Page 1

O coelho e a cabra Vs O coelhinho branco


Através da imagem da capa do livro, construímos a seguinte história:


O Coelho e a Cabra


Era uma vez um coelho que foi Ă horta.


Ele tinha ido buscar cenouras e alfaces para fazer uma sopinha.

De repente apareceu uma cabra, que ficou a espreitar o coelho.


Quando o coelho viu a cabra assustou-se e fugiu. Mas a marota da

cabra conseguiu roubar-lhe as chaves de casa.


A cabra foi para a casa do coelho. Ela nem precisou da chave para abrir a porta, porque o coelho deixou a porta aberta.


A cabra n達o deixou o coelho entrar em casa. Coitadinho, do coelho ficou sem casa!


O coelho, como tinha ficado sem

casa, decidiu partir para outro mundo.


Mas a marota da cabra decidiu seguir o coelho e roubar-lhe a outra casa.


O coelho já não sabia o que fazer. Até que se lembrou, de pedir ajuda ao seu amigo cão.


O cão pediu ajuda à sua amiga mosca, que estava com a formiga. E os quatro

foram à casa do coelho.


A mosca voou atĂŠ ao buraco da fechadura e destrancou a porta.


Os quatro entraram dentro da casa.

O cテ」o, muito valente, deu uns fortes latidos

テバ! テバ!


A cabra ficou cheia de medo e disse: -Por favor, não me façam mal!


- Eu não te faço mal - disse o coelho. - Só quero a minha casa de volta! Agora sentem-se todos. Tu também cabra! Eu vou preparar uma bela sopinha e couves com cenoura para o almoço.


E todos se sentaram Ă mesa para comer a deliciosa comida do coelho!


Hist贸ria real


O Coelhinho Branco Hist贸ria de Ant贸nio Torrado


Era uma vez um coelhinho que saiu de casa

para ir Ă horta buscar couves

para

caldinho.

fazer

um


Quando o coelhinho voltou para casa, deu

com a porta fechada.

Muito admirado, bateu Ă porta.


-Quem é? – perguntou, de dentro, uma voz de meter medo.

Respondeu a voz do outro lado da porta:

-E eu sou a cabra cabrez

que te salta em cima e te faz em três.


O

coelhinho

abalou

encontrou o boi.

-Porque vais assim a correr coelhinho

branco?

perguntou o boi.

–

dali

e


Respondeu-lhe o coelhinho branco:

-Estou numa grande aflição, amigo boi. Fui à horta buscar couves para

fazer um caldinho e, quando voltei para casa, encontrei lá a cabra cabr que me salta em cima e me faz e três. Por favor, ajuda-me tu, que és grande!

-Ui eu não vou lá, que tenho medo – disse-lhe o boi.


O coelhinho abalou dali e encontrou o cão.

-Por que vais assim a correr, coelhinho branco? – pergunto o cão.


Respondeu-lhe o coelhinho branco: -Estou numa grande aflição, amigo cão. Fui à horta buscar couves para fazer um caldinho e, quando voltei para casa, encontrei lá a cabra cabrez que me salta em cima e me faz em três. Por favor,

ajuda-me tu que és forte!

- Ui, eu não vou lá, que tenho medo. – disse-lhe o cão.


O coelhinho continuou a correr e encontrou o galo.

- Por que vais assim a correr, coelhinho branco? – perguntou o galo.


Respondeu-lhe o coelhinho branco: - Estou numa grande aflição, amigo galo. Fui à horta buscar couves para fazer um caldinho e, quando

voltei

para

casa,

encontrei lá a cabra cabrez que me salta em cima e me faz em

três. Por favor, ajuda-me tu, que és corajoso! -Ui, eu não vou lá, que tenho medo – disse-lhe o galo.


O coelhinho continuou a correr, muito assustado, e encontrou uma

formiga.

-Onde vais com tanta pressa? – perguntou-lhe a formiga.


Respondeu-lhe o coelhinho branco:

-Estou numa grande aflição, amiga formiga. Eu tinha ido à horta buscar couves para fazer caldinho e, quando voltei para casa, encontrei lá a cabra cabrez que me salta em cima e me faz em três.

Ninguém quer lá ir.


-Mas vou eu e veremos como isso hå de ser – disse a formiga

toda decidida.


-Foram os dois e bateram à porta. Respondeulhes, lá de dentro, a cabra cabrez, numa voz de

meter medo:

-Aqui ninguém entra. Está cá a cabra cabrez que voz salta em cima e vos faz em três.


-E vai aqui a formiga rabiga que te salta em cima e fura a barriga.

Dito isto, a formiga entrou pelo buraco da fechadura e p么s-se a

picar a cabra cabrez.


Tanta, tanta picada ela levou que teve de fugir cá para fora. Então o boi, o cão e o galo também ganharam coragem.

E

correram

atrás

dela,

às

marradas, às dentadas, às bicadas. Até o coelhinho lhe deu um pontapé.


Vitória….. Vitória…

Acabou-se a

história!!!

Combined document  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you