Page 1

Revista Educação&Tecnologia

ANO 1 - nº 01 DEZEMBRO 2019


Revista Educação&Tecnologia

A elaboração da revista Educação&Tecnologia faz parte da proposta da Disciplina de Tecnologia e Educação do 7º período do curso de Pedagogia , como Trabalho Final. Os conteúdos abordam todas as tarefas e atvidades realizadas em sala de aula .

Editora: Jéssica Felix Realização: Valter Filé UFRRJ - IM


UFRRJ - UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO: LICENCIATURA EM PEDAGOGIA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E SOCIEDADE DO INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR

jessicacristinaferreira@hotmail.com Av. Governador Roberto Silveira, S/N Moquetá - Nova Iguaçu - RJ CEP 26020-740 UFRRJ/DES

Revista Educação&Tecnologia v.1, n.1, dez/2019

Editor: Jéssica Felix. Produção

Editorial:

Daiane

Elidia. Projeto Gráfico: Lívia Herdade. Texto e revisão: Bruna de Fátima e Nathália Campos. Fotos: Jéssica Felix. Conselho Editorial: Jéssica Felix, Daiane Bruna

Elidia, de

Campos.

Lívia

Fátima

e

Herdade, Nathália


SUMÁRIO SEÇÃO 1 - C​ONCEITOS TRABALHADOS​………………………………………………….​5 SEÇÃO 2 - ENSAIO FOTOGRÁFICO:​ ​“Traços que marcam”​...……………………………​6 SEÇÃO 3 - ROTEIRO E TUTORIAL​....……………………………………………………….​8

                 


EDITORIAL   A primeira edição da Revista Educação&Tecnologia traz informações de tudo o que foi aprendido no semestre de 2019.2 nas aulas de Tecnologias e Educação ministradas na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Em cada seção é abordado questões discutidas e pensadas em sala de aula para a melhoria da educação através das tecnologias que nos cercam. Na primeira seção é apresentado conceitos que utilizamos durante toda a disciplina, como aprendizagem colaborativa, mecanismos do Google, armazenamento em nuvem, entre outros, que vêm acompanhadas de uma explicação para cada termo usado. Na segunda seção a revista traz um ensaio fotográfico que aborda o tema “Traços que marcam”, que dialoga com as discussões realizadas em sala de aula sobre o impacto que as imagens trazem para o mundo. Na terceira e última seção é exposto um tutorial acompanhada de um roteiro que explica como verificar a frequência na Plataforma do SIGAA utilizado na UFRRJ e outras Instituições. Esta edição traz grandes surpresas e conhecimentos valiosos, VENHA CONFERIR!

Jéssica Cristina F. Felix


SEÇÃO 1 - CONCEITOS TRABALHADOS Durante as aulas de “Tecnologias e Educação”, foram apresentados diferentes conceitos de aprendizagens no ambiente da internet. Foram trabalhados os seguintes conceitos: armazenamento em nuvem, mecanismos do Google (drive, fotos, documentos,formulários, entre outros), conceitos de aprendizagem colaborativa, inteligência coletiva e o conceito de nuvem que trouxeram um novo olhar tecnológico para o campo da educação. O conceito de aprendizagem colaborativa é caracterizado por uma metodologia pedagógica em que se utilizam recursos tecnológicos que promovem um aumento de conhecimentos e saberes dos alunos, não se restringindo apenas no ambiente escolar tendo uma construção em conjunto. Essa aprendizagem traz diversos benefícios no campo da educação como confiança por meio da colaboração dos colegas, eficácia por meio das conversas e conteúdos de qualidade. Se trata de uma aprendizagem em que se aprende a colaborar colaborando com outros colaboradores, sem aquele ensino onde os alunos apenas ouvem o professor, memorizam o conteúdo para ser aplicado na prova final. Já a inteligência coletiva trata-se de uma inteligência compartilhada por meio de recursos mecânicos como a internet. É comum quando temos alguma

dúvida buscarmos através dos mecanismos de pesquisa conhecimentos online. Um exemplo disso é a plataforma do Wikipédia em que todos têm acesso às informações e podem compartilhar seu conhecimento. A inteligência coletiva possui um grande potencial e pode promover um desenvolvimento em escala global, apesar do grande risco que a internet pode oferecer às crianças não podemos negar que é uma fonte excelente para buscar conteúdos e ajudar na educação pela facilidade e rapidez ao acesso dos saberes. O termo nuvem faz referência a uma tecnologia que permite o armazenamento de dados na internet através de um servidor online disponível sem a necessidade de instalação de programas e armazenamentos de dados, por isso a alusão à “nuvem”. A vantagem da utilização desse meio é o acesso em qualquer computador e lugar nos arquivos, informações e programas em um único sistema. Durante as aulas vimos esses conceitos através do vídeo de Pierre Lévy e outro vídeo sobre o que é Cibercultura​, para aprofundarmos mais esses conceitos. Portanto, como podemos ver as tecnologias têm mecanismos excelentes para oferecer e incentivar a procura de conhecimentos que ajudem no desenvolvimento e novas habilidades.

6


SEÇÃO 2 - ENSAIO FOTOGRÁFICO: “Traços que marcam”  “Quem falou de primavera sem ter visto seu sorriso, falou sem saber o que era.” Cecília Meireles

O ensaio fotográfico ​é um conjunto de fotos que contam uma história mostrando a opinião do fotógrafo sobre ​determinado tema. O tema que eu escolhi ​mostra os sorrisos e olhares dos sujeitos que fazem parte do meu dia-a-dia, meus alunos. Olhos e sorrisos são os traços que mais admiro nas pessoas, através deles podemos expressar nossas emoções para o mundo. Esses traços, silenciosamente, carregam cada angústia, tristeza, aflição, felicidade e outros sentimentos, que cada um traz para a nossa sala de estudos. As fotografias foram tiradas no meu celular, sendo realizadas cinquenta e dois “cliques” no dia vinte e três de outubro de 2019, na parte da manhã e da tarde no espaço em que dou aulas de reforço: Minha casa. Utilizei o editor de fotos do Google Fotos para deixar ainda mais bonitas as fotos tiradas, deixo agora o registro de um dia muito divertido:

7


fotografar esteja  bem  iluminado,  de  preferência  por  uma  fonte  de  luz  que  não  aparece na cena.  3. CUIDADO  COM  A  CONTRALUZ;  Quando  a  luz  está  vindo  detrás  da  pessoa  ou  objeto  que  você  pretende  fotografar,  essa  situação  se  chama  "contraluz".  Nesse  caso,  o  sensor  da  câmera  do  seu  celular  ajustará  a  foto de  maneira  a reduzir a claridade  emitida  pela  fonte  de  luz, e o  resultado  disso  é  que  todo  o  resto  da  foto  ficará  escurecido.  4. EVITE DAR ZOOM;  Quando  dá  zoom  nesses  casos,  você está simplesmente  "recortando"  um  pedaço  da  imagem  completa,  e  não  se  aproximando  de  fato  do  objeto.  Prefira  usar  um  zoom  natural  (também  conhecido  como "chegar mais perto").   5. EM  LOCAIS  FECHADOS,  FIQUE PERTO DA JANELA;  Locais  fechados  têm  muito  menos  luz  do  que  locais 

>>dicas para fotografar melhor com o celular<<    LIMPE A LENTE;  A  sujeira  na  lente  também  pode  desorientar  os  sensores  do  dispositivo,  que  não  conseguirão  focar  ou  expor  adequadamente as cenas que  você quer fotografar  2. PENSE NA LUZ ;  É  importante  que  o objeto ou  pessoa  que  você  quer 

abertos. ​Aproximar-se de uma  janela  da  qual  entra  mais  luz  pode  resolver  esses  problemas. 

1.

Veja mais dicas ​AQUI​! 

8


SEÇÃO 3 - ROTEIRO E TUTORIAL Nesta seção foi produzido um roteiro para a gravação do tutorial sobre como verificar a frequência de cada disciplina na plataforma do SIGAA. Essa plataforma i​nformatiza os procedimentos da área acadêmica através dos módulos de: graduação, pós-graduação (stricto e lato sensu), ensino técnico, ensino médio e infantil, submissão e controle de projetos e bolsistas de pesquisa, submissão e controle de ações de extensão, submissão e controle dos projetos de ensino (monitoria e inovações), registro e relatórios da produção acadêmica dos docentes, atividades de ensino a distância e um ambiente virtual de aprendizado denominado Turma Virtual O público desse tutorial é destinado aos discentes que utilizam a plataforma do SIGAA, principalmente os alunos da UFRRJ que estão conhecendo ainda essa plataforma e possuem dificuldades para encontrar informações.

O objetivo deste tutorial é orientar como utilizar essa plataforma mostrando uma das ferramentas que o SIGAA disponibiliza ao estudante, facilitando o acesso às informações acadêmicas, como verificar a frequência nas disciplinas cursadas. Segue abaixo o roteiro realizado para a gravação desse tutorial: 1. Primeiramente abra o navegador do seu computador ou celular.

2. Pesquise no Google ou a ferramenta de busca que preferir a Plataforma SIGAA, lembrando que é importante informar a instituição que você faz parte. EX: SIGAA UFRRJ.

9


3. Abra o site e realize o acesso, informando o LOGIN e a SENHA que foi cadastrada no sistema.

4. Assim que abrir a página inicial, clicar na disciplina em que você quer verificar a frequência. Acessar a área ALUNOS que fica no canto esquerdo da tela e em seguida FREQUÊNCIA

Conheça a Revista da UFRRJ  

Pronto! Você estará na página onde são lançados os dias que teve aula e terá acesso a porcentagem de presenças.

CLIQUE AQUI!      

Leia mais sobre:

Venha conferir esse tutorial! Clique AQUI

Rural de portas abertas      

10


SEÇÃO 4 - AVALIAÇÃO DA DISCIPLINA A disciplina de Tecnologias e Educação foi essencial para a aprendizagem de novos conceitos que trouxeram outras maneiras de pensar a tecnologia na área da educação. Sabemos que a tecnologia está constantemente inserida nos espaços que ocupamos, mas muitas vezes não à utilizamos ao nosso favor. Hoje muitas pessoas se conectam nesse meio apenas para brincadeiras, vídeos e outras atividades de lazer e acabam esquecendo do quanto ela pode ser útil para descobrir, pesquisar e estudar novos “mundos”. É preciso levar os conceitos descobertos e ferramentas exploradas dessa disciplina para ajudar os nossos alunos a conhecerem as ferramentas que o Mundo da tecnologia nos fornece para a melhoria da qualidade da aprendizagem e a importância da mesma. A realização desta revista com as atividades propostas despertou o interesse em continuar a exploração do meio digital para o enriquecimento da educação no espaço escolar, além de ter contribuído com os conceitos e programas ensinado ao longo do semestre.

11


Realização

Profile for Jéssica Felix

Revista Educação & Tecnologia  

Revista Educação & Tecnologia  

Advertisement