Page 1

Guia do Associativismo 1ª Edição Maio 2016


“Solidários, seremos união. Separados uns dos outros seremos pontos de vista. Juntos, alcançaremos a realização de nossos propósitos.” (Bezerra de Menezes)

[2]


Índice Mensagem: Associativismo e Cidadania...…………………………6 Absoluta & Fantástica..................................................................... 8 APPACDM- Associação Portuguesa e Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental............................................................................ 9 Associação de Basquetebol de Viseu ............................................. 12 Associação Bora Lá Viseu .............................................................. 13 Associação Cultural e Desportiva Veteranos de Viseu .................. 14 Associação dos Deficientes das Forças Armadas .......................... 16 Associação Grão Vasco .................................................................. 18 Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Viseu ......20 Associação de Solidariedade Social Cultural e Recreativa de Gumirães ........................................................................................ 21 Associação de Solidariedade Social dos Professores .....................22 Associação dos Voluntários do Hospital de S. Teotónio de Viseu 24 Balsa Nova - Associação Social, Cultural, Desportiva e Recreativa ........................................................................................................26 Beira Amiga Associação de defesa do consumidor .......................27 Cavalhadas de Vildemoinhos .........................................................30

[3]


Confraria de Santo António de Viseu .............................................32 EAPN Portugal ..............................................................................33 Enérgica - Associação Juvenil de Viseu .........................................35 Frapviseu-Federação Regional das Associações de Pais de Viseu 36 Gicav - Grupo de Intervenção e Criatividade Artística de Viseu ...38 Giro HC - Grupo de Influência Repensar Opções - Hidratos de Carbono ..........................................................................................39 Grupo Desportivo "Os Ribeirinhos" ............................................. 41 Grusévis Grupo Sócio Cultural Seniores de Viseu .........................43 Ideias Solidárias - Associação de solidariedade social ..................45 Instituto Liberal de Instrução e Recreio ........................................47 Orfeão de Viseu ..............................................................................48 Saúde em Português - Delegação Regional do Centro ..................50 UFASV -União de Familiares e Amigos do Surdo de Viseu ..........52 Universidade Sénior de Rotary de Viseu........................................54

[4]


mais prรณxima


Associativismo e Cidadania O

Associativismo

é

um

elemento

estruturante da vida comunitária. Enquanto processo de democratização da sociedade, ele constitui um eixo fundamental da vida social, desportiva e cultural de uma comunidade que se quer dinâmica e inclusiva. Assente na participação dos cidadãos na vida coletiva, o associativismo é um fator decisivo na melhoria da qualidade de vida dos cidadãos. Significa isto que as associações, nas suas diferentes formas e objetivos, desempenham um papel insubstituível no contexto social, ao fornecerem um contributo essencial dirigido ao interesse geral. Na Freguesia de Viseu, a atividade associativa segue esta configuração

e

tem

hoje

um

papel

preponderante

no

envolvimento, apoio e valorização das populações. Este facto tem especial importância numa freguesia urbana com quase 10 km2 e 27000 habitantes. Face a esta dispersão e numa sociedade cada vez mais exigente e multifacetada, é com o trabalho das associações e coletividades afetas à Freguesia de Viseu que se consegue fazer mais e melhor. Pela ligação próxima e atenta que estabelecem com os fregueses, elas chegam a todas as faixas etárias - crianças, jovens, adultos e idosos - e auscultam, de forma

6


dedicada, as suas necessidades e aspirações. Este Guia apresentase como projeto inovador e constitui um ponto de partida como documento aglutinador das diferentes coletividades afetas à Freguesia de Viseu. Desta forma, pretendemos, por um lado, que as diferentes estruturas possam conhecer-se melhor e potenciar sinergias e, por outro, que os cidadãos possam ter acesso, de modo sistematizado, às características, valências, áreas de atuação, contactos e outros dados importantes relativos a todas estas associações. Entendemos que é com base numa atuação concertada, dinâmica e integradora que reside o sucesso individual e coletivo de todos os que abraçam estes projetos. A partilha de experiências e recursos entre associações concorre para que todos melhorem as suas competências e resultados. É também esse o objetivo desta guia, que certamente contribui para diferenciar a nossa freguesia na promoção da cidadania. Nesse sentido, a Freguesia de Viseu pretende reforçar o trabalho diário com todas as estruturas associativas, sabendo que o esforço, empenho e persistência que as orienta são o motor para uma sociedade mais justa, equilibrada e feliz. Queremos continuar mais próximos do associativismo e dos cidadãos. Estando mais próximos, chegaremos certamente mais longe. O Presidente da Freguesia de Viseu

7


Absoluta & Fantástica Fundação: 10-03-2007

Presidente: Mário Vidal

História: Fundada em 2007 por estudantes das diversas academias de Viseu que sentiram a necessidade de se juntar para fundar uma tuna mista da cidade. Desde então tem levado o nome da cidade de Viseu por todo o país através da participação em vários festivais onde tem ganho muitos prémios mostrando assim a qualidade musical presente na cidade de Viseu. Nunca falta alegria e boa disposição. Objetivos: Contribuir para o desenvolvimento cultural da cidade e do espirito académico. Funções: Preparar os jovens tanto a nível musical como a nível pessoal. Realização do "Tosta Mista festival de tunas mistas cidade de Viseu" Principais eventos:  Tosta Mista - Festival de tunas mistas cidade de Viseu

8


APPACDM- Associação Portuguesa e Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental Fundação: 1976-12-01

Presidente: António José Ramos Aguiar de Lemos

História: Foi fundada em Viseu no dia 1 de dezembro de 1976, e tem como atividade principal a promoção do bem-estar do cidadão cm deficiência mental, multi-deficiência e jovens em risco. Com âmbito regional de intervenção, esta Instituição dá resposta a todo o Distrito de Viseu e nesse sentido tem vindo a reforçar-se em meios técnicos, humanos e materiais, dispondo hoje de um conjunto de infraestruturas e equipamentos, que permitem melhorar a qualidade da sua intervenção e assim melhorar as respostas às inúmeras solicitações da comunidade, prestando um serviço de elevada qualidade nas áreas em que se encontra vocacionada. Objetivos: Os objetivos da sua intervenção pressupõem a educação, reabilitação, formação e integração sócio profissional. Missão: Integrar a Pessoa na Sua Diversidade. Visão: Ser Referência Nacional de Valores e Práticas de Excelência, na Integração da Pessoa com Deficiência e Outros Públicos em Situação de Risco.

9


Funções: APPACDM- Sede: Departamento Residencial e Ocupacional: Centro de Atividades Ocupacionais e Lar Residencial; Departamento de Formação e Integração Profissional; Departamento Educacional: Centro e Recursos Para a Inclusão; Escola de Educação Especial; Estabelecimento - Internato Dr. Victor Fontes (IVF): Centro de Atividades Ocupacionais e Lar Residencial; Estabelecimento de Santa Comba Dão: Centro de Atividades Ocupacionais e Lar Residencial; Principais Eventos:  Cantar das Janeiras  Comemoração de vários dias importantes;  Campanha do Pirilampo Mágico  Realização de Torneio Solidário de Futebol  Realização do Arraial Popular  Realização de Colónia de Férias;  Realização da Entrega de Certificados da Formação Profissional- Festa de Finalistas;  Comemoração do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência;  Realização de Gala de Solidariedade Social;  Dinamização de Historias Sensoriais - «O patinho Paf»;  Atuações do Grupo Musical 6 Cordas;  Apresentações do Grupo de Teatro PimPamPum;  Jantares Temáticos: Noite Portuguesa, Noite Árabe, Noite Africana, Jantar Micológico, Plantas Comestíveis no Paraíso...APPACDM.

10


Telefone Telemรณvel Morada E-mail Horรกrio de Funcionamento

232483260 Rua APPACDM-Repeses 3500-431 Viseu appacdmviseu@gmail.com 08h30-17h30

-

11


Associação de Basquetebol de Viseu

Fundação: 1989-30-01

Presidente: Jorge Manuel Mendes Fidalgo Duarte

Objetivos: Associação distrital de modalidade Funções: Organização dos quadros competitivos de basquetebol Principais eventos:  Organização de campeonatos Distritais, Inter Distritais, Torneios e Clinic.

Telefone Telemóvel Morada E-mail Horário de Funcionamento

934499493 R. Serpa Pinto nº65 geral@boralaviseu.pt Sábados 16:30 às 21:00

12


Associação Bora Lá Viseu

Fundação: 2014-22-05

Presidente: Sónia Nascimento

História: Começamos a servir refeições aos fins-de-semana na rua, a pessoas e famílias sem condições para confecionar a mesma, sendo que algumas não tinham mesmo habitação. Depois, alugámos uma loja, pois no inverno era impossível fazer este serviço na rua. Neste momento, apoiamos estas pessoas, e apoiamos outros projetos solidários, criando e ajudando na criação de eventos, recolhas de bens e fundos. Objetivos: Apoio à pessoas e famílias carenciadas e/ou sem-abrigo. Funções: Serviço de refeição ao sábado. Apoio em eventos e criação dos mesmos, para outras associações e projetos. Principais Eventos:  Mega-aula de ZUMBA para a família de Vildemoinhos.  Mega-aula de ZUMBA e caminhada (apoio logístico) para o projeto Ajudar a Amparar  Caminha e aula de ZUMBA Bora Lá Viseu  Mega-aula de ZUMBA retail Park Ajudar a Amparar

13


Associação Cultural e Desportiva Veteranos de Viseu

Presidente: Vítor João de Almeida

História: Os elementos da antiga secção de futebol veterano do Académico de Viseu decidiram por motivos vários constituir-se como uma associação. Apesar da associação ser recente, a secção de veteranos do CAF já desenvolvia a sua atividade há 20 anos, levando o nome da cidade de Viseu às mais diversas regiões do país. Objetivos: Promover a atividade física sistemática em antigos atletas de várias modalidades. Promover a cidade e a região de Viseu, junto de outras cidades. Funções: Desportiva, social, cultural Principais Eventos:  Jogos convívio com equipas de outras quinzenalmente.  Torneio de futebol para veteranos.  Torneio de voleibol de praia para veteranos.  Campanhas de solidariedade.

regiões

14


Telefone Telemรณvel Morada E-mail Horรกrio de Funcionamento

968073333 Bairro da Misericรณrdia - Bloco B porta 1 R/C dto 3500 112 Viseu gdribeirinhos@gmail.com nรฃo tem horรกrio fixo.

15


Associação dos Deficientes das Forças Armadas Fundação: 1974 -05-14

Presidente: João Manuel dos Santos Gonçalves

História: A ADFA- Delegação de Viseu, nasceu em 04 de maio de 1975 e teve as suas primeiras instalações na Rua Miguel Bombarda, passando depois para o 4º andar dos Bombeiros Voluntário na Rua José Branquinho e a partir de 1996, na Praceta ADFA, onde temos exercido toda a ação de apoio aos deficientes militares, na área da saúde, jurídica e social. Hoje, com o PADM- Plano de Apoio Deficientes Militares, se exige seja permanente em todas as áreas. Objetivos: A ADFA é uma pessoa coletiva de direito privado e utilidade pública, dotada de capacidade jurídica para o exercício dos direitos e cumprimento das obrigações necessários á prossecução dos seus fins. Tem nacionalidade portuguesa e é constituída por tempo indeterminado. Tem por objetivo a defesa e promoção dos direitos sociais e económicos, culturais, morais e profissionais dos seus associados. Desenvolver e congregar esforços no sentido de reabilitar e integrar na sociedade. Prestar-lhes apoio na defesa dos seus interesses e direitos. Preservação da sua qualidade de vida e apoiar atividades de ordem educacional, cultural, profissional e desportiva. desenvolver nos meios de comunicação social a sensibilização da sociedade em geral para a realidade das pessoas com deficiência, no quadro do exercício á plena

16


cidadania. Dentro do quadro de Apoio ao PADM- Plano de Apoio aos Deficientes Militares. Funções: A Delegação tem instalações próprias, que conseguiu graças ao apoio dos associados, instituições civis e militares, cuja valência é notória nos serviços, prestando diariamente a toda a família combatente, deficientes militares das Forças Armadas. Principais Eventos:  Aniversário da Delegação e nacional;  Dia do Combatente,  Dia Internacional da Pessoa Deficiente,  Comemoração do dia 25 de Abril.

Telefone Telemóvel Morada

E-mail Horário de Funcionamento

232416034 Praceta ADFAEmpreendimento das Magnólias- lote 4- R/C Q3510-009 Viseu secretaria.viseu@adfa.org.pt 09H00 às 12h30 14H00 às 17H30

17


Associação Grão Vasco Fundação: 2015-10-16

Presidente: Paula Cristina Aguiar da Costa Fong

História: A Associação Grão Vasco foi constituída recentemente e visa ser um modelo de referência no concelho de Viseu no acompanhamento, intervenção e suporte em crianças e respetivas famílias do pré-escolar ao 3º ciclo do Ensino Básico, contribuindo ativamente para a prestação de um apoio multidisciplinar baseado na promoção de autonomia e estimulação de um desenvolvimento cognitivo, emocional e social saudável. Tem implementado o Projeto Social "Entre Laços", que pretende apoiar as famílias mais desfavorecidas do Agrupamento de Escolas Grão Vasco, Viseu e, recentemente, ganhou o 2º Orçamento Participativo de Viseu, com o Projeto Social "Laços de Comunidade" e o Programa de Apoio ao Associativismo da Freguesia de Viseu, com o projeto "Asas nos Pés - Grupo de Dança". A AGV preza por ter sido constituída pelo desejo e carinho dos docentes, não-docentes do AEGV, Viseu, em prol da comunidade educativa. Objetivos: A Associação Grão Vasco tem por objetivo a promoção e cooperação em iniciativas do Agrupamento de Escolas Grão Vasco, Viseu nomeadamente em atividades de carater social, cultural, desportivo, artístico e educativo, junto da comunidade educativa. Visa também o estabelecimento de parcerias com outras associações e outras instituições públicas ou privadas tendo sempre em vista o sucesso educativo dos alunos.

18


Funções: A Associação Grão Vasco tem uma função social, uma função cultural e artística com vários projetos e a função educativa. Todos os projetos desenvolvidos pela Associação Grão Vasco, estão a ser concretizados em parceria com uma vasta rede de parceiros (ex.: CMV, Freguesia de Viseu, Freguesia de Repeses e São Salvador, Freguesia de Orgens, ESEV, etc.) Principais Eventos:  Campanhas de solidariedade, de doação de sangue  Formações para pais/encarregados de educação

Telefone Telemóvel Morada E-mail Horário de Funcionamento

919250421 Rua Alameda Luís de Camões, Escola Básica Grão Vasco, 3500 149, Viseu associacao.graovasco@gmail.com 9:00 - 13:00 14:00 - 18:00

19


Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Viseu Fundação: 1886-25-03

Presidente: António Carlos Gomes Tomás da Costa

Objetivos: A Associação tem como fim principal a proteção de pessoas e bens, designadamente o socorro a feridos, doentes ou náufragos e a extinção de incêndios, detendo e mantendo em atividade, para o efeito, um corpo de bombeiros voluntários, ou misto, com observância do definido no regime jurídico dos corpos de bombeiros. Sem prejuízo do seu objetivo principal, a Associação pode desenvolver outras atividades, a titulo gratuito ou remunerado, individualmente ou em associação, parceria ou por qualquer outra forma societária legalmente prevista, com outras pessoas singulares ou coletivas, desde que legais e permitidas por deliberação da Assembleia Geral. Funções: A Associação é parte efetiva do dispositivo nacional, regional e local de proteção civil. Principais Eventos:  Aniversário a 25 março  Gala / Baile B. V. Viseu  Jornadas de Mergulho  Prova BTT  Dia dos Bombeiros Voluntários na Feira de S. Mateu

20


Associação de Solidariedade Social Cultural e Recreativa de Gumirães

Fundação: 08-10-1992

Presidente: Paulo Almeida

Objetivos: A Associação tem como objetivo principal: o apoio à infância, juventude e terceira idade. Secundariamente a associação promove atividades culturais, recreativas e desportivas que contribuam para a promoção social e humana da pessoa. Funções: Atividades Tempos Livres, Desporto, Cultura, Centro de Convívio Principais Eventos: Competições de ginástica, de futsal e basket, caminhadas sociais, rastreios de saúde e atividades socioculturais Telefone Telemóvel Morada E-mail Horário de Funcionamento

232186229 Rua de S. Pedro Bairro de Gumirães, 3500-025 Viseu geral.asscrgumiraes@gmail.com 07h30 - 20h00

21


Associação de Solidariedade Social dos Professores Fundação: 1981-05-21

Presidente: Maria Fernanda Amaral

Objetivos: Proteção aos idosos e deficientes; Apoio à família; Apoio à infância e à juventude; Promoção de atividades culturais; de formação e realização pessoal; Proteção da saúde (cuidados de medicina preventiva, curativa e de reabilitação) Funções: Criação e manutenção de estruturas adequadas e necessárias que constituem unidades/valências essenciais na criação de valor: (lares, residenciais, centros de dia, apoio domiciliário, serviço de voluntariado social organizado, centros/atividades de formação, atividades de tempos livres, ...) Principais Eventos:  Atividades culturais (tertúlias, conferências, workshops);  Comunidade de Leitores /Companhia dos Livros;  Cursos de línguas (Inglês, Espanhol, Italiano,);  Ateliê de pintura;  Ateliê de recuperação e transformação de objetos;  Informática (vários níveis);  Fotografia (dois níveis);

22


   

Saúde e bem-estar (Yoga, danças de salão e/ou afrolatinas); Gabinete de Psicologia (crianças, adolescentes, jovens e pais); Artes da Casa; Música (grupo coral e aulas de instrumentos de sopro e cordas); Atividades lúdicas e de lazer; Telefone Telemóvel Morada

E-mail Horário de Funcionamento

232449099 Travessa à Rua 21 de Agosto, bloco 5A, 1º esq. A, 3510-120 VISEU assp_viseu@hotmail.com 10h00-12h30 14h30-18h00

23


Associação dos Voluntários do Hospital de S. Teotónio de Viseu Fundação: 2003-12-15

Presidente: Manuel de Almeida Rodrigues

História: Surgiu em 1992/1993 como movimento associativo de apoio aos doentes, ainda no Hospital da Misericórdia. Em 2003, constituiu-se Associação com escritura pública oficial e publicação dos respetivos Estatutos. Nos anos seguintes aprovou o seu Regulamento Interno, elegendo os seus Órgãos Dirigentes. Foi agraciada com a Medalha de Prata em 2013 e com a Medalha de Ouro em 2016, nas respetivas cerimónias do Patrono do Hospital, S. Teotónio. Objetivos: Apoio diário e gratuito aos doentes e familiares. Os Voluntários desenvolvem as suas tarefas de apoio, integrados nas equipas de Saúde, interagindo e complementando algumas tarefas dos elementos da equipa, encaminhando os doentes, dando informações aos familiares, etc. Toda esta atividade é executada em espírito de Solidariedade e gratuitidade, por amor aos doentes, sem qualquer contrapartida. Funções: Surgiu em 1992/1993 como movimento associativo de apoio aos doentes, ainda no Hospital da Misericórdia. Em 2003, constituiu-se Associação com escritura pública oficial e publicação dos respetivos Estatutos. Nos anos seguintes aprovou o seu Regulamento Interno, elegendo os seus Órgãos Dirigentes. Foi agraciada com a Medalha de Prata em 2013 e

24


com a Medalha de Ouro em 2016, nas respetivas cerimónias do Patrono do Hospital, S. Teotónio. Principais Eventos:  atividades diárias,  organização de encontros; convívios,  passeio anual,  ações de formação,  reuniões de trabalho,  colaboração nos festejos hospitalares (festa de Natal no Hospital, Dia do Doente etc.). Telefone Telemóvel Morada E-mail Horário de Funcionamento

917068477 Alto do Caçador, 346 3505-577 Viseu manuel-a-rodrigues@sapo.pt Todos os dias das 9h30 às 23h00 horas

25


Balsa Nova - Associação Social, Cultural, Desportiva e Recreativa

Fundação: 10-27-1989

Presidente: Carlos Alberto Laires e Cunha

História: A Associação nasceu de um projeto comunitário designado "Ação Pesquisa Luta contra a Pobreza e tem essencialmente sido dirigida para a proteção à infância, com creche, jardim Infantil e A.T.L. com cerca de 150 crianças nas diversas valências. Num futuro próximo vamos dedicar-nos à valência social, nos seus amplos aspetos. Objetivos: Proteção à infância, juventude, terceira idade e deficientes, como objetivos principais e saúde, educação, formação profissional, habitação, combate à droga e prostituição, cultura e desporto como objetivos secundários. Funções: Creche, Jardim Infantil e A.T.L. Telefone Morada E-mail Horário de Funcionamento

232414536 Rua dos Bombeiros Volunt., s/n 3510 - 054 Viseu geral@balsanova.pt 08h00 às 20h00

26


Beira Amiga Associação de defesa do consumidor

Fundação: 2014-06-11

Presidente: António Guilherme de Jesus Pais de Almeida

História: A Beira Amiga nasce da vontade de aos consumidores e às famílias, uma resposta de apoio. Pretende implantar-se como resposta social, inovadora e dinâmica, até então inexistente na região. Com um vasto programa de atividades a que se propõe, será um contributo social para continuar a desenvolver Viseu – cidade região, tornando-a numa comunidade cada vez mais atrativa para viver, trabalhar, educar, estudar, investir e visitar. Para uma resposta de apoio às necessidades das famílias endividadas e em risco de pobreza, uniram-se esforços de instituições da região para a criação desta Associação, que terá um gabinete de Apoio, em rede e em parceria com as instituições e os agentes que detenham um objeto social relacionado com o seu, colmatando assim o vazio do concelho e da região na resposta a estas necessidades sociais. Tem como sócios fundadores a CMViseu, a Santa Casa da Misericórdia de Viseu, a ACDV, a AIRV e a Cáritas. É uma associação de direito privado, sem fins lucrativos. Objetivos: Defender os direitos e interesses dos consumidores, reconhecidos na Constituição da República e na Lei; Integrar a rede extrajudicial de apoio a clientes bancários, Rede de Apoio ao Consumidor Endividado; Promover a prevenção do incumprimento bancário;

27


Promover a prevenção e o respeito pelos direitos e interesses dos consumidores, reconhecidos na Constituição da República e na Lei; Exercer qualquer outra atividade permitida por lei, que contribua para a formação social, económica e cultural dos consumidores e para o bem-estar da população em geral; Cooperar com organismos nacionais e estrangeiros e colaborar com as autarquias e outras entidades oficiais e privadas, em atividades que visem a promoção da defesa dos direitos e interesses dos consumidores; Denunciar as práticas abusivas e fraudulentas para com os consumidores; Promover e dinamizar encontros, debates, palestras, tertúlias, colóquios, seminários e outras ações de divulgação, formação e informação dos consumidores; Celebrar protocolos com a administração central e local, Institutos, Associações, Instituições particulares de solidariedade social e todas as pessoas singulares ou coletivas de relevante interesse para a defesa dos consumidores e cidadãos em geral; Desenvolver uma estratégia de comunicação e informação regular, podendo promover edição de publicações, por si ou por terceiros com que colabore; Implementar, promover e desenvolver medidas e programas de formação profissional e Desenvolver quaisquer outras iniciativas de caráter relacionado aos objetivos atrás plasmados Funções: Defender o Consumidor, na promoção, proteção e defesa dos direitos dos consumidores, através da Rede de Apoio ao Consumidor Endividado e apoiar Famílias em situação de endividamento.

28


Principais Eventos:  Apoio e informação ao consumidor com gabinete aberto diariamente;  Apoio e informação aos clientes bancários e famílias endividadas;  Ações de formação,  Promoção e defesa dos direitos e interesses dos consumidores;  Conferências e cooperações diversas com a Direção Geral do Consumidor e com o Banco de Portugal.

Telefone Telemóvel Morada E-mail Horário de Funcionamento

232488006 Rua Soar de Cima, s/n, Museu Almeida Moreira, 3500 211 Viseu beiraamiga@gmail.com 9h00 às 13h00 14h00 às 17h00

29


Cavalhadas de Vildemoinhos Fundação: 1997-04-17

Presidente: Alfredo Santos

História: As cavalhadas de Vildemoinhos têm a sua origem no ano de 1652. O rio Pavia que nos dias de hoje, quase não tem significado, era nesta altura de 1652 era um rio com alguma dimensão e pogante nas suas águas. Os agricultores necessitavam da água para regarem as suas culturas e os trambelos necessitavam da água para fazerem mover as mós que moíam os cereais em Vildemoinhos. Os agricultores alguns mal-intencionados fizeram açudes e represaram a água do rio Pavia, em Vildemoinhos. A temática das cavalhadas num tempo mais atual é constituída por três temas, tradicionais, humorísticos e artísticos. Estes temas sempre foram representativos do que de mais importante e relevante se passava na sociedade. Desde o amor as questões da nação entre outros, sempre foram temas explorados pelos construtores dos carros das cavalhadas. Em 1979 fazem-se referências ás mini cavalhadas, que são um pequeno cortejo de meninos de Vildemoinhos, que faziam os seus carros alegóricos que eram puxados por triciclos ou uma pequena bicicleta. Com a ajuda dos pais estes faziam o seu cortejo cerca de quinze dias após a grande cavalhada, sempre num domingo. Levam pela rédea os quatro cavalos onde os mordomos meninos vão sentados, de véstias de senhores. O Corso vai a Viseu num pequeníssimo trajeto e volta a Vildemoinhos. Não vai a São João da Carreira.

30


As cavalhadas evoluíram, de um cortejo de gente de Vildemoinhos que vinha à cidade com animais e carroças engalanadas, para um desfile de carros alegóricos, grupos de bombos, cabeçudos, gigantones, fanfarras, bandas, ranchos folclóricos e espetáculos variados. Objetivos: Tradição de Vildemoinhos Funções: Divulgação tradições das Cavalhadas de Vildemoinhos Principais Eventos:  Ajuste Cavalhadas  Festas São João  Cortejo Cavalhadas de Vildemoinhos Telefone Telemóvel Morada E-mail Horário de Funcionamento

918742848 Rua dos trambelos s/n vildemoinhos 3510-799 cavalhadas1652@gmail.com Não tem horário de funcionamento

31


Confraria de Santo António de Viseu Fundação: 1894-06-13

Presidente: Cor. José de Figueiredo Loureiro

História: A CONFRARIA DE SANTO ANTÓNIO DE VISEU é uma Instituição de Solidariedade Social instituída há 121 anos (a 13 de junho de 1894). É, por isso, uma instituição com longa e valiosa história a que Viseu muito deve. Foi por iniciativa dos seus dirigentes que, no passado, se fundaram: o Asilo Oficinas de Santo António (nascido a 10 de maio de 1896) onde foram Mestres Álvaro Loureiro (marcenaria artística), Arnaldo Malho (serralharia artística) e António Nelas (mecânica automóvel e de relojoaria de torre) e de onde saíram muitos operários; e a Escola de Música José Vaz, de onde saíram muitos músicos. No séc. XX teve ainda uma Escola Profissional de Agricultura. Hoje a Confraria, obedecendo ao pensamento dos seus fundadores, tem a seu cargo duas valências: o Lar-Escola de Santo António (para educação de crianças do sexo masculino) e o Lar de S. José (para educação de crianças do sexo feminino), este último por delegação do Ministério da Segurança Social. Objetivos: Acolhimento de crianças e jovens em situação de perigo Funções: Lar Escola de Santo António - acolhimento de crianças e jovens do género masculino Lar de São José - acolhimento crianças e jovens do género feminino.

32


EAPN Portugal

Fundação: 1991-12-17

Presidente: Padre Jardim Moreira

História: Estabelecer uma interligação (rede) entre as instituições, grupos e pessoas que trabalham no terreno na Luta Contra a Pobreza e a Exclusão Social. Promover e aumentar a eficácia e a eficiência das ações de Luta Contra a Pobreza e a Exclusão Social, fazendo com que tenham expressão, dando voz aos indivíduos, restituindo-lhes a capacidade de ação e de iniciativa e promovendo a sua efetiva participação. Promover junto de pessoas ou grupos que se encontrem em situação de pobreza e, ainda, junto de profissionais e dirigentes institucionais, a integração/inclusão social e a organização de serviços e outras atividades que visem o desenvolvimento cultural, moral e físico das pessoas, reforçando a autonomia, quer sejam idosos, deficientes, desempregados, famílias monoparentais, jovens em situação de risco, imigrados, minorias étnicas e culturais, crianças maltratadas, pessoas semabrigo ou outras. Contribuir para a mobilização de outros sectores, envolvendoos no desenvolvimento. Objetivos: Combate à pobreza e exclusão social

33


Funções: ONGD Principais Eventos:  Workshops,  ações de sensibilização,  ações de formação,  investigação,  participação de públicos Telefone Telemóvel Morada E-mail Horário de Funcionamento

232468472 914777792 Rua César Anjo Lote 2, R/C F, 3510-023 Viseu viseu@eapn.pt 9h00-12h30 14h00-17h30

34


Enérgica - Associação Juvenil de Viseu Fundação: 2010-04-06

Presidente: Fabiano Fernandes

História: A Enérgica AJV é uma entidade, sem fins lucrativos, fundada em 2010, com sede em Viseu, que derivou da vontade conjunta de um grupo de praticantes da dança e de BTT em constituir uma Associação Juvenil. Norteados pela vontade da prática desportiva, realização de atividade física, promoção de estilos de vida saudáveis, decidimos juntar esforços e objetivos, apelando à participação cívica dos jovens e da população em geral nas atividades propostas. Objetivos: Destacar e apoiar a participação cívica dos jovens em atividades de âmbito cultural e desportivo, bem como fomentar a adoção de estilos de vida saudáveis. Funções: Dança - alidanças, ateliê de dança Teatro - criacena, ateliê de teatro Desporto - desportiva, ateliê de desporto Enérgica Ajuda - programa de intervenção social Principais Eventos: Participação e organização de muitos eventos relacionados com as nossas atividades.

35


Frapviseu-Federação Regional das Associações de Pais de Viseu Fundação: 1989-09-28

Presidente: Rui António da Cruz Martins

História: A Federação Regional das Associações de Pais de Viseu, foi constituída por uma Comissão de Pais e Encarregados de Educação existentes em diversas escolas do concelho de Viseu, nomeadamente as escolas: Secundária Emídio Navarro, Escola Secundária Alves Martins, Escola Grão Vasco, Escola Preparatória nº1 da Ribeira e a Escola Secundária de Mangualde. Os intervenientes foram: Fernando de Azevedo Andrade, Victor Campos Assis, Horácio Pereira Figueiredo, José Bernardino Caetano, Manuel Silvino Antão, Amâncio Ribeiro Santos e Sousa e José Rodrigues Pereira. Com o apoio da Federação de Pais de Aveiro, foram criados os respetivos Estatutos lavrados em Cartório Notarial de Viseu, pelo notário Sebastião Marques Antunes, registados no livro nº 411-A/ folhas 930, em 28 de setembro de 1989. Objetivos e Funções: A Federação tem por objetivo congregar, coordenar, dinamizar e representar, quer a nível regional, nacional ou internacional as associações de Pais e Encarregados de Educação suas associadas, bem como propiciar condições para a criação de AP's.

36


Principais Eventos: Representatividade no Conselho Municipal de Educação de Viseu. Telefone Telemóvel Morada E-mail Horário de Funcionamento

968019182 Moinhos da Balsa, Balsa Nova, Viseu frapviseu@sapo.pt Não tem horário de atendimento.

37


Gicav - Grupo de Intervenção e Criatividade Artística de Viseu

Fundação: 01-05-1989

Presidente: José Carlos Figueiredo Cordeiro

História: O Gicav teve o seu início com o Teatro de Marionetas (1989); A partir daqui desenvolveu o seu trabalho em diversas áreas de intervenção. Objetivos: Promoção da atividade cultural; ocupação dos tempos livres; preservação e divulgação de património cultural; estímulo e prémio à atividade cultural, desportiva e cívica. Funções: Teatro de Marionetas; animação e teatro de rua; projetos editoriais nomeadamente a Revista Anim'arte que em junho de 2016 edita o número 100.; Intercâmbios com associações da União Europeia; Banda Desenhada; Caricatura... Principais Eventos:  Salões Internacionais de Banda Desenhada;  Revista Anim'arte

38


Giro HC - Grupo de Influência Repensar Opções - Hidratos de Carbono Fundação: 31-01-2015

Presidente: Quental Nunes

História: Existe desde janeiro de 2015. É uma associação sem fins lucrativos. Realizam OES – Oficinas Educação para a Saúde Público (prioritário): Pré-Diabéticos/Elevado Potencial: histórico na família com diabetes, e "Chaminés, Bons Garfos e Atletas Sofá". Objetivos: Sensibilização para as boas práticas em saúde: alimentação, atividade física, (terapêutica) e rastrear e encaminhar a população pré-diabética. Funções: É missão do GIRO HC assumir um papel dinamizador na criação e prestação de serviços sociais, educativos, lúdicos e culturais de excelência, associados aos diabéticos. Queremos ser reconhecidos como uma instituição de prestígio e referência regional, pela qualidade, inovação e excelência dos serviços que prestamos. Desenvolvimento Intergeracional: porque a aprendizagem e o crescimento têm que ser momentos de desenvolvimento conjunto e partilhado, diariamente no trabalho que realizamos

39


promovemos serviços onde todas as gerações podem interagir e aprender uns com os outros, recuperando valores essenciais do respeito e da valorização dos saberes individuais de cada um, sejam eles crianças, jovens, adultos ou seniores. Principais Eventos: OES - Oficinas de Educação para a Saúde, em vários concelhos do Distrito de Viseu. Nestas oficinas, serão verificados: tensão arterial, análise glicémia capilar, olhos, boca, ouvidos, pés, IMG e IMC.

Telefone Telemóvel Morada E-mail Horário de Funcionamento

933111933 Apartado 99 3500-998 Viseu geral.girohc@gmail.com 9h00-19h00

40


Grupo Desportivo "Os Ribeirinhos" Fundação: 1966-04-25

Presidente: José Manuel Pereira

História: O Grupo Desportivo "Os Ribeirinhos" foi fundado a 25 de abril de 1966, fazendo parte dos clubes / Associações da Freguesia de Viseu. Tem sede situada junto da rotunda do Coval, (instalações cedidas e inauguradas em 2012 e desde 31 de agosto de 1999 ostenta o titulo de Clube de Utilidade Pública Diário da República II série, nº 286/99. O clube nasceu no antigo bairro da Ribeira, tão antigo que se identifica com o nascer desta "velha" cidade. Por volta de 1965 "Os Ribeirinhos" surgem com uma grande vontade de praticar desporto, começando pelo futebol, mas não descurando o atletismo... ...esta "fábrica" de saúde, com ação muito preponderante no atletismo viseense, que também promove organizações desportivas, destacando-se a Meia Maratona de Viseu, que foi organizada durante 33 anos pelo clube. Vamos colaborando em outras iniciativas, quando a nossa equipa técnica «Marca- org. desportivas» é procurada para o efeito. Objetivos: Temos como objetivo principal participar nas competições federadas ou não, na modalidade de atletismo, que o clube pratica há cinquenta anos, tendo os responsáveis a preocupação de captar e motivar os mais jovens para a prática da modalidade.

41


Funções: ...como preocupação é dar condições aos nossos atletas mais jovens e estar disponível para apoiar outros clubes / associações. Principais Eventos:  Correr  Saltar ou Lançar, integrado nas Manhãs Desportivas da C.M.V. /  Estafeta Farminhão - Viseu para atletas do clube. Magusto Convívio Ribeirinho  Ceia de Natal.

Telefone Telemóvel Morada E-mail Horário de Funcionamento

968073333 Bairro da Misericórdia - Bloco B porta 1 R/C Direito 3500 gdribeirinhos@gmail.com Não tem horário fixo

42


Grusévis Grupo Sócio Cultural Seniores de Viseu

Fundação: 2011-02-01

Presidente: Alberto Gonçalves Martins

História: Somos uma associação de reformados com sócios entre os 60 e 94 anos, com grupo coral de 25 elementos e um grupo de teatro formado por 10 elementos. Objetivos: Minimizar a solidão das pessoas idosas. Funções: Minimizar a solidão das pessoas que vivem isoladas, com dança e com alguns passeios de convívio. Principais Eventos:  Dança;  canto coral;  teatro;  cavaquinhos;  brevemente dança de zumba.

43


Telefone Telemóvel Morada E-mail Horário de Funcionamento

232281108 917381091 Rua José Branquinho nº 16 3500-001 Viseu grusevis@gmail.com 3ª-14h00 ás17h e 4ª e sábados 15- ás 19 h30

44


Ideias Solidárias - Associação de solidariedade social

Fundação: 2015-12-16

Presidente: Carolina Monteiro

Objetivos: Nos termos dos seus estatutos, "Artigo 2º (Fim) A associação tem como fim a solidariedade social, nomeadamente: - A atenuação de situações de desigualdade e discriminação negativa, contribuindo para a efetivação dos direitos económicos, sociais e culturais dos cidadãos; - O combate a quaisquer formas de violência, em especial a violência doméstica e de género, promovendo uma cultura de paz; - A promoção de mecanismos de integração social e comunitária e de valorização socioprofissional." Funções: (A)Corda: Grupo de interajuda para vítimas de violência. Projetos em desenvolvimento/Candidaturas em curso: - Pontos de apoio multidisciplinar individualizado e descentralizado a vítimas de violência doméstica e de género; - "Costurar a cidadania"; - "Aprochega".

45


Principais Eventos: Participação em ações de sensibilização à comunidade, desde a sua constituição, em matéria de igualdade de género e de combate à violência doméstica.

Telefone Telemóvel Morada E-mail Horário de Funcionamento

Viseu asideias.solidarias@gmail.com

46


Instituto Liberal de Instrução e Recreio Fundação: 01-28-1904

Presidente: Nelson Leopoldo Cardoso Loureiro

Objetivos: Convívio, Lazer, Instrução, Amizade, entreajuda, passeios, jogos (Está com um espaço no coração do Centro Histórico da Cidade) condigno, equipado com ar condicionado, mesas de jogos, mesa de bilhar, jornais, livros, TV, Internet, etc., um bar equipado e com um mordomo ao dispor dos seus associados, ao que já nos habituaram a chamar: " Centro de Dia mais barato do Distrito de Viseu ". Principais Eventos:  Comemoração do seu 112º. Aniversário;  Torneio de Sueca;  Exposição de pintura por um pintor Viseense de renome;  Noite de Fados;  Passeios;

47


Orfeão de Viseu

Fundação: 1929-03-08

Presidente: António Vicente de Figueiredo

História: Constituído em 1929. Primeira apresentação pública em 18 de maio de 1930, no Avenida-Teatro de Viseu, com o Coro de 120 vozes masculinas e o Grupo Cénico. Adota como lema "Pela Arte e pela Beira". Seguem-se atuações nas mais diversas localidades, no país e no estrangeiro, de que destacamos: Salamanca e Teruel (Espanha) em 1991; em Varese, Ispra e Milão (Itália) em 1992, a convite do Centro de Investigação da CEE (Euratom); em Lugano (Suíça), no mesmo ano, a convite do Centro da Comunidade de emigrantes; em Espanha: Ciudad Rodrigo (1994), Lugo - festival de Música Sacra (2001), Cariño - Encontro Internacional de Habaneras (2002), Segóvia Homenagem D. José del Moral (2008), La Coruña (2009) e Ourense (2010). Galardões e Mérito: Medalha de Reconhecimento dos Padrões da Grande Guerra, título de Comendador da Ordem de Benemerência, Pessoa Coletiva de Utilidade Pública, Medalha de Mérito Municipal (C.M.V. - 2004) e Prémio Anim'Arte como melhor instituição cultural do Distrito. Objetivos: Promoção artística, cultural, recreativa, social e desportiva dos seus associados e da população em geral; Formação artística nos domínios da Música, da Dança e das artes plásticas; Apoio social, formativo e de lazer destinado a seniores.

48


Funções: Coro Misto (45 vozes), Coro de Câmara "Schola Cantorum" (8 vozes masculinas), Coro Ama - Academia Sénior (28 vozes mistas), Grupo Cénico (22 elementos), Grupo de Danças e Cantares (30 elementos), Grupo de Canto e Guitarra (Fado e Balada de Coimbra), Academia Sénior (Universidade integrada na RUTIS), Academia de Música e Artes, Escola de Dança (parceria), Orquestra Orf (parceria), BIODANZA (parceria), Desporto, Biblioteca, Salas de aula, Net Freguesia (Sala de informática), Serviços Administrativos, Bar e esplanada, Auditório 1 e 2 com capacidade para 180 pessoas (cada) e galerias para exposição. Principais Eventos:  Realização do Encontro de Janeiras;  Concerto da Primavera;  Celebração do aniversário;  Encontro de Coros - Cidade de Viseu;  Festa de encerramento do Ano escolar com as Academias e grupos em permanência;  Celebração do São João (arraial beirão);  Festival de Teatro Amador;  Festa de abertura do ano escolar;  Celebração do São Martinho;  concertos natalícios e ceia de Natal aberta a sócios e familiares Telefone Telemóvel Morada E-mail Horário de Funcionamento

232281556 Rua Serpa Pinto (Largo do Matadouro), 3500-072 VISEU orfeaoviseu@gmail.com 09h00 às 18h00

49


Saúde em Português - Delegação Regional do Centro Fundação: Presidente: 1993-10-23

Hernâni Caniço / Inês Figueiredo

História: A Saúde em Português, fundada em 1993, é uma ONGD e IPSS que tem como missão promover a saúde e a integração social e comunitária com vista ao desenvolvimento integral da pessoa humana, respeitando e assegurando os seus direitos e liberdades fundamentais. Objetivos: Promover, divulgar e aplicar cuidados de saúde; Promover e divulgar os objetivos de desenvolvimento do Milénio, propostos pela Organização das Nações Unidas, nomeadamente a promoção da igualdade de género; Promover, divulgar e aplicar apoio ao desenvolvimento, assistência humanitária e ajuda de emergência; Promover os direitos e interesses específicos dos imigrantes, mulheres, crianças, idosos, deficientes, minorias étnicas e outros grupos vulneráveis, estratégicos e em risco; Contribuir para a promoção de legislação e políticas que garantam o exercício dos direitos humanos; Promover, produzir e divulgar atividades culturais; Promover, coordenar e executar projetos de investigação e estudos dentro das áreas e linhas de ação definidas; Promover e dinamizar educação, formação e formação profissional, incluindo educação para o desenvolvimento e educação para a saúde;

50


Fomentar as parcerias, protocolos e intercâmbio de experiências com organizações nacionais e internacionais; Promover o voluntariado em Portugal e internacional; Estabelecimento e subscrição de protocolos e acordos com quaisquer entidades que se disponham a colaborar e prosseguir os fins da Associação; Colaboração com os organismos oficiais nas suas áreas de competência. Funções: Para realização da nossa missão, Saúde em Português desenvolve projetos de Cooperação para o Desenvolvimento, de Ajuda Humanitária de Emergência, e projetos de Sensibilização, Intervenção e Integração Social e Comunitária em benefício das populações mais vulneráveis, estratégicas e em risco.

Telefone Telemóvel Morada E-mail Horário de Funcionamento

925267875 delegacaocentro@saudeportugues.org

51


UFASV -União de Familiares e Amigos do Surdo de Viseu Fundação: 2010-09-23

Presidente: António Jorge Rodrigues

História: A União de Familiares e Amigos do Surdo de Viseu (UFASV) foi constituída a 13 de setembro de 2010. Começou a tomar forma quando uma família, de repente e inesperadamente se confrontou com o nascimento de uma criança surda. Esta realidade, totalmente desconhecida e sem quaisquer antecedentes, tomou conta da vida dos pais desta criança. Parecia que o mundo tinha desabado. No entanto, o tempo urgia e era necessário saber lidar com este mundo até então incógnito. Era preciso saber mais e mais.... Era preciso conhecer casos semelhantes, apesar de parecer que este era um caso único e isolado. Era preciso ver, observar e fazer parte deste mundo ligado à surdez, que tanto tem que se lhe diga e que tão fascinante é! No entanto era... é preciso derrubar ainda muitas e mais barreiras, sobretudo as de comunicação. Foi com este propósito que nasceu a UFASV. É imprescindível promover as relações entre surdos e ouvintes, lutar pela integração recíproca. Objetivos: Defender e promover os interesses sociais, culturais, económicos, morais e profissionais dos seus associados Surdos, bem como dos Surdos, em geral, podendo tais fins dirigirem-se também às respetivas famílias, sempre que tal venha a beneficiar os Surdos.

52


Funções:  interpretação (Língua Gestual Portuguesa/Voz)  centro de convívio  centro de apoio escolar e pedagógico  terapia da fala  intervenção precoce  apoio e acompanhamento psicológico  formação  desporto  sinalização, acompanhamento e encaminhamento de novos casos de surdez  apoio de bens de primeira necessidade (alimentação, vestuário e material escolar) Principais Eventos:  Futsal,  encontro anual,  workshops diversos,  formações Língua Gestual Portuguesa,  reiki,  sessões de sensibilização,  comemoração datas especiais

Telefone Telemóvel Morada E-mail Horário de Funcionamento

232404442 Escola Básica Moure de Madalena, Rua Principal, 3515-334 Campo, Viseu ufasv.geral@gmail.com 10h00-12h30 14h00-18h30

53


Universidade Sénior de Rotary de Viseu

História: A USR de Viseu é um programa da Avenida de Serviços à Comunidade do Rotary Clube de Viseu. Nasce em 2001 e deu início à sua atividade em janeiro 2002, por iniciativa do companheiro Carlos Alberto Ferreira assessorado, entre outros, pelos companheiros José Augusto Pereira, Luis Rodrigues, José Agostinho Freitas e António Goes Madeira e apoiado por todo o Clube. Objetivos: Serviço à comunidade prestado pelo clube, em regime de voluntariado, tendo como destinatária preferencial a população sénior, nas áreas da educação, formação ao longo da vida e apoio social, através de programas educacionais e curriculares baseados em áreas de formação geral, artística, desportiva e de lazer. Funções: Serviços à população sénior, nas áreas da educação, formação ao longo da vida e apoio social, através de programas educacionais e curriculares baseados em áreas de formação geral, artística, desportiva e de lazer. Áreas de formação: Arte e Artes; Danças de salão; Direito e Ciência Política; Espanhol; Fotografia; Francês; Ginástica (de salão e ao ar livre); Hidroterapia; História; Horticultura; Informática; Inglês; Ioga; Literatura; Música (Canto e instrumentos musicais); Psicologia; Filosofia (no próximo ano).

54


Principais Eventos:  Espetáculo com todas as áreas de formação; caminhadas; visitas de estudo; sessões de formação/informação (Psicologia); Participação em eventos com a Tuna (Grupo coral e instrumental) Telefone Telemóvel Morada E-mail Horário de Funcionamento

232436444 Rua Capitão Silva Pereira nº 163 - 1º - 3510-209 Viseu usavis.viseu@gmail.com Secretaria -15h - 17h

55


Rua Miguel Bombarda, 66A, R/C 3510-088 Viseu 232426578 | 926020774 geral@freguesiadeviseu.pt

56

Guia de Associativismo da Freguesia de Viseu | 1ª edição  

www.freguesiadeviseu.pt