Page 1

E.S. Gabriel Pereira

História e Cultura das Artes

2012/2013

05.Abril.2013

Comentário ao texto “A essência da Arte Nova”: Este texto situado no manual de 11º ano de História e Cultura das Artes, 2ª parte, na página 142 relata sobre a essência da Arte Nova, informa-nos que a essa arte é como uma extensa linha curva que é encontrada em todo o tipo de arte deste estilo, e que rejeitava a linha reta e os ângulos retos, pois não tinham um movimento natural, coisa que é e seria mais apreciada, a linha e os movimentos naturais. Ao se centrar mais no desenho decorativo, os pormenores são mais visíveis, tanto no interior como no exterior, sendo na minha opinião uma decoração exuberante sem linhas nem ângulos retos, tendo bastante preocupação com o movimento linear. A Arte Nova é exuberante na quantidade, de certa forma bidimensional e não tem qualquer ligação com o peso, nem com quietude, pois isso era o oposto à Arte Nova, que é quase como sinónimo de movimento. Eu acho-a sinuosa, movimentada e expressiva na linguagem linear, sendo essa linha explorada com materiais leves e que se adaptem a esse modo. Vejo-a imaginativa e poética, usando sempre a extensa linha curva como forma de expressão e liberdade. Comentário feito por: Joana Campos de Mello Nº 10, 11º I

Comentário Essência da Arte Nova  

Comentário a um texto sobre a Arte Nova.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you