Issuu on Google+

Usamos: Por que -> normalmente usado no início de frases interrogativas. Pode ser substituído por pelo qual, pela qual, pelos quais, pelas quais, por que (qual) motivo.

Exemplos: Por que você não fez a lição? = (Por qual motivo você não fez a lição?) Por que temos de economizar água? = (Por qual motivo temos de economizar água?) Não sei por que os jogadores estão discutindo. = (Não sei por que motivo os jogadores...) Este é o motivo por que não fui à excursão. = (Este é o motivo pelo qual não fui...)

Por quê -> no fim de frases. Exemplos: Você não fez a lição. Por quê? Estava triste sem saber por quê. Muitos reclamaram das notas, mas não havia por quê. Você não gosta de jiló, por quê? Porque -> em respostas, para explicação ou causa. Pode ser substituído por pois. Exemplos: Ele não fez a lição porque não a entendeu. A aula foi cancelada porque não havia luz na escola. Muitas plantas morrem porque não chove. Falo muito porque gosto. Porquê -> Sempre que houver o artigo o antes dele. Pode ser substituído por motivo, razão. Exemplos: Não sei o porquê desta bagunça. Você não me explicou o porquê da sua falta. Ainda bem que você me explicou os porquês da sua demissão. Aprender o uso dos porquês é muito importante.


Porquês