Page 1

JORNAL

NOTÍCIAS DO ESTADO 17 DE ABRIL DE 2018 ANO 21 • EDIÇÃO 3189

www.jnediario.com.br

PRESERVANDO A VIDA

ANASTÁCIO E AQUIDAUANA JUNTOS NO COMBATE AO SUICÍDIO

PÁGs 7 e 8


2

geral

terça-FEIRA • 17 de abril de 2018

Diretor de presídio é jurado de morte por internos

FUNDADO EM 28 DE AGOSTO DE 1997 OFIR GRÁFICA E EDITORA EIRELI CNPJ 23.390.033/0001-90 DireÇÃO-GERAL Daniele SILVA

POLICIAL

policia@jneDIARIO.com.br

CULTURA/ECONOMIA

EditorA-Chefe Daniele silva - DRT 141/MS

COTIDIANO Daniele SILVA

EDITOR@JNEDIARIO.COM.BR

cotidiano@jneDIARIO.com.br

ESPORTE/MUNDO

DIAGRAMAÇÃO BRUNO ZANUNcio

POLÍTICA/GERAL GISELLI FIGUEIREDO DRT 1400/MS

brunozanuncio@jnediario.com.br

Cultura@jneDIARIO.com.br

ESPORTE@jneDIARIO.com.br

DEPARTAMENTO JURÍDICO DRA. MICHELLE TABOX michelletabox.adv@hotmail.com

TABELA DE ASSINATURAS ASSINATURA ANUAL R$ 398,00 ASSINATURA SEMESTRAL R$ 220,00

TABELA DE EDITAIS TAMANHO VALOR 7 cm X 2 col 97,72 10 cm X 2 col 139,60 15 cm X 2 col 209,00 20 cm X 2 col 279,00 25 cm X 2 col 349,00 27 cm X 2 col 698,27

À VISTA 83,06 118,66 177,65 237,15 296,65 593,52

2 VEZES (*) 3 VEZES (*) 70,60 60,01 100,86 85,73 151,00 128,35 201,57 171,34 252,15 214,32 504,50 428,82

7 cm X 3 col 10 cm X 3 col 15 cm X 3 col 20 cm X 3 col 25 cm X 3 col 27 cm X 3 col

124,52 177,65 266,90 355,03 444,55 480,25

105,84 151,25 226,86 302,00 377,86 408,21

146,50 209,00 314,00 418,00 523,00 565,00

89,96 128,35 192,83 256,70 321,18 346,98

(*) Valor por publicação

sede - parque gráfico Rua Central, 331 - Bairro São Bento campo grande / ms (67) 3349-5316

redação e administrativo Rua SETE DE SETEMBRO, 1177- CentrO aquidauana / ms (67) 3241-4395

AS EDIÇÕES 3185, 3186, 3187 e 3188 ESTÃO DISPONÍVEIS NA VERSÃO ONLINE, NO SITE www.jnediario.com.br

O diretor-adjunto da Penitenciária Estadual de Dourados (PED), Antonio José dos Santos, 50 anos, foi ameaçado de morte, nesta semana, por internos do estabelecimento penal onde presta serviço em Dourados. Foi o diretor-presidente do estabelecimento quem recebeu a notícia do plano de execução, descoberto pelo serviço de inteligência da Polícia Civil, e avisou a vítima. A ordem que saiu de dentro do presídio era: “para matar o agente Dos Santos”. Diante da ameaça, o próprio diretor-presidente procurou a 2ª Delegacia de Polícia da cidade para registrar o fato, na última terça-feira (10). A Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) informou que já adotou o protocolo de segurança diante do caso, mas que não pode detalhar para não atrapalhar os trabalhos.

FALE COM O EDITOR: REDACAO@JNEDIARIO.COM.BR


FALE COM O EDITOR: REDACAO@JNEDIARIO.COM.BR

TERÇA-FEIRA • 17 DE ABRIL DE 2018

POLÍCIA

3

TRÁFICO

PM TIRA DE CIRCULAÇÃO MACONHA QUE ABASTECERIA BOCAS DE AQUIDAUANA E ANASTÁCIO DA REDAÇÃO

Três pessoas foram presas no início da noite desta quinta-feira (12) na cidade de Anastácio, por suspeita de tráfico de drogas. Após denúncias de que em uma residência havia grande quantidade de maconha que abasteceria bocas de fumo de Aquidauana e Anastácio, a Polícia Militar chegou até Rosalino Dias Duram, conhecido como “Uerê”, Mário Márcio Constantino e seu filho Márcio Alexandre Ortega. De acordo com informações da Polícia Militar, monitoramento feito por policiais da Agência Local de Inteligência (Serviço Reservado da PM) levou até a residência de Mário Márcio. Os militares então solicitaram apoio das equipes do GETAM – Grupamento Especializado Tático de Ações Motorizadas e da ROTAI – Rondas Ostensivas Táticas do Interior e com autorização do suspeito e do seu filho Márcio, entraram no imóvel. As guarnições também contaram com o apoio de Policiais Militares do município de Anastácio.

A todo momento Mário Márcio negou que no local teria drogas e até tentou que os policiais fossem com ele até um lava-jato onde trabalha, a fim de despistar as equipes. Mas durante buscas na residência, encontraram pouco mais de 30 quilos de maconha escondidos embaixo de um

guarda-roupas desmontado na área de serviço, distribuídos em tabletes em dois sacos de estopa. Questionado sobre o entorpecente, Mário afirmou que pertencia a Uerê, que pediu para guardar os sacos por uns dias em sua casa. Os militares então perguntaram sobre o para-

deiro de Uerê, onde foram informados que além de também trabalhar no lava-jato, o homem estava em regime semi-aberto e que poderia ser encontrado no presídio. Equipe da Rotai então se deslocou até o Estabelecimento Penal e ao identificar Rosalino, o encaminhou para delegacia.

Todos os envolvidos foram encaminhados e apresentados na Delegacia de Polícia de Aquidauana para providências cabíveis. Uerê tem várias passagens desde adolescente, por tráfico de drogas e roubo a mão armada. Já Mário Márcio além de passagens por ameaça e violência

doméstica, foi preso em julho de 2017 por tentar furtar R$ 4 mil reais da farmácia em que trabalhava. Na época ele disse aos policiais civis de Anastácio que furtou pois precisava pagar contas. Ele negou que pegou todo o montante, mas com ele foi encontrado cerca de R$ 1,5 mil.

SEGURANÇA

DOF realiza treinamento para militares do Exército sobre atuação na fronteira DA REDAÇÃO

O Departamento de Operações de Fronteira (DOF) recebeu nessa quarta-feira (11.4), 15 militares entre oficiais e sargentos do Exército Brasileiro egressos do 11º Regimento de Cavalaria Mecanizada de Ponta Porã, para ministrar uma Instrução Operacional de emprego e atuação nas ações de Segurança Pública na região de fronteira. O treinamento foi realizado durante todo o dia,

e contou com instruções teóricas e práticas sobre Iniciação às Técnicas de Entrevista e Busca Veicular. De acordo com o diretor do DOF, coronel Kleber Haddad Lane, que acompanhou ação, o objetivo foi compartilhar os conhecimentos teóricos/ práticos da instituição, a fim de garantir aprimoramento técnico profissional de excelência na atuação efetiva de enfrentamento aos crimes transfronteiriços garantindo, principalmente, a segurança dos militares e cidadãos abordados.

O DOF é uma polícia especializada que atua efetivamente no policiamento de prevenção e repressão, nas estradas e rodovias estaduais, aos crimes e contravenções cometidos na faixa de fronteira entre eles nos mais recorrentes, que são: tráfico de drogas, furto e roubo de veículos, cumprimento de mandados de prisão, crime de abigeato (furto de animais em propriedades rurais), contrabando e descaminho. No período da manhã, os militares participaram de instruções teóricas,

com a apresentação de conceitos doutrinários e abordagens teóricas e, no período vespertino,

foram feitas as instruções práticas de abordagens, entrevistas e busca veiculares.

Militares em atuação na fronteira


4

polícia

FALE COM O EDITOR: REDACAO@JNEDIARIO.COM.BR

terça-FEIRA • 17 de abril de 2018

deu ruim

abigeato

Mais uma quadrilha é presa por furto de gado giselli figueiredo

Entorpecentes seriam entregues para uma pessoa na Rua dos Ferroviários, na cidade

Rotai prende traficante próximo a UFMS em Aquidauana

da redação

Marcelo Cristaldo Fernandes, 33 anos, foi flagrado por policiais da Rotai – Rondas Ostensivas Táticas do Interior, com trouxinhas de maconha no Bairro Serraria, na noite desta terça-feira (10). Ele relatou ao policiais militares que estava indo em busca de mais entorpecentes, para comercializar a mando de outro traficante. De acordo com informações da Polícia Militar, equipe da Rotai em apoio a policiais da Agência Local de Inteligência (serviço reservado da PM), estava realizando patrulhamento intensificado no Bairro citado, já que havia várias denúncias anônimas que por ali havia grande número de usuários de drogas e também venda de entorpecentes, quando avistou um homem em atitude suspeita na Rua Pedro Pace, na lateral do Campus da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

Marcelo então foi abordado e durante busca pessoal, foram localizados três embrulhos de maconha. Ao ser questionado sobre a droga, o suspeito disse que “um tal” de Fabrício o contratou para pegar entorpecentes com uma terceira pessoa, que estava próximo a um supermercado da região e

Genivaldo José de Almeida, 42 anos, Edvaldo Ortiz, 49, Simão Oliveira da Costa, 26, Marcelo Gomes da Silva, Nilo Cunha, 54 e Sérgio Luiz Barros de 47 anos, foram presos acusados de furto de gados no estado. No flagrante os autores estavam com 45 cabeças de gado para abate, que foram avaliadas em R$ 100 mil. O caso aconteceu na madrugada do último domingo, 09 de abril, na BR-163 em Bandeirantes. Edvaldo já seria conhecido no ramo

da agropecuário por trabalhar com a venda dos animais. Conforme o delegado da Garras Fábio Peró, Genivaldo seria o líder da quadrilha e Edvaldo seu braço direito. “Até o momento foram identificados quatro casos de furtos de gado realizados pela quadrilha, mas ainda estamos investigando outros casos”, relata o delegado. “Genivaldo já foi identificado em um caso de furto em Ribas do Rio Pardo de 50 cabeças. Uma parte de gado foi recuperado em uma Rancharia em São Paulo”, completa Peró. Ao todo foram furtados

128 cabeças de gado, em quatro crimes já identificados. Na sexta-feira, 06 de abril, a polícia recebeu uma denúncia anônima informando sobre o crime. Os agentes montaram uma barreira, porém os autores ainda tentaram fugir. Edvaldo e Genivaldo estava em uma caminhonete Hilux, seguindo os caminhões. “Durante a abordagem Edvaldo ainda tentou fugir a pé, e isso causou algumas escoriações”, finaliza Fábio. A quadrilha responderá pelos crimes de furto qualificado, organização criminosa e desobediência.

em seguida iria entregar para uma outra pessoa na Rua dos Ferroviários. O homem ainda contou que venderia cada embrulho pelo valor de R$ 20 reais. Marcelo foi detido e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana junto com a droga, para as providências cabíveis. Cada membro do grupo tinha uma função dentro da quadrilha

aquidauana

Polícia Militar recupera moto furtada giselli figueiredo

Marcelo estava fazendo “correria” para traficantes

Policiais Militares da Guarnição de Trânsito do 7° Batalhão de Polícia Militar em Aquidauana, recuperaram uma motoneta Honda/Pop no Bairro São Pedro, na manhã do dia 9 de abril. A motocicleta havia sido furtada no dia anterior. De acordo com informações da Polícia Militar, a Guarnição foi acio-

nada via Copom para verificar uma motocicleta que, conforme denúncia anônima, estava abandonada. Ao localizar o veículo, próximo ao antigo aterro sanitário, foi confirmado que constava no sistema um registro que a moto foi subtraída na noite de domingo. Um detalhe relatado pelos policiais é que a motocicleta estava sem a placa, onde a verificação foi feita pela nume-

ração do chassi. Também foi observado que o veículo estava sem o chaveiro de ignição e com os fios de bateria arrebentados. A motocicleta foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana para providências cabíveis.


FALE COM O EDITOR: redacao@JNEdiario.COM.BR

terça-FEIRA • 17 de abril de 2018

câmara cg

POLÍCIA

5

admiração

Quem instalar câmeras de segurança terá desconto no IPTU da redação

Por 16 votos a nove, os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande derrubaram o veto do prefeito Marquinhos Trad (PSD) ao projeto “Cidade Vigiada”, que prevê desconto no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) a imóveis com câmeras de monitoramento voltadas para a rua, de autoria dos vereadores André Salineiro e Otávio Trad. Ao defender o projeto, Salineiro rebateu críticas de que o projeto exigiria renúncia de receita e afetaria significativamente os cofres públicos. “Poderíamos falar de renúncia quando autorizamos aqui a renúncia do Con-

sórcio Guaicurus. Não foi renúncia? Foi renúncia! Quando votamos a favor do Prodes foi renúncia de recursos públicos em troca de geração de emprego e renda, e aqui estamos falando de vidas, do bem mais precioso do ser humano, de segurança pública”, argumentou Salineiro. O vereador lembrou ainda que “renúncia”

compreende anistia, remissão, subsídio, crédito e concessão de isenção de caráter não geral e, nesse caso, o projeto “Cidade Vigiada” é de caráter geral. “Então, esse projeto não precisa de estudo de impacto financeiro”, disse Salineiro ao citar o artigo 14, inciso II, da Lei de Responsabilidade Fiscal, amparado por jurisprudência do STF (Supremo

Tribunal Federal). “Cidade Vigiada” – O projeto prevê desconto que pode ser de até 15% no IPTU, porém o percentual deve ser definido pela Prefeitura. O desconto é a partir do exercício fiscal seguinte ao requerimento do benefício, por no máximo cinco anos, podendo ser prorrogado a critério do Poder Executivo. Para ter direito o morador deverá instalar um sistema de videomonitoramento que faça gravação 24 horas por dia, com qualidade que possibilite a identificação e reconhecimento das pessoas e placas de veículos captadas pelas câmeras. As gravações deverão ser conservadas pelo prazo mínimo de 30 dias corridos.

Aquidauana

Com avô e tio policiais, Arthur mostra que vai seguir os passos da família Giselli Figueiredo

No último sábado (14) o pequeno Arthur Vernier Cáceres, morador de Aquidauana, comemorou seu aniversário de 4 aninhos. Como qualquer outro menino de sua idade, o pequeno tem seus super-heróis preferidos, e não estamos falando nem de super-man, homem-aranha ou homem de ferro. Arthur tem verdadeira admiração pelo seu avô e seus tios que são policiais militares. E a decoração não poderia ser outra. Com balões e detalhes em preto e branco, em referência ao GETAM - Grupo Especializado Tático de Ações

Motorizadas, onde o avô, Sargento Johnny Cáceres, atua. Outro detalhe é a roupa do menino, praticamente fardado para a ocasião, com direito a camiseta personalizada com o seu nome.

E claro que não poderia faltar a presença dos policiais do GETAM que fizeram a alegria do menino ao chegarem na festa. Fardados, fizeram questão de dar um abraço no pequeno e

assim mostrar o quanto é gratificante para o efetivo ter a admiração das crianças, mostrando que é importante estar lado a lado com a sociedade civil.

Policiais do GETAM fizeram uma surpresa para Arthur ao comparecer no aniversário

Kaliny ganhou até foto na viatura com a Policial Militar

Com direito a farda, pequena policial realiza sonho de conhecer base do GETAM giselli figueiredo

Ela tem 11 anos e surpreende pela convicção ao dizer o que quer ser quando se tornar adulta: Policial Militar! Mas com um detalhe: unir a futura profissão com a sua paixão que é a motocicleta. Kaliny Carlos de Ávila tem verdadeira admiração pelos militares do GETAM – Grupamento Especializado Tático de Ações Motorizadas. Ver os policiais em motocicletas nas ações repressivas e preventivas na cidade de Anastácio, onde mora, despertou verdadeira admiração na menina. E nesta quarta-feira (11) foi o dia de colocar fim ao desejo de ver bem pertinho como esses policiais do GETAM trabalham. Junto com a mãe Kelly Gomes Pereira e vestida em uma farda feita sob medida, Kaliny foi até a Base do Grupamento em Aquidauana. A adolescente foi recebida pela única policial mulher do GETAM, a Sargento E. Maidana, que deixou a menina mais empolgada

ainda, já que mesmo com a farda, a beleza da policial deixa a vaidade em evidência. Ela também pôde conhecer praticamente todo o efetivo do Grupamento, já que estavam em treinamento no momento da visita. Um pouco tímida, mas todo tempo com sorriso no rosto, Kaliny foi se soltando aos poucos e interagindo com os Policiais Militares, que ficaram lisonjeados com a presença e com a admiração da menina, onde mostra que a imagem da Polícia Militar com a população segue sempre revigorada. E a recepção foi calorosa, com direito a fotos nas viaturas e com a equipe. Ser criança e pré-adolescente é algo encantador, é viver em um mundo de ideias, sonhos e acreditar em mundo melhor. E esses pequenos muitas vezes se espelham em profissionais que se tornam exemplo, como o caso da pequena Kaliny, onde essa visita será o combustível para se dedicar mais aos estudos e tão logo se tornar uma Policial Militar.


6

geral

FALE COM O EDITOR: REDACAO@JNEDIARIO.COM.BR

terça-FEIRA • 17 de abril de 2018

política

Caravana da Saúde nas Escolas promete combater baixo rendimento escolar da redação

Além de promover o bem-estar de alunos de 7 a 12 anos das redes públicas de ensino de Mato Grosso do Sul, a Caravana da Saúde nas Escolas vai combater o baixo rendimento escolar. Esse é um dos principais objetivo da nova etapa do programa, afirmou o governador Reinaldo Azambuja nesta quarta-feira (11). Lançada em Campo Grande, a Caravana da Saúde nas Escolas atenderá 42 mil alunos de colégios públicos da Capital até junho. Em todo o Estado serão 166 mil jovens e crianças atendi-

das, estima o governador. “No nosso planejamento, o investimento nessa modalidade de atendimento à saúde será de R$ 23 milhões”, revelou. O secretário de Estado de Saúde, Carlos Coimbra, pediu apoio maciço de professores, coordenadores e diretores escolares para aumentar o atendimento às crianças. “É muito uma conscientização importante, pois eles terão que convocar os pais e/ou responsáveis, que darão a autorização para a realização dos exames”, explicou. A Caravana da Saúde nas Escolas vai garantir óculos e aparelhos auditivos aos alunos que apresentarem algum tipo de

necessidade. As entregas serão feitas em um dia de mobilização, quando também serão oferecidos diversos serviços à sociedade de forma geral. A expectativa é realizar todos os atendimentos até o mês de junho. Caravana da Saúde Criada em 2015 pelo governador Reinaldo Azambuja, a Caravana da Saúde é o maior programa de regionalização da saúde já realizado em Mato Grosso do Sul, tendo executado mais de 850 mil procedimentos, 34 mil exames e 50 mil cirurgias, com investimento de R$ 75 milhões. O projeto percorreu as 11 microrregiões de Mato Grosso do Sul.

Identificamos que de 15% a 20% do baixo rendimento escolar dos alunos da rede pública de ensino se devem por problemas de visão ou audição. Temos hoje índices de repetência e evasão escolar por causa disso. Então, dar a esses alunos aparelhos auditivos e óculos melhora também o rendimento nas escolas”, afirmou Reinaldo Azambuja.

agilidade

O Projeto é do Deputado Estadual e presidente da AL/MS Júnior Mochi

Deputados aprovam divulgação de lei sobre devolução integral de troco da redação

Os deputados aprovaram na última quinta-feira (12) em primeira votação, o projeto do deputado Junior Mochi (MDB) e do ex-parlamentar Flávio Kayatt (PSDB), que divulga por meio de cartazes, a lei que obriga a devolução integral do troco em espécie. O objetivo é informar os consumidores que eles têm este direito. Este cartaz será afixado nos estabelecimentos comerciais, precisa ter dimensão mínima

de 297x420 mm, sendo colocado de fácil acesso aos consumidores, onde justamente ocorrem os pagamentos e recebimentos em dinheiro. A lei deve ter todos os seus artigos nítidos para leitura. “O objetivo é divulgar o direito dos consumidores que está previsto na lei e que os estabelecimentos devolvam integralmente o troco ao consumidor, sempre que o pagamento for realizado em moeda corrente”, diz a proposta. Quem descumprir tais medidas irão receber primeiro advertên-

cia, seguido de notificação para regularização, se mesmo no prazo previsto (30 dias) não tiver cumprido a lei, poderá pagar multa de 100 uferms. A lei 4.588 de 2014 obriga o comércio a fazer a devolução integral do troco em espécie, quando o pagamento for em moeda corrente. Na falta de cédula ou moedas para o troco, o fornecedor do produto ou serviço, precisa arredondar o valor em benefício ao consumidor. A proposta ainda precisa passar por segunda votação, antes de ir para sanção.


FALE COM O EDITOR: REDACAO@JNEDIARIO.COM.BR

terça-FEIRA • 17 de abril de 2018

geral

7

anastácio

Entenda o fundamental papel da família na prevenção ao suicídio giselli figueiredo

Devido aos acontecimentos ocorridos na última semana, onde pessoas acabaram atentando contra a própria vida, o JNE resolveu ouvir especialistas no assunto para entender um pouco mais sobre esse “grito silencioso” de ajuda e quais programas que os municípios de Aquidauana e Anastácio oferecem para quem precisa. Na reportagem de hoje, a entrevistada foi a psicóloga e atual secretária municipal de saúde de Anastácio, Aline Cauneto, que montou uma equipe e desenvolveu o Programa de Saúde Mental no município. Com seis psicólogos na pasta da Saúde e quatro na pasta de Assistência Social, a profissional contou que toda a rede de servidores foram treinados. “Acolhimento. Quem buscar ajuda em qualquer setor de Anastácio será acolhido. Não é só o psicólogo que identifica, todos podem oferecer ajuda”. A psicóloga explica que, seja nas escolas,

A Secretária de Municipal de Saúde de Anastácio e Psicóloga, Aline Cauneto, falou sobre o trabalho na cidade

nas ESF’s, no CEM, quem sinalizar que precisa e busca por ajuda, terá uma resposta. “Os psicólogos são acionados de imediato e vamos até a pessoa. Não há lista de espera nesses casos, principalmente com pessoas em ideação, que mostram

sinais visíveis que querem cometer suicídio”. A ideação suicida é um processo que envolve diversas fases. Desde o pensamento intermitente sobre a vontade de pôr fim na própria vida até o planejamento sobre como isso será feito, as pessoas costumam dar

muitos sinais de que as coisas não vão bem. Aí começa a ajuda com terapias em grupo, encaminhamento para um psiquiatra, caso seja necessário e claro o atendimento individual e as visitas domiciliares. “As pessoas atendidas tem a

liberdade de nos acionar a hora que precisar, não importa o dia e a hora, sempre estamos à disposição”, explicou Aline. Mas a secretária que é psicóloga de formação, pontuou algo de extrema importância e pouco abordado: o apoio familiar. Todo tratamento profissional é em vão se não há comprometimento da família em cuidar da pessoa que está vulnerável. “Não adianta todo esse atendimento, esse acolhimento, se em casa o assunto é tratado superficialmente”. O que Aline alerta é o descaso dentro de casa. Aquela famosa situação de que “é uma frescura”, “quem fala não faz”, “falta de surra”, “está chamando a atenção”, entre outras. É essencial que a família ou amigos estejam atentos aos comportamentos das pessoas como forma de evitar que o pior aconteça.

Dentro de casa, a união em família é um dos caminhos para vencer esse momento. Nesse sentido, a família tem um papel muito importante e pode contribuir através de diálogo, apoio e esclarecendo dúvidas. Além disso, deve estar atenta à mudança de comportamento, sinais de irritação, desesperança e falas de nulidade, tais como a de que vida não vale a pena ou de que não serve para nada, que seria melhor não existir. Outro detalhe são as publicações em redes sociais, diálogos com sinais de despedida. “Já tivemos caso dentro do programa que perdemos pacientes mesmo em tratamento. Pais não se atentam ao fim da medicação, veem os sinais como frescura, ou porque acham que a pessoa está em atendimento, o pior não vai acontecer”, contou a secretária. Conversar a respeito do problema é fundamental, já que ele costuma ser um mal silencioso, pois as pessoas que possuem tendências suicidas não gostam de conversar sobre o assunto por medo ou desconhecimento. Por isso, é importante que familiares saibam identificar os principais sintomas. É importante manter as linhas de comunicação abertas e manifestar a preocupação, apoio e amor e mostrar que você leva a sério essas preocupações. Não apoiar a pessoa sobre o que se está passando, pode aumentar a sua sensação de desesperança. A Secretária de Saúde de Anastácio reforça que sua equipe está à disposição para atendimento e palestras, mas alerta as famílias que passam por isso a não colocar nada “debaixo do tapete”.


8

GERAL

FALE COM O EDITOR: REDACAO@JNEDIARIO.COM.BR

TERÇA-FEIRA • 17 DE ABRIL DE 2018

AQUIDAUANA

Equipe da Secretaria de Saúde de Aquidauana traça estratégias para oferecer atendimento psicológico eficiente para a população. Dados de suicídios são preocupantes.

ODILON DETERMINA CONTRATAÇÃO DE MAIS PSICÓLOGOS PARA DESAFOGAR FILA DO CEM GISELLI FIGUEIREDO

Em nova estratégia para diminuir os índices de suicídios e tentativas que estão ocorrendo em Aquidauana, a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Saúde irá contratar mais psicólogos para desafogar a fila de espera do CEM – Centro de Especialidades Médicas. Segundo informações levantadas pelo JNE, o número passa de 300 pacientes que aguardam atendimento. De acordo com a superintendente da Secretaria, a enfermeira Gabriella Darbello Torres

Lopes, a pasta conta com um Programa de Saúde Mental que recentemente passou por reestruturação, tendo como coordenadora a enfermeira Natália de Souza Ferreira. Será um trabalho conjunto com o NASF – Núcleo de Apoio à Saúde da Família. “Foi definida uma rede e fluxo de atendimento. A porta de entrada será as ESFs, o profissional detectou vulnerabilidade vai acionar o NASF imediatamente, que irá enviar uma psicóloga e assistente social. Aí a psicóloga fará triagem do caso para definir se vai acompanhar o paciente ou encaminhar ao CEM para terapia ou para o CAPS – Centro de Aten-

ção Psicossocial”, explicou Gabriela. Outra mudança citada pela enfermeira será a “vaga zero” para psicólogos do CEM. “Em casos críticos, a pessoa será encaixada de imediato, independente da demanda atual”, pontuou. Pessoas em ideação, que mostram sinais visíveis que querem cometer suicídio, não podem esperar por atendimento, tem que ter uma resposta em tempo hábil, e de acordo com a superintendente, a equipe da Secretaria de Saúde está em alerta para atender a demanda. Foi autorizada a contratação de mais dois profissionais para dimi-

nuir e até zerar a fila de espera por atendimento psicológico no Centro de Especialidades Médicas,

já que o município teve um aumento crítico de casos. A superintendente também informou

que será desenvolvido um trabalho de prevenção voltado para as escolas e as universidades.

67-996206342 67-998707786

JNE 17/04/2018  
JNE 17/04/2018  
Advertisement