Page 267

"A maioria das pessoas não o veem. Tentei fazer eles colocarem placas maiores, mas a administradora que mantêm o lago não quer estragar a beleza natural do local. Só recentemente começaram a colocar câmeras nos postes de luz e publicaram as placas para que as pessoas soubessem que estavam sendo filmadas. Então, ter que fazer uma placa maior para as pessoas ficarem fora da grama os travou." "Por que as câmeras? As pessoas estão roubando os patos para leválos para casa?" Jackal brincou. "Não. Alguém os está matando O último foi bem antes de eu sair. Eles mataram um cisne. Foi horrível. Cisnes são companheiros para a vida. Seu companheiro continua nadando ao redor, chamando por ele." Penni engoliu o nó doloroso em sua garganta lembrando-se disso. "Droga. Qual deles?" Perguntou Jackal, olhando para o lago. "Por quê? Você vai dizer a ele que está arrependido?" Penni mal conteve o riso. "Não me venha com essa. Eu sei que você sabe qual deles é." Penni apontou para um local onde um belo cisne estava graciosamente deslizando pela água não muito longe de onde eles estavam sentados. "Viu? Eu conheço você." A serenidade de Jackal fez ela olhar para longe, seu sorriso morrendo. "Você não me conhece. Você não sabe como o quanto me sentia estranha entre o grupo da minha própria faixa etária, e não conseguia mensurar as expectativas da minha mãe sobre como eu deveria agir. A única vez que me sentia viva era quando fazia algo que poderia me machucar.” “Quando Shade vinha me visitar, ele podia fazer o vazio ir embora. Então ele saía de novo, e isso começava novamente. Ele costumava me levar para um parque a alguns quilômetros de distância da nossa casa, e nós olhávamos para o lago.” “Ele me ensinou como respirar, Jackal. Como respirar até que eu pudesse sentir meu coração batendo no meu peito. Finalmente entendi a diferença entre estar vivo e apenas existir.”

J A M I E

B E G L E Y

Profile for Jessica Rosa

Hostage - Jamie BEngley  

Hostage - Jamie BEngley