Page 228

Quero dar tudo a você… Fiquei na ponta dos pés, me rendendo ao amor no beijo dele. As mãos dele se agitaram. Ele expirou tremulamente. — Está pronta para dar adeus a este vestido? Porque não posso esperar nem mais um minuto para fazer amor com você. Concordei com a cabeça. Ele fez um carinho nos meus ombros. — Tão linda. Me virei nos braços dele. Ele não teve dificuldade alguma em abrir o fecho e o zíper das costas do vestido. O tecido pesado caiu no chão, formando uma poça nos meus pés. Atrás de mim, ouvi Blake jogando suas próprias roupas no chão. Me virei e o peguei me secando, de queixo caído, com olhos cheios de desejo. Fiquei parada na frente dele com a lingerie de renda branca que eu sabia que ele iria amar. Ele contornou a costura da minha calcinha e passou o polegar pela cicatriz que espiava por debaixo dela. Em meio à felicidade inebriante do dia, uma pequena tristeza pairou sobre mim. Ele segurou meu queixo, erguendo meus olhos para os dele. — Nada de olhos tristes esta noite. Esta é a hora do homem da casa fazer amor apaixonadamente com sua linda esposa. Pode ser que eu não pare por horas, pois estou faminto por você. Então, as mãos dele estavam em todos os lugares, abrindo o corselete e tirando a calcinha delicada de renda exatamente como eu imaginava que ele faria. Ficando de joelhos, ele se demorou em mim, dando beijos delicados na minha barriga e um pouquinho acima do montinho de pelos entre minhas pernas. Descendo para o local no meu abdômen onde a ferida marcava a pele, ele raspou os lábios na cicatriz rosa escuro que tinha começado a se formar. Tentei ignorar a imperfeição, desviando os olhos sempre que eles eram atraídos para a região toda vez que eu me vestia ou me despia. — Blake, não… Me cobri, sentindo-me constrangida. Puxei os ombros dele, forçando-o a se levantar. Ele se ergueu, apenas para me deitar na cama macia e voltar sua atenção novamente para a parte de baixo do meu corpo, beijando, lambendo. Ofeguei quando ele deslizou a língua pela parte interna da minha coxa e voltou pelo mesmo caminho. Ele foi subindo pelo meu corpo, reivindicando cada pedacinho de pele com aquela boca maravilhosa até me deixar tremendo e à beira da loucura.

Profile for Jennifer

Potência Extrema - Meredith Wild  

Série: Hacker #4

Potência Extrema - Meredith Wild  

Série: Hacker #4

Advertisement