Issuu on Google+


apresentação O Festival TransArte é um evento artístico de mutilinguagens que explora os temas da identidade de gênero e sexualidade, reunindo shows, concurso de drag, espetáculos teatrais, performances, cinema, exposições, simpósios, instalações e oficina. Toda a programação está alinhada com a cena artística contemporânea, que através de uma linguagem pop cria um ambiente de grande atratividade para o público. O Transarte contribui com a prática de valores como: o respeito às diferenças, a não-violência, o acesso à produção cultural, a igualdade de direitos e a liberdade de expressão.


transarte paraty Nos últimos anos a temática trans está em pauta com grande repercussão e crítica, o que prova o desejo e a relevância do tema, entretanto as produções artísticas ainda encontramse dispersas e isoladas. O TransArte foi criado com o objetivo de reunir todo esse potencial em um único evento, dando visibilidade e protagonismo a esse debate, que tem adquirido crescente destaque na cena nacional e internacional Paraty reunirá em um mesmo local, 31 produções e mais de 120 artistas, com 70% da programação protagonizada por artistas trans e drags. Será o maior evento artístico do Brasil sobre a temática, transformando a cidade em referência no debate artístico nacional focado na identidade de gênero.


programação o festival transarte paraty acontecerá do dia 29 de setembro ao dia 01 de outubro de 2017. durante 3 dias, a cidade receberá shows com importantes nomes para a cena cultural brasileira e lgbtqi como ney matogrosso, o cantor liniker e a banda caramelows, as drags gloria groove e pablo vittar e as artistas trans mcs xuxu e linn da quebrada. Será realizado, em parceria com o canal do YouTube Drag-se, o primeiro concurso Transarte Drag, onde artistas de todo o país participarão de um desfile e da Batalha de Lipsync (dublagem). Os jurados serão famosos artistas e youtubers que debatem a causa LGBTQ. A cerimônia de premiação será durante o Drag Boat, um passeio de escuna com as vencedoras do concurso. um destaque especial do transarte paraty será o circuito transitar, composto por intervenções que formam um roteiro pelas ruas do centro histórico. a inspiração vem do amsterdam light festival, que todo ano convida artistas para criarem instalações luminosas, formando um trajeto pela cidade. o circuito será enriquecido com performances criadas pelos artistas da cidade. programação completa no anexo “descrição de atividades”


instalações amsterdam light festival

rua do c

omérc

io

r

rua da p


centro histórico de paraty

rua dr. samuel costa

palco principal

alda

ger a n o d a ru

praia

casa de cultura

cinema ia rua da cade

rua da matriz

tenda

circuito transitar instalações luminosas

praia

performances fotografias exposição um beijo das travestis


SEXTA 29.09 rua

dia-noite _instalações _exposição de fotografias _performances

praia casa de cultura

18h-20h_abertura exposições*

*visitação até domingo durante horário de funciomaneto da casa

tenda cinema

palco principal

festa

19h_dj 20h30m_abertura_ apresentação das drags_ show dos jurados 22h_liniker e os caramelows 23h30m_ney matogrosso


SÁBADO 30.09

DOMINGO 01.10

dia-noite _instalações _exposição de fotografias _performances 11h-13h_olimpíadas aquáticas drag 13h_workshop 16h_seminário 19h_performance 20h_espetáculo br-trans 16h_sarau das nem + dj 19h-21h30m_batalha drag 17h_curtas 18h30m_espetáculo dandara através do espelho 20h_filme divinas divas + leandra leal 20h30m_dj 21h30_glória groove 23h_pablo bittar

00h_mc linn da quebrada_ mc chuchu_batekoo

13h_mesa i 15h_mesa ii 17h_homenagens + encerramento


nosso público O público-alvo do projeto é formado majoritariamente por jovens e adultos, moradores das áreas com grande potencial de participação no evento: os estados de São Paulo e Rio de Janeiro, com foco principal nas capitais e regiões próximas a cidade de Paraty. O perfil psicográfico é formado pelo público apreciador da música popular brasileira, fãs dos artistas convidados, público consumidor da cultura LGBTQI, apreciadores da cultura pop contemporânea, público interessado em atividades artísticas em diferentes suportes, artistas e Drag Queens, produtores culturais de diferentes segmentos, público já frequentador dos eventos da cidade, artistas e moradores de Paraty e demais interessados na temática do festival.


prospecção de apoiadores/ patrocinadores


comunicação catálogo


cartaz / flyer faixa


FAIXA LATERAL PALCO


vĂ­deos

backdrop


capa facebook

camisa


orรงamento


ficha técnica realização damas em cena curadoria carolina caju, dandara vital e douglas resende direção de produção douglas resende produção executiva carolina caju mobilização dandara vital cenografia jefferson rib programação Visual jefferson rib comunicação rodrigo menezes documentação suma filmes fotografia rodrigo menezes produção pé de vento produções


anexo

descrição de atividades


shows liniker e os caramelows Lini ker, com se u esti lo não biná r i o , t e m desc onstruído p a d r õ e s de g ênero após o g r a n d e suce sso do seu p r o j e t o musi cal com a b a n d a Cara melows que t r a d u z a bl ackmusic e o s o u l para uma lingua g e m cont emporânea b r a s i l e i r a .


ney matogrosso cantor, ator e diretor. um dos precursores da cultura queer no paĂ­s.


mc xuxu funkeira, travesti e feminista que atravĂŠs do funk trabalha no combate ao preconceito.

pablo vittar drag queen cantora, compositora e peformer maraenhense que estourou com seu ritmo pop e protagonizou campanhas de marcas como Avon e Adidas.


circuito transitar o circuito transitar será composto por intervenções artísticas na rua que irão compor um circuito pela cidade. serão ao todo 5 instalações, 5 performances e a exposição um beijo das travestis.

mostra performances de gênero Nesta mostra os artistas de Paraty serão os protagonistas. Serão convidados 10 artistas cênicos da cidade (teatro, dança ou circo) para criarem solos performáticos que abordem a temática do festival. Os artistas apresentarão seus trabalhos pelas ruas da cidade compondo com suas obras o roteiro do Circuito Transitar.

instalações Serão convidados cinco performers que farão 5 instalações iluminadas pela cidade abordando o tema da identidade de gênero atrelada à arquitetura de Paraty.


Exposição de Fotografia Um Beijo das Travestis com a curadoria da fotógrafa trans Evelym Gutierres, será realizado um concurso de fotografia com pessoas trans de todo o país retratando o seu cotidiano. as 20 fotos selecionadas comporão a exposição que estará montada em painéis por toda a cidade.


concurso transarte drag-se serão abertas inscrições para drags de todos país que irão concorrer a uma vaga entre as vinte participantes. o concurso será dividido em duas etapas: Desfile Drag-se: As participantes serão desafiadas a desfilar na passarela com seus looks produzidos a partir da temática: “Paraty: a cidade da diversidade”. Batalha de Lipsync: As participantes terão que duelar no palco com suas performances dublando uma mesma música de escolha da organização do festival. A três primeiras colocadas receberão uma premiação em dinheiro. A ganhadora do concurso será nomeada apresentadora oficial do Festival Transarte 2018. A cerimônia de premiação será realizada no Passeio Drag Boat. Este passeio será no Domingo pela manhã. O público do Festival poderá assistir ao desfile das participantes do concurso e das vencedoras num passeio de escuna pelas praias da cidade.


os jurados do festival serão importantes nomes da cultura lgbtqi brasileira:

LORELAY FOX youtuber e drag queen com mais de dez anos de carreira.

GLÓRIA GROOVE drag paulista autora dos singles Dona e Império.

canal das bee canal do yotube que discute temas importantes da causa LGBTQI.

SUZY BRASIL A drag comediante mais famosa da cena noturna carioca.

maicon santini é ator, produtor e youtuber.


seminário Seminário Transidentidade o seminário será composto por três mesas que ocorrerão no segundo e terceiro dia de festival. As mesas abordarão temas como: diversidade e identidade de gênero, produção cultural LGBTQI e a cultura LGBTQI na internet.

workshop A Arte Tranformista com Silvero Pereira os participantes terão a oportunidade de fazer uma viagem pela história da arte transformista no Brasil além de aprender técnicas de maquiagem, dublagem e expressão corporal. Será separada uma cota de cinco vagas para moradores da cidade de paraty.


exposições TRANSPARÊNCIAS, de fernando codeço (rj) Transparência é uma exposição-proposição de Fernando Codeço com curadoria de Luciana Vasconcellos que é travesti e modelo de um dos trabalhos. A exposição reúne obras em diferentes formatos, desenho, videoinstalação, videobjeto, fotonovela. Esta produção retrata o trabalho do artista com um grupo de travestis no qual desenha e é desenhado por elas.

ADÁGIO, de rafael roncato (sp) Adágio é uma exposição fotográfica do artista Rafael Roncato. Nela o artista traz imagens ousadas de Laerte Coutinho revelando o processo de transformação da vida e do trabalho da cartunista. A exposição é composta também por alguns desenhos da Laerte feitos durante o processo de elaboração das obras de Roncato.

Aquarelas, de paulo bevilacqua (mg) Aquarelas é uma exposição das pinturas em aquarela do artista trans Paulo Bevilacqua. Em suas pinturas Bevilacqua expõe corpos de homens e mulheres transexuais revelando as marcas de suas transições.


espetáculos teatrais BR TRANS

direção: jezebel de carli . atuação: silvero pereira . realização: coletivo as travestidas (CE)

Um processo cênico antropológico-autofágicoesquizofrênico traz à cena histórias sobre medo, solidão e morte. Histórias que se encontram e se confundem entre si e com a vida e inquietações do ator. Recortes de vidas e vidas recortadas a partir de pesquisas e conversas com travestis, transformistas e transexuais de Porto Alegre, pelas ruas e casas de show. brtrans é um trânsito de informações e de fatos reais. Um traço “brasil-trans” construído a partir da convergência e dos deslocamentos entre os polos do Nordeste e do Sul do Brasil.


DANDARA ATRAVÉS DO ESPELHO direção: diego deleon . elenco: dandara vital e pedro bento . realização: projeto prática de montação (rj)

Dandara Através do Espelho é uma peça de teatro autobiográfica criada a partir do diário da atriz Dandara Vital. Dandara é uma atriz transexual e na peça seu sonho é fazer um filme sobre a sua vida narrando os desafios que enfrentou no seu processo de transição. Com a ajuda de Pedro, um estudante de teatro, assumem o desafio de tirar a ideia do papel. Com uma câmera na mão as memórias e o espaço se mesclam numa mistura de realidade e ficção.


performances Familia dos Batráquios, de ricardo marinelli (pr) A família dos batráquios, na zoologia, é a família da qual fazem parte sapos e rãs, por exemplo. Animais sem separação entre cabeça e corpo. Tem um corpo sem pescoço só um pé, um olho, dois cotovelos, duas mãos e muitas bocas. A oposição entre branco e vermelho é pretexto e metáfora para a construção de um pequeno mundo específico para um ser peculiar.


SARAU DAS NEM O Sarau será um encontro entre artistas trans da Casa Nem (RJ) e do Centro de Acolhida Florescer (SP). Ambas são casas de acolhidas da população trans em situação de rua que oferecem além do acolhimento atividades de formação regular e artística. Serão convidadas 5 artistas de cada uma das casas para apresentar os seus trabalhos no sarau.


eu não quero voltar sozinho

direção: daniel ribeiro

leonardo é um adolescente deficiente visual que em sua rotina conta com a ajuda da amiga giovana. Com a chegada de gabriel na escola, sua vida muda completamente.

Transexualidade Masculina direção: Bianca Pereira, Emannuel Bento, Lúcio Souza e Giselle Cahú

dante olivier fala sobre sua realidade como homem transexual. ele nos mostra que ainda há muito a ser conquistado por este grupo de voz recente no movimento LGBTQ.

ELISE direção: Evan Sterrett e Jo Bradlle

elise conta a história de uma mulher trans negra norte-americana que luta pra sobreviver nas ruas desde que foi expulsa de casa pela família.

O SEGREDO DOS LÍRIOS direção: Evan Sterrett e Jo Bradlle

Documentário sobre o amor incondicional de 3 mães: christiane, estela e vera na relação de aceitação de suas filhas lésbicas.


MOSTRA DE CURTAS

cinema

DIVINAS DIVAS + DEBATE COM DIRETORA LEANDRA LEAL direção: leandra leal

Divinas Divas aborda a primeira geração de artistas travestis do Brasil. Rogéria, Valéria, Jane Di Castro, Camille K, Fujica de Holliday, Eloína, Marquesa e Brigitte de Búzios formaram, na década de 1970, o grupo que testemunhou o auge de uma Cinelândia 02 repleta de cinemas e teatros. O filme acompanha o reencontro das artistas para a montagem de um espetáculo, trazendo para a cena histórias e memórias de uma geração que revolucionou o comportamento sexual e desafiou a moral de uma época.


festa

festa batekoo com participação especial de mc linn das quebradas A festa Batekoo é uma produção independente que se tornou ícone do movimento negro periférico com ritmos blacks como hip hop, rap, funk, trap, twrek e kuduro. A festa com grande repercussão nacional e sucesso de público acontece mensalmente no Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo e teve também edições em Brasília. A proposta é ser uma festa democrática, livre de preconceitos. O Festival Transarte traz a festa pela primeira vez a Paraty com a participação especial da Mc Linn das Quebradas, travesti funkeira que discute a questão de gênero em suas performances.



FESTIVAL TRANSARTE PARATY