Page 1

Escola Secundária Gabriel Pereira

História da Cultura e das Artes ____________________________

O De Revolutionibus Orbium Coelestium ____________________________

Trabalho realizado por: Ana Almeida nº1/10ºI João Frederico nº17/10ºI João Bárias nº19/ 10º I


Obra Importância: O de Revolutionibus Orbium Coelestium foi importante pois foi nela que se expôs e defendeu pela primeira vez a teoria heliocêntrica do universo cronológico. (No seu tempo acreditava-se que a Terra era fixa e todos os astros giravam a sua volta)

Nicolau Copérnico: Nicolau Copérnico nasceu em Torún a 19 de Fevereiro de 1473 e morreu a 24 de Maio de 1543. Foi um astrónomo e matemático polaco que desenvolveu a teoria heliocêntrica do Sistema Solar. Foi também cónego da Igreja Católica, governador e administrador, jurista, astrólogo e médico. Copérnico chegou ao heliocentrismo apos anos de estudo e investigação apoiado apenas num quadrante solar (aparelho que media o arco diurno percorrido pelo sol no horizonte, numa esfera armilar (para determinar a posição dos astros no firmamento) e num torqueton (instrumento para medir com precisão a posição dos astros no céu), já o telescópio só foi inventado 65 anos após a sua morte por Galileu.

Polémica que a obra gerou: No De revelutionibus Orbium Coelestium Copérnico comprovava com complexas, rigorosas e pormenorizadas demonstrações matemáticas, que o sol é uma estrela fixa e ocupa o centro do universo, que continuava a considerar (Ao contrário das convicções atuais) como fixo e infinito atribuindo-lhe, contudo, maiores dimensões que as que Ptolomeu lhe calculara; e que os outros astros, incluindo a Terra são planetas e giram em torno de si próprios (movimento de rotação), bem como em torno do sol (movimento de translação) em órbitas circulares. Comprava ainda que o movimento que estes astros descrevem no firmamento terrestre e apenas aparente e consequência direta dos movimentos da Terra. As conclusões de Copérnico eram contrárias aos ensinamentos dos sentidos e à teorias dos Antigos e negavam afirmações da bíblia, pondo em causa alguns dogmas religiosos. Isto valeu-lhe forte reprovação da Igreja, gerando grande polémica na altura.


Bibliografia: Manual de História da cultura e das artes; 2ª parte, 2010; PINTO Ana Lídia, MEÍRELES Fernanda; CAMBOTAS Manuela Cernadas.

Revolutionibbus Orbium  

Pequeno trabalho escolar que poderá ajudar com algumas duvidas

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you