Page 6

MENÇÃO HONROSA GRUPO C

alunos do Ensino Secundário

Mário João Rosas Rebelo Correia – 16 anos (11º ano – Escola Secundária c/ 3.º ciclo João Gonçalves Zarco - Matosinhos) Café Tão igual a mim, Aquele café. A pacatez dos azulejos cor-de-gasto Que respiram borboto Dos velhos a ler Um jornal desportivo, Enquanto tomam o seu bagaço Decadente. Decadente. Decadente como as mesas de granito, Onde tudo é a preto e branco, Mas sem o toque Charlie Chaplin, Onde as pernas de ferro estão entorpecidas. É o mal do ferro, a ferrugem... Atrás, o insípido som do bilhar Unido à nuvem de nicotina Que enche a sala, lentamente, De cegueira. Entranha-se o cheiro a cansado pensativo, A falhado deprimido. E, ao centro, Berrante, estridente Como uma Coca-Cola em África, A televisão topo de gama Para dar futebol à clientela Decadente. Decadente. Decadente como este café, Que, em constante fumo espesso De entra e sai, Vai ganhando o conformismo desbotado Desses velhos que já mal conseguem falar. O café, realmente, Acorda e desperta. 6

Dar Voz à Poesia - Vencedores da 12ª edição  

Vencedores da 12ª edição do concurso Dar Voz à Poesia.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you