Page 1

m e e c e t n Aco LINHARES • ESPÍRITO SANTO


Apresentação

A aplicação dos conceitos e elementos gráficos deste trabalho é baseada em amplos estudos realizados pela Casamarela Comunicação Integrada, a partir de diversos livros especializados em design e diagramação, disponíveis no mercado. Este manual foi desenvolvido para que, acima de tudo, a Prefeitura de Linhares possa desenvolver uma forma padronizada de comunicação horizontal e bilateral com o seu público alvo: o cidadão linharense. Convém ressaltar que, com o avanço da tecnologia, tornou-se inerente à sociedade a busca constante por informações para que, assim, possa tomar conhecimento das ações da Prefeitura, estando cada vez mais presente e atuante na vida de seu município. Seja acompanhando e sugerindo, seja cobrando das secretarias municipais, ações que visem sempre uma melhoria em sua qualidade de vida. A proposta aqui, pois, é incentivar a leitura do Acontece em Linhares. A seguir serão apresentados o conceito e a construção editorial desse jornal de circulação mensal, criado a fim de responder à necessidade de informações do cidadão sobre a administração da cidade. Informações complementares e esclarecimento de dúvidas sobre layouts, sinalizações, pinturas e interpretação deste manual podem ser obtidos com a equipe de atendimento/criação da Casamarela Comunicação Integrada pelo telefone 27 3314-4494 ou pelo e-mail atendimento@casamarelaci.com.br.

Boa leitura!

02


Sumário

2

APRESENTAÇÃO

4

PÚBLICO ALVO

5

A PREFEITURA

6

A IDEIA ELEMENTOS PROJETUAIS 8

Abordagem e Conteúdo editorial

9

Logotipo

10

Logotipo Construção

12

Tipografia

13

Paleta de cores

PEÇA PRINCIPAL

26

15

Formato

16

Layout

17

Capa

18

Grid (Capa - Miolo)

20

Imagem

21

Elementos Gráficos

23

Espelho

24

Produção Gráfica

25

Softwares

BIBLIOGRAFIA

A

B


Público-Alvo

O público alvo do Acontece em Linhares envolve pessoas do sexo masculino e feminino, com idades entre 16 e 65 anos. A maior parte reside na área urbana do município. O nível de escolaridade é variável, porém a maioria possui ensino médio e superior, completo ou incompleto. Essas pessoas, ainda, usam diariamente os meios de transporte público, principalmente os ônibus e, no percurso, costumam ler livros, revistas, jornais e outras publicações. Têm por hábito, também, frequentar redes de relacionamento virtuais, como Orkut, Facebook e Twitter, e estão por dentro dos avanços tecnológicos. São pessoas que buscam informações que os mantenham atualizadas quanto à realidade política de seu município, para que possam acompanhar as medidas tomadas em benefício da melhoria de sua qualidade de vida.

04


A Prefeitura

Linhares, o futuro acontece aqui. Para justificar esse slogan, a Prefeitura não para. É uma obra atrás da outra. Mas, tão importante quanto executá-las é tornar visíveis os investimentos dessas obras. A experiência tem demonstrado o quão importante é a transparência para o setor público. Assim sendo, a Prefeitura decidiu criar o Acontece em Linhares. Além de divulgar as ações em benefício da população, a administração quer utilizar o jornal mensal para prestar contas à comunidade, sobre onde investe os recursos públicos. A Prefeitura destacou como responsável pela Edição/Editoração, a Secretaria Municipal de Comunicação, sob os cuidados da jornalista Ananda Bisi.

05


A Ideia

Que a internet é hoje uma fonte indispensável de pesquisa nem se discute. O fato é que, nem sempre, as informações contidas na rede possuem o grau de reflexão necessário para que o leitor faça as suas próprias análises sobre os assuntos tratados. Em seu blog, o jonalista Marcelo Miranda questiona: “é comum a substituição da leitura de um livro por uma busca rápida na internet e a leitura de uma ou duas páginas sobre o assunto de interesse. Será profundo saber o suficiente para ser lembrado no futuro e formar base de conhecimento?” A partir dessa constatação é que se propõe a criação de um veículo impresso com características modernas quanto à elaboração das reportagens, com grande poder informativo, mas sem o uso excessivo de caracteres. Ou seja, matérias sucintas, mas nem por isso superficiais, capazes de atingir um público das mais diversificadas camada sociais, e grau de escolaridade.

06


A

Elementos Projetuais


Abordagem e Conteúdo Editorial

Elementos Projetuais

O jornal Acontece em Linhares não possui uma estrutura rígida no que se refere à definição de suas editorias. Para a elaboração deste manual foi utilizado como base um “piloto”, que seria veiculado no mês de maio de 2010. A hierarquização dos assuntos abordados, no caso, obedeceu à ordem de importância das ações desempenhadas pela Prefeitura de Linhares, no período em questão. Urge destacar, no entanto, que a estrutura ora apresentada não deve, necessariamente, ser seguida nas edições futuras. Ao contrário, ela pode variar de acordo com os temas tratados. Essa maleabilidade editorial reflete, por si só, a maior função dos órgãos da administração pública: trabalhar onde a população tem necessidade. Além disso, ajuda a caracterizar o nome do jornal como veículo transparente de informações do cidadão linharense.

08


Logotipo

Elementos Projetuais

m e e c e t n Aco m e e c e t n Aco Analisando o logotipo do jornal Acontece em Linhares, é possível perceber a semelhança entre o lettering LINHARES e o logotipo da Prefeitura. Isso se justifica para evidenciar que se trata de um informativo da administração municipal, com vistas a reforçar a transparência para com a população local. Os direitos de propriedade intelectual sobre esse logotipo pertencem à Prefeitura de Linhares, sendo vetada a sua reprodução, sem prévio conhecimento/autorização da Secretaria Municipal de Comunicação Social, ou outra instância superior, deste município. A seguir veremos, detalhadamente, a construção do logotipo.

09


Logotipo • Construção

Elementos Projetuais

m e e c e t n Aco x

m e e c e t Acon

4,5º

Em casos especiais, quando não for possível a utilização das artes digitais fornecidas neste manual e houver a necessidade de desenhar a logomarca, deve-se utilizar um diagrama, conforme esquema acima, a fim de manter rigorosamente suas proporções e seu design. Não existe aplicação verticalizada deste logotipo.

10


Tipografias

Elementos Projetuais

A escolha tipográfica contida no jornal Acontece em Linhares consiste em duas principais características: economia de espaço na página e legibilidade. Ao mesmo tempo, por se tratar de um veículo de comunicação de massa, as tipologias levarão em conta também o aspecto esteticamente moderno. Após alguns ensaios tipográficos, o jornal terá como padrão três famílias de fontes: Kozuka Gothic Pro, Humanst521 BT e Alako-Bold. Todas estão disponíveis no CD-Rom que acompanha este manual. A aplicação da fonte Kozuka Gothic Pro ocorrerá nas manchetes, títulos, retrancas e linhas finas das reportagens. A fonte não possui serifas e, apesar de não ser verticalizada, não deve ser utilizada em textos longos, para que possa haver uma distinção visual clara entre títulos e corpo da matéria. Por sua vez, a fonte Humanst521 BT será empregada nos textos longos. Apesar de ser um tipo de letra tradicional, ela continua mantendo legibilidade originalmente superior e bastante fácil de ser trabalhada, tanto em textos longos, quanto em formatos resumidos de matéria, como boxes e tabelas. A fonte Alako-Bold possui um visual manuscrito moderno e marcante, servindo como parte na composição do logotipo e ajudando a determinar a identidade visual ao longo das páginas, dando forma característica aos “foguetes” indicativos das editorias. Apesar dessas 3 famílias tipográficas, o projeto do jornal permite o uso de uma diferente tipologia, principalmente em algumas seções. Quando forem tema principal de capa, por exemplo, poderão conter um forte conceito estético tratado na matéria onde será aplicada, tornando fácil o entendimento da “licença tipográfica especial”.

11


Tipografias

Elementos Projetuais Kozuka Gothic Pro

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V X W Y Z a b c d e f g h i j k l m n o p qr s t u v x w y z 1 2 34 5 6 7 8 9 0 Humanist521 BT

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V X W Y Z a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v x w y z 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 Alako-Bold

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V X W Y Z a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v x w y z 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 12


Paleta de Cores

Elementos Projetuais AZUL C100 / M70 / Y0 / K40 - Pantone 288c VERMELHO C0 / M100 / Y100 / K0 - Pantone 485c AMARELO C0 / M20 / Y100 / K0 - Pantone 7406c VERDE C100 / M0 / Y100 / K0 - Pantone 355c

Não existe uma paleta de cores obrigatória. Apenas devemos levar em conta, o código cromático que o cidadão linharense está acostumado a ver impresso no logotipo da Prefeitura, servindo assim como gancho na sua identidade visual. A aplicação dessas cores em objetos de apoio gráfico levará em conta o “caminhar” das seções do jornal, de forma a perceber nitidamente um “link”, com as peças publicitárias institucionais que são criadas periodicamente para esta Prefeitura. À editoria que abordar o tema principal da matéria de capa, será permitida uma “licença especial” cromática para que sirva de apoio para o destaque que essa reportagem exigir. Devendo-se, também, usar o bom senso para que não se crie uma “aberração cromática”, que descaracterize a essência gráfica do jornal.

13


B

Peรงa Principal


Formato

Peça Principal

Standart: 31,5x56,5 (Fechado) 63x56,5 (Aberto)

Tablóid: 29x41 (Fechado) 58x41 (Aberto)

Acontece em Linhares: 28x32 (Fechado) 56x32 (Aberto)

Para construir um formato que se diferenciasse dos demais e que respeitasse a praticidade, o manuseio e a modernidade (que devem ser sempre o objetivo deste veículo), foi adotado o padrão de 28x32cm (fechado) ou 56x32cm (aberto). Esse formato, embora pareça original - por não se enquadrar nos formatos-padrão como Standart ou Tablóide - na verdade não passa de uma adaptação de 1/4 do formato Standart (aberto), ou 1/2 (fechado).

15


Layout

Peça Principal

O projeto gráfico do Jornal Acontece em Linhares prioriza a legibilidade dos textos, possibilitando a variação de colunagens, assim como a aplicação das imagens convencionais, sangradas ou recortadas, bem como experimentações tipográficas. Como já foi dito, nenhuma das editorias do jornal é fixa. Todas são escolhidas de acordo com as ações de maior relevância no município. Sendo assim, não definiremos regras “engessadas” de diagramação. Contudo, mostraremos recursos gráficos que ajudarão a conferir modernidade e clareza na composição do jornal, sem que se perca, é claro, a identidade visual geral da publicação.

16


Capa

Peça Principal Para a matéria de capa, daremos sempre maior importância no estilo da diagramação. A foto deve receber sempre um destaque único, não disputando a atenção dos leitores com outras fotografias. A manchete deverá ser seguida, obrigatoriamente, por uma Linha Fina e um pequeno resumo da reportagem (chamada).

Logo abaixo do logotipo, é essencial que venham estampados a edição, o número e, principalmente, o mês corrente, para que a divulgação das ações da Prefeitura não assuma um aspecto de notícia velha.

Os demais assuntos abordados no jornal receberão destaque de menor importância e, apenas os de maior relevância, deverão ser seguidos de resumo. Os outros, ainda, serão apresentados apenas com os títulos.

Essas medidas são necessárias para que se crie um visual “clean” e rico em informações relevantes, ao invés daquela tradicional capa sobrecarregada, que resume o jornal inteiro (muito comum, aliás, nos grandes jornais impressos).

17


Grid - Capa

Peça Principal Margem superior

15mm

Margem do Cabeçalho

9cm

Manchete:

Fonte: Kozuka Gothic Pro Corpo: Subjetivo Entre linha: Subjetivo

Foguete:

Fonte: Alako-Bold Corpo: 18 Fx: DropShadow

Linha Fina:

Chamadas de Capa:

Fonte: Kozuka Gothic Pro Corpo: Subjetivo Entre linha: Subjetivo

Fonte: Kozuka Gothic Pro Corpo: 15 Entre linha: 15

Resumo da matéria:

Resumo da matéria:

Fonte: Humanst521 BT Corpo: 11 Entre linha: 13 (autom.) FX: Drop Cap (Captular de 2 linhas)

Fonte: Humanst521 BT Corpo: 11 Entre linha: 13 (autom.)

Espaço entre chamadas

8mm

Margem inferior

15mm

Margem Direita

15mm

Largura das Colunas

5mm

Margem Esquerda

15mm

O grid básico a ser usado na capa pode ser adaptado, caso a aplicação da foto principal exija tal mudança. Porém, a margem de segurança para o texto deve ser respeitada para que não ocorra uma “degola” dos títulos, linha fina ou resumo da reportagem.

18


Grid - Miolo

Peça Principal

Para maior clareza do leitor, as editorias devem ser indicadas no topo da página, junto ao elemento gráfico que caracteriza a programação visual das páginas.

Margem do Cabeçalho

2cm

Manchete:

Fonte: Kozuka Gothic Pro Corpo: Subjetivo Entre linha: Subjetivo

Olho:

Linha Fina:

Fonte: Humanst521 BT Corpo: 14 Entre linha: 16,8 (autom.)

Fonte: Kozuka Gothic Pro Corpo: Subjetivo Entre linha: Subjetivo

Matéria:

Fonte: Humanst521 BT Corpo: 11 Entre linha: 13 (autom.) FX: Drop Cap (Captular de 2 linhas)

Para o miolo do jornal, a colunagem e suas respectivas margens são outras. Sempre é possível “estourar” um foto para que ela sangre no limite da página. Mas, assim como na capa, as margens dos textos devem ser respeitadas.

Numerador:

Margem inferior

Fonte: Futura-Bold Corpo: 14

15mm

Margem Direita

15mm

Largura das Colunas

5mm

Margem Esquerda

15mm

Basicamente, o miolo é composto por quatro colunas de texto. Mas, em razão do design moderno e da necessidade de se fazer sempre uma página esteticamente bonita, essa regra pode ser quebrada para que sejam inseridos “olhos”, “boxes” ou legendas que não respeitem a colunagem-padrão.

19


Imagem

Peça Principal

Para garantir a qualidade gráfica das imagens, uma receita é sempre infalível: • Resolução sempre entre 220 a 300DPIs; • Modelo de cor CMYK; • Checar se todas estão devidamente “linkadas”.

Ao longo das matérias do jornal, o leitor terá contato visual com diversas linguagens, para orientálo na comunicação. As imagens deverão estar de acordo com o perfil que o jornal propõe. Assim, poderão ser utilizadas imagens vetoriais, como ilustrações e infográficos, e imagens bitmap, como fotografias. Alguns exemplos práticos: • Fotos com fundos recortados; • Ilustrações; • Fotos “estouradas” na página, com seus limites “sangrados” no corte; • Fotos recortadas, interagindo com o fluxo do texto.

20


Elementos Gráficos

Peça Principal Box O uso do box é indicado para textos que servirão de complemento para as matérias principais. Além disso, pode vir a ser utilizado como grafismo nos layouts de algumas páginas; dar sustentação para legendas ou até mesmo carregar pequenas matérias, adicionando destaque para que não passem despercebidas.

Numeradores de página Usados sempre na parte mais externa de baixo da página (botton). Apenas a capa dispensa numeração. Ao contrário das revistas, até mesmo quando sangrarmos algumas imagens nesta área, deveremos numerar a página por cima da foto.

Foguetes São usados para identificar editorias (sessões) do jornal em suas páginas internas. Aplicados, preferencialmente, no topo da página, salvo sob condições especiais.

21


Elementos Gráficos

Peça Principal Grafismo páginas pares

Grafismo páginas ímpares

Grafismo de topo de página Elemento exclusivo de identificação da programação visual do jornal. Sempre nas cores do logotipo da Prefeitura. Também serve de base para identificarmos (através dos foguetes) a editoria da página.

Legenda de fotos Sempre aplicada na cor amarela para conferir destaque. Pode vir dentro da foto, para que a mesma tenha uma aplicação maior na página ou ladeando fotos recortadas. O texto sempre virá na fonte Kozuka Gothic Pro, corpo 9 e 11pt de entrelinha.

Fotos recortadas interagindo com o fluxo do texto Elemento gráfico de grande apelo visual, ajuda a ilustrar a reportagem, retirando o texto da padronagem convencional.

Foto aplicadas dentro de grafismo colorido Útil quando não podemos recortar a foto, mas temos necessidade de aplicála interagindo com o texto para modernizar e suavizar a diagramação.

22


Espelho

Peça Principal Lamina 01

Lamina 02

4ª Capa

Capa

Página 06

Página 03

Página 02

Página 07

Página 04

Página 05

23


Produção Gráfica

Peça Principal

Papel

Impressão

Acabamento

Mesmo em se tratando de um jornal com uma proposta de diagramação moderna, e linha editorial mais enxuta e informativa, não devemos fugir do tradicional “Papel Jornal”.

Com uma tiragem inicial de 15 mil exemplares, todas as páginas do jornal foram desenvolvidas para ser impressas em quadricromia (4 cores), o que o torna viável para ser impresso tanto no sistema plano, quando no rotativo.

Uma dobra canoa antecede montagem das 8 páginas do jornal, colocadas uma após a outra. Devido ao pequeno número de páginas, será dispensável o uso de grampo para manter a ordem do impresso.

Além de se tratar de um papel reciclado de baixo custo, convém destacar que o uso confere um conceito de sustentabilidade ao projeto.

A “Casamarela Comunicação Integrada” sugere que a impressão seja feita no parque gráfico de A Gazeta. É que, além do formato ser compatível com este jornal, trará muito mais agilidade para o processo de confecção.

24


Software

Peça Principal

Adobe InDesign CS4

Adobe Ilustrator CS4

Adobe Photoshop CS4

Adobe Acrobat Pro CS4

Utilizado par a diagramação do jornal, o software fornece controle preciso sobre a tipografia e ferramentas de criação incorporadas para desenvolver, visualizar e processar documentos para impressão, para a Web ou para dispositivos móveis.

Usado para criação de arte vetorial, o software fornece precisão com suas ferramentas de desenho, pincéis naturais e vários recursos que agilizam o trabalho no jornal Acontece em Linhares.

Software que fornece recursos de composição e edição 3D, além das ferramentas práticas que permitem fazer o tratamento de cor e resolução das fotografias aplicadas no jornal.

Este software simplifica o trabalho em equipe, usando revisões baseadas em servidor, conferência on-line e fluxos de trabalho de formulários digitais, além de, principalmente, diminuir os erros de impressão com seus recursos aprimorados de visualização e correção automática.

25


Bibliografia

A PRÁTICA DO DESIGN GRÁFICO. Uma metodologia criativa. 2a edição, Editora Rosari, Rio de Janeiro, 2009. BRAVO!. São Paulo: Editora Abril, n. 139, mar. 2009, 98 p. Cometi, E. et al. Faz Cber. Disponível em: <http://colunas.epoca.globo.com/fazcaber/> DESIGN RETRÔ. 100 anos de design gráfico. Editora Senc, São Pulo, 2007 Haslam, a. O Livro e o Designer II, editora Rosari, 2007 METRO. Grupo Bandeirante de Comunicação, n. 661, ano 3, out. 2009. REVISTA DA FOLHA. Suplemento da Folha de S. Paulo. n. 779, São Paulo, ago. 2007, 50p. REVISTA DA MTV. São Paulo, Editora Abril, n. 58, mar. 2006, 114 p. ROLLING STONE. São Paulo, Spring Publicações, n. 36, set. 2009, 130 p. SERRAFINA. Suplemento da Folha de São Paulo, São paulo, set. 2009, 74 p. SHOWBIZZ. Especial 20 anos. São Paulo, Editora Abril, n. 199, jul. 2007, 82 p. sartori artoriartori, E. Desenvolvimento de Projeto Gráfico, Direção de Arte e Diagramação, mar 2009, 1 CD-ROM. SPIN. New York-EUA, nov. 2009, 92 p. WITHE, J. V. Edição e design, JSN Editora LTDA. São Paulo, 2006. ZAGURY, T. Adolescente por ele mesmo, editora Record, 2009, Rio de Janeiro

26


Manual do Projeto Gr谩fico Desenvolvido por: Rua Nicolau Von Schilgen 383 - Mata da Praia - Vit贸ria-ES 27

3314-4494

atendimento@casamarelaci.com.br

Acontece em Linhares - Manual do Projeto Gráfico  

Como não seriamos nós quem iriamos editar o jornal, nada mais justo que criar um manual que incinasse ao diagramador da Prefeitura como fazê...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you