Page 29

Sessão Prática 1 – Exame do fundo do olho com a lâmpada de fenda e retinografia sem midriase Dr. Alejandro Cerviño 1, Dr. Paulo Pinto 2 1 2

Universidade de Valência, Espanha Universidade do Minho, Portugal

É bem sabido que a observação e avaliação de pelo menos a parte central do fundo do olho deve fazer parte do mais elementar exame ocular. Sem importar o motivo da consulta, a idade, os sintomas ou os sinais que apresente o paciente, uma avaliação do fundo do olho deveria de ser realizada com certa frequência. Existem na actualidade diversas técnicas que permitem uma observação do fundo do olho com muita utilidade na prática clínica para a detecção de anomalias. Estas técnicas agrupam-se em dois grupos bem definidos: as técnicas de observação directa e as técnicas de observação indirecta. Os objectivos específicos da sessão são: 1. A compreensão das diferenças na visão do fundo do olho entre a observação directa e a observação indirecta mediante lâmpada de fenda. 2. Conhecer as estruturas e parâmetros de normalidade observados com a técnica. 3. Entender o procedimento para realizar a técnica correctamente.

Sessões Práticas

27

Português

CIOCV'09 Proceedings  

Proceedings for the International Conference of Optometry and Visual Science 2009 (CIOCV'09). University of Minho, Braga, Portugal

Advertisement