Page 21

O fim da versão impressa do Jornal do Brasil deixou muitos profissionais com frio na barriga. Num cenário onde a internet e as revistas crescem, as tiragens dos grandes jornais caem e as assinaturas diminuem. Nos Estados Unidos, títulos com décadas de vida sucumbiram à crise, decretaram falência e trouxeram à tona a pergunta feita por Philip Meyer em seu livro mais famoso: Os jornais podem desaparecer? Na contramão dos jornalões, publicações populares aumentam suas tiragens e fazem a alegria dos publishers nacionais. O segundo jornal mais lido do país, de acordo com o IVC, é um tablóide popular. E se o problema estiver nos preços? Com a internet não é preciso pagar para ler uma notícia, desvalorizando os R$3 pagos num jornal. Se este é o problema, porque não criar um produto gratuito? A fórmula parece ter dado certo: já existem redes internacionais de jornais sem preço, como o Metro.

Imprensa na contramão: quem vai salvar o

jornal impresso?

Revista Semana  

Revista Semana - 3ª edição. Realizada pelos alunos do curso de jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina

Revista Semana  

Revista Semana - 3ª edição. Realizada pelos alunos do curso de jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina

Advertisement