Issuu on Google+

15 de junho de 2013 Ano 9 - Nº 200

Vivá Automóveis Veículos Seminovos e OKM - Nacionais e Importados

4771-3676

vivaautomoveis@ig.com.br

Rua Francisco Celso, 231 - Vilas das Oliveiras CEP 06765-430 - Taboão da Serra – SP

Diretor Executivo: Mário de Freitas

Distribuição Gratuita www.hojeonline.com.br

em notícias

Aumento da passagem de ônibus gera protesto na região Critica é direcionada à qualidade do serviço prestado e a falta de carros em horários de pico Alexandre Oliveira

EMTU e Viação Pirajuçara dizem que lucros são mais importantes que os serviços prestados no transporte público e a viação Miracatiba despreza vereadores

A

Usuários se espremem nos ônibus intermunicipais. Vereadores de Embu cobraram atitude da EMTU com a disponibilização de mais carros no sistema

Deputado quer recuperar FGTS perdido de trabalhador

Divulgação

“Lutar pela manutenção dos direitos e para ampliar conquistas”

Em entrevista, o deputado federal, Paulinho da Força (PDT) diz que o trabalhador foi lesado em quase 100% nos redimentos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço - FGTS e quer recuperar o dinheiro perdido. A Força Sindical, presidida pelo parlamentar entrou com ação na Justiça Federal, em Brasília, para que os trabalhadores brasileiros possam reaver bilhões de reais que foram literalmente roubados das contas do FGTS pelo governo. Última página

Prefeitura manda verba da saúde para vereadores A prefeitura de Taboão da Serra retirou no último dia 30 de março R$ 908 mil de verbas destinadas à compra de remédios, transferindo o dinheiro para a Câmara Municipal. Apesar da situação calamitosa das Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município a transferência de recursos foi tratada como normal pelos vereadores.

Página 3

Menor rouba loja Drogasil com arma de brinquedo Página 6

Paulinho durante manifestação em frente a sede da Força Sindical , em São Paulo

Ladrões roubaram até a prefeitura

Como se não bastasse o alto índice de roubo e furto demonstrados pelos relatórios da Secretaria de Segurança Pública do Estado em relação à cidade de Itapecerica da Serra, agora chegou a vez da prefeitura. Uma ocorrência atingiu em cheio o poder público na cidade. Dois caminhões e diversas peças e pneus foram roubados do almoxarifado da administração. Até agora, apenas um caminhão foi encontrado.

Página 6 O local é bem protegido com muros altos e portões com cadeados

Divulgação

sina de quem precisa acordar cedo e encarar longas viagens em ônibus intermunicipais lotados e desconfortáveis parece estar longe de um fim na região. Acostumados ao empurraempurraparatentarumlugarno transporte público, os usuários dos ônibus intermunicipais administrados na região pelo Consórcio Intervias, por meio das empresas Miracatiba e Viação Pirajuçara não viram com “bons olhos” o aumento de 7,5% na tarifa. A reportagem do Jornal Hoje viajou com passageiros nos horários de picos e constatou a má qualidade oferecida pelo serviço do transporte intermunicipal. Na quarta-feira, dia 5, a Câmara Municipal de Embu das Artes recebeu o representante da Empresa Metropolitana de Transporte Urbano (EMTU), Luiz Henrique e o gerente de operações d a Vi a ç ã o P i r a j u ç a r a , Rogério Dardengo, para uma audiência onde os vereadores do município questionaram sobre a qualidade do serviço prestado pelas companhias intermunicipais. A viação Miracatiba simplesmente não mandou representante e nem justificou a falta. Página 5

Mulher é atacada em Taboão da Serra

Uma mulher de 45 anos teria sido estuprada e queimada por marginais. A vítima foi abordada pelos criminosos enquanto andava na rua e levada para um terreno baldio. Página 6

Roteiro Cultural com entrada gratuíta para o final de semana Página 7


2

www.hojeonline.com.br

OPINIÃO

A

EXPEDIENTE: Diretor Executivo Mário de Freitas

Editor Responsável José Cássio C. Mello

Colaboradores Mário de Freitas, Márcio Amêndola, Alexandre Oliveira, Douglas de Freitas, José Cassio C. Mello

Editor de Arte Douglas de Freitas

Reportagens Alexandre Oliveira

Departamento Jurídico Oscar Ribeiro Colas

• Taboão da Serra, 15 de junho de 2013

Impressão: LTJ Editora Gráfica

de

Uma publicação da empresa da Art Pro Market e Editora Ltda Redação: Praça MIguiel Ortega, 322 - cj 4 - Taboão da Serra - SP CEP.: 06754-160 - Fone: 4771- 3878 email: redacao@hojeonline.com.br - Site: www.hojeonline.com.br

Circula nos municípios de São Paulo, Taboão da Serra, Embu, Cotia Itapecerica, Embu-Guaçu, São Lourenço, Juquitiba e Vargem Grande Paulista

Explica, mas não justifica

A

Câmara de vereadores não tem direito a 6% do orçamento da cidade, ‘automaticamente’ como o vereador presidente tenta demonstrar. Na verdade, este é o teto, o limite máximo a que o Poder Legislativo tem direito. Também não se explica porque o dinheiro foi tirado da Saúde antes mesmo do término do primeiro semestre. Ou seja, a Câmara ainda tem seis ou sete parcelas a receber da verba anual total, e o repasse de complemento da verba poderia ser enviado até dezembro, e não antecipadamente, como foi feito. Se a cidade tem dinheiro sobrando para a compra de remédios, é bom avisar aos cidadãos que podem buscar seus remédios sem problemas nos postos de saúde, porque não hão de faltar. Se faltar, cobrem dos nobres vereadores, que ficaram com o dinheiro.

As respostas das Palavras Cruzadas

UM JORNAL QUE TEM OPINIÃO

Flagrante - Ônibus da linha Metrô Campo Limpo não respeita sinal e passa direto por usuária. Situação é uma das principais reclamações na região.

Aposentadoria Especial de médicos, dentistas e veterinários Oscar Ribeiro Cólas Temos notado no exercício de nosa vida profissional e também na relação com profissionais de saúde de uma maneira geral, que milhares destes profissionais em todo o País reúnem condições de requerer a aposentadoria especial, e não o fazem por absoluta falta de informação. É notório ainda a quantidade de informações a respeito da aposentadoria especial que são fornecidas de maneira equivocada por alguns profissionais que se oferecem para intermediar junto às Agências do INSS, o requerimento de aposentadoria especial, sendo, diria sem exagero, em

100% das vezes indeferido tal pedido; A aposentadoria especial é um benefício destinado ao trabalhador cuja atividade o exponha a agentes nocivos à saúde física ou mental, pelo período de 25 anos, no caso dos profissionais da saúde, percebendo mensalmente 100% do valor da média de seu salário de contribuição dos últimos 300 meses, expurgando-se da média aritmética, os 20% menores salários de contribuição; É obvio, que no caso estamos tratando apenas dos profissionais da saúde, pois a aposentadoria especial contemplada na Lei 8.213/91, mais especificamente em seus artigos 57 e 58, também incluem outros trabalhadores expostos a agentes nocivos à saúde, podendo os mesmos aposentarem-se com 10, 15 ou 25 anos de trabalho; Cumpre esclarecer ainda, que nesse caso (aposentadoria especial) não existe distinção entre homens e mulheres. Tendo ambos que labutarem no mínimo 25 anos. Mas o interessante dessa matéria e desmistificar algumas informações que afastam os profissionais de saúde da aposentadoria especial. A primeira delas é que o profissional que se aposenta em atividade especial não pode mais voltar a trabalhar depois de aposentado, em qualquer atividade tida como especial, sob pena de perder o direito ao benefício previdenciário. Entendemos, e os Tribunais de todo o País, já demonstram perfilar-se a tal entendimento, a regra que impede o profissional aposentado especialmente de

voltar, ou continuar, trabalhando em sua área é completamente inconstitucional, pois fere o art. 5º., inciso XIII, da Constituição Federal , que regula os direitos e deveres individuais, e assegura o livre exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a Lei estabelecer. Outra situação que merece ser posta, e parece-nos ser pertinente a grande maioria dos operadores de saúde do País, é a prova do exercício profissional sobre condições nocivas à saúde, principalmente para o contribuinte individual (médico que atende exclusivamente em seu consultório particular). Na realidade, até a edição do Decreto 2.172, de 1.997, a simples condição de médico, ou seja, apenas com a prova da inscrição profissional (CRM) já era suficiente para o requerimento da aposentadoria especial. A exposição a agentes nocivos à saúde era presumida (Decreto 53831/64). Após 1997, e até a edição da Instrução Normativa 99 de 01 de janeiro de 2.004, todo meio de prova do exercício profissional era aceito. O médico poderia juntar as fichas de atendimento de clientes, relatório médicos, e até se utilizar, como não, da prova testemunhal, para comprovar o exercício da profissão. Com a edição da citada Instrução Normativa, se tornou necessário e obrigatório a apresentação dos chamados PPPs, ou laudos técnicos expedidos por profissionais especializados e habilitados em Medicina do Trabalho , para comprovação da situação extraordinária.

Por fim, uma última e interessante situação, nasce com a indagação “Mas e se o Juiz não aceitar a condição de o médico continuar trabalhando”. Nestes casos, ao propormos a Ação requerendo a aposentadoria especial, pediremos ainda em caso de não ser declarado na sentença o direito de continuar trabalhando, que o tempo de especial seja convertido em comum, onde aplicando-se a regra de conversão o requerente atingirá (acreditem) o tempo necessário para concessão da aposentadoria comum, ficando apenas sujeito a aplicação do fator previdenciário(dependendo da idade), que não se aplica a aposentadoria especial. É curial, que estamos sempre tratando do requerimento judicial da aposentadoria especial, pois administrativamente é impossível a discussão dos aspectos acima ventilados, que refogem à natureza administrativa do INSS. O tema é bastante complexo e apaixonante, aforando inúmeros nuances, e a possibilidade de acaloradas, porém salutares discussões no âmbito judicial. Importante é que todos os profissionais de saúde procurem se informar sobre seus direitos, já que procuramos abordar apenas alguns aspectos, e tanto quanto possível invoquem a tutela jurisdicional, para que os mesmos sejam resguardados.

Oscar Ribeiro Cólas é advogado especializado em Previdencia Social

Bronca do leitor Denuncie, exponha suas reclamações sobre buraco na rua, produtos quebrados, serviços e atendimento Público e privado ... ENTRE EM CONTATO PELO TELEFONE: 4771 3878 OU MANDE UM EMAIL, contato@hojeonline.com.br

Vergonha!!!!!!!!!!!!!!!!!! Voltamos a Ditadura, jornalista e espancado pelos PM(policia Militar) em manifestação no centro. É isto que é uma POLICIA PREPARADA SR. GOVERNADOR? Esqueci o Sr. estava na França num momento tão critico em São Paulo. Mande sua Bronca pelo telefone:

(011)4771 3878

Los Angeles pela Rede Social

ou mande um email para contato@hojeonline.com.br


Vereador de Itapecerica é eleito presidente da Aversud Cleber Bernardes (PMDB) diz que meio ambiente, saúde, transporte e trânsito são prioridades Adilson Oliveira Colaborou para o Hoje

O vereador Cleber Bernardes (PMDB), de Itapecerica da Serra, foi eleito na sexta-feira, dia 7, na Câmara de Juquitiba, novo presidente da Associação dos Vereadores da Região Sudoeste da Grande São Paulo (Aversud), em escolha dos seis cargos da diretoria e três do conselho fiscal – com representação das oito cidades locais – após consulta informal e por aclamação, sem voto nominal. Foram eleitos como vice Cristiano da Silva (PTB), de São Lourenço da Serra, 1º secretário Pedro Angelo (PT), de Juquitiba, 2º secretário Luiz Lune (PC do B), de Taboão da

Serra, 1º tesoureiro Pedro Valdir (PSD), de Embu das Artes, e 2º tesoureiro Marcos Nena (PPS), de Cotia. Ceará Pança (PSDB), de São Lourenço, um nome de Embu-Guaçu e um de Vargem Grande Paulista vão compor o conselho fiscal. Cleber, com os membros da presidência, estará à frente da associação por um ano com direito a uma reeleição, norma mantida durante a discussão do estatuto. Já o mês para eleição e a posse de cada diretoria eleita foram mudados, para primeira semana de março, com início de gestão imediato. A Aversud foi criada em 2009 nos moldes do Conisud (consórcio dos municípios que reúne os prefeitos). A composição de consen-

so ocorreu após Sandoval Pinheiro, o Doda (PT), de Embu, retirar a candidatura a presidente – os dois únicos postulantes se fecharam no gabinete do presidente da Câmara de Juquitiba antes da decisão. Doda justificou ser oportuno que uma das cidades que lutam por compensação ambiental ficasse com a presidência e que o Conisud já é presidido pelo prefeito de Embu. “Foi dada uma aula de democracia, união e força. Tenho certeza de que toda a região foi representada e que vamos fazer a diferença”, declarou o presidente da Câmara de Itapecerica, Cícero Costa (PSDB), colega de parlamento do novo chefe da Aversud. Estiveram presentes à reunião 36 vereadores – de Embu (11), Itapecerica (9), São Lourenço (4), Taboão (2), Cotia (1), além de Juquitiba (9). Os vereadores foram unâ-

Adilson Oliveira

POLÍTICA

• Taboão da Serra, 15 de junho de 2013

nimes em discursar que a Aversud terá a tarefa de fazer o Legislativo ser reconhecido com maior representatividade pelos governos, além de fortalecer o próprio mandato parlamentar, e o tornar forte interlocutor nas demandas das Câmaras e dos municípios em uma das regiões mais ricas e estratégicas do Estado, com destaque para recursos hídricos e potencial logístico. Em discurso como presidente da Aversud, Cleber disse que “o primeiro item da nossa pauta tem que ser a questão ambiental” ao reclamar do “engessamento imposto pela Cetesb” às cidades com 100% em área de preservação para novos empreendimentos, e defendeu a construção de alça de acesso no Rodoanel para desafogar o trânsito em Itapecerica e região e um novo hospital (leia entrevista ao lado).

EMBU DAS ARTES

Vereadores de Embu das Artes homenageiam Corpo de Bombeiros Com a indicação do vereador pelo PcdoB, Clidão do Taxi, uma moção de Aplausos direcionada ao Corpo de Bombeiros do município foi aprovada e deu o tom a 18° sessão da Câmara Municipal de Embu das Artes, na quarta-feira, dia 12. A moção foi recebida por toda a corporação, em especial para sete soldados que agiram em uma ocorrência de salvamento que ganhou o noticiário nacional no mês de abril. Na ocasião três garotas menores de idade se envolveram em acidente de trânsito. Uma delas, Patrícia de Lima de Carvalho, 13 anos, ficou presa em baixo de um carro que caiu

Presidente da CBF visita Câmara de Taboão, mas moção de apoio não é votada O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin, visitou a Câmara de Vereadores de Taboão da Serra na terça-feira, dia 11, em momento onde os vereadores pretendem aprovar uma moção de apoio a sua representação como agente desportivo e que no passado, a frente da Federação Paulista de Futebol (FPF), teria ajudado Taboão a desenvolver o esporte na cidade, com a formação do CATS, em competições organizadas pela Federação. A moção de apoio é criticada por parte dos vereadores da Casa. José Maria Marin é atrelado a morte de um dos principais jornalista brasileiros, Vladimir Herzog, torturado e morto na ditadura militar. Marin é acusado de incitar os militares contra o jornalista que semanas após uma entrevista do boleiro foi preso no Destacamento de Operações de Informações - Centro de Operações de Defesa Interna (DOI-CODI)

(Alexandre Oliveira)

Alexandre Oliveira

Presidente da Câmara, Doda homenageia soldado Edgard

em um córrego. Ao chegarem ao local os bombeiros identifi-

caram a gravidade da situação e não hesitaram em entrar no

Construção da sede dos Bombeiros em Taboão é confirmada A notícia veio diretamente do Tenente-Coronel do 18º Grupamento de Bombeiros, PM Evandro Teixeira, que esteve presente a sessão da Câmara de Embu das artes, na quarta-feira, dia 12, em apoio à moção direcionada a corporação do município. A construção da sede do

batalhão do Corpo de Bombeiros em Taboão está confirmada para se iniciar ainda este ano em um terreno na Av. Ibirama, com a Rua Austrália. De acordo com o Tenente o novo Posto do Batalhão terá uma Unidade de Resgate e um caminhão anti-incêndio, ambos do Estado. (AO)

Comissão para investigar o Shopping Taboão

Ex-vereador quer frente parlamentar para desoneração de medicamentos

A sessão da Câmara Municipal também serviu para a escolha do nome dos vereadores que irão compor a comissão de acompanhamento em reivindicação da alça de acesso do Shopping Taboão ao interior do Estado. O vereador Marcos Paulo (PSB) foi escolhido como presidente. O vereador Cido (DEM) será o relator. A comissão ainda será composta pelos vereadores Eduardo Lopes (PSDB), Professor Moreira (PT) e a vereadora Érica Franquini (PDT). (AO)

O ex-vereador Alexandre Depieri (PSD) também fez presença na Casa de Leis da cidade, na sessão do dia 11, e em tribuna pediu o apoio dos vereadores para a criação de uma frente parlamentar para a desoneração de medicamentos. Depieri sugeriu que a Câmara faça uma moção de apoio ao governador Geraldo Alckmin reforçando o projeto. (AO)

Anuncie: 4771 3878

córrego para socorrer a vítima submersa. Patrícia teve parada cardíaca e foi reanimada ainda a caminho do Pronto Socorro da cidade. A ação foi considerada de extrema dificuldade e surpreendeu a todos. Os homenageados foram o 3º Sargento PM Edgard de Carvalho, Soldado PM Willian Cesar de Moura, Soldado PM Edson da Silva Domingues, Soldado PM Joelmir Zanon, Soldado PM Wanderson de Miranda Pereira Brito, Soldado PM Rafael Nunes de Souza e o Cabo PM Eliseu Ribeiro Vieira. O Tenente-Coronel do 18º Grupamento de Bombeiros, PM Evandro Teixeira, falou em nome da corporação e se disse emocionado. ”Estou arrepiado de estar aqui nessa sessão em homenagem a esses Bombeiros. A profissão de bombeiro não só causa arrepio no corpo, mas causa arrepio na alma. O bombeiro não mede esforços para atender quem quer que seja. É muita satisfação estar aqui hoje”, declarou. (AO)

www.hojeonline.com.br

3

Governo do Estado vê região como depósito de bens inservíveis Cleber Bernanrdes

Vereador de Itapecerica da Serra em primeiro mandato, eleito com 1.499 votos, Cleber Bernardes (PMDB), 36 anos, tem se mostrado, em discursos e debates, crítico à política de investimentos e projetos de compensação do governo do Estado na região. Ele reclama da gestão da administração do PSDB, além de apontar prioridades à frente da Aversud, em entrevista exclusiva ao Hoje após eleito presidente. Hoje - Na avaliação do sr., como as autoridades estaduais veem a região? Cleber Bernardes – Não posso ser leviano em falar de Cotia e Vargem Grande [Paulista], que acabam de ser inseridos no processo do consórcio. Agora, a nossa região [sudoeste], de Taboão até aqui Juquitiba, é entendida literalmente pelo governo do Estado como depósito de bens inservíveis, todos os problemas sociais são empurrados para a nossa região, que tem o menor percentual de investimentos do Estado. Está errado. E a Aversud tem como bandeira buscar essa legalidade [direito de ser mais bem atendido], o entendimento com o governo de que a nossa região é muito

importante, principalmente com os recursos hídricos e naturais que possui. Hoje – A nova diretoria vai pleitear, objetivamente, recursos para a região? Cleber Bernardes – Claro. Principalmente, na área da saúde e do transporte. Sei que as demandas são muitas! Mas a questão social – a saúde – e a ambiental são prioridade. Hoje – Na saúde, qual seria a bandeira da Aversud? Cleber Bernardes– Trazer urgentemente mais um hospital para a região. Conversando com os vereadores da Juquitiba, tem gente morrendo nas estradas, no caso não por acidentes, mas por falta de socorro, porque é muito longe [o hospital mais próximo]. De Juquitiba, para o paciente chegar no HGIS [Hospital Geral de Itapecerica], por exemplo, se pegar a BR [Régis Bittencourt] livre, não chega lá antes de 40 minutos. Se tiver superlotado, e precisar ir para o Hospital Pirajuçara, e também estiver com superlotação, morre. Precisamos abrir a discussão para mais um hospital na região para desafogar o HGIS e o HGP. Adilson Oliveira

TABOÃO DA SERRA

Prefeitura manda verba de remédios para Câmara A prefeitura de Taboão da Serra retirou no último dia 30 de março R$ 908 mil de verbas destinadas à compra de remédios, transferindo o dinheiro para a Câmara Municipal. Apesar da situação calamitosa das Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município a transferência de recursos foi tratada como normal pelos vereadores. De acordo com o presidente da Casa de Leis da cidade, Eduardo Nóbrega (PR), o valor remanejado estava a mais (sobrando?) na pasta da secretaria de Saúde da cidade e, portanto, precisava ser destinado

para compor o orçamento da câmara neste ano. “O orçamento da Câmara é constitucional, são 6%. Ele é fixado no ano anterior para execução no ano posterior, numa previsão. Quando chega em dezembro aí sim, você tem o valor real. Ai é feita a adequação. No momento que se verificou que para a Câmara Municipal faltaria ainda um valor de R$ 908 mil para completar o valor devido pelo Constituição, simplesmente o financeiro da prefeitura tira essa verba e remaneja pra onde ela não deveria nem ter saído”, disse o presidente da Câmara. Para Eduardo o valor

retirado da compra de remédios para compor o orçamento da Câmara não influenciou o orçamento previsto para a Pasta da Saúde da cidade. “Imagine o seguinte, a Saúde deveria ter um valor ‘X’ e verificaram que havia uma sobra. Enquanto não se identificou de onde era aquela sobra deixaram ela na dotação da Saúde. No momento que se descobriu que o valor é dos 6% da Câmara ele foi remanejado. Era uma verba que não deveria estar ali”, completou o vereador. (Alexandre Oliveira)


4

www.hojeonline.com.br

FIT é incorporada pela UNIESP Alexandre Oliveira

CIDADES

• Taboão da Serra, 15 de junho de 2013

Secretária de Saúde anuncia reforma de sete UBS e do PS Antena em Taboão

A faculdade de Itapecerica da Serra, a FIT, foi adquirida pelo grupo UNIESP que concentra 110 faculdades e dois centros universitários. A notícia, que vinha sendo ventilada pelos corredores da faculdade, foi confirmada na quarta-feira, dia 5 de junho, aos alunos. Com a informação, muitos estudantes começaram a se preocupar devido terem bolsas estudantis. De acordo com diretores da unidade, não há certeza se os estudantes terão os contratos de bolsa renovados ao final deste mês. A Direção da Unidade não revelou o motivo da venda ao novo Grupo. Segundo o diretor de Projetos Sociais da FIT, Tiago Rocha, o nome da unidade bem como suas características, não será alterado. “Tudo continuará da mesma forma. A única coisa que mudou foi a razão social no contrato, por enquanto”, disse. Tiago Rocha reiterou que não se sabe se os contratos com os estudantes serão mantidos (para casos de acordo filantrópicos), mas

confirmou que aqueles que Alexandre Oliveira possuem bolsas de estudos Alexandre Oliveira de Saúde do município considerou os dados do 1° devido a programas gover- redacao@hojeonline.com.br quadrimestre, ano este onde namentais, como Pro-Uni e a pasta vem sofrendo duras FIES, não serão alterados. críticas devido a falta de méDe acordo com o seu A atual secretária de Saú- dicos nas Unidades Básicas site institucional, o Grupo de do município de Taboão de Saúde e a precariedade do Educacional UNIESP man- da Serra, Raquel Zaicaner, serviço ofertado ao cidadão. Outra notícia foi por tém mais de 125 mil alunos anunciou a reforma e ampliação da rede de UBS, na conta da reforma do Pronto espalhados por 39 cidades última Audiência da Saúde Socorro do Antena. Segunem território nacional. A enrealizada na Câmara Muni- do a secretária de Saúde de tidade iniciou seus trabalhos cipal, dia 6. De acordo com Taboão da Serra, a unidade em 1999, completando 14 a secretária, as Unidades entrará em reforma nos anos de existência. Básicas Akira Tada, Suiná, próximos meses, mas seu Em 2012 a Uniesp esta- Silvio Sampaio, Parque atendimento não será parava sendo investigada pela Pinheiros, Santa Cecília lisado. “O meu palácio de Polícia Federal devido sua e Santo Onofre receberão outono vai ficar lindo depois investimentos de R$ 350 da reforma. Não temos mais ‘agressividade’ empregada mil reais para o reparo mau cheiro no corredor, não na busca por alunos in- nas instalações. Zaicaner temos mais cocô de pombo gressantes. Uma matéria da também informou que a em todo o prédio. Temos revista Exame revelou que prefeitura irá construir a as camas todas limpas, sem a instituição prometia pagar UBS jardim das Oliveiras, marcas de sangue. Temos as mensalidades de seus em lugar da já existente UBS profissionais trabalhando lá Jardim Helena e a reforma 24h por dia” disse. Raquel alunos casos os mesmos tão esperada do PS Antena, ainda afirmou que o tempo ingressassem na instituição alvo de inúmeras críticas em médio atual de espera para por meio do programa de gestões passadas. “Também atendimento na unidade é de A atual secretária de Saúde do município de Taboão da Serra, Financiamento Estudantil, ingressamos no ministério 40 minutos. “Nós tínhamos Raquel Zaicaner, em Audiência Pública na Câmara o pedido de recurso para a dias lá que o tempo de espera o Fies. os tempos da obra. Vão ter se encontra em um prédio Em documento a institui- construção da UBS do Jar- era de sete horas”, ressalvou. tempos muitos difíceis, por- alugado com deficiências dim das Oliveiras. A gente A secretária de Saúde ção se comprometia a pagar vai tirar a unidade básica do também informou que o que nós vamos fazer a obra em sua estrutura. “A parte as mensalidades caso os Jardim Helena, que está no prefeito Fernando Fernan- sem fechar o atendimento. de trás desse prédio está estudantes contraíssem em Maria Rosa, e essa unida- des (PSDB) já contratou a É trocar pneu com o carro cedendo. Como é um prédio seu nome o financiamento de vai ser construída uma empresa que fará a obra da andando num serviço que alugado, nós precisamos sede própria no Jardim das reforma mesmo sem a verba atende 600 pessoas por dia”, saber o quanto a gente injunto a um banco. veste em prédio alugado, comentou a secretária. Apesar de parecer uma Oliveiras, que vai atender ainda ter sido liberada pelo então estamos procurando Outra construção anunaquela região, com o Jardim ministério da Saúde. “É imboa notícia, a manobra um financiamento junto ao ciada pela secretária é para Helena, Marabá e Henrique- portante ressaltar isso porsoou como golpe a Polícia ta”, confirmou. que será uma obra de vulto o novo prédio do Serviço governo federal e estadual Federal, o que deu início a A prestação de constas que será feita com recurso Especializado de Reabilita- para construir um prédio investigação. realizada pela comissão municipal que gente acertar ção (SER), onde atualmente próprio” informou.

Deputada Analice Fernandes é eleita vice-presidente da Comissão de Saúde na Assembleia

Conisud quer Subprefeituras da capital no consórcio

A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa elegeu Telma de Souza (PT) e Analice Fernandes (PSDB) para ocupar a presidência e a vicepresidência da Comissão de Saúde durante o biênio 2013/2014. A eleição seguiu acordo que levou em conta a proporcionalidade partidária e aconteceu dia 14 de maio. A deputada Analice assume pela terceira vez consecutiva a vice-presidência da saúde. As reuniões da Comissão de Saúde ficaram agendadas para as terças-feiras, às 14h. Participaram também da reunião os membros da comissão Heroilma Soares Tavares (PTB), Edinho Silva (PT), Welson Gasparini (PSDB), Luiz Carlos Gondim (PPS) e Ulysses Tassinari (PV), além dos deputados Barros Munhoz (líder do Governo-PSDB), José Zico Prado (PT) e Marcos Martins (PT), que exerceu a presidência da comissão no primeiro biênio da 17ª Legislatura (2011-2012).

O presidente do Consórcio Intermunicipal da Região Sudoeste da Grande São Paulo - Conisud, Chico Brito (PT) confirmou a possibilidade de inserir dentro do consórcio as Subprefeituras da capital paulista que fazem divisa com os municípios da região. Uma reunião marcada com o prefeito Fernando Haddad deverá acontecer em julho e ele fará o pedido. Brito afirmou que o Brasil inteiro está pensando no tema dos consórcios das regiões metropolitanas: “Não tem mais como as cidades atuarem isoladamente para o encontro de soluções”. Ele pretende integrar os trabalhos das Câmaras Técnicas do Conisud com o Conselho Consultivo da Sub-Região Sudoeste (Consulti), orgão ligado à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Metropolitano. A proposta é direcionar os planos para uma agenda comum. O anúncio aconteceu em Vargem Grande Paulista no dia 7, durante o 1º Seminário das Câmaras Técnicas do Conisud.

redacao@hojeonline.com.br

Anuncie: 4771 3878

Vivá Automóveis Veículos Seminovos e OKM Nacionais e Importados

Em Taboão, PM não fala em falta de efetivo, mas desvia ronda escolar para ação ostensiva Foto: Adilson Oliveira

Câmeras de segurança

Ten. José Costa Jr. e a presidente do Conseg, Cida Borghi na reunião do Conseg Monte Alegre no Intercap. Adilson Oliveira Colaborou para o Hoje

Sem afirmar que a Polícia Militar tem efetivo insuficiente para policiamento na área central de Taboão da Serra, o 1º ten. José Costa Jr. disse que tem deslocado viaturas da ronda escolar para o patrulhamento ostensivo contra a escalada da criminalidade na região, durante reunião do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança) Monte Alegre no dia 28 de maio, no Intercap. “Lançamos mão da ronda escolar para atender locais com maior incidência criminal, estamos desviando para esse fim”, disse o novo comandante da 4ª Cia. da PM. Em 2012, escolas da cidade sofreram onda de arrastões em que alunos e professores foram assaltados e agredidos por criminosos à luz do dia. Assustados, protestaram contra a falta de policiamento na área dos colégios. Recém-chegado a Taboão, Costa Jr. admitiu ainda que “existem períodos em que ficam ocorrências na fila para serem atendidas”. Indagado pelo Hoje sobre o número de policiais na

4ª Cia, disse que, “institucionalmente, não posso informar”. A reportagem apurou que comandantes são advertidos pela cúpula da PM a não revelar efetivo sob pena de punição e transferência de posto. Amedrontados com os roubos, os moradores na reunião clamaram “o que a polícia pode fazer por nós?” ao relatar assaltos a pedestres nas duas passarelas na rodovia Régis Bittencourt e nas ruas e comércios no bairro. “Aqui, todo dia tem mulher correndo, dizendo que teve a bolsa roubada. Eu mesmo já fui assaltado, só não fui morto porque não reagi”, contou um morador. “Três, quatro pessoas assaltadas passam por dia pedindo ajuda. Estamos muito carentes de segurança, não consigo mais trabalhar até mais tarde, pedimos socorro! Pagamos nossos impostos”, disse uma dona de estabelecimento, em pé diante das autoridades policiais. Um líder comunitário entregou abaixo-assinado reivindicando instalação de base da PM no Parque Monte Alegre. Costa Jr. disse que quatro menores assaltantes da área foram

4771-3676

vivaautomoveis@ig.com.br

Rua Francisco Celso, 231 Vilas das Oliveiras – CEP 06765-430 Taboão da Serra – SP

presos. “Não é desculpa, mas, por questões legais, voltam às ruas”, falou. Explicou que bloqueios semanais são feitos nos bairros e que base fixa não é prioridade por absorver até 10 PMs que poderiam estar em patrulha, em resposta a avalanche de queixas. “Tenente, viatura na rua, só isso que peço”, apelou um morador.

em notícias

O secretário municipal de Segurança, Gerson Brito, afirmou que o videomonitoramento é fundamental para combate ao crime, mas o sistema adquirido pelo governo Evilásio Farias (PSB) “nunca existiu”, inclusive a “câmera no bairro só tem a lente, nunca foi colocado cabo”. Ele disse que R$ 1,8 milhão para instalação de 28 câmeras terá de ser devolvido “porque o recurso foi mal utilizado”. Brito disse que está concluindo sindicância de apuração. O ex-secretário de Segurança Salvador Grisafi não foi localizado. O vice-prefeito Laércio Lopes (PTB) destacou que a prefeitura vai buscar parceria com empresas para obter “não só 28 câmeras, mas muito mais”. O governo foi alvo de reclamação de que praça do bairro “está largada, com mato alto”, e virar à noite uma “cracolândia”. Cida Borghi, presidente do Conseg, pediu que o local seja cuidado. O comandante da Guarda Civil Municipal, Leonel Vieira, incentivou a denunciar descarte irregular de entulho na cidade, pelo telefone 153, e disse que a GCM "está reforçando" o patrulhamento em bairros como o Marabá. O delegado Gilson Leite insistiu para a população usar o disque-denúncia (181) e disse que “o atendimento na delegacia [1º DP] ainda é precário”. “Estamos nos esforçando para que melhore”, afirmou.

Anuncie: 4771 3878

Prefeito libera horas extras para servidores em Itapecerica O prefeito Amarildo Gonçalves, o Chuvisco (PMDB), através do Decreto nº 2307, de 1º de abril de 2013, revogou integralmente o Decreto nº 2266/12, de seu antecessor Jorge Costa (PMDB), que proibia a realização de horas extras pelos servidores públicos municipais. No dia 2 de julho do ano passado, o prefeito à época acabou com as horas extras, reduzindo as despesas deste tipo com pessoal da prefeitura. Com a nova medida, o governo municipal fica livre para pagar horas extraordinárias para seus funcionários, sem restrições. A liberação de horas extras sem qualquer regulamentação pode ser um precedente perigoso, já que muitas vezes o agente público paga ‘horas fantasmas’ a seus assessores pessoais ou protegidos, como forma de aumentar os salários de forma ilegal. Em janeiro deste ano, até o TSE, maior tribunal eleitoral do País passou por este problema. A presidente da corte, ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha anunciu que iria investigar o pagamento abusivo de horas extras em seu próprio tribunal, que levou ao pagamento de salários de até R$ 64 mil a alguns funcionários, que acabaram recebendo mais que o dobro do teto salarial dos próprios Ministros do TSE e do Supremo, e até mesmo da Presidente Dilma Rousseff. Em caso de pagamento abusivo de horas extras, o prefeito poderá ter suas contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas, e mesmo ser cassado ou ficar inelegível para as próximas eleições. Cabe aos vereadores fiscalizarem e denunciarem possíveis abusos. No ano passado, foi denunciado o pagamento abusivo de horas extras na prefeitura de São José do Rio Preto, interior paulista. Somente nos dez primeiros meses de 2012, haviam sido contabilizadas 293 mil horas extras, que podem ter sido obtidas por meio de fraude, descontrole do gestor, déficit de pessoal ou mesmo incapacidade dos servidores em realizar as tarefas dentro do horário normal de expediente.


• Taboão da Serra, 15 de junho de 2013

Para vereadores, Viação Miracatiba presta péssimo serviço de transporte

COTIDIANO

www.hojeonline.com.br

Média do aumento da passagem de ônibus na região fica em 7,5% Alexandre Oliveira

Itapecerica é mal servida por empresa de ônibus que controla linhas há mais de meio século O vereador Hércules da Farmácia (PMDB) atacou os serviços prestados pela viação Miracatiba (antiga Soamin) nas linhas intermunicipais que servem Itapecerica e região, em discurso na sessão realizada no dia 4, terça-feira última. O vereador disse que foi procurado por vários munícipes, que reclamaram da linha rodoviária, já que segundo as denúncias, a empresa teria simplesmente lacrado os bagageiros, impedindo seu uso, alegando razões de segurança. “Agora, as pessoas que se virem, que carreguem suas malas no colo”, desabafou. Hércules disse que a alegação da empresa, que teme por furtos às bagagens e futura responsabilização da Miracatiba pelos danos causados aos usuários de sua linha, não é justificativa para o fechamento dos maleiros. “A empresa tem de se virar e resolver isso, e não penalizar o usuário; falou-se até de uma reunião com o prefeito e Miracatiba para resolver a questão, mas até agora nada”. Hércules também criticou uma linha apelidada de ‘Poeirinha’, entre o Valo Velho e o Guaciara, cujos ônibus tem bancos rasgados, sujeira, atendimento péssimo, e várias outras irregularidades. O vereador sugere a intervenção direta da Câmara para convocar a empresa para prestar esclarecimentos. “O diálogo é o primeiro caminho, mas se não resolver, tomaremos as medidas legais cabíveis”, ameaçou. Edicarlos Sangue Bom (PDT) também atacou a Miracatiba, dizendo que recentemente a empresa esteve envolvida em mais um acidente. “É empresa de picareta, são uns fanfarrões, ônibus sujos, e cobram caro”, atacou. O vereador ainda sugeriu que a Câmara denuncie as irregularidades “ao Ministério Público, essa empresa está de brincadeira”, concluiu.

Pontos descobertos e ônibus lotados. Passageiros reclamam a falta de carros nos horários de pico. Reportagem de Alexandre Oliveira redacao@hojeonline.com.br

A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU/SP) anunciou no domingo, dia 29 de maio, o aumento nos valores das passagens das linhas intermunicipais da região metropolitana de São Paulo (RMSP) e Baixada Santista, podendo chegar a 10% em determinadas localidades. Para os moradores de Taboão da Serra, Embu das Artes e Itapecerica, o aumento da tarifa chegou a 7,5%, gerando inconformismo da população. A realidade para quem utiliza linhas intermunicipais na região parece estar longe da ideal. Usuários dos ônibus operados pela Viação Miracatiba e Pirajuçara, que oferecem seus serviços na região, reclamam da falta de qualidade nos veículos além da superlotação em horários de pico, gerando protestos mediante o aumento da passagem. Para a estudante Lucilaine Lourenço da Silva, moradora de Embu das Artes, o aumento da passagem das linhas intermunicipais não condiz com a qualidade do serviço prestado pelas operadoras na região. “Eu achei (o aumento) um absurdo. Porque, para aumentar a passagem tinha que melhorar a qualidade e colocar mais ônibus, além de melhorar o atendimento que é muito aquém do valor que pagamos”, disse Lucilaine que utiliza há cinco anos a linha Embu/Clínicas para ir à faculdade. Utilizando o transporte da linha Terminal Tietê há cerca de um ano para se locomover ao trabalho, o administrador Paulo Elaines Junior disse que o aumento seria compreensível se houvesse uma melhora significativa na qualidade dos ônibus na região. “Quanto ao aumento eu não tenho nada contra, desde que o serviço seja adequado ao valor que está sendo cobrado. E por enquanto isso ainda não acontece”, contestou. A linha Terminal Tietê (164) teve o reajuste para R$6,76.

Em audiência EMTU e Viação Pirajuçara dizem que lucros são mais importantes que os serviços Empresa Miracatiba despreza vereadores e não manda representante Alexandre Oliveira redacao@hojeonline.com.br

Na quarta-feira, dia 5, a Câmara Municipal de Embu das Artes recebeu o representante da Empresa Metropolitana de Transporte Urbano (EMTU), Luiz Henrique e o gerente de operações da Viação Pirajuçara, Rogério Dardengo, para uma audiência onde os vereadores do município questionaram sobre a qualidade do

serviço prestado pelas companhias intermunicipais. Intervalo entre os ônibus, qualidade da frota e o atendimento a pessoas com deficiência física foram alguns dos assuntos abordados. A audiência que antecedeu a sessão da Câmara em Embu das Artes serviu para que os representantes das concessionárias que operam na região se explicassem diante das inúmeras reclamações pelo serviço prestado.

Rogério Dardengo, da Viação Pirajuçara, começou sua fala respondendo ao questionamento sobre a alteração das linhas, determinada pela prefeitura de São Paulo e que impactaram diretamente a região. De acordo com Dardengo a mudança foi imposta pela Secretaria de Trânsito e Transportes do Município de São Paulo e eles tiveram que se adaptar à nova realidade. Alexandre Oliveira

5

Ônibus intermunicipais mudam itinerário Depois de completada a construção do novo Terminal Pinheiros, as linhas intermunicipais que são administradas pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU/SP) na região, operadas pelas companhias Miracatiba e Pirajuçara, sofreram alterações em seus percursos. Linhas que se dirigiam ao Largo da Batata, em Pinheiros foram alteradas, e agora, além da mudança do itinerário terão como obrigatoriedade a passagem pelo novo terminal. A ação deve alterar um pouco a rotina daqueles que utilizam o transporte para descer no centro de Pinheiros. De acordo com a EMTU os novos itinerários foram alterados no primeiro dia do mês de junho. Entre as linhas que serão alteradas e agora devem passar pela ponte cidade universitária com destino ao novo terminal são: (029) - Jd. Monte Alegre/Pinheiros; (068 - circular) - Pq. Laguna/ Pinheiros; (078BI1 - circular) Pq. Marabá/Pinheiros; (089) - Hospital Pirajussara/ Clínicas; (125BI1) - Embu | Jd. Nª Sª de Fátima/Pinheiros; (125BI2) – Embu | Vl. Isis Cristina/Pinheiros. Veja outros itinerários alterados na região: As linhas que foram alteradas e agora passam a utilizar a ponte Euzébio Matoso e a Av. Nações Unidas são: 033BI1 Embu (Jd. Tomé) – São Paulo (Clínicas) 090 Embu (Terminal Casa Branca) – São Paulo (Pinheiros) 090PR1 Embu (Jd. Valo Verde) – São Paulo (Pinheiros) 032 Itapecerica da Serra (Pq. Paraíso) – São Paulo (Pinheiros) 032 BI1 Embu (Jd. Vista Alegre) – São Paulo (Pinheiros)

Passageiros viajam nas escadas, correndo perigo, em rodovia federal

Oferta, demanda, lucros... Questionado sobre a falta de carros em determinadas linhas, gerando um intervalo de tempo muito grande entre os ônibus, o representante da Pirajuçara informou que a demanda é que define essa questão. “Para você programar uma linha depende da demanda. Se você tem uma linha com poucos veículos é que você tem pouca demanda. Então, nós gostaríamos de atender todas as linhas com um intervalo de 5, 10, 15 minutos – mas se você não tem demanda naquele bairro, o intervalo ele aumenta para 20, 30, 50 minutos. Você tem menos carros. Então isso é uma questão de oferta e procura”, disse. Rogério Dardengo ainda reiterou que o objetivo da companhia é o lucro. “Colocar mais carros nas linhas não depende exclusivamente da empresa, depende da demanda. Porque se nós colocarmos esses carros e não tiver passageiro, carro não anda vazio, e rodar vazio é prejuízo, uma empresa vive

de lucros e os senhores sabem disso”, respondeu. Quanto à questão da idade média da frota, questionamento esse levantado pelo vereador Jefferson do caminhão de lixo (PR), Rogério respondeu que em contrato é estipulado que um ônibus não supere a idade de 10 anos. “Para vocês terem uma ideia, a frota da Pirajuçara aqui no Embu tem uma idade média de quatro anos e meio”, afirmou. O representante da Viação Pirajuçara afirmou que 20 novos ônibus serão integrados à frota nesse mês. “Chegaram 20 carros novos, a maioria vai para o Metrô, para o Vazame, para a linha 245 (Taboão da Serra/Metrô Campo Limpo)”, confirmou. O vereador e presidente da Casa, Doda (PT), questionou sobre a manutenção dos elevadores nos ônibus adaptados. De acordo com o político, há inúmeras reclamações de pessoas que tiveram que ser embarcadas com ajuda de

motoristas e cobradores, devido ao fato do equipamento estar quebrado. “Evitar que o elevador quebre isso é muito difícil, porque a manutenção é constante. Dá muito problema. Essa manutenção ela é feita quando os carros retornam. Ela é feita à noite, só que infelizmente são equipamentos que apresentam problemas”, justificou o representante da Pirajuçara. Luiz Henrique, representante da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), deixou à disposição dos vereadores que agendem visitas à empresa e, em comissão, levem as reivindicações. O presidente da Câmara Municipal de Embu das Artes não confirmou a agenda, mas reiterou que os vereadores irão visitar a EMTU para melhores esclarecimentos. A Viação Miracatiba que também foi convidada a comparecer a audiência não mandou nenhum representante.

032 BI2 Itapecerica da Serra (Jd. Sampaio) – São Paulo (Pinheiros) 128 Embu (Jd. do Colégio) – São Paulo (Pinheiros) 510 Embu (Jd. da Vazame) São Paulo (Pinheiros) 511 Embu (Jd. Santo Antonio) – São Paulo (Pinheiros) 078 Embu (Pq. Pirajussara) – São Paulo (Pinheiros) 078PR1 Embu (Jd. São Marcos) – São Paulo (Pinheiros) 356 Taboão da Serra (C.S.U.) – São Paulo (Pinheiros) 125 Embu (Jd. São Marcos) – São Paulo (Pinheiros) 272 Embu (Terminal Casa Branca) – São Paulo (Pinheiros) 033 Embu (Engenho Velho) – São Paulo (Clínicas) – Circular 124 Embu (Jd. Santo Eduardo) – São Paulo (Clínicas) – Circular 124BI1 Embu (Jd. Ângela) – São Paulo (Clínicas) – Circular 124VP1 Embu (Jd. Santa Emília) – São Paulo (Clínicas) – Circular 191 Taboão da Serra (Pq. Pinheiros) – São Paulo (Clínicas) – Circular


6

CIDADES

www.hojeonline.com.br

Caso de Polícia

Menor rouba loja Drogasil com arma de brinquedo Alexandre Oliveira redacao@hojeonline.com.br

Após assaltar a loja de rede de farmácias da Drogasil, no domingo, dia 2 de junho, localizada da estrada Kizaemon Takeuti, no Jd. Pirajuçara, o menor infrator D.S, de 17 anos, tentou fugir com o valor roubado, R$ 360,00, entrando numa igreja quando foi avistado pelos GCMs Claudio Aparecido e o GCM Mendes. O garoto, que já é reincidente, foi capturado no interior da igreja onde tentou se esconder após fugir dos policiais que

atenderam a ocorrência. De acordo com o Boletim registrado no 1° Distrito Policial de Taboão da Serra, o menor portava uma arma de brinquedo usada para efetuar o roubo. No depoimento o infrator afirmou não ser a primeira vez que ele assaltava a loja. Segundo o boletim, o garoto já conhecia o local e sua organização interna e sabia quem guardava a chave do cofre da farmácia. D.S. relatou ser viciado em cocaína desde 10 anos. No dia da ocorrência ele havia consumido a droga horas antes do assalto.

• Taboão da Serra, 15 de junho de 2013

Caminhões da prefeitura de Itapecerica são roubados dentro do almoxarifado Arquivo - Hoje

Um caminhão foi recuperado. O veículo estava abandonado no município de Juquitiba. Prejuízo pode chegar a R$ 200 mil Alexandre Oliveira redacao@hojeonline.com.br

Como se não bastasse o alto índice de roubos e furtos demonstrado pelos relatórios da Secretaria de Segurança Pública do Estado em relação à cidade de Itapecerica da Serra, uma ocorrência atingiu em cheio o poder público na cidade. Dois caminhões e dezenas de peças e pneus foram subtraídos do almoxarifado Em relato, os policiais que da administração no último atenderam a ocorrência encon- dia 1º de junho (sábado), por traram o meliante dormindo no volta das 23h40. sofá da sala segurando duas A ocorrência, registrada facas. Quando os policiais reti- no 1° Distrito Policial do raram os objetos de suas mãos, município, registrou que o infrator acordou e começou dois ladrões interceptaram a agredir os Policiais Militares o servidor público Roberto que precisaram conter o acuH. no pátio do almoxarifasado algemando-o. Matheus foi levado ao do e anunciaram o assalto.

Neto ameaça avó com faca após consumir drogas Uma ocorrência registrada no 1° Distrito de Taboão da Serra, no dia 2 de junho, não acabou em tragédia graças à ação dos Soldados PM José e Bastos, no Bairro Arraial Paulista. A vítima, Rosa dos Santos, de 77 anos, conseguiu acionar a polícia após ser ameaçada por seu neto, o infrator Matheus F., de 22 anos, que após chegar em casa transtornado devido ao uso de drogas começou a ameaçá-la. Para a polícia, a idosa relatou que seu neto era usuário de drogas e por diversas vezes chegava agressivo e transtornado. O agressor teria dito que iria matá-la após pegar duas facas grandes, obrigando a idosa a deixar sua casa.

Distrito Policial e teve sua prisão decretada mediante o flagrante. Ele já tem antecedentes por agressão. Sua avó, anteriormente, teria tentando sua internação compulsória (contra a própria vontade) em uma clínica de reabilitação conveniada ao Estado após uma ação junto ao Ministério Público, mas até o momento não teve sucesso.

Polícia investiga tentativa de envenenamento no Arraial Paulista Uma moradora do bairro Arraial Paulista, em Taboão da Serra, registrou um Boletim de Ocorrência no 1° Distrito Policial do município que chamou a atenção. A moradora Diva Maria, de 44 anos, informou aos policiais que poderia estar sendo vítima de uma tentativa de envenenamento, levando como prova um mingau que teria feito e após quase ingeri-lo teria notado “pontinho pretos” no alimento que não soube identificar. Em depoimento, a vítima teria informado que no mês de abril já teria passado por uma intoxicação alimentar grave. Na ocasião ela teria ingerido um chá, também feito pela própria, mas que estava com

um gosto estranho, mesmo gosto que ela identificou no mingau. Ela, passando mal por ter ingerido o chá, foi socorrida pelo filho que a levou para o PS Antena. No boletim a moradora relatou que convive com o ex-companheiro, Juvenal R., mesmo não tendo mais vínculo afetivo com ele há seis anos. À polícia ela relatou que suspeita de Juvenal por não ter uma boa relação de convivência. Ele não teria aceitado deixar a residência amigavelmente. O casal teve dois filhos. O delegado que atendeu a ocorrência, Ghiradelli Coelho, determinou que o alimento fosse encaminhado para a perícia para maiores averiguações.

DISQUE DENÚNCIA:

181

SUA IDENTIDADE SERÁ PRESERVADA UM JORNAL QUE BRIGA POR VOCÊ

Vivá Automóveis Veículos Seminovos e OKM Nacionais e Importados

4771-3676

vivaautomoveis@ig.com.br

Rua Francisco Celso, 231 Vilas das Oliveiras – CEP 06765-430 Taboão da Serra – SP

Ninguém viu o roubo. O pátio é bem protegido com muros e portões com cadeados

Foram roubados dois caminhões de marca Ford/F350 e Iveco, respectivamente. Roberto contou aos policiais que os meliantes utilizaram um dos caminhões para levar peças e vários

pneus em boa qualidade, totalizando um prejuízo estimado em R$ 100 mil aos cofres públicos. Segundo o chefe dos investigadores da Polícia, Marcelo Rabelo, um dos

caminhões roubados foi encontrado abandonado no município de Juquitiba. A polícia ainda investiga o paradeiro dos ladrões e dos objetos subtraídos. Na ocorrência ninguém ficou ferido.

Criança Roubo a Almoxarifado da sobrevive a Prefeitura repercute na Câmara equipamentos foram cachorrinhos fugiram vereador massacre Um levados do local. pela porta da frente, itapecericano comentou O vereador Edicarlos assim como duzentos com críticas e ironias, em Sague bom (PDT) pneus e dois caminhões na Tribuna da Câmara, ironizou o sumiço de também fugiram”, atacou. o roubo ocorrido no Itapecerica Almoxarifado da “seis cachorrinhos” do O vereador disse que a Após um massacre que chocou a cidade de Itapecerica da Serra e toda a região no final do mês de maio, a notícia da recuperação da filha do casal brutalmente assassinado foi recebida como milagre pelos moradores da cidade que acompanharam o caso. Sarah Helen Oliveira, de apenas 4 anos, sobreviveu a um dos ataques mais brutais que se tem notícia na região sudoeste da Grande São Paulo. Os pais de Sarah e seu irmão, de apenas um ano, foram mortos a facadas por Everaldo Santos Silva, ex-sócio de seu pai em uma loja de móveis usados. A notícia que correu os ouvidos dos itapecericanos, embuenses e taboanenses chocou até mesmo quem está acostumado a lidar com situações difíceis no dia-a-dia. Sarah que também recebeu facadas foi encontrada pelos policiais na cena do crime em estado de choque e gemendo de dor. A menina foi levada às pressas ao Hospital Geral de Itapecerica (HGIS) e passou por cirurgia. De acordo com notícias do hospital, a criança não corre mais perigo de morte. Rogério Lima dos Santos era sócio em uma loja de móveis usados no bairro Parque Paraíso daquele que viria ser o assassino de sua família, Everaldo Santos Silva. O jovem empresário, de apenas 27 anos, era casado com Eliene Souza Oliveira. O casal tivera dois filhos, o pequeno Esmael Davi, de apenas um ano, e a filha mais velha, Sarah Helen, com quatro anos de idade. De acordo com o Boletim registrado pelo 1° DP de Itapecerica da Serra, Everaldo confirmou em depoimento sua autoria no ato hediondo, dando detalhes sobre o crime. A Câmara de Itapecerica aprovou na sessão de 4 de junho Moção de Pesar nº 28/2013 pelo falecimento da familia. Na Câmara de Itapecerica os vereadores ainda fizeram um minuto de silêncio pelas mortes, a pedido do autor da Moção de autoria do vereador Pastor Ernandes (PT).

cidade há alguns dias, quando caminhões e

Almoxarifado há alguns dias, e disse que “os

administração do local “é um descaso só”.

Polícia investiga estupro e agressão à doméstica em Taboão da Serra Redação do Hoje contato@hojeonline.com.br

Policiais da Delegacia de Taboão da Serra investigam a participação de um segundo componente na ação criminosa que aconteceu na quarta-feira, 12, em bairro nobre de Taboão da Serra. Segundo a polícia, uma mulher de 45 anos teria sido estuprada e queimada por marginais. A vítima foi abordada pelos criminosos enquanto andava na rua e levada para um terreno baldio. Eles ordenaram que ela entregasse sua bolsa. Depois de ver que não conseguiriam dinheiro, tiraram sua roupa e após uma série de ameaças de morte, tacaram fogo nela. A mulher sofreu queimaduras nos braços, mãos e pernas. Ela deu en-

trada às 18h30 no Hospital Geral do Pirajuçara, recebeu atendimento médico e psicológico. A vítima segue internada. A polícia pretende ouvi-la até a próxima segunda-feira, a fim descobrir se realmente ela foi jogada em uma fogueira. De acordo com o investigador chefe, Luis Peniche, ela ainda está em estado de choque. O investigador afirmou que no local do crime não encontrou nenhuma testemunha, que teria presenciado o crime, nem ao menos imagens da ação dos dois criminosos. Um acusado foi preso, um homem de 36 anos. Mas, nega o envolvimento. Ele disse em depoimento à polícia que trabalhou podando uma árvore em uma

residência na rua Francisco Andugar Espinosa, local do crime e que teria deixado a residência às 18h. Já a proprietária da residência afirmou que ele terminou o serviço às 13h. O crime aconteceu por volta das 17h30. Foi a própria vítima quem reconheceu o acusado por meio de uma foto levada pela polícia civil ao HGP. Ela também contou aos policiais militares, responsáveis pela prisão do acusado, próximo ao Shopping Taboão, como foi à ação dos criminosos. O acusado deve ser transferido para a prisão na segundafeira, após depoimento da vítima. Ele responderá por estupro, roubo e tentativa de homicídio. Com informações do portal jornalnanet.com.br

Motorista na contra-mão bate em 2 carros e fica ferido Arquivo-Hoje

Adilson Oliveira Colaborou para o Hoje

O motorista do Santana prata placas BRZ 0732 Taboão da Serra invadiu a contramão e bateu em dois carros parados no semáforo na estrada Kizaemon Takeuti altura do número 1.700, no Jardim Roberto, em Taboão, por volta das 9h30, no dia 26 de maio. Único a se ferir no acidente que provocou, o desempregado Marco Antonio S., 30, foi socorrido, com sangramento, pelo Samu ao Hospital Pirajuçara e permanecia em observação. Ele estaria sem cinto de segurança.

Delegacia de Polícia de Taboão da Serra

Segundo testemunhas, o motorista seguia em ziguezague pela via desde a divisa com Campo Limpo. PMs que atenderam a ocorrência relataram duas latas de cerveja vazias ao lado do banco do condutor, constatadas pela perícia – com

uma equipe para atender oito cidades, chegou quase três horas depois. O motorista de um dos carros atingidos estava com uma criança de colo. Era domingo, e muitos pedestres circulavam no local. O caso foi registrado no 1º DP de Taboão.


7

VARIEDADES

www.hojeonline.com.br

Horóscopo semanal previsão para 15 a 21 de junho No geral, os assuntos judiciais ou burocráticos por fim verão algum tipo de resolução o que o deixará muito aliviado. Tente levar a semana de maneira relaxada... Esta será uma semana muito tranquila e relaxada para si, aproveite para estar mais com a sua família e amigos. Lembre-se que a sinceridade é sempre a melhor opção... Não será uma das suas melhores semanas, irá sentir que necessita fazer uma série de mudanças na sua vida para que se encontre bem...

No geral, esta será uma semana em que poderá ver finalmente os resultados de muita burocracia que teve de tratar nos últimos tempos. No geral, esta será uma semana que poderá trazer algumas dificuldades a nível de saúde. Cuide mais o seu corpo e evite cometer excessos... No geral, será uma semana de mudanças a nível emocional, pois terá muitos sentimentos no seu interior que não saberá como interpretar corretamente...

No geral, esta será uma semana complexa em vários aspetos da sua vida, pois poderá perder o controle sobre alguns assuntos e ficará muito nervoso por isto... Será uma semana bastante agradável para si, ainda que possa ser algo instável no que se refere a relações com a família e amigos...

Tente ser mais aberto com a sua família esta semana. Apesar da sinceridade trazer pequenos problemas, a medio largo prazo é o melhor para todos...

Ex-secretário de Taboão da Serra lança livro Redação do Hoje contato@hojeonline.com.br

Teatro Os Ossos do Barão

Teatro, cinema, música e dança

Lançamento: A Editora Manole e o autor Antonio Rodrigues do Nascimento convidam para o lançamento do livro FUTEBOL & relação de consumo Apresentação: Juca Kfouri Prefácio: Prof. Dr. Irineu Barreto Data: 28 de junho de 2013 Horário: 19h às 22h Local: Livraria da Vila - Fradique Coutinho Endereço: Rua Fradique Coutinho, 915 Pinheiros - São Paulo/SP nacional (1941) até o advento do Estatuto de Defesa do Torcedor (EDT, 2003). A segunda parte descreve as principais características do Direito do Consumidor e os conceitos de vulnerabilidade do consumidor, responsabilidade objetiva do fornecedor e os elementos da relação de consumo (fornecedor, consumidor, produto ou serviço). Por fim, o autor define a chamada relação de consumo do futebol. Identifica e analisa seus elementos

peculiares no contexto de hipóteses e fatos nos quais há incidência das normas do Código de Defesa do Consumidor, combinadas ou não com o Estatuto de Defesa do Torcedor ou Lei Pelé, demonstrando os instrumentos normativos disponíveis para a proteção e defesa de direitos individuais, coletivos e difusos dos torcedores e de coletividades de pessoas afetadas, direta ou indiretamente, pela relação de consumo do futebol.

CRUZADAS DE HOJE Horizontais 1 Que, ou o que mutila 6 Que, ou o que poupa 11 Que, ou o que oprime 12 Que, ou o que encurta 16 Que, ou o que interpreta 17 Que, ou o que metralha 18 Que perfura 19 Que exige grandes dispêndios

Verticais 2 Que desempata O que desempata 3 Ondeante 4 Que causa fadiga 5 Que, ou quem municia Livro em que se escritura o movimento diário da guarnição militar 7 Que, ou o que engessa 8 Que, ou o que falsifica 9 Que, ou o que enfeita 10 Que, ou o que perpetua 13 Que petrifica 14 Que, ou quem forrageia 15 Que diz respeito ao Minho (Portugal) O natural do Minho 16 Que irriga Regador

No geral, semana na qual se sentirá muito bem com vida que tem, o que lhe permitirá ver as coisas da maneira mais positiva e feliz... No geral, esta semana vem com muitas mudanças para a sua vida e deverá se preparar para isto. Tente ser o mais flexível para que possa beneficiar-se das novidades... No geral, será uma semana com uma certa instabilidade sobretudo no que se relaciona com assuntos familiares e de amizades, de todas formas os problemas serão facilmente resolvidos...

Roteiro Cultural com entrada gratuíta para o final de semana

Porque ir: Para assistir uma comédia cheia de confusões e situações inusitadas. Quando: Todos os sábados de junho, às 20h30 Onde: Espaço Cultural Encena, Rua Sargento Estanislau Custódio, 130, Jd. Jussara, Butantã Quanto: De graça / Faixa etária: 10 anos Contato/Reservas/Informações: 2867-4746 (fixo) e 98336-0546 (Tim) www.facebook.com/encena.ciadeteatro http://ciadeteatroencena.blogspot.com.br Email: encenaproducoesartistica@gmail.com

Antonio Rodrigues de Nascimento lança seu primeiro livro na Livraria da Vila, no dia 28 de junho. Antonio Rodrigues foi secretário de Assuntos Jurídicos da Prefeitura de Taboão da Serra durante o governo Evilásio, entre 2005 e 2007. Também atuou como controlador interno na mesma administração. É especialista em Direito das Relações de Consumo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e Direito do Consumidor e Processos Coletivos pela Escola Superior de Advocacia da Ordem dos Advogados do Brasil (ESA-OAB/SP). É professor do Curso de Direito das Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU), advogado e consultor em Direito Público, com foco em Direito Administrativo. Também foi coordenador do Procon de Ribeirão Pires SP (1998-2000). O livro Futebol & relação de consumo trata da relação jurídica travada entre entidades desportivas de organização e prática do futebol profissional, torcedores e demais indivíduos ou coletividades que intervêm nessa relação. A primeira parte é dedicada à contextualização do tema a partir de breve panorama histórico e social do futebol. O autor tece uma exposição crítica das contradições do desenvolvimento institucional da organização desportiva brasileira, desde a primeira regulamentação legal do sistema desportivo

• Taboão da Serra, 15 de junho de 2013

As respostas das Palavras Cruzadas estão na página 2.

Quando: De sexta até terça-feira, dias 14 a 18 de junho, (confira a programação completa http:// www.embudasartes.sp.gov.br/e-gov/noticia/index. php?ver=5432 Onde: Centro Cultural Santo Eduardo, Rua Iva, 100, Jd. Santo Eduardo Quanto: De graça Programação: Sexta-feira, dia 14 - 10 às 12h e 13h30 às 15h30 Arraiá da Leitura / 20h – Teatro: O Incorruptível Sábado, dia 15 - 14 às 21h – Projeto Mistura Som – encontro de dj's, músicos, dançarinos e ouvintes Segunda-feira, dia 17 - 8h30, 11h, 14h e 20h - Projeto Cinema Babar e A Escolha Perfeita (infantil e comédia) Terça-feira, dia 18 - 14h - Festa do Circo

Roda de Capoeira – Grupo Forças Unidas

Quando: Sábado, dia 15 de junho, das 16h às 18h. Terça-feira, dia 18 de junho, das 10h às 12h e das 13h30 às 15h30 Onde: Centro Cultural Pq. Pirajuçara, Avenida Aimará, s/nº Quanto: De graça Hora do Conto (aula aberta de canto coral) Quando: Às terças-feiras, às 15h Onde: Biblioteca Saci-Pererê, Avenida São Paulo, 100 – Jd. Silvia Quanto: De graça (vagas limitadas)

Festival da Cultura Japonesa

Sexta-feira, dia 14, às 20h, acontece a abertura do festival e das exposições Nikkei de Arte e Craft e Ukiyo-e (da Japan Foundation) Quando: De 14 a 30 de junho, (confira a programação completa e locais do evento: www.embudasartes. sp.gov.br/e-gov/noticia/index.php?ver=5490) Onde: Centro Cultural Mestre Assis do Embu, Largo 21 de Abril, 29, Centro Quanto: De graça Mais informações: 4785-3686

Câmara de Taboão aprova criação do Sistema Municipal de Cultura Alexandre Oliveira redacao@hojeonline.com.br

A sessão de terça-feira, dia 11, contou com a ocupação do plenário por integrantes de movimentos culturais do município que aguardaram a aprovação do projeto de Lei para a criação do Sistema que comandará as diretrizes da Cultura na cidade. De bom humor e com muita batucada, representantes de movimentos culturais fizeram voz ao reivindicar a criação do Sistema Municipal de Cultura, a exemplo de sua vizinha, Embu das Artes. Com o sistema aprovado no legislativo, o projeto segue para sansão do prefeito e deverá instituir o Fundo Municipal de Cultura, garantindo, em tese, maior orçamento para projetos culturais na cidade. Representando os grupos culturais do município, Martinha Soares Ferreira acredita que com a nova Lei, grupos que fomentam cultura em Taboão poderão receber maior apoio financeiro para manterem suas atividades fins, podendo se dedicar exclusivamente a arte. “A ideia é que seja reservada uma verba que é destinada ao município para a Cultura exclusivamente, e que assim a gente consiga um edital e que os grupos possam se inscrever com clareza e que tenha uma equidade entre os participantes do Conselho que são do poder público e da sociedade civil e artistas. E que esses critérios

sejam claros”, disse. Martinha aposta na criação do Sistema Municipal de Cultura como primeiro passo para se consolidar um equilíbrio entre participação do governo e participação da sociedade civil. Questionada sobre o caso de Embu das Artes, onde o Sistema Municipal, juntamente com o Conselho Municipal de Cultura e o Fundo foram criados, mas a secretaria tem autonomia para definir onde os recursos serão aplicados sem a participação do conselho, ela disse que também há esse temor mas que não havia outro caminho a se percorrer. “É claro que a gente sempre teme esse tipo de coisa, mas o primeiro passo é esse. Conseguindo essas pequenas coisas, conseguindo que o Sistema seja implantado e o Fundo aconteça, ai são outras lutas e a gente não vai desanimar”, ressalvou. Para o secretário da Pasta, Ali Sati, a Cultura deu um passou muito importante na criação do Sistema Municipal de Cultura. “Eles comem, bebem e se vestem e a vida deles é a cultura. A gente tem instrumentos jurídicos, que é o projeto que a gente aprovou hoje, justamente para dar condição para esses artistas trabalharem”, apontou o secretário que acusou gestões passadas de agirem com descaso não apoiando processos como esse. Para o secretário a aprovação do Plano será um marco na cidade onde os artistas terão como reivindicar seus direitos.


8

ESPECIAL

www.hojeonline.com.br

“Lutar pela manutenção dos direitos e para ampliar conquistas”

Divulgação

Paulinho durante manifestação em frente a sede da Força Sindical, em São Paulo

Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força, deputado federal, presidente do PDT Estadual-SP e da Força Sindical, relata, nesta entrevista, o porquê da Central que preside ter entrado com ação na Justiça, em nome dos trabalhadores, para reaver diferenças do Fundo de Garantia, como anda o relacionamento do movimento sindical com o governo federal, a atual conjuntura econômica e as demais bandeiras que vem defendendo como parlamentar e líder sindical. balhador que teve, ou tem, qualquer valor na conta do Fundo de Garantia entre 1999 e 2013, pode soliciHoje: Explique melhor tar a revisão do seu saldo. a história do rombo do Para pedir essa revisão o FGTS? trabalhador deve, primeiPaulinho da Força: Des- ro, procurar seu Sindicato cobrimos recentemente que levando cópias simples do o governo vem manipulando RG, do comprovante de a TR (Taxa Referencial) des- endereço, da Carteira de de 1999. A TR é um índice Trabalho – onde conste o que corrige as contas do Fundo de Garantia, mas esse índice não vem sendo corrigido como deveria ser. Diante disso, a Força Sindical protocolou ação na Justiça Federal, em Brasília, para que nº do PIS/Pasep – dos exos trabalhadores brasileiros tratos do FGTS e, no caso possam reaver bilhões de dos aposentados, da carta reais que foram literalmen- de concessão do benefício. te roubados das contas do Pelos cálculos atuais, um FGTS pelo governo. Po- trabalhador que tinha R$ demos dizer que é o maior 1.000 na conta do Fundo assalto da história do Brasil de Garantia em 1999 tem, o resultado da manipulação hoje, R$1.340,47. Os cálda TR pelo governo. culos corretos indicam que Márcio Amêndola Colaborou para o Hoje

H: Isso está estabelecido em Lei? Paulinho da Força: A Lei 8.036/1990 determina que Fundo de Garantia seja corrigido com atualização monetária e juros, só que isto não vem acontecendo de forma correta. Pelo menos desde 1999. O confisco na correção chega a 88,3%. Só nos últimos dois anos, houve aproximadamente 11% de perda. A ação da Força Sindical defende que os trabalhadores precisam ter um índice de correção monetária que mantenha o poder de compra dos seus saldos no Fundo de Garantia. Há uma nítida expropriação do patrimônio do trabalhador, na medida em que lhe é negada a devida atualização monetária. H: E como o trabalhador deve proceder para recuperar essas perdas? Paulinho da Força: Vale ressaltar que todo tra-

a mesma conta deveria ter R$ 2.586,44. Ou seja, uma diferença de R$1.245,97. Uma grande diferença. H: Isso remete ao processo ganho na Justiça pelos trabalhadores em 2001? Paulinho da Força: Sim. O processo ganho em 2001 é muito semelhante a este. Naquele, os trabalhadores ganharam ações na Justiça sobre as correções erradas dos planos econômicos Collor e Verão. E o governo federal teve de abrir negociação e pagar as correções. H: E como o Sr. acha que

• Taboão da Serra, 15 de junho de 2013

um absurdo. No governo Lula tínhamos diálogo, negociação, e as questões trabalhistas caminhavam em consonância com a sociedade.

será esta batalha? Paulinho da Força: Fiz um requerimento, que foi aprovado na Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados, convidando o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o secretário-executivo do Conselho Curador do FGTS, Quênio Cerqueira França, para prestar esclarecimentos sobre os rombos nas contas do FGTS. Queremos solução para este problema. H: E o governo, já se pronunciou a respeito da questão? Aliás, como está o relacionamento do movimento sindical com o governo? Paulinho da Força: Até agora não. Até porque o processo está sendo avaliado pela Justiça. A relação do governo Dilma com o movimento sindical é péssima. Não há diálogo, apenas imposição. Basta ver a agenda presidencial. Ela é 70% destinada a receber os grandes empresários. Na MP dos Portos, por exemplo, fechamos um acordo com representantes do governo na questão da utilização de trabalhadores do Ogmo e na manutenção da guarda portuária, e ele foi aprovado no Congresso Nacional. E o que acontece? A Dilma vetou tudo. É

H: E a questão econômica, qual a sua avaliação? Paulinho da Força: Somos críticos da condução da atual equipe econômica. Primeiro porque ela está sempre se curvando aos interesses dos especuladores. Segundo, as desonerações estão sendo feitas de forma desordenada, sem que os Sindicatos sejam ouvidos e sem cobrar contrapartidas sociais dos empresários. Vale, também, lembrar da questão da inflação, que está voltando com força. E a inflação, é bom dizer, prejudica os mais pobres. Por isto lançamos, nos Metalúrgicos de São Paulo, campanha emergencial para a reposição das perdas. H: O governo perdeu a batalha da inflação? Paulinho da Força: O que percebemos é que a inflação está num patamar perigoso, e não podemos penalizar os trabalhadores. Corremos o risco de ver nossas conquistas dos últimos anos se perderem caso o governo mantenha essa política econômica equivocada. Não vamos deixar a inflação corroer os salários. O governo tem sido vacilante no controle dos preços.

governo precisa entender que juros altos são uma trava para a economia. Juros altos resultam em queda nas vendas, queda na produção e, consequentemente, no aumento do desemprego. H: Com vão as lutas no Congresso Nacional? Paulinho da Força: Os

aposentar, retirando até 40% da aposentadoria

trabalhadores precisam ficar atentos e unidos. Há constantes tentativas de retirar direitos dos trabalhadores. Isto nós não vamos permitir de forma nenhuma. Nossa luta é para manter direitos e avançar nas conquistas.

“Nossa luta é

em notícias

H: E a redução da jornada de trabalho? Paulinho da Força: Realizamos Marchas a Bra-

“Penaliza quem vai se

H: O Sr. foi eleito pelo Diap como um dos parlamentares mais influentes. Com vê isto? Paulinho da Força: O Diap me coloca todo ano no seleto grupo de parlamentares mais influentes, com destaque na formulação de propostas em defesa dos interesses dos trabalhadores. Mas, preciso reconhecer, este título é de todos os sindicalistas que me ajudam a H: O Sr. tem criticado dar voz ativa no Congresso muito a questão dos juros e pressioná-lo nas votações das questões trabalhistas. no Brasil. Paulinho da Força: Toda H: Como está caminhanvez que o governo aumenta do a luta pelo fim do Fator Previdenciário? Paulinho da Força: Estamos nos mantendo mobilizados pelo fim do Fator Previdenciário. O Fator é uma medida que penaliza quem vai se aposentar, retirando até 40% do a taxa de juros, nós saímos valor das aposentadorias. às ruas para protestar. O As Centrais Sindicais têm

para manter os direitos dos trabalhadores

lutado unidas em torno desse tema. Agora, o governo precisa abrir negociação para avançarmos nas propostas e, de alguma forma, acabar com o Fator.

UM JORNAL DE CONTEÚDO ANUNCIE: 4771 3878

sília, vigília no Congresso Nacional e manifestações por todo o País. Agora, falta vontade política do governo. Vale ressaltar que a redução da jornada para 40 horas semanais trará enormes benefícios para o País. Com a redução, teremos menos acidentes de trabalho e o trabalhador terá mais tempo para se qualificar e para o lazer, além de gerar milhões de novos postos de trabalho. A última redução no Brasil aconteceu em 1988, depois de muita luta, quando conseguimos diminuir a carga de 48 para 44 horas semanais. H: Para encerrar, quais outras bandeiras o Sr. e a Força Sindical vêm defendendo? Paulinho da Força: Uma Agenda da Classe Trabalhadora, com mais de duzentas cláusulas, todas importantes, foi tirada durante a Conclat de 2010. Dessas, separamos algumas para focar nossa atuação. A redução da jornada semanal de trabalho sem redução dos salários, a questão dos juros e o fim do Fator Previdenciário já foram mencionadas. As outras são: a destinação de 10% do PIB para a Educação; 10% do Orçamento da União para a Saúde; a correção da tabela do Imposto de Renda; igualdade de oportunidades entre homens e mulheres; uma política de valorização dos aposentados; a ratificação da Convenção 158 da OIT (contra demissões imotivadas); a regulamentação da Convenção 151 da OIT, que trata da negociação coletiva do servidor público; reforma agrária e a ampliação de investimentos públicos.


Edição 200° - Jornal Hoje