Page 1

COOXUPÉ

Monte Santo: Câmara aprova Projeto de Lei que obriga o ensino de noções básicas da Lei Maria da Penha na Rede Pública Municipal Página 03

Cooxupé recebe mais de 200 alunos no NEA para o DIA C Página 05

Relembrar faz bem ANOS 70 Página 06

JFPN tícias 23 a no s

T r a d i c i o n a l

Ano 23 - Nº 735 10 de Julho de 2018 Edição Regional - R$ 3,00 Circulação: Monte Santo de Minas | Guaranésia Arceburgo | Itamogi | Mococa-SP Diretor: José Benedito Guilherme Diretores Auxiliares: Emerson Pereira Guilherme e Fabio Pereira Guilherme

Centenas de pessoas participam do primeiro dia do “Agita Mococa” Página 09

www.jfpnoticias.com.br jfpnoticias 35. 3591.4425

Monte Santo passa de fase

Monte Santo se classifica para segunda fase da Taça EPTV de Futsal - Página 10

Arraiá na Praça

Guaranésia: Arraiá na Praça reuniu centenas de pessoas na sexta-feira, 29, Dia de São Pedro - Página 08

Campeão do JEMG

Arceburgo é campeão do JEMG na categoria basquete feminino - Página 07

Terreno para Lions Clube

Prefeitura de Guaranésia doa terreno para Lions Clube - Página 09


JFPN João Crente solicita ao prefeito Paulo Gornati construção de rampas de acesso por toda extensão da calçada da Vital Paulino da Costa 02

jfpnoticias

10 de julho de 2018

23 a nos

Monte Santo:- Na sessão ordinária da Câmara Municipal de segunda-feira, 2 de julho, o vereador João Crente apresentou requerimento solicitando ao prefeito Paulo Gornati a construção de rampas de acesso por toda a extensão da calçada da Avenida Vital Paulino da Costa. Segundo o9 vereador, “a construção de rampas de acesso beneficiará pessoas com deficiências físicas, cadeirantes, pessoas idosas ou com mobilidade reduzida, pois irão possibilitar melhor locomoção, além de ser assegurado o direito de acessibilidade previsto em lei. Espero que o prefeito Paulo Gornati atenda tal solicitação o mais rápido possível”, disse o vereador, que teve o seu requerimento aprovado por unanimidade.

tícias

Monte Santo de Minas e Região

www.jfpnoticias.com.br

T r a d i c i o n a l

Paulinho Picolé pede ao prefeito Paulo Gornati que seja fechado o final do prédio dos camarotes do Terreirão do Samba Segundo o vereador, pessoas invadem o local para praticarem atos ilícitos

Rodrigo Pacheco diz que novo governador precisa liderar Minas Gerais

O Deputado federal Rodrigo Pacheco (Democratas), pré-candidato ao governo de Minas Gerais, afirmou na quinta-feira (5), em Janaúba, ser fundamental que o novo governador, que comandará os destinos dos mineiros a partir de 2019, torne-se “catalisador das forças políticas” de Minas para que o estado volte a ser protagonista no plano federal. “O governador do estado de Minas Gerais tem que ser o catalisador das forças políticas, ele tem que liderar o processo no qual Minas passe a ser ouvida nas grandes decisões do país. Liderar esse projeto junto ao governo federal é tarefa do governador de Minas”, declarou. Pacheco afirmou que falta

diálogo e prestígio ao atual governador perante a União. O pré-candidato atribuiu ao governo do PT ‘uma total falta de planejamento” para tirar Minas da sua “pior crise’. Cenário, segundo ele, também fruto da política polarizada que governou o estado nos últimos anos e não conseguiu um alinhamento com o governo federal para que os recursos chegassem de maneira efetiva ao estado. “Além de liderar esse processo, o governador do estado precisa buscar alinhamento no plano federal, independentemente de quem seja o presidente da República. Chega dessa divisão de PT contra PSDB, chega dessa divisão de esquerda e de direita. O Brasil

precisa de unificação, e nesta unificação, Minas Gerais precisa estar presente, na figura do governador, para que os recursos, historicamente represados por essa constante falta de alinhamento, sejam liberados para o estado”, avaliou. Rodrigo Pacheco reafirmou a sua pré-candidatura ao governo mesmo diante de, conforme ele, tentativas de “oligárquicas e caciques mineiros” em demovê-lo desse projeto. “Se eu não tivesse uma confiança, uma segurança, uma convicção de que somos capazes de colocar Minas nos trilhos, de regularizar os pagamentos aos servidores, aos municípios, eu sequer me candidataria, mas a responsabilidade nunca me faltou”, afirmou Pacheco. Por fim, o pré-candidato disse ter receio do que virá pela frente com o comando petista no estado. “Não quero imaginar o que irá acontecer nesse próximo semestre, quando passadas as eleições, porque nem em período eleitoral eles estão cumprindo com o básico, imagina quando sofrerem uma derrota rotunda nas urnas”, vislumbrou.

Monte Santo:- Uma vez que a administração do prefeito Paulo Gornati tem efetuado obras revitalizando o Terreirão do Samba, atualmente denominado como Praça Sebastião Antonio da Silva (Tião Prata), proporcionando ao local melhores condições para realizações de eventos, o vereador Paulo Sérgio Naves, o Paulinho Picolé, apresentou requerimento solicitando ao prefeito que seja fechado o final do prédio dos camarotes. A preocupação do vereador Paulinho Picolé se prende ao fato de que pessoas têm invadido os camarotes, para praticarem ilicitudes. O vereador destaca que “o local está sendo invadido por pessoas que adentram pelo telha-

do onde ficam os taxistas. Entendo que o local está sendo usado para fins ilícitos e precisam ser contidos para que não causem prejuízos ain-

da maiores ao bem público”, finalizou. Veja pelas fotos a facilidade que pessoas têm para entrar nos camarotes.

Horário de Funcionamento do Museu Municipal “Dr. Joaquim Ernesto Coelho” Segunda – Quarta e Sexta-feira das 08h00 às 12h00 Terça e Quinta-feira das 12h00 às 17h00 Quinta-feira das 18h30 às 20h30

A ACIMS comunica

a todo comércio sua nova parceria com o BDMG- Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais. Você que precisa de crédito para sua empresa entre em contato com a Associação Comercial de Monte Santo e faça uma simulação. *Crédito rápido e acessível; *Ótimas taxas de juros; *Carência de até três meses para começar a pagar. Agende uma visita em nossa sede ou através do telefone (35) 3591-1913.

www.acimsmontesanto.com.br - Face: acimsmontesanto


jfpnoticias

Monte Santo de Minas e Região

10 de julho de 2018

www.jfpnoticias.com.br 03

Câmara aprova Projeto de Lei que obriga Programa Campos de Luz leva iluminação a o ensino de noções básicas da Lei Maria 250 campos de futebol amador em Minas Além disso, 50 quadras também receberão energia elétrica da Penha na Rede Pública Municipal O Projeto de Lei é de autoria do vereador Hugo Zotti Rocha e foi aprovado por unanimidade

Monte Santo:- Os vereadores da Câmara Municipal de Monte Santo de Minas aprovaram por unanimidade na sessão ordinária

desta segunda-feira, 9 de julho, o Projeto de Lei de autoria do vereador Hugo Zotti Rocha, que obriga o ensino de noções básicas sobre

a Lei Maria de Penha na Rede Pública Municipal. Ao justificar o seu Projeto de Lei, Hugo Zotti disse que “o Projeto Lei Maria da Penha nas Escolas é uma iniciativa voltada para os alunos e educadores de escolas públicas de nossa cidade, que tem como objetivo mostrar a importância da Lei Maria da Penha, além de ajudar a conscientizar os estudantes sobre a necessidade de combater a violência contra a mulher, tudo com vistas à prevenção da violência doméstica. O projeto nasce em um contexto atual, onde observa-se a necessidade de ações voltadas a este público, tendo em vista que a educação é o melhor meio para a prevenção e combate à violência, sendo um mecanismo eficiente na erradicação da violência contra a mulher no ambiente doméstico. A Lei 11.340/2006, popularmente conhecida com Lei Maria da Penha, tornou-se o principal instrumento legal para coibir e punir a violência doméstica praticada contra as mulheres no Brasil. A lei traz em seu bojo conjunto de normas que visa proteger um bem extremamente importante: a família!” Ao finalizar, o vereador asseverou que “a educação é um fator fundamental para a prevenção e erradicação da violência, por isso, acreditamos que a escola tem papel fundamental na desconstrução da violência contra a mulher. Ao levar o conteúdo da Lei Maria da Penha para as escolas objetiva-se trabalhar a formação de uma nova consciência com os jovens, torna-los cidadão com novos comportamentos e verdadeiros agentes transformadores da realidade”.

em todo o estado. Até o final deste ano a Cemig terá totalizado R$ 15 milhões de investimentos

Até o final de 2018, o Governo de Minas Gerais, por meio da Cemig, investirá R$ 15 milhões no Programa Campos de Luz, que está iluminando 250 campos de futebol amador e 50 quadras poliesportivas em várias regiões do estado. Os Fóruns Regionaispromovidos pelo governo identificaram a prática de esportes no período noturno como uma das demandas da população mineira. Nos últimos três anos, a Cemig já instalou cerca de 960 postes, com 7.200 projetores de iluminação. Além disso, foram construídos mais de 6,5 quilômetros de rede e instaladas 600 novas estruturas para levar energia elétrica a muitos desses locais. De acordo com o diretor de Relações Institucionais e Comunicação da Cemig, Thiago de Azevedo Camargo, “o espor-

te pode mudar a vida de uma comunidade e reduzir os índices de violência, porque tira o jovem de outras atividades. Escolhemos os campos de várzea justamente porque o futebol amador é a modalidade mais praticada nas comunidades”, afirma. O diretor da Cemig destaca que o Programa Campos de Luz é muito importante para a sociedade, uma vez que os espaços para a prática de esporte estavam desaparecendo em Minas Gerais e sendo substituídos por prédios ou mesmo áreas de estacionamento, deixando a população com poucas opções de lazer. “Levar luz a essas áreas é dar uma alternativa social a milhares de jovens mineiros”, destaca Camargo. Um dos campos beneficiados foi o Estádio Municipal José Maria de Melo, conhecido como campo do Vila Nova, em

Dores do Indaiá, na região Centro-Oeste de Minas. Eduardo Antônio Florentino, morador da cidade, ressalta que o projeto vai muito além do esporte. “É gratificante podermos usufruir deste espaço para praticar esporte e, também, utilizá-lo para tirar as crianças das ruas”, conta. Para serem contemplados pelo programa, os campos de futebol amador e as quadras poliesportivas devem estar na área de concessão da Cemig. Além disso, é preciso atender a alguns requisitos técnicos. Cabem à prefeitura municipal a segurança e a manutenção do local, além do pagamento das faturas de energia elétrica. Campos e quadras não servem apenas ao futebol, mas são usados também para caminhadas e para a prática de outras atividades físicas. Foto: Euler Jr/Cemig

Arsae-MG autoriza reajuste médio de 4,31% CPFL Santa Cruz altera local de atendimento ao cliente em Monte Santo de Minas nas contas de água e esgoto da Copasa Novo índice será aplicado a partir de 1º de agosto de 2018 A partir de 1º de agosto de 2018, as faturas de água e esgoto da Copasa (Companhia de Saneamento de Minas Gerais) terão um reajuste médio de 4,31%. O índice foi autorizado pela Arsae-MG (Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais) e será publicado na edição deste sábado (30/06) do Diário Oficial. A nota técnica que detalha o cálculo está disponível no site www.arsae.mg.gov.br. Seguindo as definições da Revisão realizada em 2017, que trouxe mudanças na estrutura tarifária, a conta aumenta em cada faixa de consumo conforme a água é utilizada em cada categoria (residencial, comercial, industrial ou pública). Também foram alterados os impactos das tarifas de esgoto coletado e de

esgoto tratado, o primeiro passa a representar 37,5% em relação ao valor da água e o segundo 95%. Com isso, usuários residenciais com água, coleta e tratamento de esgoto e que consomem 10 m³ (10 mil litros) mensais, deixam de pagar contas de R$ 68,41 e passam a pagar R$ 72,93, um aumento de R$ 4,52. Já os moradores com o mesmo perfil de consumo, mas cadastrados na Tarifa Social, que pagavam R$ 32,71, terão fatura mensal de R$ 34,95, o que representa 52% a menos do que os usuários que pagam a tarifa residencial normal. De acordo com a Arsae-MG, os valores levam em consideração a capacidade de pagamento dos usuários da Copasa, mantendo o patamar de comprometimento da renda abaixo de 3% que é o padrão sugerido pela ONU

(Organização das Nações Unidas), além de estimular o consumo consciente dos recursos hídricos. A Agência definiu que os beneficiários da Tarifa Social, ou seja, os consumidores residenciais, inscritos no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal ) e com renda per capita mensal familiar menor ou igual a meio salário mínimo, não perdem mais o benefício por inadimplência. Perfil de consumo O consumo médio de água por residência é de 9,47 m3 e quase 85% das economias estão nas categorias Social e Residencial, consumindo até 20 m3 (20 mil litros), correspondendo a cerca de 70% do faturamento da Copasa.

Prefeitura contrata empresa terceirizada para efetuar troca de lâmpadas queimadas de ruas e avenidas da cidade Monte Santo:- A Prefeitura de Monte Santo de Minas informa que agora conta com uma prestadora de serviço para troca de lâmpadas queimadas de ruas e avenidas da cidade. Sendo assim, a Prefeitura pede para a população solicitar a troca de lâmpadas queimadas pelo telefone (35)

3591-1401 ou se dirigir até o escritório da empresa que se localiza na Avenida Vital Paulino da Costa, 1470. A empresa além de fazer a troca, está também limpando os vidros das luminárias e retirando os vidros quebrados, e toda substituição de lâmpadas queimadas

está sendo feita por lâmpadas brancas. De acordo com a Prefeitura, a colaboração da população é muito importante! As solicitações feitas pelas redes sociais, WhatsApp e pelo telefone da Secretaria de Obras serão realizadas também.

Novos pontos de atendimento em unidades credenciadas beneficiarão os 9,7 mil clientes da distribuidora na cidade mineira Monte Santo de Minas, 03 de julho de 2018 - A CPFL Santa Cruz, distribuidora da CPFL Energia que atende 45 municípios nos estados de São Paulo, Paraná e Minas Gerais, disponibilizou novos locais de atendimento ao consumidor em Monte Santo de Minas (MG). Desde o dia 29 de junho, os clientes do município que desejarem atendimento presencial devem comparecer às novas lojas credenciadas da distribuidora, localizadas na Av. Antonio Pereira Lima, 171 - Jardim Maria Celuta e Av. Cel. Antonio Paulino Costa, 313 - Centro. Os novos pontos de atendimento em unidades credenciadas irão beneficiar os mais de 9,7 mil clientes da CPFL Santa Cruz em Monte Santo de Minas. Entre os pontos positivos da medida estão o fato da cidade passar a ter dois locais de atendimento e o oferecimento de todos os serviços disponíveis nos canais presenciais, tais como ligação nova, alteração de titularidade, religação, impressão de segunda via, parcelamento de débitos, entre outros. O horário de funcionamento dos novos locais de atendimento ao cliente é das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira. Principais serviços podem ser solicitados sem sair de casa Oferecendo comodidade e conforto aos seus clientes, a CPFL Santa Cruz também disponibiliza mais de 30 serviços por meio de seus canais digitais de atendimento. No aplicativo para celulares e tablets “CPFL Energia” e no site do Grupo, os consumidores podem também solicitar

serviços como segunda via, ligação nova e alteração de titularidade, além de relatar interrupção no fornecimento de energia e acidentes na rede. Disponíveis 24 horas por dia, 7 dias na semana, os canais oferecem comodidade a todos os consumidores da CPFL Santa Cruz, oferecendo atendimento sem a necessidade de deslocamento até agência ou ligação para o call center. Outra vantagem é o armazenamento dos dados cadastrais, não precisando recorrer à conta de luz para obter o código do cliente a cada solicitação. Serviço - Atendimento CPFL Santa Cruz em Monte Santo de Minas Atendimento presencial: Difer Comércio e Instaladora Av. Antonio Pereira Lima, 171 Jardim Maria Celuta De segunda a sexta-feira, das 08h às 17h Eletroluz Monte Santo Av. Cel. Antonio Paulino Costa, 313 - Centro De segunda a sexta-feira, das 08h às 17h Atendimento Digital Aplicativo: CPFL Energia, disponível para Android, iPhone e Windows Phone Agência Digital: https://servicosonline.cpfl.com.br Call center: 0800 772 21 96 Sobre a CPFL Energia A CPFL Energia, há 105 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de

distribuição, geração, comercialização e serviços. Desde janeiro de 2017, o Grupo faz parte da State Grid, estatal chinesa que é a segunda maior organização empresarial do mundo e a maior companhia de energia elétrica, atendendo 88% do território chinês e com operações na Itália, Austrália, Portugal, Filipinas e Hong Kong. Com 14% de participação, a CPFL Energia é vice-líder no mercado de distribuição, totalizando cerca de 9,4 milhões de clientes em 679 cidades, entre os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Na comercialização, é uma das líderes no mercado livre, com participação de mercado de 14% na venda para consumidores finais. É líder na comercialização de energia incentivada para clientes livres entre as comercializadoras. Na geração, é a terceira maior agente privada do País, com um portfólio baseado em fontes limpas e renováveis, como grandes hidrelétricas, usinas eólicas, térmicas a biomassa, Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) e usina solar. Ao final do primeiro trimestre de 2018, a capacidade instalada do Grupo CPFL alcançou 3.283 MW. A CPFL Energia possui ações listadas no Novo Mercado da B3 e ADR Nível III na NYSE, além de participar do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3 pelo 13º ano consecutivo. O Grupo também ocupa posição de destaque como um dos maiores investidores brasileiros em arte, cultura e esporte.


04

jfpnoticias

JFPN tícias

10 de julho de 2018

23 a nos

Colunistas Professor Adhemar

A MORTE é a FRONTEIRA FINAL Conforme disse Woody Allen: “não é que eu tenha medo de morrer. Só não quero estar lá quando isso acontecer”. Então eu que gostava de assistir ao seriado: Jornada nas estrelas, o capitão Kirk estava errado: a morte, e não o espaço, é a fronteira final. E as viagens que cruzam essa fronteira só parecem acontecer em uma direção. Pensar em nada além da morte pode ser mórbido, mas fingir que ela jamais acontecerá é viver em um paraíso de tolos. Em vida, a morte exige a nossa atenção. Qualquer que seja a sua opinião, a morte é algo que não se pode evitar no dia a dia. Alguns podem dar um jeito de evitar a tribulação, mas a morte permanece sendo uma certeza. E também é uma

grande incerteza, embora não haja escassez de crenças sobre ela. Diferentes culturas e religiões a revestem de diversas maneiras, porque o que não pode ser evitado deve ser enfrentado. Epicuro acreditava plenamente que as pessoas tinham medo de coisas, sobretudo porque não as compreendiam; se pudessem ser explicadas de maneira adequada, então muitas ansiedades simplesmente desapareceriam. Reconhecia que morte era uma das coisas mais temidas e tentava tranquilizar as pessoas de que não havia motivo para se sentirem assim. Não era possível dar um sumiço na morte, mas ele acreditava que podia ajudar as pessoas a vê-la sob a perspectiva correta. Ele resumiu assim sua posição: “a morte não

Região

www.jfpnoticias.com.br

T r a d i c i o n a l

MITOS E VERDADES SOBRE A INTOLERÂNCIA À LACTOSE

Entenda como funciona a doença que já afeta 65% da população mundial

é nada para nós, pois, quando existimos, não existe a morte e, quando existe a morte, não existimos mais”. A morte não é um evento da vida. A morte não se vive. A morte não acontece comigo porque eu sou um ser vivo. Quando a morte ocorrer, já não existirei mais. Pode parecer que Epicuro, filósofo, está apenas brincando com as palavras, mas as intenções dele são totalmente sérias. Se a morte não ocorre conosco, porque não é possível, não há necessidade de temê-la. É um evento que ocorre em um mundo do qual eu já parti. A vida após a morte, não é rejeitada por ser uma impossibilidade científica, mas sim lógica. Se você acreditasse que viveria para sempre, levaria a vida de um jeito diferente? Eu espero viver além da morte... O debate continua.

Concurso público da Secretaria de Estado de Educação é homologado

Foram aprovados 38.126 candidatos, sendo 33.292 para Professor de Educação Básica e 4.834 para Especialista em Educação Básica

O Governo de Minas Gerais publicou no Diário Oficial Minas Gerais de sábado (30/6) a homologação do concurso público de Edital SEE Nº 07/2017. Foram aprovados 38.126 candidatos, sendo 33.292 para Professor de Educação Básica e 4.834 para Especialista em Educação Básica do Quadro de Pessoal da Secretaria de Estado de Educação (SEE). Foram ofertadas 16 mil vagas para professores regentes de aulas, de 12 disciplinas que compõem o currículo básico dos anos finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, e 700 vagas para especialistas em educação. As vagas compreendem todas as 47 Superintendências Regionais de Ensino e contemplaram 848 municípios mineiros. O concurso público contou com duas etapas: Prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, e Avaliação de Títulos, de caráter classificatório. As provas objetivas foram aplicadas no dia 8 de abril de 2018 para cerca de 178 mil candidatos e reaplicadas em 29 do mesmo mês para 1.761 candidatos ao cargo de Professor de Educação Básica de quatro Superintendências Regionais de Ensino. O certame foi executado pela Fundação Mariana Resende Costa (Fumarc).

O subsecretário de Gestão de Recursos Humanos da Secretaria de Estado de Educação, Antonio David de Sousa Junior, destaca a relevância do concurso público para a valorização dos trabalhadores da rede estadual. “Esse novo concurso, organizado pela SEE e realizado em prazo recorde, reafirma o compromisso do governo Fernando Pimentel de investir no fortalecimento da educação pública de Minas, com a nomeação de professores e especialistas efetivos e a consequente redução dos contratos de vínculo precário. Os profissionais nomeados se reposicionam positivamente no mercado de trabalho, dão estabilidade ao nosso sistema de ensino e podem contribuir decisivamente para o aprimoramento dos processos de ensino e aprendizagem nas escolas estaduais”, afirma. Antonio David pontua também outro aspecto importante. “Dentre os candidatos aprovados, pouco menos da metade já atuam na rede estadual como servidores efetivos ou designados. Dessa forma, os efetivos conquistam um segundo cargo, configurando um cenário de dedicação integral à rede estadual, ao passo que os designados dão um passo decisivo

para obter a tão almejada estabilidade profissional. Esse é um dado interessante, que evidencia a atratividade dessas carreiras para os profissionais que já atuam na rede estadual de ensino de Minas Gerais, ao mesmo tempo em que valoriza a sua competência profissional”. Nomeações Desde o início desta gestão, o Governo do Estado já nomeou 54.080 profissionais para atuarem na rede estadual de ensino, contemplando todos os Territórios de Desenvolvimento de Minas Gerais. Do total de nomeações realizadas, 83% são de profissionais para atuarem dentro das salas de aula. As nomeações de aprovados nesse novo concurso vão possibilitar que os professores efetivos se tornem novamente maioria nas escolas estaduais, após muitos anos em que prevaleceram os contratos de vínculo precário. Além do concurso homologado neste sábado, a Secretaria de Estado de Educação conta com outros concursos públicos ainda vigentes e continuará nomeando profissionais aprovados nesses certames. Mais informações: Assessoria de Comunicação da SEE – (31) 3915-3670 / 3671 / 3672 / 3673

Governo de Minas Gerais amplia serviço de informação sobre medicamentos do SUS no aplicativo MG App

Ferramenta informa status das solicitações de medicamentos feitas pelos usuários e, em caso de deferimento, a disponibilidade em estoque na farmácia da sua Regional de Saúde

A Secretaria de Planejamento e Gestão de Minas Gerais (Seplag), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), ampliou o serviço de acesso à informação dos medicamentos ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) por meio do aplicativo MG App. O projeto surgiu a partir da identificação das principais demandas feitas pelos usuários pelo serviço telefônico 155 Lig Minas Farmácia de Todos, de janeiro a abril de 2018. Uma das demandas mais recorrentes era em relação à situação dos processos administrativos, no que compete ao Componente Especializado da Assistência Farmacêutica, bem como a disponibilidade dos seus respectivos medicamentos nas farmácias regionais. Segundo a superintendente de Assistência Farmacêutica da Secretaria de Estado de Saúde, Daniela Aguiar Alberto, o volume de ligações recebidas pelo 155 é muito alto. “Isto pode acarretar em um tempo médio de espera aumentado em várias ocasiões e a nova ferramenta no aplicativo é uma alternativa para os cidadãos com mais comodidade e celeridade”, explica. Para ter acesso ao servi-

ço, o cidadão deve fazer o download do aplicativo MG App em seu smartphone e informar o número do seu CPF ou Cartão Nacional de Saúde (CNS), e sua data de nascimento. Após o aplicativo confirmar a veracidade das informações inseridas, o usuário terá acesso a todos os processos de abertura de solicitação já realizados por ele. O usuário deverá, então, selecionar o processo desejado e o aplicativo irá informar o “status”, ou seja, em qual etapa se encontra, se já foi analisado ou não. Caso o processo já tenha um parecer, o cidadão poderá consultar o resultado da análise para cada medicamento solicitado. Em caso de deferimento, ele poderá consultar a disponibilidade do seu medicamento no estoque da farmácia de sua Regional de Saúde, onde o processo foi aberto. Desde abril deste ano é possível consultar informações sobre os medicamentos ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) através do MG App. Por meio do aplicativo desenvolvido pelo Governo de Minas Gerais, o cidadão pode buscar pelo nome do medicamento ou insumo e saber se é disponibilizado pela Assistência Farmacêutica do Estado de Minas Gerais.

Além disso, também é possível verificar a localização da farmácia regional mais próxima para retirada de medicamentos do componente especializado. A nova ferramenta do MG App está disponível para celulares Android e, na próxima semana, também será possível consultar informações sobre medicamentos em iOS. Serviços O aplicativo já disponibiliza serviços online da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) e do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran), além de permitir o acesso a endereços, telefones e horário de atendimento das principais unidades de prestação de serviços, como delegacias e escolas. O MG App é um aplicativo inédito e gratuito, lançado pelo Governo de Minas Gerais, com o objetivo de facilitar o acesso a informações e serviços estaduais e facilitar a resolução de problemas e a busca por informações, de forma simples, rápida e moderna em celulares e outros dispositivos móveis. Mais informações: Assessoria de Comunicação da Seplag Telefones: (31) 39150563 / 3916-0865

O leite de soja é uma boa opção para os intolerantes, já que pode ser encontrado com facilidade nos supermercados. Foto: Larissa Caliari Por Larissa Caliari A intolerância à lactose ocorre quando existe a redução da produção da enzima que quebra o açúcar do leite, chamada de lactase. A intolerância pode ocorrer em maior ou menor grau, mas estima-se que atualmente 65% da população mundial possui alguma dificuldade para digerir a lactose. No Brasil, o número é um pouco menor, de acordo com pesquisa realizada pelo Datafolha, 35% da população do país convive com a intolerância. Os sintomas dessa doença são diversos, e vão desde inchaço abdominal até diarreia. De acordo com Adriane Moraes, professora da Unicamp e doutora em Alimentos e Nutrição, “a deficiência na produção da enzima que quebra a lactose pode acontecer ao longo da vida ou pode se apresentar

desde o nascimento. Dependem disso fatores genéticos e de saúde. Por exemplo: uma pessoa que tenha diarreias intensas por muitos dias pode ficar momentaneamente intolerante à lactose e depois voltar a digerir bem esse açúcar”. Portanto, em alguns casos existe cura para a intolerância, mas aquela que existe em decorrência de um fator genético acompanha a pessoa ao longo da vida. Ainda assim, a inexistência da cura não acarreta maiores problemas para os intolerantes, já que a lactose não é essencial para a nutrição humana. Portanto, não existe prejuízos para a saúde dos intolerantes nos casos em que os produtos que contém essa substância são evitados. Além disso, já existem soluções para que seja possível o consumo

Por dentro das minorias A questão do preconceito racial no Brasil vem de muitos anos atrás e remonta a história da escravidão. A abolição da escravatura foi um momento crucial para a história do país, porém não foi o suficiente para resolver as questões raciais existentes no país provenientes dos valores dessa época. Além disso, outros problemas relacionados a outros tipos de minorias podem ser observados ao analisar os estudos sobre a época, que ficaram evidentes principalmente na produção midiática dos jornais radicais. Logo após a abolição, com a conquista da liberdade, a população negra do país deu de cara com novos desafios a serem enfrentados, como o desemprego e a falta de formação escolar e profissional. A solução encontrada para resolver o problema de mão de obra no país, foi a imigração de europeus, que vieram para substituir o trabalho dos escravos e ao mesmo tempo possuíam conhecimento especializado nas diversas áreas da indústria. Portanto, deu-se preferência para a marginalização do brasileiro negro no momento em que a imigração foi colocada à frente da profissionalização e qualificação daqueles que anteriormente foram escravos. Esse problema só foi se agravando com o passar dos anos, à medida que os capitalistas estrangeiros priorizavam os empregos para os seus conterrâneos. Com isso, podemos observar que o complexo de vira-lata, observado

por Nelson Rodrigues em 1950, já podia ser observado muito antes, nos anos que seguiram a abolição da escravatura, quando analisamos o panorama do trabalho industrial que priorizava a importação da mão de obra estrangeira no lugar da formação dos próprios brasileiros. Essa falta de identificação dos brasileiros brancos com os seus conterrâneos negros, não é o único momento em que vemos a falta de empatia com relação aos indivíduos do próprio grupo. Ao analisar o movimento dentro das próprias agremiações negras, é possível notar que havia uma discrepância de pensamentos, e a tendência à exclusão das minorias que existiam ali dentro do próprio grupo. Por exemplo: as mulheres eram tratadas como um bem material dos homens e não ocupavam posições de destaque dentro da organização dos clubes; além disso havia a diferenciação de classe, quando os homens letrados e com maior poder aquisitivo consideravam que certas pessoas dentro do grupo prejudicavam a imagem que a agremiação estava passando para o restante da sociedade. Como consequência disso, as minorias dentro do próprio grupo formavam pequenas associações para se fortalecerem, como é o caso da Comissão Directora das Sócias, composta apenas por mulheres. Portanto, nota-se que as mulheres negras já sentiam a necessidade de se unirem e serem representadas pelas próprias mulheres, e não mais por homens. A mulher já nessa épo-

de lactose, como os comprimidos de enzima lactase e os alimentos lácteos que tem a enzima já quebrada. Nesses casos, a enzima natural existente no corpo humano é substituída pela artificial, que realiza a função da mesma forma que ocorreria no processo de digestão. A lactose é quebrada através do processo de hidrólise e transformada em outros dois açucares: a glicose e a galactose. Adriane ainda ressalta que o mercado tem oferecido novas opções de produtos para os clientes intolerantes. “Existem produtos com redução de 90% da lactose e produtos com redução de 100%, zero lactose”. Os intolerantes ainda podem recorrer aos leites vegetais, como o leite de coco ou o leite de soja, que também podem ser utilizados para substituir o leite animal nas receitas.

ca é vista como um objeto de posse do restante da sociedade, e é submissa ao homem, mesmo que as mulheres negras fossem, na maior parte dos casos, responsáveis pelo sustento financeiro da casa. Nessa época, a mulher negra se submetia a trabalhos ultrajantes e era tratada de forma completamente injusta dentro das casas em que trabalhavam, para conseguir compor a renda familiar, que era majoritariamente obtida por ela. E, além disso, quando chegavam em suas casas, sofriam a segunda discriminação realizada pela própria comunidade negra, pelo fato de serem mulheres. Esse quadro tem seu papel ainda nos dias de hoje, e tem sua influência clara nas mídias tradicionais, que mesmo que preguem por igualdade não demonstram isso nos seus processos diários. Os padrões sociais podem ser percebidos ao ligar a tv, quando percebemos que o mesmo perfil de pessoas está na frente das câmeras, mesmo quando o assunto tratado são as minorias. Como podemos falar de inclusão e igualdade quando a própria divulgação desses ideais é realizada apenas pela parcela social dominante? Do que adianta lutar contra o racismo, e qualquer outro tipo de opressão, se não damos o local de fala para quem vivencia isso todos os dias? REFERÊNCIA: MELLO, M.P.A. O lugar da mulher na imprensa negra paulistana (1915-1924). Cultura histórica & Patrimônio, volume 1, número 2, UNIFAL, 2013.


jfpnoticias

Regional

JFPN tícias 23 a nos

10 de julho de 2018

www.jfpnoticias.com.br 05

T r a d i c i o n a l

Cooxupé recebe mais de 200 alunos no NEA para o DIA C

A Cooxupé participou no dia 29 de junho do Dia de Cooperar, o Dia C. O encontro promove anualmente atividades e é uma iniciativa da OCEMG em comemoração ao dia Internacional do Cooperativismo que este ano foi celebrado no dia 7 de julho. A data foi criada para promover ações cooperativistas, de sustentabilidade, levando a conscientização e novos conhecimentos sobre temas ligados ao meio ambiente pra crianças

e adolescentes. Ao todo, 240 alunos de escolas da Guaxupé, Juruaia, Nova Resende e Guaranésia estiveram no NEA e participaram de uma série de atividades que, este ano, abordaram a revitalização de nascentes com o projeto “Cílios de Minas”. Visitando o NEA pela primeira vez, a estudante Kethelyn Aparecida Barbosa Alexandre da escola Dom Inácio, que fica em Guaranésia,

destacou as informações que teve acesso durante o dia C. “É a primeira vez que venho até o NEA e achei o espaço muito bom, gostei bastante. Conseguimos estar em contato com a natureza e isso é muito importante, pois só víamos em sala de aula. Nos assuntos, o que mais me chamou atenção foi sobre as árvores pois aprendemos que não é só plantar e deixar ela crescer, elas precisam de um local certo e cuidados”, disse.

Durante a visita, a professora Elaine Paiva de Oliveira da escola Dom Inácio, em Guaranésia, destacou que a experiência mostrou aos alunos o que eles aprendem na teoria em sala de aula. “Um dos exemplos que vimos é sobre a importância da mata ciliar, do plantio das árvores e a escolha certa para cada local. Isso foi muito importante pois vemos muitos problemas dentro das cidades com árvores que foram plantadas sem

conhecimento e acabam causando problemas para os moradores”. A professora ainda contou que durante o ano, por meio de projetos dentro das escolas, são trabalhados temas como o cooperativismo, a preservação e cuidados com o meio ambiente. O presidente da Cooxupé, Carlos Paulino, comentou sobre a importância de plantar a raiz do cooperativismo nas crianças para garantir sucesso no futuro. “O projeto

Cílios de Minas é um bom exemplo de que cooperando, ou seja, pensando em um bem comum, conseguimos chegar mais longe e beneficiar os envolvidos. Isso é cooperativismo e, melhor que tudo isso é preservar a natureza. Conseguimos unir dois pontos muito importantes para a Cooxupé e incentivar as crianças que são os melhores formadores de opinião que temos para passar as informações para todos”, concluiu.

Fernando Pimentel assina protocolo de intenções com a Fiat para investimentos de R$ 8 bilhões na fábrica em Betim

Montadora deve gerar cerca de 8 mil empregos diretos e indiretos no estado com novos projetos que serão lançados até 2022

O Governador Fernando Pimentel assinou nesta sexta-feira (6/7) um protocolo de intenções com o grupo Fiat Chrysler Automóveis (FCA) para investimentos de R$ 8 bilhões na fábrica da empresa em Betim, Território Metropolitano. Segundo o presidente da FCA para a América Latina, Antonio Filosa, os investimentos criarão oito mil empregos diretos e indiretos. O anúncio foi feito durante cerimônia de comemoração dos 42 anos da fábrica de Betim. O aporte de recursos será destinado à ampliação do local, assim como na atração de fornecedores com tecnologia ainda não disponível na região. Fernando Pimentel afirmou

que o estado e os mineiros têm “orgulho” da empresa. “Na verdade, é uma empresa mineira e o Filosa, que tem aqui boa parte ou quase toda sua carreira, já é tão mineiro quanto nós, com filho mineiro, esposa mineira. A Fiat foi meio que incorporada por Minas Gerais no nosso patrimônio, mais do que no nosso patrimônio econômico, eu diria que no nosso patrimônio afetivo”, declarou o governador. “É uma empresa que optou por Minas Gerais e tem a cada ano renovado essa opção”, disse. De acordo com Antonio Filosa, com este novo ciclo de investimentos, a Fiat planeja produzir 15 novos produtos até 2022, entre novos modelos, renovação

de veículos e séries especiais. Ele afirmou ainda que os aportes representam “o começo dos próximos 42 anos”. “Aqui somos um motor de inovação, estamos no meio de um tecido industrial com mais de 160 fornecedores. Tivemos o apoio do governador, dos secretários, para celebrar este novo ciclo. Serão R$ 8 bilhões até 2023, fortalecendo o processo de modernização da empresa, que começou 42 anos atrás, afirmou. Segundo o governador, a identificação da empresa com Minas Gerais deve-se à união entre tradição e inovação, como o próprio Estado. “Ela (FCA) é tradicional, ela tem uma marca

consolidada no mundo inteiro e no Brasil, mas a Fiat é inovadora todo tempo. E é por isso que ela se mantém na lembrança, do mercado, obviamente, mas também no afeto de nós todos mineiros. A Fiat é muito parecida com Minas Ge-

rais, essa é a verdade, e é por isso que deu tão certo”, salientou. Histórico O polo automotivo da Fiat em Betim foi inaugurado em 9 de julho de 1976, como a primeira fábrica brasileira

de automóveis fora do cinturão industrial de São Paulo, e se tornou a maior fábrica de veículos da América Latina, com capacidade de produção de cerca de 800 mil unidades por ano. Nestes 42 anos, cerca de 16 milhões de unidades foram produzidos na fábrica, cuja área supera os 2 milhões de metros quadrados. Hoje, na planta de veículos da Fiat em Betim, as três linhas de montagem são responsáveis pela produção de oito modelos. No ano passado, dos 100 mil veículos produzidos pela companhia e exportados, cerca de 70% saíram de Betim com destino a países latino-americanos, como Argentina, México, Chile, Peru e Colômbia. Presenças Também compareceram ao evento os secretários de Estado de Casa Civil e Relações Institucionais, Marco Antônio Teixeira; de Fazenda, José Afonso Bicalho; de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia e Ensino Superior, Vinícius Rezende; o presidente do INDI, Ricardo Machado; o prefeito de Betim, Vittorio Medioli; o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), Flávio Roscoe, e o cônsul da Itália em Belo Horizonte, Dario Savarese, dentre outras autoridades. Fotos: Marcelo Sant’Anna/Imprensa MG


06

jfpnoticias

10 de julho de 2018

JFPN tícias 23 a nos

www.jfpnoticias.com.br

Guaranésia e Região

T r a d i c i o n a l

Cássio Soares busca melhorias para Guaranésia com Comandante da Polícia Militar

Comitiva busca retomada do pelotão da PM em Guaranésia e segurança na Pratinha

Guaranésia:- Em busca de melhorias na segurança de Guaranésia e do distrito de Santa Cruz da Prata, conhecido como “Pratinha”, o deputado estadual Cássio Soares esteve no Comando Geral da Polícia Militar de Minas Gerais, acompanhado do prefeito Laércio Cintra, vice Diego de Castro, vereadores Geraldinho da Prata e Tiago da Prata, chefe de gabinete Vívian Boturi, o secretário Paulo Marcos e representantes dos comerciantes da Pratinha: Edivan e Vagner. A reunião aconteceu na última terça-feira, dia 03 de julho, na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte. A principal demanda apresentada ao Comandante, Coronel Helbert Figueiró, foi a necessidade da retomada do Pelotão da PM no município, como consequência a melhoria no policiamento da cidade

e distrito da “Pratinha”. A comitiva relatou que ações de criminosos que vêm ameaçando a comunidade, colocando famílias em risco e o comércio em dificuldades. “Saímos muito esperançosos. Conseguimos explicar ao comandante a necessidade de um policiamento constante e permanente no distrito e cidade”, comentou o vice-prefeito Diego de Castro. O Distrito de Santa Cruz da Prata fica a 14 quilômetros de Guaranésia e não há um policiamento permanente. A cidade possui apenas um destacamento da Polícia Militar que tem sido insuficiente para conter a criminalidade das duas localidades. “Nosso receio é de que os comércios do distrito do Pratinha não resistam a onda de criminalidade. Nossa cooperativa bancária e

lotéricas foram recentemente assaltadas, e temos medo de que a cooperativa seja fechada devido à insegurança constante também sofrida pelos comerciantes locais”, afirmou o prefeito Laércio Cintra. “Junto do deputado estadual Cássio Soares, ficamos otimistas com a melhora na segurança do nosso distrito”, ressaltou o vereador Geraldinho da Prata. “Trabalhar pelas soluções dos problemas enfrentados pela nossa comunidade, é a minha obrigação e maior compromisso. Estou junto dos amigos e lideranças de Guaranésia e do distrito da Pratinha na busca por melhorias na segurança para o nosso povo. Estaremos sempre atentos as necessidades da nossa gente”, finalizou o deputado estadual Cássio Soares.

Guaranésia recebe mais um veículo para o transporte escolar municipal Guaranésia:- A Prefeitura Municipal de Guaranésia, através da Secretaria Municipal de Educação foi contemplada pela segunda vez na atual gestão com um ônibus Escolar por indicação do Deputado Ivair Nogueira, o qual recebeu os agradecimentos do prefeito Laércio Cintra Nogueira. Esse veículo vem contribuir ainda mais com a eficiência do transporte escolar

em nosso Município. Representando o Prefeito Laércio Cintra Nogueira, o vereador José Osmar da Costa Júnior foi até a cidade de Patos de Minas onde participou da cerimônia oficial de entrega de tal veículo. O Prefeito Laércio destacou a importância de tal aquisição para ampliar a demanda do transporte escolar dentro do Município.

Relembrar Faz Bem

ANOS 70

Apoio Cultural

RELEMBRAR FAZ BEM volta no tempo e recorda panorâmica do cruzamento da Avenida Cel. Antônio Paulino da Costa com a Rua Doutor Pedro Paulino da Costa em Monte Santo de Minas. Apesar do trânsito acanhado, nos anos 70 já se notava o cuidado com as avenidas largas e bem conservadas, contrastando com uma arquitetura imponente dos casarões daquela época. David Franco da Silva Fonte: ESPAÇO MEMÓRIA.

Colunista edgarlook - Espaço Memória - HR

TIMING DE CRIATIVIDADE Um defeito grande dos escritores é confiar em uma coisa que conhecemos como “timing de criatividade”. A minha criatividade, como bom exemplo, segue seu timing, logo após o almoço, aproximadamente a uma e meia da tarde ela dá seus primeiros indícios. Passam-se sete minutos e ela sossega totalmente para voltar lá pelas quatro, esse timing é supostamente infalível na cabeça de todos os cronistas (modéstia parte acho o termo “cronista” um exagero prepotente, mas, indiscutivelmente elegante) e todos os meses

praticamente temos o conteúdo de um pocketbook, em três meses temos uma coletânea. Todo dia temos a plena convicção de que é só esperar as ideias despencarem do cérebro para o papel como maçãs despencando de uma árvore, isso dá algum sentimento vago de segurança que talvez ajude essas criaturas inseguras que chamamos de escritores, mas é aí que vem o “x” da questão. Deram quatro horas e eu ainda não pensei em nada, meu deus que desespero. Penso na política que é uma fonte unânime e “santa” de assuntos para piadas,

sarcasmos, militarismo revolucionário e crônicas, mas dela não me vem nada de especial, mesmo com o prefeito sendo filmado subornando gente e a polícia federal investigando casos e nomeando operações. Minha cabeça transita entre os esportes, a vida cotidiana, a gastronomia e tudo o que pudesse despertar aquele humor sutil de cada dia. Estou começando a desistir dessa carreira antes mesmo dela começar. É estressante e insegura. Ufa... já são vinte para as cinco, não dá mais tempo cérebro, vai essa mesmo.

Materiais para Construção

3555.1356 Rua Prudente de Moraes (35)

3555.1642 Rua Ari Monteiro Dias (35)


jfpnoticias

JFPN tícias

Arceburgo

23 a nos

www.jfpnoticias.com.br 07

10 de julho de 2018

T r a d i c i o n a l

Arceburgo é campeão do JEMG na categoria basquete feminino

Equipe masculina ficou em segundo lugar. Equipe de handebol feminino também representou o município no Estado. Os esportistas igualmente representaram as escolas Colégio Arceburguense e Escola Estadual Cel Lucas Magalhaes.

Arceburgo:- O basquete feminino de Arceburgo (composta por alunos do Colégio Arceburguense) é campeão da etapa regional dos Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG). O resultado garante a classificação para a fase estadual, que ocorrerá na cidade de Uberaba no período de 30/07 a 04/08. Com a vitória e classifica-

ção, a equipe foi alçada entre os oito melhores times de Minas Gerais, já que havia oito etapas regionais seletivas em todo estado. A decisão do campeonato foi no sábado (30/06), em Formiga/MG, contra a equipe de Machado. A cidade foi representada na etapa regional do JEMG 2018

por vários estudantes arceburguenses nas modalidades esportivas: Basquete (feminino e masculino) e Handebol feminino, que conquistou o 5º lugar entre dezenas de equipes Sulmineira. Na tarde de quarta-feira (04), as equipes foram recepcionadas pelo prefeito Gilson Mello, pelo

vice-prefeito Ovídio Cesar e pela Secretária Municipal de Educação, Cultura, Lazer Esportes e Turismo, Rosangela Claret Peres e pela equipe diretiva do Colégio Arceburguense. Os professores Luís Felipe Feracin (responsável pela classificação e vitória das equipes de Basquete), Henrique César e Diego Souza do

Departamento de Esportes também compareceram. No campeonato, todas as equipes foram movidas pela garra e determinação, mostrando a qualidade do esporte local, enfrentando equipes de reconhecida força regional. O espírito de desportividade também esteve presente em todos

os jovens. As equipes contam com o apoio da Prefeitura Municipal, disponibilizando a estrutura para treinamento e preparação dos atletas para as diferentes competições esportivas. Os atletas recebem apoio do município no transporte e na alimentação.

passado, preparamos uma programação especial para 2018 e a cada oportunidade melhoraremos cada vez mais”, destacou o prefeito Gilson Mello. Para comemorar este momento especial, uma solenidade cívica também acontece no dia 30, feriado municipal. Nesta ocasião serão homenageados empresários que tem acreditado no município, com projeções de expansão, reconhecimento dos consumidores e uma história de valor e empreendedorismo almejado por todos.

Um exemplo disso, é Nelson de Nascimento Castro, foto, da Industria de Produtos Alimentícios Cory, uma das maiores empresas em Arceburgo, fonte da maior geração de emprego e renda no município e também responsável pelo Instituto Cory de Educação e Cultura com mais de 200 alunos matriculados e todos gratuitamente. “Como não homenagear estes empresários e o aniversário de uma cidade que representa tanto para muitos? ”, indaga o prefeito arceburguense.

Arceburgo comemora 107 anos de emancipação com atrações artísticas e solenes

Prefeitura prepara uma programação especial para os dias 29 e 30 de agosto

Arceburgo:- Depois do mês junino com sua tradicional Festa de São João Batista, o mês de agosto também costuma ser de muitas comemorações para os arceburguenses. Isso porque esse é o mês em que a cidade completa 107 anos de Emancipação Político-Administrativo. E para celebrar essa data em grande estilo a Prefeitura promove dois grandes shows: Banda Rosa de Saron (dia 29) e Rio Negro e Solimões (dia 30), e todos gratuitamente. “A exemplo do ano

Nasce a primeira bezerra fruto do Programa Mais Genética Totalmente gratuito para o produtor rural, aproximadamente 70 inseminações já foram realizadas com garantia de sucesso e qualidade Arceburgo:- Nasceu no dia 02, a primeira bezerra, fruto do Programa Mais Genética implantado no Município. Nascida na propriedade rural do produtor Moacir Cagnone de Araúro, sitio União, a bezerra goza de boa saúde e foi gerada a partir de uma única inseminação, com taxa de sucesso comprovada pelo nascimento sadio e regular. Através deste programa os produtores rurais arceburguenses estão sendo beneficiados com a doação de um botijão de sêmen da alta genética, uma Moto e todos os equipamentos necessários para Inseminação. Esta foi uma parceria de grande sucesso através de Emenda Parlamentar do Deputado Estadual Emidinho Maderia e de Arceburgo. A inseminação é feita para pequenos produtores a custo zero, garantindo melhoramento genético do

rebanho leiteiro e assim conseqüentemente a renda desses produtores. O Projeto Mais Genética vem sendo desenvolvido no município desde 2017, atendendo a zona rural do município com sêmen para o melhoramento genético do rebanho leiteiro. Um dos maiores atrativos do projeto é o fato de ser totalmente gratuito para o produtor rural. Aproximadamente 70 inseminações já foram realizadas com garantia de sucesso e qualidade. De acordo com Leandro Araújo, responsável pelo projeto no município, “a técnica de inseminação artificial é um excelente método de melhoria genética do rebanho, tendo em vista a utilização de sêmens com potencial genético comprovado pelo intenso trabalho de seleção das centrais”.

Reali z ação da Pr e f ei tur a Municipal de A r cebur go

“A população de Arceburgo pagou por esta publicação o valor de R$178,20”


08

jfpnoticias

10 de julho de 2018

JFPN tícias 23 a nos

Guaranésia

www.jfpnoticias.com.br

T r a d i c i o n a l

Arraiá na Praça reuniu centenas de pessoas na sexta-feira, 29, Dia de São Pedro Guaranésia:- Na sexta-feira, 29, Dia de São Pedro, aconteceu na Praça Coronel Paula Ribeiro o Arraiá na Praça. O Even-

to foi realizado pela de Cultura, Esporte juntamente com a de Desenvolvimento

Secretaria e Turismo Secretaria Social e o

Centro de Convivência do Idoso. A Quadrilha Junina abrilhantou a noite ao som da

Dupla Rosanne Silva e Aluísio. Forró, Catira e Folia de Reis também foram atrações no Arraiá, que contou com a presen-

ta de centenas de pessoas. A Administração Municipal parabeniza todos os organizadores em mais esse even-

to, que foi um sucesso e reuniu pessoas de todas as idades levando cultura e entretenimento a todos.


jfpnoticias

Guaranésia e Mococa

Polícia Militar de Minas Gerais comemora 243 de atividade Guaranésia:- Na manhã de terça-feira, 19 de junho, o prefeito Laércio Cintra Nogueira juntamente com o presidente do Conselho de Segurança Pública de Guaranésia (CONSEP) Sérgio Donizete Nadaleti, participaram da cerimônia de comemoração dos 243 anos da Polícia Mili-

tar de Minas Gerais. O evento aconteceu no Teatro Municipal de Guaxupé e reuniu dezenas de pessoas, entre autoridades regionais, militares e seus familiares. Durante a cerimônia, alguns policiais foram homenageados com a entrega de me-

JFPN tícias 23 a nos

dalhas, entre eles, 1º Sargento da Polícia Militar Flávio Donizetti Godoi dos Santos e Cabo Elvis, da 20ª Cia de Guaranésia. O prefeito Laércio parabeniza a todos os Policiais Militares pelo trabalho realizado em prol da segurança de toda sociedade.

Centenas de pessoas participam do primeiro dia do “Agita Mococa” Mococa:- No sábado, 7 de julho, aconteceu o primeiro dia do Agita Mococa na EXPOAM com atividades recreativas, esportivas e culturais de graça para a população. As crianças tiveram a oportunidade para conhecer a es-

colinha de trânsito e se divertir nos brinquedos infláveis disponibilizados para garantir a alegria da criançada. A festa continuou no domingo, 8, e na segunda-feira, 9, feriado. Muita música, brinquedos, atividades esportivas, recreativas e

culturais das 9h às 17h. Foram dias diferentes para as crianças e seus familiares que participaram nesses três dias de agitação, no Parque Ecológico e de Exposições José André de Lima “EXPOAM”.

10 de julho de 2018

www.jfpnoticias.com.br 09

T r a d i c i o n a l

Prefeitura de Guaranésia doa terreno para Lions Clube Guaranésia:- Foi com grata satisfação que o prefeito Laércio Cintra Nogueira comunicou que o Lions Clube de Guaranésia, recebeu da Prefeitura lote de terreno, para construção da sede própria para a realização das atividades e trabalhos sociais perante a população. A motivação da doação do terreno ao Lions se deu pelo

pedido desse à Municipalidade e confirmado o interesse público no atendimento de objetivos de cunho social perante a sociedade. O Lions, em seu Estatuto logo no primeiro artigo diz que “Seu Lema é Servir”, e assim se tem comprovadas ações desta entidade juntamente com seu agregado grupo de jovens entre

14 e 23 anos, Leo Clube, em benefício da população. O prefeito Laércio Cintra, ao entregar a Carta de Doação para os membros da Diretoria, frisou que com esta atitude Guaranésia irá firmar mais uma parceria de atenção à população e aproveitou para parabenizar a nova Diretoria que tomou posse recentemente.


10

jfpnoticias

10 de julho de 2018

Novo Basquete Monte Santo é vice-campeão da LIDARP

JFPN tícias 23 a nos

Novo projeto do futsal feminino de Monte Santo começa sua trajetória em competições

Sub 15: Thalita, Pâmela, Maria Vitória, Eduane, Ana, Paola e Daniela

Monte Santo:- Em sua primeira participação na LIDARP, o Novo Basquete Monte Santo conquista o vice-campeonato! Comemorando a importante conquista, dirigentes do Departamento Municipal de Esportes (DME) assinalam que “é um orgulho muito grande para todos nós do Departamento Municipal de Esportes e, com certeza, para toda população

de Monte Santo, vermos uma conquista dessa em tão pouco tempo de trabalho. Parabéns a todos os atletas e comissão técnica, por esse feito maravilhoso não só para o Basquete, mas para o esporte monte-santense!’ Os dirigentes também ressaltam que foi um trabalho que começou de maneira mais organizada e profissional há

apenas 5 meses, com a chegada do professor Rincón, que vem treinando não só o time principal, mas também as categorias de base do nosso basquete. “E os primeiros resultados já começam a aparecer! Agora, o Novo Basquete Monte Santo está na disputa da Copa Difusão, além de iniciar sua preparação para os Jogos da AMOG”, finalizaram.

www.jfpnoticias.com.br

Monte Santo de Minas

T r a d i c i o n a l

Sub 17: Iza, Vitória, Isabela e Daiane, Pâmela, Helen, Isis e Carol

Monte Santo:- No sábado, 30 de junho, as equipes femininas de base do Futsal Monte Santo, foram até São Tomás de Aquino, onde enfrentaram as equipes da casa, em jogos válidos pela Copa SP-MG de Futsal - Categoria Feminina. No Sub 15, São Tomás de Aquino venceu por 7 a 3. Gols: Pâmela (3). No Sub 17, deu empate: São Tomás de Aquino 2 X 2 Monte Santo. Gols: Daiane e Pâmela. É apenas o início de trabalho com as categorias de base do Futsal Feminino, muitas meninas estão participando de uma competição pela primeira vez e, mesmo assim, a avaliação foi a melhor possível. “Parabéns, meninas! Parabéns mesmo! Agora é continuar firmes nos treinamentos e buscar evoluir mais e mais. Parabéns, também, ao técnico Adenilson pelo excelente trabalho que vem fazendo e pelo carinho que tem com Futsal Feminino”, disseram os dirigentes do DME.

A Copa do Comércio de Futsal de Monte Santo de Minas (Regional) tem um novo campeão Monte Santo:- Na sexta-feira, 29 de junho, aconteceu a grande final da Copa do Comércio de Futsal 2018. Uma das competições da modalidade mais tradicionais de nossa região foi, mais uma vez, um grande sucesso. Atualmente

a Copa do Comércio se transformou em um campeonato regional, devido ao alto nível das equipes e tamanha organização da mesma, atraindo os grandes times e os melhores atletas de toda a região. Nesta edição de 2018 tivemos um

campeão inédito, a Marmoraria Vitória, de Guaxupé, que venceu na grande final, o Antoninho pelo placar de 5 a 2. Na disputa do 3º lugar, a Reis Confecções/DFS levou a melhor sobre o VS/Casa Bar, vencendo o jogo por 1 a 0.

Marmoraria Vitória de Guaxupé - Campeão

Antoninho – Vice-campeão

Reis Confecções - 3º Lugar

Artilheiro - Misael

- Campeão: Marmoraria Vitória - Vice-campeão: Antoninho - 3º lugar: Reis Confecções/D.FS - Goleiro menos vazado: Mário e Paulo (VS/Casa Bar) - Artilheiro: Misael (Antoninho) “Gostaríamos de pa-

rabenizar os campeões e todas as equipes participantes, além de agradecê-los pela confiança e parceria. Agradecer, também, todos os empresários e comerciantes, pela iniciativa e apoio ao futsal, vocês são os principais

responsáveis pelo acontecimento e sucesso da competição. Eventos esportivos como este, fortalece o esporte em nosso município e em nossa região, além de servir de incentivo para crianças e jovens” disseram os dirigentes do DME.

Goleiros Menos Vazados (Mário e Paulo)

Monte Santo se classifica para segunda fase da Taça EPTV de Futsal Monte Santo:- Após empate em 2 a 2 pela primeira rodada da competição, em jogo realizado em Itapeva-MG, contra a equipe da casa, o Futsal Monte Santo foi a quadra novamente, em jogo realizado no Poliesportivo Giovani Tortorelli, em Monte Santo de Minas. O adversário foi a fortíssima equipe de Passos, e quem compareceu, pôde assistir um jogão de futsal, de muita qualidade e com emoção do início ao fim. Que jogo!!! O placar foi 3 a 2 para Monte Santo (2 gols de Krê e 1 de Binho). Tendo duas viradas no placar. A torcida monte-santense marcou presença em grande número e empurrou a equipe durante toda a partida. “Só temos a agradecer a cada um

dos torcedores. Vocês foram fundamentais”, disseram os atletas. Com o resultado, Monte Santo garantiu sua classificação para a segunda fase da competição, e aguarda a definição de seus próximos adversários. Comemorando o importante resultado, Zezinho Tortorelli, dirigente do DME, salientou que “mais uma vez agradecemos a todos aqueles que vêm nos apoiando e torcendo por nós em cada partida; A Prefeitura Municipal, por todo o investimento no esporte bem como no futsal. A START Centro de Treinamento Funcional, por toda atenção e suporte aos atletas; E, claro, a todos os atletas e comissão técnica, pelo brilhante trabalho que vêm fazendo

e pela excelente vitória conquistada! O próximo desafio da equipe será a semifinal da Copa AMOG de Futsal,

contra Juruaia. O jogo em Monte Santo. Contamos com seu apoio”, finalizou.


jfpnoticias

Região

JFPN tícias

Vitrine 23 a nos

10 de julho de 2018

www.jfpnoticias.com.br 11

T r a d i c i o n a l

o clique da região

01 – Os “maninhos” Leandro e Luana se divertiram dançando quadrilha na Festa Junina da Escola Degraus realizada do dia 29 de junho, Dia de São Pedro. Aliás, é uma grande festa que se realiza anualmente pela direção da escola. 02 – Abrilhantando a festança na Escola Degraus, o cantor monte-santense Robson Caetano, acompanhado pelo Toninho no teclado e Stefano no violão. O som foi de Thiago Som. Arrasaram! Veja das fotos 03 a 30 o Jantar dos Namorados realizado pela Associação Comercial (Acims), no dia 16 de junho, no Minas Clube, que ficou superlotado. O jantar contou com a brilhante participação do jovem cantor Arthur e Banda, como também do versátil e talentoso cantor Sidnei e Banda. Foi sucesso total. As fotos são de Lourival Antoniolli, da Foto Art Arizona.

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

1

17

16

20

18

19

21

25

22

23

27

24

28

26

29


12

jfpnoticias

JFPN tícias

10 de julho de 2018

JFP for Woman

23 a nos

O produto, à base de óleo de amêndoas e calêndula, custa apenas US$12. QAlém dos produtos de sua marca, Fenty Beauty, Rihanna usa um creme baratinho e milagroso para cuidar da pele. De acordo com a InStyle, a cantora sempre encomenda tubos do Weleda Skin Food e adora usá-lo antes da manicure. O hidratante é uma ótima opção para cutículas secas, mas também tem um efeito poderoso no rosto e nas regiões do corpo em que a pele é mais áspera, como cotovelos e calcanhares. O produto custa em torno de US$12 e tem formulação à base de ingredientes naturais, como óleo de amêndoas doces, calêndula, camomila, cera de abelha e amor-perfeito. Veja mais no site: Fonte: www.mdemulher.com.br

3591.1049

UMA RAIZ QUE VALE OURO

A RHODIOLA ROSEA é uma erva medicinal, tradicionalmente utilizada na China, conhecida como Raiz de Ouro por proporcionar benefícios valiosos para quem procura vida longa e saudável. Os orientais sempre acreditaram que ela ajuda a combater a fadiga e a exaustão em situações stressantes prolongadas, e consequentemente evita todas as alterações patológicas que são

desencadeadas neste processo. A RHODIOLA ROSEA é usada para aumentar a energia, a resistência, a disposição e a capacidade mental. Portanto, é conhecida como uma planta adaptogênica, ajudando o corpo a se adaptar e resistir ao stress químico, físico e ambiental aos quais é submetido. Esta propriedade abre um leque de benefícios diretos: - é protetora do sistema cardíaco, poupando-o dos efeitos oxidativos

www.jfpnoticias.com.br

Rihanna usa creme baratinho e natural para cuidar da pele

Rua Cel. Lucas Magalhães, 64 - Centro Monte Santo de Minas/MG 35.

Região

T r a d i c i o n a l

- regula os níveis de ansiedade, stress e depressão - é estimulante da atividade cerebral, da aprendizagem e da memória - melhora a função sexual - minimiza o desgaste esportivo e acelera a recuperação pós-treino para atletas. Ou seja, RHODIOLA ROSEA é sinônimo de vitalidade física e cognitiva. Um presente da natureza.

PREFEITURA MUNICIPAL DE GUARANÉSIA Torna pública a abertura do Processo nº 092/2018 – Pregão Presencial nº 059/2018 – Menor Valor por Item. Objeto: Prestação de serviço para conserto de dois chafarizes das praças centrais. Data e hora de abertura: 31/07/2018 às 9h. Processo nº 096/2018 – Pregão Presencial nº 062/2018 – Menor Preço do Item. Objeto: Registro de preço para prestação de serviço de plotagem pelo período de doze meses. Data e hora de abertura: 30/07/2018 às 14h. Processo nº 102/2018 – Pregão Presencial nº 076/2018 – Menor Valor por Item. Objeto: Registro de preço para a prestação de serviço de manutenção em aparelhos e equipamentos médicos, hospitalares e odontológicos, para serviço eventual e futuro no período de doze meses. Data e hora de abertura: 25/07/2018 às 14h. Processo nº 105/2018 – Pregão Presencial nº 066/2018 – Menor Valor por Item. Objeto: Registro de preço para prestação de serviço de coleta de lixo infectocontagioso para atender as unidades da Secretaria Municipal de Saúde, para atendimento eventual e futuro pelo período de doze meses. Data e hora de abertura: 25/07/2018 às 9h. Processo nº 109/2018 – Inexigibilidade nº. 017/2018. Objeto: CREDENCIAMENTO de EMPRESAS para habilitarem-se a receber terrenos em doação, na forma onerosa, localizados no Loteamento Capitão, para constituição do Polo do Empreendedor “Tim Vilas Boas”, dentro de um todo de 112.840,00 m² (cento e doze mil, oitocentos quarenta metros quadrados), baseado na Lei Municipal nº 2.174 de 14 de dezembro de 2017. Os interessados poderão enviar suas documentações, em conformidade com o edital, a partir do dia 16/07/2018. Processo nº 115/2018 – Pregão Presencial nº 077/2018 – Menor Valor Global. Objeto: Prestação de serviço de seguro para 02 (dois) caminhões e 01 (um) Spin, pertencentes à frota municipal. Data e hora de abertura: 26/07/2018 às 9h. Processo nº 116/2018 – Pregão Presencial nº 078/2018 – Menor Valor por Item. Objeto: Registro de preço para a prestação de serviço de brigadistas e seguranças para atuarem nos eventos realizados no município e no Distrito de Santa Cruz da Prata no período de doze meses. Data e hora de abertura: 26/07/2018 às 14h. Processo nº 127/2018 – Pregão Presencial nº 079/2018 – Menor Valor Global. Objeto: Registro de preço para aquisição de peças e acessórios para os veículos e máquinas da frota municipal, para fornecimento eventual e futuro pelo período de doze meses. Data e hora de abertura: 27/07/2018 às 9h. Processo nº 128/2018 – Pregão Presencial nº 080/2018 – Menor Valor por Item. Objeto: Aquisição de uma patrulha mecanizada. Tal aquisição visa a execução do objeto previsto no Convênio / MAPA nº 037/2018 – SICONV 868601/2018, celebrado entre o Município de Guaranésia e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Data e hora de abertura: 30/07/2018 às 9h. Guaranésia, 10.07.2018 – Laércio Cintra Nogueira – Prefeito Municipal.


jfpnoticias

Itamogi e Região

JFPN tícias 23 a nos

10 de julho de 2018

www.jfpnoticias.com.br 13

T r a d i c i o n a l

Amistosos em São Pedro da União Itamogi:- No dia 07/07 as equipes de futsal sub 15 masculina e feminina do Projeto Cascudo/PM Itamogi, disputaram e venceram duas partidas amistosas na cida-

de de São Pedro da União com os seguintes resultados: Na categoria feminina vitória por 3 X 0 gols de Alexandra, com as participações das se-

guintes atletas: Mirelly, Jéssica, Kauany, Alexandra, Bianca, Tainá e Joice, técnico Ivanir Carlos e auxiliar Ketty Araújo. Na categoria masculina

vitória da equipe itamogiense por 9 X 3, gols de Gabriel, Waloran (04), Luís Felipe (02), Marcos (02). Sob o comando técnico de Ketty Araújo atuaram os seguin-

tes atletas: Pedro, Vinicius, Luan, Luís Gabriel, Júlio, Luís Felipe, Marcos. As participações das equipes do Projeto Cascudo nes-

Equipe feminina de Itamogi

Equipe feminina de São Pedro da União

Sub 15 de Itamogi

Secretário de Esportes de São Pedro da União, professor Fábio

tes amistosos contaram com o apoio da Prefeitura Municipal de Itamogi. Agradecimento ao Departamento de Transporte Municipal e ao motorista sr. Pedro Rosa.

Estado e Codemge levam artesanato mineiro a eventos em todo o Brasil Convênio destinará recursos à participação de artesãos do estado em feiras nacionais, beneficiando mais de 400 profissionais

O Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge), assinou convênio que irá destinar mais de R$ 500 mil ao fomento do artesanato no estado. Os recursos irão possibilitar a participação de 420 artesãos nas maiores feiras do Brasil, atuando diretamente em um dos principais desafios da atividade: a estruturação de canais de comercialização

Fone: (35) 3591.2452

adequados. A parceria entre a Codemge e o Centro de Artesanato Mineiro (Ceart) foi celebrada no último dia 28/6, em São João del-Rei, em cerimônia que contou com a presença da presidente do Serviço Social Autônomo (Servas), Carolina Pimentel. O valor disponibilizado pelo convênio será de R$ 567.204,00, sendo R$ 472.670,00 de investimento da Codemge e o

Av. Antonio Pereira Lima, 632 - Monte Santo de Minas/MG

restante (R$ 94.534,00) como contrapartida do Ceart. Entre novembro de 2018 e julho de 2019 os profissionais poderão exibir e comercializar seus produtos em cinco eventos de alcance nacional: o 11º Salão de Artesanato (São Paulo/SP, novembro/2018), a 29ª Feira Nacional de Artesanato (Belo Horizonte/MG, em dezembro/2018), a 24ª Fiart (Natal/RN, janeiro/2019), o 12° Salão de Artesanato (Brasília/DF, março/2019), e a 20ª Feira de Negócios de Artesanato (Olinda/PE, julho/2019). Os recursos irão contemplar a aquisição do espaço, montagem do estande, passagens aéreas, hospedagens, transporte urbano e frete para os artesãos e a equipe de apoio. Serão levados a cada evento entre 40 e 120 artesãos; no total, 420 profissionais serão beneficiados. Estudo de 2013 do DataSebrae aponta que a comercialização dos produtos e o acesso a mercados se destacam como as maiores dificuldades enfrentadas pelos artesãos. As feiras nacionais de artesanato constituem importante oportunidade de comercialização e de divulgação e fortalecimento da produção artesanal, mas os altos custos relativos à compra e à montagem dos espaços, bem como às passagens aéreas e estadias, fre-

quentemente impossibilitam a participação dos profissionais. A iniciativa irá, portanto, estimular o escoamento da produção artesanal, valorizar e promover o artesão de Minas Gerais, gerando renda para esses profissionais, além de difundir o artesanato mineiro, em toda sua diversidade e potencialidade, em nível nacional. As ações da Codemge voltadas ao artesanato se baseiam no reconhecimento do setor como estratégico para o desenvolvimento econômico sustentável do estado. O objetivo é contribuir para a promoção desse ofício, nas suas mais nobres e diversificadas tipologias, e oferecer, de maneira organizada e permanente, uma proposta de convergência para as diversas manifestações artísticas do setor em Minas Gerais. Dessa forma, o artesanato mineiro torna-se mais competitivo em nível nacional e mais reconhecido internacionalmente, consolidando-se como um meio de desenvolvimento econômico, social e cultural em Minas Gerais.

Programa +Artesanato O Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Política Estadual de Desenvolvimento do Artesanato Mineiro – Programa +Artesanato, tem por objetivo valorizar o segmento e reconhecê-lo como estratégico para o desenvolvimento econômico sustentável do estado. As ações do programa fundamentam-se nos princípios da sustentabilidade socioeconômica e ambiental, da valorização do território como reconhecimento da singularidade e da autenticidade da produção artesanal local, bem como da preservação da tradição artesanal, da identidade local e do senso de comunidade. Entre as iniciativas vinculadas ao +Artesanato e coordenadas pela Codemge, estão a criação e a implementação da Vila do Artesanato em Araxá, com investimento superior a R$ 2 milhões. Trata-se de espaço voltado para divulgação, exposição e comercialização de produtos artesanais.

O artesanato brasileiro é conhecido em todo o mundo por sua criatividade. Esse rico conjunto de produtos, desenhos e tons surgiu da herança dos povos que por aqui passaram e constituem a cultura brasileira. Saber identificar e estimular a identidade cultural de cada região, por meio do artesanato, é de fundamental importância para a cultura e para o artesanato em si. Identificar cada cultura através de traços, cores e texturas características agrega valor ao ornamento, seleciona o público para o qual será vendido e aumenta as chances de apreciação por parte do consumidor. Estima-se que 300 mil mineiros atuem hoje como artesãos; o setor movimenta cerca de R$ 300 milhões por ano. O segmento, além de gerar renda e trabalho para os artesãos do estado, movimenta outros setores, contribui para o incremento do PIB mineiro e fortalece a indústria criativa, social e sustentável. Foto: Acervo/Seedif


14

jfpnoticias

Policial

10 de julho de 2018

JFPN tícias 23 a nos

Polícia Militar apreende duas armadas de fogo durante realização de operação preventiva Monte Santo:-No dia 27 de Junho por volta das 23h00min, em Monte Santo de Minas/MG, a Polícia Militar durante operação preventiva pela Rua Antônio Carlos Braga, s/nº, Bairro Jardim Novo Mundo, avistou em uma construção um indivíduo trajando blusa na cor preta, boné e calça jeans, o qual ao perceber a aproximação da viatura policial, empreendeu fuga sentido a uma densa mata existente aos fundos da rua, não sendo mais visto. De imediato foram realizadas buscas na construção em que o suspeito se encontrava, sendo localizada debaixo de uma pilha de tijolos, uma sacola plástica contendo em seu interior 156 de Eppendorfs usados para acondicionar cocaína, os quais estavam vazios, uma Garrucha, marca Rossi, calibre .32, uma Espingarda artesanal calibre desconhecido, uma munição intacta calibre .32, 02 cartuchos calibre .32 deflagrados

e 02 cartuchos calibre .22, também deflagrados. Do exposto, foi realizado rastreamento com intuito de loca-

lizar o suspeito, porém até o momento sem êxito, sendo o material apreendido e encaminhado a Delegacia.

Monte Santo de Minas e Região

www.jfpnoticias.com.br

T r a d i c i o n a l

Polícia Militar realiza operação e apreende armas de fogo e drogas Monte Santo:- Nos dias 28 e 29 de junho de 2018, na cidade de Monte Santo de Minas, a Polícia Militar, recebeu diversas denúncias anônimas sobre armas de fogo e drogas, tendo na oportunidade solicitado ao poder judiciário os mandados de busca e apreensão para dar suporte e legalidade para a realização das operações. O poder judiciário de imediato concedeu os competentes mandados de busca e apreensão, sendo que nos dias 28 e 29 de junho as operações foram realizadas em diversos locais, sendo na Zona Rural e perímetro urbano, onde foram obtidos os seguintes resultados: Foram apreendidas 01 espingarda calibre 28, 01 carabina de pressão, 01 espingarda calibre 12 e 01 espingarda calibre 36. Também foram apreendidas várias munições de diversos calibres, como .50, 762, 9mm e outros. Foram apreendidos ainda diversos acessórios para recarga de cartuchos para armas de fogo, como cartuchos vazios, chumbo, pólvora e espoletas, sendo na oportunidade 04 pessoas maiores conduzidas para a Delegacia. Além dos materiais acima

descritos foram apreendidas ainda 12 pedras de crack, 22 papelotes de cocaína e 01 binóculo e na oportunidade foi apreendido um adolescente que é bastante conhecido nos meios policiais pela prática do tráfico de drogas, tendo sido apreendido por

diversas vezes pela Polícia Militar pelo mesmo delito. Diante a todos os fatos narrados, os envolvidos foram apresentados na Delegacia, juntamente com todo o material que foi localizado.

Secretaria de Estado de Cultura lança edital da Lei Estadual de Incentivo à Cultura Com uma série de inovações, mecanismo de incentivo descentraliza e democratiza o acesso aos recursos e torna mais amplo o processo de captação para os proponentes; inscrições podem ser realizadas a partir de 16 de julho

Para impulsionar as manifestações culturais e artísticas de Minas Gerais, a Secretaria de Estado de Cultura lança a Lei Estadual de Incentivo à Cultura 2018 (LEIC). A estimativa de investimento ao longo de 2018, por meio do Sistema de Financiamento à Cultura, é de aproximadamente R$ 102 milhões. Desse total, 35% será destinado ao Fundo Estadual de Cultura, que pode contar com recursos da ordem de 36 milhões. O restante, cerca de R$ 66 milhões, será destinado à LEIC para viabilizar

Alimento Assim Assados Aceitamos Encomendas de Carnes Especiais – Espetinhos Todos os Dias! Agora também é açougue. Av. Dr. Antonio Pereira Lima, 290 – Fones: (35) 9 9225-9787 – 9 9108-4393 Monte Santo de Minas/MG Empório dos Grãos Rua Marechal Deodoro, 54 – Fones: Monte Santo de Minas/MG (35) 3591-2434 – 9 9950-9336 (Vivo) Doce Blanco (Adriana Festas) Doceria e Decorações para Festas Rua Antenor Carvalhaes, 253 – Fones: (35) 3591-2908 – 9 9103-1233 (Tim) e 9 9114-7112 (Tim) Monte Santo de Minas/MG Maria Aparecida (Cida Maravilha) Torresmo de Carne de Porco na Lata, Farofa de Torresmo, Banha de Porco e muito mais! Fones: (35) 3591.1048 – 9 9171.3371 Rua Arapongas, 124 – Vila Maria Monte Santo de Minas/MG Auto Escola Auto Escola Paraíso Centro de Formação de Condutores (Dirigida a Você) e-mail: autoescolaparaisomontesanto@hotmail.com Av. Dr. Antonio Pereira Lima, 172 Monte Santo de Minas/MG 3591-3377 – 9 9811-0640 – 9 92030492 Açougue Casa de Carnes do Cláudio Espetinhos todos os dias Av. Governador Valadares, 0765 Monte Santo de Minas - 3591-4548 Casa de Carnes São José (Temos Espetinhos todos os dias) Av. Governador Valadares, 340 Centro - Monte Santo de Minas 3591-3282 Bar Bar da Fia Servindo Frango Assado todos os Domingos, Mandioca e a melhor Costela Assada da Cidade! Faça sua encomenda antecipada: Fones (35) 3591.1119 9 9150.2070 (Tim)

a realização de projetos culturais via renúncia fiscal atrelada ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Os interessados podem se inscrever a partir do dia 16 de julho. Uma das novidades deste ano se refere ao processo de inscrição, que será realizado de forma online por meio da Plataforma de Fomento e Incentivo à Cultura, disponível em www.cultura.mg.gov.br. Com a regulamentação do Sistema de Financiamento à Cultura

Rua 06, 128, Jardim Ipiranga Monte Santo de Minas/MG Adriano’s Bar Servindo a Cerveja mais Gelada da Cidade - Rua Monte Alegre, 195 – Jardim Boas Novas – Fone: 3591-2992 Monte Santo de Minas/MG Bar do Mazaropi Salgados, Bebidas e o Melhor Torresmo da Cidade - Rua Dr. João Riberio, 236 Monte Santo de Minas/MG Fone: 9 9991-0400 Bar do Moretti Praça Cel. Silveira de Mello, 35 (Praça da Matriz) Monte Santo de Minas/MG Drograria Rede Inova (Drogaria do Pedro) Av. Governador Valadares, 226 - Centro Monte Santo de Minas Fones: (35) 3591.4201 | 9 9169.8802 Empréstimos Nilson Minas Cred (Empréstimo consignado) Av. Vital Paulino da Costa, 1.486 A Centro Monte Santo de Minas 9 9202-4774 (Tim) / 9 9853-2623 (Vivo) Elétrica Roberto Soluções Elétricas Prestação de serviços Residenciais, Prediais e Comerciais! Fone: (35) 9 9158 7460 (Vivo) 9 9120 1509 (Tim) Ferramentas Casa das Ferramentas Av. Dr. Antonio Pereira Lima, 127 Centro - Monte Santo de Minas 3591.1828 - 3591.3119 Informática Kennedy Assistência técnica Computadores, notebooks, redes, smartphones. Rua Monsenhor Pereira, 229 - Centro Monte Santo de Minas/MG Fone 3591-3699 / 991171310 Whats 35 99137-9868 Instalações Elétricas Difer - Comércio e Instaladora Elétrica Av. Antônio P. Lima, 171 Centro - Monte Santo de Minas

(SIFC), que veio para ampliar e descentralizar os recursos públicos destinados ao segmento cultural, a LEIC passa a contar com algumas inovações que vão democratizar o acesso ao mecanismo de incentivo, diminuir a burocracia e melhorar prazos. A partir deste ano, fica estabelecido o fluxo contínuo para a apresentação dos projetos, bem como sua análise, eliminando os prazos restritivos do incentivo fiscal. Desta forma, o edital tem duração ao longo de todo o ano. O período para

captação de recursos também foi ampliado e passa a contar com 12 meses, que poderá ser prorrogado por mais um ano. Por exemplo, um projeto que receber Autorização de Captação (AC) em agosto de 2018, terá até o mesmo mês de 2019 para captar, podendo ter o prazo prorrogado para agosto de 2020. O superintendente de Fomento e Incentivo à Cultura, Felipe Amado, ressalta a importância da sociedade civil, dos agentes culturais e órgãos governamentais na reformulação da Legislação de Fomento e Incentivo à Cultura. “Trata-se de um processo que levou em consideração o diálogo, escutando as principais demandas dos agentes culturais, no esforço para transformar os mecanismos de financiamento mais democráticos e acessíveis. A mudança nos prazos para apresentação das propostas, a alteração no processo de captação e o incentivo aos projetos do interior de Minas Gerais são exemplos de que os anseios do segmento cultural estão sendo contemplados”, explica Felipe Amado. Outro destaque da LEIC

Agenda Localize

3591-3885 / 9 9134-2323 (Tim) Lanches Cachorro Quente do Menotti R. Antenor Carvalhaes, 0854 Centro - Monte Santo de Minas 9 9192-2637 Limpeza Mult-Limp Material de Limpeza, Presentes e Utilidades em Geral Rua Antenor Carvalhaes, 664 Monte Santo de Minas/MG Fone: (35) 3591-2325 Locadora Kurty Vídeo e Presentes (Compra e Venda de Móveis Antigos e Usados - Decoração e Filmes) Av. Dr. Aristides Cunha, 284 Centro - Monte Santo de Minas 3591-1534 / 9 9128-3334 (Tim) Loja Balão Mágico R. Dr. Pedro P. da Costa, 478 Centro - Monte Santo de Minas Entretanto R. Dr. Pedro P. da Costa, 505 Centro - Monte Santo de Minas 3591-3234 / 9 9233-3330 Loja da Tânia Av. Conde Ribeiro do Vale, 154 Monte Santo de Minas/MG Fone: (35) 3591-3517 Mercados Mercado 1º de Maio Serviços de Açougue Entrega em Domicílio Rua Paulo Pelegrine, 20 – Jardim 1º de Maio – Monte Santo de Minas/MG Fone: (35) 3591-3714 Mercado Boas Novas (Demarzinho) Mercado Moderno, Açougue, Utilidades e Hortifrúti. Contamos com estacionamento Entrega a domicilio Rua Amadeu Falbo, 370 Fone: 3591-1582 Moto Greghi Motos Peças – Acessórios - Manutenção Auto Socorro 24 horas – Compra e Venda de Automóveis e Motocicletas Av. Límirio Pereira de Mello, 170 – Monte Santo de Minas/MG

(35) 9146-8119 (Tim) – 9907-8486 (Vivo) Panificadoras Panificadora Boas Novas Av. Governador Valadares, 0823 Jd. Boas Novas - Monte Santo de Minas 3591-1283 / 9 9108-1585 Panificadora Magnólia (Aceitamos encomendas de Pães e Bolos para Festas) R. Comendador Coelho, 345 Jd. Magnólia - Monte Santo de Minas 3591-3403 / 9 9131-5731 (Tim) Panificadora do Kiko (Aceitamos Encomendas de Pães e Bolos para Festas) Rua Goiás, 456 Jd. Brasil - Monte Santo de Minas 3591-3810 / 9163-4292 Panificadora Sabor de Minas R. Goiás, 178 - Jd. Bandeirantes Monte Santo de Minas www.facebook.com/pad.sabordeminas 9 9191-1015 (Tim) / 9 9889-2855 (Vivo) Panificadora Santa Clara (Aceitamos encomendas de pães e bolos para festas) Av. Antônio Pereira Lima 161 Centro Monte Santo de Minas 3591-4188 / 9 9171-6788 (Tim) Pet Shop e Pesca Comercial Lara Guimarães (Pet Shop e Pesca) Rua Fabiano Soares, 489 Centro - Monte Santo de Minas 3591-1086 - 9 9143-5135 (Vivo) Restauração de Móveis Antônio C. Zanetti (Pancho) Restauração de Móveis Antigos R. Olívia P. Lima, 0380 Jd. Magnólia - Monte Santo de Minas 3591-3272 / 9 9991-5928 Rádio Rádio Cidade Online Acesse e Confira! WWW.radiocidadeonline.net – 24 horas no ar! Rádio Cidade Online a Rádio 100% você! Fone: (35) 9 9147-8528

2018 diz respeito aos percentuais das contrapartidas, que vai de 0,5 a 25%. Propostas de apelo acentuadamente mercadológico e comercial passam a ter percentuais maiores de contrapartida do incentivador, enquanto projetos de caráter eminentemente cultural passam a contar com percentuais mínimos. Além disso, projetos do interior terão contrapartidas menores dos que as propostas executadas na capital. Devido às regras de transição do SIFC, os projetos que receberam Autorização de Captação (AC) no Edital LEIC 2017 poderão solicitar, a partir de 10 de julho, a prorrogação de seu prazo de validade até 31 de dezembro. A solicitação deverá ser apresentada até 31 de outubro por meio de formulário disponível no site da Secretaria Estado de Cultura. Sistema de Financiamento à Cultura (SIFC) Instituído pela Lei 22.944/2018, o SIFC visa ampliar e descentralizar os recursos públicos destinados ao segmento cultural, por meio da gestão do Fundo Estadual de Cultura (FEC) e da Lei Estadual de In-

centivo à Cultura (LEIC). A estimativa de investimento ao longo de 2018 por meio de isenção fiscal é de aproximadamente R$ 102 milhões. Desse total, 35% serão destinados ao FEC, que pode contar com recursos da ordem de 36 milhões. O restante, cerca de R$ 66 milhões, será destinado à LEIC. Conforme o decreto regulamentador, o Sistema de Financiamento à Cultura (SIFC) vai apoiar financeiramente projetos culturais relacionados às atividades como produção, pesquisa e documentação, publicações técnicas, seminários, cursos e bolsas de estudos, novas mídias, concursos, mostras, circulação, eventos, feiras, festivais, aquisição de acervo, intercâmbio e residências artístico-culturais. Dentre as áreas contempladas, constam ainda artes cênicas, audiovisual, artes visuais, música, literatura, preservação e restauração dos patrimônios material e imaterial, equipamentos culturais e outras áreas culturais integradas. Mais informações: Assessoria de Comunicação da SEC - (31) 3915-2655

Rádio Independência FM 87.9 Av. Dr. Juvenal Magalhães Ribeiro, 205-A Fones: (35) 3591-3008 9 8846-1224 (Oi) Monte Santo de Minas/MG Restaurantes Restaurante Cantinho Mineiro Av. Cel. Antonio P. da Costa, 1163 Ao lado do Pontilhão Monte Santo 9115-9189 (Tim) / 9991-4337 (CTBC) 3591-4603 Som Tim Som - esse é o caminho R. Mocoquinha, 0742 Mocoquinha - Monte Santo de Minas 9 9131-1987 Sorveteria Sorveteria e Papelaria Ferreira e Rocha Papelaria – Utilidades – Presentes Brinquedos – Xerox Melhor Sorvete da Cidade! Av. Governador Valadares, 795 Monte Santo de Minas/MG Fone: (35) 3591-2507 Tapeçaria Tapeçaria do Ivan R. Enor Machado de Moraes, 615 Centro - Monte Santo de Minas 9 9131-4281 Táxi Robson Caetano Viajamos para todo Brasil Av. José Augusto Fillho, 16 Monte Santo de Minas 9 9187-6725 tim / 9 9918-9470 vivo Tecidos Tecidos Cristina R. Dr. Pedro P. da Costa, 517 Centro - Monte Santo de Minas 3591-1762 /9 9149-0101 Telecomunicações Gasparzinho Telecomunicações Celulares – Presentes – Perfumes e Eletrônicos - 3591-1291 Rua Dr. Pedro Paulino da Costa, 494 Centro Monte Santo de Minas/MG Vidraçaria Antônio Vidraceiro R. Honestaldo Giacomelli, 0092 Jd. Ipiranga - Monte Santo de Minas 35-991886695 (Tim) 9 9991-5873

Fernando Vidraceiro Monte Santo de Minas/MG Celular: (35) 9 9212-4073 | 9 9879-9047 Vidraçaria e Molduras Oliveira Rua Dr. Pedro Paulino da Costa, 25 Centro - Monte Santo de Minas 3591.4343 - 9 9165.2334 (Tim) Show Luiz Carlos e Paulo Vitor Contatos para Shows e Eventos Rua Antonio Bento, 123 Monte Santo de Minas/MG (35) 3591-3739 / 99235-6207 Alimentos Sabores da Canastra Queijos – Pasteis – Bolinhos Av. Vital Paulino da Costa, 1.305 – Monte Santo de Minas/MG (35) 3591- 2896 / 99127-7130 (Tim) 99986-0036 (Vivo) Outros Plínio Braga (Braguinha) Compro Latinha – Bateria Alumínio – Cobre – Metais Rua Monsenhor Pereira, 225 – Monte Santo de Minas/MG (35) 99104-6554 Verduras Gordinho da Verdura Verduras e Legumes em geral. ENTREGAS A DOMICILIO Disk verdura cel. (35) 9919719 Rua São Pedro, 213 Papelaria Papelaria da Fernanda Xerox, Plastificacão e Encadernação. Flores, Aviamentos e Brinquedos Tel 3591-2138/ Zap (35) 999015172 Av. Conde Ribeiro do Vale, 371 Entre em contato com a Agenda Localize! 3591.4425 E descubra como é fácil aparecer!


jfpnoticias

Monte Santo de Minas

JFPN tícias 23 a nos

Central de Bloqueio de Celular quer reduzir roubo e receptação de aparelhos em Minas

Iniciativa do Governo do Estado facilita a inutilização da principal moeda de troca do crime atualmente

Aparelhos de celulares roubados ou furtados agora poderão ser bloqueados pelos usuários apenas com o número da linha em Minas Gerais. É que o Governo do Estado criou um serviço que mescla tecnologia e gestão de pessoas para garantir a desburocratização desse processo para o cidadão e, ao mesmo tempo, inibir o roubo de celulares a partir da perda de valor de mercado de um dos principais objetos hoje utilizados como moeda no mundo do crime. A Central de Bloqueio de Celulares do Estado de Minas Gerais (Cbloc) vai operar um sistema online, hospedado na página da Secretaria de Segurança Pública (Sesp), no qual o cidadão vai solicitar o bloqueio do seu aparelho celular em menos de 3 cliques, fornecendo apenas o número do celular e dados pessoais. Recebendo essa solicitação, do outro lado da “conexão” estarão profissionais da Secretaria de Segurança que vão providenciar a inutilização do aparelho junto à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), em até 24 horas. O lançamento do serviço acontece nesta sexta-feira, 06.7, após visita do Governador ao Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp). Atualmente, quando o cidadão quer bloquear seu aparelho, precisa ter em mãos o número do IMEI do telefone, que é a Identificação Internacional de Equipamento Móvel – o que dificilmente se tem depois que o aparelho é subtraído ou que a caixa do celular já foi para o lixo. De posse desse dado, ele precisa fazer um contato direto com a Anatel ou operadora, via telefone, e solicitar o impedimento. Com o novo serviço do governo, vítimas de furto ou roubo conseguirão garantir o bloqueio do seu

aparelho de forma mais ágil, online e utilizando apenas o número da linha. Mais segurança para o Estado e para o cidadão Ao bloquear o aparelho, o cidadão não apenas tem a garantia de que quem cometeu o crime contra ele não vai utilizar o celular – acessando informações pessoais como mensagens de texto e até de segurança, como caminhos diários salvos em aplicativos com GPS –, mas também irá contribuir com a segurança pública. Inutilizados, os aparelhos perdem valor de mercado e ficam menos atrativos para criminosos. Atualmente, apesar da diminuição de 27,6% no total de ocorrências nas quais um celular foi roubado nos primeiros quatro meses de 2018, são 16.651 aparelhos subtraídos por este tipo de crime em Minas de janeiro a abril. Em 56,6% do total de roubos que aconteceram no Estado, há pelo menos um aparelho de celular entre os itens levados. As principais vítimas são do sexo feminino e têm entre 18 e 24 anos. Para potencializar o efeito da inutilização do aparelho com resultados para a segurança pública, a CBLOC fará, pelo meio online, no site da Sesp, o bloqueio de equipamentos cujo registro da ocorrência tenha acontecido até 48 horas antes. Essa é uma forma de ampliar a chance de a inutilização do celular acontecer ainda enquanto o equipamento estiver nas mãos do criminoso e receptador. Qualquer cidadão, entretanto, pode pedir pelo bloqueio do aparelho mesmo passadas as 48 horas do registro da ocorrência. Para isso, basta comparecer a uma unidade da polícia militar ou civil e fazer a solicitação.

Vale ressaltar, ainda, que apenas o aparelho celular é bloqueado por meio da Cbloc. Ele não perderá o número da linha ou qualquer benefício junto a operadora, se assim desejar. O bloqueio da linha, inclusive, por não se tratar de procedimento de segurança pública, deve seguir o trâmite normal hoje utilizado pelo dono do celular que foi roubado ou furtado: deve-se fazer contato junto a cada operadora. Aparelhos oriundos do roubo de cargas para o mercado negro A CBLOC também quer inibir o roubo de celulares que ainda não foram vendidos para os consumidores e dar uma resposta, também, ao mercado negro que se alimenta desse tipo de ação. O serviço, disponibilizado na página da Secretaria de Segurança, também permite que lojistas e transportadores bloqueiem de forma online aparelhos que foram subtraídos em crimes de roubo de carga, por exemplo. Para estes aparelhos, que ainda não estão vinculados a uma operadora em específico, o sistema dá a opção de bloqueio por meio do IMEI, estará disponível nas notas fiscais das compras e cargas. Desbloqueio de Aparelhos Celulares No caso de recuperação dos aparelhos roubados ou furtados por autoridades policiais, será realizado contato com o proprietário. Ele, então, deverá se dirigir à unidade policial solicitada para retirada do aparelho, mediante preenchimento do Termo de Restituição. A autoridade será a responsável, por meio de sistema próprio, pela realização do pedido de desbloqueio do aparelho via Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Estudantes de Minas Gerais já podem se inscrever para mais de 49 mil bolsas de estudo

As vagas são para o segundo semestre e os descontos chegam a 70%.

10 de julho de 2018

www.jfpnoticias.com.br 15

T r a d i c i o n a l

Governador Fernando Pimentel entrega 455 ônibus escolares a 328 municípios

Veículos facilitarão o acesso dos alunos da rede pública que moram em zonas rurais no interior do Estado

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, entregou na terça-feira (3/7), em Sete Lagoas, no Território de Desenvolvimento Metropolitano, 455 ônibus escolares para 328 municípios. Os veículos são destinados ao transporte escolar de cerca de 188 mil estudantes de escolas estaduais e municipais, moradores de áreas rurais. Dos veículos, 186 ônibus têm capacidade para 29 passageiros e um dispositivo de poltrona móvel, e os outros 269 são ônibus escolares rurais com condições de transportar 59 estudantes e com um dispositivo de poltrona móvel. O investimento total foi de aproximadamente R$113 milhões, oriundos do Tesouro Estadual de Minas Gerais. Durante a entrega dos veículos, o governador destacou que, mesmo diante de dificuldades financeiras graves, tem administrado o Estado com equilíbrio. “Estamos conduzindo o Estado do jeito que eu diria que o povo mineiro conduz a sua vida. Com equilíbrio, com diálogo e com trabalho. É assim que Minas vence a crise. E nós estamos vencendo. Nós temos que ter fé no futuro. Eu tenho muita fé no povo, no Brasil e em Minas Gerais. Cada um cumprindo o seu dever”, afirmou. Segundo Fernando Pimentel, o atual quadro de escassez de recursos é fruto de um conjunto de fatores, como o déficit histórico da previdência pública, que já vem de gestões passadas e merece ser discutido junto à Assembleia Legislativa de Minas Gerais. E, ainda segundo o governador, a falta de repasses do governo federal complica ainda mais a situação. “Se fosse possível separar a previdência pública, o Estado arrecadaria mais do que gasta. Sobrariam cerca de R$ 8 bilhões para investir em estradas, ônibus novos, ambulâncias, equipamentos para Polícia Militar, enfim, fazer o que fosse necessário. O déficit do Estado de Minas Gerais é a folha de inativos, que não foi corrigida nos últimos 40 ou 50 anos. E nós nos recusamos a fazer o ajuste fiscal que nos foi pro-

posto pelo governo federal porque nós entendemos que seria injusto punir os aposentados do Estado cortando o direito deles”, completou. Segundo o governador, a reforma da previdência terá que ser feita, mas conversando com os servidores públicos e com a sociedade. “Vamos ter que fazer uma espécie de constituinte previdenciária, e não é só em Minas Gerais, é no país inteiro”, disse Pimentel, que assegurou que apenas o corte de cargos comissionados é insuficiente para resolver a questão. “A folha de pagamento hoje é de R$ 2,4 bilhões. Do que adianta cortar R$ 17 milhões para equilibrar a folha? É assim que vamos resolver o problema de Minas Gerais, com esse tipo de demagogia? Não é por aí. É fazendo uma discussão séria e apresentando o problema do tamanho que ele é”, frisou. Ainda de acordo com Fernando Pimentel, sua gestão prioriza o uso dos recursos disponíveis em áreas consideradas fundamentais para a população. “Esse tipo de escolha tem sido o dia a dia do nosso governo nos últimos três anos e meio. Escolhas corretas já poderiam ter sido feitas ao longo desses 40 anos. Nos últimos 12 anos, por exemplo, os governos mineiros tiveram dinheiro e ainda sobrou para fazer a Cidade Administrativa, o centro de convenções luxuoso em São João del-Rei, aeroportos. Será que estavam corretos? Não seria melhor utilizar esse dinheiro para compor os ativos desse fundo que nós estamos mencionando, e que, no futuro, vai poder cobrir o rombo da previdência? É esse tipo de discussão que nós temos que fazer”, concluiu o governador. Apoio O prefeito de Sete Lagoas, Leoni Maciel Fonseca, avaliou que os investimentos em educação devem ser prioritários. “Hoje estamos plantando o futuro. No momento em falamos de políticas públicas, falamos em primeiro lugar de educação. Esses ônibus serão muito úteis para

os municípios, é dar o instrumento certo para se ter acesso à educação nas áreas rurais”, afirmou. O primeiro vice-presidente da Câmara Federal, deputado Fábio Ramalho, destacou a importância da parceria do Executivo com Legislativo para solucionar problemas. “O Estado passa por enormes dificuldades que foram se avolumando durante os anos. Os hospitais passam por dificuldades também. Mas temos que ter interlocução para aprovar projetos que liberem recursos para essas áreas”, disse, lembrando, por exemplo, o projeto que autoriza a divisão da Codemig. “Vamos votar a Codemig para colocar recursos para quem está precisando”, finalizou. Ele lamentou ainda o fato de o governo federal ter retirado cerca de R$ 50 milhões destinados as obras da BR381. O deputado estadual Douglas Melo lembrou que a entrega dos veículos se soma a outros investimentos do governo na região. “Sabemos que o momento de Minas Gerais é difícil, e aqui não precisamos falar de política partidária, é só ligar a televisão para ver o que o Brasil está sofrendo. Costumo dizer que o nosso Estado é como um carro muito luxuoso, mas que quando estraga, a manutenção é cara, porque quanto maior a máquina, mais difícil é de mantê-la. Mas não deixamos o Estado parar. Aqui em Sete Lagoas o problema da segurança foi solucionado com a instalação da 19° Região Integrada da Segurança Pública”, afirmou. Garantia de frequência A garantia do transporte escolar para esses alunos é fundamental para possibilitar a frequências das crianças e dos adolescentes nas escolas. De acordo com a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais, cerca de 12% dos estudantes da rede estadual vivem nas áreas rurais. Com a entrega desta terça-feira, chega a aproximadamente 1.700 o número de ônibus escolares distribuídos pelo Governo de Minas Gerais desde 2015, com, pelo menos, 649 municípios beneficiados. Presenças Participaram também do evento os secretários de Estado de Educação, Wieland Silberschneider, de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães; o deputado federal Odair Cunha; os deputados estaduais Inácio Franco, Rogério Correia, André Quintão, Anselmo José Domingos, Bráulio Braz, Carlos Henrique, Celise Laviola, Cristiano Silveira, Dirceu Ribeiro, Jean Freire, Emidinho Madeira, Fábio Avelar, Glaycon Franco, Missionário Marcio Santiago, Neilando Pimenta, Nozinho, Bosco, Ricardo Faria, Rosângela Reis, Thiago Cota, Vanderlei Miranda, além de prefeitos, vereadores e lideranças políticas. Crédito (fotos): Manoel Marques/ Imprensa MG

Controladoria-Geral do Estado apresenta conquistas da gestão nos últimos três anos e meio

Prevenção e combate à corrupção e proteção do patrimônio público estão entre os destaques da pasta, que tem atuação mais ativa no Governo Fernando Pimentel

Comece estudar ainda este ano! O Educa Mais Brasil está inscrevendo estudantes interessados em bolsas para faculdades. Em todo o Brasil são ao menos 500 mil oportunidades disponíveis, o auxílio chega a 70% de desconto. As vagas abrangem cursos EAD e presenciais, em faculdades como Estácio, Unopar, Unip, Anhanguera, Uniasselvi, entre outras. Em Minas Gerais são mais de 49 mil oportunidades. Confira as bolsas em Monte Santo de Minas: https://www.educamaisbrasil.com. br/faculdades-e-universidades/mg/ monte-santo-de-minas. “A bolsa de estudo é uma

forma viável de formação e preparação para o mercado de trabalho, justamente porque traz mais segurança financeira: ao ser contemplado o estudante utiliza o desconto concedido sem ter que acumular dívidas futuras”, explica Andréia Torres, diretora de Expansão e Relacionamento do programa. Os interessados nas vagas devem acessar o site www. educamaisbrasil.com.br, escolher o nível de escolaridade pretendido, buscar pela cidade de interesse, modalidade, curso ou instituição. A diretora ainda ressalta: “Para concorrer à bolsa não é necessário ter feito o Enem, nem comprovar renda

ao programa”. A aprovação pode ser consultada pelo Portal do Aluno, no site do programa ou na central de atendimento: para Capitais e Regiões Metropolitanas 4007-2020 ou para demais localidades 0800 724 7202 (também disponível para WhatsApp). Programas do Governo O Educa Mais Brasil é um programa de inclusão educacional privado, onde os estudantes também podem obter informações sobre outras alternativas de ingresso no ensino superior, como os programas do governo: Enem, Sisu, Prouni e FIES.

A Controladoria-Geral do Estado de Minas Gerais (CGE) apresentou, nesta quinta-feira (5/7), balanço de ações e conquistas alcançadas pelo órgão no período 2015-2018. Durante a gestão do governador Fernando Pimentel, a CGE cresceu em presença e força institucional, além de atuar ativamente na prevenção e combate à corrupção, e realizar conquistas importantes relativas à proteção do patrimônio público. “A CGE foi responsável pelo retorno aos cofres públicos, no período de 2015 a 2018, de cerca de R$ 26,4 milhões apenas em auditorias já concluídas, sendo que o benefício potencial das apurações pode chegar até a R$62,4 milhões”, anunciou o controlador-geral Adjunto do Estado de Minas Gerais, Tiago Fantine Magalhães. Além desses resultados, que são provenientes de trabalhos de auditoria, houve também entradas referentes a multas aplicadas em processos administrativos. “Um único processo de responsabilização de pessoa jurídica rendeu aos cofres públicos mais de R$ 600.000,00 em multa. Nesse caso, inclusive, a CGE agiu preventivamente, o que significa que além

de trazer recursos ao Estado, ainda evitou o dano ao patrimônio público”, explicou Fantine. O controlador-geral adjunto defendeu também a importância da transparência e do controle social para a administração pública. Resultado disso foi o desenvolvimento, pela CGE, de um novo Portal da Transparência, mais completo e intuitivo que incrementou, desde sua implementação, em mais de 340% os acessos à página. A inclusão de novos dados no portal também atraiu um número cada vez maior de usuários – apenas em 2017 foram mais de 1,6 milhão de acessos. Fantine ressaltou a consolidação, pela CGE, do Plano Mineiro de Promoção da Integridade, que dispõe sobre ações de aprimoramento da cultura da ética, transparência e accountability, estruturas de governança, gestão de riscos, compliance e adoção de outras medidas de prevenção de atos ilícitos. Fantine afirmou que a CGE está trabalhando para transformar os ambientes da Administração Pública em ambientes íntegros: “O cidadão só se acerta a partir do momento em que o ambiente é criado para que ele se acerte. As pessoas reagem aos ambientes”, afirmou.

Em sua apresentação, Fantine discorreu ainda sobre a estruturação, em 2015, do setor de Inteligência da CGE, que trabalha com o auxílio de sistemas de informação que permitem o cruzamento de milhares de dados, desenvolvendo alertas para situações anômalas caracterizadas como “de risco”. “Isso possibilita uma atuação mais pontual – em cima de grandes montantes, por exemplo – e mais preventiva”, explicou. O controlador-geral adjunto também ressaltou a força-tarefa realizada pela Corregedoria da CGE para julgar os processos administrativos que vinham se acumulando dos governos passados. A média de processos julgados nos quatro anos anteriores a 2015 foi de 177 PADs. A força-tarefa resultou em 647 PADs julgados apenas no primeiro ano, mais de mil até 2017. Fica evidente, a partir das ações apresentadas pelo Controlador-Geral Adjunto da CGE-MG, o fortalecimento do órgão nesses três anos e meio, o que demonstra a compreensão, pelo Governo Fernando Pimentel, de que o controle interno é um dos pilares necessários ao desenvolvimento de uma gestão atenta à economicidade e às necessidades da coletividade.


16

jfpnoticias

JFPN tícias

10 de julho de 2018

23 a nos

Monte Santo de Minas e Região

www.jfpnoticias.com.br

T r a d i c i o n a l

Vereador Paulo Rubens, na Tribuna da Câmara, esclarece sobre seu Projeto de Lei que regulamentará a altura do som da propaganda móvel Monte Santo:- Na sessão ordinária desta segunda-feira, 9 de julho, o vereador Paulo Rubens Coelho Donnabella ao fazer uso da Tribuna Livre, fez esclarecimentos sobre a regulamentação da altura do som da propaganda móvel. O vereador iniciou sua fala com uma citação de Chico Xavier: “Omissão – a omissão de quem pode e não auxilia uma pessoa, é comparável a um crime que se pratica contra a comunidade inteira”. Em seguida se dirigiu aos profissionais da propaganda móvel. “Fiz uma declaração nas redes sociais sobre um Projeto de Lei de minha autoria para regulamentação da intensidade do som nos carros e motos, que fazem propaganda

móvel e disse que esse projeto iria proibir o som fixo nas casas comerciais. A reação dos profissionais dessa área foi imediata. Quero lhes dizer que, na vida, contestem sempre ao se depararem com coisas que achem erradas. Tenho o hábito saudável de expor minhas ideias e, às vezes, antecipadamente, até para ver a reação das pessoas. E foi exatamente o que aconteceu. Ao falar que iria colocar no projeto a proibição da propaganda sonora nas portas das casas comerciais, pessoas que militam nessa área reclamaram, com veemência, que isso geraria desemprego. Vou ser sincero, achava que a aparelhagem de som era de propriedade da própria loja. Não atentei sobre causar algum desemprego. Tirar alguma

chance de trabalho. Jamais vou colaborar em causar dano à qualquer pessoa. Sou um empregador sempre preocupado com o bem estar dos meus funcionários”, asseverou. Continuando sua fala, explicou que “meus amigos, imediatamente fui ao jurídico da Câmara para que retirasse qualquer item que se referisse a qualquer dano a quem quer que seja. Obrigado à você, sr. Renato Reis Santos, que imediatamente reclamou. Se você se omitisse, provavelmente, uma injustiça seria cometida. Condenem-me pelo excesso, mas não me julgue pela omissão. A omissão é a arma dos incompetentes”. Dando prosseguimento, Paulo Rubens informou que “quanto

ao regulamento da altura do som, inclusive da lojas comerciais, mas principalmente das motos e carros de propaganda, isso se faz necessário. Está tendo um abuso e falta de respeito à uma cidade que que atrair pessoas para fomentar o turismo de Monte Santo. Temos que colocar leis para colocar ordem na casa. O turismo, hoje, é uma das maiores fonte de renda e emprego para a população. A Prefeitura, com nossa colaboração criou o CONTUR, uma secretaria que irá promover e divulgar o turismo em nossa cidade. Essa é uma grande conquista. Para isso precisamos ordenar o comportamento de cada setor. A regulamentação da altura do som se faz necessária. A população quer e a cidade exige”, encerrou.

Lei Estadual de Incentivo ao Esporte avança desde 2015 em Minas Gerais

Número de projetos e pessoas beneficiadas em todo o estado se multiplica nos últimos anos. Valores investidos até final de 2018 podem chegar a R$ 62 milhões

O Governo de Minas Gerais investiu, nos últimos três anos e meio, por meio da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, mais de R$ 45 milhões em ações esportivas, de lazer e de promoção da saúde. E, com o lançamento dos dois últimos editais em junho deste ano (leia aqui), os valores investidos podem chegar, até ao final de 2018, a R$ 62 milhões. O incentivo às mais variadas práticas desportivas tem sido uma das prioridades da gestão Fernando Pimentel. Prova disso é que, entre 2015 e 2018, a Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, por meio do programa Minas Esportiva Incentivo ao Esporte, tem batido recordes em Mi-

nas Gerais, segundo dados da Secretaria de Estado de Esportes (Seesp). Em 2013 a 2014 o número de projetos aprovados foi de 146, sendo o valor captado para a execução de R$ 8.892.001,22. Já de 2015 até o momento - junho de 2018 -, o número de projetos aprovados é 301, tendo sido captados R$ 45 milhões para a execução deles. “A Lei Estadual de Incentivo ao Esporte já é uma política pública consolidada. Se compararmos os números que alcançamos desde 2015, na gestão do governador Fernando Pimentel, com o período anterior, dobramos o número de projetos aprovados e praticamente quintuplicamos o valor

captado para execução dos projetos esportivos”, enfatiza o secretário da Seesp em exercício, Ricardo Sapi. A Lei Estadual de Incentivo ao Esporte foi criada em 2013, quando a Lei Nº 20.824, que regulamenta a ação foi sancionada. A lei é um instrumento de fomento ao esporte em Minas Gerais. Ela prevê que até 0,05% da receita líquida anual do ICMS que cabe ao Estado sejam direcionados a apoiar atividades esportivas ou paradesportivas. Como o mecanismo deduz um recurso que já será revertido aos cofres públicos (para pagamento do ICMS), os apoiadores alcançam diversos benefícios, como estabelecer

uma identificação com práticas desportivas, reforçar sua imagem corporativa e envolver a sua marca com a comunidade. “Buscamos sempre levar o máximo de informações aos executores e apoiadores para viabilizar a participação de todos nos editais da Lei de Incentivo”, comenta o secretário Ricardo Sapi. Milhares de beneficiários Os investimentos têm incentivado a prática de diversas modalidades esportivas olímpicas, como atletismo, boxe, ginástica artística e de trampolim, halterofilismo, handebol, judô, karatê, luta olímpica, natação, polo aquático, rúgbi, taekwondo,

tênis, tiro com arco e triatlo. Um exemplo de esporte olímpico que tem recebido apoio do Estado é o ciclismo BMX. O projeto BMX, Saúde & Equilíbrio, executado pela Associação Circo da Vida, já beneficiou quase 24 mil jovens mineiros em todo o estado – esse é o projeto que mais acumula beneficiários. Tendo como público majoritário crianças e adolescentes de 4 a 17 anos, de ambos os sexos, oriundos de escolas públicas e de educandários diversos, o projeto tem a proposta de realizar eventos itinerantes em massa, percorrendo escolas públicas e ONG’s, conjugando demonstrações esportivas motivacionais de BMX Fre-

estyle (bicicross estilo livre) com palestras comportamentais e atividades interativas. “Vou às escolas com shows de bike e palestras educativas voltadas especialmente para o autocuidado, autodisciplina, valores e princípios de vida que o esporte nos traz. O principal intuito é de tirar as crianças do vício do mundo virtual e incentivá-las a praticar esportes e serem mais felizes assim”, esclarece o fundador e coordenador do projeto, Clóvison Elberth Alves Gonçalves. “Implantamos uma atividade inédita no país e que tem sido um sucesso, que é ensinar as crianças a andar de bicicleta. Isso está sendo feito como uma atividade paralela aos eventos itinerantes. Muitas crianças já não querem mais ganhar um celular de natal, mas uma bicicleta”, comemora. Clóvison, que já foi campeão brasileiro de BMX no estilo livre e deixou a carreira de gerente de banco para se dedicar à modalidade esportiva, valoriza o apoio recebido do Estado. “É de fundamental importância, pois me permitiu resgatar a essência do projeto, que vinha se perdendo. Com o Minas Esportiva voltei a focar no esporte e nos princípios do autocuidado”, explica. Mais informações sobre o projeto estão disponíveis em incentivo.esportes.mg.gov.br. Foto: Divulgação

Governador Fernando Pimentel decreta Marco Regulatório da Ciência, Tecnologia e Inovação

Regulamento incentiva a inovação e pesquisa científica e tecnológica em Minas Gerais. Decreto foi publicado nesta quinta-feira (5/7) no Diário Oficial Minas Gerais O governador Fernando Pimentel decretou, na quinta-feira (5/7), o “Marco Regulatório da Ciência, Tecnologia e Inovação”, que regulamenta em Minas Gerais a legislação federal que versa sobre o apoio a projetos de inovação no Estado. A ação dispõe sobre incentivos à inovação e à pesquisa científica e tecnologia em Minas, regulamentando, no âmbito estadual, as leis federais 10.973, de 2004, e 13.243, de 2016. Para o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciên-

cia, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes) em exercício, Vinícius Rezende, o regulamento é um avanço para o Estado, que estabelece medidas de incentivo à pesquisa. “O objetivo é efetivar a política estadual de desenvolvimento científico e tecnológico, tanto no ambiente produtivo, como no meio acadêmico”, afirma. O Marco estabelece como agências de fomento no Estado a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), a Companhia de Desenvolvimento de

Minas Gerais (Codemge) e o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), garantindo a essas entidades força e base jurídica consistente para atuarem nesse setor. Com a medida, a Fapemig e as universidades estaduais e federais de Minas Gerais poderão estabelecer parcerias com o setor privado para incentivar a pesquisa e a inovação, assim como já autorizado, por exemplo, para a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tec-

SUPER PROMOÇÃO * De Segunda a Sexta * Nas Suítes Simples e Luxo * Você paga R$ 39,90 e pode ficar 3 horas.

(Exceto vésperas de feriado e dias 11 e 12 do mês de junho)

Venham sentir a Magia do Amor e Transformar seu cotidiano em um momento especial !!!!

nológico (CNPq). A partir do decreto, fica instituído o Sistema de Ciência, Tecnologia e Inovação de Minas Gerais (Secti-MG), com o objetivo de incentivar o desenvolvimento econômico e sustentável do Estado por meio da inovação tecnológica e do estímulo a projetos e programas especiais, articulados entre o setor público e privado. Entre os principais agentes deste sistema estão: o Governo do Estado, que é o responsável por aplicar e fomentar essas políticas públicas

de ciência e tecnologia; as universidades e institutos de pesquisa, que devem realizar pesquisas e gerar conhecimento; além das empresas, que transformam esse conhecimento em produto e serviços. Outro objetivo do Marco Regulatório é que todos os envolvidos nesse ambiente apoiem a criação, a implantação e a consolidação de ambientes promotores de inovação, permitindo o desenvolvimento tecnológico, o aumento da competitividade e a interação entre as empresas. Para

isso, esses agentes estão autorizados a ceder imóveis e a dar, por exemplo, apoio financeiro. Também é permitido aos órgãos e entidades da administração pública contratar diretamente instituições para a solução de problema técnico específico ou obtenção de um produto ou serviço, como no caso dos protótipos. Eles ainda podem conceder bolsas de estímulo à inovação. Mais informações: Assessoria de Comunicação da Sedectes (31) 3915-5041

R. Antenor Carvalhaes, 699 Centro / Monte Santo de Minas

JFP Notícias MG Edição 735  
JFP Notícias MG Edição 735  
Advertisement