Page 1

MAIO 2018 N.140 ISSN 1980-3206 00140

9

771980

320006

DEBORAH SECCO SEM FILTRO

SENHORITA RIO O CONCURSO DE BELEZA DAS PATRICINHAS NOS ANOS 1960  

SALDÃO DA BELEZA PREÇO DE BANANA CAUSA FILA EM CLÍNICA-ESCOLA NO CENTRO DE SÃO PAULO

VERA FISCHER RINDO DA VIDA OS BONS TEMPOS ESTÃO DE VOLTA

E MAIS: UM CLOSET EXCÊNTRICO, O TOQUE DO COGUMELO, UM GIRO PELA PINACOTECA, LUISA ARRAES POR FERNANDO TORQUATTO E UM ENSAIO DE MÃES QUE SEMPRE CABE MAIS UMA


Joyce adora


EM INGLÊS, TOP DESTINATION. EM BAIANÊS, TIROU ONDA.


Salvador. Eleita Top Destination como um dos 22 melhores destinos do mundo para visitar em 2018. A primeira capital do Brasil é também a única cidade do país premiada pela revista americana Bloomberg. E o trabalho da Prefeitura de Salvador foi fundamental para esse sucesso. A requalificação das orlas, criação de novos museus, recuperação de monumentos e criação de um calendário de eventos melhoraram a infraestrutura da cidade e valorizaram ainda mais nossos atrativos culturais. We are muito orgulhosos.


NESTE NÚMERO 10 EDITORIAL 12 RADIOGRAFIA 14 PONTO DE VISTA 15 TRÊS PONTINHOS

Por Rodrigo Penna

J.P DESCOBRE J.P ENTREGA MÊS BOM PARA J.P ADORA AS SUPERMÃES

76

PRIMAVERA BRANCA

32

ANOS DOURADOS

78

NOVA YORK

80

POR AÍ

38

PLÁSTICA PARA TODOS

81

VIEIRA SOUTO 458

44

CARTAS NA MESA

84 89

J.P FERVE HORÓSCOPO

52 54 56 60 62 64 66

90 92

CULTURA DE CONVERSA EM CONVERSA

94

CABALA

Por Shmuel Lemle

facebook.com/revistajp

95

68

J.P MODO DE VIDA BAZAR AVENTAL BEM TEMPERADOS CORPO E ALMA PATCHWORK FERNANDO TORQUATTO CLOSET

CORREIOS / AGRADECIMENTOS ÚLTIMA PÁGINA

@revistajp

72

J.P VIAJA

Cinco famílias e suas histórias de maternidade As grandes musas do concurso Senhorita Rio A clínica-escola que faz procedimentos estéticos

Deborah Secco é nossa!

O estilo irreverente de vestir de Jessica Cinel

Não é só no inverno que dá para esquiar Por Joana Brito Por Kiki Garavaglia Por Lui TPS

Por Ciça Bueno

Por Antonio Bivar

96

Vera Fischer e a arte de envelhecer rindo à toa

DEBORAH SECCO Foto Maurício Nahas, styling Manu Carvalho, beleza Markito Costa. Tricô Egrey, top Alice Capella, hot pant Gloria Coelho, meia acervo, brinco e anéis Carla Amorim

O conteúdo desta revista na versão digital está disponível no SITE +joycepascowitch.com

NA REDE:

@revistajp

FOTO ARQUIVO PESSOAL RENATO FERNANDES

16 18 22 24 26


DIRETORA-GERAL JOYCE PASCOWITCH joyce@glamurama.com

PUBLICIDADE MULTIPLATAFORMA

DIRETORA DE ARTE Emanuela Giobbi manugiobbi@glamurama.com

Rafaela F. Pascowitch (gestora) rafaela@glamurama.com GERENTES MULTIPLATAFORMA Kelly Staszewski kelly@glamurama.com Roberta Bozian robertab@glamurama.com EXECUTIVAS MULTIPLATAFORMA Maria Luisa Kanadani marialuisa@glamurama.com Rio de Janeiro: Michelle Licory (MKT e Conteúdo) michelle@glamurama.com

EDITOR DE ARTE David Nefussi davidn@glamurama.com

MARKETING

EDITORA Thayana Nunes thayana@glamurama.com REPORTAGEM Beatriz Manfredini beatrizm@glamurama.com

EDITORES DE ARTE ASSISTENTES Jairo Malta jairo@glamurama.com Jefferson Gonçalves Leal jeffersonleal@glamurama.com FOTOGRAFIA Carla Uchôa Bernal carlauchoa@glamurama.com Claudia Fidelis (tratamento de imagem) PRODUÇÃO Meire Marino (gestora) meiremarino@glamurama.com Ana Elisa Meyer (produtora-executiva) anaemeyer@glamurama.com Wildi Celia Melhem (produtora gráfica) celia@glamurama.com Inácio Silva (revisão) Luciana Maria Sanches (checagem) COLABORADORES Adriana Nazarian, Aline Vessoni, André Giorgi, Antonio Bivar, Bruna Guerra, Chico Felitti, Ciça Bueno, Claudia Feitosa-Santana, Drica Lobo, Fernanda Grilo, Fernando Torquatto, Flavia Fiorillo, Giovanna Balzano, Joana Brito, Kiki Garavaglia, Lui TPS, Manu Carvalho, Markito Costa, Maurício Nahas, Paula Barros, Paulo Freitas, Paulo von Poser, Renato Fernandes, Rodrigo Penna, Rose Luna, Shmuel Lemle, Tiago Carneiro da Cunha

publicidade@glamurama.com tel. (11) 3087-0200 Carol Corrêa (gestora) carolcorrea@glamurama.com Aline Belonha aline@glamurama.com Anabelly Almeida anabelly@glamurama.com Mayara Nogueira mayara@glamurama.com Patrícia Gomez patriciag@glamurama.com Tânia Belluci tania@glamurama.com

assinaturas@glamurama.com tel. (11) 3061-9548 ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Clayton Menezes (gestor) clayton@glamurama.com Heberton Gonçalves heberton@glamurama.com Hércules Gomes hercules@glamurama.com Núbia Dias nubia@glamurama.com Renato Vaz renato@glamurama.com DISTRIBUIÇÃO EM BANCAS: Distribuída pela Dinap Ltda. – Distribuidora Nacional de Publicações, Rua Dr. Kenkiti Shimomoto, 1678, CEP 06045-390 – Osasco – SP CTP, IMPRESSÃO E ACABAMENTO: Stilgraf Artes Gráficas e Editora Ltda. REPRESENTANTES DE PUBLICIDADE Belo Horizonte: Norma Catão - tel. (31) 99604-2940 Brasília: Front Comunicação - tel. (61) 3321-9100 Fortaleza: Aurileide Veras - tel. (85) 99981-4764 GLAMURAMA EDITORA LTDA. DIRETORES: Joyce Pascowitch e Ezequiel Dutra CONSELHO CONSULTIVO: Silvio Genesini, Moshe Sendacz e Fábio Dutra Rua Cônego Eugênio Leite, 282, Jardim América, São Paulo, SP CEP 05414-000. Tel. (11) 3087-0200


J.P EDITORIAL

O

mês de maio vai ser dela. Sim, mais uma vez, já que esta é a quinta capa de Deborah Secco para a J.P. Agora, ela chega clicada por Maurício Nahas, na Casa Glamurama, ao mesmo tempo em que estreia como a primeira grande vilã de sua carreira na novela Segundo Sol, no horário mais nobre da Globo. Deborah, cheia de personalidade, como a gente ama, chega com um papo reto sobre beleza (“tomo remédio para emagrecer, sim!”), diz que não gosta nada de fazer tipo (“parece que para ser capa de revista tem que ser militante de alguma coisa”) e ainda garante que o marido sabe de todos os seus defeitos (“não tenho nada de bela, recatada e do lar”). Dá-lhe, guria! Enquanto vivemos um tempo em que se valoriza o empoderamento das mulheres, nosso expert Renato Fernandes volta aos anos 1960, quando o concurso de beleza Senhorita Rio escolhia a garota mais bonita da alta sociedade carioca. Detalhe: só garotas bem-nascidas participavam e nada de mostrar o corpo – o traje era de gala. Que tempos, hein? E o que dizer então dos tempos atuais? Vejam só: o repórter especial Chico Felitti encontrou uma clínica médica na qual alunos de cirurgia plástica aplicam botox, fazem preenchimentos e até peeling nas partes íntimas a preços mais acessíveis. Chove gente de todo tipo por lá: de empregadas domésticas e manicures a socialites. Democracia – até na beleza – é bom e a gente gosta. Mas, mesmo que o mundo avance, se tem uma coisa que sempre é e sempre será devidamente festejado é o Dia das Mães. E, de carona nele, a fotógrafa Drica Lobo captou mammies e filhos, como a chef Ana Luiza Trajano, a empresária Camila Brennand Fortes, a florista Lucia Milan e outras mais. Drica também participa, em foto de seu marido, o fera Luiz Tripolli. Enquanto isso, Antonio Bivar reflete sobre o efervescente cenário das artes em São Paulo e Kiki Garavaglia se empolga com os palácios mais lindos de São Petersburgo. Tem ainda dicas do destino do momento, Islândia, e, para finalizar, Vera Fischer, a primeira e única, mais leve e divertida do que nunca. Tá bom, né?

glamurama.com


RADIOGRAFIA

TIAGO CARNEIRO DA CUNHA

FOTO DIVULGAÇÃO

Conhecido por criar objetos de cerâmica e resina, Tiago Carneiro da Cunha apresentou seu primeiro trabalho em óleo sobre tela com a série Trânsito dos Infernos, de 2016. Em Gostosa, por exemplo, ele passa por temas como estereótipos de beleza e humor, sempre buscando causar provocações no espectador. O artista nasceu em São Paulo, em 1973, e hoje vive e trabalha no Rio de Janeiro. Já expôs de Nova York a Tóquio, e participou de diversas bienais, como a de Sydney e a de Liverpool. Hoje faz parte das coleções da Saatchi Gallery, em Londres, da TBA21, na Áustria, e por aqui, pode ser visto no Museu de Arte do Rio, entre outros. Em São Paulo é representado pela Fortes D’Aloia & Gabriel.

12 J.P MAIO 2018


PONTO DE VISTA

CLAUDIA FEITOSA-SANTANA, mestre em psicologia experimental, doutora e pós-doutora em neurociências

ILUSTRAÇÃO ISTOCKPHOTO.COM

O QUE É SER FELIZ PARA SEMPRE?

“É um desejo muito humano, mas impossível para o nosso cérebro. Você está feliz quando o seu cérebro reduz a produção de cortisol e aumenta a produção de serotonina, dopamina, endorfina e ocitocina. O que aconteceria se ficasse assim para sempre? Seu cérebro se habituaria. Esse estado seria o seu normal. Nosso mundo é feito de contrastes, somos máquinas de detectar diferenças. Precisamos ver o escuro para ver o claro, precisamos sentir frio para valorizar o calor e vice-versa. Não existe felicidade para quem nunca sentiu tristeza. Não podemos valorizar o amor se nunca vivenciamos o desamor. E foram felizes para sempre não tem filme. E por quê? Porque ele não teria contrastes e a felicidade está na valorização das diferenças.”


TRÊS PONTINHOS POR RODRIGO PENNA

VAI, ME DIZ O QUE VOCÊ FARIA... “Meu amor O que você faria se só te restasse um post? Se o Face fosse acabar Me diz o que você faria Ia manter sua agenda O grosso, a treta e apatia Ou esperar seus amigos Na sua página vazia Meu amor O que você faria se só te restasse um post? Se o Face fosse acabar Me diz o que você faria Live pelada na chuva Self atravessando a rua Entrava com celular no mar Trepava sem nenhuma fotinha Meu amor O que você faria? O que você faria? Abria a porta dos vícios Zapeava da delegacia Dinamitava seus grupos Parava no tráfego e curtia Meu amor O que você faria se só te restasse esse post? Se o Face fosse acabar Me diz o que você faria Me diz o que você faria Me diz o que você faria Me diz o que você faria...”

FOTO DIVULGAÇÃO

(uma paródia da música de Billy Brandão e Moska)

RODRIGO PENNA É ATOR, DIRETOR, PRODUTOR, DJ, CRONISTA. O CARA VIVE DAS IDEIAS. A FESTA BAILINHO FOI SÓ UMA DELAS. DEVOTO DA POESIA, ELE ACREDITA NA ARTE, COMO OS ROMÂNTICOS, PORQUE SÓ A VIDA NÃO BASTA

MAIO 2018 J.P 15


J.P DESCOBRE

F

ila na porta de uma clínica-escola de CIRURGIA PLÁSTICA?

Concurso de beleza no HI-SOCIETY CARIOCA nos anos 1960? Sim, tudo isso tem. Tem também DEBORAH SECCO falando tudo e mais um pouco. Vem!


J.P INDICA

STREET STYLE

A energia efervecente de São Paulo inspirou a nova linha da label CAROL BASSI JEWELRY. Feita a quatro mãos com a empresária DANIELLE CARVALHO, dona da D&D, multimarcas supercool de roupas de luxo de Teresina, a designer Caroline Bassi foi buscar na cultura dos grandes shows de música e eventos de arte o mote da coleção LUX. Espere por brincos de argolas com pingentes, chokers, pulseiras, braceletes e ear cuffs de prata com banho de ouro negro e amarelo 18 quilates – tudo com uma pegada moderna e urbana. @CAROLBASSIJEWELRY | @DEDSTORETHE |

FOTOS DIVULGAÇÃO

+CAROLBASSI.COM.BR


J.P ENTR EG A JOYCE PASCOWITCH

O destino dos descolados nas baixas temperaturas do Rio, o dom da família Capeto, a atual mania da alta roda e muito mais lei a m a is descoberta s em gl a mur a m a .com/nota s

ROSAS

Foram-se os tempos das grandes festas do high society paulistano, como as de Lucila e Jorge Elias, que ficaram míticas. Essas não vão rolar mais, pois o ex-casal está em uma separação bem complicada e a briga está longe de terminar. Toda essa disputa inclui o CHATÊAU dos dois no Jardim Europa, cenário dessas grandes festas que está à venda.

SARAU

A turma que recebe para os eventos mais bacanas de São Paulo, que costuma abrir suas casas para petit comités, tem agora uma nova mania: focar nas louças que serão usadas. Muitas delas são as famosas Companhia das Índias, as mais caras, compradas em leilões exclusivos, mas vale também outros modelos, desde que sejam de grife e que façam bonito e chamem atenção. Quem está nessa turma de grandes anfitriãs? RUTH MALZONI, LIANA DE MORAES e LALY MANSUR, por exemplo.

Mal começou a faculdade de moda no Rio e FRANCISCA CAPETO já tem chamado a atenção. Além de lançar uma coleção de camisetas sem gênero chamada Pra Gozar, com ilustrações de cunho sexual – leia-se várias posições a dois, peitos e bundas –, ela foi convidada por Alix Duvernoy para desenvolver as estampas da sua nova marca de roupas e acessórios, a Alix, que deve ser lançada em breve. Só podia mesmo ser filha de Isabela Capeto.

FERNANDA MONTENEGRO

Lareira

É só o clima esfriar um pouco no Rio que todo mundo já coloca a bota e o cachecol. Mas quem pode sobe a serra e vai para Secretário, destino próximo a Petrópolis e favorito de muitos artistas. Quem tem casa lá?

18 J.P MAIO 2018

FERNANDA TORRES

MIGUEL FALABELLA

FOTOS PAULO FREITAS; BRUNA GUERRA; JULIANA REZENDE; BOB WOLFENSON; RAQUEL CUNHA/TV GLOBO; SERGIO ZALIS/TV GLOBO

VÊNUS


FOTOS GETTY IMAGES; ALEX CARVALHO/TV GLOBO; CESAR ALVES/TV GLOBO; RENATO ROCHA MIRANDA/TV GLOBO; RAQUEL CUNHA/TV GLOBO; ESTEVAM AVELLAR/TV GLOBO; REINALDO MARQUES/TV GLOBO; DIVULGAÇÃO

GIZ 2

Mesmo com a chegada de boas escolas internacionais ao Brasil, tem quem prefira levar os filhos para estudar do outro lado do mundo. A escola 100% sustentável GREEN SCHOOL, em Bali, na Indonésia, tem vários alunos brasileiros. Além da chef Morena Leite, que registra em suas redes sociais os passos da filha Manuela por lá, o fotógrafo Paulo Vainer também matriculou o filho Bruno, assim como o casal Joanna Fleury e Felippe Segall, que está morando na cidade para acompanhar de perto todos os quatro filhos Catarina, Rafaella, Frederico e Anna. Todos em busca de um ensino mais universal, livre e voltado para temas como meio-ambiente.

GIZ 1

A turma dos pequenos alunos da escola St. Francis, umas das internacionais mais disputadas de São Paulo, está mais que ouriçada. Eles já perceberam que agora entre seus coleguinhas está DAVI LUCCA , filho de NEYMAR com Carol Dantas, que passou a morar na cidade (antes eles moravam em Barcelona). O menino tem sido motivo de conversas e todos querem convidá-lo para as festinhas. Mas, o desejo mesmo, é que papai Neymar venha dar um rolê na escola para tirar muitas selfies. O colégio já está acostumado com esse tipo de agito: Ronald, filho do atacante Ronaldo Fenômeno, também estudou lá.

LUIZ FERNANDO GUIMARÃES

LETÍCIA SPILLER

HOLOFOTE

O fotógrafo Luiz Tripolli vai abrir seu estúdio para pequenas festas, daquelas que ele gosta de fazer. O espaço, um duplex nos últimos andares de um prédio nos Jardins, vai ganhar dois eventos por mês e promete misturar shows de jazz com bar de drinques. Tripolli é famoso por abrir e depois vender bares famosos, como o Café Photo e o Café dos Prazeres. Agora, é um dos sócios do Café Society.

PAOLLA OLIVEIRA CLÁUDIA ABREU

PEDRO CARDOSO MURILO BENÍCIO

MAIO 2018 J.P 19


Tropicália

Depois de SOPHIE CHARLOTTE ter dito sim para o papel de Gal Costa no filme Meu Nome é Gal, o time de mulheres que comanda o longa – a direção é de Dandara Ferreira e de Lô Politi e roteiro de Maíra Bühler – se prepara agora para começar os testes de elenco. Na hora de escolher, todo cuidado é pouco, ainda mais para papéis de ícones como Gilberto Gil e Caetano Veloso. Mas a gente adianta: Dandara adoraria ter Tom Veloso, filho de Caetano, interpretando o pai.

ESCADA

Taí um novo nome das artes para ficar de olho: SOFIA BORGES. Depois de realizar mostras individuais e participar de exposições coletivas no Brasil e lá fora, como Madri e Los Angeles, ela agora ganhou Nova York. Ela é a única latinoamericana na mostra Being: New Photography, no Museu de Arte Moderna de lá. E tem mais: Sofia foi convidada para ser uma das curadoras da 33ª Bienal de São Paulo, em setembro.

Se depender do empenho da dermatologista Mônica Aribi, seu consultório vai encher cada vez mais de pacientes. Para divulgar o novo EMSELLA , aparelho que promete um rejuvenescimento íntimo já na primeira sessão, ela mesma aparece recebendo o tratamento em um vídeo que está circulando pelo WhatsApp entre suas clientes mais assíduas. A técnica é simples: basta ficar sentada em uma cadeira, de roupa e tudo. A engenhoca funciona assim mesmo e garante resultado surpreendente.

AVIS RARAS

Alguém aí já ouviu falar do CANIL SALATINO? Bethy Lagardère, Paula Raia, Patrícia Pillar e o publicitário Eduardo Simon já, até mesmo porque foi lá que eles compraram seus cães. O canil é comandado por Rochester Oliveira, fica em São Roque e é conhecido por criar raças raras como papillon, galgo italiano e minidachshund, além de entregálos pessoalmente aos donos em diversas partes do mundo. Detalhe: todos os peludos já vêm pré-treinados, vacinados, castrados e até com microchip.

+eujoyce.com.br | +twitter.com/joycepascowitch @joycepascowitch com thayana nunes e beatriz manfredini 20 J.P MAIO 2018

FOTOS MAURÍCIO FIDALGO/TV GLOBO; DIVULGAÇÃO; DANILO BORGES/DIVULGAÇÃO

Questões Internas


FOTO DIVULGAÇÃO

J.P INDICA

NEOCLÁSSICO

Advogada formada pela USP e administradora de empresas pela FGV, MARIANA BERENGUER conhece bem a importância de acessórios versáteis, modernos e sofisticados no dia a dia de uma mulher. Em 2008, a designer decidiu se dedicar à sua grande paixão, a joalheria, e lança agora sua nova coleção de Dia das Mães. Com muitas pérolas e pedras coloridas, os colares, pulseiras e brincos são feitos artesanalmente e prometem servir para qualquer ocasião ou hora do dia. Chiqueria. @MARIANABERENGUEROFICIAL | +MARIANABERENGUER.COM.BR | TEL. (11) 2165-1550


MAIO

é mês bom para... Saudar o sol todos os dias – o mês de maio costuma ser um dos mais bonitos do ano em São Paulo

Eleger os izakayas – aqueles bares japoneses – preferidos para frequentar durante toda a estação Juntar os trapinhos e brincar de casar Tirar os casacos do closet para tomarem um ar Ir atrás, finalmente, daquele curso previsto para ter início em março – ainda dá tempo Escolher um poeta russo e ler pelo menos um livro – que tal Sobre o Exílio, de Joseph Brodsky? Parece complicado, mas não é Escutar jazz all night long

Assistir à nova temporada de Chef’s Table, na Netf lix: é só com chefs experts em sobremesas

Abusar das meias soquete com escarpins, tênis, ankle boots... Caprichar no estoque de soro fisiológico e gotinhas da Weleda para pelo menos amenizar os efeitos das gripes de outono Investir num casaco da marca italiana Vivetta: são coloridos e ultracool Fazer uma lista de destinos insólitos aqui no Brasil que devem ser visitados e ticados até o fim do ano – incluir Alto Paraíso, Preá, Ilha do Ferro e os cânions gaúchos

Começar a seguir o Instagram do florista japonês Makoto Azuma – pura contemplação

Não tirar da orelha um piercing de diamantes negros da coleção Bossa Nova, da Vivara

Resgatar antigos hits menos conhecidos como “Espumas ao Vento”, de Accioly Neto – com Fagner ou Elza Soares

Mergulhar na leitura de Laços, livro de Domenico Starnone – dizem que o escritor seria marido de Elena Ferrante, a misteriosa autora de best-sellers

Desfilar por aí com um All Star customizado da parceria entre Tatiana Loureiro com a marca Pelle, de Maraí Valente Escolher um alter ego e brincar de esconde-esconde com seu próprio ego – será que eu pirei? Chamar a terapeuta ambiental Sandra Siciliano para dar uma renovada nas energias de casa por meio dos princípios do feng shui

22 J.P MAIO 2018

Passar um dia inteiro de camisa xadrez de flanela e uma calça de agasalho – mas sem perder o flair, please

FOTOS ISTOCKPHOTO.COM; GETTY IMAGES; DIVULGAÇÃO

Deixar bem à mostra na prateleira de casa – ou na coffee table – a coleção Clássicos de Ouro da editora Nova Fronteira. Entre eles, está Orlando, de Virginia Woolf


J.P INDICA

BOLSA WAVE

R$ 499,90

MÃE, TE AMO!

A mãe moderna, a fitness, a mãe vovó, a intelectual, a mãe clássica ou a mãe de primeira viagem. Não importa: para todos os tipos de mães, a AREZZO é opção certeira para uma linda homenagem. J.P fez uma seleção de mimos para presentear em grande estilo. Mais no +AREZZO.COM.BR.

ESCARPIM ECO

R$ 279,90

BOLSA UNIQUE

R$ 599,90 BOLSA IBIZA

R$ 599,90 SANDÁLIA SNAKE

FOTOS DIVULGAÇÃO

R$ 299,90

CINTO CITY ARMY

R$ 149,90


CONSUMO por ana elisa meyer

EM MAIO PINGENTE

Vivara R$ 8.990

J.P

ADORA FAMÍLIA JENNER

CAITLYN, KENDALL E KYLIE

Integrantes de uma das famílias mais poderosas do showbiz, os clãs Kardashian/Jenner valem juntos mais de US$ 1 bilhão. Kris, de 62 anos, é a matriarca e mãe dos seis filhos: dois deles com o medalhista olímpico Bruce Jenner, que agora, após a mudança de sexo, é Caitlyn. Aqui, um consumo inspirado em Kris, Caitlyn, Kendall e Kylie.

VESTIDO

Emilio Pucci preço sob consulta

ÓCULOS

Ray-Ban para Luxottica R$ 620

CARRINHO DE CHÁ

Loja Teo R$ 12 mil

24 J.P MAIO 2018

RELÓGIO

Rolex preço sob consulta

FOTOS DIVULGAÇÃO; REPRODUÇÃO

BOTA

Arezzo R$ 480


KENDALL, KRIS E KYLIE TAPETE

By Kamy preço sob consulta

BRINCO

Frattina preço sob consulta

CAMISA

Ricardo Almeida R$ 1.169 BOLSA

VASOS

Studio Bergamin R$ 630 (cada)

Hermès preço sob consulta

LUMINÁRIA

Lumini R$ 986

SOFÁ

Dunelli R$ 3.890

MAIO 2018 J.P 25


ESPECIAL

As supermães Elas conquistaram seu espaço e ainda conseguiram sentir o maior amor do mundo. Guerreiras, inspiradoras, amorosas e livres, essas mulheres traduzem o melhor sentido da palavra maternidade por thayana nunes

fotos drica lobo

As mães calçam Arezzo


“Sempre soube que ser mãe me traria uma maturidade para entender melhor o mundo e transformar meu propósito em legado de vida. É algo muito natural para mim, sou uma pessoa muito cuidadora e meus filhos são a minha vida.” ANA LUIZA TRAJANO, chef de cozinha, mãe de PEDRO, 8 anos, e ANTOINE, 4


ESPECIAL

“Eduquei minhas filhas com muita música e arte. Elas viviam livres, como na época em que tínhamos uma casa de pau a pique na praia de Picinguaba, no litoral de São Paulo. Era uma vila de pescador, não tinha televisão, nada. Elas corriam pela areia, brincavam com as crianças do lugar. E essa liberdade de espírito é refletida até hoje, no respeito ao próximo e na educação dos meus netos.” VERA SUPLICY, mãe de Roberta e Fernanda, e avó de CHLOE, 11 anos, GABRIEL, 10, e o caçula THOR, 9 meses

28 J.P MAIO 2018


“Antes das minhas filhas, sentia uma necessidade absurda de preencher meu tempo, um vazio que sentia, com muito trabalho, festas com as amigas, personal... Hoje, elas me ensinaram que não preciso dar conta de tudo e que o tempo pode ser uma das melhores coisas da vida.” CAMILA BRENNAND FORTES, empresária, mãe da OLYMPIA, de 1 ano e 10 meses, e AMORA, de 7 meses, e filha de MARIANA

MAIO 2018 J.P 29


“Trabalhei muito quando eles eram pequenos. Já me arrependi, já senti que tudo valeu a pena... Há seis anos, meu ateliê é muro a muro com a minha casa, então posso ficar mais tempo com eles. Hoje, estamos mais unidos do que nunca. Confesso que é preciso ter a cabeça muito aberta: é uma geração muito diferente da nossa.” LUCIA MILAN, florista, mãe de Gabriel, 20 anos, FELIPE, 15, e LARA, 13

30 J.P MAIO 2018


“O que eu posso deixar para eles é amor, educação, cultura e solidariedade. E isso faz parte do Jardins da Infância, projeto que criei para que mães e filhos pudessem tomar as ruas da cidade. Teve gente que achou que eu era louca! Mas hoje são 29 mães cadastradas.” DRICA LOBO, fotógrafa, mãe de CARMELA, 14 anos, e NICOLA, 11

Produção de moda: Flavia Fiorillo Agradecimentos: Square Hair

MAIO 2018 J.P 31


MEMÓRIA

ANOS

DOURADOS Nos anos 1960, um concurso era o sonho das meninas bemnascidas do Rio de Janeiro: o Senhorita Rio. De lá surgiam ícones da beleza carioca, como Angela Catramby e Martha Surerus, e moças que conseguiam um bom casamento – teve até a que se desviou para a pornochanchada

olta e meia o concurso Senhorita Rio dos anos 1960 é saudado na dramaturgia brasileira. Na peça Estúpido Cupido, em cartaz no Rio, o papel da atriz Françoise Forton foi inspirado em uma vencedora. Já na novela Aquele Beijo, de 2011, de Miguel Falabella, Bruna Marquezine viveu Belezinha e levou a faixa, provando que o concurso vive até hoje na memória afetiva dos cariocas. O evento, criado em 1961 no Clube Monte Líbano, tinha patrocínio do jornal O Globo e o objetivo de enaltecer a beleza das meninas-moças do Rio. Tudo com muito glamour, sofisticação e sem torcidas organizadas. Nele, as mocinhas, por volta dos seus 16 anos, tinham sua noite de princesa, desfilando na passarela dois trajes, um de gala e outro esporte. Maiô, nem pensar. Um perfil diferente dos concursos de miss. “No nome do concurso vai toda sua sutileza: não se trata de eleger uma miss, mas uma senhorita Rio. Para a candidata obter o título só a beleza

não põe a mesa. A eleita revelará uma série de predicados como culinária, comportamento e cultura geral, que a farão a esposa almejada pelos solteiros”, dizia o texto do jornalista José Rodolfo Câmara na revista Manchete, em 1961. O que hoje soa como horror às feministas, naqueles anos não importava, ao contrário, não faltavam candidatas repletas de sonhos, ilusões e gotas de vaidade. Tanto é que muitas festas giravam em torno do concurso. “A alta sociedade abria os salões para o Senhorita Rio, fui a muitos cocktails promovidos na avenida Rui Barbosa”, conta para a J.P Pedro Aguinaga, que chegou a ter um romance com Maggy Tocantins, a vencedora de 1967. O júri era composto por nomes de peso como os jornalistas Zózimo Barrozo do Amaral, Justino Martins, estrelas da Globo, como Yoná Magalhães e Regina Duarte, e Maria Augusta, fundadora da Socila, escola de boas maneiras, desfile e postura – ela batia cartão lá, todos os

FOTO ARQUIVO PESSOAL RENATO FERNANDES

V

por renato fernandes


Martha Surerus e Angela Catramby: o sucesso do Senhorita Rio era tanto que elas ganhavam as revistas de moda da ĂŠpoca


MEMÓRIA

anos. Não por acaso, Maria Augusta era uma das maiores caçadoras de talentos para o Senhorita Rio. Realizado no fim do ano, ele vive seu apogeu no Canecão em 1968 e 1969, os anos que lançaram Angela Catramby e Martha Surerus. Tom Jobin era fã das garotas. Já nos anos 1970, começa o declínio, mudando o perfil do concurso. A santista Jane Macambira, eleita em 1970, percorreu os concursos de miss, se elegendo Miss Guanabara, em 1972, e terceiro lugar no Miss Brasil e ainda tinha no currículo o “rainha das praias de Santa Catarina”. O objetivo do Senhorita Rio não era por aí. Em 1971, a gaúcha Rogéria Gomes é eleita a derradeira Senhorita Rio. “Ela foi a última, o certame se acabou, deixando enorme saudade”, diz o missólogo Daslan Melo Lima. Na realidade, os tempos tinham mudado: no início dos anos 1970, a modelo Rose Di Primo veste uma tanga, sobe numa moto e arranca para novos tempos da mulher carioca. Senhorita? Coisa do passado. Mas algumas beldades marcaram o concurso e alcançaram o status de “ser a encarnação do próprio Rio”. Aqui, um pouco da história de Angela Catramby, Martha Surerus e Betty Saddy.

ANGELA CATRAMBY: SORRISO DO RIO

“Senhora Claudia.” Assim era conhecida a modelo Angela Catramby, 17 vezes capa da revista Claudia, da editora Abril. “Nós a chamávamos assim por causa das capas. Fora isso, ela era toda correta, direita, bem o perfil da mulher da revista na época”, diz o fotógrafo Antonio Guerreiro, autor de um dos cliques.

O QUE HOJE SOA COMO HORROR ÀS FEMINISTAS, NAQUELES ANOS NÃO IMPORTAVA, AO CONTRÁRIO, NÃO FALTAVAM CANDIDATAS

À esq., Angela Catramby recebe a faixa de Senhorita Rio, aos 16 anos. À dir., em uma das dezenas de capas de revistas femininas que fez nos anos 1970

Angela concorreu aos 16 anos, em 1968, com outras 40 candidatas. “A graça da sua idade, e um certo ar de Claudia Cardinale, a fez terminar a noite como a vencedora”, dizia a Manchete, para a qual ela fez seu primeiro ensaio e capa. O prêmio? Uma viagem a Tóquio com acompanhante e mais um cheque em dinheiro: 5 mil cruzeiros novos. Angela nasceu e cresceu em Copacabana e estudou no tradicional Colégio Andrews. “Nessa fase, ela já era elegante, educada, simpática, parecendo bem mais madura que nós”, relembra o autor Flavio Marinho. Ambos foram colegas no Andrews e ela foi a musa inspiradora de Flavio para a peça Estúpido Cupido. Antenada, mesmo adolescente, já gostava da atriz Anouk Aimée, John Kennedy, Walt Disney e do filme Um Homem, uma Mulher, de Claude Lelouch. Também era muito educada, segundo os mais próximos. “Ela era uma princesa, uma doce princesa”, diz Pedro Aguinaga, o homem mais bonito do Brasil nos anos 1970. Do concurso, ela nunca mais parou de fotografar: tudo por causa de seu sorriso perfeito e olhar cativante. Do primeiro casamento, teve quatro filhos. E mesmo na separação ganhou uma capa da revista Claudia, que mostrava que exemplar de mulher perfeita, agora também podia ser separada. Angela e a revista evoluíram juntas. Aos 40 anos, madura e bela, sempre, resolveu abrir um brechó descolado, só de marcas boas. Nunca teve o nome envolvido em


FOTOS ARQUIVO PESSOAL RENATO FERNANDES

“NUNCA FOI O MEU SONHO, MAS A INSISTÊNCIA PARA QUE PARTICIPASSE FOI MUITO GRANDE” – MARTHA SURERUS que ela concorreu e venceu. Desde o momento que recebeu a faixa, a vida da doce normalista mudou. A Senhorita Rio era requisitada para tudo, até mesmo para surgir ao lado do Papai Noel em pleno Maracanã. Entregar a taça de campeão ao Flamengo? Convide a Senhorita Rio. Chegaram a inventar outro título: “A Namorada do Rio”. Era 1970, e lá se foi Martha entregar a faixa para Monique Lafond. E não é que Martha começa a figurar em editoriais de moda ao lado de Angela Catramby? Vieram também muitos comerciais para a televisão. Capas? Ao todo 57, que transbordam do seu book, que ela mostra com exclusividade para a gente. Desfile, Claudia, Nova, Mais. Não tem uma só rebarracos e sempre foi querida na sociedade ca- vista que ela não tenha feito, ou melhor, muito rioca. Família toda vida. Em 2001, montou um mais de uma. Só de Desfile são cinco, ou mais. Fiestúdio fotográfico com a filha Shalimar. De- cou conhecida na Argentina e no Uruguai como a pois de lutar contra um câncer durante anos, “niña da L’Oréal”, e seu rosto estampava todas as Angela Catramby faleceu, em fevereiro de 2016, lojas de cosméticos e drogarias. deixando no Rio eterna saudade. Até que um príncipe de 1,93 metro aparece em sua vida: o empresário Acima, Martha e Angela estrelando MARTHA SURERUS: editorial de moda juntas. Abaixo, à charmosão Eric Waechter. HIGH SOCIETY esq., Monique Lafond recebe faixa Apareciam nas colunas soEm novembro de 1969, o con- de Namorada do Rio de Martha ciais e nos salões do grand curso é apresentado por Regina Surerus. À dir., Martha em uma das monde. Martha passa a ser Duarte e Arlete Salles no Canecão. 57 capas que estrelou musa de colunistas: ZóziWilson Simonal, o mestre de cemo não vivia sem ela, Carrimônias, cantava para 47 candidatas. Porém, uma se destacava desde a inscrição: a loira Martha Surerus, representando o Fazenda Clube Marapendi, na Barra. Ela, da Tijuca, era filha de atleta. “Nunca foi o meu sonho, mas a insistência que eu participasse foi muito grande”, conta ela para a J.P, durante um bate-papo em um restaurante natural de Ipanema. O fato é que Maria Augusta, a caçadora de talentos e júri, insistiu tanto


MEMÓRIA

BETTY SADDY: A PIN-UP

Em 1969, uma outra candidata no ano em que Martha Surerus foi campeã chamava a atenção: Maria Elizabety Saddy, a representante do clube Monte Líbano. Moradora de Copacabana, pai comerciante, Betty trilhou outros rumos e se tornou um símbolo sexual nos anos 1970. Os convites para fotos com pouca roupa eram muitos, mas ela não cedia, queria se firmar como atriz. Fez novelas na Globo como O Bofe e A Patota, de 1972, e Corrida do Ouro, em 1974. Seu romance com o ator Fausto Rocha, da TV Tupi, ganhou as colunas de fofoca e suas curvas foram exploradas nas pornochanchadas da época. Saddy estrelou filmes como Ninguém Segura Essas Mulheres, em que estrelava a esposa de Milton Moraes, e Com as Calças nas Mãos, ao lado de Carlo Mossy e Adele Fatima, de 1975. Sua capa da revista Ele & Ela, na mesma época, foi emblemática: aparecia nua, apenas com um grande laço vermelho, como se fosse um presente. Em janeiro de 1978, Betty é eleita, pela Manchete, uma das sex symbol de então, ao lado de Sandra Bréa, Kate Lyra e Vera Gimenez: “Não me arrependo [de posar nua]. Há algo mais bonito que o corpo de uma mulher?”, dizia ela na matéria.

“NÃO ME ARREPENDO [DE POSAR NUA]. HÁ ALGO MAIS BONITO QUE O CORPO DE UMA MULHER?” – BETTY SADDY

Betty Saddy, terceira colocada no Senhorita Rio, em 1969, nem precisou do título: ganhou a TV, virou símbolo sexual e surgiu quase nua na revista Ele & Ela

Depois de atuar na novela Cara a Cara, da Rede Bandeirantes, ela sai aos poucos de cena. Casa-se com Ricardo Clementino, com quem tem dois filhos, Marcelo e Eduarda. Hoje, com os cabelos loiros platinados, continua uma senhora bonita e pode ser vista no Facebook ao lado das netas, suas grandes paixões. n

FOTOS ARQUIVO PESSOAL RENATO FERNANDES

los Swann também. Foram nos anos de badalações que Martha quase rodopia, em dias de doidivana. Passado. Com Waechter teve sua única filha. Hoje é completamente natural, adepta da medicina ortomolecular, estudou biochip, na PUC-Rio, e terrapia, na Fiocruz. Todas as manhãs faz aulas de unibiótica na praia de Ipanema e ainda é reconhecida pelos fãs. “Posso tirar uma foto com a Senhorita Rio?”, diz um desconhecido quando saímos do restaurante.


J.P INDICA

ROMÂNTICO NA MEDIDA CERTA

FOTOS DIVULGAÇÃO

Todo mundo sabe como é corrida a rotina das mulheres nos dias de hoje. Entre tentar cuidar de si mesma, trabalhar e ainda curtir a família, elas não veem a hora de relaxar. Foi pensando nessa mulher multifacetada que a TROUSSEAU, de Adriana e Romeu Trussardi Neto, lança

neste mês várias novidades que prometem agradar. Uma delas é a linha Camélia, um dos destaques da coleção de inverno e que carrega todo o DNA de conforto e bem-estar da marca. São peças românticas e em tons neutros, como lençol e duvet feitos de algodão

italiano, com tratamento Dream Touch, que garante ainda mais maciez. Aposte no conjunto completo, que, além de lençol e duvet, traz colcha, manta, almofada, nécessaire, toalha e vela – todos delicadamente trabalhados para deixar o dia a dia mais aconchegante. +TROUSSEAU.COM.BR


38 J.P MAIO 2018


AUXÍLIO-BELEZA

PLÁSTICA PARA TODOS Empregadas, desempregadas, manicures e até madames aplicam botox, preenchem a boca e fazem procedimentos íntimos a preço de custo em escola de cirurgiões plásticos no centro de São Paulo por chico felitti

ILUSTRAÇÃO ISTOCKPHOTO.COM

A

diarista Selma Dias avisa por WhatsApp para o designer para quem trabalha às quartas-feiras que vai atrasar naquele dia: “Consegui um horário para colocar boca. Vou ficar a cara da Anitta! Kkkkkkk”, é a mensagem que manda. Selma, uma morena de 49 anos, é uma das centenas de clientes que esperam até seis meses para fazer procedimentos como peeling profundo (R$ 220), preenchimento de lábio com ácido hialurônico (R$ 500) ou microagulhamento de mãos, pescoço e colo (R$ 100) numa escola de pós-graduação que especializa médicos em cirurgia plástica – e precisa de voluntários para as aulas práticas. O prédio espelhado de sete andares na rua São Domingos, no Bixiga, fica ao lado de um abrigo da prefeitura para pessoas em situação de rua, e passaria batido não fosse uma coisa. Às sete da manhã, há uma pequena multidão esperando para entrar no prédio. É nesse horário que se forma

uma fila de mulheres (muitas) e homens (de dois a cinco, dependendo da manhã) que conseguiram marcar consultas e procedimentos em um esquema que lembra a estreia de um espetáculo muito concorrido na Broadway, em Nova York. O cadastro de novos pacientes é aberto só um dia por mês: na primeira segunda-feira útil, quem deseja fazer os procedimentos pode ligar para a central de agendamentos, um número de celular, e rezar para o telefone não dar ocupado. J.P tentou por dois meses seguidos, e não conseguiu. A manicure Katia, que pede para não ter seu sobrenome divulgado, tentou por um ano. “Daí eu fui, finalmente”, diz ela, que mora no Jardim Marajoara e leva uma hora e meia de ônibus para chegar ao Bixiga. “Vou fazendo tudo o que eles deixam. Não sou louca!”, diz alto na sala de espera, uma sucessão de fileiras de cadeiras de plástico e chão azulejado. As pessoas ao redor, até então em silêncio, riem. Logo mais, Katia é chamada pelo nome. Ela entra na sala

MAIO 2018 J.P 39


AUXÍLIO-BELEZA

O BOTOX ALI CUSTA R$ 430. “CUSTARIA R$ 1.500, NO MÍNIMO, NO MEU CONSULTÓRIO”, DIZ BEDIN, DONO DA CLÍNICA de procedimento e cumprimenta a preceptora e a médica aluna antes de se sentar na cadeira. É dia de botox. A professora faz a marcação dos pontos que vão receber picadas de toxina na testa. Suas mãos picam o hemisfério esquerdo do rosto, enquanto faz comentários didáticos, como “a entrada tem de ser suave, mas com pulso firme. Firme”. Em seguida, é a aluna que empunha a seringa com a toxina do botox, e completa o outro lado. Terminado o rosto, a professora pede que a médica aluna olhe: “Vai demorar alguns dias para ter efeito completo, mas já dá para ter uma noção de que ficou simétrico”. Katia levanta e se olha no espelho. Sorri. “Eu não digo pras minhas amigas onde faço não. Podem até achar que eu tô fazendo dívida para pagar, ou que tô roubando”, ela ri com a boca cheia, enquanto sua testa permanece imóvel provando que o botox está começando a fazer efeito. UM TERÇO DA PROCURA A clínica estima que consiga atender a um terço da procura por tratamentos embelezadores. Os atendimentos estéticos correspondem a 10% do movimento da escola, que oferece também tratamentos dermatológicos como a retirada de tumores benignos, além de tratamento de psoríase e um ambulatório de calvície. O curso foi criado no Rio, em 1990, e se mudou para São Paulo no meio da década. Os ho-

40 J.P MAIO 2018

mens por trás do negócio são Valcinir Bedin, que, aos 63 anos, é um dos maiores especialistas em queda de cabelo do país, e o endocrinologista Wilmar Accursio, 62. O professor Bedin afirma que fundou a escola porque procedimentos estéticos eram preteridos nas grandes escolas. Na época dele na Universidade de São Paulo, residência em dermatologia não englobava tratamentos embelezadores. “Era metade hanseníase e metade DST. E um pouco de micose, também.” Os dois donos até recentemente tinham consultórios nos Jardins paulistanos, mas preferiram dedicar toda sua atenção à escola. Até porque as pacientes dali são mais fáceis de lidar. “Na média, o nível cultural é mais baixo. E as reclamações são menores”, afirma o doutor Bedin, que afirma ter penado com clientes insatisfeitas. O botox ali custa R$ 430. “Custaria R$ 1.500, no mínimo, no meu consultório”, diz. O preço praticado, afirma Accursio, é só o dos insumos. “Toxina botulínica e preenchedor são coisas caras.” A pós-graduação dura três anos, e atualmente há 105 alunos de medicina estética. Quem faz a especialização não pode se chamar de dermatologista. Mas pode fazer a prova da categoria e conseguir o título. PROCESSOS E ABERRAÇÕES O Ministério da Educação e Cultura afirma que o cadastro da instituição está ativo. Ou


J.P INDICA

FOTOS DIVULGAÇÃO

JARDIM PARTICULAR

LUCIA MILAN está em todo o lugar. Presença constante nos casamentos, festas e eventos de uma turma sofisticada, sua experiência de mais de 20 anos como florista não nega: ela está sempre empenhada em criar instalações e arranjos que são verdadeiras obras de arte. Agora, ao lado de sua amiga e fotógrafa Drica Lobo, Lucia lança um projeto pessoal, a EXPO FLORA PARTICULAR. São 12 fotografias de arranjos criados especialmente para a exposição, que unem toda a sua expertise e olhar único. A Expo Flora estará na Galeria Tripolli, nos Jardins, no dia 5 de junho e as fotos poderão ser compradas por valores a partir de R$ 3 mil. Vale a visita.

@LUCIAMILAN | RUA ADALÍVIA DE TOLEDO, 655, MORUMBI | TEL. (11) 3755-1329 | CONTATO@LUCIAMILAN. COM | GALERIA TRIPOLLI: ALAMEDA TIETÊ, 198 C JARDINS. 16H ÀS 21H. | TEL. (11) 3068-8838


AUXÍLIO-BELEZA

PEELING NA PEPECA Enquanto a batalha jurídica não se resolve, o ambulatório-escola segue crescendo, e se aprimorando. A novidade da vez é a diversificação de procedimentos de estética íntima. São agulhadas, peelings, injeções de gordura e vários outros artifícios para embelezar as partes pudendas. Vão de R$ 100 (radiofrequência) a R$ 900 (preenchimento com ácido hialurônico de alta densidade). “Serve para tirar pigmentação exagerada, o mesmo ácido que a gente coloca para preencher o bigode chinês é injetado nos pequenos e grandes lábios”, explica Accursio. Há até uma madame ou outra que fica saben-

42 J.P MAIO 2018

“ELAS [PACIENTES] SE SUBMETEM A ESSE PAPEL DE COBAIAS, ENTRE ASPAS, PORQUE ESTÃO SENDO OBJETO DE ESTUDO”, DIZ O CREMESP

do o segredo do bom preço e termina ali. Bedin conta de como, anos atrás, funcionários entraram afobados na sua sala: “Tem uma moça que foi capa da Playboy aí fora”. O médico saiu e, disfarçadamente, foi até o ambulatório, para descobrir quem era a estrela. “Era uma ex-famosa que tinha posado 35 anos antes!” Katia, a manicure que tinha acordado às cinco da manhã para receber picadas de botox, pega, às 9h15, um ônibus na avenida 9 de Julho e vai para o salão onde faz até 30 pares de mãos em um bom dia. “Hoje valeu a pena. Tô mais linda que muita cliente.” n

ILUSTRAÇÃO ISTOCKPHOTO.COM

seja, que eles têm permissão para atuar. Mas não sem questões éticas. “Essa ‘faculdade’ não é uma instituição de saúde. Não é consultório, não é clínica, não é hospital”, diz o doutor Antônio Pereira Filho, do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo, o Cremesp. Ele classifica a escola como “aberração”. “Não se tem controle de qualidade nenhum sobre o que está sendo ensinado ali. É um negócio deletério.” Pereira Filho também afirma que há processos correndo sob segredo de Justiça. “Esses médicos, tanto os donos da escola quanto os professores, estão respondendo ao conselho”, conta. “O sentimento que eu tenho de quem procura essa instituição é de pena, porque são pessoas sem poder aquisitivo para irem a uma instituição com médicos formados. Elas, infelizmente, se submetem a esse papel de cobaias, entre aspas, porque estão sendo objeto de estudo.” Os médicos donos da BWS afirmam que o ensino oferecido é de excelência e nunca houve nenhum problema no ambulatório da escola. “Se fosse haver, teria sido uma zebra. Você pode ter um choque anafilático, uma parada respiratória anafilática, mas nunca tivemos.”


J.P INDICA

FOTOS DIVULGAÇÃO

AR LIVRE

Estudar todas as opções de transporte local faz parte da rotina de quem planeja viajar. Alugar um carro, turistar de metrô, ônibus ou táxi... É sempre bom saber o que vai encontrar. Mas já pensou visitar um destino em que nada além de duas rodas são necessárias? J.P fez as malas e embarcou por uma viagem pela região do LAGO DE GENEBRA, na SUÍÇA. Por ali, entre vinhedos, construções pitorescas e charmosas, lagos e as famosas montanhas dos Alpes, é possível conhecer tudo em cima da bicicleta. Não à toa, o local é sede da União Internacional de Ciclismo (UCI) e promove concorridos circuitos de mountain bike, como a rota Grand Risoud, no Vallée de Joux, circuito de 32 km que passa pela maior floresta de pinheiros da

Europa. Para quem quer aproveitar o embalo da bicicleta e pedalar até eventos incríveis durante a viagem, vale já ficar de olho no Fête des Vignerons, hoje considerado Patrimônio Cultural Imaterial da Unesco e que, depois de 20 anos desde sua última edição, será realizado em 2019, entre 18 de julho e 11 de agosto. Programação na mão?

Miam Festival, em Lausanne

Degustação de vinhos nas vinícolas da região

+MYSWITZERLAND.COM


Cartas na mesa Deborah Secco diz que não precisa provar mais nada para ninguém. Numa fase mais paz e amor, só quer fugir de polêmica – tenta, pelo menos. Linda, ela incendeia a Casa Glamurama neste ensaio com pernas, barriga e bumbum de fora POR THAYANA NUNES FOTOS MAURÍCIO NAHAS STYLING MANU CARVALHO BELEZA MARKITO COSTA


TricĂ´ e hot pant Alice Capella, anĂŠis Vivara


omingo de sol e céu azul, num daqueles típicos dias de outono em São Paulo. Uma equipe de mais de 20 pessoas espera ansiosa a chegada da nossa capa do mês. Não é à toa. Aos 38 anos, 30 deles dedicados à carreira de atriz, Deborah Secco está mais linda do que nunca. Surge na Casa Glamurama sem estrelismos e pontualíssima. Dá oi para todo mundo, abre um sorrisão ao ver o café da manhã que a aguarda, e logo agarra uns pães de queijo e pede refrigerante zero – diz que é viciada. Em pouco tempo já se sente em casa: tira a roupa no camarim, uma camiseta branca, jeans e tênis, e veste o roupão para começarmos a maquiagem e nossa entrevista. O dia vai ser curto. É que não foi nada fácil marcar a data do ensaio: foram dezenas de trocas de mensagens pelo WhatsApp com a assessora até que finalmente ela topou sair do Rio num domingo, único dia de folga que tem – as gravações de Segundo Sol, nova novela das 9 da Globo, estão superintensas. Temos poucas horas. O motivo? A família, monotema da atriz há algum tempo. Deborah só sabe falar do marido, Hugo Moura, e está igualzinha àquelas mães coruja que ficam mostrando vídeos dos filhos no celular. Nada mais natural: está apaixonadíssima por Hugo e por Maria Flor, de 2 anos, uma fofa – basta dar uma olhada no Instagram para comprovar. “Ouso dizer que nasci para ser mãe”, diz ela, que emenda: “Amo trocar fralda, dar banho, estar junto. Tenho ajudante só quando não estou em casa.” A partir daí, o papo dá um salto e ganha proporções típicas da nossa estrela, que adora dizer o que pensa, sem filtro. “Fiquei oito meses sem babá quando Maria nasceu. Cansei de largar o trabalho no meio para dar banho. Brasileiro tem uma cultura errada, né? Faz uma escravidão disfarçada.” Deborah é assim: vira e mexe faz barulho. Ano passado, por exemplo, estremeceu a internet ao afirmar ter traído todos os ex-namorados. “Não dou entrevista em entrelinhas, tudo o que me perguntam, eu digo com toda franqueza”, afirma. Sobre esse assunto, até hoje parece precisar dar explicações. Foi assim com a gente: “Não sou nada bela, recatada e do lar, saca? E

não tenho para quem fazer esse personagem de mulher perfeita. Meu marido ouviu da minha boca todos os meus erros e, por eu ser uma pessoa sem muitos pudores, lido muito bem com isso e gosto de mostrar que ‘cara, fica tranquilo com as suas verdades, não se culpe tanto. Eu fiz também’. Isso dá uma aliviada nessa cobrança de perfeição. É bom chegar uma mulher de verdade e mandar na lata: ‘Eu traí mesmo e errei. Saca?’”. Sacamos! E não se fala mais no assunto.

Cara metade

Impossível mesmo é não falar do assunto mais repetido durante todo o nosso papo: Hugo Moura – é de se perder as contas quantas vezes ela diz “meu marido”. Onze anos mais novo, o ator, que estreia agora na TV em uma pequena participação na mesma novela da mulher, está fazendo uma revolução na maneira como ela encara a vida. É dele todo esse discurso zen: ninguém é melhor que ninguém, é preciso dar menos valor ao dinheiro e só se deve levantar uma bandeira publicamente quando também é assim entre quatro paredes etc. e tal. “Parece que para ser capa de revista hoje tem de ser militante de alguma coisa. Para que bradar sobre o feminismo quando se tem uma mulher te servindo em casa?”, diz ela, que alfineta: “Tá lá dizendo que sofre preconceito, mas tá linda, deusa, maravilhosa. ‘Sou livre para ser como eu sou’, e vira a página e aparece ‘emagreça 12 quilos’! Ah, vai se f*. Preconceito quem sofre é o pessoal da favela!” Nessa vibe, ela também revela que Hugo está tentando dar um basta num vício antigo da mulher: tratar todas as fotos no aplicativo Facetune antes de publicar no Instagram. “Você não sabe o esforço que é. Ele sempre falava: ‘Você tá afinando demais!’. Tive de escutar dele que era grave o que eu estava ajudando a construir. Mas agora estou limpa! Há dois meses não mudo nada!”, brinca. Difícil é saber o porquê disso... “Sou doente com esse negócio de emagrecer. Tento me curar todos os dias. Engordo um quilo e fico deprimida”, revela. “Passei a vida inteira tomando remédio – e ainda tomo! Fui massacrada mesmo.” E finaliza, com o jeitinho Deborah Secco de ser: “A gente é criada


TricĂ´ Egrey, top Alice Capella, hot pant Gloria Coelho, meia acervo, brinco e anĂŠis Carla Amorim


num país machista e preconceituoso. A magreza e a beleza sempre estão muito associadas ao sucesso e ao fracasso da vida de todo mundo. Como sempre sustentei a minha família, tinha uma necessidade de ser magra e todo mundo me cobrava isso, mais até que a própria Globo.”

Supervilã

O papo está bom, mas é hora de Maurício Nahas entrar em ação. Enquanto ela veste o primeiro look, um body transparente, pulôver de tricô nos ombros e saltos altíssimos, os comentários no camarim vão da saudade do seriado Confissões de Adolescente às loucuras de Darlene na novela Celebridade passando, claro, pela sensual Bruna Surfistinha. “Se estiver passando Bruna na TV, assisto de novo. Adoro!”, diz

a stylist Manu Carvalho. “Teve também Boa Sorte, o trabalho mais rico da minha vida”, complementa Deborah. Para o filme de Carolina Jabor ela chegou a emagrecer 12 quilos. Desta vez, volta à TV no seu primeiro grande papel depois da chegada de Maria Flor. Vai interpretar uma vilã, Karola, ex-prostituta capaz de tudo pelo dinheiro – até se fingir de viúva por 20 anos escondendo o marido. Junto dela na história está o papel de Adriana Esteves, uma cafetina que dá conselhos do que a antagonista deve fazer. A expectativa é grande e há quem diga que vem aí uma “dupla de Carminhas”, menção à inesquecível supervilã de Avenida Brasil. “Cheguei ao estúdio esses dias e me falaram que será a personagem do ano. Ai que medo, isso me dá um pânico.” Difícil engolir essa. Ela sempre arrasa. n


“Não tenho para quem fazer esse personagem de mulher perfeita”

Body Haight para Pair, colar Bottega Veneta, pulseira Talento


Body Bottega Veneta, anel Frattina Arte: Jairo Malta Produção executiva: Ana Elisa Meyer Assistente de beleza: Le Alves Assistente de produção de moda: Liege Kacowicz Simon Assistentes de fotografia: Debora Freitas e Charles Willy Manicure: Rose Luna

MAIO 2018 J.P 51


L

uisa Arraes vista por FERNANDO TORQUATTO, o closet de uma JOVEM COLECIONADORA

de arte e mais as novidades mundo afora: DECORAÇÃO, BELEZA e GASTRONOMIA. Tudo!


BRETON .COM .BR • @ BRETONOFICIA L

CA D EIRA D OB RA POR B R U N O S I MÕ E S

SÃO PA ULO | RIO DE JAN EIRO | CAMPINAS | SÃO JOSÉ DOS CAMPOS BRETON CORPORATIVO BREV E SALVADOR


BAZAR

CENTRO DE MESA

Tok&Stok R$ 317

de Maio Invista nas estampas e nas formas de folhagens e traga a natureza para dentro de casa por a na elisa me y er

PUFE

Estar Móveis R$ 750

PRATOS

Bordallo Pinheiro para Amoreira preço sob consulta

GARDEN SEAT

Entreposto R$ 2.980

ALMOFADA

Donatelli Tecidos R$ 249

SOUSPLAT

POLTRONA

Breton R$ 2.550

54 J.P MAIO 2018

FOTOS DIVULGAÇÃO

Cecilia Dale R$ 49,90


AV E N TA L

ALUCINANTE Toda a variedade e os benefícios do cogumelo

POR BEATRIZ MANFREDINI FOTOS GIOVANNA BALZANO

C

hampignon, shimeji, shiitake, portobello, rei, salmão... Os fãs de cogumelo não têm do que reclamar: são várias opções, tanto de espécies como no modo de saborear. Eles combinam em qualquer momento na refeição – de entrada a pratos principais –, além de terem alto poder antioxidante, que ajuda a prevenir e auxiliar o tratamento do câncer, e muitos nutrientes, como vitamina D, cálcio, ferro e potássio, um ótimo ativo para o coração. Ah, com poucas calorias, são ótimos para incluir na dieta. Dá para ficar melhor?


FETTUCCINE, COGUMELOS* E GRANA PADANO, Ici Bistrô INGREDIENTES 2 colheres de sopa de manteiga 1 colher de sopa de cebolinha fatiada 1 dente de alho fatiado cru, sem casca 60 g de cogumelo shiitake 60 g de cogumelo portobello 1 g ou 1/2 colher de chá de pimenta vermelha seca 80 ml de creme de leite 180 g de fettuccine seco 30 g de grana padano

MODO DE PREPARO Em uma panela funda, ferva 3 litros de água com sal (use 10 g de sal por litro de água) e cozinhe o fettuccine al dente. Reserve um pouco da água do cozimento para usar no molho. Fatie os cogumelos e reserve. Em uma frigideira não aderente, coloque o azeite e deixe aquecer. Adicione o alho fatiado e doure levemente. Adicione os cogumelos e deixe dourar. Tempere com sal e pimenta a gosto. Depois, coloque

o creme de leite e cozinhe em fogo baixo até que fique mais cremoso. Acrescente 2 colheres de sopa de água do cozimento da massa. Adicione o fettuccine na frigideira e mexa bem, salteando até que todos os ingredientes estejam bem misturados. Coloque o queijo grana padano e a cebolinha. *Observação: além do shiitake e portobello sugeridos, é possível usar os cogumelos paris, shimeji etc.

FEVEREIRO 2018 J.P 57


COGUMELOS PORTOBELLO COM SALSA DE AVELÃS E PARMESÃO, Chou INGREDIENTES 4 cogumelos portobello (de médios a grandes) limpos e com talos removidos 100 g de salsa de avelã (feitas com miolo de pão torrado, avelãs e azeite de oliva) 1 punhado de salsinha 1 pedaço de queijo parmesão (ou, melhor ainda, tipo grana) Sal a gosto Pimenta-do-reino a gosto MODO DE PREPARO Esquente uma frigideira grande. Espalhe um pouco de azeite na

58 J.P FEVEREIRO 2018

superfície e coloque os cogumelos com o topo virado para baixo. Tempere com sal e pimenta-doreino e deixe dourar. Depois, vire os cogumelos para que cozinhem do outro lado. Quando encolherem um pouco e estiverem mais macios, retire do fogo e disponha-os sobre um prato com a parte de baixo virada para cima. Coloque uma colher de salsa de avelã sobre cada cogumelo. Pique a salsinha grosseiramente e salpique sobre o prato. Com um descascador de legumes, faça lascas do queijo e coloque por cima dos cogumelos.


SHIITAKE, ASPARGOS E OVO MOLE, Sal Gastronomia INGREDIENTES 3 shiitakes médios de 150 g (aproximadamente) 2 aspargos de 120 g (aproximadamente) 1 ovo 100 ml de vinagre 50 g de manteiga MODO DE PREPARO Coloque duas panelas de água para ferver, uma delas com 100 ml de vinagre. Puxe o shiitake na manteiga e reserve. Escalde os aspargos em água fervente com um pouco de sal. Deixe por três minutos, retire e jogue na água com gelo. Depois, em uma frigideira, refogue-o na manteiga. Coloque o ovo na água com vinagre. Quando ferver, baixe o fogo, abra o ovo na água e deixe três minutos. Retire com uma escumadeira. Monte o prato com os três elementos lado a lado.

FEVEREIRO 2018 J.P 59


AV E N TA L

Bem Temperados Tem sucos naturebas, um dia inteiro de churrasco e o bufê dentro de um parque que é mania em São Paulo por th aya na n u n es

Feitos com uma técnica que mantém todos os nutrientes, os sucos naturais prensados a frio são um superalimento e viraram mania da turma fit. Mas a onda agora é incluir na dieta o SHOT, suco de 60 ml da marca DA NATU que, como o próprio nome diz, é um shot de saúde. São três opções com benefícios variados: o Antiox, o Immunity e o Thermo – esse último acelera o metabolismo e previne a... ressaca! Da Natu foi lançada há dois anos pelo trio Felipe Massa, Rodrigo Devoto e Vinícius Costa e possui também chás, shakes e kombuchas. +DANATUFOODS.COM.BR

ANOTE

O livro Um Jeito Moderno de Comer (Editora Alaúde), de Anna Jones, é mais um bom motivo para aumentar a biblioteca gastronômica. São mais de 200 receitas de pratos inusitados e fáceis de preparar, com legumes, grãos e verduras, assim como capítulos inteiros para doces e drinques. Anna é ex-pupila de Jamie Oliver e atual estrela da culinária na Inglaterra. Dá para seguir ela no Instagram: @WE_ARE_FOOD.

GRELHA O churrasco nunca esteve tão em alta. Novos

utensílios, técnicas e cortes de carne estão pipocando na mídia gastronômica e entre os foodies. Culpa de eventos como o CHURRAS FEST, que ganha a segunda edição no dia 26/5. O festival leva mestres churrasqueiros e chefs de cozinha para um dia de comilança: são servidas mais de uma tonelada de carnes, apresentadas em diferentes modos de preparação. Dá para comer à vontade, sempre com acompanhamentos, bebidas e sobremesas. Os ingressos variam entre R$ 160 e R$ 320. +CHURRASFESTOFICIAL.COM.BR

60 J.P MAIO 2018

PIRULITO

Quem levar os filhos para o parque KidZania, sensação entre as crianças por abordar de forma lúdica temas como sustentabilidade e cidadania, pode ficar tranquilo entre uma brincadeira e outra. A partir de agora, a PRAÇA PITANGUEIRA , bufê infantil dos mais concorridos na Vila Nova Conceição, em São Paulo, abriu uma nova unidade dentro do parque. Oferece, além de comidinhas, espaço para bebês e monitores que darão um giro pelas 50 atividades do KidZania. @PRACAPITANGUEIRA

Falando nisso...

Agora esqueça a carne. Os veggies e fãs de uma alimentação livre de origem animal vão adorar a SEMANA DA CULINÁRIA VEGANA , no Lapinha SPA. Comandada pelo chef Renato Caleffi, do Le Manjue, terá aulas de receitas saudáveis – não deixe de aprender a ricota de amêndoas, o burguer de leguminosas e a musse de cacau com avocado e tâmaras. Delícia! Ah, e ainda dá para aproveitar a ótima vibe do lugar. Quando? Entre os dias 10 e 16/6. @LAPINHASPA

FOTOS DIVULGAÇÃO; FERNANDO DONASCI/DIVULGAÇÃO

GLUB GLUB


J.P INDICA

FOTOS DIVULGAÇÃO

SENSAÇÃO

Quem circulou pela 14ª edição da SP-Arte – Festival Internacional de Arte de São Paulo, em abril, se surpreendeu mais uma vez. A feira, uma das maiores e mais importantes da América Latina, reuniu artistas de grande destaque nacional e internacional e levou uma multidão para os corredores da Bienal do Ibirapuera – foram mais de 30 mil pessoas. Mas, entre uma galeria e outra, espaços que ofereciam experiências inusitadas fizeram ainda mais sucesso, como a instalação EDEN TREE, de MARKO BRAJOVIC. O artista plástico, que, em parceria com a marca de champanhe PERRIER-JOUËT, patrocinadora do evento há quatro edições, criou um projeto superexclusivo: uma obra toda espelhada, dourada, translúcida e em forma de diamante, que convidava o público a entrar em seu

interior e descobrir um universo de diferentes imagens e reflexos. Uma vez lá dentro, a trilha sonora do músico canadense Nickolas Lupescu ainda transformava a visitação em uma experiência multissensorial. Tudo ideia da maison francesa Perrier-Jouët, que desde sua fundação, em 1811, tem uma ligação forte com as artes: é dela a maior coleção particular de art nouveau do mundo. +PERRIER-JOUET.COM


COR PO E A LM A

Um segredo para nunca mais ficar doente, vitamina C na pele e dias relax em um spa estrelado P O R PAU L A B A R R O S

LIKE MAGIC

Mariana Goldfarb é do tipo de amiga que vale a pena ter por perto quando o assunto é saúde. Com 7% de gordura corporal, ela entende tudo de dieta low carb e conhece a receita mágica para dar um up na imunidade e nunca mais ficar doente. Dica: “Tem de tomar em jejum pela manhã, 20 minutos antes de comer. E de canudinho, porque o limão estraga os dentes!”. Tome nota: • Misture água morna com dez gotas de própolis, o suco de um limão, uma colher de açafrão – “é a especiaria mais estudada do nosso século” – e uma pitada de pimenta caiena. E pronto!

CITRUS Outono é tempo de caprichar na vitamina C

para evitar a gripe, mas também vale ficar de olho nas novidades para a pele. Segundo o dermatologista Luis Pascoal, é preciso escolher produtos com concentração acima de 10% e aplicar logo após a higienização do rosto e antes do protetor solar. Às dicas! POWERFUL STRENGTH LINE-REDUCING CONCENTRATE

Com 12,5% de vitamina C + ácido hialurônico, promete reduzir linhas de expressão em duas semanas e rugas após oito. (R$ 390) +KIEHLS.COM.BR LOÇÃO FACIAL HIDRA-C 3 EM 1

Anti-idade com vitamina C nanoencapsulada e FPS 15. Com toque seco, entrega viço e firmeza para a pele. (R$ 122) +GRANADO.COM.BR ÓLEO DE ESQUALANO COM VITAMINA C E ROSAS

Néctar

JUST RELAX , spa dos mais Tem novidade boa no KUROTEL

estrelados em Gramado (RS), que acaba de lançar um programa para mães e filhos chamado Kinder Kur, que busca proporcionar momentos de aprendizado – e puro deleite – com os pequenos. Dá para fortalecer a coluna lombar, reduzir os quilos ganhos durante a gravidez, aprender técnicas como shantala e ainda fazer terapias com o bebê na água. Tudo isso em um lugar com selo do World Luxury Spa Awards. +KUROTEL.COM.BR

62 J.P MAIO 2018

Sabonetes que fixam na pele são difíceis de encontrar. Muitos podem até deixar aquele cheirinho em um primeiro momento, mas logo ele vai embora. Bem diferente da nova linha da PHEBO, Nectarina da Andaluzia. Com aroma floral, tem ótima fixação, além de super-hidratar a pele. Tem a versão em barra e ainda uma colônia. @PERFUMARIAPHEBO

FOTOS ISTOCKPHOTO.COM; REPRODUÇÃO INSTAGRAM; DIVULGAÇÃO

Esse best-seller da americana Biossance, que acaba de chegar ao Brasil, tem como diferencial o óleo de esqualano 100% vegetal e extrato de rosas. (R$ 299) +SEPHORA.COM.BR


J.P INDICA

TRADIÇÃO

FOTOS DIVULGAÇÃO

Se ainda não usou, com certeza já ouviu falar dele. Passado de geração em geração, o NIVEA Creme, a famosa latinha azul, é igual conselho de avó: nunca sai de moda e é sempre eficaz. Há mais de 100 anos no mercado, tem função power de hidratação e pode ser aplicado nas mais diversas partes do corpo. O sucesso é tão grande que a NIVEA tem também em seu portfólio a LINHA AZUL, que reúne produtos inspirados no ícone da marca e que agora é protagonista de uma nova campanha com um time de peso: as cantoras Vanessa da Mata,

Pitty e Roberta Sá. Os vídeos, produzidos para a TV e também para o digital, têm como objetivo mostrar mulheres com diferentes personalidades e formas de cuidar da pele, além de celebrar a relação da marca com a música. A Linha Azul da NIVEA conta com itens criados especificamente para diversas necessidades: para o corpo, aposte no sabonete NIVEA Creme Care, que pode ser encontrado em versão barra ou líquido. Para quem gosta de praticidade, NIVEA Hidratante para Banho Milk e, para as que têm pele seca ou extrasseca, NIVEA Milk Loção Deo-Hidratante, com óleo de amêndoas. Quem deseja cuidado e proteção para as axilas, vale testar o NIVEA Desodorante Protect & Care. O cuidado com a pele do rosto fica ainda melhor com o NIVEA Lenços de Limpeza Demaquilantes Creme Care 4 em 1. Ah, e já que as temperaturas começam a baixar a partir de agora, não dá para esquecer dos lábios: vá de NIVEA Original Care Protetor Labial. @NIVEABRASIL | + NIVEA.COM.BR


PATCH WOR K

Duas garotas antenadas entregam seus segredos de estilo e as miniaturas que dão um up em qualquer look P OR B E AT R I Z M A N F R E DI N I

DNA COOL

A TENDÊNCIA MAIS MAIS PARA ESTE OUTONO MANU: Meia com sapato aberto na parte dos

Não é de hoje que o nome MATRI BAGS caiu no gosto das moças mais descoladas. Ter a bolsa Saskia, o modelo clássico da marca, é arrasar na certa – tanto é que Vandinha Jacintho, Giuliana Romanno e Lilly Sarti correram para fazer parcerias com a label. Quem assina tudo é a dupla MANUELA CORANO e MAIÁ ZEQUI, amigas inseparáveis e cheias de estilo.

dedos. Coloco com meia fina ou arrastão. MAIÁ: Consumir menos! Cada vez mais temos de comprar consciente.

O ITEM QUERIDINHO DO CLOSET É... MANU: Camiseta preta básica. Eu adoro usar muitos

JÁ USEI, MAS NÃO USO MAIS... MANU: Calça flare. Além de gostar de usar acessó-

acessórios, então uso básico para balancear. Gosto sempre de cor embaixo, no cinto, na saia. MAIÁ: A bolsa Saskia, claro! É prática, versátil e dá para usar de dia, de noite, em qualquer ocasião.

UM SONHO DE CONSUMO MANU: Tempo para acompanhar o cresci-

mento do meu filho. Hoje em dia isso é raro.

MAIÁ: No momento, meu sonho de consumo é via-

jar mais. Para unir meu trabalho com prazer.

rios nos pés, como meias diferentes e polainas e botas de cano alto, sinto que a calça me deixa mais baixa. MAIÁ: Calça skinny. Acho que me aperta. Hoje, quando me visto, o que mais procuro é conforto.

J.P INDICA

O AMOR ESTÁ... NAS JOIAS

leia mais nas redes sociais #patchwork 64 J.P MAIO 2018

FOTOS DIVULGAÇÃO

Para quem quer deixar o presente do Dia dos Namorados garantido desde já, J.P tem a dica: a nova coleção PETIT, do designer HECTOR ALBERTAZZI. Pequenas joias delicadas e com ar jovial, as peças estão imersas no universo das miniaturas e vêm com vários temas. Aposte nos brincos de cristais coloridos e nos solitários de pérola shell – tudo sem esquecer dos já consagrados colares gravatinha: os modelos com cristais black diamond são must have. @HECTORALBERTAZZI


J.P INDICA

Espelho Incolor

Espelho Fumê

FOTOS DIVULGAÇÃO

ESPELHO, ESPELHO MEU

Ao acordar, antes de sair de casa, no elevador, depois do almoço... Ninguém consegue passar em frente a um espelho sem dar aquela espiadinha no visual. Agora, imagine ficar dois dias inteiros sem poder olhar para nenhum. Parece impossível? A convite da AGC VIDROS, líder mundial na produção de vidros e espelhos de luxo, nomes como Caroline Celico, Rodrigo Ohtake, Taissa Buescu e Joyce Pascowitch toparam o desafio. Serão 48 horas totalmente privados de verem seus próprios reflexos e acompanhados por câmeras, que registrarão o processo. Aproveitando a jornada de autoconhecimento e a oportunidade de refletir sobre si mesmo além do aspecto estético, no fim desse tempo os quatro precisarão responder à pergunta: “O que você vê quando se olha no espelho?” – tudo isso enquanto aproveitam novamente seus reflexos nos novos MIROX Premium, conhecidos como os melhores espelhos do mundo.

Espelho Bronze

Espelho Incolor

+VIDROSDECORATIVOS.COM/MIROX-PREMIUM/

Espelho Fumê


fernando torquatto BEAUTY ARTIST

Luisa Arraes

Das musas da nova geração, Luisa Arraes é a mais cool. Filha do cineasta Guel Arraes e da atriz Virginia Cavendish, ela brilha na TV, no cinema e nos palcos – a diretora Bia Lessa a escalou para uma das cenas mais fortes da peça Grande Sertão: Veredas. Aos 24 anos, tem tudo para virar uma das mais importantes atrizes do país

FERNANDO TORQUATTO já transformou todo mundo que importa – aqui e lá fora. só vai sossegar depois de clicar madonna


CLOSET

PRONTA PARA

CHOCAR

A colecionadora de arte paulistana Jessica Cinel gosta de brincar com a moda como ninguém e tem um só objetivo: romper todos os padrões Vestido Vanda Jacintho, sapato Lane Marinho e brinco Fabio Salini

68 J.P MAIO 2018

POR BE AT R I Z M A N FR EDI N I FOTOS A N DR É GIORGI


Em sentido horário, Jessica usa vestido Pinga e sapato Lane Marinho, bolsa Cult Gaia e brinco Julia Gastin

“N

ão repara na bagunça”, pede Jessica Cinel, assim que J.P tenta entrar no seu quarto no dia das nossas fotos. Não, a casa dessa paulistana de 26 anos – incrível, aliás – não tem nada de desorganizada. A razão para o pedido é que o cômodo está passando por uma minirreformulação. Jessica é colecionadora de arte e chegamos bem no dia da sua mais nova aquisição: a obra Americamnesia, do artista sueco Runo Lagomarsino, uma espécie de papel de parede que estava sendo instalado naquele dia. O quarto parece galeria: é inteiro decorado com artistas do mundo todo. Essa veia artsy surgiu durante os anos estudando negócios internacionais fora do país – foram cinco em Londres e um em Paris. De volta ao Brasil este ano, ela decidiu reorganizar seu quarto – e sua vida. “Eu era uma pessoa muito diferente da que sou hoje. Não só de

estilo, mas de jeito também. Estou mudando as amizades, cortei o cabelo, me tatuei...”, enumera. O quarto de antes, em tons lilás, típico de uma jovem de 19 anos, está dando lugar a um ambiente colorido e superoriginal. E o closet, claro, não poderia deixar de acompanhar esse momento. “Eu era meio cafona! (risos) Adorava usar peças tradicionais de grandes marcas, como Missoni. Hoje, acho tudo isso muito manjado”, diz. “Morar no exterior foi uma descoberta. Entendi ali que gosto de tudo que é autêntico, diferente. Quero compor looks que tenham sempre um elemento de choque.” O ideal agora para ela é criar contrastes e usar, por exemplo, tênis com vestido de paetês, ou uma roupa toda preta com uma jaqueta vintage. “Não me inspiro em ninguém, não leio revista de moda. Uso o que gosto. Tem pessoas que me dizem: ‘Jessica, você é louca! Tem certeza que vai sair assim?’”, fala, e ri.

MAIO 2018 J.P 69


Broche de bananas Adriana Degreas e caixa trazida de Moscou

Conjunto comprado em brechĂ´ em Londres, sapato Charlotte Olympia e brinco Vanda Jacintho

70 J.P MAIO 2018


FOTOS ISTOCKPHOTO.COM; DIVULGAÇÃO

Mas a gente quer saber: onde encontra essas peças tão originais? “Por aqui, adoro a Pinga ou a Lab Collection, e lá fora não saía de brechós, tanto os mais chics como aqueles que vendem para a caridade, sabe? Tem roupas incríveis!”, dá a letra nossa anfitriã, que não se importa nada com manchinhas, rasgos ou mesmo peças meio surradas: “Isso tudo é a graça da coisa”. “Você tem de incorporar o estilo. É você quem faz a roupa. Se está segura, todo mundo vai achar lindo. Se não, a roupa enfeia.” Jessica gosta tanto do inusitado que, vez ou outra, sai de casa com uma unha de cada cor e nem liga para os olhares alheios quando surge vestindo várias texturas e acessórios statement, como um enorme broche de bananas. Tudo para cumprir com seu objetivo – e o de sua coleção de arte: romper todos os padrões. n

Vestido Vanda Jacintho, sapato Lane Marinho e brinco Fabio Salini

UNIVERSO PARTICULAR Paixão fashion “Sou apaixonada por óculos de sol. É uma coisa que é difícil de me controlar: compro sempre!” Conselho “Se vestir bem tem a ver com bom gosto, não com dinheiro. Se você tem bom gosto, vai se vestir linda em qualquer lugar.”

Playlist “Sou viciada na Rita Lee. Meu sonho era fazer uma festa e chamá-la para cantar.”

Conforto “Uma das minhas peças preferidas é meu tênis Stella McCartney. E também amo All Star.”

Garfo “Eu adoro massa. Quando cheguei sozinha em Londres, sem saber cozinhar, comia massa pronta e cupcake todos os dias.”

Cabeceira “Amei o livro sobre Frida Kahlo escrito pela Barbara Mujica. Me identifiquei muito com a personagem, que tem personalidade forte e faz o que dá na telha.”

MAIO 2018 J.P 71


J.P VIAJA

O

clima frio da ISLÂNDIA, a nova onda fitness no

UPPER EAST SIDE, em NOVA YORK,

e um giro pela RÚSSIA. Prontos para decolar?

MAIS EM GLAMURAMA.COM/PELO-MUNDO


J.P INDICA

ORA, POIS

Praia, campo, muita história e arquitetura, e ótima gastronomia. Não é à toa que Portugal é o destino da vez: o país tem muito a oferecer e está na atual wish list dos viajantes mais antenados. E como J.P adora tudo o que é novidade, fomos atrás das dicas da empresária CARLA PALERMO, da NOVASAFARI, agência membro da Virtuoso, uma rede mundial de especialistas em viagens de luxo. Carla é expert em criar um roteiro personalizado para seus clientes. Prepara o passaporte!

FOTOS DIVULGAÇÃO; ISTOCKPHOTO.COM

ALGARVE

É um dos destinos mais concorridos do verão europeu: Tem praias lindas, falésias, ilhas e vilarejos... Quem gosta de ficar mais isolado, visite Sagres e Portimão, com seus hotéisbutique e muita natureza. Já em Lagos e Albufeira, o clima é mais descolado – hospede-se no Vila Joya.

ALENTEJO

Calmaria e tranquilidade predominam em Alentejo. Com muitas colinas, vinhas e campos de trigo, por ali existem pequenas aldeias com casas caiadas de branco onde o tempo passa devagar. Há fazendas produtoras de azeite, queijos e, claro, muitas vinícolas. A região abrange cidades históricas, interessantes e charmosas como Monsaraz e a famosa Évora.

LISBOA

A cidade de Lisboa sempre foi referência por sua beleza, arquitetura, história e gastronomia. Hoje, mais do que isso, é considerada uma das mais inovadoras da Europa – há sempre algo de novo e interessante acontecendo. Locais como o LX Factory, uma antiga fábrica de tecidos que agora abriga estúdios, bares e galerias de arte, e o Time Out Market, que reúne os melhores chefs da cidade sobre o mesmo teto, vêm chamando a atenção. COMPORTA

Para quem quer passar longe das rotas turísticas, o pequeno vilarejo de Comporta fica a apenas uma hora de Lisboa e tem vibe descontraída, chic e discreta, além de lindas praias. O lugar é frequentado por personalidades como Madonna, Christian Louboutin e Philippe Starck, mas ainda possui poucas opções de estadia. Aposte no hotel Sublime, o melhor da região. +NOVASAFARI.COM.BR | TEL. (11) 2373-3852 | @NOVASAFARI_BY_CARLAPALERMO | CONTATO@NOVASAFARI.COM.BR


J.P V I A JA

O destino do momento é gelado, a hora e a vez de Seattle e mais um giro tipo luxo pelo Brasil. Bora, viajar? POR ADRIANA NAZARIAN

TUDO AZUL

O verão europeu se aproxima e os viajantes antenados só têm um pensamento na cabeça: Islândia. E a boa-nova é que o destino, conhecido pelos gêiseres, glaciares e campos de tirar o fôlego, ganha cada vez mais infra. O BLUE LAGOON, spa de águas termais que já virou um clássico por lá, cresceu. Além de um novo espaço para tratamentos batizado de LAVA COVE SPA , ele está prestes a ganhar um hotel cravado, literalmente, em rochas vulcânicas de 800 anos. No oeste do país, perto do glaciar Snæfellsjökull, o arquiteto Johannes Torpe é o autor do aguardado projeto do RED MOUNTAIN RESORT, que contempla spa, bangalôs, suítes e residências artísticas. Já na capital Reykjavík, o novo CANOPY BY HILTON foi instalado em uma antiga fábrica de móveis, e o Edition, rede hoteleira moderninha comandada por Ian Schrager, abre em breve. Mas o que tem chamado atenção mesmo é o refúgio ultrassecreto THE TROPHY LODGE , nas montanhas pertinho do glaciar Langjökull e da cachoeira Gullfoss. Para conhecer a antiga casa de verão do empresário Jóhannes Stefánsson, agora repaginada, é preciso alugá-la por inteiro, mas a tarefa é árdua: não há qualquer página de contato e a divulgação é no boca a boca. O que se sabe é que gente como Beyoncé e Jay-Z se apaixonaram pelo esquema comida gourmet e hot tub no meio da neve.

BLUE LAGOON

LAVA COVE SPA

RED MOUNTAIN RESORT

CANOPY BY HILTON

COM AÇÚCAR

No verão, não há como flanar por Paris sem fazer uma pausa para um docinho. Pois o programa, tradição na cidade francesa, acaba de ganhar uma concorrência de peso. Cédric Grolet, famoso chef de pâtisserie do LE MEURICE, abriu recentemente uma loja de doces no hotel. É a chance de levar para casa sobremesas que, além de lindas, são deliciosas – Grolet foi nomeado melhor pastry chef do mundo, em 2017, por Les Grandes Tables du Monde. Tem as famosas frutas esculpidas em trompe l’oeil, madeleines fresquinhas, bolo de brioche e muitas outras. +DORCHESTERCOLLECTION.COM

74 J.P MAIO 2018

FOTOS DIVULGAÇÃO

THE TROPHY LODGE


SPACE NEEDLE

J.P V I A JA

NORDIC MUSEUM

TÁ QUENTE

AMAZON

Hora de ir para SEATTLE. Para começar, a torre SPACE NEEDLE, o melhor lugar para apreciar o visual da cidade americana, está prestes a ser reaberta com novidades. Além do restaurante, o projeto prevê um andar cercado por vidro. Depois, é a vez da arquitetura entrar em cena: o NORDIC MUSEUM, dedicado à cultura dos imigrantes nórdicos, acaba de ser reinaugurado em um prédio suntuoso que leva assinatura do escritório Mithun. Outro espaço que a visita é obrigatória para os fãs de arquitetura é o headquarter da AMAZON, obra do estúdio NBBJ batizada de Spheres. Pensado para se integrar à natureza, o local tem três cúpulas de vidro com uma minifloresta e 40 mil plantas de várias partes do mundo. +SEEWHATSUP.SPACE, SEATTLESPHERES.COM, NORDICMUSEUM.ORG

CONFORTO

Se o destino é Fortaleza, o HOTEL GRAN MARQUISE é aposta certa. Fica na praia de Mucuripe, uma das mais tranquilas da cidade, e acordar cedo e tomar um ar fresco na varanda do quarto olhando aquele mar azul é revigorante. O deleite começa logo cedo: no café da manhã, frutas frescas da região, tapiocas e cuscuz quentinhos, tudo servido na mesa. À tarde, gaste boas horas na piscina da cobertura ou na hidromassagem do spa da L’Occitane – dá para ficar lá curtindo a vista para o mar e, de quebra, acompanhar o pôr do sol. Para agitar a noite, depois de um passeio pelo Mercado dos Peixes, que fica logo em frente, a happy hour do lobby bar é a pedida, com muitos drinques e música boa. @GRANMARQUISE (Por Beatriz Manfredini)

FOTOS DIVULGAÇÃO

GARFO E FACA Com currículo de dar inveja – são 15 anos na área da

gastronomia –, o chef Luis Foschini já atuou ao lado de chefs bacanas como François Pierre Maillard e Pedro Silva, além de ter trabalhado em mais de cinco grandes grupos hoteleiros do país. Hoje, ele comanda a cozinha do GRAND MERCURE BRASÍLIA EIXO MONUMENTAL , onda dá aulas, por ali mesmo, de culinária. O COZINHANDO COM O CHEF, nome do programa, ensina a preparar receitas exclusivas, sempre às primeiras terças do mês. A aula custa R$ 75 e inclui buffet de antepastos e o prato principal. O melhor é que não precisa ser hóspede para participar: o encontro é aberto ao público. @MERCUREHOTELS

MAIO 2018 J.P 75


J.P VIA JA

Da esq. para a dir., Alvaro Garnero, Alvarinho Garnero, Lou Montenegro e Christian Blanco – também estavam Carola Bernard, Nadia Isotta e Marcelo Fonseca

PRIMAVERA

por beatriz manfredini

76 J.P MAIO 2018

PARA COMER Para comer com facilidade, vá ao novo restaurante THE 10TH. Fica dentro da pista de esqui, e tem serviço personalizado: depois de entrar, guarde seus casacos, equipamentos e botas e descanse os pés nas confortáveis pantufas que oferecem. Para quem prefere fazer as refeições na cidade, o The Little Diner tem um delicioso hambúrguer vegano, e o japonês Matsuhisa, do conhecido chef Nobu Matsuhisa, é aposta garantida. ONDE SE HOSPEDAR O hotel ARRABELLE tem tudo para proporcionar o descanso merecido após um dia inteiro de esporte: com atendimento personalizado, não deixe de passar um tempo no spa, que tem tratamentos de luxo e amenities incríveis. Para não sair de perto do esqui, se hospede no Lodge at Vail: os preços são ótimos e fica exatamente no burburinho entre cidade e pista.

ESPORTE Não tem as vestimentas necessárias? Dê um pulo na Gorsuch, que vende as melhores marcas de roupa de esqui. Por ali, dá para mandar fazer botas personalizadas com o molde dos próprios pés e elas ainda vêm com aquecimento interno. Depois, corra para a pista Heavy Metal, a mais bacana de Vail. Com menos movimento, é mais desafiadora do que as preparadas para receber o grande público.

FOTOS DIVULGAÇÃO

Nada de esperar o inverno para ir esquiar. Para a dupla Christian Blanco e Alvaro Garnero, uma época excelente para descer a montanha de gelo é a primavera. O destino escolhido por eles e sua trupe na última temporada? Vail, nos Estados Unidos. É nesse período que o lugar adquire um cenário diferente: são poucos turistas, com pistas, bares e restaurantes mais tranquilos e, de quebra, o custo da viagem fica menor. Christian, fã do esporte, ainda entrega: “Faz menos frio, os dias são lindos e mais longos e abril, por exemplo, é o terceiro mês que mais neva no ano, perdendo apenas para dezembro e março”. Aqui, mais dicas.

FOTOS DIVULGAÇÃO

BRANCA


J.P INDICA

FOTOS DIVULGAÇÃO

BOAS VIBRAÇÕES

Não é de hoje que a região do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses virou hype. Além das dunas incríveis e das lagoas de água cristalina, praias como ATINS oferecem um lindo mar azul, dias de muito relax e contemplação, assim como ventos favoráveis para a prática de kitesurfe – não à toa, atletas de todo o mundo passam por ali. Para quem deseja visitar o destino, o hotel-butique LA FERME DE GEORGES é a melhor opção. Localizado bem ao lado do parque, são apenas nove chalés, todos supercharmosos e cercados de verde, cada um com seu jardim privado e construídos para receber a brisa natural. No restaurante, no estilo farm to table, os

ingredientes são todos frescos e vindos da própria plantação orgânica do lugar – todos os dias é possível ajudar a colher os alimentos. O hotel oferece também uma caminhada pelo parque com private guide, assim como aulas particulares de kitesurfe. Membro do prestigiado selo Design Hotels, La Ferme faz parte do casting da Blue Papaya, agência das sócias Gabriela Cordes e Danila Mansur Jorge. Aberta há dois anos, a empresa só reúne destinos exóticos e hotéis que façam um mix de exclusividade, bom serviço e experiência. E atenção: a melhor temporada para visitar Lençóis vai de junho a outubro,

época que suas lagoas estão ainda mais cheias. Mais informações: @BLUEPAPAYA | +GEORGES.LIFE/PT/ATINS | RESERVAS: HELLO@GEORGES.LIFE


NOVA YOR K

Uma joalheria ultracool em Tribeca, a mania fitness que tomou conta da cidade e dicas de uma brasileira que sabe das coisas P O R J OA N A B R I TO

CENÁRIO ATUAL

O Brooklyn Museum acaba de inaugurar a mostra Radical Women: Latin American Art, 1960-1985. É a primeira exposição que homenageia a arte contemporânea latinoamericana e foca no uso do corpo feminino para críticas políticas, sociais e também como expressão artística. Entre as 123 artistas latinas de 15 países, estão as brasileiras Lygia Pape e Regina Silveira. A fotografia Untitle (Hands and Triangle), da argentina Liliana Porter, é uma das obras mais importantes. Até 22/7. +BROOKLYNMUSEUM.ORG

À Base de Choque A onda fitness à base de choque tomou conta da

cidade. O estúdio SHOCK THERAPY, no Upper East Side, vive lotado e utiliza um leve tipo de estimulação muscular elétrica que faz com que o esforço seja muito maior do que o comum – 30 minutos equivalem a três horas de musculação pesada! A aula, para no máximo seis pessoas, é zero monótona: na sala, um instrutor dá todas as dicas enquanto o exercício é projetado na parede. Custa U$ 55 (CADA). +SHOCKTHERAPY.COM

+PASTISNY.COM

78 J.P MAIO 2018

FOTOS DIVULGAÇÃO

PROMETE FILA

Depois da reabertura do tradicional La Goulue, no Upper East Side, em janeiro, outro restaurante das antigas entrou na onda e anunciou que também vai retomar as operações. O PASTIS, no WEST VILLAGE , que fechou em 2014 e é do mesmo grupo do icônico Balthazar e do Minetta Tavern, deve reinaugurar no ano que vem. O feito é do restaurateur Keith McNally, que se uniu a Stephen Starr, do Le Coucou e do Upland, e tudo indica que o local volte a ser um hotspot, exatamente como era antes.


AMULETO

Quem passar pelo bairro de Tribeca não pode deixar de conhecer a nova loja da joalheria FOUNDRAE . A marca de Beth e Murat Bugdaycay já era sucesso na internet desde 2015, mas agora ganha um espaço ultracool – detalhe: tem até biblioteca

com lounge para os clientes. A Foundrae vende anéis, pulseiras e colares de ouro com design antiguinho, e todas são esmaltadas em diferentes cores. Os anéis Cigar Bands, em vermelho, preto, azul e branco, lembram o adesivo de um maço de cigarro e são hit. +FOUNDRAE.COM

CIRCUITO mora em NY há dois anos e é responsável pelo marketing do CLARISSA FREITAS ARAÚJO

portal WGSN na América do Norte, um dos sites de tendências mais importantes do mundo. A pauta da vez? “Wellness. Estamos todos tão conectados, ainda mais em Nova York que é uma cidade tão acelerada. Não só aqui, é algo global!”

• Adoro o centro de ioga WOOM CENTER. Sempre faço a aula yoga experience, que inclui meditação, meditação de voz, terapia e ioga do tipo vinyasa. Estimula todos os sentidos e faz bem para o corpo e para a alma.

• CARTHAGE MUST BE DESTROYED

• LELABAR é um wine bar no West Village, a comida é uma delícia. O local é aconchegante e tem uma carta de vinhos excelente. Porque bem-estar também é curtição!

é um restaurante em Bushwick, bairro cheio de artistas. O lugar é bem escondido, para encontrar é só avistar a chaminé rosa bebê. A comida é maravilhosa, tudo orgânico, em um ambiente bem nova-iorquino. Ótima opção para brunch no domingo.

• The Alchemist’s Kitchen é uma lojinha dentro do centro de ioga Woom Center. É bem trendy e reúne diversos alimentos e remédios de cura e bem-estar. • A HIGHERDOSE, também na linha wellness, é uma sauna infravermelha com cromoterapia. É o programa ideal para desintoxicar o corpo.

•L TRAIN VINTAGE – também em Bushwick – é um brechó ótimo para encontrar jaquetas jeans e militar oversized que eu adoro. Moda sustentável.

MAIO 2018 J.P 79


POR AÍ POR KIKI GARAVAGLIA

LENINGRADO PARA MIM, SÃO PETERSBURGO PARA VOCÊS

A meca do turismo atualmente é a Rússia: todos estão fascinados com a riqueza e a beleza desse país. No entanto, não faz muito tempo, o destino era uma tristeza só, com cidades sujas e desertas, monumentos abandonados, descascando, e os russos, notórios por sua alegria, resignados. Visitar o país, que fazia parte da União Soviética, só era possível com autorização do governo. Fui para lá no fim dos anos 1980 e comecei por Moscou, uma cidade cinza, feia, sem carros e sem pessoas nas ruas. Segui então para Leningrado, hoje São Petersburgo, e fiquei encantada com as belezas restantes da época dos czares. A cidade, inicialmente, se chamava Petrogrado e só virou Leningrado por causa do idolatrado estadista Lenin, que fez a revolução comunista e matou toda a família real. Foram quatro dias no total, sendo que em um deles visitei vários monumentos sem saber exatamente o que eram. No meio do passeio, perdemos nossa excursão e fomos para a rua chamar um táxi. Só que nenhum parava! Um oficial se aproximou e nos informou que só conse-

guiríamos por meio do hotel, já que eles não tinham permissão de pegar passageiros nas ruas. Foi quando vi um ônibus de excursão do País de Gales, e como eles são “meio ingleses”, pedimos uma carona. Assim que começamos a nos movimentar, uma surpresa: a guia falava em gaulês e não em inglês. Galês é uma das línguas mais complexas do mundo, sem vogais nas palavras. Resumindo: como não podíamos saltar no meio do caminho, seguimos com eles, sem entender nada, sorrindo quando eles sorriam e fingindo interesse quando eles se interessavam. São Petersburgo foi construída, em 1703, pelo czar Pedro 1º, o Grande, para ser a capital dos czares. Começou numa ilha, no rio Neva, chamada Pedro e Paulo, onde tem até hoje uma fortaleza, com o mesmo nome. Vários palácios foram construídos a partir de então e o mais famoso foi o de inverno, que, na época da famosa czarina Catarina, ganhou alas e mais alas para abrigar sua coleção de arte, com muitos quadros impressionistas. Virou o famoso palácio Hermitage, considerado até hoje o maior e o mais bonito do mun-

do. Destaco também o palácio do barão Stroganov, que inventou o famoso prato, tão conhecido por aqui. A história da receita surgiu quando ele soube que um ilustre hóspede não conseguia cortar a carne com a faca, então ordenou para que ela fosse trazida em pedacinhos. Na minha época, tinha uma cantina onde serviam um café morno em um copo tipo de geleia, mas agora o local tem um luxuosíssimo restaurante aclamado por vários chefs de cozinha. Reserve um tempo para conhecer a Catedral de Santo Isaac, com colunas de malaquita verde: deslumbrante, é diferente de qualquer outra que já vi. Adorei as pontes do rio Neva, com suas esculturas e luminárias francesas lindas. São Petersburgo, com todo o esplendor da época dos czares Romanov, ficou abandonada por muitas décadas. Mas agora está toda renovada, limpa, com cores alegres e vibrantes nos seus monumentos, sempre repletos de detalhes dourados. Já os russos, voltaram a ser felizes... n

viajante insaciável, KIKI GARAVAGLIA já correu o mundo e, no momento, pode estar em londres ou marrakesh. só tem medo de morrer sem antes conhecer dubai

80 J.P MAIO 2018

FOTO ARQUIVO PESSOAL

Inspirada pelo clima da Copa do Mundo, nossa colunista relembra uma viagem inesquecível pelos palácios dos czares russos


VIEIRA SOUTO 458 POR LUI TPS

DO FÚTIL AO CULT

FOTO DIVULGAÇÃO

Nada mais importa no universo das marchandes: é só ser bem-nascida e saber o que é “in” e o que é “out” “Este artista pernambucano escolhia materiais do dia a dia, tais como ossos, fios e borracha, para expressar nossos impulsos e sentimentos mais intrínsecos”, disse Bela, enquanto explicava uma instalação na entrada da galeria. Isabela tinha feito dois anos de faculdade de comunicação, três meses de moda em Milão e, após alguns anos intercalados entre trabalhos em grandes marcas e bicos como consultora de estilo, decidiu ingressar no mundo da arte. Fez um breve curso de verão na Sotheby’s de Londres, trocou o look extravagante pelo estilo artsy (leia-se: roupas sóbrias plissadas do estilista Issey Miyake, sapatos ortopédicos e meias terminando na canela) e ingressou numa famosa galeria em São Paulo. Por não ter qualquer experiência prévia ou estudo mais aprofundado, algumas gale-

rias mais tradicionais questionavam o fato dela ter se transformado em consultora de arte tão rápido. Mas Isabela não ligava para isso. Aliás, para que compreender o impacto da Primeira Guerra na formação das vanguardas europeias que constituíram a arte contemporânea no mundo, ou como Tarsila do Amaral reinventou a arte moderna no Brasil? Para quê se aprofundar nas pinturas de Van Gogh, Cézanne, Munch ou Dalí? Nada disso adiantaria. Para vender, bastava frequentar a casa de Vik Muniz, viajar para Basel na semana da feira (porque a de Miami já está ultrapassada) e conhecer o hábito dos principais colecionadores emergentes brasileiros. Além de ser bem-nascida e amar os vídeos de Bruce Nauman. “Esse jovem artista fez residência na fazenda de Sofia Araújo e vai participar

da próxima Bienal de Veneza. Para você ter uma ideia, até Izildinha Peixoto de Paiva comprou uma pintura dele, que, por sinal, está pendurada entre o Portinari e o Ismael Nery que herdou de seu avô.” E, assim, mais uma obra estava vendida, sem a necessidade de agradar ao gosto da cliente. Em seu horário de lazer, Bela costumava sair para jantar com as amigas em algum restaurante descolado no centro e discutir sobre arte. Os temas variavam entre o preço das obras, o que era “in”, o que era “out”, e qual artista era o mais quente do pedaço. Se estivesse falando de moda, poderia ser considerada fútil. Mas, como era sobre arte, agora era cult. n

CARIOCA, LUI TPS É FINANCISTA E AUTOR DO ROMANCE VIEIRA SOUTO 458, FICÇÃO SOBRE A EXTRAVAGÂNCIA E A DECADÊNCIA DA JUVENTUDE DOURADA DO RIO DE JANEIRO

MAIO 2018 J.P 81


DIA INESQUECÍVEL

Milão ficou pequena para a quantidade de brasileiros experts em mobiliário que a cidade recebeu no último mês. O Salão Internacional do Móvel contou com a participação de Camila Carneiro Johnson, que representou a Florense D&D, Lar Center e Rebouças, assim como Beatriz Bollbuck, nome por trás da Pormade, e Patricia Hagobian, da Dunelli. Além de conferir o que há de mais novo quando se fala em design e móveis, as três aproveitaram a viagem para convidar um grupo top de profissionais da área para um passeio em uma das cidades mais charmosas da Itália, Como. No roteiro? Um tour pelo hotel Il Sereno, que tem arquitetura de Patricia Urquiola e espaço incrivelmente integrado à paisagem, jantar no Ristorante Berton Al Lago, do estrelado chef Andrea Berton e premiado pelo Guia Michelin, além, é claro, de um passeio pelo icônico Lago de Como. Aqui, os melhores momentos dessa viagem.

Rodrigo Costa e Selma de Sá

Lago de Como

Fabiano e Tania Hayas

aki

David Bastos


J.P INDICA

Cremosa alla nocciola e yogurt, do Ristorante Berton Al Lago

Vista do hotel Il Sereno, no Lago de Como

Lago de Como Vista do hotel Il Sereno, no

Tatiana Moreira e Luiz Paulo Andrade

Camila Carneiro Johnson, Patricia Hagobian e Beatriz Bollbuck

FOTOS DIVULGAÇÃO; ISTOCKPHOTO.COM

Hotel Il Sereno

David Bastos, Luiz Paulo Andrade, Thiago Manarelli, Patricia Martinez, Ticiane Lima, Rodrigo Costa, Tania Hayasaki, Tatiana Moreira, Beatriz Bollbuck, Fabiano Hayasaki, Camila Carneiro Johnson, Patricia Hagobian, Selma de Sá, Raphael Tristão e Leo Shehtman

Thiago Manarelli


J.P FERVE

M

uita ARTE E CULTURA nos eventos do mês. Só do bom e do melhor. Adiante!


Karol Conka e Pathy Dejesus

Flávia Alessandra Cleo Pires

Sabrina Sato e Duda Nagle

BRILHANTE A noite de gala da amfAR recebeu celebridades para arrecadar fundos para seus programas de pesquisa, que salvam vidas de portadores do vírus HIV. Foi sucesso. SÃO PAULO, SP

Alinne Moraes

Fotos Bruna Guerra

ar ezine e Neym u rq a M a n Bru

Mônica Martelli

Brenda Costa e Karim Al-Fayed

Thaila Ayala


MAKING OF Uma das mais lindas do baile da amfAR, Isabeli Fontana, embaixadora do champanhe Perrier-Jouët, cruzou o red carpet de mãos dadas com Di Ferrero e arrasou. J.P acompanhou cada detalhe da preparação da top. Chiqueria! SÃO PAULO, SP

Fotos Divulgação

Isabeli Fontana e Di Ferrero


Renato De Cara

MOLDURA Fernanda Feitosa e Carlos Jereissati Filho

Geyze e Abilio Diniz

Vem dar um giro pelo prédio da bienal do Parque Ibirapuera, que lotou de culturettes durante a 14ª edição da SP-Arte. Todo mundo aproveitando o momento artsy na cidade. SÃO PAULO, SP

Marcela Scarpa Miranda e Mariana Auriemo

Ellen von Unwerth

, avo Pandolfo Otávio e Gust osgemeos

Fotos Paulo Freitas

Carola Diniz e Luis Gelpi

Luciana Gimenez e Lucas Jagger

Carolina Overmeer e Luiz Osvaldo Pastore


Mano Taques e André Leite

PICAPE A 5a edição do Warung Day Festival balançou a Pedreira Paulo Leminski com os melhores DJs nacionais e internacionais da música eletrônica. Foram 13 horas de muito agito! CURITIBA, PR

Isadora Zamora Taques e Gustavo Yared

, Marcos Slaviero ira Caroline Teixeen es e Priscila Xim

Os DJs John Digweed & Sash a

Malu Godoy, Giba, Kisy Momoli e Léo Coelho

Fernanda Pinheiro e Gustavo Conti

Fotos Gustavo Remor/Divulgação; Felipe Medeiros/Divulgação; Ebraim Martini/Divulgação

Laise Dall’Oglio e Luis Gustavo Zagonel

Patricia Amaral, Janaina Michelato e Gisele Fuchs Abage


HORÓSCOPO POR CIÇA BUENO

ILUSTRAÇÕES PAULO VON POSER

TOURO

É hora de desenvolver o que foi iniciado no último ciclo. A partir da Lua Nova em Touro, que será no dia 15 de maio, às 8h49, devemos nos concentrar em investir nossas energias e recursos para que as iniciativas empreendidas até aqui cresçam, ganhem mais corpo, tomem forma, se enraízem e se estabilizem. Para tal, os luminares se aliam a Plutão e a Marte, os chefes, que em Capricórnio vão ajudar a estruturar qualquer projeto. Mercúrio, o pensador e mensageiro, que é regente do ascendente em Gêmeos, também está em Touro e, aliado a Saturno, o planejador/estruturador, promete planejar bem as tarefas que devem ser feitas, para em seguida partir para execução. A generosa dupla Júpiter/Netuno promete sorte, paz e harmonia. Portanto, é só colocar a mão na massa e fazer o bolo crescer. Ok? (Veja abaixo as tendências para o seu signo. E, se você conhece o seu signo ascendente, leia o texto relativo ao mesmo também.)

ÁRIES (21/3 a 20/4) Siga as instruções acima e vai se dar bem. No seu caso específico, a lunação ativa as finanças. Mas não queira ser inovador, basta desenvolver o que você já criou e inventou até agora. Concentre suas energias no dia a dia e trabalhe. Com certeza, vai colher. TOURO (21/4 a 20/5)

Lunação o convoca a expressar o que tem de melhor, que é criar formas para que seus projetos possam se desenvolver. Essa energia vai acompanhá-lo ano afora. Só não se deixe envolver pela preguiça. Vênus, sua regente, está esperta e negociadora: aproveite-a bem.

GÊMEOS (21/5 a 20/6) O ciclo vai servir para você se preparar para a próxima lunação, que será em seu signo. Seu regente Mercúrio, unido ao intuitivo Urano, aconselha a ouvir a intuição, arquitetar planos e projetos e curtir a gestação. Vênus em seu signo vai atrair afetos e boas negociações. CÂNCER (21/6 a 22/7)

Essa lunação se dará de forma tranquila, bem ao seu gosto, e propõe que unida aos seus parceiros, levante as possibilidades de negociação, amplie as fronteiras e o network, invista em crescer efetivamente. Vênus atrairá bons dividendos a partir desse empenho.

LEÃO (23/7 a 22/8)

SAGITÁRIO (22/11 a 21/12) Lua Nova ativa o setor cotidiano e aconselha a manter o ritmo de trabalho firme e constante, porque suas colheitas serão muito significativas tanto do ponto de vista concreto quanto financeiro. Seu regente Júpiter se alia a Netuno, e afirma: milagres acontecem!

VIRGEM (23/8 a 22/9) Esse ciclo parece feito para combinar com você, seus projetos, suas invenções, seus afetos, suas preferências e seus valores. Dê ouvidos à intuição, dê asas à imaginação, amplie suas fronteiras, explore outros mundos e seja feliz pondo a mão na massa e criando.

CAPRICÓRNIO (22/12 a 20/1)

LIBRA (23/9 a 21/10)

AQUÁRIO (21/1 a 19/2) O céu parece querer lhe provar que sua vida vai muito bem e que seus planos e projetos futuros começam a se concretizar de forma bela e harmoniosa. Isso é um fato em seu lar e no profissional, que cresce a olhos vistos. Que tal namorar, passear e se divertir mais?

ESCORPIÃO (22/10 a 21/11) Lunação ativa suas parcerias e afetos de forma muito prazerosa e propõe fazer juntos, assim como também com os irmãos e colegas. Júpiter em seu signo volta a se aliar a Netuno pra seu deleite emocional, espiritual e criativo: aproveite, viaje, divirta-se e agradeça.

PEIXES (20/2 a 20/3)

O ciclo vai ativar o setor profissional que deverá apresentar resultados bem concretos e positivos. Deve continuar investindo suas energias no dia a dia e de forma intermitente para em breve fazer ótimas colheitas. O futuro acena com boas-novas e afetos.

Essa Lua Nova costuma trazer desafios, mas não será dessa vez, já que, ao contrário, ela lhe convoca a contar os lucros que vem tendo nas parcerias com pessoas próximas, íntimas, familiares. Cultive-as e mantenha-as. Sua regente Vênus propõe viagens e novos horizontes.

Essa lunação vai agitar o setor mais prazeroso da vida, no qual você pode namorar, criar, passear e se divertir, mas também ter prazer em trabalhar e ver o bolo crescer com beleza e fartura. Aproveite para curtir o dia a dia que estará mais leve e gratificante.

Abra-se para a intuição e capte as maravilhosas ideias que estão disponíveis. Depois, concretize-as e deixe que tomem forma, se espalhem, se expandam. Seus dois regentes se aliam e prometem lhe dar a certeza de que milagres existem. Curta bem essa sorte.

LEIA AS PREVISÕES SEMANAIS EM GL AMURAMA.COM

MAIO 2018 J.P 89


CULTUR A Zezé Motta se rendeu ao samba, um cantor que agora é escritor e tem ainda dicas de dança, arte e circo. Inspire-se! POR ALINE VESSONI

MÚSICA COM A CORDA TODA

Aos 73 anos, ZEZÉ MOTTA não para. São 50 anos de carreira em cima dos palcos, 14 discos, 35 novelas e mais de 40 filmes. Precisa de mais para provar por que ela é tão respeitada na cena cultural? Este mês, ela estreou um show para apresentar seu mais novo disco O Samba Mandou Me Chamar, projeto que ficou engavetado por quase dez anos. J.P: Como foi a estreia? ZM: Foi emocionante, foi a realização

de um sonho. O teatro estava lotado e fiquei muito nervosa também. É impressionante, não importa os anos de carreira, sempre dá aquele frio na barriga e só consigo me acalmar a partir da terceira ou quarta música. J.P: E por que gravar um disco de sambas? ZM: Quando me lancei como cantora, a

Warner sugeriu que fizesse um trabalho só de samba. Mas fiquei com medo de ficar rotulada como sambista e tinham tantos compositores bons que queria gravar... Gil, Milton Nascimento, Caetano, Chico. Pensei que acabaria rotulada. Agora que já cantei todos os meus ídolos, começaram a me cobrar novamente. J.P: Mesmo sem gostar de rótulos, podemos

dizer que agora o samba é um ritmo que te representa? ZM: Gosto de todo tipo de música que seja boa, mas o que mais interpretei foi música romântica. Na verdade, acho meu repertório bem eclético. Por exemplo, sou a cantora que mais gravou músicas do Luiz Melodia. J.P: E por onde mais você vai fazer show? ZM: Além do Brasil, há uma proposta

de Lisboa, até porque fiz uma novela em Portugal no ano passado, Ouro Verde, e duas músicas desse disco entraram na trilha. Esse era outro sonho, o de ter uma música na trilha de uma novela.

U m a li s ta d vo z d e Z e m ú s ic a s n a ez p a r a in é M o tt a s p ir a r 1.‘‘Senho ra 2 . “ X ic a Liberdade” d 3 . ‘‘Magrea S il v a ” linha” 4 . “ D o re s de Am 5 . ‘‘Missã o re s ” 6 . “ S o lu o” ços ” 7. ‘‘V 8 . “ Tro ale Quanto Pesa” cando e m M iú d 9 . ‘‘D os” 10 . “ R e engue” mendo s”


ARTE PARA BRITÂNICO VER

A mineira LAURA BELÉM foi a ganhadora do Prêmio de Residência da SP-Arte 2018 e se prepara para passar três meses na Delfina Foundation, em Londres, uma das principais organizações voltadas para residência artística no mundo. À coluna, ela revela que vai se inspirar na cidade para tudo o que for criar por lá. “Trabalho bastante a partir do contexto, e me deixo influenciar pelo lugar onde estou produzindo ou pesquisando, por isso propus um projeto em aberto.” Para quem quiser conhecer o trabalho da artista, ela é representada pela Galeria Luisa Strina, em São Paulo.

FOTOS STEPH MUNNIER/DIVULGAÇÃO; RAISSA SALOMON/DIVULGAÇÃO; EVERTON BALARDIN/DIVULGAÇÃO; RENAN LIVI/DIVULGAÇÃO; DIVULGAÇÃO

+LAURABELEM.COM.BR | +GALERIALUISASTRINA.COM.BR

Instalação de Laura Belém na Capela do Morumbi, em SP

LITERATURA BOM AMIGO O cantor pernambucano CHINA resolveu passear em sua cidade natal, Olinda, saindo de São Paulo, onde mora. Nessa aventura, levou seu cachorro Carlos. Juntos, eles cruzaram Minas e Bahia, e Carlos conheceu o sertão e até mesmo nadou no rio onde Lampião costumava nadar. A experiência foi tão intensa que China precisou escrever essa história. Foi então que surgiu o livro infantil Carlos Viaja (Impressões de Minas), com direito a ilustrações de TULIPA RUIZ . “Fui apenas narrando o que vi e tentando adivinhar as emoções de Carlos. Gosto muito de viajar e, depois dessas férias, nem penso em pegar a estrada sem ele”, conta China. (R$ 33)

PLATEIA

Agende-se: dois programa TEM DA NÇ A Nos dia s

s que valem o ingresso

12 e 13/6 , no Teatro Sérgio Cardoso, a STU DIO 3

CIA . DE DA NÇ A faz uma homena gem à vida e à obr a de Heitor Villa-Lobos com o espetáculo Orques tra. Bilh eteria: (11) 328 8-0136

+STUD IO3 CIA .CO M

.

E TEM CIRCO

TAM BÉM Até dia 12/8 ,o espetáculo REVERI E – ou Devaneio, em por tug uês – ser á apr esentado no Anhembi, em São Pau lo. Sob uma das maiores lonas de circ o já vista no Bra sil, o produtor artísti co Mathieu Laplante promete um sho w em que o ima ginário se transf orm a em realidade. +SH OWREV ERI E.COM

MAIO2018 J.P 91


DE CONVERSA EM CONVERSA POR ANTONIO BIVAR

A PINACOTECA AGORA É A PINA

Dá para entrar em alfa nos corredores da Pinacoteca do Estado de SP: exposições imperdíveis, amplos salões, bancos confortáveis...

P

ara minha constante surpresa, São Paulo nunca esteve tão ótima como em 2018. Tão internacional que chega a causar inveja a outros grandes centros de lazer, cultura e prazer. É só não se assustar com as notícias terroristas, elas são o arroz e feijão dos telejornais e muita gente fica temerosa de pôr os pés fora de casa. Bobagem. Eu não paro em casa. Sou um flâneur nato, e a cada perambulada pelos cardeais e colaterais de nossa cidade me espanto com boas surpresas. Até outro dia era Pinacoteca do Estado, agora é moda falar simplesmente Pina. Outro dia fui à Pina e até parecia que eu nunca tinha estado nela de tão surpreendente que está. Dá até raiva de quem mora em São Paulo e não tira um tempo para curtir a Pina, esse oásis paulistano. Fui para ver uma exposição muito falada, de uma artista sueca da qual eu nunca tinha ouvido falar, a aquarelista Hilma af Klint (1862-1944). Fui e fiquei maravilhado em como

92 J.P MAIO 2018

“Dá até raiva de quem mora em São Paulo e não tira um tempo para curtir a Pina, esse oásis paulistano.”

mexeu com a minha sensibilidade espiritualista. Mas deixo para falar da Hilma af Klint daqui a pouco, que primeiro vou falar da Pina em si. Nessa visita, depois de me deleitar com Hilma, fui ver outras atrações ali mesmo. Antes de me estender, quero parabenizar a atual direção, que, em sua gestão, faz da Pina o mais perfeito paraíso das artes de

nossa metrópole. Basta dizer que na Pina temos o maior acervo das artes plásticas brasileiras desde que o imperador dom Pedro 2º, com seu proverbial bom gosto, nas suas andanças pelo século 19 descobriu e patrocinou nossos artistas para o melhor desenvolvimento de seus talentos. São 700 obras expostas em salas folgadas, proporcionando um prazer visual nesse percurso da história da arte brasileira. Ali, entre outros grandes, tem o melhor do meu favorito, o ituano Almeida Júnior. A Pina é espaçosa, generosa e confortável. Bancos onde sentar para descansar, depois de ficar muito tempo em pé admirando arte, é o que não falta. Constatei também que sua loja, que antes deixa-


FOTOS ARQUIVO PESSOAL

va a desejar, hoje faz a gente desejar é não ter entrado nela: é uma perdição de coisas tão lindas que tem. Desde os novos cartões-postais aos acessórios, passando pelos livros e catálogos. E também as exposições, no mesmo piso. Sensibilizou-me ver que os colecionadores também são artistas, no que concerne à escolha do que colecionaram. A coleção da Fundação Nemirovsky (do casal José e Paulina Nemirovsky) abrange obras brasileiras do período moderno. É de se curvar diante dessa coleção. Ela abriga obras entre as décadas de 1910 a 1960. O visitante tem um perfeito entendimento da noção de modernidade. Assim também é – e ainda no primeiro andar – a surpreendente Coleção Roger Wright. Nela o gosto requintado do colecionador, que nos legou o melhor do período artístico brasileiro desde a inauguração de Brasília e detendo-se profusamente na década de 1960, mas indo até 1985, com o fim da ditadura militar. De Wesley Duke Lee a Mira Schendel, não escapa nenhum dos bons nomes do período. Outra parada imperdível numa visita mais demorada à Pina é a sala com dez telas de José Antônio da Silva, o gênio de Sales Oliveira, no quarto andar. As telas abarcam um período que vai de 1940 ao começo da

À dir., obras de Hilma af Klint. E não deixe de visitar a loja da Pinacoteca

década de 1980. Faz tempo, li que até a Paloma Picasso se rendeu à arte de J. A. Silva. A alma brasileira em sua essência está toda ali. E a Pina tem muito mais. Esculturas, instalações, intervenções, filmes, palestras, cursos... E o café. O café da Pina – ouvi gente dele reclamando – é que está carente de um upgrade. Mas não é nenhum caso a se preocupar, porque intuímos que a direção vai logo cuidar disso. Devagar com o andor, que o Museu de Arte Sacra fica logo ali, na outra calçada da avenida Tiradentes. E, saindo do café da Pina, você já está em pleno Jardim da Luz, o mais antigo da cidade, aberto ao público em 1825 e mais recentemente recuperado. OS MUNDOS POSSÍVEIS DE HILMA AF KLINT O que me atraiu à primeira grande mostra da aquarelista sueca no Brasil foi ter lido nos jornais o abrangedor universo espiritualista da artista. Desde mocinha ela mergulhou no rosa-cruz e no espiritismo de mesa, evoluindo à teosofia, passando à antroposofia e euritmia até ter como mestre e amigo o cientista, filósofo

e místico Rudolf Steiner, que a levou a estudar a Teoria das Cores, de Goethe. Mas foi por conta própria que Hilma af Klint decidiu que azul é a cor feminina e amarelo a masculina. Isso fica claro na sala da série As Dez Maiores. São enormes aquarelas em papel, medindo cada cerca de 3,5 metros. E me pus a pensar: como Hilma af Klint, sendo tão baixinha (1,50 metro) conseguiu pintar aquilo. De pé, na escada?! Depois li que ela as pintou no chão. Mesmo assim. Contemporânea dos abstracionistas Kandinsky, Mondrian e Malevich, e ela própria pintora abstrata, preferindo a aquarela e o papel, Hilma af Klint também mexeu com óleo e tela, como bem atestam os três enormes trabalhos na última sala da exposição, a trilogia Os Retábulos. Nessa sala tem banco e nele você senta e entra em alfa. Vale a pena depois da visita comprar na loja o catálogo da exposição (R$ 100). Nele, dá para saber mais dessa artista e de coisas que a gente nem imagina, mas que, certamente, irão inspirar. n

ANTONIO BIVAR, escritor e dramaturgo, acredita que

devagar e sempre, nesse passo, vai até honolulu

MAIO 2018 J.P 93


CABALA POR SHMUEL LEMLE shmuel@casadakabbalah.com.br

CADA POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE O Zohar ensina que cada nação tem o governo que merece. Funciona assim: cada pessoa tem sua consciência individual. O somatório das consciências individuais dos habitantes de uma nação forma a consciência coletiva daquele povo. A consciência coletiva do povo gera um anjo nos mundos superiores: uma entidade espiritual que é o supervisor ou encarregado da nação. Quer dizer, cada nação tem um anjo supervisor cuja energia é gerada pela consciência coletiva do povo. O Zohar afirma que o governante do país é uma marionete desse anjo. Ou seja, o governante é uma marionete da consciência coletiva do povo. Não adianta mudar o governo. Chega um novo governo e fica igual ao anterior. Tem de mudar a consciência do povo. Se o povo for malandrinho, o governante será malandrão. É um reflexo de quem somos. A regra é: nunca colocar a culpa nos outros pelo caos na sua vida. Você é a causa de tudo que acontece. Quer ver mudança? Mude. Quer ver melhora? Melhore. Nada vem de graça. Para colher bons frutos é preciso esforço. A questão não é o que seu país pode fazer por você. É o que você pode fazer pelo seu país.

TRANSFORMAR O NEGATIVO EM BÊNÇÃO

Áin

Hei

Resh

visualizar da direita para a esquerda

94 J.P MAIO 2018


AGRADECIMENTOS

MANU CARVALHO A stylist vestiu Deborah Secco

CHICO FELITTI Passou meses tentando agendar uma consulta na clínica-escola de estética

JAIME PALHINHA O jornalista e historiador cedeu todas as fotos da matéria “Quizás, quizás, quizás” (J.P 139)

J.P NAS REDES Mariana Ximenes adorou relembrar esse ensaio de 2010 (J.P 49), para nossa edição de aniversário de quatro anos. @marixioficial: Amo esse ensaio, @revistajp! Muito obrigada pela lembrança. Adoro todos os envolvidos e aproveito para mandar mil beijos para a @ joycepascowitch. Sou fã dessa revista linda! A batalha de capas com casais agitou a internet. Em uma disputa acirradíssima, quem levou a melhor foi o apresentador Rodrigo Faro e sua mulher, Vera Viel, nessa capa de 2016 (J.P 117). @lady_luhelena: Difícil dizer qual capa é a melhor! Casais de respeito e beleza. @insta_camilajorge: Uau! Que capa do Faro e Vera!

QUIZÁS, QUIZÁS, QUIZÁS

Como amigo de Sarita Montiel, só posso falar uma coisa sobre o perfil da vida e obra da incrível violeta: sublime! Ovadia Saadia, por WhatsApp

Alice Capella + ALICECAPELLA.COM Amoreira + AMOREIRA.COM.BR Arezzo + AREZZO.COM.BR Bottega Veneta + BOTTEGAVENETA.COM Breton + BRETON.COM.BR By Kamy + BYKAMY.COM.BR Calvin Klein + CALVINKLEIN.COM.BR Carla Amorim + CARLAAMORIM.COM.BR Cecilia Dale + CECILIADALE.COM.BR Donatelli Tecidos + DONATELLI.COM.BR Dunelli + DUNELLI.COM.BR Egrey + EGREY.COM.BR Emilio Pucci + EMILIOPUCCI.COM Entreposto + ENTREPOSTO.COM.BR Estar Móveis + ESTARMOVEIS.COM.BR Frattina + FRATTINA.COM.BR Gloria Coelho+ GLORIACOELHO.COM.BR Hermès + HERMES.COM Intimissimi + INTIMISSIMI.COM.BR Loja Teo + LOJATEO.COM.BR Lumini + LUMINI.COM.BR Luxottica + LUXOTTICA.COM Pair + PAIRSTORE.COM.BR Ricardo Almeida + RICARDOALMEIDA.COM.BR Rolex + ROLEX.COM Studio Bergamin + STUDIOBERGAMIN.COM.BR Talento + TALENTOJOIAS.COM.BR Tok&Stok + TOKSTOK.COM.BR Vivara + VIVARA.COM.BR

Obtenha os endereços e telefones das marcas aqui listadas através do aplicativo gratuito Siter. No aplicativo, basta escanear este código de barras: ISSN 1980-3206 00140

9

facebook.com/revistajp

ANDRÉ GIORGI Fotografou o guarda-roupa cheio de personalidade de Jessica Cinel

MARCAS DO MÊS

CARTAS@GLAMURAMA.COM

FOTOS MAURÍCIO NAHAS; BRUNA GUERRA;DIVULGAÇÃO; REPRODUÇÃO

RENATO FERNANDES Entrevistou Martha Surerus para a matéria “Anos dourados” em Ipanema

@revistajp

771980

320006

@revistajp

MAIO 2018 J.P 95


Ú LT I M A PÁ G I N A

VERA FISCHER

Vera Fischer está se sentindo mais jovem do que nunca. Culpa da turma de Malhação, com quem acaba de contracenar após um intervalo de seis anos longe da TV. E também do canal do YouTube Vera Fitness, que deve estrear em breve na internet. São tantos projetos em 2018... Com o astral lá em cima, ela revela que sua melhor versão é agora, aos 66 anos, e que a balança virou sua #bff. Rindo alto a cada pergunta, fala ainda dos vícios, das extravagâncias e muito mais.

J.P: Qual sua melhor versão? VERA FISCHER: Essa aqui. 6.6 a todo

vapor. J.P: Gosta de ser chamada de musa

até hoje? VF: Sim e é ótimo. Posso ser musa em todas as fases da minha vida. Aos 66 não posso ser uma musa de 20, mas posso ser uma musa de 66 anos. J.P: Envelhecer então... VF: É maravilhoso. J.P: Mas mudaria algo em você? VF: Não sinto essa vontade. Mudei quando quis mudar. J.P: Então, qual a sua melhor qualidade? VF: É saber que tenho defeitos. Perfeição demais me deixa desconfiada. J.P: Tem alguém que gostaria de ser? VF: Vera Fischer. J.P: O que faz com o seu dinheiro? VF: O que dá (rs). Em tempos difíceis da economia do mundo é melhor ter cuidado com o fruto do seu trabalho. J.P: Uma extravagância? VF: Perfume e joias. Tentação difícil de resistir. Quando dá, eu sempre compro. J.P: Seu momento mais brilhante. VF: Um só? Difícil. Um deles na carreira foi me inscrever no Miss Brasil. Na vida pessoal foi ter meus dois filhos. Esses foram brilhantes. J.P: Está pronta para ser avó? VF: Sim, muito! Sou louca por um neto, mas acho que ainda vai demorar. Meus filhos não querem saber de filho agora não. J.P: O que faltou para ser Miss Mundo?

96 J.P MAIO 2018

VF: Os jurados me elegerem, né? J.P: Melhor conselho que já ouviu? VF: Ganhe o Miss Brasil. J.P: Melhor conselho que já deu? VF: Se ame, se ame muito, antes

de amar alguém, se ame primeiro. Sigo à risca. J.P: Vive em briga com a balança? VF: Que nada. Somos amigas. Quando ela me desafia eu me mexo. J.P: O que te faz quebrar a dieta? VF: A dieta (rs). Ninguém gosta muito, né? Hoje em dia, busco mais a reeducação alimentar e não mais dietas loucas que prometem tudo. J.P: Um talento que ninguém conhece? VF: Minhas saladas orgânicas. Ali sou cozinheira de mão-cheia. Não há quem resista. J.P: Vício? VF: A companhia dos meus filhos. Sofro quando viajam, vão morar em outra cidade, é uma peleja. Os outros eu larguei todos (rs). J.P: Como se livrar dos vícios? VF: Olha só, você acorda, olha bem para sua cara no espelho e diz: “Chega disso, né!?”. Mas isso acontece quando se quer de verdade se livrar deles. J.P: Se arrepende de algo? VF: De nada! Se fiz está feito, se fizer algo que faça mal a alguém corrijo e sigo aprendendo. Não tem ninguém perfeito neste mundo. J.P: O que não sai da sua cabeça? VF: Meus personagens. Quando estou estudando, envolvida, não consigo pensar em outra coisa. J.P: Momento de mau humor? VF: Quando me acordam de forma

bruta, de qualquer jeito. Sono é algo sagrado. J.P: Relacionamento abusivo. Como sair dessa? VF: Com coragem, sempre. J.P: O que gosta da vida moderna? VF: Gosto da vida. O tempo passa e cada vez mais gosto dela e de todas essas facilidades, como o Instagram. Agora é fácil acompanhar o que os fãs falam da gente todos os dias. J.P: Do que sente saudade? VF: Meu olhar é no presente e para o futuro. Do passado eu sinto amor pelo que amei. Saudosismo não é muito a minha cara. J.P: Cena hilária da vida real? VF: Eu fazendo boxe. Me divirto muito, fico toda suada, cabelo desarrumado, soco naquele negócio que fica pendurado. J.P: Qual a maior mentira que já contaram sobre você? VF: E mentira tem tamanho? Mentira é mentira e acho muito feio quando inventam coisas. J.P: Quem não entra na sua vida? VF: Quem não me faz bem. J.P: O que falta fazer na vida? VF: Falta viver os próximos Os bons anos da minha tempos estão de vida! Todos, volta intensamente.

FOTO REPRODUÇÃO INSTAGRAM

por fernanda grilo


Edicao 140 revistaria  

Mês das mães com Deborah Secco tem tudo a ver - apaixonadíssima pela família, a atriz não consegue parar de falar de seus dois grandes amore...

Edicao 140 revistaria  

Mês das mães com Deborah Secco tem tudo a ver - apaixonadíssima pela família, a atriz não consegue parar de falar de seus dois grandes amore...

Advertisement