Page 1

ANO VIII - Nº 159 - BRASÍLIA - DF - 20 A 26 DE JUNHO DE 2011

ADMINISTRAÇÃO

PARA A HISTÓRIA A prefeita de Buritinópolis, Maria Aparecida da Cruz Costa, vem desenvolvendo um trabalho exemplar em prol do município em 2,5 anos de gestão. Várias ações demonstram a sua preocupação em fomentar o progresso. Em setores como saúde, educação, assistência social e infraestrutura, a prefeita Cida implementa medidas que trazem bemestar ao povo. PÁGINAS 14 E 15

C OMUNIDADE RECONHECE TRABALHO DE JOÃO DE DEUS

A prefeitura de Água Fria de Goiás coroou a princesinha do leste goiano com uma festa pela passagem do seu 24ª ano de emancipação. O evento foi realizado no Parque de Exposições e traduziu-se como um valioso presente ao povo. Festa ratificou prestígio do prefeito. PÁGINA 16

CRIANÇAS COM CÂNCER TERÃO TRATAMENTO

No dia 14, o governador do DF, Agnelo Queiroz, assinou contrato de gestão compartilhada do Hospital da Criança José de Alencar, que vai oferecer tratamento a crianças com câncer. Para a compra de equipamentos, o GDF vai liberar mais de R$ 5 milhões. PÁGINA 4

LINDA FESTA LEGISLAÇÃO PARA OS CONCURSOS EM IACIARA

Prefeitura do município do nordeste de Goiás realizou Festa do Divino Espírito Santo e homenageou o ex-prefeito Geraldo Chieira e sua esposa e vice-prefeita Leda Rocha. CAPA DO CADERNO DOS ESTADOS

No dia 15, audiência realizada na Câmara Legislativa debateu a regulamentação dos concursos públicos no DF. "É preciso criar uma lei que proteja os candidatos", defendeu o deputado Professor Israel. PÁGINA 3

DESEMPENHO ESTÁ AQUÉM

MAIS RECURSOS

DO QUE ESPERA A SOCIEDADE Lá se vão seis meses da nova legislatura da Câmara e, segundo observadores, nesse período os deputados passaram em branco. Até agora, nenhum projeto de relevância foi aprovado na Casa de Leis. Apesar da renovação dos seus quadros - 13 deputados estão em seu primeiro mandato - a Câmara caminha a passos de tartaruga. Essa tese é reconhecida pela base aliada e oposicionistas. PÁGINA 3

PARA PROGRAMA

No último dia 16, a presidenta da República, Dilma Rousseff, anunciou o lançamento do programa Minha Casa, Minha Vida 2, em cerimônia no Palácio do Planalto. A meta será construir 2 milhões de unidades habitacionais, entre 2011 e 2014, com investimentos de R$ 125,7 bilhões. PÁGINA 7

Governador Agnelo assina acordo: investimentos para funcionamento do hospital

SÃO SEBASTIÃO ENSINA COMO SE COMEMORA CHEGOU A VEZ UM ANIVERSÁRIO

Foi comemorado o 18º aniversário de São Sebastião que teve o início no dia 20 e foi até ao dia 25 e movimentou um público fantástico que vibrou com várias atrações, sobretudo os shows musicais. Foram seis dias de muita festa. Destque para o bolo comemorativo de 18 metros. PÁGINA 9

DA COMUNIDADE Todas as manhãs de quarta-feira, o administrador regional do Paranoá, Professor Garibel, visita os moradores das quadras da cidade. Esses compromissos fazem parte do programa "Administração de porta em porta". O objetivo do do administrador é ouvir as reivindicações da comunidade. PÁGINA 8

MERCADO DE TRABALHO NO DF PARA A COPA 2014 d Brasília se prepara para a Copa e a qualificação profissional é a maior preocupação. Hoje, cerca de 12 mil pessoas já participam de algum curso voltado para o evento. O número foi divulgado durante audiência pública na Câmara. Para o deputado Agaciel Maia (foto), é importante qualificar a mão-de-obra local para que não seja necessário utilizar pessoal de fora do DF. PÁGINA 5


OPINIÃO

BRASÍLIA - DF, 20 A 26 DE JUNHO DE 2011

E DITORIAL

ITAPOÃ AGUARDA POR MELHORES DIAS

Criada há quase 6 anos e meio (janeiro de 2005), a cidade-satélite de Itapoã convive com velhos e persistentes problemas. O que era um extenso local pontuado por invasores, hoje, a região administrativa cresceu a olhos vistos e possui uma vasta área comercial. Sua população está estimada em 120 mil pessoas. Demograficamente, Itapoã poderia ser comparada a municípios brasileiros de médio porte. A cidade está ávida por crescimento, mas esbarra em gargalos que a impedem de galgar melhor qualidade de vida. O inchaço urbano ocorreu devido à falta de planejamento espacial e de ocupação ordenada do território. Um problema decorrente é a poeira que se levanta em lugar do asfalto. Por incrível que pareça, há quadras sem pavimentação. Segundo o administrador Gesiel Miguel da Silva essas seriam as de número 202, 203, 318, 378 e 379. Há promessas do asfalto. Mas são promessas sujeitas a não serem cumpridas. É um trabalho que não demanda tanto esforço porque cidade é 90% pavimentada. Seus moradores reclamam da poeira ou da lama que invadem suas casas. E aí sobrevêm as doenças, especialmente as respiratórias. Outro antigo apelo é a regularização de terrenos na cidade e condomínios. Sem as escrituras dos imóveis, os moradores não podem pagar pelos terrenos, que são ocupados de forma irregular. Especialmente os condomínios, eles foram criados sem a aprovação prévia das autoridades. Consequência imediata: não existem atas. E assim os cartórios ficam impedidos de expedir os registros. Um verdadeiro impasse que poderia ser resolvido há mais tempo pela Justiça. Enquanto isso, os moradores vivem um estado de clandestinidade. Saindo da questão imobiliária para a segurança pública. É verdade que Itapoã já foi uma terra de "ninguém" onde a bandidagem reinava absoluta. Mas a população ainda não sente totalmente segura em algumas quadras. Contudo, uma verdadeira síndrome se espalhou por toda a capital federal nos últimos meses: a violência sexual contra crianças e adolescentes. O novo secretário da Segurança Pública, Sandro Avelar, deve dedicar especial atenção ao problema, que vem maculando famílias e causando traumas irremediáveis. Itapoã não está imune a essa violência e precisa de reforço da polícia o quanto antes. Além, é claro, dos assaltos à mão armada que podem ser reduzidos ainda mais, com a adoção de um patrulhamento ostensivo. Pavimentação localizada, regularização de imóveis e combate à violência formam um trinômio que incomoda há tempos a população. Resolvidos esses gargalos, a cidade vizinha do Paranoá atrairá investimentos de vários setores da economia. Crescerá de forma continuada, vivendo uma fase de prosperidade. Será um presente aos mais de 100 mil moradores que se orgulham de uma região que viveu tempos muitos difíceis. Agora, falta só o poder público cumprir a sua parte.

A RTIGO

CONTRATAÇÃO DE OBRAS PARA A COPA

*Marcos Túlio de Melo A realização da Copa do Mundo no Brasil é aguardada com muitas expectativas pelo povo brasileiro. Expectativas essas que não se limitam às disputas esportivas, mas se ampliam para a possibilidade de um grande legado econômico e social para a sociedade. Por essa razão, as organizações profissionais e empresariais da engenharia e da arquitetura brasileira estão empenhadas em colaborar na superação de todas as dificuldades para a realização da Copa em nosso País. Preocupa-nos, no entanto, a proposta do governo federal de instituir o Regime Diferenciado de Contratação para obras da Copa das Confederações, Copa do Mundo de 2014 e Olimpíadas, apresentado recentemente na forma de Projeto de Lei de Conversão de Medida Provisória. A proposta tem a aparente finalidade de simplificar os procedimentos de escolha das empresas para a execução de obras necessárias à realização dos referidos eventos, e, dessa forma, introduz normas que contrariam a Lei Federal nº 8.666/ 93; permite a licitação de obras com anteprojetos de engenharia ou com projetos contendo especificações vagas e imprecisas; permite o pregão eletrônico na contratação de obras de engenharia; cria a chamada contratação integrada e prevê a inversão nas fases licitatórias, dentre outras mudanças. O Regime Diferenciado de Contratação, se aprovado, incentivará a realização de licitações sem a perfeita definição dos seus objetos, ou seja, sem a utilização de projetos completos de engenharia. Essa situação é amplamente conhecida pelo controle externo como a principal causa do insucesso das obras públicas e, na realidade, apenas posterga a fase de planejamento para que seja feita, concomitantemente, à fase de execução. É oportuno também esclarecer: o Sobre a inversão das fases licitatórias: a ordem de apresentação das propostas e do seu julgamento antes da verificação das condições de habilitação oferece sérios riscos de contratação de empresa sem aptidões necessárias à execução do objeto. o Sobre a modalidade pregão: não é adequada à contratação de obras e serviços de engenharia, uma vez que não se trata de serviços comuns. A contratação de serviços intelectuais e obras necessita de mais acompanhamento técnico para análise das propostas técnicas e métodos construtivos em função da complexidade da execução. A suposta rapidez na contratação ensejará mais lentidão quando da aferição da capacidade técnica do licitante vencedor e mais gastos com a fiscalização do serviço a ser prestado. o Sobre a contratação integrada: permite que uma mesma empresa seja contratada para elaborar os projetos básico e executivo e para construir a obra; elimina a possibilidade de um desenvolvimento seguro do objeto contratado pela Administração, ao dispensar instrumentos fiscalizatórios e disciplinadores para o acompanhamento da execução da obra. Entendemos, portanto, que as licitações devem ser instauradas já com a existência de Projeto Executivo. Alertamos que a celeridade na realização de obras de engenharia se consegue com planejamento adequado e projetos bem elaborados, antes da licitação, conforme preconizado na Lei Federal nº 8.666/93 que, ao nosso ver, tem plenas condições de utilização para a contratação de qualquer obra pública, inclusive as necessárias à Copa do Mundo ou aos Jogos Olímpicos. O que não se pode aceitar é que, por simples falta de planejamento, permita-se exaurir os prazos hábeis e se realizar contratações de última hora, a qualquer preço. Por fim, em que pese a boa intenção de agilizar as contratações, é inegável que as mudanças propostas contêm dispositivos que podem favorecer desvios e mau uso do dinheiro público, bem como proporcionar questionamentos jurídicos capazes de criar ainda mais obstáculos à efetivação dos procedimentos. Neste sentido, manifestamo-nos contrários às mudanças propostas e sugerimos aos Poderes Executivo e Legislativo uma ampla discussão sobre o tema, com a participação dos segmentos técnicos e da sociedade civil para garantir transparência e controle social sobre os investimentos públicos. Engenheiro civil Marcos Túlio de Melo é presidente do Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea)

Frase da Semana

"São poucos os políticos que sabem fazer política. Mas, quando um intelectual tenta entrar nesse meio, então é o fim do mundo." (JorgeBorges)

POR POROO DIRLEI DIRLEI RIBEIRO RIBEIRO

ARRAIÁ DO VARJÃO I

PROJETO PEDAGÓGICO

O Grupo Folclórico Galera dos Matutos do Varjão está de volta. Formado em 1995, a quadrilha junina ficou alguns anos sem participar dos festejos do DF por falta de apoio. Este ano, os integrantes vão abrilhantar o Arraiá do Varjão, promovido pela administração regional.

Escolas de São Sebastião promoveram trocas de experiências no último dia 17. O objetivo foi o de expor os resultados obtidos nas escolas por meio do projeto político-pedagógico. A Diretoria Regional de Ensino de São Sebastião realiza a I Socialização de Experiências Significativas das Escolas. Existem, ao todo, escolas da rede pública de ensino em São Sebastião.

ARRAIÁ DO VARJÃO II

A equipe abriu inscrições para participação dos moradores, disponibilizando 20 vagas para casais. Os interessados poderão se inscrever na Gerência de Cultura da Administração do Varjão, até o dia 27 de junho. O evento será realizado nos dias 8 e 9 de julho, a partir das 20h, na Praça da Quadra 07, ao lado do Posto Policial, na Avenida Principal.

DIA

DO

SAÚDE NO DF I DE CIDADANIA

I

EXEMPLO

DE CIDADANIA

II

Na festa de aniversário de São Sebastião, uma coisa há de ser registrada: a maneira ordeira que os cidadãos dessa cidade se comportaram. Durante as festividades não houve uma ocorrência sequer. Tudo na santa paz como precisa ser. Que esse exemplo se estenda para todas as cidades. Os moradores exemplares de São Sebastião estão mostrando que, para festejar, não precisa arrumar confusão. Todos saem ganhando quando a paz reina.

SKATE

Vinte e um de junho é considerado o Dia Mundial do Skate, comemorado em cerca de 30 países. No Distrito Federal, praticantes do esporte levaram seus skates para a Câmara Legislativa, onde foram homenageados com sessão solene, às 10 horas. O objetivo da iniciativa, de autoria do deputado Professor Israel Batista, é reconhecer a importância da modalidade que, segundo a Associação de Skate da Capital (ASC), reúne 10 mil adeptos em Brasília e colocar na pauta da Casa reivindicações quanto a políticas públicas voltadas para o esporte.

FEIRAS

EXEMPLO

Outro bom exemplo a ser seguido nesse aniversário de São Sebastião é a diversificação das atrações. O destaque vai para a diversidade cultural - houve apresentações para todos os gostos. Desde oficinas de literatura a desfile cívico, todos apreciaram as atrações. Ponto para a administração regional, que prestigiou a cultura local.

PARTICIPAÇÃO ATIVA

A equipe do Jornal das Cidades tem acompanhado o dia-a-dia da Câmara Legislativa do Distrito Federal e constatou: falta maior participação popular, ou seja, o cidadão tem de cobrar de quem ele ajudou a eleger como seu representante na casa de leis. Para cobrar, não precisa estar necessariamente presente. Existem várias maneiras para exercer a cidadania. Por meio da internet, todo o deputado tem email. E também pode-se ligar na ouvidoria e outras coisas mais. Em muitos casos, a participação popular causa um profundo efeito.

PÚBLICAS

Comissão Geral realizada pelo deputado Chico Vigilante, no dia 19 de abril, para discutir as feiras públicas do Distrito Federal constatou um grande leque de problemas estruturais e administrativos nas feiras em todas as regiões administrativas. A comissão deu origem à realização de uma conferência para debater a criação de uma legislação que regulamente as feiras públicas, inclusive os shoppings feiras.

NÃO À LEGALIZAÇÃO

Evando Garla (PRB) conhece bem a questão da dependência dos malefícios causados pelas drogas. E por isso integra a Força Jovem Brasil, projeto dedicado à prevenção e recuperação de jovens dependentes químicos "A maconha causa dependência. Liberá-la para os nossos jovens é assumir um grande risco de desenvolvimento de sintomas psicóticos e delinqüência entre essas pessoas”, enfatiza.

PASSAGEM

FORA DO

AR

Parece que a Administração do Itapoã não é muita adepta da era digital. Desde que o administrador regional tomou posse, o site do órgão público não é atualizado. E numa recente pesquisa realizada nessa última sextafeira descobrimos que a página na internet da administração está fora do ar. Desde que o administrador Geisel Miguel tomou posse, a autarquia não tem um assessor de imprensa para cuidar da comunicação do órgão. Se o cidadão depender da internet para saber das ações da administração do Itapoã, com certeza vai ficar a ver navios. Desconexão total.

INTERESTADUAL MAIS CARA

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) autorizou, no último dia 24, o reajuste de 5,017% nos coeficientes usados pelas empresas de ônibus interestaduais e internacionais para calcular o preço das tarifas. A Resolução 3.687 foi publicada no Diário Oficial da União e a nova regra passa a valer a partir da meia-noite do dia 1º de julho. De acordo com o órgão, o reajuste a cada 12 meses é previsto nos contratos com as empresas concessionárias dos serviços. Então quem pretende viajar nas férias de julho pelo Brasil precisa reajustar o seu orçamento.

No dia 20, o vice-presidente da Comissão de Defesa Direitos Humanos, Cidadania, Ética e Decoro Parlamentar (CDH), o petebista Cristiano Araújo, reuniu-se com o secretário Rafael de Aguiar Barbosa para tratar da política de tratamento de saúde mental. O encontro decorreu de uma série de encontros e visitas que a comissão realizou ao Hospital São Vicente de Paula.

SAÚDE

NO

DF II

Na reunião, foram discutidas as más condições de atendimento e tratamento dos portadores de transtornos mentais e a implantação de Centros de Atenção Psicossocial (CAPs) no DF. "Não deixaremos de cobrar atenção especial para todos os que sofrem com o sistema precário de atendimento à saúde mental", revelou Cristiano.

LIMPEZA

Uma cidade que pode ser referência em limpeza é a do Varjão. A impressão de quem a visita é das melhores. Além da limpeza constante feita pela administração da cidade, ao que parece os moradores têm colaborado para manter tudo em ordem. Um verdadeiro exemplo de que o cidadão tem de colaborar com o poder público para que os serviços funcionem de forma eficiente e regular.

ALERTA

MÁXIMO

As Polícias Civil e Militar da região do Paranoá e Itapoã precisam ficar de olho: além dos clonadores de cartão atuar livremente na região, há outro problema. Muitos clientes de bancos do Paranoá e Itapoã convivem com o medo da mais nova modalidade de crime - as explosões de caixas eletrônicos, ocorrência que faz parte das páginas policiais de jornais em São Paulo e está virando prática comum no Distrito Federal.

A coluna está aberta a sugestões de pauta, reclamações, críticas, informações, colaborações. Basta entrar em contato através do e-mail: jornaldascidadesdf@gmail.com e também pelo fone (61) 33695066 (fotos também serão aceitas). As colaborações devem conter nome completo, contato e RG. O leitor que desejar falar direto com o colunista pode enviar e-mail para jornaldascidadesdf@gmail.com.

C AR TA DO LEITOR PARQUE PARANOÁ

Faço um apelo quanto à conservação do Parque Paranoá. O jornal sempre foi nosso parceiro e espero contar com essa ajuda. Durante 13 anos, lutamos para a reconstrução do parque e hoje só há degradação. Durante anos, transformamos o parque em um lugar familiar e de lazer para a comunidade. Proponho uma reportagem das condições degradáveis do local. João Batista Morador da Quada 9 - Paranoá

E

X

TRANSPORTE

No Paranoá e Itapoã, o transporte público é uma calamidade. Faltam ônibus e os poucos que circulam sempre estão lotados. O governo prometeu melhora no sistema, mas nada de concreto aconteceu. Por que o GDF não estuda a possibilidade de conceder autorização para o transporte de vans? A população não aguenta mais o descaso e a inércia do Poder Executivo. Ivan Carlos Brasileiro Morador do Paranoá - DF

P

E

D

Esta é uma publicação da: Media One Comunicação e Editora Ltda CNPJ: 04.676.116/0001-04 - Inscrição Estadual: 07.426.563/001-40 Diretor Presidente: José Rodrigues Alves Diretor Financeiro: José Luiz de Brito Jornalista Responsável: Emílio de Faria - DRT 239.723-72 nº 9728 Editor-executivo: Carlos Alberto Pacheco - MTB nº 14.652-SP Repórter: Odirlei Ribeiro Colaboradores: Agnaldo Nunes da Silva, Maria das Graças Silva Pinto Assessoria Jurídica: Dr. Marcondes Paiva - (61) 8407-1986 Diretora de marketing: Élita Lima (61) 8485-9692 - 3369-4480 Representante Comercial nas Prefeituras: Marina Durães (62) 9916-2561 Administração, Redação e Publicidade: Av. Comercial - Quadra 31 -

AS OPINIÕES EMITIDAS NOS ARTIGOS E NAS MATÉRIAS ASSINADAS NÃO EXPRESSAM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO JORNAL. É PERMITIDA A REPRODUÇÃO DAS MATÉRIAS PUBLICADAS DESDE QUE A FONTE SEJA CITADA.

CÂMARA LEGISLATIVA

Nós, eleitores, estamos esperando mais da Câmara Legislativa. Os meios de comunicação deveriam cobrar aquilo que á obrigação do Legislativo, ou seja, legislar. Poucos projetos foram apresentados e a discussão ficam só na base das acusações pessoais - cada um querendo defender os interesses. Cadê as CPIs? É uma vergonha que esta Casa não cumpra seu dever de representar o povo. Arthur dos Santos Morador do Itapoã - DF

I

E

SÃO SEBASTIÃO

Estive no primeiro dia de festas do aniversário de São Sebastião e achei o máximo. Quantas atrações! A administração regional está de parabéns pela organização do evento e shows, todos eles foram uma beleza. Como eu gosto de vários ritmos, há muito tempo eu não me divertia como nessa maravilhosa festa. Bem que aqui no Paranoá poderia ter alguma coisa igual. Seria ótimo. Maria Rita de Souza Moradora da Qd. 32 - Paranoá

N

T

E

Conjunto 23 - Lote 4 - Sala 201 - Paranoá - Brasília-DF - CEP: 71573.100 Telefones: (61) 3369-5066 - (61) 8443-7138 - 3369-4480 Fotolito e Impressão: F. Câmara Gráfica ! Circulação da Edição Impressa: Paranoá, Itapoã, Bairro Alto Colorado, Sobradinho, Planaltina, Varjão, São Sebastião, Jardim Botânico, Lago Sul, Lago Norte, Asa Norte, Asa Sul, Cruzeiro, Guará, Sudoeste, Sia, Câmara Federal e Legislativa, Senado Federal, Ministérios, Autarquias do Governo Federal, Secretarias do GDF. ! Prefeituras Municipais do Goiás: Alvorado do Norte, Simolândia, Buritinópolis, Mambaí, Damianópolis, Posse,, São Domingos, Divinópolis,Jaciara, Nova Roma, Campos Belos, Monte Alegre, Terezina de Goiás, Cavalcante,São João D’Aliança, Alto Paraíso, Água Fria, Águas Lindas, Padre Bernardo, Cocalzinho, Corumbá, Pirinópolis, Valparaizo, Novo Gama, Cidade Ocidental, Luziânia, Cristalina. ! Prefeituras Municipais de Minas Gerais: Cabeceira Grande, Unaí, Paracatu, Arinos, Buritis de Minas.

ENVIE SUAS CRÍTICAS, SUGESTÕES, OPINIÕES, DENÚNCIAS, CARTAS E ARTIGOS , PARA OS NOSSOS ENDEREÇOS ELETRÔNICOS. jornaldascidadesdf@gmail.com imprensajornaldascidadesdf@gmail.com

V ISITE O NOSSO SITE www.jornaldascidadesdf.com.br E FIQUE ATUALIZADO E-mail: jornaldascidades@gmail.com


POLÍTICA

BRASÍLIA - DF, 20 A 26 DE JUNHO DE 2011

S EIS MESES DO LEGISLATIVO FOTO: PEDRO GOULARTE

PALANQUE

CAPITAL

Por J. Rodrigues

FOTO: PEDRO GOULARTE

BLOGS Parlamentares reconhecem desempenho pífio da Casa: tese é falada abertamente entre a base aliada e oposicionistas

DEPUTADOS ADMITEM

BAIXA PRODUTIVIDADE

Segundo parlamentares, Câmara Legislativa ainda não apreciou matérias de interesse da sociedade em seus primeiros 180 dias de atuação Por Odirlei Ribeiro Lá se vão seis meses da nova legislatura da Câmara e, segundo observadores políticos, nesse período os deputados distritais passaram em branco. Até agora, nenhum projeto de grande relevância foi aprovado na Casa de Leis do Distrito Federal. Apesar da renovação dos seus quadros 13 deputados estão em seu primeiro mandato - a Câmara caminha a passos de tartaruga. Essa tese é falada abertamente entre parlamentares da base aliada e oposicionistas. Um dos comentaram sobre essa letargia foi o líder do governo, deputado Wasny de Roure (PT). Segundo ele, o Legislativo não poderá encerrar este semestre sem ter votado um projeto sequer de qualquer parlamentar. "Esta Casa não pode deixar de apreciar as proposições dos deputados, alertou. A deputada da oposição,

Celina Leão (PMN), acompanha o raciocínio do colega e também se manifestou em defesa da votação de projetos de iniciativa dos deputados. "A sociedade irá cobrar, com razão, isso de nós", ressaltou. Um dos temas de absoluta importância que não é votado é o projeto de lei complementar 01/2011, de autoria do Deputado Chico Vigilante (PT). O projeto autoriza a instalação de postos de combustíveis pelos supermercados e hipermercados do DF. De acordo com o deputado, ouvido pela reportagem do Jornal das Cidades, caso a matéria fosse aprovada, haveria uma queda no preço dos combustíveis em cerca de 10%. "Seria um golpe duro nos cartéis de combustíveis que imperam em Brasília", acrescentou. EMENDAS – Porém há emendas ao projeto. E provocam muitas discórdias. Uma delas,

por exemplo, é a de nº 8. No seu parágrafo 1º, artigo 1º, destaca que a lei somente se aplica aos estabelecimentos que obtiverem licença de funcionamento após sua promulgação. "Esta emenda é um golpe no projeto de lei. Não existem mais terrenos para esses empreendimentos em Brasília. Isso é uma vergonha, é uma defesa do cartel", afirmou Chico. Já Israel Batista (PDT) alertou que não aprovar o projeto de lei seria uma vergonha para a Casa e que aprovar a emenda seria um erro gravíssimo. "Precisamos tomar uma atitude agora. Não podemos nos furtar a isso", enfatizou. Roney Nemer (PMDB) afirmou que, como urbanista, não poderia votar pela manutenção da emenda 8. "Não podemos criar reservas de mercado", argumentou. Segundo Vigilante, a emenda tal como está advoga a manuten-

ção do cartel dos combustíveis no DF. E lembrou ao presidente da Casa, deputado Patrício (PT), que se para a aprovação de um projeto de lei é necessário maioria absoluta de votos, ou seja, 13 votos, o mesmo procedimento deve ser aplicado à emenda. Vigilante contou com o endosso dos deputados Wasny de Roure (PT), Chico Leite (PT) e Israel Pinheiro (PDT). Leite, que é promotor de justiça licenciado e presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), fez coro às argumentações de Vigilante. Para ele, o acessório segue o produto principal e deve receber o mesmo tratamento. O deputado Evandro Garla (PRB) afirmou que os distritais têm trabalhando muito nas comissões e em audiências públicas, mas que eles precisam também garantir as votações dos projetos que apresentaram na legislatura.

S ELEÇÃO

CÂMARA DEBATE REGULAMENTAÇÃO NOS CONCURSOS PÚBLICOS NO DF Neste dia 15, audiência realizada na Câmara Legislativa colocou em debate a regulamentação dos concursos públicos no Distrito Federal. Parlamentares, autoridades do Executivo, especialistas da área, concursandos, professores e aprovados que aguardam a nomeação discutiram mudanças nas normas que regem editais e provas de seleção. "É preciso criar, urgentemente, uma lei que proteja os candidatos e também os aprovados. Se isso acontecer no DF, seremos exemplo para todo o País, que ainda não tem legislação para o assunto", argumentou o deputado Professor Israel Batista, autor da iniciativa de promover o debate. Os presentes defenderam ajustes no projeto de lei que tramita na Secretaria de Administração. Entre as propostas defendidas, que visam proteger os candidatos, incluem-se o fim do cadastro reserva, antecedência mínima de 120 dias do lançamento do edital até a realização da primeira prova, a publicação da bibliografia a ser uti-

lizada pela banca examinadora - atualmente, o conteúdo é apresentado de maneira genérica -, entre outras questões. "Nesses seis anos de tramitação, o projeto de lei evoluiu e tem 95% de qualidade e abrangência. Só precisamos acertar alguns detalhes, como esses apontados. A expectativa é grande para que a lei seja aprovada", afirmou o vice-presidente da Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concursos (Anpac), Alexandre Crispi. O projeto de lei precisa partir do Executivo e a ideia é enviar as sugestões de alterações para que, em dois meses, logo após o recesso parlamentar, seja votada a indicação na Câmara Legislativa. Outros pontos discutidos: a nomeação dos candidatos aprovados no número de vagas previstas no edital dentro do prazo de validade do concurso ou se houver prorrogação, o que já é uma realidade reconhecida pelo Superior Tribunal de Justiça. Professor de direito administrativo, Franklin Andrejanini reafirmou a necessidade de

E JORNAIS COMUNITÁRIOS

No último dia 14, o deputado Chico Vigilante (PT) falou sobre a importância dos blogs, que cobrem política na cidade, e disse não se importar com as críticas que esse tipo de mídia faz. Segundo Vigilante, a Câmara precisa prestigiar quem trabalha direito. "Eu não ligo para as críticas. Se o Executivo ou o Legislativo fez algo de errado, tem de publicar mesmo; faz parte da democracia", ressaltou. Segundo algumas fontes ouvidas pelos blogs,

CPI

DO

apesar de ter saído o edital com as regras para liberação da publicidade - da Câmara Legislativa -, há certa má vontade do presidente da Casa, o deputado Patrício (PT), em tramitar a liberação. Em uma ocasião, na conversa com os jornalistas, a deputada da oposição Eliana Pedrosa (DEM), quando questionada sobre assunto falou a seguinte frase. "O Patrício coloca os pés pelas mãos". Será essa frase uma profecia?

PRÓ-DF I

Na última segunda-feira, dia 13, o empresário Reinaldo Vagner Taveira, dono da Casa Forte, depôs na CPI do PróDF. Meio constrangido, ele confirmou ter recebido pedido de R$ 300 mil como pagamento de propina para liberação de processo na Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Taveira prestou seu depoimento em caráter reservado. Segundo a presidente da comissão, deputada Eliana Pedrosa (DEM), o empresário teria afirmado que recebera a proposta de propina de um homem de cabelos grisalhos.

CPI

DO

PRÓ-DF II

Segundo Eliana, Taveira disse que seu processo no Pró-DF acabou sendo recusado. E mais: o empresário alegou que não tinha o nome da pessoa que supostamente tentou o recebimento de propina. Mas comentou que ele dissera que outro empresário daquele ramo pagara a propina, para liberação do proces-

É

so. A sua empresa atua no ramo de materiais de construção. "Esse depoimento nos ajudou a identificar o fio da meada", comentou Eliana Pedrosa. Nesta segunda-feira, 20, às 14 horas, acontecerá a acareação entre o dono da Sermatec, Samuel Mesquita, e o consultor da empresa, João Marcelo, que já depuseram à CPI.

PRA COMEMORAR MESMO?

A Câmara resolveu arregaçar as mangas, sobretudo a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). O seu presidente, deputado Chico Leite (PT), derramou-se em elogios ao trabalho dos nobres colegas no primeiro semestre. Ele apresentou um balanço que considerou excepcional. Nesse período, a CCJ aprovou 82 proposições, rejeitou 43, somando 125 em 14 reuniões ordinárias. E mais nove vetos foram relatados. "É o melhor desempenho da comissão dos últimos tempos", festejou o parlamentar.

TROCA

DE FARPAS

Na sessão do dia 14 de junho da Câmara Legislativa, houve acida troca de farpas entre os distritais Chico Vigilante (PT), da base governista, e das parlamentares da oposição Celina

TROCA

DE FARPAS

I

Leão (PMN) e Liliane Roriz (PRTB). As trocas de acusações começaram quando, no seu discurso, Liliane relatou ser inocente de todas as acusações veiculadas pela grande mídia.

II

No pronunciamento, ela exigiu a Chico Vigilante que apresentasse provas das acusações que fez em uma recente entrevista concedida ao jornal Alô Brasília. A deputada Celina Leão fez um aparte ao discurso da colega - e voltou a cobrar explicações de Chico Vigilante sobre a suposta doação de R$ 100 feitas a sua campanha pela empresa M Brasil.

TROCA

Deputados distritais Professor Israel e Chico Leite: candidatos precisam ser protegidos por uma legislação específica um teor mais técnico e rígido na proposta. "Essas brechas e informações não tão claras prejudicam os candidatos. É preciso uma legislação séria, que proteja os concursandos, dando chances iguais a todos", alegou. João Siqueira, aprovado no

concurso da Polícia Militar em 2009, e ainda não nomeado, participou da audiência pública e afirmou que tais medidas são necessárias para evitar casos como o dele. “Se essa lei tivesse sido aprovada, talvez já estivesse trabalhando”, declarou.

DE FARPAS

De acordo com a parlamentar oposicionista, trata-se de uma empresa fantasma. Ela achou muito estranho toda essa situação, ou seja, receber uma quantia dessas e não saber quem foi o doador e qual a atividade que a empresa que fez. Chico respondeu às acusações, dizendo que as parlamentares oposicionistas não têm moral suficiente para acu-

III

sá-lo e são muito mal assessoradas. "Um desses assessores já afundou um deputado em legislaturas passadas e pelo jeito vai afundar mais um", afirmou, aumentando o tom do debate.Liliane devolveu o pronunciamento. "O Chico Vigilante não honra as calças que usa", respondeu a deputada, arrancando gargalhadas de todos os presentes.


CIDADES

BRASÍLIA - DF, 20 A 26 DE JUNHO DE 2011

S AÚDE

PARCELAMENTO IRREGULAR NA AGUILHADA

Agnelo assina contrato de gestão com a Abrace: acordo tem de validade de 60 dias e pode ser renovado por igual período

GOVERNADOR INAUGURA HOSPITAL DA CRIANÇA Instituição terá gestão compartilhada com entidade e irá oferecer tratamento a crianças portadoras de câncer e hemopatias graves

No último dia 14, o governador Agnelo Queiroz assinou contrato de gestão compartilhada do Hospital da Criança José Alencar, que vai oferecer tratamento a crianças com câncer e hemopatias graves. A parceria foi firmada entre o Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Secretaria de Saúde, e a Associação Brasileira de Assistência às Famílias de Crianças Portadora de Câncer e Hemopatias (Abrace). O acordo inicial tem validade de 60 meses e pode ser renovado por igual período. Para a aquisição de equipa-

mentos, o GDF vai liberar R$ 5,715 milhões. Haverá também verba para tratamento dos pacientes. "Vamos disponibilizar profissionais de saúde qualificados e repassaremos mensalmente R$ 4,45 milhões ao hospital, durante a vigência do contrato, para o programa de assistência à saúde", anunciou o governador. "Nossa meta é ser referência nacional e internacional no tratamento e na assistência a crianças com câncer e hemopatias graves", declarou Agnelo. Ao se dirigir à viúva de Alencar, Mariza Gomes da Silva, o governador destacou o simbo-

lismo de dar ao hospital o nome do ex-vice-presidente. "José Alencar é sinônimo de luta pela vida. Com essa inauguração, estamos realizando um sonho e eternizando o nome dele", afirmou Agnelo. Para Ilza Peliz, presidente da Abrace, "José Alencar e Mariza são exemplos de humanidade e solidariedade. Dona Mariza é madrinha da Abrace e Alencar fez várias doações de equipamentos e recursos para a instituição, inclusive durante os períodos mais difíceis de seu tratamento". Além da assinatura do contrato de gestão, foi realizada

A SMA

uma missa e inaugurado um busto em homenagem a Alencar. "Agradeço a todos os que rezaram e nos deram força durante esse tempo", disse Mariza. Entre os presentes estavam a primeira-dama do DF, Ilza Queiroz, a mãe do governador, Alaíde Queiroz, o filho de José Alencar, Josué Gomes da Silva, a mulher do vice-presidente Michel Temer, Marcela Temer, a ministra do Supremo Tribunal Federal, Ellen Gracie, o vice-governador Tadeu Filippelli, o pároco Rodrigo Amaral e várias outras autoridades públicas do Distrito Federal.

P RÊMIO J OVEM CIENTISTA ABRE

INSCRIÇÕES

Secretário Rafael de Aguiar Barbosa discursa na abertura da Semana de Combate à Asma

DOENÇA INFLAMATÓRIA EXIGE

MUITO CUIDADO NO INVERNO Apesar do frio rigoroso já registrado em grande parte do país, o inverno brasileiro começou no dia 21 - data que também marca o Dia Nacional de Combate à Asma. De acordo com o pneumologista e presidente da Iniciativa Global contra a Asma, Rafael Stelmach, pessoas alérgicas devem redobrar os cuidados durante o período de baixas temperaturas e ar seco. Qualquer descuido pode implicar em graves consequências. Em entrevista à Agência Brasil, ele explicou que a asma é uma doença inflamatória das vias aéreas, geralmente associada a alergias transmitidas geneticamente. Quando a pessoa com essa condição se expõe a fatores externos como poeira, mofo e fumaça, surgem sintomas como tosse seca, chiado no peito e falta constante de ar. Baratas, animais domésticos, perfumes, produtos de limpeza e mudanças de temperatura também podem desencadear uma crise. Outro alerta é para o aumento de casos de virose registrados durante o inverno. Uma simples gripe em pessoas asmáti-

cas geralmente precede as crises. Stelmach destacou que a doença, por se tratar de uma condição geneticamente determinada, não tem cura, mas precisa ser controlada por meio de tratamento. Para quem tem crises pelo menos uma vez por semana, a orientação é inalar diariamente anti-inflamatórios à base de corticoide. O controle deve ser similar ao de uma doença crônica como o diabetes e a hipertensão. Dados da Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia indicam que a asma afeta entre 10% e 25% da população brasileira, sendo responsável anualmente por 400 mil internações hospitalares e 2.500 óbitos. SEMANA - A Secretaria de Saúde do Distrito Federal promoveu na quarta-feira, dia 15, a abertura da VII Semana de Combate à Asma, no auditório do Hospital de Base do DF, com a presença do secretário de Saúde, Rafael de Aguiar Barbosa, da madrinha da campanha, Marcela Temer, dos padrinhos Darlan Rosa e presidente da Câmara Legislativa do DF, deputado Patrício, além de

esportistas e outras autoridades. O evento reuniu especialistas, profissionais de saúde e pacientes para debater o tema e traçar estratégias de atuação. Em todo o Distrito Federal foram realizadas palestras sobre a doença, começando no dia 13 de junho. Esses encontros aconteceram até o dia 21, além da VII Caminhada dos Asmáticos, dia 19, no Parque da Cidade, em frente ao estacionamento 12. PROBLEMA DE SAÚDE PÚBLICA - A coordenadora do programa de Combate à Asma, Marta Guidacci, disse durante a solenidade que a enfermidade é de prevalência crescente e já adquire dimensões de um problema de saúde pública. A estimativa é que 20% da população mundial seja portadora de asma. Segundo ela, a boa notícia é que após a criação do Programa em 1999, as internações de asma foram reduzidas em 66%, o que equivale a uma economia de quase R$ 1,4 milhão para o Sistema único de Saúde, somente em 2010. A expectativa é que esses números se mantenham nos próximos anos.

Estudantes dos ensinos médio e superior e graduados das mais diversas áreas do conhecimento podem se inscrever na 25ª edição do Prêmio Jovem Cientista, que este ano tem como tema as cidades sustentáveis. O prêmio ajuda a dar visibilidade à produção científica no Brasil. O reitor da Universidade de Brasília (UnB), José Geraldo de Souza, disse que, este ano, o prêmio abrirá muito mais oportunidades aos pesquisadores, tal a amplitude do tema, que envolve urbanização, meio ambiente, gestão das águas urbanas, entre outros. A doutora em arquitetura Marta Adriana Bustos Romero ressaltou a relevância do tema, envolvendo questões urgentes para a sociedade. "A importância do prêmio se dá a partir do momento que buscamos melhores condições de vida". Para inscrever trabalhos ou buscar informações, basta acessar a página do Prêmio Jovem Cientista na internet. Para quem deseja participar, o trabalho deve ter, no mínimo, três e, no máximo, dez páginas. O texto deve ser em fonte Times New Roman, corpo 12, e espaçamento 1,5. Deve conter a apresentação (problema, justificativa e objetivos), desenvolvimento (pesquisa e análise), conclusão (resultado da pesquisa) e referências bibliográficas. As instruções podem ser solicitadas pelo seguinte enedereço: jovemcientista@frm.org.br. Já o quesito básico para quem deseja se inscrever varia segundo a categoria. Depois do processo de inscrição é só aguardar. Até março de 2012, a publicação das pesquisas premiadas serão divulgada no jovemcientista.cnpq.br. Além de imprimir certificado de participação, os vencedores e as três escolas dos estudantes do ensino médio premiados recebem laptops e impressoras a título de reconhecimento pela participação de seus alunos. Já na categoria mérito institucional, o vencedor ganha R$ 35 mil.

Nos últimos dias 13 e 14, o Comitê de Combate ao Uso Irregular do Solo realizou operação para erradicar e conter invasão de área pública e descaracterizar parcelamento irregular do solo na Aguilhada, em São Sebastião. A operação é coordenada pela Secretaria da Ordem Pública e Social (Seops) e Agência de Fiscalização (Agefis). Segundo a secretaria, 174 edificações em

FEIRA CULTURAL

NO

madeira foram removidas. Além disso, houve também remoção de 6 mil metros lineares de cerca e duas mudanças foram realizadas. Os agentes verificaram que dentro de uma das habitações havia uma espingarda calibre 22. A ação aconteceu no Assentamento 1º de julho, na Fazenda Quilombo - pertencente à Secretaria de Agricultura do Distrito Federal.

VARJÃO

Sob as bênçãos da Administração Regional do Varjão, na sexta-feira, dia 16, aconteceu a abertura da Feira Cultural. O evento teve início às 20 horas no Galpão de Eventos, na entrada da cidade. Um bom público compareceu para assistir à apresentação da dupla sertaneja Diney Alexandre e Fabiano e de dois DJs. Segundo o administrador José Maria Martins, o objetivo da feira é proporcionar à comunidade diversão e cultura com a proposta de reunir em um mesmo local o trabalho de artistas da região para que sejam divulgados.

NOVA

SEDE DOS BOMBEIROS NO

Na manhã do dia 16, o governador do DF, Agnelo Queiroz, foi ao Guará para inaugurar a nova sede do 13º Grupamento de Bombeiros Militar. A estrutura, que era de material pré-moldado, começou a ser reformada para dar mais conforto à corporação. O GDF deve entregar ainda, nos pró-

GUARÁ

ximos meses, outras oito unidades, além de realizar concurso para praças e oficiais. A nova sede abriga 68 militares e beneficiará também a comunidade, que poderá realizar no local atividades de ginástica para a melhor idade e taekwondo para jovens do projeto Atletas do Futuro.

GAMA UNIDO CONTRA O CRACK

Neste domingo, dia 19, a Administração Regional do Gama lança uma campanha de prevenção ao uso do crack na Pista de Skate Park, na entrada da cidade. Como se sabe, a droga possui um alto grau de dependência e pode levar à morte. Com o slogan "Gama contra o Crack: Tire essa Pedra do seu Caminho", a iniciativa pretende alertar a população, sobretudo os jovens, para os riscos e consequências do consumo do entorpecente.

RAIOS X

DE

SANTA MARIA

No dia 16, a Codeplan divulgou dados da Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios de Santa Maria. Eis alguns indicativos: o número de domicílios urbanos estimados é de 30.464 e a média de moradores por domicílio é de 3,79 pessoas. O tipo de residência predominante é a casa. Quase todos

os moradores têm acesso aos serviços de infraestrutura 99,7% contam com ruas asfaltadas; 98% com meiosfios; 99,8%, iluminação pública e 99,5% com rede de água pluvial. A renda domiciliar média é de R$ 2.464 mil (4,5 salários mínimos) e a renda per capita é de R$ 725 (1,3 SM).

DENGUE: LAGO NORTE A Administração do Lago Norte não dá trégua ao mosquito da dengue. Em abril, a Vigilância Ambiental registrou índice de infestação predial de 4,71%. Em maio, o percentual caiu para 1,5%, ou seja, a cada cem casas verificou-se a presença do

ESTÁ ATENTO

mosquito em duas delas. O chefe do Núcleo Regional de Vigilância Ambiental, Edmilton Alves César, diz que é preciso manter-se atento e recomenda atenção especial nos maiores criadores do Aedes aegypty, como piscinas e vasos de plantas.

ANIVERSÁRIO DE 52 ANOS DO SIA O Setor de Indústria e Abastecimento irá completar 52 anos de existência em julho. A cidade é considera o maior pólo industrial e arrecadador de impostos do Distrito Federal. A Administração Regional está cuidando dos preparativos da festa. O administrador Edson Buscácio revelou à imprensa que irá presentear a cidade com obras. Ele prevê a realização de vários cursos e workshops aos empresários e funcionários do SIA. Ele prevê a realização de vários cursos e workshops aos empresários e funcionários do setor.


G E R A L

BRASÍLIA - DF, 20 A 26 DE JUNHO DE 2011

C OPA DE 2014

F

QUALIFICAÇÃO

ESTA

É TEMA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA Câmara Legislativa realiza debate que discute a oportunidade única de se inserir Brasília, uma das sedes da Copa, no cenário turístico mundial

A Câmara Legislativa do DF promoveu na noite da última terça-feira, dia 21, audiência pública para debater a qualificação profissional para a Copa de 2014, uma iniciativa do deputado Agaciel Maia e da deputada Eliana Pedrosa Recentemente, o Ministério do Turismo anunciou que 230 mil brasileiros terão acesso aos cursos do Programa Bem Receber Copa, entre 2011 e 2013, que pretende contemplar profissionais de três segmentos: alimentação, meios de hospedagem e agentes de receptivo. O investimento para o programa será de R$ 257,7 milhões. “Vamos qualificar cerca de 300 mil profissionais que já trabalham na área de turismo”, explicou, em seu discurso, Freda Dias, coordenadora geral de qualificação da Secretaria Nacional do Programa de Desenvolvimento do Turismo do Ministério do Turismo, presente ao evento. Entre as ações do Ministério de Turismo está a realização de cursos online de espanhol e inglês e de gestão empresarial para pequenas e microempresas ligadas ao turismo. No ano da Copa, a previsão é que o número de visitantes estrangeiros no país chegue a 7,2 milhões. Já o número de brasileiros que devem viajar dentro do país durante o evento deve chegar a três milhões. No Distrito Federal, o objetivo é qualificar através do Programa ProJovem Trabalhador cinco mil jovens entre 18 e 29 anos, desempregados e de famílias com renda de até um salário mínimo. O investimento para implementação do programa será de R$ 11 milhões, oriundos do Ministério do Trabalho e Emprego. Os cursos terão duração de seis meses, com carga de 350 horas, período em que os jo-

Durante o evento, irão desfilar nomes consagrados da montaria

EM JULHO, A ATRAÇÃO É A BRASÍLIA RODEIO SHOW

Agaciel e Eliana Pedrosa: DF tem tudo para promovover maior evento do futebol no mundo vens receberão uma bolsa mensal de R$ 100,00, um kit com material didático, transporte, lanche e seguro de vida. “A qualificação profissional abre portas para esses jovens, dandolhes oportunidade de se inserir no mercado de trabalho”, disse o deputado Agaciel Maia, lembrando que, no entanto, cerca de 89 mil alunos estudam nas escolas públicas do DF e é preciso muito mais para fazer uma grande revolução. “Tenho dito constantemente e já falei, inclusive, com o governador Agnelo sobre essa oportunidade de implementarmos cursos profissionalizantes para jovens de 14 a 18 anos”. Segundo o deputado Agaciel

Maia, os alunos nas escolas públicas “poderiam estar sendo profissionalizados no horário inverso ao que estudam, para que tenham oportunidade no mercado de trabalho. Uma parceria público-privado poderia estar sendo firmada. Os jovens precisam ter uma ocupação profissional e uma remuneração”, frisou o parlamentar, lembrando que hoje apenas 20% das vagas de trabalho são preenchidas, “justamente por falta de qualificação”, reforçou. O presidente da Fecomércio, Aldemir Santana, que também participou do debate, fez uma pequena retrospectiva da atuação do Senac e do Senai e

J IU JITSU

os cursos que serão implantados, visando a qualificação para a Copa de 2014. “Dezesseis mil pessoas deverão ser atendidas”. Participaram da discussão: o coordenador de Assuntos Legislativo do GDF, Wilmar Lacerda, a representante do Ministério do Turismo, Freda Dias, a diretora de qualificação profissional da secretaria do Trabalho, Veruska Alves, o presidente da Fecomércio, Aldemir Santana, o secretário de Turismo do DF, Luiz Otávio Neves, o representante da CBF, Weber Magalhães, os deputados Israel Batista e Evandro Garla e representantes de diversos segmentos da sociedade.

G OVERNO

ATLETAS DO VARJÃO GANHAM

SAI EM DEFESA DAS DOMÉSTICAS

Da Redação No último dia 12, seis alunos de jiu jitsu do Varjão que participaram da primeira etapa 2011 do Campeonato Brasiliense levaram para casa três medalhas de prata e mais três de ouro, com destaque para o campeão Gustavo Ferreira, primeiro lugar com três lutas e sem nenhuma pontuação adversária. O excelente desempenho deve-se ao projeto Gracie Barra desenvolvido pelos professores Vanderson Matias e Nielsen Nunes, o "Grilo", com o apoio da Administração Regional do Varjão. Em 2010, os alunos do projeto participaram do primeiro Campeonato Mundial em São Paulo com vitória da aluna Taiane Rosa Lima. Ela representou Varjão e trouxe na bagagem a medalha de ouro. No Campeonato Centro-Oeste Goiano, 17 atletas do projeto garantiram dez medalhas de ouro e prata; e no Panamericano, oito alunos que representaram a cidade, conquistaram três medalhas de ouro e cinco de prata. Agora, a equipe procura patrocínio para participar do Open Internacional no Rio de Janeiro, no dia 23 de julho. "Estamos em busca de apoiadores para nos ajudar com passagens, alimentação e hospedagem nos três dias de campeonato", ressaltou o professor Vanderson. No Varjão, o pro-

No dia 20, o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, disse que o governo estuda meios para incentivar patrões a assinarem a carteira de trabalho de empregadas domésticas. Na última semana, a Organização Internacional do Trabalho aprovou recomendação aos países membros que deem às domésticas os mesmo direitos garantidos a todos os trabalhadores. O ministro afirmou que um projeto regulamentando a questão está sendo estudado pelo governo e pode seguir os moldes do Simples - regime facilitado de impostos para micro e pequenas empresas. Lupi afirmou mais cedo, no Rio de Janeiro, que o projeto que regulamenta a questão deve ser apresentado à presidente Dilma Rousseff até o fim deste ano. "Não basta apenas ter a resolução aprovada, é hipocrisia dizer que empregadas são da família e não pagar seus direitos. Temos que encontrar mecanismos que motivem as famílias a assinar esses contratos, que vão desde incentivos fiscais no imposto de renda, menor alíquota do INSS e discutir também uma menor alíquota do FGTS. Depois dessa decisão da OIT, a gente vai criar mecanismos que façam com que aconteça de fato essa contratação. Temos cerca de 7 milhões de empregadas domésticas, somente 10% com carteira assinada", estimou.

MEDALHAS EM CAMPEONATO E

Lutadores e suas medalhas: cidade representada à altura em torneio realizado no DF: equipe precisa de patrocínio jeto atende a cerca de 50 alunos, entre crianças, jovens e adultos. As aulas ministradas, de forma voluntária pelo professor Vanderson, são realizadas de segunda a sexta-feira, das 18 às 22 horas, no espaço da Creche Comunitária. "Não recebemos pelas aulas, fazemos o trabalho com amor e como forma de retribuição ao que este esporte já fez por nós", explica o professor, Segundo ele, como alguns alunos não têm condição de comprar o kimono para praticar as aulas, o projeto busca parceria de empresas para a aquisição dos uniformes.

Vanderson, que treina com o professor Grilo, conta que as aulas tiveram início em 2004 por meio de um projeto do Uniceub, mas, com a saída do professor Rodrigo Carvalho, coordenador do programa, surgiu a idéia de fundar no Varjão uma unidade da Gracie Barra. Trata-se de uma academia existente em todo o Brasil e em várias partes do mundo, com filosofia própria e relacionada à história da família Gracie, fundadora do jiu jitsu no Brasil. Em um ano, o projeto vem se destacado pelo número de vitórias obtidas pelos alunos do Varjão.

Tradicional evento da capital federal, o Brasília Rodeio Show será realizado entre os dias 7 e 10 de julho no Parque Leão. Ali, irão desfilar os grandes nomes da montaria. Quem vencer, garantirá vaga no Circuito em Barretos. Provas de montaria em bois e a prova dos Três Tambores são organizadas pela Liga Nacional de Rodeio (LNR), garantindo a seriedade e a diversão para os amantes do rodeio e da chamada cultura country. Além da disputa na arena, o público vai conferir shows de Milionário & José Rico, Calcinha Preta, Pisirico, Nashville e Reginho, entre outras atrações já confirmadas. Outra atração da festa será o campeonato de MMA (arte marcial mista). No sábado, o público vai assistir às lutas com presença de nomes como Felipe Teixeira, Marcelo Tigre e Pedro Galiza. O vencedor do torneio receberá o

T

cinturão do MMA do Circuito Barretos de Rodeio das mãos de Juju Panicat, madrinha da Etapa Brasília do MMA e do Brasília Rodeio Show e assistente de palco do programa Pânico Na TV! O árbitro do UFC Mario Yamasaki também acompanhará as lutas no octógono. A fim de garantir tranqüilidade e conforto público, haverá uma entrada independente. Para os portadores de necessidades especiais, será oferecido um camarote exclusivo e adaptado. Além disso, a quinta-feira, 7, é voltada a ações de cunho social. A partir das 9 horas, o Parque Leão abre as portas para o atendimento gratuito à comunidade. Procon, Detran e Delegacia de Atendimento à Mulher montam postos para orientar e tirar dúvidas da população. Pela manhã e à tarde, 12 bandas do Disitrito Federal se apresentam.

URISMO

S ETOR

APRESENTA VISÍVEL CRESCIMENTO NO DF

A Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) anunciou recentemente os resultados do estudo "O Emprego do Turismo no DF e o Perfil da Mão-de-Obra Ocupada nesse Setor". O estudo, realizado com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e a Secretaria de Estado de Turismo (Setur), apresentou os números do setor em 2009, quando o DF registrou 23.588 empregos formais, cerca de 3,8% dos empregos gerados em todas as áreas. No campo das Atividades Características do Turismo (ACTs), o Distrito Federal obteve entre 2002 e 2009 um crescimento de 48%, em relação ao emprego formal, o que significa 7,7 mil novos empregos. Esse crescimento está acima da média do Centro-Oeste, que é de 38%, e da média nacional, que foi de 36%. Os empregos gerados no DF representam 2,6% dos números do País e 34% da região. Na região Centro-Oeste, o número de empregos gerados no período só foi menor do que o de Goiás, que registrou 26,5

mil empregos formais. O crescimento de Goiás ficou em 26%. Caso esses índices se mantenham, o DF deverá superar Goiás no número de empregos formais no turismo. Os serviços de transportes são os que mais contribuem com empregos formais no turismo no Distrito Federal, com um total de 11,2 mil empregos, seguida, de longe, por Alimentação, com 5,2 mil postos de trabalho e Alojamento, com 2,8 mil. Essas três atividades correspondem a 81% do emprego formal nas ACTs do estado, com 47%, 22% e 12%, respectivamente. A seguir, vêm as atividades de Agência de Viagem e Cultura e Lazer que representam 8% e 7% dos empregos formais nas ACTs. A remuneração média do setor do turismo é relativamente baixa no DF, em média R$ 1.032, porém acima da média da região, que ficou em R$ 900, mas ainda inferior a média nacional, que registrou R$1.051. A maior parte das pessoas que trabalharam com o turismo local são homens (62%).

VENDE-SE Uma casa com 3 quartos, sala, cozinha e banheiro com piso grosso, rebocada e toda murada na quadra 61 - Conj. B Casa 32 - Del Lago, próximo do Restaurante Comunitário. Interessados tratar com Marlon ou Rosemeire nos fones 3335-4514 ou no 9828-8780


SEGURANÇA

BRASÍLIA - DF, 20 A 26 DE JUNHO DE 2011

U TILIDADE PÚBLICA

POLÍCIA CIVIL DIVULGA

DELEGACIA ELETRÔNICA Agentes estão distribuindo folders explicativos em algumas estações do metrô, colocando-se à disposição para explicar os serviços à população Durante essa última semana, agentes da Polícia Civil do DF distribuíram milhares de folders sobre os serviços da Delegacia Eletrônica e o Disque Denúncia 197 em algumas estações do metrô. O chefe da Seção de Ocorrências Eletrônicas, Alancrecio do Nascimento de Ledes, explicou que o registro de ocorrência por meio dessas ferramentas são recursos indispensáveis para garantir a redução dos índices de criminalidade. "Se a sociedade não denuncia, prejudica a atuação, já que trabalhamos embasados nas estatísticas", disse. Além da distribuição de informativos, vários agentes colocaram-se à disposição para explicar sobre os serviços e sanar demais dúvidas. Segundo a diretora da Divisão de Controle de Denúncia e Ocorrências Eletrônicas (Dicoe), delegada Christianni Zago, cerca de 800 ligações são recebidas por dia pelo telefone 197, sendo 55 delas referentes a denúncias. "Estas são lançadas no sistema e encaminhadas à delegacia competente. O número de casos resolvidos chega a 60%", explicou. Quanto às ocorrências eletrônicas, de 1º de janeiro a 31 de maio de 2011 foram realizados 818 registros, e em 2010 foram 55.889. Nesta modalidade, o cidadão pode fazer cinco tipos de ocorrência e também impri-

PM

PRENDE HOMEM COM 19 PÁSSAROS SILVESTRES NO GAMA No dia 15, policiais militares do Batalhão Ambiental policiavam a cidade do Gama, por volta das 11h40, quando, na Quadra 25 do Setor Oeste, constataram em uma residência a criação em cativeiro de 19 pássaros silvestres. Os policiais pararam em frente a casa e verificaram que o proprietário não tinha autorização dos órgãos ambientais para criar esses animais. Diante da situação, o dono do imóvel foi conduzido pelos militares à 20 ª delegacia de Polícia, sendo autuado em flagrante por crime contra a fauna.

BANDIDOS

ASSALTAM ÔNIBUS E SÃO PRESOS NO VARJÃO

Agente distribui informativo: ferramenta indispensável para garantir a redução dos índices de criminalidade na capital mir o boletim de ocorrência, cias realizadas pelo serviço meiro recebe as denúncias e o que facilita os serviços e 197, dos sete mandados de realiza uma filtragem, pois garante mais comodidade às busca e apreensão autoriza- nem toda denúncia tem dapessoas que não precisam dos pela justiça, cinco foram dos o suficiente para motimais se deslocar até uma de- flagrantes. Os policiais encon- var uma investigação. Depois legacia para registrar a ocor- traram armas e drogas em disso, a ocorrência é encacinco residências, o que dei- minhada ao sistema. Os folrência. De acordo com o chefe da xa claro a importância do uso ders foram distribuídos nas Seção de Ocorrências Eletrô- das ferramentas disponibiliza- estações Central - Rodoviária de Brasília, Galeria dos Esnicas, Alancrecio do Nasci- das para a população. Ainda segundo ele, 80% tados, Shopping, Feira, Arnimento de Ledes, na operação batizada Disque Denún- das denúncias estão ligadas queiras, Águas Claras e Pracia, motivada pelas ocorrên- ao tráfico. A Polícia Civil pri- ça do Relógio.

T RABALHO INFANTIL

CRIANÇAS EM SITUAÇÃO DE RISCO SOMAM 1,2 MI O Brasil quer retirar do trabalho infantil 1,2 milhão de crianças até 2014, por meio da ampliação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), informou a secretária nacional de Assistência Social do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Denise Colin, em recenete entrevista à Agência Brasil. Essa ampliação está dentro do Programa Brasil sem Miséria, lançado este mês pela presidenta Dilma Rousseff. Denise disse que hoje o programa atende mais de 800 mil crianças em todo o país. Elas foram encontradas em situação de trabalho no campo, de trabalho doméstico, exploração sexual, entre outros. Segundo a secretária, quando é feita a identificação de trabalho infantil, as crianças são inseridas no Programa Bolsa Família e é anotada na inscrição do programa a situação de trabalho infantil. "As famílias recebem o benefício do Programa Bolsa Família. Essa criança tem a oportunidade de ser atendida em serviços que possam retirá-la da situação de exploração no trabalho", disse. A secretária acrescentou que "os pais são encaminhados a vários serviços, como de qualificação profissional, de documentação, de intermediação de mão de obra. Isso é feito pela política do trabalho e os técnicos orientam essas pessoas, mantêm contato com a equipe do Ministério do Trabalho e fazem toda essa me-

Meninos reúnem-se antes de iniciar o trabalho: nem todos são atendidos pelo governo diação para encaminhamento". A secretaria disse ainda desde que o Peti foi integrado ao Bolsa Família, em 2006, houve maior garantia da transferência de renda, o que ajuda a família a manter as crianças longe do trabalho. "Foi um grande avanço a integração do Peti com o Programa Bolsa Família porque possibilitou a garantia da transferência de renda para a família, o que passou a não justificar o uso das crianças nessas situações".

No Piauí, um dos Estados onde há o maior número de crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil, a coordenadora da Gerência de Enfrentamento ao Trabalho Infantil, Rosângela Lucena, disse que mais de 34 mil que estavam em situação de trabalho infantil são atendidas hoje pelos núcleos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do Sistema Único de Assistência Social (Suas). Esses núcleos recebem recursos do Peti.

COMANDANTE

HOMENAGEIA POLICIAIS

Com o objetivo de homenagear policiais militares que tiveram condutas dignas de reconhecimento da corporação, foi realizado um café da manhã com o comandante-geral da PMDF, coronel Paulo Roberto Witt Rosback, no Salão Nobre do Palácio Tiradentes. A solenidade contou com a presença do subcomandante-geral, coronel Moretto, do administrador regional de Brasília, José Messias de Souza, o presidente do Conselho de Segurança de Brasília (Conseg), Saulo Santiago, além de outras autoridades civis e militares. O comandante-geral fez um breve discurso acolhendo todos os representantes de lideranças comunitárias. Também agradeceu a todos os policiais militares presentes pela dedicação e empenho ao trabalho desenvolvido. Ele enalteceu o trabalho valoroso das várias equipes que atuam em todo o DF. Já o administrador de Brasília parabenizou a organização da disse ainda que muitas ações realizadas pela PM podem até não serem divulgadas pela mídia, mas grande parte da população fica grata pelo zelo e dedicação dos policiais militares. "Quero agradecer a Polícia Militar do Distrito Federal pelas respostas rápidas em relação a criminalidade. Que essas ações continuem sendo persistentes, pois sabemos que um dos grandes problemas que a Polícia Militar enfrenta é quanto ao efetivo, mas mesmo assim, há uma grande interação entre a Polícia e a sociedade, que é os olhos da polícia, afirmou em tom entusiasmado o presidente do Conseg de Brasília, Saulo Santiago. O evento reafirmou o prestígio da corporação na capital federal. O público cumprimentou os oficiais e muitos deles trouxeram suas famílias para uma confraternização geral.

Na tarde do último dia 13, policiais militares do 24º Batalhão prenderam dois bandidos que assaltaram um ônibus nas proximidades da Quadra 04 do Varjão. Os criminosos fizeram o assalto e fugiram para um mato próximo, seguindo posteriormente para suas residências, nas Quadras 10 e 11, onde foram presos. Os policiais designados, sargento Figueiredo e soldado César, registraram a ocorrência e tiveram o apoio das viaturas 2172, 189, 187, e do sargento Vanderlei que estava em serviço no posto policial do Varjão.

NOITE

QUENTE EM

Na noite do dia 12, policiais do Grupo Tático Operacional de Planaltina foram informados de que, em um matagal próximo ao Bairro de Fátima, uma mulher gritava por socorro. Os militares entraram no matagal e encontraram um homem estuprando uma jovem. O infrator reagiu, mas foi contido pelos policiais. O homem foi conduzido à delegacia e responderá pelo crime de estupro. Também na

DROGAS

NO

PLANO PILOTO

No último dia 14, policiais do 6º BPM policiavam a Rodoviária de Brasília quando desconfiaram de um grupo de pessoas. Durante a revista, os militares perceberam que havia , uma menor de idade. Ela foi encaminhada à delegacia da criança e do adolescente, quando foi descoberto que a menor tinha mandado de busca expedido pelo Justiça. Duas horas depois, a mes-

ROUBO

PLANALTINA

noite do dia 12, em Planaltina, a equipe de policiais formada pelos cabos Gabriel e Oliveira passava pela Avenida Floriano Peixoto, quando próximo à quadra 70 notaram um homem sem capacete conduzindo uma motocicleta. Os policiais abordaram o condutor e com ele encontraram 78 pedras de crack e R$ 48 em espécie. O infrator foi conduzido à delegacia e autuado por tráfico de drogas.

ma equipe desconfiou de um gol que saia do estacionamento da rodoviária com quatro pessoas. Na revista, foram encontrados dinheiro e celular, um misturador artesanal para a droga, porções de maconha, crack e cocaína, além de uma arma branca. Todos foram conduzidos à delegacia da área, onde um deles, um menor, assumiu a propriedade da droga e dos objetos encontrados.

DE CELULARES EM

SOBRADINHO

No dia 20, um homem foi preso acusado de roubo. O fato ocorreu após um menor ter informado aos policiais do posto do Setor de Mansões, em Sobradinho, que um indivíduo armado com uma faca havia lhe roubado dois aparelhos celulares. Com informações sobre as características do criminoso, os policiais localizaram o suspeito na quadra ES 7A que, ao ver a viatura, tentou fugir. Depois de preso, ele foi autuado pelo crime de roubo. Realizaram a prisão os sargentos José Guedes e Lêla.


NACIONAL

BRASÍLIA - DF, 20 A 26 DE JUNHO DE 2011

F ESTA JUNINA

H ABITAÇÃO

No meio dessas delícias, a canjica: exagero faz mal à saúde

Muito com cuidado com a alimentação

Presidenta da República lançou programa no Palácio do Planalto: objetivo é melhorar a vida de cada um dos beneficiários

DILMA LANÇA MINHA CASA, MINHA VIDA 2

A presidenta disse que considera o programa um instrumento de controle da inflação. Para ela, o País pode ampliar mais os horizontes econômicos

No último dia 16, a presidenta da República, Dilma Rousseff, anunciou o lançamento do programa Minha Casa, Minha Vida 2 (MCMV) em cerimônia no Palácio do Planalto. A meta será a de construir 2 milhões de unidades habitacionais, entre 2011 e 2014 com investimentos de R$ 125,7 bilhões. O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, participou da cerimônia e acredita que o programa ajudará no cumprimento da meta estabelecida na nova Política Habitacional do DF de construir 100 mil novas unidades habitacionais. Dilma disse que considera o programa um instrumento de controle da inflação. Para ela, o País ainda tem muito a crescer e pode ampliar ainda mais

seus horizontes econômicos. "Melhorar a vida de cada um dos beneficiados é assegurar que esse país explore todo o seu potencial e faça com que a roda da economia gire", declarou. De acordo com a presidenta, que anunciou que caso a meta de 2 milhões de casas seja atingida, o governo federal poderá ampliar em mais 600 mil unidades até o fim de seu mandato em 2014. Nos anos anteriores, o DF não participou do programa, lançado ainda pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em seu segundo mandato. Somente este ano, o programa passou a fazer parte da realidade dos moradores da capital, quando o governador Agnelo e a ministra do Planejamento, Miri-

am Belchior, lançaram, em abril, as obras de infraestrutura do programa MCMV, na 4ª Etapa do Setor Habitacional Riacho Fundo II. "O DF vai participar a partir de agora, porque infelizmente, não era prioridade para o governo anterior. Estamos fazendo outra política habitacional. As pessoas estavam inscritas há anos, às vezes décadas, e não tinham acesso. Outras chegaram ontem, já tinham acesso, o que caracterizava uma anarquia", afirmou o governador. Solução habitacional Em maio, o governador lançou a nova Política Habitacional do Distrito Federal, a ser executada pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Sedhab) e pela Compa-

nhia de Desenvolvimento Habitacional do DF (Codhab). Serão 10 mil unidades habitacionais em Sobradinho, Gama, Samambaia, Santa Maria, Riacho Fundo II (Terceira Etapa) e Recanto das Emas. O programa, que vai atender famílias com renda bruta de até 12 salários mínimos, vai possibilitar a solução habitacional completa com infraestrutura e equipamentos públicos; organização das áreas urbanas para otimização da infraestrutura e financiamento das unidades habitacionais, por intermédio do Programa Minha Casa, Minha Vida (e agora da segunda versão do programa), da União. Os agentes financeiros serão a Caixa Econômica Federal, o Banco do Brasil e BRB.

P ROGRAMA

GOVERNO DO DF E MINISTÉRIO DO TRABALHO IRÃO QUALIFICAR JOVENS No dia 8, o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, e o ministro do Trabalho e Emprego (MTE), Carlos Lupi, assinaram no auditório do MTE, o termo de compromisso para a implementação do Programa ProJovem Trabalhador. O objetivo é qualificar, no DF, 5 mil jovens entre 18 e 29 anos. A verba para o programa será de R$ 11 milhões e virá do Ministério do Trabalho e Emprego por meio de emenda parlamentar do senador da República Cristovam Buarque. O DF acrescentará 20% como contrapartida. "Essa parceria vai alavancar a área de formação do trabalhador em início de carreira", comemorou Agnelo Queiroz, ao ressaltar a preocupação com os jovens que não tem oportunidade profissional, seja por falta de experiência profissional ou de formação adequada para se inserir no mercado de trabalho. "Devemos dar prioridade no cuidado com a juven-

tude principalmente com o perigo das drogas", alertou. O programa ProJovem Trabalhador é destinado a jovens desempregados e de famílias com renda de até um salário mínimo e tem duração de seis meses, carga de 350 horas. Nesse período, os jovens receberão uma bolsa mensal de R$ 100, um kit com material didático, transporte, lanche e seguro de vida durante o mesmo período. Os benefícios só serão pagos aos alunos que tiverem atingido 75% da frequência. O programa deveria ter sido inserido no Distrito Federal em 2009. Porém, após uma licitação fracassada, por prazo esgotado, a verba teve de ser devolvida ao MTE. O ministro Carlos Lupi elogiou a disposição do governo local para firmar o acordo entre o MTE, o Senado Federal e o GDF, que beneficiará os jovens trabalhadores do DF. "Essa aliança entre os poderes Fe-

Ministro Carlos Lupi anuncia parceria com o governo Agnelo deral, Legislativo e local é estratégica para o desenvolvimento do país", disse Lupi. Em seu discurso, o senador Cristovam Buarque disse que o programa é uma forma para cuidar do jovem. "O que estamos fazendo é um progra-

ma que visa o jovem. E essa é uma classe etária com a qual temos que nos preocupar, pois quando o jovem perde um ano de educação, é muito difícil recuperar. Este projeto é um simbolismo para cuidar do nosso jovem", afirma o senador.

Milho verde, pamonha, canjica, pé de moleque e quentão são algumas das tentações gastronômicas que marcam as festas juninas. Mas alguns cuidados com a alimentação nesses eventos podem ajudar a evitar problemas de saúde. Segundo o endocrinologista do Pasteur Medicina Diagnóstica, Mauro Scharf, nesta época do ano são comuns os casos de infecções intestinais ou intoxicações provocadas por bactérias que proliferam nos alimentos estragados. O especialista alerta que é importante observar as condições de higiene e limpeza do local, o acondicionamento dos alimentos, a temperatura ambiente, a vestimenta dos vendedores e o prazo de validade dos quitutes da época. "Todo cuidado é pouco com as comidas juninas porque os ingredientes, em geral, são perecíveis. A pamonha e a canjica devem ser consumidas no mesmo dia do preparo", exemplifica. Por isso, o ideal é que os pro-

dutos tenham uma etiqueta com a data de fabricação, o que raramente acontece neste tipo de evento.Além disso, Scharf recomenda que o consumidor fique atento aos produtos como churrasquinhos industrializados, queijo coalho e cachorro-quente. "Veja bem se o local no qual estes produtos são feitos é limpo. E não consuma maionese e catchup em bisnagas, apenas em sachês individuais", reforça. Se você não quer engordar nas festas juninas, siga essas dicas: 1. Cuidado com a quantidade. Os alimentos de festa junina geralmente são muito calóricos. Por isso, não vá à festa com muita fome. Faça um lanchinho antes de sair de casa; 2. Cuidado com o quentão ou o vinho quente. O álcool também apresenta muitas calorias e deve ser consumido com bastante moderação, especialmente nas receitas que têm açúcar; 3. Na festa, se houver algum exagero, não deixe de retomar o controle alimentar nas refeições seguintes.

D INHEIRO

Cédulas manchadas devem ser trocadas O Banco Central (BC) editou mais uma regulamentação sobre cédulas danificadas por dispositivos antifurto. Segundo informação divulgada pelo BC, quando o cliente sacar cédula manchada em um banco ou terminal de autoatendimento, a instituição financeira deverá trocar a nota danificada. "Esse procedimento deverá ocorrer imediatamente após a apresentação da cédula à instituição financeira", diz o BC, em nota. Os bancos deverão enviar as cédulas manchadas ao Banco Central e arcar com os custos dos serviços de análise e reposição das cédulas danificadas. Segundo comunicado do BC, "as medidas adotadas têm como objetivo preservar o interesse do cidadão e contribuir para inibir furtos e roubos a caixas eletrônicos, ao dificultar a circulação de notas roubadas ou furtadas". Com o aumento de casos de explosão de caixas eletrônicos por criminosos, os bancos têm insta-

lado dispositivos antifurto nessas máquinas. Esse mecanismo mancha com tinta rosa as cédulas do caixa eletrônico danificado. No dia 1º, o BC editou normas que tornaram essas cédulas manchadas inválidas. A orientação do BC era que, no caso de saque de dinheiro em caixas eletrônicos fora do horário de expediente bancário, o cliente deveria registrar ocorrência em uma delegacia, além de retirar um extrato da conta. No horário de atendimento do banco, a orientação era retirar um extrato e procurar a instituição financeira. Neste caso, o cliente poderia ser ressarcido. Agora, segundo a assessoria de imprensa do BC, o registro de ocorrência na delegacia e a retirada do extrato não são obrigatórios para que o banco tenha que ressarcir o cliente, já que as instituições têm registros dos saques. Além disso, o ressarcimento terá que ser feito imediatamente.


CIDADES

BRASÍLIA - DF, 20 A 26 DE JUNHO DE 2011

E MPREENDEDORISMO

V ISITA

Ambulante recebe documento que o habilita para a formalidade

AMBULANTES DO PARANOÁ

CONQUISTAM A LEGALIZAÇÃO Garibel conversa com moradora: administrador ouve reivindicações e promete tomar as providências necessárias

PROFESSOR GARIBEL VISITA MORADORES 'PORTA A PORTA'

Administrador do Paranoá vem cumprindo uma rotina religiosa: todas as quartas-feiras estabelece um diálogo direto com a comunidade Da Redação O administrador regional do Paranoá, Professor Garibel, vem cumprindo uma rotina toda a semana: na manhã das quartas-feiras visita os moradores das quadras da cidade. As visitam fazem parte do programa "Administração de porta em porta" e seu principal objetivo é estabelecer um diálogo direto com a comunidade, detectando os problemas e reivindicações dos paranoaenses.

Acompanhado por uma equipe de servidores da AR, Garibel se apresenta, explica o projeto e ouve os moradores sobre as principais dificuldades porque passa aquela quadra. A equipe anota todas as demandas. Ao final do dia, a administração faz uma reunião com todos os moradores para discutir os problemas e buscar as soluções da quadra. O programa já visitou as Quadras 02, 06 e 29. A maioria das reivindicações foi atendida.

"Vou passar de casa em casa. Quero conversar e saber os anseios e necessidades de cada morador. Podemos até não conseguir resolver todos os problemas, mas pode ter certeza que vou correr atrás e tentar resolver todos", explica Garibel. Segundo ele, o programa nasceu quando um morador convidou-o para um café. Em seguida, surgiram novos convites do gênero. A partir daí, o programa estava praticamente consolidado.

A dona de casa Marta dos Santos ficou surpresa quando viu Garibel em frente à sua casa. "É a primeira vez que um administrador vem em minha casa. Até já vieram na pracinha, mas aqui não", conta Marta. Ela reclamou da sujeira e do entulho na floresta de pinheiros, próxima da residência. O gestor garantiu a ela que está empenhado em trazer para a cidade uma área de transbordo que receba os resíduos da construção civil.

ENQUETE

C OMO

VOCÊ AVALIA OS PRIMEIROS SEIS MESES DA ADMINISTRAÇÃO DO P ROFESSOR G ARIBEL ?

LEGADO CAÓTICO

Eu aprovo com ressalvas. O legado que ele pegou foi caótico e não se pode cobrar muito por agora. Temos de esperar mais um pouco. Eu acho que para ele colocar as coisas nos trilhos vai levar cerca de dois anos. Eu digo que na administração dele falta comando. D'Avila Bezerra, 63 cronista esportivo da Rádio Paranoá FM

SUJEIRA NA DE COOPER

PISTA

Acho o começo da sua gestão muito fraco. Os administradores anteriores fizeram muito mais que ele. Só vou dar um exemplo: a sujeira da pista de Cooper é uma vergonha. Espero de verdade que as coisas melhorem porque até agora eu não vi nada. Pedro Borba, 52, empresário

CALÇADAS DESTRUÍDAS APOIO Tem muita coisa ainda por fazer na cidade. Exemplo: fazer melhorias de forma urgente na Avenida Principal. As calçadas estão destruídas, prejudicando os pedestres. A cidade precisa de muita coisa. Espero que ele possa resolver a maior parte dos nossos problemas. Lourivaldo dos Passos, 46, microempresário

VISITA AO COMÉRCIO BOM

Considero positiva, nesse começo de administração do Professor Garibel, a visita frequente aos comércios, ouvindo as demandas dos empresários pessoalmente. Essa é a vantagem de ser morador da cidade. Todos nós esperamos que ele continue nesse ritmo, ouvindo todos os moradores. Silvia Araújo, 39, empresária

A

GARIBEL

Eu aprovo o começo de gestão do Professor Garibel. Mas ainda não deu para avaliar a sua administração. Ele tem muito a fazer pela cidade, isso ninguém tem dúvida. Mas, nesse momento o que ele precisa é do apoio de todos, pois é morador, filho do Paranoá. Alice Barbosa, 46, vendedora

TRABALHO

O administrador pegou uma administração em frangalhos devido à herança maldita. Apesar disso, ele está fazendo um bom trabalho. Não tenho dúvidas que, como morador da cidade, vai fazer o seu melhor com capacidade e competência. Para avaliar a gestão de forma criteriosa, temos de esperar mais um pouco. Clésio Marques, 30, monitor esportivo

EXPECTATIVA

É muito cedo para julgar um trabalho que começou há pouco tempo.Mas, como ele conhece bem por ser morador antigo da cidade, creio que vai fazer um bom trabalho à frente da Administração do Paranoá. Espero que possa resolver boa parte dos problemas. Essa é a minha esperança. Ananias Ribeiro, 31, empresário

CUIDADO

COM AS QUADRAS

Eu aprovo a administração dele, mas chamo a atenção do fato de que é preciso cuidar melhor das entrequadras, em especial as quadras poliesportivas, fonte de lazer para a juventude. A cidade necessita de muitas melhorias. Paranoá está abandonada. Fernando Vaz, 20, estudante

Por Odirlei Ribeiro No último dia 17, a Administração Regional do Paranoá entregou cerca de cem autorizações de funcionamento para vendedores ambulantes da cidade. Com a entrega do documento, os trabalhadores vão poder atuar na formalidade e serem enquadrados na condição de empreendedor individual, recebendo benefícios como aposentadoria por invalidez e incentivos fiscais. O segmento dos ambulantes gera 160 empregos diretos na cidade. A entrega das permissões para funcionamento representa um momento histórico para Paranoá, que dá mais um passo rumo ao crescimento econômico com cidadania e respeito à comunidade. Agora, o morador que realizar uma compra com um vendedor ambulante terá a garantia do cumprimento das exigências legais e terá também onde reclamar. O vendedor ambulante, que

será um empreendedor individual, conquistou a dignidade de trabalhar sem precisar fugir da fiscalização. E precisará seguir as normas de higiene estabelecidas pela Vigilância Sanitária. Visívelmente emocionado, Garibel também emocionou os presentes ao interromper o discurso para conter as lágrimas ao usar a difícil história de um dos presentes como exemplo de bravura. "Se Deus quiser, eu nunca mais vou ver o meu amigo 'Pedrão' (vendedor de frutas e verduras) e nenhum de vocês, com suas mercadorias levadas pela fiscalização, e nem tendo que apanhar da polícia por defender o seu pão de cada dia", disse Garibel. A entrega foi realizada no auditório da Administração Regional e contou com a presença de representantes da Associação Comercial e Industrial do Paranoá (Acip), Coordenadoria das Cidades e representantes da sociedade civil

S EMINÁRIO

AGNELO

PROMETE ADOTAR VÁRIAS POLÍTICAS PÚBLICAS

O governador Agnelo Queiroz abriu na manhã do dia 15 o seminário internacional "O Desenvolvimento Humano de Brasília e os Objetivos do Milênio", realizado no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. O evento, organizado pela Companhia de Planejamento do DF (Codeplan) foi composto de debates e painéis. "O desenvolvimento humano é nossa maior prioridade. Devemos nos perguntar qual cidade queremos para os próximos anos e isso vai nortear nossas políticas públicas", afirmou o governador. "Temos o desafio de pensar como aplicar essas metas do milênio em relação ao nosso programa de governo, porque a capital do Brasil não pode, de maneira nenhuma, ter fome ou miséria", completou Agnelo, lembrando o lançamento do plano "Brasília sem

J

Miséria", no último dia 7. Segundo o governador, além do fim da miséria, estão na agenda prioritária do GDF a nova política de habitação, que já entregou 15 mil moradias e entregará mais 85 mil até 2014, a implantação de uma política para resíduos sólidos e investimentos em educação. Vamos universalizar o acesso ao ensino público de qualidade. A primeira medida é erradicar o analfabetismo. A segunda é ampliar o número de creches, em parceria com o governo federal e com instituições do DF. A outra medida é investir no ensino integral. Já no começo de 2012 teremos ensino fundamental integral e ensino médio profissionalizante, também em tempo integral", explicou Agnelo, acrescentando que as duas primeiras cidades a serem beneficiadas serão Itapoã e Estrutural.

USTIÇA

DÍVIDA TRIBUTÁRIA PODE

SOFRER PENHORA ON LINE

A 5ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), ao analisar recurso impetrado por devedor fiscal que teve ativos financeiros de suas contas-correntes bloqueados via Bacenjud, decidiu, por unanimidade, que o juiz pode sim determinar a penhora on-line. De acordo com a decisão, o artigo 185-A do Código Tributário Nacional autoriza a penhora em dinheiro do devedor público, igualando-o ao devedor privado, bem como que o magistrado proceda a ordem de bloqueio de ofício, ou seja, sem que haja pedido da parte credora. Os autores do recurso alegaram nulidade da decisão judicial por ausência de requerimento do credor e pediram a restituição dos valores bloqueados, segundo eles, indevidamente. A execução fiscal recorrida, em questão, refere-se à dívida de tributos e o credor é a Fazenda Pública do DF. Ao decidir sobre a legalidade da penhora, os desembargadores destacaram que o recebimento da petição inicial nos processos de

execução de dívida pelo juiz importa não só na determinação de citação dos devedores, como também na penhora, em caso de não pagamento da dívida, e demais atos posteriores para satisfação do credor, nos termos da Lei nº 6.830/80. Lançado em 2001, o sistema Bacenjud interliga o judiciário, o Banco Central e o Sistema Financeiro Nacional, composto de cerca de 180 instituições financeiras. Com o Bacenjud, tornou-se possível o bloqueio judicial de ativos financeiros de pessoas físicas e jurídicas, por meio eletrônico, e a efetiva quitação do título judicial. Os bloqueios realizados são transmitidos pelos bancos à Justiça em até 48 horas e transferidos para depósitos judiciais, para fins de penhora e posterior liberação para o credor. Os bloqueios são feitos integralmente ou em parcelas, à medida que são disponibilizados, dependendo se a quantia bloqueada for menor que o montante da dívida. As ordens judiciais podem ser renovadas periodicamente, enquanto não houver a satisfação do débito.


G E R A L

BRASÍLIA - DF, 20 A 26 DE JUNHO DE 2011

S ÃO SEBASTIÃO

R EFORMA AGRÁRIA

Assentados integram Movimento de Apoio ao Trabalhador Rural

IBRAM LICENCIA PRIMEIRO ASSENTAMENTO NO DF Público compareceu em massa para acompanhar a festa dos 18 anos de São Sebastião. Shows com vários ritmos musicais, como reggae, hip hop, sertanejo e pagode mobilizaram a multidão, que ocupou todos os espaços do Parque de Exposição

MAIORIDADE É COMEMORADA COM INÚMERAS ATRAÇÕES A festa reúne várias novidades. Uma delas é a Tenda de Leitura que irá percorrer os bairros levando livros, contadores de história e cultura

Por Odirlei Ribeiro A cidade de São Sebastião está comemorando seu 18º aniversário com muita festa e entusiasmo. As atrações que começaram desde o dia 20 (segunda-feira), terminaram neste sábado, 25. O evento foi programado para agradar todos os segmentos e começou com uma missa em ação de graças e show da Banda Rosa de Saron. “A comemoração do 18º aniversário da cidade é considerada uma festa eclética, pois há shows para todos as tribos”, completou a administradora regional Janine Barbosa. A festa reúne várias novidades. Uma delas é a Tenda de Leitura que percorreu os bairros da cidade levando livros, contadores de história e cultura para a população. Durante as comemorações, foram lançadas campanhas de limpeza. Vários parceiros fazem parte dessa ação. Moradores dos Jardins Mangueiral fizeram doações de tonéis para serem pintados por alunos da cidade e utilizados como lixeira. A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) fez o lançamento do projeto-piloto "Esgoto limpo, Vida Saudável". A administração lançou campanha de conscientização de limpeza no Parque do Bosque. Ainda teve um desfile cívico que percorreu toda a cidade e o corte do tradicional do bolo come-

morativo, que este ano teve 18 metros. Uma atração à parte. A Câmara Legislativa do Distrito Federal realizou uma sessão solene em comemoração aos 18 anos de criação da RA-XIV, em frente à administração regional que homenageou vários pioneiros, lideranças e personalidades da cidade. No encerramento dos festejos, que acontece neste sabádo (25) terá o grupo de motoqueiros "Legião do Cerrado" com uma exposição de motos e carros antigos acompanhados por bandas de rock da cidade. RESUMO DAS ATRAÇÕES - Na segunda-feira, 20, a banda católica Rosa de Saron cantou para um público de mais de 5 mil pessoas, que foi ao delírio com as canções. Já na terça, grupos de rap e banda sertanejo local fizeram a alegria da galera que compareceu no Parque de Exposição para prestigiar os artistas da cidade. No terceiro dia de comemorações, 22, foi a vez dos evangélicos que nunca tiveram a oportunidade de participar dos festejos do aniversário. Mas de duas mil pessoas foram ao Parque de Exposição para louvar a Deus e prestigiar a banda do cantor André Valadão. Na quinta-feira, 23, uma mistura de ritmos deu o tom da festa. Os moradores curtiram um pouco de tudo, como axé, hip hop, pagode, forró, sertanejo e vários grupos de dança. Todos se se divertiram,

curtindo o som de sua preferência e conferindo o talendo dos artistas de São Sebastião. Já no dia 24, sexta-feira, sete bandas de renome nacional se apresentaram no palco. Mais de 10 mil pessoas marcaram presença e puderam ouvir vários ritmos com reggae, forró, samba de raiz e sertanejo. A maioria cantou junto com as bandas os hits do momento. Muitos aplausos, assobios e o famoso pedido de “mais um” lembraram os bons tempos dos grandes shows. O último dia das comemorações do 18º aniversário irá começar cedo. Estão previstas, durante todo o sábado, atrações no Parque de Exposição com os colecionadores de carros antigos que irão levar os seus chodós. Os motoqueiros também conquistaram o seu espaço. Às 16 horas, haverá a apresentação das bandas de rock da cidade. Marcaram presença nas comemorações o deputado distrital Agaciel Maia, a dministradora Janine Barbosa, autoridades locais e lideranças comunitárias. O público compareceu em peso e bateu recorde nunca antes visto no Parque de Exposição. Durante os dias de festa, reina uma atmosfera de paz. Até agora, não houve nenhum tipo de ocorrência que pudesse comprometer o evento. Um exemplo a ser seguido por outras administrações que queiram organizar eventos

desse porte. A tendência é a festa melhorar a cada ano, sempre novas atrações. HISTÓRIA - Remanescente de núcleos habitados por escravos, no período colonial, a região foi reativada a partir de 1957, com a presença de diversas olarias que ali se estabeleceram para suprir parte das demandas da construção civil, por ocasião da construção de Brasília. Com o fim das obras, a futura São Sebastião foi se estruturando ao longo do Córrego Mata Grande e do Ribeirão Santo Antonio da Papuda. Em 1991, já tinha mais de 17 mil habitantes, fato preponderante para a elevação da então denominada Agrovila São Sebastião à região administrativa, o que ocorreu em 25 de junho de 1993, pela Lei 467/ 93. Os baixos preços da terra, aliados à beleza do local, foram decisivos para que sua população saltasse, em sete anos, para mais de 44 mil. Atualmente a cidade - que fica cerca de 15 quilômetros do centro de Brasília - ostenta um comércio dinâmico, reforçado por quase uma centena de empresários que se instalaram na Área de Desenvolvimento Econômico, em atividades incentivadas pelo Governo do Distrito Federal. Com isso, o setor empresarial reunirá plenas condições de gerar empregos para atender à predominante população jovem da cidade. Q.02 Lote 148 m² sobrado c/ 4 qts sendo 3 suítes, 2 salas, coz, wc soc. R$ 100 mil Q. 02 Lote comercial de 140m², loja com laje sendo 02 wc's, tem estrutura para mais 01 laje. R$ 80 Mil Q.03 Lote 192m² sobrado térreo 2 Qts sendo 1 suíte 2° piso c/ 2 kits, 1 inacab. R$ 110 mil Q. 03 2 lotes juntos. R$ 48 Mil - cada Q. 03 Lote de 155m², loja de 130m², pronta e funciona o Mercado Porção. R$ 180 Mil

17

ANOS

Compra, Venda, Permuta, Consultoria e Administração de Imóveis

VISITE O NOSSO SITE - www.imobiliariaparanoa.com.br CASAS E LOTES Q.02 Lote residencial de esquina, casa de laje com sala, sala de jantar, 02 qts suítes sendo 01 com banheira de hidro massagem, escritório, hall, lavabo, área de serviço,DCE, wc de serviço, cozinha e garagem. R$ 350 Mil Oportunidade! – Q. 07 Lote vazio por apenas R$ 65 Mil Q.07 lote c/ 3 kits rendendo R$ 1050 - por apenas R$ 115 mil Q. 08 Lote residencial com 02 (duas) residências. R$ 85 Mil Q. 08 Só R$ 79 Mil Q. 08 ótima casa c/ 3 qts sendo 1 suíte, forro gesso, sala, cozinha, wc social, churrasq. Tijolinho, garagem por apenas R$ 150 mil Q.10 casa c/ 2 qts, sala, wc social, cozinha, + kit nos fundos. R$ 85 mil Q.10 lote c/ 2 kits 2 qts, sala, cozinha, wc social. R$ 95 mil Q.10 Sobrado composto de 02 salas, copa, cozinha, 04 quartos, sendo um suíte, 02 banheiros sociais, área de serviço, colonial, forro paulista no 1º andar, piso cerâmica, R$ 150 mil Q. 10 Sobrado, 1º piso: 01 qto suite, sala, wc social, cozinha ampla, área de serviço com corredor e garagem, 2º piso: 04 qtos, sendo 01 suíte, sala, wc social, casa de laje, toda pintada, piso cerâmica, telha colonial, frente para o nascente. R$ 200 Mil Q.13 Casa c/ 3 qts, sala, cozinha, wc social, área serviço, forro madeira. R$120 mil Q.15 Sobrado com 200m2, 02 residências, sendo parte térrea com sala, 2qts, wc social, cozinha, área de serviço. 1º Piso: Escada acesso pela lateral, sala e cozinha em estilo americana c/ bancada em granito, 2qts, wc social, varanda na frente. Duas lajes, piso cerâmica Obs: Ótimo para renda R$ 180 Mil Q.16 Lote esq. Casa c/ 2 qts, sala, coz, wc soc, forro madeira. R$ 90 mil Q. 20 Sobrado c/ duas resid. Cada uma c/ 03 qts. R$ 145 Mil Q.21 Casa c/ 2 qts, sala, coz, wc soc, forro pvc. R$ 100 mil Q.22 Sobrado 3 Qts, sendo 2 salas, cozinha, copa, 2 wc soc, D.C.E, área de serv, garagem. R$ 200 mil Q. 23 Lote vazio - Ótima localização R$ 90 Mil Q.24 Linda casa c/ 2 qts sendo 1 suíte c/ closet, wc soc c/ blindex, sala, coz, copa, balcão granito, área de serv, garagem p/ 2 carros, portão eletron. R$ 130 mil Q.30 Casa c/ 3 qts, sala, coz, wc soc, área serv, R$ 120 mil Q.32 Casa de laje, 2 salas, 4 qts, 2 wc, coz, área de serv. R$ 130 mil Q.32 Casa laje 1 qt, sala, coz, wc social, (faltam acabamentos) R$ 80 mil

IMÓVEIS COMERCIAIS

IMÓVEIS COMERCIAIS Q. 02 Prédio c/ 03 pavimentos composto de loja, 04 apto's de 01 qto e um de 02 02 qtos. R$ 430 Mil Q. 02 Lote de 128 m² c/ barraco de fundos e 02 lojas em

construção na frente. R$ 150 Mil Q. 02 Prédio c/ 400m² de área construída, composta de: loja c/ 02 wc's, 04 salas comerciais e 01 apto com 02 qts, sendo 01 suíte, sala com sacada, copa, cozinha, wc social, cobertura/terraço, churrasqueira; aquecimento solar, piso cerâmica.R$ 600 Mil Q. 11 Av. Alta Tensão Lote medindo 15mx16m, com área total de 240m²; prédio composto de 02 lojas e 03 aptos. Só R$ 220 Mil Q. 21 Galpão com 02 lojas alugadas. R$ 210 Mil Q. 22 Prédio com 02 lojas, 1º piso com apto de 03 qts; estrutura para + 02 pavimentos. R$ 450 Mil Q. 34 Lote de 200m², vazio, pronto para construir.

PONTOS COMERCIAIS

PONTOS COMERCIAIS Q. 18 Passa ponto. Loja c/ 60m². Depósito de Bebidas no centro da cidade, com instalações, ponto comercial, excelente faturamento. Padaria no Centro da cidade. Q. 22 Clinica odontológica c/ 2 cadeiras, 10 anos de tradição. R$ 50.000 Mil OUTRAS CIDADES

CONDOMÍNIO LA FONT

CONDOMÍNIO LA FONT Q. E Linda casa composta de 2 salas, wc social, 2 qts (sendo um suíte master), escritório; ótimo acabamento! R$ 310 Mil

CONDOMÍNIO NOVO HORIZONTE

NOVO HORIZONTE Q. 01 Lote de 360m², murado, portão elétrico; sobrado: sala ampla, cozinha, lavabo, copa, wc social, qto de visitas, área de serviço, garagem ampla, piscina c/ aquecimento solar e área de lazer com churrasqueira e fogão caipira; 1º piso: escritório, wc social, 02 qtos sendo 01 suíte com closet, varanda e blindex; piso cerâmica e telha plan. R$ 250 Mil Q. 01 Av Principal - Linda casa construída em 2 pavimentos composta de 2 salas (sendo uma c/ 2 ambientes), 4 qts (sendo um suíte), 2 wc social, varandas, dispensa, biblioteca e garagem; lote c/ 360m². R$ 300 Mil Q. 02 Lote todo murado com portão fechado na frente; casa simples nos fundos com sala, cozinha, wc social, área de serviço; piso cimento, telhado amianto grosso, construída em pré moldada. R$ 100 Mil Q. 05 Casa de laje composta de quarto grande, wc, cozinha, churrasqueira. R$ 140 Mil (analisa troca por imóvel no Paranoá)

CONDOMÍNIO ENTRE LAGOS

CONDOMÍNIO ENTRE LAGOS Excelente casa c/ 03 qts sendo 01 suíte; gramada, portão eletrônico e churrasqueira por apenas R$ 290 Mil Etapa 01 Lote de 1.680 m², casa c/ 4 qts sendo 2 suítes 1 com closert, sala ampla, sala de jantar, lavabo, wc social, cozinha com armários, DCE, área de serviço, salão de festas, com 2 wc's, churrasqueira, sauna, piscina com aquecimento solar, garagem p/ 4 carros, varanda, área ao redor da piscina com pedra pirinópolis; piso

interno cerâmica; casa de madeira e casa de caseiro. Etapa 02 CL Lote Comercial com 150 m². R$ 85 Mil Etapa 03 Casa c/ 260m² composta de sala ampla, 4 qts (sendo uma suíte c/ closet), wc social, cozinha com armários, churrasqueira, varanda ao redor, casa de apoio; plantas frutíferas, colonial. R$ 380,00 Mil

ITAPOÃ I

ITAPOÃ I Q. Av. Comercial Lote com 130m² vazado, c/ 2 lojas inacab, 2 wc e garagem - 1° piso apto c/ 5 qts inacab. R$ 140 mil Q. "'D" Av. Comercial lote 128 m² vazado. R$ 120 mil Q.01 Lote 450 m² murado c/ portão de ferro, c/ peq. Casa 2 qts, sala, coz, wc soc. R$ 140 mil Q.01 Lote 450m² murado c/ 3 kits. R$ 150 mil Q. 01 Lote de 450m², casa nos fundos com 02 qtos, varanda, piso cerâmica, telha colonial e amianto, plantas frutíferas. R$ 140 Mil Q.02 lote 204 m² murado c/ casa de laje, 2 qts sendo 1 suíte, sala, coz, copa, wc soc, garagem p/ 3 carros. R$ 190 mil Q.02 Lote 450 m² casa c/ 3 qts, piscina, churrasqueira, canil, + casa nos fundos c/ 2 qts, sala, coz, wc soc. R$ 300 mil Q.02 Lote c/ 333m² linda casa c/3 qts sendo 1 suíte, sala, coz, copa, wc soc, churrasqueira, balcão granito. R$ 180 mil Q.02 Lote 380 m² galpão c/ 160m², escritório, casa c/ 2 qts. R$ 210 mil Q. 02 Lote de 450m², casa de 03 qtos, varanda na frente e nas laterais. R$ 150 Mil (troca em casa boa no Paranoá) Q. 02 Lote de 380m², galpão com 160m², escritório, casa de 02 qtos. R$ 195 Mil (aceita caminhão de 3x4)

ITAPOÃ II

ITAPOÃ II Q.01 Lote 128m² casa nos fundos c/ 2 qts, forro pvc. R$ 85 mil QL. 01 Lote 128m² COMERCIAL, Av.Principal do Del Lago murado c/ grade casa simples c/ 2 qts (ótima localização) R$ 180 mil Q.03 Lote 120m² casa c/ 2 qts, sala, coz, wc soc. R$ 75 mil QL.03 Lote c/ 200m² esq. próximo a comercial, apenas R$ 88 mil QL 04 Lote murado com portão de ferro, casa com 02 qtos, tem 01 lojinha de alvenaria na lateral com wc. R$ 70 Mil QL.06 Lote 200m² esq. c/ 3 kits apenas R$ 90 mil Ql.07 Lote c/ 145m², casa c/ 2 qts sendo 1 suíte. R$ 70 mil

FAZENDINHA

FAZENDINHA Q.01 Lote 128m² sobrado c/ 2 salas, 4 qts sendo 1 suíte, sala tv, varanda, sacada, toda no porcelanato, ótima localização. R$ 140 mil Q. 01 Casa com 03 qtos, falta acabamentos. R$ 82 Mil Q.02 Lote 128m², casa c/ 2 qts + 1 kit na lateral R$ 90 mil

DEL LAGO

DEL LAGO Q.03 Lote 113m² casa c/ 2 qts, sala, coz, wc soc, obra silmpes. R$ 67 mil Q.06 Lote c/ 128m², linda casa c/ 3 qts, 2 salas, coz. Ameri, 2 wc, garagem, portão elétronico, forro pvc. R$ 115 mil Q. 06 Lote com galpão de 66m², estruturado com forro PVC e acesso a outro galpão previsto divisão para moradia medindo 36m². R$ 80 Mil Q.07 Lote 128m² COMERCIAL prédio c/ loja + 4 pav. ótima estrutura, c/ 5 apto, área de lazer, churrasqueira. R$ 900 mil (OPORTUNIDADE PARA INVESTIDOR) Q.27 Lote 128m² sobrado c/ 4 qts sendo 1 suíte, churrasqueira, qto de ferramenta, garagem, ótimo acabamento. R$ 190 mil Q.44 Lote 128m² obra simples, 1 qto, sala, coz, wc soc. R$ 65 mil Q.301 Lote 128m² fundo da av. comercial, casa c/ 2 qts sendo 1 suíte, 2 salas, wc social c/ Box, forro pvc, churrasqueira, portão elétron, cerca elétrica. R$ 90 mil Q.315 Lote 128m² casa c/ 2 qts, sala, coz, wc soc, garagem. R$ 95 mil Q.317 Lote 128m² c/ 2 lojas e 2 comodos nos fundos c/ wc. R$ 70 mil Q.325 Lote 153m² casa c/ 1 qto, sala, coz, wc soc, sem pintura. R$ 70 mil Q.330 Lote 136m² casa de laje c/ 1 qto, sala, coz, wc soc, + 1 loja inacab. R$ 80 mil Q.332 Lote 128m² casa 1 qto, coz, wc soc. R$ 50 mil Q.338 Lote 128m² ótima casa c/ 2 qts, sala, coz,wc soc. área de serv. churrasqueira, varanda nos fundos, casa toda pintada R$ 95 mil Q.349 Lote 128m² esq. casa c/ 2 qts, sala, coz, wc soc, área de serv e varanda. R$ 60 mil

OUTROS

OUTROS Granja do Torto Lote de 120m², pequena casa pré moldada c/ sala, 02 qts, cozinha, wc social; piso cimento e telha amianto. R$ 250 Mil

CHÁCARAS E SÍTIOS

CHÁCARAS Chácara escriturada com 20.000m², cercada com tela, 02 casas, muita água. Obs: Troca por imóvel no Itapoã, Paranoá ou Condomínio. Chácara na Rajadinha com 10ha toda cercada sem benfeitorias. R$ 160 Mil Chácara lago Norte com 1500m², toda cercada com plantas frutíferas, casa de 02 qtos; piso ceramica, telha colonial, energia elétrica e água encanada. R$ 250 Mil (aceita casa no Paranoá) Chácara Próximo Fazenda Velha com 30ha plana a 80m do Rio, casa principal com 03 qtos sendo 01 suíte, curral, casa de máquinas, casa de caseiro, rio com abundante vasão, pomar e pocilga. R$ 400 Mil ALUGUEL

CASAS

CASAS Q. 02 Lindo sobrado c/ 282 m² com sala (02 ambientes), outra sala com varanda, wc social, 05 qts (sendo 03 suítes), varanda nos fundos, piso cerâmica, 02 lajes, telhado colonial e garagem ampla. R$ 2.500,00. Q. 13 Casa c/ sala, quarto suite, cozinha, piso ceramica, area de serviço nos fundos. espaço p/ guardar carro. R$ 500,00. Q. 22 Casa c/ sala, 03 qts sendo 01 suíte, wc social, cozinha, despensa, garagem e área de serviço; piso

O Instituto do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos do Distrito Federal (Ibram), concedeu licença prévia para a implantação do primeiro assentamento da Reforma Agrária no Distrito Federal. O empreendimento localiza-se na Região Administrativa de Planaltina e será ocupado por cerca de cem famílias do DF e entorno. O presidente do Ibram, Moacir Bueno, salienta que a importância em conceder este licenciamento está no fato de ser um projeto de grande impacto. Com o compromisso de promover a regularização da ocupação das terras públicas rurais no DF, na área de 409,62 hectares, localizado nas fazendas Monjolo e Lagoa Bonita, na BR-020, um assentamento para famílias componentes do Movimento de Apoio ao Trabalhador Rural será implantado. Segundo o superintendente de Fiscalização e Licenciamento do Ibram, Dálio Mendonça, a análise técnica, após toda a documentação ser entregue pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra),

aconteceu em tempo recorde. "Trabalhamos nesta licença com rapidez, pela própria natureza da atividade que está sendo licenciada. A análise técnica levou menos de uma semana para ser finalizada", complementou o superintendente. Para a implantação do assentamento, foram estabelecidas algumas condicionantes como a elaboração de um Plano de Recuperação de Áreas Degradadas e demarcações de Áreas de Proteção Permanente e Reserva Legal. O assentamento de Reforma Agrária Fazenda Monjolo e Lagoa Bonita localiza-se em uma área que apresenta cobertura vegetal nativa do cerrado modificada pelas atividades humanas. Ao todo, 270 hectares serão destinados ao parcelamento das unidades produtivas individuais e comunitárias, já que os outros 20% serão averbados para Reserva Legal, atendendo o estabelecido no atual Código Florestal brasileiro no que diz respeito a áreas de proteção permanente.

A PREENSÃO

COMÉRCIO ILEGAL MARCA PRESENÇA EM BRASÍLIA Durante todo o dia 14, a Operação Choque de Ordem de Combate ao Comércio Ilegal coordenada pela Secretaria da Ordem Pública e Social (Seops) e Agência de Fiscalização (Agefis) apreendeu diversas mercadorias em Brasília. Ao todo, foram expedidos 11 autos de apreensão na Rodoviária de Brasília, na via Epia, próximo a Água Mineral, Galeria dos Estados e 213/214 sul. Um caminhão cheio de mercadorias seguiu para o depósito da Agência. Entre os produtos, 111 cocos, 84 caixas de morango, 54 caixas de pinha, 103 caixas de uvas, 34 caixas de pequi, três barracas de lona e madeira usados para comercializar frutas, duas

cerâmica e laje. R$ 1.000,00. Q. 378 Del lago Casa c/ 02 qts, sala, cozinha com bancada em granito, wc social, área de serviço, piso cerâmica e forro PVC. Portas e janelas em blindex. R$ 500,00. Cond. Mansões Entre-Lagos Parte terra do imóvel: salão amplo c/ 02 (dois) wc´s, cozinha, piso cerâmica, área da piscina é coberta c/telha de zinco, piscina de vinil ampla, aquecedor de piscina. R$ 2.400,00 + Cond. R$ 160,00. (ESPAÇO P/ ACADEMIA) Cond. Mansões Entre-Lagos Lote c/ 1000m², murado, portão eletrônico, canil.Casa c/ 260m² aproximadamente, sala, 3qts, sendo um suíte, wc social, D.C.E, cozinha, área de serviço, varanda, garagem, 1º piso: soto: só o espaço sem divisão, esquadrias metálicas, telhado c/ armação metálica e garagem ampla. R$ 1.550,00 + Cond. R$ 160,00. Cond. Euller Paranhos Casa c/ sala, 03 qts, 02 banheiros, cozinha, área de serviço e garagem. Piso cimento, telhado amianto, forro PVC. R$ 500. Não paga Cond.

CASAS CONJUGADAS

CASAS CONJUGADAS Q. 12 Parte terrea do sobradinho c/ sala conjugada c/ cozinha, quarto e banheiro. R$ 300,00 e 330,00. Q. 14 Casa c/ sala/ cozinha, quarto e wc. R$ 300,00. Q. 14 Composta de sala, banheiro, 02 qts (sendo um suíte); piso cerâmica. R$ 450,00. Q. 16 Casa lateral individual com salão, pia wc e área de serviço; piso cerâmica e forro PVC. R$ 300,00 Q. 20 Casa c/ sala e cozinha (estilo americana), banheiro; piso cerâmica, telhado amianto. R$ 300,00. Q. 21 Um cômodo c/wc e área serv; (energia individual) R$ 250,00. Q. 29 Casa c/ sala/cozinha, quarto e wc. R$ 280,00. COND. Entre-Lagos Etapa 03; Casa do fundo c/ sala, quarto, cozinha e wc. Piso cerâmica, telha amianto. R$ 400,00 + TAXA DE COND. DE R$ 80,00.

APARTAMENTOS

APARTAMENTOS Q. 02 Apto c/ sala/cozinha, área de serviço, wc social, quarto. R$ 350,00. Q. 02 Apto de frente c/ sala/cozinha com sacada, quarto suíte. R$ 450,00. Q. 09 Apto composto de 02 qts, sendo 01 suíte, wc social, cozinha estilo americana, sala e piso cerâmica. R$ 550,00. (1º LOCAÇÃO) Q. 10 Apto's c/ sala, 02 qts sendo 01 suíte, cozinha c/ bancada em granito, wc social, área de serviço. Janela blindex, interfone e piso cerâmica. R$ 700,00. Q. 10 Apto's com 02 qts, sala, cozinha, área de serviço e wc. R$ 550,00. Q. 10 Apto com sala, cozinha/área de serviço, wc e 02 qts. R$ 600,00. Q. 20 Apto's c/ 48m², composto de sala, 2 qts, wc, cozinha e área de serviço; piso cerâmica. R$ 600,00 + R$ 50,00 de Cond. ( 1º LOCAÇÃO) Q. 21 Apto c/ 55m², c/ sala, 2 quartos, cozinha, wc, área de serviço, piso cerâmica. R$ 550,00. Q. 21 Apto's com 56m², com sala, 02 qts, banheiro social. R$ 700,00. (1º LOCAÇÃO) Q. 22 Apto's c/ 2qts, sala, cozinha, wc, área de serv. e piso cerâmica. R$ 500,00. Q. 23 Apto c/ 2qts, sala, cozinha, àrea de serv., cerâmica, antena coletiva, interfone, tub. de telefone e caixa de correios. R$ 500,00. Q. 26 Apto's com sala e cozinha (estilo americana), wc social, 02 qts e piso cerâmica. R$ 600,00. Q. 30 Apto com 50m², quarto suíte, sala ampla, cozinha com bancada em mármore, armário sob pia, acabamento em grafiato e box no wc. R$ 440,00. Q. 32 Apto's c/ 02 qts, sala, coz. e área de serv; wc com box de vidro, fosso de ventilação, piso cerâmica e armário sob pia. R$ 650,00. Q. 34 Apto's com sala/cozinha, quarto e área de serviço. R$ 400,00 e R$ 420,00. COND. Mansões Entre-Lagos Apto's c/ sala/cozinha, quarto, wc e piso cerâmica. R$ 400.00 + R$ 16,00 de Condomínio

QUER VENDER SEU IMÓVEL? TEMOS CLIENTES CADASTRADOS!

caixas de metal usadas para guardar os cocos, seis carrinhos de supermercado, bebidas destiladas, latas de cerveja e refrigerantes, águas, óculos, bijuterias, e a apreensão de um saco cheio de CDs e DVDs piratas. Enquanto os servidores colocavam as mercadorias no caminhão, um rapaz raptou um produto. Ele foi encaminhado à 5ª Delegacia de Polícia, após agredir um dos agentes da Seops e responderá por desacato, roubo e resistência à prisão. Participaram da ação 43 servidores da Seops, Agefis, Polícias Militar e Civil. À frente da coordenação estavam o sargento Jenivaldo (chefe de equipe da secretaria) e Adriano Patti (Gerente de Fiscalização da agência).

SALAS COMERCIAIS/LOJAS

SALAS COMERCIAIS / LOJAS Q. 02 Loja com 128m², 02 wc's, depósito, piso cerâmica. R$ 1.500,00. Q. 02 Loja c/ wc. R$ 700,00. Q. 08 Prédio comercial com 680m2, sendo loja c/ subsolo,mezanino, apto c/ 3qts, 2 suítes, banh. social, dce, 02 (duas) salas comercias. (ao lado do Bradesco). R$ 8.000,00. (Podemos alugar também: Loja, subsolo e sobreloja com área aproximadamente de 500m²). R$ 6.000,00. Q. 09 Loja com 30,89m² e wc. R$ 550,00. + Cond. de R$ 125,00 (PRÉDIO DO BANCO DO BRASIL) Q. 09 Salas comercias a partir de R$ 380,00 + Cond. de R$ 125,00 (PRÉDIO DO BANCO DO BRASIL) Q. 09 Cobertura com 319,26m². R$ 4.000,00 + Cond. de R$ 440,00 (PRÉDIO DO BANCO DO BRASIL) Q.10 Salas de 50m² com wc, pia e piso cerâmica. R$ 500,00 Q. 18 Prédio comercial Loja c/ 90m², subsolo c/ 100m², sobreloja c/ 90m² e 1º andar c/ 100m², 2wc's piso cerâmica. R$ 6.200,00. Q. 18 Sala c/ aproximadamente 45m², wc, área de serviço c/ pia. R$ 550,00 + Cond. de R$ 50,00. Q. 20 Loja's com 65m² e 60m², 01 wc's, piso cerâmica, esquina. R$ 1.000,00 e R$ 1.000,00 ou toda a Loja por R$ 2.000,00. ( 1º LOCAÇÃO) Q. 32 Loja c/130m², 2 banheiros, piso granitina. R$ 1.500,00. Q. 32 Loja c/ 140m², 2 wc's, piso cerâmica. R$ 1.800,00. Q. 02 ITAPOÃ II Galpão c/ 420m² c/ estrutura metálica. R$ 5.000,00. QL. 01 ITAPOÃ Loja dividida em 02 (duas) c/ aproximadamete 128m²; c/ sala, 02 escritórios, 02 wc's, cozinha e área de serviço. R$ 1.500,00. Entre Lagos CL 02 Lojas c/ 70m², wc, piso cerâmica. R$ 450,00 + Cond. de R$ 40,00. Entre Lagos CL 02 Loja c/ 75m², wc, piso cerâmica. R$ 400,00 + Cond. de R$ 16,00.

KITS

KIT'S Q. 02 Kit' frente: 01 comodo c/ wc, área de serviço/ fosso de ventilação. R$ 300,00. Q. 18 Sala c/ aproximadamente 45m², wc, área de serviço c/ pia. R$ 550,00 + Cond. de R$ 50,00. Entre Lagos CL 02 Kit c/ 70m², wc, piso cerâmica. R$ 450,00 + Cond. de 40,00. Entre Lagos CL 02 Kit com 38 m² e bancada em granito. R$ 350,00 + Cond. de R$ 60,00.

LIGUE E CONFIRA MAIS OFERTAS

3369-7303 3369-1882 VENDAS

9977-7303 9814-9255 9244-9106 E-mails: imobparanoa@hotmail.com imobparanoa@gmail.com

Av. Paranoá - Quadra 18 Conj. 12 - Lt. 20 - Sala 201


EDUCAÇÃO

E

BRASÍLIA - DF, 20 A 26 DE JUNHO DE 2011

A

NSINO SUPERIOR

LIMENTAÇÃO ESCOLAR FOTO: AGÊNCIA BRASILIA

FOTO: DIVULGAÇÃO

Ban Kimoon esteve com os alunos e provou uma galinhada

REPRESENTANTE DA ONU VISITA ESCOLA NA ASA NORTE Disputa acirrada entre os candidatos aumenta a cada ano: quem não for classificado agora, irá entrar numa lista de espera

MINISTÉRIO DIVULGA A PRIMEIRA CHAMADA DO SISU Cerca de 450 mil estudantes se candidataram para disputar uma das 26 mil vagas oferecidas em 48 instituições de nível superior

O Ministério da Educação (MEC) divulgou no dia 22 a lista dos aprovados em primeira chamada pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Cerca de 450 mil se candidataram para disputar uma das 26 mil vagas ofertadas em 48 instituições públicas de ensino superior. Os aprovados terão os dias 27 e 28 deste mês para fazer a matrícula nas instituições de ensino. Os estudantes puderam escolher até duas opções de curso, elegendo sua prioridade. Caso o participante tenha conseguido uma vaga no curso marcado como segunda opção, poderá permanecer no sistema e es-

perar pela segunda chamada. Os selecionados para a primeira opção perdem a vaga se não fizerem a matrícula. No dia 2 de julho, o MEC divulga a segunda chamada, com prazo de matrícula nos dias 5 e 6 de julho. Após esse período, o sistema gera uma lista de espera que fica disponível para as instituições selecionarem candidatos para as vagas remanescentes. Podem entrar na lista os estudantes que não foram selecionados (em nenhuma das opções escolhidas) nas duas primeiras chamadas. Os interessados deverão fazer essa opção no próprio sistema, entre os dias 2 e 7 de julho.

A lista dos aprovados pode ser consultada no site do MEC. Os estudantes também poderão consultar o resultado da seleção pelo telefone 0800 616161. Criado pelo MEC no ano passado, o Sisu unifica a oferta de vagas em instituições públicas de ensino superior. O sistema utiliza a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como única fase de seu processo seletivo. Os três cursos mais procurados na edição do Sisu foram as graduações em medicina da Universidade Federal do Estado Rio de Janeiro (Unirio), da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e da Uni-

versidade Federal de Ouro Preto (Ufop). Com 70 vagas disponíveis, o curso de medicina da Unirio foi o campeão de inscrições: 19.503. Entre os dez mais procurados estão ainda análise de sistemas, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IF-SP), direito da Universidade de Mato Grosso do Sul (UFMS), direito da UFMA, ciência e tecnologia da Universidade Federal do Semiárido (Ufersa), engenharia civil da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UFTPR), direito na Unirio e medicina na Universidade Federal Fluminense (UFF).

No último dia 17, 80 crianças receberam uma visita diferente no Jardim de Infância da 304 Norte, em Brasília. A representante da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Soon-taek, e mulher do secretário-geral da ONU, Ban Kimoon, foi ao local para ver, na prática, como funciona o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), parceria do GDF com o governo federal. Ela assistiu a uma apresentação de teatro e merendou galinhada junto com os pequenos estudantes, que têm entre quatro e seis anos de idade. No fim da visita, a representante da ONU conheceu a horta cultivada pelos alunos. O objetivo era mostrar a rotina de uma sexta-feira no JI 304 e como o PNAE se insere no processo pedagógico. O programa possui papéis universal e suplementar na alimentação das crianças, atendendo às necessidades nutricionais dos alunos, além de realizar compras diretas da agricultura familiar. "Essa visita representa um marco, um diferencial. A alimentação escolar no Distrito Federal é referência e não só no país; o programa brasileiro é referência para as Nações Unidas", explicou a gerente de Alimentação Escolar da Secretaria de Educação do DF, Eliene Ferreira de Sousa.

"O Brasil já está trabalhando com vários países em desenvolvimento e realizando capacitação, para que eles desenvolvam programas semelhantes ao nosso", afirmou o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Daniel Balaban. De acordo com ele, 47 milhões de estudantes em todo o país são beneficiados pelo PNAE. "Os alunos também trabalham cultivando os próprios alimentos e, assim, aprendem a importância deles para a nossa saúde", acrescentou. A diretora do JI 304, Maria Helena Ferreira Borges, explicou que a ideia de levar a representante da ONU à escola partiu do governo federal. "O FNDE nos convidou a receber a senhora Ban Soon-taek, porque eles já conhecem o projeto que nós já desenvolvemos há cinco anos", declarou, comemorando a oportunidade de apresentar o trabalho que atualmente envolve 180 crianças durante os dois turnos de funcionamento do jardim de infância da Asa Norte. Ban Soon-taek, que passa pelo Brasil em missão oficial com Ban Ki-moon, revelou ter ficado muito satisfeita com o modo como o programa está sendo conduzido no Distrito Federal. Ela foi recepcionada por estudantes, professoras e representantes do governo federal e do GDF.


BRASÍLIA, DF - 20 A 26 DE JUNHO DE 2011

CHIEIRA REALIZA A MELHOR

FESTA DO DIVINO

GOIÁS EM FOCO

POR MARINA DURÃES

Geraldo José de Lima e sua esposa, a vice-prefeita Leda Rocha, foram consagrados "Imperador" e "Imperatriz" no evento

Por Marina Durães e Ivan Carlos O município de Iaciara fez uma justa homenagem ao mineiro de Sete Lagoas que dedicou trinta anos de sua vida estendendo as mãos aos mais necessitados. Ele mostra a força da grandeza de alguns sonhos para melhorar a vida de muitas famílias da comunidade. O objetivo final é propiciar-lhes desenvolvimento socioeconômico. A emoção tomou conta de todos ao ser anunciado o nome do pecuarista e exprefeito Geraldo José de Lima (Geraldo Chieira) e sua esposa, a atual vice-prefeita Leda Rocha de Lima com quem é casado há 56 anos. Ambos foram consagrados "Imperador" e "Imperatriz" da Festa do Divino Espírito Santo de 2011. O imperador não decepcionou, apesar de seus 83 anos. Não se abalou, sendo forte como o rei Davi, determinado como um campeão, humilde como um cristão e nobre de coração. E assim sucederam a festa e suas atrações, no período de 3 a 12 de junho, com o levantamento de mastro da bandeira do Divino, missa, bingo de um carro zero-quilômetro, alvorada com fogos de artifício, com toques de berrantes, cortejo do imperador pelas ruas e um grande almoço de confraternização para a comunidade, deixando saudades aos visitantes que partiram e o espírito irmanado do dever cumprido dos anfitriões. Essa atmosfera refletia no estandarte maior que triunfava nas alturas, com a bem aventurança do símbolo da paz - "iluminai as nossas famílias para que sejam a luz do mundo". As famílias foram abençoadas pelo padre Daniel de Paula, da Paróquia de Santo Antônio, com um sorriso contagiante do imperado e também pelos ministros da eucaristia e pala graça da rainha da Cavalgada. Norrany Rodrigues. O Jornal das Cidades ouviu várias pessoas de diferentes níveis sociais a respeito do homem e amigo Geraldo Chieira. Segundo o pecuarista Osmar Gonçalves (Main), "Seu Geraldo é um mito, companheiro carismático, amigo na doença e na tristeza". Para o assessor do governo do Estado de Pernambuco, Luiz Carlos Amorim, "a distância é curta quando se trata de prestigiar um grande homem". Na opinião do deputado estadual Iso

FESTA

Missa solene da festa: consagração do “imperador” Chieira e “imperatriz” Leda

Cortejo sendo acompanhado pelo povo

Norrany, rainha da Cavalgada: simpatia

DO

DIVINO ESPÍRITO SANTO

No último domingo, 12, terminou um dos mais tradicionais acontecimentos religiosos do nordeste goiano. É a Festa do Divino Espírito Santo, realizada desde 1879, na cidade de Posse. O ponto alto da festa, no período de 3 a 8 de junho, foi a chegada da Imagem Peregrina do Divino Pai Eterno, trazida pelo padre Robson de Oliveira, reitor da Basílica do Divino Pai Eterno de Trindade. O religioso chegou à Posse, acompanhado e a convite do vice-governador e presidente da Celg, José Eliton. Segundo Eliton, a festa é muito ligada às tradições do povo nordestino, período que coincide com os preparativos da Romaria do Divino Pai Eterno de Trindade. "A devoção do povo ao Divino Espírito Santo é muito grande. Então, a vinda da imagem peregrina à cidade é um brinde a nossa fé", disse o vice-governador.

CASAMENTO

DO ANO EM

POSSE

No dia 28 de maio, o engenheiro agrônomo e pecuarista Márcio Schermack casou-se com a bacharel em enfermagem Rafaela Schermack na Igreja Nossa Senhora Santana, na cidade de Posse. O enlace contou com a presença de familiares, amigos e autoridades que lotaram as dependências do templo. Uma presença ilustre foi a do vice-governador e presidente da Celg, José Eliton. O monsenhor Epitácio Cardoso Pereira celebrou o ato religioso. Em virtude da sofisticada recepção oferecida aos convidados no Clube Aliança, o evento foi considerado "o casamento do ano" na cidade.

RECURSOS PARA A EXECUÇÃO PENAL

Devotos se confraternizam em almoço

Amigos do anfitrião da festa: prestígio Moreira, "Geraldo é um homem de bem, amigo e companheiro, como ex-prefeito e cidadão. Razão pela qual fiz questão de participar do encerramento desta bela festa". Já o desembargador e excorregedor do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco, Francisco Julião, veio prestigiar o evento e estar alguns momentos junto ao tão

Comitiva de cavaleiros: tradição da festa

Família de Geraldo Lima: unida pela fé

querido amigo Geraldo. "Por mais de vinte anos, mantemos uma grande amizade. Sintome honrado, emocionado com a grandiosidade da festa e admirado com a fé do povo". A comerciante Cheila do Giga desabafa: "Em um momento difícil de minha vida, o senhor Geraldo e dona Leda ajudaram-me e serei eternamente grata". A

estudante Iana Priscila afirmou: "Geraldo é um homem simpático, dinâmico e muito caridoso". E segundo o empresário e agropecuarista João Batista da Paz, "falar de Chieira demoraria dias, semanas. Grande ser humano, de um caráter irretocável, amigo de todos e honesto. Um homem que mudou para melhor a história de Iaciara".

Exemplo de superação a ser seguido O Jornal das Cidades destaca o empresário e pecuarista da cidade de Iaciara, João Batista da Paz (Batistinha) como exemplo de superação a ser seguido. O empresário relatou aos repórteres os momentos difíceis em que passou junto com o pai e os sete irmãos, após a perda da mãe. Hoje, ele é grato à cidade que o acolheu, razão pela qual presenteou o município com a construção de um hotel de alto padrão. Batista pretende, em curto prazo, expandir seus negócios em outras regiões do Estado, além da cidade de Posse. Esta será a próxima a ser contemplada com um hotel de 50 apartamentos em blindex, ao estilo da hotelaria dos Emirados Árabes - Dubai. O investimento esta previsto para

Empresário João Batista e esposa Maria Nery: ampliação de negócios 2012 e irá propiciar dezenas de em- declarou que a cidade de Posse não pregos de forma direta e indireta, be- foi escolhida por acaso e sim por acreneficiando o município com a arreca- ditar no seu potencial econômico e dação de tributos e o consequente estratégico como o mais novo eldoaumento da receita. O empresário rado do Brasil.

No dia 14, a Comissão Mista da Assembleia Legislativa aprovou processo da Governadoria que abre créditos especiais para o Sistema de Execução Penal, no valor de R$ 338.847,91. Trata-se do processo nº 2.016, que objetiva a exe-

REUNIÃO

cução do Projeto Justiça Terapêutica em Resposta às Penas Alternativas, conforme o Convênio MJ nº 78/2008, celebrado entre a União, por meio do Ministério da Justiça, e o Estado, por meio da Secretaria de Segurança Pública.

IMPORTANTE EM

No dia 17, os secretários Giuseppe Vecci (Gestão e Planejamento), Simão Cirineu (Fazenda) e Alexandre Baldy (Indústria e Comércio) participaram de reunião no Ministério da Fazenda. O encontro foi realizado na Secretaria Executiva do Confaz e contou com a presença de secretários do Mato Grosso, Mato Gros-

DESCULPAS

BRASÍLIA

so do Sul e DF. Um dos objetivos foi o de buscar convergência de interesses na adoção de políticas de desenvolvimento para o Centro-Oeste. O debate foi focado nos Fundos Regional de Desenvolvimento e de Ressarcimento das possíveis perdas provocadas pela redução das alíquotas do ICMS.

À NAÇÃO ITALIANA

Uma atitude elogiada por todos essa do senador Demóstenes Torres (DEM) de pedir desculpas à Itália pela decisão do STF de não extraditar Cesare Battisti, condenado naquele país à prisão perpétua, mesmo com o tratado de extradição. “O que aconteceu para que o governo tomasse essa decisão infeliz?”, questionou o senador. Battisti foi condenado por assassinato quando integrava o Proletários Armados pelo Comunismo, braço das Brigadas Vermelhas, grupo que atuava nos anos 70.


JORNAL DAS CIDADES

– BRASÍLIA, DF - 20 A 26 DE JUNHO DE 2011

B URITINÓPOLIS

Município de Buritinópo administração de tod Em sua gestão, a chefe do Executivo atua com firmeza nas áreas social, de educação, saúde e infraestrutura, entre outras, promovendo uma revolução na arte de administrar o bem público

Por Marina Durães e Ivan Carlos A prefeita Maria Aparecida da Cruz Costa vem desenvolvendo um trabalho profícuo em prol de Buritinópolis. Várias ações em áreas estratégicas demonstram a preocupação com o progresso da cidade. A começar pela saúde, houve uma profunda transformação, sobretudo o hospital que funcionava como um simples posto de saúde. Com muito trabalho e esforço, o hospital do município retomou suas verdadeiras atribuições, implantando atendimento 24 horas e instituindo médico permanente, proporcionando bem-estar e segurança para a comunidade. Com o objetivo de oferecer mais retaguarda ao atendimento médico dos buritinopolenses, os melhoramentos foram visíveis. “Adquirimos duas ambulâncias uma com recurso próprio e a outra em convênio com o estado. Outras aquisições de veículos de extrema necessidade foram feitas, tais como um Saveiro zero- quilômetro para a vigilância sanitária, camionete Ranger como suporte aos trabalhos realizados pela Secretaria de Educação, um veículo Gol que ficará à disposição do Conselho Tutelar. E compramos um Golf para atender o gabinete do Executivo”, relatou a prefeita. Educação – Na área do ensino, a prefeita entende de que a educação é o caminho para o próspero futuro. A creche escolar foi ampliada e reformada com recursos próprios, apta a atender 120 crianças. A prefeitura também adquiriu um ônibus escolar para o transporte dos alunos e melhorou a qualidade da merenda escolar. No governo anterior, a merenda estava suspensa por falta de prestação de contas. O Executivo local ampliou o abastecimento de água com o tratamento necessário. De acordo com a prefeita Maria Aparecida, o trabalho é feito “com afinco no sentido de garantir aos jovens estudantes a oportunidade de concorrer no atual mercado que exige ensino de qualidade. São doados materiais escolares, fornecimento de transporte com segurança e gratuito para os nossos universitários que estudam no campus da UEG de Posse e na faculdade de Formosa - IESGO”. Uma das grandes preocupação da prefeita Cida foi a valorização do funcionalismo público municipal, criando o plano de cargos e carreiras dos profissionais da educação bem como dos profissionais da saúde, iniciativa esta que dentro em breve será estendida a todos os servidores municipais. Social – Preocupada com o social, a prefeita promoveu em 2009 mutirões sociais. Serviços como: Registro de Nascimento, Emissão de Carteira de Identidade, CPF, Título de Eleitor, Carteira de trabalho, Cartão do Bolsa Família, Atendimento Jurídico, Aposentadorias, casamento coletivo entre outros serviços. A prefeita Cida encaminhou ainda no ano de 2009 projeto de lei para a legalização de doações de cestas básicas, remédios, consultas e exames médicos, enxovais para noivas e crianças, passagens intermunicipais, kit materiais de construções, atendimento fúnebre, suporte para as igrejas em suas festividades religiosas, entre outros benefícios. “Um dos grandes trabalhos da atual administração, ao qual dedicamos com todo carinho, é a Casa de Apoio, em Goiânia, mantida com recursos próprios. Damos aos nossos cidadãos, em suas horas mais difíceis, toda a assistência necessária, elevando sua alta estima”,

Prefeita Cida e Prefeita Andréia de Damianópolis Deputado federal Pedro Chavez, Deputado estadual Iso Moreira e Prefeita Cida

Aparecida, prefeita de Buritinópolis, Maria do Socorro prefeita de Mambaí, Dourinha, prefeita de Sitio D'Abadia e Davi prefeito de Alvorada

Prefeita Maria Aparecida: ao realizar várias obras, revela sua preocupação com o bem estar do povo

Prefeita Cida e o Sr Joaquim Ribeiro o integrante mais velho (93 anos)

Prefeita Cida e Sr Biá (85 anos) recebendo prêmio de melhor dançarino

afirmou. “Como Buritinópolis está dentro da área da APA do Rio vermelho, temos um grande potencial turístico. Construímos em parceria com o ministério do turismo um complexo de lazer (orla) às margens do Rio Buriti para embelezar a cidade e promover lazer à população e descontração aos nossos visitantes”, enfatizou a prefeita. Já aos que pertencem ao grupo da melhor idade, são realizadas festas periodicamente para homenageá-los e presenteá-los, também são realizadas atividades física com acompanhamento de profissionais de saúde. Datas significativas como o Dia das Mães são também lembradas e prestigiadas. Aos aficionados de esporte, a administração recuperou o estádio de futebol que estava praticamente inacabado e houve reforma total da quadra de esportes. Infraestrutura – Ainda segundo a prefeita Cida, a prefeitura concluiu também 40 casas programadas pela gestão passada e foram edificadas e entregues mais 24 moradias para as famílias de baixa renda, todas escrituradas por conta da prefeitura. E mais: construção de mata-burros, bueiros na zona rural e recuperação de estradas vicinais. “Não podemos deixar de citar que realizamos os sonhos de vários proprietários de residências, implantando asfalto nos seguintes bairros: Vitória, Buriti I, Buriti II e Buriti III”. Com o objetivo de incentivar os feirantes do nosso município, foi construída a feira coberta.” Cida lembrou ainda a realização de um concurso público para a valorização da categoria que milita no Centro de Referência da Assistência Social (Cras) e Pró Jovem. Am-

bos os serviços estão informatizados, um dos trunfos da prefeita. Ela tem investido cada vez mais em suas prioridades, apesar de ter despendido um precioso tempo na regularização dos documentos do Poder Executivo e conseguir, assim, recuperar a credibilidade perdida na gestão anterior junto às esferas estadual e federal. A prefeita demonstrou competência e determinação para superar todas as barreiras encontradas e que isso só foi possível graças a dedicação e empenho de cada um de seus secretários e secretarias aos quais ela agradece de coração e que conta sempre com a colaboração de todos. Também vale ressaltar que a camara municipal deu total apoio as decisões e projetos de iniciativa do poder executivo, e aos nosso vereadores e toda a população de Buritinópolis os meus agradecimentos.” Finaliza a prefeita Cida. “A prefeita está sempre em busca de realizações e, com certeza, fará a melhor administração de todos os tempos de Buritinópolis”, enfatizou o marido e ex-prefeito Jorgino Costa.

Autoridades no palco

Prefeita Cida e o Dr. Percy e sua esposa

Secretário de Finanças Jorge e Prefeita Cida

Prefeita Cida e a Garota São João Fernanda

Evento mobilizou uma multidão que prestigiou todos os momentos da festa junina

Vice prefeito Acy e Prefeita Cida

Prefeita Cida e familia

Di Paullo, deputado Iso Moreira, Garota São João, Prefeita Cida, Princesa, Paulino, Pedro Chavez

Secretário de saúde Cleumir e Prefeita Cida

Prefeita Cida com os amigos Edmar e Lucy


S - DF - GOIÁS - MINAS

BRASÍLIA, DF - 20 A 26 DE JUNHO DE 2011

lis terá a melhor dos os tempos

Presidente da Câmara elogia administração O presidente da Câmara Municipal de Buritinópolis, Gervalino Teles de Menezes (foto), parabeniza a administração da prefeita Maria Aparecida pelo empenho no sentido de desenvolver o município. Ele acredita e confia no compromisso da prefeita e seu esposo Jorgino Joaquim Costa para com o progresso da cidade o bem-estar do povo. Segundo Menezes, Jorgino, quando era prefeito, mudou para melhor a história do município. Ele está confiante em um segundo mandato de Aparecida. "Muitos benefícios virão", confia. Menezes agradece aos vereadores

que o elegeram ao cargo máximo do Legislativo local e reconhece as boas ações da prefeita, dando-lhe todo suporte para trabalhar em prol do município.

Naldo Lima é cotado sair candidato a vereador Banda Calça Rasgada

Banda Rasta Chinela

Di Paullo e Paulino

Maída e Marcelo

Grandes atrações marcaram festa na cidade Buritinópolis é um dos belos pólos fomentadores do turismo, gerador de emprego, renda e energia elétrica do nordeste goiano. Entre os dias 17 e 19 de junho, foi realizada na cidade a 19ª e tradicional festa junina da região, com as seguintes atrações: show pirotécnico, torneio de truco, final do Campeonato Municipal de Futebol com premiações, comidas e bebidas típicas. A festa mobilizou verdadeiras multidões das cidades vizinhas. Artistas consagrados marcaram presença, entre eles Máida & Marcelo, Forró Amor de Cinema, Di Paullo e Paulinho, Banda Rasta Chinela, Nelson Nascimento, o Rei da Pisadinha, Banda

Kol Enóis e matinê com o grupo Kalça Rasgada. Os foliões irreverentes eram movidos pela energia proporcionada pelos seus ídolos em uma área especialmente construída para grandes realizações culturais. O objetivo foi o de oferecer conforto e segurança na preservação do bem-estar da comunidade. Não faltaram também autoridades políticas (Dep. Federal Pedro Chavez, Dep. Estadual Iso Moreira, os prefeitos: Davi Moreira de Alvorada do Norte, Maria do Socorro de Mambaí, Adreia de Damianópolis, Dourinha de Sitio d’Abadia) que prestigiaram os anfitriões.

Nas conversas nos bastidores políticos de Buritinópolis estão sendo ventilados novos nomes para o cargo de vereador na próxima eleição. Entre eles, destaca-se o do profissional de rádio, Naldo Lima. Ele tem a seu favor vários pontos positivos: é bom no que faz, em seu programa está sempre exercendo ações sociais Sua competência somada à popularidade o credenciam para o mundo da política. Questionado a respeito, Naldo afirma: "É gratificante ter meu nome entre os que podem melhorar um pouco a qualidade de vida do povo. Eu ainda não fui

informado sobre o assunto e não descarto a hipótese de aceitar, contanto que seja em uma chapa eleitoral que dê apoio à prefeita Maria Aparecida".

Avaliação positiva

O deputado estadual Iso Moreira (PSDB) fez sobre uma breve avaliação dos dois anos e meio da gestão da prefeita Cida em Buritinópolis ao Jornal das Cidades. O deputado se mostrou satisfeito com a administração. Buritinópolis vem sendo conduzido por pessoas de sua inteira confiança, a exemplo do seu amigo e exprefeito Jorgino Joaquim Costa, "que alavancou o progresso por meio da competência, trabalho e honestidade. Em relação à prefeita Cida, o deputado afirma que ela tem todas as condições de manter este legado, da forma com que vem conduzindo o município. Iso Moreira disse ainda que não medirá esforços, junto ao governo de Goiás, para que a chefe do Executivo se mantenha entre os melhores gestores do Estado.

De um povoado, Jorgino fez uma bela cidade Em conversa in off com os repórteres do Jornal das Cidades, Jorgino Costa, esposo da atual prefeita Cida, buscou nos primórdios da história a justificativa do desenvolvimento do município. "Sonhar é preciso, desde que realizemos o sonho meticulosamente e o confrontemos passo a passo com a realidade", afirma, ao se referir como um dos mentores pela emancipação de Martinópolis, antes distrito de Mambaí. Ali, foi vereador no período de 1989 a 1992, exercendo, no último biênio, a presidência da Câmara Municipal de Mambaí. Em 26 de abril de 92 foi apresentado ao povo um plebiscito. A autonomia foi aprovada e, assim, a criação do município de Buritinópolis por meio da emancipação. Com o pleito municipal, Jorgino assumiu o cargo de viceprefeito e o cargo de secretário municipal de Transportes. Lutou de forma incessante contra a fome e a pobreza e também na construção de dias melhores. Tudo isso com o apoio dos produtores rurais aos quais até hoje Jorgino se sente agradecido. Até então, a prefeitura funcionava em um prédio inadequado para abrigar um órgão público. Segundo ele, a avenida principal era um matagal que tirava todo o aspecto de cidade. Hoje, já existe uma bela avenida, um verdadeiro cartãopostal de Buritinópolis. "A cidade não tinha ruas decentes para se trafegar, a não ser de carros de boi. (risos)". Na eleição de 1993 a 1996, ocupou o cargo de vice-prefeito e, por dois mandatos (1997 a 2004), foi o chefe de Executivo Municipal. Os projetos de Jorgino começaram a

ser implantados, com a responsabilidade de uma de uma gestão planejada por meio de obras comunitárias e, como ele mesmo diz, "sem medo, sem preconceito e sem reprovação". Os principais projetos são os seguintes: asfalto na avenida principal e vias públicas, sede da Telebrasília, construção do Hospital Municipal, do novo e moderno prédio da prefeitura e um dos melhores estádios de futebol da região. Há, também, as construções do centro comunitário, casas populares e a usina de reciclagem de lixo destruída na gestão passada. "Uma das grandes obras residiu na preocupação em levar água a todos os povoados, além de realizar o sonho dos jovens com a quadra poliesportiva, ginásio de esportes, campo de futebol e apoio irrestrito aos campeonatos municipais e intermunicipais com toda estrutura que os atletas merecem", ressaltou Jorgino. "Respeitarmos as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS). Acreditamos que em cada dólar aplicado no esporte, se economiza 2.1 em saúde pública. Esporte é vida, é saúde", argumentou. O ex-prefeito de Buritinópolis é um observador atento da realidade nacional. Segundo ele, a crise econômica mundial não perdoou ninguém e as pequenas cidades brasileiras foram as mais penalizadas, influindo em todos os processos de licitação e obras. Houve também grandes prejuízos por um período de seis meses em 2010 devido ao processo eleitoral. "Agora, em 2011, o governo estadual precisa se organizar e isso demanda certo tempo para colocar a casa em ordem", concluiu Jorgino.

Prefeitura Municipal de Buritinópolis

Ex-prefeito Jorgino Costa

Praça dos Tres Poderes construida por Jorgino


– BRASÍLIA, DF - 20 A 26 DE JUNHO DE 2011

JORNAL DAS CIDADES DF - GOIÁS - MINAS

Á GUA FRIA

FESTA RATIFICA PRESTÍGIO DO PREFEITO JOÃO DE DEUS Evento que comemorou a emancipação política do município reuniu várias atrações e um grupo de autoridades que levou seu abraço ao chefe do Executivo

Por Marina Durães e Ivan Carlos A prefeitura de Água Fria de Goiás coroou a princesinha do leste goiano com uma grande festa pela passagem do seu 24ª ano de emancipação política. O evento foi realizado no Parque de Exposições da cidade e traduziu-se como um valioso presente ao povo. O público participou maciçamente durante os três dias de festividade, de 17 a 19 de junho. Graças ao empenho do prefeito João de Deus Silva Carvalho, tudo transcorreu na mais perfeita ordem. O prefeito tem uma vasta experiência política no Distrito Federal, onde foi deputado distrital por três mandatos. João vem mantendo até hoje um círculo de amizades em todas as esferas governamentais, contando também com o respeito da categoria dos bombeiros do DF que foram prestigiar o evento, além do amigo e presidente da Associação dos Praças Policiais e Bombeiros Militares do DF (Aspra), sargento Élvio Meireles. João de Deus vem ampliando suas amizades, contando também com apoio da comunidade, dos comerciantes, produtores rurais e, principalmente, da Câmara Municipal que o ajudou a abrilhantar a festa. O evento reuniu as seguintes atrações: dupla Gino e Geno, Nando e Maycol, Pedro Paulo e Matheus, Eduardo Pires e Lindomar, Zé Augusto e Caetano, tudo isso somado a mais uma edição da Festa da Moagem. E mais: show de rodeio durante os três dias com premiações tentadoras - o primeiro lugar faturou uma moto zeroquilômetro; o segundo ganhou R$ 1 mil; o terceiro, R$ 500; o quarto, R$ 300 e o quinto colocado, R$ 200. O publicou também se divertiu com o belo desfile de carros de bois e máquinas agrícolas representando as fazendas, que ajudam na economia do município. O Jornal das Cidades registrou a abertura oficial da festa. Um dos momentos marcantes emocionou o público. Trata-se da prece proferida pelo narrador do rodeio, Fausto Rocha, que "rasgou os céus" com uma oração, pedindo proteção divina aos caubóis e a benção de Deus sobre todos. Os fogos de artifícios se confundiam com as estrelas anunciando a aliança firmada entre o homem e o Criador. Visivelmente emocionado, o prefeito agradeceu a presença da população, reiterando que, enquanto estiver à frente do Executivo, a festa sempre será de por-

Desfile de carros de boi, máquinas agrícolas e frota municipal: público ficou empolgado tões abertos. A prova de sua popularidade era evidente pelo número de participantes - cerca de 10 mil pessoas prestigiaram o evento. No encerramento, o desfile da frota de veículos adquiridos pela prefeitura para desempenhar serviços á comunidade, entre eles um ônibus odontológico recém-reformado e totalmente equipado, uma UTI móvel de última geração, máquinas pesadas, tratores comprados por meio de emenda de parlamentares que o apóiam e outras com ações do próprio prefeito João de Deus. POPULARIDADE - Várias lideranças políticas marcaram presença, tais como o deputado federal Alberto Fraga,o secretário do Entorno do Estado de Goiás, Gastão Leite, representando o governador Marconi Perillo,o administrador regional do Sudoeste/Octogonal (DF), Marcelo Ciciliano, além de prefeitos da região e suas comitivas. Autoridades e povo degustaram um saboroso churrasco. Ao ser questionado em função de seu alto índice de populari-

João de Deus promove grande festa com portões abertos saúde, educação, segurança pública e na infraestrutura do município". Ao fazer uma análise do governo de Goiás, o chefe do Executivo de Água Fria demonstrou otimismo Ele hipotecou apoio a Marconi no primeiro e segundo turnos. João de Deus parabenizou o governador pela esco-

Palanque de autoridades: políticos, empresários e amigos dade, o prefeito declarou: considero um 'alagoiano', que "Tudo isso vem da minha for- se identificou com a cultura ça de vontade, da fé em local. Por ter propriedade no Deus e ter ao meu lado uma município, me aproximei aingrande mulher, Virgínia Cas- da mais da comunidade. to, que cumpre fielmente o Hoje, sou goiano por opção. papel de dona de casa, es- Me sinto orgulhoso em traposa e de primeira-dama. balhar diuturnamente para o Virgínia fala a língua do povo, bem-estar da coletividade. agindo como uma grande Tenho compromisso com mãe para com os necessita- que me elegeu, procuro trados. Como nordestino, me zer um trabalho positivo na

lha do nome de José Eliton para a vice-governadoria, principalmente ao ser colocado no comando da Celg. "O vice-governador vai colocar nos trilhos a maior empresa de Goiás. O prefeito confia na experiência e na capacidade administrativa de Marconi, que irá propiciar melhores dias e condição de vida digna dos goianos. Um carro de boi “movido” a bezerros: atração inédita no 24º aniversário da cidade de Água Fria de Goiás

Desfile de máquinas pesadas de médios e grandes produtores que movimentam a economia do município

Grande churrasco durante almoço oferecido pela prefeitura para os água-frienses e visitantes

Populares acompanham desfile que mistura tecnologia com as tradições do campo

"É PRECISO AMENIZAR O SOFRIMENTO ALHEIO" Em entrevista exclusiva ao Jornal das Cidades, a primeira-dama do município de Água Fria de Goiás, Virgínia Castro, enfatizou o papel da mulher não só no cenário político nacional, como nas demais áreas. "A mulher vem contribuindo no desenvolvimento socioeconômico brasileiro. Com ela não é diferente - é uma questão de princípios e de caráter", afirmou. Segundo Virgínia, é preciso estar à frente de projetos que amenizam o sofrimento alheio por meio do trabalho, com boas doses de amor e da solidariedade humana. "Estou verificando de perto as carências do povo, que nos deu um passaporte para agirmos pelo bem da comunidade água-friense". A primeira-dama reitera sua disposição, valorizando o voto de confiança e abrindo perspectivas de novos rumos ao município. "Quero estar presente no combate a males, como a prostituição, a violência doméstica e proteger nossos jovens das drogas. Não somos uma nação, mas seremos uma cidade diferenciada, regida pela paz", enfatizou. Para ela, é dever também dos governantes e de toda a sociedade o combate à fome e ao analfabetismo, além de oferecimento de oportunidades de trabalho aos jovens.

Prefeito João de Deus mostra à comunidade os veículos adquiridos para atender às necessidades dos munícipes

AGRADECIMENTOS

Primeira-dama Virgínia Castro comanda projetos sociais

A reportagem do Jornal das Cidades agradece ao empresário rural de Água Fria, Gilberto Ceolin, e esposa Maristela (à esq.) pela confortável hospedagem em sua fazenda. A equipe também se sentiu grata pela recepção do simpático casal Marcos Brasileiro e esposa Márcia, moradores da cidade de Posse, pela acolhida durante o período em que os jornalistas estiveram na região.

Jornal das Cidades Edição 159