Page 1

25 de maio

DIA DA ÁFRICA

A missão da JMM na África começou em 1971, com o envio de sua primeira missionária ao continente. O primeiro campo foi Moçambique. Atualmente há mais de 160 missionários testemunhando o Evangelho de Cristo em solo africano. No continente, onde predominam religiões animistas e o islamismo, nossos missionários têm feito a diferença.


25

de maio

ÁFRICA Missões Mundiais está presente na África há mais de 40 anos. A agência missionária também atua na defesa dos direitos humanos, do acesso à educação, saúde e oportunidades de trabalho para os africanos. Neste Dia da África, Missões Mundiais vem reforçar seu compromisso em alcançar todos os povos africanos com o Evangelho de Cristo. A missão da JMM na África começou em 1971, com o envio de sua primeira missionária ao continente. O primeiro campo foi Moçambique. Atualmente há mais de 160 missionários testemunhando o Evangelho de Cristo em solo africano. No continente, onde predominam religiões animistas e o islamismo, nossos missionários têm feito a diferença. Na Guiné e no Níger, os jovens do Programa Radical apoiam o trabalho de missionários efetivos em pequenas comunidades. Projetos como o Surdos do Senegal e Fábrica de Esperança oferecem a crianças e adolescentes uma nova oportunidade de vida e o caminho da salvação em Jesus. Também foi em Moçambique que Missões Mundiais iniciou o PEPE (programa socioeducativo), em 2001. Mais de uma década depois, o PEPE já chegou à África do Sul, Angola, Cabo Verde, Guiné, Guiné-Bissau, Mali, São Tomé e Príncipe, Senegal, Serra Leoa e um país no norte do continente, onde há riscos para a pregação do Evangelho. O PEPE na África é a prova de que o trabalho missionário pode render muitos frutos, pois para cada criança atendida


pelo programa socioeducativo, aproximadamente 30 adultos são impactados pela mensagem da salvação em Jesus. Missões Mundiais também testemunha o Evangelho de Cristo em todos os cinco países de língua portuguesa na África: em Angola, a Escola Pamosi trabalha com a população surda de Huambo; em Cabo Verde e em São Tomé e Príncipe, igrejas já foram organizadas; em Guiné-Bissau, missionários atuam na capital e no interior com projetos nas áreas educacional e de saúde, como a Escola e a Clínica de Bafatá; em Moçambique, projetos como o Pequenas Sementes e Consolo levam esperança à população do Dondo através de uma escola e uma clínica móvel.

O Dia da África Meio século após sua criação, o Dia da África tem um profundo significado na memória coletiva dos povos africanos. A data marca a fundação da antiga Organização da Unidade Africana (OUA), em 1963, por representantes de mais de 30 países do continente. O maior compromisso político dos líderes africanos acelerou o processo de independência dos países do continente e do regime segregacionista do apartheid, na África do Sul. A OUA foi substituída pela União Africana (UA) em 2002, mas o Dia da África continua a ser comemorado em todo o mundo. A data é a manifestação do desejo de mais de 1 bilhão de africanos de construírem um futuro melhor com democracia e progresso.

Saiba mais sobre o trabalho missionário na África Acesse www.jmm.org.br, curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/MissoesMundiais e siga-nos no Twitter: @MissoesMundiais.

JUNTA DE MISSÕES MUNDIAIS Diretor Executivo Pr. João Marcos Barreto Soares Gerência de Comunicação e Marketing Jaci Madsen jmm.org.br/campanha2013 facebook.com/MissoesMundiais @MissoesMundiais 21 2122-1900 redacao@jmm.org.br


テ:RICA

Saiba mais sobre o trabalho de Missテオes Mundiais nesse continente. Acesse www.missoesmundiais.com.br.

Dia da África  

25 de maio é o Dia da África Conheça o que Missões Mundiais tem feito para testemunhar o Evangelho de Cristo aos africanos

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you