Page 1

Bibliotecando Notícias da Biblioteca

Agrupamento

Aver-o-Mar

Edição 4 Janeiro 2010

DESTAQUE

Histórias tradicionais NESTA EDIÇÃO:

Sessões de Leitura Actividades Desafio do mês Explorando a BE R. Zimler na BE Destaque do PNL

+

Janeiro! Mês que dedicamos às histórias tradicionais. Os contos tradicionais, a par dos provérbios, adivinhas, anedotas, lendas, fazem parte do património literário e, como tal, devem ser defendidos e preservados. Por outro lado, constituem instrumentos educativos privilegiados pelos valores e pelos variados sentimentos que encerram da alma de um povo, dos seus hábitos e costumes. As histórias tradicionais que lemos nas nossas sessões: “O príncipe com orelhas de burro” in “Contos para rir” de Luisa Ducla Soares. Esta história permitiu a consciencialização para o facto de que o homem vale pela sua grandiosidade como ser humano, e não apenas pela sua aparência perante os outros; um ser capaz de amar os outros, com as suas virtudes e defeitos, capaz de apreciar e sentir a beleza da Natureza. “A galinha medrosa”, e “A gaita maravilhosa” in “Histórias Tradicionais”, ambas recontadas por António Mota. Todos somos responsáveis pelos actos que praticamos e todos somos seres cognoscitivos pelo que devemos pensar por nós próprios, eis a reflexão que as histórias despoletaram. Quanto a “A Carochinha e o João Ratão”, história tradicional recontada em verso por Luisa Ducla Soares, deliciou os mais pequenos, sem dúvida. Estas histórias deram origem a diversos dinâmicas de interactividade com a sala de aula, desde logo, o desenvolvimento da competência leitora e a construção de uma cultura literária, mas também, pinturas, fichas de leitura e dramatizações. As escolas do 1º ciclo e Jardim de Infância foram confrontadas com o desafio de contar uma história tradicional, a partir de um conjunto de imagens. No próximo mês, as professoras bibliotecárias contarão em cada turma a história original; Será divertido confrontar as diferentes versões. Foram privilegiadas as seguintes histórias tradicionais portuguesas, recontadas por Alice Vieira: “Fita, pente e espelho”, “Manhas e patranhas, ovos e castanhas”, “Os anéis do diabo”, “Corre, corre cabacinha”, “Periquinho e Periquinha”. Os alunos, na escola sede, tiveram o desafio de ilustrar poemas japoneses (Haikus), respondendo de forma positiva ao concurso relativo às comemorações dos 150 anos do 1º tratado de Amizade e Cooperação entre Portugal e Japão. Tradição a preservar, não é verdade? Explorar a Biblioteca é algo que os alunos fazem com imenso prazer; os mais pequeninos do pré-escolar empenharam-se de forma significativa nas regras a cumprir neste espaço. As regras encontram-se afixadas nos placards da BE.

Desejando comemorar os 150 anos do 1º Tratado de Amizade e Cooperação entre Portugal e o Japão cujas celebrações terão lugar em 2010, a Associação de Amizade Portugal-Japão pretende lançar um concurso entre os alunos das escolas portuguesas.

Regras ilustradas pelos pequeninos

Newsletter nº4


Bibliotecando

+

Nas sessões sobre literacia da informação, os alunos exploraram a CDU (classificação decimal universal) e tomaram consciência da necessidade de se categorizar o conhecimento. Fizeram-se jogos e variadas actividades com os livros, em torno da CDU. No final, afixaramse os cartões na BE.

“Brincando” com a CDU

Os alunos vieram à BE ler em voz alta, sob a supervisão da professora bibliotecária. Exercício que agrada bastante aos que estão ainda a dar os primeiros passos na descoberta do processo de decifração e de leitura! Os alunos do CEF— Serviços Administrativos — iniciaram, neste mês, o estágio na Biblioteca sede. Neste contexto, cabe-lhes executar as seguintes tarefas: atendimento ao público, serviços de empréstimo, registos de material audiovisual e digitalização das capas de livros. BOM TRABALHO!!!

Leitura em voz alta, 1º ano

No espaço da BE esteve presente a exposição sobre o “Holocausto”, organizada pelo Departamento HGP; durante a última semana de Janeiro, os alunos visionaram filmes sobre a mesma temática; no dia 29, o escritor Richard Zimler foi o convidado de honra. Foi uma presença de grande significação humana pelos testemunhos relatados, pelas experiências de vida que connosco partilhou, pela evocação das personagens dos seus romances nas tramas tecidas em cada obra. Foi um momento inesquecível! Um muito obrigado para os professores responsáveis. No âmbito do PNL, os baús itinerantes do projecto “Aler+-osLivros” circulam pelas escolas, agora com packs de livros cujas leituras são de grau de dificuldade II; os baús também chegaram a cada sala do Jardim de Infância, com obras diversificadas e com imagens bastante apelativas, como não podia deixar de ser!!! Dois novos projectos foram implementados neste mês: “Já sei ler” no 1º ciclo e “Leitura em vai vem” no Pré-escolar. São projectos suportados em leituras domiciliárias e cujo objectivo é envolver as famílias nestas práticas. Cabe a estas, conjuntamente com os seus educandos, proceder a registos sobre as leituras efectuadas. Cabe aos professores valorizar estas práticas e estimular com palavras de encorajamento e com registos que se afixam nos placards da sala e ou da escola. Na escola sede, procedeu-se ao concurso Nacional de Leitura: os alunos foram responsabilizados pela leitura dos livros “Contos de Charles Dickens”, “Quero ser outro” de Ana Mª Magalhães e Isabel Alçada e “Águas de Verão” de Alice Vieira. Na BE foi realizada a prova eliminatória e foram seleccionados três alunos. Na BE, outras tarefas e funções são desempenhadas: os registos das novas aquisições, a catalogação e colocação das cotas, a plastificação... O empréstimo domiciliário… A difusão da informação, o arranjo das estantes e dos placards... às vezes, estas tarefas / funções passam despercebidas, no entanto, são deveras importantes, pois, só assim, a BE se transforma num espaço dinâmico e integrador. Para este trabalho é também importante a colaboração da equipa docente e das assistentes operacionais. Este mês: ► foi feito o tratamento bibliográfico dos livros adquiridos no âmbito do PNL e que, entretanto, chegaram à BE; brevemente, daremos conta dos novos títulos adquiridos (assim que estivermos na posse da totalidade dos livros); ► procedeu-se à parametrização do programa de gestão bibliográfica que se adquiriu, conforme já referenciamos.

Richard Zimler na BE

A partir do livro “O pastor de nuvens e o fotógrafo do passarinho” ,de Inácio Pignatelli, os alunos da turma AL3B trabalharam teatro de sombras. Resta-nos referir que, na sequência do conto de Natal, “O Pai Natal vai à guerra”, e colocados perante a tarefa de encontrar um final para a história, os alunos do 5º ano responderam de forma positiva. Imaginem que a maioria dos alunos participantes revelou que seria incapaz de abandonar a família e os amigos, num

cenário da guerra, e partir com o

Apresentamos duas candidaturas à constituição de biblioteca esco- Pai Natal para uma vida melhor! lar, nas escolas do 1º ciclo (Fieiro e Barros). Talvez tenhamos FANTÁSTICO!!! sorte, quem sabe?

Até ao próximo mês!!!

Finais da história “O Pai Natal vai à

Newsletter nº4

edição 4 - Cópia  

Destaque do PNL Explorando a BE R. Zimler na BE NESTA EDIÇÃO: Actividades Janeiro! Mês que dedicamos às histórias tradicionais. Os contos tr...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you