Page 101

— Quem era? — Clay já lidou com ele. Está tudo bem. A tensão no corpo dele pareceu se dissipar. — Certo. Ele deu a volta na ilha central, onde eu estava parada, e se aproximou para um beijo, mas eu virei o rosto. — O que foi? — O que você acha? — murmurei. Ele me faria dizer cada sílaba. Eu mal podia esperar para ouvir as desculpas de Blake por ter entrado em contato com Alex antes de mim. Ele ergueu as sobrancelhas. — Por que você simplesmente não me conta? Ergui os olhos para ele. — Recebi um castigo de você na noite passada com a promessa de que você iria ficar longe desse acordo. Esse é o meu negócio. — Você não disse para eu ficar longe. Disse que queria negociar por conta própria — respondeu ele, indiferentemente. Soltei uma risada chocada. — Então você vai lá e liga para a pessoa com quem eu preciso negociar diretamente? — Eu queria dar uma sondada no negócio. Só isso. — Ah, é? Fui até a sala de jantar com minha comida requentada. Depois de um instante, Blake se sentou do outro lado da mesa. Talvez precisássemos de uma casa maior. Eu precisava de pelo menos dois cômodos entre nós agora. — Não sei por que você está tão chateada. Foi para você que ele mandou a proposta, certo? Tudo que fiz foi perguntar algumas coisas. Não fingi exprimir as suas opiniões, nem as minhas, de jeito nenhum. — Ele fez uma pausa. — Você queria meus conselhos, certo? — Sim — respondi bruscamente entre as garfadas. — Certo. Bom, não posso aconselhar você sobre algo que eu não domino minuciosamente. Este é seu primeiro negócio. Há muitas perguntas a serem feitas logo de cara para ver como serão as estruturas básicas. Eu sabia que Alex teria algo bastante específico em mente. Eu queria esses detalhes para poder apontar a direção certa para você quando a hora chegasse. Meneei a cabeça. Eu queria dizer que aquilo era tudo balela. — Eu te odeio às vezes, sabia?

Profile for Jennifer

Potência Extrema - Meredith Wild  

Série: Hacker #4

Potência Extrema - Meredith Wild  

Série: Hacker #4

Advertisement