Page 137

Colocando a mão entre nós, encontrei o pau duro e latejante dele sob a calça jeans. Gemi, esfregando os seios no peito dele. Eu o beijei fervorosamente, sentindo meu gosto em seus lábios. Eu estava tão fora de mim por causa do desejo que poderia ter feito qualquer coisa. Limites pareciam um conceito muito distante. Ele fechou os olhos, e seu maxilar se contraía enquanto eu o massageava e beijava. — Eu quero você — sussurrei, mordiscando o maxilar dele. — Não aqui. — Por favor. Ele segurou meu pulso, imobilizando meus suplícios. — Vamos dar o fora daqui. Inspirei fundo, me controlando. Desci de cima dele e, depois de um pequeno ajuste, Blake se levantou, me puxando com ele. Fomos na direção da porta, seguindo o mesmo trajeto que eu tinha feito quando cheguei. Eu estava quase correndo para conseguir acompanhá-lo. — Esperem! A voz de uma mulher ecoou pelo corredor. A menina que tinha guardado meu casaco mais cedo correu na nossa direção com ele. — Obrigado — disse Blake, pegando-o. — De nada, sr. Landon. Ela deu uma olhada rápida para Blake e abaixou a cabeça humildemente, escondendo aqueles maravilhosos olhos azuis. Minhas narinas se exaltaram. Não gostei do que vi ali. Algo familiar demais, como adoração. A menina desapareceu pelo corredor e Blake me entregou o casaco para que eu colocasse. — Vamos. Atravessamos a rua até onde o Tesla de Blake estava estacionado. Me acomodei no banco do passageiro, meus pensamentos repentinamente entraram em uma confusão épica. O que tínhamos acabado de fazer? Quem era a menina? Que diabos havia de errado com a gente? Blake arrancou e começou a dirigir para casa. Fiquei olhando pela janela, incapaz de manter minha curiosidade sob controle. — Você a conhece? — Quem? — Aquela menina. Ele deu de ombros.

Profile for Jennifer

Potência Extrema - Meredith Wild  

Série: Hacker #4

Potência Extrema - Meredith Wild  

Série: Hacker #4

Advertisement