo mau tempo. Chuva intensa antes e durante o jogo, com o relvado do Estádio João Cardoso a aguentar até onde

II DIVISÃO NACIONAL - SÉRIE CENTRO

10ª jornada Praiense Monsanto Pampilhosa Ac. Viseu Marinhense Tourizense União Serra Oliv. Bairro

(06/12/09)

-

Arouca Operário Mafra Sertanense Tondela Vitória Pico Eléctrico Esmoriz

1.Tourizense 10 6 3 1 2.Tondela 10 6 2 2 3.Esmoriz 10 5 2 3 4.Monsanto 10 4 4 2 5.Mafra 10 4 3 3 6.Operário 10 4 3 3 7.Arouca 10 4 3 3 8.Pampilhosa 9 3 4 2 9.Praiense 9 3 4 2 10.União Serra 9 3 3 3 11.Eléctrico 10 3 3 4 12.Marinhense 10 3 3 4 13.Sertanense 10 3 2 5 14-Ac. Viseu 11 3 1 7 15.Oliv. Bairro 10 1 4 5 16.Vitória Pico 10 1 2 7

GOLOS

PONTOS

EMPATES

Oliv. Bairro Monsanto Pampilhosa Ac. Viseu Marinhense Tourizense União Serra Esmoriz

DERROTAS

1 1 2 2 0 0 0 0 3 1 0 0 (adiado) 1 0

JOGOS

Praiense Arouca Operário Mafra Sertanense Tondela Vitória Pico Eléctrico

VITÓRIAS

Cartão Vermelho Em nove jornadas o Nelas ainda não sabe o que é vencer. A difícil situação em que se encontra o clube tem se reflectido na época da equipa sénior do clube. As derrotas por números tangenciais não deixam dúvidas: falta qualquer coisa para se chegar à vitória. Derrotas com sabor a vitórias morais não existem. A rever

Classificação

10ª jornada

15-8 21 17-5 20 10-7 17 10-10 16 9-7 15 9-8 15 9-9 15 13-11 13 6-5 13 8-6 12 8-9 12 9-12 12 9-11 11 12-18 10 7-14 7 7-18 5

foi possível. Num terreno difícil, que não deixou as equipas jogar futebol, prevaleceu a vontade e entrega dos jogadores. O jogo foi mais “disputado” que bem jogado, ainda assim com algumas oportunidades de golo repartidas, mas onde o Tourizense acabou por ser mais perigoso. Bruno Sousa esteve perfeito na baliza do Tondela. O empate acabou por ser um resultado justo, que terá agradado mais ao Tourizense. Satisfação visível na forma como festejaram ao apito final do jogo. Saíram de Tondela com a liderança segura, e ainda beneficiaram dos resultados da concorrência para ficarem mais folgados na frente. Menos mau tam-

bém para o Tondela, que continua a ser, para já, o principal adversário do Tourizense. Quanto ao Académico de Viseu, regressou com um ponto da deslocação a Mafra. Um empate sem golos, e mais um ponto para o Académico de Viseu. Os academistas à procura de pontos para fugirem, rapidamente, dos lugares mais incómodos da classificação, por onde se vão mantendo nas últimas jornadas. Uma injecção de auto-confiança que a equipa bem precisa. Segue-se o Sertanense, e o Académico está quase obrigado a ganhar. Até porque a seguir há uma visita a Tondela, onde deverá ir sem Ruben, expulso em Mafra Gil Peres

Carvalhais Campia Lamelas C. Senhorim Tarouquense Molelos Sátão Santacomba

2 1 3 1 2 0 2 2

0 GD Parada 0 Mortágua 0 Sp. Lamego 1 Paivense 2 Moimenta B. 1 Sampedrense 0 Oliv. Frades 0 Lusitano

Classificação GOLOS

Tondela ∑ Empate frente ao líder, Tourizense Académico∑ Um ponto em Mafra

10ª jornada

PONTOS

Em jogo de “lotaria” só saíu a terminação

DIVISÃO DE HONRA - ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL DE VISEU

EMPATES

II Divisão Nacional - Série Centro

DERROTAS

Cartão FairPlay Dois clubes com historial no futebol distrital. Este ano, a par do Oliveira de Frades, apresentam-se como as equipas mais fortes e estão a fazer um campeonato bastante regular. O Mundo não acaba manhã e as carreiras das equipas são feitas durante muitas jornadas, mas a estabilidade é a melhor forma de se alcançarem resultados. Sampedrense e Santacombadense estão numa posição de realce, e com justiça.

A Relvado encharcado prejudicou as duas equipas

JOGOS

Sampedrense e Santacomba Futebol Distrital

Gil Peres

Cartão FairPlay F o r m a d o n o Mangualde e CAF, fez 22 anos esta semana, e foi titular em Mafra. Os treinadores passam mas Calico vai-se fixando na equipa academista, sendo uma referência para os jovens atletas da formação nos clubes distritais. Parabéns Calico.

VITÓRIAS

Calico Académico de Viseu

1.Sampedrense 10 6

3

1

13-5

21

2.Sátão

10 6

2

2

13-9

20

3.Oliv. Frades

10 6

2

2

19-9

20

4.Santacomba 10 6

1

3

17-9

19

5.Lusitano

10 5

2

3

15-12

17

6.Lamelas

10 4

3

3

17-10

15

7.Carvalhais

15

10 4

3

3

9-11

8.Tarouquense 10 4

3

3

13-13

15

9.Sp. Lamego

10 4

2 4

13-15

14

10.C. Senhorim 10 3

4 3

10-10

13

11.Campia

10 3

2

5

14-18

11

12.Molelos

10 3

1

6

15-23

10

13.M. Beira

10 2

3

5

15-19

9

14.GD Parada

10 2

3

5

9-15

9

15.Mortágua

10 2

1

7

13-21

7

16.Paivense

10

3 6

6-12

6

11ª jornada -

1

(13/12/09)

Carvalhais

-

Campia

Mortágua

-

Lamelas

Sp. Lamego

-

Canas Senhorim

Paivense

-

Tarouquense

Moimenta Beira -

Molelos

Sampedrense

-

Sátão

Oliv. Frades

-

Santacombadense

GD Parada

-

Lusitano


MODALIDADES | DESPORTO 17

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

Andebol - II Divisão Nacional

Esgrima

Videira sexto em Dublin

A Atirador viseense a subir de forma Publicidade

Joaquim Videira terminou na sexta posição a participação no Torneio Satélite de Dublin 2009. Numa prova onde participaram 39 atiradores em representação de oito países, o atirador viseense confirmou o seu ascendente de forma, depois de, há duas semanas, ter alcançado um pódio numa prova semelhante em Oslo. Na capital irlandesa, Joaquim Videira venceu a qualificação, somando ainda mais cinco vitórias em seis possíveis na segunda ronda de poules. O viseense eliminou depois o italiano Francesco Leoni no quadro de 32, seguindo-se Pedro Arede no quadro de 16, cedendo apenas frente a

Michele Bino (Itália) nos quartos-de-final, terminando assim a sua participação. na sexta posição, numa competição que foi ganha por outro atirador português, João Cordeiro. Quanto ao pódio que conqu i stou em O slo, Joaquim Videira somou os dois primeiros pontos para o Ranking Mundial FIE na temporada 2009/2010. Foi uma medalha de Bronze no Torneio Satélite de Oslo, conseguida após as duas rondas de poules. No acesso à final, def rontou o nor ue g uê s Claus Moerch, e foi derrotado, ficando no entanto mais um pódio na sua carreira e perspectivas positivas para o resto da temporada. GP Publicidade

AC Lamego voltou a perder Derrota frente ao Santo Tirso, mas com queixas da arbitragem. No jogo em que a sua equipa perdeu por 29 - 31, o treinador do Andebol Clube de Lamego afirmava no final: “Infelizmente os árbitros não nos deixaram ganhar o jogo”. Marco Rodrigues queixou-se

de dualidade de critérios na marcação de livres de sete metros e ainda ter sido expulso apenas porque, considera, deu razão ao arbitro por lhe ter dado o primeiro amarelo. Com esta derrota, o Lamego manteve o oitavo, e ante-penúltimo lugar. GP

Futsal - Taça de Portugal

ABC de Nelas não resistiu ao AMSAC Sem surpresa, o ABC de Nelas despediu-se da Taça de Portugal, em futsal. Resistiu até à terceira eliminatória, onde era a única equipa do distrito ainda em competição. Caíu aos pés do AMSAC, forte formação da II Divisão Nacional, onde lidera

a série B, só com vitórias, sendo uma das principais candidatas à subida de divisão. Para a história, fica o resultado de 1 - 6, favorável aos forasteiros, e a consciência do dever cumprido. Agora é tempo de pensar na manutenção no Nacional. GP


18 DESPORTO | MODALIDADES

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

Futsal - Campeonato Nacional

III Divisão Nacional

Só o Nelas voltou a não pontuar

Viseu Futsal mais perto da frente Uma vitória na Póvoa de Varzim, no pavilhão do Juvenorte (4-6), permitiu ao Viseu Futsal colar ao Sporting de Braga, com quem partilha o terceiro lugar com 16 pontos, menos dois que o Rio Ave que é segundo, e a cinco do Módicus que continua líder na série A da II Divisão Nacional. Um triunfo a confirmar a subida de produção da equipa, e numa semana marcada pela “dispensa” de Vítor Pais, justificada pelo responsáveis do clube como resposta a “uma atitude irreflectida do jogador no jogo com o Boavista”, aliada à sua pouca utilização.

Balsa Nova continua sem ganhar. Na III Divisão, série B, a jornada ficou marcada pelo empate que o ABC de Nelas conseguiu no recinto do Covão Lobo (44). Um excelente resultado para os nelenses, no recinto de uma das equipas mais fortes da série, e que serve em pleno as pretensões do ABC na luta pela manutenção nas competições nacionais. Manutenção que começa a ser miragem para a Balsa Nova. Nove jogos, nove derrotas. Desta vez (4-1) no campo do Alfarelense, que era o penúltimo classificado. GP

Futebol Feminino - I Divisão

Nova vitória para o Escola FC

A Manuel Fernandes sem sofrer golos na vitória do Mangualde em Castelo Branco

Cinfães S. J. Ver Sp. Mêda Milheiroense Oliv. Douro Candal

(13/12/09)

-

Penalva C. Coimbrões Sanjoanense Cesarense Fiães Avanca

1.Coimbrões 2.Fiães 3.S.J. Ver 4.Oliv. Douro 5.Avanca 6.Candal 7.Cinfães 8.Cesarense 9.Penalva C. 10.Milheiroense 11.Sanjoanense 12. Sp. Mêda

17-6 16-13 16-11 15-14 13-12 13-8 17-16 11-13 11-11 11-18 13-22 8-17

17 16 16 14 14 14 13 11 11 8 6 6

10ª jornada Penamacorense Nelas Alcains Mangualde Anadia Tocha

F. Algodres Nelas Alcains Mangualde Anadia Tocha

(12/12/09)

-

F. Algodres Gândara Sp. Pombal Sourense B.C. Branco Vigor Mocidade

1.Sourense 2.Anadia 3.Sp. Pombal 4.F. Algodres 5.Mangualde 6.Gândara 7.Tocha 8.BC Branco 9.V. Mocidade 10.Penamacor 11.Nelas 12. Alcains

9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9

6 3 0 5 2 2 5 2 2 4 2 3 4 2 3 3 4 2 4 1 4 3 3 3 3 2 4 1 5 3 0 3 6 0 3 6

GOLOS

o 0 0 2 0 2

12-6 11-6 11-8 9-8 12-10 15-12 12-10 14-15 10-10 8-12 6-14 5-14

PONTOS

Classificação o 1 1 0 2 1

EMPATES

Gândara Sp. Pombal Sourense B.C. Branco Vigor Mocidade Penamacorense

DERROTAS

GOLOS

4 5 0 5 1 3 5 1 3 4 2 3 4 2 3 4 2 3 3 4 2 3 2 4 2 5 2 2 2 5 1 3 5 1 3 5

PONTOS

9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9 9

DERROTAS

JOGOS

10ª jornada -

1 Penalva C. 2 S. J. Ver 2 Sp. Mêda 1 Milheiroense 3 Oliv. Douro 0 Candal

EMPATES

Classificação 1 2 1 3 3 1

Na série C, o Cinfães venceu em casa o Candal (1-0) e estabilizou no meio da tabela, com 13 pontos, apenas menos 4 que o líder, o Coimbrões, formação onde o Penalva do Castelo conseguiu um bom empate. Um resultado positivo que poderá estabilizar, emocionalmente, uma equipa que vem tardando em aliar os resultados ao futebol que é capaz de apresentar. Segue-se um derbi distrital, com o Cinfães a receber o Penalva. GP

III DIVISÃO NACIONAL - SÉRIE D

9ª jornada

VITÓRIAS

Coimbrões Sanjoanense Cesarense Fiães Avanca Cinfães

Z

III DIVISÃO NACIONAL - SÉRIE C

9ª jornada

mo desafio, em casa com o Gândara, equipa do meio da tabela, poderá ser muito importante na definição do futuro da equipa. Ainda na série D, destaque para a importante vitória conseguida pelo Mangualde em Castelo Branco (0-2). Três pontos preciosos para as contas da equipa. Subiu ao quinto lugar, apenas com menos três pontos que o Anadia, actual segundo classificado. Na próxima jornada, a formação de Jorge Valente recebe o líder, o Sourense.

JOGOS

Z

da pelo viseense Totá, antigo treinado do Sporting da Mêda. Desta vez, em Pombal, mais uma derrota pela margem mínima. Certo é que com a primeira volta perto do final, faltam apenas duas jornadas, o Nelas ocupa o incómodo penúltimo lugar na série D. Mais do que a posição, a escassez de pontos - apenas três - deixa pouca margem de manobra para o futuro. Pontos precisamse, e urgentemente, ou o regresso aos distritais poderá ser uma inevitabilidade a curto prazo. O próxi-

VITÓRIAS

Vitórias de Cinfães e Mangualde, empate do Penalva no campo do líder, e mais uma derrota do Sport Lisboa e Nelas, marcam mais uma jornada na III Divisão Nacional de futebol. Não há maneira dos nelenses acertarem com o caminho das vitórias para o campeonato, e o início de época, quando afastaram o Anadia na Taça de Portugal, até augurava coisas positivas para a equipa. Três empates e seis derrotas marcam o percurso da equipa agora orienta-

21 17 17 14 14 13 13 12 11 8 3 3

A “Chica”, capitã do Escola FC marcou ao Cadima Dez jogos, nove vitórias, apenas uma derrota, é um registo brilhante do Escola FC no Campeonato Nacional da I Divisão - Feminino. A formação de Molelinhos entrou na segunda volta do campeonato da mesma forma que terminou a primeira, a vencer. Depois de uma excelente vitória (0-1) no campo do Boavista, a formação do Escola ganhou ao Cadima. Numa tarde de autêntico Inverno, e num campo muito enlameado, o Escola venceu por 3 a 1.

Uma vitória que começou a desenhar-se aos 75 minutos, com um golo de Sandrine. No minuto seguinte, Chica fez o dois a zero e praticamente sentenciou a partida. Aos 87 o Cadima ainda reduziu, mas respondeu a formação da casa com novo golo, por Noémia, aos 89 de jogo. Com este triunfo, o Escola continua, isolado, no segundo lugar, com menos três pontos que o 1º de Dezembro, líder isolado, e a única equipa que esta época conseguiu vencer a formação de Molelinhos. GP


ESTE SUPLEMENTO LEMENTO É PARTE INTEGRANTE NTEGRANTE DO SEMANÁRIO ANÁRIO

JORNAL DO O CENTRO, EDIÇÃO 404 DE 11 DE DEZEMBRO EMBRO DE 2009 E NÃO PODE SER VENDIDO ENDIDO SEPARADAMENTE AMENTE E.

Já escreveste a tua carta? Não percas mais tempo, recorta esta carta, pega numa caneta e escreve nela o que mais gostavas que o Pai Natal te trouxesse este ano. Depois é só metê-la no marco de correio e esperar que chegue o grande dia.

» A opinião dos especialistas | pág. 2

» Notícias

| pág. 3

» Passatempos

| pág.3

» Sugestões de leitura | pág.3 » Perguntas frequentes... Publicidade

| pág.4

Dezembro 2009 • Nº 16


2 Dezembro 2009

Tema do mês

NATAL

A opinião dos especialistas 1 - Que conselhos davas ao Pai Natal? 2 - Como se veste o Pai Natal? 3 - Que cuidados deve ter o Pai Natal ao andar na estrada? 4 - O que dirias ao Pai Natal quando ele distribui as prendas? Francisca Duarte, 7 anos 1 - Conseguir a paz no mundo. 2 - Deve vestir de vermelho. 3 - O Pai Natal deve andar devagar com as renas para não cair ao chão. 4 - Dizia-lhe para dar muitos brinquedos aos outros meninos do mundo inteiro. 5 - Não deve comer muitos doces senão ainda fica mais gordo. 6 - A escola Nenuco. 7 - Recebam muitas prendas. 8 - Gosto da alegria e da amizade.

5 - Que cuidados deve ter o Pai Natal com os doces? 6 - Se pudesses escolher só um brinquedo qual era? 7 - Que sugestões dás às pessoas neste Natal? 8 - O que mais gostas no Natal?

Beatriz Lima, 6 anos 1 - Para ele não comer muitos doces e que tenha um Natal feliz. 2 - De vermelho com botas pretas e gorro vermelho. 3 - Não andar muito depressa e só passar com o sinal verde. 4 - Dá prendas a todos os meninos 5 - Não comer muitos doces porque está muito gordo 6 - Um jogo para a playstation 7 - Para ter um feliz Natal e que recebam muitas presentes. 8 - De receber prendas.

Tomás Nunes, 8 anos 1 - Perguntava-lhe quanto tempo demora a entregar as prendas. 2 - De vermelho, pelos de algodão brancos e chapéu vermelho. 3 - Não bater e para isso andar à velocidade que pode. 4 - Não estragar nada, não comer nada que esteja na mesa. 5 - Não comer muito para não ficar gordo. 6 - Jogo dos macacos. 7 - Feliz Natal 8 - Bolos, comida, a família e claro está, abrir as prendas.

Paulo Costa, 9 anos 1 - Gostava de lhe perguntar se ele gosta do trabalho dele 2 - Camisola vermelha, calças vermelhas, gorro vermelho e botas pretas. 3 - Respeitar os sinais e andar devagar. 4 - Não partir e não estragar nada. 5 - Comer um doce por semana. 6 - Monopoly City. 7 - Feliz Natal e bom ano-novo. 8 - Prendas e brincadeiras.

Francisca Cardoso, 9 anos 1 - Dizia-lhe para não comer muitas goluseimas e para não me dar só presentes a mim, mas também às outras crianças, especialmente às mais pobres. 2 - De vermelho com barbas compridas e brancas. O Pai Natal tem óculos, botas pretas e um gorro vermelho. 3 - Não deve andar muito depressa com as renas, parar no sinal vermelho e ter cuidado com as pessoas que atravessam a estrada. 4 - Para dar mais presentes às crianças pobres, aquelas que não têm casa nem comida. 5 - Não deve abusar para não ficar gordo, mesmo assim pode comer um doce por ano e fazer muita ginástica. 6 - A carteira da Pucca. 7 - Que tenham um feliz Natal e para não se esquecerem que esta época não é só presentes é altura que também nasce o menino Jesus. 8 - Gosto de ir à missa do Galo, estar com a família e de receber prendas.

Carolina Neves, 6 anos 1 - Dizia-lhe para desejar a todos um bom Natal 2 - De vermelho, barbas brancas, um barrete, botas e cinto preto. O Pai Natal é gordo. 3 - Deve andar com cuidado na estrada e respeitar os sinais de trânsito. 4 - Para ele não se esquecer de distribuir prendas a todos os meninos. 5 - Não deve comer muitos doces porque se comer muitos fica com os dentes podres e as pessoas ficam gordas. 6 - A loja das Polly´s. 7 - As pessoas devem pensar mais umas nas outras, o Natal não é só prendas. 8 - Gosto das árvores de Natal enfeitadas.


3

Diversos Aconteceu

Fun Language festejou o Halloween

F

oi numa animada festa de Halloween, no dia 31 de Outubro que a Fun Languages reuniu os seus alunos, pais e amigos. O encontro decorreu no Hotel Príncipe Perfeito e fora daquele ambiente a que estás habituado de trabalho das aulas. Todos os participantes se caracterizaram a

Dezembro 2009

Passatempos

rigor como podes ver na foto, houve diversão, dança e claro a diversidade das línguas estiveram presentes toda a noite.

O Pai Natal perdeu os presentes. Ajuda-o a encontrar o caminho correcto até eles. No final aproveita e dá cor ao Pai Natal.

Halloween no Polar & Brincar

O

Halloween tam- e meninas que desfilaram e bribém deu que fa- lharam na passerelle. lar no Palácio do Gelo Shopping. O P0lar & Brincar e o Party Fiesta juntaram-se, reuniram cerca de 45 meninos

“Reino da Pupulândia”

N

a Livraria Municipal de Seia foi lançado o livro infantil “Reino da Pu-

pulândia”, de Joana Duarte. A partir do aniversário de Afonso, a Joana transcreve a história para o reino da pupulândia.

Qual o objecto que não faz parte do conjunto? Descobre-o e aproveita para pintares os desenhos.

Sugestão de leitura Sonhos de Natal Autor: António Mota Editor: Gailivro

A Charada da Bicharada Autor: Alice Vieira Editor: Texto Ed.

A Minha Primeira Sophia Autor: Fernando Pinto Amaral Editor: Publ. Dom Quixote

O Estranho Caso Jogos Olímpicos Stilton Autor: G. Stilton Editor: Editorial Presença

O Aniversário de Astérix e Obélix Autor: R. Goscinny Editor: Edições Asa

Sugestões com o apoio da Livraria Pretexto

Publicidade


4

Perguntas frequentes

Dezembro 2009

nseca nja da Fo iAna Gra tra, méd ia ed p to s Odon e criança d a st ti ca den

Sobre Odontopediatria

O

que é a Odontopediatria? É uma vertente/especialidade da medicina dentária dedicada para o tratamento de bebés, crianças e adolescentes. Muitos dos tratamentos são totalmente diferentes daqueles dos adultos e todos têm particularidades inerentes às características físicas e psíquicas da criança como o crescimento ósseo dos maxilares e do crânio, o processo eruptivo dinâmico da dentição, a presença de dentes de leite, as menores dimensões corporais e orais, doenças da infância, etc. Quando é aconselhável fazer a 1ª consulta ao médico dentista? O primeiro contacto da criança com o odontopediatra (médico dentista pediátrico)é de extrema importância! O ideal é que as primeiras consultas sejam agradáveis, iniciadas com familiarização do ambiente e do pessoal da clínica. Assim, a primeira consulta deverá ser entre os 6 meses e os 2 anos e meio, para que os pais fiquem devidamente informados quanto à higiene oral do seu filho nesta fase, evitando cáries precoces de infância, condição que poderá comprometer uma possível relação inicial positiva entre o odontopediatra e a criança. Publicidade

O que é um «dente de leite»? Dentes de leite também chamados de dentes decíduos são os primeiros dentes da criança, que começam a aparecer na boca normalmente por volta dos 6 meses de idade.

ficar retido e não erupcionar; - Prepara o caminho para a erupção dos dentes permanentes, mantendo espaço nos arcos dentários e equilíbrio harmónico no crescimento (dentes, ossos e músculos).

Qual a importância da primeira dentição? Apesar destes dentes serem temporários, eles são muito importantes e devem ser tratados com os mesmos cuidados dos permanentes: - Estimulam o crescimento do osso que dá suporte aos dentes (osso alveolar); - Por serem os dentes com os quais as crianças mastigam e se os mesmos se perdem muito cedo, a criança pode vir a ter problemas de digestão; - Contribuem para a estética da criança, o que embora possa não parecer importante, manter os dentes bonitos tem um grande valor psicológico para as crianças. Crianças esteticamente comprometidas têm muitas vezes dificuldades de comunicação e integração social; - Auxiliam na articulação das palavras. É importante no desenvolvimento da fonação, facilitando na pronúncia de fonemas tais como: t, v, f, z, s; - Servem de guia e mantêm o espaço apropriado para os dentes permanentes, uma vez que a perda de um dente de leite muito antes da época certa, leva ao encerramento do espaço e o dente permanente pode

Como em todas as alterações pediátricas, o tratamento precoce ou atempado é essencial para melhorar os resultados, a evolução e minimizar as eventuais complicações. Os bebés podem nascer com dentes? Sim, alguns bebés já nascem com dentes. Estima-se que um em cada dois mil recém-nascidos nasça com dentes, o que se extrapolarmos estes dados para Portugal teremos cerca de 50 recém-nascidos com dentes durante 1 ano. Geralmente, nascem com 2 dentes inferiores, na posição dos incisivos centrais. Quais as idades em que se verifica a erupção dentária nos bebés? Existe um padrão definido? Em geral, a erupção inicia-se por volta dos 6 meses e os primeiros dentes a romper costumam ser os incisivos centrais inferiores (a meio da gengiva de baixo), seguidos pelos incisivos centrais superiores. Posteriormente rompem os outros até completar a dentição decídua, composta por 20 dentes, até aos 3 anos.


D Presépios do Mundo

20

culturas expos LAMEGO ∑ Museu de Lamego Até dia 5 de Janeiro Exposição “Arte na Família Vouga - Portal que se abre ao progresso cultural” TONDELA ∑ Restaurante Novo Ciclo ACERT Até dia 31 de Dezembro Exposição “Obra Gráfica de Niklaus Troxler”

∑ Mercado Velho Até dia 23 de Dezembro Exposição “Um presente cheio de Natal” VILA NOVA DE PAIVA ∑ Auditório Municipal Até dia 31 de Dezembro Exposição “Vistas do Alto Paiva”, da autoria de Marcos Medalon VISEU ∑ Galeria António Henrique Até dia 17 de Janeiro Exposição “Mod-Rw-céus” de Pedro Calapez

∑ Museu Grão Vasco Até dia 3 de Janeiro Exposição “Arte poder e religião nos tempos medievais A identidade de Portugal em construção” ∑ Galeria IPJ Até dia 31 de Dezembro “Juntos pela diversidade, diferenciados pela Arte”

O auditório Municipal de Vila Nova de Paiva exibe, até dia 30 de Janeiro, a exposição “Presépios do Mundo”. A mostra é composta por 102 presépios cedidos por Célia Nunes.

Arcas da memória

Destaque

David Fonseca apresenta novo álbum em Viseu Concerto∑ Num registo de proximidade cantor actua na FNAC Composto e escrito por David Fonseca, “Between Waves” marca o regresso do cantor natural de Leiria aos palcos nacionais. David Fonseca apresenta o seu último album na FNAC do Palácio do Gelo, amanhã, dia 12 pelas 17h00. O cantor apostou numa divulgação junto dos fãs, tendo para isso criado um showcase acústico que tem apresentado em todas as FNACS de Portugal. “Between Waves” sucede ao platinado “Dreams in Colour”, no qual “A Cry for Love” é o single de estreia. O novo album, um pouco à semelhança de “Sing me Something New” marca o regresso do cantor à performance de praticamente todos os instrumentos in-

cluídos no disco: guitarra eléctrica e acústica, piano, bateria, baixo, sintetizadores, percussão. Para o autor, “Between Waves” é um disco de ressaca em relação a “Dreams in Colours”. Mas o ambiente festivo permanece neste novo álbum caloroso e optimista . Exemplo disso é single de estreia “A cry for

Ana Filipa Rodrigues

Exposição de Postais de Natal postal que será impresso e usado pelo Palácio do Gelo para envio de boas festas. O shopping pretende com esta iniciativa construir relações directas e profissionais com instituições de ensino, como forma de potenciar a criatividade e o empenho dos alunos através de actividades

roteiro cinemas VISEU

Love” A melancolia e demais subtilezas a que David Fonseca já habituou os fãs ficam-se no single “Between Waves”. David Fonseca é, actualmente, um dos maiores ícones da música portuguesa.

Teatro Alunos do 3.º ano do Curso de Artes Plásticas e Multimédia da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viseu expõem diversos postais de Natal no piso 0 do Palácio do Gelo. De entre os trabalhos apresentados, o Palácio do Gelo seleccionou um

Sessões diárias às 13h50,

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

(CB)

com impacto concreto em contexto real. Concerto. No dia 12, pelas 16h00, o Palácio do Gelo acolhe o concerto de Classe de Cordas e Guitarras e Orquestra de Guitarras do Conservatório Regional Dr. Azeredo perdigção.

O Soldadinho de Chumbo e a Bailarina (Para uma noite do tempo de Natal) Mais do que de guerra é uma história de amor a história aventurosa do soldadinho de chumbo que perdera uma perna em guerras antigas onde sempre se havia batido com valentia. Diz também a tal história que o soldadinho de chumbo ganhara grande paixão pela formosa e romântica bailarina que um dia conheceu, movimentava-se ainda na primeira fila das batalhas que o seu dono empreendia nas longas tardes de brincadeira. A bailarina assistia de longe e ficava surpresa, na leveza de um passo, ao reparar na coragem do soldadinho por quem se apaixonara de verdade. Quis a sorte que circunstâncias adversas tivessem separado a bailarina e o soldadinho. O soldadinho andou por longe, nem ele soube bem por onde, até que a fortuna de novo o conduziu à mansão antiga de onde nunca saira a bailarina. E ali ficou agora, meio esquecido, num ressalto da chaminé onde, no Inverno, ardia noite fora o lume da lareira. Viu, surpreendido, que ali estava também a bailarina. Reparou nela. Estava linda como dantes. Mas não teve coragem de falar-lhe, envergonhado com o estado do seu dólmen sem cor. A bailarina bem olhava de revés o soldadinho. Mas também ela não teve coragem

Sessões diárias 13h20 |

Os Irmãos Bloom

15h50 | 18h30 | 21h30

(M12)

FORUM VISEU

16h30, 19h00, 21h30

(LUSOMUNDO)

Terapia para Casais

Sessões diárias 13h40,

Uma Aventura na Casa

Sessões diárias às 13h40 |

(M12)

17h00, 21h00

Assombrada

Sessões diárias às 13h50,

2012

(CB)

16h25, 19h00, 22h00,

16h20 | 18h40 Um Conto de Natal (Dob) (CB) (Digital) (3D) Sessões diárias às 14h30, 16h40, 19h30, 21h50 Playboy Americano (M16)

Sessões diárias às 14h00,

(CB)

17h00, 21h10

O Solista (M12Q)

PALÁCIO DO GELO

17h00, 21h00, 00h10 (6ª,

Nova (Digital)

(LUSOMUNDO)

Sab. e 2ª)

(M12)

Sessões diárias às 14h30 |

2012

Sessões diárias às 13h10,

16h40 | 19h10

(CB)

16h00, 18h50, 21h40

Um Conto de Natal (Dob)

15h20, 18h50, 21h20

(CB) (Digital) (3D)

Planeta 51

Antropólogo

de falar. Certo dia, ficara aceso no salão o lume da lareira sem que alguém andasse ali por perto, e como se tivesse ficado aberta uma janela soprou um vento forte que enredou as ligeiras vestes da bailarina e a fez cair, desamparada, à beira da fogueira. E o soldadinho logo que viu o fogo avançar nem se lembrou que o chumbo do seu corpo derretia e de um salto sobre o chão prendeu em seus braços os braços já a arder da bailarina. Foi então que entrou de repente no salão o menino que era o dono antigo das figuras de brincar. Viu logo o soldadinho que voltara abraçado à bailarina cujas sedas do vestido o fogo consumia. Já não pôde salvar o soldadinho que apertava em suas mãos o corpo já sem vida da amada. Só mais tarde, quando a fogueira se apagou, o menino da história de brincar reparou num pequeno coração feito de chumbo que achou. Levantou-o com a mão e guardou-o num desvão da chaminé. Só ele sabia agora, e não contou, a história linda que guardava aquele pequenino coração. E nunca mais esqueceu essa leda história que aconteceu, vai muito tempo, numa certa Noite de Natal.

Estreia da semana

00h20 (6ª, Sab. e 2ª) Sessões diárias às 13h40,

A Saga Twiligth: Lua

Sessões diárias 13h20,

Alberto Correia aierrocotrebla@gmail.com

A Saga Twiligth: Lua Sessões diárias 14h00,

Nova

16h10, 18h20, 21h10

(M12)

Os irmãos Bloom Adrien Bro-

dy e Mark Ruffalo são os irmãos Bloom, dois grandes vigaristas que passam a vida a dar golpes em milionárias solitárias. Ao conhecerem uma jovem linda, excêntrica e herdeira de uma grande fortuna (Rachel Weisz), decidem que darão um último golpe.


Boas Festas

Jornal do Centro

11 | Dezembro | 2009

2 21


D Concerto de Solidariedade

22

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

O grupo Musical ÉME & ÉME e a autarquia de Sátão organizam, no dia 12, um concerto solidário, cujo objectivo é a angariação e recolha de brinquedos novos e usados que serão entregues às crianças mais carenciadas do concelho de Sátão. O concerto realiza-se no cine-teatro, pelas 21h00.

agenda cultural fnac Destaque

Variedades

Ferstival de Animação

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA PREVENÇÃO E SEGURANÇA RODOVIÁRIA ∑ De 06/12/09 a 05/01/10 António Júlio Duarte, formado no Ar.co em Lisboa, tem exposto diversos trabalhos, individuais e colectivos. É membro do júri do Prémio Novo Talento Fnac Fotografia desde 2007. As fotografias da série Arena #1-Antes do Combate foram captadas, durante o ano de 2006, na Arena de Matosinhos. EM CONCERTO DAVID FONSECA BETWEEN WAVES ∑ Sáb 12 Dez 17h00 Between Waves, é o novo disco de David Fonseca sucedendo a Dreams in Colour.Composto e escrito na íntegra por David Fonseca, este novo disco marca o seu regresso. Um álbum para ouvir ao vivo no fórum Fnac. EM CONCERTO OIOAI PELA PRIMEIRA VEZ ∑ Sáb 12 Dez 22h00 O Fórum Fnac apresenta

FORUM MIÚDOS OFICINAS DE NATAL ∑ Dom 13 Dez 11h30 O Fórum Miúdos é palco onde giram actividades artísticas para miúdos e graúdos. O Pai Natal , Duendes, Bolas e estrelinhas, são tema para as histórias divertidas, músicas para cantar, magias que encantam, brincadeiras e objectos para experimentar que o Gira Sol Azul tem para apresentar!

Ana Filipa Rodrigues

os oioai, no lançamento do segundo álbum de originais, intitulado, Pela Primeira Vez.

LANÇAMENTO LIVRO PÁGINAS LENTAS 2 UM LIVRO PELO COLECTIVO GICAV ∑ Dom 13 Dez 15h00 O Pedro, a Carla, a Ana, a Lucia, o José, a Rita, o Carlos, a Sandra e o Sandro, a Antonieta, o Rui, a Filipa, o outro Pedro, o Dionisio, a Francisca, o Paulo, o Fernando, a outra Ana, a Claudia e o Ricardo gostam de escrever. E escrevem. o GICAV convidou-os (20 escritores) a participar no Páginas Lentas no ano que a Associação celebra 20 anos. E assim acontece este projecto. Páginas Lentas 2. Uma colectânea de textos de escritores de Viseu.

cartaz fim-de-semana

A Responsáveis do projecto editorial e autora do livro “Geografias do Quotidiano”

Presença dos judeus em Viseu publicada em livro Cultura∑ Novo projecto editorial edita investigação de Teresa Cordeiro A presença dos judeus na cidade de Viseu é o tema do segundo livro que o novo projecto editorial da empresa Arqueohoje e da Loja Empório vai editar no próximo ano. A obra será da autoria de Teresa Cordeiro, investigadora especializada em assuntos relacionados com o judaísmo. Dar a conhecer a investigação académica sobre Viseu e o distrito é o principal objectivo do projecto

editorial apresentado em Dezembro. O anúncio da publicação da investigação de Teresa Cordeiro foi feito durante a apresentação do livro “Geografia do Quotidiano - A cidade de Viseu no século XVI” de Liliana Castilho. A investigação foi realizada por Liliana Castilho, formada em História de Arte, no âmbito da sua tese de mestrado, na Faculdade de Letras no Porto. “É um processo gratifi-

cante saber as funções das praças, tentar fazer o tempo recuar. Partir do que é visível e tentar perceber o que existia no século XVI”, sublinhou a autora durante a apresentação. O segundo livro da responsabilidade Arqueohoje/ Empório será publicado em meados de de 2010. Para já a organização ainda não definiu uma data certa. Ana Filipa Rodrigues Ana.rodrigues@jornaldocentro.pt

LAMEGO

Teatro

∑ Teatro Ribeiro Conceição | Dia 12 pelas

Ópera cómica no Teatro Viriato

21h30 Peça de Teatro “Numeio” VISEU

∑ Pousada de Viseu| Dia 12 Jantar degustação seguido de História de Fados por Vicente e José da Câmara.

∑ Arte G - Galeria de Arte| Dia 11, pelas 18h30 Inauguração da exposição “Apontamentos”, um trabalho de pintura e escultura colectiva

Três actos de uma ópera cómica é o que apresenta o espactáculo “La Sipnalba ou o velho doido ( La Sipnalba ovvero il vecchio Matto) que, amanhã, dia 12, sobe ao palco do Teatro Viriato. A ópera escrita por Francisco António de Almeida chega ao Viriato pelo grupo Músicos do Tejo, um projecto musical fundado por Marcos Magalhães e Mar-

ta Araújo. O grupo dedica-se à música do período entre os séculos XVI e XVIII. O objectivo do projecto é potenciar a maturidade que o movimento da música antiga em instrumentos originais está a alcançar em Portugal. O grupo pretende ainda dirigir essa música antiga para um trabalho livre de fórmulas já garantidas. O director musical, Marcos

Magalhães, refere que a ópera “Spinalba” de Francisco António de Almeida é uma obra-prima do património português que capturou forças criativas de grande liberdade e fulgor. “Sipnalba” insere-se no contexto artístico do estilo napolitano pois, segundo Marcos Magalhães, sofre a influência da energia e novidade da ópera feita em Nápoles.

Ruizinho. Aberto todos os dias até às 04h00. Reitoria Café-bar, música ambiente, jogos. 2ª a 6ª das 12h00 às 03h00 e Sábados e Domingos das 20h00 às 03h00 Ritual Celta Bar Música ambiente • Variedade de Cervejas

The Brothers - Coffe bar Music Live-Whine Bar - Tapas & Cª - Sports Bar Rua da Paz nº 20 - Viseu Winebar Música ambiente, aberto até às 02h00, ecrã gigante e jogos. Francesinhas e outros pratos. Largo da Prebenda, Junto à antiga GNR - Viseu

O C i n e C lu b e d e Viseu exibe, no dia 15, uma selecção de filmes premiados e que integram o Cinamina – Festival Internacional de Cinema de Animação, que decorre em Espinho. O Cinamina realiza-se em Espinho desde 1976, o que o torna um dos mais antigos festivais deste tipo de cinema em todo o mundo. Em 2009, o festival premiou filmes com técnicas variadas que vão desde do 2D/3D às sombras chinesas, recortes e marionetas. O Cine Clube de Viseu exibe, no Instituto Português da Juventude, pelas 21h45, animação do Reino Unido, Holanda, Portugal, França.

Inscrições para cursos de arte A Expressart – Escola d’Artes em Santa Comba Dão abriu as inscrições para os workshops, oficinas, ateliers e aulas que irá desenvolver em 2010. Este espaço dedicado às artes foi criado pela autarquia no espaço da antiga Escola primária n.º1. O objectivo da nova infra-estrutura é constituir “um local de encontro alternativo, num ambiente artístico, em que os amantes da arte se sintam no seu espaço de eleição e no qual impere a criatividade”.

roteiro bares&discotecas Viseu Bar da Academia Música ambiente Bar Puro Espaço tranquilo para uma boa conversa entre amigos. Jazz clássico e contemporâneo. Marzovelos - Viseu Eça de Queirós Bar Música ambiente, promoções, festas, petiscos. Domingos e feriados abertos

das 20h00 às 02h00. Factor C Bar dançante, aberto das 23h00 às 04h00. Música Pop-Rock e música alternativa na noite de Viseu Hangar, Club Sextas, Ladies Night. Quartas, Noites Academicas Maionese Música ambiente Fast-food - Snooker

NB Club Discoteca Aberto 3ªs, 5ªs, 6ªs e Sábados das 21h00 às 06h00. Obviamente Bar Emissão do Sofá:5 By: Paulo Sebastião & Gabriel Mendes. Música e bom ambiente até às 04h00. Palha D’aço 11 Dezembro, Red Carpet. DJ

19x Bar esplanada, música ambiente. Aberto 6ªs e Sábados e vésp. de feriado. 21h00 às 04h00. Para aderir a este roteiro ligue para o Jornal do Centro: 232 437 461


Boas Festas

Jornal do Centro

11 | Dezembro | 2009

2 23


24

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

viseu antigo OPINIÃO

A IMPRENSA EM M VIZEU VIZEU

D. Beatriz Pinheiro de Lemos (XVI) Humberto Liz

Paulo Bruno Alves paulobruno@iol.pt

Termino com a transcrição do segundo artigo da autoria de Beatriz Pinheiro, subordinado ao tema “A Questão Feminina” publicado no semanário republicano dirigido e propriedade de José Perdigão: Toda a gente, mesmo a de mediana illustração, sabe que isto assim é, todos são concordes, á parte alguns ingenuos e alguns ignorantes, no fracasso d´estas educações de que a maioria se ri á sucapa e que se usa classificar, pomposamente de educações completas. Completas e acabadas sel-o-hão, realmente, mas é no vasio e na inanidade que as reveste- não instruindo a mulher nem lhe incutindo gosto por se instruir, e deixando-a na ignorancia dos seus trabalhos proprios de dona de casa e de mãe de familia que virá a ser, desgostandoa mesmo d ´esses trabalhos bastantes vezes. Todos acordam n´isto: e todos não obstante continuam enviando as filhas para esses collegios, uns para não irem contra o habito, contra a rotina, outros por não saberem que melhor educação lhe hão-de fornecer, e muitos outros ainda, principalmente da classe a que usam chamar baixa burguesia- por espirito de imitação, por snobismo dos mais ridiculos- com a ideia de que as elevam e aristocratisam, pondo-as n´um pé de egualdade com as filhas das classes mais elevadas; se quer muitas vezes para poderem alardear vaidosamente que a sua menina foi educada com a menina do conde Fulano, com a menina do marquez Cicrano … E enternecidamente recontemplarão os dois ou tres quadradinhos que a menina trouxe do collegio- noventa e nove vezes por cento pintados pelas mestras e

assignados por ella- secreta consolação da falha que o collegio lhes deixou nas economias- unica realidade positiva d´esta especie de educação. Ora esta educação, assim ministrada para fabricar figurinos de sala, sem nenhum alto intuito a norteala, por creaturas cujo espirito está atrasado de seculos do espirito do seculo actualsantas creaturas, que para conquistar o ceo, vão procurando assenhorear-se disfarçadamente da terra-esta educação que não é mais que um estimulante da frivolidade, da vaidade, do fingimento, muito pouco concedendo á realidade e tudo ás apparencias, esta educação não pode bastar nem convir á mulher de hoje, á mulher que a sociedade hoje precisa urgentemente para se reformar e transformar. Educação conventual ou similar á dos conventos, se em outros tempos, e para um certo meio, pôde, se bem que mal, satisfazer, hoje não póde de modo nenhum corresponder ás novas e complexas necessidades do momento actual, ás rasgadas e luminosas aspirações do futuro, em que a sua situação terá que transformar-se sob o ponto de vista economico, social e politico. Depois, e sobretudo, a mulher é a educadora dos seus filhos, é, pelo menos, quem l he i nc ute a s pri mei ras ideias e lhe inocula os primeiros sentimentos, quem lhe esboça e quem lhe affeiçôa o caracter, emfim: -da creança, que ao seio alimenta num radioso enlevo de todo o seu ser, fazendo surgir o homem, que será depois, no mundo, uma força social, um elemento de progresso e de civilisação. E deveria ser ella sempre tambem, quem, mais tarde, lhe abrisse os olhos para a vida, fazendo-o comprehender a sociedade, inspirando-

lhe nobres sentimentos de abnegação e de sacrificio, os altos e luminosos ideaes que o norteariam pela vida fóra, na sua collaboração harmónica com os outros homens a bem da da patria e da humanidade. Mas, como ha de ella satisfazer a esta complicadissima tarefa, se ninguem orientou a sua intelligencia na comprehensão do momento actual, ninguem guiou os seus olhos inexperientes a olhar e a ver para alem de limitados horizontes, e ninguem, jamais, despertou o minimo impulso de interesse, de admiração, de enthusiasmo na sua alma, por tudo o que ha de bello, de grande e de generoso na vida dos povos e na historia da humanidade? Não. Esta mulher, assim educada, não fará dos seus filhos cidadãos livres d´uma patria livre, mas escravos, escravos como ella, tudo esperando do suborno, da corrupção geral e da propria subserviencia e da subserviencia alheia. Não poderá instigal-os a trabalhar, não saberá aconselhal-os prof icuamente a estudar, porque ella não comprehende e não pode portanto fazer-lhes comprehender que um homem tudo deve esperar e obter de si proprio, da sua propria actividade e do seu esforço, da sua iniciativa. Dependente e subserviente ella propria, á sua imagem e semelhança os cria: fal-os dependentes e subservientes como ella. E d´ahi esta dissolução geral, esta sociedade em liquidação, em que um rei, do alto d´um throno, não hesita em declarar que só um homem de caracter se lhe depara. E esse homem équem?-um heroe, um estadista, um sabio, um intellectual ao menos? nada d´isso: apenas … João Franco. É preciso, pois , refundir a educação da creança em no-

vos moldes. Mas para isso é mister primeiro acabar com esta educação, insufficiente, rotineira e impropria da mulher. Para obtermos uma geração viril, generosa e industriosa, de sangue vivo e de álma ardente, trabalhando pela renovação social do seu paiz com uma fé profunda, a fé que cria os heroes e que assegura os amplos e radiosos triumphos, preciso é educar primeiro a mulher d´uma forma diversa, muito diversa da actual. Fazel-a o que agora ella só é por excepção, e é preciso que seja na generalidade- a grande, a sublime mãe futura, não já só de heroes, de sabios e de artistas, mas de homens de recto pensar e de alto sentir, conscientes do seu destino e para esse destino trabalhando seguros, conjugando talentos e energias,- todo o fogo dos seus sentimentos e todo o esforço das suas faculdades. BEATRIZ PINHEIRO in “ A Beira” Nº 98, de 26 de Maio de 1908.

A José Perdigão

A Greve Académica de Coimbra – III Concluímos, com o presente artigo, a análise que A Folha, o primeiro jornal diocesano de Viseu, (1901-1911) fez sobre a «Greve Académica de Coimbra» de 1907. Depois de o governo de João Franco ter sido intimado a resolver a situação – muito por força do impacto que a greve teve na Imprensa – os estudantes de Coimbra foram regressando às aulas e até foram expulsos alguns alunos acusados de estarem, por detrás da greve. A Imprensa Católica defendera que um grupo de estudantes estaria a provocar a greve segundo as orientações recebidas no exterior e acusava a Imprensa afecta aos republicanos de estar a fazer um aproveitamento político da situação O caso foi sendo mastigado a seu bel-prazer pela Imprensa em geral que enchia páginas de jornais, sempre que algo de novo sucedia. A Folha ia cumprindo o seu papel, fazendo a reportagem dos acontecimentos, sempre com o espírito de ver acabada esta greve, com a qual não concordava. A greve às aulas fazia-se e só os militares estavam presentes – por força do cumprimento da Lei – mas essa atitude não manifestava a totalidade dos estudantes de Coimbra. Só dois meses depois, foi possível apresentar uma proposta de solução da crise que, segundo A Folha passava por «(...) mandar requerer actos até um certo dia a todos os estudantes que a elles desejassem concorrer, e depois marcar um certo periodo de tempo no qual se fariam cursos livres, para recapitulação das materias dadas...». Mas esta situação mais não era do que «(...) um symptoma denunciante da desorganização e indisciplina que ha alguns anos a esta parte se observa em todos os institutos escolares». Para o jornal, esta era uma razão, se não a razão da crise que se vivia em Coimbra. De qualquer forma, a greve estudantil foi resolvida e os alunos puderam regressar às aulas.


Boas Festas

Jornal do Centro

11 | Dezembro | 2009

N a Feliz t a l

2 25


26

Jornal do Centro

guia de restaurantes Mais em www.jornaldocentro.pt

11 | Dezembro | 2009 A página semanal “Guia de Restaurantes” é uma montra útil da variedade dos restaurantes da região, convidando os leitores a descobrirem sabores e iguarias em ambientes variados. Para a inclusão de novos restaurantes neste guia, pode contactar através do número de telefone 232 437 461.

VISEU

RESTAURANTE SANTA MARIA

Especialidades Cozido à Portuguesa, Picanha, Borrego Estufado, Bacalhau Santa Maria. Folga Quarta-Feira. Preço médio por refeição Desde 6,50 euros. Morada Avenida da Igreja, nº 989, Canas de Santa Maria, 3460-012 Tondela. Telefone 232 842 135. Observações Refeições económicas c/ tudo incluído – 6,50 euros; Refeições p/ fora – 5,50 euros.

RESTAURANTE O MARTELO

Especialidades Cabrito na Grelha, Bacalhau, Bife e Costeleta de Vitela. Folga Não tem. Morada Rua da Liberdade, nº 35, Falorca, 3500-534 Silgueiros. Telefone 232 958 884. Observações Vinhos Curral da Burra.

RESTAURANTE BEIRÃO

Especialidades Bife à Padeiro, Posta de Vitela à Beirão, Bacalhau à Casa, Bacalhau à Beirão, Açorda de Marisco. Folga Segundafeira (excepto Verão). Preço médio refeição 12,50 euros. Morada Alto do Caçador, EN 16, 3500 Viseu. Telefone 232 478 481 Observações Aberto desde 1970.

SÃO PEDRO DO SUL RESTAURANTE QUINTA DO MARQUÊS Especialidades Bacalhau

RESTAURANTE TIA IVA

c/ Natas, Rojões à Beirão, Vitela à Lafões, Tiramisú. Folga Domingo (Dezembro a Junho). Preço médio por refeição 10 euros. Morada Galerias Quinta do Marquês, 2º Piso, Fracção Z (junto ao Pav. Desportivo Municipal e Piscinas), 3660 S. Pedro do Sul. Telefone 232 723 815. Observações Refeições económicas (2ª a 6ª feira).

Especialidades Bacalhau à Tia Iva, Bacalhau à Dom Afonso, Polvo à Lagareiro, Picanha. Folga Domingo. Preço médio refeição 13 euros. Morada Rua Silva Gaio, nº 16, 3500-203 Viseu Telefone 232 428 761. Observações Refeições económicas ao almoço (2ª a 6ª feira) – 6 euros.

RESTAURANTE O PERDIGUEIRO

Especialidades Peixes Grelhados e ao Sal, Filetes de Polvo c/ Migas, Cabrito Assado à Padeiro. Folga Sábado. Morada Quinta do Galo, Lote B R/C Direito, 3500 Viseu. Telefone 232 461 805.Observações Aceita Multibanco.

RESTAURANTE O CAMPONÊS

Especialidades Nacos de Vitela Grelhados c/ Arroz de Feijão, Vitela à Manhouce (Domingos e Feriados), Filetes de Polvo c/ Migas, Cabrito Grelhado c/ Arroz de Miúdos, Arroz de Vinha d´Alhos. Folga Quarta-feira. Preço médio por refeição 12 euros. Morada Praça da República, nº 15 (junto à Praça de Táxis), 3660 S. Pedro do Sul. Telefone 232 711 106 – 964 135 709.

RESTAURANTE PICANHA REAL

Especialidades Rodízio de Picanha. Folga Domingo. Morada Bairro S. João da Carreira, Lote 1 R/C, Travassós de Cima, 3500-187 Viseu Telefone 232 186 386/7 - 917 038 215. Observações Refeições económicas ao almoço (2ª a 6ª feira).

RESTAURANTE O VISO

Especialidades Cozinha Caseira, Peixes Frescos, Grelhados no Carvão. Folga Sábado. Morada Alto do Viso, Lote 1 R/C Posterior, 3500-004 Viseu. Telefone 232 424 687. Observações Aceitamse reservas para grupos.

RESTAURANTE MAJOAL

Especialidades Arroz de Pato, Bacalhau c/ Natas, Grelhados, Frango de Churrasco. Folga Segunda-feira. Morada Avenida Capitão Silva Pereira, 3500-208 Viseu. Telefone: 232 431 891 - 964 043 709.

CORTIÇO

Especialidades Bacalhau Podre, Polvo Frito Tenrinho como Manteiga, Arroz de Carqueja, Cabrito Assado à Pastor, Rojões c/ Morcela como fazem nas Aldeias, Feijocas à maneira da criada do Sr. Abade. Folga Não tem. Preço médio por refeição 15 euros. Morada Rua Augusto Hilário, nº 45, 3500-089 Viseu. Telefone 232 423 853 – 919 883 877. Observações Aceitam-se reservas; Take-way.

RESTAURANTE O CAMBALRO

Especialidades Camarão, Francesinhas, Feijoada de Marisco. Folga Não tem. Morada Estrada da Ramalhosa, nº 14, Rio de Loba, 3500-825 Viseu. Telefone 232 448 173. Observações Prato do dia - 5 euros.

RESTAURANTE O LARGO DA PREBENDA

Especialidades Pratos Tradicionais. Folga Segunda-feira. Morada Largo da Prebenda, 37/45, 3500-172 Viseu. Telefone 232 435 366 - 964 233 844. Observações Aos domingos pratos tradicionais (Bacalhau Podre, Cabritinho Assado no Forno, etc...).

DELJONATA RESTAURANTE

Especialidades Terra Mar, Sinfonia Quente ou Fria, Mariscos, Sapateira, Lagosta, Grelhados, Combinado do Mar. Folga Terça-feira. Morada Edifício D. João I, Lote 364 R/C, Loja 7, Letra E, 3510-076 Viseu Telefone 232 411 500. Observações Comida para fora.

TORRE DI PIZZA

Especialidades Pizzas, Massas, Carnes. Folga Segunda-feira. Morada Avenida Cidade de Aveiro, Lote 16, 3510720 Viseu. Telefone 232 429 181 – 965 446 688. Observações Menu económico ao almoço – 4,90 euros.

RESTAURANTE CLUBE CAÇADORES

Especialidades Polvo à Lagareiro, Bacalhau à Lagareiro, Cabrito Churrasco, Javali na Brasa c/ Arroz de Feijão, Arroz de Perdiz c/ Míscaros, Tarte de Perdiz, Bifes de Veado na Brasa. Folga Quarta-feira. Preço médio por refeição 15 euros. Morada Muna, Lordosa, 3515-775 Viseu. Telefone 232 450 401. Observações Reservas para grupos e outros eventos.

SOLAR DO VERDE GAIO

Especialidades Rodízio à Brasileira, Mariscos, Peixe Fresco. Folga Terça-feira. Morada Mundão, 3500-564 Viseu. www. solardoverdegaio.pt Telefone 232 440 145 Fax 232 451 402. E-mail geral@solardoverdegaio.pt Observações Salão de Dança – Clube do Solar – Sextas, Sábados até às 03.00 horas. Aceita Multibanco.

RESTAURANTE SANTA LUZIA

Especialidades Filetes Polvo c/ Migas, Filetes de Espada com Arroz de Espigos, Cabrito à Padeiro, Arroz de Galo de Cabidela, Perdiz c/ Castanhas. Folga Segunda-feira. Morada EN 2, Campo, 3510-515 Viseu. Telefone 232 459 325. Observações Quinzena da Lampreia e do Sável, de 17 de Fevereiro a 5 de Março. “Abertos há mais de 30 Anos”.

PIAZZA DI ROMA

Especialidades Cozinha Italiana (Pizzas, Massas, Carnes e Vinhos). Folga Domingo e segunda-feira ao almoço. Morada Rua da Prebenda, nº 37, 3500-173 Viseu Telefone 232 488 005. Observações Menu económico ao almoço.

CASA REAL

Especialidades Bacalhau Grelhado na Telha, Polvo Grelhado c/ Migas, Vitela Assada no Forno, Cabrito Grelhado à Casa Real, Bochechas/Secretos de Porco Preto na Telha. Morada Rua Mestre António Nelas, 190 r/c Direito, Qtª do Bosque - Viseu. Telefone 232 449 167 / 966 646 719. Observações Aceitam-se reservas. Take-away.

RESTAURANTE A BUDÊGA

Especialidades Picanha à Posta, Cabrito na Brasa, Polvo à Lagareiro. Acompanhamentos: Batata na Brasa, Arroz de Feijão, Batata a Murro. Folga Domingo. Preço médio por refeição 12,50 euros. Morada Rua Direita, nº 3, Santiago, 3500-057 Viseu. Telefone 232 449 600. Observações Vinhos da Região e outros; Aberto até às 02.00 horas.

COMPANHIA DA CERVEJA

Especialidades Bifes c/ Molhos Variados, Francesinhas, Saladas Variadas, Petiscos. Folga Terça-feira. Preço médio refeição 8,50 euros. Morada Quinta da Ramalhosa, Rio de Loba (Junto à SubEstação Eléctrica do Viso Norte), 3505570 Viseu Telefone 232 184 637 - 962 723 772. Observações Cervejaria c/ amplo espaço (120 lugares), fácil estacionamento, acesso gratuito à internet.

RESTAURANTE D. INÊS

Especialidades Pratos económicos de Carne e Peixe. Folga Domingo. Preço médio refeição 5 euros. Morada Rua Serpa Pinto, nº 54, 3500 Viseu Telefone 232 428 837 – 232 184 900.

QUINTA DO GALO CERVEJARIAS

Especialidades Grelhados de Peixe e Carne. Folga Domingo. Morada Quinta do Galo, Lt3 | Bairro Stª Eugénia, Lt21, Viseu. Telefone 232 461 790 Observações Aberto até às 2h00.

TELHEIRO DO MILÉNIO QUINTA FONTINHA DA PEDRA

Especialidades Grelhados c/ Churrasqueira na Sala, (Ao Domingo) Cabrito e Aba Assada em Forno de Lenha. Folga Sábados (excepto para casamentos, baptizados e outros eventos) e Domingos à noite. Morada Rua Principal, nº 49, Moure de Madalena, 3515-016 Viseu. Telefone 232 452 955 – 965 148 341.

A PÚCARA – RESTAURANTE

Especialidades Camarão à Púcara, Enchidos da Beira, Polvo em Vinho Tinto do Dão, Cabrito Grelhado, Ensopado de Lebre entre outros mais. Folga Domingo ao jantar e Segunda-feira. Preço médio por refeição 15 euros. Morada Quinta do Catavejo, Lote 44, Mundão, 3505-582 Viseu. Telefone 232 429 174. Observações Ementa semanal por apenas 10€ por pessoa, almoço e jantar de segunda e sexta.

O CANTINHO DO TITO

Especialidades Cozinha Tradicional, Petiscos. Folga Domingo. Morada Rua Mário Pais da Costa, nº 10, Lote 10 R/C Dto., Abraveses, 3515-174 Viseu. Telefone 232 187 231 – 962 850 771.

RESTAURANTE BELOS COMERES (ROYAL)

Especialidades Restaurantes Marisqueiras. Folga Não tem. Morada Cabanões; Rua da Paz, nº 1, 3500 Viseu; Santiago. Telefone 232 460 712 – 232 468 448 – 967 223 234. Observações Casamentos, baptizados, convívios, grupos.

EÇA DE QUEIRÓS

Especialidades Francesinhas, Bifes, Pitas, Petiscos. Folga Não tem. Preço médio refeição 5,00 euros. Morada Rua Eça de Queirós, 10 Lt 12 - Viseu (Junto à Loja do Cidadão). Telefone 232 185 851. Observações Take-away.

RESTAURANTE O CALÇADA

Especialidades Toda a variedade de prato. Folga Não tem. Preço médio refeição Desde 2,50 euros. Morada Fórum Viseu, 3500 Viseu. Observações www.greensrestaurante.com

Especialidades Cataplana de Marisco, Polvo à Marinheiro, Bacalhau com Broa na Cataplana, Cabrito Confeitado, Carne de porco c/ castanhas na Cataplana, Medalhão de Vitela com Risotto, Secretos / Bochechas / Lagartos de Porto Preto, Comida Vegetariana. Folga Domingo à noite e Segunda-feira. Morada Rua Principal de Vilela, Vilela, Viseu. Telefone 232 429 054 – 964 929 820. Observações Aceitam-se Reservas. Take-away.

MAIONESE

RESTAURANTE O POVIDAL

GREENS RESTAURANTE

Especialidades Hamburguers, Saladas, Francesinhas, Tostas, Sandes Variadas. Folga Não tem. Preço médio refeição 4,50 euros. Morada Rua de Santo António, 59-B, 3500-693 Viseu (Junto à Estrada Nacional 2). Telefone 232 185 959.

RESTAURANTE ROSSIO PARQUE

Especialidades Medalhão de Vitela p/ duas pessoas 800g Pura Alcatra, Bacalhau à Casa, Massa c/ Bacalhau c/ Ovos Escalfados, Corvina Grelhada; Acompanhamentos: Migas, Feijão Verde, Batata a Murro. Folga Sábado à Noite e Domingo. Morada Rua Soar de Cima, nº 55 (Junto ao Jardim das Mães – Rossio), 3500-211 Viseu. Telefone 232 422 085. Observações Refeições económicas (2ª a 6ª feira) – sopa, bebida, prato e sobremesa ou café – 6 euros.

FORNO DA MIMI

Especialidades Assados em Forno de Lenha, Grelhados e Recheados (Cabrito, Leitão, Bacalhau). Folga Não tem. Preço médio por refeição 14 euros. Morada Estrada Nacional 2, Vermum Campo, 3510-512 Viseu. Telefone 232 452 555. Observações Casamentos, Baptizados, Banquetes; Restaurante Certificado.

QUINTA DA MAGARENHA

Especialidades Lombinho Pescada c/ Molho de Marisco, Cabrito à Padeiro, Nacos no Churrasco. Folga Domingo ao jantar e Segunda-feira. Preço médio por refeição 15 euros. Morada Nó 20 A25, Fragosela, 3505-577 Viseu. Telefone 232 479 106 – 232 471 109. Fax 232 479 422. Observações Parque; Serviço de Casamentos.

RESTAURANTE IBÉRICO

Especialidades Grelhados, Francesinhas, Bacalhau à Ibérico, Grelhada Mista, Vários Petiscos. Folga Não tem. Morada Quinta de Dentro, Lote 79, R/C Dto., 3505-496 Rio de Loba, Viseu. Telefone 232 449 743 – 919 908 984. Observações Refeições económicas; Comida para fora.

RODÍZIO REAL

Especialidades Rodízio à Brasileira. Folga Não tem. Preço médio por refeição 19 euros. Morada Repeses, 3500693 Viseu. Telefone 232 422 232. Observações Casamentos, Baptizados, Banquetes; Restaurante Certificado.

RESTAURANTE A COCHEIRA

Especialidades Bacalhau Roto, Medalões c/ Arroz de Carqueija. Folga Domingo à noite. Morada Rua do Gonçalinho, 84, 3500-001 Viseu. Telefone 232 437 571. Observações Refeições económicas ao almoço durante a semana.

RESTAURANTE PORTAS DO SOL

Especialidades Arroz de Pato com Pinhões, Catalana de Peixe e Carne, Carnes de Porco Preto, Carnes Grelhadas com Migas. Folga Domingo à noite e Segunda-feira. Morada Urbanização Vilabeira - Repeses - Viseu. Telefone 232 431 792. Observações Refeições para grupos com marcação prévia.

Especialidades Arroz de Pato, Grelhados. Folga Domingo. Morada Bairro S. João da Carreira Lt9 1ª Fase, Viseu. Telefone 232 087 776. Observações Jantares de grupo.

MANGUALDE

RESTAURANTE MODERNO

Especialidades Cabrito Assado à Serrana, Rojões à Mangualde. Folga Sábado e Domingo à noite. Preço médio refeição 15 euros. Morada Largo Dr. Couto, nº 85, 3530 Mangualde. Telefone 232 622 941 – 963 460 290. Observações Mais de uma dúzia de Quintas na Região onde se podem fazer festas.

OS GALITOS

Especialidades Bacalhau à Galitos, Feijoada de Marisco, Picanha à Brasileira, Arroz de Tamboril c/ Gambas. Folga Não tem. Morada Rua 25 de Abril, nº 91 (Junto às Escolas Primárias), 3530-140 Mangualde. Telefone 232 612 950. Observações Serviços de Casamentos, Baptizados, Aniversários, Grupos.

PENALVA DO CASTELO O TELHEIRO

Especialidades Feijão de Espeto, Cabidela de Galinha, Arroz de Míscaros, Costelas em Vinha de Alhos. Folga Não tem. Preço médio por refeição 10 euros. Morada Sangemil, Penalva do Castelo. Observações Sopa da Pedra ao fim-de-semana.

TONDELA RESTAURANTE BAR O PASSADIÇO

Especialidades Cozinha Tradicional e Regional Portuguesa. Folga Domingo depois do almoço e Segunda-feira. Morada Largo Dr. Cândido de Figueiredo, nº 1, Lobão da Beira, 3460-201 Tondela. Telefone 232 823 089. Fax 232 823 090 Observações Noite de Fados todas as primeiras Sextas de cada mês.

RESTAURANTE PONTO DE ENCONTRO

Especialidades Grelhada Mista do Oceanos, Grelhada à Ponto de Encontro, Bacalhau c/ Natas, Bife à Ponto de Encontro. Folga Sábado. Morada Avenida do Salgueiral, nº 3, Fojo, Molelos, 3460211 Tondela. Telefone 232 812 867. Observações Casamentos, Baptizados e outros eventos; Refeições económicas (Almoço – 2ª a 6ª feira) – 5 e 6 euros.

SANTA COMBA DÃO RESTAURANTE TÍPICO O PEDRO Especialidades Mariscos, Grelhados e

Pratos Regionais. Paelha, Camarão À Pedro, Arroz de Marisco, Bacalhau Zé Pipo, Carne Porco Alentejana, Naco, Cabrito, Cabidela de Galo. Folga Não tem. Morada Rua Principal, nº 11 A, 3440-465 São João de Areias. Telefone 232 891 577 – 964 262 750. Observações Casamentos, Baptizados, Grupos; Espaço Verde.

OLIVEIRA DE FRADES OS LAFONENSES – CHURRASQUEIRA

Especialidades Vitela à Lafões, Bacalhau à Lagareiro, Bacalhau à Casa, Bife de Vaca à Casa. Folga Sábado (excepto Verão). Preço médio por refeição 10 euros. Morada Rua D. Maria II, nº 2, 3680-132 Oliveira de Frades. Telefone 232 762 259 – 965 118 803. Observações Leitão por encomenda.

NELAS RESTAURANTE QUINTA DO CASTELO

Especialidades Bacalhau c/ Broa, Bacalhau à Lagareiro, Cabrito à Padeiro, Entrecosto Vinha de Alhos c/ Arroz de Feijão. Folga Sábado (excepto p/ grupos c/ reserva prévia). Preço médio refeição 15 euros. Morada Quinta do Castelo, Zona Industrial de Nelas, 3520-095 Nelas. Telefone 232 944 642 – 963 055 906. Observações Prova de Vinhos “Quinta do Castelo”.

VOUZELA

RESTAURANTE O REGALINHO

Especialidades Grelhada Mista, Naco de Vitela na Brasa c/ Arroz de Feijão, Vitela e Cabrito no Forno, Migas de Bacalhau, Polvo e Bacalhau à Lagareiro. Folga Domingo. Preço médio refeição 10 euros. Morada Rua Teles Loureiro, nº 18 Vouzela. Telefone 232 771 220. Observações Sugestões do dia 7 euros.

TABERNA DO LAVRADOR

Especialidades Vitela à Lafões Feita no Forno de Lenha, Entrecosto com Migas, Cabrito Acompanhado c/ Arroz de Cabriteiro, Polvo Grelhado c/ batata a Murro. Folga 2ª Feira ao jantar e 3ª todo o dia. Preço médio refeição 12 euros. Morada Lugar da Igreja - Cambra - Vouzela. Telefone 232 778 111 917 463 656. Observações Jantares de Grupo.

RESTAURANTE EIRA DA BICA

Especialidades Vitela e Cabrito Assado no Forno e Grelhado. Folga 2ª Feira. Preço médio refeição 15 euros. Morada Casa da Bica - Touça - Paços de Vilharigues - Vouzela. Telefone 232 771 343. Observações Casamentos e Baptizado. www.eiradabica.com


Boas Festas

Jornal do Centro

11 | Dezembro | 2009

27


CONFISSÕES

28

vida & tv

“Nenhuma TV pode pagar o que ganho nos espectáculos. Mesmo que se esforcem muito. Eu não sou um artista barato”. Herman José humorista, in revista “TV Guia”

horóscopo carneiro 21/3 a 20/4

touro 21/4 a 21/5

gémeos 22/5 a 21/6

caranguejo 22/6 a 22/7

leão 23/7 a 23/8

virgem 24/8 a 23/9

A sua capacidade de conquista está em bom nível; far-se-á notar independentemente de qualquer intenção sua. Seja cauteloso e não tente impor directamente a sua vontade. Semana intensa com opções variadas; contudo, não facilite nada ou caia em nenhuns idealismos.

Mantenha os pés em terra e ideias firmes e sobalança 24/9 a 23/10 bretudo não actue em antecipação. Expresse as

Divergência de opiniões ou dúvidas sentimentais serão benéficas para as relações mas não seja muito exigente ou excêntrico. Deixe o romance acontecer. Não vire as costas a novas responsabilidades, mas não aceite o que não lhe cabe. Cuidado com novas experiências.

escorpião 24/10 a 22/11

Não se mostre desinteressado nem enterre a cabeça na areia. Olhe com determinação para a sua vida sentimental e para as suas reais necessidades. Obterá algumas compensações se não se colocar em situações cómodas ou de apatia. Procure soluções a médio prazo.

sagitário 23/11 a 20/12

Bons momentos, sobretudo depois de modificações provocadas ou assumidas. Favorecidas visitas, viagens e toda a espécie de convívio social e íntimo. Agarre os acontecimentos pessoal e determinadamente. Poderá não conseguir resolver tudo a contento.

capricórnio 21/12 a 20/1

O seu ritmo de vida, situações da vida profissional e também um assomo excessivo de independência tendem a afectar o desenvolvimento das relações. Preste muita atenção a pormenores e arrisque só quando estiver convencido da viabilidade de projectos.

aquário 21/1 a 19/2

Cabe-lhe ter um papel moderador, quer no âmbito conjugal quer no plano familiar. Relações em tumulto ou desinteligências podem agora ser superadas. Deixe fluir os acontecimentos para ver até onde vão as coisas. Mas só intervenha se não surgirem as resoluções naturais.

peixes 20/2 a 20/3

suas opiniões com clareza, evitando explosões verbais mesmo que tenha toda a razão. Poderá mostrar uma maior flexibilidade em horários ou negociações, mas não dê tudo.

palavras cruzadas Marcos Cruz - Rede Expresso 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

Não tem muita paciência para lidar com problemas que se repetem, mas evite dar uma imagem de superficialidade fugindo das coisas. Ligações em boa fase, retribua sem reservas os sentimentos. Sector profissional está bastante protegido. Pode dizer-se que está inspirado. Não construa relacionamentos com base em falsas premissas. Deverá promover uma maior aproximação nas relações para formar melhor os juízos e sentimentos. Necessita de colocar um ponto de ordem na sua vida. Faça alguns reajustamentos e transferências de recursos. Pode surgir um grande e novo amor mas, por outro lado, pode surgir algum orgulho ou preconceito e trazer problemas. Tendência para alcançar objectivos; mostre-se convicto e seguro, mas nunca prepotente. Em assuntos económicos, a persistência dará resultados. Semana preciosa: as relações em curso tendem a viver momentos de harmonia e ternura e, se estiver só, novos conhecimentos prometem ser entusiasmantes. Faça uma gestão sensata do seu património e aceite opiniões ou críticas. O factor sorte estará agora do seu lado. Semana excelente para ponderar sobre a sua vida e tomar decisões relevantes. Não faça muitas confidências pois poderá, em consequência, sentir algum afastamento. Não deixe que factores de índole afectiva o façam lidar eternamente ligado a locais de trabalho.

sudoku 9

2

4

1

5

5 1

7

4

2

4

5

1

3

9

6

7

8

8

1

4

1 7

5

2

3

Arte

euro

milhões

4

5

6 2

18 | 19 | 25 | 30 |44| 1 | 3

9

9

Hollywood

toto

16:45 O Dossier Pelicano 21:30 Aventura Num Natal 23:00 Corrida Alucinante

bola

Domingo, Dia 13

1. Benfica - Académica 2. Naval - P. Ferreira

1 1

3. Marítimo - Olhanense 4. Rio Ave - Belenenses 5. Estoril - Penafiel 6. Chaves - Trofense 7. Oliveirense - Fátima (*) (**) 8. Freamunde - Santa Clara 9. Portimonense - Aves 10. Juventus - Inter 11. AC Milan - Sampdória 12. Manchester City - Chelsea 13. Corunha - Barcelona

1 X X X X 2 X 1 1 1 2

* Jogos de Reserva: 1 Oliveirense - Fátima (Liga de Honra) (substitui o jogo Beira-Mar - Gil Vicente) ** Jogos por Sorteio: 7. Beira-Mar - Gil Vicente

16:15 18:00 22:00 23:55

Esporas De Aço Corrida Alucinante Lara Croft Tomb Raider: O Berço Da Vida O Exterminador Implacável 2: O Dia Do Julgamento Sport TV1 - Transmissões Directas

Sexta-Feira, Dia 11 11:10 11:30 14:30 16:00 18:00 20:10 00:30

Rugby - Circuito Mundial (Ilhas Fiji X Portugal) Rugby - Circuito Mundial (Austrália X Rússia) Rugby - Circuito Mundial (Austrália X Portugal) Futebol - Camp. Do Mundo De Clubes Informação - Fórum Sport TV Futebol - Liga Sagres (Paços Ferreira X Nacional) Basquetebol - NBA (Miami X Dallas Mavericks)

Sábado, Dia 12 11:10 15:00 17:00 19:00 21:10 02:00

Voleibol (Acad. Espinho X Sp. Espinho) Futebol - Premier League (Chelsea X Everton) Futebol - Liga Sagres (Sporting X Ud Leiria) Futebol - Liga Espanhola (Fc Barcelona X Espanyol) Futebol - Liga Sagres (Olhanense X Benfica) Basquetebol - NBA (Utah Jazz X L.A. Lakers)

Domingo, Dia 13 14:00 16:00 18:00 21:00

Futebol - Liga Italiana (Atalanta X Inter Milão) Basquetebol (V. Guimarães X Benfica) Futebol - Liga Sagres (Sp. Braga X Naval) Fut. - França (Ol. Lyonnais X Girondins De Bordeaux)

Segunda-Feira, Dia 14 18:00 Informação - Fórum Sport TV 20:10 Futebol - Liga Sagres (Belenenses X V. Guimarães) 01:30 Basquetebol - NBA (Dallas Mavericks X New Orleans)

Terça-Feira, Dia 15 20:00 Futebol (Manchester United X Wolverhampton) 01:00 Basquetebol - NBA (Chicago Bulls X L.A. Lakers)

Quarta-Feira, Dia 16 13:00 16:00 18:00 20:00

Futebol - Camp. Do Mundo De Clubes (5º E 6º Lug.) Futebol - Camp. Do Mundo De Clubes (Jogo) Futebol - UEFA Europa League (Jogo) Futebol - UEFA Europa League (Jogo)

Quinta-Feira, Dia 17 18:00 Futebol - UEFA Europa League (Jogo) 20:00 Futebol - UEFA Europa League (Jogo) 01:00 Basquetebol - NBA (Miami X Orlando) Sport TV2 - Transmissões Directas

Sexta-Feira, Dia 11 16:30 Rugby - Circuito Mundial (Portugal X Rússia) 18:10 Rugby - Circuito Mundial (Ilhas Fiji X Austrália)

joker

Sábado, Dia 12

5.499.048

14:00 Futebol - Liga Italiana (Ac Milan X Palermo) 18:00 Futebol - Liga Espanhola (At. Madrid X Villareal) 20:00 Futebol - Liga Espanhola (Real Sporting X Sevilla)

09:30 15:00 17:30 21:00

Golfe - Ladies Tour (Open Do Dubai - Dia 4) Futebol (Tottenham Hotspur X Wolverhampton) Futebol - Premier League (M. United X Aston Villa) Futebol - Liga Espanhola (Valencia X Real Madrid)

Domingo, Dia 13

Quarta-Feira, Dia 16

loto2 toto

9 5 9

Cuisines Des Terroirs 360 Degrés - Le Reportage Géo Sir Neville MarRiner Dirige Mozart Arte Info Karambolage Gala Du Prix Du Cinéma Européen 2009 Repas De Noël

19:40 Futebol - Liga Escocesa (Dundee X Rangers)

2

6

16:35 17:05 18:00 18:45 19:00 21:30 23:00

Terça-Feira, Dia 15

5 1

Wolfgang Petersen : Un Allemand À Hollywood L’or Bleu Arte Reportage Metropolis Danse Avec Le Temps

Sábado, Dia 12

3

6

1

7

16:15 17:00 18:00 21:30 22:15

Domingo, Dia 13

1 | 14 | 17 | 37 |44| 48| 25

7 8

7

Sábado, Dia 12

loto1

8

3

9

VERTICAIS: 1 - Marca as horas a água. 2 - Deus hindu. Proporcionam cruzeiros. 3 - Suplicar. Ene grego. 4 - Relativo a sereia. Não telefone... 5 - A regra mais simples. António Nobre escreveu. Suspiro. 6 - Cardeal. Tem um pai gordo e vestido de encarnado. 7 - Facho. 8 - Vogal repetida. Anel. A campa mais simples. 9 - Ouve-se nas touradas. A idade da adolescência. 10 - Deus escandinavo. Lamentos. 11 - Não foi aceite (pl.).

Concurso nº 49/2009

1

2 8

cabo

toto

7

4

HORIZONTAIS: 1 - Santo que transportou o Menino Jesus aos ombros. 2 - Dá o tom. Elevado. 3 - Exerce uma actividade. Enorme período de tempo. 4 - Exposição sobre assunto científico ou literário. Partir ao meio. 5 - Em pleno sono. O pequeno entra em casa. 6 - Achas graça. Passam num dia. 7 - Aspirante a presbítero. O mais conceituado instituto de tecnologia de Boston. 8 - Pouco frequente. Torna menos rápido. 9 - No meio da lata. Avivar o fogo. 10 - Manda. Toca. 11 - Continente. A sua parte é a maior.

sorte

Super 14. Leixões - Braga 1 : 1

8

6

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

8

6

Só há uma regra: completar a grelha, de modo a que cada linha, cada coluna e cada bloco de 3x3 incluam os números de 1 a 9, sem repetições!

18 | 18 |24 | 29 |30| 33 |20

18:00 Futebol - UEFA Europa League (Jogo) 20:00 Futebol - UEFA Europa League (Jogo) 00:00 Basquetebol - NBA (Orlando X Toronto Raptors)

Quinta-Feira, Dia 17 18:00 Futebol - UEFA Europa League (Jogo) 20:00 Futebol - UEFA Europa League (Jogo) Sport TV3 - Transmissões Directas

Sábado, Dia 12 16:40 Rugby - Circuito Mundial Sevens 00:00 Hóquei No Gelo - NHL (New Jersey X Philadelphia)

Segunda-Feira, Dia 14 01:30 Futebol Americano (San Francisco X Arizona)

Estes resultados não dispensam a consulta da lista oficial do Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

Quarta-Feira, Dia 16 19:40 Futebol - Premier League (Chelsea X Portsmouth) 00:30 Hóquei No Gelo - NHL (Ottawa X Buffalo)

VERTICAIS: 1 - clepsidra. 2 - Rama; iates. 3 - implorar; ni. 4 - sirénico; vá. 5 - três; Só; ai. 6 - oeste; Natal. 7 - archote. 8 - aa; aro; rasa. 9 - olé; armário. 10 - Tor; ais. 11 contestados. HORIZONTAIS: 1 - Cristóvão. 2 - lamiré; alto. 3 - empresa; éon. 4 - palestra: rt. 5 - on; ecrã. 6 - ris; horas. 7 - diácono; MIT. 8 - raro; atrasa. 9 - at; atear. 10 - envia; sino. 11 Ásia; leão. Soluções


Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

“Sou uma eterna insatisfeita com o meu visual. O que acho que me fica bem num momento, depois já não gosto”.

Virgílio Castelo

Liliana Aguiar

in revista “TV Guia”

a propósito dos seus penteados, apresentadora, in revista “TV Guia”

Sexta

Um Perigo de Mulher Domingo, 00h00.

Jewel, uma deslumbrante e oportunista rapariga entra certa noite num bar chamado MacCool¿s onde estão três homens completamente diferentes: Randy, o talentoso barman, jovem e solteiro; Carl, casado e um advogado de sucesso e Charlie, viúvo e detective. Servindo-se deles para concretizar o seu sonho de ter uma vistosa vivenda, Jewell vai despertar a paixão dos três homens, levando Randy, num momento de desespero a contratar um assassino profissional para a matar... Uma comédia negra de qualidade com um excelente elenco que proporciona grandes momentos de humor

06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Praça Da Alegria 13:00 Jornal Da Tarde Inclui: O Tempo 14:15 Chamas Da Vida 15:15 Sangue Do Meu Sangue 16:00 Portugal No Coração 18:00 Portugal Em Directo 19:10 O Preço Certo 19:55 Direito De Antena 20:00 Telejornal Inclui: O Tempo 21:00 Antes Pelo Contrário 21:15 Pai À Força 22:15 Família , Família 00:45 América Proibida (Filme) 03:00 Amor E Intrigas Epºs. (164) A (165) 04:30 Televendas

Sexta 07:15 14:00 15:30 16:00 17:00

Alice já não Mora Aqui

18:30 19:00 20:00

Sábado, 00h30.

Alice Graham, uma mulher de trinta e cinco anos, fica viúva e resolve sair da cidade onde vive e voltar à sua terra natal, Monterey, em companhia do filho de doze anos, Tom. Para sobreviverem, Alice arranja emprego a cantar em bares, mas em virtude de um tumultuoso relacionamento com um homem casado, é obrigada a sair da cidade e vai para Albuquerque arranjando emprego como criada de mesa. Lá conhece uma mulher que acaba por se tornar na amiga e confidente de que ela precisava.

20:45 21:15 22:00 22:40 23:30 00:30 01:30 03:00 03:30 05:00

Zig Zag Sociedade Civil Da Terra Ao Mar (R/) Hora Discovery (R/) Índia Revelada Zig Zag Hopla / As Aventuras De Hello Kitty E Os Amigos / Bob, O Construtor / Chegou O Timmy / Telmo & Tula / Lou! / Geronimo Stilton A Fé Dos Homens A Alma E A Gente (R/) Zig Zag Ilha Das Cores / A Avó Detective / Canção Para Dormir “Chegou O Soninho” Dois Homens E Meio Hora Discovery O Oceanário Sea World De Orlando: Depois De Shawu Jornal 2 Inclui: Cartaz 2 Mad Men Diga Lá Excelência 5 Para A Meia-Noite Palcos Músicos Portugueses Bastidores (R/) Euronews Sociedade Civil (R/)

Sexta

O Mundo de Patty Sábado, 10h30.

Patty tem 13 anos e vive com a mãe, Cármen, na cidade de Bariloche, no sul da Argentina. Apesar de se terem apenas uma à outra, são felizes e vivem uma vida tranquila. A única coisa que deixava Patty triste era não saber quem era o seu pai.

06:00 SIC Notícias 07:00 Edição Da Manhã 09:00 Uma Aventura 09:30 O Mundo De Patty 10:00 Companhia Das Manhãs 13:00 Primeiro Jornal 14:15 Mulheres Apaixonadas 15:30 Vida Nova 18:00 Paraíso 19:00 Nós Por Cá 20:00 Jornal Da Noite Vencer O Cancro 22:00 Cenas Do Casamento 23:00 Viver A Vida 00:30 Investigação Criminal 01:30 Mentes Criminosas 02:30 Quando O Telefone Toca

Sexta

Dragão Vermelho Sábado, 00h30.

Para poder entrar na mente do assassino “a fada dos dentes”, Will Graham (Edward Norton) agente do FBI, visita o famoso Hannibal “the Cannibal” Lecter (Anthony Hopkins) na cadeia, que tece comentários misteriosos que o agente terá que decifrar. Contudo, o assassino está em contacto permanente com Lecter e o caso transforma-se rapidamente num jogo de gato e rato.

07:00 Diário Da Manhã 10:15 Você Na TV! 13:00 Jornal Da Uma 14:00 As Tardes Da Júlia 17:00 Quem Quer Ganha 18:15 Morangos Com Açúcar 19:00 Morangos Com Açúcar 20:00 Jornal Nacional 21:30 Euromilhões 21:45 Meu Amor 22:30 Gala De Natal Casino Estoril 01:00 Sedutora Tentação (Filme) 02:30 Sempre A Somar 04:00 Heroes 05:30 Televendas

Sábado

Domingo

Segunda-Feira

Terça-Feira

06:30 Espaço Infantil No País Dos Ozie Boo! / Alex No Pomar Mágico / Milo / Bob, O Construtor / Abram Alas Para O Noddy 07:08 Brinca Comigo Bonar / Little People / O Gato Frankenstein / Bob, O Construtor / Gawayn 08:00 Bom Dia Portugal Fim-De-Semana 11:00 Portugal Sem Fronteiras 13:00 Jornal Da Tarde Inclui: O Tempo 14:15 Top + 15:15 Diários Do Vampiro 16:15 Programa Das Festas 19:00 O Preço Certo 20:00 Telejornal Inclui: O Tempo 21:00 A Voz Do Cidadão 21:15 Conta-Me Como Foi 22:15 Dança Comigo No Gelo 00:00 Futebol: Liga Sagres resumos Resumo Dos Jogos: Sporting Vs União De Leiria Olhanense Vs Benfica 01:00 Carga Pesada 01:45 Lipstick Jungle 2 Epºs. (9) E (10) 03:15 Top + 04:15 Televendas

06:30 Espaço Infantil No País Dos Ozie Boo! / Alex No Pomar Mágico / Milo / Bob, O Construtor / Abram Alas Para O Noddy 07:08 Brinca Comigo 08:00 Bom Dia Portugal Fim-De-Semana 10:10 Eucaristia Dominical 11:00 Festival Do Riso 12:30 Contra Informação 13:00 Jornal Da Tarde Inclui: O Tempo 14:15 Só Visto! 15:30 “V” 16:00 Programa A Designar 19:00 Telejornal Inclui: O Tempo 19:45 As Escolhas De Marcelo Rebelo De Sousa 20:15 Futebol: Liga Sagres Porto Vs. V. Setúbal Jogo Da 13.ª Jornada A Disputar No Estádio Do Dragão 22:15 O Último Passageiro 23:45 Hora Da Sorte: Sorteio Do Joker 00:00 Um Perigo De Mulher (Filme) 01:45 Garden State (Filme) 03:30 Só Visto! 04:15 Televendas 06:05 Nós

06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Praça Da Alegria 13:00 Jornal Da Tarde Inclui: O Tempo 14:25 Chamas Da Vida 15:24 Sangue Do Meu Sangue 16:00 Portugal No Coração 18:00 Portugal Em Directo 18:55 O Preço Certo 19:55 Direito De Antena 20:00 Telejornal Inclui: O Tempo 21:00 Notas Soltas 21:25 Salvador 21:45 Jogo Duplo 22:45 Prós E Contras 01:15 Eternamente Jovem (Filme) 03:00 Amor E Intrigas 04:00 Televendas 06:05 Nós

06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Praça Da Alegria 13:00 Jornal Da Tarde Inclui: O Tempo 14:15 Chamas Da Vida 15:15 Sangue Do Meu Sangue 16:00 Portugal No Coração 18:00 Portugal Em Directo 19:05 O Preço Certo 20:00 Telejornal Inclui O Tempo 21:00 30 Minutos 21:35 Jogo Duplo 22:35 Telerural 23:00 Serviço De Saúde 00:30 Liga Dos Últimos 01:15 Cobra, O Braço Forte Da Lei (Filme) 03:00 AMor E Intrigas 04:00 Televendas 06:05 Nós

Sábado

Domingo

Segunda-Feira

Terça-Feira

07:00 08:00 08:30 09:00 10:00

07:00 07:30 08:00 09:00 09:30 10:00 11:00 11:30 12:00 12:30 12:45 13:00

07:15 14:00 15:30 15:55

07:15 14:00 15:30 16:00

12:30 14:00 15:00 19:00 19:30 20:00 20:30 21:00 21:55 22:00 22:40 00:30 02:00 05:30

Euronews África 7 Dias Notícias De Portugal Universidade Aberta Zig Zag Emília A Contadora De Histórias / Princesas Do Mar / Pet Alien, Amigos Do Outro Mundo / O Gato Frankenstein / Fantasmas E Espíritos / Lunar Jim / A Ovelha Choné / As Aventuras De Adiboo No Corpo Humano / Dezasseis / Mortífero Babar - O Filme (Filme) Parlamento Desporto 2 Artes De Rua Gente Da Cidade 2009 (Estreia) Porto Bastidores (R/) Os Tubarões E As Raias (Bombordo) Milho A Hora Da Sorte Jornal 2 - Inclui: Cartaz 2 Nova Iorque Fora De Horas (Filme) Alice Já Não Mora Aqui (Filme) Desporto 2 (R/) Euronews

19:00 19:30 20:00 21:00 22:00 22:30 23:40 00:40

01:40 05:15

Euronews Áfric@Global Músicas De África Caminhos 70x7 Nós Da Terra Ao Mar Consigo Vida Por Vida Olhar O Mundo A Voz Do Cidadão Desporto 2 13h00/15h00 Atletismo: Campeonato Da Europa De Corta Mato 2009 Couto & Coutadas A Alma E A Gente Os Simpsons Epºs. (7) E (8) Ice Age Meltdown - Planet Science 5 Jornal 2 - Inclui: Cartaz 2 Câmara Clara Britcom Onda-Curta Menino Dos Meus Olhos Mamã, Eu Amo-Te Safi, A Mãe Criança O Desejo Desporto 2 (R/) Euronews

16:50

18:30 19:00 19:35 20:30 20:50 21:45 22:00 22:40 23:15 00:15 01:30 02:00 03:00 03:30 05:15

Zig Zag Sociedade Civil Da Terra Ao Mar (R/) National Geographic (R/) O Oceanário Sea World De Orlando: Depois De Shawu Zig Zag Peppa Pig / Bob, O Construtor / As Aventuras De Hello Kitty E Os Amigos / Chegou O Timmy / Vamos Ouvir Estreia / Lou! / Corto Maltese A Fé Dos Homens Eurodeputados Zig Zag Dois Homens E Meio National Geographic À Procura Do Navio Perdido De Kennedy A Hora Da Sorte Jornal 2 - Inclui: Cartaz 2 O Mentalista Dexter 5 Para A Meia-Noite Universidades Caleidoscópio - Universidade Lusófona Diga Lá Excelência (R/) Eurodeputados (R/) Euronews Sociedade Civil (R/)

16:50

18:30 19:00 19:30 20:30 21:05 22:00 22:40 23:30 00:15 01:45 02:15 03:30 04:30 05:45

Zig Zag Sociedade Civil Da Terra Ao Mar (R/) National Geographic (R/) À Procura Do Navio Perdido De Kennedy Zig Zag Peppa Pig / Bob, O Construtor / As Aventuras De Hello Kitty E Os Amigos / Chegou O Timmy / Vamos Ouvir / Lou! / Corto Maltese A Fé Dos Homens Arquitectarte Zig Zag Dois Homens E Meio National Geographic Lugares Selvagens Da Natureza Grand Canyon Jornal 2 - Inclui: Cartaz 2 Anatomia De Grey Bairro Alto 5 Para A Meia-Noite Universidades E:2 - Escola Superior De Comunicação Social Câmara Clara (R/) Hora Discovery Mar De Medo Euronews Sociedade Civil (R/)

Sábado

Domingo

Segunda-Feira

Terça-Feira

06:00 06:45 08:45 10:30 12:00 13:00

06:30 08:45 10:30 12:00

06:00 SIC Notícias 07:00 Edição Da Manhã 09:00 Uma Aventura 09:30 O Mundo De Patty 10:00 Companhia Das Manhãs 13:00 Primeiro Jornal 14:15 Mulheres Apaixonadas 15:30 Vida Nova 18:00 Paraíso 19:00 Nós Por Cá 20:00 Jornal Da Noite Grande Reportagem SIC 22:00 Perfeito Coração 23:00 Viver A Vida 00:30 Investigação Criminal 01:30 Mentes Criminosas 02:30 Quando O Telefone Toca

06:00 SIC Notícias 07:00 Edição Da Manhã 09:00 Uma Aventura 09:30 O Mundo De Patty 10:00 Companhia Das Manhãs 13:00 Primeiro Jornal 14:15 Mulheres Apaixonadas 15:30 Vida Nova 18:00 Paraíso 19:00 Nós Por Cá 20:00 Jornal Da Noite Perdidos E Achados 22:00 Cenas Do Casamento 23:00 Viver A Vida 00:30 Investigação Criminal 01:30 Mentes Criminosas 02:30 Quando O Telefone Toca

14:00 14:30 15:00 16:30 18:15 20:00 21:15 23:00 00:15 02:30

Etnias SIC Kids Disney Kids O Mundo De Patty O Nosso Mundo Primeiro Jornal Alta Definição Episódio Especial Cinema - Filme a definir Cinema - Filme a definir Cinema - Filme a definir Jornal da Noite Perfeito Coração Rouxinol Faduncho Natal Das Urgências Cinema: Filme A Definir Quando O Telefone Toca

13:00 14:00 14:45 16:15 18:00 20:00 21:30 22:15 00:15 01:15 02:30

SIC Kids Disney Kids O Mundo De Patty BBC Vida Selvagem Primeiro Jornal Fama Show Cinema - Filme a definir Cinema - Filme a definir Cinema - Filme a definir Jornal Da Noite Perfeito Coração Ídolos Gato Fedorento: O Melhor Mentes Criminosas Quando O Telefone Toca

29

“As pessoas têm medo de exercer o poder. Somos um país de beatas...”.

Sábado

Domingo

Segunda-Feira

Terça-Feira

07:00 Animações: Curious George Winx Dinosaur King Bakugan 09:30 Inspector Max 10:30 Hannah Montana 11:15 Deluxe 12:15 Antevisão 13:00 Jornal Da Uma 14:00 A Designar (Filme) 16:00 A Designar (Filme) 18:00 A Designar (Filme) 20:00 Jornal Nacional 21:30 Deixa Que Te Leve 22:45 Ele É Ela 23:45 Sentimentos 00:30 Dragão Vermelho (Filme) 02:30 Sempre A Somar 04:00 De Mal A Pior 04:30 Heroes 05:30 Televendas

07:00 Animações: Curious George Winx Dinosaur King Bakugan 09:00 Smackdown Wrestling 10:00 Inspector Max 11:00 Missa (Lisboa) 12:30 Oitavo Dia 13:00 Jornal Da Uma 14:00 A Designar (Filme) 16:15 A Designar (Filme) 18:30 Portugal De Olhos Em Bico 20:00 Jornal Nacional 21:15 Deixa Que Te Leve 22:15 Uma Canção Para Ti 00:45 Tráfico Humano 02:00 Sempre A Somar 03:15 Autores 04:00 Heroes 05:00 Televendas 06:30 Todos Iguais

07:00 Diário Da Manhã 10:15 Você Na TV! 13:00 Jornal Da Uma 14:00 Há Festa No Hospital Tivoli 20:00 Jornal Nacional 21:15 Reporter TVI 21:45 Meu Amor 22:45 Deixa Que Te Leve 23:45 Sentimentos 00:30 Sem Escrúpulos 01:45 Sempre A Somar 03:30 De Mal A Pior 04:00 Máfia De Saltos Altos 05:30 Televendas

07:00 Diário Da Manhã 10:15 Você Na TV! 13:00 Jornal Da Uma 14:00 As Tardes Da Júlia 17:00 Quem Quer Ganha 18:15 Morangos Com Açúcar 19:00 Morangos Com Açúcar 20:00 Jornal Nacional 21:30 Meu Amor 22:30 Deixa Que Te Leve 23:30 Sentimentos 00:30 Turbulência (Filme) 02:30 Sempre A Somar 04:00 Máfia De Saltos Altos 05:30 Televendas

Quarta-Feira 06:30 Bom Dia Portugal 10:00 Praça Da Alegria 13:00 Jornal Da Tarde Inclui: O Tempo 14:20 Chamas Da Vida 15:15 Sangue Do Meu Sangue 16:00 Portugal No Coração 18:00 Portugal Em Directo 19:10 O Preço Certo 19:55 Direito De Antena 20:00 Telejornal Inclui: O Tempo 21:00 Linha Da Frente 21:30 O Que Se Passou Foi Isto 22:00 Jogo Duplo 23:00 Contra Informação 23:30 O Mistério Da Estrada De Sintra (Filme) 01:30 Segredos De Uma Família (Filme) 03:15 Amor E Intrigas 04:00 Televendas 06:05 Nós

Quarta-Feira 07:15 14:00 15:30 16:00 16:50

18:30 19:00 20:00

20:45 21:15 22:00 22:40 23:30 00:15 01:30 02:00 02:30 03:00 04:00 05:00

Zig Zag Sociedade Civil Da Terra Ao Mar (R/) National Geographic (R/) Lugares Selvagens Da Natureza Zig Zag Peppa Pig / Bob, O Construtor / As Aventuras De Hello Kitty E Os Amigos / Chegou O Timmy / Vamos Ouvir / Lou! / Corto Maltese A Fé Dos Homens Biosfera Zig Zag Ilha Das Cores / Martim Manhã / Canção Para Dormir “Chegou O Soninho” Dois Homens E Meio Hora Discovery Os Gorilas Perdidos De Virunga Jornal 2 - Inclui: Cartaz 2 Chuck Clube De Jornalistas Último 5 Para A Meia-Noite Universidades: ESEC-TV Bastidores Biosfera (R/) Hora Discovery Mar De Medo Euronews Sociedade Civil (R/)

Quarta-Feira 06:00 SIC Notícias 07:00 Edição Da Manhã 09:00 Uma Aventura 09:30 O Mundo De Patty 10:00 Companhia Das Manhãs 13:00 Primeiro Jornal 14:15 Mulheres Apaixonadas 15:30 Vida Nova 18:00 Paraíso 19:00 Nós Por Cá 20:00 Jornal Da Noite Histórias Do Mundo 22:00 Cenas Do Casamento 23:00 Viver A Vida 00:30 Investigação Criminal 01:30 Mentes Criminosas 02:30 Quando O Telefone Toca

Quarta-Feira 07:00 Diário Da Manhã 10:15 Você Na TV! 13:00 Jornal Da Uma 14:00 As Tardes Da Júlia 17:00 Quem Quer Ganha 18:15 Morangos Com Açúcar 19:00 Morangos Com Açúcar 20:00 Jornal Nacional 21:30 Meu Amor 22:30 Deixa Que Te Leve 23:30 Sentimentos 23:30 Sentimentos 00:30 Bandidos (Filme) 02:30 Sempre A Somar 04:00 Máfia De Saltos Altos 05:30 Televendas

Quinta-Feira 06:30 Bom Dia Portugal 09:00 Programa A Designar 13:00 Jornal Da Tarde Inclui: O Tempo 14:15 Programa A Designar 20:00 Telejornal Inclui: O Tempo 21:00 Um Lugar Para Viver (Último) 22:00 Jogo Duplo 23:00 Corredor Do Poder 00:00 Quarto Crescente 01:00 Mergulho No Escuro 02:45 Amor E Intrigas Epºs. (169) E (170) 04:30 Televendas 06:05 Nós

Quinta-Feira 07:15 14:00 15:30 16:00 16:50

17:00 18:30 19:00 20:00

20:45 21:15 22:00 22:40 00:15 01:30 02:15 03:15 05:00

Zig Zag Sociedade Civil Da Terra Ao Mar (R/) National Geographic (R/) Os Gorilas Perdidos De Virunga Zig Zag Peppa Pig / Bob, O Construtor / As Aventuras De Hello Kitty E Os Amigos / Chegou O Timmy / Vamos Ouvir / Lou! / Corto Maltese Notícias: Sintese A Fé Dos Homens Iniciativa Zig Zag Ilha Das Cores / Henrique, O Terrível / Canção Para Dormir “Chegou O Soninho” Dois Homens E Meio National Geographic O Misterioso Peixe Do Rio Congo Jornal 2 - Inclui: Cartaz 2 Fringe Epºs. (1) E (2) (Estreia) 5 Para A Meia-Noite Iniciativa (R/) Hora Discovery Coisas Mesmo Grandes Euronews Sociedade Civil (R/)

Quinta-Feira 06:00 SIC Notícias 07:00 Edição Da Manhã 09:00 Uma Aventura 09:30 O Mundo De Patty 10:00 Companhia Das Manhãs 13:00 Primeiro Jornal 14:15 Mulheres Apaixonadas 15:30 Vida Nova 18:00 Paraíso 19:00 Jornal Da Noite 20:00 Futebol - Liga Europa: Benfica X AEK Atenas 22:00 Cenas Do Casamento 23:00 Viver A Vida 00:30 Resumo Da Liga Europa 00:45 Investigação Criminal 01:45 Cartaz Cultural 02:30 Quando O Telefone Toca

Quinta-Feira 07:00 Diário Da Manhã 10:15 Você Na TV! 13:00 Jornal Da Uma 14:00 As Tardes Da Júlia 17:00 Quem Quer Ganha 18:15 Morangos Com Açúcar 19:00 Morangos Com Açúcar 20:00 Jornal Nacional 21:30 Meu Amor 22:30 Deixa Que Te Leve 23:30 Sentimentos 00:45 A Ex 02:00 Cartaz Das Artes 02:30 Sempre A Somar 04:00 Máfia De Saltos Altos 05:30 Televendas


30

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

saúde FARMÁCIAS Dia 11/ Dezembro – 6ª Feira Canas de Senhorim Farmácia Pelourinho 232 671 210; Carregal do Sal Farmácia Abreu 232 968 230; Castro Daire Farmácia Gastão Fonseca 232 382 222; Lamego Farmácia Santos Monteiro 254 609 900; Mangualde Farmácia Espinho Petrucci 232 622 240; Moimenta da Beira Farmácia Ferreira 254 584 143; Mortágua Farmácia Gonçalves 231 922 223; Nelas Farmácia A. Pais 231 944 214; Oliveira de Frades Farmácia Oliveirense 231 761 128; Penalva do Castelo Farmácia Silveira 232 641 362; Resende Farmácia da Avenida 254 877 253; Santa Comba Dão Farmácia Carrilho 232 881 867; São Pedro do Sul Farmácia Elvira Coelho 232 728 003; Sátão Farmácia Carvalho 232 985 295; Tondela Farmácia Molelos 232 813 957; Viseu Farmácia Portugal 232 423 317, Av. Alberto Sampaio, 76 Dia 12/Dezembro – Sábado Canas de Senhorim Farmácia Monteiro 232 671 220; Carregal do Sal Farmácia Abreu 232 968 230; Castro Daire Farmácia Gastão Fonseca 232 382 222; Lamego Farmácia Senhora dos Remédios 254 612 968; Mangualde Farmácia Espinho Petrucci 232 622 240; Moimenta da Beira Farmácia Ferreira 254 584 143; Mortágua Farmácia Gonçalves 231 922 223; Nelas Farmácia Faure 231 944 241; Oliveira de Frades Farmácia Oliveirense 231 761 128; Penalva do Castelo Farmácia Silveira 232 641 362; Resende Farmácia da Avenida 254 877 253; Santa Comba Dão Farmácia Carrilho 232 881 867; São Pedro do Sul Farmácia Elvira Coelho 232 728 003; Sátão Farmácia Andrade 232 982 028; Tondela Farmácia Molelos 232 813 957; Viseu Farmácia Gastromil 232 426 666, Rua do Comércio, 10 Dia 13/Dezembro – Domingo Canas de Senhorim Farmácia Monteiro 232 671 220; Carregal do Sal Farmácia Abreu 232 968 230; Castro Daire Farmácia Gastão Fonseca 232 382 222; Lamego Farmácia Parente 254 612 764; Mangualde Farmácia Espinho Petrucci 232 622 240; Moimenta da Beira Farmácia Ferreira 254 584 143; Mortágua Farmácia Gonçalves 231 922 223; Nelas Farmácia Faure 231 944 241; Oliveira de Frades Farmácia Oliveirense 231 761 128; Penalva do Castelo Farmácia Silveira 232 641 362; Resende Farmácia da Avenida 254 877 253; Santa Comba Dão Farmácia Carrilho 232 881 867; São Pedro do Sul Farmácia Elvira Coelho 232 728 003; Sátão Farmácia Andrade 232 982 028; Tondela Farmácia Molelos 232 813 957; Viseu Farmácia Pinto de Campos 232 437 225, Largo Pintor Gata, 2 Dia 14/Dezembro – 2ª Feira Canas de Senhorim Farmácia Monteiro 232 671 220; Carregal do Sal Farmácia Moderna 232 968 101; Castro Daire Farmácia da Misericórdia 232 382 235; Lamego Farmácia Cardoso 254 646 261; Mangualde Farmácia Albuquerque 232 611 952; Moimenta da Beira Farmácia Moderna 254 582 154; Mortágua Farmácia Abreu 231 922 185; Nelas Farmácia Faure 231 944 241; Oliveira de Frades Farmácia Pessoa 231 781 118; Penalva do Castelo Farmácia Claro 232 641 251; Resende Farmácia Lemos de Freitas 254 870 150; Santa Comba Dão Farmácia Vasco da Gama 232 890 402; São Pedro do Sul Farmácia Dias 232 711 213; Sátão Farmácia Andrade 232 982 028; Tondela Farmácia Matos 232 822 227; Viseu Farmácia Ferrão e Castro 232 461 433, Vilela – São João de Lourosa Dia 15/Dezembro – 3ª Feira Canas de Senhorim Farmácia Monteiro 232 671 220; Carregal do Sal Farmácia Moderna 232 968 101; Castro Daire Farmácia da Misericórdia 232 382 235; Lamego Farmácia Avenida 254 609 030; Mangualde Farmácia Albuquerque 232 611 952; Moimenta da Beira Farmácia Moderna 254 582 154; Mortágua Farmácia Abreu 231 922 185; Nelas Farmácia Faure 231 944 241; Oliveira de Frades Farmácia Pessoa 231 781 118; Penalva do Castelo Farmácia Claro 232 641 251; Resende Farmácia Lemos de Freitas 254 870 150; Santa Comba Dão Farmácia Vasco da Gama 232 890 402; São Pedro do Sul Farmácia Dias 232 711 213; Sátão Farmácia Andrade 232 982 028; Tondela Farmácia Matos 232 822 227; Viseu Farmácia Gama 232 435 680, Av. Emídio Navarro, 94 Dia 16/Dezembro – 4ª Feira Canas de Senhorim Farmácia Monteiro 232 671 220; Carregal do Sal Farmácia Moderna 232 968 101; Castro Daire Farmácia da Misericórdia 232 382 235; Lamego Farmácia Santos Monteiro 254 609 900; Mangualde Farmácia Albuquerque 232 611 952; Moimenta da Beira Farmácia Moderna 254 582 154; Mortágua Farmácia Abreu 231 922 185; Nelas Farmácia Faure 231 944 241; Oliveira de Frades Farmácia Pessoa 231 781 118; Penalva do Castelo Farmácia Claro 232 641 251; Resende Farmácia Lemos de Freitas 254 870 150; Santa Comba Dão Farmácia Vasco da Gama 232 890 402; São Pedro do Sul Farmácia Dias 232 711 213; Sátão Farmácia Andrade 232 982 028; Tondela Farmácia Matos 232 822 227; Viseu Farmácia Confiança 232 480 340, Rua Formosa, 10 Dia 17/Dezembro – 5ª Feira Canas de Senhorim Farmácia Monteiro 232 671 220; Carregal do Sal Farmácia Cardoso 254 646 261; Castro Daire Farmácia da Misericórdia 232 382 235; Lamego Farmácia Senhora dos Remédios 254 612 968; Mangualde Farmácia Albuquerque 232 611 952; Moimenta da Beira Farmácia Moderna 254 582 154; Mortágua Farmácia Abreu 231 922 185; Nelas Farmácia Faure 231 944 241; Oliveira de Frades Farmácia Pessoa 231 781 118; Penalva do Castelo Farmácia Claro 232 641 251; Resende Farmácia Lemos de Freitas 254 870 150; Santa Comba Dão Farmácia Vasco da Gama 232 890 402; São Pedro do Sul Farmácia Dias 232 711 213; Sátão Farmácia Andrade 232 982 028; Tondela Farmácia Matos 232 822 227; Viseu Farmácia Silva Oliveira 232 440 525, Gumirães


SAÚDE 31

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

CAMPANHA SOBRE O ANEURISMA DA AORTA ABDOMINAL

A Sociedade Portuguesa de Angiologia e Cirurgia Vascular (SPACV) e a Sociedade Portuguesa de Cirurgia Cardio-Torácica e Vascular (SPCCTV) lançaram a campanha “Aorta é vida”. O objectivo é divulgar os principais factores de risco do aneurisma da aorta abdominal, de forma a aumentar o número de diagnósticos precoces em Portugal, bem como diminuir o número de mortes por ruptura dos aneurismas. De acordo com o coordenador nacional da campanha, João Albuquerque, em Portugal, são tratados 300 casos de aneurisma da aorta abdominal por ano, quando deveriam ser tratados entre 700 e 800. De acordo com o médico, a doença não está a ser devidamente diagnosticada. O cirugião Vascular adianta que uma simples ecografia abdominal pode detectar preocemente esta doença e assim evitar a ruptura do aneurisma da aorta que é fatal em 80 por cento das situações. O aneurisma da aorta abdominal consiste na dilatação localizada e permanente da aorta, a maior artéria do organismo e é o mais frequente dos aneurismas arteriais, sendo uma das causas de morte súbita. Um estudo recente revela que 82 por cento da população portuguesa masculina com mais de 65 anos não sabe o que é um aneurisma da aorta e quase 90 por cento não consegue identificar os factores de risco associados a esta doença.

Cannabis aumenta risco de doença psicótica

A Director do Agrupamento de Centros de Saúde apela à vacinação

Centros de Saúde de Viseu vacinam 900 contra gripe A Receios∑ Vacinação com pouca afluência A vacina contra a gripe A está a ser pouco aceite pelos utentes do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Dão Lafões. De acordo com o director do ACES Dão Lafões I, José Carlos Almeida, apenas 900 pessoas foram vacinadas. Um número bastante inferior ao previsto incialmente, que apontava para a vacinação de três mil pessoas. O director está preocupado com a pouca procura da vacina. “A população não está a aderir aos convites feitos pelas autoridades nacionais e internacionais, para se vacinar. E de facto, a vacinação não tem tido a dimensão que estávamos à espera”, refere. Segundo o coordenador, há muitas grávidas a optarem por não tomar a vacina, assim como pais que dispensam a vacinação dos filhos. Apoiando-se nos da-

dos da Orga n i zação Mundial de Saúde, José Carlos Almeida af irma que é necessá rio desmistificar os receios dos utentes. “Não há nada provado de que a vacina traga complicações, não há qualquer registo de mortos relacionados com a vacina. A gripe A mata, a vacina não”, reforça, sublinhando que já foram vacinadas 10 millhões de pessoas na Europa. A baixa procura da vacina pode estar relacionada com a relutância de alguns profissionais de saúde que optam por não tomar a vacina ou por não a receitar aos seus pacientes. No arranque do processo de vacinação em Viseu, José Carlos Almeida teceu críticas aos médicos e profissionais de saúde que deixaram os utentes cheios de dúvidas. “A vacina está acreditada pe-

las agências competentes, portanto não há razão nenhuma para os médicos terem receio. Agora, eles são livres de a levarem ou não”, garantiu. O director defendeu ainda que as pessoas que se manifestaram contra a vacina “revelam ignorância” e apenas “querem aparecer nas televisões”. À Rádio Noar o director assegurou que foi dos primeiros viseenses que levou a vacina. “Não tive qualquer reacção negativa”, garante. José Carlos Almeida apela a que as grávidas, os doentes com patologias diversas e as crianças se dirigam aos centros de saúde para serem vacinados. A região Centro será contemplada com um total de um milhão e 200 mil vacinas. Ana Filipa Rodrigues

O Consumo de cannabis de alta potência e numa frequência diária aumenta até seis vezes o risco de doença psicótica, como a esquizofrenia. A conclusão é de um artigo cientifico do qual o português Tiago Reis Marques é co-autor. De acordo com o médico psiquiatra dos Hospitais da Universidade de Coimbra a cannabis não é uma causa em si, mas é antes um factor de risco e um precipitante de doença mental grave. As causas das psicoses, desde os factores genéticos ou sociais e consumo de drogas, são investigadas há muito pelos investigadores. Este estudo vem provar que a potência da cannabis consumida e a frequência da sua utilização aumentam até seis vezes o risco de doença psicótica. Actualmente, a cannabis geneticamente modificada, originária da Holanda, tem 12 a 18 por cento de THC,

a substância que provoca os vulgares sintomas como euforia, desinibição, a vulgar “moca”. Contudo, Tiago Reis Marques afirma que antes a mesma cannabis tinha apenas dois a quatro por cento. O investigador português acredita que a sociedade pode começar a olhar para a cannbis não como uma droga somente leve mas como uma substância que potencia e aumenta o risco de doença mental grave. O investigador antevê uma implicação muito importante na agenda de saúde pública, assim como na forma como a política, criminal e legislativa, terá de olhar para a cannabis. A equipa de Tiago Reis Marques pretende continuar a perceber como é que a cannabis actua no cérebro para que surjam sintomas psicóticos e como é que a droga se combina com factores genéticos.

Pneumonia é a 1.ª causa de morte até aos cinco anos A pneu mon ia m ata por ano em todo o mundo 1,8 milhões de crianças, dos 155 milhões de crianças com menos de cinco anos. A Organização Mundial de Saúde e a Unicef consideram esta doença como a primeira causa de morte até aos cinco anos. Em Portugal, esta doença representa 2,7 por cento da mortalidade de infantil. Mas a maioria (98 por cento) das mortes provocadas pela pneumonia ocorre em 68 países em desenvolvimento. A pneumonia é uma doença que é possível

prevenir com vacinação e melhores nutrição e condições ambientais. Pouco mais de 400 milhões de euros bastariam para tratar todas as crianças atingidas. A Organização Mundial de Saúde e a Unicef lançaram um plano de acção mundial contra a pneumonia. Estas entidades pretendem, até 2015, reduzir a mortalidade em 65 por cento ou seja, salvar 5,8 milhões de crianças em cinco anos. O plano custará 26,4 milhões de euros. Para além da vacinação, as entidades pretendem alertar sobre os factores de risco.


32

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

emprego & formação A Frederic M recruta para Parttime ou Full - time Conselheiras de Beleza com ou sem experiência T. 967 762 766

Aulas de Italiano com professora nativa. Língua, cultura, conversação. Email: cinquenomi@yahoo.it T. 910 827 005

Pessoa com experiência em photoshop e multimédia. T. 917 548 652

Procuro pessoas para venda de Cosméticos, Perfumaria e Bijutaria por catálogo de excelente qualidade T. 963 702 816

Precisa-se canalizador para aquecimento central / Orçamentista. Urgente. T. 918 793 593 / 232 954 911

Recrutam-se vendedores de produtos por catalogo T. 936 743 436

Projectos Criação do Próprio Emprego do IEFP T. 919 350 133

Preciso Comerciais para empresa. Urgente. T. 910 793 262

Procuram-se consultores comerciais. Oferecemos comissões e prémios p/ objectivos. T. 938 798 043

EMPREGO OFERTA

AVON recruta revendedores. Nome + morada para info. T. 938 617 529 Imobiliária Opção Chave Selecciona Comerciais para escritórios de Viseu, oportunidade de desenvolvimento pessoal e profissional. T. 966 500 271

Part-time/Full-time. Transforme os seus tempos livres num negócio de sucesso. Marque entrevista T. 961 050 604 / 916 437 393 Precisa-se Auxiliar de Geriatria cm.apoiofamilia@gmail.com T. 933 110 425

Procuram-se pessoas dinâmicas para gerir negócio na área das telecomunicações. T. 937160866

Precisa-se empregado de mesa c/ experiência p/ Restaurante no Palácio do Gelo em Viseu. T. 961 207 889 Precisa-se funcionária(o) p/ loja no centro da cidade. Entrada imediata. T. 937 711 999 Procuro pessoa c/ prática em aplicação de Unhas de Gel. T. 964 233 787

Procuro pessoas p/ venda de cosméticos p/ catálogo. T. 966 230 254

Guitarrista e vocalista masculino precisa-se para banda (música de baile) - Viseu. T. 966 438 445

Precisa-se manobrador para tamrock e pedreiro com experiência em pedreiras. Zona de Penalva do Castelo. T. 919 519 553

Relações públicas (promoção e vendas) com carta de condução, precisa-se para empresa de espectáculos. T. 966 438 445

Precisa-se ajudante de cozinha e empregada de mesas p/ restaurante, junto ao pavilhão Multiusos, Viseu.

Precisa-se de Professor de Inglês, no âmbito do programa de Enriquecimento Curricular, no concelho de S. Pedro do Sul. T. 232 723 003

T. 914 621 320

Precisa-se de pessoas para limpezas. T. 232 468 357 / 968 623 862 Precisa-se Professor para Explicações. T. 965 136 935 Precisa-se cozinheiro(a) c/ experiência p/ restaurante típico. T. 232 414 024 / 913 824 656 Preciso de comerciais dinâmicos. Mude a sua vida. T. 938 996 534 Professores para dar explicações T. 966 088 494 Procuro esteticista profissional – Viseu. T. 232 416 301 Procura um rendimento extra? Rentabilize os tempos livres em um negócio de sucesso. T. 914 160 114

Oferece-se alojamento em anexo independente com acesso a internet, excelentes condições de trabalho e óptimo ambiente familiar.

Enviar candidatura para Jornal do Centro ou Recrutamento EDIA: 93 990 10 40 ou: recrutamentoedia@gmail.com

Procuro trabalho Administrativo (contabilidade, serviço de bancos, cobranças, etc…). T. 914 569 620 Procuro trabalho como motorista nacional ou internacional. T. 919 648 979 Jovem de 29 anos procura trabalho como doméstica ou ajudante de cozinha, na zona de Viseu, T. 967 269 099 Procuro trabalho como motorista de pesados, nacional e internacional. T. 962 643 868 Oferece-se senhora para fazer limpeza a particulares. T. 967 896 592 Professora dá explicações do 1º ao 9º ano. T. 963 355 362 Faço limpezas, região de Viseu, brasileira c/ referências (2ª a sábado – Manhãs). T. 232 108 031

Empregada Doméstica Interna Angola, recruta-se Família portuguesa com dois filhos (1 e 7 anos) a residir em Benfica, Luanda, Angola, necessita de colaboradora em regime interno para apoio familiar, ajuda nas tarefas domésticas e no acompanhamento das crianças. Pedemse referências. Características: Responsável, dedicada e com disponibilidade para viajar com a família. Requisitos: Nacionalidade Portuguesa ou Angolana, escolaridade mínima obrigatória, até 35 anos de idade.

Tomo conta de crianças e idosos ao domicílio, tenho formação profissional na área. T. 962412767

EMPREGO PROCURA Professor licenciado dá explicações de história e português. T. 232 448 357 / 933 945 417 Procura-se sócio p/ bar. Zona histórica. T. 916 132 542 Senhora c/ experiência toma conta de pessoas idosas. T. 969 717 415 Técnico de Reiki - Filipe Fidalgo T. 965 150 009 Senhora c/ formação toma conta de idosos e deficientes. Dão-se referências. T. 967 211 980 Licenciada em Educação Social, procura emprego na sua área. T. 934 388 310 Cozinheiro com experiência em cozinha tradicional e internacional oferece-se para hotel ou restaurante. Zona de Viseu ou arredores. T. 934 965 462 Faço qualquer tipo de trabalho doméstico (horas) – Zona de Viseu. T. 918 179 972

Procuro trabalho como empregada interna p/ tratar de senhora doente, ou para limpezas. T. 936 388 122 Senhora c/ carta de condução e referências, ½ idade, procura trabalho de manhã, interior casas ou outro. T. 232 188 179 Procuro trabalho na área administrativa (Part-time ou Full-time). T. 966 756 847 Jovem licen. em C. Social procura trabalho nas áreas de Rádio; Publicidade; Marketing; Relações Públicas; Informática e Área Comercial. T. 961 136 971 Procuro trabalho p/ secretariado e recepção / área comercial (lojas). T. 966 852 198 Ofereço-me para fazer limpezas, cuidar de crianças, passar a ferro. Zona de Marzovelos. T. 912 040 905 Procuro trabalho como motorista / distribuidor de Quinta a Domingo. Carta C+E. Furgão próprio T. 966 163 163

Procuro trabalho área administrativa/educativa. Urgente. T. 967 167 957

Técnica de Cardiopneumologia procura emprego. E-mail: poliveira.cpl@gmail.com T. 968 802 649

Part-time para casa particular, cuidar de crianças, ajudante de cozinha em regime diurno, lavandaria/passar a ferro. T. 963 861 485

Cabeleireira desempregada oferece-se para: Cabeleireiros, serviço ao domicílio e deslocação a lar de idosos. T. 936 931 516


33

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

imobiliário Moradia T5, arquitectura moderna, excelente localização, áreas verdes. T. 918 739 748

T2 Duplex c/ aquecimento central. Quinta de Dentro, Rio de Loba – 117.500€. T. 232 187 105 / 916 220 977

Apartamento T3 na Praça do Goa com 2 frentes, lareira na sala,lugar d garagem.95.000,00€ T. 232 098 416 T. 960 050 949

Lote industrial e armazéns, área 25.000m2. Acessos TIR IC12 e A25. T. 918 739 748

Terreno em Repeses com projecto aprovado para geminada. T. 962 645 933

Terreno 6 hectares - 60.000,00 óptima localização T. 232 410 390 / 962 376 769

T2 Centro Viseu. Bom estado – 69.000€. T. 968 381 978

Lote insdustrial e armazéns c/ área de 25.000 m2, acessos TIR. IC12/A25 - Z.I. Nelas. Particular. T. 918 739 748

Apartamento T3 em Abraveses com sótão.Remodelado. Excelente investimento. 68.500,00€ T. 232 098 416 T. 960 050 949

T1 e T2, colina verde em fase final de construção. T. 963 036 432

T3 c/ lareira, aquecimento central, garagem fechada p/ 2 carros, no centro da cidade, Aveiro. Preço negociável. T.: 967 043 240

IMOBILIÁRIO V ENDE- SE

T2, 104m2, Av. Ant. José Almeida. 87.000€ T. 914 809 167 Vendo T1, Mobilado, zona da Sé. Construção recente T. 926 784 800 Vende-se casa antiga para restauro com cave. Área de cobertura 131m2. No centro de Loureiro de Silgueiros. T. 962 309 454 / 917 239 296 Terreno c/ vinha em plena produção. 6 Hect. Zona de Mangualde. T. 965 081 533 T1 no centro da Cidade (Viseu). Boas áreas. Zona nova. T. 966 493 070 T3 + 2 centro Viseu. Aceita parte pagamento, viatura ou autocaravana. T. 912 219 647

Junto ao rio Paiva com Bengalow em madeira do Brasil tipo T1 equipado e uma cave preparada para T0 c/ dois furos artesinos e bomba-electricidademurada com muros em pedra e rede. Folgosa - Castro Daire T. 917 518 984 Moradia Pascoal nova c/ 300m2, aquec. e aspiração central, roupeiros, varandas, logradouro. 190.000,00€ T. 967 914 455 T3 Urb. Vilabeira, próximo Politécnico – Repeses, 5º andar, c/ pintura interior nova, área bruta 210 m2, garagem fechada p/ 2 carros e arrumos c/ janela. Trata o próprio. T. 917 515 180 Moradia isolada próxima do Palácio do Gelo - Viseu (Nova) T. 938 445 815 Moradia isolada junto ao Sátão T. 938 445 815

T3 remodelado, c/ aq. central e AC. Entre 3 superf. comerciais e a 7 min. do centro Net Wirless, no condomínio. 110.000 € T. 918 639 302 2 Lotes juntos para construção. Preço acessível. T. 962 645 933 Moradia de luxo, Repeses, com possibilidade de permuta por apartamento. T. 962 645 933 Terreno para construção, Póvoa de Sobrinhos c/ 3.400 m2. T. 962 645 933 Moradia Banda T4, Coz. mobilada equipada, Escritório mobilado, Lav. c/ máq., Garagem p/ 2 carros, Aquec. Central, Churrasqueira. T. 968 046 925

Casa antiga, totalmente remodelada, c/ aq. central, a 10 minutos de Viseu. T. 965 563 130 Moradia T5, arquitectura minimalista, áreas verdes, Nelas. O próprio. T. 918 739 748 Casa Antiga p/ restaurar c/ 40.000 m2 de terreno. Junto à barragem da Aguieira. T. 917 460 551 Terreno, zona de Mundão, 16.000 m2 construtivos. T. 962 645 933 Moradia em tosco. Zona de Cavernães – Viseu. Bom preço. T. 962 645 933 Terreno c/ 6.000 m2 p/ construção de moradias ou prédios até 3 pisos. Área de construção 2.700 m2 - Coimbra. T. 917 460 551

Casa, centro de Nelas. T. 969 527 373

1ª Publicação

Apartamento T4 em Abraveses, com aquecimento central, lareira na sala, sótão e lugar de garagem. 105.000,00€ T. 232 098 416 T. 960 050 949

Moradia próximo de Viseu c/ possibilidade de permuta p/ apartamento. T. 964 344 612 T1 centro da cidade – Viseu. T. 965 319 494 Terreno p/ construção, c/ grande área e poços.A 15 minutos de Viseu. Bom preço. T. 917 251 378 Terreno em Viseu para construção. Óptimo local. T. 962 645 933 Terreno p/ construção c/ 6.000 m2. Podem 2.700 m2 de construção ser em moradias ou prédios de 3 pisos (Coimbra). T. 917 460 551 Casa para reconstrução no centro histórico – Viseu. T. 916 195 468

IMOBILIÁRIO A R R E N DA- S E

T3 c/ garagem - 400,00€ Cozinha equipada,4 roupeiros, Aquecimento central T. 232 410 390/962 376 769 Moradia Geminada - 500,00€ Cozinha equipada,Jardim,òptima moradia T. 232 410 390/962 376 769 T3 - Centro da cidade - 350,00 Cozinha equipada T. 232 410 390/962 376 769 Sala com 15m2 e sala de espera, centro de Viseu. T. 966 070 287

Apartamento T3 na Quinta do Galo com 3 frentes,lareira na sala, 2 wc`s ,sótão e garagem fechada. 90.000,00€. T. 232 098 416 T. 960 050 949 Apartamento T2 a 2 minutos do centro de Viseu. 65.000,00€ T. 232 098 416 T. 960 050 949 Apartamento T2 na Quinta do Bosque, com aq. central, lareira na sala, quartos com roupeiros embutidos, despensa, 2 wc`s, garagem fechada. 89.000,00€ T. 232 098 416 T. 960 050 949 Apartamento T2 na Av. da Bélgica. 49.000,00€. Excelente Investimento. T. 232 098 416 T. 960 050 949 Apartamento T3 na Quinta da Alagoa com a cozinha equipada, aquecimento central completo, lareira na sala com recuperador de calor, roupeiros e varandas em todos os quartos, garagem. 130.000,00€ T. 232 098 416 T. 960 050 949

Armazéns, várias áreas disponíveis. T. 963 036 432 Aluga-se 1.º andar moradia, Viso Norte. T. 963 335 950 Armazém com Escritórios 450m2, vigiado,a 2min do centro cidade. WC completos,trata o próprio T.936 954 696 T2 em Marzovelos, Viseu T. 962 645 933 T2, 104m2, Av. Ant. José Almeida. 350€ T. 914 809 167 Aluga-se quarto a senhora/ rapariga. Bairro do Serrado. T. 963 636 514 Aluga-se quarto c/ WC privativo a professor,estudante ou trabalhador. Casa familiar - Repeses T. 933 697 870 T3 mobilado no Bairro de Stª Eugénia T. 962 734 566

(Jornal do Centro - N.º 404 de 11.12.2009)

2ª Publicação

2ª Publicação

(Jornal do Centro - N.º 404 de 11.12.2009)

2ª Publicação

(Jornal do Centro - N.º 404 de 11.12.2009)

(Jornal do Centro - N.º 404 de 11.12.2009)


34 CLASSIFICADOS

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

advogados VISEU ANTÓNIO PEREIRA DO AIDO Rua Formosa, nº 7 – 1º, 3500-135 Viseu T. 232 432 588 Fax 232 432 560 CARLA DE ALBUQUERQUE MENDES Rua da Vitória, nº 7 – 1º, 3500-222 Viseu T. 232 458 029 Fax 232 458 029 Telm. 966 860 580 MARIA DE FÁTIMA ALMEIDA Rua Miguel Bombarda, nº 37 – 1º Esq. Sala G, 3510-089 Viseu T. 232 425 142 Fax 232 425 648 CATARINA DE AZEVEDO Largo General Humberto Delgado, nº 1 – 3º Dto. Sala D, 3500-139 Viseu T. 232 435 465 Fax 232 435 465 Telm. 917 914 134 E-mail: catarina-azevedo-5275c@ adv.oa.pt

Para a inclusão do seu nome na secção “Advogados”, deve contactar através dos números 232 437 461 ou 962 108 777.

CARLA MARIA BERNARDES Rua Conselheiro Afonso de Melo, nº 39 – 2º Dto., 3510-024 Viseu T. 232 431 005 JOÃO PAULO SOUSA Lg. General Humberto Delgado, 14 – 2º, 3500-139 Viseu T. 232 422 666 JOÃO MARTINS Rua D. António Alves Martins, nº 40 – 1º A, 3500-078 Viseu T. 232 432 497 Fax 232 432 498

PAULO DE ALMEIDA LOPES Travessa da Balsa, nº 21 3510-051 Viseu T. 232 432 209 Fax 232 432 208 E-mail: palopes-4765c@adv.oa.pt

FILIPE FIGUEIREDO Rua Conselheiro Afonso de Melo, nº 31 – 5º, sala 502, 3510-024 Viseu T. 232 441 235 Telm. 964 868 473 E-mail filipe.figueiredo-5153c@adv. oa.pt

ANTÓNIO M. MENDES Rua Chão de Mestre, nº 48, 1º Dto., 3500-113 Viseu T. 232 100 626 E-mail: antonio.m.mendes-3715c@ adv.oa.pt

FABS – SOCIEDADE DE ADVOGADOS – RENATO FERNANDES, JOÃO LUÍS ANTUNES, PAULO BENFEITO Av. Infante D. Henrique, nº 18 – 2º, 3510-070 Viseu T. 232 424 100 Fax 232 423 495 E-mail: fabs.advogados@netvisao.pt

ARNALDO FIGUEIREDO E FIRMINO MENESES FERNANDES Av. Alberto Sampaio, nº 135 – 1º, 3510-031 Viseu T. 232 431 522 Fax 232 431 522 E-mail: a-figueiredo@iol.pt e firminof@iol.pt

ANA PAULA MADEIRA Rua D. Francisco Alexandre Lobo, 59 – 1º DF, 3500-071 Viseu T. 232 426 664 Fax 232 426 664 Telm. 965 054 566 E-mail: anapaula.madeira@sapo.pt

MARQUES GARCIA Av. Dr. António José de Almeida, nº 218 – C.C.S. Mateus, 4º, sala 15, 3514-504 Viseu T. 232 426 830 Fax 232 426 830 E-mail: marques.garcia-3403c@advogados.oa.pt

MANUEL PACHECO Rua Alves Martins, nº 10 – 1º, 3500078 Viseu T. 232 426 917

JOÃO NETO SANTOS Rua Formosa, nº 20 – 2º, 3500-134 Viseu T. 232 426 753 CONCEIÇÃO NEVES E MICAELA FERREIRA – ADVOGADAS Av. Dr. António José de Almeida, 264 – Forum Viseu [NOVAS INSTALAÇÕES], 3510-043 Viseu T. 232 421 225 Fax 232 426 454 ELISABETE MENDONÇA Rua Nunes de carvalho, nº 39 – 1º, sala 3, 3500-163 Viseu T. 232 471 284 Fax 232 471 284 E-mail elisabetemendonca-5907c@ adv.oa.pt

BRUNO DE SOUSA Esc. 1 - Rua D. António Alves Martins Nº 40 2ºE 3500-078 VISEU T. 232 104 513 | Fax 232 441 333 Esc. 2 - Edifício Guilherme Pereira Roldão, Rua Vieira de Leiria Nº14 2430-300 Marinha Grande T. 244 110 323 | Fax 244 697 164 Tlm. 917 714 886 Áreas preferenciais: Crime | Fiscal | Empresas

MANGUALDE JOSÉ MIGUEL MARQUES Rua 1º de Maio, nº 12 – 1º Dto., 3530-139 Mangualde T. 232 611 251 Fax 232 105 107 Telm. 966 762 816 E-mail: jmiguelmarques-4881c@adv. oa.pt JOSÉ ALMEIDA GONÇALVES Rua Dr. Sebastião Alcântara, nº 7 – 1º B/2, 3530-206 Mangualde T. 232 613 415 Fax 232 613 415 Telm. 938 512 418 E-mail: jose.almeida.goncalves14291l@adv.oa.pt

NELAS JOSÉ BORGES DA SILVA, ISABEL CRISTINA GONÇALVES E ELIANA LOPES Rua da Botica, nº 1, 1º Esq., 3520-041 Nelas T. 232 949 994 Fax 232 944 456 E-mail: j.Borges.silva@mail.telepac.pt JOSÉ BORGES DA SILVA, ISABEL CRISTINA GONÇALVES E ELIANA LOPES Rua da Botica, nº 1, 1º Esq., 3520-041 Nelas T. 232 949 994 Fax 232 944 456 E-mail: j.Borges.silva@mail.telepac.pt

LAMEGO

ÂNGELO MENDES MOURA Av. Visconde Guedes Teixeira, 29 – 1º, 5100-073 Lamego T. 254 612 402 FERNANDO AMARAL Rua dos Bancos, 5100-115 Lamego T. 254 612 274/ 254 600 223 Fax 254 600 229

automóveis

/motos

Nissan Patrol 2.8 Turbo – 5.500€. T. 960 045 604

AUTOMÓVEIS V ENDE- SE Opel Vivaro 1.9 100 CV, 2002, 69.000 Kms com A.C. T. 964034940 Seat 1.9 TDI comercial,c/ ar.condicionado,Dez 2000, bom estado,4950€ T. 917 610 594 Renault Megane Break 12-05. AC, FC, VE, BA, FN, excelente estado T. 965 837 928 BMW 530, a gasoleo, full-extras, bom preço. T. 917 349 903 Citroen Saxo 1.5d, 2000, 2 lug, novo modelo. 2.500€ - Viseu. T. 969 007 499

Peugeot 106 1.5d, 1997, comercial – 1.900€. T. 960 045 604 Polo G40 preto 143000km, GPL, supensão+volante sport, JLL14. Bom estado, 2250€, T. 962 615 858 Opel Corsa 1.3 CDI Comercial. Óptimo estado - Janeiro/2005 T. 937 322 520 Citroen C3 1.1 5P,Ar Cond. ABS,poucos KMs,6950€ T. 917 610 594 Nissan Almera 1.5 Sport 3P Ar Cond., bom estado geral 6500€ T. 917 610 594 Renault Clio 1.2, 1999. Apenas 56.000Km, 5 portas - 3.750 € T. 963 435 401 Alfa Romeo 145, 1.4 TS 16v junior, AC /103cv, 3.900€ T. 968 125 245

Viaturas clássicas, bom estado,originais,bom preço, Fiat 500 A 1937,Peugeot 504 Cabriolet 1973,Mercedes-Benz 250 SE 1966,VW carocha 1303 de 1973,Porsche 944 2.5 targa T. 917 610 594 Opel Corsa 1500, gasóleo, isuzu, 5 lugares, 1992. Em bom estado. T. 962 361 184 Vendo Opel Corsa A 1.5 Diesel Comercial. Em muito bom estado. T. 966 544 800

Mazda 2 1.3 Gasolina, 10.250€, 24.000 KM, 2007-02, Cinza, Ar condicionado, JLL T. 918 717 919 Mitsubushi Carisma 1.9TD,5P,excelente estado, c/livro de revisões,8950€ T.967 266 608

Audi A3 Sport, 1.9 tdi 110cv. Full Extras, 3 Portas, A/C, A.B.S, travões de disco ventilados.Bom estado. Bom preço. T. 917 480 949 Seat Ibiza 1.0 5P,Ano 2000,c/ Dir.Assistida,bom estado,4250€ T. 917 610 594

Mazda 3 1.4 Gasolina, 13.250€, 26.000 KM, 2006-03, cinza, Ar condicionado automático, ABS, Rádio de CDS. JLL T. 918 717 919

BMW 318I Cabriolet,1993, em excelente estado.8950€. T. 917 610 594

Alfa Romeo 147 1.9Mjet 140cv, 105000Km, 2003, 5P, estado novo T. 962615858

Porsche 944 Targa 2.5,com ar cond.,cx. automática,livro revisões,69890 KMS,como novo T. 917 610 594

C2, vermelho, gasolina, Óptimo estado, ano 2004. 34.000Km - 6.000€ T. 967 951 682 Fiat Punto Branco, 5 portas, gasolina 1.2, 16v, ano 2000/ Junho. Contacto T. 965 846 855 Vendo Vw Passat TDI 115 cv carrinha azul c/ tecto de abrir do ano 2000, nacional . 1 proprietario . Muito bom estado e bom preço. T: 917 515 180 Fiat Punto 55s, 1995, 140.000 Km, inspecção até Dezembro 2010. Bom preço. T. 961 168 421

Seat Cordoba 1.4 c/ar cond,2001,excelente estado geral. T. 917 610 594

BMW 320 D,Nacional,1999,em excelente estado geral e bom preço T. 967 266 608

Renault Mégane 1.5 dci 3p 105 cv, 18.950€, 41.000 Km, 2006-08, Preto, Ar condicionado, ABS, JLL, Sensor de chuva e Luz T. 918 717 919

Mazda 3 HB MZ-CD 1.6 110cv Exclusive, 17.950 €, 29.000 Km, 2007-04, Cinza Rato, Ar condicionado Automático, JLL, ABS, Faróis nevoeiro T. 918 717 919

Compro a dinheiro,qualquer tipo de automóveis,bons,com ou sem avaria.Desloco-me. T. 917 610 594 / 967 266 608

Mini, cinzento, 2004, 1400 D, 100 Cv, AC, Jante 17, Bom Preço T. 917 349 903

Opel Corsa Swing, 93, Gasóleo, 5 lugares. Possibilidade de troca p/ carro a gasolina T. 963 964 170

Yamaha TZR 125, 1995. Urgente. T. 968 553 269

Prestação de Serviços de Fotodepilação Definitiva em Gabinetes de Estética, Ginásios, Cabeleireiros, SPA`s, Parafarmácias e afins, contacto: www.ambeauteipl.blogspot.com

Vende-se mobilia de sala 100€. Mobilia de quarto 150€. T. 962 600 648

Tratamento natural má circulação, circulação dificiente T. 962 600 648

Faço serviços de mudanças. Distribuição de publicidade, etc... T. 963 191 961

Projectos de Arquitectura e Engenharia, Direcções de Obra, preços competitivos. T. 967 118 875

Jogo de Maples (O grande faz cama) + 2. Confortáveis, imitação de pele - Bom preço. T. 933 697 870

Compro pinhal até 2 hectares no distrito de Viseu T. 961 168 421

Recolha gratuíta (ao Domicílio) de electrodomésticos metálicos. Todo o tipo de sucata. Abate de automóveis. T. 966 544 800

Consulta MEDA, terapia Quântica para Stress, ansiedade, medo, e outros sintomas de doença. Terapias biofísicas.Faça a marcação de um check-up gratuito! T. 963 163 472

Rover 414, 1500 cc, fins 96, bom estado, particular, vermelho metalizado, a/c, j.e., tecto abrir, alarme, fechos eléctricos. T. 933 697 870 Ford Escort XR3, 87, Bom estado - 3.000€. T. 969 466 817

Compra-se automóvel ou carrinha até 1.500 € a dinheiro. T. 96 949 72 38 Vende-se Peças de VW Golf I T. 919 888 708

MOTOS V ENDE- SE

diversos Tratam-se Pensões Nacionais e Estrangeiras. T. 965 525 207

VÁRIOS Criação e Alojamento de Sites. Coloque a sua empresa na internet ao melhor preço. T. 962 649 437 Explicações. Estudo Acompanhado. Viseu (C.C. 2000, Lj. 60). Nelas (Ed. Titanic) T. 962 820 381

Terapias corporais, relaxamento, hatha-yoga e outros recursos antistress (massagem), hidroginástica, yogiatsu, yogilates, etc.Atende-se também ao domicílio T. 969 734 494 Serviço de Enfermagem ao Domicílio. Enfermeira Carmen Lúcia Monteiro T. 934 720 782 Passa-se a ferro p/ fora a bons preços. Vamos a sua casa recolher e entregar s/ custos adicionais. Zona de Viseu.. T. 969 547 228

Procuro terreno zona Viso Sul ou Repeses com > = 1500 m2 contacto T. 963 939 094 Tratamento Coluna Vertebral Massagem. T. 966 789 368 Explicações de Português - Básico / Secundário T. 918 846 034 Projecto inovador, rendimento máximo. T. 919 176 261

Herbalife! Fitness, Nutrição Desportiva, Controle o seu peso – www.nutriloja.com/xl T. 962 954 221

Vende-se colecção AutoMagazine. Nºs 1 a 140, 75€. T. 916 132 542

Senhor, deseja conhecer senhora dos 48 aos 55 anos. Compromisso sério. Tlm.: 926 389 096


35

Jornal do Centro 11 | Dezembro | 2009

necrologia

/institucionais

Joaquim Coelho Rodrigues, 73 anos, casado. Natural e residente em Custelhão, Castro Daire. O funeral realizou-se no dia 3 de Dezembro, pelas 16.30 horas, para o cemitério de Castro Daire.

Joaquim dos Santos Almeida, 72 anos, casado. Natural de Sátão e residente em Pedrosas, Sátão. O funeral realizou-se no dia 3 de Dezembro, pelas 15.00 horas, para o cemitério de Sátão.

Armando de Almeida Ferreira, 84 anos, casado. Natural e residente em Mezio, Castro Daire. O funeral realizou-se no dia 5 de Dezembro, pelas 15.00 horas, para o cemitério de Mezio.

Agência Funerária Sátão Sátão Tel. 232 981 503 1ª Publicação

Umblina Pinto, 98 anos, solteira. Natural e residente em Castro Daire. O funeral realizou-se no dia 8 de Dezembro, pelas 15.30 horas, para o cemitério local. Alzira de Jesus Rodrigues, 89 anos, solteira. Natural de Cepões, Lamego e residente em Castro Daire. O funeral realizou-se no dia 8 de Dezembro, pelas 15.30 horas, para o cemitério de Castro Daire. Agência Funerária Amadeu Andrade & Filhos, Lda. Castro Daire Tel. 232 382 238 Alda Albuquerque Figueiredo e Geraldo, 84 anos, casada. Natural e residente em Mangualde. O funeral realizou-se no dia 4 de Dezembro, pelas 9.30 horas, para o cemitério local. Dolores Martins Silveira, 91 anos, viúva. Natural e residente em Mangualde. O funeral realizou-se no dia 9 de Dezembro, pelas 15.30 horas, para o cemitério local. Maria Manuela da Silva, 79 anos, viúva. Natural de Quintela de Azurara e residente em Passos, Mangualde. O funeral realizou-se no dia 10 de Dezembro, pelas 15.30 horas, para o cemitério de Mangualde. Agência Funerária Ferraz e Alfredo Mangualde Tel. 232 613 652 Natalino Augusto Fernandes Lopes, 55 anos, casado. Natural e residente em Arcozelo das Maias, Oliveira de Frades. O funeral realizou-se no dia 4 de Dezembro, pelas 15.00 horas, para o cemitério de Arcozelo das Maias. Agência Funerária Figueiredo & Filhos, Lda. Oliveira de Frades Tel. 232 761 252

José Ferreira Pires, 85 anos, viúvo. Natural de S. Salvador e residente em Viseu. O funeral realizou-se no dia 4 de Dezembro, pelas 16.00 horas, para o cemitério de S. Salvador. Jaime Almeida da Silva, 73 anos, casado. Natural e residente em Farminhão. O funeral realizou-se no dia 5 de Dezembro, pelas 15.00 horas, para o cemitério local. Abel Rodrigues dos Santos, 92 anos, casado. Natural e residente em Vil de Souto, Viseu. O funeral realizou-se no dia 6 de Dezembro, pelas 15.00 horas, para o cemitério de Vil de Souto. Maria Lopes Bastos dos Santos de Lima, 78 anos, casada. Natural da Mealhada e residente em Viseu. O funeral realizou-se no dia 6 de Dezembro, pelas 16.00 horas, para o cemitério novo de Viseu. Ana Esteves, 88 anos, viúva. Natural de S. Cipriano e residente em Vil de Souto. O funeral realizou-se no dia 7 de Dezembro, pelas 15.00 horas, para o cemitério de Vil de Souto. António Simões, 87 anos, casado. Natural e residente em Torredeita. O funeral realizou-se no dia 9 de Dezembro, pelas 15.00 horas, para o cemitério local. Olinda Rodrigues da Conceição, 90 anos, viúva. Natural e residente em Boaldeia. O funeral realizou-se no dia 10 de Dezembro, pelas 10.00 horas, para o cemitério local. Agência Funerária de Figueiró Viseu Tel. 232 415 578

(Jornal do Centro - N.º 404 de 11.12.2009)

1ª Publicação

(Jornal do Centro - N.º 404 de 11.12.2009)


tempo: pouco nublado

JORNAL DO CENTRO 11 | DEZEMBRO | 2009

Impresso em papel que incorpora 30 por cento de fibra reciclada, com tinta ecológica de base vegetal

agenda

Sexta-feira, 11 Viseu

∑ Clotilde Fava inaugura a exposição “Mulheres da Minha África”, às 21h00, no Montebelo Hotel & Spa.

Sábado, 12 Sátão

∑ Concerto de Natal Solidário, no CineTeatro Municipal, com com o grupo ÉME & ÉME.

Domingo, 13 S. João da Pesqueira

∑ XI Festa dos Idosos de S. João da Pesqueira, às 11h00 no Pavilhão Gimnodesportivo.

Segunda-feira 14 Tondela

∑ O Agrupamento de Escolas de Tondela dá início à semana de actividades comemorativas dos 900 anos do nascimento de D. Afonso Henriques.

Terça-feira, 15 Viseu

∑ O homem suspeito de ter matado a agente imobiliária encontrada degolada, num apartamento, em Dezembro do ano passado começa a ser julgado no Tribunal de Viseu. Publicidade

Hoje, dia 11 de Dezembro, parcialmente nublado. Temperatura máxima de 13ºC e mínima de 6ºC. Amanhã, dia 12 de Dezembro, parcialmente nublado. Temperatura máxima de 13ºC e mínima de 5ºC. Domingo, dia 13 de Dezembro, sol. Temperatura máxima de 10ºC e mínima de 4ºC. Segunda, dia 14 de Novembro, sol. Temperatura máxima de 7C e mínima de 4ºC.

Jornal do Centro regressa com “Um Natal de Boas Notícias” Campanha∑ Venda de Jornais reverte este ano à Escola de Cães Guia Este Natal, o valor das vendas da edição de 18 de Dezembro do Jornal do Centro vai novamente reverter a favor de uma instituição de solidariedade social. A campanha “Um Natal de Boas Notícias” nasceu em 2007, com o objectivo de ajudar instituições de utilidade pública que desenvolvam trabalho junto de grupos desfavorecidos. Este ano, a entidade beneficiária da campanha será a ABA-

ADV – Escola de CãesGuia de Mortágua. Apadrinhada pelo presidente da Câmara de Viseu, Fernando Ruas, esta acção destina-se à angariação de fundos mediante a venda de jornais. Os jornais serão vendidos na rua, por figuras públicas da região e todos os colaboradores na pele de ardinas solidários, assim como a empresas e instituições através de convite para aderirem à iniciativa.

Este ano, a campanha vai decorrer em Viseu e Mortágua, concelho onde a Escola de Cães Guia tem a sua sede.

Infantuna repete festival Considerado um dos maiores espectáculos de tunas académicas da região, o XVIII Festival Internacional de Tunas Universitárias da Cidade de Viseu (FITUV) decorre a partir de hoje, dia 11, até domingo. A organização garante que serão três dias de “agradecimento da Infantuna à cidade pelo apoio incondicional ao longo dos anos”, assegura José Costa porta-voz da Infantuna. Estarão presentes no

festival perto de 220 tunos. O momento alto será no dia 12, às 21 horas, no pavilhão Multiuso, mas haverá outros momentos de animação sobretudo pelas ruas da cidade. “Trata-se de um festival com uma grande hospitalidade de Viseu para com as tunas e um momento alto de partilha da alegria dos estudantes para com a comunidade” local adianta José Costa. A participação ao longo dos 18 anos tem sido

sempre de casa cheia com mais de 500 pessoas no espectáculo. Este sábado espera-se o mesmo espírito para ver as Tunas Castra Leuca de Castelo Branco, Luz & Tuna de Lisboa, Imperial Neptuna da Figueira da Foz, Copituna da Guarda, Tuna do ISEL de Lisboa, a Viriatuna e a Estudantina de Viseu e a Tuna de San Martin de Porres do Peru. A Infantuna também participa no festival como a Tuna anfitriã. EA

Olho de Gato

http://twitter.com/olhodegato

O ovo da serpente Joaquim Alexandre Rodrigues joaquim.alexandre.rodrigues@netvisao.pt

1. A eleição de Barac Obama encheu o mundo de esperança. Só que Obama ainda não teve tempo para respirar. São sarilhos e mais sarilhos. A economia americana avariou, o dólar está a afundar-se e o SNS americano é um parto dificílimo. O ”american way of life” quer pôr-se outra vez nos carris. Não se vê como. Esta semana, Fareed Zakaria no Washington Post sintetizou: “Obama está à procura de uma política pós-imperial no meio de uma crise imperial”. A 1 de Dezembro, na academia de West Point, Barac fez um discurso sobre a situação militar. Aí, mais uma vez, explicou que é no Afeganistão e no Paquistão que está o ovo da serpente fundamentalista e procurá-lo no Iraque foi um desfoque estratégico. Esse discurso foi ouvido e discutido em to do o mu ndo . E m Portugal, infelizmente, não se deu conta de nenhum debate sobre o assunto. Obama anunciou o envio de mais 30 mil

soldados e afirmou que as tropas vão começar a regressar à América daqui a 18 meses. Percebe-se a motivação estratégica que fez Barac ter já triplicado a presença militar americana no Afeganistão. Já este anúncio de prazo de retirada é um erro difícil de perceber. Os afegãos não se vão pôr ao lado do corrupto presidente Hamid Karzai sabendo que os americanos se vão embora. Por sua vez, os talibans e a al-Qaeda só têm que fazer como as cobras durante o inverno e meterem-se mais uns tempos debaixo dos calhaus. 2. Pergunta: qual era o pior emprego em Viseu no séc. XVI? Resposta: carcereiro. Se algum preso fugisse, era o carcereiro que tinha de cumprir a pena. Aprendi isso em “A Cidade de Viseu no Século XVI”, de Liliana Castilho, um livro acabado de editar pela Arquehoje. Leitura boa, instrutiva e acessível mesmo a não especialistas.

Jornal do Centro - Ed404  

Jornal do Centro - Ed404

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you