Page 49

e eu não tinha certeza de se um dia chegaria a esse ponto. Aquele homem sabia manter informações em sigilo de todos os jeitos necessários, um talento que eu nunca consegui compreender direito. Analisei os olhos dele na semipenumbra, com o coração se contorcendo por saber que havia muito mais por trás das palavras dele e das experiências que tínhamos compartilhado juntos. Eu não havia angariado coragem suficiente para perguntar sobre o clube novamente e não tinha certeza se queria. Talvez ele tivesse razão. Talvez eu devesse deixar para lá, mas uma vozinha na minha cabeça simplesmente não deixava. A sobrancelha dele se enrugou. — O que foi? — Nada. Só estou um pouco preocupada com a empresa — falei rapidamente, evitando o que mais estava me incomodando. — Estou um pouco preocupada com Daniel também. Quando tudo isso se tornar público, vai afetar a campanha dele. Uma repórter me ligou hoje de manhã, querendo informações. Ele tirou uma mecha de cabelo do meu rosto. — Nós sabíamos que isso viria à tona, eventualmente. — Eu sei. Eu só queria que tudo isso já tivesse passado. Enquanto essa investigação sobre a morte de Mark estiver aberta, tenho que conviver com essa mentira. Estou morrendo de medo de que a polícia descubra a verdade. — Você deveria ter contado a verdade a eles quando teve a chance, Erica. Fechei os olhos, sentindo o rumo que a conversa estava tomando. — Você sabe por que eu não podia. — Você quer acreditar que ele é alguém que não é. Que, de alguma forma, essa única atitude, ainda que para salvar a própria campanha, o redime de tudo que ele não fez por você, as coisas que ele nunca lhe deu. Uma onda de emoções me inundou, fazendo as lágrimas darem alfinetadas atrás dos meus olhos. Rejeitando a rendição aos sentimentos que eu não queria encarar, me afastei e tentei olhar para a parede. Blake me virou rapidamente para ele de novo. Abri a boca para protestar, mas ele colou os lábios nos meus, me silenciando com um beijo lento e imponente. Ele colocou a mão no meu rosto enquanto seu braço me abraçava com mais força. Ofeguei por ar quando ele interrompeu o beijo, seus olhos sombrios me olhando atentamente. Ele contornou meu lábio inferior com o polegar. — Me desculpe. Acho que nunca vou conseguir perdoar Daniel por ter

Profile for Jennifer

Potência Extrema - Meredith Wild  

Série: Hacker #4

Potência Extrema - Meredith Wild  

Série: Hacker #4

Advertisement