Page 23

Glaucoma: quando referir um paciente ao especialista Dr. José Luís Rosado

Opticlinic, Lisboa, Portugal

Objectivo: O Glaucoma é uma das doenças oftalmológicas mais comuns, sendo importante o papel do optometrista na primeira análise desta patologia. Devido às suas próprias características, o Glaucoma requer em determinada fase cuidados oftalmológicos, sendo que esta apresentação pretende dar algumas linhas de orientação baseadas no programa de “Shared Care” em vigor no Reino Unido. Conteúdo: Será feita uma abordagem mais geral da patologia, como a classificação e prevalência. Serão também revistos os aspectos da anamnese a ter em conta nesta patologia. O diagnóstico do glaucoma é feito essencialmente através da avaliação da aparência do nervo óptico, dos campos visuais e da medição da pressão intra-ocular. As alterações no anel neurorretiniano segundo a regra “ISNT”e as alterações da disposição dos vasos são aspectos importantes a avaliar ao nível do nervo óptico, os escotomas característicos do glaucoma na análise do campo visual e a importância do Pressão Intra-ocular com factor principal de risco para a doença. As linhas de orientação de referência para oftalmologia são elaboradas em função destes 3 últimos aspectos analisados.

Palestras

21

Português

CIOCV'09 Proceedings  

Proceedings for the International Conference of Optometry and Visual Science 2009 (CIOCV'09). University of Minho, Braga, Portugal

Advertisement