Page 22

Mapa de Vegetalização 3.2.3 vegetalização

Unidade de medida: metro linear de calçada sombreada Grau de vegetalização: percentual de calçadas sombreadas e não sombreadas

Em uma cidade de clima tropical como o Recife, o sombreamento das calçadas por meio de vegetação é um aspecto fundamental para o conforto térmico, tornando a caminhada do pedestre mais agradável. Além disso, auxilia também na redução da poluição sonora, absorve raios solares, aumenta a biodiversidade e auxilia na drenagem da água da chuva. Entretanto, se a implantação da vegetação não for bem planejada, acaba se tornando um obstáculo nas calçadas por uma questão de dimensionamento. Na Iputinga, foi notório o desconforto causado pela falta de vegetalização no ambiente público. Alguns lotes contam com a presença de árvores de médio e pequeno porte, mas só elas não são suficientes para suprir tamanha incidência solar no local. As praças, que deveriam ser os locais mais arborizados, não tem árvores (devido a uma reforma que está sendo realizada). Nas calçadas, quase não se encontra, tornando a caminhada cansativa por conta do alto grau térmico e desconfortável. Cerca de 83% das calçadas não são sombreadas, número relativamente alto para a área de estudo. Visto essas observações, deve-se considerar que a vegetalização do local é baixa.

N

LEGENDA TIPO ARBÓREO ÁRVORES DE PORTE MÉDIO ÁRVORES DE PORTE PEQUENO

Foto autoral

ÁRVORES DENTRO DE LOTES QUE SOMBREAM AS CALÇADAS ÁRVORES PRESENTES EM OUTRAS ÁREAS

ÁRVORES DENTRO DE LOTES QUE SOMBREAM CALÇADAS 48,19% ÁRVORES DE MÉDIO PORTE 24,09% ÁRVORES DE PEQUENO PORTE 27,71%

PROPOSTAS DE IMPLANTAÇÃO ÁRVORES NA CALÇADA ÁRVORES DENTRO DE LOTES

Foto autoral;vegetalização na praça arari fonseca.

SOMBREAMENTO METRO LINEAR DE CALÇADA SOMBREADA

CALÇADAS SOMBREADAS (239 m) 16,57% CALÇADAS NÃO SOMBREADAS (1315,6 m) 83,43%

Profile for João Vitor Macêdo

Livro de Urbanismo 1  

Trabalho desenvolvido na cadeira de Urbanismo 1, no curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Católica de Pernambuco

Livro de Urbanismo 1  

Trabalho desenvolvido na cadeira de Urbanismo 1, no curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Católica de Pernambuco