Issuu on Google+

CALIBRE

Calibrando Opiniões Proposta sugere recall para autoridades eleitas no Brasil Nos Estados Unidos, um governante que não cumpra seus deveres no cargo ou pratique atos de corrupção pode ser destituído do cargo mediante voto popular, em procedimento conhecido como recall.

Recall para autoridades eleitas no Brasil

Adotado em 18 estados norte-americanos e no Distrito de Columbia, o funcionamento do recall é analisado em pesquisa da Faculdade de Direito (FD) da USP. O autor do estudo, o advogado Após a autoridade receber a notificação de que será submetida a um procedimento de Caio Márcio de Brito Ávila, recomenda recall, é estabelecido um prazo em que terá a sua implantação no Brasil, a partir de possibilidade de renunciar ao cargo. uma mudança na Constituição, a “Em caso de permanência, é marcada a começar pelos municípios pequenos e votação”, ressalta Ávila médios. . A partir de uma petição popular é marcada a votação em que acontece o recall O recall é utilizado nos EUA para destituir autoridades públicas eleitas (inclusive os juízes), e também para revogar decisões judiciais. “Ele é dividido em duas fases, a fase de petição e a de votação”, afirma o advogado. “O processo se inicia com uma petição com as razões que justificam o recall, que deve conter um número mínimo de assinaturas e um depósito em dinheiro, a título de caução”.

A fase de votação pode acontecer em um único pleito, ou em votações distintas, para decidir pela destituição e escolher o substituto, se necessário, como acontece nos estados da Lousiana, Oregon e Geórgia. “Na Califórnia, o governador Gray Davis foi submetido a recall em 2003, após uma petição popular obter 1,35 milhão de assinaturas, quando o mínimo exigido era de 1,20 milhão”, diz o advogado. “ Na mesma votação que destituiu o governador foi eleito seu substituto, o ator Arnold Schwarzenegger, que conseguiu 48% dos votos válidos, numa disputa com 135 candidatos”. Proposta

O advogado propõe a alteração do artigo 14 da Constituição Federal, que prevê a realização de plebiscitos, referendos e a apresentação de projetos de lei de iniciativa A quantidade de assinaturas necessárias popular, para incluir o recall. “Em 2005, a e o valor do depósito variam nos estados Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em que o recall é permitido nos Estados apresentou um projeto de emenda Unidos, cada um possuindo legislação constitucional, conhecido como PEC 73/2005, que estabelecia a revogação de mandatos por específica. meio de referendo popular”, conta.


02

Uma sociedade em que apenas a polícia e os facínoras podem estar armados não é e nem será uma sociedade democrática “A proposta da OAB foi parcialmente inspirada na legislação da Suíça, em que a dissolução do parlamento pode ser votada em referendo, mas ainda não foi apreciada pelo Congresso Nacional”. A mudança constituc ional estabeleceria o recall em todo o País, em todos os cargos eletivos, mas sua implantação, propõe Ávila, aconteceria por etapas, de início nos pequenos e médios municípios. “Nos EUA, além de não haver previsão na esfera federal, 80% dos procedimentos ocorrem em nível municipal ou local”, observa. “Nesses casos, o recall está ligado à ideia de julgar os governantes da cidade, e o administrador público é visto como um ‘empregado da população’, podendo ser demitido em casos de má gestão ou de corrupção”. Para estender o recall aos deputados estaduais e federais, seria necessária uma reforma eleitoral. “As eleições parlamentares passariam a ser realizadas no sistema majoritário”, explica o advogado. “Cada estado seria dividido em circunscrições, abrangendo um ou mais municípios, ou, ainda, várias circunscrições numa só cidade nos grandes municípios”. De acordo com Ávila, “embora a proposta desperte o interesse da população, que teria um instrumento para destituir os detentores de mandatos que não estejam lhe representando de forma adequada, não há interesse na classe política de um modo geral na adoção do recall”. A pesquisa teve orientação do Professor Dalmo de Abreu Dallari, da FD. Mais informações: caioavila@uol.com.br

Escritor evangélico fala sobre defesa armada Fala também sobre os horrores de crentes que são obrigados a ficar indefesos Drew Zahn © 2009 WorldNetDaily O escritor Charl Van Wyk, que revidou tiros de terroristas que atacaram o culto de uma igreja, estará viajando nos EUA com testemunhos de seu ministério na África, inclusive sua experiência de primeira mão com igrejas cristãs que não estão preparadas para se defender. O episódio com Van Wyk que ocorreu em 25 de julho de 1993, quando terroristas atacaram e mataram 11 pessoas e feriram 24 outras numa igreja na África do Sul, foi registrado no livro “Shooting Back: The Right and Duty of Self-Defense” [Revidando fogo: o direito e o dever de se defender]. Posteriormente, a polícia lhe disse que os terroristas confessaram que o plano deles era matar todos na igreja, possivelmente 1.000 pessoas ou mais, e a reação armada de Van Wyk foi considerada responsável por salvar muitas vidas naquele dia. Contudo, por meio de seu ministério Frontline Fellowship, Van Wyk vem trabalhando em regiões que poderiam ser chamadas de áreas africanas “devastadas pela guerra”. O único problema é que no Congo, por exemplo, ninguém pode revidar e ninguém pode portar arma, como ocorreu quando ele estava armado durante o massacre na igreja evangélica St. James, podendo impedir um derramamento de sangue maior. Em vez de chamar esses lugares de “zonas devastadas pela guerra”, Van Wyk afirma que eles deveriam ser simplesmente chamados de “zonas de assassinato”. Van Wyk faz um alerta acerca da situação triste das igrejas no Congo que ele viu, uma nação onde os criminosos carregam armas, mas as pessoas não têm nenhum direito de portar um revólver.


03

Uma sociedade em que apenas a polícia e os facínoras podem estar armados não é e nem será uma sociedade democrática

Em círculos cristãos, Van Wyk conclui, há uma Depois de entrevistar uma mulher cuja vila necessidade maior de se armar para a própria defesa. foi estuprada e aterrorizada por rebeldes armados e ficar sabendo de um pastor que foi enterrado vivo, sem que sua congregação “O Apóstolo Paulo escreveu uma carta para Timóteo, 'Mas se alguém não provê para os nada pudesse fazer para se defender, seus, principalmente para os membros sua Van Wyk escreveu uma carta ao editor no própria família, ele negou a fé e é pior do que Congo: um descrente'”, comentou Van Wyk. “Provisão “Seria muito difícil assassinos armados inclui prover segurança. Aliás, nosso Senhor efetuarem tal tirania se as pessoas da localidade estivessem armadas e pudessem Jesus ensinou: 'Se você não tem uma espada, se defender”, escreveu Van Wyk. “Esse tipo venda sua capa e compre uma'”. de chacina só pode ocorrer em lugares em que os cidadãos não têm acesso a armas”. Citando Jesus de novo, Van Wyk acrescentou: Van Wyk estará viajando pelos EUA de 24 de “'Você amará o Senhor seu Deus com todo o seu coração, com toda a sua alma, com todas abril até 12 de maio, com paradas em pelo menos sete estados e várias participações as suas forças e com toda a sua mente', e 'seu próximo como a você mesmo'', disse ele. em programas de rádio e televisão. “Será que estamos amando nosso próximo quando ficamos parados e nada fazemos Quando fizer paradas em igrejas, quando ele está sendo assassinado ou uma provavelmente ele estará discutindo seu mulher está sendo estuprada?” ministério A experiência de Van Wyk em regiões da África entre crentes perseguidos na África, mas nas onde criminosos andam armados, mas os participações nos meios de comunicação, cidadãos não, melhorou sua perspectiva, mas muitas vezes lhe pedirão para falar sobre o ele avisa que os americanos não podem falhar direito de portar arma nos EUA. no dever de proteger os direitos da Segunda “Para criar uma nação segura, arme a Emenda [da Constituição dos EUA, a qual população”, Van Wyk disse para WND. protege os direitos de porte de arma para todos os cidadãos]. Referindo-se ao recente e muito noticiado “Estamos à beira de mudanças no mundo massacre de mais de 12 imigrantes em Nova inteiro”, disse Van Wyk numa entrevista Iorque, ele acrescentou: “Um cidadão armado exclusiva com WND marcando o aniversário poderia ter feito a diferença ali”. de 15 anos do que agora é conhecido como o Embora Van Wyk confesse que há Massacre de St. James. “A ONU tem um desvantagens de ter armas de fogo numa programa de desarmamento para remover as sociedade, ele diz que os legisladores deveriam armas de fogo de todas as nações. considerar as vantagens. Centenas de milhões de pessoas no mundo “Quando foi a última vez que você ouviu falar que um assassino armado matou várias inteiro sofrem horrores de sistemas políticos, vítimas perto de uma delegacia ou de uma que estão impondo programas de desarmamentos baseados em opressão e feira de exibição de armas, ou perto de mentiras”. qualquer outro lugar do mundo onde há muitas armas? É algo que você não ouviu. O motivo é porque os criminosos preferem vítimas desarmadas, ou alvos fáceis”, disse Van Wyk. “Não é de admirar que eles adorem o desarmamento — torna o trabalho deles muito mais fácil e seu ambiente de trabalho muito mais seguro”.

Ele acrescentou: “Na África do Sul, o Congresso Nacional Africano (de inspiração comunista) está impondo um programa de desarmamento politicamente motivado que deixará indefesos os cidadãos obedientes à lei… Neste exato momento no mundo inteiro está havendo uma guerra de cosmovisões na questão de desarmamento. “Não temos escolha, a não ser a ação”, disse ele.


04

Então o objetivo moral dos bons é imolar-se em benefício dos maus?

EDITORIAL A quem se destina este informativo? Na primeira noite eles se aproximam e roubam uma flor do nosso jardim. E não dizemos nada. Na segunda noite, já não se escondem; pisam as flores, matam nosso cão, e não dizemos nada. Até que um dia, o mais frágil deles entra sozinho em nossa casa, rouba-nos a luz, e, conhecendo nosso medo, arranca-nos a voz da garganta. E já não podemos dizer nada. - Vladimir Maiakóvski

A todo aquele que acredita que o cidadão honesto tem o direito natural de defender-se. A todo aquele que está farto com toda a corrupção e a baixeza de nossos políticos. A todo aquele que não consegue entender porque, os eleitores brasileiros apesar de toda informação sobre os problemas da saúde e segurança ainda assim elege a continuidade. A todo aquele que lutou e continua matando um leão por dia, mas que agora é taxado pejorativamente de “elite privilegiada”, sendo que o, único privilegio que você teve, foi o de cumprir as leis tributarias e não ter nada em troca. A todo aquele que sabe que MST é sinônimo de destruição e vandalismo.

Mas o que uma única pessoa pode fazer sempre é esta a duvida que nos assalta

quando pensamos em fazer alguma coisa. Minha resposta é vamos fazer uma coalizão em torno da defesa da liberdade de expressão, usando este poderoso recurso que é a web. Traga sua contribuição, apresente suas idéias, sugestões, artigos, baixe, imprimam e distribuam em sua cidade. Se, é verdade que uma sociedade é o resultado das opiniões individuais, boas ou más, para se melhorar a forma de pensar desta sociedade é preciso agir primeiro sobre a inteligência e a consciência dos indivíduos.

Caso você acredite que censurar a imprensa e promover o desarmamento é A todo aquele que não entende. um dos mecanismos que o governo usa Por que é imoral produzir um valor e ficar para esconder sua corrupção e que a única com ele, mas não o é dar aos outros? conseqüência vai ser de se chegar a um E se é imoral para vocês ficar com esse regime semelhante ao de Cuba e da valor, por que não é imoral para os outros Venezuela, venha apoiar este informativo. aceitá-lo? Então a virtude consiste em servir o vício? Este texto não termina aqui agora é com você. Então o objetivo moral dos bons é Francisco Amado imolar-se em benefício dos maus? filmesonline@ymail.com


05 Ruanda tinha políticas de desarmamento [na época dos massacres] “Os resultados do desarmamento podem de fato ser catastróficos. Por exemplo, Ruanda tinha que eles tinham planejado matar todas as políticas de desarmamento [na época dos pessoas da igreja. massacres], assim como o Zimbábue de hoje. Em seu livro Este período da nossa história é decisivo. “Shooting Back”, Van Wyk não Será que os nossos filhos viverão como só documenta o famoso e sangrento ataque, escravos ou como pessoas livres?” mas também oferece o primeiro estudo Conforme WND noticiou no ano passado, profundo da defesa da Bíblia para que as Van Wyk foi obrigado a usar seu revólver uma segunda vez, quando deu de cara com pessoas usem armas para se defender. uma gangue de assassinos com a intenção óbvia de fazer roubos ou seqüestros numa conferência na África do Sul. Quando a atenção dos criminosos se desviou dele por uns instantes, ele pegou seu revólver. Ele gritou para eles para distrair a atenção deles do seu passageiro, e então abriu fogo, ferindo um dos três criminosos. Van Wyk e outros dois homens que foram alvos do crime saíram ilesos, mas o ministério Frontline Fellowship incorreu em despesas significativas para repor documentos como os passaportes roubados pelos criminosos.

O livro foi transformado em documentário, disponível em vídeo — o primeiro a ser produzido pela nova divisão de filmes de WND.

“Creio firmemente que a ação mais bíblica que eu poderia tomar na hora era proteger a vida de meus irmãos e irmãs em Cristo contra aquele ataque violento. Aliás, se eu não tentasse protegê-los quando eu tinha a oportunidade de fazê-lo, eu teria quebrado O os mandamentos das Escrituras”, disse ele.

Traduzido e adaptado por Julio Severo:

www.juliosevero.com

mundo é um lugar perigoso de se viver, não por causa “Como cristãos, nós temos não só o direito, mas daqueles que fazem o mal, também o dever de proteger os inocentes e cuidar daqueles a quem Deus colocou debaixo de nossa mas sim por causa daqueles responsabilidade”, disse ele. que observam e deixam o “Há uma guerra de cosmovisões ocorrendo no mal acontecer. mundo e as pessoas precisam compreender a ameaça e como elas podem fazer uma diferença”. Albert Einstein O testemunho de Van Wyk de como ele lutou contra um ataque terrorista contra sua igreja foi publicado em livro e DVD por WND, descrevendo 25 de julho de 1993, o dia que se tornaria conhecido na África do Sul como o Massacre de St. James. Uma gangue de terroristas, armados até os dentes, atacou uma igreja cheia de cristãos indefesos. Mas Van Wyk estava na congregação e estava portando um revólver. Ele revidou o fogo. Os terroristas, que fugiram quando perceberam que havia um oponente armado, mais tarde explicaram


06 Proteja um Ladrão, desarme o cidadão

LOJA DE ARMAS NOS ESTADOS UNIDOS Nos EUA para comprar armas basta não ter antecedentes criminais e ser maior de 18 anos. Já no Brasil é preciso ser maior que 25 e apresentar uma porrada de documentos. E mesmo assim a taxa de homicídios aqui é infinitamente maior que nos EUA. E o povo ignorante ainda acha que a culpa dos crimes é das armas. Taxa de homicídios no Brasil: 25,6/100.000 habitantes. Taxa de homicídio nos EUA: 5/100.000 habitantes. Armas no Brasil = 8/100 habitantes Armas nos EUA = 90/100 habitantes! Porque será que em um país, onde você tem a LIBERDADE de comprar armas, como se estivesse comprando um tênis, as gangs não param a via pública e incendeiam os carros?


07

"Liberdade significa responsabilidade. É por isso que tanta gente tem medo dela." ( George Bernard Shaw )

Conquest Knight XV, blindado, tem 6,09 m e motor V10 6,8 litros flex. A fabricante artesanal de utilitários canadense Conquest resolveu investir em um filão inusitado: o de veículos militares para consumidores comuns. Para tanto, a marca criou o Knight XV, que segue os passos do AM General Hum-Vee que, após se tornar famoso na Guerra do Golfo, passou a ser vendido a partir de 1992 em uma configuração civil, batizado como Hummer H1. Equipado com todos os dispositivos comuns a veículos de combate leves, o Knight (cavaleiro, em inglês), promete estar preparado tanto para um cenário pós-apocalíptico quanto para os desafios das metrópoles violentas do mundo afora. Baseado no veículo de combate leve Gurkha, fabricado pela norte-americana Armet e utilizado pelo Exército dos Estados Unidos, o Knight XV é uma espécie de tanque totalmente blindado, o que o torna capaz de resistir a tiros dos mais variados calibres. Mas, ao contrário dos veículos civis que recebem alguma forma de proteção balística, sua blindagem é ostensiva, exposta como em um veículo militar. Segundo o fabricante, são utilizados vidros de 6,4 cm de espessura, além de materiais compostos, como aramida, kevlar, aço de alta resistência e alumínio balístico. Até os pneus são blindados -- radiais de uso misto, Mickey Thompson Baja -- e podem continuar rodando mesmo após terem sido atingidos. As rodas, feitas de alumínio forjado, têm aro 20.


CLIQUE AQUI

08

http://www.visaopanoramica.com EDUCAÇÃO - ROUBOS, DESVIOS E UMA REVOLUÇÃO DA FANTASIA. Um levantamento do Ministério da Educação e Cultura – MEC – trouxe uma luz para solucionar o mistério dos péssimos índices educacionais atingidos pelo Brasil. Apesar do governo Lula dizer que realizou “uma revolução” na área, no levantamento, constatou-se que R$ 1,2 bilhão de reais simplesmente evaporaram no ano passado e jamais chegaram aos cofres do FUNDEB (Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica). Valor sonegado por 21 estados e que deveria ter sido repassado por exigência constitucional. Manobras contábeis e espertezas políticas fizeram com que a verba destinada a irrigar a tão sedenta educação brasileira fosse parar nas mais diversas e estranhas destinações; chegando até a financiar publicidade política. Isso, aliás, não deveria surpreender ninguém. Um país que gasta com seus estudantes a “fortuna” de R$ 117,00 por mês e com o sistema prisional, no mesmo período, algo em torno de R$ 781,46 e R$1.700,00 – dependendo do estado – não pode mesmo viver outra coisa que não seja uma “revolução ao contrário” em seu ensino. A coisa fica ainda pior quando, nesses valores, gastos com a educação, sabemos que estão incluídas as folhas de pagamento de pessoal (ativos e inativos); despesas de custeio e despesas de investimentos. Chegamos a conclusão de que o valor efetivamente destinado à educação dos alunos, em sala de aula, é infinitamente menor.

A “revolução”, alardeada por Lula, fica ainda mais confinada ao mundo da fantasia e da mentira descarada quando o próprio MEC vem a público e diz que os gastos anuais com educação por aluno caíram. Os “investimentos revolucionários” totalizaram 4,7% do PIB; enquanto a UNESCO recomenda o mínimo de do PIB. Mas, dirão os apoiadores de Lula, a UNESCO é um “instrumento de opressão” e de propagação do “imperialismo estadunidense” e Lula é “O Cara”. A bem da verdade, a culpa disso tudo não deve recair apenas sobre o governo Lula. A ele deve ser creditado apenas o lançamento da venda nos olhos da nação e a facilitação da maquiagem dos números atribuídas ao populismo e a arrogância de um governo, cercado por bajuladores interesseiros, e do culto a personalidade que não permite, ao homem Luiz Inácio Lula da Silva, perceber que ele não é “o Messias”, “o Cara” e muito menos infalível. Apenas mais um homem que tem o dever de fazer o melhor. Afinal, uma nação composta por 74% de adultos analfabetos funcionais (números do MEC) não pode ter sido construída em apenas oito anos. Ela é fruto do descaso, da ganância, do populismo e da inércia de um povo e de seus políticos através das gerações. Criminoso é apenas tentar negar isso e mentir fantasiando o caos em que nos encontramos. Infelizmente a repartição política do poder e os inúmeros acordos realizados para garantir ao PT a realização e a manutenção de seu projeto de poder, simplesmente impedem que os órgãos responsáveis pela fiscalização e punição desses desvios atuem com a dureza necessária para tornar essa prática coisa do passado.


09 http://www.visaopanoramica.com CLIQUE AQUI

A própria oposição, em seu “expoente maior” – José Serra - dá mau exemplo. São Paulo é o estado da federação que mais desviou recursos do FUNDEB. Isso mesmo Serra, anunciando como o mais novo messias da área, faz simplesmente o mesmo.

E, com isso, alimentando o ciclo da violência e da desesperança que inflará cada vez mais os presídios e tornará a vida no país ainda mais infernal. O fato de um povo alienado, mal instruído e incapaz de interpretar um simples texto ser uma “dádiva dos céus” para políticos populistas e mal intencionados contribui Enquanto nossas crianças são enganadas em enormemente para que as coisas nunca mudem escolas medíocres (ou abaixo de qualquer por aqui. qualificação) e se tornam analfabetos funcionais (ou mesmo totais) ao concluírem Infelizmente, o nível atual de despreparo e de o segundo grau; países do Oriente Médio e falta de instrução alcançado pela juventude de da Ásia continuam investindo pesadamente nosso país está começando a interferir A única arma de grosso calibre, que pode drasticamente em nossa sociedade e refletindose num entrave real ao nosso crescimento como matar a corrupção é a INFORMAÇÃO. nação. Apesar de sobrarem vagas de trabalho simplesmente não há pessoal qualificado para preenchê-las. A coisa fica dramática quando percebemos que essa falta de qualificação não se dá apenas nos níveis mais elevados da cadeia produtiva (algo que seria até aceitável); mas é a realidade dos níveis mais básicos da pirâmide econômica. As empresas que desejam na educação e colherão os frutos das mentes empregar serventes de pedreiro, escriturários, formadas e de um futuro repleto de auxiliares e outras funções básicas, deparam-se oportunidades. com candidatos que não conhecem ou não dominam as operações matemáticas básicas, Só para exemplificar, o Qatar está investindo a leitura de textos simples e, pasmem, não a bagatela de seis bilhões de dólares na conseguem sequer se expressar com coerência chamada “Cidade da Educação”; muito longe suficiente para serem entendidos. dos elefantes brancos brasileiros como a A conclusão lógica é que o país está num “Cidade da Música”, “Cidade do Samba” e as verdadeiro caos educacional e ruma para um outras “cidades” construídas com muito abismo de atraso e desalento que provocará dinheiro público e com quase nenhum consequências imprevisíveis e terríveis em retorno prático. nossa caminhada para o futuro. Enquanto os A “Cidade da Educação” do Qatar vai trazer céus do horizonte se tornam cinzentos e para o país filias das mais importantes cobertos pelas nuvens de tempestade da universidades mundiais para formar os incerteza, o governo ilude a nação e fantasia cérebros dos cidadãos qatarenses. navegar num mar calmo e em céu de brigadeiro. Formar cérebros ativos, pensantes e criativos é Enquanto iludimos nossas crianças (e a nós a única forma de fazermos frente ao futuro que mesmos) com medalhas em disputas de Olimpíadas vedadas ao mundo exterior, onde se anuncia e garantir que o Brasil ocupará um lugar de destaque nele. Criar centros de a mediocridade enfrenta a escassez, nosso excelência e trazer professores de várias partes país perde quinze posições no ranking educacional internacional e nossos estudantes do mundo (a exemplo do Qatar), formando adequadamente os nossos (dando-lhes são tão humilhados nos embates condições de trabalho e aperfeiçoamento) será internacionais que o “revolucionário” Lula a única forma de acelerarmos a melhoria do ordena que não se enfrente mais esses nosso ensino e garantir que o cidadão brasileiro desafios. tenha as mínimas condições necessárias para Nós permaneceremos parados em nossa “revolução” e gastando dez vezes mais com viver uma vida plena e cheia de oportunidades presidiários inativos e problemáticos do que que possam ser aproveitadas por ele. com estudantes.

E você leitor, o que pensa disso?


10 A grande responsabilidade do ser humano consiste em saber discernir.

CALIBRE DO HUMOR Comunismo: Você tem 2 vaquinhas, eles matam você, pegam uma vaca para os líderes do partido e escravizam a sua família, obrigando-a a tirar o leite da outra vaca. Eles ficam com todo o leite, enquanto sua família definha de fome até a morte e eles põem a culpa no capitalismo e na religião (cristianismo), totalmente proibida e punida com a morte. Socialismo: Você tem 2 vaquinhas, eles tomam as duas de você, obrigam a você tirar leite delas, pegam todo o leite, dão uma parte para sustentar o MVSJ, o Movimento dos Vagabundos Sem Juízo, que invade seu sítio, dizem que vão dar o leite que sobrar aos coitadinhos dos pobres, enquanto todo o país se torna igualmente medíocre, miserável, pobre e faminto, se preparando para 'evoluir' para o comunismo. Brasileirismo: você tem duas vacas, Primeiro, o governo traça normas para determinar como você pode alimentá-las e quando pode tirar o leite. Aí, ele lhe paga para não tirar o leite. A seguir, mata uma das vacas a tiros, tira o leite da outra e joga fora.Depois, manda você preencher um formulário em cinco vias. Capitalismo: Você tem duas vaquinhas, você alimenta a sua família e faz o que quiser com o leite que sobrar. Se quiser, você vende o excedente e o governo não tem nada que se meter em coisas que não é da sua conta. Você vai à sua igreja e o governo não tem nada que censurar as pregações do seu pastor, muito menos se meter como devem ser retiradas as ofertas, nem se meter com o estatuto das igrejas".


11 Um governo só tem um motivo para cercear a imprensa. Esconder sua incopetência e a corrupção.

Nunca o Brasil foi tão terceiro mundo quanto com Lula. O caso Rafale é o maior exemplo. A reportagem do jornal El País, da Espanha, que aborda os motivos que estão levando Lula a comprar os aviões Rafale, sem nem mesmo considerar a infinita superioridade dos aviões F-18 Super Hornet dos Estados Unidos, é de envergonhar qualquer brasileiro.

Rafale

Mostra um presidente sem nível que adora ser bajulado e que acredita nas promessas de que Sarkozy está lutando para abrir o G-8 ou para conseguir uma cadeira para o Brasil no Conselho de Segurança da ONU, além de oferecer transferência total de tecnologia em caso de compra dos aviões Rafale, quando se sabe que muitos dos seus componentes são norte-americanos, que podem bloquear tal promessa. Lula ostenta um antiamericanismo idiota que apenas reforça o terceiro-mundismo em que mergulhou o Brasil. Usando a expressão cunhada pelo senador José Agripino(DEM), Lula se acha um semideus também lá fora. Leia mais aqui, em espanhol. http://www.elpais.com/articulo/internacional/ Lula/formidable/obstaculo/estadounidense/ Boeing/renueve/Fuerza/Aerea/Brasil/ elpepuint/20101205elpepuint_7/Tes

F-18 Super Hornet

E não deixe de ver os originais dos telegramas publicados pelo WikiLeaks, no menu ao lado. Os Rafale são o capricho mais caro do mundo. Nem sheik do petróleo faz o que Lula está fazendo. Gastar bilhões de dólares, o valor de uma Bolsa Família 2011a mais,

apenas para mostrar que pode ostentar, que tem poder. Que é o "cara". No caso, quer apenas prejudicar os Estados Unidos, sem lembrar que, antes, está prejudicando o povo brasileiro. http://coturnonoturno.blogspot.com/


12

Nas academias da mentira e da dissimulação as desculpas sempre são as cátedras principais!

Direitos relativos e outras ameaças. Quando, em 1988, o Congresso Nacional introduziu no texto da Constituição que a propriedade tinha que ter uma “função social”, todas as pessoas de bom senso no país ficaram apreensivas – e com toda razão. Foi instituído no Brasil a “propriedade relativa” dos bens.

Os jornalistas, por exemplo, vivem preocupados com a volta da censura sobre seus trabalhos. Dizem que o direito de opinião é sagrado. No entanto, quando o governo federal impõe o limite de 25 anos para adquirir uma arma de fogo, isto não é uma censura aos cidadãos maiores de idade? E se o governo proibisse a revista Veja de ser adquirida por menores de Para os socialistas e inocentes de um modo 25 anos? geral, isso foi uma “grande conquista”. Na prática, foi aberto o caminho para a Afinal,como dizia Stalin, idéias são mais ditadura. perigosas que armas. Quem vai dizer o que é “função social”? A justificativa para este limite de idade é que a Quais os critérios e a gradação desta maior parte das vítimas de armas de fogo está “função social”? nesta faixa etária (palavras do Ministro Ricardo O que fazer com a propriedade sem função Lewandowski do STF). Além de ser um social? raciocínio esdrúxulo (elas deixarão de ser Diante disso, não é de se estranhar que, em vítimas se forem desarmadas?), a idéia por trás 02 de maio de 2007, o Supremo Tribunal é que cabe ao governo nos proteger de nós Federal (STF) tenha mesmos. julgado constitucional a Vamos extrapolar este Lei 10.826 – o Estatuto do raciocínio para outros Desarmamento, aprovada campos. por voto de lideranças na O governo poderá proibir Câmara dos Deputados totalmente, ou limitar aos em dezembro de 2003. maiores de 25 anos, andar de motocicleta – por Esta lei simplesmente exemplo. Afinal é senso acabou com o direito de comum que este é um veículo perigoso. propriedade, com o “direito adquirido”, com o E qual a função social de uma motocicleta com “ato jurídico perfeito” e acabou com o direito à mais de 100hp? Segundo o STF, é indenização dos bens expropriados. perfeitamente constitucional uma proibição Em outras palavras: o STF rasgou a deste tipo. Constituição. Outra aberração constante na Lei 10.826, é Tudo isso porque alguns luminares do que para adquirir uma arma o cidadão governo entenderam que a arma particular do deverá justificar a “efetiva necessidade” da cidadão não tem função social - ou pior: é mesma. Não basta ser aprovado no teste socialmente maléfica. Por este motivo, os psicotécnico e no teste de proficiência com cidadãos proprietários de armas legais não armas, se o delegado (ou outro burocrata têm mais direitos constitucionais.

qualquer) entender que o cidadão não tem

O que me causa maior espanto é que a a “efetiva necessidade” ele poderá negá-la. maioria dos juristas, jornalistas e “intelectuais” Mais ainda, essa medida não é válida do país não está nem um pouco preocupada apenas para armas novas. Mesmo um com isto. Grande parte dessas pessoas não possui nem cidadão que possui arma há mais de 30 gosta de armas de fogo – o que é um direito anos também terá de justificar sua efetiva necessidade a cada três anos. Já deles. pensaram no potencial de corrupção que Mas não perceber o atentado perpetrado contra às liberdades e garantias isso traz? constitucionais da sociedade é inadmissível.


13 O que garante nossos direitos como cidadãos contra os desmandos do governo é a Constituição. Agora vamos conjugar a “efetiva necessidade” Será que a sociedade pode aceitar a criação de com a “função social”. Imaginemos os taxas confiscatórias contra tudo aquilo que o seguintes diálogos: governante de ocasião não gostar? “- Para que o Sr. quer um carro esporte? Nossa Constituição estabelece que não pode Nós só autorizamos a compra para pilotos que haver confisco no país e que qualquer vão competir. Afinal qual a função social de desapropriação deverá ser indenizada pelo um carro onde só cabem duas pessoas?” justo valor em dinheiro. Mais ainda, diz que “- Férias no exterior? ninguém pode ser privado de seus bens sem o Qual a necessidade disso? devido processo legal. Nós só autorizamos viagens a negócios. O Sr. deve fazer turismo no país, pois o Entretanto, aquele que não recadastrar sua turismo interno tem função social”. arma legalmente possuída, no prazo estipulado Parece absurdo? pelo governo, não poderá mais fazê-lo e terá a Sim, mas para o STF é constitucional. arma confiscada e destruída em 48 horas sem Lembrem-se que o absurdo para uns é o direito à indenização. Já pensaram se essa lógico para outros. medida for aplicada aos automóveis? O que garante nossos direitos como cidadãos Quem não pagar o IPVA no prazo não poderá contra os desmandos do governo é a mais fazê-lo e terá o veículo confiscado e Constituição. sucateado em 48 horas. Se esta é desrespeitada, tudo é possível. Parece absurdo? A Lei 10.826 estabeleceu que os registros Sim, mas para o STF é constitucional. estaduais de armas não tem mais validade e Observem um detalhe interessante da lei: não é que todos os proprietários de armas deverão crime possuir uma arma de fogo. Inúmeras recadastrá-las em nível federal e renová-los pessoas, de diversas categorias profissionais, trianualmente, pagando a quantia de R$300,00 podem possuir armas particulares (tais como os a cada vez. juizes). Quem não o fizer corre risco de prisão. O crime está em não possuir o registro federal Já imaginaram se o governo federal decidir da arma (punível com um a três anos de que todos os registros municipais de imóveis reclusão). Nunca um documento foi tão não terão mais validade e que os proprietários importante quanto este no Brasil. deverão recadastrá-los em nível federal Imaginem se o governo decidir dar o mesmo pagando uma taxa de aproximadamente 30% tratamento à carteira de identidade. do valor do imóvel? Parece absurdo? Sim, pois o registro do imóvel (assim como o Quem for surpreendido na rua sem seu RG da arma) é um ato jurídico perfeito. poderá passar de um a três anos na cadeia. Parece absurdo? Se o governo quiser alterar este registro, que Sim, mas para o STF é constitucional. o faça sem ônus para os proprietários e muito menos sem ameaçá-los de prisão. Poderia prolongar este texto com inúmeras Já pensaram em ter que renovar a certidão de outras inconstitucionalidades e absurdos do nascimento (ou de casamento) a cada três Estatuto do Desarmamento, tais como o ataque anos pagando uma elevada taxa para isso? ao princípio federativo, o fim do direito à Para o STF estas são medidas perfeitamente Legítima Defesa, etc., etc.. constitucionais. Não vou fazê-lo dado os limites deste artigo. Ao cobrar uma taxa de registro equivalente a Acho que a idéia principal está lançada: ao cerca de 30% do valor da arma, o governo aceitar o que parece politicamente correto, criou um imposto confiscatório, o que também mesmo sendo inconstitucional, a sociedade é proibido pela Constituição. É evidente que abriu um flanco perigosíssimo em seus direitos essa taxa absurda não é para remunerar o e liberdades individuais. trabalho da Polícia Federal, mas sim para impedir as camadas menos favorecidas da A partir de agora, tudo pode acontecer. população de adquirir ou manter uma arma de fogo.


13

http://www.armaria.com.br/ Lembram-se do Referendo de outubro de 2005? Pois bem, nesta data o povo brasileiro manifestou-se, com sólida maioria, pela manutenção do direito de adquirir e possuir armas.

Eu quero fazer diferença!

Muitas vezes queremos mudar o mundo a nossa volta, ser um líder ou destaque no trabalho na escola ou mesmo na sociedade. Mas conseguir tais méritos é conseqüência de muita luta, estratégia e perseverança. Este direito foi negado pela Lei 10.826 e A verdade é que não são os expectadores que ganham as medalhas. agora referendado pelo STF em total desrespeito a vontade expressa do povo. Se você quer fazer a diferença comece aqui, comece agora. Divulgue este informativo nas redes Será isso a tal democracia relativa? sociais como Orkut – Twitter e outras. Julgo imperioso que algo seja feito para Baixe para seu PC e imprima para distribuir em sua cidade, você pode usar que nossa suprema corte não continue fazendo julgamentos políticos e cumpra gráficas expressas que eles fazem o seu papel de fiel guardiã da Constituição. trabalho. Copie o código Embed e cole no seu site ou blog Envie Sugestões, artigos, Podemos pensar em acabar com a nomeação dos ministros pelo Presidente links interessantes, teremos a página do leitor onde você vai poder comentar da República, pois indicações políticas sobre os artigos postados aqui. induzem a julgamentos políticos. Não publicaremos comentários anônimos “TANTO NOS ESFORÇOS MARCIAIS Pode-se pensar em alguma forma de QUANTO NOS PRODUTIVOS, O SUCESSO É meritocracia no Poder Judiciário para a OBTIDO ATRAVÉS DA COOPERAÇÃO DE condução de um juiz concursado até o PESSOAS DE DIFERENTES HABILIDADES, mais alto posto de Ministro do STF. Enfim, do jeito que está não pode continuar. Leonardo Arruda Engenheiro Diretor de Divulgação e Marketing da ANPCA

TALENTOS E CAPACIDADES. QUANDO OS POTENCIAIS INERENTES A ESSAS DIFERENTES CAPACIDADES SÃO ATIVADOS E EMPREGADOSDE MODO A PRODUZIR O SEU MÁXIMO EFEITO COLETIVO, PODEMOS DIZER QUE ELES ESTÃO COOPERANDO ” (SUN TZU II - A Arte da Guerra).

O que você está esperando?

Junto somos FORTES

Unidos somos IMBATÍVEIS.


Revista calibre 02