Issuu on Google+

JORNAL CIDADE PAISAGEM A SERVIÇO DE PIQUETE E REGIÃO

Ano XXII - nº 325 - Piquete, maio 2013 - Preço R$2,00 - Distribuição gratuita promocional

Veja nesta edição

Editorial

Vai faltar guilhotina “ (...)o povo não sabe de um décimo do que se passa contra ele” (....)“O sujeito fica rico, bilionário, com fazenda, indústria, patrimônio e não acontece nada. E o coitado do honesto é execrado. É desolador.” (....)“A corrupção, o paraíso é o Judiciário. Todo mundo diz: ‘Na hora que for para Justiça vai resolver’. Vai levar 20 anos.” Geraldo Alkimin

Quando nós, simples mortais, reclamamos ou nos lamentamos da corrupção no Brasil, apenas engrossamos a massa dos que bradam aos ventos que debulham nossas lamúrias e as espalham sobre a terra estéril da justiça brasileira e sobre o descaso de nossos governantes. Esta é a forma como somos tratados por quem deveria cuidar do nosso bem-estar.. Por mais que alguns poucos representantes da justiça e mais meia dúzia de políticos honestos tentem lavrar adequadamente a terra da moralidade pública, os efeitos maléficos dos pesticidas são mais potentes. Mas, e quando um da cúpula política do Estado se manifesta demonstrando profunda angústia em relação, talvez, à sua própria incapacidade de combater os desmandos dos detentores do poder? (veja matéria à pag 06) Sobre isso, em um tempo não muito distante, falaríamos: “Oh! que escândalo”, “Que vergonha!”. Na epígrafe, as palavras partidas do chefe do governo do maior Estado do Brasil ecoariam aos quatro cantos do país. A mídia, ávida por “furos jornalísticos” e justiça, investigaria a fundo; o alarde seria imenso e uma sensação de justiça pairaria no ar. Tudo ilusão, pois, antes, o povo também pagava a conta. Enfim, éramos e somos muito iludidos, enganados. E, como diz Geraldo Alkimin, não sabemos de quase nada. As palavras de nosso governador nada produziram de resultados concretos. Apenas se juntaram a outras milhares, produzindo um si-

lêncio ensurdecedor e angustiante. Desesperadamente perguntamos: O que faremos então? E aí vêm as respostas falsamente alentadoras “Na próxima eleição não colocaremos mais esses cretinos na política. Vamos execrá-los da vida pública. O voto é a mais poderosa das armas e, nós, o povo, a temos em mãos”. Amarga ilusão, desapercebida ainda pelos milhões de eleitores deste país. Se errarmos novamente com nossos votos e colocarmos um político sem escrúpulos no poder, no mínimo ele terá quatro anos para usufruir de nosso dinheiro do jeito que quiser e sem medo de obstáculo algum que lhe aparecer. E eles, normalmente, não ficam apenas quatro anos. Alguns chegam até a se aposentar como políticos. Na verdade, não é o voto que deve ser aprimorado. Este, à medida que o eleitor tenha mais conhecimento da política que o cerca, possibilitará melhores escolhas, mas, ainda, com grande margem de erro. Afinal, não está escrito na testa de nenhum candidato se ele será bom ou mau político. O que deve ser aprimorado são os mecanismos da justiça. Estes devem ter o maior poder de persuasão e o mau político deve temê-los, pois se for descoberto em alguma falcatrua, ele sabe qual o seu destino: a cadeia. Ou, como disse o governador: “Se não, ia faltar guilhotina para a Bastilha, para cortar a cabeça de tanta gente que explora esse sofrido povo brasileiro”

Coluna da Sueli ................................................................................................ 02 Coluna da Abigayl ............................................................................................ 03 Homenageados no aniversário de Piquete ..................................................... 03 Coluna da Dóli ................................................................................................. 04 Bom de bola, bom na escola ............................................................................ 04 Drogas, um problema de política pública ....................................................... 05 Educando para o trânsito ................................................................................ 05 Faltaria guilhotina se o povo soubesse o que se passa .................................. 06

Medalha Tiradentes O Vereador Rodrigo Nunes Godoy, de Piquete, foi agraciado com a Medalha Tiradentes, outorgada pelo Instituto Tiradentes, de Viçosa, MG. Essa medalha é concedida ao Vereador mais atuante da cidade, após pesquisa realizada pelo Insti-

tuto. A entrega da medalha ocorrerá no dia 21 de junho no auditório do Hotel Century Paulista, em São Paulo. O Senador Aloysio Nunes, de São Paulo, também receberá a mesma medalha no envento. Parabéns, Vereador Rodrigo!

06 de julho. Vem aí o X Festival do Costelão Fogo de Chão de Piquete

Local - Clube Terrana, 13 h. Ingressos antecipados pelo tel 3156 3498.

RABELO IMÓVEIS Sala Comercial - Aluga - Rua Portugal, Bairro Caixa D’agua. Casa: Sala; Coz.; copa; 3 quartos; 1 banheiro; área de serviço com um banheiro; quintal; garagem; ponto comercial com um banheiro. End.: rua Capitão José de Brito.(008) Casa: sala, coz, copa, 5 quartos, banheiro, área de serviço, 3 pontos comerciais em baixo, quintal com possibilidades de contruir nele, totalizando uma área de aproximadamente 800,00m². Endereço: parte terrea (pontos comerciais) - Rua do Piquete; parte superior (casa) - Rua Doutor Oliveira Braga - Centro - Piquete.(005) Casa: Sala; Cozinha; 2 Quartos; 1 banheiro; Quintal. End.: Rua Tomé Serafim - Centro Piquete Cód 009 Sítio: 12,4 alqueires; Casa sede: Sala, 2 quartos, Banheiro; Cozinha c/ fogão à gás e alenha; Chalé com dois quartos e um banheiro; Churrasqueira; Churrasqueira p/ Costela de Chão; Sauna; Casa de caseiro: sala, cozinha, dois quartos e banheiro. End: Tabuleta. Cód 011. Rabelo Imóveis-CRECI 85547-R Dr Oliveira Braga, 41, térreo Piquete/tel: 3156-4837 ou 8147-7575


Ed. no 325 - maio 2013

JORNAL CIDADE PAISAGEM

O direito de usufruir do direito Estando a passeio na Cidade Maravilhosa, Rio de Janeiro, li uma notícia no Jornal Extra: “Todos os municípios brasileiros terão o prazo até 27 de maio para colocarem seus gastos e receitas no Portal Transparência Municipal na, internet, sob pena de perderem recursos do Estado e da União”. Claro, imediatamente, me lembrei da nossa querida Piquete, e, como alerta, coloquei a notícia no “Amo Piquete” e “Amigos de Piquete”, sites estes imparciais, e que, com certeza, são lidos por pessoas ligadas ao governo municipal. Para minha surpresa, quase que imediatamente uma resposta me foi dada: Suely Torino, os sites da Câmara Municipal e da Prefeitura já estão disponíveis na internet. Respondi, aliviada: parabéns, pois todos terão acesso ao que está sendo feito com o dinheiro do povo. Dentre os muitos endereços que me disponibilizou está o “Consulta de receitas/portal do cidadão”. Para acessar é preciso baixar o arquivo CSV, com as receitas do município, mas logo de cara me deparei com um aviso: “Em razão da adaptação de nossos sistemas a um novo Plano de Contas, comunicamos que os dados referentes ao primeiro trimestre de 2013 não têm prazo definido para divulgação, sendo que em 15 de março de 2013 foram atualizadas receitas e despesas de 2012”. E o que me interessam tais números? O que a gente quer é o presente, pois foram com os números do passado que um prefeito foi cassado pela primeira vez em nossa história. É preciso evitar que isto aconteça novamente. Quanto ao prefeito que o sucedeu, colocou a Prefeitura à disposição do governo atual, o que deveria facilitar a

disponibilidade dos dados financeiros. Entretanto, não entendi o recado dado por quem é responsável pelos sites da Prefeitura. Ao invés de agradecer ao meu alerta, acrescentou aos sites exibidos – “aos fiscais de plantão”. Então, ao querer saber o que se passa no âmbito municipal através de seus gastos, receitas, licitações etc, mudamos o nome de “cidadão” para “fiscal”? É direito de todo e qualquer cidadão fazer uso desse direito, pois se vive numa democracia em que o dinheiro público é o meu, o seu, o nosso dinheiro, sem que precisemos ser chamados de “fiscais de plantão” ao querermos saber do destino do mesmo. Certa ou não? Pensei que seria fácil conferir no site da Prefeitura os gastos, receitas e etc, como por exemplo, quanto custou o almoço no restaurante Xero Verde, em que a senhora prefeita, ao centro de uma mesa rodeada por seus secretários, assessores e etc, repito, a maioria residente fora de Piquete, e os quais nem conheço, fez acontecer no primeiro domingo de maio. Aliás, senti falta de alguns que conheço, seu vice, Dr Hamilton, seu assessor e cunhado, Sr Nóia, sua irmã Fátima da Promoção Social e Isac, responsável pelos Transportes. Pra quem reclama tanto das dívidas, contenção de despesas, urge. Em tempo: - curso de eletricidade do SENAR na Fazenda Santa Lídia, dá para entender? - a data da Festa do Peão que se aproxima. Será que vai acontecer? - 2014 – ano do centenário do Esporte Clube Estrela. Sueli Villar Torino

JORNAL CIDADE PAISAGEM CNPJ - 04.441.411/0001-73 - End: Rua Cel José Mariano,228 - CEP 12 620-000 - Piquete-SP Tel.: (12) 31563498 - jc.paisagem@yahoo.com.br Proprietários: ....................................................................................................... Ireana Ferreira de Melo Silva e Arany Norberto da Silva Redator: ................................................................................................................................................................ Paulo Roberto da Silva Diagramação: ....................................................................................................................................................... Paulo Roberto da Silva Gráfica: ................................................................................................................... Jornal Guaypacaré Ltda. CNPJ 45.383.528/0001-25 Tiragem: ......................................................................................................................................................................... 1.500 xemplares Periodicidade: ......................................................................................................................................... Mensal - Circulação Regional A editoria não é responsável por artigos assinados nem solidária com os conceitos emitidos nos mesmos. Fundado em 15 de novembro de 1990 por Claudinei de Barros Magalhães

Pag 02

Aciap em ação

Parabéns aos associados aniversariantes do mês de junho 06 ................................................................................. Alessandra Márcia Pereira 09 ...................................................................................... Maria Alzira Beckmann 12 ........................................................ Sara Fernanda Pedro (Influência Modas) 15 .............................................................. Jorge Luiz da Silva (Loja Capitolium) 19 ........................................................................... José Carlos Ferreira Monteiro 28 ....................................................................................... Alessandra Jofre Simas 30 ................................................................................................... Paulo Gonçalves

J osé Américo v eículos eículos,, a g ar antia gar de ótimos ne gócios! Sobre o facebook... (só para descontrair. kkkk) - O Brasil não precisa do IBGE para dizer a quantidade de analfabetos que existem no país, basta acessar o Facebook. - Quanto mais eu rezo, mais notificações de jogos me aparecem. - Faça da sua vida um Facebook: curta seus amigos, comente as coisas boas e compartilhe seu amor. - Sua mensagem foi enviada... visualizada, ignorada, humilhada e esquecida com sucesso! - Minha mãe esperou 9 meses para eu nascer, mas não é capaz de esperar 5 minutos para eu sair do Facebook.


Ed. no 325 - maio 2013

JORNAL CIDADE PAISAGEM

Mais uma vez quinze de junho Discernimento. É um dom do Espírito Santo. Discernimento. É o que faz com que os seres humanos encontrem os melhores caminhos para a humanidade. Discernimento. É uma luz que brilha no cérebro do cidadão que deseja melhorar a vida do povo. E o impulsiona. E o faz convencer a muitos. E cria uma legião de pessoas que têm fé na cidade. Que faz as cidades florescerem e as nações progredirem. Curioso é que, quando queremos contar a história dos países, nos atemos a reis, imperadores, generais, presidentes, ministros, políticos em geral. Muitas vezes o que fizeram foi simplesmente traçar os limites do território. E ditar leis que nem sempre alavancaram o progresso e estabeleceram o bem-estar da coletividade. As grandes ideias, os grandes planejamentos, as grandes ações nascem de espíritos privilegiados que não se encerram em redomas e buscam o bem de todos. Esta é a verdadeira história da cidade; a alternativa inteligente proposta por um cidadão que em nada se diferencia de seus contemporâneos a não ser da quase mania, na previsão do que vai ser bom para todos. Piquete reuniu muitas pessoas com discernimento projetado na ação. Personagem invulgar de nossa história foi a professora Conceição Godoy Soares. Várias vezes primeira-dama, limitou-se às atividades essenciais desta condição para conseguir a excelência na arte de ensinar. Nenhum aluno da D. Conceição

ficou esquecido no fundo da classe. Dividia com as mães a responsabilidade da formação das crianças – enviava-lhes frequentes bilhetes colocando-as a par das necessidades do filho. Figura ímpar na administração escolar, o professor Osmar Rocha Simas encheu de vida o “Antônio João”. Pedagogo de notável bagagem, atraindo a classe com suas aulas bem preparadas e adaptadas ao nível dos alunos, distinguiu-se, todavia, na administração da unidade escolar. Seu empenho ultrapassou os limites da escola, levando às ruas e às praças excelentes comemorações cívicas. Outra professora que mereceu o respeito da comunidade piquetense foi Maria Aparecida Silva. Além de suas atividades pedagógicas e do engajamento em várias ações beneficentes, a professora Ia se dedicou a divulgar o artesanato da cidade movimentando-se com desenvoltura dentro e fora do município, tornando Piquete conhecida e admirada. Por isso conclamo todos os jovens piquetenses, principalmente os estudantes de história, a que anotem todos os atos dos cidadãos de discernimento, dos cidadãos que se esforçam para que a cidade se desenvolva sem que nenhuma pessoa fique para trás, se distancie da comunidade. Vamos fazer um esforço para eliminar todas as realidades que constituem a área semântica da periferia, do periférico. Que a ninguém falte o que lhe é de direito.

Pag 03

Ações de um vereador

Projeto Câmara itinerante

O governo alega que precisa fazer uma redistribuição das unidades por conta das despesas geradas, mas entendo que tal fato não se justifica. O trabalho nesse setor é intenso, pois licenças ambientais, fiscalização, denúncias, entre outros, são serviços prestados pela CETESB. Nossa cidade tem uma extensa área que depende de fiscalização e de licenças ambientais, assim como municípios vizinhos. NÃO PODEMOS PERDER A CETESB DE APARECIDA! A “Moção de Repúdio” foi aprovada e será encaminhada a todas as Câmaras Municipais do Vale do Paraíba ,para que os vereadores façam o mesmo. Seguirá também para as mãos do Governador do Estado de São Paulo, Dr. Geraldo Alckimin. Estamos lutando para reverter a situação.

Estou elaborando um Projeto de Resolução para que a Câmara Municipal de Piquete passe a realizar o Programa “Câmara Itinerante”. Tal projeto visa aproximar mais o Legislativo da população, pois conforme prevê a redação, a cidade será dividida em regiões e a Câmara fará reuniões nos bairros. O objetivo é, além de estreitar os laços com o povo, levantar os problemas e as principais dificuldades que cada comunidade enfrenta. Aguardem, cidadãos Piquetenses. Em Saiba quem serão os homenageados breve, esse projeto será votado no plenáno aniversário de Piquete em 2013 rio e, uma vez aprovado, automaticamente será sancionado, pois não depende da A Câmara Municipal de Piquete aproaprovação do Executivo. vou na sessão de 20/05 os Decretos Legislativos referentes às entidades e cidaRequerimentos de minha autoria dãos que serão homenageados no aniveraprovados na sessão de 20 de maio sário de Piquete. A solenidade festiva, em comemoração ao município, ocorrerá dia - Requerimento solicitando colocação 14 de junho, às 19h, no salão Luiz Vieira de Portão no terreno, localizado na Ave- Soares. Toda a população está convidada nida Conselheiro Rodrigues Alves, de es- para prestigiar a cerimônia. quina, centro - pertencente à Prefeitura. Confira quem são os escolhidos de Infelizmente, pela facilidade de acesso ao cada vereador: local, transeuntes usam o espaço como A vereadora “Cidinha do PSF” outor“banheiro público”, e, durante a noite há gará a “Placa de Prata” ao Jongo de Picasais que se arriscam a relações sexuais quete; no local. O fato pode ser constado pela O vereador “Caco” outorgará o título presença de urina e fezes humana e pela de “Cidadão Honorário de Piquete” ao quantidade de camisinhas espalhadas. senhor Gilson Ferreira da Silva; Além disso, há areia, pedra e manilhas perO vereador “Moita do PT” outorgará tencentes ao poder público que podem ser a Placa de Prata ao senhor Edvaldo José roubadas a qualquer momento (facilidade da Silva (Edvaldo Chumbinho); do delito). Comerciantes e moradores reO vereador Rodrigo Nunes outorgará clamam por providências. APROVADO O o título de “Cidadão Honorário de PiqueREQUERIMENTO!!! te” ao senhor Emanuel de Souza Machado (proprietário do Supermercado - Requerimento solicitando veículo ex- Polly´s); clusivo para o desempenho das funções O vereador “Carlos da Saúde” outordo Conselho Tutelar, assim como a cone- gará o título de “Cidadão Honorário de xão com a internet na sede do mesmo. Piquete” ao senhor doutor Guilherme AnAbigayl Léa da Silva Conforme previsto na Resolução 139, do tônio de Medeiros Campos (médico do Conselho Nacional dos Direitos da Cri- hospital de Piquete); ança e do Adolescente (Conanda). REO vereador Fernando Motta outorgará QUERIMENTOS APROVADOS! a “Placa de Prata” ao senhor Jôniter dos Santos Oliveira (jovem do Oratório); “ A Q u i t a n d a d a Ve r a ” Moção de repúdio ao governo do O vereador “Heloí zio dos Marins” Variedade em hortifrutigrangeiros, frios, laticínios, Estado de São Paulo outorgará a “Placa de Prata” ao senhor Lucas Rodrigues; massas e congelados. Venha conferir! Apresentei “MOÇÃO DE REPÚDIO” A vereadora “Fátima do Cariri” outorao Governo do Estado de São Paulo por gará a “Placa de Prata” ao Centro Espírita conta de fechar (até o final de maio) a uni- Deus e Caridade; dade da Companhia Ambiental (CETESB) O vereador “Negão” outorgará o títude Aparecida. São 17 municípios do Vale lo de “Cidadão Honorário de Piquete” ao do Paraíba atendidos pela unidade, e o senhor Pastor Wilson Martins Braga. governo está transferindo as atividades para Taubaté, sendo que o serviço ficará R. Luiz Arantes Junior, 314 - Piquete. Tel (12) 3156-1610 Rodrigo Nunes sobrecarregado.

QUITANDA MINEIRA


Ed. no 325 - maio 2013 o Ed. 304 - agosto 2011 Ed. non321 - janeiro 2013

JORNAL CIDADE PAISAGEM

Carta do Leitor

Senhor Editor Temos um novo Papa, Francisco, no século o cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio, que sucede Bento XVI, tornado Bispo Emérito de Roma, pois dois Papas não existem ao mesmo tempo. Recolhido, Bento XVI, como Joseph Ratzinger, admite continuar a escrever, autor que é de muitos livros. Todos de alta qualidade, voltados aos comentários sobre a Bíblia, os apóstolos, o Novo Testamento, e, particularmente uma importante trilogia sobre Jesus Cristo. Desta, dois volumes são dedicados a Jesus de Nazaré, cuja primeira parte trata do Batismo no Jordão à Transfiguração, e a segunda, da entrada em Jerusalém até a Ressurreição. O terceiro volume, recém-publicado, trata da infância de Jesus. Dado como intelectual, Ratzinger é um erudito, conhecedor da teologia e da filosofia, das quais foi professor universitário. Intensamente discutida, sua renúncia ganhou comentários pelo mundo todo, enfatizados o respeito, a admiração, a coragem e a grandeza do gesto, pela alegação dele próprio de que reconhecia conscientemente, e com liberdade, que se sentia incapaz de administrar o ministério que lhe fora confiado. Para especialistas das questões vaticanas, assim como foi sucedido com Celestino V, a renúncia de Bento XVI “pode ser vista como a continuação do árduo combate pela dignidade da fé”. O anúncio da decisão foi dado em reunião pública de cardeais a 11 de fevereiro do corrente, e efetivada segundo seu próprio propósito, a 28 de fevereiro às 20 horas. Trata-se de decisão livre e pessoal e está prevista no Código de Direito Canônico. Os cristãos, acostumados com a vitaliciedade do cargo, mostraram-se surpresos baseados na conotação divina do Papa, como representante de Deus na terra. Entretanto, sendo ato lúcido, como tal deve ser interpretado para se incluir numa trajetória da Sé de Pedro marcada por deposições, abdicações, desistências, destituições, deportações, prisões, e até mortes não dadas como naturais. Não é, portanto sem motivos que Bento XVI fez questão de depositar o próprio pálio sobre a urna funerária de Celestino V, na basílica de Collemaggio, e selou o ato calcado no executado pelo papa Celestino ao anunciar a própria renúncia ao colégio cardinalício sob alegação da fraqueza física e intelectual ante às exigências do cargo e voltar-se à vida eremítica.

Pag 04

Bom de bola, bom na escola

Seguiu-lhe no exemplo Bento XVI, que Aconteceu no dia 11/05, pp, no Carlos (Zecão) e do Secretário da Injá havia manifestado o desejo de reco- Campo do Esporte Clube Estrela, a fância e Juventude, Marcos Faria. lher-se para continuar escrevendo abertura do campeonato Dente de LeiHavia mais de 20 anos que este como Joseph Ratzinger. te, Bom de bola, bom na escola. Com campeonato não se realizava em PiEste, participante do Concílio Vatiinício às 14 h, a abertura contou com quete. Mais de 250 crianças se inscano II, e ocupando o cargo de prefeito da Congregação para a Doutrina da a presença da Prefeita Municipal, Ana creveram. Esse campeonato está sendo realiFé, como autor de livros profundos so- Maria de Gouvêa, da Presidenta da Câmara Municipal, Sra Maria Aparezado pela Secretaria de Esportes, em bre a interpretação das Escrituras, tem uma escrita revolucionária nas análi- cida e Almeida Félix, do Vereador parceria com as Escolinhas de Futeses em que demonstra a preocupação João Inácio dos Santos (Moita do PT), bol Vila Esperança, Fuminhus, Pirrade renovar, sob leitura competente e do Vereador Rodrigo Nunes Godoy, lhos e Estrelinha. Podem participar erudita, os documentos expostos como do Secretário de Esportes, Ricardo atletas dos 06 (seis) aos 16 (dezesseis) conciliares. Assim é, por exemplo, a Abreu (Pico), da Monitora de Espor- anos de idade. Os jogos serão realizaobra por ele escrita com o título de tes, Professora Regina Rédua Uchôa, dos no Campo do Estrela e do Salva“Meu diário do Concílio”, apresentando Secretário de Patrimônio João Pe- dor, aos da sábados domingos. Vereadores esq p/ dir:e Fernando, Moita, Negão, do-se como perito ao lado do dominiHeloizio, Fátima, Carlos,Por Cidinha, Caco edo Rodrigo. dro, do Subsecretário de Turismo, João Moita PT cano Yves Cougar. Não sem a preocupação até com a ordem das palavras, cuidado extremamente delicado diante da Cúria, dada a exponencial importância de que a Igreja deve ser sempre renovada. Ação complexa e difícil dessa asserção frente ao amplo catolicismo romano. A renovação que deve evitar ambiguidades e deve caminhar pela fé. É desse propósito que Francisco deverá estar imbuído, como jesuíta, cultor da ciência e da técnica, enfatizado na valorização do caminho da fé, e aplicado a colocar-se ao lado dos humildes. Razão pela qual adotou o conselho de D. Cláudio Hummes, arcebispo emérito de São Paulo, de vocacionarse aos pobres, não os esquecendo. Por isso Francisco de Assis, seu paradigma. De outro lado, a complexidade dos desafios da Cúria tão bem conhecidos de Francisco. Para concluir, gostaria de chamar a atenção sobre a importância da leitura das obras de Joseph Ratzinger como grande teólogo, cujo alcance interpretativo foge-nos por ser, não só, uma leitura revolucionária, e é muito, mas também por exigir grande aplicação ao conhecimento e à pertinência dos temas. Sem o que não poderíamos aquilatar devidamente o pontificado de Bento XVI. Não nos basta apenas admitir, como o faz uma análise superfiNós, da Igreja Assembléia de Deus, Ceicial e apressada atribuindo-lhe os epítetos de tradicionalista, conservador e feiros de Cristo, comunicamos que nosso contrário à prática do aborto e ao casaDiácono Márcio Alexandre Custódio, foi enmento entre pessoas do mesmo sexo. viado para São Lourenço, MG, a fim de que o Além de ter sido prejudicado pelos camesmo frequente o Curso de Teologia e sos de pedofilia e denúncias de corrupMissiologia, no Centro Internacional de Misção no Vaticano, e ainda, pela divulgasões. Esse curso terá a duração de um ano e o ção de documentos secretos devido à traição do mordomo no momentoso li- alunos ficarão em regime de internato. Após o curso, os alunos estarão cavro “Sua Santidade – As Cartas Secre- pacitados a atuar no Brasil e no exterior. Desejamos ao nosso Diácono todo tas de Bento XVI”. sucesso no curso. Deus vos abençõe! Dóli de Castro Ferreira

Assembléia de Deus Ceifeiros de Cristo

Esdras Martins


Ed. no 325 - maio 2013

JORNAL CIDADE PAISAGEM

Pag 05

Drogas, um problema de política pública Educação é sinônimo de oportunidade A questão das drogas já não é mais exclusiva da repressão, sendo encarada, e com razão, como um problema de políticas públicas, em que a saúde tem a principal referência. Recentemente, o Governo de Minas Gerais lançou um programa próprio, com repasse de recursos para famílias com dependentes químicos, a fim de financiar seu internamento em clínicas credenciadas. É esse um dos caminhos, pois o drama das famílias não se esgota em ver um de seus membros sob risco permanente da violência ou sendo um dos seus agentes. Esse drama continua diante da impossibilidade de recuperação. Se não houver um caminho de volta, tudo estará perdido. O tratamento é estratégico e deve ser encarado por todas as instâncias, sobretudo pelo município, que acompanha o problema de perto. Essa estratégia do governo mineiro, no meu ponto ponto de vista, é um pouco melhor do que a “Bolsa Crack”, porém, creio que a iniciativa ideal de todos os governos é trabalhar de imediato abrindo espaços para recuperação dos viciados e investir na educação, que não tem retorno a curto prazo, porém, para o futuro é a melhor das “soluções”. Não é de hoje que as Prefeituras ganharam um novo perfil em suas ações. A definição de atribuições, antes centradas, principalmente, nas mãos da União, saiu de cena, pois é o prefeito que vive de perto as demandas da comunidade e por ela é cobrado. A discussão ganha corpo e deve ser incentivada, devendo, no entanto, con-

tar com a presença de outros atores políticos para ampliar o poder de cobrança a quem tem a chave do cofre. Não basta as prefeituras ganharem a responsabilidade se não houver financiamento para o tratamento, capacitação de funcionários, e, sobretudo, manutenção dos programas, hoje vitais para vencer essa guerra. Hoje, podemos evidenciar que o Estado de São Paulo não possui um programa especifico para financiar os municípios para ações de combate às drogas, esse combate que falo, é nos nossos jovens, que , sem oportunidades, acabam caindo nesse erro cuja estrada pode não ter volta. O combate às drogas por meios de ações legais do poder judiciário e da policia é muito diferente do combate às drogas que estou falando; hoje, vemos nitidamente um aumento da apreensão de drogas por todo nosso pais, vemos que o poder publico nesse caso está em um caminho certo, porém, no combate às drogas junto aos adolescentes ainda temos um longo caminho a seguir. Na minha família possuo esse drama, vejo minha tia sofrer por conta das drogas que dominaram meu primo de maneira avassaladora; mesmo ela tendo condições financeiras satisfatórias, a dificuldade é do mesmo tamanho quando uma família sem muitas condições possui um ente viciado. Torço para que todos possamos colaborar com algo para melhorar a vida dessas pessoas, que, independente de classe social, idade e sexo, quando entram nesse mundo, é difícil sairem. Um abraço a todos. Vereador Carlos Avila

Educando para o trânsito A partir desta edição e sempre que possível, estaremos publicando orientaçõesrelacionadas ao trânsito e, também, procuraremos responder às dúvidas de nossos leitores. Para isto, basta enviar sua dúvida para o e-mail jc.paisagem@yahoo.com.br “Nos preocupamos com o mundo que deixamos para nossos filhos, mas devemos nos preocupar também com que filhos estamos deixando para o mundo”. Quando nos preocupamos com o cinto somente para não sermos multados e esquecemos que o cinto salva vidas; quando nos preocupamos com o radar e aceleramos longe dele; quando disfarçamos o uso do celular para que o policial não veja que estamos falando e dirigindo, mostramos aos nossos filhos que a lei só deve ser cumprida para não sermos punidos e que podemos fazer coisas erradas quando não estamos sendo vistos. Esquecemos que eles poderão, um dia, fazer coisas erradas longe de nossos olhos e arriscarão suas vidas; e isso não se aplica só ao trânsito. Educar para o transito, assim como para a vida, implica

termos consciência de que certas regras que, apesar de parecerem chatas, servem para que todos possam viver em harmonia e com segurança. Ser educado é ser gentil, ajudar a evitar acidentes, mesmo que a culpa não seja sua, é reconhecer situações de risco e evitá-las, principalmente conhecer e exercer seus direitos, mas também seus deveres como pedestres, como ciclistas, como passageiro e como motorista. Viver em sociedade, colaborar para um mundo melhor, preocupar-se com todos na nossa rua, no nosso bairro, na nossa cidade, na nossa região, enfim saber que precisamos nos preocupar com o que fazemos para o mundo, porque afinal dependemos deste mundo em que vivemos. Edson Molinari

VEREADOR FERNANDINHO TRABALHANDO POR VOCÊ!

Para começar, torna-se necessário lembrar que a EDUCAÇÃO não é algo que se acaba, mas que continua. Neste sentido, me lembro da frase de Cortella -“excelência não é um lugar ao qual se chega; excelência é, isso sim, um horizonte contínuo a ser procurado”. Sendo assim, penso que a educação proporciona cada vez mais oportunidades igualitárias a todos, visando a construção de uma sociedade mais justa. Dias atrás li no facebook, que uma munícipe, assustada, postou dizendo que viu jovens em plena luz do dia na praça Duque de Caxias usando drogas. (com que concordo plenamente, é bem preocupante mesmo). Com isto, parei para refletir em nosso Brasil e mais ainda em nosso município de Piquete-SP. Não basta nos indignarmos, é preciso que o poder público se una em oferecer a esses jovens de nossa cidade OPORTUNIDADES. É preciso haver investimentos na área da educação. O que quero dizer é que não basta pensar: “- Nossa !!Como a criminalidade vem crescendo aos poucos!”, mas é preciso sair do discurso e colocar em prática, ou seja, a sociedade, o cidadão e os governantes devem reavaliar no sentido de: “QUAIS MEDIDAS ESTÃO SENDO TOMADAS NA CRIAÇÃO DE POLITICAS SOCIAIS E EDUCACIONAIS.” - Meus amigos de minha cidade e re-

gião, compreendo que é assustador, mas penso que o dinheiro gasto exageradamente para combater a corrupção deva ser utilizado para oferecer caminhos e oportunidade futuras para nossos jovens. Nossos governantes deveriam refletir mais sobre isso. Por isso, entendo que a educação é o caminho do crescimento de nossa cidade. Volto a repetir: criação de politicas sociais, eventos educacionais que estimulem o aprendizado das crianças, passes escolares gratuito para alunos de baixa renda que saiam daqui para outras cidades para estudar e terem sua profissão, investimentos em merenda de qualidade, material didático, qualificação e valorização dos salários dos professores na rede municipal, tudo isto contribuirá para o desenvolvimento da educação de nossa cidade. Por isso não podemos cruzar os braços. Caberá ao poder executivo cumprir suas metas e investir pesado na educação. E ao legislador propor ideias e alternativas, além, é claro, de fiscalizar para que tais sonhos se tornem realidade. O que posso concluir é que isto é uma tarefa conjunta, dos poderes em harmonia executivo e legislativo, e também da sociedade e da FAMÍLIA. Que DEUS NOS ABENÇÔE. Um forte abraços a todos! ESTA LUTA É DE TODOS NÓS! VEREADOR FERNANDINHO . Acesse: www.fernandopiquete.com.br

Sociedade Amigos de Piquete Fundada em 15 de junho de 1958 Assembleia Geral Ordinária Edital de Convocação Pelo presente edital, a Sociedade Amigos Ordem do Dia de Piquete - SAP -, com fundamento no Estatuto Social, convoca todos os associados em 1 - Instalação da Assembleia Geral dia com suas obrigações sociais, para a As2 - Discutir e votar parecer do Conselho sembleia Geral Ordinária, a realizar-se no dia Fiscal, sobre o balanço de contas do exercício 30 de junho de 2013, domingo, às 10 h, em de 2012 e primeira convocação, com maioria simples dos 3 - Eleição e posse da Diretoria e Conselho associados, e, em segunda convocação, às 10 Fiscal para o biênio 2013-2015. h 30 min, com qualquer número de associados, em sua sede social, à Avenida ConselheiPiquete, 21 de maio de 2013 ro Rodrigues Alves, nº 19, Centro, na cidade de Piquete, Estado de São Paulo, a fim de deliberar sobre o seguinte:


Ed. no 325 - maio 2013

JORNAL CIDADE PAISAGEM

Ministério diz que não há consenso sobre eficácia da mastectomia para prevenção do câncer A mastectomia só é recomendada pelos médicos como prevenção quando a paciente já fez o sequenciamento genético O Ministério da Saúde alerta que ainda não há consenso científico sobre a eficácia da cirurgia de retirada das mamas (mastectomia) como forma de prevenção do câncer. O assunto ganhou destaque depois que a atriz norte-americana Angelina Jolie anunciou que se submeteu à cirurgia após ter feito um sequenciamento genético que identificou um “defeito” no gene BRCA1. Assim como a mãe, que morreu de câncer aos 56 anos, a atriz tem uma mutação nesse gene que aumenta o risco de desenvolvimento de câncer de mama e de ovário. Segundo a atriz, a mastectomia diminuiu em 85% as chances de ela ter um câncer de mama no futuro. No Brasil, o Sistema Único de Saúde (SUS) não faz nem a mastectomia nem o exame de sequenciamento genético como forma de prevenir a doença. Segundo o Ministério da Saúde, a cirurgia para retirada das mamas só é feita depois da descoberta de um tumor. Alguns hospitais e clínicas particulares fazem o sequenciamento, que pode custar até R$ 7 mil. “O maior problema que nós enfrentamos não é com relação à cirurgia, mas em se fazer o diagnóstico da mutação. O exame é caro, não está disponível na rede pública e nem todo mundo que teria a indicação para se fazer o exame tem acesso a ele”, disse a médica Maria Del Pilar Estevez Diz, coordenadora da Oncologia Clínica do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp), em entrevista à Agência Brasil. “Uma em cada nove ou dez mulheres vai desenvolver câncer de mama. Ele é muito frequente. É o principal câncer na população feminina. Segundo o Inca [Instituto Nacional do Câncer], são mais de 52 mil novos casos por ano.” Mas, para

que a doença seja considerada hereditária, não basta ter somente um caso registrado na família, como explica Maria Del Pilar. “É preciso ter uma história familiar forte, de múltiplos cânceres, e, além disso, identificar a mutação que é responsável por esse câncer hereditário”, explicou a médica. De acordo com o Ministério da Saúde, a hereditariedade responde por cerca de 10% do total de casos. A mastectomia só é recomendada pelos médicos como prevenção quando a paciente já fez o sequenciamento genético. “Identificando-se essa paciente de risco, com muita calma, serenidade e certamente após várias consultas, deve-se discutir com ela as possibilidades de redução de risco”, disse Maria Del Pilar. Nos casos de mulheres com histórico de câncer de mama na família, o Ministério da Saúde recomenda que elas façam acompanhamento médico a partir dos 35 anos para que o profissional avalie, junto com a paciente, os exames e procedimentos mais indicados. “O SUS oferece gratuitamente exames para o diagnóstico precoce de câncer de mama, além de tratamento e acompanhamento de pessoas com a doença”, diz o ministério, por meio de nota, acrescentando que, no ano passado, 4,4 milhões de exames de mamografia foram feitos no país. Para este ano, o Ministério da Saúde estimou 52.680 novos casos de câncer de mama. Em balanço de 2010, o mais recente divulgado pelo ministério, 12.852 pessoas morreram por causa da doença, sendo que, desse total, 12.705 eram mulheres. Autor: Elaine Patricia Cruz - Fonte: Agência Brasil

QUITANDA SÃO MIGUEL

Faltaria guilhotina se o povo soubesse o que se passa PAULO GAMA e DANIEL RONCAGLIA DE SÃO PAULO O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), fez ontem um discurso em tom de desabafo em que criticou a impunidade no Brasil e afirmou que o “povo não sabe de um décimo do que se passa contra ele” próprio. “Se não, ia faltar guilhotina para a Bastilha, para cortar a cabeça de tanta gente que explora esse sofrido povo brasileiro”, afirmou. Du Amorim - 14.mar.2013 Divulgação/Governo SP O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) fez o discurso no lançamento de um programa estadual que auxilia prefeituras a disponibilizar portais de acesso a informações públicas. Começou dizendo que grandes casos de corrupção foram descobertos por acidente. “O controle é zero.” “O sujeito fica rico, bilionário, com fazenda, indústria, patrimônio e não acontece nada. E o coitado do honesto é execrado. É desolador.” As críticas de Alckmin foram feitas em frente ao chefe do Ministério Público de São Paulo, Márcio Elias Rosa, e do corregedor-geral da Administração do Estado, Gustavo Un-

Dia10/06 19h30 - Culto Evangélico em Ação de Graças. Local: Salão de Atividades " Prefeito Luiz Vieira Soares"

19h30 - Sessão Solene da Câmara Municipal de Piquete. Local: Salão de Atividades " Prefeito Luiz Vieira Soares" 22h00 - Apresentação dos Violeiros da Fundação Cassiano Ricardo Local: Recinto de Festas

Rua Comendador Custódio, 221

garo, representantes dos dois principais órgãos paulistas de combate à corrupção. A situação causou constrangimento entre aliados, já que o tucano não dirigiu suas críticas a uma esfera específica de Poder nem isentou o próprio governo dos ataques. O governador não poupou sequer o programa que estava sendo anunciado. Criticou as fundações do governo que receberam para desenvolver o sistema. “Não deviam cobrar nada, isso é obrigação.” Alckmin acusou também a existência de uma “grande combinação” que impede que dados sejam disponibilizados. “Salários, ninguém põe na internet, porque o sindicato pediu liminar. ‘Olha eu gostaria de pôr, mas a Justiça proibiu’”, ironizou. O Legislativo de São Paulo, de maioria alckmista, se enquadra no ataque —não divulga salários por decisão judicial obtida por servidores. Alckmin criticou ainda a morosidade do Judiciário. “A corrupção, o paraíso é o Judiciário. Todo mundo diz: ‘Na hora que for para Justiça vai resolver’. Vai levar 20 anos.” O tucano não atendeu a pedido de entrevista e deixou o evento sem comentar a fala.

PROGRAMAÇÃO OFICIAL DO 122º ANIVERSÁRIO DO MUNICÍPIO DE PIQUETE

Dia14/06

Aceitamos os cartões Master Card, Eletronic, Maestro, Diners ClubRede Shop e Visa. Aceitamos cheques para 30 dias. Temos convênio com o Sindicato dos Químicos.

Pag 06

24h00 - Queima de Fogos

15/06 8h30 - Hasteamento das Bandeiras Local: Campo de Futebol da FPV 10h00 - Missa Solene presidida pelo Exmo. Reverendíssimo Bispo D. Benedito Beni dos Santos Local: Matriz de São Miguel Arcanjo 19h00 - Concentração Cívica Local: Campo de Futebol da FPV 23h00 às 3h00: Show com a Banda " São Paulo". Local: Recinto de Festas (Fonte: Secretaria Municipal de Turismo)


Cp 325 abril 20131