Page 95

Marcos 1.40,41: "Aproximou-se dele um leproso rogando-lhe, de joelhos: Se quiseres, podes purificar-me. Jesus, profundamente compadecido, estendeu a mão, tocou-o, e disse-lhe: Quero, fica limpo!" Marcos 8.2,3,8: "Tenho compaixão desta gente, porque há três dias que permanecem comigo e não têm o que comer. Se Eu os despedir para suas casas em jejum, desfalecerão pelo caminho; e alguns deles vieram de longe... Comeram e se fartaram..." Lucas 7.13-15: "Vendo-a, o Senhor se compadeceu dela e lhe disse: Não chores! Chegando-se, tocou o esquife e, parando os que o conduziam, disse: Jovem, Eu te mando: Levanta-te. Sentou-se o que estivera morto e passou a falar; e Jesus o restituiu à sua mãe." Lucas 18.41,42: "Que queres que Eu te faça? Respondeu ele: Senhor, que eu torne a ver. Então Jesus lhe disse: Recupera a tua vista; a tua fé te salvou." O EXEMPLO DA IGREJA PRIMITIVA Os apóstolos não esqueceram os ensinos e o exemplo do Senhor Jesus. Mantiveram os mesmos princípios, atendendo às necessidades do corpo, da alma e do espírito. A evangelização e a assistência social mantiveram-se unidas no primeiro e segundo séculos, pelo menos. Atos 4.32,34a: "Da multidão dos que creram era um o coração e a alma. Ninguém considerava exclusivamente sua nem uma das coisas que possuía; tudo, porém lhes era comum... Pois nenhum necessitado havia entre eles..." Atos 20.35: "Tenho-vos mostrado em tudo que, trabalhando assim, é mister socorrer os necessitados, e recordar as palavras do próprio Senhor Jesus: Mais bem-aventurada coisa é dar do que receber." Romanos 12.13: "Compartilhai as necessidades dos santos; praticai a hospitalidade." Hebreus 13.16: "Não negligencieis igualmente a prática do bem e a mútua cooperação; pois com tais sacrifícios Deus se compraz." 103

Teologia pastoral  
Teologia pastoral  
Advertisement