Issuu on Google+

INFOTEC INFORMAÇÃO TECNOLOGICA ENGENHARIA DE MATERIS

Julho 1° Edição


INFOTEC Informação tecnológica, cultural e interativa. Destinado aos discentes de Engenharia de Materiais da Universidade Federal do Cariri. Promovendo a interação dos alunos com as novidades que estão o correndo no curso, no campus, na região e no mundo. Organização : Bolsistas de Monitoria de Projeto de Graduação. LUANA STEPHANIE SANTOS OLIVEIRA JEAMPIERRE TAVARES BELINO

COLUNAS              

Página

PESQUISAS................................................................ 3 NUMAS....................................................................... 3 HUMOR....................................................................... 4 MERCADO................................................................. 4 VIDA EMPRESARIAL............................................. 5 CINEMA...................................................................... 6 LIVROS....................................................................... 6 ENGENHARIA DE MATERIAIS ........................... 6 REGIÃO...................................................................... 7 ESPAÇO CULTURAL............................................... 8 EVENTOS................................................................... 9 EMPRESA JUNIOR.................................................. 9 UNIVERSIDADE ..................................................... 9 CENTRO ACADÊMICO........................................ 10


PESQUISAS Pesquisa atual no curso de Engenharia de Materiais para

a

Nobrega - Integrante / Ailton Sinezio de Jesus - Integrante. Fonte: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visu alizacv.do?id=K4706520T8

Modificação de Argila Bentonita Obtenção de Nanorevestimento

Descrição: Desde o trabalho pioneiro em nanocompósitos utilizando a poliamida 6 desenvolvido pelo grupo de pesquisadores da Toyota no Japão, diversos polímeros vêm sendo empregados como matrizes na preparação de nanocompósitos polímero/argila.A mistura de argilas bentonitas modificadas (organofílicas) com polímeros para formação de nanocompósitos tem recebido atenção especial devido às inúmeras vantagens em comparação com os compósitos tradicionais. Usualmente os compósitos tradicionais são compostos por um alto teor de carga inorgânica (maior que 10% em peso) para se ter uma melhora nas propriedades. Todavia, o teor elevado de carga pode deteriorar outras propriedades, como o aumento na densidade do produto e perda na tenacidade devido à incompatibilidade entre o polímero orgânico e a carga inorgânica. Portanto, este projeto de pesquisa tem como foco principal colaborar no avanço dos métodos de obtenção de nanocompósitos, por meio da modificação da argila bentonita regional com tensoativos para torná-la organofílica, utiliza-las como nano cargas em resina EPOXI e verificar a influência da concentração de argila modificada na formação e no desempenho dos nanocompositos obtidos. A modificação da argila bentonita com o tensoativo será verificado por meio de espectroscopia de absorção no infravermelho (FTIR), difração de raios X (DRX). Após a mistura da argila modificada com o poliuretano, será verificada a formação de nanocompósito por Difração de Raios-X (DR-X). As propriedades anticorrosivas dos mesmos serão verificadas por teste de névoa salina. . Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação: (2) . Integrantes: Andre Wesley Barbosa Rodrigues - Coordenador / Maria Isabel Brasileiro - Integrante / Carlos Marley de Souza Júnior - Integrante / Ledjane Lima Sobrinho - Integrante / Mucio Marcos Silva

NUMAS (Nuclas de Materiais e Sustentabilidade) Matérias-primas sustentáveis inspiram projeto da Casa Brasil Casa

Brasil

também

sustentabilidade.

Nesse

é

sinônimo

sentido,

a

de feira

apresenta nesta edição o projeto “Matéria Brasil”, que vai reunir 100 amostras de materiais inovadores voltados ao baixo impacto ambiental e à alta contribuição social. A coleção pertence ao centro de mesmo nome, referência em modelos de produção e consumo conscientes em São Paulo e no Rio de Janeiro. O acervo completo inclui mais de 400 itens, entre naturais, sintéticos e artificiais. No

embalo

dessa

exposição,

o

Centro

Brasileiro de Desenho Industrial (CBDI), em parceria com o Matéria Brasil, traz a mostra Experimenta, onde serão apresentados 30 produtos fabricados a partir de matériasprimas disponíveis na materioteca brasileira. Confira um pouco do que vem por aí!


P: E porque ele fugiu? R: Porque deixaram a cadeia aberta!

MERCADO Indústria tem retração em maio após crescimento recorde, diz CNI Fonte See more at: http://www.casabrasil.com.br/blog/2013/mate rias-primas-sustentaveis-inspiram-projetoda-casa-brasil/#sthash.5enULAaw.dpuf

HUMOR P:Qual é o único elemento que vive na sombra? R: O índio, pq fica em baixo do gálio! -----------------------P: O que é "Cl - Cl - Cl - Cl" ?

08/07/2013 - 15h30 Repórter da Agência Brasil Brasília - Após crescimento recorde em abril, a atividade industrial perdeu fôlego em maio. O número de horas trabalhadas recuou 3,6% em maio na comparação com o mês anterior. Em abril, o indicador havia avançado 2,9% na comparação com março, a maior expansão mensal desde 2010. O faturamento também sofreu retração, de 0,5%, após avançar 5% em abril. O emprego industrial teve queda de 0,2% após ter crescido 0,7% no quarto mês do ano. A utilização da capacidade instalada da indústria ficou em 82,9% em maio, 0,7 percentual a menos do que em abril. As informações foram divulgadas hoje (8) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

R: É uma clorofila! -----------------------P: Como um oxigênio se suicida? R: Pula da ponte de hidrogênio! -----------------------P: 2 ursos são jogados na água mas só um dissolve, porque? R: Porque ele era um urso polar! -----------------------P: O que o carbono diz quando vai preso? R: Tenho direito a 4 ligações! ------------------------

Outros indicadores analisados no levantamento da CNI foram a massa salarial real e o rendimento médio real dos trabalhadores da indústria. O primeiro cresceu 0,5% e o segundo ficou perto da estabilidade, com variação positiva de 0,1%. Os dados são dessazonalizado e, portanto, desconsideram as oscilações típicas de determinada época do ano. Na análise por setor, a pesquisa mostra que menos atividades da indústria tiveram desempenho positivo em maio na comparação com abril. O faturamento real cresceu em 13 setores da indústria da transformação, cinco a menos do que no mês anterior. O indicador de horas trabalhadas aumentou em nove setores em maio, aproximadamente a metade do verificado em abril. Edição: Juliana Andrade


Fonte: http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/201307-08/industria-tem-retracao-em-maio-aposcrescimento-recorde-diz-cni

VIDA EMPRESARIAL Perguntas e Dinâmica de Grupo emprego

respostas sobre em entrevista de

Mariana Fonseca

A dinâmica de grupo é muito importante nos processos seletivos porque, na maior parte dos casos, ela é primeira etapa presencial a que os candidatos são submetidos. É nessa hora que avaliador observa o comportamento dos préselecionados para verificar quem tem – e quem não tem – perfil compatível com a vaga e a empresa em questão. “Em cada dinâmica, olhamos os candidatos com os 'óculos' da empresa”, afirma Irina Schuchman, consultora da Cia de Talentos. Para mandar bem nessa hora, confira as dicas de Irina numa série de perguntas e respostas sobre dinâmicas de grupo. Como o candidato pode chamar a atenção do selecionador de maneira positiva? É preciso que o candidato seja ele mesmo e participe das atividades propostas, contribuindo com seus conhecimentos e experiências de vida. Tentar parecer o que não é pode trazer muitos problemas. Se acontecer de você enganar bem e ser contratado, por exemplo, dificilmente conseguirá manter a mentira por muito tempo. Contratações erradas geram perda de tempo tanto para a empresa quanto para o profissional. A experiência profissional candidato é levada em conta?

do

Quando o processo exige algum tipo de experiência profissional, essa informação é passada no momento da inscrição. Ainda assim, mesmo quem nunca trabalhou pode utilizar as experiências da faculdade, da escola, dos grupos de que participa ou participou como exemplos. O que é preferível: falar bastante ou ficar quieto? Nenhum dos dois. Ser o que mais fala nem sempre é positivo. O importante é o conteúdo e a coerência da fala. Também não é necessário ficar esperando o consultor chegar perto para começar a falar. Os candidatos estão sendo observados o tempo todo. Aqui, novamente vale a regra de ser o que você é de verdade. Se for tímido, não tente vender uma imagem de pessoa extrovertida e vice-versa. E que ferramentas o tímido poderá utilizar a seu favor, já que falar em público não é o seu forte? Os tímidos e introvertidos devem se esforçar para participar das discussões em grupo. Se as suas colocações forem pertinentes, mesmo que sejam poucas, elas serão levadas em consideração. É aconselhável o candidato "estudar" a empresa antes de participar de uma dinâmica? Sim. Muitas dinâmicas trabalham cases onde a temática principal tem a ver com o negócio da empresa. Conhecer o negócio pode ajudar no desenvolvimento do trabalho e contar pontos positivos para o candidato. A roupa do candidato influencia o selecionador? É importante estar vestido de forma adequada para o momento e o local. Por exemplo, se a dinâmica de grupo for para uma vaga em instituição financeira, em que todos nós sabemos que o traje social é padrão, o candidato não deve ir de calça jeans e camiseta. Por outro lado, o terno não combina com uma empresa com o perfil jovem. Por isso é importante obter


informação sobre a empresa antes de ir para a dinâmica. Normalmente, no próprio site o candidato já encontra algumas dicas para saber se deve se vestir mais ou menos informalmente. E o jeito de falar é levado em conta? A dica é não utilizar muitas gírias e jamais usar palavrões. Também não é necessário usar uma linguagem formal nem palavras difíceis, que quase ninguém entende. Fonte:

http://souestagiario.blogspot.com.br/

CINEMA Tem na biblioteca

ENGENHARIA DE MATERIAIS Depoimento

Maravilhas Modernas - Os Segredos do Petróleo

https://www.youtube.com/watch? v=AtueSdOznKI

LIVROS Resíduos Plásticos e Reciclagem

"Sempre que um(a) engenheiro(a) projeta algum dispositivo, ele pensa imediatamente no material que deverá utilizar para viabilizar sua idéia. É necessário que se utilize um material adequado a cada função, caso contrário o sucesso do projeto estará comprometido. A Engenharia de Materiais se dedica ao projeto e à fabricação dos materiais, sua caracterização e a sua performance. O mercado para os futuros profissionais é promissor, em especial considerando a formação voltada para o empreendedorismo, para a consultoria de empresas, bem como às necessidades crescentes de otimização de desempenho e aumento de competitividade do setor produtivo. Dentre as áreas de maior crescimento na Engenharia de Materiais podem ser citadas a de reciclagem dos materiais e,em especial, as tecnologias limpas


como o plasma aplicado à limpeza e ao tratamento superficial dos materiais e a de materiais compósitos". Marcio Fredel é professor do Curso de Materiais da UFSC

REGIÃO Juazeiro do Norte-CE: INDÚSTRIA DE JOIAS Metais poluentes do Cariri serão reciclados na Alemanha POR JOTALOPES – POSTADO EM 24 DE SETEMBRO DE 2011 Os resíduos eram descartados no ambiente pelos fabricantes de joias e semijoias. Alguns causam morte imediata. Os metais foram transportados do Cariri até o Porto do Mucuripe em 7embalagens lacradas. Ao todo, 36t DIVULGAÇÃO Juazeiro do Norte. Cerca de 36 toneladas de metal pesado, altamente tóxico, foram retirados das indústrias fabricantes de joias e semijoias de Juazeiro. A ação é resultado de um trabalho que vem sendo desenvolvido em 50% das fábricas, e desde 2004 passa por reciclagem. O metal, antes depositado no meio ambiente, foi encaminhado para reciclagem na Alemanha, e hoje representa uma alternativa, dentro das normas ambientais exigidas para estas fábricas. A experiência de separação do metal pesado vem sendo feita por meio do consultor da Superintendência de Meio Ambiente do Ceará (Semace), Expedito Flávio dos Santos. Segundo ele, as 36 toneladas resultam de um esforço de dois anos nas indústrias da cidade, que representam uma fatia importante da economia de Juazeiro e da região. Segundo dados da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Juazeiro, esse setor representa um faturamento anual de R$ 50 milhões.

Os principais metais retirados são o zinco, o cobre e o cianeto, que inclusive tem controle da Polícia Federal e do Exército, para entrar nas empresas. Antes, todo o material era jogado fora sem nenhum critério. O consultor chama a atenção para o caso do cianeto, o mais tóxico de todos eles. O processo de fabricação de joias e semijoias, que envolve várias lavagens, detém uma espécie do que Expedito chama de borra. Esse material passa por uma triagem até ser retirado o material sólido. “Hoje, depois de vários experimentos, chegamos a uma quantidade máxima de retirada desse metal pesado”, diz ele. Há todo um critério de acompanhamento, inclusive dos órgãos ambientais. O experimento começou a ser feito pelo químico quando ele ainda estava na universidade. As denúncias por parte da população de fábricas desse setor como poluentes, inclusive levando sequelas à comunidades da cidade, eram constantes. “E essa sempre foi uma preocupação determinante dos órgãos ambientais”, reitera o químico. Riscos Agora, segundo ele, surge a alternativa, que era justamente o gerenciamento e encaminhamento desse resíduo para indústrias de grande porte, internacionalmente. Nessas empresas, eles conseguem separar esse material e fazer um reaproveitamento. Desse primeiro resultado, Expedito dos Santos afirma que das 36 toneladas, que saíram da região devidamente lacradas e acompanhadas pela Policia Federal até o porto do Mucuripe, para ser encaminhado para a Europa de navio, foram retirados cerca de sete toneladas de cobre e mais 32 quilos de cianeto, que seriam depositados diretamente na natureza. O químico chama a atenção, principalmente, para o caso do cianeto, que pode até causar morte imediata, por asfixia. No caso dos outros metais pesado, os prejuízos aparecem a longo prazo, pelo acúmulo desses metais no organismo. Para a lavagem desse material foram utilizados,


durante dois anos, cerca de 46 milhões de litros de água. O químico destaca a alternativa eficiente para o gerenciamento dos resíduos sólidos das empresas locais. Com isso, os órgãos ambientais agora têm como atuar com mais rigor na fiscalização exigindo que haja o encaminhamento correto dos metais poluentes. A maior dificuldade, de acordo com Expedito, foi convencer os empresários do setor a aderir à nova forma de gerenciamento, por conta dos custo. Apenas uma das empresas chegou a pagar um valor maior, cerca de R$ 8 mil, responsável por 10 toneladas de todo o material coletado.

Por: Elizângela Santos http://www.caririnoticia.com.br/2011 /09/juazeiro-do-norte-ce-industria-de-joiasmetais-poluentes-do-cariri-serao-recicladosna-alemanha.html

ESPAÇO CULTURAL http://www.tomrobinsonphotograph

Destino

y.com/

A empresa receptora dos resíduos é americana, mas uma de suas sedes fica na Alemanha, a Word Resources Company. As empresas locais passam a ter um contrato direto com essa empresa, que fica com todo o material processado. “E o mais importante é que os custos para isso são bem reduzidos em relação ao que representa de retorno para a sociedade, a economia e o meio ambiente”, completa o químico. Antes, houve a tentativa de encaminhar esse material para a fabricação de cimento, o que seria uma boa alternativa, mas não encontrou viabilidade para empresas locais de trabalharem com esse tipo de resíduo. Já em outra, da cidade de Sobral, que atua com o grupo Votorantim, necessitava-se de, no mínimo, 200 toneladas. Outras empresas, que estão atuando de forma irregular, precisam se adequar à nova alternativa. MAIS INFORMAÇÕES Indústria e Comércio de Metais Mondelli Ltda. Av. Leão Sampaio, 2122 – Lagoa Seca Juazeiro 3572.1828

do

Norte

CE/(88)

Olhem, muitas fotos únicas pelo mundo.


EVENTOS III SEMATEC 03 A 05 de Setembro de 2013.

EMPRESA JUNIOR O que é uma Empresa Junior? Empresa Júnior é uma associação civil, sem fins econômicos, constituída e gerida exclusivamente por alunos de graduação de estabelecimentos de ensino superior, que presta serviços e desenvolve projetos para empresas, entidades e sociedade em geral, nas suas áreas de atuação, sob a orientação de professores e profissionais especializados. A Empresa Júnior tem a natureza de uma empresa real, com diretoria executiva, conselho de administração, estatuto e regimentos próprios. Com uma gestão autônoma em relação à direção da faculdade, centro acadêmico ou qualquer outra entidade acadêmica. A Empresa Júnior deve ter como objetivos: Proporcionar ao estudante aplicação prática de conhecimentos teóricos, relativos à área de formação profissional específica; - Desenvolver o espírito crítico, analítico e empreendedor do aluno; - Intensificar empresa-escola;

o

relacionamento

- Facilitar o ingresso de futuros profissionais no mercado, colocando-os em contato direto com o seu mercado de trabalho; através

Contribuir com a sociedade, de prestação de serviços,

proporcionando ao micro, pequeno e médio empresário especialmente, um trabalho de qualidade

Apresentação de uma Empresa Junior de Engenharia de Materiais pelo Brasil A Materiais Jr. é a Empresa Júnior da Engenharia de Materiais da Universidade Federal de São Carlos, tratando-se, portanto, de uma associação civil sem fins lucrativos e com propósitos educacionais, constituída e gerida exclusivamente por alunos de graduação. Seu objetivo principal é promover uma melhor experiência de mercado aos alunos graduandos vinculados a ela. A Materiais Jr. foi fundada em 1999 e apresenta a estrutura de uma empresa real, com Diretorias Executivas, CNPJ, Estatuto e Regimentos próprios. Em 2009 uma reestruturação foi implantada na empresa, visando assim a sua continuidade e o seu crescimento. A partir de então, a Materiais Jr. vêm se destacando no cenário regional, atendendo, principalmente, o mercado das micro e pequenas empresas, desenvolvendo projetos e oferecendo serviços de qualidade a um baixo custo. Além disso, ela promove eventos que visam proporcionar melhorias pessoais e profissionais aos participantes. Missão: Promover a integração do estudante com a sociedade empreendedora por meio do desenvolvimento de projetos e consultorias de forma sustentável, buscando sempre superar as expectativas dos clientes. Além de realizar eventos que visem melhorias a toda comunidade, tanto acadêmica quanto externa à Universidade, tendo em vista a responsabilidade social. Visão: Ser uma empresa júnior modelo em excelência, garantindo o constante aprendizado e motivação de seus membros e a satisfação de seus clientes. http://www.materiaisjr.ufscar.br/

UNIVERSIDADE


Portaria nomeia professora Suely Chacon como Reitora PróTempore da Ufca Segunda, 01 Julho 2013 16:57 Última atualização em Quarta, 03 Julho 2013 11:39 A Portaria n° 570 do Ministério da Educação, assinada no último dia 28 e publicada no Diário Oficial da União de segunda-feira (1º), nomeia a Profª Suely Salgueiro Chacon como Reitora PróTempore da recém-criada Universidade Federal do Cariri (Ufca), tutorada pela Universidade Federal do Ceará. Suely Chacon é doutora em Desenvolvimento Sustentável pela Universidade de Brasília (UnB), com mestrado em Economia Rural e graduação em Economia, ambos pela UFC. A Lei nº 12.826, que criou a Ufca, data de 5 de junho último e foi sancionada pela Presidenta Dilma Rousseff. A nova instituição de ensino superior do Ceará agregará os campi de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha – até então pertencentes à UFC – e os novos campi dos municípios de Brejo Santo e Icó, a serem construídos. A data da posse da Reitoria ainda não foi definida e deverá ser agendada junto ao Ministério da Educação pelo Reitor da UFC, Jesualdo Farias, que se encontra em Brasília. A previsão é de que isso ocorra este mês, conforme a Profª Suely. Ela foi escolhida a partir de lista tríplice composta também pelos professores Ricardo Ness e Celma Torres. http://www.ufc.br/noticias/noticiasde-2013/3800-portaria-nomeia-professorasuely-chacon-como-reitora-pro-tempore-daufca

CENTRO ACADÊMICO

Um Centro Acadêmico (CA) é uma entidade que representa todos os estudantes de um curso. E para representar, ele deve manter com seus estudantes um canal direto e permanente de contato, realizando as discussões, debates, palestras e reuniões de forma democrática e aberta a todos que quiserem participar. O CA também deve buscar formas de incentivar a participação daqueles que não participam, trazendo-os para as suas atividades e construção. Dentre as funções básicas do CA está principalmente garantir o contato dos estudantes do curso com os órgãos de representação geral (DCEs, Executivas de curso e etc.). Discutir soluções para os problemas do curso (como falta de professores, mudanças curriculares, matérias mal planejadas), garantir que haja representação dos estudantes nos órgãos colegiados e departamentos, fazer a recepção de calouros, organizar confraternizações e fiscalizar a faculdade também são importantes funções de um Centro Acadêmico. Feito esse resumo, dados a definição e algumas funções, agora é hora de você começar a organizar a construção do seu CA ou a adequação do seu atual CA nos moldes do que realmente ele deveria fazer. -----------------------------------------------


Infotec