Page 1

GUIA DE VESTIBULAR Folha Quinzenal

2

02

ZL

ZL

Nova Lei de Incentivo ao Esporte01 201 0 Folha Quinzenal

Folha QuinzenalZL

Divulgação

Veja matéria completa Pág 3

JORNAL FOLHA QUINZENAL ZL - SEGUNDA QUINZENA, 17 FEVEREIRO DE 2014 - EDIÇÃO 46 - ANO IV

Aproveite o Carnaval em São Paulo; veja a programação e divirta-se!

Mais recursos para a Saúde da Zona Leste da capital Divulgação

Foto: Jefferson Pancieri / SPTuris

Foto: Divulgação

Alckmin libera mais R$ 25 milhões extras para ajudar o Hospital Santa Marcelina. Pág. 6

Motoristas de São Miguel Paulista passarão a pagar Zona Azul Divulgação

A preparação para o Carnaval 2014 já começou. As escolas de samba de São Paulo realizam ensaios para os desfiles, de quarta a domingo Pág. 4

A Zona Azul já está em fase de implantação no bairro Pág. 2

ESPECIALIZADA EM SOLUÇÕES AMBIENTAIS, GERENCIAMENTO, COLETA, TRANSPORTE, TRATAMENTO E DESTINAÇÃO DE RESÍDUOS

RESTAURANTES, BARES E PADARIAS Oferecemos serviços de coleta de resíduos para você comerciante ateder a nova lei dos grandes geradores de lixo.

Evite multas!

Consulte nossos valores, cobrimos orçamentos de outras empresas.

2671-8685 - contato@reciclalix.com.br

Padaria Água Viva A única

A Padaria Água Viva em seus vinte e um anos de trabalho, conta com diversos produtos de fabricação própria como Pães, Doces, Bolos, Salgados, Pizzas, e vem investindo cada vez mais, visando apenas garantir o seu bom gosto. Aqui nós fazemos história com arte, tradição e inovação. Av. Amador Bueno Da Veiga, 4346 Jd. Popular - Cep. 03653-000 - São Paulo-SP Tel: (11) 2791-6455 E-Mail: contato@padariaaguaviva.com.br

Participe do nosso jornal Envie sua sugestão de pauta e notícias do seu bairro jfolhaquinzenal@gmail.com


02

Política

Morte anunciada – uma Motoristas de São Miguel trama real Paulista passarão a pagar Zona Azul Divulgação

Uma rápida busca na internet de vídeos registrando imagens da atuação de bandos de black blocks pelas ruas das principais capitais do País nos revela uma assustadora cronologia. Se partirmos dos primeiros registros de danos ao patrimônio, passando pela covarde agressão ao coronel da PM Reynaldo Simões Rossi (no Parque Dom Pedro) ou do soldado Wanderlei Paulo Vignoli (na Praça da Sé), até a morte do cinegrafista Santiago Andrade, construiremos uma sequência de imagens que nos colocam diante de crimes e barbáries em escala crescente. No enredo dessa trama real, há uma completa inversão de valores, difundida em redes sociais e sustentada em discursos políticos quase sempre demagógicos: bárbaros e criminosos são transformados em mocinhos e os

que têm por fé de ofício defender a ordem e garantir a segurança da população são tachados de vilões e agressores. Em outubro do ano passado, quando o coronel Rossi foi cercado por vândalos, o sinal de alerta foi ligado, sinalizando que a continuar a inversão de valores, logo chegaríamos a desfechos dramáticos. A morte de Santiago Andrade escancara para sociedade que o sinal agora é vermelho, cor de sangue. O trágico desfecho da cobertura jornalística feita pelo cinegrafista da TV Bandeirantes traz à tona a expressão “tragédia anunciada”, remetendo ao livro “Crônica de uma morte anunciada”, famosa obra do escritor Gabriel García Márquez. O romance conta a história de um homem que, acusado de ter desonrado uma mulher, é jurado de morte pelos irmãos desta. Essa vingança

torna-se pública e agita a cidade. O leitor, desde o início da história, sabe do destino trágico do acusado, que acabará morto a facadas. Todos naquela cidade sabiam que ele morreria. Ninguém o avisou. A moça supostamente desonrada chama-se Angela. O personagem acusado, na trama do escritor colombiano, também se chama Santiago. Santiago Nasar. Da ficção voltemos para a realidade brasileira. Essa tragédia estava anunciada. Quantos outros Santiagos ainda serão mortos por conta de discursos politicamente corretos e irresponsáveis apologias pró-violência? Vivemos um momento de descontrole, e falta às autoridades que tomem, com equilíbrio, as medidas que a sociedade espera delas. Andrea Matarazzo

Pizzaria Arte na Massa

Peça e surpreenda-se. Levamos a maquininha até você!

Ligue: 4113 – 0953 2557 – 6998 End.: Serra dos Cristais,173 Vila Minerva – Guaianases

Batata da Otelo Açaí Bar Servimos caldos,lanches porções e almoços

2553-2316 Rua Otelo Augusto Ribeiro,619

Ambiente familiar

Expediente JORNAL FOLHA QUINZENAL ZL Editor - diogo candido Tiragem 20 mil exemplares 17 de Fevereiro DE 2014 tel. 11 99816-5427 jfolhaquinzenal@gmail.com

O bairro de São Miguel Paulista, zona leste da capital, contará com o sistema tarifado de vagas de estacionamento rotativo do tipo Zona Azul em suas vias mais movimentadas, localizadas na região comercial. A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) informa que a Zona Azul já está em fase de implantação no bairro e que deverá ser finalizada até o fim desse mês de fevereiro ou início do próximo, em março. Ao todo, serão 644 vagas: 499 vagas para veículos e 145 para motocicletas, sendo distribuídas em 19 ruas. Veja como as 644 vagas serão distribuídas: 435 Vagas convencionais 27 Vagas para carga e descarga de mercadorias 26 Vagas para idosos 11 Vagas para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida

145 Vagas para motocicletas Total de vagas: 644 Nos primeiros dias em que tudo já estiver devidamente instalado, os técnicos da CET vão estar nas ruas citadas para informar e guiar os usuários no processo de adaptação ao sistema de Zona Azul, que traz novas regras para estacionar. Nesse período, também haverá a regularização dos postos oficiais de vendas do Talão Zona Azul. Depois começará a fase de fiscalização e aplicação de multas aos condutores que infringirem as regras de horários estipulados nas placas. Confira quais ruas receberão as sinalizações: R. Cap. Francisco Isaias de Carvalho R. Salvador de Medeiros R. Arlindo Colaço R. Ten. Luís Fernando Lobo

R. Daniel Bernardo R. Miguel Ângelo Lapena / Praça Getúlio Vargas Filho Tv. Guilherme de Aguiar R. José Pereira Cardoso R. Henrique de Paula França R. José Aldo Piassi R. José Dias Miranda R. Amadeu Gamberino R. Severina Leopoldina de Souza R. José Otoni R. Abaitinga R. Antonio Gama de Cerqueira R. Pe. Francisco M. Improta R. Américo Gomes da Costa Praça Pe. Aleixo Monteiro Mafra A CET informou que será feita uma prospecção dos novos locais de venda, visando atender aos usuários da região de São Miguel. Vander Ramos/CLN


GUIA DE VESTIBULAR Folha Quinzenal

2

ZL

ZL

02

FolhaSP ACONTECE Quinzenal

03 203 0

São Paulo regulamenta a Lei de Incentivo ao Esporte Divulgação

A partir de agora, pessoas físicas e jurídicas que queiram fomentar práticas esportivas na cidade receberão incentivos fiscais e poderão, com isso, abater os valores investidos de impostos como o Predial e Territorial Urbano (IPTU) e o sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS). O decreto que regulamenta a Lei Municipal de In-

centivo ao Esporte foi assinado nesta quarta-feira (12) pelo prefeito Fernando Haddad, em solenidade realizada no CEU Aricanduva, na Zona Leste. Os incentivos e benefícios concedidos pela lei têm entre os objetivos ampliar e democratizar o acesso à prática esportiva, estimular e promover a revelação de atletas locais e estimular a re-

qualificação urbanística por meio da recuperação ou instalação de equipamentos para a prática esportiva. “O esporte ganha hoje um estímulo muito grande da nossa cidade. Nós temos uma lei federal, temos uma lei estadual e agora ganhamos uma lei municipal, nos moldes do que já aconteceu com a cultura”, afirmou o prefeito

Fernando Haddad. “Quando as leis têm esse alinhamento, os empresários começam a olhar com outros olhos para o esporte, até mesmo porque o empresário é movido a estímulos. Então se você oferece incentivos fiscais para que ele patrocine times, grupos e projetos na área do esporte, ele vai fazer uma conta e verificar que se ele apresentar o seu projeto nas três esferas de governo, ele terá um incentivo fiscal enorme para fomentar atletas que de outra maneira ele não teria condições para se dedicar”, disse Haddad. O texto prevê ainda incentivos para quem apresentar projetos voltados à iniciação e desenvolvimento motor de crianças e adolescentes e, também, a adoção de clubes da comunidade (CDC) pelo prazo mínimo de dois anos. O alto rendimento esportivo, a

capacitação de atletas, gestores e treinadores, construções, reformas e adequações em espaços administrados pela Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação (SEME) também podem receber incentivos. “Essa tão importante lei vai massificar e consolidar muito mais o esporte em nossa cidade”, completou o secretário municipal de Esportes, Lazer e Recreação, Celso Jatene. “Você educa, ensina a ganhar e a perder através do esporte. Ensina que ninguém ganha nada sozinho. Ensina que é preciso lutar até o fim para alcançar os seus objetivos. São coisas do esporte que valem para a vida. Essa iniciativa é um convite para que a cidade de São Paulo se some ao esforço da Prefeitura, faça parcerias e nós possamos, no esporte, traduzir o que é esse governo - um governo das oportunidades, da justiça e do de-

senvolvimento”, disse o vereador Orlando Silva, ex-ministro dos Esportes e autor do projeto de lei. Impostos O incentivo fiscal vai corresponder à emissão de certificado de incentivo, conforme os percentuais estabelecidos pela lei: de 70% a 100% do valor do patrocínio para o pagamento de até 50% do ISS ou IPTU. O certificado terá validade de um ano, sem renovação automática. A Lei Orçamentária fixará anualmente o valor utilizado para o fomento do esporte em São Paulo, que não poderá ser inferior a 10% do orçamento estabelecido para Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação (SEME). Os projetos serão avaliados e fiscalizados pela secretaria, que irá considerar os aspectos orçamentários, viabilidade técnica, interesse público e imprescindibilidade do projeto.

Conselheiros Participativos de São Miguel começam a tomar as rédias Vander Ramos/CLN

No dia (04/02), às 17hrs, o Conselho Participativo de São Miguel Paulista se reuniu pela primeira vez, após ter tomado posse no último dia 25 de janeiro. A reunião deu oportunidade para todos os conselheiros de São Miguel se conhecerem e serviu para discutir decisões iniciais do con-

selho. Dos 37 conselheiros do bairro, 33 estavam presentes. O subprefeito Aldo Sodré abre o encontro: “Essa reunião é de vocês. Hoje nós estaremos apenas recepcionando e sugerindo uma pauta que é baseada na minuta de regimento interno”. As propostas

eram: compor o CPOP (Conselho Participativo de Orçamento Participativo), onde dois conselheiros farão parte das decisões orçamentárias anuais da cidade; estabelecer cronograma de reuniões; e eleger um Coordenador e um Secretário do conselho. A palavra foi então

passada para o conselho conduzir a reunião. Cristóvão de Oliveira, do Jardim Helena, foi o primeiro conselheiro a tomar o microfone e fazer a primeira proposta. “Nós conselheiros merecemos ter o estacionamento da Subprefeitura liberado para estacionarmos nossos carros. Fui barrado agora e acho precisamos de vagas”, disse. A Subrepfeitura diz que as vagas podem ser liberadas nos dias da reunião e garantiu um espaço para os conselheiros dentro do prédio, sendo previsto um mini auditório que comporte os 37 conselheiros. Nem todos os conselheiros presentes haviam lido a minuta de regimen-

Ouça todo sábado, às 10 da manhã o programa do Andrea Matarazzo

ACARA DOPOVO

com

Andrea

Matarazzo

e

Luiz

Ribeiro

Rádio Capital AM 1040 kHz | www.radiocapital-1040.com.br

to do Conselho, sugerida pela Secretaria de Relações Governamentais e, por isso, a candidatura ou eleição para as funções de Coordenador, Secretário e CPOP não foi realizada. Durante o encontro, o conselheiro Claudionor Corrêa Leão, da Vila Jacuí, propõe então escolher de dois coordenadores de cada região (Jardim Helena, São Miguel e Vila Jacuí), para atuarem provisoriamente, já que o conselho ainda não queria discutir sobre as eleições internas de quem fará a coordenação, secretaria e CPOP, mas precisava de organizadores. Houve confusão para aceitar a ideia e formaram-se dois grupos opositores inicial-

mente. Tempos depois, os representantes de cada região se candidataram. Cerca de 40 minutos antes da reunião ser encerrada, diversos conselheiros se dispersaram e alguns foram embora, deixando de opinar sobre algumas questões. A próxima reunião do conselho participativo de São Miguel, sem participação do público, ficou agendada para o dia 11, às 17hrs. A votação para estabelecer as datas das reuniões mensais, que formariam o cronograma em pauta, não teve resultado determinante e conselho irá definir na próxima reunião. Vander Ramos/ CLN


04 02

especial carnaval de Sp

Aproveite o carnaval em São Paulo, A história Nem só de ziriguidum e telecoteco foi feito o Carnaval durante os séculos de história. A festa mais popular no Brasil, na verdade, teve início há milhares de anos na Antiguidade. Mas se não tinha samba e nem mulatas na avenida, a folia sempre estava presente entre hebreus, romanos e gregos. Eram grandes festejos pagãos, cheios de comida e bebida, para comemorar colheitas e louvar divindades e ocorriam entre novembro e dezembro. Na Idade Média, a Igreja decidiu incorporar as antigas festividades ao seu calendário. O Carnaval então passou a corresponder aos últimos dias antes das limitações impostas pela Quaresma (os famosos 40 dias sem carne até a Páscoa). Era a última chance de ter o prazer de um suculento bife antes das privações até a Sexta-feira Santa. A festa foi se desenvolvendo e, no século 13, começaram a surgir os bailes de máscara, principalmente na Itália. Eram as primeiras fantasias de Carnaval, totalmente restritas à nobreza. A partir do século 19, as máscaras e fantasias se popularizaram e fizeram parte das festas por toda a Europa. Os personagens que mais davam o que falar eram o Pierrô, o Arlequim e a Colombina (da commedia dell’arte italiana), presentes ainda hoje na festa popular.

por escravos, com direito a guerras de água, farinha e limões de cheiro. A festa só evoluiu no país no século 19, quando as classes mais ricas daqui, atiçadas pelos europeus, entraram na brincadeira do Carnaval dentro de salões. Mas nada de samba surgir ainda. “Nesta época, cantava-se de tudo no Carnaval. Até Ópera”, afirma o historiador André Diniz, autor do livro Almanaque do Carnaval. “A primeira marchinha foi feita em 1899, por Chiquinha Gonzaga, para o cordão carnavalesco Rosa de Ouro: Ó abre alas. Depois da gravação do samba Pelo Telefone, de Donga e Mauro de Almeida, em 1917, este gênero começa a ganhar espaço no carnaval carioca.” A popularização do samba e das marchinhas, através de compositores como Braguinha, Haroldo Lobo e Lamartine Babo, tornaram a festa num sucesso entre a população na década de 1920. É aí que entra um famoso personagem de nossa história: Getúlio Vargas – esse você já conhece de outros Carnavais. O então presidente percebe o apelo do ritmo e decide aproximá-lo ainda mais da população para tornálo identidade nacional. “O estado passou a organizar o Carnaval, dando licença para os desfiles e investindo nas escolas de samba. Getúlio pegou a onda da consolidação do samba, aproximando E no Brasil? sua política de construção O Carnaval foi come- do Estado Nacional das morado por aqui desde manifestações popua chegada dos portu- lares”, explica Diniz. Daí gueses. No século 17, para o samba e o Carnaval por influência dos nos- crescerem, ganharem um sos conterrâneos, as ce- sambódromo e se tornarlebrações resumiam-se em identidades nacionais ao entrudo. Nesta épo- foi um pulo (de folia). ca, era uma bagunça, Fonte: www.guiadoesfeita principalmente tudante.abril.com.br

22/02 Bloco Esquenta do Partido Alto Horário: Concentração a partir das 14h30 Onde: Praça da Luz Centro. Bloco Unidos do Abaeté Horário: Concentração a partir das 15h15 Onde: Praça da Luz Centro. Bloco do Sargento Pimenta Horário: Concentração a partir das 13h Onde: Praça Caetano Fraccaroli Da Praça Caetano Fraccaroli até a Praça Celso Delmonto, pela Av. Paulo VI. Bloco Unidos do Acarajé Horário: Concentração a partir das 14h. Início às 15h Onde: Rua Barão de Tatuí, 601 até a Rua Martim Francisco, 530, Vila Buarque. Bangalafumenga Horário: Concentração a partir das 10h Onde: Av. Paulo VI na altura da Rua Lisboa Da Praça Celso Delmonto até a Praça Caetano Fraccaroli, pela Av. Paulo VI.

Bloco Fuzuê com Mocidade Independente de Padre Miguel Horário: Concentração a partir das 20h15 Onde: Praça da Luz Centro. Bloco Gueri Gueri Horário: Concentração a partir das 14h Onde: Praça Estilac Leal (Monumento às Bandeiras) - Vila Madalena - Zona Oeste. Pimentas do Reino Horário: Concentração a partir das 14h Onde: Rua Girassol Vila Madalena - Zona Oeste. Bloco Classe A Horário: Concentração a partir das 12h Onde: Rua Souza Lima Barra Funda - Zona Oeste. Bloco da Ressaca Horário: Concentração a partir das 14h Onde: Largo do Cambuci - Centro. Bloco Barracão Folia Horário: Concentração a partir das 11h Onde: Rua Diana 100 Pinheiros - Zona Oeste.

Bloco Med Pholia Horário: Concentração a partir das 16h15 Onde: Praça da Luz Centro.

Bloco Barracão da Folia Horário: Concentração a partir das 15h Onde: Rua Diana - Pinheiros - Zona Oeste.

Bloco A Bruxa Tá Solta Horário: Concentração a partir das 17h15 Onde: Praça da Luz Centro.

Bloco Filhos da Santa Horário: Concentração a partir das 13h Onde: Largo de Santa Cecília - Centro.

Bloco Império do Morro Horário: Concentração a partir das 18h15 Onde: Praça da Luz Centro.

Cordão Carnavalesco Kolombolo Diá Piratininga Horário: Concentração a partir das 15h Onde: Praça Aprendiz das Letras, na Rua Belmiro Braga - Pineiros Zona Oeste Leia mais sobre Kolombolo.

Escola de Samba Quilombo Horário: Concentração a partir das 19h15 Onde: Praça da Luz Centro.

22/02 Bloco Esquenta do Partido Alto Horário: Concentração a partir das 14h30 Onde: Praça da Luz Centro. Bloco Unidos do Abaeté Horário: Concentração a partir das 15h15 Onde: Praça da Luz Centro. Bloco do Sargento Pimenta Horário: Concentração a partir das 13h Onde: Praça Caetano Fraccaroli Da Praça Caetano Fraccaroli até a Praça Celso Delmonto, pela Av. Paulo VI. Bloco Unidos do Acarajé Horário: Concentração a partir das 14h. Início às 15h Onde: Rua Barão de Tatuí, 601 até a Rua Martim Francisco, 530, Vila Buarque. Bangalafumenga Horário: Concentração a partir das 10h Onde: Av. Paulo VI na altura da Rua Lisboa Da Praça Celso Delmonto até a Praça Caetano Fraccaroli, pela Av. Paulo VI. Bloco Med Pholia Horário: Concentração a partir das 16h15 Onde: Praça da Luz Centro. Bloco A Bruxa Tá Solta Horário: Concentração a partir das 17h15 Onde: Praça da Luz Centro. Bloco Império do Morro Horário: Concentração a partir das 18h15 Onde: Praça da Luz Centro. Escola de Samba Quilombo Horário: Concentração a partir das 19h15 Onde: Praça da Luz Centro.

Bloco Fuzuê com Mocidade Independente de Padre Miguel Horário: Concentração a partir das 20h15 Onde: Praça da Luz Centro. Bloco Gueri Gueri Horário: Concentração a partir das 14h Onde: Praça Estilac Leal (Monumento às Bandeiras) - Vila Madalena - Zona Oeste. Pimentas do Reino Horário: Concentração a partir das 14h Onde: Rua Girassol Vila Madalena - Zona Oeste. Bloco Classe A Horário: Concentração a partir das 12h Onde: Rua Souza Lima Barra Funda - Zona Oeste. Bloco da Ressaca Horário: Concentração a partir das 14h Onde: Largo do Cambuci - Centro. Bloco Barracão Folia Horário: Concentração a partir das 11h Onde: Rua Diana 100 Pinheiros - Zona Oeste. Bloco Barracão da Folia Horário: Concentração a partir das 15h Onde: Rua Diana - Pinheiros - Zona Oeste. Bloco Filhos da Santa Horário: Concentração a partir das 13h Onde: Largo de Santa Cecília - Centro. Cordão Carnavalesco Kolombolo Diá Piratininga Horário: Concentração a partir das 15h Onde: Praça Aprendiz das Letras, na Rua Belmiro Braga - Pineiros Zona Oeste Leia mais sobre Kolombolo.


GUIA DE VESTIBULAR especial carnaval de Sp Folha Quinzenal

2

ZL

02

Folha Quinzenal

ZL

05 205 0

conheça a programção e divirta-se! Desfiles das Escolas de Samba

divulgação

A preparação para o Carnaval 2014 já começou. As escolas de samba de São Paulo já têm seus sambas-enredos definidos e realizam ensaios para os desfiles, de quarta a domingo. Veja abaixo a agenda de ensaios das 14 escolas do Grupo Especial.

23/02 Bloco União dos Bairros Horário: Concentração a partir das 13h Onde: Praça da Luz Centro. Comunidade Boliviana Horário: Concentração a partir das 14h Onde: Praça da Luz Centro. Bloco Conselho do Samba Horário: Concentração a partir das 14h45 Onde: Praça da Luz Centro. Bloco Makossa Horário: Concentração a partir das 15h45 Onde: Praça da Luz Centro. Acadêmicos do Parque Bristol Horário: Concentração a partir das 16h30 Onde: Praça da Luz Centro. Bloco Unidos da Melhor Idade Horário: Concentração a partir das 17h30 Onde: Praça da Luz Centro. Escola de Samba União Formosa Horário: Concentração a partir das 18h30 Onde: Praça da Luz Centro. Bloco da Band FM Horário: Concentração a partir das 19h30 Onde: Praça da Luz -

28/02

Centro. Nois Trupica Mais Não Cai Horário: Concentração a partir das 15h Onde: Centro Cultural Rio Verde, na Rua Belmiro Braga, 119 - Vila Madalena - Zona Oeste.

Bloco das Emílias e Viscondes (Grupo infantil) Horário: Concentração a partir das 14h Onde: Praça Rotary Vila Buarque - Centro

Bloco Tremembé Horário: Concentração a partir das 16h Onde: Rua Eduardo Vicente Nasser 354 (CDC Copa 70) - Tucuruvi Zona Norte.

Banda do Trem Elétrico Horário: Concentração a partir das 19h Onde: Rua Augusta com Rua Luis Coelho - Cerqueira César Zona Oeste.

Banda do Fuxico Horário: Concentração a partir das 10h Onde: Largo do Arouche - Centro. Cordão Carnavalesco Confraria do Pasmado Horário: Concentração a partir das 13h Onde: Praça Rafael Sapienza - Vila Madalena - Zona Oeste. Acadêmicos do Baixo Augusta Horário: das 16 às 20 horas Onde: Da Rua Augusta até a Praça Roosevelt. Concentração a partir das 14 horas na rua Marquês de Paranaguá Leia mais sobre o Bloco Baixo Augusta. Quizomba Horário: às 16 horas Onde: Na Rua Augusta, no Centro de São Paulo. Com concentração a partir das 14 horas na rua Marquês de Paranaguá.

01/03 João Capota na Alves Horário: Concentração a partir das 13h Onde: Viaduto do Metrô Sumaré - Pinheiros - Zona Oeste

02/03 Bangalafumenga Horário: às 10 horas Onde: Vila Madalena (SP).

03/03 Bolo Esfarrapado Horário: Concentração a partir das 10h Onde: Rua Conselheiro Carrão, 466 entre as Ruas 13 de Maio e Rua Dr. Luís Barreto - Bela Vista - Centro. Portal UOL

menageou o centenário do caipira Mazzaropi, vai mais uma vez apostar em um tema leve, divertido e colorido para tentar conquistar a simpatia do público e dos jurados. O enredo “Uma Fantástica Viagem pela Imaginação Infantil” é do carnavalesco Wagner Santos. Quando: Quintas e sábaLeandro de Itaquera Com o enredo “Ginga dos, às 20h Brasil, Futebol é Raça: Onde: av. Mazzei, 722, Tuem 2014 a Copa do Mun- curuvi. do começa aqui!”, a Lean- Mais informações: (11) dro de Itaquera volta ao 2204-7342. Grupo Especial após três anos desfilando no Gru- Vai-Vai po de Acesso. A agremiaO enredo sobre os 50 ção abrirá os desfiles no anos da cidade de PaulíAnhembi e será a primeira nia marca a volta do cara desfilar na sexta-feira, navalesco Chico Spinosa dia 1º de março de 2014. à escola da Bela Vista. O Quando: Domingos, às carnavalesco diz ter como 18h. objetivo reacender a chaOnde: No clube Socieda- ma de campeã da Vai-Vai, de Elite Itaquerense, na a maior campeã de São Rua Augusto Carlos Bau- Paulo com 14 títulos. Spiman, 588, Itaquera. nosa foi o responsável por Mais informações: (11) três enredos campeões em 2071-8379. 1998, 1999 e 2008. Quando: Domingos, a partir das 19h30. Rosas de Ouro A vice-campeã de 2013 Onde: rua São Vicente, volta à avenida para con- 276, Bela Vista. quistar o título com o en- Mais informações: (11) redo “Inesquecível”, do 3266-2581. carnavalesco Jorge Freitas. A proposta é levar emoção Tom Maior ao sambódromo, relemA Tom Maior fará uma brando momentos mar- homenagem a Foz do cantes em todas as fases Iguaçu, exaltando suas da vida. belezas que a fazem um Quando: Sexta-feira, às destino turístico interna21h cional. O enredo também Onde: Rua Cel. Euclides marca a estreia do carnaMachado, 1066, na Fre- valesco Mauro Quintaes guesia do Ó. na escola. Mais informações: (11) Quando: Sábados, às 3931-4555. 20h30 Onde: rua Sérgio Tomás, 622 Barra Funda. X-9 Paulistana A loucura será o tema Mais informações: (11) do desfile da X-9 Paulista- 3494-9040. na em 2014. O carnavalesco Flávio Campello aposta Pérola Negra em um enredo divertido Após um ano no Grupo para desfilar na linha tê- de Acesso, a Pérola Negra nue entre a insanidade e a volta a desfilar no Grupo genialidade. Especial cantando a feQuando: Domingos, às licidade. O enredo é do 20h carnavalesco André ManOnde: rua Ité, 77, Vila chado e comemora tamGuilherme. bém os 40 anos da escola Mais informações: (11) da Vila Madalena. 2959-3377. Quando: Domingos, às 19h Onde: rua Girassol, 51, Dragões da Real Para conquistar o seu Vila Madalena primeiro título no Gru- Mais informações: (11) po Especial, a Dragões 3031-9349. da Real foi buscar a grife da carnavalesca carioca Gaviões da Fiel Rosa Magalhães, campeã A escola da torcida cono Rio de Janeiro em 2013 rintiana vai homenagear com a Vila Isabel. O enre- o ex-jogador Ronaldo com do “Um Museu das Gran- o enredo “R9 - O voo real des Novidades” vai ser do fenômeno”. O ídolo um deleite para os fãs dos confirmou presença no Anos 80. A escola vai falar desfile e já apareceu nos de ícones da década. ensaios na quadra. O carQuando: Quintas-feiras, navalesco é Zilkson Reis. às 20h; sábados, às 21h Quando: Sextas-feiras, às Onde: avenida Embaixa- 22h dor Macedo Soares, 1018, Onde: rua Cristina Tomás, Vila Anastácio 183, Bom Retiro Mais informações: (11) Mais informações: (11) 3831-4002. 3221-2006. Acadêmicos do Tucuruvi A Acadêmicos do Tucuruvi, que em 2013 ho-

Mocidade Alegre A Mocidade Alegre vai com fé para a avenida para conquistar o tricampe-

onato. O enredo “Andar com fé eu vou... Que a fé não costuma falhar”, do carnavalesco Sidnei França, segue a característica da escola dos temas que mexem com a emoção do público. Quando: Domingo, às 17h Onde: rua Samaritá, 1020, Limão Mais informações: (11) 3857-7525. Nenê de Vila Matilde A tradicional escola da Zona Leste tem como o enredo para 2014 “Paixões proibidas e outros amores”. O carnavalesco Pedro Alexandre, o Magoo, vai levar para o Sambódromo romances da história que enfrentaram dificuldade para serem vividos. Quando: Quartas e domingos, às 19h30 Onde: rua Júlio Rinaldi, 1, Vila Salete Mais informações: (11) 2013-9757. Águia de Ouro A Águia de Ouro, que em 2013 homenageou o sambista João Nogueira, fará em 2014 mais um enredo biográfico em 2014. Desta fez, a escola da Pompéia vai cantar os 100 anos de Dorival Caymmi. O enredo é do carnavalesco Cláudio Cavalcante, o Cebola. Quando: Domingos, às 20h Onde: avenida Presidente Castelo Branco, 7683 (Marg. Tietê) Mais informações: (11) 3872-8262.

Império de Casa Verde O enredo da Império de Casa Verde em 2014 é “Sustentabilidade, construindo um mundo novo”, do carnavalesco carioca Alexandre Louzada. Com o enredo ecologicamente correto, a escola quer voltar para o Desfile das Campeãs, como em 2013, quando ficou em quinto lugar. Quando: Sábados, às 22h Onde: avenida Engenheiro Caetano Álvares, 2042, Casa Verde Mais informações:(11) 3961-4956. Acadêmicos do Tatuapé A Acadêmicos do Tatuapé vai falar da devoção a São Jorge, santo protetor e popular entre sambistas de todas as agremiações. O enredo “Poder, fé e devoção: São Jorge Guerreiro” é carnavalesco Mauro Xuxa. Quando: Sábados, às 21h Onde: rua Melo Peixoto, 1513, Tatuapé. Portal UOL


06 02

Folha Quinzenal

Nossa região

ZL

Alckmin libera mais R$ 25 milhões extras para ajudar o Hospital Santa Marcelina hospitais estruturantes, que são aqueles de referência em atendimentos complexos, como cirurgias cardiovasculares e torácica, hemodiálise e neurocirurgias; os hospitais estratégicos, de médio porte, responsáveis pela média complexidade, e os hospitais de apoio, que são os de pequeno porte. O Santa Marcelina é um dos 11 hospitais estruturantes dentro da reorganização da saúde do Estado. As santas casas e hospitais filantrópicos respondem por metade dos atendimentos realizados aos pacientes do do, mensalmente, o au- SUS em todo o Estado. xílio de R$ 1,3 milhão Pronto-Socorro por meio do Programa Pró-Santas Casas. No total, a unidade receberá, anualmente, R$ 41,2 milhões do Governo paulista em recursos extras do tesouro estadual. A Secretaria da Saúde classificou as instituições em três tipos: os Dilvulgação

O hospital Santa Marcelina, em Itaquera, na zona leste da capital, vai receber mais R$ 25,6 milhões em 2014. Os recursos fazem parte do programa de auxílio às santas casas e hospitais filantrópicos, do Governo do Estado. “Este trabalho estamos fazendo em todo o Estado. São 70% a mais da tabela

do SUS paga pelo Estado para poder atender a população”, disse o governador na assinatura do convênio com a instituição, nesta segunda, 27/01. “O programa tem um investimento de R$ 535 milhões só para santas casas e só para quem atende SUS”, explicou Geraldo Alckmin. O

Hospital Santa Marcelina fica em uma área onde vivem 4,2 milhões de pessoas. Realiza, por mês, cerca de 30 mil consultas médicas, 290 mil exames de a apoio diagnóstico, 1,3 mil cirurgias, 300 partos e oito transplantes. Além do novo incentivo financeiro, o hospital vai continuar receben-

Esclarecimento sobre a inspeção veicular.

Alckmin também visitou as obras do pronto-socorro do Hospital Santa Marcelina, que já recebeu o investimento de R$ 7 milhões do Governo do Estado. “O Santa Marcelina será referência para os jogos da Copa do Mundo, já que a abertura da Copa será aqui em Itaquera. Em abril, fica pronto o novo pronto-socorro, e nós teremos aqui um belíssimo pronto-socorro para atender quem precisa, atender a população e também como referência para a abertura da Copa”, explicou Alckmin. Do Portal do Governo do Estado

PALAVRA CRUZADA DE CARNAVAL

O contrato da empresa Controlar acabou no dia 31 de janeiro e a Prefeitura esclarece:

1. A inspeção veicular ambiental está temporariamente suspensa desde 1º de fevereiro de 2014. Será retomada depois da licitação para contratar novas empresas para prestar o serviço. 2. O licenciamento de 2014 não depende da aprovação na inspeção veicular durante a suspensão. Quando o serviço voltar a funcionar, os veículos com pendências terão prazo para realizar a inspeção. 3. O calendário da inspeção veicular de 2014 será publicado em portaria da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente. A nova inspeção veicular tem regras que facilitam a vida dos motoristas, sem prejuízos ao meio ambiente: a. isenta os carros aprovados de pagamento de taxa; b. não é exigida de veículos em seus primeiros três anos de uso; c. será feita a cada dois anos se o veículo tiver entre quatro e nove anos de uso; d. será feita anualmente se o veículo for movido a diesel ou se tiver dez ou mais anos de uso.

Viver a cidade que a gente ama. Fazer a São Paulo que a gente quer. www.prefeitura.sp.gov.br

Anuncie em jornal de bairro Jornal

Tel. 99816-5427 Folha QuinzenalZL

Jornal Folha Quinzenal ZL  

Edição 46 - Fevereiro 2014

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you