Page 1

Alice Nazaré Oliveira Pessoa - 50 - Rio de Janeiro/RJ Depoimento enviado em 03/09/2009

Tudo começou no 2007 quando peguei 3 declarações de amor na pasta do meu marido e perguntei quem mandou e ele falou que foi de uma aluna. Comecei a investigar o celular dele e sempre tinha um número. Em dezembro disse que queria separar de mim e comecei a lutar pra isso não acontecer. Em janeiro de 2008 descobri tudo quem era, onde trabalhava aí começou o meu pesadelo.Falava que eu estava louca, me enchia de Lexotan, entrei em depressão, perdi 40 kg, até hoje tenho "nojo" de comida (fazer e comer).Meus filhos ficaram do meu lado. Um dia levei a minha filha que na época tinha 14 anos pra provar que eu não estava louca e mostrei ele apanhando a outra no trabalho. Nesse dia em casa começava as agressões físicas e psicológica (xingamento). Conversei com a minha sogra (que sabia de tudo que o filho estava fazendo) mas não recebi apoio. Em abril coloquei ele pra fora de casa (porque me agrediu e eu o ameacei com uma faca, pedindo pra ele falar a verdade). Em junho fui agredida na rua e dei queixa na delegacia e fiz exame de corpo delito. Contei tudo lá e tinha uma testemunha que viu tudo. Na semana seguinte chamou minha irmã e meu cunhado e fez uma chantagem se eu não tirasse a queixa ele não faria a festa de 15 anos de minha filha. Fui na delegacia e não retirei a queixa e acrescentei mais coisas afirmando o fato. Minha filha foi ameaçada de sequestro por ela, pois, quando ligou aqui pra casa era número restrito e ele não acreditou em mim. Houve a separação judicial e eu fiquei com a guarda dos filhos e o apartamento. Houve a festa e ele gravou tudo no mp3 pra vê seu eu agredia ele. Na delegacia quando ele foi fazer o depoimento dele inventou mentiras. Hoje estou esperando o resultado dessa audiência. Hoje ele comprou apartamento., mente pro filhos e eles nem querem saber do pai (apesar de morarmos no mesmo andar do prédio). A vida mudou muito... não sou mais aquela pessoa alegre, eu quero justiça por tudo que eu passei e o que eu passo. Pois essa será a minha vitoria (que a lei Maria da Penha seja aplicada nele) por ter passado de maluca, ser humilhada por todos e muitas pessoas viram as costas pra mim.Abraços Alice Nazaré*

Depoimento alice nazaré oliveira pessoa  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you