Page 6

Capítulo 1 • Instalação e Fundamentos

29

zado durante a escrita deste livro, indicou que a maioria dos sites suporta PHP 4 e PHP 5, mas que muitos deles suportam PHP 5 como uma extensão CGI, que é mais lento do que tê-lo instalado diretamente no Apache. Se o PHP 5 é importante para você, certifique-se de que o site suporte o PHP 5 diretamente, como um plug-in do Apache e não por meio de CGI.

Instalando o MySQL O PHP é apenas uma parte do que se chama arquitetura LAMP. LAMP significa Linux, Apache, PHP (Python, Perl ou Ruby) e MySQL. A arquitetura LAMP é extremamente popular, pois é fácil de instalar e de aprender, é muito estável e, o melhor de tudo, é gratuita. Cada peça do quebra-cabeça LAMP contribui com uma parte importante do todo. O Linux é o sistema operacional no qual todas as partes funcionam. O Apache é o servidor da Web super estável. O PHP é a linguagem de script fácil de usar e o MySQL é onde todos os dados são armazenados. Como qualquer aplicativo da Web razoavelmente complexo terá alguns requisitos de armazenamento de dados estruturados, a maioria dos ISPs que usam Unix ofere Apache, PHP e MySQL, o que significa que seu código não apenas será fácil de desenvolver, mas também será executado em praticamente qualquer lugar. Instalar o MySQL é muito fácil. Estão disponíveis instaladores binários para Windows, Mac OS X e algumas versões de Linux; eles são as maneiras mais fáceis para se ter o MySQL executando rapidamente. Além disso, o código-fonte é compilado facilmente em todas as plataformas Unix. Para construir o MySQL a partir do código-fonte, primeiro faça o download do arquivo de código-fonte .tgz mais recente do site oficial do MySQL (http://www.mysql.com/). Descompacte esse arquivo e siga as instruções da documentação sobre a compilação do código-fonte e sua instalação. Isso exige acesso de superusuário e acesso à linha de comando.

Gerenciando os bancos de dados Uma vez instalada o MySQL, você desejará criar um banco de dados para armazenar as tabelas de seu aplicativo da Web. Para criar um novo banco de dados, use o comando a seguir: % mysqladmin --user=root --password=password create dbname

Você terá que alterar o nome de usuário e a senha para o que for apropriado para sua instalação. dbname precisa mudar para o nome desejado para seu banco de dados. A maioria das dicas deste livro cria um banco de dados. Esses bancos de dados recebem diferentes nomes para não haver confusão. De preferência, cada aplicativo em PHP deve usar um banco de dados MySQL diferente. Remover um banco de dados também é fácil: % mysqladmin --user=root --password=password drop foo Dropping the database is potentially a very bad thing to do. Any data stored in the database will be destroyed. Do you really want to drop the 'foo' database [y/N] y Database "foo" dropped %

Nesse caso, estamos removendo o banco de dados chamado foo. Por padrão, o MySQL pergunta se você deseja realmente excluir o banco de dados. Você pode desativar o aviso adicionando a diretiva -f:

Herrington_Book.indb 29

17.10.07 13:58:04

Editoração PHP Hacks  

Editoração do livro PHP Hacks