Page 1

Ano 01. Nº 09. Rio de Janeiro Novembro de 2009

www.jornalcariocas.com.br

TAÍS ARAÚJO Nascida para vencer Boas escolas, cursos de idiomas, educação rigorosa: Como a protagonista de “Viver a Vida” se preparou para ser uma profissional bem sucedida.

Comportamento Sexo na terceira idade

Gastrô As delicias da temporada

Terceiro Setor Advogado leva educação para o Sertão

Moda Melissa e Havaianas: calçados que mudaram o mundo

Saúde Balão Gástrico: o método eficaz de emagrecimento 1


M

ais uma edição do CARIOCAS na rua, mais uma batalha vencida a favor da boa leitura , entretenimento e informação. Thaís Araújo é a capa deste mês, em uma entrevista descontraída que nos mostra como disciplina e força de vontade podem levar qualquer pessoa ao sucesso. Aos ...anos, a menina nascida no Méier vive sua primeira protagonista no horário nobre da TV Globo e esbanja talento como uma das Helenas de Manuel Carlos. Como o verão está chegando, na gastronomia enfocamos pratos mais leves e os restaurantes mostram as mudanças em seus cardápios. Na saúde as matérias vem com força total: você conhece o plasma rico em plaquetas? Um método autólogo de regeneração que já ajudou celebridades como Cláudia Raia, Tarcísio e Glória Menezes, Leandra Leal, entre

outras a curarem seus problemas ortopédicos. O PRP ( como é chamada a técnica) é uma verdadeira revolução na medicina e está a seu alcance aqui no Rio de Janeiro. Outro assunto muito interessante é o balão gástrico que vem conquistando cada vez mais adeptos que querem emagrecer sem a cirurgia de redução do estômago. Dr. Carlos Eduardo Moraes, um dos maiores especialistas do país, explica todos os detalhes. E como não poderia deixar de ser a moda mostra as tendências da estação que vai chegar e a beleza vem com dicas especiais para ficar linda na nova estação, com enfoque especial para os cabelos: a escova progressiva usada pela Madonna e por Paris Hilton é o que está fazendo a cabeça das cariocas enlouquecidas por cabelos lisos. Até a próxima edição, boa leitura! Mirian Barbosa

Cartas dos Leitores Sexo no Futuro Sexo com robôs? Acho que nem tão cedo. Apesar de algumas pessoas já usarem bonecas, brinquedos e webcams, nada supera o olho no olho, o suor e o prazer de estar com outra pessoa. Mas para os encalhados, pode ser uma boa saída. Roberto Antunes - Leblon Dira Paes Dira Paes sempre brilhou em sua carreira. Linda, sensual e talentosa, ela roubou a cena em "Caminho das Índias" como Norminha. Sua personalidade debochada definitivamente conquistou o Brasil. Sem contar a maravilha que era assisti-la ao lado de Cláudia Rodrigues em "A Diarista". Gargalhadas garantidas!

NR - Sua sugestão foi encaminhada para nossa redação. Adoro encontrar os displays do Jornal pelas ruas da Zona Sul. Sempre pego um exemplar e levo pra alguma amiga ler. O Jornal é muito gostoso de ler, muito bonito e com ótimas matérias. É bom ver um jornal que dedicase às boas notícias do Rio de Janeiro. Parabéns pela iniciativa. Janaína Valente - Copacabana Especial de Inverno Sempre que posso vou a Petrópolis. Minha família tem uma casa aconchegante em Itaipava e sempre aproveitei, desde criança, os prazeres da Feirinha. Quantas e quantas vezes eu comprei casacos por lá. Sempre que posso visito a feirinha. O clima é super descontraído e sempre tem alguma novidade. Lógico que após ler a matéria do Jornal Cariocas eu subi a Serra e aproveitei as dicas. Humberto Lírio - Leblon

Ligia Jordão - Ipanema As capas do Cariocas são sempre um arraso! Juliana Paes, Vera Fischer, Flávia Alessandra, Rodrigo Lombardi, e agora Dira Paes. Hare Baba! Sempre um espetáculo. Já está na hora de colocar a minha musa Giovana Antonelli para figurar entre essas grandes estrelas. Fica a sugestão pro pessoal da redação. Bianca Gomes - Copacabana

Sempre ouvi falar da Feirinha de Itaipava, mas nunca tinha visitado. Após ler a matéria do Jornal Cariocas decidi conhecer. Encontrei muitas coisas maravilhosas, renovei meu guarda roupa para o inverno e ainda me diverti com a família. Recomendo a todos que confiram as maravilhas que a serra tem a oferecer. Marco Antônio Silva - Copacabana

Entre em contato pelo e-mail redacao@jornalcariocas.com.br ou JORNAL CARIOCAS - Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 195 / Grupo 1103 - Copacabana. CEP 22020-002. Só serão publicadas cartas acompanhadas de endereço e telefone. O conteúdo das mesmas é de responsabilidade de seus autores e será reduzido de acordo com critérios editoriais.

Direção Geral: DMC 21 Comunicação e Marketing Editora: Mirian Barbosa Repórteres: Maria Amora, Giseli Evers, Heitor Ravanelli e Rebecca Watz. Secretária de Redação: Ângela Ferraz Colaboradores: Doc Mariz e todos os jornalistas e amigos da redação DMC 21. Diretor Comercial: Edson Guerra (diretoria@jornalcariocas.com.br)

Diretor de Arte: Roberto Monico (designer@jornalcariocas.com.br)

Diagramação e Ilustração: João Márcio Dias Fotografia: DMC 21 Tiragem: 20.000 exemplares Distribuição: Zona Sul Fiorentina - Rede Sindicato do Chopp - Restaurante Azumi - Restaurante I Piatti - Restaurante Alvaro´s Restaurante Taberna da Glória - Restaurante Stambul - Churrascaria Porcão - Rede de Cervejarias Devassa Rede de Cachaçarias Organic do Brasil - Farmácias do Leme - Quiosques da orla (Leme ao Pontal) - Clube da Terceira Idade de Copacabana - - Associação de Vôo Livre de São Conrado - Praia do Pepê - Associação de Hotéis do Rio de Janeiro - Feira Hippie de Ipanema Clínica São Clemente - Escritórios de Advocacia Lira Alves - Pólo Gastronômico de Botafogo - Pólo Gastronômico do Leblon - Pólo Gastronômico Ipanema - A! Body Teach Academia - Estação do Corpo - Equipe Um Academia - Galerias Comerciais de Ipanema e Leblon Todo mês, aos domingos, AÇÃO PROMOCIONAL nas praias e ruas do Leme, Copacabana, Ipanema e Leblon Bancas de Jornais Leme, Avenida Nossa Senhora de Copacabana, Rua Visconde de Pirajá e Rua Ataulfo de Paiva. Displays Restaurante Alvaros (Rua Ataulfo de Paiva) - Bar 20 (Rua Ataulfo de Paiva, esquina com Rua Henrique Drummond) - Confeitaria Martinica (Rua Visconde de Pirajá, esquina com Rua Vinícius de Moraes) - Galeria 156 (Rua Visconde de Pirajá - 156) - Churrascaria Carretão (Rua Visconde de Pirajá, em frente a Praça General Osório) - Farmácia Apolo (Av. Nossa Senhora de Copacabana, esquina com a Rua Souza Lima) CityFarma (Rua Siqueira Campos) - Farmácia do Leme (Rua Gustavo Sampaio - Leme) - Bagdá Café (Rua Gustavo Sampaio) - Sindicato do Chopp (Av. Atlântica Leme)

Concepção e Realização: DMC 21 Comunicação e Marketing Ltda - CNPJ: 04.546.621/0001-58 E-mail: dmc21@dmc21.com.br Av. Nossa Senhora de Copacabana, 195 / Gr. 1103 - Tel: (21) 2225-0166 www.jornalcariocas.com.br - redacao@jornalcariocas.com.br

Nós temos mais de 80.000 leitores que querem conhecer os seus produtos e serviços. ANUNCIE CONOSCO PELO TELEFONE

3286-8177 2


Bom para a pele e o coração S E XO Rebecca Watz

Manter uma vida sexual satisfatória, mesmo em idade avançada, é fundamental porque favorece o bem-estar e a saúde. A conclusão é do andrologista austríaco Siegfried Meryn e tem como base a pesquisa do grupo farmacêutico, realizada em nível mundial entre 26 mil homens e mulheres, na faixa etária de 40 a 80 anos. Os resultados foram surpreendentes. Em primeiro lugar, essa população, diferentemente do senso comum, não condena a sexualidade nem a paixão entre idosos. Ao contrário: mais da metade dos entrevistados rejeitou a opinião de que “as pessoas mais velhas não querem sexo”. Mais de 50% disseram ter mantido relações sexuais nos últimos 12 meses e quase três em cada cinco, pelo menos uma vez por semana. A regularidade não surpreende a psiquiatra coordenadora do Projeto Sexualidade da USP (Universidade de São Paulo) e autora do livro Descobrimento Sexual do Brasil, Carmita Abdo: “Existe sexo bom nessa idade! O casal aprendeu a se dar prazer ao longo da vida, é uma experiência de décadas. A mulher é mais experiente, chega ao orgasmo muito mais fácil”, explica, acrescentando que a grande diferença do sexo nessa fase é que ele fica menos intenso, como tudo na vida. Pratique o sexo seguro Indispensável em qualquer idade, a prevenção e os cuidados contra as DST e a Aids são fundamentais para quem quer ter uma vida sexual prazerosa longe dos problemas. Os números da contaminação continuam preocupantes em nosso país. Mesmo para quem já não precisa se preocupar com os riscos de uma gravidez indesejada, o bom senso recomenda o uso do preservativo também entre os parceiros amorosos da Terceira Idade. Isto porque em qualquer faixa etária continua valendo a máxima: quem vê cara não vê Aids e, muito menos, nenhuma das DST, as Doenças Sexualmente Transmissíveis, que continuam fazendo estragos, com altos níveis de contaminação entre homens e mulheres de todas as idades e classes sociais. Para interromper essa cadeia preocupante, ou pelo menos não correr o risco de fazer parte dela, só há um jeito: praticar o sexo seguro seja qual for o parceiro.

Arquivo

Corte o mal pela raiz Um check-up completo é o primeiro passo para garantir mais segurança e disposição sexual na terceira idade. “Aos 50 anos, é possível identificar com mais freqüência o surgimento de doenças como diabetes, problemas de próstata, hipertensão e outros distúrbios cardiovasculares. As conseqüências são desastrosas se não forem tratadas”, adverte o psiquiatra Moacir Costa, do Instituto de Sexualidade do Hospital das Clínicas de São Paulo. Costa afasta o pessimismo lembrando que a reposição hormonal em homens e mulheres, com critério e rigor médico, pode ser um caminho seguro para a solução de vários complicadores do bom desempenho sexual. Além de impedimentos físicos, há outros fatores que podem comprometer a prática sexual, veja como lidar com eles: Depressão Segundo Carmita Abdo, a ocorrência é muito comum na terceira idade, devido à falta de trabalhos produtivos e à ausência dos filhos, que cresceram e deixaram a casa paterna. “A depressão é um dos problemas que afetam o interesse por sexo na Terceira Idade. Há, na verdade uma relação que se repete, um círculo vicioso: a queda da competência sexual gera depressão e a depressão aumenta a incompetência sexual”. Antídoto seguro: psicoterapias ou, se o médico indicar, medicação adequada.

Antídoto seguro: encarar cuidados com o corpo e com a cabeça, afinal, beleza é também resultado de bons tratos e pode contemplar pessoas de todas as idades. Exercícios físicos prazerosos garantem maior energia e bem-estar. Vitaminas, boa alimentação e o cultivo de atitudes positivas podem “remoçar”. Se for difícil mudar a rotina sozinho, vale buscar ajuda de um terapeuta ou personal trainer. Perda da intimidade Casais que durante uma vida inteira nunca se entenderam, cultivaram rancores e distanciamento, podem constatar a perda da intimidade: “Após os 60 anos, as dificuldades, os traços da personalidade se acentuam, o que acaba afastando o casal. Coisas que incomodaram um ao outro a vida inteira vão incomodar mais. Isso diminui a vida sexual mais ainda”, ressalta Carmita. Antídoto seguro: terapia de casal e muito diálogo para tentar resgatar os sentimentos ou, se for o caso, encarar a separação. O que não se justifica é conviver com uma “não vida” só por comodismo.

Satisfação garantida Para tudo dar certo, há que se respeitar os sins e os nãos da vida sexual plena, segundo especialistas na matéria. Decadência física Cabelos brancos, rugas e flacidez podem colaborar para um estado de desânimo geral, que compromete o sexo, alerta o psiquiatra Moacir Costa, do Instituto de Sexualidade do Hospital das Clínicas de São Paulo: “O contato com a idéia do envelhecimento, que se dá em geral em torno dos 50 anos, pode sim abalar as estruturas do individuo provocando uma sensível diminuição no seu apetite sexual. No plano psicológico, acredita-se que homens e mulheres encaram essa nova fase com boa dose de perplexidade e negação. Através do espelho, vem a constatação das rugas, do embranquecimento dos cabelos e da redução ou oscilação dos desejos em geral. Os sexuais atormentam mais os homens”, observa. “A terapia psicológica favorece uma leitura mais global dessa fase e aponta algumas direções mais saudáveis”, indica Costa.

Sim! • Namore muito, para manter a capacidade de sedução e de conquista • Cuide da saúde, lembrando que saúde e prazer andam lado a lado • Pratique esportes, pois eles melhoram a disposição para a vida e o sexo. Não! • Fumar jamais,: o cigarro prejudica a saúde e o desempenho sexual • Beba com moderação: o álcool também compromete o desempenho sexual • Fora com o sedentarismo: além de comprometer motivação e capacidade física, também causa desordens emocionais. 3


DEGUSTES DA NOVA TEMPORADA Giseli Evers

Divulgação

Com a proximidade do verão, os restaurantes da cidade modificam seus cardápios para se adequarem ao clima e passam a oferecer opções de pratos com a cara da estação, que está quase entrando na época mais quente do ano. O restaurante Álvaro’s, no Leblon, tradicional reduto boêmio/ gastronômico do Rio, oferece aos comensais um festival com 12 tipos de pratos preparados com camarão, ao convidativo preço de R$50. As opções vão desde Camarão à Bordolesa (camarões cozidos, regados de molho branco, salsa, champignon e arroz branco) ao carro-chefe da casa, o Camarão à Paulista (crustáceo frito na casca, com alho e óleo). Outras pedidas são: Camarão ao Catupiry (cozidos com molho de catupiry e purê de batatas e gratinado com queijo parmesão), Camarão à Provençal (grelhados ao molho de alho e salsa com arroz de passas), Camarão à Monte Carlo (camarões e queijos à milanesa servidos no espeto com arroz a grega), entre outros. O proprietário da casa, Manolo Casal, é uma figura simpática, que se orgulha de manter a casa como referência do que há de melhor na gastronomia carioca. Outro reduto de tradicionalismo gastronômico, a Taberna da Glória, continua oferecendo em seu cardápio opções de pratos para todos os gostos. Para os amantes de carne branca a truta ao molho de amêndoas é de se comer ajoelhado. O peixe é grelhado na manteiga, que depois de aquecida, serve de base para a elaboração do molho com amêndoas picadas. A sugestão é acompanhada de arroz com passas e sai a R$ 38. O restaurante Osteria Policarpo, no Humaitá, é especializado em culinária italiana e comandado pelo chef Luiz Gennari. Em tempos de primaveraverão a casa apresenta a Carne Lessa, 4

A aposta do Outback em seu “Lunch Menu” é o Herb Crusted Filet, que mistura carne e ervas de maneira harmoniosa. No Bar e Restaurante Urca (abaixo), o Filet Hadock promete fazer sucesso.

azeitonas verdes, alcaparras e manjericão (R$ 26,00) – e o Spaghetti pesto rosso, que leva molho de tomates secos da casa, macerados com azeite, azeitonas pretas, alho e ervas (R$ 27,00). O Risoto Delícia à Diogo Trevisan faz, no Bar e Restaurante Urca, uma harmonização entre o camarão cinza e o funghi secci coadjuvados luxuosamente por queijo brie e vinho tinto, sem falar, claro, no arroz arbório. Vem servido em porções para uma pessoa a R$65 e para duas por R$ 80. Quem também está com novidades em seu cardápio na filial de Botafogo, é o Outback Steakhouse. Pensando em quem almoça fora todos os dias, o restaurante incrementou o Lunch Menu, um cardápio especial onde o cliente paga R$ 34 e escolhe entre as opções de entrada, prato principal e

Foto: Cristina Lacerda/divulgação

uma salada feita com carne cozida, salada verde e tomates picados, temperada com cebolas, azeitonas pretas e molho vinagrete (R$ 16,50). Entre os “molhos de verão”, que fazem sucesso entre a clientela da casa, estão o Penne con sugo crudo e provolone – massa com molho à base de queijo provolone, tomates,


acompanhamento. Para a entrada, as alternativas são a Salada da Casa (exclusiva salada servida com molho à escolha), Salada Caesar, Walkabout Soup (versão Outback da sopa favorita dos australianos) e El Ranchito Salad (combinação de alface, cenoura, repolho roxo, mix de queijos, bacon e tiras de nachos regados ao molho barbecue ranch). Para o prato principal, o comensal pode escolher entre massa, frango, peixe, costeleta de porco e carne bovina. Uma boa pedida é o Herb Crusted Filet, um generoso corte de filé mignon temperado com ervas finas e servido com molho Cabernet. Como acompanhamento, o restaurante oferece Homemade Golden Potatoes, Arroz Tazmânia, Garlic Mashed Potato, Fritas, Cajun Rice, legumes ao vapor, cebola grelhada e Jacket Potato. Luiz Henrique Micheletto comanda o Vermentino, em Copacabana, que atende em cheio à demanda dos comensais ávidos por uma boa cozinha

Foto: Alvaro’s - Daniel Lewinshon

É temporada de camarões no Alvaro´s, no Leblon(foto ao alto). A Osteria Policarpo sugere uma deliciosa massa para os cariocas (foto a esquerda)

frutos do Divulgação

italiana em ambiente acolhedor e familiar. No cardápio, as massas são as estrelas desta estação, como Tortelloni recheado com ricota e nozes (R$ 34) e o Tagliolini com ovas de salmão (R$ 41), e os risotos, como o de Scampi e abobrinha (R$ 51) e o de mar e açafrão (R$ 51). Vale

a pena provar as Ostras à milanesa (R$26) e ao natural ( 6 unidades a R$22 e 12 a R$40) e para os dias mais frescos ainda valem as sopas quase camponesas com sotaque forte a R$22.Tudo no Vermentino é servido com primor e cuidado nos detalhes graças à experiência de Luiz Henrique que, entre outros trunfos do currículo, teve a passagem pelo Maxim´s, um ícone carioca dos anos 80. Colaboração: Manuela Tibau

5


Taís Araújo

Foto de arquivo

Primeira protagonista negra de uma novela das nove da Globo, Taís Araújo investe todas as fichas na Helena de Viver a Vida Mirian Barbosa

A

carioca Taís Bianca Gama de Araújo nasceu no Méier e aos 30 anos poderia ter seguido qualquer carreira. Filha caçula da pedagoga Mercedes e do economista Ademir, estudou em colégios particulares – bons e caros –, aprendeu idiomas, leu muito, freqüentou cinemas, teatros... Enfim, recebeu uma educação de primeira, que lhe abriu um enorme leque de opções. Escolheu ser atriz e, numa trajetória com metas bem traçadas, virou estrela da atual novela das 8, Viver a Vida. Em quinze anos de profissão, conseguiu o que muitos colegas perseguem durante toda a existência – não raro, sem sucesso. Ela conta que não pensava exatamente em ser atriz, pois na adolescência queria ser dentista ou diplomata. Se dependesse exclusivamente da mãe, o resultado poderia ter sido outro. Em casa, a criação foi tradicional, rígida mesmo. Taís e a irmã, Cláudia, hoje ginecologista, só podiam brincar com os amigos nos fins de semana. E, mesmo assim, desde que não houvesse prova na segunda-feira. “Minha mãe era um sargento”, relembra. “Como eu morava no 1º andar, ficava da varanda coordenando a brincadeira dos amigos no play.” Cada minuto do tempo das irmãs Araújo era ocupado de forma planejada. Três vezes por semana, freqüentavam aulas de inglês e espanhol. Nos outros dias, praticavam balé clássico e ginástica rítmica. Até aulas de boas maneiras fizeram. A mãe conta que Taís era um moleque e que precisava aprender a se domesticar. Algumas lições foram aprendidas. Outras, nem tanto. Embora vivesse em um ambiente severo e com regras bem definidas, o jeito desinibido de Taís chamava atenção. No Portal do Bosque, condomínio onde cresceu, na Barra da Tijuca, era conhecida como uma menina brincalhona e engraçada. Quando escapava do cerco materno e aparecia no playground, logo uma multidão de crianças a cercava. “Ela diz que eu matei 6

uma comediante”, revela a mãe. “Eu brigava muito com ela por causa desse jeito de palhaça. Na minha cabeça, as pessoas riam dela, e não das piadas que contava.” O zelo de Mercedes desempenhou um papel crucial na formação de Taís. Mas ela já demonstrava, mesmo criança, aquela característica que diferencia vencidos de vencedores: a coragem para enfrentar as adversidades. Desde cedo, Taís aprendeu a impor respeito. Quando tinha 7 anos, ouviu um coleguinha de escola insinuar que ela era filha de uma empregada doméstica e era a patroa quem pagava a mensalidade do colégio. No dia seguinte, sem contar nada à família, pegou algumas jóias da mãe, levou-as para a sala de aula e as despejou sobre o desafeto. Foi durante uma visita ao cabeleireiro que o destino de Taís Araújo começou a se definir. Ao ver os traços delicados da menina de 13 anos, a dona do salão, a ex-manequim Monique Evans, a convenceu a fazer um book e levá-lo a uma agência de modelos. Não demorou muito para que Taís estivesse posando para revistas internacionais e fazendo comerciais de TV. O cachê era todo aplicado na poupança. “Quando Taís saiu da minha casa, aos 27 anos, tinha dinheiro suficiente para comprar seu próprio apartamento” diz a mãe. Assim como a carreira de modelo, o curso de teatro surgiu por acaso. Como a professora que lhe dava aulas de ginástica rítmica havia se mudado para Minas Gerais, Mercedes determinou que a filha arrumasse outra atividade para substituir a anterior. Taís teve a ideia de procurar as aulas do Teatro de Lona da Barra, perto de casa. Um ano depois, a mocinha de 15 anos soube que seriam feitos testes para escolher o elenco da adaptação para a TV de Tocaia Grande, romance de Jorge Amado. Com a professora do curso, rumou para a TV Manchete e conheceu o diretor Régis Cardoso, que lhe disse para voltar no dia seguinte e participar de

uma leitura de texto. Quando abriu a porta da sala do diretor e deu de cara com medalhões como Roberto Bonfim, Rosamaria Murtinho e Ângela Vieira, Taís estremeceu. Mas seguiu em frente. “Comecei a ler e vi que a Rosamaria cochichou no ouvido do diretor”, recorda. “Pensei: pronto, acabou! Desco-

briram que sou péssima.” Estava enganada. Anos depois, dividindo o palco com Rosamaria Murtinho na peça Isaurinha Garcia, descobriu que os cochichos eram elogios. Daí por diante, Taís enfrentou um desafio após outro – invariavelmente com sucesso. Em 1996, apenas um ano de-


Divulgação/TV Globo

Divulgação /TV Globo

pois do primeiro teste, virou protagonista de Xica da Silva, novela dirigida por Walter Avancini. “Era uma personagem dificílima, e eu lá, jogada aos leões, sem ter bagagem, experiência de vida”, conta. “Chorava muito.” Mas também ficaram boas lembranças. As gravações aconteciam em Água Grande, subúrbio do Rio, e em Maricá, na Região dos Lagos. Para não perder tempo, Taís ia de um lugar ao outro já caracterizada. “As Kombis que nos levavam tinham na lataria uma foto minha, vestida de Xica”, diz. “Um dia, peguei um tremendo engarrafamento na Ponte Rio-Niterói. As pessoas ficavam espantadas ao ver a Xica da Silva dentro do carro. Só me restava dar tchauzinho para elas.” Graças ao papel, ganhou fama dentro e fora do Brasil. O convite para a TV Globo, em 1997, veio em razão desse trabalho inicial. Depois de alguns papéis menores, ganhou em 2004 sua primeira personagem principal na emissora: na novela Da Cor do Pecado, estreia do autor João Emanuel Carneiro, no horário das 19 horas. Na trama, contracenava com Reynaldo Gianecchini. “Taís virou meu pé de coelho. Quero trabalhar com ela sempre”, afirma Carneiro.

Determinação nunca lhe faltou. Taís ainda gravava A Favorita quando ouviu comentários de que Manoel Carlos pensava nela para sua próxima novela. Descobriu o telefone do autor, ligou para ele e soube que Maneco ainda não havia definido o perfil da nova Helena – nome de todas as protagonistas de suas tramas. Prestes a entrar de férias, Taís havia decidido passar uma temporada de estudos em Paris, mas antes de embarcar ofereceu-se ao diretor Jayme Monjardim para fazer um teste. “Viajei e de lá acompanhava tudo pela imprensa. De tão ansiosa, fiz até promessa para Santa Terezinha das Rosas.” Um mês depois, estava de volta para assinar contrato. Começava ali um novo desafio – desta vez, para aprimorar ainda mais as formas perfeitas, pois Helena é uma modelo internacional. “Fiquei desesperada quando li que, na primeira cena, ela estaria de biquíni, correria e se sentaria em um banana boat”, afirma. Rumou direto para o consultório de um endocrinologista, perdeu 5 quilos e o ponteiro da balança chegou aos 48. “Não sou vítima da vaidade”, conta ela, apresentadora durante três anos do programa Superbonita, no canal por assinatura GNT. “Tenho uma relação saudável com meu corpo Eleita em 1999 pela revista americana People uma das 25 mulheres mais bonitas da América Latina, Taís (ao contrário de muitas de suas colegas na televisão) teve poucos namorados. Atualmente namora

de novo o também ator Lázaro Ramos. Entre idas e vindas, estão juntos há cinco anos. Em 2005, eles se casaram na casa dela, no Leblon, em uma cerimônia simbólica. Após dois anos, a união se desfez. Sete meses mais tarde, sem alarde, o casal reatou. Eles moram em casas separadas, mas vivem aparecendo juntos. “Estamos bem e felizes”, declara Taís, econômica nas palavras. Nos próximos meses, ela quer falar o mínimo possível sobre seu relacionamento. Depois de tanta preparação, está 100% concentrada no papel de Helena e atuando divinamente . Sabe que este é o ápice de sua trajetória, o momento certo para brilhar. E depois Taís? “Espero ter filhos, pelo menos dois. Quero ter filhos, acho que são os 30 anos, não acreditava quando ouvia as outras mulheres dizendo que quando eu fi-

zesse 30 meus hormônios gritariam por filhos e bastou passar meu aniversário para esse desejo bater forte. Quanto ao lado profissional, quero partir para a segunda produção de uma peça, fazer cinema e continuar nas novelas. No fundo, só quero construir minha família e ter uma carreira mais estável”. Divulgação/TV Globo

7


Grandes Figuras Cariocas Nesta edição inauguramos uma nova coluna que pretende homenagear diversas pessoas que fizeram a história desta cidade e são importantíssimas na construção da vida coletiva de cada bairro. A jornalista Ilse Maria Moraes Rego é a titular da idéia que nasce com o histórico de vida do ilustríssimo advogado Ayrton Barata, que colore o bairro do Leme com sua inteligência e brilhantismo.

Ayrton Barata

S

e a alma dos bairros está na perso nalidade dos seus moradores, o Leme, um dos recantos mais charmosos do Rio, sem dúvida alguma, colocaria no topo da sua lista o advogado Ayrton Barata. Vascaíno, bon-gourmet, apreciador dos bons vinhos e das belas artes,conquistador nato de lindas mulheres, expoente imprescindível da vida carioca, esse libriano simples e ao mesmo tempo sofisticado, tem estórias inéditas sobre a boemia saudável e elegante do Rio. Ativo participante da vida social e intelectual do bairro,Ayrton frequentou de tudo : futebol de areia,reuniões da Amaleme, assembléias políticas, as mais famosas boites e restaurantes, tais como o Sachas´s, a Fiorentina, Mariu´s - tudo que ia surgindo no cenário da incrementação do Leme, lá estava ele com seu grupo alegre de rapazes que pertenciam às mais refinadas familias, educados para se integrarem ao sucesso profissional. Cidadão do mundo, criado no bairro desde criança, se popularizou por sempre ter andado com os problemas da coletividade no bolso. Literatura é um vício, rumina seus livros, e é neles que reencontra as facetas bem lapidadas do seu grande mundo interior, adquirindo realidades próprias. Viajou por várias partes do mundo, sua cultura é sólida e surpreendente : sempre teve intimidades filosóficas com os grandes pensadores. É um “ fogo de palha” - um minuto depois de uma exaltação é capaz das maiores ternuras. A sensibilidade também passeia no seu cérebro. Mesmo diante de uma batalha que parecia minar sua saúde, derrotou o inimigo no ring do heroísmo, pois venceu todos os rounds. Nada de doença, um equívoco da natureza, repouso apenas, pois sempre achou que do8

Por Ilse Maria Moraes Rego ença é luxo de desocupado. Muitas vezes debilitado, nunca deixou de frequentar o Fórum, trabalhando duro, sagaz, determinado.Não permitiu que se cortassem as asas de um condor, pois ele é justamente o símbolo de vida,de força criadora e dinamismo, permanecendo intenso, um afinado para as grandes tocatas.Como aceitá-lo imóvel? Existem duas condições fundamentais para entender a alma de Ayrton Barata : uma é gostar dele, a outra é conviver com ele - em ambas há a compreensão do encantamento, onde se sobressai uma imensa alegria e irresistível cumplicidade. Sendo um grande material humano, estudei-o à traição, sem que jamais suspeitasse. Absorvente por natureza, reto e airoso como uma lança, a sorte cumulouo de dádivas: uma multidão de amigos , que são todos que o conhecem.Assim, me perdi diante de tantas qualidades, indagando-me, por vezes, se era o mais perfeito dos seres imperfeitos - emotivo, simula a emoção, lírico, esconde o lirismo, capaz das atitudes mais nobres, mais delicadas, mas sempre as faz metido numa armadura. Quantos Ayrtons existirão de fato nesse eterno rapaz de olhar infantil? Não sei...mas gosto de vê-lo, mansamente,a caminhar pelas ruas ensolaradas do Leme, parando em suas esquinas, olhando a vida que tanto ama, se superando, multiplicando-se. Generoso ao extremo, é responsável pela vitória de muita gente, e só isso já justificaria uma existência, pois cada vez que se fala em Ayrton Barata no Leme, sempre há alguém contando um estória bonita de sua mágica personalidade. Sim, de alguém que eu desconfio, tenha nascido póstumo. Ayrton é pai de Ana Cristina Amatucci e de Eduardo Simões Turris.

Academia Brasileira de Odontologia completa 60 anos A primeira associação do Brasil a se enquadrar no padrão estipulado pela Federação de Odontologia, acaba de completar 60 anos. Para celebrar essa data tão importante a Academia Brasileira de Odontologia vai comemorar a data em grande estilo, no dia 25 de novembro, nos salões do Hotel Excelsior, com uma festa organizada pelo seu Presidente Dr. Placidino Brigagão e contará com a presença de várias personalidades e profissionais renomados. Acontecerá, inclusive, a posse da nova diretoria eleita. Por ser muito respeitada e conhecida, a Academia se orgulha em participar ativamente de grandes projetos em prol das comunidades carentes em todo Brasil. Aliada aos governos federal e estadual, através dela são executadas diversas ações e cam- Dr. Placidino Brigagão, Presidente da panhas de responsabilidade social. Academia Brasileira de Odontologia

Elisa Lucinda: Quatro décadas de versos Divulgação A poeta e atriz Elisa Lucinda celebrará quatro décadas de poesia em dezembro deste ano, com a Casa Poema realizando o evento Poesia do Encontro tendo a sua obra como referência do trabalho. O evento, que já foi realizado com as escritoras Martha Medeiros e Viviane Mosé, em agosto e outubro deste ano e homenageará Ferreira Gular em novembro tem o objetivo de promover um encontro mais próximo do público com os escritores e poetas, realizando recital, bate papo e sessão de autógrafos da obra do convidado. A relação de Elisa Lucinda com os versos começou quando tinha apenas 11 anos, época em que sua mestra Maria Filina lhe apresentou poemas de Fernando Pessoa, em Vitória, sua cidade natal, no Espírito Santo. A partir de então, a poesia passou a nortear o seu trabalho e ser seu especial cartão de visitas. Inaugurada no ano passado, a Casa Poema, em Botafogo, realiza cursos e recitais dedicados à difusão da linguagem poética de forma clara

e coloquial. "A poesia é uma conversa entre o poeta e o leitor, e quando é lida desta forma, as pessoas conseguem aproximar-se dela", ressalta Elisa, cuja trajetória nesta jornada pela democratização da poesia levanta interesse em diversos pontos do Brasil. De olho nisso, a jornalista carioca Regina Zappa prepara-se para rodar um documentário sobre a vida e obra desta atriz, poeta e escritora.


Advogado empreendedor apóia educação no Nordeste do Brasil Desde 2004, mais de 10 mil crianças e adolescentes são beneficiados com o projeto Amigos da Educação

O

advogado Nerivaldo Lira Alves iniciou há cinco anos, no ser tão pernambucano o projeto ‘Amigos da Educação’, criando condições educacionais e culturais para crianças e adolescentes que não tinham acesso à educação. A iniciativa de Lira Alves foi um resgate a sua origem humilde. Nascido em Orobó, região muito pobre de Pernambuco, Nerivaldo foi abandonado pelos pais e adotado por um casal de agricultores analfabetos. Motivado por sua irmã a estudar, veio para o Rio de Janeiro tentar a vida. Na cidade carioca, passou de auxiliar de serviços gerais à sócio de um escritório de advocacia. Hoje, o escritório Lira Alves e Advogados Associados está espalhado por todo Brasil, sendo um dos mais bem posicionados do mercado e atendendo grandes personalidades do país. “Se tive sucesso vindo lá do interior, porque aquelas milhares de crianças não terão? O que falta é oportunidade e hoje estou fazendo minha parte, proporcionando-lhes acesso a educação”, conta. Nerivaldo já adotou três escolas na região de Orobó, através do projeto ‘Amigos da Educação’. Além de apoiar projetos que tenham o cunho educacional, Lira Alves criou uma biblioteca e um cinema itinerantes, que funcionam em cima de jumentos. O animal tido como sagrado no Sertão, leva as crianças que moram mais afastadas da escola até as salas de aula. O projeto ‘Escola do Futuro’ é um dos vários que foram criados na sequência e funciona através de adoções de escolas da rede pública, que receberam o incentivo do advogado e de seus muito parceiros, quase todos clientes de seus escritórios. ONG Paixão pela Educação se une ao projeto de Lira Alves para se expandir pelo Sertão Esse ano, Lira Alves abraçou mais um projeto, a ONG Paixão pela Educação, coordenado pela professora Janaise Fastini, 32 anos. Ela explica que o

encontros sobre educação”, conta Janaise. “Os professores são treinados para ampliar os horizontes dos alunos e assim provocar aprendizagem continuadamente”, conta a coordenadora do projeto. Através de palestras, cursos e oficinas os professores trocam experiências, e com isso, acabam elevando a capacidade de trazer novas coisas para dentro da sala de aula. Durante a entrevista com a equipe do Jornal Cariocas, Janaise relatou que os alunos daquela região são motivados a trabalhar e não a estudar e por isso, o papel do professor se torna ainda mais importante. “Precisamos mostrar aos alunos que o mundo não é só o sertão nordestino e que muitas coisas existem e podem ser conhecidas por eles bastando estudar. Nerivaldo Lira Alves é o nosso grande exemplo”.

NerivaldoLira Alves: “Se tive sucesso vindo lá do interior, porque aquelas milhares de crianças não terão? projeto tem como objetivo emergir a paixão pela educação entre os professores. “Eu amo educar, e acredito que os professores devem passar essa paixão pelos estudos para os alunos. A eficiência do aprendizado se inicia por quem ensina, que nesse caso são os professores”, conta a jovem coordenadora, que já conhecia a história de Lira Alves e se emocionou ao assistí-lo no programa do Faustão, em janeiro deste ano. Janaise então, decidiu mandar um e-mail para empresa, parabe-

nizando a ação do advogado e o convidando para palestrar em sua ONG. O Paixão pela Educação será um braço do ‘Amigos da Educação’, visando expandir para mais regiões essas ações educacionais. “O projeto está em São Vicente, Pernambuco, há três anos e com ajuda de Lira Alves, chegaremos a mais municípios, reunindo alunos e professores formados ou em formação para palestras motivacionais e

“Eu amo educar, e acredito que os professores devem passar essa paixão pelos estudos para os alunos”. Professora Janaise Fastini 9


Plasma rico em plaquetas Método revolucionário que usa sangue do próprio paciente faz sucesso entre os famosos Mirian Barbosa

D

ois dos maiores astros do Pittsbur rurgia. Carlos Henrique Bittencourt pesquisa gh Steelers, utilizaram seu próprio sangue em um tratamento inova- os efeitos do plasma rico em plaquetas dor para lesões, antes da vitória da equi- há dois anos e já aplicou a técnica em pe no Super Bowl. Pelo menos um arre- pelo menos quinhentos pacientes. “A pesmessador em uma das grandes equipes quisa sobre os efeitos do plasma rico em de beisebol, cerca de 20 jogadores de fu- plaquetas se acelerou nos últimos meses. tebol profissionais e talvez centenas de É impressionante a rapidez da recuperaatletas amadores também recorreram ao ção, a regeneração celular. A ortopedia é procedimento que está revolucionando a um campo vasto e fértil pra você usar o ortopedia mundialmente: o PRP- Plasma PRP porque na verdade ela envolve teciRico em Plaquetas. O maior atrativo, dizem os especialistas, é que a técnica ajuda a regenerar ligamentos e fibras de tendões, o que pode reduzir o período de reabilitação e assim evitar a necessidade de cirurgia. Os resultados iniciais são bastante promissores em relação aos tratamentos ortopédicos em medicina esportiva. Através de um método simples utiliza-se as plaquetas do próprio paciente (método autólogo) conseguindo melhorar, acelerar e até curar a grande maioria das lesões ortopédicas como, por exemplo, tendinites, lesões musculares, não generação cartilaginosa, meniscal e ligamentares, além de acelerar a consolidação de fraturas. O método, desenvolvido por dentistas há oito anos em Barcelona, na Espanha, começou também a ser usado por ortopedistas do mundo inteiro, chegando ao Brasil há quatro anos pelas mãos do médico baiano Roberto Dória. Em seguida, vários ortopedistas começaram a utilizá-lo sendo que no eixo Rio-São A atriz Cláudia Raia beneficiou-se com as técnicas Paulo, o ortopedista Carlos Henrique Bittencourt é um de seus maiores en- dos e todo o sistema músculo esquelético. Seja numa fratura para que ela contusiastas. Desde que chegou ao Brasil o PRP já solide mais rápido ou em uma lesão tenbeneficiou as atrizes Cláudia Raia, Glória dinosa em que o fluxo sanguíneo que cheMenezes e Tarcísio Meira, Leandra Leal, ga no local é muito pouco, e principalIsabella Garcia e bailarinos como Cecília mente nas lesões de cartilagem, os efeiKerche, além de centenas de atletas. O tos da aplicação do plasma rico em plaPRP consiste na injeção de componentes quetas são muito eficazes” diz Bittendo sangue do paciente diretamente na court. Quando procurou Carlos Henrique Bitárea lesionada, o que estimula a regeneração local do corpo repara músculos, os- tencourt, no início de 2007, Cláudia Raia sos e outros tecidos. O maior atrativo, apresentava um quadro de tendinites crôdizem os pesquisadores, é que a técnica nicas nos tendões patelares do joelho ajuda a regenerar as lesões ortopédicas, onde se insere a parte posterior da reo que pode reduzir o período de reabilita- gião do glúteo, em conseqüência dos anos ção e assim evitar a necessidade de ci- dedicados ao ballet. Tinha também ten10

dinite de Aquiles e tendinite no ombro. Quando soube das pesquisas do médico que tinha chegado recentemente da Itália e estava aplicando o plasma rico em plaquetas em pacientes no Rio e São Paulo, se colocou à disposição para fazer o tratamento. “Colhemos seu sangue, separamos as plaquetas e fizemos seis infiltrações simultâneas no joelho, no tendão patelar, no joelho direito, no joelho esquerdo, na tuberosidade esquiática e no ombro” explica o ortopedista. Cláudia Arquivo afirma que quase dois anos depois nunca mais sentiu dor alguma e que a comprovação de que o método é a grande revolução da ortopedia se deu este ano quando operou novamente com Bittencourt, desta vez uma artroscopia de tornozelo. “Quando fiz minha primeira artroscopia há alguns anos com Dr. Bittencourt, ele ainda não estava desenvolvendo a pesquisa com o PRP. Este ano, depois de uma lesão em alguns ensaios repetimos o procedimento no mesmo tornozelo, só que utilizando o plasma rico em plaquetas. Foi impressionante minha recuperação e a cicatrização. Em menos de uma semana meus movimentos de extensão, flexão e inversão estavam perfeitos e normais e a dor desapareceu” conta Cláudia que do PRP. é uma das maiores incentivadoras das pesquisas com o método no país. O caso da atriz Glória Menezes também impressiona. Aos 73 anos, com o joelho esquerdo operado há mais de trinta, a atriz recorreu a Bittencourt devido a um processo degenerativo grave no joelho direito que a impedia de encenar a peça “Ensina-me a Viver”. Uma risoartrose também lhe fazia ter dores horríveis nos punhos. Foi operada e submetida a aplicações do PRP em ambos os joelhos e nos punhos. Em tempo recorde, menos de um mês, estava de volta aos palcos e sem dor alguma nos punhos. O plasma rico em plaquetas é produzi-

do por meio da punção venosa de uma pequena quantidade de sangue do paciente, que é submetida à filtragem ou processada em uma centrífuga de alta velocidade que separa os glóbulos vermelhos das plaquetas, que são responsáveis por liberar as proteínas e outras partículas envolvidas no processo de cura que o corpo mesmo conduz. Em seguida, a substância remanescente é injetada diretamente na área danificada. A alta concentração de plaquetas - 10 vezes o volume normalmente presente no sangue - catalisa o crescimento de novas células. Segundo Carlos Henrique Bittencourt, a substância injetada em áreas que o sangue dificilmente percorreria em outras circunstâncias, pode propiciar os instintos curativos das plaquetas sem deflagrar a resposta de coagulação pela qual elas são tipicamente conhecidas. “Acredito que seja justo dizer que o plasma sanguíneo rico em plaquetas tem o potencial de revolucionar não só a medicina no campo da ortopedia, mas na dermatologia, odontologia, cirurgia plástica e qualquer outra especialidade que necessite de regeneração. Ele requer muito mais estudos, mas levar adiante o trabalho nesse campo se tornou obrigatório no Brasil” diz. Outro ponto favorável ao Plasma Rico em plaquetas é que não existe chance de rejeição ou de reação alérgica, porque a substância é autóloga, o que significa que vem do corpo do paciente; a injeção porta risco muito menor de infecção do que uma incisão, e não deixa cicatriz; a sessão de tratamento dura apenas 30 minutos, e o tempo de recuperação posterior é consideravelmente mais curto que o necessário a uma recuperação pós-cirúrgica. Mas para que o procedimento chegue às esferas populares e o método seja aceito amplamente como a grande revolução da medicina regeneradora neste início de século, muitos obstáculos terão que ser vencidos.

Serviço Dr. Carlos Henrique Bittencourt Rua Ataufo de Paiva, 341, sala 510 – Leblon. Telefone: 2511-5027


BALÃO INTRAGÁSTRICO: um dos tratamentos mais eficazes para pessoas que estão acima do peso

Mirian Barbosa

U

Arquivo

ma técnica revolucionária que consiste no combate á obesida de está trazendo de volta a saúde e auto-estima a milhares de pessoas no país. É o balão intra-gástrico que consiste na introdução de um balão inflável de silicone dentro do estômago por via endoscópica, associado a uma leve sedação. Logo após a sua introdução, o balão é inflado com cerca de 500 a 700ml de soro fisiológico, corado com tintura de azul de metileno, com a finalidade de reduzir a capacidade do estômago e a ingestão de alimentos.

Trata-se de um procedimento simples e é realizado ambulatorialmente. O tempo de internação é de no máximo 24 horas. O tempo de permanência máxima do BGS é de seis meses (tempo de garantia do fabricante). A retirada do balão é também realizada através de endoscopia, à nível ambulatorial e com leve sedação. Segundo o médico Carlos Eduardo Moraes, da Clínica Gastrocor Rio, na Barra da Tijuca, uma vez inflado dentro do estômago, o balão Intra-Gástrico estimula receptores do fundo gástrico que sinalizam para o sistema nervoso central (cérebro) provocando uma saciedade precoce. “O espaço ocupado pelo balão gástrico também age na diminuição da capacidade do reservatório gástrico. Estes dois mecanismos de ação levam a redução do volume de alimentos ingeridos e a conseqüente diminuição do aporte calórico ocasionando a perda de peso e redução da obesidade” conta o especialista, que responde abaixo as perguntas mais freqüentes dos pacientes: Cariocas- Quem é candidato a colocar o Balão Intragástrico? Dr. Carlos Eduardo- Todos os pacientes obesos (Obesidade Grau I, II e III) e em pacientes no sobre peso que já tentaram tratamento clínico por mais de dois anos sem sucesso. Cariocas- Como é colocado o balão? Dr. Carlos Eduardo Ao contrário dos outros procedimentos para a obesidade que são cirúrgicos, o balão é colocado através da endoscopia digestiva.É um procedimento ambulatorial no qual o paciente recebe uma leve sedação.É realizada uma endoscopia digestiva para acompanhar o posici-

onamento do balão dentro do estômago, bem como o seu preenchimento.O balão é preenchido com soro fisiológico misturado à um corante azul chamado azul de metileno para, no caso do seu rompimento, detectar imediatamente através da urina que terá sua cor alterada para um tom azulado.Neste caso o balão deverá ser substituído ou retirado, independentemente do tempo em que isto vier a acontecer. Cariocas- Quais os riscos de colocar o balão? Dr. Carlos Eduardo - Uma boa avaliação médica, bem como de toda equipe multidisciplinar minimizam os riscos da colocação e retirada do balão gástrico, que se equivale a um exame rotineiro de endoscopia. Cariocas- O paciente sente alguma coisa depois? Dr. Carlos Eduardo- É comum o paciente passar por um período de adaptação. Nas primeiras horas após a colocação do balão gástrico, alguns pacientes apresentam náusea, vômitos e sensação de peso, que podem causar algum desconforto. Todos estes sintomas são minimizados com a prescrição medicamentosa para cada paciente e deve cessar em até 3 dias. Cariocas- Então é só colocar o balão e emagrecer? Dr. Carlos Eduardo – Não existe milagre para a perda de peso e sim a adesão ao tratamento escolhido para obter êxito. Na verdade o balão é como o motor de um carro. Sozinho não faz o carro andar! O automóvel só anda devido a uma engrenagem complexa que impulsiona o seu funcionamento. Haverá uma redução calórica importante na dieta nutricional, orientada para o paciente com mudanças dos hábitos alimentares. É nesta reeducação alimentar que se baseia todo o tratamento do balão intragástrico. É um processo lento, trabalhoso e de muita perseverança que necessita da colaboração e o comprometimento pleno do paciente.

Cariocas- Quanto tempo o paciente fica com o balão? Dr. Carlos Eduardo- A vida média do balão é de 6 meses . Cariocas- E para retirar o balão? Dr. Carlos Eduardo- A retirada do balão é realizada através de endoscopia onde o balão é esvaziado no interior do estômago e retirado com instrumentos especiais através do esôfago. Após, o paciente deve continuar fazendo acompanhado com a equipe multidisciplinar, psicóloga, nutricionista e endocrinologista para a manutenção do peso.”O paciente com obesidade deve ser acompanhado por toda sua vida para que os resultados de qualquer tratamento escolhido seja satisfatório, tendo em vista que a obesidade é uma doença de caráter crônico. O médico faz questão de ressaltar que, apesar da evolução do produto e da redução dos riscos, não se trata de uma técnica definitiva. O acompanhamento médico de uma equipe multidisciplinar bariátrica é indispensável; tanto para o sucesso do tratamento, quanto para a manutenção a longo prazo do resultado. “As grandes vantagens do BALÃO são que praticamente não existem contra indicações, não há restrição quanto à idade do paciente, é um método pouco invasivo e completamente reversível e finalmente não incapacita o paciente de exercer suas atividades do cotidiano” complementa Dr. Carlos Eduardo.

Serviço GastroCor Av.Armando Lombardi, 1000 - Ed. Barra Life - Bloco II - Sala 232 - Barra da Tijuca Telefones: 3413-0566 / 3078-1582 www.balaogastrico.com.br

11


André do PV agora é do PMDB Verde André Lazaroni muda de partido para ampliar a luta ambientalista.

“Mudo de partido para ampliar a luta ambientalista” André Lazaroni

12

Aos 32 anos, sou casado e tenho duas filhas. Dos meus pais recebi as primeiras lições de cidadania e através deles descobri minha verdadeira vocação: lutar pela implantação de políticas públicas capazes de melhorar a qualidade de vida das pessoas. Com minha mãe, a professora e escritora Dalva Lazaroni, aprendi que é através das ações políticas que podemos implementar as soluções que contemplem a infância, a juventude, a terceira idade, a defesa dos recursos naturais. Cheio de ideais, me formei advogado e especialista em Direito Ambiental. Escrevi e publiquei o livro “Defenda-se”, um manual sobre cidadania e de como usar os direitos que ela garante. Aos 16 anos me tornei militante do Partido Verde. Nas eleições de 2002, fui eleito Deputado Estadual com 27.841 votos, sendo apoiado por eleitores jovens e por pessoas preocupadas com a defesa do meio ambiente, do desenvolvimento sustentável e com os direitos dos cidadãos. Em 2006, fui reeleito com um número ainda mais expressivo de votos: 32.852. Na Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, presidi a Comissão de Obras e, hoje, presido a Comissão de Defesa do Meio Ambiente, além de estar vice-líder do governo Sérgio Cabral. Como resultado do meu trabalho parlamentar destaco a aprovação de inúmeros projetos e por mais de 15 leis das quais sou autor.

Mas os tempos mudaram e a causa ambiental tomou força, deixando de ser bandeira de poucos para ser de todos. Assim, diante da nova realidade e da urgência em ampliar a luta pela sobrevivência do homem no Planeta, me rendi à era contemporânea e decidi juntar as minhas experiências ao histórico PMDB. Filio-me a um partido que investe no novo sem medo, que abraça o movimento VERDE e incorpora aos seus princípios republicanos e democráticos as causas da sustentabilidade. Esse é, realmente, o maior Partido do Brasil e sinto orgulho de a ele me aliar.

Mudar para crescer No exercício dos dois mandatos de Deputado Estadual, eleito pelo povo do Estado do Rio de Janeiro, adquiri experiências incríveis. Se antes era um jovem cheio de ideais, hoje sou idealista, consciente de que é lutando, escolhendo batalhas difíceis, não fugindo dos grandes desafios, apanhando, é que somos capazes de realizar nossos melhores sonhos. Aqueles que podem transformar o mundo, porque nos fazem melhores. Aprendi, por exemplo, que é vivendo a vida na sua plenitude, com ética, que nos tornamos mais sensíveis aos problemas dos outros e somos levados a enxergar para além do nosso próprio umbigo. Admito, com humildade, que tenho orgulho da minha trajetória. Um dos motivos pelos quais me sinto preparado para enfrentar os desafios que surgem no meu dia-adia. Sou um aprendiz que busca soluções, não apenas para os meus problemas, mas porque quero participar do processo de construção de uma sociedade mais justa, que respeite as diferenças e lute pela igualdade, que percebe o Planeta Terra como um ecossistema onde tudo e todos têm importância vital. Por entender que as causas ambientais precisam ser enfrentadas através de um debate maior, sem hipocrisia, clara e transparentemente, onde não existem excluídos, é que resolvi encarar o maior desafio da minha vida: deixar o Partido Verde, ingressar no PMDB e criar um movimento verde capaz de, na prática, conquistar resultados maiores. No PMDB, ao lado dos seus filiados, com as históricas lembranças de seus fundadores, deles destaco Ulisses Guimarães e Tancredo Neves, me sinto ainda mais motivado para lutar por dias melhores. Mais que isso, estou preparado para, através do PMDB VERDE, um movimento pela vida, conclamar as minorias, os jovens, as mulheres, os idosos, você, para que juntos possamos reescrever a nossa própria história.


MEDICINA COM ARTE Divulgação

ANUNCIE NO JORNAL CARIOCAS

3286-8177

Criado em outubro de 2007, pela médica Cláudia Spínola, e localizado na Visconde de Pirajá, em Ipanema (RJ), o Consultório Galeria de Arte teve o espaço que hoje ocupa originalmente concebido por Francisco Scliar, filho de Carlos Scliar, para ser uma Galeria de Arte. “Durante muitos anos este espaço sediou a Galeria Atualidades, de Oscar Seraphico. Portanto, ao dispormos propositalmente das salas que abrigam nosso consultório, já estávamos cientes de que haveria uma simbiose entre a arte propriamente dita e a arte de tocar o corpo, e que esta energia impregnada desde um primeiro momento poderia ser sentida de tal sorte que seria verdadeiramente anti arte, deixá-la morrer no passado, desabafa a Dra. Cláudia Spínola, Sócia Aspirante da Sociedade Brasileira de Dermatologia e também Oncologia Clínica. Além disso, tem gente que não suporta sala de espera, outras pessoas não ligam - aproveitam para fazer novos amigos, fazer propaganda do seu médico e ler as fofocas das revistas. Tanto umas como

as outras vão adorar a proposta do Consultório Galeria de Arte Cláudia Spínola. O Consultório Galeria de Arte oferece tratamentos faciais e corporais para homens e mulheres, partindo de uma visão inovadora que pensa na beleza como base no aumento de maior harmonia da conexão entre corpo e mente. O atendimento aos clientes também é inovador. “O tratamento é sempre personalizado, cada vez que a cliente retorna é atendido pela mesma profissional. A seqüência do tratamento pode sofrer uma complementação de outros tal e qual como acompanhamento nutricional, já que contamos com uma equipe que desenvolve uma dinâmica multidisciplinar. Além disso, os tratamentos podem ser ajustados de acordo com as necessidades da cliente, o que em clínicas de estética dificilmente aconteceria já que os chamados “pacotes” na grande maioria não apresentam essa flexibilidade” diz a Dra. Gabriela Marra, fisioterapeuta do Consultório Galeria. A medicina estética está evoluindo a cada ano, de 2006 pra cá o Brasil deu um boom em tratamentos estéticos não cirúrgicos, certamente acompanhando toda a evolução de produtos que são oferecidos no mercado e, principalmente, da própria especialidade, a qual, mais a mais, se impõem. A cantora Preta Gil é uma das adeptas: “A cada 20 dias faço peeling de cristal. É ótimo, porque remove as células mortas”.

13


CLAREAMENTO A LASER: SORRISO LINDO E ILUMINADO Arquivo

O

que tem em comum às atrizes Danielle Winits, Giovanna Antonelle, Letícia Sabatella e muitas outras estrelas que quando sorriem encantam qualquer um? Quem pensou em dentes branquíssimos e um sorriso iluminado acertou, pois a maioria delas já declarou seu segredo. Quem vê os artistas com dentes super brancos não imagina como é fácil – através do clareamento dental – adquirir uma nova estética e exibir um sorriso lindo e iluminado. A atriz Larissa Queiroz é uma das muitas mulheres famosas que recorreram ao processo para ficarem ainda mais bonitas. Mesmo tendo um sorriso perfeito, Larissa se submeteu, esta semana, a uma sessão de clareamento a laser na Clínica do Dentista José Carlos Barbosa, no Rio de Janeiro. A atriz que participará de “Viver a Vida” próxima novela das 21h de autoria do Manoel Carlos, optou pelo clareamento a laser devido ao procedimento ser rápido e com resultado muito eficaz. “Decidi pelo clareamento a laser pelos resultados fantásticos que ele proporciona. Além do mais, o clareamento é imediato e leva apenas uma hora na cadeira do dentista, o que une conforto e tempo. Meus dentes ficaram lindos”, garante a atriz. Depois de fazer poses engraçadas, caras e bocas e conversar muito com seu dentista, Larissa ficou uma hora no consultório e saiu da clínica radiante e com um novo sorriso que a deixou ainda mais linda. José Carlos Barbosa, que é pósgraduado em Implantologia e especialista em tratamentos estéticos diz que hoje não são só as atrizes que recorrem ao clareamento a laser. “A maioria de meus pacientes querem fazer o clareamento que deixa o rosto 14

muito mais bonito. A técnica consiste em aplicar o peróxido de hidrogênio a 35% e ativar com uma fonte de luz. A vantagem é acelerar o branqueamento e potencializar o procedimento” esclarece José Carlos. Recomendado principalmente para quem fuma, consome café ou alimentos pigmentados com mais freqüência que o normal ou que naturalmente já tenha os dentes escurecidos, o clareamento age principalmente na estética, iluminando o sorriso. Apesar de custar R$2,5 mil, em média, o resultado é imediato e muito satisfatório.

Serviço Dr. José Carlos Barbosa Rua Visconde de Pirajá, 303 - Sala 703 - Ipanema Telefone: 2521-9290

Divulgação


TECNOLOGIA EM PROL DA BELEZA Idealizada e fundada há 30 anos no rio de Janeiro pela farmacêutica gaúcha, Dra. Eliane Brenner, até hoje diretora presidente da empresa, a Dermatus, por sua inovação e seriedade logo conquistaria a credibilidade dos médicos e consumidores na área de manipulação e dermocosméticos. Hoje a empresa oferece um portfólio de cerca de 140 produtos industrializados, - muitos dos quais, exclusividades-, desenvolvidos e elaborados em sua própria fábrica com matérias-primas (ativos) que representam o estado da arte da Cosmética Médica. Suas linhas abrangem produtos para o rosto, corpo, cabelo, proteção solar, peles sensíveis e áreas delicadas (lábios, olhos, busto, colo, pescoço). Em suas lojas-farmácias a empresa oferece gratuitamente, o serviço de hidratação do rosto ou das mãos e sessões práticas de maquiagem corretiva para disfarçar cicatrizes, tatuagem, lesões cutâneas e, dessa forma, devolvendo a auto-estima ao indivíduo. A Dermatus tem ainda uma linha de produtos destinada exclusivamente aos profissionais de Estética e, anualmen-

te, promove o curso de atualização para esteticistas. E aos jovens médicos dermatologistas ela distribui fascículos que facilitarão o receituário de fórmulas em seus consultórios. Todo o corpo farmacêutico da Dermatus está antenado com o que há de mais avançado na Cosmética Médica mediante a participação nos principais Congressos e eventos da área. Com isso seus lançamentos garantem ao usuário produtos eficientes e modernos. Como os recentes lançamentos da nova linha Revitalize destinada as partes sensíveis. Já chegaram ao mercado o Revitalize Olhos (que combate as olheiras e bolsas) e Revitalize Lábios (minimiza as ruguinhas que contornam os lábios e atua como hidratante). Atualmente, a Dermatus conta com cinco lojas próprias na cidade do Rio de Janeiro (Copacabana, Tijuca, Leblon, Barra e Centro) e tem presença nas principais capitais do País por meio de distribuidores dos seus produtos industrializados (farmácias que atendem ao rigoroso processo seletivo da empresa).

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

ENCONTRO DE MULHERES A Dznvolv Treinamento Desenvolvimento e Soluções estará ministrando dia 26 de novembro, no Hotel Portinari (Rua Francisco Sá, 17- Copacabana), o workshop Encontro de Mulheres - Um olhar Contemporâneo onde serão abordados diversos aspectos ligados a natureza feminina. Segundo as sócias Ariane Morais e Renata Paz, especialistas em Programação Neurolinguística ( PNL) o objetivo do encontro, que terá a duração de 4 horas, será discutir assuntos contemporâneos que fazem parte do universo da mulher moderna. Temas como relacionamentos amorosos e interpessoais, sensualidade e autoestima, o papel fe-

minino no mercado de trabalho serão enfocado durante o workshop, que contará, também, com aulas de massagem sensual e Streap tease.

Serviço: Encontro de Mulheres - Um olhar Contemporâneo Dia 26 de novembro de 2009 Local- Hotel Portinari (Rua Francisco Sá, 17- Copacabana) Horário- 18 às 22h Custo- R$120 Informações-Tels:95211979(Renata) e 83372250(Ariane) 15


Tratamento anti-frizz usado por Madonna e Paris Hilton chega ao Brasil M Divulgação

adonna e Paris Hilton lançaram a moda e acabaram inspirando outras celebridades como Angelina Jolie na hora de escolher o tratamento do momento para domar os cabelos rebeldes. A nova onda, que nasceu na Inglaterra e está super badalada nos salões de NY, acaba de entrar com força no Brasil com o nome de Escova London. No material publicitário as divas dizem que o tratamento é excepcional para recuperar os fios rebeldes. Outras estrelas por aqui também testaram e aprovaram, entre elas Juliana Paes, Carol Castro e Cristiana Oliveira. O Salão Beleza Carioca, em Copacabana, é um dos espaços pioneiros, no Rio de Janeiro, a oferecer a Escova London. Segundo a consultora capilar Therezinha Andrade, trata-se de uma super hidratação que sela a cutícula proporcionando um aspecto mais liso aos fios, que também ganham balanço e um caimento natural. “É bom ressaltar que esta escova pode alisar completamente, de acordo com o desejo da cliente e a quantidade de vezes que o profissional passa prancha em cada mecha do cabelo.” diz a especialista lembrando que este pro-

16

cesso capilar possui um grande diferencial, pois reduz o volume sem deixá-lo chapado. O resultado do tratamento depende muito da estrutura de cada cabelo. O tratamento pode ser utilizado em cabelos que passaram por processos agressivos, revitalizando a massa ca-

pilar e os aminoácidos perdidos. Sua base é um concentrado de produtos como albumina (proteína de alto valor biológico), aminoácidos e queratina. A reconstrução dentro da fibra capilar é proporcionada pela albumina que hidrata e dá um efeito de cabelo realmente natural.

“A escova London é um dos produtos mais avançados do mercado, principalmente por não utilizar o formol, que está presente na maioria das escovas progressivas encontradas no Brasil”, explica a especialista. Proibidas pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), as escovas a base de formol podem fazer mal a saúde, provocar alergias e queda de cabelo além de ser um processo muito agressivo. O formol em contato com o couro cabeludo pode acarretar vários problemas como irritação na pele, vermelhidão, dor e até queimaduras e a inalação do formol é vetada, pois estudos comprovam que pode causar câncer, dores de garganta, dificuldades respiratórias além de muitos outros ricos à saúde tanto do cliente como do profissional que trabalha com este produto. SERVIÇO BELEZA CARIOCA - Rua Barão de Ipanema, n°59 – Loja A – Copacabana Telefones: 2255-8737 / 2257-3061 Preço da Escova London – A partir de R$ 150 (cabelo curto)


Rebecca Watz

S

Dor de cabeça pode ser curada no dentista

abe aquela dor de cabeça que não passa nunca? Pode ser que a solução esteja longe do consultório médico e seja encontrada mesmo no dentista. Uma disfunção na articulação que liga o maxilar à mandíbula pode ser a causa da dor que tanto incomoda. E o problema atinge pelo menos três vezes mais as mulheres. A Disfunção da Articulação Temporomandibular tem nome difícil - mas, uma vez feito o diagnóstico, o tratamento descomplica a vida de pacientes. Especializada nessa articulação (ATM), o dentista Marcelo Nobre Cariello, do Rio de Janeiro, indica que 90% dos pacientes que apresentam a disfunção têm dor de c a b e ç a c r ô n i c a . “ Po u c a g e n t e imagina que uma dor de cabeça possa ser tratada pelo dentista”, comenta. A maioria dos seus pacientes recorreu a diversos especialistas da medicina antes de procurá-la. Cariello calcula que o problema atinja cerca de 10% da população, sem distinção de idade. Segundo ele, dores de ouvido, dor e pressão atrás dos olhos, estalidos ou sensação de desencaixe ao abrir ou fechar a boca e até dores nas costas podem ter relação com disfunções na ATM. “A articulação temporomandibular é uma das mais complexas do corpo humano, pois está ligada também ao crânio”, explica. É essa articulação que possibilita à mandíbula se movimentar e pode se desgastar com hábitos relacionados à tensão, ao encaixe da mordida e até à postura corporal. “Mudar os hábitos é fundamental, especialmente aqueles que chamamos de hábitos parafuncionais, como mastigar chiclete, apoiar as mãos no queixo, morder lápis e segurar o telefone com o ombro”, completa. Até mesmo quem tem medo da cadeira do dentista pode procurar um sem medo. Isso porque o diagnóstico é simples - com exame clínico e eventuais

Divulgação

raio-x - os novos tratamentos não usam mais técnicas invasivas. “Sem cirurgia ou intervenções agressivas é possível eliminar a causa da dor e se livrar de vez de remédios que não resolvem o problema e apenas aliviavam os sintomas”, diz o dentista. Hoje, placas de acrílico, intervenção em hábitos e posturas, fisioterapia com laser e ultra-som são algumas soluções propostas. “O tempo médio de tratamentos mais complexos é de seis meses e envolve confecção de placa interoclusal, eletroterapia, exercícios fisioterápicos, manipulação mandibular e medicamentos”, relata o especialista. Cariello assegura ainda que praticamente todos os pacientes respondem positivamente ao tratamento e que, em muitos casos, a dor pode desaparecer em menos de duas semanas. SERVIÇO Marcelo Nobre Cariello Visconde de Pirajá, 156 Sala 507- Ipanema Telefone: 2513-0977

Você tem DTM? Estima-se que, a cada ano, cerca de sete milhões de casos de DTM disfunções temporomandibulares surjam no Brasil. O diagnóstico é demorado, pois os sintomas são bem subjetivos. “Quanto mais a pessoa demora para ter o diagnóstico correto, mais ela sofre e a situação só se agrava com a repetição dos movimentos errados, como roer unhas e ranger os dentes”, explica o cirurgião-dentista Marcelo Nobre Cariello. Portanto, atenção aos principais sinais da DTM: • Dor facial, no pescoço, ombro e/ou costas • Dor nas articulações ou face, ao abrir ou fechar a boca • Dores de cabeça que são confundidas com enxaquecas • Sensação de inchaço ao lado da boca e/ou da face • Abertura limitada ou inabilidade para abrir a boca • Desvio da mandíbula para um lado • Estalidos ou outros sons articulares, dor de ouvido • Zumbido nos ouvidos ou sensação de ouvido cheio 17


Calçados que mudaram o mundo Cinqüenta Sapatos que Mudaram o Mundo (no original, Fifty Shoes That Changed the World) é o livro que está sendo lançado na Grã-Bretanha. Como o próprio nome adianta, ele é repleto de calçados que viraram febre ao redor do planeta. O Brasil aparece na lista duas vezes: as sandálias plásticas da Melissa e os chinelos da Havaianas estão entre aqueles que mudaram o mundo. Outras criações que fazem parte do ranking são as plataformas, os tênis All Star, sapatilhas de ballet, entre outros.

A Melissa ganhou duas páginas no livro. Uma é destinada exclusivamente à parceria com a estilista inglesa Vivienne Westwood. A outra faz referência à sandália desenhada pela arquiteta iraquiana Zaha Hadid. Uma citação do livro sobre a Melissa diz que “as qualidades de um material barato e transitório são celebradas ao invés de vergonhosamente disfarçadas”.

Cítricos e dourado na academia O tempo esquentou e não dá mais pra enrolar com a desculpa de que está muito frio: está na hora de voltar a se mexer. Caminhada, musculação, yoga, corrida, pilates ou dança. Escolha a sua atividade e comece já! As novas tendências em roupas para a academia prometem cores renovadas e até o brilho do dourado. O mercado está produzindo uma variedade cada vez maior de roupas e acessórios para a prática dos exercícios, em modelos e cores diferentes. As marcas esportivas estão se associando a estilistas famosos, para criar peças que além de conforto garantam o charme na hora do exercício. A tecnologia têxtil também promete melhorar a

A atriz e sex symbol norte-americana Megan Fox vai posar de roupa íntima para a grife Emporio Armani, de Georgio Armani. Fox, que estrelou os filmes da franquia “Transformers”, segue os passos da “Posh Spice” Victoria Beckham que com seu marido, David Beckham, são os rostos da campanha de roupa íntima da coleção outono/inverno da Emporio Armani. A atriz ainda será a nova cara oficial da Armani Jeans no ano que vem em todo o mundo. A empresa afirmou que os novos anúncios foram feitos pelos fotógrafos Mert Alas e Marcus Piggott em Los Angeles no fim de outubro.

Suba nos tamancos! P

repare-se para mais uma tendência revival dos anos 90. Por incrível que pareça, os tamancos estão de volta. Escanteados há alguns anos, eles voltaram tímidos, sendo usados nas ruas por algumas corajosas e por trendsetters das passarelas, pontuando coleções influentes no Brasil e no exterior. Por aqui, já surgiram na Maria Garcia, Cris Barros e na TNG. Pelo planeta, ganharam versões assinadas por Marc Jacobs e a agora

Já no capítulo sobre as Havaianas, os chinelos são explicados como o sapato ideal para explorar a abundância de borracha no Brasil dos anos 60. O livro foi lançado numa parceria entre o Museu de Design de Londres e a editora Conran Octopus.

Divulgação

18

qualidade da performance com tecidos que respiram e secam melhor, que evitam bactérias, ou simplesmente mais macios e confortáveis. Os aviamentos e acabamentos também proporcionam conforto, como é o caso das peças sem costura e que não marcam no corpo. Além do “legging-com-camisetão” ou então daquela peça velha com a qual você não ousa mais sair, existem opções divertidas, coloridas e estampadas, para entrar em forma sem perder a elegância. Cores da moda como o laranja, o amarelo, o pink o roxo e até mesmo o dourado vão multiplicar as possibilidades do seu guarda-roupa de active wear, tirando você da rotina.

Megan Fox de roupa íntima para Armani

Divulgação

foram estrelas do desfile da Chanel. Quem primeiro chamou atenção para os tamancos foram as gêmeas Ashley e Mary-Kate Olsen, atrizes e estilistas que costumam transformar em desejo quase tudo que usam. Sempre à frente, o americano Marc Jacobs foi um dos primeiros a antecipar os tamancos nas passarelas, apostando em um modelo com bico levantado, remetendo aos chinelos árabes conhecidos como babuchas/babuches. Karl Lagerfeld é outro que acaba de aderir à onda, criando versões pesadas para o desfile da Chanel de verão 2010, que acaba de apresentar na semana de moda de Paris. Os tamancos Chanel têm plataformas em tons nude, preto, marrom e vermelho. Alguns modelos receberam a simbólica camélia da marca para completar o estilo e outros foram combinados ao clássico tailleur.

Nos desfiles brasileiros, a versão da TNG colocou cor nas passarelas de verão. O modelo é simples, em couro e sem nenhum detalhe. Entre as cores escolhidas estão verde, azul e laranja. Já a Maria Garcia traz tamancos diferenciados, com detalhes em dourado e estampa de zebra. Todos da coleção levam tiras que prendem no calcanhar. Outra marca que entrou na onda foi a romântica Cris Barros, que não perdeu a suavidade na criação do modelo, em tom nude e com desenhos vazados.


1,5 bilhão de barris em poço de Campos A empresa carioca OGX, empresa de petróleo e gás controlada por Eike Batista, anunciou nesta um dos seus poços da Bacia de Campos, tem um volume estimado de óleo recuperável entre 500 milhões e 1,5 bilhão de barris. Após o anúncio, os papéis da empresa chegaram a subir 3,2% no pregão da Bolsa paulista. Segundo o assessor de investimentos da InTrader, Renato Tavares, parte dos investidores está aproveitando o momento para realizar lucro com os papéis, que acumulavam alta superior a 200% no ano, justamente em meio a expectativas de novidades positivas da companhia. De acordo com o comunicado enviado à imprensa, a perfuração do poço, localizado na parte sul da bacia de Campos, já foi finalizada e atingiu uma profundidade de 2.347 metros.

“Este excelente resultado revela o grande potencial petrolífero dos nossos blocos, além de contribuir para a redução do risco exploratório dos próximos prospectos a serem perfurados na região”, disse Paulo Mendonça, diretor-geral da OGX, segundo o comunicado. A OGX parte agora para a perfuração de novos poços em águas rasas da parte sul da bacia de Campos.A empresa possui um total de 29 blocos de exploração de petróleo no país, sendo 22 no mar e sete em terra.

Brasil cria 253 mil empregos formais em setembro

A

economia brasileira criou 252.617 empregos com carteira assinada em setembro, já descontados os postos de trabalho fechados no período. Foi o oitavo mês seguido de geração de emprego formal.

O número de vagas criadas no mês é o maior desde setembro do ano passado, quando a crise financeira internacional ainda não havia atingido o mercado de trabalho brasileiro. No acumulado do ano, foram criadas 932.651 vagas. O único mês de 2009 em que o emprego formal diminuiu foi janeiro. Os dados foram divulgados pelo Ministério do Trabalho e foram levantados pelo sistema de Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Demanda por crédito cai 3,4% O cenário mais estável e o consumidor mais confiante não seguraram a demanda por crédito em setembro, que, pela segunda vez consecutiva, registrou queda. Frente a agosto, a retração foi de 3,4%. A queda foi maior que a registrada no oitavo mês do ano, quando a procura por crédito recuou 0,3%, depois de cinco meses de alta. Na comparação anual também houve retração, de 1,3%. Os dados fazem parte do Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito. O índice, que mede a procura por crédito das pessoas físicas durante um determinado mês, apontou retração de 3,8% no acumulado dos primeiros nove meses ano, em comparação com o mesmo período do ano anterior. Segundo a Serasa, as quedas podem refletir os primeiros sinais do esgotamento do ciclo de expansão do endividamento dos consumidores, que começou em março deste ano e foi até julho. De acordo com os técnicos, a renda disponível não tem avançado na mesma velocidade que a oferta de crédito, diminuindo o espaço para endividamentos adicionais por parte do consumidor, ao menos no curto prazo. Norte tem a maior alta Na comparação com setembro de 2008, apenas as regiões Sul e Centro-Oeste apresentaram alta na demanda por crédito, com incrementos de 5,3% e 6%, respectivamente. As demais regiões apresentaram queda no índice: Norte (-6,3%), Nordeste (-2,3%) e Sudeste (-4%). Ainda segundo o indicador, no mês de setembro, frente a agosto, apenas a região Centro-Oeste apresentou alta na demanda, de 0,4%. A região Norte registrou a maior queda, de 8,5%, seguida pela região Nordeste (-4,4%), Sudeste (4%) e Sul (-1,5%).

19


20

Jornal Cariocas - 10ª Edição  

O Jornal que é a sua praia.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you