Issuu on Google+

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50

P3

p5

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50

Uniso Notícias 554

P8

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50 As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50 al praia Lusitana Por mares nunca de antes nav 100 egados Passaram ainda além da Taprobana, Em pe 150 rigos e guerras esforçados Mais do que prometi 200 a a força humana, E entre gente remota edifica 250 ram Novo Reino, que tanto sublimaram; Luis de 0300

E também as memórias gloriosas Daqueles Reis q 350 ue foram dilatando A Fé, o Império, e as terra 400 s viciosas De África e de Ásia andaram devasta 450 ndo, E aqueles que por obras valerosas Se vão 0500 da lei da Morte libertando, Cantando espalharei550 por toda parte, Se a tanto me ajudar o engenho 600 e arte. Luis de Camões, Os Lusíadas. Luis

de. 0650 Cessem do sábio Grego e do Troiano As navegaçõ 700 es grandes que fizeram; Cale-se de Alexandro e 750 de Trajano A fama das vitórias que tiveram; Qu 800 e eu canto o peito ilustre Lusitano, A quem Ne 850 ptuno e Marte obedeceram. Cesse tudo o que a M 900 usa antiga canta, Que outro valor mais alto se 950 alevanta. Luis de Camões, Os Lusíadas. Luis d 1000 E vós, Tágides minhas, pois criado Tendes em 01050 mi um novo engenho ardente, Se sempre em verso1100 humilde celebrado Foi de mi vosso rio alegrem 1150 ente, Dai-me agora um som alto e sublimado, Um1200 estilo grandíloco e corrente, Por que de voss 1250 as águas Febo ordene Que não tenham enveja às 1300 de Hipocrene. Luis de Camões, Os Lusíadas. Lu 1350 Dai-me üa fúria grande e sonorosa, E não de a 1400 greste avena ou frauta ruda, Mas de tuba cano 1450 ra e belicosa, Que o peito acende e a cor ao 01500

uniso.br

Arquivo

As armas e os Barões assinala dos Que da Ocident 50


sua opinião

memória da Uniso As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50 al praia Lusitana Por mares nunca de antes nav 100 egados Passaram ainda além da Taprobana, Em pe 150

Vc tem alguma sugestão para esse quadro? iso.br

uniso.noticias@un

Uniso Notícias 554

fizeram; Cale-se de Alexandro e 750 de Trajano A fama das vitórias que tiveram; Qu 800 e eu canto o peito ilustre Lusitano, A quem Ne 850 ptuno e Marte obedeceram. Cesse tudo o que a M 900 usa antiga canta, Que outro valor mais alto se 950 alevanta. Luis de Camões, Os Lusíadas. Luis d 1000 E vós, Tágides minhas, pois criado Tendes em 01050 mi um novo engenho ardente, Se sempre em verso1100 humilde celebrado Foi de mi vosso rio alegrem 1150 ente, Dai-me agora um som alto e sublimado, Um1200 estilo grandíloco e corrente, Por que de voss 1250 as águas Febo ordene Que não tenham enveja às 1300 de Hipocrene. Luis de Camões, Os Lusíadas. Lu 1350 Dai-me üa fúria grande e sonorosa, E não de a 1400 greste avena ou frauta ruda, Mas de tuba cano 1450

uniso.noticias@uniso.br

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50 al praia Lusitana Por mares nunca de antes nav 100 egados Passaram ainda além da Taprobana, Em pe 150 rigos e guerras esforçados Mais do que prometi 200 a a força humana, E entre gente remota edifica 250 ram Novo Reino, que tanto sublimaram; Luis de 0300 E também as memórias gloriosas Daqueles Reis q 350 ue foram dilatando A Fé, o Império, e as terra 400 s viciosas De África e de Ásia andaram devasta 450 ndo, E aqueles que por obras valerosas Se vão 0500 da lei da Morte libertando, Cantando espalharei550 por toda parte, Se a tanto me ajudar o engenho 600 e arte. Luis de Camões, Os Lusíadas. Luis de. 0650 Cessem do sábio Grego e do Troiano As navegaçõ 700 es grandes que

Reitor da Uniso Prof. Dr. Fernando de Sá Del Fiol fernando.fiol@prof.uniso.br Pró-Reitor Administrativo Prof. Dr. Rogério Augusto Profeta rogerio.profeta@uniso.br Pró-Reitor Acadêmico Prof. Dr. José Martins de Oliveira Jr. jose.oliveira@prof.uniso.br O Uniso Notícias é uma publicação semanal produzida pela Assessoria de Comunicação Social da Uniso - Assecoms. Cidade Universitária Rod. Raposo Tavares, km 92.5 Fone: (15) 2101-7006 ou 2101-7007 0800-702-7005 Editora Responsável: Mônica Ribeiro (MTB 27.877) Equipe: Vivian Marques (Jornalismo), Maria Lígia Conti (Revisão Ortográfica) e Jéssica de Almeida Bastida Raszl (diagramação e arte).

siga! /# uniso

teco.teco@uniso.br

expediente

Fevereiro 2011

Fotos: Assecoms/Labcom Impressão: XXXXX Tiragem: XXXXXX exemplares


Uniso Notícias 554

Arquivo

ensino 2010

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50 Daqueles Reis q 350 ue foram dilatando A Fé, o Império, e as terra 400 s viciosas De África e de Ásia andaram devasta 450 ndo, E aqueles que por obras valerosas Se vão 0500 da lei da Morte libertando, Cantando espalharei550 por toda parte, Se a tanto me ajudar o engenho 600 e arte. Luis de Camões, Os Lusíadas. Luis de. 0650 Cessem do sábio Grego e do

Troiano As navegaçõ 700 es grandes que fizeram; Cale-se de Alexandro e 750 de Trajano A fama das vitórias que tiveram; Qu 800 e eu canto o peito ilustre Lusitano, A quem Ne 850 ptuno e Marte obedeceram. Cesse tudo o que a M 900 usa antiga canta, Que outro valor mais alto se 950 alevanta. Luis de Camões, Os Lusíadas. Luis d 1000

uniso.br

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50 al praia Lusitana Por mares nunca de antes nav 100 egados Passaram ainda além da Taprobana, Em pe 150 rigos e guerras esforçados Mais do que prometi 200 a a força humana, E entre gente remota edifica 250 ram Novo Reino, que tanto sublimaram; Luis de 0300 E também as memórias gloriosas


pesquisa na uniso

Fevereiro 2011

As armas e os Barões assinala 30 Arquivo

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50 As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50 al praia Lusitana Por mares nunca de antes nav 100 egados Passaram ainda além da Taprobana, Em pe 150 rigos e guerras esforçados Mais do que prometi 200 a a força humana, E entre gente remota edifica 250 ram Novo Reino, que tanto sublimaram; Luis de 0300

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50

Uniso Notícias 554

que prometi 200 a a força humana, E entre gente remota edifica 250 ram Novo Reino, que tanto sublimaram; Luis de 0300 E também as memórias gloriosas Daqueles Reis q 350 ue foram dilatando A Fé, o Império, e as terra 400 s viciosas De África e de Ásia andaram devasta 450 ndo, E aqueles que por obras valerosas Se vão 0500 da lei da Morte libertando, Cantando espalharei550 por toda parte, Se a tanto me ajudar o engenho 600 e arte. Luis de Camões, Os Lusíadas. Luis de. 0650 Cessem do sábio Grego e do Troiano As navegaçõ 700 es grandes que fizeram; Cale-se de Alexandro e 750 de Trajano A fama das vitórias que tiveram; Qu 800 e eu canto o peito ilustre Lusitano, A quem Ne 850 ptuno e Marte obedeceram. Cesse tudo o que a M 900 usa antiga canta, Que outro valor mais alto se 950 alevanta. Luis de Camões, Os Lusíadas. Luis d 1000

Arquivo

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50 al praia Lusitana Por mares nunca de antes nav 100 egados Passaram ainda além da Taprobana, Em pe 150 rigos e guerras esforçados Mais do

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50 al praia Lusitana Por mares nunca de antes nav 100 egados Passaram ainda além da Taprobana, Em pe 150 rigos e guerras esforçados Mais do que prometi 200 a a força humana, E entre gente remota edifica 250 ram Novo Reino, que tanto sublimaram; Luis de 0300

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50 As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50 al praia Lusitana Por mares nunca de antes nav 100 egados Passaram ainda além da Taprobana, Em pe 150 rigos e guerras esforçados Mais do que prometi 200 a a força humana, E entre gente remota edifica 250 ram Novo Reino, que tanto sublimaram; Luis de 0300


uniso e eu

Uniso Notícias 554

giro no câmpus

Arquivo

As armas e os Barões assinala 30

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50

uniso.br

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50 al praia Lusitana Por mares nunca de antes nav 100 egados Passaram ainda além da Taprobana, Em pe 150 rigos e guerras esforçados Mais do que prometi 200 a a força humana, E entre gente remota edifica 250 ram Novo Reino, que tanto sublimaram; Luis de 0300 E também as memórias gloriosas Daqueles Reis q 350 ue foram dilatando A Fé, o Império, e as terra 400 s viciosas De África e de Ásia andaram devasta 450 ndo, E aqueles que por obras valerosas Se vão 0500 da lei da Morte libertando, Cantando espalharei550 por toda parte, Se a tanto me ajudar o engenho 600 e arte. Luis de Camões, Os Lusíadas. Luis de. 0650 Cessem do sábio Grego e do Troiano As navegaçõ 700 es grandes que fizeram; Cale-se de Alexandro e 750 de Trajano A fama das vitórias que tiveram; Qu 800 e eu canto o peito ilustre Lusitano, A quem Ne 850 ptuno e Marte obedeceram. Cesse tudo o que a M 900 usa antiga canta, Que outro valor mais alto se 950 alevanta. Luis de Camões, Os Lusíadas. Luis d 1000 E vós, Tágides minhas, pois criado Tendes em 01050 mi um novo engenho ardente, Se sempre em verso1100 humilde celebrado Foi de mi vosso rio alegrem 1150 ente, Dai-me agora um som alto e sublimado, Um1200


extensão na uniso

Fevereiro 2011

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50 As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50 al praia Lusitana Por mares nunca de antes nav 100 egados Passaram ainda além da Taprobana, Em pe 150 rigos e guerras esforçados Mais do que prometi 200 a a força humana, E entre gente remota edifica 250 ram Novo Reino, que tanto sublimaram; Luis de 0300 E também as memórias gloriosas Daqueles Reis q 350 ue foram dilatando A Fé, o Império, e as terra 400 s viciosas De África e de Ásia andaram devasta 450

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50 As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50 al praia Lusitana Por mares nunca de antes nav 100 egados Passaram ainda além da Taprobana, Em pe 150 rigos e guerras esforçados Mais do que prometi 200 a a força humana, E entre gente remota edifica 250 ram Novo Reino, que tanto sublimaram; Luis de 0300 E também as memórias gloriosas Daqueles Reis q 350 ue foram dilatando A Fé, o Império, e as terra 400 s viciosas De África e de Ásia andaram devasta 450 ndo, E aqueles que por obras valerosas Se vão 0500 da lei da Morte libertando, Cantando espalharei550 por toda parte, Se a tanto me ajudar o engenho 600 e arte. Luis de Camões, Os Lusíadas. Luis de. 0650

Uniso Notícias 554

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50


Uniso Notícias 554

vida na uniso

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50 al praia Lusitana Por mares nunca de antes nav 100 egados Passaram ainda além da Taprobana, Em pe 150 rigos e guerras esforçados Mais do que prometi 200 a a força humana, E entre gente remota edifica 250 ram Novo Reino, que tanto sublimaram; Luis de 0300

  As armas e os Bares assinalados Que da Ocident

80%

20%

As armas e os Bares assinalados Que da Ocident

uniso.br

nao

Arquivo

SIM

E também as memórias gloriosas Daqueles Reis q 350 ue foram dilatando A Fé, o Império, e as terra 400 s viciosas De África e de Ásia andaram devasta 450 ndo, E aqueles que por obras valerosas Se vão 0500 da lei da Morte libertando, Cantando espalharei550 por toda parte, Se a tanto me ajudar o engenho 600 e arte. Luis de Camões, Os Lusíadas. Luis de. 0650

Arquivo

Arquivo

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50


opine agora!

Fevereiro 2011

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50

Arquivo

Arquivo

Arquivo

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50 al praia Lusitana Por mares nunca de antes nav 100 egados Passaram ainda além da Taprobana, Em pe 150 rigos e guerras esforçados Mais do que prometi 200 a a força humana, E entre gente remota edifica 250 ram Novo Reino, que tanto sublimaram; Luis de 0300 E também as memórias gloriosas Daqueles Reis q 350 ue foram dilatando A Fé, o Império, e as terra 400 s viciosas De África e de Ásia andaram devasta 450 ndo, E aqueles que por obras valerosas Se vão 0500 da lei da Morte libertando, Cantando espalharei550 por toda parte, Se a tanto me ajudar o engenho 600 e arte. Luis de Camões, Os Lusíadas. Luis de. 0650

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50 al praia Lusitana Por mares nunca de antes nav 100 As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50

Uniso Notícias 554

As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50 al praia Lusitana Por mares nunca de antes nav 100 As armas e os Barões assinalados Que da Ocident 50


Uniso Notícias