Page 1

Ano XI • Edição N. 216 • Campo Grande/MS • 1ª Quinzena de Fevereiro/2014 • www.oconsumidornews.com.br

EDITORIAL: Cuidados para quem vai declarar o IR pela primeira vez Reconhecimento

Marun hoje é destaque na política de MS e exemplo de profissional

WalMart da Mato Grosso

Eleições 2014

Campanha deste ano Professora encontra mosca dentro de embalagem de pão promete ser diferente e não >> Pág. 4 admitirá erros

>> Pág. 9

>> Pág. 11

A Revista de Defesa do Consumidor

News

Bernal se comporta mal na Câmara e leva bronca de Grazielle Machado Caiu a máscara

Shimabukuro se vende e decepciona eleitores

>> Pág. 10

Desenvolvimento

Mario Cesar quer que Campo Grande volte a crescer

>> Pág. 19

Rochedo

Prefeito João Cordeiro recebe novas máquinas

>> Pág. 7

>> Pág. 12

Falando dos seus direitos - por Giselle Marques

>> Pág. 19


Campo Grande/MS • 1ª Quinzena de Fevereiro/2014

Reajuste

Editorial

Cuidados para quem vai declarar o IR pela primeira vez Quem recebeu no ano de 2013 rendimentos considerados tributáveis pela Receita Federal terá de prestar contas ao Leão. E, se esta for a primeira vez que o contribuinte preencherá a declaração do Imposto de Renda (IR), é preciso tomar alguns cuidados. Será obrigado a declarar o IR o trabalhador que recebeu, em todo o ano passado, valor igual ou superior a R$ 25.661,70 (total estimado pelos especialistas, ainda a ser confirmado pela Receita Federal). Com a ajuda de especialistas, o G1 listou dez dicas nas quais o contribuinte deve prestar atenção antes de enviar o documento. As dicas são de Rodrigo Paixão, coordenador de IR da empresa H&R Block, e de Ricardo Gutterres, supervisor da área de IR da consultoria Coad. Veja dicas abaixo: 1) É preciso ter em mãos os documentos que comprovam os ganhos de 2013, como informes de rendimentos fornecidos pelos empregadores e recibos de aluguéis. Normalmente, esses documentos são disponibilizados em meados de fevereiro. 2) Antes de escolher o modelo de declaração, o contribuinte precisa ficar atento ao que for mais vantajoso para o seu perfil. Ele pode optar por entregar a declaração no modelo simplificado ou no completo. No primeiro, ele tem desconto de 20% sobre a renda tributável, limitado a R$ 15.197,02, e, no segundo, usa todos os gastos para definir a

E x p e d i e n t e

restituição. No final, depois de preencher a declaração com todos os dados necessários, o programa da Receita Federal irá indicar a melhor opção para cada caso. 3) Antes de enviar, é preciso revisar todos os dados preenchidos na declaração. A Receita cruza as informações do contribuinte com as fornecidas pelas fontes pagadoras. Uma vírgula em um lugar errado pode levar o contribuinte a cair na malha fina. Em 2013, por exemplo, a omissão de rendimentos foi o principal motivo de incidência na malha fina. 4) Se esta for a primeira vez que o contribuinte vai fazer a declaração, é ainda mais importante não deixar a obrigação para a última hora. Nas últimas horas, o sistema da Receita costuma ficar congestionado, e o contribuinte poderá ter dificuldade para baixar os programas e enviar sua declaração. 5) Caso o contribuinte declare como dependentes a mulher, o companheiro, os filhos, os pais ou outras pessoas, deverá observar se eles receberam rendimentos tributáveis durante o ano, pois esse valor também será considerado. 6) Se houve mudança de emprego em 2013, o contribuinte precisa ficar atento. Muitas vezes, o contribuinte esquece de incluir as informações referentes ao trabalho anterior. Esse erro pode custar caro. Além de ficar retido na malha fina, a pessoa poderá ter de pagar multa e juros, caso o resultado aumente o imposto a pagar.

DIRETOR EXECUTIVO Waldson Godoi - Cel (67) 9982-9080 DIRETORES ADMINISTRATIVOS Ana Karolina Martins e Tainara Rayssa DEPTO JURÍDICO Reinaldo Orlando N. de Araújo - OAB/MS 3.160 e André Luiz Almeida de Araújo - OAB/MS 4.458/E DIAGRAMAÇÃO André Dornelles Consumidor News - Revista e Site CNPJ 16.670.942/0001-17 - I.M. 00173441002 Rua Camilo Gal, 401 - CEP 79091-000 Campo Grande - Mato Grosso do Sul E-mail: godoims@hotmail.com

O Consumidor News

(67) 3028-5060

www.consumidornews.com.br

Educação e saúde sobem muito além da inflação

Divulgação

Não é à toa que muitas famílias brasileiras levam um susto ao receber o aviso de reajuste das mensalidades escolares. Embora os aumentos pelas instituições de ensino pressionem os índices inflacionários somente nos primeiros meses do ano, são suficientes para que a educação tenha uma variação de preços acima da inflação geral da economia na leitura anualizada. Outro gasto familiar que tem subido acima da média é o de planos de saúde. Levantamento feito pela Tendências Consultoria Integrada mostra que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulou alta de 71,13% entre 2004 e 2013. Considerando, no entanto, apenas o item “cursos regulares” do IPCA, que engloba desde a creche até a pós-gra-

duação, o avanço foi de 101,5% no período. Ao desagregar o item “cursos regulares”, as creches apresentam a maior variação de preços nos últimos dez anos, com aumento de 129,2%, seguidas do ensino fundamental (128,5%), ensino médio (127,6%), educação infantil (121,7%), ensino superior (79,5%) e pósgraduação (41,4%). As únicas categorias que tiveram inflação abaixo

do IPCA cheio em pelo menos um dos anos analisados são ensino superior e pós-graduação. Planos de saúde. O mesmo comportamento é encontrado nos serviços de saúde, que subiram 114,41% no IPCA entre 2004 e 2013, de acordo com o cálculo da Tendências Consultoria. O destaque fica por conta do item “planos de saúde”, que registrou alta de 128,5% neste intervalo.

Pesquisa

Indústria tem pior desempenho, diz IBGE A indústria brasileira encolheu em média 0,3% ao ano desde 2011, de acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O setor cresceu 0,4% em 2011, recuou 2,5% em 2012 e recuperou parte das perdas no ano passado, ao avançar 1,2%. Comparando o desempenho da indústria dentro do período de cada um dos recentes presidentes da República, a média anual do governo Dilma Rousseff é a pior desde Fernando Collor de Mello. O número referente ao período Collor se refere apenas ao ano de

1992, pois a medição da produção industrial pela atual metodologia começou naquele ano. De toda a série histórica da pesquisa, o ano de maior queda da indústria foi 2009, quando a produção encolheu 7,4%. Na época, o mundo sofria as consequências da crise bancária dos Estados Unidos. Em 2010, no entanto, a indústria brasileira teve uma forte recuperação, crescendo 10,5% – melhor desempenho desde o início da coleta

Divulgação

de dados, em 1992. Com isso, o crescimento médio do setor ao longo dos oito anos de governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi de 3,2% ao ano. Nos dois mandatos do período Fernando Henrique Cardoso, a alta anual foi de 1,9%. Nos dois anos de Itamar Franco, a indústria cresceu 7,5% ao ano.

Estimativa

Analistas preveem recuo de inflação para 6% Os investidores e analistas do mercado financeiro refizeram as estimativas para a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e já admitem um recuo de 6,02% para 6% em 2014. As expectativas do setor estão no boletim Focus , divulgado pelo Banco Central (BC). Por outro lado, a estimativa para o câmbio piorou: a relação entre a moeda norte-americana e o real passou de R$2,45 para R$ 2,47 no fim do ano. A taxa básica de juros (Selic) , na percepção do mercado financeiro, deverá fechar 2014 em 11% ao ano, com a Dívida Líquida do Setor Público passando de 34,8% para 34,9% em proporção ao Produto Interno Bruto (PIB), que foi mantido em 1,91%. A produção industrial, por sua vez, deverá cair mais do que o previsto no último boletim, divulgado na semana passada, descendo de 2,2% para 2%. Nas contas externas, o déficit em conta corrente permanece em US$ 73 bilhões, com o saldo da balança comercial sendo projetado em US$ 8,25 bilhões ante os US$ 8 bilhões da estimativa anterior. Os investimentos estrangeiros diretos passam também de US$ 57,5 bilhões para US$ 58 bilhões. Divulgação


Campo Grande/MS • 1ª Quinzena de Fevereiro/2014

Negativado

Itaú é condenado a pagar R$ 7 mil por erro ao ‘sujar’ nome de cliente O juiz titular da 6ª Vara Cível de Campo Grande, Daniel Della Mea Ribeiro, julgou procedente a ação movida por E.C. de O. contra o banco Itaú que negativou seu nome indevidamente.O banco foi condenado a declarar inexistente um débito de R$ 42,00, além de efetuar o pagamento de R$ 7 mil de indenização por danos morais. E.C. de O. descobriu que seu nome estava negativado após tentar fazer compras no comércio local. Ela conta que não solicitou e muito menos desbloqueou qualquer cartão de crédito emitido

Divulgação

pelo Itaú, fato que gerou a dívida de R$ 42. Já banco alegou ser procedente com a exclusão do nome da autora do cadastro dos

devedores, bem como o cancelamento do débito, de modo que, por ter tomado tais providências, não haveria dano moral a ser indenizado.

Cuidados

Ao analisar os autos, o juiz observou que o banco não contestou os fatos apresentados por E.C. de P., a respeito da inexistência da relação jurídica e inscrição do seu nome nos órgãos de proteção ao crédito. Para fixar o valor da indenização, a Justiça considerou que a autora demonstra possuir pouca condição financeira, visto que se qualifica como artesã e reside em bairro simples da Capital e que a parte ré é uma instituição financeira de grande porte, com estrutura nacional e solidez econômica. (Diego Alves/midiamaxnews)

Hacker

Petrobras tem site de notícias atacado A Petrobras teve um de seus sites atacado. O alvo foi o site Agência Petrobras, rede de notícias mantida pela petroleira para divulgar comunicados. Ao clicar no link para acessar os informes da companhia, na página da internet, o usuário é recebido com uma tela preta, com a imagem de mãos sobre um teclado. Na página hackeada, o autor do ataque cibernético se autodenomina como KoubackTR, e também cita um grupo já conhecido de hackers, “Lear-

Divulgação

ners of Curiosity”, que atua no exterior. A mensagem “Go go go go go; Nada pessoal, só uma diversão. LearnersOfCuriosity 2014 // KoubackTr Win” pode ser vista no canto superior esquerdo da tela. Procurada para falar sobre o assunto, a Petrobras não se manifestou.

Controle

Bandeira tarifária indicará se energia custará mais ou menos

No ano passado, Mato Grosso do Sul registrou 546 ataques de animais peçonhentos contra humanos. O número é 15,8% menor que em 2012, quando foram registrados 649 casos, mas ainda preocupam, apesar de nos 2 anos nenhuma morte foi registrada, de acordo com o Civitox (Centro Integrado de Vigilância Toxicológica), em Campo Grande. Conforme o órgão, em 2013 foram 272 casos com escorpiões, 117 com serpentes, 70 com aranhas e 97 com outros animais peçonhentos e venenosos. A quantidade de acidentes com esses animais aumenta nesta época do ano por conta do verão, entre outubro e março, tanto em área rural quanto urbana. A farmacêutica

Se o governo não tivesse adiado a entrada em operação do sistema de bandeiras tarifárias, que indicará se a energia vai custar mais ou menos, o brasileiro já teria de começar a controlar o uso da eletricidade para não levar um susto no fim do mês. Durante este ano, a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) vai publicar as bandeiras estipuladas para cada mês, como teste. Para fevereiro, será vermelha, o que significaria um acréscimo de R$ 3 a cada 100 quilowatt (kW) consumido. As bandeiras tarifárias - verde, amarela e vermelha - serão definidas com base nas condições de geração de energia no País. Como neste momento o sistema vive sob forte

Divulgação

Estado registrou 546 ataques de animais peçonhentos

Flávia Luiza de Almeida Lopes, uma das profissionais que compõe a equipe do Civitox, dá dicas dos cuidados que a população deve tomar para evitar ser picado ou mordido por animais peçonhentos. Dedetizar a casa periodicamente, fazer limpeza da caixa de gordura, caixa de energia elétrica, ar condicionado e manter terrenos e imó-

veis limpos. Também tampar ralos de pias, cozinhas e banheiros e no comércio os produtos devem ser devidamente estocados. Na hora do banho usar chinelos de dedos e no quarto do bebê usar tela de proteção no berço. Em área rural usar botas, pois as cobras picam do joelho para baixo. (Viviane Oliveira/campograndenews)

Divulgação

estresse por causa das chuvas abaixo da média histórica - o terceiro pior volume em 84 anos -, a bandeira é vermelha. O mecanismo repassa mensalmente para a conta de luz os gastos com geração termelétrica, necessárias para compensar a queda no nível dos reservatórios. Ao mesmo tempo, o sistema permite ao consumidor decidir se reduz o uso da eletricidade ou se paga mais por ela. No mês passado, a bandeira definida pela Aneel era

amarela, que significaria acréscimo de R$ 1,50 a cada 100 kW (na verde, não há aumento). Segundo cálculos da consultoria Thymos Energia, nesse caso a conta de luz de um brasileiro que não conseguisse reduzir o consumo seria 9% maior. No caso das indústrias, o impacto seria bem mais pesado: 11%. O sistema deveria entrar em vigor em janeiro deste ano, mas foi adiada para janeiro de 2015. Segundo a Aneel, a prorrogação foi necessária para o aperfeiçoamento do mecanismo. Mas, entre especialistas, a decisão foi interpretada como forma de controlar os impactos do aumento da conta de luz na inflação em ano de eleição.


Campo Grande/MS • 1ª Quinzena de Fevereiro/2014

WalMart da Mato Grosso

Professora encontra mosca dentro de embalagem de pão A professora Natália Dias, de 21 anos, encontrou uma mosca dentro de embalagem de pão hot dog família, no supermercado WalMart, da Avenida Mato Grosso, em Campo Grande. “Essa promoção é boa! 10% pacote família e grátis uma mosquinha...”, postou Natália em seu Facebook, se referindo à promoção anunciada na embalagem do pacote. Natália conta que quando viu a mosca, achou que ela estava do lado de fora da embalagem. “Mas para minha surpresa estava dentro do saco”,

diz. E a mosca já tinha uma seguidora. Segundo a professora, dentro dos refrigeradores onde ficam os Donut´s também havia uma mosca. “E eu ia pedir um donut´s, não tinha atendente, desisti e fui pegar o pão. No fim, fiquei sem nada”, ri. Apesar de achar graça da situação, Natália ressalta que publicou a imagem no Facebook para que todos sou-

Reprodução Facebook

bessem. Ela afirma não ser a primeira vez que vê moscas dentro de pro-

do hipermercado informou que “O Walmart esclarece que o episódio trata-se de um fato isolado e que não faz parte da rotina de nossas lojas. A empresa possui procedimentos internos de qualidade rigorosos para produção de itens e informa Professora encontrou uma mosca que já está endentro de embalagem de pão hot dog família trando em contato com a cliente para dutos do supermercado. solucionar o caso”. Em contato com a asVigilância Sanitária sessoria de comunicação O caminho escolhido

Danos morais

Supermercado terá que indenizar cliente A Justiça condenou a Companhia Brasileira de Distribuição - responsável pelos supermercados Pão de Açúcar - a pagar indenização de R$ 38 mil por danos morais a Tereza Cristina de Oliveira Gouvea, sequestrada no estacionamento de uma das lojas da empresa em 2008, em São Paulo. Ela foi abordada por três homens e levada

para um cativeiro, onde permaneceu por 12 horas até o pagamento do resgate. De acordo com o advogado da vítima, os sequestradores usaram um cão da raça pitbull para vigiá-la. Para o desembargador Pedro de Alcântara da Silva Leme Filho, o estabelecimento comercial assume a responsabilidade pela segurança não só dos veículos, mas também

de seus clientes e dos valores que eles transportam. “O estacionamento é considerado uma extensão do supermercado e é um evidente atrativo aos clientes, gerando, inclusive, expectativa de maior segurança. O dano era evitável e

Divulgação

houve evidente falha na segurança do supermercado”, afirmou.

para a denúncia do produto com problemas por Natália Dias, segundo apuração, não foi o meio oficial. Indignado com a mosca dentro da embalagem a cliente preferiu desabafar nas redes sociais, onde postou a foto do pão que indica ser de uma oferta. No entanto, a Vigilância Sanitária Municipal (Visa) recomenda que este tipo de queixa seja encaminhada ao órgão, que irá apurar a reclamação e fiscalizar o estabelecimento. (Pedro Heiderich e Danilo Galvão/midiamaxnews)

Alerta

Mundo pode desmatar área equivalente ao Brasil Cerca de 849 milhões de hectares de terra - quase o tamanho do Brasil - podem ser desmatados até 2050, caso os padrões atuais de uso da terra continuem, alerta um novo relatório do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA). Segundo o relatório “Avaliação Global do Uso da Terra: Equilíbrio do Consumo com o Fornecimento

Sustentável”, a necessidade de produzir alimentos para uma população global em crescimento levou a agricultura a ocupar 30% das terras do mundo, resultando em uma degradação e perda de biodiversidade em 23% dos solos globais. “Como a terra é um recurso limitado, precisamos nos tornar mais eficientes na forma de produzir e consumir.


Campo Grande/MS • 1ª Quinzena de Fevereiro/2014

Reclamações

Defensoria instaura Procedimento de Colheita de Provas referente ao IPTU A Defensoria Pública da comarca de Campo Grande instaurou Procedimento de Colheita de Provas (PCP) para esclarecer uma possível irregularidade na fixação do índice aplicado sobre a base de cálculo do fato gerador do IPTU (Imposto sobre Propriedade Predial e Territorial Urbana) da capital. De acordo com o Defensor Público Amarildo Cabral, titular da 40.ª DPE dos Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos, muitos mo-

radores têm recorrido à Defensoria Pública para registrar reclamações sobre os valores referentes ao calendário 2014. “Será analisada a atualização do tributo em questão, mediante decreto, em percentual superior ao índice oficial de correção monetária. Nesse caso, vamos avaliar, por meio do Procedimento de Colheita de Provas, se houve observância ao princípio da legalidade”, esclarece o Defensor Público. A portaria tem como

“Inteligente”

Bolsa bloqueia zíper e impede compras por impulso Você é daquelas pessoas incapazes de deter o impulso consumista? Uma criação do site australiano creditcardfinder.com. au pode ser a solução dos seus problemas. A equipe do site trabalha para alertar sobre as dívidas feitas com cartão de crédito sem planejamento. Os australianos inventaram uma bolsa “inteligente”, capaz de impedir os gastos e compras feitos por impulso. Batizada com o nome de “iBag”, o dispositivo alerta quando você se aproxima de “áreas de perigo”, como as lojas das suas marcas preferidas ou aquele restaurante cuja conta já apareceu na fatura do cartão de crédito. A bolsa é equipada com um GPS e acende uma luz de LED vermelha quando você se aproxima de locais onde já efetuou compras com o seu cartão de crédito. Caso você ignore o sinal luminoso, o sistema

Divulgação

dispara um SMS para seu marido/esposa, pais ou familiares ou outra pessoa cadastrada por você. Assim, essa pessoa tem tempo de ligar para você e perguntar se você está certo sobre a compra. Tem mais: se você ignora os dois primeiros avisos, a bolsa consegue trancar o zíper e impedir que você efetue a transação até que você se afaste da “zona de perigo”. Por enquanto, a bolsa é só um protótipo criado pelos organizadores do site para conscientizar as pessoas sobre os riscos do mau uso do cartão de crédito, mas o projeto pode virar realidade. O custo estimado da bolsa é de US$ 173 (R$ 400). O que você acha da ideia?

Reprodução

finalidade promover a coleta de informações, depoimentos, certidões, perícias e demais diligências para posterior

propositura de ação civil pública ou arquivamento das peças de informações, nos termos da lei. (Assessoria/VV )

Fiscalização

Idec identifica que bebidas não possuem teor de fruta mínimo exigido por lei O Idec pretende chamar a atenção para essa necessidade de fiscalização e a importância desta informação no rótulo para ajudar a melhor escolha do consumidor. O teste feito com 31 amostras de néctares revela também que a maioria contém doses exageradas de açúcar. O Idec testou em laboratório 31 amostras de néctares de sete marcas: Activia, Camp, Dafruta, Dell Vale, Fruthos, Maguary e Sufresh, em diferentes sabores. O objetivo era identificar se os produtos cumprem os principais requisitos de qualidade e de identidade previstos na Instrução Normativa (IN) nº 12/2004 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), analisando itens como o teor de fruta e a quantidade de açúcar, por exemplo.

Divulgação

Internet

Vício leva mulher a perder saúde, emprego e até marido A auxiliar de cozinha Lucélia Cristina Paes, de 26 anos, está internada em uma clínica para dependentes químicos, para tentar se curar de um novo vício: a internet. Desde que começou a usar a rede virtual, há seis anos, Cristina passou a aumentar o tempo de conexão até se tornar totalmente dependente. O vício a levou a perder o emprego, o marido e até a saúde. Quando foi internada, Cristina pesava 33 quilos a menos do que o peso normal. Longe do mundo virtual, a auxiliar de cozinha começa a se recuperar e já ganhou quatro quilos. Atendida por médicos e psicólogos, Cristina afirma que começou a usar a internet para pesquisas e fez amigos pelo antigo Orkut, a rede social mantida pelo Google. Tempos depois, aderiu ao Facebook, e ficava madrugadas inteiras em batepapos virtuais.

Divulgação

A auxiliar chegou ao ponto de esquecer de preparar o almoço para a família e até de levar os filhos para a escola. Depois de várias brigas, o marido decidiu pedir a separação e ela entrou em depressão. Uma das consequências do uso prolongado do equipamento foi uma tremedeira nas mãos, que ainda não conseguiu superar. Com o baixo rendimento no trabalho, perdeu o emprego. A internação aconteceu a pedido da filha mais velha e da mãe. Cristina diz que não se dava conta de que estava “agindo errado”. A paciente Lucélia Cristina Paes é a primeira a recorrer à clínica para dependentes químicos de Sorocaba por dependência da internet.

Projeto de Lei

Do total, 10 produtos (32%) foram reprovados por não conter o teor de polpa ou suco de fruta exigido por lei. Segundo a norma atualmente em vigor, o percentual mínimo de fruta varia de 20% a 40%, dependendo do sabor do néctar. A Maguary teve o pior resultado: três dos cinco néctares da marca avaliados têm uma quantidade menor de fruta do que o esperado. As marcas Camp, Dafruta, Fruthos e Sufresh tiveram, cada uma, dois sabores reprovados nesse quesito. Somente as bebidas da Activia e da Dell Vale foram aprovadas em todos os sabores.

Proposta permite pagamento de 13º salário no aniversário A Câmara dos Deputados vai analisar, em breve, um projeto de lei que prevê o direito do trabalhador de receber o 13º salário no mês de seu aniversário. Pela proposta, se quiser receber a quantia nessa data, o funcionário deverá apresentar um requerimento ao empregador com, no mínimo, 60 dias de antecedência. Segundo o deputado João Paulo Lima (PT-PE), autor do projeto, “dessa forma, o empregado poderá contar com esse recurso antecipadamente

para utilizá-lo em algo de que precise ou até para poupar”, disse ele à Agência Câmara. Ainda de acordo com o parlamentar, essa possibilidade de pagamento numa data diferente tira do empregador o peso do pagamento concentrado da gratificação com a folha de dezembro, facilitando o fluxo financeiro das empresas. A proposta ainda passará pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.


Campo Grande/MS • 1ª Quinzena de Fevereiro/2014

Condenada

Justiça multa VW em R$ 1 milhão por terceirização irregular O TRT (Tribunal Regional do Trabalho) em Campinas (SP) condenou a Volkswagen do Brasil a pagar indenização de R$ 1 milhão pela contratação irregular de empresas terceirizadas em sua unidade de motores, em São Carlos (SP). Pela decisão, a empresa ainda fica proibida de contratar empresas terceirizadas para o abastecimento de linhas de produção e terá de cumprir normas sobre descanso e jornada de trabalho dos colaboradores.A empresa pode recorrer do TST (Tribunal Superior do Trabalho), em Brasília, mas ainda não revelou se pretende fazê-lo. Além da VW, a SG Logística, que oferecia os trabalhadores terceirizados, foi condenada ao pagamento de R$ 100 mil. Também não poderá mais

Divulgação

fornecer terceirizados para a linha de montagem da Volkswagen. As empresas já haviam sido condenadas em primeira instância. A Volkswagen e a SG negam irregularidades . A VW tem 60 dias para acabar com as terceirizações. A pena para descumprimento é de R$ 5.000 por dia. Segundo o processo, houve terceirização irregular e problemas nas relações de trabalho, em relação a jornada de trabalho e períodos de descanso, na fábrica da VW em São Carlos (SP). Em um dos casos, um trabalhador teria ficado sem descanso semanal por 30 dias ininterruptos.

Taxa

Inflação da baixa renda acelera em janeiro O Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1), que mostra a inflação para famílias com renda até 2,5 salários mínimos (R$ 1.810), ficou em 0,71% em janeiro deste ano, taxa superior ao 0,56% registrado em dezembro de 2013. No entanto, a taxa ficou abaixo da medida pelo Índice de Preços ao Consumidor – Brasil (IPC-BR), que registra a inflação para todas as classes de renda e que ficou em 0,99% em janeiro. O dado foi divulgado pela Fundação Getulio

Vargas (FGV). Com o resultado de janeiro, o IPC-C1 acumula alta de 4,7% nos últimos 12 meses, abaixo do observado pelo IPC-BR (5,61%). A alta da taxa foi provocada por aumentos na inflação de cinco grupos de despesas como despesas diversas (que passou de 0,48% em dezembro para 3,8% em janeiro), educação, leitura e recreação (de 0,45% para 2,99%), habitação (de 0,54% para 0,56%) e comunicação (de -0,02% para 0,13%). Os alimentos também tiveram alta,.

Divulgação

Alíquotas de descontos

Desconto da contribuição ao INSS nos salários vai mudar

Quando os trabalhadores começarem a receber seus salários em fevereiro, já terão o desconto das novas contribuições ao INSS. O Ministério da Previdência Social divulgou as novas faixas salariais e as alíquotas de descontos dos salários neste ano. Com a alteração, aumentou o valor máximo do salário a ter o desconto de 8%, que passou de R$ 1.247,70 para R$ 1.317,07. O desconto do INSS para quem ganha o teto passou de R$ 457,49 para R$ 482,93. A nova tabela de descontos da contribuição

previdenciária muda também os pagamentos dos trabalhadores autônomos e prestadores de serviços, que fazem os recolhimentos por conta própria, pelo carnê, e das empregadas domésticas. Os trabalhadores com carteira assinada que contribuem pelo teto do INSS também terão um novo desconto. O valor passará a ser de R$ 482,93, pois o

teto passou a ser de R$ 4.390,24. O autônomo poderá pagar de R$ 144,80 a R$ 878,05 neste ano. Esse mínimo e máximo correspondem a 20% do valor do salário mínimo e do teto. Com esse pagamento, o autônomo tem direito à aposentadoria por tempo de contribuição e por idade, que serão calculadas pela média das 80% maiores contribuições.

Eles também podem pagar 11% do mínimo, para ter a aposentadoria por idade no valor do salário mínimo.

Divulgação

Dano moral

Empresa é condenada a pagar R$ 20 mil A 5ª Turma do TRT (Tribunal Regional do Trabalho) do Rio de Janeiro negou recurso da empresa Schahin Petróleo e Gás S.A. e manteve a condenação de pagar R$ 20 mil, por dano moral, a um candidato que não foi contratado após participar de um processo seletivo e ser aprovado. A empresa informou que não irá se manifestar sobre o assunto.

De acordo com os autos, o trabalhador que concorria a uma vaga de auxiliar de plataforma foi selecionado, entrevistado e submetido a exame médico admissional. Após as etapas, recebeu um e-mail da empresa informando que havia sido considerado apto no exame e que deveria apresentar os documentos para a contratação.

Porém, o trabalhador foi comunicado de que não seria contratado quando tentou obter informação sobre a data do início da prestação dos serviços. Ao recorrer da sentença, a empresa

argumentou ser direito do empregador efetuar as contratações que julgar melhor e que o aspirante ao emprego não atendia às exigências necessárias para o preenchimento da vaga.


Campo Grande/MS • 1ª Quinzena de Fevereiro/2014

A partir de março

Água mineral poderá ter certificação de segurança do Inmetro Patrulha mecanizada

Prefeito João Cordeiro recebe novas máquinas O prefeito de Rochedo, João Cordeiro, apresentou ontem os mais novos maquinários conquistados pela prefeitura municipal. São: uma patrola (moto niveladora), vinda do Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA), com total empenho do delegado em Mato Grosso do Sul, João Grandão e uma patrulha mecanizada vinda do governo do estado, conseguida, graças ao esforço e empenho do deputado estadual Junior Mocchi (PMDB), da Secretária de Estado do Desenvolvimento Agrário, Produção, Indústria, Comércio e Turismo (Seprotur), Tereza Cristina, Senador Moka e Antônio Roldão, da Agraer(Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural). Os equipamentos, adquiridos através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Agricultura Familiar, do governo federal, as prefeituras poderão fazer a manutenção das estradas vicinais que ajudará os pequenos agricultores e os assentamentos da reforma agrária. Os investimentos conjunto de R$ 3,3 milhões (sendo cerca de 10% garantia de contrapartida do Estado)

Odivaldo Miranda

Prefeito João Cordeiro recebe patrola e trator em Rochedo

é resultado do empenho do governo e da bancada de Mato Grosso do Sul que, com os demais estados do Centro Oeste, lutaram pela volta da Sudeco(Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste). São 260 patrulhas mecanizadas que tem por objetivo assistir aos pequenos produtores rurais. Com esses recursos, já somam, aproximadamente, dois milhões de reais conquistados pela administração do prefeito João cordeiro, levando em consideração a aquisição de três ônibus,

duas patrolas, retro escavadeira, um trator com grade de arar e carreta-reboque, além de equipamentos como pulverizadores, roçadeiras, plantadeira e forrageira. Durante o evento de apresentação, o prefeito João Cordeiro disse esta feliz por propiciar melhores condições de vida para a população. “Sinto-me em feliz em trabalhar em prol da melhoria da vida da nossa gente, pois máquinas trabalhando é sinal de progresso e desenvolvimento e

uma vida melhor para os nossos moradores”, frisou. O prefeito, ainda, fez questão de agradecer um a um dos presentes e até mesmo os que não compareceram. “Quero agradecer a todos os vereadores, aos meus secretários, diretores, coordenadores e todos os funcionários da Prefeitura”, concluiu. Na ocasião, o prefeito João Cordeiro recebeu a promessa do delegado do MDA, João Grandão a vinda de um caminhão para o município. (Assessoria de Imprensa)

Copos e garrafas descartáveis de água mineral deverão apresentar a partir de março o selo do Inmetro, indicando que o produto foi testado e está em conformidade com as normas de segurança alimentar. A certificação não será obrigatória, já que água mineral é regulamentada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pelo Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) do Ministério de Minas e Energia. No entanto, a expectativa do Inmetro é que a exigência dos consumidores por produtos mais seguros levará o mercado a adotar o selo. Para iniciar o processo de certificação, o Inmetro considerou a “demanda por águas minerais naturais envasadas por parte dos espectadores dos eventos esportivos” programados para os próximos anos no Brasil, principalmente a Copa do

Divulgação

Mundo este ano e as Olimpíadas em 2016. “A segurança alimentar da água é uma grande preocupação dos espectadores estrangeiros que virão ao Brasil durante os eventos. Como a certificação é voluntária, nem todas as marcas terão o selo, mas o consumidor terá um critério a mais para decidir com segurança a sua compra em estabelecimentos formais. Será um diferencial” disse Gustavo Kuster, chefe da Divisão de Regulamentação Técnica e Programas de Avaliação da Conformidade do Inmetro.

Crescimento

Comércio tem alta de 1,7% no início de 2014 O movimento dos consumidores nas lojas do país cresceu 1,7% em janeiro, na comparação com o mês anterior, segundo indicador da Serasa Experian, divulgado. Em relação ao mesmo período de 2013, a expansão do setor é de 5,9%. Exerceram as maiores influências os desempenhos dos segmentos de móveis, eletroeletrônicos e informática (alta de 7,4%) e o de combustíveis e lubrificantes (4,2%). Na sequência, estão

os segmentos de material de construção (1,7%), veículos, motos e peças (1,6%) e tecidos, vestuário, calçados e acessórios (1,1%). Somente o segmento de supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas registrou queda, de 0,3%, em janeiro de 2014. Na avaliação dos economistas da Serasa Experian, as liquidações de início de ano e as promoções do varejo automotivo impulsionaram a atividade varejista neste início de ano.


Campo Grande/MS • 1ª Quinzena de Fevereiro/2014

Cuidados importantes

Pais devem verificar composição dos materiais escolares Quem disse que só economizar na hora da compra dos materiais escolares está bom? Além da economia, todo cuidado é pouco na hora de comprar colas, tintas, borrachas e outros materiais que possam ser tóxicos que podem prejudicar a saúde dos pequenos. Escolher produtos que zelam pela segurança das crianças são essenciais para começar bem o ano letivo. Pensando nisso, o Instituto de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial, o Inmetro, disponibiliza, desde 2011, selos de qualidade entre os muitos artigos escolares para verificar aqueles que realmente oferecem risco às crianças. De acordo com o Instituto, a medida foi tomada

Divulgação

devido ao grande número de reclamações dos pais preocupados com a segurança dos filhos. Segundo a psicóloga, especialista em psicopedagogia, Clinaura Maria Lima, além do selo do Inmetro, os pais devem observar aspectos importantes que constam nos rótulos. “A gente precisa observar a lista, o material e ter esses cuidados em relação à saúde mesmo, a questão da pele de aler-

gias, ver o rótulo, a validade, tudo isso, os pais, professores, o adulto que for comprar esse material precisa observar”. Segundo a psicopedagoga, Clinaura Maria Lima, os pais devem se atentar a faixa etária de cada material. É importante também que eles realizem uma orientação com os filhos de que nem todo material com o desenho mais colorido e da moda é o mais seguro.

Falha no Java

Novo vírus ataca sistemas do Windows, Mac OS e Linux Os usuários dos sistemas operacionais Linux, Mac OS e Windows devem tomar cuidado com um novo vírus, identificado pelos especialistas da Kaspersky Lab. Por meio de uma falha no Java, os criminosos identificam a vulnerabilidade dos aparelhos e têm como transformá-los em máquinas “zumbis” que podem ser controladas remotamente para atacar sites e outros servidores online. A falha utilizada é a CVE-2013-2465, que permite ao hacker inserir um malware que é copiado para o diretório do usuário e executado na inicialização do sistema. Depois dele estar implantado, o vírus pode ser encontrado como “jsuid. dat”, que dá acesso completo ao modo de funcionamento do PC. O bot é controlado

Imposto de Renda

Receita libera na Segunda-feira novo lote de restituições retidas na malha fina A Receita Federal libera, a partir das 9h de segundafeira (10), a consulta ao segundo lote de restituições do Imposto de Renda 2013 que ficaram retidas na malha fina. A liberação inclui também dados de outros anos: 2012 (ano-calendário 2011), 2011 (ano-calendário 2010), 2010 (ano-calendário 2009), 2009 (ano-calendário 2008) e 2008 (ano-calendário 2007). O pagamento para 89.237 contribuintes acontecerá no dia 17 de fevereiro, totalizando o valor de R$ 199.999.999,76. Desse total, R$ 55.023.731,05 refere-se a

12.561 contribuintes, sendo 11.306 idosos e 1.255 com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave. Como saber - Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na internet ou ligar para o Receitafone 146. A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smarthphones que permite a consulta a declarações de IR e situação cadastral no CPF. Esse aplicativo possui funcionalidades destinadas às pessoas físicas. Com ele será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal

informações sobre liberação das restituições das declarações do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF. A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais) e 0800-729-0001 (demais localidades).

através do protocolo IRC e usa o framework PircBot para implementar a comunicação. O vírus é projetado para realizar ataques de negação de serviço (DDoS) por meio das máquinas dos usuários infectados, como uma rede de computadores zubis. Estes são os ataques mais comuns de organizações hackers contra sites grandes, pois conseguem tirá-los do ar rapidamente por causa do excesso de acessos simultâneos. Os usuários destas máquinas sequer sabem que elas estão sendo utilizadas para este tipo de ataque. Por isso, são aconselhados a tomar algumas precauções a

Divulgação

fim de evitar que contaminações: instalar e manter atualizados seu antivírus, anti spyware, o sistema operacional, a aplicação Java e as aplicações de terceiros. Segundo a Oracle, desenvolvedora, a versão mais recente é sempre a recomendada por conter atualizações tanto de funcionalidades, como também correções de vulnerabilidades e melhorias de desempenho. É possível confirmar se o usuário possui a versão mais recente no site Verificação de Java.

Dezembro

TIM tem o pior desempenho na banda larga móvel A medição da qualidade da banda larga móvel no país em dezembro, feita pela Agência Nacional de Telecomunicação (Anatel), apontou que a TIM foi a operadora que teve mais indicadores abaixo da meta, com 16 ocorrências. O levantamento considera medições da banda larga móvel em 16 estados, em dois quesitos: velocidade instantânea e velocidade média. A Oi obteve o segundo pior resultado na banda larga móvel em dezembro, com 11 indicadores abaixo da meta. A Vivo não alcançou as

metas em 8 casos, e a Claro em 6. Na banda larga fixa, a Oi teve o pior resultado, com 46 indicadores abaixo da meta (nesse caso, são medidos seis quesitos para cada operadora, em 26 estados). Em segundo lugar, com mais indicadores fora da meta, estava a Net Serviços, com 27 indicadores. A GVT teve seis indicadores abaixo da meta nas medições da banda larga fixa; Algar e Vivo não atingiram dois indicadores cada, e Sercomtel e Net São Paulo ficaram com um índice abaixo, cada uma.


Campo Grande/MS • 1ª Quinzena de Fevereiro/2014

Reconhecimento

Marun hoje é destaque na política de MS e exemplo de profissional Há anos na vida pública, o deputado estadual licenciado e secretário de Estado de Habitação e das Cidades, Carlos Eduardo Marun, hoje é destaque na política de Mato Grosso do Sul pelo excelente trabalho que desempenha em prol da população. Homem experiente, formado em Engenharia e Direito, que chegou ao Estado em 1987, carrega em sua bagagem uma fonte inesgotável de conhecimento e sabedoria. Começou a fazer política enquanto acadêmico, ao participar de movimentos estudantis contra o regime militar. Marun, logo compreendeu que a política era o caminho ideal, pelo qual seria possível mudar a vida das pessoas com investimentos, projetos e programas públicos eficazes. Depois de deixar sua querida Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, Marun entrou na política após receber incentivo do então prefeito de Campo Grande, Juvêncio César da Fonseca. Ele assumiu a Secretária Municipal de Assuntos Fundiários de Campo Grande, em 1996. Desde a época, Marun assume um desafio atrás do outro e, como sempre, supera as expectativas de todos e cumpre com maestria as missões que lhe são incumbidas. O secretário parece ser movido por uma força imensa de mudar a vida das pessoas, proporcionando cada vez mais qualidade, seja com moradia, educação, saúde, lazer ou capacitação profissional. Em 1997, ele foi convidado pelo então prefeito de Campo Grande, André Puccinelli, para assumir

o cargo de diretor-geral da Empresa Municipal de Habitação (EMHA). Marun simplesmente agarrou a oportunidade com unhas e dentes. Colocou em prática excelentes programas habitacionais e ganhou prêmios nacionais, como: Selo de Mérito Nacional da Associação Brasileira de Cohab’s e o Prêmio Melhores Práticas da Caixa Econômica Federal. As premiações foram mais do que merecidas porque graças ao competente trabalho desem-

penhado pelo secretário, Campo Grande praticamente zerou o número de favela s. Foi eleito vereador em 2005, ocasião em que liderou a bancada do seu partido na Câmara Municipal, o PMDB. A liderança, por sua vez, terminou no ano seguinte, quando Marun passou a ocupar uma cadeira na Assembleia Legislativa. Já em 2007, foi convidado pelo governador André Puccinelli para assumir a Secretaria de Estado de Habitação e das

Cidades. Ele novamente ganhou destaque nacional por conta do seu trabalho. Para se ter uma ideia, somente nos primeiros três anos e três meses frente a secretaria, ele viabilizou a construção de 44 mil casas populares, beneficiando famílias dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul. Desde que chegou ao Estado, ele vem desenvolvendo um trabalho tão brilhante e fantástico e que os sul-matogrossenses fazem questão de aplaudir de pé. Prova

disso é que nas últimas eleições para deputado estadual foi reeleito com mais de 40 mil votos, garantindo o terceiro lugar no quesito de melhor votado na coligação. Atualmente, está engajado numa tarefa importantíssima e que mais uma vez beneficiará o povo. Trata-se de uma meta arrojada estabelecida pelo governador Puccinelli de garantir ao Estado a construção de 70 mil moradias, sendo que 61 mil foram entregues nesta gestão. Marun é um dos

grandes responsáveis por realizar o sonho de muitas famílias, que é o de ter a casa própria. Sua vida política é marcada pela seriedade, honestidade e transparência e, por conta disso, ganhou a confiança da população de tal forma que receberá o apoio incondicional do povo para alcançar seus objetivos em 2014. As famílias reconhecem o excelente trabalho do secretário, por isso, no que depender dos eleitores, sua vitória na próxima campanha é certa.


Campo Grande/MS • 1ª Quinzena de Fevereiro/2014

Caiu a máscara

Shimabukuro se vende por pouco e decepciona eleitores Um cargo na Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran). Foi por esse valor que o vereador Edson Shimabukuro (PTB) vendeu todos os votos que recebeu e, em troca, se bandeou para o lado do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), e sua respectiva incompetência. Primeiro que as coisas não funcionam, ou pelo menos, não deveriam funcionar assim até mesmo porque quando o povo elege determinado candidato, ele deposita naquele político todas as suas últimas esperanças com relação a honestidade política, bom trabalho, transparência, seriedade, compromisso, profissionalismo e dedicação. Em segundo lugar, embora o parlamentar não tenha consciência disso, é importante destacar que a confiança do povo é algo que não tem preço e, em hipótese alguma deve ser usada como moeda de troca para satisfazer vontades próprias e fortalecer laços de amizade. Edson Shimabukuro muito se engana ao pensar que o povo não está revoltado. Seus eleitores o elegeram para que ele os representasse na Casa de Leis e exercesse suas atividades com autonomia e independência. Mas, parece que o figura

não entendeu o recado. Na primeira oportunidade, barateou logo seu preço e trocou seu apoio político por um cargo na Agetran, que ainda por cima foi ocupado por um terceiro: seu colega de profissão, o também engenheiro Jean Saliba.O compromisso com o povo nunca foi tão desvalorizado como nos dia atuais.

A prova disso foi essa negociação indecente feita pelo vereador. O parlamentar é novo na política de Campo Grande, mas não demorou muito tempo para demonstrar que não foge a regra e é igualzinho, ou até mesmo pior, do que os políticos mais desqualificados e hipócritas que temos. Mostrou que é

farinha do mesmo saco de quem se vende por pouco e após vencer a campanha não pensa duas vezes em virar as costas para os eleitores que viram na sua proposta uma possibilidade de dias melhores. Personalidades como essa não respeitam ninguém, se importam apenas em fazer “moral” com pessoas do circulo

de amizade. Só foi ocupar uma cadeira na Câmara Municipal que mostrou as garras e deixou a máscara cair. O pouco tempo de mandato já foi mais do que suficiente para desapontar o povo e ser motivo de pura decepção. Caro vereador Edson Shimabukuro, aqui vai um recado amigo: os campograndenses estão fartos

de políticos contaminados e de gente como você. Ah, mas assim como? Assim: falsa, dissimulada, egoísta, mau caráter, sem escrúpulos e que se vende por pouco. O povo te deu uma chance para mostrar quem você era, mas sua figura não agradou e, dificilmente receberá uma segunda oportunidade em 2016.


Campo Grande/MS • 1ª Quinzena de Fevereiro/2014

Eleições 2014

Campanha deste ano promete ser diferente e não admitirá erros Daqui pra frente, tudo vai ser diferente e os futuros candidatos a cargos eleitorais precisarão se atentar e refletir bastante sobre esse trecho da música do rei Roberto Carlos. A campanha de 2014 exigirá perfeição e planejamento político. A previsão é de que a próxima disputa eleitoral será completamente diferente do que os sul-matogrossenses estão acostumados a ver. Tanto a briga pelos cargos quanto o próprio comportamento dos eleitores prometem fazer história no cenário político. A última eleição foi marcada por reviravoltas e incertezas porque os políticos começaram a praticar deslizes antes mesmo de

escolher os candidatos dos partidos. Quem se achava superior foi ignorado pelos eleitores que exigiram mudança e acabaram elegendo um candidato de competência duvidosa. Mas, isso não vem ao caso neste momento. O fato é que, diferente do que ocorreu em 2012, neste ano o candidato terá que apresentar uma campanha com propostas impecáveis. Cada um dos concorrentes será minuciosamente avaliado até mesmo para que o povo não caia de novo na besteira de eleger um qualquer. Os eleitores estão cansados de comprar um produto durante a campanha e receber outro na legislatura. As pessoas estão calejadas de tanto serem

enganadas. Seus ouvidos estão gastos com tantas mentiras descabidas, que só fazem aumentar com a finalidade de garantir votos. A verdade é que há muito tempo os políticos não se comportam desta forma, mas neste ano terão que gastar muita, mas muita sola de sapato. Terão que visitar desde os bairros mais afastados da cidade até as áreas rurais para conhecer a realidade de quem sobrevive no campo. O candidato terá que ouvir os anseios da população e, de pronto, apresentar projetos que, se implementados, solucionarão cada um dos problemas enfrentados pelas pessoas. Terão que abandonar o

conforto de seus comitês políticos e reuniões em ambiente com ar condicionado para sentirem nas ruas as altas temperaturas que os trabalhadores enfrentam no dia a dia. As propostas, além de serem boas, terão que

ser eficientes, práticas e concretas. O político terá que demonstrar boa índole e comprovar bons antecedentes na vida pública porque os eleitores estão cada vez mais exigentes na hora de decidirem. Aquele velho esquema

de compra de voto, seja com dinheiro ou gasolina, acabou. Finalmente, os eleitores perceberam que seu voto não tem preço e que para retribuir a sua confiança basta cumprir com sua obrigação, dando o melhor de si.


Campo Grande/MS • 1ª Quinzena de Fevereiro/2014

Mal educado

Prefeito se comporta mal na Câmara e leva bronca de Grazielle Machado O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), deu um show de falta de respeito, educação e caráter ao protagonizar um verdadeiro papelão na abertura dos trabalhos na Câmara Municipal, no início deste mês. A atitude do progressista foi tão ridícula e infantil que ele chegou a levar uma bronca da vereadora Grazielle Machado (PR). Primeiro, o prefeito contrariou os boatos e surpreendeu a todos quando apareceu na Casa de Leis mesmo diante dos fortes rumores de que não participaria da sessão de abertura dos trabalhos por problemas de saúde. Pois bem, as pessoas então passaram a acreditar que o sacrifício da presença seria por uma causa justa, o que não ocorreu. Bernal usou a prática que tem de proferir palavras bonitas e fez um belíssimo discurso. Falou um pouco sobre as dificuldades que enfrentou em 2013 por conta das brigas do Executivo e Legislativo. Mas, discursou principalmente sobre a importância de se colocar em prática a política da boa vizinhança e do apoio dos vereadores para que ele possa desempenhar seu trabalho. Depois de fazer seu discurso de paz e bandeira branca foi que demonstrou vergonhosa atitude de moleque. No momento em que os vereadores da base aliada ocupavam a tribuna, o prefeito se voltava para eles e dispensava toda a atenção. É possível apostar que ele sequer

piscava para não perder nenhum detalhe do pronunciamento do parlamentar aliado. Por outro lado, Alcides Bernal se transformava quando a tribuna era ocupada por um vereador da oposição. Ele simplesmente virava as costas, fazia caras e boca e ignorava completamente o discurso, demonstrando irritação e que não dava a mínima para o que o oposicionista falava. O comportamento do administrador municipal foi na contramão daquilo que se espera de um pre-

feito. Tudo bem que ele tenha suas desavenças pessoais ou políticas com um ou outro vereador. Mas, o mínimo de respeito no exercício da função é mais do que necessário, é fundamental. Bernal demonstrou total infantilidade, falta de profissionalismo, caráter, ética, respeito e compromisso em defender os interesses públicos. Pelo contrário, diante de uma picuinha, ele rapidamente coloca para escanteio o dever de atuar em prol do povo. A atitude do prefeito

foi tão ridícula e vergonha que a vereadora Grazielle Machado precisou entrar no circuito para pedir que o prefeito de Campo Grande se comportasse da maneira que a ocasião exigia. Depois de observar o comportamento do progressista, a parlamentar tornou pública suas percepções. Relatou que o administrador municipal só dava atenção para os vereadores aliados e ignorava os da oposição. Na ocasião, ela destacou que se propõe a levantar a bandeira da mudança

e esperava que Bernal fizesse o mesmo. Por fim, Grazielle Machado aproveitou o momento para ler um recado que seu pai, o deputado estadual Londres Machado (PR), mandou para o prefeito da Capital. “Prefeito Alcides Bernal, seja humilde. Saiba ouvir. Não cometa atos precipitados. Trabalhe incessantemente. Tenha fé, acredite, busque e será o que deseja ser”’. O descaso de Bernal com os cidadãos de Campo Grande está tão visível que uma lenda da

política, como é o caso do deputado Londres, achou por bem aconselhar o prefeito na esperança de que ele faça o melhor pela Capital. Além de válido, o recado foi importante. Resta agora saber se a mensagem não entrou por um ouvido e saiu pelo outro porque o progressista costuma se sentir o dono da razão sempre e, dificilmente segue conselhos. Tanto é verdade que se ele seguisse orientações não teria feito as burrices que fez em pouco tempo frente à prefeitura.


Campo Grande/MS • 1ª Quinzena de Fevereiro/2014

Fotos: Wagner Guimarães/ALMS

Abertura do ano legislativo

Jerson Domingos destaca prioridade dos trabalhos parlamentares em 2014 Durante a abertura do ano legislativo, o presidente da Assembleia de Mato Grosso do Sul, Jerson Domingos (PMDB), destacou a prioridade em desempenhar com total normalidade os trabalhos parlamentares durante o ano eleitoral, em parceria com os demais poderes. “Abrem-se as portas desta que é a Casa de todos. Continuaremos a acolher todo cidadão, sem qualquer prejuízo devido à ocorrência simultânea das eleições”, enfatizou. Na solenidade desta segunda-feira, o governador André Puccinelli (PMDB) inspecionou as

tropas da Polícia Militar na rampa do Palácio Guaicurus e foi recebido pelo presidente do Legislativo e demais deputados. Puccinell destacou a parceria de oito anos junto ao parlamento estadual, e o empenho dos 24 deputados: “A Assembleia Legislativa tem um grande papel neste governo, na aprovação de projetos que possibilitaram dar celeridade ao atendimento das demandas da sociedade”, afirmou ao entregar ao presidente da Assembleia a mensagem com o balanço de atividades do governo. Jerson Domingos afirmou que a Assembleia

irá retomar os trabalhos imediatamente com a apreciação de projeto de autoria dos deputados estaduais que estão em tramitação e na análise de mensagens que o executivo deve enviar nos próximos dias. O presidente também solicitou que as bancadas façam as indicações dos respectivos líderes para o exercício do ano legislativo. O presidente da Assembleia também lembrou que em seus mais de trinta anos de existência tem recebido com respeito e sem discriminação todos os segmentos da sociedade, escutando suas reivindicações e,

Projeto

Jerson Domingos afirmou que a AL irá retomar os trabalhos imediatamente

dentro das atribuições constitucionais, buscando soluções que contemplem a necessidade da população. “Essa é a proposta que temos honrado ao longo do nosso mandato e esperamos dar sequência a uma jornada que, nos últimos sete anos, revelou-se de extrema importância para o desenvolvimento do Mato Grosso do Sul”, disse Jerson.

Governador André Puccinelli e o presidente da AL, Jerson Domingos

Oportunidade

Governo planeja privatizar rodovias UFMS abre concurso com salários estaduais e instalar nove pedágios que variam de R$ 1.953 a R$ 3.603 O governador André Puccinelli (PMDB) mandou o projeto para privatizar rodovias estaduais e instalar nove pedágios. O chefe do Executivo comunicou, os deputados estaduais em reunião feita depois da abertura das atividades da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Segundo o deputado Pedro Kemp (PT), o valor da taxa do pedágio seria de R$ 4,20 cada um. No entanto, o parlamentar não soube detalhar mais o projeto como regiões destas rodovias, municípios afetados. Para o parlamentar, o projeto ainda terá de ser discutido para saber a real necessidade de privatizar as rodovias estaduais, já que o maior movimento

Divulgação

Projeto chegou na AL e começa a tramitar sem prazo para entrar em votação

se concentra em rodovias federais. “Vamos ter de debater sobre o projeto e se for preciso fazer audiências públicas”, afirmou o deputado. Kemp disse que uma das justificativas do governo é melhorar destas rodovias que devem ser privatizadas. Mas o petista lembrou que já

existe um fundo destinado para manutenção de rodovias estaduais. “Já tem a Fundersul para a manutenção”, pontuou o deputado. O projeto chegou hoje na Assembleia e começa a tramitar sem prazo para entrar em votação. (Juliene Katayama/midiamaxnews)

A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul lançou edital com 34 vagas para os níveis fundamental, médio e superior para técnico-administrativo. As inscrições são para a Cidade Universitária da Capital e campus do interior. Os salários variam de R$ 1.953,23 a R$ 3.603,88. As oportunidades são para as cidades de Campo Grande, Chapadão do Sul, Paranaíba Três Lagoas, Aquidauana, Corumbá, Coxim e Ponta Porã. Vagas disponíveis para psicólogo, engenheiro ambiental, nutricionista, administrador, assistente social, técnico em contabilidade, técnico de tecnologia da informação, auxiliar em administração podem ser vistas no site www.copeve. ufms.br.

As inscrições devem ser feitas até o dia 27 de fevereiro no site. A prova escrita, de caráter eliminatória, está prevista para o dia 6 de abril. Na cidade de Três Lagoas as vagas são para técnico em audiovisual, assistente em administração e bibliotecário/ documentalista. Já em outras cidades do interior, as vagas denominadas para classe C, a remuneração é de R$ 1.935,23, com vagas para assistente de tecnologia da informação, assistente de aluno e auxiliar em administração. Na classe D, com salário de R$ 2.315,75, as vagas são para tradutor e intérprete de linguagens

Divulgação

de sinais e assistente em administração, técnico de laboratório/nutrição, técnico de laboratório/órtese e prótese, técnico em contabilidade, técnico de tecnologia da informação e técnico em audiovisual. Já a classe E, com salário de R$ 3.603,88, as vagas são para nutricionista, psicólogo, administrador, assistente social e bibliotecário/documentalista, TI/gerenciamento de redes, contador e engenheiro ambiental.


Campo Grande/MS • 1ª Quinzena de Fevereiro/2014

Primeira sessão de 2014

Mario Cesar enaltece trabalho dos vereadores Assessoria

Mario Cesar fez questão de enaltecer o trabalho dos vereadores em prol de Campo Grande

Na sessão solene de abertura das atividades legislativas de 2014, o presidente da Câmara Municipal, vereador Mario Cesar fez questão de enaltecer o trabalho dos vereadores em prol de Campo Grande. De acordo com Mario Cesar, “o ano de 2013 foi muito produtivo e 2014 promete ser um ano ainda mais vitorioso. Buscaremos estar cada vez mais perto da população, indo aos bairros

e ouvindo os reclames de cada morador, dando continuidade às ações iniciadas em 2013”, afirmou. O presidente da Casa de Leis destacou ainda que “a população pode ter segurança e certeza de que vamos continuar lutando por seus interesses, realizando um trabalho voltado para os cidadãos e a sociedade civil organizada como um todo. Dessa forma, digo a vocês: contem conosco,

contem com cada um dos 29 vereadores que aqui lhes representam, para que este ano seja ainda melhor que 2013 e para que campo grande seja uma cidade mais pujante. Saibam que a Câmara Municipal está de portas abertas e lutando incessantemente pelos seus interesses, porque nosso objetivo é fazer, junto com vocês e por vocês, uma Campo Grande melhor para todos”, afirmou. (Paulline Carrilho)

Mato Grosso do Sul

Rodovias terão 7 pedágios e valor não vai superar R$ 4,50

Divulgação

Em discussão na Assembleia Legislativa, o projeto de concessão à iniciativa privada de 11 rodovias estaduais prevê pelo menos sete pedágios no trecho, com valor de R$ 4 a R$ 4,50. O plano é conseguir aprovar a proposta logo para lançar, em março, edital de licitação e encerrar a gestão do governador André Puccinelli (PMDB) com o projeto concluído e pronto para começar a funcionar. Chefe da Seop (Secre-

taria de Estado de Obras Públicas e de Transportes), Edson Giroto informou que o estudo de concessão iniciou há dois anos e visa garantir a preservação das estradas, seguindo o modelo da BR-163, que será repassada à iniciativa privada no dia 20 deste mês pelo Governo Federal. “Se a gente não fizer isso, em três anos, esse patrimônio vai acabar e a recuperação dessas estradas custará pelo

menos R$ 700 milhões ao cidadão sul-mato-grossense”, frisou Giroto. O prejuízo, segundo ele, se dará porque a tendência é de o usuário desviar da BR-163 para escapar dos pedágios. “O aumento do fluxo resultará na deterioração das vias”, emendou. Pelos cálculos do governo, a previsão é de os 30 mil veículos, que circulam diariamente pela BR-163, se dividirem entre as rodovias estaduais.

Secretário de Obras, Edson Giroto

Desafio

Vereadora Grazielle Machado assume o PR Mulher em MS Entre uma série de ações que serão implementadas para o fortalecimento do Partido da República em Mato Grosso do Sul, o presidente da Executiva Estadual, deputado Estadual Londres Machado deu posse, em Campo Grande, ao novo comando do PR Mulher. A convocada para a missão é a vereadora Grazielle Machado. Cumprindo seu terceiro mandato no Legislativo campo-grandense, Grazielle Machado as-

sume um grande desafio: instituir comissões provisórias do Partido da República nos 79 municípios do Estado. “Quero, ao lado das outras companheiras, desenvolver um trabalho para valorizar o potencial feminino também no cenário político. Com sensibilidade, determinação e muito trabalho vamos buscar a participação efetiva das mulheres em nossos projetos e ações de políticas de cidadania”, pontuou Grazielle adiantando

Izaias Medeiros

Deputado Londres Machado e a vereadora Grazielle Machado

que percorrerá todos os municípios de Mato Grosso do Sul iniciando pela região da grande Dourados.

Grazielle Machado lembrou que as mulheres vêm conquistando cada vez mais o seu espaço na política,

porém, ainda é preciso avançar. “Nós, mulheres, somos políticas natas, reivindicadoras no dia-a-dia, mas minoria ainda na política representativa. Vamos trabalhar para o crescimento da participação feminina no Estado, organizando encontros regionais e outras ações que possam atrair mais e mais mulheres, fazendo com que Mato Grosso do Sul seja uma voz latente no cenário politico nacional”, observou a republicana.

Desrespeito Comissão pede vídeo da sessão em que secretário de Alcides Bernal mostrou dedo aos vereadores A Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final requisitou o vídeo da sessão de julgamento do prefeito Alcides Bernal, realizada no final do ano passado. O vereador Airton Saraiva (DEM), que presidia a Comissão de Justiça, acredita que secretários podem ter quebrado o decoro e que alguns funcionários de alto cargo na prefeitura estavam armados com pedras. “Primeiro vamos fazer a identificação das pessoas. A Casa estava de recesso e era uma sessão de julgamento, mas tínhamos a informação de que havia secretaria e assessora de alto escalão com pedra na bolsa”, disse. Na ocasião, o fotógrafo Roberto Higa flagrou o superintendente de Comunicação da prefeitura, Djalma Jardim, mostrando o dedo médio em direção aos vereadores. Djalma chegou a declarar que processaria o fotógrafo, por uso da imagem sem autorização, mas depois recuou. (Paulo Fernandes/midiamaxnews) Roberto Higa/Reprodução Facebook


Campo Grande/MS • 1 ª Quinzena de Fevereiro/2014

Horóscopo Áries A Lua continua em tenso aspecto com Marte pela manhã e seus relacionamentos ainda podem sofrer com isso. Mantenha o auto-controle e evite brigas. Júpiter, em ótimo aspecto com Mercúrio, torna você mais romântico. Touro Marte e Lua ainda distribuem tensão e dinamismo ao seu dia e você deve tomar cuidado com o excesso de energia, que pode levar à ansiedade. Vida social movimentada e novas amizades surgem. Gêmeos Sua carreira e vida profissional passam por um momento de expansão e crescimento, com boas novidades surgindo a cada momento. Lua e Marte continuam em tenso aspecto pela manhã, indicando dificuldades em um romance. Câncer Mantenha certa racionalidade e reflita sobre seus relacionamentos, especialmente os pessoais. Lua e Marte continuam em tensão, indicando problemas em sua casa ou em um relacionamento familiar.

Libra Marte em seu signo continua em tenso aspecto com a Lua e suas emoções passam por uma espécie de limpeza. Essa energia estará presente apenas pela manhã. Um projeto de trabalho dá um salto, beneficiando seu crescimento Escorpião Mercúrio em Peixes recebe um ótimo aspecto de Júpiter, beneficiando sua vida social e questões relacionadas ao seu coração. Um novo amor pode começar. Marte e Lua continuam em tenso aspecto pela manhã. Sagitário Mercúrio e Júpiter fazem um ótimo aspecto entre si, trazendo progresso e expansão a questões que envolvem sua vida doméstica e os relacionamentos em família. Marte e Lua, ainda em tenso aspecto pela manhã, indicam tenso no trabalho. Capricórnio Mercúrio em Peixes, em ótimo aspecto com Júpiter, beneficia viagens e a comunicação em geral. Leituras, estudos e reuniões de negócios podem trazer novidades nos relacionamentos.

Leão A Lua continua em tensão com Marte pela manhã, indicando possíveis dificuldades em seu trabalho. Mantenha a calma e seja racional. Suas emoções passam por um momento de transformações.

Aquário Mercúrio em Peixes faz um ótimo aspecto com Júpiter, beneficiando questões relacionadas às suas finanças. O momento envolve crescimento e expansão. Marte e Lua, ainda em tenso aspecto, indicam dificuldades.

Virgem Marte e Lua, ainda em tenso aspecto, pedem cuidados redobrados relacionados às suas finanças. Mercúrio em Peixes recebe um ótimo aspecto de Júpiter, movimentando e expandindo sua vida social.

Peixes Marte e Lua, ainda em tenso aspecto pela manhã, dinamizam seu mundo mental e tudo o que envolve seus pensamentos. Mercúrio em seu signo faz um ótimo aspecto com Júpiter, trazendo expansão e oportunidades relacionadas à comunicação.

Culinária Ingredientes:

Cuscuz à paulista

Divulgação

• 1/2 xícara (chá) de óleo • 10 tomates (sendo 8 sem pele e sem sementes picados e 2 em rodelas para decoração) • 2 pimentões picados em quadrinhos pequenos (verde e vermelho) • 1 lata de palmito • 3 ovos cozidos • 2 latas de filé de sardinha • 1 lata de ervilha • 4 colheres (sopa) de salsa picada • 6 tabletes de caldo de galinha • 4 xícaras (chá) de farinha de milho • 2 colheres (sopa) de farinha de mandioca • 1 pimenta vermelha picada (ou molho de pimenta) Modo de Preparo: 1. Forre o fundo e as laterais de uma forma para pudim ou bolo, com rodelas (ou tiras) de parte do palmito, rodelas de tomate para decoração, algumas rodelas dos ovos e com alguns filés de sardinha 2. Aqueça o óleo, junte os tomates picados, os pimentões e refogue 3. Junte o restante do palmito picado, dos ovos e dos filés de sardinha, a ervilha escorrida e a salsa 4. Acrescente os tabletes de caldo de galinha, junte quatro xícaras (chá) de água fervente, mexa bem e deixa ferver 5. Misture a farinha de milho e a mandioca e polvilhe sobre o refogado, aos poucos mexendo bem até incorporarem completamente 6. Distribua a massa na forma preparada, apertando ligeiramente 7. Vire o cuscuz sobre um prato e sirva


Campo Grande/MS • 1ª Quinzena de Fevereiro/2014

Temperaturas

2013 foi o sexto ano mais quente da história O ano de 2013 foi o sexto mais quente da história e tudo indica que 2014 também estará entre os anos com as maiores temperaturas já registradas. Os dados estão sendo divulgados pela Organização Meteorológica Mundial (OMM), que aponta que as temperaturas médias da superfície da terra e dos oceanos ficaram cerca de 0,5 grau Celsius acima da média entre 1961 e 1990, muito perto do recorde de 0,55 grau Celsius. “As temperaturas globais para 2013 são consistentes com a tendência de aquecimento”, disse o secretário-geral da OMM, Michel Jarraud. Para ele, a taxa de elevação da temperatura não é sempre uniforme. “Mas a tendência é inegável”, disse.

Divulgação

“As temperaturas globais continuarão a se elevar por gerações ainda.” Para 2014, a continuação da onda de calor, como nos casos de Brasil e Argentina, está sendo monitorada de perto pela entidade. As cidades de São Paulo e Porto Alegre, por exemplo, podem ter tido o mês de janeiro mais quente desde que os re-

gistros começaram a ser feitos, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). O que chama a atenção da OMM é que, em 2013, nem o fenômeno do El Nino e nem o da La Nina foram registrados. Os dois são considerados como os principais fatores naturais de influência da variação de temperaturas no planeta.

Sem vistoria

Capital tem vans escolares circulando de forma irregular O prazo para a vistoria e certificação das vans escolares que transportam alunos em Campo Grande terminou, e dos 320 veículos que compõem a frota, apenas 152 procuraram o Detran/MS (Departamento Estadual de Trânsito). De acordo com a Divisão de Educação do órgão, mais da metade da frota, 52,5%, está circulando de forma irregular nas ruas da Capital. Só podem atuar no transporte escolar os veículos que passarem por uma bateria de vistorias e entrega de documentação. Os proprietários precisam do alvará de funcionamento da Agetran (Agência Municipal

de Trânsito), o laudo de certificação do cronotacógrafo, item que registra o tempo e a distância percorrida pelos veículos, e a vistoria feita no Detran. A chefe da Divisão de Educação, Inês Esteves, explica que todos veículos que não procuraram o Detran até o dia 31 estão irregulares. “Nosso prazo limite já acabou, mas os proprietários podem vir até o órgão fazer a vistoria, é claro que eles podem ser penalizados”, explica. A fiscalização para que as vans irregulares sejam tiradas de circulação parte de órgãos como a BPTran (Batalhão

Divulgação

de Polícia de Trânsito) e denúncias. Inês ressalta a importância das escolas, públicas ou particulares, nesse processo. “A direção da escola devem acompanhar a forma como as crianças chegam na escola. Eles têm o dever de fiscalizar e denunciar qualquer irregularidade”, completa. (Aliny Mary Dias/campograndenews)

Dano moral coletivo

Bradesco é multado em R$ 1 mi por fazer funcionários transportarem dinheiro

Divulgação

O banco Bradesco terá de pagar dano moral coletivo de R$ 1 milhão por usar irregularmente funcionários administrativos para fazer transporte de dinheiro, ao invés de contratar profissionais habilitados. O banco ainda pode recorrer da decisão. A sentença foi dada pela 10ª Vara do Trabalho de Belém, em ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT). Procurado, o Bradesco informou em nota que “o assunto está sub judice e o banco não comenta”. Além da multa, a decisão também proíbe o banco de contratar policiais militares para efetuar o transporte de dinheiro, sob pena de

multa de R$ 50 mil por trabalhador encontrado em situação irregular, segundo o site do MPT. O processo foi aberto em maio de 2013, depois que o MPT comprovou uma denúncia do Sindicato dos Empregados em Estabelecimento Bancários do Estado do Pará e Amapá.

O sindicato apontava que um policial militar tinha morrido e um empregado do banco sido ferido por uma bala que passou de raspão durante uma tentava de assalto no transporte de valores entre os municípios de Abaetetuba e Muaná (PA), em junho de 2011.


Campo Grande/MS • 1ª Quinzena de Fevereiro/2014

Veículos

Divulgação

GM convoca recall por risco de capotamento A General Motors do Brasil convocou um recall envolvendo 5.325 veículos, sendo 2.405 unidades do Agile e 2.920 unidades do Classic por risco de capotamento. Segundo a empresa, os proprietários dos carros envolvidos devem entrar em contato com a Chevrolet para agendar a substituição do rolamento do cubo das rodas traseiras e aplicação do torque correto na porca de fixação. Participam do recall os veículos Agile 2014, chassis ER140857 a ER156901, fabricados no período de 11 de outubro a 20 de novembro de 2013, e Classic 2014, chassis ER142768 a ER154752, fabricados no período de 11 de outubro a 15 de novembro

de 2013. De acordo com nota divulgada pela GM, o serviço é necessário “devido à possibilidade de superaquecimento do rolamento em decorrência do excesso de torque no aperto da porca de fixação do conjunto, o que pode ocasionar travamento ou soltura da roda traseira, com perda de controle do veículo e risco de colisão e/ou capotamento, podendo causar lesões graves ou até fatais aos ocupantes e a terceiros”. O agendamento para a substituição do rolamento deve ser feito pelo telefone 0800-702-4200 ou por meio do site www. chevrolet.com.br. O serviço é gratuito e o tempo estimado para a sua execução é de 1 hora.

Tecnologia

Roteador portátil permite wi-fi em qualquer parte do mundo Um dispositivo que cabe na palma da mão e que pode ser usado para você se conectar na mais remota parte do mundo, como no meio do oceano ou em desertos: conheça o Iridium Go, um roteador portátil que, quando for lançado (a empresa promete ainda neste semestre), fornecerá wi-fi em qualquer lugar alcançado por satélites. Isso significa em praticamente qualquer parte do mundo. O preço do aparelho será, digamos, proporcional à sua utilidade (ao menos seu potencial): a empresa não disse o preço exato, mas diz que ficará na casa dos US$ 800 (R$ 1.922). Em compensação, não há plano de dados. À prova d’água e de pancadas leves, o Go é

Divulgação

ativado ao se levantar sua pequena antena, que cria uma rede wi-fi de cerca de 30 metros de alcance. Até cinco celulares, tablets, geladeiras ou o que for podem ser conectados simultaneamente. A Iridium é uma empresa de telecomunicações via satélite, que vende telefones que se conectam por meio das

redes que vêm da órbita terrestre todos por mais de US$ 1.000. Uma de suas rivais, a Globalstar, anunciou na semana passada um produtos semelhante ao Go. O Go é pequenino, mesmo se comparado a roteadores caseiros: tem as dimensões aproximadas de um quadrado de cerca de 10 cm por uma altura de 3,2 cm.

STF

Polêmica sobre correção do FGTS ganhou força com decisão A polêmica sobre a correção das contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) ganhou força com uma decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), no ano passado. O STF determinou que os precatórios devem ter uma correção que reponha a inflação. Os precatórios são títulos que o governo emite para pagar cidadãos que ganham processos contra o poder público na Justiça. Até então, a TR era usada na correção desses títulos. Com base na decisão

do STF, sindicatos e trabalhadores procuraram a Justiça argumentando que, se a TR não é apropriada para corrigir as perdas inflacionárias dos precatórios, não deve, também, ser usada no caso do FGTS. Algumas ações já saíram vitoriosas em primeira instância, mas a Caixa Econômica Federal tem entrado com

recursos e informa que vai recorrer em todos os casos. Segundo a Caixa, até o momento, foram ajuizadas 39.269 ações pedindo a substituição da TR como índice de correção das contas do FGTS. Desse total, houve, de acordo com o banco, 18.363 decisões favoráveis ao critério aplicado atualmente. Existem cerca de 65 milhões de contas do FGTS. Corrigir as contas desde 1999 resultaria numa grande perda (ainda não calculada) para o governo.

Ranking

Brasil cai para 8º em marcas de bancos mais valiosas O Brasil voltou a cair posições no ranking “The Banker/Brand Finance Banking 500”, sobre as 500 marcas globais mais valiosas no setor bancário, conforme relatório divulgado. Pressionado pela desvalorização cambial e pela política de baixos juros dos bancos públicos, o País, com nove instituições na disputa, recuou da sexta para a oitava colocação na última edição da pesquisa. Em valor de marca, o Brasil somou US$ 33,483 bilhões, perdendo para países como Espanha, Canadá e França. Os Estados Unidos permaneceram no topo do ranking, com 56 bancos e um total de US$ 193,633 bilhões em valor de marca. A queda do Brasil, porém, poderia ter sido maior, não fosse o esforço dos bancos brasileiros em selecionar melhor seus riscos, atuando principalmente em segmentos com garantias como imobiliário e consignado (com desconto em folha), e ainda o trabalho de recuperação de créditos em atraso e consequente melhora na qualidade dos ativos. Ainda assim, dois bancos brasileiros figuraram entre os 25 maiores do mundo. No ano passado, eram três. O Bradesco ficou na 20ª colocação ante a 16ª em 2013, com US$ 10,600 bilhões e líder na América Latina pelo sexto ano seguido. Atrás veio o Itaú Unibanco no 23º lugar contra o 18º na edição do estudo de 2013, com US$ 9,904 bilhões. Já o Banco do Brasil ficou na 35ª posição, com US$ 6,972 bilhões.


Campo Grande/MS • 1ª Quinzena de Fevereiro/2014

Na Capital

Mudança

Novas regras para os rótulos de alimentos A Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA determinou novas regras para os rótulos de alimentos com informações nutricionais como “light”, “rico em”, “fonte de” e “não contém”. O objetivo da mudança é ajudar o consumidor a entender essas e outras expressões, por isso, a parte do rótulo que traz as informações nutricionais está com a letra pouco maior, para melhorar a visualização, e tem informações mais detalhadas e evitar enganos. Um exemplo dessa alteração é a especificação dos produtos light. A partir de agora para ter a informação “valor energético baixo” o produto deverá ter, no máximo, 40 calorias. Os alimentos classificados

Divulgação

como light deverão ter redução de no mínimo 25% em algum nutriente como gordura, açúcar, sódio ou colesterol. Além disso, deve apresentar redução nutricional em comparação com a versão convencional. Para quem faz uma dieta rica em proteína também tem uma nova diretriz: quando o rótulo informar ‘alto conteúdo de proteínas’, o produto deverá ter, no mínimo, de 12 gramas de proteína a cada 100 gramas e quantidades específicas de aminoácidos importantes para a nutrição.

“Tarifa-teto”

Preços de passagens para Copa do Mundo podem aumentar Apesar de as companhias aéreas Avianca e Azul afirmarem que irão estabelecer tarifa-teto de R$ 999 para as passagens durante o período da Copa do Mundo de 2014, um levantamento realizado pelo comparador de viagens Mundi mostra que o valor dos bilhetes pode aumentar em mais de R$ 1.000. Para verificar a oscilação, o site usou como base o preço mínimo dos voos com origem nas três cidades que mais procuraram as sedes dos jogos da Seleção Brasileira na primeira fase e na final, sendo que as buscas dos usuários foram reali-

zadas entre julho de 2013 e janeiro de 2014. Os dois maiores aumentos foram registrados nos trechos Salvador - Fortaleza, para o segundo jogo do Brasil no evento, e Recife- São Paulo, para o jogo de abertura da competição. No primeiro trecho, os dados apontaram que o trecho pode ficar até R$ 1.085 mais caro; o maior valor registrado foi de R$ 1.435 em janeiro contra R$ 350 na pesquisa em um dia comum. Já no segundo trecho, o valor pode ficar com uma diferença de até R$ 999; em novembro, o preço chegou a R$ 1.609, enquanto o valor para um dia comum custava R$ 610.

Mensalidades escolares impulsionam alta da inflação O reajuste nos preços das mensalidades escolares impulsionaram a alta da inflação emCampo Grande, que fechou o primeiro mês de 2014 1,18%. Os dados são do Índice de Preços ao Consumidor (IPC/CG), divulgado pelo Núcleo de Pesquisas Econômicas da Universidade Anhanguera-Uniderp. De acordo com o coordenador do núcleo, Celso Correia de Souza, apesar da alta da inflação provocada pelo grupo Educação, o índice foi mais baixo do que do mesmo período de 2013, que fechou em 1,38%. Dentro do grupo Educação, que teve inflação de 7,24%, as maiores contribuições para o índice foram das mensalidades do ensino fundamental e médio, que tiveram reajuste de 9,36%. Já as mensalidades do ensino infantil e também do superior, registraram aumento de 8,51%. O grupo Alimentação teve inflação de 1,62%. Segundo a pesquisa, produtos como beterraba (36,59%), chuchu (31,11%), cenoura (27,88%) e laranja (20%) ficaram mais caros. Entre os cortes de

Divulgação

carne bovina, o contrafilé (11,32%), a alcatra (9,52%) e a costela (9,10%) foram os que tiveram os maiores reajustes. Em contrapartida, itens como limão (-25,62%), queijo (-12,33%), maçã (-11,78%) e tomate (-11.04%), que foi o grande vilão dos preços preços em 2013, apresentaram deflação neste ano. O grupo Saúde também fechou janeiro com inflação de 1,21%. Os serviços que puxaram a alta foram as consultas de médicos ortopedistas (16%), dentistas ( 9,73%)

e de médicos pediatras (8,45%). Dois grupos apresentaram deflações , Vestuário (-1,02%) e Transportes (-0,11%). No primeiro, as maiores quedas de preços ocorreram com alguns itens como saias (-8,73%), sandálias e chinelos masculinos (-7,24%) e vestidos (-6,92%). Já no segundo, o recuo nos valores da gasolina (-2,23%), do etanol (-0,70%) e do óleo diesel (-0,19%) pressionaram a baixa do índice, em relação a dezembro de 2013. (Tatiane Queiroz/G1 MS)

Critérios

Alisante para cabelos tem comércio, uso e divulgação suspensos Uma resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada no Diário Oficial da União suspendeu, em todo o território nacional, a fabricação, a distribuição, o comércio, a divulgação e o uso do produto Zene Progress Defrizagem Temporária, usado para alisamento temporário de cabelos. O alisante é fabricado pela empresa Cosmed Indústria de Cosméticos e Medicamentos S.A. De acordo com o texto, um laudo de análise fiscal emitido pela Fundação Ezequiel Dias referente ao lote LC11D0087, apresentou resultado insatisfatório no ensaio de PH. Ainda segundo a Anvisa, o produto não possui registro. A agência determinou que a empresa promova o recolhimento do estoque existente em mercado de todos os lotes do produto.


Campo Grande/MS • 1ª Quinzena de Fevereiro/2014

Desenvolvimento

Quando se faz uso do método correto de trabalho não há razões para mudar a forma de atuação e, é exatamente isso que ocorre com o presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador Mario Cesar (PMDB), que já adiantou que em 2014 seguirá a mesma linha de trabalho de 2013. “Vou continuar na mesma linha de trabalho, defendendo Campo Grande para que a cidade entre no ritmo que vinha tendo nos últimos anos porque em 2013 teve decréscimo de investimento”, destacou o parlamentar, demonstrando preocupação com a Capital. Mario Cesar explicou que o orçamento de Campo Grande em 2013 foi de R$ 2, 7 bilhões e que para este ano o valor é de quase R$ 3 bilhões. Com relação ao ano passado, sobrou cerca de R$ 400 milhões no caixa da prefeitura. “O que foi feito em Campo Grande? Qual o impacto disso?”, questionou o presidente da Casa de Leis. “A nossa briga vai continuar no sentido de cobrar melhor atendimento à população como um todo. Já começou o ano sem kit e uniforme escolar. Não conseguiram se programar para o começo do ano? Vou fiscalizar o prefeito Alcides Bernal e ver onde foi aplicado o recurso público”, explicou o vereador ao falar sobre seu trabalho para 2014. O parlamentar garantiu que neste ano dará ainda mais ênfase para as sessões comunitárias e mais voz à comuni-

Divulgação

Mario Cesar quer que Campo Grande volte a crescer em 2014

Presidente

da

Câmara

dade. “A gente emana do poder local. Quem mora no Jardim Aeroporto, no Nova Campo Grande sabe dos problemas que existem e nos dá o direcionamento para o nosso trabalho”, explicou. Presidência O vereador Mario Cesar permanece na condição de presidente da Câmara Municipal até dia 31 de dezembro de 2014. “Somos presidente para 29 vereadores e temos feito uma gestão democrática, aberta, onde todos têm participação e suas responsabilidades”, ressaltou, exemplificando que as sessões solenes que antes eram coman-

de

Vereadores, Mario Cesar

dadas pelo presidente, hoje podem ser presididas por outros vereadores. Em meio a tanta falta de compromisso e ética dos políticos é muito fácil notar quando uma pessoa desempenha um trabalho honesto, profissional e pensando no melhor para o povo. Este é o caso do vereador Mario Cesar que desde que assumiu um lugar na Câmara desempenha suas atividades com transparência e muita seriedade. Ele bem que poderia fazer escola e ensinar um pouco de bom caráter àqueles que insistem em enganar a população e atuar em causa própria.

Giselle Marques OAB MS no. 4966 / OAB RJ no. 175297

E-mail: giselle_marques@hotmail.com. Site: www.gisellemarques.com.br

Poupador: corra e receba os seus direitos Se você consumidor possuía saldo em caderneta de poupança no ano de 1989, boa notícia: você tem direito à nova correção do saldo depositado, mesmo que já o tenha sacado, e pode se beneficiar de sentenças já prolatadas. É que os consumidores de todo o país conseguiram decisões favoráveis em ações civis públicas que reivindicavam a correção, devido a falhas no rendimento aplicado às poupanças em decorrência do plano econômico que ficou conhecido como “Plano Verão”. Assim, quem ingressar em juízo hoje não terá que enfrentar um processo de conhecimento e seus respectivos recursos. O consumidor poderá executar a sentença já obtida pelo Ministério Público e por órgãos de defesa do consumidor nas ações civis

Divulgação

públicas julgadas de forma favorável aos poupadores. Mas, atenção: o prazo para entrar na justiça é curto. No caso do Banco do Brasil (que já possui uma reserva para pagar estas ações), encerra-se em 24/10/2014. Isto porque segundo decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça), somente valem as execuções ajuizadas no prazo de cinco anos após a ação coletiva tornar-se definitiva. Mesmo que você não tenha em mãos os extratos bancários da poupança referentes aos meses de janeiro e feve-

reiro de 1989, é possível obtê-los com o apoio da assessoria jurídica, de forma rápida. Se o titular da conta não estiver vivo, a solicitação poderá ser feita pelos herdeiros ou inventariante. Não deixe para a última hora: movimente-se! As ações judiciais têm obtido em média pagamento no valor de R$ 15.000,00 (quinze mil reais) por correntista. Dependendo do valor que estava depositado, o resultado pode ser ainda maior. Trata-se de uma grande vitória dos consumidores brasileiros.

Serviços prestados

Reclamações na central de atendimento da Anatel aumentam 31% no ano passado A central de atendimento da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) recebeu no ano passado 3,1 milhões de reclamações em relação aos serviços prestados aos consumidores, um aumento de 31,11% em relação a 2012, quando foram 2,4 milhões. Do total de reclamações, 1,3 milhões ou 44% foram em relação a telefonia

celular. O país contava com 271,10 milhões de terminais móveis até dezembro de 2013. No entanto, o maior aumento das reclamações dos usuários foi em relação a banda larga, as queixas pularam de 299,6 mil em 2012, para 445,9 mil em 2013, crescimento de 48,83%. Segundo dados da Telebrasil, associação que reúne as empresas

do setor, os acessos fixos e móveis no país chegam a 133,7 milhões, e eles aumentaram muito em relação a 2012, cerca de 55%. Em segundo lugar no aumento nas reclamações na central de atendimento foram dos usuários de TV por assinatura, 46,72%, passando de 182,8 mil em 2012 para 268,2 mil no ano passado.


Campo Grande/MS • 1ª Quinzena de Fevereiro/2014

Jornal  

O consumidor

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you