Page 1

AL

MACEIÓ AL E 82

MACEIÓ

M 535

Turistas na Praia de Pajuçara

FOTO: FRANCO HOFFCHNEIDER

? M7 E E 82 x 3336-4409 @ turismo.maceio.al.gov.br H 932608 DISTÂNCIAS Brasília 1973 Recife 266 Aracaju 283 Salvador 604 Rio de Janeiro 2135 São Paulo 2444

Maceió é a capital com a orla urbana mais bonita do Nordeste. O melhor trecho é a trinca formada por Pajuçara, Ponta Verde e Jatiúca. Ali, o mar esverdeado compõe a paisagem com piscinas naturais, as melhores barracas para comer sururu, bons hotéis, restaurantes estrelados e um calçadão repleto de esportistas. À noite o movimento não cessa: sob o ritmo de bandas e música eletrônica, as principais cabanas de praia da cidade, Lopana e Kanoa, em Ponta Verde, ficam lotadas. Longe do Centro, a costa de Maceió tem praias ainda mais belas – e tranquilas. Pratagi e Ipioca estão ao norte, seguindo pela Al-101. No sentido contrário, no caminho para o litoral sul do estado, o Pontal da Barra recebe apreciadores do tear, que compram as peças direto dos artesãos. por JENNIFER ANN THOMAS


SE VOCÊ TEM...

3 DIAS

GUIA BRASIL 2013

536

5 DIAS

Aproveite que tem mais tempo para passear pelo norte do estado, cujo acesso é pela AL-101. A primeira parada é a Praia de Carro Quebrado, na BARRA DE SANTO ANTÔNIO (p. 134), a menos de 50 km de Maceió. Depois, siga para SÃO MIGUEL DOS MILAGRES (p. 793), uma vila de pescadores a 106 km de Maceió, e vá à praia cinco-estrelas do PATACHO. Em MARAGOGI (p. 513), a 140 km, estão as piscinas naturais conhecidas como Galés (mergulhe para ver os peixes coloridos).

2

10 DIAS

Dá para fazer o PASSEIO DE BARCO até a foz do Rio São Francisco, que parte do litoral sul do estado. No caminho até Piaçabuçu, de onde parte o passeio, estão as praias do FRANCÊS (p. 682) e do GUNGA, em BARRA DE SÃO MIGUEL (p. 134). Lá, também vale fazer o passeio até a VILA PALATEIA ou almoçar no restaurante estrelado KAAMO. De volta a Maceió, vá ao estrelado peruano WANCHAKO  3 .

3

PROGRAME-SE

É TUDO VERDADE Você vai ouvir os nativos – sobretudo

donos de empreendimentos turísticos – chamar o bairro Cruz das Almas de Lagoa da Anta. Isso acontece porque eles não gostam do nome original, que faz referência a um cemitério indígena.

MACEIÓ 30 ºC

250 mm

25

200

20

150

15

100

10

50

5 meses

0 J

F

M

A

M

Chuvas

J

J

A

S

O

N

D

Temp máx/mín

A alta temporada é no verão, quando a cidade fica movimentada e mais cara. De maio a julho, as temperaturas continuam altas, mas chove muito. Os passeios às piscinas naturais são alterados de acordo com a tábua de marés.

HISTÓRIA O Museu Théo Brandão (p. 542) ocupa um casarão de três andares em uma das principais vias da cidade, a Avenida da Paz. Lá dentro, há peças que remontam à história local – desde artesanato e obras de arte dos tempos do império até instalações que fazem referência à cultura contemporânea, como as salas de ex‑votos e os bonecos de Carnaval de rua.

GENTE As rendas de Maceió são internacionalmente famosas.

Estima-se que mais de 400 artesãs trabalhem por aqui, mas, na Rua das Rendeiras, a estrela é Guilherme dos Santos, de 41 anos, que há três décadas se dedica ao tear (leia mais no quadro da p. 544). Um vestido dele chega a custar R$ 350.

FOTOS: FRANCO HOFFCHNEIDER

M

1

RAIO X

MACEIÓ AL E 82

Visite as três praias centrais: JATIÚCA, PONTA VERDE 1 e PAJUÇARA. A FEIRA DE ARTESANATO DE PAJUÇARA, aliás, fica próxima do ponto de partida para as piscinas naturais. Vá também a uma das melhores barracas de Maceió, a HIBISCUS  2 , que fica em IPIOCA, e não deixe de apreciar o artesanato local na RUA DAS RENDEIRAS. Por fim, vale provar a culinária do estrelado especializado em cozinha nacional, o DIVINA GULA.

Maceió  

Apuração de Maceió para o Guia Brasil 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you