Page 1

Ecoponto, o modelo (falhou ou está) em crise?

1ª Seminário Técnico : O (In)Sucesso da Recolha Seletiva em Portugal ? CERNAS, ESAC, Coimbra ECOGESTUS, Resíduos Estudos e Soluções Lda. Contacto: joao.vaz@ecogestus.com Tel. 965784613 / 233109034 1


ECOGESTUS Waste Consulting Ltd. Profile: João Miguel Vaz • • • •

• •

Mechanical Engingeering, Coimbra University Consultant working with Waste Management since 1998 Previously worked as “Waste Engineer” at INFA GmbH, Ahlen, Munster, Germany Main fields of expertise: Waste Colection Logistics; Tariffs and PAYT; Recyclables, Biowaste collection and Management Africa (São Tomé, Mozambique) within several waste management projects, since 2009 Author of the National Waste Management Plan (20112016), São Tomé e Príncipe, West Afica

• Contact: joao.vaz@ecogestus.com • Tel.

+351 965784613 2


Análise à Gestão de Resíduos - 2014

3


ECOGESTUS, Resíduos Estudos e Soluções Lda Referências Gestão de Resíduos Sólidos e Limpeza Urbana - Engenharia & Consultadoria -

•VALORMED – Gestão de Resíduos de Embalagens e Medicamentos •APA – Agência Portuguesa do Ambiente •SONAE SIERRA SGPS •ECOLOGIC EU •GE POWERELECTRICS S.A. •VIDROCICLO S.A.

•INNOVMODEL SUSTAINABILITY, LDA •VALORLIS – Valorização e Tratamento de Resíduos Lda. •LUSAGUA SA •AGUAS DA FIGUEIRA S.A. •Governo de São Tomé e Príncipe •Faculdade de Geografia da Universidade de Coimbra DHV Royal Haskoning

C. M. de Coimbra •Serviços Municipalizados de Viana do Castelo •EDV Energia •C. M. de Oliveira de Azeméis •C. M. da Figueira da Foz •C. M. da Lousã •C. M. de Condeixa •C. M. de Sever do Vouga •C. M. de Benavente •C.M. de Mafra •Câmara Distrital de Água Grande, São Tomé e Príncipe •Governo da Região Autónoma do Príncipe •TESE – Engenheiros Sem Fronteiras •UCCLA – União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa

4


Evolução do Sistema em Portugal 2009

1996

2015

Sistema de Recolha Seletiva por Ecopontos (> 95% território) Recolha de “Monstros” (gratuita) Aterro Sanitários (Sistema sem Valorização) Despejos Selvagens Tarifário não Diferenciado

Introdução do Tratamento Mecânico Biológico

Sistemas mais Avançados: Ecocentro Sensibilização: Compostagem doméstica Recolha a comerciantes/porta-a-porta Necessidade de reduzir custos, e.g. variação do preço do petróleo Tendência para a concessão de Serviços a Privados ERSAR/ APA – Regulação e controlo mais atuante | PERSU2020 Aumento das Taxas de Deposição em Aterro ECOGESTUS Lda contacto@ecogestus.com

5


Recolha Seletiva e Reciclagem Portugal na Europa : 2001 a 2010

Fonte: Environment European Agency, Municipal waste recycling rates in 32 European countries, 2001 and 2010 [EEA, 2013 | http://www.eea.europa.eu/data-andmaps/figures/municipal-waste-recycling-rates-in]

6


Recolha Seletiva Municipal Portugal | 2009 - 2013

Redução de 15% nos RU Indiferenciados e Seletiva Fonte: INE, 2014 7


Potencial de Recolha Seletiva [“Ecopontos”]

Potencial

Composição em %

kg.hab por ano

Indiferenciados

36%

159

Bioresíduos

39%

172

Papel/ Cartão

ECOPONTOS

10% 9% 6% 25%

44 40 26 110

Total

100%

442

Embalagens Vidro

-1

Fonte: PERSU2020, Set.2014 8


Modelo de Recolha Seletiva

Zona Centro ERSUC, cerca de 1 milhão de habitantes | 36 municípios do Litoral ao Interior Ecopontos:

> 95% da recolha seletiva

Ecocentros e Porta-a-Porta: ± 4% contributo para RS

9


Variação da Produção de Resíduos 2006-2014 (ERSUC) [em kg por habitante por ano_ RS por ECOPONTOS]

10


NĂşmero de Ecopontos 2009-2014 (ERSUC)

3687

Embalagens

3659

3751

Papel

3725

4974

Vidro

4939

0

1000

2000

2014

3000

4000

5000

6000

2009

11


Evolução da Recolha Seletiva – ERSUC, 2006-2014 16872

16526

15781

16413 14801

14260

14335

13911

13067 12317 11498

ton

10147

10464

9479 8893

8705

7778

7658

6918 4976

5038

5332

5125

4901

4077 2833

3101

VIDRO

2006 13067

2007 14260

2008 15781

2009 16872

2010 16526

2011 16413

2012 14801

2013 14335

2014 13911

EMBALAGENS

2833

3101

4077

4976

5038

5332

5125

4901

6918

PAPEL

8705

9479

11498

12317

10147

10464

8893

7778

7658

VIDRO

EMBALAGENS

PAPEL 12


Análise à Gestão de Resíduos - 2014

13


Variação da composição dos RU indiferenciados 2010 – 2013 : ERSUC Ano COMPOSIÇÃO_RU IND. RU INDIFERENCIADOS [kg.hab-1] POTENCIAL DE RECOLHA SELETIVA (Pot. RS) Fileira Material nos Indiferenciados

2010 TOTAL 380

2013 Pot. RS 87

TOTAL 361

23% %, RU

-1

kg.hab

%, RU

Balanço

Pot. RS

2010-2013

93

-5,9

26%

-2,84%

-1

kg.hab

PAPEL CARTÃO

7,7%

29,4

6,6%

23,9

5,5

EMBALAGENS

11,9%

45,3

14,1%

50,8

-5,5

3,3%

12,7

5,2%

18,6

-5,9

VIDRO

Aumentou a quantidade de recicláveis nos contentores de indiferenciados ! 14


MUNICIPIO DE COIMBRA RECOLHA SELETIVA VS. POTENCIAL DE RECOLHA

em kg por habitante por ano

Vidro

Embalagens

Papel

120,0

100,0

28,7

80,0

60,0

61,1 40,0

20,0

0,0

15,4 10,3 13,6

2014 : RS por Ecopontos

22,4

2014: Quantidades misturadas nos Indiferenciados : POTENCIAL 15


EficiĂŞncia da Recolha de Vidro por Ecopontos RegiĂŁo de Coimbra 2014

16


Eficiência da Recolha de Embalagens por Ecopontos Região de Coimbra 2014

Análise à Gestão de Resíduos - 2014

17


Embalagens Recolhidas Seletivamente

Análise à Gestão de Resíduos - 2014

18


Eficiência da Recolha de Papel por Ecopontos Região de Coimbra 2014

Análise à Gestão de Resíduos - 2014

19


Evolução da Recolha Seletiva, 2009-2014 Municípios com mais de 40 000 hab. 2014 Municipio

Pop.

RU Ind.

RS

kg por hab. por ano

2009 Taxa RS

RU Ind.

%

RS

kg por hab. por ano

Taxa RS

Evol. Taxa RS

%

Águeda

47 127

326

26

7,4%

337

31

8,4%

-16,1%

Ovar

54 919

473

29

5,7%

483

37

7,1%

-21,6%

Figueira da Foz

61 076

451

31

6,4%

495

34

6,5%

-8,8%

Oliveira de Azeméis

67 756

329

24

6,8%

316

24

7,0%

0,0%

Aveiro

77 229

453

31

6,5%

519

41

7,3%

-24,4%

136 964

434

39

8,3%

431

49

10,2%

-20,4%

Coimbra

Análise à Gestão de Resíduos - 2014

20


Evolução da Recolha Seletiva, 2009-2014 Municipios entre 20 000 a 40 000 hab. Municipio

Pop.

RU Ind.

2014 RS

kg por hab. por ano

Taxa RS %

RU Ind.

2009 RS

kg por hab. por ano

Taxa RS %

Evol. Taxa RS

Mealhada

20 255

322

40

10,9%

337

47

12,2%

-14,9%

São João da Madeira

21 625

440

47

7,0%

535

48

8,2%

-2,1%

Arouca

21 751

249

23

8,6%

225

20

8,0%

15,0%

Vale de Cambra

22 319

376

26

6,5%

308

29

8,6%

-10,3%

Vagos

22 897

338

31

8,2%

365

30

7,7%

3,3%

Oliveira do Bairro

23 443

327

32

8,9%

377

35

8,4%

-8,6%

Albergaria-a-Velha

24 724

333

23

6,3%

315

31

9,0%

-25,8%

Montemor

25 911

324

25

7,1%

323

28

8,1%

-10,7%

Estarreja

26 555

333

34

9,2%

346

30

8,0%

13,3%

Anadia

28 345

307

35

10,2%

300

38

11,2%

-7,9%

Cantanhede

36 234

304

39

11,3%

297

43

12,6%

-9,3%

Ílhavo

38 410

479

34

6,6%

522

38

6,7%

-10,5%

Análise à Gestão de Resíduos - 2014

21


Evolução da Recolha Seletiva, 2009-2014 Municipios entre 10 000 a 20 000 hab. Municipio

Pop.

RU Ind.

2014 RS

kg por hab. por ano

Taxa RS %

RU Ind.

2009 RS

kg por hab. por ano

Taxa RS %

Evol. Taxa RS

Murtosa

10 437

441

31

6,6%

503

41

7,6%

-24,4%

Arganil

11 669

339

23

6,3%

321

22

6,5%

4,5%

Sever do Vouga

12 000

251

37

13,0%

244

42

14,6%

-11,9%

Mira

12 260

526

35

6,2%

473

52

9,9%

-32,7%

Ansião

12 773

269

16

5,5%

263

22

7,8%

-27,3%

Miranda do Corvo

12 984

310

20

6,1%

359

22

5,7%

-9,1%

Penacova

14 678

251

23

8,4%

241

23

8,7%

0,0%

Lousã

17 331

304

27

8,2%

369

33

8,2%

-18,2%

Condeixa-a-Nova

17 371

324

27

7,6%

391

32

7,5%

-15,6%

Soure

18 499

285

23

7,4%

310

22

6,7%

4,5%

Análise à Gestão de Resíduos - 2014

22


Evolução da Recolha Seletiva – 2009-2014 Municipios com menos de 10 000 2009

2014 Municipio

Pop.

RU Ind.

RS

kg por hab. por ano

Taxa RS %

RU Ind.

RS

kg por hab. por ano

Taxa RS

Evol. Taxa RS

%

Castanheira de Pêra

2 939

261

31

11,6%

364

28

9,4%

10,7%

Pedrógão Grande

3 686

280

21

7,0%

270

20

7,0%

5,0%

Goís

4 079

358

23

5,9%

316

21

6,2%

9,5%

Pampilhosa da Serra

4 257

351

17

4,6%

359

13

3,6%

30,8%

Penela

5 734

301

20

6,3%

277

21

7,1%

-4,8%

Figueiró dos Vinhos

5 941

256

22

8,0%

251

20

7,4%

10,0%

Alvaiázere

7 048

241

24

9,2%

214

24

10,2%

0,0%

Vila Nova de Poiares

7 141

326

21

6,1%

399

25

5,9%

-16,0%

Análise à Gestão de Resíduos - 2014

23


Comparação de vários SISTEMAS e Modelos ERSUC

VALORLIS

LIPOR

C.M. Maia

RU Total*

405

377

483

411

RU Indiferenciados

375

349

393

294

RS - Ecopontos**

30

29

43

76

Vidro

15

12

19

20

Embalagens

7,4

6,8

9,0

20

Papel

8,2

9,6

15

25

RS Ecopontos

7,5%

7,6%

8,9%

18,6%

RS "Taxa de Reciclagem"

7,5%

7,6%

18,6%

28,6%

(em kg.hab-1)

* - Inclui a recolha de Bioresíduos ** Na LIPOR há Ecopontos e Porta-a-Porta em alguns concelhos (e.g. MAIA | 14% pop.) e todos os concelhos têm Ecocentros, tendo sendo sido o respetivo quantitativo considerado.

Análise à Gestão de Resíduos - 2014

24


Comparação de vários SISTEMAS de RS por Ecopontos

25


Conclusões

ECONOMIA – RECURSOS – PROGRESSO -

Análise à Gestão de Resíduos - 2014

27


ECOGESTUS Lda contacto@ecogestus.com

28

Profile for Joao Vaz

Ecoponto - o modelo falhou ou está em crise em crise ?  

Gestão de resíduos em Portugal em análise pegando nos dados recolhidos no território da ERSUC - região centro de Portugal. A reciclagem depe...

Ecoponto - o modelo falhou ou está em crise em crise ?  

Gestão de resíduos em Portugal em análise pegando nos dados recolhidos no território da ERSUC - região centro de Portugal. A reciclagem depe...

Advertisement