Issuu on Google+

CONCRETO INTRODUÇÃO À TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO ANDREW UPSON IZABEL SOUSA JOÃO PAULO THAÍS MARA


O CONCRETO + ADITIVOS E ADIÇÕES

O concreto é um material de construção constituído por uma mistura de um aglomerado hidráulico (que endurece com a água) com materiais inertes (agregados) e água. De um modo sintético as estruturas dos elementos constituintes dos concretos podem ser assim designadas: PASTA = CIMENTO + ÁGUA ARGAMASSA = PASTA + AGREGADO MIÚDO CONCRETO = ARGAMASSA + AGREGADO GRAÚDO


Pelo fato de ser um material de baixa resistência a tração, da ordem de 1/10 de sua resistência a compressão, o concreto simples é material estrutural de aplicação restrita. Para aplicações estruturais correntes, o concreto deve ser associado a materiais de alta resistência a tração, os quais vão se constituir em armadura.

CONCRETO ARMADO = CONCRETO + ARMADURA PASSIVA Passiva porque a armadura não é responsável pela introdução de esforços suplementares na própria estrutura, como é o caso do concreto protendido.


USO DO CONCRETO ARMADO

Igreja da Pampulha

Casa em concreto armado escrit贸rio franc锚s Pottgiesse Architectures Possibles. Paris


CONCRETO PROTENDIDO O concreto protendido é armado com ferragens ativas e permite que se aproveite ao máximo a resistência mecânica de seus materiais.

Laje concreto protendido


A PROTENSÃO DO CONCRETO PERMITE A criação de grandes vãos; Controle e redução de deformações e da fissuração; Possibilidade de uso em ambientes ‘‘agressivos’’; Aplicação em peças pré-fabricadas; Recuperação e reforço de estruturas; Lajes mais esbeltas do que as equivalentes em concreto armado: isso pode reduzir tanto a altura total de um edifício, como o seu peso e, consequentemente, o carregamento das fundações.


A protensão em pontes pode permitir geometrias complexas. sobrecargas elevadas, grandes vãos, flechas reduzidas e longa vida útil às estruturas.

A protensão de pavimentos pode possibilitar espessuras de concreto reduzidas, poucas juntas e estruturas impermeáveis o que prolonga sua vida útil.


EXEMPLOS DE USO DO CONCRETO PROTENDIDO:

Museu Solomon R. Guggenheim NY, EUA


NO BRASIL:

CN Tower - Toronto, Canada

Santu谩rio de Santa Paulina Nova Trento - Florian贸polis

MASP


CONCRETO PROJETADO

O concreto projetado é um revestimento com a finalidade de proteger taludes, túneis, shafts etc., além de ser utilizado em recuperação de estruturas. Inicialmente, a superfície a ser protegida deve estar regularizada, limpa de qualquer material e escarificada superficialmente.

Recebe este nome pois é lançado por equipamentos especiais e em alta velocidade sobre uma superfície, proporcionando a compactação e aderência do mesmo a esta superfície e sem a necessidade de usar fôrmas. É usado principalmente no revestimento de taludes, túneis, etc. e na recuperação de estruturas.

VIA SECA

VIA UMIDA


CONCRETO PRÉ-MOLDADO

Uma estrutura feita em concreto pré-moldado é aquela em que os elementos estruturais, como pilares vigas, lajes e outros, são moldados e adquirem certo grau de resisitência, antes do seu posicionamento definitivo na estrutura. Devido à flexibilidade de modulação, as estruturas de concreto pré-moldado adaptam-se a diversos projetos arquitetônicos, possibilitando a contrução de edificações de vários tipos e tamanhos, sejam obras industriais ou comerciais.


O emprego do concreto pré-moldado apresenta duas diretrizes. Uma aponta para a industrialização da construção, a outra para a racionalização da execução de estruturas de concreto. Apesar dos avanços no cenário mundial, o concreto pré-moldado no Brasil tem sido pouco explorado. No Brasil, a primeira grande obra com a utilização de elementos pré-moldados foi o Hipódromo da Gávea na cidade do Rio de Janeiro.


Para que todas as vantagens do concreto pré-moldado sejam potencializadas, a estrutura deve ser concebida de acordo com uma filosofia específica do projeto: grandes vãos, um conceito apropriado para estabilidade, detalhes simples, etc. Todas as juntas e ligações entre os elementos pré-moldados deveriam ser executadas de modo que a estrutura tivesse novamente o mesmo conceito monolítico de uma estrutura moldada no local. Do ponto de vista do comportamento estrutural, a presença das ligações é o que diferencia basicamente uma estrutura de concreto pré-moldado de uma estrutura convencional moldada no local.


As formas de cada peça de concreto pré-moldado devem apresentar algumas propriedades ou requisitos de desempenho para que possam atender a função designada, dentre as quais podemos destacar: -Resistência mecânica à ruptura; -Resistência à deformação; -Estanqueidade; -Regularidade geométrica; -Textura superficial adequada; -Estabilidade dimensional; Tendo todos estes parâmetros de qualidade em mente é deduzido que: Custo da forma = 50% do custo de produção do concreto armado; Custo do concreto armado = 20% do custo da obra como um todo; Custo da forma = 10% do custo global da obra


MOLDE: madeira, plรกstico, etc. elementos metรกlicos e ESCORAMENTOS: cunhas de madeira SISTEMAS ESTRUTURAIS EM ESQUELETOS


PAINÉIS ESTRUTURAIS - PAREDES E FACHADAS


PISOS


OUTROS USOS DO CONCRETO NA CONSTRUÇÃO

cobogó de concreto

porcelanato de concreto

pavimentação de concreto


CURIOSIDADES CONCRETO NA JOALHERIA

CONCRETO POROSO CRIADO PELA POLI (USP)


ESTUDO SOBRE CONCRETO EXPERIMENTAL QUE SE CONSERTA SOZINHO AO RAXAR

TUBOHOTEL NO MÉXICO


CONCRETO.