Page 198

CAPÍTULO 17

O

uma mosca que não ia embora. Franzi a testa, buscando forças para fazê-lo parar. Estava frio. Eu não conhecia esse lugar. Tudo estava embaçado, mas o quarto estava extremamente iluminado, luzes zuniam baixinho acima de mim. Lentamente e fazendo muito esforço, coloquei mais coisas em foco. A textura áspera do cobertor branco que me cobria. Os tubos duros que invadiam minhas narinas. Um sussurro baixinho ao meu lado. Então, o rosto de Blake preencheu a moldura cada vez maior da minha visão. Eu queria tocá-lo, mas a dor de uma agulha se espalhou pela minha mão quando fui movê-la. Me encolhi. Ele a segurou entre as mãos dele, acariciando delicadamente e esquentando-a ao mesmo tempo. — Blake. — Minha voz sumiu quando falei. Minha garganta estava seca, mas ficou repentinamente úmida de lágrimas e emoções. Ver Blake foi demais para mim. Ficamos separados por tempo demais, mas eu não sabia explicar por quê. — O que aconteceu? — Você foi baleada. Fechei os olhos e vasculhei minha memória. Tudo estava embaçado demais, mas, lentamente, assim como o quarto, as últimas lembranças da minha mente consciente entraram em foco. O restaurante. Os tiros e os gritos. Sangue. Céus, havia tanto sangue. De Richard também. Richard tinha sido ferido… ou pior. — Richard está bem? Hesitação nadou nos olhos de Blake. Ele meneou a cabeça. — Ele não sobreviveu. BIPE PERSISTENTE ERA COMO

Profile for Jennifer

Potência Extrema - Meredith Wild  

Série: Hacker #4

Potência Extrema - Meredith Wild  

Série: Hacker #4

Advertisement