Page 1

Jefferson Richelly Lima

RESENHA: O Monge e o Executivo: Uma história Sobre a Essência da Liderança

Trabalho apresentado como requisito final para obtenção de nota do I Semestre do Curso de Administração, disciplina Português na Faculdade Unicesp Promove.


Brasília Dezembro/2013 RESUMO

O presente trabalho apresenta as características do perfil de liderança em sua essência primordial, rompendo com os paradigmas mal praticados pelos profissionais, no contexto da administração. Nesta ótica, o autor James C. Hunter conta uma história sedutora sobre os princípios dos verdadeiros líderes, reunindo conhecimentos das suas pesquisas em fontes distintas, num contrapeso entre valores religiosos e sociológicos. O objetivo, neste viés, é extrair as definições principais do livro e compreender suas nuances no cenário social e corporativo.

Palavras Chave: Liderança, essência, paradigmas, administração

2


RESENHA

A construção narrativa da sedutora história criada pelo autor James C. Hunter, revela sua característica desde a citação no prólogo, em que demonstra o entrelace de conhecimentos da filosofia, sociologia e liturgia.

John Daily é o nosso narrador, em primeira pessoa, um

homem de negócios bem sucedido que percebe, de repente, que ele é um fracasso como marido e pai. Em uma tentativa desesperada de recuperar o controle da situação, John decide participar de um retiro sobre liderança num mosteiro, gerido pelo monge Simeão, Leonard Hoffman, um influente e famoso empresário americano que abandonou sua brilhante carreira para se tornar monge. O mosteiro é o lugar perfeito para colocar os personagens numa esfera de igualdade, o qual foi essencial para a mudança do John. E a figura do Monge como um líder serve apenas como lembrança ao cumprimento de atividades habituais, mantendo assim a harmonia e a ordem no ambiente, não sendo necessário utilizar de poder ou arrogância. No primeiro encontro do seminário, Simeão pediu para que todos falassem sobre as razões que os levaram a estar no retiro. Apresentaram-se, Lee (pregador e companheiro de quarto de Simeão), Greg (jovem sargento do exercito), Teresa (diretora de uma escola pública), Chris (treinadora de basquete), e Kim. Mas John não ouviu porque estava pensado nele, que seria o próximo.

3


No

domingo,

primeiro

seminário,

alguns

alunos

reagiram

negativamente ou com certa resistência diante dos novos conceitos apresentados pelo frade, mas depois eles se renderem à experiência. A temática sobre liderança vem sendo recorrente na atualidade, e

um termo constante nas esferas sociais, empresariais e organizacionais, tendo como característica principal o fato de que ao invés de utilizar-se de um poder majoritário e ditador o líder é alguém capaz de exercer autoridade, porém de forma sintonizada com os interesses do grupo e orientada para a solução de problemas através da percepção dos valores pessoais de cada membro da equipe. A motivação passa a ser o ponto chave para o desenvolvimento das atividades de cada organização, o líder enquanto gestor conquista o respeito de seus liderados a partir do momento em que consegue valorizar a sua equipe e democratiza os processos de produção e tomadas de decisão do grupo. Estas questões são discutidas na obra de James Hunter, que através de uma ficção muito bem colocada consegue abordar os principais conceitos de liderança, abordando variáveis como o ambiente, o processo organizacional, o grupo e o individual

4


CONSIDERAÇÕES FINAIS

O Monge e o Executivo é um livro fascinante numa narrativa sedutora de elementos comuns a qualquer leitor. A obra pretende esclarecer o que vem a ser liderança e a sua importância para as relações, mostrando possíveis soluções aos gerentes administrativos e questionando sobre as lideranças existentes atualmente. A base do texto é a motivação e o compartilhamento de objetivos, onde a participação do trabalho em equipe passam a ser os fatores fundamentais para as atividades empresariais. A obra mostra que a base da liderança não é o poder, mas sim a autoridade, conquistada com amor, dedicação e sacrifício. E para isso precisamos desenvolver a servidão, o sacrifício, a liderança, a autoridade ou o amor. Através de O Monge e o Executivo, concluímos que todos podem ser um líder, seja em casa, na escola, no trabalho ou até mesmo entre os amigos, pois liderar é acima de tudo questionar-se sobre suas necessidades e dos que lhe rodeiam e servir.

5


REFERÊNCIAS

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS – ABNT. NBR 14724: informação e documentação: trabalhos acadêmicos: apresentação. Rio de Janeiro, 2005. 9 p. O EXECUTIVO E O MONGE: Uma história sobre a essência da liderança. Hunter, James C. Editora Sextante, Rio de Janeiro. 2004.

6

Resenha o monge  
Advertisement