Page 51

à presidência do Senado, quando estouraram Covas, e uma deputada federal, a mato-grosaqueles escândalos dos atos secretos e rou- sense Thelma de Oliveira. balheira generalizada na Casa no ano passaNão confio na Justiça, embora ela venha do. Derrubaram o governador do Maranhão, sendo generosa comigo. Mas confio no taco Jackson Lago, e colocaram no lugar Roseana, da minha advogada. A ideia deles é te quea filha dele que perdeu no voto. brar ou botar na cadeia. Até agora não colou. Tudo aconteceu enquanto o livro era to- Só tomam meu tempo e paciência. Mas não cado à média de um escândalo por dia. Por desafiar essa turma é como não viver. Eles esisso, para que não virasse catálogo telefônico, capam sempre, mas é bom tentar fazer justiça eu e meu velho parceiro Mylton Severiano só com as próprias mãos. botamos nele o que era absolutamente reSemana Revista - Honoráveis Bandidos levante para mostrar como a atingiu rapidamente o ranking dos famiglia montou o império “Só um sátrapa como livros mais vendidos do país, mas no todo nesse meio século de lançamento em São Luís houve uma o Sarney imagina que manifestação a favor do Sarney. O rapinagem promovida pelo clã no Maranhão e no país, pode deter o vento” senhor esperava essa repercussão baseada no tripé terra, comunegativa? Houve outros episódios nicação e energia. Se eu tivesse tempo, o livro como este? seria mais sintético ainda. Na verdade, ele é Palmério Dória - Não foi uma manifesuma grande reportagem, esse gênero que tação a favor de Sarney. Foi uma agressão uns e outros dizem que morreu. pavorosa num ambiente em que circulavam Semana Revista - Os seus livros sempre mulheres (algumas gestantes), velhos e criantratam de temas polêmicos, como política e ças. Basta olhar no Youtube: “Pancadaria em as entrevistas obtidas quando o senhor era São Luis”. Mas repito: não foi pancadaria, foi editor da Revista Sexy, publicadas no livro agressão. Vinte fascistóides, a mando de caEvasão de Privacidade. Como lida com a pos- patazes de Sarney, tentaram melar o lançasibilidade de processos? mento do livro no Sindicato dos Bancários do Palmério Dória - Não gosto do termo re- Maranhão, uma entidade democrática e plupórter investigativo. Existe repórter não inves- ripartidária. Antes a famiglia tentou impedir a tigativo? Então, quando você parte para uma venda do livro nas livrarias mais importantes apuração, não pode pensar na possibilidade de São Luis, por coincidência de sócios do clã, de processos ou coisa que o valha. e mandou raspar os outdoors que anunciaVocê só precisa estar escudado na vam o lançamento. verdade. O princípio vale para reDe fato nunca passei por um sufovista masculina ou para o poder. co como aquele, com lançamento de Tudo é jornalismo. pedras, tortas e ovos. Como já disse Não lido apenas com a possibiuma vez, acho que eles queriam fazer lidade de processos. Respondo no uma omelete. Mas o episódio voltoumomento a três, movidos por se contra os agressores. O livro, que gente poderosa: um juiz, estava em quarto lugar na lista um filho de ex-goverdos mais vendidos, passou nador paulista, Mario em seguida para o primei-

www.semanadojornalismo.ufsc.br

51

Revista Semana  

Revista Semana - 3ª edição. Realizada pelos alunos do curso de jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina

Revista Semana  

Revista Semana - 3ª edição. Realizada pelos alunos do curso de jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina

Advertisement