Page 1


EXPEDIENTE

REVISTA GENTE CIENTE A serviço DA PessoA Com DefiCiênCiA

FUNDADOR: José Luiz Gennari (Zelão) em memória DIREÇÃO COMERCIAL: José roberto Guimarães

EDIÇÃO: João Lage (mTb 47.175/sP)

GENTE CIENTE COMUNICAÇÃO E EVENTOS LTDA.

r. Dona Luísa de Gusmão, 555 sala 5 Lagoa office - Taquaral Campinas - sP Cep: 13.088-028

FALE CONOSCO

(19) 3756-1110

CEL: (19) 99136-0622 (dep.comercial.) CEL: (19) 99945-5018 (jornalismo)

(19) 97420-7277

contato@genteciente.com.br @ genteciente@gmail.com

sUmÁrio

Wet´n Wild recebe crianças e jovens para mais um dia de diversão inclusiva.

T-Rex Park celebra o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência em Campinas.

Cientistas italianos descobrem molécula capaz de barrar o Alzheimer.

7

17

18

CPB/Divulgação

CORINTHIANS É TRI-CAMPEÃO NO BASQUETE SOBRE RODAS

6

www.genteciente.com.br ASSINE O GENTE CIENTE 12 MESES = R$ 100,00

n Beni Car (Honda) n Nippokar (Toyota) n Grupo Destaque n Auto Escola Shalon n UNIMED CAMPINAS n GM (Concessionárias - Interior) n Dra. Rosemary Antoniolli n Vancar adaptações n Land Rover n Adara GM n Germânica + Nipônica n Priscilla Bitinia (Imp. de Renda) n Carlos Cunha n Jeep Dahruj n Nissan e Jeep Jundiaí

P A R C E I R O S

n Andreta Fiat n Andreta Ford n Andreta Reanault n Andreta Hyundai n Andreta Volvo n Adara Spassus n Andreta HMB n Andreta Volks n Luchini n Le Mans n Valverde Fiat n Fiat Forte n Dahruj GM n Nissan Campinas

ÁREAS DE ATUAÇÃO DO GENTE CIENTE

RMC - Região Metropolitana de Campinas 20 CiDADes

Outras áreas n Araras

mogi mirim n mogi Guaçu n Piracicaba n

são João da Boa vista + distribuição são José do rio Pardo via Correios para assinantes n rio Claro de todo o Brasil n Limeira n n

WWW.FACEBOOK.COM/GENTECIENTE

JANEIRO - 2020

04

GenTe CienTe - JAneiro 2020

Divulgação

IMAGENS DO MÊS

SEJA VOCÊ TAMBÉM UM PARCEIRO DO GENTE CIENTE

INCLUSÃO EM AÇÃO

o núcleo mulheres do Brasil de Campinas, através de seu Comitê de inclusão da Pessoa com Deficiência, realizou, no dia 8 de dezembro, na Lagoa do Taquaral, o evento Inclusão em Ação. o encontro reuniu centenas de pessoas em diversas atividades inclusivas para toda a família. A programação teve a participação de corrida da onG Pernas de Aluguel, cães terapeutas, atrações musicais, apre-

sentação de esportes adaptados, feira de mães empreendedoras, oficinas e brincadeiras. o evento contou ainda com uma caminhada em mobilização pelo fim da violência contra as mulheres. A iniciativa integrou os “16 Dias de Ativismo Pelo fim da violência Contra as mulheres”, promovida pela onU. o encontro poderá entrar para o calendário de eventos oficiais de Campinas


Senado aprova Lei Romeo Mion, voltada para pessoas com autismo

O

Plenário do senado aprovou, em dezembro, o Projeto de Lei (PL) 2.573/2019, que institui a institui a Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista, de expedição gratuita. A proposta será encaminhada à sanção presidencial. o projeto, que altera dispositivos da Lei 12.764, de 2012, que institui a Política nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do espectro Autista, define que os estabelecimentos públicos e privados referidos na Lei no 10.048, de 2000 — que estabelece atendimento prioritário a pessoas com deficiência, idosos com idade igual ou superior a 60 anos, gestantes, lactantes, pessoas com crianças de colo e obesos — poderão utilizar a fita quebra-

cabeça, símbolo mundial da conscientização do transtorno do espectro autista, para identificar a prioridade devida às pessoas com o diagnóstico. o projeto também obriga os cinemas a reservar uma sessão mensal destinada a pessoas com transtorno do espectro autista, devendo a sala de exibição oferecer os recursos de acessibilidade necessários. A Carteira de identificação da Pessoa com Transtorno do espectro Autista visa à garantia de atenção integral, pronto atendimento e prioridade no acesso e atendimento aos serviços públicos e privados, em especial nas áreas de saúde, educação e assistência social. A carteira será expedida pelos órgãos responsáveis pela execução da política de proteção dos direitos da pessoa com

Divulgação

transtorno do espectro autista dos estados, Distrito federal e municípios, mediante requerimento, acompanhado e relatório médico, com indicação do código da Classificação estatística internacional de Doenças e Problemas relacionados àsaúde (CiD). o Transtorno do espectro Autista (TeA) é uma disfunção neurológica cujos sintomas englobam diferentes características como a dificuldade de comunicação por deficiência no

domínio da linguagem, a dificuldade de formar o raciocínio lógico, a dificuldade de socialização, além de prejuízos a respeito do desenvolvimento de comportamentos restritivos e repetitivos. o projeto contou com o voto favorável do relator, senador Luis Carlos Heinze (PP-rs), que propôs em Plenário emenda — também aprovada — que deu à lei o nome de Romeo Mion, que é portador de autismo e filho do apresentador de Tv Marcos Mion. De autoria da deputada rejane Dias (PT-Pi), o texto (PL 10.119/2018, na Casa de origem) já havia sido aprovado na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), em julho deste ano, sob a relatoria da senadora soraya Thronicke (PsL-ms). (fonte: Agência senado)

GenTe CienTe - JAneiro 2020

5


Wet´n Wild abre as portas para a inclusão

Maria do Carmo e Izolder Postel com os filhos Thiago, de 34 anos e Joice, de 27 anos, ambos assistidos pela Apae de Itupeva

O

parque aquático Wet´n Wild, em itupeva, realizou a sua 10ª edição do Dia nacional das Pessoas com Deficiência nos Parques. o encontro aconteceu no dia 3 de dezembro, data em que é também celebrado o Dia internacional da Pessoa com Deficiência e reuniu cerca de 3000 pessoas nas dependências do parque. A ação é um dos principais eventos de calendário anual do Wet'n Wild. Trata-se de um dia dedicado a receber, voluntariamente, entidades assistenciais que atendem pessoas com deficiência, e proporcionar a eles momentos de alegria. o Dia nacional da Pessoa com Deficiência em Parques e Atrações Turísticas aconteceu

06

GenTe CienTe - JAneiro 2020

pela primeira vez no dia 3 de dezembro de 2009 por meio da iniciativa do sistema integrado de Parques e Atrações Turísticas (sindepat), com o apoio da Associação das empresas de Parques de Diversão do Brasil (Adibra), e acontece simultaneamente em vários parques

fotos: Gente Ciente

Parque aquático celebra mais uma edição do Dia Nacional das Pessoas com Deficiência nos Parques

temáticos e atrações turísticas de todo o Brasil. Desde 2010, pela primeira vez, todos os parques associados ao sinDePAT e à ADiBrA passaram a realizar anualmente a ação social com o objetivo de promover a visitação gratuita das pessoas com deficiência

aos complexos de lazer. A revista Gente Ciente, mais uma vez marcou presença para registrar o importante encontro, que reuniu jovens e adultos com deficiência, para um dia da mais pura diversão inclusiva realizada na região de Campinas. “foi um dia mais que especial, minha filha e todos os presentes se divertiram muito. o parque está mais uma vez de parabéns”, ressaltou izolder Postel, mãe da Joice, assistida pela Apae de itupeva, que também marcou presença no evento. o Wet´n Wild está localizado às margens da rodovia dos Bandeirantes, km 72, em itupeva, sP. mais informações podem ser obtidas no site www.wetnwild.com.br.


T-Rex Park recebe crianças com deficiência em Campinas

Parque temático participa pela segunda vez do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

P

ara celebrar o Dia internacional da Pessoa com Deficiência, o T-Rex Park, localizado no shopping Parque Dom Pedro, em Campinas, abriu as portas para receber mais de 200 convidados com deficiência de Campinas. o encontro aconteceu no dia 3 de dezembro e teve a participação de seis instituições: Casa ronald, sociedade Pestalozzi, Creche do vovô nestor, Tiquira Centro de Desenvolvimento Humano, Clínica intertherapy e a escola Professora sophia velter salgado. os visitantes puderam passar um dia no parque e conhecer uma das maiores réplicas de Tiranossauro rex da América Latina, além de curtir todas as outras atrações, tudo gratuitamente. o Dia internacional da Pessoa com Deficiência foi ideali-

fotos: Gente Ciente

Campinas para registrar e apoiar mais um grande evento inclusivo na cidade.

zado pelas nações Unidas em 1992, com o objetivo de promover mais compreensão dos assuntos referentes à deficiência e para mobilizar a defesa da dignidade, dos direitos e o bemestar dessas pessoas. É a segunda vez que o Trex Park organiza um dia especialmente voltado a essas pessoas. “Para a família T-rex é uma alegria muito grande poder oferecer esse momento de ale-

gria a todas as crianças e famílias. não apenas por ser final de ano, época de solidariedade, mas também porque prezamos pela qualidade de vida inclusiva. estar apto a receber pessoas com qualquer nível de desenvolvimento físico e intelectual é uma obrigação”, declarou marcos Zambelli, diretor geral do T-rex Park. A revista Gente Ciente marcou presença no evento em

T-REX PARK Desde junho de 2017 situado em uma “floresta” no coração do Parque D. Pedro shopping, em Campinas (sP), o espaço temático conta com quase vinte atrações para toda a família por meio da fascinante era Jurássica em uma área de aproximadamente 7 mil metros quadrados. o local, que possui um cenário fiel à temática, conta com diversos dinossauros animatronics, uma praça de alimentação especial, personagens exclusivos e ainda uma das maiores réplicas de Tiranossauro rex da América Latina. mais informações podem ser obtidas no site www.t-rexpark.com.br.

GenTe CienTe - JAneiro 2020

7


Projeto Inclua Café realiza o NATAL DO BEM em Campinas

O

natal de 2019 contou com um momento especial em Campinas. o Parque Dom Pedro shopping, em parceria com o Projeto inclua Café, realizou uma grande ação envolvendo solidariedade e inclusão no mercado de trabalho. Um balcão foi montado na entrada das Águas no shopping para receber visitantes interessados em conhecer a ação inclusiva que contou com a participação de jovens e adultos com deficiência. Para participar bastava doar um brinquedo novo ou usado em boas condições em troca de um delicioso café, chá gelado ou água saborizada preparada por jovens baristas com deficiência. o atendimento aconteceu diariamente, até o dia 20 de dezembro, das 13 às 22h00. Três jovens, sob supervisão de um voluntário, fizeram o atendimento ao público. Além da troca do brinquedo por uma bebida, também foi possível adquirir produtos artesanais, como doces e biscoitos feitos por eles na cozinha terapêutica do inclua Café. no total, oito baristas participaram da ação, em esquema de revezamento. o natal do Bem faz parte do Community Day, projeto que incentiva o trabalho voluntário entre os funcionários do Parque D. Pedro shopping, promovendo projetos que contribuam com melhorias significativas na comunidade. esta foi a 13º edição do

08

fotos: Gente Ciente

A coordenadora Roberta Marques entre as jovens Mariana Giovanninni, Giovana Nardin Berti e a estudante de TO, Thamires Romero: café com sabor de inclusão

projeto e todos os donativos serão encaminhados à entidade assistencial da cidade. “o inclua Café é uma proposta de inclusão no mercado de trabalho para jovens com deficiência intelectual que per-

GenTe CienTe - JAneiro 2020

Rosana Berti e a filha Giovana: apoio ao trabalho e às ações do Inclua Café

A jovem Fernanda, uma das participantes do Natal do Bem no Shopping Dom Pedro

mite inserir sabores, saberes e sensibilidades nos momentos de coletividade. os jovens com deficiência são remunerados pela produção e pela venda dos produtos. Dessa forma, temperamos com muito sabor a inclu-

são no mercado de trabalho de jovens com deficiência”, destaca roberta marques, coordenadora do inclua Café. Além do buffet, os jovens fazem deliciosas receitas na Cozinha Terapêutica.


O

Conheça o Programa Código Azul do PARQUE HOPI HARI

parque de diversões Hopi Hari, que fica na região de Campinas, possui o Programa Código Azul, que concede a gratuidade do passaporte para pessoas com deficiência comprovadamente carentes. Para ter acesso à cortesia, basta apresentar um documento de identificação com foto e o cartão do Benefício de Prestação Continuada (BPC), ou um documento emitido pelo instituto nacional de seguridade social (inss), que ateste a aposentadoria da pessoa com deficiência segurada no regime Geral de Previdência social. os documentos devem ser apresentados no balcão inDiKAmenTU, que fica ao lado direito das catracas. o parque informa que não aceita laudo

Gente Ciente

médico. Caso a pessoa com deficiência necessite de um acompanhante, ela terá o benefício da meia-entrada sobre o valor praticado na bilheteria. o pas-

saporte poderá ser adquirido no mesmo local e é válido apenas para um acompanhante. Ao passar pelas catracas o visitante especial deve procurar um atendente do serviço de

Atendimento ao visitante (sAv) para receber as devidas orientações de segurança. no mesmo momento o visitante recebe um mapa exclusivo das atrações do parque nas quais ele poderá se divertir. este mapeamento leva em consideração diversos aspectos, como uso de medicação, movimento e coordenação, se há acompanhante ou não, entre outros fatores, sempre pensando na sua segurança dentro do País mais Divertido do mundo. feito isso, o mapa deverá ser apresentado em todas as atrações que você for curtir no dia da visita. vale ressaltar que a gratuidade para pessoas com deficiência não é válida para eventos especiais e exclusivos realizados no parque. (fonte: site Hopi Hari)

GenTe CienTe - JAneiro 2020

9


10

GenTe CienTe - JAneiro 2020


GenTe CienTe - JAneiro 2020

11


Campinas realiza a primeira edição da Virada Esportiva Inclusiva

A

cidade de Campinas, recebeu, no dia 29 de novembro, a primeira edição da virada esportiva inclusiva, um dos principais encontros do esporte adaptado do interior de são Paulo. o evento aconteceu nas dependências da estação Cultura e reuniu em torno de 300 participantes, entre crianças e jovens da cidade e região. o projeto, idealizado e organizado pelo instituto incentivar esporte e Cultura, teve o patrocínio da Westrock, por meio da Lei Paulista de incentivo ao esporte da secretaria estadual de esportes de são Paulo, e parceria com as secretarias de esporte e Lazer e de Direitos da Pessoa com Deficiência e Cidadania de Campinas. o piloto da virada esportiva inclusiva foi realizado em 2017 no município. “nosso principal objetivo é

12

Divulgação

fomentar a prática esportiva inclusiva e a acessibilidade social, criando um ambiente de convívio entre pessoas com e sem deficiência. e, melhor ainda, por meio da estruturação e uso de espaços físicos públicos”, afirma Paulo Pontes, pre-

GenTe CienTe - JAneiro 2020

sidente do instituto incentivar. Além de estimular a esportividade e a interação social durante e pós-evento – no intuito de quebrar paradigmas e conscientizar a sociedade como um todo sobre a importância da acessibilidade -, a virada espor-

tiva inclusiva também tem o objetivo de recuperar a autoestima dos participantes, promover saúde e qualidade de vida, oferecer opções de esporte para pessoas com deficiência, ensinar modalidades paraolímpicas, incentivar o uso dos espaços públicos para a prática esportiva, difundir as modalidades inclusivas e diminuir a reclusão das pessoas com deficiência em projetos paradesportivos. “É uma honra para Campinas receber a virada esportiva inclusiva e poder proporcionar essa experiência em um espaço público e, principalmente, para crianças de escolas da rede municipal de ensino. Tenho certeza que será um ensinamento que elas irão guardar para o resto da vida”, disse Dario saadi, secretário de esporte e Lazer de Campinas. (fonte: WGo Comunicação)


Gente Ciente faz palestra no LarCAB

A

revista Gente Ciente, em parceria com a JR Isenções, empresa especializada nos processos de isenção de impostos para a compra de automóveis novos por pessoas com deficiência, realizou mais uma grande palestra sobre o tema “isenção”. Desta vez o encontro aconteceu no dia 27 de novembro, no LarCAB (Lar Carlos Augusto Braga), na cidade de vinhedo. A palestra reuniu dezenas de interessados em saber detalhes sobre como adquirir um carro sem pagar impostos como o iPi, iCms e iPvA. o diretor e

palestrante, José roberto Guimarães, iniciou os trabalhos esclarecendo a parte legal do benefício, quem tem direito e quais os documentos necessários para realizar a compra. Guimarães ressaltou que toda pessoa com deficiência, condutora ou não condutora de veículos, tem direito ao benefício fiscal, devidamente estabelecidos por Lei federal. “Deficientes não condutores, por exemplo, que são os autistas, pessoas com síndrome de Down, deficiência mental, cegos, entre outros casos, podem comprar carro sem pagar impostos, inclusive menores de

idade”, lembrou o palestrante. Logo após o evento foi aberto às perguntas dos presentes, que puderam esclarecer suas dúvidas, principalmente sobre a isenção do iPvA, que vale inclusive para carros usados em todo o estado de são Paulo.

LARCAB o LarCAB tem por finalidade atender crianças, adolescentes e adultos de ambos os sexos com Deficiência intelectual associada ou não a outras deficiências e/ou com Transtorno do espectro Autista (TeA) nas áreas de Assistência social, educação e saúde, visando à

habilitação e reabilitação, bem como desenvolvimento do potencial individual, autonomia, inclusão à vida comunitária e a melhoria da qualidade de vida dos atendidos e suas famílias. Durante o período em que se encontram no LarCAB os atendidos permanecem em grupos socioeducativos com Pedagogos e monitores, de onde são direcionados para atendimentos individuais nas áreas de Psicologia, fonoaudiologia, Terapia ocupacional, fisioterapia, Psicopedagogia e educação física. os atendidos passam por consultas periódicas com médica neurologista e/ou Psiquiatra. A instituição fica na rua Paraíba, 90 - vila João XXiii, em vinhedo. o telefone para contato é (19) 3876-6687. Para saber mais sobre isenção de impostos para pessoas com deficiência, os interessados podem ligar para (19) 3756-1110 ou acessar o site www.genteciente.com.br.

GenTe CienTe - JAneiro 2020

13


Bloquear guia rebaixada é infração gravíssima, decide Senado Federal

A

Comissão de Direitos Humanos (CDH), do senado federal, aprovou no dia 4 de dezembro, o projeto de lei 4.009/2019 que institui infração gravíssima no Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/1997) para quem estacionar o veículo junto à guia de calçada (meio-fio) rebaixada. A proposta segue agora para análise da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), onde será analisada em caráter terminativo. A proposta, de autoria da senadora mara Gabrilli (PsDBsP), prevê multa e remoção do veículo de quem cometer esse tipo de infração. no texto, a mesma penalidade deve valer também aos motoristas que estacionarem no passeio ou sobre faixa destinada a pedestre, ciclovia ou ciclofaixa. na legislação

atual, essas outras infrações são consideradas apenas graves, e não gravíssimas. A parlamentar ressaltou que os transtornos do bloqueio do acesso a guia rebaixada são

inúmeros, tanto para pedestres e ciclistas, como para cadeirantes e pessoas com qualquer deficiência, mobilidade comprometida ou reduzida. “Principalmente às pessoas

o ministro da saúde, Luiz Henrique mandetta, anunciou, no dia 3 de dezembro, Dia internacional da Pessoa com Deficiência, a criação de 66 novos serviços de odontologia e ortopedia, com atendimento especializado às pessoas com deficiência. mais de 1 milhão de pessoas deverão ser beneficiadas. A maior parte desses pedidos de habilitação estavam pendentes desde 2018, e agora poderão iniciar o atendimento à população. o ministério da saúde irá repassar r$ 70,1 milhões por ano para custear os serviços no sistema Único de saúde (sUs). Também com o objetivo de qualificar o atendimento a esse público, o ministro lança, pela primeira vez, dois guias com orientações para os profissionais de saúde que atuam nas áreas de odontologia e ortopedia. A primeira-dama, michelle Bolsonaro, presente na cerimônia, em Brasília (Df), destacou estar testemunhando mais uma ação do ministério da saúde em prol das pessoas com deficiência em todo território nacional. “Hoje é uma data para

lembrarmos de que leis não bastam. Precisamos de ações verdadeiramente transformadoras para tornarmos nosso país mais acessível”, enfatizou. o ministro da saúde, Luiz Henrique mandetta, falou sobre os desafios do atendimento às pessoas com deficiência. “Por isso estamos partindo para a capacitação, a formação e a sensibilização da rede de Cuidados à saúde da Pessoa com Deficiência, para fazermos uma boa primeira abordagem desses pacientes”, frisou. “os dois guias lançados hoje vêm para ficar e são bem apropriados para orientar os profissionais de saúde e qualificar ainda mais o atendimento”. mandetta ainda anunciou que o “passivo foi zerado” ao citar a habilitação dos 66 novos serviços. Do total dos 66 novos serviços, serão 20 Centros especializados em reabilitação (Cer), que receberão r$ 41 milhões por ano; 8 Centros especializados para Pacientes com Doenças raras, com custeio de r$ 17,6 milhões por ano; 7 oficinas ortopédicas, que recebe-

Divulgação

reprodução

que dependem de cadeiras de rodas para transitar; mas também aos ciclistas, que têm os mesmos direitos dos pedestres se estiverem empurrando a bicicleta, às pessoas com carrinhos de bebê e às pessoas com outros tipos de mobilidade reduzida”, ressalta. o relator, senador flávio Arns (rede-Pr), emitiu parecer favorável ao considerar que a iniciativa preenche uma lacuna flagrante da legislação. “infelizmente, não são raros os casos de maus motoristas que estacionam seus veículos em locais inadequados de vias urbanas, notadamente as guias de calçada rebaixadas para facilitar o acesso de pedestres, ciclistas e pessoas com mobilidade reduzida”, observou. (fonte: Agência senado)

PCD´s ganham mais 66 novos serviços de saúde

14

GenTe CienTe - JAneiro 2020

rão r$ 4,5 milhões ao ano; e 31 Centros odontológicos (Ceo), destes, 14 irão integrar à rede de Cuidados à saúde da Pessoa com Deficiência (rCPD), e receberão incentivo a mais de r$ 2,2 milhões ao ano. Além de ampliar os serviços, o ministério da saúde também trabalha para qualificar os serviços prestados à população. Assim, pela primeira vez, a pasta lança o ‘Guia para Prescrição Concessão, Adaptação e manutenção de Órteses, Próteses e meios Auxiliares de Locomoção’ e o ‘Guia de Atenção à saúde Bucal da Pessoa com Deficiência’, com foco nos profissionais da saúde. os materiais serão disponibilizados na internet, na

Biblioteca virtual de saúde, do ministério da saúde. o Guia de Órtese e Prótese traz para os profissionais de saúde as orientações necessárias à adoção das melhores práticas relativas às etapas de prescrição, concessão, adaptação e manutenção das Órteses e Próteses e meios Auxiliares de Locomoção (oPm). o objetivo é proporcionar maior segurança, efetividade e integralidade de atenção à saúde da pessoa com deficiência e mobilidade reduzida. Já o Guia de saúde Bucal focou em algumas deficiências específicas, consideradas as que mais apresentam demanda nos consultórios odontológicos, tais como: deficiência intelectual, demência, Doença de Parkinson, paralisia cerebral, síndrome de Down e Transtorno do espectro do Autismo. no material, são apresentadas as condições bucais mais comuns, além de orientações sobre o uso de meios que facilitem a higienização bucal e que promovam a prevenção de problemas odontológicos. (fonte: ministério da saúde)


GenTe CienTe - JAneiro 2020

15


Mais Autonomia traz ao Brasil a WeWALK, a bengala inteligente

D

urante a terceira edição da feira Cidade da Inclusão - Universo PCD, que aconteceu no dia 6 de dezembro, no rio de Janeiro, a empresa mais Autonomia Tecnologia Assistiva lançou a bengala WeWALK Smart Cane, um equipamento revolucionário que leva qualidade de vida às pessoas cegas e com deficiência visual. o evento é considerado o maior encontro de inclusão do estado. Durante três dias foram apresentados diversos produtos, soluções e palestras sobre acessibilidade, tecnologias assistivas, mobilidade e esportes adaptados. A tecnologia foi criada por Kursat Ceylan, que é cego desde seu nascimento e se dedica há quase dez anos à engenharia de projetos inovadores para deficientes visuais. Kursat fundou, junto com sadik Unlu, empreendedor que ocupou durante três anos a presidência da Young Guru Academy (YGA), a WeWALK Tech Co, companhia desenvolvedora da bengala. em 2012, após importantes conquistas, como a navegação interna, utilizada para encontrar objetos em casas ou escritórios, e um sistema de descrição, em áudio, de filmes exibidos nos cinemas, Kursat decidiu que queria fazer mais pela comunidade cega. Decidiu organizar um hackathon para tecnologias voltadas a auxiliar deficientes visuais e escolheu, como pro-

16

GenTe CienTe - JAneiro 2020

reprodução

jeto vencedor, a bengala inteligente WeWALK. o desenvolvimento durou três anos e, patrocinado por uma campanha de crowdfunding, a solução pode ser lançada em quase 30 países, como estado Unidos, reino Unido, Japão e Alemanha. Com sensores ultrassônicos, a bengala WeWALK foi pensada especificamente para o dia a dia das pessoas com deficiências visuais. ela alerta o usuário, por meio de vibrações em sua alça, sobre obstáculos inesperados na altura do peito e da cabeça, obstruções no caminho e vias estruturais de ruas e calçadas, por exemplo. se conectada a um smartphone, via bluetooth, pode ser integrada ao Google maps ou a softwares de assistência de voz

para compreender os arredores e orientar sobre lojas, restaurantes, farmácias ou qualquer conveniência próxima. mais que uma tecnologia, a WeWALK é um movimento social. “Com um significado especial, a WeWALK smart Cane proporciona uma vida mais facilitada e independente aos deficientes visuais e possibilita que muitos deles, pela primeira vez, voltem para casa sem ter batido em algum obstáculo ao longo de seu caminho”, conta Doron sadka, diretor da mais Autonomia, representante exclusivo da WeWALK no Brasil. De acordo com a organização mundial de saúde, há mais de 250 milhões de pessoas com deficiência visual em todo o mundo. “Atualmente, falamos

muito de carros voadores e de alta tecnologia, mas as cidades do futuro devem estar conectadas para atender a todos e a tecnologia vale muito mais a pena quando privilegia a acessibilidade e inclusão por igual. Queremos ajudar a transformar a vida de pessoas portadoras de diferentes tipos de deficiências, sejam elas sensoriais ou de locomoção. isso, sim, é um avanço a ser comemorado”, conta o fundador Kursat Ceylan, que estará no Brasil para o lançamento da WeWALK. A mais Autonomia também representa oficialmente no Brasil o OrCam My Eye, um dispositivo vestível intuitivo, que possui câmera projetada para oferecer mais independência às pessoas com deficiência visual. Com tecnologia avançada, o orCam my eye reconhece o rosto de pessoas e auxilia o usuário a identificar quem está ao seu redor, gerando mais sociabilidade e maior independência. Além disso, o aparelho fotografa, escaneia e transforma textos em áudio imediatamente, permitindo ao usuário ter autonomia para ler uma revista, livro ou jornal, placas de rua, cardápios de restaurantes, nomes de lojas e mensagens do celular, por exemplo. mais informações sobre a WeWALK smart Cane estão disponíveis no site www.maisautonomia.com.br (fonte: Porta voz Comunicação)


Cientistas italianos descobrem molécula que ‘freia’ o Alzheimer

I

Estudo foi publicado na revista Nature, pela editoria de Morte Celular e Diferenciação

nvestigadores do instituto europeu de Pesquisa do Cérebro (eBri) da fundação rita Levi montalcini podem ter dado um passo importante para descobrir como retardar ou até mesmo travar a doença de Alzheimer. num estudo publicado na revista nature, na editoria de morte Celular e Diferenciação, os cientistas referem uma molécula que "rejuvenesce" as células cerebrais, conseguindo assim bloquear a doença de Alzheimer na sua primeira fase. A molécula, o anticorpo A13, faz com que o cérebro seja capaz de fazer renascer alguns neurônios, contrariando os efeitos do aparecimento de doenças degenerativas, como é o caso da patologia em questão.

Pixabay

o estudo desenvolvido pela equipe italiana foi realizado em ratos, que acabaram por conseguir produzir neurônios. esta descoberta pode abrir novas possibilidades de tratamentos e diagnósticos da doença de Alzheimer, que afeta, segundo a organização mundial de saúde, mais de 30 milhões de pessoas no mundo inteiro.

A Doença de Alzheimer é a principal causa de demência, representando cerca de 50 a 80% dos casos. É uma doença que afeta o funcionamento do cérebro de modo lento e progressivo, caracterizada pelo comprometimento de duas ou mais funções cognitivas como: memória, linguagem, atenção, raciocínio lógico, julgamento,

planejamento, habilidade visual e espacial, graves o suficiente para interferir nas atividades da vida diária da pessoa. Atualmente estima-se haver cerca de 46,8 milhões de pessoas com demência no mundo. este número praticamente irá dobrar a cada 20 anos, chegando a 74,7 milhões em 2030 e a 131,5 milhões em 2050 segundo dados fornecidos pelo relatório de 2015 da Associação internacional de Alzheimer (ADi). no Brasil, estima-se que 55 mil novos casos de demências ocorram todos os anos, a maioria decorrentes de Alzheimer. entre as causas da doença está o próprio envelhecimento populacional. (fonte: Tvi24)

GenTe CienTe - JAneiro 2020

17


Corinthians é tricampeão brasileiro de basquete em cadeira de rodas

O

CAD Corinthians sagrouse campeão do Brasileiro de Basquete em Cadeira de rodas no dia 6 de dezembro. A equipe de são José do rio Preto venceu a ADD magic Hands por 69 a 67 na prorrogação. A final do campeonato nacional aconteceu no Centro de Treinamento Paralímpico, em são Paulo, e foi transmitida pelo sporTv 2. A equipe do Corinthians começou na frente e a partir do quarto período o jogo foi disputada ponto a ponto. empatada, a partida seguiu para a prorrogação. A cada cesta que o CAD convertia, o magic Hands empatava. Com o placar em 67 a 67, Wandemberg garantiu o título para os corinthianos nos lances livres. “A emoção é imensa. A gente já sabia da dificuldade que seria o jogo porque a ADD tem uma equipe excelente. Buscamos o título, erramos coisas básicas, mas conseguimos a vitória e acho que isso valoriza ainda mais o nosso título”, comentou Paulo Cesar, o Jatobá, que foi cestinha do Corinthians. este jogo foi a reedição da final do Brasileiro de 2017 e

CPB/Divulgação

2018. no ano passado, a ADD magic Hands conquistou seu quinto título nacional da modalidade com o placar de 69 a 52. em 2017, o CAD Corinthians levou a melhor com 58 a 56. “são duas grandes equipes. nos dois últimos anos, só deu essas duas na final, mas a gente lutou até o fim, apena que nos últimos segundos perdemos. Ano que vem viremos mais forte”, disse Gelson Júnior do magic Hands. A equipe do CAD Corint-

hians repete assim o feito que já havia alcançado em 2015 e 2017, quando também chegou ao lugar mais alto do pódio no Brasileiro de Basquete em Cadeira de rodas. Já na disputa pelo bronze, a GADeCAmP conquistou a medalha ao enfrentar o CAD são Paulo na tarde do dia 6 de dezembro. o duelo terminou com o placar de 58 a 51. o cestinha do Brasileiro foi José marcos da silva do GADe-

CAmP com 147 pontos marcados. enquanto Cristiano marcondes do magic Hands foi o da final com 21 pontos registrados na pardida. (fonte: CPB)

pode ser usado conjuntamente com outros medicamentos antiparkinsonianos, ou em monoterapia, e apresenta administração de apenas um comprimido via oral ao dia. “esta incorporação do mesilato de rasagilina no sUs reforça o compromisso da Teva Brasil em oferecer acesso aos pacientes a tratamentos avançados para as doenças neurológicas. o medicamento é mais um aliado no tratamento da Doença de Parkinson, e pode contribuir para a melhoria em qualidade de vida de tantos brasileiros que são acometidos pela doença”, conta a gerente geral da Teva no Brasil, Cristiane Giordano.

indicado para o tratamento de pacientes com diagnóstico da Doença de Parkinson, e deve ser administrado por 1 dose única diária. Aproximadamente, 1,6 milhão de pacientes/ano usam o medicamento2. Azilect® já foi aprovado em 55 países3.

terapêuticas. A Teva tem uma posição de liderança mundial em tratamentos inovadores para doenças do sistema nervoso central, incluindo a dor, bem como um forte portfólio de produtos para a área respiratória. A divisão de Pesquisa e Desenvolvimento da Teva integra medicamentos genéricos e de marca, criando novas formas de abordagem para as diferentes necessidades dos pacientes combinando o desenvolvimento de novas drogas com dispositivos, serviços e tecnologias. no Brasil desde 2006, a empresa oferece produtos para oncologia, neurologia, Hematologia e infectologia. A receita líquida global da Teva totalizou Us$ 21,9 bilhões em 2016. (fonte: revista exame)

CLASSIFICAÇÃO FINAL DO BRASILEIRO:

1º lugar – CAD Corinthians 2º lugar - ADD magic Hands 3º lugar - GADECAMP- Campinas 4º lugar - CAD vinhedo 5º lugar - AnDef-rJ

SUS tem novo tratamento para Doença de Parkinson

A partir do primeiro trimestre de 2020, o ministério da saúde, via sistema Único de saúde (sUs), fornecerá, gratuitamente, o mesilato de rasagilina (Azilect), indicado para o tratamento da Doença de Parkinson. Com a decisão, os pacientes passam a contar com um reforço importante para o controle da doença que afeta os níveis de dopamina no cérebro e pode causar sintomas motores como tremores, rigidez, lentidão nos movimentos e alterações de equilíbrio, e não-motores tais como depressão, dor, disfunção cognitiva e desordens do sono. Produzido pela Teva farmacêutica, líder global no setor farmacêutico com longa tradição em pesquisa e desenvolvimento, o mesilato de rasagilina

18

MESILATO DE RASAGILINA o mesilato de rasagilina é

GenTe CienTe - JAneiro 2020

TEVA FARMACÊUTICA A Teva é uma das maiores empresas globais no setor farmacêutico e oferece soluções com alta qualidade voltadas para a melhora da qualidade de vida dos pacientes. Com sede em israel, a Teva é o maior produtor de medicamentos genéricos do mundo, valendo-se de um portfólio com mais de 1.800 moléculas para produzir uma ampla gama de produtos genéricos para quase todas as áreas


GenTe CienTe - JAneiro 2020

19


Beth Gomes e Petrúcio Ferreira são eleitos os melhores de 2019

A

paulista Beth Gomes e o paraibano Petrúcio ferreira, ambos do atletismo, foram escolhidos os atletas do ano no Prêmio Paralímpicos 2019. A cerimônia aconteceu no dia 17 de dezembro, no Hotel Unique, em são Paulo, e reuniu cerca de 500 convidados, entre atletas, treinadores, patrocinadores, dirigentes e imprensa. A judoca Alana maldonado foi eleita “Atleta da Galera” por meio de voto popular. esta foi a 9ª edição do Prêmio Paralímpicos, que encerra o calendário do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). "este ano foi muito especial. não arredamos um milímetro do trilho estabelecido no nosso plano estratégico lá em 2017, que inverteu a lógica do esporte paralímpico. Hoje, o CPB vai até as pessoas com deficiência, e não as pessoas com deficiência vão até o CPB. Conquistamos resultados que nos enchem de alegria, e nos fazem ter a certeza de que faremos uma grande representação mais uma vez no Japão. Hoje é dia de celebrar tudo isso, de homenagear e reconhecer os heróis e as equipes que tanto nos orgulharam neste ano", disse mizael Conrado presidente do CPB, que entregou os troféus de melhores do ano por gênero. na temporada de 2019, a paulista Beth Gomes conquistou ouro no lançamento de disco nos Jogos Parapan-Americanos de Lima e no mundial de Atletismo, em Dubai, com recorde mundial de 16,89m da prova na classe f52. "É muita gratidão estar aqui nesse palco, dividindo esse prêmio tão sonhado por todos. não é só meu, é de todos os atletas que aqui estão. Agradeço e oferto este troféu à minha treinadora, rosiane farias, que está comigo todos os dias. Gratidão a todos os treinadores, ao movimento paralímpico brasileiro, a minha equipe, a minha associação de esclerose múltipla. muito obrigada", disse a santista de 54 anos que era jogadora de vôlei em 1993, quando foi diagnosticada com esclerose múltipla. A paulista de santos demorou para aceitar a doença até conhecer o basquete em cadeira de rodas. Já o velocista de 23 anos conquistou ouro nos 100m e nos 400m e prata no revezamento 4x100m nos Jogos Parapan-Americanos de Lima. ouro nos 100m e nos 400m no mundial de Atletismo, em Dubai. na semifinal dos 100m, bateu o recorde mundial e se tornou o atleta paralímpico mais rápido do mundo, com 10s42. Além de receber a honraria de melhor do ano, ele também foi agraciado com o troféu de melhor do atletismo paralímpico brasileiro em 2019. ele

20

GenTe CienTe - JAneiro 2020

CPB/Divulgação

acumula agora quatro anos consecutivos de conquista deste prêmio. "saio com esses dois lindos troféus, foi um ano excepcional para mim, com ótimos resultados, objetivos alcançados, então foi só alegria em 2019. o próximo capítulo será voltar aos treinos, focando em Tóquio 2020 e a meta é subir um pouco mais alto no pódio. subir no palco dá mais nervoso do que estar no bloco de partida. É melhor estar lá, esperando o tiro e correr", brinca o atleta, que sofreu um acidente com uma máquina de moer capim aos dois anos e amputou parte do braço esquerdo, abaixo do cotovelo. o paraibano de são José do Brejo Cruz gostava de jogar futsal e sempre foi muito rápido. sua velocidade chamou a atenção de um treinador. Desde 2013, Petrúcio compete no atletismo pela classe T47 (amputados de braço). Com 34% dos votos, a judoca paulista Alana maldonado foi eleita “Atleta da Galera”. A segunda colocada na votação foi a velocista paulista verônica Hipólito (26%), seguida pela nadadora pernambucana Carol santiago (15%), que foi coroada a melhor da sua modalidade. o recordista mundial dos 100m T47, Petrúcio ferreira, ficou em quarto na disputa com 14% dos votos e superou o jogador de bocha paulista José Carlos Chagas (11%). "estou muito feliz, agradeço a todos que me apoiam, que torcem por mim, a todos os meus patrocinadores. esta conquista não é só minha, é de todos. A responsabilidade só aumenta para Tóquio", comemorou Alana. natural de Tupã, interior de são Paulo Alana, 24 anos, descobriu a doença de stargardt, que causa perda da visão progressiva, ainda na adolescência. ela já praticava judô desde os quatro anos, mas somente em 2014, quando começou a cur-

sar educação física, ingressou no judô paralímpico. em 2019, ela foi prata nos Jogos Parapan-Americanos de Lima. o Prêmio Personalidade Paralímpica, que homenageia pessoas que contribuíram com o movimento na temporada, foi entregue pelo presidente do CPB, mizael Conrado, ao governador de são Paulo, João Doria Jr., responsável pela renovação do Time são Paulo, parceria entre o CPB e a secretaria de estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de são Paulo, cujos atletas conquistaram 87 medalhas em grandes competições internacionais este ano, como mundiais e o Parapan. "Talvez seja um dos prêmios mais importantes que recebi até hoje. É o amor que constrói a igualdade daqueles que, independentemente das suas limitações, superam, consquistam, vivem, vibram e se tornam exemplos para todos nós. e também por aquilo que representam ao esporte brasileiro, na superação, na dedicação, na capacidade de empreender e conquistar vitórias", comentou Doria, ao receber a honraria. Pedrinho Almeida, treinador de Petrúcio ferreira, recebeu o prêmio de melhor técnico de modalidades individuais. Já fábio vasconcelos, que comanda a seleção Brasileira de futebol de 5, que foi campeã na Copa América e nos Jogos Parapan-Americanos de Lima, foi contemplado como melhor técnico de modalidades coletivas. o Prêmio Clube Caixa, destinado ao clube de destaque do ano, foi para a Associação Desportiva indaiatubana - Associação Paraolímpica de indaiatuba (ADi APin). Por fim, o Prêmio memória Paralímpica foi para o Clube dos Paraplégicos de são Paulo (CPsP), o primeiro clube do país a oferecer esporte gratuito para deficientes físicos. (fonte: CPB)


Laudo e os impactos na contratação da PESSOA COM DEFICIÊNCIA

ARTIGO - Tábitha Laurino

E

m dezembro é celebrado o Dia internacional da Pessoa com Deficiência, data que reforça a importância sobre o debate à inclusão, bem como leva à reflexão sobre os enfrentamentos destinados a esse público. no mercado de trabalho, muitas avanços se deram por meio da Lei de Cotas, em vigor há 28 anos, no entanto, alguns entraves ainda permanecem e eles começam bem antes da inserção desse profissional em um rotina de trabalho. segundo uma pesquisa realizada pela Catho com mais de 5,2 mil profissionais com deficiência, o laudo - documento que caracteriza deficiências e que também é utilizado como pré-requisito para a contratação de profissionais abrangidos pela Lei de Cotas - é identificado por 76% dos respondentes como um dos principais entraves na busca por

- CATHO

emprego. Dentre os profissionais que não possuem laudo, 64% afirmam que já tiveram problemas em serem contratados devido à ausência do documento. enquanto entre os que possuem a declaração, 29% tiveram problemas na hora de efetivação. As principais queixas dos profissionais são de que as empresas negam o laudo mas não justificam o motivo (35%), o documento estava incompleto ou errado (23%). isso ocorre porque o processo de contratação de um profissional com deficiência ainda é cercada de dúvidas, tanto por parte dos profissionais, quanto por parte das empresas. Afinal, a Lei de Cotas exige que alguns protocolos sejam seguidos, dentre eles, o laudo que atesta e caracteriza por deficiência. Além disso, há outro fator de

grande tenuidade, pois apenas algumas especificidades são abrangidas pelo lei 12.711. A questão é facilmente confundida, uma vez que faltam conhecimentos acerca dos enquadramentos da legislação, ocasionando, por vezes, frustrações durante o processo seletivo. É o que reforça, mais uma vez, os dados de pesquisa. Ainda segundo o levantamento, os principais pontos de dificuldade dos profissionais com deficiência em relação ao laudo e à contratação no mercado de trabalho estão atreladas a: falta de conhecimento por parte das empresas (43%), dificuldades para conseguir uma consulta e solicitação de laudo (32%), falta de informação sobre as deficiências que são abrangidas pela Lei de Cotas (27%) e carência de informações sobre os itens que precisam cons-

tar no laudo(24%). enquanto instituição que atua ativamente entre empresas e candidatos, a Catho tem buscado desde 2016 inserir profissionais com deficiência no mercado de trabalho por meio de gratuidade de sua plataforma. Do outro lado, incentivamos empresas a quebrarem tabus e conhecerem mais sobre as especificidades de cada deficiência. nosso objetivo: contribuir para uma inclusão genuína, que reconheça qualificações, que ultrapasse a barreira dos preconceitos. o caminho ainda é longo, mas a cada passo, uma nova conquista para celeDivulgação brar. Tábitha Laurino, gerente sênior de operações da Catho.

GenTe CienTe - JAneiro 2020

21


22

GenTe CienTe - JAneiro 2020


GenTe CienTe - JAneiro 2020

23


24

GenTe CienTe - JAneiro 2020


GenTe CienTe - JAneiro 2020

25


Pessoas com deficiência terão FUNDO NACIONAL DE DIREITOS

A

Comissão de Direitos Humanos (CDH), do senado federal aprovou, no dia 4 de dezembro, um projeto de lei que cria o fundo nacional dos Direitos das Pessoas com Deficiência. o dinheiro aplicado deve servir para a formulação e a execução de políticas públicas destinadas a essa parcela da população. o texto (PL 552/2019) segue agora para a Comissão de Assuntos econômicos (CAe). De acordo com o projeto, as doações de pessoas físicas e jurídicas poderão ser deduzidas do imposto de renda pelo prazo de cinco anos. A dedução não pode ultrapassar 1% do imposto devido em cada exercício. Para o autor da matéria, senador Paulo Paim (PT-rs), a plena inclusão das pessoas com deficiência só será alcançada por meio de políticas públicas efetivas e consistentes. “Como a execução de qualquer política pública depende da disponibilidade de recursos financeiros adequados, propomos a cria-

ção do fundo nacional dos Direitos das Pessoas com Deficiência. o projeto cria opção para o próprio contribuinte dar destinação de parte do impos-

to de renda que deverá recolher ao Tesouro nacional, conjuntamente com as contribuições aos fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente, aos fun-

no dia 03 de dezembro, a secretaria de estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, de são Paulo, lançou a plataforma de dados “Base de Dados dos Direitos da Pessoa com Deficiência”. o evento, em comemoração ao Dia internacional da Pessoa com Deficiência celebrado anualmente nesta mesma data, aconteceu na sede da secretaria.

A ferramenta visa subsidiar a tomada de decisão dos gestores na definição das políticas públicas regionais ou municipais voltadas à inclusão plena das pessoas com deficiência. A gestão da informação é um passo importante para a consolidação dos direitos da pessoa com deficiência, dessa forma, a Base de Dados visa dialogar com as demais secreta-

Pixabay

Pixabay

dos do idoso, a projetos culturais, desportivos ou paradesportivos e com os investimentos em atividades audiovisuais”, disse. A relatora, senadora mara Gabrilli (PsDB-sP), destacou que a matéria dá ao contribuinte a opção de contribuir diretamente para sustento das políticas amparadas pelo fundo. “Desse modo, as pessoas com deficiência se igualam ao público já beneficiado por medida semelhante, por intermédio do fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente e do fundo do idoso”, acrescentou. A relatora sugeriu apenas uma emenda redacional para incluir no texto os objetivos do fundo. entre eles, a criação de condições para promover a autonomia, a integração e a participação efetiva na sociedade da pessoa com deficiência e a promoção da superação de barreiras arquitetônicas, urbanísticas, nos transportes, nas comunicações e na informação. (fonte: Agência senado)

Secretaria lança plataforma de dados sobre PCD´s

26

GenTe CienTe - JAneiro 2020

rias do Governo de são Paulo, reunindo dados e informações nas diversas áreas. A plataforma reúne em um sistema de Bi - Business intelligence, além dos dados censitários, informações sobre as principais políticas nas áreas de: educação, saúde, emprego e renda, desenvolvimento social,

entre outras. Também é um dos objetivos da ferramenta ser fonte de estudos para os pesquisadores e profissionais interessados na causa, sendo um instrumento de monitoramento da garantia dos direitos da pessoa com deficiência. A Base de Dados é uma estratégia que tem consonância com uma das recomendações do relatório mundial sobre a Deficiência, publicado pela organização mundial da saúde – oms, em 2011. o documento destacava a importância de uma consolidação de base de dados sobre o segmento das pessoas com deficiência aos Governos, como uma forma de enfrentamento às barreiras incapacitantes. Conheça a plataforma e acesse os dados: http://basededados.sedpcd.sp.gov.br/ (fonte: seDPCD)


GenTe CienTe - JAneiro 2020

27


Cai a urgência do PLC 6159, que altera a Lei de Cotas para PCD´s

C

aiu a urgência para votação do Projeto de Lei (PL) 6.159/2019, de autoria do Poder executivo, que propõe uma contribuição à União por empresas que não quiserem contratar pessoas com deficiência. na reunião de líderes de bancadas da Câmara federal realizada no dia 3 de dezembro, para a definição da pauta de votações da Câmara, o líder do PsDB, deputado Carlos sampaio, a pedido do deputado eduardo Barbosa (PsDB-mG) e da senadora mara Gabrilli (PsDBsP), solicitou ao governo a retirada da urgência constitucional do PL 6159/2019, que altera o sistema de cotas para contratação de pessoas com deficiência. “Um projeto que diz respeito à inclusão não pode ser analisado no afogadilho, ainda mais quando altera drasticamente a política de cotas, que é um marco importante para estimular a contratação de profissionais com deficiência”, destacou Carlos sampaio. “É preciso examinar a proposta detalhadamente para que se possa avançar e aperfeiçoar o sistema e não para trazer prejuízos e revezes a um direto que foi conquistado a duras penas”, defen-

28

reprodução

deu o líder do PsDB. o projeto foi apresentado pelo governo no dia 26 de novembro com pedido de urgência constitucional. nesse caso, a Câmara precisa votar a matéria em 45 dias, caso contrário o projeto tranca a pauta de votações até ser apreciado. segundo sampaio, havia a preocupação de que o projeto pudesse ser votado no 3/12, Dia internacional da Pessoa com Deficiência. “os direitos das pes-

GenTe CienTe - JAneiro 2020

soas com deficiência estão sofrendo o maior ataque desde a redemocratização do Brasil”, afirma rafael Giguer, auditor fiscal do trabalho que tem deficiência visual, sobre o Projeto de Lei (PL) 6.159/2019, que propõe diversas alterações na Lei de Cotas (nº 8.213/1991), principal responsável pela presença de pessoas com deficiência no mercado de trabalho formal do Brasil. na proposta há duas “formas alternativas” à contratação

de trabalhadores com deficiência. Uma delas é a contribuição em dinheiro para a União “cujos recursos serão destinados a ações de habilitação e reabilitação”, ou seja, ao invés de contratar trabalhadores com deficiência, a empresa paga ao governo para se livrar dessa obrigação e não precisa mais se preocupar com o assunto. A outra forma sugerida é a associação entre empresas para “atendimento em conjunto à obrigação de contratação de pessoas com deficiência”. nesse caso, o governo entende que pessoas com deficiência podem ser usadas como material de troca, independentemente das metas ou planos dessas pessoas. no texto do projeto o governo tenta justificar as mudanças. “Com as regras vigentes, as vagas são oferecidas e, em caso de não preenchimento, não resta alternativa para as empresas. Com essas modificações, busca-se engajar todas as empresas do País, apresentando alternativas que considerem as diferenças setoriais, locais e ocupacionais na contratação de trabalhadores”, diz o projeto de Lei. (fonte: Agência Câmara)


GenTe CienTe - JAneiro 2020

29


Como comprar carro e adquirir

seguro com isenções para PCD´s ?

H

á uma procura crescente por carros para pessoas com deficiência (PCD) nos últimos anos. segundo a Abridef (Associação Brasileira de indústria, Comércio e serviços de Tecnologia Assistida), mais de 13% de todos os veículos emplacados no Brasil em 2018 foram vendidos para PCD. e mesmo com os números aumentando – estima-se que o segmento deva crescer entre 30% e 40% em 2019 - ainda há muitas dúvidas e nem todos sabem como podem adquirir veículos e seguros com isenção total do iPi, iCms e o iof. Primeiro é importante saber que o direito à isenção na compra do automóvel para PCD é garantido por lei, mas o seguro precisava ser contratado de forma diferenciada, até então, por uma cláusula adicional para pessoas com deficiência. esta cláusula garantia que, nos sinistros de indenização integral (perda total, roubo ou furto sem recuperação), a seguradora se responsabilizaria pelos valores do recolhimento dos impostos. se não houvesse a contratação dessa condição, os valores dos impostos não seriam garantidos e ficariam a encargo do proprietário do carro. Porto seguro Auto conta agora com uma nova versão do produto para PCD e a contratação da cláusula não é mais necessária para esse objetivo.

30

Dessa forma, os impostos são recolhidos automaticamente, sem a necessidade de coberturas adicionais opcionais. Para contratação ou renovação do seguro auto, basta informar que o veículo possui isenção fiscal. e o segurado deverá apenas providenciar as guias para a seguradora pagar os impostos.

QUEM TEM DIREITO AO BENEFÍCIO? Qualquer condutor de automóveis que seja deficiente físico está isento de iPi, iof, iCms, iPvA e rodízio municipal. no entanto, uma pessoa com deficiência pode integrar um público mais abrangente que simplesmente os que nascem ou adquirem deficiências visuais, auditivas e motoras. Podem ser pessoas com hérnia e outros problemas, incluindo as que passaram por cirurgias de seios, que são incluídas nessa categoria por apresentarem limitações temporárias que afetam, acima de tudo, sua mobilidade ou outras condições. o PCD não condutor, que tenha deficiência física, visual ou autismo está isento de iPi e o carro fica livre de rodízio municipal. mesmo tendo uma das deficiências ou patologias citadas na lei, o que dá direito ao benefício é a sequela provocada no condutor, cuja avaliação técnica e especializada é feita por um perito médico.

GenTe CienTe - JAneiro 2020

COMO SOLICITAR O SEGURO DE AUTO PARA PCD? Depois de adquirir o veículo com isenção é preciso fazer um seguro. Walmando fernandes, gerente da Porto seguro em Campinas, explica que, o procedimento é o mesmo como em qualquer cotação para contratar um seguro auto, a diferença será que o segurado precisa mencionar que o veículo foi adquirido com benefícios de Pessoas com Deficiência e quais são os equipamentos específicos que ele possui. Porto seguro Auto repõe o valor integral de mercado do veículo e faz a quitação total de impostos. Já nos casos de sinistros de indenização integral, o segurado poderá ter a restituição limitada à tabela fiPe, sem a depreciação decorrente dos impostos quitados pela seguradora. Além desse diferencial, os clientes que contratam esse tipo de seguro também contam com outras coberturas, como: assistência 24h para o carro, desconto na franquia, carro extra ou créditos para transporte por APP, estacionamentos com até 30% de desconto, aluguel de automóveis, reparos de eletrodomésticos, serviços emergenciais à residência, reposição do valor do veículo 0km por até seis meses, utilização de mais de 300 Centros Automotivos Porto seguro, entre outros.

Divulgação

Walmando Fernandes, gerente da sucursal Campinas da Porto Seguro

não esqueça dessas dicas antes de contratar o seguro com isenção Para a contratação e uma boa escolha de um seguro auto para PCD com isenção é preciso estar atento. Assim, é importante seguir algumas dicas:

n Conte sempre com a ajuda de um corretor para que ele ajude em todas as etapas; n Procure pesquisar e entender tudo sobre seguro PCD e como funciona, conhecendo seus direitos e deveres; n Avalie as coberturas ofertadas e veja quais melhor atendem a sua necessidade; n Preencha o formulário com atenção para inserir as informações com precisão e evitar erros que causem problemas com indenizações futuras. (fonte: Carol silveira/Assessoria)


GenTe CienTe - JAneiro 2020

31


Toshiba cria exame que detecta 13 tipos de câncer em duas horas

A

32

GenTe CienTe - JAneiro 2020

reprodução

parceria com a Universidade médica de Tóquio e o instituto nacional de Pesquisa de Câncer do Japão. outras empresas japonesas anunciaram recentemente exames com capacidade similar, como a Toray industries. “em comparação com os métodos de outras

empresas, temos uma vantagem no grau de precisão na detecção do câncer, no tempo necessário para a detecção e no custo”, comentou Koji Hashimoto, do Laboratório de Pesquisa frontier da Toshiba, em coletiva de imprensa. De acordo com a Toshiba, o

custo do exame deve ficar em torno de 20.000 ienes (cerca de 518 reais). Apesar disso, o equipamento ainda não tem data para ser lançado no mercado já que ainda precisa passar por testes, com início previsto para o ano que vem. (fonte: revista veja)

A diretoria do Conselho federal aprovou, no dia 11 de dezembro, que as carteiras da oAB de advogados com deficiência visual sejam confeccionadas com identificação no sistema Braille. o pedido aprovado em reunião da direção nacional é fruto de solicitação feita pela Comissão nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência e visa a grafia dos nomes e números de inscrição dos profissionais com deficiência visual em Braille. o presidente da comissão, Joelson Dias, ressaltou a decisão histórica da oAB. “no mês em que se comemoram o Dia internacional da Pessoa com Deficiência e o Dia internacional dos Direitos Humanos, a diretoria do Conselho federal da oAB está de parabéns pela demonstração concreta de seu

inequívoco compromisso com a efetivação dos direitos das pessoas com deficiência e do plano de valorização dos advogados e advogadas com deficiência ao aprovar a confecção de artefato em Braille para a identificação dos cartões da oAB. É uma medida histórica e salutar, que garante maior acessibilidade e inclusão dos advogados e advogadas cegas inscritos no quadro da oAB, nos termos preconizados pela Convenção da onU e pela Lei Brasileira de inclusão”, afirmou Dias. (fonte: oAB)

OAB aprova carteira em Braille para profissionais cegos

reprodução

Toshiba revelou, em novembro, que desenvolveu uma tecnologia capaz de detectar treze tipos de câncer a partir de uma única gota de sangue. segundo a empresa, o exame de sangue detecta a doença em menos de duas horas com 99% de precisão. os pesquisadores envolvidos na criação do dispositivo indicam que o método pode ajudar no diagnóstico de cânceres em estágio inicial, o que facilita o tratamento e aumenta as chances de cura. o teste foi projetado para examinar os tipos e a concentração de moléculas de micrornA secretadas no sangue pelas células cancerígenas. A tecnologia pode ser usada para detectar câncer de estômago, esôfago, pulmão, fígado, vias biliares, pâncreas, intestino, ovário, próstata, bexiga e mama, além de sarcoma e glioma. o equipamento foi criado em


GenTe CienTe - JAneiro 2020

33


São Paulo faz história e fica em

1º lugar nas Paralimpíadas Escolares

M

uita festa e ansiedade tomou a Arena Anhembi no encerramento das Paralimpíadas escolares 2019 no dia 22 de novembro. o estado de são Paulo foi o grande vencedor da noite, com a maior somatória de pontos, 583. A secretária de estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Célia Leão e a presidente do fundo social de são Paulo, Bia Doria estiveram presentes e prestigiaram os mais de dois mil atletas de 26 estados brasileiros. A secretária Célia Leão destacou que "A deficiência serve como um degrau para subir cada vez mais. ela não é um limite, é um estímulo." Além disso, agradeceu a todos os patrocinadores que auxiliaram para que as Paralímpiadas acontecessem, como a operadora de telefonia oi, que

reprodução

disponibilizou todos os uniformes da delegação paulista. na 13ª edição do maior torneio nacional para jovens em idade escolar, a delegação de são Paulo fez história trazendo 188 integrantes em sua equipe, sendo 133 atletas. A presidente do fundo e primeira dama do estado de são Paulo, Bia Doria ressaltou que os alunos foram as estrelas da competição e mostraram que,

com determinação, não há limite para nada. Além de ser a maior delegação, outro diferencial, a equipe paulista teve representantes em todas as modalidades e bateu mais de uma dúzia de recordes escolares. As Paralimpíadas escolares reuniram jovens atletas com deficiência em fase escolar em três dias de competição no Centro de Treinamento Paraolímpi-

co Brasileiro, onde puderam expor seus talentos competindo em doze modalidades. o objetivo dos jogos é dar oportunidade aos jovens talentos do paradesporto brasileiro. (fonte: seDPCD)

CLASSIFICAÇÃO

1º lugar: são Paulo 2º lugar: santa Catarina 3º lugar: Distrito federal

www.autoescolashalon.com.br

34

GenTe CienTe - JAneiro 2020


GenTe CienTe - JAneiro 2020

35


36

GenTe CienTe - JAneiro 2020


GenTe CienTe - JAneiro 2020

37


SUS tem novo tratamento para complicações do diabetes na visão

U

ma das principais causas de perda da visão em pessoas com diabetes tipo 1 e 2 é o edema macular Diabético (emD). A doença atinge principalmente pacientes com longo tempo da doença ou que não fazem o devido controle da glicemia (açúcar no sangue). Para tratar a emD e evitar sua evolução para perda definitiva da visão, o ministério da saúde aprovou a oferta do Aflibercepte no sistema Único de saúde (sUs). o medicamento é uma injeção que é aplicada no olho para bloquear a proliferação dos vasos sanguíneos da retina, que levam ao agravamento da doença. A decisão do ministério da saúde foi publicada por meio da portaria nº 50, de 5 de novembro de 2019, no Diário Oficial da União (DOU). o medicamento estará disponível à população em 180 dias, a partir da data da publicação da portaria. o edema macular diabético (emD) é consequência da retinopatia diabética (rD), e atinge a região da mácula, parte do olho responsável por levar a imagem ao cérebro. não existe cura para a rD, estando os esforços terapêuticos concentrados nos fatores de risco para o aparecimento e agravamento da doença e no tratamento cirúrgico das lesões com alto risco de evolução para a perda visual. o Aflibercepte vem para inte-

grar o tratamento já ofertado no sUs para edema macular Diabético (emD). Atualmente já são ofertados no sUs, antiflamatórios, diuréticos, que podem ajudar na redução do inchaço da mácula ocular, corticoides, além de medicamentos para controlar a diabetes. Há ainda a fotocoagulação por raios laser, que é tratamento padrão para retinopatia diabética. o controle cuidadoso da diabetes com uma dieta adequada, uso de hipoglicemiantes, insulina ou com uma combinação destes tratamentos, que prescritos pelo endocrinologista, são a principal forma de evitar a retinopatia diabética. o número de brasileiros com diagnóstico médico de diabetes cres-

ceu 40% entre 2006 e 2018, passando de 5,5% para 7,7% da população das capitais brasileiras. o aumento é maior entre os homens (54,3%), na faixa etária de 55 a 64 anos (24,6%), de acordo com a Pesquisa de vigilância de fatores de risco e Proteção para Doenças Crônicas por inquérito Telefônico (vigitel) 2018.

Tornar as bonecas mais próximas da realidade de todas as crianças. É com esse objetivo que a norte-americana Kristy Leigh Walker decidiu criar uma boneca com síndrome de Down hiper-realista. moradora do Texas, estados Unidos, Kristy é especializada em fabricar bonecas que se assemelham com as crianças. Durante três meses, a empreendedora trabalha na fabricação da boneca, que é fei-

ta manualmente. nos últimos anos, para dar um "toque" mais realista aos brinquedos, ela começou a utilizar pintura 3D, dando mais autenticidade às veias e sobrancelhas das bonecas. "muitos pais de crianças com síndrome de Down me procuram, porque querem que seus filhos tenham bonecas que se identifiquem", disse Kristy ao Jornal metro da inglaterra. s bonecas também são procuradas por adultos com sín-

reprodução

Pixabay

COMPLICAÇÕES DO DIABETES NA VISÃO o diabetes, quando não tratado corretamente, pode evoluir para formas mais graves e apresentar diversas complicações, em diferentes membros do corpo. os olhos são uma das partes que sofrem as consequências quando não há o devido

controle da doença. entre os problemas decorrentes estão o glaucoma, a catarata e a retinopatia diabética, termo genérico que designa todos os problemas de retina causados pelo diabetes, entre eles o edema macular diabético. no início o edema macular diabético não apresenta sintomas perceptíveis, mas as complicações tornam-se mais sérias com o passar do tempo, podendo ocorrer distorção na visão. entre os principais sintomas da doença estão a deformidade de imagens, sensibilidade ao contraste, fotofobia, mudança na visualização das cores e alterações no campo de visão. se não diagnosticado em tempo, o edema macular se desenvolve e a perda dos fluidos da mácula, responsáveis por levar a imagem ao cérebro, podem ser irreversíveis, ocasionando a cegueira. se você tem diabetes e está percebendo que sua visão está ficando borrada, especialmente na parte central, procure um médico. É importante, no entanto, que pacientes com diabetes, além de controlarem rigorosamente a taxa de glicose no sangue, façam consultas regulares a um oftalmologista especializado em retina independente de estarem com algum problema na visão, para prevenir ou diagnosticar o problema precocemente. (fonte: ministério da saúde)

Texana cria boneca realista com síndrome de Down

38

GenTe CienTe - JAneiro 2020

drome de Dow, principalmente por mulheres que desejam ser mães. segundo a empreende-

dora, elas adoram vestir e cuidar como se elas fossem bebês de verdade. Como Kristy faz as bonecas personalizadas, os clientes podem escolher seu tom de pele, cor de cabelo e até mesmo se desejam que ela tenha alguma marca de nascença. os brinquedos estão disponíveis no site e têm preços que variam de Us$ 650 a Us$ 1 mil (r$ 2700 a r$ 4 mil). (fonte: revista Crescer)


GenTe CienTe - JAneiro 2020

39


40

GenTe CienTe - JAneiro 2020


GenTe CienTe - JAneiro 2020

41


Profile for João Lage

Revista Gente Ciente - Janeiro 2020  

Revista Gente Ciente - Janeiro 2020

Revista Gente Ciente - Janeiro 2020  

Revista Gente Ciente - Janeiro 2020

Profile for joaolage
Advertisement