Page 14

empobrecem e limitam a qualidade dos relacionamentos, interferindo no bem-estar e na saúde emocional. O objetivo é aliviar os impactos psicológicos para que as pessoas possam reerguer suas vidas. O PAHP foi idealizado pela psicóloga Ana Maria Zampieri. O programa já ofereceu ajuda humanitária para as vítimas das catástrofes naturais de Santa Catarina, Maranhão, Chile, Niterói, Angra dos Reis e Paraitinga. Só nos estados catarinense, paulista e maranhense foram assessoradas 3600 vítimas. A terapia em EMDR funciona do seguinte modo: o paciente elege uma cena, uma lembrança dolorosa e pensa em tudo de negativo relacionado a ela. O terapeuta estimula os movimentos oculares do indivíduo, para que os olhos se comportem como se estivessem na fase REM do sono (Rapid Eye Movement). Assim, aciona-se as regiões do cérebro que armazenam as lembranças ruins. Esses estímulos são feitos até que as memórias sejam menos perturbadoras. O tratamento também é realizado em bombeiros, soldados, médicos e enfermeiros que sofrem a chamada traumatização secundária, de tanto verem cenas chocantes. Apesar de Géssica e sua família terem sofrido por três vezes com os danos provocados pelas chuvas, seus pais não pretendem sair de Palhoça. “Nunca pensamos em nos mudar, pois temos uma relação afetiva com o lugar em que moramos. A rua onde moro era de meu avô materno e ficou de herança para seus filhos, e como meus avós não estão mais vivos, talvez esse seja o único laço que mantenha a família unida”. Luisa Nucada

14

www.semanadojornalismo.ufsc.br

A EMDR é um novo método de psicoterapia que estimula as regiões do cérebro onde as lembranças mais dolorosas ficam armazenadas

Revista Semana  

Revista Semana - 3ª edição. Realizada pelos alunos do curso de jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina

Revista Semana  

Revista Semana - 3ª edição. Realizada pelos alunos do curso de jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina

Advertisement