Page 1

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO FEVEREIRO/2011

LAR SÃO FRANCISCO NA PRIMEIRA

.......................................................................

1 DIOCESE 82 ANOS MISSÃO INTERNACIONAL

VEM AÍ A 22ª FESTA DO MILHO DE JACI

LUTO: UM ANO * Entidade vai destinar verba para a construção do novo Hospital de Mirassol SEM ZILDA ARNS

* Exposição de fotos do Haiti

p. 04

p. 12

PAPA NOMEIA NOVO BISPO DE CARATINGA

JORNAL

CIRCULAÇÃO NACIONAL

p. 09

Frei Francisco em visita ao Haiti na Campanha do Cólera

Abertura do Ano Catequético - 2011 Grupo de Catequese Capela São Miguel Arcanjo - Res. Rio Preto I Lucimeire, Natieli, Natalia, Ana Lucia, Grazieli, Sandra e Célia

FEVEREIRO DE 2011 - ANO 15 Nº 159 S. J. RIO PRETO/SP

p. 02

VOCÊ SABE QUEM INVENTOU O RÁDIO, TV E A FIBRA ÓPTICA

p. 12

BISPO MISSIONÁRIO COMPLETA CINCO ANOS Dom Paulo Mendes Peixoto completa dia 25 de março cinco anos na direção da Diocese de São José do Rio Preto. Simples, humilde, culto, de decisões e atitudes firmes e sensatas, revelou-se um bispo missionário pelo seu trabalho apostólico e evangelizador. Já fez celebrações em todas as 94 paróquias da diocese e realizou 55 visitas pastorais ( permanência de três dias em cada paróquia).Com os demais bispos da região Sul-1, Dom Paulo fez visita ad limina ao Vaticano em novembro de 2009. Permaneceu em Roma durante 20 dias, participando de reuniões; esteve nas várias secretarias do Vaticano.

p. 03

DIOCESE INAUGURA MAIS UM VEÍCULO DE COMUNICAÇÃO

p. 03

ORDENAÇÕES

p. 10 e 12

Os primeiros passos em terra Riopretense p. 05, 06, 07 e 08

CF 2011 TEMA: FRATERNIDADE E VIDA NO PLANETA DIOCESE CONVOCA FIÉIS - 9 DE MARÇO 8h

QUARTA- FEIRA DE CINZAS NA SWIFTT Lema: A criação geme em dores de parto (R M 8,22).

p. 09 e 11


............................................

PALAVRA DO BISPO

2

DIOCESE 82 ANOS

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO FEVEREIRO/2011

......................................................................

Plano Diocesano de Pastoral

Em 2011 debruçamos nossas atenções pastorais sobre o terceiro ano do nosso Plano Diocesano de Pastoral. O tema proposto é o estudo do Sacramento da Eucaristia, tendo como referência básica o Evangelho de Mateus. A partir da Assembleia Diocesana de Pastoral de 2010, tomamos como mola mestra de reflexões, até o final do Plano, em 2012: “Eucaristia, Fonte da Missão”. O lema vem do Evangelho de Marcos: “Ide pelo o mundo inteiro e anunciai o Evangelho”. O que faz a Igreja ser realmente Católica, Apostólica e Romana é a Palavra de Deus e a vivência dos

Sacramentos instituídos por Cristo e confiados a sua administração. A prática disto acontece na vida das pequenas comunidades paroquiais. A Palavra de Deus deve ser estudada, compreendida e vivenciada na prática. Ela sempre cria solidariedade, compromisso comunitário e crescimento na prática concreta dos Sacramentos. Palavra e Sacramentos habilitam a Igreja em seus compromissos concretos na vida do povo. Não podemos confundir os Sacramentos com os Sacramentais. Aqueles foram instituídos por Jesus Cristo e confiados à Igreja. Os Sacramentais foram criados pela Igreja, que os administra em benefício do bem espiritual de seus fiéis. É o caso de uma bênção de água, de casa, de objetos de piedade etc. Entre os sete Sacramentos, destaco o do matrimônio, que tem também aspecto jurídico na sua celebração. Realizado fora das normas canôni-

CURSO DE FILOSOFIA ÉTICA E ESTÉTICA PARA LEIGOS NO SEMINÁRIO cas, é entendido como nulo desde sua origem. Mas isto precisa ser provado por processo judicial canônico, tendo duas sentenças concordes para a declaração da nulidade. Não existe divórcio ou anulação de casamento na Igreja. Existe declaração de nulidade de casamento que foi nulo desde sua origem. Não basta realizar uma cerimônia para dizer que “Deus uniu”. Há condições para isto acontecer, tanto da parte dos noivos como também da Igreja. O nosso Plano Diocesano de Pastoral, olhando para as Redes de Comunidades, tem como grande objetivo atingir as famílias, dando a elas o apoio e as condições espirituais necessárias para que sejam verdadeiras “Igrejas Domésticas”. É a partir da família que podemos ter verdadeiras comunidades cristãs comprometidas. Dom Paulo Mendes Peixoto ............................................

Bispo Diocesano.

Editorial ..........................................................................

Novo ano, nova mentalidade, novas atitudes. Este é o primeiro número do DH de 2011, Iniciamos o ano. Ano novo, novas perspectivas. Sempre cremos que podemos fazer mais e melhor do que já fizemos. E Isso é verdadeiro, só sabemos até onde vão nossos limites quando os avançamos, superando-os. Neste número, muitas são as celebrações a serem feitas. Celebremos a vida que é dom de Deus, a caminhada que realizamos num período, as graças que recebemos com o aprendizado e as oportunidades de novos projetos. O ser humano é por natureza celebrativo e as celebrações são importantes para a manutenção da sociedade. Toda celebração tem um componente da tradição que reconcilia miticamente as pessoas de uma época consigo mesmas e com seus semelhantes, com os ciclos, com os elementos e com os demais seres existentes; também se caracteriza como um instrumento para fazer com que desejos individuais se transformem em opções coletivas que

abram espaço para projetos conjuntos de futuro. Celebrar contribui para reforçar laços. Nosso bispo dom Paulo completa 60 anos de nascimento e 5 de ordem episcopal em fevereiro, em março, 5 anos em nossa diocese. A comundiade celebra a partilha dessa caminhada, registrada aqui passo a passo. A jornada foi intensa e os resultados já podem ser percebidos e serem motivos de louvor. Dizem que o ano começa depois do carnaval, mas nesses dois meses do novo ano, a comunidade católica não descansou, nem a equipe do DH. Muitos projetos tiveram início, outros não pararam e já corrrem com força: como o trabalhoo dos coordenadores de pastoral; a preparação da CF 2011; cursos que foram preparados para começar em março; os projetos de Frei Francisco no Haiti, entre muitos outros. Um projeto que vais e realizar agora, a partir de março, é a Radio Comunitária Estação 104, que será

EXPEDIENTE O Jornal Diocese Hoje é editado pela Fundação Mater Ecclesiae. Fundador: Donizeti Della Latta Endereço: Avenida Constituição, 1372 - São José do Rio Preto - SP Presidente e Diretor Responsável: Dom Paulo Mendes Peixoto Vice-Presidente: Pe. José Irineu Vendrami Diretores: Pe. Cleomar Bessa da Silva, Pe. Otávio Berti Júnior e Pe. Valdecir Desidério Redação: Pe. José Irineu Vendrami e Pe. Jarbas Brandini Dutra Revisão: Maria Cristina Pascutti Fone: (17) 2136.8699 E-mail: allansanti@gmail.com * Os artigos publicados são de inteira responsabilidade de seus autores.

Distribuição gratuita Distribuido nas cidades de Adolfo, Altair, Alvares Florense, Américo de Campos, Bady Bassitt, Bálsamo, Buritama, Cedral, Cosmorama, Floreal, Gastão Vidigal, Guapiaçú, Ida Iolanda, Jaci, José Bonifácio, Lourdes, Macaubal, Magda, Mendonça, Mirassol, Mirassolândia, Monções, Monte Aprazível, Nhandeara, Nipoã, Nova Aliança, Nova Granada, Nova Luzitânia, Onda Verde, Orindiuva, Palestina, Parisi, Paulo de Faria, Planalto, Poloni, Pontes Gestal, Potirendaba, Riolândia, São José do Rio Preto, Sebastianópolis do Sul, Tanabi, Turiúba, Ubarana, Uchôa, União Paulista, Valentim Gentil, Votuporanga e Zacarias.

mais um veículo para garantir o direito à comunicação, trazer conhecimento sobre a realidade local e atuar sobre ela, terá condições de propiciar aos moradores o acesso à informação, cultura, educação, lazer e entretenimento. Também já está em processo e nos é apresentada a Campanha da Fraternidade de 2011. A primeira campanha foi lançada, pela CNBB, há 48 anos, sempre com o objetivo de despertar a solidariedade dos fiéis e da sociedade em relação a um problema concreto, buscando caminhos de solução. Este ano o cartaz traz como ilustração um rio poluído, uma indústria e a chaminé da fábrica, além de uma área verde com uma borboleta, o que significa que ainda há esperança. A criação geme em dores de parto, para que possa renascer segundo o plano de amor do Pai e por meio da nossa mudança de mentalidade e de atitudes. Boa leitura!

Todas as segundas-feiras, das 20 às 22 horas, a partir de 14 de março, será oferecido, no Seminário Diocesano, um Curso de Filosofia focando a Ética e a Estética. O curso se destina a todos os estudiosos de filosofia, arte e cultura de forma geral, da Ética e da Estética de todo pensamento Ocidental, envolvendo os aspectos éticos, estéticos, ontológicos, políticos, culturais e antropológicos. O objetivo do estudo de ética é abordar as questões entre ética e vida em suas várias expressões: profissional, afetiva, racional, biológica e biotecnológica. A discussão ética percorrerá a perspectiva histórica e filosófica, linhas da filosofia moral, valores e princípios éticos, âmbito da ética, natureza dos valores éticos, responsabilidade social e gestão ética. O objetivo do curso de Estética é estudar e esclarecer as teorias sobre o belo, o cômico e o grotesco, não só por meio das obras de arte e peças literárias citadas pelos filósofos, mas também entendê-las a partir da história e do gosto de cada momento. Para quem deseja conhecer história da arte e as obras famosas dos museus mais importantes. Os conceitos específicos nucleares serão: estética, experiência estética, teoria estética, gosto, juízo estético, útil, agradável, belo, horrível, sublime, arte, obra de arte, artista, espetáculo, criação artística. O curso é voltado para profissionais ou lideres comunitários, lideres de movimentos sociais e organizações da sociedade civil, atores sociais que reconhecem a importância da Filosofia para o exercício da cidadania e a busca de uma sociedade mais democrática; a amantes da sabedoria que buscam na Filosofia o conhecimento milenar sobre o ser humano e sobre o mundo. Oferece formação humana e filosófica para uma atuação diferenciada no mercado de trabalho e um entendimento dos problemas que afligem o ser humano em suas múltiplas dimensões; As inscrições poderão ser feitas Centro de Estudos Superiores Sagrado Coração de Jesus (Seminário), R. Presciliano Pinto, 1840 - Boa Vista, São José do Rio Preto, e pelos telefones 3231-1224 / 9143.6013, também pelo e-mail: cafephilosofico@ hotmail.com

NOVO BISPO DE CARATINGA FOI PROFESSOR DE DOM PAULO O Papa Bento XVI nomeou dom Emanuel Messias, atual bispo de Guanhães (MG), para a diocese de Caratinga (MG). A nomeação ocorreu após o Papa aceitar a renúncia de dom Hélio Gonçalves Heleno, atual bispo do município, em conformidade com o cânon 401§ 1 do Código de Direito Canônico (motivo de idade). Natural de Salinas (MG), dom Emanuel Messias foi ordenado bispo em 4 de abril de 1998, em Governador Valadares (MG), onde trabalhou até ser nomeado bispo de Guanhães. Estudou Filosofia em Mariana (MG) e Teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana em Roma, Itália. Além disso, é especialista nas Sagradas Escrituras, pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma. É responsável pela Dimensão Bíblico-catequética do Regional Leste 2 da CNBB (Espírito Santo e Minas Gerais).


SÃO JOSÉ DO RIO PRETO FEVEREIRO/2011

DIOCESE 82 ANOS

.......................................................................

3

150 anos

Pe. Landell de Moura, O inventor do rádio

Foram comemorados no dia 21 de janeiro os 150 anos de nascimento do padre e cientista brasileiro Roberto Landell de Moura, que inventou o rádio, em 1893. Ele também projetou a televisão, o teletipo e previu a utilização do laser e de fibras ópticas. E tudo isso muitos anos antes de essas invenções serem anunciadas ao mundo. Mas o padre Landell de Moura não teve apoio de autoridades brasileiras nem patrocinadores. Foi ignorado, incompreendido e até considerado “maluco”. Abandonou as experiências e morreu no ostracismo. Para o mundo, o inventor do rádio é o físico italiano Guglialmo Marconi, mas o padre Landell

Pe Landell de Moura

havia feito transmissão de voz humana oito anos antes. Até hoje, o nosso padre-cientista não é reconhecido pela História, mesmo tendo patenteado seus inventos no Brasil e nos Estados Unidos. Por mérito e por justiça, ele é o Pai das Telecomunicações e um dos maiores gênios inventivos da Hu-

manidade. Padre Landell de Moura nasceu em Porto Alegre em 21 de janeiro de 1861. Ordenou-se sacerdote em 1886. Trabalhou em paróquias de São Paulo, Santos e Campinas. Voltou a Porto Alegre, onde morreu a 30 de junho de 1928.

Paróquia Sta Terezinha inaugura Rádio dia 3 RADIO ESTAÇÃO 104 É INAUGURADA EM MARÇO A Estação 104,9 FM é a nova Rádio comunitária de Rio Preto, localizada nas dependências da Paróquia Santa Terezinha do Menino Jesus e com abrangência num raio de 1 km na direção da Boa vista, mas poderá ser sintonizada em toda zona norte da cidade. A comunidade da região poderá acompanhar a programação que será bem diversificada; a partir da seis da manhã, com a hora do Ângelus e a Bênção com o Pe. Cleomar; música sertaneja; jornalismo com notícias do bairro, da cidade, da região e do país, além de debates e entrevistas;

Torre de transmissão

Paróquia de Sta Terezinha na Boa Vista

programação direcionada às mulheres; dicas e notícias de esporte; músicas nacionais e internacionais, lançamentos e músicas para recordar. A emissora comunitária Estação 104,9, que teve a Rádio Interativa

Maurício Martins, técnico

como madrinha, estará nas mãos de Luis Antonio Feltrin, e contará com equipe técnica experiente. A inauguração será dia 03 de março, com missa celebrada pelo bispo diocesano Dom Paulo Men-

des Peixoto, às 20h na paróquia. O ouvinte terá mais um canal para divulgar utilidades públicas, ficar

Dom Paulo em entrevista na Rádio Interativa

informado, evangelizar-se e ter momentos de entretenimento. Embarque nessa onda!


4

DIOCESE 82 ANOS

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO FEVEREIRO/2011

......................................................................

Há um ano, a humanidade perdia Zilda Arns Com celebrações eucarísticas, paróquias prestaram, em janeiro, homenagens à pediatra e sanitarista Zilda Arns Neumann, fundadora da Pastoral da Criança, da Pastoral dos Idosos e protetora dos humildes e oprimidos. Ela morreu dia 13 de janeiro de 2010, no Haiti: foi uma das vítimas do forte terremoto que causou a morte de 312 mil haitianos. Em Cosmorama, o padre Carlos Eduardo Nascimento, da Paróquia Santo Antônio, anunciou: o prédio da nossa Pastoral da Criança, a ser construído este ano, receberá o nome de Zilda Arns. Ela havia sido convidada para coordenar a instalação da Pastoral da Criança no Haiti. Zilda Arns morreu aos 75 anos. Conhecida internacionalmente por sua ação no campo social, era considerada a versão brasileira de Teresa de Calcutá. Sua morte causou comoção nacional.

do seu irmão Dom Paulo Evaristo Arns para tocar um projeto da Igreja que reduzisse as altas taxas de mortalidade infantil do País. A partir daí, ela dedicou a vida a salvar crianças. A Pastoral da Criança nasceu em Florestópolis (Paraná), onde morriam 127 crianças para cada mil nascidas vivas. Depois de um ano, a pastoral derrubava o índice para 28 mortes. Inspirada na multiplicação de peixes e pães do Evangelho, a pastoral proliferou no Brasil. PROJETO DA IGREJA Hoje, mais de 270 mil Em setembro de 1983, voluntários orientam gestanZilda Arns atendeu pedido tes e tiram crianças de zero

a 6 anos da desnutrição, da pneumonia, da diarréia com o soro caseiro, controle da pesagem, lições de higiene e a multimistura( os ingredientes são fubá, farelo de arroz, farinha de trigo, folha de mandioca e gergelim, tudo misturado e torrado). Hoje, a pastoral acompanha o desenvolvimento de 1,9 milhão de crianças. Espalhada em mais de 4 mil municípios brasileiros, a pastoral é um organismo da CNBB. Utiliza infra-estrutura da Igreja (a Paróquia, as capelas, as comunidades). Enquanto a média nacional de mortes de menores de

1 ano é de 22 mil nascidos, nas comunidades beneficiadas pelo trabalho da pastoral esse índice cai para 12,4 mil nascidos. Reconhecida pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a Pastoral da Criança difundiu-se por 20 países americanos, africanos e asiáticos, entre os quais Argentina, Paraguai, Uruguai, Bolívia, Colômbia, Venezuela, México, Panamá, República Dominicana, Angola, Guiné-Bissau, Moçambique, Filipinas e Timor Leste. O próximo seria o Haiti. É o maior programa de atendimento a crianças do mundo.

NOBEL Zilda Arns, nasceu em Forquilhinha (Paraná). De seus 13 irmãos, cinco seguiram a vocação religiosa, sendo um deles Dom Paulo Evaristo Arns, arcebispo emérito de São Paulo. A pediatra começou sua carreira profissional em postos de saúde de Curitiba. Pelo seu trabalho comunitário, recebeu inúmeras homenagens no Brasil e no Exterior. Foi indicada para o Prêmio Nobel da Paz em 2001, 2002, 2003 e 2006. Desde 2006, dirigia a Pastoral Internacional da Criança.

Dia 27 de Fevereiro de 2011

Missa de abertura da Catequese Diocesana

Apelo para que todas as paróquias enviem catequistas para a abertura do Ano Catequético, no dia 27 de fevereiro, foi feito pelo padre Cleomar Bessa da Silva, coordenador diocesano de Pastoral. O tema central vai ser o novo modelo de catequese catecumenal, que busca uma catequese mais sistemática, mais organizada e permanente. “É importante formar jovens para catequese permanente, para que crianças e adolescentes que fazem a primeira comunhão e a crisma permaneçam na Igreja”, disse o padre Cleomar. Esse primeiro encontro dos catequistas, em 2011, acontecerá na Paróquia Sta Luzia/S. J. Rio Preto.

Primeira reunião dos padres coordenadores de região de 2011

Pe Luiz Vassalo

Pe Natalicio N. Santos

Pe Ezio Datres

Pe José C. Siqueira

Pe Luiz R. Morelli

REGIÃO DIOCESANA

Os novos coordenadores das 12 regiões diocesanas reuniram-se dia 15 de fevereiro no Bispado e um dos temas debatidos foi o do diaconato permanente. “Vamos valorizar essa vocação nova. E o trabalho dos diáconos é importante”, disse o padre Cleomar. Foi a primeira reunião dos novos coordenadores. Eles cumprirão mandato de três anos. “Todos os coordenadores estão entusiasmados, entrosados, motivados e com vontade de mostrar que vale a pena realizar esse trabalho de comunhão e missão”, acentuou o padre Cleomar. Em 2010, houve reunião com padres e leigos, mas este ano, no primeiro semestre, haverá encontros apenas com os padres; e no segundo semestre, só com os leigos.

Padre Cleomar anunciou que todas as Regiões Diocesanas serão visitadas “para tomarmos conhecimento das necessidades de cada paróquia”. DÍZIMO Está programado para o dia 27 de fevereiro, na Paróquia Santa Terezinha, encontro de formação de coordenadores da Pastoral do Dízimo. “Esperamos que, no futuro, possamos manter as paróquias com os dízimos. Assim, leigos e outras lideranças, hoje dedicando-se a tarefas de organização de festas, terão mais tempo para o trabalho de evangelização. Neste encontro, vamos definir metas de atuação para 2011”, revelou padre Cleomar.

Pe Alexandre F. Santos

Dom Paulo M. Peixoto

Pe Júlio C. S. Lazaro Pe Irineu Vendrame

Pe Rafael H. Costa

Pe Cleomar Bessa

Irmã Rosângela

Pe Barbas B. Dutra

Diácono Aristídes P. Santos

Pe Jamil Serafim de Paula

Pe Marcos A. de Oliveira

Pe Márcio Tadeu R. A. Camargo


SULÃO DA CATEQUESE 2011

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO FEVEREIRO/2011

DIOCESE 82 ANOS

Grande Evento

.......................................................................

5

No período de cinco anos, a Diocese de rio Preto organizou vários eventos com sucesso. Um deles aconteceu em julho de 2008. O tribunal Eclesiástico uniu mais de 300 autoridades, mais de 150 juízes, no lançamento do livro “Dom Paulo: operário de Deus, no Ipê Park Hotel. Outro evento foi a celebração dos 80 anos da Diocese, que aconteceu no Centro de Eventos, em 2009, quando mais de 10 mil pessoas se reuniram para comemorar. O próximo evento de grande porte será o Sulão da Catequese, que vai reunir catequistas, evangelizadores e autoridades de mais de quatro Estados. Os preparativos já estão mobilizando equipes da Diocese.

Celebração dos 80 anos da Diocese

JORNAL

CIRCULAÇÃO NACIONAL

FEVEREIRO DE 2011 - ANO 15 Nº 159 S. J. RIO PRETO/SP

O BISPO MISSIONÁRIO COMPLETA

06 e 07

Retrospectiva Presbiteral...........................

Dom Paulo, Dom Orani e Dom José

Dom Paulo Mendes Peixoto

Dom Paulo e o Papa Bento XVI

CINCO ANOS NA DIOCESE OS PAIS DE DOM PAULO, ALDIR E MARIA PEIXOTO, QUE JÁ LHE HAVIAM ABERTO A PORTA DA VOCAÇÃO, ACOMPANHAM E O APOIAM NESSA MISSÃO.

AÇÃO MISSIONÁRIA EM CEREJEIRAS Dom Paulo e Irmã Rosângela foram muito bem recebidos pelo povo de cerejeiras

pg. 08


Celebração no Beraká 2010

DOM PAULO MENDES PEIXOTO - O BISPO

...............................................................................................

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO FEVEREIRO DE 2011

DIOCESE 82 ANOS

Dom Paulo Mendes Peixoto completa no dia 25 de março, cinco anos na direção da Diocese de São José do Rio Preto. Simples, humilde, culto, de decisões e atitudes firmes e sensatas, revelou-se um bispo missionário pelo seu trabalho apostólico e evangelizador. Já fez celebrações em todas as 94 paróquias da diocese e realizou 56 visitas pastorais ( permanência de três dias em cada paróquia). Ordenou 15 novos sacerdotes e 17 diáconos permanentes. Criou 9 paróquias. Trabalha pela criação da Diocese de Votuporanga, que abrangeria 25 municípios e 28 paróquias (a Diocese de São José do Rio Preto cederia 27 paróquias e a de Jales, uma paróquia). O processo e o pedido de criação da nova Diocese já foram encaminhados ao Núncio Apostólico, Dom Lorenzo Baldisseri. Pela sua ação catequética, Dom Paulo foi escolhido pelos bispos paulistas para coordenar a catequese no Estado de São Paulo. O seu trabalho repercutiu em outros Estados: este ano, em agosto, São José do Rio Preto vai sediar o Sulão da Catequese, que reunirá catequistas de cinco Estados (São Paulo e Estados sulinos). “Estamos, agora, negociando com a PUC de Goiânia a possibilidade de um curso de Pós-Graduação em Catequese em São José do Rio Preto”, disse Dom Paulo. Reativou o Site da Diocese e o jornal Diocese Hoje. Instalou a Rádio Interativa, organizou a Casa da Comunicação.

transmitidas por emissoras de rádio. Na Rede Vida de Televisão, tem um programa – Palavra do Bispo, às terças e quintas-feiras. Escreve artigos para jornais, revistas e outras publicações. As 94 paróquias foram agrupadas em 12 regiões para “facilitar o trabalho pastoral”, explica Dom Paulo. De 14 a 19 de julho de 2009, realizou-se em São José do Rio Preto o XXIII Encontro da Sociedade Brasileira de Canonistas. Foi a primeira vez que uma cidade do interior brasileiro sediava este Encontro. Era uma homenagem ao trabalho de Dom Paulo como canonista. No Seminário Diocesano, o nosso bispo reiniciou o Curso de Teologia para Leigos, reformou a capela do Seminário e adquiriu uma casa, que foi ampliada, para funcionamento do Seminário Propedêutico. Com os demais bispos da região Sul-1, Dom Paulo fez visita ad limina ao Vaticano em novembro de 2009. Permaneceu em Roma durante 20 dias, participando de reuniões; esteve nas várias secretarias do Vaticano. E, no dia 23, às 11h45, aconteceu o encontro pessoal com Santo Padre Bento XVI, no qual relatou a “caminhada geral” da nossa Diocese. Em fevereiro de 2009, a Diocese assumiu a Paróquia Cristo Salvador, em Cerejeiras (Rondônia), pertencente à diocese de Guajará-Mirim. “É um projeto missionário, de ajuda às Igrejas Particulares de

de reuniões que tratam da Catequese, das pastorais da CNBB Sul-1, do Inbrac (Instituto Brasileiro de Comunicação Cristã, mantenedora da Rede Vida de Televisão). Na Diocese, são reuniões com os coordenadores regionais diocesanos, do Conselho Pastoral Diocesano, do Colégio de Consultores, do Conselho Presbiterial, do Conselho Econômico, das Pastorais. Funciona na Diocese o Conselho de Ação Social, formado pela Pastoral Fé e Política, pelo Conselho de Leigos, pela Comissão Justiça e Paz e pelas Pastorais Sociais. Um dos trabalhos é o combate à corrupção eleitoral e aplicação da lei da Ficha Limpa. Organiza-se, agora, o Curso de Fé e Política. Dentro do Conselho é feito, também, o trabalho da Campanha da Fraternidade. “Nessa caminhada de cinco anos, muita coisa aconteceu na Diocese. Temos uma equipe de pastoral atuante, com reuniões frequentes. A Cáritas Diocesana tem realizado um grande trabalho na periferia da cidade, com projetos sociais muito importantes, sendo referência na região”, disse Dom Paulo. Em dezembro, o nosso bispo reúne-se com padres, seminaristas, religiosos e funcionários do Bispo, em datas diferentes. “São momentos de confraternização. Um agradecimento pelo trabalho que todos eles realizam na Diocese, nas Paróquias e pelo zelo paroquial de cada um”, explicou Dom Paulo. Hoje, atuam na Dio-

Dom Paulo já realizou 17 mil crismas

MISSIONÁRIO COMPLETA CINCO ANOS NA DIOCESE

DIOCESE 82 ANOS

Eleiçoes 2010, Dom Paulo votando em Rio Preto

4, 5

6 SÃO JOSÉ DO RIO PRETO FEVEREIRO/2011

......................................................................


menos recursos em termos de sacerdotes”, disse, na ocasião, Dom Paulo. O nosso bispo, em São Paulo, participa

Reunião do CPD – Santa Terezinha

Última reunião dos coordenadores de Região 2010

Visita Pastoral em Tanabi

1 ª Visital Pastoral: Riolândia

DIOCESE 82 ANOS

Edição especial de 80 anos da Diocese

Fotos: Della Latta e arquivos

cese mais de 100 sacerdotes, centenas de religiosos e leigos.

Mais de 5 mil catequizandos de toda Diocese participaram do Crisma Fest realizado em 2010 no Colégio Santo André

Incentivou a instalação da Rádio Comunitária na Paróquia Santa Terezinha. Gravou 1300 palestras catequéticas, que são

.......................................................................

Santa Terezinha: celebração do 50° aniversário

Recebendo o livro Operário de Deus

Encontro em Guapiaçú

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO FEVEREIRO/2011

7


DIOCESE 82 ANOS

8

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO FEVEREIRO/2011

......................................................................

Dom Paulo Mendes Peixoto em Visita Pastoral..............

VIGOR MISSIONÁRIO DA DIOCESE EM CEREJEIRAS A caminhada da Paróquia de Cerejeiras (Rondônia) tem sido muito positiva, a comunidade está aquecida, a presença dos dois padres-missionários da nossa diocese naquela região está sendo muito significativa. É avaliação do bispo Dom Paulo Mendes Peixoto, que visitou – junto com a irmã Rosângela – a Paróquia de Cerejeiras, que pertence à Diocese de Guajará-Mirim. A visita aconteceu no início de fevereiro; a permanência foi de uma semana. “Visitamos a maioria das 45 comunidades e tivemos encontro com quase todas as lideranças da Paróquia”, revelou Dom Paulo, que ainda fez várias celebrações e, durante missa dominical, crismou 125 crianças. Mas, a chegada de Dom Paulo a Cerejeiras causou certa apreensão. “Os paroquianos achavam que estávamos lá para buscar os nossos padres Adão Reis e Pe Edivaldo R. Calazans. Deixei bem claro que estávamos lá para conhecer a Paróquia, fazer avaliação e para pensar no futuro. Estamos sustentando essa missão em Cerejeiras há dois anos e temos ainda mais quatro anos pelo contrato assinado com a Diocese de Guajará-Mirim. Pode ser que renovemos esse contrato”, disse Dom Paulo. O nosso bispo conversou com o bispo de Guajará-Mirim, Dom Geraldo Verdier.

Comunidades de Cerejeiras

Missa de crismas em Cerejeiras

“Ele (Dom Geraldo) está muito feliz com a presença dos nossos padres. Percebi que dois padres são poucos para a Paróquia de Cerejeiras”, revelou Dom Paulo. Essa paróquia fica a cerca de mil quilômetros da Diocese de Guajará-Mirim. Cerejeiras tem 16 mil habitantes, a maioria deles vindo do Rio Grande do Sul, Paraná, Minas Gerais e São Paulo. A base econômica é a cultura de soja, mas a cana está se expandindo. Tem boa infraestrutura urbana. IGREJAS-IRMÃS Na administração Dom Orani Tempesta, a Diocese de São José do Rio Preto enviou para a

Diocese de Guajará-Mirim, como missionário, o padre Pedro Silva, que foi atuar na Paróquia Nova Mamoré. Meses depois de assumir a Diocese, Dom Paulo esteve em Nova Mamoré. “Fiquei por lá quatro dias. Fizemos celebrações em diversas comunidades. O padre Pedro Silva queria voltar,mas a Diocese de Guajará-Mirim insistia para que ele continuasse seu trabalho”, conta Dom Paulo. Então, o padre Pedro Silva disse que continuaria lá se um outro padre viesse para ficar com ele. “Voltei para a nossa Diocese. Alguns padres se apresentaram para essa experiência missionária em Guajará-Mirim. O padre Adão, que estava querendo ir para a

África, aceitou ir para Rondônia. Dom Geraldo Verdier pediu-lhes que assumissem a Paróquia de Cerejeiras, que havia ficado sem padres. E os dois foram para Cerejeiras. Eles conseguiram levantar a Paróquia. O padre Silva teve que sair porque foi chamado para acompanhar a Pastoral da Juventude no Regional Noroeste e está morando em Guajará-Mirim. Para substituir o padre Silva, foi para Cerejeira o padre Calazans. Percebemos, nesta recente visita, que os padres Adão e Calazans estão bem entrosados e a comunidade de Cerejeiras está vibrando com o trabalho deles” revelou Dom Paulo.


SÃO JOSÉ DO RIO PRETO FEVEREIRO/2011

DIOCESE 82 ANOS

.......................................................................

9

NOTICIAS DE INTERESSE DA COMUNIDADE

Assembléia Regional do CNL Em Araras-SP, nos dias 1 18,19, e 20 de fevereiro, com a presença de Kenan, bispo responsáveis pelos Leigos junto ao Reginal Sul- 1, reúne-se em Assembléia o Conselho Regional de Leigos e Leigas do Estado de São Paulo para tratar do VI Congresso Nacional, que acontecerá vinte participantes, o evento em 2012.Organizando a con- seguiu o método Ver, Julgar e vivência dos mais de cento e Agir. Foi marcante a presen-

2

3

ça da juventude e dos movimentos constitídos, na sua grande maioria, de leigos.

Foto: nº 1 - Bispo dos Leigos junto ao Regional Sul-1 Fotos: nº 2 e nº 3 - Assembléia onde reuniu RP-1 e RP-2 para decidirem os delegados que irão ao Rio de Janeiro em 2012

Escola de Fé e Política e Cidadania “ Paulo Apóstolo“ Na próxima terça feira, primeiro de março, às 20h, no Salão Paroquial de Pastoral da Redentora, haverá a Aula inaugural da Escola de Fé, Política e Cidadania com presença de Dom Paulo, nosso bispo diocesano. Assim se realiza uma das diretrizes da CNBB Nacional e um sonho de Dom Paulo ao criar o Conselho Diocesano de Ação Social. A Escola quinze em quinze dias, das fez inscrição poderá fazêterá aula as terças-feiras, de 20h às 22h. Quem ainda não -lo no dia da Aula inaugural.

Dom Paulo Mendes Peixoto, nosso Bispo Diocesano participara da aula inaugural no Salão Paroquial de Pastoral da Redentora

CF 2011 :FRATERNIDADE E VIDA NO PLANETA Tendo o lema- a mística – A criação geme em dores de parto( Rm 8, 22), depois da abertura feita pelo Papa, a Diocese de São José do Rio Preto fará acontecer este evento, presidido por Dom Paulo, nosso bispo diocesano, nas dependência da Suwiftt. A partir das 8h do próximo dia 9 de março –Quarta de Cinzas – os membros do Conselho Diocesano de Ação Social estarão acolhendo com um cafezinho os participantes desta celebração. A.CF 2011 com parceria das Secretarias do Meio Ambiente, da Educação, da Cultura e dos Transportes, além do apoio da Ong Pela

Dia Internacional da Mulher A Diocese de São José do Rio Preto celebrará o Dia Internacional da Mulher – que o calendário marca no dia 8 d março – com a missa das 10h do dia 6, domingo, na Paróquia da Redentora. Nesta ocasião serão homenageadas as mulheres de São Jose do Rio Preto. Todas e todos estão convidados para o evento. Defesa do Rio Turvo e do Rio Preto. O inicio das atividades se dará junto à represa municipal e terá sua segunda parte – Missa e imposição das Cinzas – na Sala da Torre. Pedimos aos senhores padres e diáconos que tragam suas estolas roxas.

Parceiros da Campanha da Freternidade 2011: Fraternidade e Vida no Planeta

CF 2011 TEMA: FRATERNIDADE E VIDA NO PLANETA

DIOCESE CONVOCA FIÉIS PARA CELEBRAÇÃO DAS CINZAS NA SWIFFT

9 DE MARÇO QUARTA- FEIRA DE CINZAS 8h Lema: A criação geme em dores de parto (R M 8,22).


10

DIOCESE 82 ANOS

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO FEVEREIRO/2011

......................................................................

DOM PAULO ORDENA MAIS 5 DIÁCONOS

Sexta-feira, 25 de fevereiro, acontece na Sé Catedral a Ordenação Diaconal de cinco seminaristas da Diocese de São José do Rio Preto. Dom Paulo Mendes Peixoto presidirá a Celebração a partir das 20 horas. O diaconato, primeiro grau do sacramento da Ordem, é mais uma etapa para aqueles que, no futuro (uma vez ordenados padres; passo seguinte à Ordenação Diaconal) terão o “direito” de ouvir confissões e celebrar Missas, entre outras atribuições. “O padre precisa levar o povo a um encontro com Jesus Cristo. Isso passará pelo exemplo que darei”, projeta o seminarista Diego Rodrigues Lopes, 26, natural de São Paulo. Além dele, Rafael Henrique dos Santos, 25, nascido em Macaubal; Luis Antonio Giovanelli Nascimento, 25 anos, de Tanabi; Sérgio Gomes Machado, 41, de Maringá (PR) e Silvio Donizete Delfino, 39 anos, natural de Cosmorama, também estão concluindo seus estudos no Seminário Maior Sagrado Coração de Jesus, em Rio Preto. “Para vivenciar com retidão o serviço diaconal na Igreja e a radicalidade do amor a Deus é necessário que se tenha um coração aberto”, disse Sérgio. RENÚNCIA Rafael, Diego e Luis Antônio são os mais jovens da turma que será ordenada. Os três passaram a maior parte

Diego

Luis Antônio

Silvio

Rafael

Sérgio Ensaio dos Diáconos na Catedral em 24/02

Dom Paulo em Monte Aprazível ordenando Frei João

da adolescência se preparando para este momento. Agora, às vésperas de assumir a nova missão, eles não se arrependem. “Renúncia nunca é perca. É sempre uma troca. Damos a nossa vida a Deus e Ele dá a vida de muitos para nós”, partilhou Luis Antônio. “Sem dúvida todo o esforço feito nesses anos de encontro vocacionais, ingresso no seminário e a conclusão desse período de oito anos estão me mostrando o quando vale renunciar ao mundo e optar por Jesus”, completou Rafael Henrique. VOCAÇÃO Silvio Delfino e Sérgio Machado, respectivamente com 39 e 41 anos, destacam que o despertar da vocação é uma “bênção que brota

do Pai”. “Tinha apenas dezesseis anos quando senti o chamado de Deus, através do clamor do povo, que queria sacerdotes para suas comunidades. Fui responder a este chamado com 31 anos, após ter cuidado de meus pais”, disse Silvio. BISPO CELEBRA ANIVERSÁRIO NA SEXTA

Dia marca, também, data da Ordenação Episcopal. Dom Paulo Mendes Peixoto, que presidirá a Missa de Ordenação Diaconal, comemora seu 60º aniversário na sexta, dia 25 de fevereiro. A data destaca, também, as comemorações pelos cinco anos de Ordenação Episcopal do bispo de São José do Rio Preto.

FAMÍLIA Filho de Aldir e Maria, Paulo Mendes Peixoto nasceu em 25 de Fevereiro de 1951, em Imbé de Minas, MG. A família, composta por 12 irmãos, conta com outra vocação: Ir. Cassilda também consagrou sua vida ao serviço da Igreja. CAMINHADA VOCACIONAL Ordenado Presbítero em 1979, Paulo Mendes Peixoto foi nomeado Bispo em 7 de Dezembro de 2005. Sua Ordenação Episcopal aconteceu em 25 de fevereiro de 2006 e a posse, em São José do Rio Preto, se deu em 25 de Março de 2006. “Para o serviço à vida” foi o lema escolhido por ele para o exercício do ministério.

DADOS DIOCESANOS Dom Paulo Mendes Peixoto é o líder espiritual de aproximadamente um milhão de católicos espalhados em 50 Municípios da Região de São José do Rio Preto. São 94 Paróquias e mais de 300 Capelas divididas em 12 Regiões Pastorais. 125 Padres trabalham na Diocese. SERVIÇO Missa de Ordenação Diaconal e em ação de graças pelo aniversário natalício de Dom Paulo Mendes Peixoto Sexta-feira, 25 de Fevereiro de 2011 20h - Sé Catedral de São José Praça Rui Barbosa, S\Nº Centro - São José do Rio Preto (SP) André Botelho Assessoria de Comunicação

CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM LITURGIA NA CAPITAL

Maria Lúcia Cezário de Castro da Paróquia Imaculada Conceição do parque Estoril, participou do curso de Atualização em Liturgia e diz: “A liturgia é o ponto culminante de nossa vida espiritual. É na celebração da liturgia que está a fonte da missão e nela experimentamos e nos comprometemos de seguir Jesus Cristo para construção do Reino de Deus.”

Nos dias 4 a 28 de janeiro de 2011, aconteceu na Lareira São José, em São Paulo, a 1ª etapa do Curso de Atualização em Liturgia, organizado e coordenado pelo Centro de Liturgia D. Clemente Isnard, em parceria aca-

dêmica com o Instituto Teológico Pio XI. Participaram 27 pessoas provindas de diversos estados do Brasil. Eram 7 leigas/os, 9 religiosas/os, 9 padres e 2 seminaristas. O Centro de liturgia é

formado por uma equipe de liturgistas que desde 1985 vem contribuindo com a formação litúrgica no Brasil, através dos cursos: Atualização, Especialização, Semanas de Liturgia e também publicações. O Centro de Liturgia formou-se para assessorar os cursos de liturgia da Faculdade de Teologia N.S. da Assunção e prestar outros serviços no campo da liturgia na igreja do Brasil. Desde sua formação o Centro fazia parte da Faculdade de Teologia N.S. da Assunção, em São Paulo. A marca da formação litúrgica proposta pelo Centro de Liturgia é “construção de um saber na partilha e na busca de caminhos para a liturgia no Brasil, à luz da re-

novação proposta pelo Concilio Vaticano II”. Temos como referência também o que a Igreja tem produzido, em particular na América Latina e mais especificamente, aqui no Brasil. O curso de atualização em liturgia é realizado em duas etapas. Na primeira etapa do curso de atualização aprofundaremos os conteúdos centrais da teologia litúrgica. A segunda etapa busca dar elementos teológico-pastorais, abordando os sacramentos e sacramentais, em vista de um agir litúrgico renovado. Para atingir estes objetivos assumimos: • Um método participativo (conhecimento em mutirão); • A técnica da “observação participante” que é

um grande instrumental para um conhecimento mais profundo da realidade litúrgica; • Utilizamos também o método de laboratório litúrgico e vivências que integra a teologia e prática litúrgicas. • Faz parte do método também o processo de preparar, realizar e avaliar as celebrações litúrgicas que acontecem durante o curso. Em janeiro de 2012, de 4 a 28, acontecerá a segunda etapa. As pessoas que já fizeram a 1ª etapa e por algum motivo não puderam participar da segunda, podem entrar em contato com Ir. Veronice Fernandes, por meio do e-mail: atualizacaoemliturgia@hotmail.com Você será bem-vindo(a).


SÃO JOSÉ DO RIO PRETO FEVEREIRO/2011

DIOCESE 82 ANOS

.......................................................................

Notícias da PASCOM

DIOCESE COMEMORA 82 ANOS COM MISSA NA CATEDRAL EM RP

Em Missa celebrada na Catedral de São José, dia 24 de janeiro, a Diocese de São José do Rio Preto comemorou seu 82º aniversário de fundação com a abertura do “Tempo da Eucaristia”. A nova proposta pastoral está em sintonia com o Plano Diocesano e prevê, para os próximos dois anos, uma série de ações de formação e eventos regionais para destacar o Sacramento. “Estamos, agora, elaborando um subsídio para reflexão e aprofundamento da Eucaristia como fonte da missão. Vamos pensar em momentos celebrativos para as Comunidades; com destaque para Corpus Christi e a Quinta-feira Santa. A criatividade de cada grupo vai ampliar as realizações que serão feitas na Diocese”, adiantou a secretaria de pastoral, Ir. Rosângela Fontoura. Lideranças leigas e religiosas, representando as 94 Paróquias que compõe a Diocese aprovaram a idéia. “Eu acredito que é um tempo de renovação das nossas Comunidades, das nossas lideranças e de nós mesmos, padres, na unidade; num só corpo, numa só alma, em um só espírito, reforçando toda a graça que nos é dada no Cristo Eucarístico”, disse o Pe. Marcos Antônio de Oliveira, da Paróquia São João Batista, da cidade de Nhandeara. “Este tempo vai resgatar a importância da Eucaristia nas nossas vidas. Esse sentido muitas vezes se perde nas correrias do dia a dia”, partilha a diocesana Rosângela Estravini Alcântara. A CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA Presidida pelo bispo de São José do Rio Preto, dom Paulo Mendes Peixoto, foi marcada, também, pelo resgate histórico da caminhada da Diocese. A atuação dos

próximos dias 29 e 30 de janeiro. “IDE POR TODO O MUNDO” (Mc 16, 15) A Missa pelo aniversário da Diocese, bem como a abertura do “Tempo da Eucaristia”, puderam ser acompanhadas – ao vivo – pelas rádios Interativa (da Diocese) e Canção Nova. A novidade foi a transmissão do evento – em tempo real – pelo site do Bispado de São José do Rio Preto. “Nós sabemos que a Internet tem um alcance mundial. A nossa intenção, para este ‘Tempo da Eucaristia’, é - nos próximos dois anos – transmitir as celebrações com este tema”, adiantou a coordenadora do site da Diocese, Maria Ângela Aredes Alves Ferreira.

primeiros bispos, as Santas Missões Populares, o trabalho Missionário na Igreja de Guajará-Mirim, os estudos e eventos regionais mereceram destaque. “O caminho teve as características do seu tempo. Temos que considerar o presente; precisamos de uma Pastoral aberta à missão. Se nós negamos o jeito de ser da ENVIO MISSIONÁRIO Igreja, nós estamos negando Antes da bênção final, a ação do Espírito Santo”, dom Paulo Mendes Peixoafirmou o bispo diocesano. to fez o envio de velas para as 12 Regiões Pastorais que EM SINTONIA COM compõem a Diocese de São A IGREJA DO BRASIL José do Rio Preto. O símboDom Paulo aproveitou lo, que percorrerá as Paróo encontro para incentivar quias, destaca o tema para a a participação das Comuni- caminhada que passa a ser dades na campanha em prol feita: “Eucaristia, Fonte da das vítimas das enchentes no missão”. “Toda a programaSudeste. Além dos valores ção nos ajudará a viver com arrecadados durante a Mis- maior intensidade este Sasa, serão destinados à Cari- cramento tão Vivo da nossa tas Brasileira o resultado das Igreja”, concluiu o bispo diocoletas das Celebrações dos cesano.

11

PAPA ENVIA MENSAGEM NO DIA MUNDIAL DAS COMUNICAÇÕES

Com a promulgação do decreto conciliar Inter Mirífica, em 1963, onde se discutiu pela 1ª. vez sobre comunicação social, foi implantado o Dia Mundial da Comunicação Social, na Igreja Católica. A escolha caiu sobre o dia da Ascensão do Senhor, uma semana antes de Pentecostes. A cada ano, temos a oportunidade de refletir e aprofundar o assunto comunicação, tendo como fio condutor a mensagem divulgada pelo Papa, no dia de S. Francisco de Sales, padroeiro dos jornalistas, em 24 de janeiro. Abordando sempre um tema bem atual da época, S.Santidade exorta a Igreja a avaliar a comunicação como um todo: o uso dos meios de comunicação, o conteúdo das mensagens, o público-alvo, e tudo mais que se relaciona com o processo comunicacional, ou seja, a ética, a cultura, os caminhos da sociedade, o conhecimento humano, etc.

Para este ano de 2011, o Papa Bento XVI lançou como tema: “ Verdade, anúncio e autenticidade de vida, na era digital”. Nessa mensagem, Bento XVI chama a atenção para a responsabilidade que o cristão tem ao utilizar a difusão da comunicação através da rede de internet. É preciso tomar consciência de que as novas tecnologias estão operando uma profunda transformação no campo das comunicações, na cultura e até socialmente. É uma nova maneira de aprender, pensar e se relacionar com o mundo. Isso supõe uma coerência de vida, de verdade e autenticidade no próprio agir como cristãos, questionando-se sempre sobre sua missão evangelizadora diante desta realidade digital. Esta tensão espiritual, própria do ser humano, está por trás da busca de verdade e comunhão, e estimula a comunicar com integridade e honestidade.

Textos e fotos: André Botelho, Ariuce Schiavon, Márcia Lima

CF 2011 TEMA: FRATERNIDADE E VIDA NO PLANETA

DIOCESE CONVOCA FIÉIS PARA CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA DAS CINZAS NA SWIFTT. 9 DE MARÇO

QUARTA- FEIRA DE CINZAS 8h

Lema: A criação geme em dores de parto (R M 8,22).


12

DIOCESE 82 ANOS

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO FEVEREIRO/2011

......................................................................

A 22ª Festa do Milho espera por você! Associação e Fraternidade Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus iniciam missão no Haiti Onde houver desespero, que eu leve a esperança. Com este ideal, a Associação e Fraternidade Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus iniciam a missão no Haiti, país mais pobre das Américas, que foi devastado por um terremoto em janeiro de 2010. A Associação e Fraternidade vão administrar um hospital para socorrer as vítimas do cólera, doença que já matou mais de 8 mil haitianos. O hospital será coordenado pelos frades Gabriel Martins Alves e Davi Pinheiro do Rosário, formados em enfermagem, e pelo auxiliar administrativo Heverton Ribeiro das Chagas. Eles embarcaram para Porto Príncipe, capital do Haiti, no dia 21 de fevereiro, ao lado de Frei Francisco Belotti, fundador da Associação e guardião geral da Fraternidade. Esta é a segunda vez que Frei Francisco viaja ao Haiti. Em setembro de 2009, o religioso foi conhecer de perto a realidade do País e estabeleceu contato com congregações religiosas e organizações dispostas a ajudar a implantação de um trabalho na área da saúde. HAITI: Ambulatórios Os freis vão iniciar um trabalho ambulatorial na área da cidade que apresentar maior necessidade. Os atendimentos serão realizados em uma casa disponibilizada pela Conferência dos Religiosos do Haiti, parceiros da

Gabriel M. Alves, Davi P. do Rosário e Heverton R. das Chagas

Associação nesta missão, até que um novo hospital seja construído com apoio de organizações internacionais. O primeiro objetivo do ambulatório é socorrer as vítimas do cólera, doença que já matou mais de 8 mil haitianos. Os atendimentos serão realizados em uma casa disponibilizada pela Conferência dos Religiosos do Haiti, parceiros da Associação nesta missão, até que um novo hospital seja construído com apoio de organizações internacionais. Vamos conhecer as regiões da cidade e alguns possíveis locais para começar o trabalho. Onde houver a maior necessidade, instalaremos o hospital. Os atendimentos serão realizados por médicos e residentes da Faculdade de Medicina Unoeste, de Presidente Prudente, parceira da missão. Os profissionais vão até lá não apenas para socorrer os doentes, mas também para capacitar a população. Temos, por exemplo, um médico especialista em partos

normais, que vai capacitar as parteiras haitianas, afirma Frei Francisco. Na segunda fase do projeto, está prevista a instalação de um pronto-socorro. Vamos caminhando em pequenos passos, ajudando onde houver necessidade, até que o hospital seja construído. Não podemos ficar apenas planejando, esperando. O Haiti precisa de ajuda agora. A missão tem o apoio do Governo do Estado de São Paulo, da Unoeste, da Cáritas Brasileira, do Ministério das Relações Exteriores e da Conferência dos Religiosos do Haiti. A Associação e Fraternidade também vai desenvolver campanhas junto à população brasileira para angariar fundos. Não basta apenas ter médicos e remédios. A pessoa doente vai ao hospital, é medicada e liberada. Mas quando ela chega em casa, não tem sequer um pão para comer. Então ela adoece de novo. A primeira missão internacional da Associação e

Fraternidade será dedicada a Madre Teresa de Calcutá, religiosa que fundou a congregação Missionárias da Caridade e dedicou sua vida aos moradores das favelas da Índia. Já o hospital aberto pela Associação em Porto Príncipe será dedicado à médica e humanista Zilda Arns, fundadora da Pastoral da Criança, que morreu durante o terremoto. FESTA DO MILHO Conhecida como a Festa que alimenta o corpo e a alma, a 22ª Festa do Milho Verde de Jaci tem um propósito ainda mais especial este ano: além de ajudar a manter as 44 obras sociais da Associação e Fraternidade, parte da renda arrecadada com a venda dos quitutes de milho será destinada à implantação do hospital no Haiti. A festa acontece nos dias 13 e 20 de março de 2011, a partir das 9 horas, no Parque do Milho de Jaci. Mais de 15 pratos a base de milho serão vendidos durante o evento. As novidades deste ano são o

croquete de milho e a barraca de almoço de costela com milho. Além das delícias culinárias, os visitantes podem desfrutar de um momento agradável de lazer com a família. Há passeios a cavalo, charrete, trenzinho e muitas outras opções de diversão. Não há venda de bebidas alcoólicas. EXPOSIÇÃO Uma exposição com fotos do Haiti será montada na 22ª Festa do Milho Verde, que acontece nos dias 13 e 20 de março. As fotos são do promotor de Justiça André Felício, de Presidente Prudente, que acompanhou Frei Francisco em sua primeira viagem a Porto Príncipe, em setembro de 2010. Atualmente, a exposição está montada em um shopping de Presidente Prudente. Ao passar pela exposição, os interessados em saber mais a respeito da missão no Haiti e que desejarem ajudar de alguma forma esse novo desafio poderão preencher um cadastro.

ÚLTIMAS NOTICIAS FEVEREIRO 2011 ORDENAÇÃO - Foto 01 O diácono da Ordem Franciscana, Frei João Boga, o terceiro de quatro filhos do senhor João Garcia Boga e Dona Lara Martinez, foi ordenado na paróquia do Senhor Bom Jesus e São Sebastião, em Monte Aprazível, dia 18 de fevereiro de 2011, `as 20h, pelo bispo Dom Frei Irineu Andreassa – OFM da cidade de Lages-SC. Nosso bispo Dom Paulo Mendes Peixoto, que fazia visita pastoral na cidade de Votuporanga, participou da cerimônia. A paróquia ficou lotada. Muitos assistiram a cerimônia de pé, pois não havia mais lugares nos bancos da Igreja. O evento foi transmitido, ao vivo, pela internet, jornal ”Diocese Hoje”, do Sistema de Comunicação da Diocese de São José do Rio Preto. Dom Paulo ordena mais 5 diáconos A nossa Diocese ordena mais cinco diáconos que trabalham em movimentos pastorais, participam de celebrações do batismo, do matrimônio, das exéquias e de inúmeras outras ações. Eles estão a serviço da Igreja.

3

3 2

1 A ordenação dos novos diáconos ocorreu dia 25 de fevereiro, às 20h, na Catedral, em cerimônia presidida por Dom Paulo Mendes Peixoto. O nosso bispo já ordenou em cinco anos de episcopado, 20 diáconos. Detalhes dessa matéria na pagina 10. CATEQUESE - Foto 02

Missa de abertura do Ano Catequético - 2011 Foi realizado o primeiro encontro de catequistas, seguido de missa. O tema central do encontro foi: “O novo modelo de catequese catecumenal”. Irmã Rosangela organizou, o Padre Rogério Correa foi o palestrante e nosso bispo diocesa-

no Dom Paulo Mendes Peixoto celebrou a missa de encerramento. O evento aconteceu na paróquia de Santa Luzia em São Jose do Rio Preto, onde se reuniram cerca de 800 pessoas. DIZIMO - Foto 03 Na paróquia de Santa Terezinha, aconteceu no dia 27, o

encontro do dizimo. O Padre Irineu Vendrami celebrou a missa por volta de 9h e, em seguida, o Diácono José Mauricio proferiu palestra sobre o novo sistema que a diocese vai se utilizar para implantação do dizimo.

DH_Fevereiro_2011 sexta  

DIOCESE INAUGURA MAIS UM VEÍCULO DE COMUNICAÇÃO Lema: A criação geme em dores de parto (R M 8,22). VOCÊ SABE QUEM INVENTOU O RÁDIO, TV E A F...