Page 1

Vida saudável na terceira idade Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) a população idosa no Brasil vai crescer cerca de dezesseis vezes até o ano de 2025, enquanto a população geral terá um crescimento de cinco vezes. Se a estimativa do IBGE se realizar, o Brasil vai ocupar a 6° posição no ranking dos países com mais pessoas idosas, em números absolutos serão 32 milhões de idosos. Por isso pensando na qualidade de vida dessa população, vamos falar sobre a nutrição e atividade física na terceira idade.

Foto: Reprodução/ Bacsinoigi

Saúde De acordo com o estatuto do idoso no Brasil, as pessoas são consideradas idosas a partir dos 60 anos. Sendo assim, essa é a hora dessas pessoas relaxarem, já que passaram grande parte da vida trabalhando. Não significando ter uma vida sedentária, nessa fase ocorrem muitas mudanças no corpo e na mente das pessoas por isso é muito importante manter o corpo ativo.


Uma das mudanças que ocorrem no envelhecimento é a alteração na estrutura corporal; a altura, o peso e a composição corporal são modificados e isso ocorre por vários fatores. A mudança de altura e peso, por exemplo, além de serem influenciado por fatores genéticos sofrem influencia de fatores externos como a dieta da pessoa, a pratica ou não de exercícios e muitos outros. A diminuição da estatura está relacionada, dentre outras causas, a compressão da coluna; já o aumento de peso se inicia por volta dos 45 anos de idade, enquanto aos 70 anos há uma tendência de estabilização e perda de peso. A alteração da composição corporal ocorre devido à perda de massa muscular e óssea, e do aumento da gordura corporal. Há também uma tendência de deslocamento da gordura dos braços e pernas para o abdome e peitoral, essas mudanças também são decorrentes de questões genéticas, da alimentação e da quantidade de atividades física.

Foto: Reprodução

É muito importante que o idoso consiga manter o peso ideal, isso por que os estudos mostram que idosos acima do peso tendem a sofrer de doenças cardiovasculares e diabetes, e aqueles que apresentam baixos pesos desenvolvem mais doenças respiratórias, infecções e câncer.


O controle da dieta além de ser importante para a manutenção do peso corporal é relevante para prevenção de doenças cardiovasculares, gases intestinais, diabetes e osteoporose, além de muitas outras.

A dificuldade de locomoção muitas vezes impede a realização de exercícios e das atividades comuns do dia a dia, porém a prática de exercícios como caminhada, hidroginástica e natação ou mesmo um bom baile da terceira idade, são fundamentais para manutenção do peso. A prática de exercícios de força também são indispensáveis, não se pode mais imaginar que o único exercício para o idoso é a caminhada, nas academias de ginastica de grandes centros urbanos há professores de educação física especializados em musculação para idosos e que ficam a disposição desse grupo.

Alimentação No Brasil os idosos ingerem poucas frutas e verduras; sendo o pão, o arroz, o leite e as carnes suas principais fontes alimentares. Algumas pesquisas revelam que isso acontece por questões econômicas, mas também por questões de hábitos, pesquisas também mostram que os idosos que vivem sozinhos muitas vezes acabam por ingerir produtos industrializados e de fácil preparo. A alimentação saudável é essencial, além de garantir que todos os nutrientes importantes para a manutenção da boa saúde também vai garantir uma melhor qualidade de vida. Assim como em qualquer fase da vida é importante à gente manter uma dieta equilibrada e balanceada contendo todos os grupos de alimentos na proporção correta, mas na terceira idade podemos sim destacar alguns alimentos.


Foto: Reprodução

O leite e derivados, por exemplo, são de extrema importância nessa fase por serem ótimas fontes de cálcio e de vitamina D que são importantes para a boa saúde dos ossos, que para o idoso é muito importante. Devemos atentar ao consumo excessivo do sal, os idosos com o passar do tempo vão diminuindo o paladar do sal, então a tendência são eles quererem consumir um pouco mais de sal, tem que haver um pouquinho mais de supervisão para poder evitar que leve à hipertensão.

O cuidado com a ingestão de líquidos é indispensável, os idosos de maneira geral tendem a sentir menos sede e assim bebendo menos agua, portanto a atenção na ingestão hídrica tem que dobrar. Para se ter uma vida saudável na terceira idade devemos desde jovens, termos uma boa alimentação e praticar atividade física, evitando assim o fumo e o consumo de bebida alcoólica.


Não deixe para melhorar quando os problemas já estiverem instalados não, comece já e aproveite o melhor de uma vida saudável.

Foto: Reprodução/ Portal dos Roteiros

Vida saudável na terceira idade  

TEMA: Bem Estar OBJETIVO: Escolher um assuntos, e aborda no mesmo, hábitos para ter uma vida saudável e um bem estar.