Page 1

Bibliotecando Notícias da Biblioteca

Agrupamento

Aver-o-Mar

Edição 22 Março 2012 DESTAQUE

NESTA EDIÇÃO:

Encontro com escritores Festejando a poesia Mensagens de cooperação e solidariedade Outros visitantes na escola Leituras… interagindo Na BE… outros momentos Concursos

+

Março, “Mês da Leitura”. Exatamente, um mês preenchido com livros e leitura, um fervilhar de atividades que animou as bibliotecas, as salas de aula, as escolas, a localidade… que envolveu alunos, docentes, funcionários, órgãos de gestão, famílias, e outros visitantes. Sob o lema da solidariedade e cooperação, as escolas, em articulação com a BE, apresentaram e operacionalizaram um programa pleno e rico de atividades. A BE na escola sede articulou com o “GAMA”. Este Bibliotecando retrata a festa que se vivenciou em torno dos livros, da leitura e da escrita.

Encontros com escritores Este ano, muitos foram os escritores que proporcionaram aos alunos momentos de interação com as respetivas obras, com as personagens, a trama, com as peripécias vividas com as histórias, as inspirações, os títulos… dando resposta às questões colocadas, à curiosidade que espicaçava… Pedro Leitão, escritor mas também ilustrador, marcou presença com os alunos da EB Refojos e Aldeia Nova; “Os artistas da almofadinha verde” e “A viagem do carro encarnado” , obras de BD, animaram as conversações estabelecidas . Estas escolas contaram também com a presença de Cândida da Luz . A leitura da sua obra “O mar e a areia” e o cenário montado com a colaboração dos alunos criaram um clima envolvente que nos conduziu através de uma história de grande amor da areia pelo mar. Alice Cardoso interagiu com os alunos na EB de Fieiro. As histórias de Alana, da Bruxinha Luna e de Melinda encantaram os nossos alunos e impregnaram o imaginário. Sara Rodrigues deslocou-se à EB Barros e EB Aldeia. A coleção “Leo o menino do circo” permitiu uma breve teatralização com algumas das personagens: o apresentador, o domador, o leão, o macaco… A coleção “Maria e Sebastião” proporcionou momentos engraçados em torno das aprendizagens curriculares: as cores, as boas maneiras, as contagens…. Claro, não faltaram as peripécias hilariantes em torno da primeira história que a autora criou, com apenas nove anos, e que tanto surpreendeu os nossos alunos. Maria João Lopo de Carvalho esteve presente na EB Agro Velho, na EB Teso e na EB Aver-o-Mar.

A obra “A minha mãe é a melhor do mundo” proporcionou, nas escolas do 1º ciclo e Jardim de Infância, momentos ricos de diálogo e de apresentação de jogos dramáticos (na EB Agro Velho, com os pequeninos do pré-escolar) e de um debate na EB Teso. Já na EB Aver-o-Mar, a escritora fez as delícias dos seus ouvintes respondendo às questões sobre a sua produção literária, sobre os segredos escondidos nos seus livros e pelos seus personagens e maravilhou com a participação dos “7 Irmãos” - convidados inesperados desta sessão. Estes encontros proporcionaram feiras de livro e leituras diversas das obras dos autores e originaram a produção de inúmeros trabalhos que decoraram os placards, traduzindo o enorme orgulho que a escola tem de receber nos seus espaços os escritores que tanto povoam o imaginário das nossas crianças e jovens. “Seja bem vindo” era a mensagem implícita. Alguns pais / encarregados de educação estiveram presentes nestes encontros e partilharam emoções, envolvendo-se com os livros e as leituras. Na EB Teso, uma mãe ofereceu um lindo arranjo de catos à escritora visitante.

PEDRO LEITÃO

EB REFOJOS CÂNDIDA DA LUZ EB REFOJOS

ALICE CARDOSO EB FIEIRO

SARA RODRIGUES EB ALDEIA

SARA RODRIGUES EB BARROS

MARIA JOÃO EB TESO

MARIA JOÃO EB AGRO VELHO

MARIA JOÃO EB AVER-O-MAR

DEBATE—EB TESO

MARIA JOÃO EB AVER-O-MAR

JOGOS POÉTICOS EB AGRO VELHO

FEIRA DO LIVRO EB AGRO VELHO


Bibliotecando

+

Festejando a poesia

Destaque especial merecem as árvores “Afetos” e “Solidária” do Agrupamento. No dia internacional da poesia, espelhavam a veia poética da nossa comunidade escolar—alunos, professores e funcionários - no Diana Bar, juntamente com as árvores dos outros Agrupamentos do concelho, “Árvores de todos para todos”. Uma iniciativa conjunta que permitiu partilhar emoções, intenções, opiniões e reflexões neste dia festejado pelas muitas bibliotecas do país e do mundo. Já dizia o poeta que “tudo vale a pena quando a alma não é pequena” ( Fernando pessoa). A EB Agro Velho festejou também o dia internacional da Poesia, com a “Manhã de Poesia”. Todos os alunos, desde os mais pequenos do pré-escolar, passando por todos os anos de escolaridade e todas as turmas , no 1º ciclo, declamaram poesia. Palavras de Eugénio de Andrade, de Fernando Pessoa, de Luisa Ducla Soares, de José Jorge Letria, entre outros, ecoaram no espaço, alegrando os corações e animando o público com as prestações “em palco”. Assistiram ao evento, aplaudindo, fotografando e filmando um número significativo de pais. A poesia também foi festejada na EB Refojos e EB Aldeia Nova. Os alunos EB REFOJOS ouviram poesias e memorizaram poesias, declamando-as ao jeito de pequenos poetas.

ÁRVORE DOS AFETOS ÁRVORE SOLIDÁRIA

Mensagens de solidariedade e cooperação As mensagens de solidariedade e cooperação que constavam da árvore “Solidária” foram também aproveitadas para lançar com balões. O vento levou estas mensagens pelo mundo fora, palavras sentidas e amigas da EB Refojos e Aldeia Nova que pretendiam tocar alguém. Quem sabe? Outras mensagens foram afixadas nas árvores, junto aos muros das escolas, na EB Fieiro e EB Barros. Na EB Aver-o-Mar, em todos os livros de ponto foram colocados marcadores de livros com “Minutos de Leitura”: frases de autores conceituados , excertos de livros, citações que promoveram a reflexão sobre questões sociais e humanas entre os alunos. Momentos, sem dúvida, de grande partilha. Correram pela escola, também, na EB Aver-o-Mar, pés apressados com tarefas para cumprir: os concorrentes do PeddyPaper Solidário, verdadeiro estrategas na superação de dificuldades e na resolução de desafios: visitaram a BE, o Gama, a Estufa, etc. Este espírito de solidariedade e cooperação ampliou-se com a Campanha solidária por Stª Mª da Estela que conseguiu recolher , essencialmente, produtos de vestuário mas, também, alguns géneros alimentares, donativos oriundos da escola sede e do JI de Navais.

Outros visitantes na escola

“Não está ninguém em casa. Acho que vou telefonar a alguém. Talvez à Rita. O Lucas é ótima companhia mas não fala… Pode ser que , dentro de alguns anos, com o avanço da tecnologia, deem voz humana aos cães. E toda a gente ficará menos só.” (A lua de Joana; Mª Teresa M. Gonzalez)

PEDDYPAPER

O Comércio Justo tem como sustentáculo, precisamente, ONG’s e associações sem fins lucrativos (…) A divulgação deste movimento concretiza-se, essencialmente, em lojas que comercializam produCOMÉRCIO JUSTO tos oriundos dos países subdesenvolvidos do Sul do hemisfério. UMA MÃE LENDO EB DRA SANDRA LIMA EB AVER-O-MAR (…) o seu objetivo não é a obtenção de lucro, mas sim a integra- NAVIAIS EB AVER-O-MAR ção de pequenos produtores no circuito comercial internacional, proporcionando-lhes, deste modo, uma existência digna(…). Esta foi a premissa da palestra dinamizada pela Drª Sandra Lima Coelho, socióloga e investigadora deste tema, a que assistiram os alunos de 9º ano. Congratulamo-nos com as vendas realizadas, fica a proposta de apoio a mais uma causa justa. A EB Fieiro e a EB Agro Velho BM NA EB AGRO VELHO contaram com a presença da Requisição conjunta , pais e BM NA EB FIEIRO PAI PARTICIPANDO agente da Biblioteca Municipal, filhos, ,na EB Refojos Cláudia Ribeiro, para sessões de leitura, tão do agrado dos nossos alunos mais jovens. Como não podia deixar de ser, UM AVÔ EB AGRO VELHO também os pais e familiares participaram com força nesta nossa festa dos livros. Aconteceram variadas sessões de leitura pelas diferentes escolas e fizeram-se requisições domiciliárias conjuntas, pais e filhos, na EB Refojos. Na EB Barros, os alunos deslocaram-se à biblioteca da Junta de Newsletter nº22 freguesia , ouviram ler e leram.


Bibliotecando

+

Leituras … interagindo com os outros

A Rosa e a Joana, alunas de 9ºano, visitaram todas as turmas da escola sede para lhes leram o texto “O queixume da árvore” de Fina D’Armada. Após breve diálogo com cada turma, propuseram-lhes a construção de um acróstico a partir de palavras retiradas do texto, no final um representante da turma foi colocá-lo na biblioteca, sob a forma de folha, na árvore destas Leituras Andarilhas. Baseado no livro A árvore generosa, de Shel Silverstein, alunos do 7ºD e 6ºC, sob a responsabilidade das colegas Sónia Freitas e Clara Neiva, apresentaram uma dramatização da obra e da história de amor entre a árvore e o menino, que desde 1964 comove gerações. Os aplausos do público foram deveras bem merecidos. Na EB Agro Velho, os pequeninos apresentaram um teatro de fantoches de vara, a partir da obra “O caracol e a Formiga” de Armando Quintero e ainda “O sapo encontra um amigo” de Max Velthuijs. Na EB Refojos, as gravações da leitura dos alunos proporcionaram sessões de leitura digital com as obras “João e o Feijoeiro mágico” e “A pequena sereia”. Na EB Navais, os pequenos do JI construíram marcadores que anunciavam também a Primavera e que distribuíram na escola. Na EB Refojos e EB Aldeia Nova, os alunos partilharam livros pessoais que continham uma breve mensagem de apresentação da obra justificando e estimulando aquela leitura. Na EB Agro Velho, as educadoras apresentaram à escola uma peça de teatro com fantoches, a partir da obra “Caracolinhos de ouro”. Foram, sem dúvida, momentos muito pertinentes, como demonstram as imagens a seguir:

Rosa e Joana

7ºD e 6ºC

JIAG4

JIAG1

O SAPO ENCONTRA UM AMIGO

FANTOCHES DE VARA

Leituras digitais com a voz dos alunos

Marcadores do JI

Partilhando obras pessoais

Ruca e o cartão misterioso

“Pinto Pintão” de Alice Vieira

Na BE… outros momentos! A BE proporcionou, nos seus espaços, leituras digitais, quer acedendo à Biblioteca digital do PNL, quer satisfazendo o gosto dos pequeninos do Pré-escolar, com as peripécias do tão famoso “Ruca”. Houve sessão de cinema, na BE da escola sede. Estas sessões trouxeram riso, algumas lágrimas mas, acima de tudo, uma consciencialização para a importância dos afetos na nossa vida. Contaram-nos histórias de relacionamentos entre irmãos, pais e filhos e homem/mulher: Para a minha irmã, baseado no bestseller de Judi Picoult e Era uma vez um pai com Ben Affleck e Liv Tyler. Das leituras na disciplina de ITIC, inseridas no projeto ALer+OsLivros,, resultou a exposição dos trabalhos realizados pelos alunos a partir do livro digital A Cidadania de A a Z, que juntamente com o mural Solidarity, realizado na disciplina de Inglês, enriqueceram as paredes da BE com princípios de cidadania e valores de convivência e respeito.

JIAL2

Concursos Neste mês da leitura, operacionalizaram-se, também, outras iniciativas do PNL, nomeadamente, concursos. O Agrupamento está representado no concurso “Eu conto” com dois trabalhos, um do 1º ciclo, com a obra “A princesa baixinha” de Beatrice Masini e outro do pré -escolar, com a obra “Partilhar” de Anthea Simmons; no concurso de posdcast “Conta-nos uma história” com o poema “Trem de ferro” de Manuel Bandeira e ainda no concurso “Onde te leva a imaginação”, com turma RF3A, a partir da leitura de obras, “Vic e o ambiente” de Carlos Letra e “Contos da avozinha” de Violeta Figueiredo. E assim chegou ao fim este Bibliotecando, repleto de atividades e iniciativas que mostram bem o quanto este Agrupamento produz em prol da leitura e da formação de leitores. Certos de que muito ficou por dizer e mostrar… o espaço é exíguo!

RF2 AL4A

Até ao próximo mês!!!

Newsletter nº22

Edição 22  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you