Issuu on Google+

ANO VII - Nº 105 - BRASÍLIA-DF - 1 FOTO: J. RODRIGUES

COMERCIAL REIS

PREMIA CONSUMIDORES DA CIDADE

Os clientes da Comercial Reis foram agraciados no final de ano com uma promoção feita para empresa em parceria com o Café Santa Clara. O empresário José Reis distribuiu, no último dia 31, 20 prêmios sorteados entre aqueles que fizeram compras acima de R$ 20. “Nossa empresa preza o seu cilente”, disse Reis. PÁGINA 8

A

15

DE

JANEIRO

DE

2010

MATERIAL ESCOLAR ESTÁ 10% MAIS CARO E PODE SOFRER NOVA ALTA

O Procon fez pesquisas de mercado e encontrou diferenças de até 7.000% entre uma loja e outra. Especialistas ensinam que para comprar economizando a pesquisa é o melhor caminho, mas afirmam também que a escolha de papelaria e livrarias próximas às residências podem ajudar devido a uma série de fatores importantes. Páginas 4 e 5

FOTO: J. RODRIGUES

CAMPANHA

ORIENTARÁ JOVENS NO CARNAVAL

O crescente número de meninas com idade entre 13 e 19 anos infectadas com o vírus da Aids fez com que o Ministério da Saúde priorizasse uma campanha de prevenção voltada a esta fatia da sociedade. Durante o Carnaval a campanha será intensificada na busca da conscientização destas jovens quanto à necessidade de se fazer sexo com segurança. PÁGINA 5

POLÍCIA TEM TRABALHO

DOBRADO EM JANEIRO

Mal o ano começou e as forças policiais já estão sendo acionadas pelos constantes flagrantes de crimes oocorridos na região. Dois elementos suspeitos de fazerem clonagem de cartãoforam presos e cerca de 3 mil DVDs e CDs piratas foram apreendidos. Também registra-se o crescimento do número de crianças e adolescentes envolvidas com a criminalidade. Página 7

Segundo Rafael, proprietário da Casa Oliveira Shopping, o movimento aumentou consideravelmente. “Estamos otimistas”, diz.

NATAL PREMIADO ENTREGA MOTOS FOTO: J. RODRIGUES

PROGRAMA

OFERECE BOLSAS UNIVERSITÁRIAS O estudante carente tem a oportunidade de estudar em uma faculdade particular sem ter que gastar para tal. O Programa Bolsa Universitária 2010 abriu 2 mil vagas para quem pretende cursar o ensino superior, mas não tem condições de pagar as mensalidade. São bolsas parciais que ajudam em até 70% dos custos. PÁGINA 6

João do Violão, Arnon de Souza, um dos ganhadores das motos e os representantes do Supermercado Shirley

O JL Supermercado, que distribuiu entre seus clientes cerca e 40 mil cupons, viu dois deles sendo premiados com uma moto Honda CG 125 cada, a outra saiu para um morador que comprou no Supermercado Shirley, que também participou da campanha Natal Premiado ACIP 2009, que distritribuiu 53 prêmios. O presidente da Acip, João do Violão, revela que para a promoção de 2010 a entidade está trabalhando com a possibilidade de sortear também um carro O Km. PÁGINA 6

FOTO: J. RODRIGUES

Jorge, gerente do JL Supermercado (centro) entrega as chaves aos ganhadores Silvano Faria e Dulce Alves


OPINIÃO

– Brasília - DF, 1 a 15 de Janeiro de 2010

E DITORIAL

FRASE

INFÂNCIA PERDIDA Os números estatísticos estão aí pra que ninguém possa alegar ignorância dos fatos. O envolvimento de adolescentes – e até crianças com 8, 9, 10 anos – em ações crimonosas vem crescendo assustadoramente. Até experientes autoridades policiais ligadas à área sentem-se impotentes quando depara-se com as estatísticas feitas por organismos que deveriam trabalhar justamente para evitar que isso acontecesse, mas que se dão ao luxo de fazer apenas isso, pesquisar, pesquisar, reclamar da falta de estrutura, de melhorias salariais ou então ficam empurrando com a barriga, jogando o problema para outras instituições, num eterno jogo de empurra que não leva a nada. O recem instalado Conselho Tutelar do Itapoã já “nasceu” recebendo uma bagatela de 2, 7 mil processos que estavam em tramitação no Paranoá. É um número que espanta, que deixa qualquer um perplexo, como diriam os mais vividos, “de queixo caído” diante de tanta inércia do Estado. Podem até alegar que em Itapoã as crianças e os adolescentes vivem em constante risco e à mercê de criminosos que os cooptam, seduzem, aliciam, para participar de um ou outro tipo de crime. Inicialmente coisa pequena, mas que vai num crescendo tão rápido que quando a família percebe, já é um caso praticamente perdido, até porque, como já dissemos, falta a presença constante do Estado, não aquele Estado repressor, mas sim aquele Estado que traz projetos exequíveis e que entre de cabeça na defesa da família como um todo e não fica esperando que a criança vire adolescente e este se torne adulto para levá-la para trás das grades. No Paranoá tem comerciante que não pode ver um grupo de crianças que já pensa em fechar as portas de seu estabelecimento comercial, devido aos constantes assaltos que já sofreu. Alguém tem que fazer alguma coisa, pois depois que a casa é RTIGO A assalta, de nada adianta colocar ferrolho nas portas e janelas. 2010 PRIMEIRO ANIVERSÁRIO DA PEC CALOTEIRA DOS PRECATÓRIOS Por: Danny Bueno Estava eu assistindo a Retrospectiva 2009, da Band, nesta terça-feira (29/12/09), e tentando definir o que teria afetado em maior proporção as vidas de todos nós brasileiros, a lista já ia ficando enorme, a morte de Michael Jackson, a posse do Barak Obama, o pacote de estímulo econômico do Governo Federal na linha de eletrodomésticos e materiais para construção, o apagão energético de novembro, os planos de habitação do Governo Federal, a aprovação do aumento do numero de deputados pelo Congresso Nacional, a farra das passagens dos membros do Conselho de Ética da Câmara Federal, os 40 anos do Jornal Nacional, o acidente do Felipe Massa, a criação da lei do Anti-fumo, o lançamento do Pré-Sal, a escolha do Rio de Janeiro para as Olimpíadas pela primeira vez no Brasil, o anuncio do governo sobre a diminuição de CO2 na atmosfera brasileira, o dinheiro na meia do deputado do Distrito Federal, a morte do Lombardi, as chuvas devastadoras em todo país, o Brasil como o segundo país mais conectado a internet, o acordo medíocre da Cúpula Climática em Copenhague e o aumento de R$ 45,00 no novo salário mínimo, enfim, uma montanha de fatos, quando, começo a rever o escândalo dos precatórios, que sem duvidas alguma vai refletir inexoravelmente na vida de milhares de brasileiros que se sentiram apunhalados por aqueles a quem elegeram para defender os seus direitos. Só os governos do Rio e São Paulo juntos devem mais de 30 bilhões de reais em títulos podres, de um total de 100 bilhões, a milhares de brasileiros e vão sair ilesos dos tribunais sem qualquer chance de serem obrigados a pagar o que devem em um prazo justo e previsível, ou seja, a gosto de Deus. Fica viva na memória a passagem de uma senhora aos 92 anos que disse estar se sentindo traída, mas, que a esperança é a última que morre. Espero realmente que, passados estes meses, ela ainda esteja bem viva. O calote fica ainda mais sórdido partindo da premissa que os mesmos governos que não pagam suas obrigações com a justiça, são implacáveis e não medem o peso da mão na hora de receber os infindáveis impostos que afundam a vida dos brasileiros, com a ajuda da própria justiça, que por ironia é sempre ágil e infalível. Fico a imaginar se um dia os cidadãos de bem acordassem e decidissem empurrar o pagamento do IPTU para o "dia do Juízo Final", quantos tribunais apoiariam a questão partindo do princípio da reciprocidade. E por fim, na mesma reportagem de retrospectiva aparece um general aposentado que doou toda a sua vida em servidão incondicional em defesa da soberania nacional dirigindo-se a "esses políticos" como: "nós não temos governantes, nós temos uma corja de picaretas"... A nojeira fica maior ainda com a promulgação por parte do Congresso Nacional, no último dia 10 de dezembro, acenando para a maior prova de exercício do abuso de poder praticada pelos políticos em toda história do Brasil, desde o empréstimo compulsório imposto pelo primeiro presidente brasileiro a protagonizar o vergonhoso processo de impeachment que arruíno a vida de milhões de pais de famílias, prefiro nem mencionar o nome deste picareta. Basta lembrar que, o Brasil de hoje já não é mais o mesmo de dez anos atrás, segundo foi amplamente divulgado além de termos pago toda a dívida centenária que possuía com o FMI, e ainda fez questão de anunciar que estará "emprestando" 10 bilhões ao mesmo Fundo Internacional em regime de contribuição para os "países pobres". Esse mesmo Governo Federal é aquele que fecha os olhos para todas as revelações e promiscuidades inomináveis de seus membros de partido e aliados, como vampiros da dignidade cidadã, que financia empréstimos politiqueiros para a Venezuela e que entra pelo cano com a Bolívia em milhões de reais e ainda apóia a reeleição destes vizinhos necessitados, tudo em nome de uma média perante a ótica do mundo globalizado, enquanto isso os próprios filhos da terra são assaltados a luz do dia com simples apertar de um botão nas mesas do Congresso Nacional. "O peso do Executivo sobre o Judiciário será desproporcional e quem tem direito levará até 70 anos para receber". "É a institucionalização do calote" - afirmou o presidente da OAB, Cezar Britto. Ou seja, o governo pode dar o calote que quiser na população e sai rindo da situação, enquanto o pobre é executado e tomamlhe até as panelas. Os órgãos públicos, que na sua grande maioria são administrados por uns bandos cafajestes, vãos pagar da forma que desejar, transformando calote de administração pública em lei federal. Uma vez Fernando Henrique disse: "Existe uma ética no Congresso e outra no país", (Não que eu seja um seguidor de suas filosofias administrativas), porém, se desejamos continuar uma nação livre e soberana precisamos mudar a leitura de nossos mandatários. Isso é imperativo. Já não basta a cobrança de impostos de primeiro mundo com serviços de quinta categoria? A classe política precisa ser tratada na mesma moeda com que o povo é pago. * Danny Bueno - Jornalista/Publicitário DRT 1183/MT (FENAJ 80610)

DA QUINZENA “Carro REBAIXADO geralmente é pra combinar com a AUTOESTIMA do dono.” Edvan Antunes, jornalista

POR MARCOS ANTÉRO SÓTER

COMPLICADO

IMITANDO MASSA

Instalado recentemente para proteger os direitos da criança e dos adolescentes, o Conselho Tutelar do Itapoã já está funcionando com 2.700 processos. Todos eles foram transferidos pelo Conselho Tutelar do Paranoá, por se tratarem de demandas pertinentes à região do Itapoã. Na grande maioria são denúncias de violência, abandono e delinquência.

MERLA

DE NOVO

Um homem teve a moto roubada na madrugada do dia 9 no Paranoá. A polícia prendeu um dos ladrões no dia seguinte, por volta das 12h30, e encontrou na casa do suspeito, Quadra 6, 122 latas de merla. A mercadoria está avaliada em R$7 mil. Um dos comparsas, que estava foragido com o veículo e participou do roubo, ao saber da prisão do outro, teria colocado fogo na moto. Segundo informações, a Polícia Militar chegou na casa do suspeito, que se identificou somente como Guilherme, depois do dono da moto avistar o veículo na residência horas antes. O acusado foi encaminhado para a 6º DP.

JUIZADO ITINERANTE

Com o término do recesso forense dia 6, o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) voltará a atender a população por meio do Juizado Itinerante. O serviço recebe causas com valor até 40 salários mínimos em ações referentes à inclusão do nome de pessoa no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e no Serasa, além de processos por cobrança, despejo, indenização e outros prejuízos. Neste mês de janeiro, o Juizado Itinerante está percorrendo diversas regiões administrativas do DF. A primeira a receber o serviço foi o Recanto das Emas, onde a unidade do TJDFT esteve no dia 11. No primeiro contato, o problema é relatado e depois de 30 dias o Juizado Itinerante retorna ao local para realizar as sessões de conciliação. Quando não há acordo, as partes são encaminhadas à audiência com o juiz. No caso de acordo, a cópia da homologação é obtida no mesmo dia.

CURTINDO

FÉRIAS

O síndico do Entrelagos e presidente da Facho, Adilson Barreto, aproveitou o período de férias dos filhos e deu uma escapadinha de alguns dias. Ele e a família foram para o Sul curtir as festas de fim de ano com familiares de Rosita, sua esposa. Como todos são decedentes de alemães, com certeza Adilson deve retornar ao batente com alguns quilos a mais. Adilson está sendo instado a aceitar uma candidatura a distrital pelo PV, na volta deve bater o martelo

SOBRADINHO DOS MELOS

Os moradores do Sobradinho dos Melos estão vendo suas esperanças renascerem. Acreditam que agora aim, sai o tão desejado asfalto, afinal o atual secretário de Obras, Alarcão, tem residência no local. Inclusive, já está até editado no Diário Oficial do DF, a construção de três piscinões para retenção de águas pluviais, daí ao asfalto é um pulinho, ou não. O que se sabe é que ninguém aguenta tanta lama e poeira por lá...

BRINCADEIRA

QUE PODE MATAR

A Região Administrativa do Paranoá é, ao lado de Samambaia, onde a Central de Atendimento da Polícia do DF (Ciad) registra a maior incidência de trotes (ligações falsas). As autoridades policiais dizem que é justamente nesta época do ano, quando adolescentes estão em férias escolares que os órgãos de segurança registram aumento no número deste tipo ligações simulando uma situação de perigo ou mesmo brincadeiras de mau gosto. A

PRAZOS

A Secretaria de Fazenda divulgou dia 5 o calendário de cobrança de tributos referentes a 2010. A partir de abril, o IPVA começa a ser arrecadado. Já IPTU será cobrado em maio. Aos proprietários que pagarem à vista será concedido desconto de 5%, caso não tenha nenhum débito fiscal. A partir da próxima se-

VANDALISMO

NO

Ciad recebe diariamente cerca de 16 mil telefonemas. Durante as férias escolares, cerca de 30% das ligações recebidas se caracterizam como trotes, ou seja, 4,8 mil ligações. Este número sobe cerca de 90% no período das férias, o que significa até 9.120 trotes por dia. Vidas Humanas podem deixar de ser salvas. Este é o principal prejuízo que a população pode ter por causa dos trotes passados para os serviços de emergência mana, os contribuintes que registraram o CPF nas compras poderão consultar os pontos adquiridos no programa Nota Legal e indicar em qual imposto querem receber o desconto. O governo encaminhará os boletos para as residências dos brasilienses. Mas os carnês do IPVA já estão disponíveis no site da Secretaria de Fazenda

PARQUE VIVENCIAL

O Parque Vivencial, considerado o pulmão verde da cidade,em parceria com a Adiminsitração Regional do Paranoá e apoio da Secretaria de Transportes, recebeu, recentemente, várias placas de sinalização. Porém, como em todo lugar, ali não é diferente. As placas já estão todas pichadas e riscadas. Tem pessoas que não conseguem ver algo novo e bonito que quer pichar, riscar ou quebrar. O tipo de pessoa que talvez não trabalhe, não paga impostos ou então tem inveja e que, na verdade, é um frustado que não conseguiu realizar seus sonhos, e aí,não podendo ver a felicidade de outras pessoas, logo quer estragar. As autoridades precisam

CRIME

encontrar algum tipo de punição para estes vândalos que ficam depredando o patrimônio público e até particular e que não tem nenhum um compromisso com a cidade.

autoridades fiquem de olho para evitar que algum gaiato acabe quebrando as lâmpadas.

COMPENSA...

A Portaria nº 48, de 12/2/2009, do INSS: Todo presidiário com filho(s) tem uma bolsa de R$ 752,12 por filho. Por outro lado não se vê esse pessoal que se diz defensor dos “direitos humanos” requisitando a mesma bolsa para os filhos das vítimas. Depois ainda se pergunta: “trabalhar pra que se roubar e ir preso meus filhos recebem uma boa pensão?”

SERÁ MESMO?

A primeira etapa da revitalização da quadra 25 foi concluída no final do ano de 2009 e o administrador Artur Nogueira fez uma promessa aos moradores que no logo no início do ano de 2010 iniciaria a segunda etapa da revitalização da praça. A promessa está

VIZINHA

sendo cumprida, a empresa contratada já iniciou as obras que era uma luta do prefeito comunitário Cleber Almeida. "Muitos passaram pela administração e só fizeram promessas, agradeço o Artur que prometeu e cumpriu". Completou Cleber Almeida, prefeito da quadra 25.

ERÓTICA

Esta informação correu o mundo via internet, tendo sido publicada inclusive na coluna do jornalista Cláudio Humberto, que pode ser lida em dezenas de jornais por todo o País, mas pelo inusitado do fato, este escrevinhador de linhas tortas por ajuntamento de letras mortas resolveu publicá-la também. Segundo a nota na coluna do CH, "Um cidadão registrou ocorrência policial na 6ªDP, no Paranoá, próximo a Brasília, contra uma vizinha que faz muito barulho durante o ato sexual, à noite. Ela responderá por contravenção de perturbação do sossego alheio".

SEM

VANDALISMO II

Ainda falando acerca de benfeitorias para o Parque Vivencial, a CEB está instalando novos pontos de iluminação pública nas vias de acesso ao local, partindo do MP, Detran, Quadra 4 e Hospital. Esse trabalho agrada em especial ao pessoal que se dirige ao Parque para caminhadas ou outra atividade física e que prefere fazê-lo no período noturno devido ao clima. Imporante também que as

Atenção autoridades de fiscalização do sistema de transporte público, em Email enviado à coluna, o leitor reclama: “em motorista de ônibus do transporte coletivo que faz as linhas Paranoá/Plano Piloto, Paranoá/La Font trafegando pelas ruas da cidade e também pelas rodovias DF 001, 015, 250 e 025, pisando fundo no acelerador, dirigindo criminosamente e colocando em risco a vida dos passageiros”. A titular da coluna foi verificar e viu microonibus na 250 imprimindo velocidade muito acima do limite determinado, chegou a 100 Km nas proximidades do Murão...

ESPAÇO

Começou a instalação de algumas paradas de ônibus no Itapoã, que pena que não serão instaladas em toda cidade. Quando aconteceu a invasão as pessoas não deixaram espaços principalmente nas avenidas comerciais. Se o GDF colocar parada de ônibus nesta vias,l a mesma ficarai em frente ao comércio e pode atrapalhar até mesmo o ir e vir das pessoas.

BENEFÍCIO PRÓPRIO

O governador Arruda aprovou recentemente o orçamento de 2010 e para algumas administrações foram liberada várias emendas de interesses de algumas entidades que só pensam nelas. Mas tem algumas emendas que o líder pensou na comunidade e pediu para execusão de obras e benefícios.

ME DÁ UM VOTO AÍ!

Em cada ano os deputados tem direito há R$5 milhões em emendas para serem indicadas para a melhoria das cidades e entidades de seu interesses mas, teve parlamentar que teve administração de porteira fechada que não indicou nenhum um Real. Agora, quando for lá pelo mês de junho eles, com toda certeza, estarão nessas cidades atrás dos moradores fazendo as promesas querendo pegar o voto. Na próxima edição estaremos, inclusive, publicando uma lista de indicações de emendas que vieram para o Paranoá e Itapoã e o nome de cada parlamentar. Os moradores irão conhecer quem realmente está preocupado com a comunidade e com a cidade.

A coluna está aberta a sugestões de pauta, reclamações, críticas, informações, colaborações. Basta entrar contato através do e-mail: jornaldascidadesdf@gmail.com e também pelo fone (61) 3369-5066. (Fotos também serão aceitas). As colaborações devem conter nome completo, contato e RG. O leitor que desejar falar direto com o colunista pode enviar e-mail para marcantero@gmail.com.

E

X

P

E

D

Esta é uma publicação da: Media One Comunicação e Editora Ltda CNPJ: 04.676.116/0001-04 Inscrição Estadual: 07.426.563/001-40 Diretor Presidente: José Rodrigues Alves Diretor Financeiro: José Luiz de Brito Jornalista Responsável: Emílio de Faria DRT 239.723-72 nº 9728 Editor-executivo: Marcos Antéro Sóter - DRT 0888-RO Estagiário: Vinicius Borba Colaboradores: Agnaldo Nunes da Silva,

Maria das Graças Silva Pinto, Nides de Freitas (jornalistas) e Kassiana Nunes da Silva. Assessoria Jurídica: Dr. Fábio Binicheski (61) 9648-8288 Administração, Redação e Publicidade: Quadra 31 - Conjunto “23” Lote 4 - Sala 201 Paranoá - Brasília-DF - CEP: 71571.810 Telefones: (61) 3369-5066 - (61) 8443-7138 Fotolito e Impressão: RK - Gráfica

I

E

Circulação da Edição Impressa: Paranoá, Itapoã, Bairro Alto Colorado, Varjão, São Sebastião, Jardim Botânico, Lago Sul, Lago Norte, Asa Norte, Asa Sul, Cruzeiro, Guará, Sudoeste e Entorno.

AS OPINIÕES EMITIDAS NOS ARTIGOS E NAS MATÉRIAS ASSINADAS NÃO EXPRESSAM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO JORNAL. É PERMITIDA A REPRODUÇÃO DAS MATÉRIAS PUBLICADAS DESDE QUE A FONTE SEJA CITADA.

N

T

E

ENVIE SUAS CRÍTICAS, SUGESTÕES, OPINIÕES, DENÚNCIAS, CARTAS E ARTIGOS, PARA OS NOSSOS ENDEREÇOS ELETRÔNICOS. jornaldascidadesdf@gmail.com imprensajornaldascidadesdf@gmail.com

V ISITE O NOSSO

SITE E FIQUE ATUALIZADO

WWW.JORNALDASCIDADESDF.COM.BR


CIDADE

– BRASÍLIA - DF, 1 A 15 DE JANEIRO DE 2010

S AÚDE

FOTO: A CÁCIO PINHEIRO

I

NCLUSÃO

Marco Aurélio, administrador do Itapoã, e um beneficiária do cheque

MORADORES DO PARANOÁ E ITAPOÃ RECEBEM TERMO DE CONCESSÃO DE USO O time de profissionais médicos e auxiliares do Hospital Regional do Paranoá também foi reforçado com 220 servidores

ATENDIMENTO NO HRPA TOTALMENTE AMPLIADO

Inaugurado em 2002, só agora unidade pode atender plenamente a população do Paranoá, Itapoá e São Sebastião. Hospital conta com 72 leitos em várias especialidades

Desde o início de dezembro, o Hospital Regional do Paranoá (HRPa) está pronto e em pleno funcionamento para atender à população do Paranoá, Varjão e São Sebastião. A unidade, que oferecia apenas assistência emergencial nas áreas de ortopedia e clínicas básicas, agora oferece atendimento e internação em Clínica Médica, Pediatria e Cirurgia Geral. Ao todo são mais 72 leitos em atividade no hospital, inaugurado há oito anos. Para complementar o atendimento e não deixar nenhuma lacuna, médicos residentes das áreas de ginecologia, obstetrícia e clínica médica reforçam a equipe do hospital. A residência da unidade terá oito vagas anuais para as três especialidades. Residentes são médicos recém-for-

mados que passam por um acirrado processo seletivo para atuarem, em determinadas áreas, sob a supervisão de profissionais com experiência. O time de profissionais também foi reforçado com 220 servidores, além de outros 240 contratos de 40 horas semanais concedidos. Também foi inaugurado o pronto-socorro ortopédico. Três mil consultas ambulatoriais são realizadas mensalmente em dez especialidades, além de 260 cirurgias eletivas e de emergência. "Este é um sonho realizado, um ganho muito grande para o hospital e, principalmente, para a população do Paranoá", avaliou o novo secretário de Saúde, Joaquim Carlos Barros Neto, em visita de avaliação à unidade. O Hospital do Paranoá é

credenciado para procedimentos de alta complexidade em Ortopedia e de média complexidade em Neonatalogia. A unidade agora dispõe de 36 leitos na Clínica Médica, 20 na Pediatria, 16 na Cirurgia Geral (com previsão de chegar a 24). Para exames complexos, o hospital conta com um ecógrafo, um tomógrafo, três aparelhos de Raios-X e um mamógrafo. No pronto-socorro há 34 leitos de internação. A unidade atende em média 17 mil pacientes por mês, vindos principalmente do Varjão, Itapoã e do Paranoá. O HRPa começou a ser construído em 1994, mas só foi inaugurado em março de 2002. A unidade atende moradores

F LOR DO CERRADO

TORRE DIGITAL

Por Agnaldo Silva Técnicos da Secretaria de Cultura do Distrito Federal se reuniram com representantes de emissoras de televisão, engenheiros do escritório do arquiteto Oscar Niemeyer e com a equipe técnica da Terracap, dia 11, para avaliar o andamento das obras da Torre de TV Digital. Durante a reunião foi discutida a possibilidade de ampliar o espaço na parte térrea do monumento. O novo ponto turístico da capital federal está com as obras aceleradas e será entregue no aniversário de 50 anos da cidade. O secretário de Obras, Jaime Alarcão, explicou que a sugestão tem como objetivo oferecer mais opções de lazer aos visitantes. "A ideia é disponibilizar um conjunto de lojas no térreo da estrutura para atender melhor os turistas", afirmou o secretário. "A ampliação será avaliada pelo arquiteto, que dará a posição final", completou Alarcão. Para ele a prioridade é concluir a obra. "Todas as sugestões e modificações estão sendo feitas agora, mas nossa meta é entregar a torre no dia 21 de abril", afirmou.

PODE MUDAR

F OTO: A CACIO PINHEIRO

A Torre Digital de TV deve estar pronta no cinquentenário de Brasília

O secretário de Cultura, Silvestre Gorgulho, afirmou que a ampliação do projeto inicial será importante para o local. "Vamos solicitar que Oscar Niemeyer projete um novo espaço que abrigue o Museu das Telecomunicações e também lojas de grife", adiantou Gorgulho. "Não queremos que a obra seja invadida por barraquinhas, como

aconteceu na Torre de TV", adiantou Gorgulho. Projetada por Niemeyer, a nova torre terá 150 metros de altura e abrigará os equipamentos das emissoras de televisão para transmissão digital. Apelidada pelo arquiteto como "Flor do Cerrado", a torre contará com um restaurante, um espaço para exposições e um mirante.

do Itapoã, São Sebastião, Varjão e de áreas rurais. Em 2008, o hospital com disponibilidade para 128 leitos realizou 228.760 atendimentos, 189.756 na emergência e 39.004 no ambulatório. Neste mesmo período foram feitas 1.663 cirurgias, 1.642 partos e 57.873 exames radiológicos. Ortopedia - Em junho deste ano, o hospital passou a contar com os serviços do Pronto-Socorro Ortopédico. O novo espaço funciona separado do convencional, usado nos casos de Cirurgia e Clínica Médica. Para a construção da nova ala de emergência específica, o GDF investiu R$ 200 mil. A estrutura física da ala é composta por sala de gesso, de procedimentos, recepção e por quatro consultórios.

SEJUS ATENDEU MAIS DE 4,5 MIL IDOSOS DURANTE 2009

A Central de Valorização do Idoso (CVI), da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejus), atendeu, em 2009, 4.574 idosos. A Central ajudou no encaminhamento de 16 processos do INSS, 29 aposentadorias e 24 questões judiciais. Além disso, foram realizadas 200 consultas médicas, 26 doações de cestas básicas e 32 cadeiras de rodas, entre outras iniciativas. Do total de atendimentos, 334 casos foram registrados pelo Disque-Idoso, serviço lançado em agosto, e que, ao receber uma denúncia, aciona a polícia imediatamente, principalmente se a agressão estiver em andamento. Levantamento da central indica que a família é a principal vilã da violência contra pessoas da terceira idade. O registro apontou que, das 334 ligações, 240 informavam agressões cometidas pelas filhas e 34 pelos filhos dos idosos. Qualquer pessoa pode encaminhar denúncias. Basta ligar para 0800.6441401. As ligações são gratuitas e, caso solicitado, a identidade é mantida em sigilo.

Em 2010, a realidade de 500 famílias do Itapoã e do Paranoá será diferente em relação à habitação. As mudanças tiveram início no final do ano passado, quando 200 cheques-moradia (auxílio para construção e reforma de imóveis) e 300 termos de concessão de uso de imóvel - documento que regulariza terrenos - chegaram às mãos de moradores das duas cidades. Os contemplados com o cheque moradia terão direito a R$ 4 mil, parcelados em quatro vezes. O valor deverá ser usado em até 90 dias para a compra do material de construção. A mão-de-obra fica por conta dos beneficiados. O secretário de Habitação, Fernando Pádua, espera que a entrega do cheque moradia impulsione a reforma e a construção das novas casas na região. "Além de ajudar quem precisa, o benefício movimenta a economia local", explicou o secretário. "As parcelas seguintes só são liberadas após a confirmação do uso correto dos recursos", ressaltou João Carlos, presidente da Codhab. Em 2009, o GDF destinou R$ 30 milhões distribuídos em cheque-moradia em todo o Distrito Federal. De 2007 até ago-

ra foram entregues mais de quatro mil benefícios. Para participar do programa, as famílias devem se cadastrar na Sedest. Dona Laura Ribeiro, 78 anos, é a primeira moradora do Itapoã. A pequena casa construída no Condomínio Del Lago precisava de reparos, mas a idosa não tinha renda suficiente para fazer as melhorias. Agora, a aposentada recebeu o Cheque Moradia e já faz planos. "Vou reformar a minha cozinha para receber o governador Arruda em um almoço especial", prometeu. Assim como dona Laura, outros 199 moradores carentes do Paranoá e do Itapoã, cuja renda mensal não ultrapassa três salários mínimos, receberam o benefício. A ação é uma parceria das secretarias de Habitação e da Codhab, além da Sedest. Legalização - Outros 300 moradores da região receberam o termo de concessão de uso do imóvel. O documento, que antecede a escritura, legitima a posse dos lotes e regulariza a ocupação dos moradores carentes favorecidos. A dona de casa Adilce Santos, 42 anos, comemorou a entrega do termo. "Estou realizada. Nunca morei em um espaço regularizado", comemorou.

P ANDORA

COMISSÃO

DE INVESTIGAÇÃO SERÁ CHAMADA DE “CPI DA CODEPLAN”

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigará denúncias de corrupção no DF desde 1991, deflagrada a partir da operação Caixa de Pandora da Polícia Federal será chamada oficialmente de CPI da Codeplan. O nome foi definido na reunião da CPI na quinta-feira (14). O trabalho da comissão prossegue com a análise do plano de trabalho. Antes da escolha do nome foi realizado um debate entre os parlamentares. Um grupo de deputados defendeu a utilização do nome de CPI da Corrupção. O tema foi colocado em votação e por quatro votos a um venceu o nome CPI da Codeplan. O voto contrário foi do deputado Paulo Tadeu (PT). A CPI é presidida pelo deputado Alírio Neto (PPS) e tem como vice-presidente o depu-

Eliana Pedrosa faz parte daCPI que vai investigar as denúncias

tado Batista das Cooperativas (PRP). O relator é o deputado Raimundo Ribeiro (PSDB). Os outros integrantes da CPI são os deputados Paulo Tadeu (PT) e Eliana Pedrosa (DEM).


EDUCAÇÃO

– BRASÍLIA - DF, 1 A 15 DE JANEIRO DE 2010

V 8,9 MIL VAGAS NO ENSINO

O governo federal está realmente empenhado em fortalecer os quadros de servidores da rede federal de ensino. Foram autorizadas 8,9 mil vagas para as instituições de educação profissional e tecnológica. As chances serão distribuídas pelo Ministério da Educação e cada instituição será responsável pela realização dos concursos públicos. Em 2009, o Ministério do Planejamento autorizou a realização de concursos para 10.675 cargos de professores e técnicos administrativos. A última leva divulgada é de cinco mil professores da carreira de educação básica, técnica e tecnológica e 3,9 mil técnicos - 1.783 para classe E; 953 para classe D, que exige nível superior; e 1.164 para classe C, de nível médio. A remuneração desses futuros servidores varia de acordo com a especialização, e, no caso dos professores, também por tempo de dedicação. Por isso, os docentes têm salários de R$ 1.518,63 a R$ 2.802,65 para dedicação de 20 horas semanais, de R$ 2.124,20 a R$ 4.807,26 para 40 horas-aulas e de R$ 2.757,64 a R$ 9.860,96, no caso de dedicação exclusiva. Os técnicos são divididos em classes de A a E. Como a autorização é destinada às classes C a E, os salários oscilam de R$ 2.150,20 a R$ 7.633,41. De acordo com o MEC, os editais serão lançados ainda em janeiro e outras 8,8 mil vagas deverão ser autorizadas para a rede de educação tecnológica até o fim de 2010. Os aprovados atenderão às demandas das 236 unidades da rede responsáveis pela capacitação de 215 mil alunos.

EMBRAPA: 676 VAGAS DE ATÉ R$ 7,4 MIL

A Embrapa publicou no Diário Oficial da União edital de concurso público com 676 vagas e formação de cadastro reserva para funções de nível fundamental incompleto a superior em todo país. Os salários atingem até R$ 7,4 mil. As oportunidades são para todo país, com exceção dos Estados de Alagoas, Espírito Santo e Rio Grande do Norte. As inscrições via internet serão disponibilizadas entre o período das 9h de 18 de janeiro e as 23h59 de 5 de fevereiro de 2010 no site: www.institutocetro.com.br. O candidato também poderá se inscrever junto às agências dos correios. A taxa de inscrição tem valores de R$ 30 a R$ 110 conforme o cargo pretendido. Há o benefício de isenção do pagamento da taxa a candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo (CAD - Único) e cuja renda familiar mensal seja de até três salários mínimos, ou tenham renda per capita (por pessoa) inferior a meio salário mínimo mensal. Os interessados deverão requerer a isenção entre os dias 18 e 22 de janeiro no site do Instituto Cetro e encaminhar a documentação comprobatória - veja endereço abaixo. A expectativa é que o resultado seja publicado em 3 de fevereiro. As provas serão aplicadas em 21 de março nas cidades de Aracaju (SE), Bagé (RS), Belém (PA), Bento Gonçalves (RS), Boa Vista (RR), Brasília (DF), Campina Grande (PB), Campinas (SP), Campo Grande (MS), Concórdia (SC), Corumbá (MT), Cruz das Almas - BA, Curitiba (PR), Dourados (MS), Fortaleza (CE), Goiânia (GO, Juiz de Fora (MG), Londrina (PR), Macapá (AP), Manaus (AM), Palmas (TO), Passo Fundo (RS), Pelotas (RS), Petrolina (PE), Porto Velho (RO), Rio Branco (AC), Rio de Janeiro (RJ), São Carlos (SP), Sete Lagoas (MG, Sinop (MT), Sobral (CE) e Teresina (PI).

DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO:134 VAGAS

A Defensoria Pública da União (DPU) lançou edital para preencher 134 vagas para defensor público, cujo salário inicial é de R$ 14,5 mil. A expectativa é que os aprovados sejam nomeados ainda no primeiro semestre. As inscrições estão abertas até o dia 3 de fevereiro em www.cespe.unb.br. A participação custa R$ 120 e é exclusiva aos bacharéis em direito que tenham, no mínimo, dois anos de atividades jurídicas e inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A comprovação dos requisitos deve ser feita até a posse. Das oportunidades, sete foram reservadas para portadores de necessidades especiais, o que equivale a 5% das vagas oferecidas. Quem se interessar pelas vagas deve estar preparado para quatro etapas de seleção que exigirão conhecimento profundo das diversas áreas do direito: prova objetiva, discursiva, avaliação oral e avaliação de títulos. Exceto a prova oral, as demais etapas de avaliação serão realizadas em todas as capitais e em Brasília.

SEFIN/RO: SALÁRIOS ATÉ R$ 15 MIL

As inscrições para o concurso público da Secretaria Estadual de Finanças (Sefin), para o cargo de Auditor Fiscal de Tributos Estaduais de Rondônia seguem até 10 de fevereiro. A remuneração inicial de um auditor fiscal é de R$ 10.962,10 podendo chegar a R$ 15.000,00. Estão sendo disponibilizadas 50 vagas neste certame, sendo que desse total cinco estão reservadas para portadores de deficiência física. A inscrição só poderá ser feita pela internet, através do site da Secretaria de Estado de Finanças (SEFIN) www.sefin.ro.gov.br. O formulário de inscrição deverá ser impresso para o pagamento do valor da taxa que poderá ser pago nas casas lotéricas, correios e nas seguintes agências bancárias: Bradesco CEF, BB e Basa.

OLTA ÀS AULAS

MATERIAL ESCOLAR PESA N Especialistas ensinam que fazer as compras nas proximidades de casa pode ser

Marcos Antéro Sóter Depois das festas de fim de ano, vêm janeiro e fevereiro com uma enxurrada de contas extras. Além dos gastos com férias e as faturas dos presentes de Natal, é a hora de comprar o material escolar das crianças e, antes mesmo de se recompor das dívidas dos dois primeiros meses do ano, vem abril e com ele a hora de pagar o IPTU e IPVA. Por isso, especialistas em economia doméstica aconselham paciência, muita paciência e análise das promoções, ofertas e preços na hora de comprar o material escolar. Uma das recomendações bate, inclusive, na tese de que se deve procurar onde vende mais barato. Ela ensina que, antes do preço, os pais devem observar outras questões como tempo de deslocamento, estacionamento - se for o caso - meio de transporte, prazos e a distância entre a residência e o local da compra. Para muitos especialistas, uma diferença de R$ 0,10, por exemplo, em um determinado item, não justifica o deslocamento, pois no final a compra sai ainda mais caro, a não ser, é claro, que o estabelecimento comercial esteja localizado em uma rua ou avenida que faz parte de seu roteiro original. Os pais e alunos que moram na região do Paranoá, Itapoã e condomínios próximos, a se cumprir o que ensinam os especialistas, devem optar por fazer as compras nos fins de semana no comércio local, que conta com boas casas do ramo, inclusive com preços competitivos. Entre as razões estão a proximida-

P

de, portanto menos consumo de combustível, facilidade de estacionamento, o que pode evitar multas como ocorre, por exemplo, em lojas do Plano Piloto, reduzindo, desta forma o custo final das compras. Ainda assim sempre restam dúvidas. Como equilibrar todas as contas, os impostos, sem ficar no vermelho? O melhor é pagar à vista ou parcelar? O educador em finanças, Reinaldo Domingos explica que a resposta depende da situação financeira de cada um. "É importante ter o cuidado de verificar: Se a pessoa não tem dinheiro, a opção é parcelar. No entanto, se ela tem o dinheiro, pagar a vista é o correto", ensina Domingos. De acordo com o especialista, o parcelamento é a melhor opção para os endividados e para as pessoas que não têm dinheiro sobrando. Ele recomenda o pagamento à vista apenas para quem dispõe de uma poupança. PROCON - No Distrito Federal, para facilitar o trabalho dos pais, o Procon realiza, anualmente, uma pesquisa de preços. A de 2010 já está sendo divulgada através do site da instituição. No ano anterior, o Procon pesquisou cerca de 130 itens em oito papelarias distintas. O valor médio da lista encontrado após o estudo foi de R$ 863,73. A diferença entre a combinação mais cara e a mais barata ficou em R$ 312,84 - preço equivalente a economia do consumidor que pesquisou antes de comprar. A variação de preços entre as lojas pode ser gritante. Uma borracha da mesma marca e do mesmo tamanho custava

Rafael, proprietário da Casa Oliveira Shopping, acredita que a diferença um sonho ao escolher o que usar na escola”,

R$ 0,09 em uma papelaria e R$ 1,15 em outra. Apesar de o preço variar muito de uma loja para a outra, a qualidade é item fundamental principalmente para quem está iniciando os estudos. Um dos gastos típicos do início do ano é com o material escolar. Para não pagar mais do que o necessário nos itens solicitados pela escola, os pais devem pesquisar E essa é a primeira dica, pesquisar sempre. Além disso, o Procon sugere que os pais confiram o que sobrou em bom estado do material usado no ano anterior para reaproveita-los e só depois sair para as compras. Caso sobrem, os produtos guardados na escola também podem ser reaproveitados, para o

próprio aluno ou irmãos em séries anteriores. D ESCONTOS - Segundo a proprietária da Papelaria A Estudante, Maria de Fátima, a melhor maneira de os clientes conseguirem desconto é levar um orçamento por escrito de outra loja. "Com os valores em mãos podemos negociar melhor com os clientes aqui nós temos muitos produtos com ótimos preços", disse. Sobre a diferença dos preços, Rafael, proprietário da Casa Oliveira Shopping, acredita que os preços variam conforme a qualidade do produto. Para ele, alguns lápis podem ser mais caros que outros e aparentemente são iguais, mas a qualidade dos produtos usados na fabricação

REVENÇÃO

MENINAS SÃO FOCO DE CAMPANHA CONTRA AIDS Durante o Carnaval de 2010, o Ministério da Saúde vai priorizar a campanha de prevenção à Aids no grupo de meninas de 13 a 19 anos. O motivo é o crescimento de casos entre as garotas dessa faixa etária nos últimos anos. Segundo o último Boletim Epidemiológico da Aids e de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), divulgado em novembro, foram registrados mais casos entre as garotas dessa idade em relação aos meninos desde 1998. Atualmente, a cada 8 meninos infectados existem 10 casos de meninas. Antes, a proporção eram 10 mulheres para cada grupo de 15 homens. Segundo o diretor-adjunto do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, Eduardo Barbosa, a maioria dos jovens busca o preservativo na primeira relação sexual. Mas quando o relacionamento fica estável, o uso da camisinha é deixado de lado. "Na medida que vão tendo confiança no companheiro abandonam o preservativo", disse Barbosa, em entrevista à Agência Brasil. Com veiculação nas emissoras de televisão e rádio, a campanha vai orientar os jovens

Segundo o último Boletim Epidemiológico da Aids e DST, foram registrados mais casos entre as garotas de 13 a 19 anos em relação aos meninos desde 98 nas cidades do Distrito Federal sobre as formas de contágio da doença e os cuidados para a prevenção, além da distribuição de camisinhas nos sambódromos e blocos de rua. O Ministério da Saúde já encomendou 1,2 bilhão de preservativos para ações da pasta no decorrer dos próximos dois anos, conforme Barbosa. Uma das políticas do ministério para o público de 13 a 24 anos de idade é o programa Saúde e Prevenção nas

Escolas, em que o estudante recebe orientações sobre o contágio, sintomas, prevenção, tratamento e como viver com o vírus HIV. Conforme Barbosa, 50.214 escolas públicas e particulares já integram o programa. Em 10 mil, o aluno pega o preservativo no próprio colégio. A decisão de distribuir ou não é tomada pela comunidade escolar. Segundo a representante da Rede Nacional de Adolescen-

tes e Jovens Vivendo com HIV/ Aids, em São Paulo, Micaela Cyrino, poucas escolas da capital paulista entraram no programa. Ela atribui a baixa adesão às diferenças sociais na metrópole e o preconceito da sociedade em falar de sexo com adolescentes. "As pessoas encaram como incentivo ao sexo e não como prevenção", afirmou. A estimativa é que existam 630 mil pessoas infectadas com o vírus HIV no Brasil.


EDUCAÇÃO

– Brasília - DF, 1 a 15 de Janeiro de 2010

I

NCLUSÃO F OTO : D IVULGAÇÃO

NO ORÇAMENTO FAMILIAR menos oneroso, além de evitar transtornos de deslocamentos desnecessários

FOTOS: J.RODRIGUES

Projeto do professor Júlio atende cerca de 250 crianças e jovens no DF

PROJETO SOCIAL

RETIRA CRIANÇAS E JOVENS DAS RUAS DE ITAPOÃ

a dos preços varia conforme a qualidade do produto. “A criança realiza

do lápis podem ser diferentes e afetar no desempenho e durabilidade do mesmo. Fátima lembra que muitos pais anteciparam as compras em dezembro, antes do reajuste de preços em 2010. Porém, neste início de janeiro o movimento ainda está pequeno o que deve crescer até o final de janeiro. Já Rafael observa que enquanto as lojas estão com poucos clientes é mais fácil escolher os produtos por causa da variedade. Na contramão dos que acreditam que levar os filhos para as papelarias pode acarretar aumento do valor final das compras. Fátima diz que os estudantes são peça fundamental na hora das compras. "Os pais compram uma

mochila, por exemplo, quando o filho chega à escola não quer mais e então tem que comprar outra mochila do gosto do filho", disse. Para Rafael, a criança realiza um sonho ao escolher o que usar na escola. Convênios - Algumas escolas têm convênio com papelarias, mas o acordo deve ser apenas uma sugestão de local de compra, já que podem existir preços menores em outros estabelecimentos. (Fonte: Procon) SERVIÇO : Papelaria A Estudante Av Comercial, quadra 13 - Paranoá Tel.: 3369-2882 Papelaria Oliveira Shopping Av. Comercial, quadra 12 Tel.: 3369-2882

Fátima, proprietária da papelaria A Estudante, diz que os estudantes são peça fundamental na hora das compras

Dicas úteis para ir às compras: ! Antes de ir às lojas, verifique o que é possível reaproveitar do ano anterior. Busque aproveitar materiais usados que estejam em boas condições. ! Os preços podem variar muito de um estabelecimento para outro. Por isso, pesquise e negocie descontos. Na hora de optar por compras a prazo, leve em conta as taxas de juros. ! Procure ir às compras com outros pais. Há lojas que dão descontos especiais para compras em grande quantidade. ! Troque livros didáticos com colegas ou parentes de outras séries. ! A escola não pode pedir a compra de materiais de uso coletivo (produtos de higiene e limpeza), exigir produtos de marca específica ou determinar a loja onde o material deve ser comprado. ! Nem sempre o material mais caro e sofisticado é o melhor. Procure comprar somente o necessário. ! Fique de olho nos rótulos de materiais como colas, tintas, pincéis atômicos, fitas adesivas, entre outros, que devem conter informações claras a respeito do fabricante, composição, condições de armazenagem, prazo de validade e se apresentam algum risco ao consumidor.

Por Kassiana Nunes Por entender a necessidade de inclusão social e cultural de crianças e jovens carentes de cidades do DF, o músico Júlio César Pereira Ângelo, 34, não mediu esforços e arregaçou as mangas para colocar em prática a ideia que mais tarde formou o "Coral e Orquestra Meninos do Itapoã". Apaixonado pela música desde pequeno, Júlio César iniciou os estudos musicais aos oito anos de idade, por meio de um projeto social na cidade do Gama (DF), onde nasceu e reside até hoje.Apesar das dificuldades que enfrentou, o músico não desistiu dos sonhos de se profissionalizar, entrando para a Escola de Música de Brasília e,posteriormente, fez curso de Extensão na UnB. Assistindo problemas sociais no DF, Júlio César decidiu dar um ponta pé inicial e oferecer oportunidades à juventude, utilizando como principal ferramenta a música. O coordenador do coral lembra que no início encontrou dificuldades para conseguir um espa-

ço para colocar em prática a ideia que tinha, bem como a captação de recursos para compra e manutenção de instrumentos musicais. O projeto atende, hoje, em torno de 250 alunos do Itapoã, Santa Maria e Gama. Alunos na faixa etária de 6 a 21 anos têm aulas de canto, flauta, violino, percussão, violão, teclado, bateria e de outros instrumentos de sopro e corda. "As crianças que participam do projeto têm uma mudança de comportamento bem notável", afirma Sihmi Jabes, diretora da Escola Classe 01 do Itapoã, local onde são realizados os ensaios na cidade. SERVIÇOS - O Coral e Orquestra Meninos do Itapoã busca apoio por meio de apresentações e doações para compra e manutenção dos instrumentos, além de outras despesas do grupo. Os interessados em ajudar e para maiores informações entrem em contato com o professor Júlio César, pelo número (61) 8571-2262 ou envie um e-mail para julioc.angelo@gmail.com


GERAL

– BRASÍLIA - DF, 1 A 15 DE JANEIRO DE 2010

N ATAL PREMIADO

NATAL PREMIADO ACIP 2010 TERÁ CARRO 0 KM

F INANCIAMENTO F OTO :D IVULGAÇÃO

A diretoria da Associação Comercial, Empresarial e Industrial do Paranoá acertou mais uma vez em sua política de valorização do comércio local. A Campanha Natal Premiado ACIP 2009 foi um sucesso, segundo o presidente, João do Violão. Os números mostram isso. A promoção recebeu a adesão de 65 empresas que distribuíram a seus clientes um total de 250 mil cupons de habilitação ao sorteio de vários prêmios, como três motos Honda CG125, um computador, geladeira, TV de 29', microondas, móveis, utensílios domésticos, tratamento capilar, cestas básicas, ferro elétrico, chapinha entre outros. O sorteio dos prêmios do Natal Premiado ACIP 2009 aconteceu no dia 9/01, na Praça Central, com a presença de empresários e consumidores, estes últimos compareceram na esperança de que seus nomes fossem anunciados. Nem todos os que alí estiveram foram felizardos, mas 53, a exemplo de Arnon Joaquim de Souza, Silvano dos Anjos Faria e Dulce Alves de Souza, foram os ganhadores das três motos Honda CG 125, saíram exultantes com o resultado. O presidente João do Violão lembra que, em 2009, os empresários começaram a aderir à campanha em outubro. "Isso nos ajudou a trabalhar para que a campanha transcorresse dentro da política da Acip, que é a da transparência, honestidade e responsabilidade na condução de nossas ações", afirmou um contente dirigente empresarial. Ele também não se esqueceu de agradecer ao SebraeDF, Faci-DF, Jornal das Cidades, Rádio Paranoá FM, Freedom

FOTO: J. RODRIGUES

As campanhas da Acip contribui para o desenvolvimento comercial, geram empregos além de encentivar o consumidor da região a comprar mais

As inscrições serão feitas entre os dias 30 de janeiro e 2 de fevereiro

BOLSA UNIVERSITÁRIA

ABRE 2 MIL VAGAS PARA ALUNOS DE TODO DF

O presidente da Acip, João do Violão, ladeado por Amilsom, presidente da Associação Comercial do Itapoã, os representantes da Freedom Motos e os dois ganahdores de motos Arnon de Souza e silvano Faria

Moto Honda, Administração Regional, 10ª CPMInd,. Gasol Combustíveis, Cobracam segurança, Aceita (Associação Comercial do Itapoã), entre outras instituições e empresas "pelo importante apoio que emprestaram à nós", disse ele, ao lembrar que"com o sucesso alcançado pela Campanha Natal Premiado ACIP 2009, já estamos nos articulando para que em 2010 tenhamos pelo menos um carro 0 Km entre os prêmios", anunciou. "A Acip pretende, com campanhas deste tipo, incentivar o consumidor a comprar nas empresas comerciais instaladas no Paranoá e em Itapoã, por acreditar que o comércio local tem condições de atender em pé de igualdade com aquelas espalhadas pelo DF.

JL SUPERMERCADO CLIENTES

Busca, também, ajudar o empresariado local a divulgar seus produtos e a melhorar seu desempenho comercial, principalmente em datas comemorativas como Natal, Reveillon, Dia dos Namorados, Dia das Mães, Dias das Crianças, etc. "A realização de campanhas colabora com a realização de ações que visem o aprimoramento empresarial, além de contribuir, também, para com a profissionalização da mãode-obra. A Acip também vê em situações como esta, a oportunidade de buscar uma maior aproximação com seus filiados, premiando, além de seus clientes, o próprio empresário que acaba auferindo lucros devido ao aumento das vendas, gerando riquezas para a economia da cidade".

Durante a realização da campanha, de acordo com João do Violão, há um substancial aumento no número de empregos temporários, com uma parcela significativa se efetivando. Isso é bom para o empresário, é bom para a sociedade e também para a cidade, diz ele. Ao final João do Violão fez questão de agradecer aos diretores da Acip, "em especial ao Juramir Ferreira, o Zico, ao Luiz Costa, a secretária Janaina, representante comercial Diana, Dona Idália, colaboradores, empresários e aos consumidores em geral". A relação com o nome de cada um dos ganhadores está à disposição da comunidade na sede da Associação Comercial, na Quadra 09, Conjunto I, lotes 2 e 3.

tos e indiretos, é oferecer aos clientes do Paranoá, Itapoã e região promoções com responsabilidade e transparência, principalmente quando se trata de uma campanha que envolve várias pessoas e entidades e que tem muitos prêmios de valor, como é o caso da Campanha Natal Premiado realizada pela Associação Comercial", disse Zeca. Na campanha de 2008, das três motos que foram sorteadas duas delas e outros prêmios de menor valor foram entregues para cliente que fizeram compras no JL Supermercado. Em 2009 ano não foi diferente. A moradora Dulce Alves, 71 anos que está no Paranoá desde o ano de 1960 e que atualmente reside na Quadra 16, sempre fez compras no JL Supermercado e não tinha, até aquele momento não tinha ganhado nada, e nesta edição da Campa-

e a universidade (20%). De acordo com o edital do programa, para concorrer o estudante precisa comprovar renda familiar de três salários mínimos e morar no DF há pelo menos cinco anos. Os que conseguirem a bolsa terão que trabalhar quatro horas semanais em serviços comunitários designados pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedest) ou em atividades de extensão universitária. As inscrições são feitas entre os dias 30 de janeiro e 02 de fevereiro.

COMO PARTICIPAR DO PROGRAMA BOLSA UNIVERSITÁRIA Período de Inscrição: 30 de janeiro a 02 de fevereiro de 2010; Inscrições através do site: www.sedest.df.gov.br; Informações: 0800 648 3535; Confira a íntegra do Edital de Chamamento de Candidato nº 30, de 29.12.2009; Requisitos para participar: a) ter concluído o Ensino Médio ou curso equivalente; b) comprovar renda familiar bruta mensal correspondente a, no máximo, 3 (três) salários mínimos; c) comprovar que reside no DFa, no mínimo, 5 (cinco) anos, ininterruptos, contados da data da inscrição no Programa; d) não possuir diploma de graduação e nem se encontrar matriculado em outro curso de ensino superior durante o período em que estiver recebendo a bolsa; e) não possuir qualquer auxílio ou benefício de outra fonte, com a mesma finalidade; f) não ter sido desligado anteriormente do Programa.

ENTREGA DUAS MOTOS PARA CLIENTES

DO JL SUPERMERCADO, O NÚMERO 1 EM PREÇOS BAIXOS, GANHAM MOTOS, COMPUTADORES E OUTROS PRÊMIOS DE MENOR VALOR

No último dia 09 aconteceu na Praça Central da cidade o sorteio da Campanha Natal Premiado, realizada pela Associação Comercial e Industrial do Paranoá em parceria com o JL Supermercado, uma das empresas participantes da campanha que adquiriu mais de 40 mil cupons e distribuiu para os seus clientes. Durante os três meses de campanha ,o cliente que comprava acima de R$ 50,00, além de economizar, recebia um cupom e concorria a três motos Fan 125 e outros 50 prêmios. O JL Supermercado, com os seus 18 anos de existência tem como slogan "o número 1 em preços baixos". Segundo o proprietário José do Vale, o Zeca, a política da empresa, que tem 18 anos em atividade e cujo lema é "o número 1 em preços baixos, além de gerar mais de 150 empregos dire-

O Programa Bolsa Universitária 2010 abre duas mil vagas para quem pretende cursar o ensino superior, mas não consegue pagar sozinhos uma faculdade. Os bolsistas trabalharão quatro horas semanais podendo inclusive ser aos finais de semana - em serviços comunitários e terão 70% da mensalidade pagas pelo GDF. São 25 instituições de ensino e cada aluno precisa arcar com 30% do valor da mensalidade. Os outros 70% serão divididos por meio de uma parceria entre o governo (50%)

nha Natal Premiado acabou sendo uma das pessoas premiadas. Ela informou que comprou no JL Supermercado concorreu com 10 cupons e ganhou uma moto novinha. "É muito importante acreditar e ter fé. "Eu sempre acreditei e sempre fiz as minhas compras aqui, por que no JL Supermercado tem ótimos preços e produtos com qualidades", disse dona Dulce. Já Silvano dos Santos, casado pai de um filho, morador da quadra 31 foi o segundo cliente sorteado com uma moto, ele concorreu com apenas 3 cupons. "Tive muita fé e acreditei na transparência da campanha. Participo de todas as campanhas que o JL e Acip já fizeram, mas nessa eu estava mais confiante", exulta Silvano. Segundo Silvano, "é muito importante que tenha este tipo de campanha nas lojas do Paranoá e

Itapoã, pois é incentivo para o cliente comprar e poder ter chance de ganhar, além disto aquece as vendas, não nos esquecendo que é dando que se recebe" Além das duas motos que saíram para os clientes que compram no JL Supermercado mais 13 clientes foram sorteados com prêmios menores como computador, forno microondas e outros a lista completa o cliente pode conferir no JL Supermercado. "Comprando no JL Supermercadovocê economiza e ainda ganha prêmios este é o compromisso que nós temos com a população do Paranoá e Itapoá e Região. Neste ano o supermercado passará por uma grande reformar que trará só benefícios para os clientes como agilidade, qualidade, conforto e segurança", garante o empresário Zeca..

FOTO:J. R ODRIGUES

Jorge, gerente do JL Supermercado, entrega as chaves das duas motos aos clientes sorteados


POLÍCIA

– BRASÍLIA - DF, 1 A 15 DE JANEIRO DE 2010

P OLÍCIA E SOCIEDADE

P IRATARIA

DVDS E CDS FALSOS SÃO APREENDIDOS NO PARANOÁ AO

PERCEBEREM A PRESENÇA DOS AGENTES DA 6ª CORRERAM E DEIXARAM PARA TRÁS CERCA DE 3 MIL

A 6ª Delegacia de Polícia Civil informou que cerca de três mil CDs e DVDs piratas foram apreendidos no fim da tarde do Dia de Reis (6/1) na avenida Comercial do Paranoá. A polícia, de acordo com o delegado-chefe da DP, Miguel Lucena, chegou aos produtos por meio de denúncias de comerciantes e moradores da cidade, que comunicaram a presença de diversos ambulantes com lançamentos de filmes e sucessos musicais. Os produtos estão retidos na 6ª DP (Paranoá) de onde devem ser encaminhados à justiça para serem destruídos. Ao perceberem a presença da polícia, os ambulantes correram e deixaram para trás os produtos. Ninguém foi preso. De acordo com o delegadochefe da 6ª DP, Miguel Luce-

na, a principal ação é paralisar a circulação de produtos de origem ilegal na cidade. "O importante para nós é não deixar que o produto circule e não prender algumas pessoas sem solucionar o problema", esclarece. Segundo o delegado, Paranoá tem se tornado referência no combate à pirataria por causa do apoio dos moradores. "A nossa ação antipirataria é uma parceria entre a comunidade e os agentes de segurança". DISTRIBUIÇÃO - A polícia já investiga os locais onde são produzidos os artigos piratas. "Não adianta prender centenas de pessoas que vendem nas esquinas sem destruir os pontos distribuidores", justifica Miguel Lucena. "Nós combatemos da pequena pirataria para não chegar à grande".

DP, OS AMBULANTES CDS E DVDS FALSOS

Os ambulantes fugiram deixando DVDs e CDs falsos para trás

A DOLESCÊNCIA

SUDESA

GDF

DÁ POSSE AOS NOVOS CONSELHEIROS TUTELARES As crianças e adolescentes do DF passam a contar com importantes aliados na defesa de seus direitos. Ontem (14), 165 conselheiros tutelares tomaram posse. A maior parte assumirá os 23 conselhos tutelares criados pelo governador José Roberto Arruda em dezembro último. Antes, o DF tinha apenas 10 conselhos e, a agora, conta com 33 unidades. A intenção é cobrir todas as regiões administrativas. Ceilândia, Taguatinga, Planaltina, Brasília, Samambaia e Gama, que apresentam maior demanda, ficaram com dois conselhos tutelares. "Em certas cidades não se justifica a instalação do conselho.," explicou o coordenador de apoio técnico aos conselhos tutelares, Mauricio Albernaz. O Conselho Nacional dos Direitos da Criança e dos Adolescentes recomenda que exista um conselho tutelar para cada 200 mil habitantes. Com uma remuneração de aproximadamente R$ 2,1 mil, os conselheiros tutelares foram eleitos pelo voto direto e

FOTO: MARY LEAL

Os conselheiros tutelares já estão trabalhando em todo o DF vão trabalhar na cidade onde sexual", comentou Mauricio. "Quando comecei a trabaresidem. Maurício Albernaz avalia que a participação ma- lhar no conselho tutelar do ciça da população nas eleições Paranoá, há quatro anos, tínhademonstra um entendimento mos três mil casos. Hoje, atenmaior quanto à importância do demos em torno de sete mil. conselheiro tutelar para a so- Isso mostra que a população ciedade. "Cada vez mais as passou a ter um conhecimenpessoas têm procurado o ser- to maior do papel do conseviço do conselho e denuncia- lheiro tutelar", explicou Manodo mais, desde evasão escolar el Cardoso Magalhães, conseaté um caso grave de abuso lheiro reeleito do Paranoá.

CLONADORES DE CARTÃO SÃO PRESOS

Alessandro Alves Nery, 28,e Leuzanio Neves da Rocha, de 23 anos, foram denunciados por frentistas de um posto de gasolina onde os dois abasteceram o carro utilizando cartões clonados. Os frentistas deram a descrição do veículo e uma equipe de policiais da 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá) começaram as investigações. Alessandro foi preso dia 11, às 20h, na DF-250, onde apresentou documentos e cartões falsos. Ele ajudou a encontrar o comparsa Leuzanio, que é dono de um lava-jato. No estabelecimento, foram apreendidos objetos, computadores

A polícia apreendeu cartões, documentos e outros artigos falsos

e mais cartões falsos. Ambos foram autuados e podem pegar até 4 anos de reclusão. Eles foram encami-

nhados à carceragem do Departamento de Polícia Especializada (DPE) e aguardam decisão judicial.

FLAGRA CRIME CONTRA O MEIO AMBIENTE Fiscais da Subsecretaria de Defesa do Solo e da Água, (Sudesa) atendendo denúncias da Administração Regional do Paranoá, acabaram flagrando Jesus Freire Resende jogando entulhos e lixos dentro de área de preservação ambiental, no lote 5 da chácara Taboquinha, no Paranoá, havia anos. Segundo informações de um servidor da Subsecretaria da Sudesa, Resende mora em São Sebastião mas possui um lote irregular na área de preservação ambiental. O servidor informou ainda que a região das proximidades da chácara Taboquinha foi distribuída pela Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap) anos atrás, porém, as terras tinham um dono. Portanto, o lote de Resente é ilegal. Por meio de uma denúncia sobre a ilegalidade dos lotes, a Sudesa foi chamada para investigar a situação do local. Ao chegarem na chácara Taboquinha, o senhor Resende depositava o entulho numa área de declive. A perícia do Instituto de Criminalística constatou o crime ambiental pela quantidade de lixo acumulado que era aterrado. Depois da confirmação, a equipe da Sudesa conduziu Resende para a Delegacia do Meio Ambiente (Dema), para ser lavrado o auto de prisão em flagrante. Segundo o servidor da Sudesa, o senhor pretendia ampliar a área de seu terreno, e por isso, tentava fazer o nivelamento do declive aterrando entulhos. Ele foi autuado por crime ambiental e pode pegar de um a cinco anos de prisão.

POLÍCIA COMUNITÁRIA: O

COMEÇO

P OR :S ERGIO S ANTOS O assunto que começo agora não é novo, pois a idéia de Polícia Comunitária vem desde o século XIX, quando um lorde inglês chamado Sir Robert Peel fundou a polícia Metropolitana de Londres, (Metropolitan Police), e que em um dos seus princípios, constava o seguinte: "A polícia deve esforça-se para manter constantemente com o povo, um relacionamento que dê a realidade à tradição de que a polícia é o povo e o povo é a polícia"; Dentro desse contexto surge então o embrião da Polícia Comunitária. Segundo Robert Trajanowicz, Polícia Comunitária "É uma filosofia e uma estratégia Organizacional que permite e busca uma parceria entre Policia e Comunidade para juntos tentarem resolver os problemas da criminalidade, violência e desordem, buscando uma melhor qualidade de vida para todos"; A Polícia Comunitária é uma ferramenta que está dando certo em várias cidades do Brasil e do mundo, pois coloca todos os interessados, (polícia que quer oferecer um serviço de melhor qualidade, e comunidade que quer que seus problemas sejam resolvidos) para trabalhem em prol do bem comum. Na atual conjuntura que o país enfrenta a respeito da violência e desordem, se faz necessário que todos estejam engajados em procurar caminhos para que possamos realizar ações que visem melhorar nossa existência enquanto cidadão, e isso só faremos com a união dos Operadores de segurança pública, Governo, Órgãos de justiça e a Comunidade em geral, que irão traçar estratégias para discutirem qual as melhores idéias para serem implantadas nas comunidades para se resolver ou pelo ao menos minimizar (já que onde há seres humanos, há também violência) os problemas de segurança. Sei que a Polícia Comunitária não é panacéia, mas com certeza pode ajudar muito a nossa comunidade, pois promove confiança mútua e cooperação entre a polícia e o cidadão, também é uma oportunidade de podermos estar conhecendo mais a nossa polícia e seu trabalho ao longo do tempo; Com certeza desta forma estaremos trabalhando para garantir uma melhor qualidade de vida para todos. *Sérgio Santos - é policial Militar, lotado na 10ª CPMind, instrutor e promotor de Polícia Comunitária, instrutor do Proerd (Programa Educacional de Resistência às drogas), tem vários cursos na área de Polícia Comunitária, presidente da Liga Desportiva do Paranoá, cursa o 7º semestre de Pedagogia, e o 1º semestre em Tecnologia em Segurança e Ordem Pública).

D ELINQUENCIA INFANTIL

NÚMERO DE ADOLESCENTES NO CRIME CRESCE E ASSUSTA AS AUTORIDADES

O número de adolescentes envolvidos em crimes tem crescido assustadoramente em todo o País, em especial no Distrito Federal. Recentemente um rapaz de 16 anos morreu quando tentava assaltar a cobradora de um micro-ônibus em Santa Maria. O jovem foi um dos responsáveis por engrossar as estatísticas das Polícia Civil no número de menores envolvidos em roubos cometidos em ônibus. De 73 menores identificados em 2007, o número pulou para 148 no ano passado - um aumento de 102%. Os índices de roubos de maneira geral têm preocupado a polícia. Nos dez primeiros meses de 2009, foi constatada a autoria de 1.802 crianças e adolescentes em assaltos a transeuntes. Paranoá é uma das cidades que tem sofrido com constantes assaltos e furtos. Segundo o presidente da Associação Comercial, João do Violão, há em toda a avenida principal e nas entrequadras 1.480 comerciantes, quase todos vítimas de roubo. Em 20 anos, a dona de um mercado na Quadra 13 do Paranoá acredita que já foi assaltada mais de 50 vezes. "Já aconteceu de me roubarem duas vezes no mesmo dia", contou. Ela lembra que cansou de ver

adolescentes entrarem em seu estabelecimento e ameaçarem os funcionários com uma arma de fogo. "São abusados mesmo. Se tiver pouco dinheiro no caixa, eles ainda agridem porque querem mais, e quando voltam são sempre os mesmos. Dá a impressão que nada acontece com eles", disse. Cansada de tantos roubos, ela resolveu instalar equipamentos de segurança pelo mercado. Alarme e 16 câmeras de filmagens monitoram o movimento dentro e fora do comércio - um gasto de mais de R$ 10 mil. Mas nem mesmo as câmeras e o posto policial a 200 metros do local foram suficientes para impedir a ação dos assaltantes no mercado Maré Mansa, na Quadra 13. Em 27 de dezembro do ano passado, assaltantes levaram cerca de R$ 700, que estavam no caixa. Segundo o delegado-chefe da 6ª DP, Miguel Lucena, o menor assalta para manter o vício da droga. O dinheiro do roubo, ele gasta em bocas de fumo, com traficantes. O delegado avalia que tudo começa muito cedo, ainda na infância. A pobreza, aliada à falta de perspectiva de uma vida melhor, faz com que o menor comece praticando pequenos delitos.


INFORME PUBLICITÁRIO

– BRASÍLIA - DF, 1 A 15 DE JANEIRO DE 2010

C AMPANHA

CLIENTES RECEBEM PRÊMIOS DA C OMERCIAL

R EIS

Como acontece todos os anos em datas comemorativas, a Comercial Reis promove sorteios para incentivar os seus clientes e aquecer as vendas.

No último dia 31 a Comercial Reis realizou o sorteio Natal Premiado com mais de 20 prêmios em parceria com várias empresas como Café Santa Clara, Mabel, Refreskant, Café Forte e outros. A campanha de Natal promovida pela Comercial Reis teve início em outubro oferecendo mais de 20 prêmios, o cliente comprava acima de R$ 20,00 e ganhava um cupom para concorrer um destes prêmios. Segundo o empresário José Reis, dono da Comercial Reis,a política da empresa que gera mais de 70 empregos diretos e mais de 350 indiretos, nestes longos anos de atividade sempre foi e continua centrada na comercialização de produtos com qualidade diferenciada para satisfação dos clientes e expansão dos negócios. “A Comercial Reis tem como missão: vender pelo preço justo, ser a melhor alternativa do mercado varejista, primar pela satisfação dos clientes, estabelecer parceria com os fornecedores, investir no desenvolvimento dos colaboradores, atuar em conjunto com a comunidade na busca do bem comum”, diz ele. Reis, como é mais conhecido, destaca, ainda, que a fidelidade do cliente é o maior incentivo para que a empresa invista cada vez mais em qualidade e conforto para todos aqueles que prestigiam sua loja. Segundo ele, o motivo pela qual suas empresas alcançaram o destaque que tem atualmente, tudo isso só foi possível porque, ao longo destes anos

FOTOS: J. RODRIGUES

F IM DE ANO

COMERCIAL REIS DISTRIBUI

BRINQUEDOS PARA AS CRIANÇAS

No dia 31 a Comercial Reis, em parceria com o Café Santa Clara, realizou em frente à loja o sorteio de vários prêmios. Durante o evento foram distribuidos mais de 800 brinquedos e bolas para as crianças e adultos. A dupla Max e Maycon abrilhantou a festa com lindas canções sertanejas. A festa teve início às 10hs e terminou depois das 16hs. Mais de mil pessoas passaram pela Comercial Reis, alguns para desejar muito sucesso e outros para parabenizar pelo trabalho que José Reis vem realizando em benefício da comunidade do Paranoá, Itapoã e região.

Debora Fernanda foi sorteada com uma bicicleta

Mayquelle Machado recebe das de José Reis uma chapinha

Lucilene da Silva, moradora da quadra 29, ganhou um forno

Sulamita Maria, moradora da quadra 32, ganhou um tanquinho

Marcelo Santos recebe das mãos de José Reis o seu prêmio

Grimaldo Cassiano, recebe das mãos do Reis o seu prêmio

José Reis entrega o prêmio a ganhadora Avany Barbosa

Filipe Sampaio foi sorteado com uma bicicleta

Keila Borges recebeu o seu prêmio das mãos de José Reis

Dona Eleny Lima recebe das mãos do Reis o seu prêmio

Alexandre Batista recebeu o seu prêmio das mãos de José Reis

Doralina Alves ganhou um cachorro de pelucia

José Reis entre aos ganhadores dos prêmios da campanha de Natal realizada pela Comercial Reis em atividade, ele e todos os colaboradores dedicaram-se sempre ao cliente “uma atenção especial, diferenciada e que busca a satisfação de todos e não apenas o lucro pelo lucro”. A Comercial Reis, segundo seu proprietário,ainda tem como diferencial a política de oferecer aos clientes do Paranoá, Itapoã e região promoções com responsabilidade e transparência, principalmente quando se trata de uma campanha, “através da qual se pretende premiar, da melhor forma possível, seus clientes com prêmios de valor, como é o caso desta campanha Natal”

disse Reis. Lucilene da Silva, 28 anos moradora da quadra 29, concorreu com apenas um cupom e foi sorteada em forno microondas. "Nasci aqui e é a primeira vez que eu ganho alguma coisa, gostei muito, sempre participei e acreditei na transparência das campanhas promovida pela Comercial Reis", disse ela, ao lembrar que sempre fez suas compras na Comercial Reis, “por que tem ótimos preços e produtos de qualidade”. A dona de casa Avanyr Barbosa, moradora do núcleo rural do Sobradinho dos Melos concorreu com apenas 4

cupons e foi sorteada com um som. "Estou muito contente este, é o meu presente de Natal, veio em boa hora", afirmou com alegria. A Comercial Reis, em todas as datas comemorativas se faz presente na vida dos seus clientes promovendo várias tipos de campanhas e realizando sonhos. O morador que escolhe a Comercial Reis para fazer suas compras, economiza e ainda ganha prêmios. "Temos preços baixos e produtos de qualidade. Este é o compromisso que nós temos com a população do Paranoá, Itapoã e região", garante José Reis.


Jornal das Cidades Edição 105