Issuu on Google+

Release elaborado a pedido especial da professora Beth Miranda para a exposição Talvez cinema, da turma do 7º período de Publicidade e Propaganda da PUC Minas Campus Coração Eucarístico (1º semestre de 2010).

Andrade) o ã o J r o p (release s quais enções à v n o c s a ando ns e sons m desafi e e g g a a m im I o a d ntand e Teorias o, aprese d a m Alunos d u t s s em está aco ue vemo q o É . o o público pela temp os em proposto espaço e s e e d õ ç s o la articulad d a t ia c eo-ins s diferen to de vid je o r contexto p m do ema, u do de PP ío r e p Talvez Cin eth a o do sétim B ão Cinem a iç a r s m o o r s p u s x t e fe pro s pela do pela nspirado e abraça I a . d 0 n 1 a 0 ir 2 or M e espectad mestre d o e r s a o ir t ir e e prim mar ar a s a encar se dedica cultural, o u s n a o t n I o ( lu m , a a Sim stes stum , 2008) e adas, aco lo c u é a d P r o o P ã ea S comum. duração r a a g m u lu n u , e do s escuro dos veis, no ia ó c n im iê , r mos para s e a o p c d fi a ex t e n u e q s as. Por gráfica tabelecid cinemato s e é r p o cinema e ncia u â q t r is o d P a um dam? deste surpreen o que as s d o n n a r , is regras e o a t p s n m e e e d im s v à nco e em mo la em bra imagens, e t à a it e lim sempre s do do? o, segun iv it s o cristaliza p o is ã d t já , o te, e achad ias de ar r le a g , Arlindo M o s ssim com os museu a n a a c r li t n ip o lt c e en se mu a ebelião s ’? ‘cinem diovisual o u a id d a n ç a n ens, Alguma r p e ema ex e a pres das imag in d ‘c n o r o t ? , l’ n e e is c v a ó bien a am do no e se busc es: ‘cinem or, móvel, coloca u q m o m n e s , u a se tad plex Ao espec mais com ia c n iê r exposto’? e p a uma ex o. é oferecid e o sentid u fegã, q o ã ç a ns famosa a e s a a e r is b a fo o s m o fotógra m vídeo d u s e e t d n , le lo em pelas exemp personag sua vida aso, por A e c . d o ic s h é o t p s, e n a t r e Es e tiroteio nal Geog ois mom d d io t m a m o e s N a o a t d or revis ente a capta espectad y para a o fisicam r o d u n C o a c e M m íd r v e fo Stev na rans tir ao da peque o vai se t ara assis P ã s t é . s v a e r a r u r t e q a u g r em de olha , de xplosões to inerte a burca e n e m u m e le d e gritos e e e -s aquele se proximar ma vida lhos. Sob u o e t s o is precisa a a x e o a mundo, scura nã destinad b o a o d r u e e t t r r a e a d b ito p n a texto mu ionada, à n rma profu o is fo r c p e a m d u a a ndid form s por reto, ma ndo, esco p a o m r id c fo e s t n tra ples or um sim apenas p pular guerra. vidado a n o c a maior: a d o in a, será a capturam m e e u in q C s z n age alve pipa ador de T gir com im brincar com uma a r e t in e O espect , na elástica ir como xposição a id e c m a e t a d s c e a a N u num aa mais. lto. O se discut game. E de um sa o e e e u t q id n v a a t d e s in ole d 5 , ain nece. um contr a sala 31 n io a ca perma m ligada a o e ip d p 1 a 3 , ncia o dia a experiê manhã d d e m o n eo natureza


Talvez Cinema (Release)